ReadyToProcess WAVE 25

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ReadyToProcess WAVE 25"

Transcrição

1 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento Traduzido a partir do inglês

2 Página deixada intencionalmente em branco

3 Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução Acerca deste manual Informações importantes para o utilizador Informações de regulamentação Conceitos importantes Documentação do utilizador... 2 Instruções de segurança Precauções de segurança Avisos Etiqueta do instrumento Etiquetas de segurança Etiquetas adicionais Procedimentos de emergência Informações de reciclagem... 3 Descrição do sistema Descrição geral do sistema ReadyToProcess WAVE 25 rocker ReadyToProcess CBCU ReadyToProcess Pump Bioreactor Cellbag Descrição geral do software UNICORN Funcionamento geral do UNICORN Administração Controlo do sistema Avaliação... 4 Instalação Preparação do local Entrega e armazenamento Requisitos da instalação Especificações de computador cliente Instalação do hardware Desembale as unidades do sistema Ligar os componentes do sistema Instalação do software Instalar o software UNICORN Configurar uma licença electrónica Definir o sistema... 5 Funcionamento Configurar o sistema Seleccione o tabuleiro e o bioreactor Cellbag Fixar e soltar o tabuleiro Preparar os sensores de ph e DO ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 3

4 Tabela de conteúdos Coloque o bioreactor Cellbag Prepare a bomba Ligar o gás ao sistema Iniciar e configurar o sistema Inicie o sistema e inicie sessão no UNICORN Ligar ao sistema Configurar as propriedades do sistema Iniciar uma execução Preparar para cultivo Insuflar o bioreactor Cellbag Ajustar os parâmetros da bomba Adicionar e equilibrar o meio de cultura Calibrar os sensores Realize o cultivo Inocular a cultura Monitorizar a execução Terminar uma execução... 6 Manutenção Calibragem Limpeza... 7 Resolução de problemas ReadyToProcess WAVE 25 Sistema ReadyToProcess WAVE 25 rocker ReadyToProcess CBCU ReadyToProcess Pump Controlo do Sistema UNICORN... 8 Informações de referência Resistência química... Índice ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

5 1 Introdução 1 Introdução Neste capítulo Este capítulo inclui informações importantes do utilizador, descrições dos avisos de segurança, informações de regulamentação, utilização pretendida do sistema e listas de conceitos importantes e documentação do utilizador. Este capítulo contém as seguintes secções: Secção 1.1 Acerca deste manual 1.2 Informações importantes para o utilizador 1.3 Informações de regulamentação 1.4 Conceitos importantes 1.5 Documentação do utilizador Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 5

6 1 Introdução 1.1 Acerca deste manual 1.1 Acerca deste manual Objectivo do Instruções de Funcionamento As Instruções de Funcionamento fornecem-lhe as instruções necessárias para instalar, operar e manter o sistema bioreactor ReadyToProcess WAVE 25 de modo seguro. Âmbito deste documento Este manual abrange todo o sistema ReadyToProcess WAVE 25, incluindo a unidade principal (balanceiro), a CBCU e a bomba, bem como os acessórios. Convenções tipográficas Os itens de software são identificados no texto como texto bold italic. São utilizados os dois pontos para separar os níveis do menu, assim, File:Open refere-se ao comando Open no menu File. Os controlos, indicadores e ligações do hardware estão identificados no texto a negrito (por exemplo, interruptor de Power). As entradas de texto que o UNICORN gera ou que o utilizador tem de digitar estão representadas por um corpo tipográfico monoespaço (por exemplo, \Program Files\GE Healthcare\UNICORN\). 6 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

7 1 Introdução 1.2 Informações importantes para o utilizador 1.2 Informações importantes para o utilizador Leia isto antes de operar o produto Todos os utilizadores devem ler as Instruções de Funcionamento na íntegra antes de instalar, operar ou realizar a manutenção do produto. Tenha sempre as Instruções de Funcionamento à mão quando operar o produto. Não utilize o produto de outra forma para além da descrita na documentação do utilizador. Se o fizer, poderá expor-se a perigos que podem levar a danos pessoais e pode ainda danificar o equipamento. Utilização pretendida O sistema ReadyToProcess WAVE 25 destina-se a ser utilizado como equipamento de laboratório e de produção para cultivo de células. O sistema não pode ser utilizado para efeitos clínicos ou de diagnóstico. Pré-requisitos Para seguir este manual e utilizar o sistema do modo pretendido, é importante que: tenha um conhecimento geral sobre o funcionamento do computador cliente e dos sistemas operativos Microsoft Windows. esteja familiarizado com a utilização de equipamento de laboratório geral e com o manuseamento de materiais biológicos. tenha lido e compreendido o capítulo Instruções de segurança nas Instruções de Funcionamento. o sistema seja instalado de acordo com as instruções presente no Instruções de Funcionamento. tenha sido criada uma conta de utilizador de acordo com UNICORN Administration and Technical manual. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 7

8 1 Introdução 1.2 Informações importantes para o utilizador Avisos de segurança Esta documentação do utilizador contém indicações de segurança (AVISO, ADVERTÊNCIA e NOTA) relacionadas com a utilização segura do produto. Consulte as definições abaixo. ADVERTÊNCIA ADVERTÊNCIA indica uma situação perigosa que, se não for evitada, poderá resultar em morte ou dano grave. É importante não continuar até que todas as condições indicadas seja atingidas e claramente entendidas. ATENÇÃO ATENÇÃO indica uma situação perigosa que, se não for evitada, poderá resultar em danos moderados ou menores. É importante não continuar até que todas as condições indicadas seja atingidas e claramente entendidas. AVISO AVISO indica instruções que deverão ser seguidas para evitar danos no produto ou noutro equipamento. Notas e sugestões Nota: Sugestão: Uma nota é utilizada para indicar informação que é importante para uma utilização optimizada e sem problemas do produto. Uma sugestão contém informação útil que pode melhorar ou optimizar os seus procedimentos. 8 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

9 1 Introdução 1.3 Informações de regulamentação 1.3 Informações de regulamentação Informações de fabrico A tabela abaixo resume as informações de fabrico necessárias. Para informações adicionais, consulte a Declaração de Conformidade (DoC) UE. Requisito Nome e morada do fabricante Conteúdo GE Healthcare Bio-Sciences AB, Björkgatan 30, SE Uppsala, Sweden Conformidade com as Diretivas da UE Este produto está em conformidade com as directivas europeias indicadas na tabela abaixo, satisfazendo as respectivas normas harmonizadas. Para obter informações adicionais, consulte o documento de Declaração de Conformidade UE. Directiva 2006/42/CE 2006/95/CE 2004/108/CE Designação Directiva de Máquinas (DM) Directiva de Baixa Tensão (DBT) Directiva de Compatibilidade Electromagnética (CEM) Marcação CE A marcação CE e a correspondente Declaração de Conformidade CE são válidas para o instrumento quando: é utilizado como uma unidade autónoma ou está ligado a outros produtos recomendados ou descritos na documentação do utilizador e utilizadas no mesmo estado aquando o seu fornecimento pela GE, exceto no que diz respeito a alterações descritas na documentação do utilizador. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 9

10 1 Introdução 1.3 Informações de regulamentação Normas internacionais Os requisitos padrão cumpridos por este produto são resumidos na tabela abaixo. Norma EN ISO EN/IEC , UL , CAN/CSA-C22.2 N.º EN/IEC EN/IEC (Emissão de acordo com CISPR 11, Grupo 1, classe A) Descrição Segurança da maquinaria. Princípios básicos para concepção. Avaliação de risco e redução de risco. Requisitos de segurança para equipamento eléctrico em termos de medição, controlo e utilização laboratorial. Requisitos de segurança para equipamento eléctrico em termos de medição, controlo e utilização laboratorial. Parte 2-010: Requisitos especiais para equipamento de laboratório para aquecimento de materiais. Equipamento eléctrico para medição, controlo e utilização laboratorial - requisitos EMC. Notas norma EN ISO está harmonizada com a directiva da UE 2006/42/CE A norma EN está harmonizada com a directiva da UE 2006/95/CE A norma EN está harmonizada com a directiva da UE 2006/95/CE A norma EN está harmonizada com a directiva da UE 2004/108/CE Outras regulamentações A tabela de baixo apresenta requisitos de regulamentação adicionais que são cumpridos pelo ReadyToProcess WAVE 25. Regulamento FCC 47 CFR Parte 15 Descrição Comissão Federal de Comunicações (FCC), título 47 do Código de Regulamentações Federais (CFR), Parte 15, Dispositivos de Radiofrequência 10 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

11 1 Introdução 1.3 Informações de regulamentação Conformidade FCC Este dispositivo está em conformidade com a parte 15 das Regras FCC. A operação está sujeita às duas condições seguintes: (1) Este dispositivo não poderá provocar interferências prejudiciais, e (2) este dispositivo deverá aceitar qualquer interferência recebida, incluindo uma interferência que possa provocar uma operação não desejada. Nota: Adverte-se o utilizador para o facto de que quaisquer alterações ou modificações que não sejam expressamente aprovadas pela GE poderão anular a autorização para utilizar este equipamento. Este equipamento foi testado e reconhecido como estando em conformidade com os limites para um dispositivo digital da Classe A, de acordo com a parte 15 das Regras FCC. Estes limites foram estipulados para proporcionarem uma protecção razoável contra interferências prejudiciais quando o equipamento é operado num ambiente comercial. Este equipamento gera, utiliza e pode irradiar energia de radiofrequência e, quando não instalado e utilizado de acordo com o manual de instruções, poderá provocar interferências prejudiciais em comunicações de rádio. É provável que a operação deste equipamento numa área residencial provoque interferências prejudiciais, e nesse caso o utilizador terá de corrigir a interferência por sua própria conta. Declaração de conformidade do software UNICORN As versões 6.3 e posteriores são tecnicamente compatíveis com todas as secções relevantes da FDA 21 CFR Parte 11. Uma lista de verificação de avaliação de um sistema parte 11 encontra-se disponível mediante pedido através do representante local da GE. Cumprimento de regulamentação sobre equipamento ligado Qualquer equipamento ligado ao ReadyToProcess WAVE 25 deverá cumprir os requisitos de segurança da IEC/EN/UL/CSA /IEC , IEC/EN/UL/CSA ou outras normas harmonizadas relevantes, e ser instalado e operado de acordo com as instruções do fabricante. Na UE, o equipamento ligado deve possuir a marca CE. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 11

12 1 Introdução 1.3 Informações de regulamentação Conformidade ambiental Os requisitos ambientais cumpridos por este produto estão listados na tabela abaixo. Requisito 2011/65/UE 2012/19/UE 2006/66/CE Regulamento (CE) N.º 1907/2006 ACPEIP Designação Directiva de restrição de substâncias perigosas (RoHS) Directiva de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos (REEE) Directiva sobre baterias Registo, avaliação, autorização e restrição de químicos (REACH) Administração sobre o Controlo de poluição provocada por produtos de informação electrónica, Restrição da China de substâncias perigosas (RoHS) 12 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

13 1 Introdução 1.4 Conceitos importantes 1.4 Conceitos importantes Os conceitos e abreviaturas utilizados neste manual são explicados na tabela abaixo. Conceito/ abreviatura Bioreactor Cellbag DO DO sensor de DO Modo simples Modo duplo Sensor de ph ReadyToProcess CBCU ReadyToProcess Pump 25 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Tabuleiro (Tray) ReadyToProcess WAVE 25 O sistema ReadyToProcess WAVE 25 O sistema bioreactor UNICORN Explicação O recipiente descartável em que são cultivadas as células. Oxigénio Dissolvido. Sensor óptico para medição do oxigénio dissolvido. Ligado a bioreactores de Cellbag configurados para DO. Modo operacional com um bioreactor Cellbag no balanceiro. Modo operacional com dois bioreactores Cellbag no mesmo balanceiro. O cultivo é monitorizado e controlado de modo independente nos dois bioreactores. Sensor óptico para medição de ph. Ligado a bioreactores Cellbag configurados para ph. Unidade de controlo para controlo de mistura de gases, ph e DO. A bomba. O balanceiro. Tabuleiro para Cellbag, montado no balanceiro. Estão disponíveis diferentes tamanhos de tabuleiro para diferentes capacidades de cultura. O sistema bioreactor completo, incluindo o balanceiro, a(s) CBCU(s), e a(s) bomba(s), juntamente com o(s) bioreactor(es) Cellbag e o(s) aquecedor(es) dos filtros. O software utilizado para controlo e monitorização do sistema. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 13

14 1 Introdução 1.5 Documentação do utilizador 1.5 Documentação do utilizador A tabela de baixo descreve a documentação do utilizador para o ReadyToProcess WAVE 25, a qual está disponível a partir do menu Help no UNICORN ou no CD de documentação do utilizador. Documento ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de funcionamento ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook ReadyToProcess WAVE 25 Cue Card UNICORN Administration and Technical manual UNICORN Ajuda Online CD de Documentação do Utilizador Conteúdo principal Instruções necessárias para instalar, operar e efectuar a manutenção do ReadyToProcess WAVE 25 de modo seguro. Inclui funções de controlo básicas do sistema UNICORN. Descrições e instruções detalhadas do sistema sobre como executar, efectuar a manutenção e resolução de problemas do ReadyToProcess WAVE 25. Inclui funções de controlo do sistema UNICORN, criação de método e manuseamento, juntamente com dados de avaliação e apresentação. Breves instruções que fornecem uma descrição geral sobre como utilizar o sistema. Descrição geral e descrição detalhada da instalação de rede e instalação completa do software. Administração do UNICORN e da base de dados UNICORN. Descrições das caixas de diálogo do UNICORN. CD que contém os manuais listados e as versões traduzidas do ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de funcionamento. 14 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

15 2 Instruções de segurança 2 Instruções de segurança Neste capítulo Este capítulo descreve as precauções de segurança, as etiquetas de segurança e os procedimentos de encerramento de emergência do ReadyToProcess WAVE 25. Também são descritas as informações de desactivação. Este capítulo contém as seguintes secções: Secção 2.1 Precauções de segurança 2.2 Avisos 2.3 Procedimentos de emergência 2.4 Informações de reciclagem Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 15

16 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança 2.1 Precauções de segurança Introdução Antes de instalar, utilizar ou efectuar a manutenção do sistema, deverá ter cuidado com os perigos descritos neste manual. Siga as instruções fornecidas para evitar danos pessoais ou danos no equipamento. As precauções de segurança nesta secção estão agrupadas nas seguintes categorias: Precauções gerais Líquidos inflamáveis e ambiente explosivo Protecção pessoal Instalação e movimentação do equipamento Fonte de alimentação Funcionamento do sistema Manutenção Algumas precauções de segurança neste capítulo referem-se a situações descritas noutros manuais. Precauções gerais ADVERTÊNCIA Não utilize o de outra forma para além da descrita nos manuais do Instruções de Funcionamento. ADVERTÊNCIA Apenas as pessoas com a devida formação podem trabalhar e executar a manutenção por parte do utilizador no produto. ADVERTÊNCIA Não use quaisquer acessórios não fornecidos ou recomendados pela GE. 16 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

17 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança ADVERTÊNCIA Não utilize o ReadyToProcess WAVE 25 se não estiver a funcionar correctamente, nem se tiver sofrido qualquer dano como, por exemplo: danos no cabo de alimentação ou ficha danos causados pela queda do equipamento danos causados pelo derramamento de líquidos Líquidos inflamáveis e ambiente explosivo ADVERTÊNCIA O ReadyToProcess WAVE 25 não foi concebido para manusear fluidos inflamáveis. ADVERTÊNCIA O ReadyToProcess WAVE 25 não possui aprovação para funcionar em atmosferas potencialmente explosivas. Protecção pessoal ADVERTÊNCIA Utilize sempre equipamento de protecção individual (EPI) adequado durante o funcionamento e a manutenção deste produto. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 17

18 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança ADVERTÊNCIA Substâncias perigosas. Aquando da utilização de agentes químicos e biológicos perigosos, tome todas as medidas de protecção adequadas, tais como a utilização de óculos de protecção e luvas resistentes às substâncias a utilizar. Siga os regulamentos nacionais e/ou locais para um funcionamento, manutenção e retirada de funcionamento seguros do sistema. ADVERTÊNCIA Libertação de agentes biológicos. O operador tem de tomar todas as acções necessárias para evitar disseminar agentes biológicos perigosos. As instalações deverão estar de acordo com o código nacional de práticas relacionadas com a biossegurança. Instalação e movimentação do equipamento ATENÇÃO Objecto pesado. Devido ao peso significativo do ReadyToProcess WAVE 25 rocker, é vivamente recomendada a assistência de outra pessoa para elevar ou deslocar o equipamento. Utilize as pegas laterais do balanceiro, quando possível. Não incline o ReadyToProcess WAVE 25 rocker com o tabuleiro instalado. ATENÇÃO Devido à dimensão e ao peso do Tray 50, é aconselhável que a sua instalação seja efectuada por, pelo menos, duas pessoas. ATENÇÃO Queda de equipamento. Não empilhe mais de uma unidade ReadyToProcess CBCU e/ou ReadyToProcess Pump 25 em cima uma da outra. 18 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

19 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança Fonte de alimentação ADVERTÊNCIA Ligação à terra de protecção. O ReadyToProcess WAVE 25 rocker deve ser sempre ligado a uma tomada de alimentação com ligação à terra. ADVERTÊNCIA Utilize apenas os cabos de alimentação com ligação à terra fornecidos ou aprovados pela GE. ADVERTÊNCIA Não bloqueie o acesso ao interruptor e ao cabo de alimentação. O interruptor de alimentação deverá ter sempre um acesso fácil. O cabo de alimentação com ficha deverá ser sempre fácil de desligar. ADVERTÊNCIA Desligue a alimentação. Desligue sempre a alimentação do equipamento antes de ligar as unidades ReadyToProcess WAVE 25 a qualquer outro instrumento. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 19

20 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança Funcionamento do sistema ADVERTÊNCIA Perigo de asfixia. O equipamento ReadyToProcess WAVE 25 apenas pode ser utilizado em locais com ventilação forçada. Quando N 2 e/ou CO 2 estiverem ligados, certifique-se de que: a pressão sobre as ligações de gás não excede 1,5 bar. as ligações de gás estão devidamente seguras. A tubagem de entrada e as ligações estão sujeitas a inspecção visual regular. Uma pressão excessiva ou ligações soltas podem levar a tubagem de admissão a soltar-se, o que pode resultar em fugas perigosas. ADVERTÊNCIA Evite fugas de gás. Para evitar quaisquer fugas de gás, desligue sempre todo o fornecimento de gás quando o sistema não estiver a ser utilizado. ADVERTÊNCIA Perigo de incêndio.uma fuga de O 2 combinada com calor pode provocar uma ignição. Para evitar fugas de O 2, certifique-se de que: a pressão sobre as ligações de gás não excede 1,5 bar. as ligações de gás estão devidamente seguras. Inspeccione visualmente a tubagem de entrada a intervalos regulares. ATENÇÃO Apenas podem ser utilizados bioreactores Cellbag aprovados pela GE para ReadyToProcess WAVE 25 juntamente com este equipamento. 20 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

21 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança ATENÇÃO Objecto pesado. O bioreactor Cellbag cheio é pesado e deverá ser elevado com cuidado. Isto também se aplica ao equipamento opcional, como por exemplo os pesos de calibração. ATENÇÃO Risco de fuga de substâncias biológicas. Antes de cada utilização, verifique a integridade de todas as tubagens e ligações. ATENÇÃO Risco de fuga de substâncias biológicas. Introduza sempre o tamanho correcto de bioreactor Cellbag nas definições do sistema UNICORN. Se não o fizer, pode provocar uma pressão excessiva e a subsequente ruptura do bioreactor Cellbag. ATENÇÃO Perigo de entalamento. As partes do corpo podem ficar presas entre a base do balanceiro e o tabuleiro. ATENÇÃO Perigo de entalamento. Proceda com a precaução necessária para não entalar os dedos entre a plataforma do balanceiro e o tabuleiro ao reposicionar o Tray 10 da posição inclinada. Desloque o tabuleiro agarrando firmemente ambos os lados do mesmo. ATENÇÃO Perigo de entalamento. Peças móveis na ReadyToProcess Pump 25. Não abra quaisquer tampas articuladas da cabeça da bomba durante o funcionamento. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 21

22 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança ATENÇÃO Queda de equipamento. Para evitar que as unidades do sistema bioreactor sejam acidentalmente puxadas da bancada, assegurese que todas as tubagens são mantidas dentro da área da bancada. AVISO Se durante uma execução forem desligados cabos UniNet, a execução será interrompida e terá de ser reiniciada. Certifique-se de que os cabos estão devidamente fixos antes de iniciar uma execução e evite deslocar as unidades do sistema durante uma execução. Manutenção ADVERTÊNCIA Perigo de choque eléctrico. Todas as reparações deverão ser efectuadas por pessoal de assistência autorizado pela GE. Não abra quaisquer tampas nem substitua peças a menos que especificamente indicado na documentação do utilizador. ADVERTÊNCIA Desligue a alimentação.desligue sempre a alimentação do instrumento antes de efectuar qualquer tarefa de manutenção. 22 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

23 2 Instruções de segurança 2.1 Precauções de segurança ADVERTÊNCIA Limpe o equipamento sempre numa área bem ventilada. Nunca mergulhe qualquer peça do equipamento em líquidos nem pulverize líquidos sobre o equipamento. Assegure-se sempre que o equipamento está completamente seco, antes de ligar o mesmo a uma fonte de alimentação da rede eléctrica. Assegure-se que são seguidas todas as directrizes ambientais, de saúde e de segurança relativas aos materiais utilizados. ADVERTÊNCIA Apenas devem ser utilizadas peças e acessórios sobressalentes aprovados ou fornecidos pela GE para a manutenção ou assistência do produto. ATENÇÃO Queda de equipamento. Devido ao risco de trilhamento ou esmagamento, os pesos de calibragem não devem ser empilhados uns em cima dos outros. Retire os pesos de calibragem antes da alimentação ser desligada. ATENÇÃO Substâncias perigosas. Antes da manutenção, assistência e desactivação, limpe o sistema ReadyToProcess WAVE 25 com um agente de limpeza apropriado para remover quaisquer substâncias perigosas. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 23

24 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos 2.2 Avisos Esta secção descreve as etiquetas de instrumentos, de segurança e adicionais que estão afixadas nas unidades do sistema bioreactor. As ilustrações constantes nesta secção são exemplos de etiquetas presentes em vários componentes do sistema. Para obter informações sobre como marcar o equipamento do computador cliente, consulte as instruções do fabricante. Secção Etiqueta do instrumento Etiquetas de segurança Etiquetas adicionais Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

25 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiqueta do instrumento Etiqueta do instrumento Etiqueta do ReadyToProcess WAVE 25 rocker A etiqueta do instrumento no balanceiro está localizada na parte traseira do balanceiro e sob a plataforma do balanceiro. TM ReadyToProcess Wave 25 Code no: Serial no: XXXXXXX Mfg Year: 2013 Voltage: / V AC Frequency: Hz Max Power: 1500 VA Protection Class: IP21 GE Healthcare Bio-Sciences AB Made in Sweden Uppsala Sweden Conforms to ANSI/UL Std Cert. to CAN/CSA Std. C22.2 No Etiqueta do aquecedor do filtro A seguinte etiqueta está anexada ao aquecedor do filtro Filter Heater Code no: Voltage: 32 V DC Mfg Year: 2013 Max Power: 4 W Made in Sweden GE Healthcare Bio-Sciences AB Uppsala Sweden ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 25

26 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiqueta do instrumento Etiquetas de tabuleiro e de tampa As seguintes etiquetas estão afixadas nos tabuleiros e tampas. Etiqueta do tabuleiro Tray 10 Code no: Voltage: 32 V DC Mfg Year: 2013 Max Power: 125 W Made in Sweden GE Healthcare Bio-Sciences AB Uppsala Sweden Etiqueta de tampa Lid 10 Code no: Mfg Year: 2013 Made in Sweden GE Healthcare Bio-Sciences AB Uppsala Sweden Etiqueta do ReadyToProcess CBCU A etiqueta do instrumento na CBCU está localizada na parte inferior da unidade. A ilustração de baixo é um exemplo da etiqueta anexada a uma CBCU com configuração total. As etiquetas correspondentes são anexadas às unidades CBCU com configurações alternativas TM ReadyToProcess CBCU Full Code no: Serial no: XXXXXXX Mfg Year: 2013 Voltage: 32 V DC UniNet-9 Max Power: 32 W Protection Class: IP21 Made in Sweden GE Healthcare Bio-Sciences AB Uppsala Sweden 26 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

27 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiqueta do instrumento Etiqueta do ReadyToProcess Pump 25 A etiqueta do instrumento na bomba está localizada no painel posterior da unidade TM ReadyToProcess Pump 25 Code no: Serial no: XXXXXXX Mfg Year: 2013 Voltage: 32 V Max Power: 32 W Protection Class: IP21 DC UniNet-9 Made in Sweden GE Healthcare Bio-Sciences AB Uppsala Sweden Descrição dos símbolos Os seguintes símbolos são utilizados nas etiquetas. Aviso Descrição Advertência! Leia a documentação do utilizador antes de utilizar o sistema. Não abra quaisquer tampas nem substitua peças a menos que especificamente indicado na documentação do utilizador. O sistema está de acordo com as directrizes Europeias aplicáveis. O sistema está em conformidade com os requisitos aplicáveis na Austrália e Nova Zelândia. O símbolo indica que o sistema foi certificado por um Laboratório de testes reconhecido nacionalmente (NRTL). Um NRTL é uma organização que a Administração de saúde e segurança ocupacional (OSHA) reconheceu como cumprindo os requisitos legais no título 29 do Código de Regulamentações Federais dos EUA (29 CFR), Parte Este símbolo indica que os equipamentos eléctricos e electrónicos não devem ser eliminados no sistema de recolha de resíduos urbanos, mas sim recolhidos separadamente. Contacte um representante autorizado do fabricante para obter informações relativamente à retirada de funcionamento do equipamento. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 27

28 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiqueta do instrumento Aviso Descrição Este símbolo indica que o produto contém materiais perigosos que excedem os limites estabelecidos pela norma chinesa SJ/T Requisitos para Limites de Concentração de Determinadas Substâncias Perigosas em Produtos de Informação Electrónica. 28 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

29 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiquetas de segurança Etiquetas de segurança Etiquetas de segurança no ReadyToProcess WAVE 25 rocker Os seguintes símbolos podem ser encontrados no balanceiro. Aviso Descrição Advertência! Leia a documentação do utilizador antes de utilizar o sistema. Não abra quaisquer tampas nem substitua peças a menos que especificamente indicado na documentação do utilizador. Indica o risco de partes do corpo ficarem presas entre duas partes do sistema, devendo proceder com cuidado para evitar ferimentos. Etiquetas de segurança no ReadyToProcess Pump 25 Os seguintes símbolos podem ser encontrados na bomba. Aviso Descrição Advertência! Indica o risco dos dedos ficarem presos nas partes móveis da bomba, devendo proceder com cuidado para evitar ferimentos. Etiquetas de segurança no aquecedor do filtro Os seguintes símbolos podem ser encontrados no aquecedor do filtro. Aviso Descrição Aviso! Indica uma superfície quente, devendo proceder com cuidado para evitar ferimentos. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 29

30 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiquetas de segurança Etiquetas de segurança no tabuleiro Os seguintes símbolos podem ser encontrados no tabuleiro. Aviso Descrição Aviso! Indica uma superfície quente, devendo proceder com cuidado para evitar ferimentos. LEFT (Esquerda) indica o lado esquerdo do tabuleiro. Aviso! Indica uma superfície quente, devendo proceder com cuidado para evitar ferimentos. RIGHT (Direita) indica o lado direito do tabuleiro. 30 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

31 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiquetas adicionais Etiquetas adicionais Ilustração da etiqueta Cellbag A imagem seguinte é um exemplo da etiqueta anexada ao saco de células. Ilustração da etiqueta do sensor de DO A imagem que se segue é um exemplo da etiqueta do sensor de DO afixada no saco de células ao lado do sensor de DO. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 31

32 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiquetas adicionais Ilustração da etiqueta do sensor de ph A imagem que se segue é um exemplo da etiqueta do sensor de ph afixada no saco de células ao lado do sensor de ph. Ilustrações de etiquetas de cabo de fibra A imagem seguinte é um exemplo da etiqueta anexada ao cabo de fibra óptica do sensor de DO. A imagem seguinte é um exemplo da etiqueta anexada ao cabo de fibra óptica do sensor de ph. 32 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

33 Ilustração da etiqueta da cabeça da bomba 2 Instruções de segurança 2.2 Avisos Etiquetas adicionais A imagem que se segue mostra a etiqueta afixada na cabeça da bomba. A etiqueta indica a direcção de bombagem da bomba. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 33

34 2 Instruções de segurança 2.3 Procedimentos de emergência 2.3 Procedimentos de emergência Introdução Esta secção descreve como fazer um encerramento de emergência do ReadyToProcess WAVE 25. Esta secção descreve ainda os resultados em caso de falha de alimentação ou de um corte de rede. Encerramento de emergência Numa situação de emergência, interrompa a execução através de uma das seguintes formas: Pare a execução a partir de System Control clicando no ícone Stop, e o UNICORN estiver a controlar o sistema.. ou Desligue a alimentação pressionando o interruptor Power no painel dianteiro do balanceiro. A execução é interrompida imediatamente. Nota: Se o botão for premido uma vez, é realizado um encerramento normal. Se for mantido pressionado, é realizado um encerramento forçado. Quando o indicador não apresenta qualquer luz, é sinal de que a alimentação está desligada. A alimentação está ligada quando a luz indicadora está acesa a verde. 34 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

35 2 Instruções de segurança 2.3 Procedimentos de emergência Falha de alimentação O resultado de uma falha de alimentação ou encerramento de emergência depende da unidade afectada. Falha de alimentação para... ReadyToProcess WAVE 25 irá resultar em... O sistema fica inactivo durante uma falha de alimentação. Se System Settings:Auto start:rocker e System Settings:Auto start:cbcu estiverem configuradas para Resume activity, quando o sistema voltar a ser alimentado após uma falha de energia, o balanceiro e a(s) CBCU(s) serão reiniciados utilizando os mesmos valores que anteriormente. Nota: A recolha de dados, controlo de suporte e regulação de ph e DO têm de ser reiniciados manualmente, ligando novamente ao sistema e iniciando uma nova execução. Computador cliente A execução do cultivo de células prossegue sem interrupção. O operador não poderá, no entanto, visualizar o estado do sistema, alterar definições ou enviar instruções manuais durante a falha de alimentação eléctrica para o computador cliente. O software retém as definições da execução quando a alimentação eléctrica é reposta. Fonte de alimentação ininterrupta (UPS) Uma UPS pode adiar uma falha de alimentação, o que proporciona tempo para um encerramento controlado do sistema bioreactor e evita perdas de dados. Quanto aos requisitos de alimentação da UPS, consulte as especificações do sistema no ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook. Leve em consideração as especificações do computador cliente e do monitor. Consulte a documentação do fabricante. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 35

36 2 Instruções de segurança 2.4 Informações de reciclagem 2.4 Informações de reciclagem Introdução Esta secção descreve os procedimentos para a eliminação e reciclagem do ReadyToProcess WAVE 25. Retirada de funcionamento do equipamento As unidades dos sistema bioreactores têm de ser descontaminadas antes da retirada de funcionamento. Siga os regulamentos locais para o desmantelamento do equipamento. Instruções gerais de eliminação Quando desactivar o ReadyToProcess WAVE 25, os vários materiais devem ser separados e reciclados de acordo com os regulamentos nacionais e locais para o ambiente. Eliminação de componentes eléctricos Os resíduos dos equipamentos eléctricos e electrónicos não devem ser eliminados no sistema de recolha de resíduos urbanos, mas sim recolhidos separadamente. Contacte um representante autorizado do GE para obter informações sobre como proceder à retirada de funcionamento do seu equipamento. 36 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

37 3 Descrição do sistema 3 Descrição do sistema Neste capítulo Este capítulo apresenta uma breve descrição geral do ReadyToProcess WAVE 25. Para obter informações mais detalhadas, consulte o ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook. Este capítulo contém as seguintes secções: Secção 3.1 Descrição geral do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker 3.3 ReadyToProcess CBCU 3.4 ReadyToProcess Pump Bioreactor Cellbag 3.6 Descrição geral do software UNICORN Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 37

38 3 Descrição do sistema 3.1 Descrição geral do sistema 3.1 Descrição geral do sistema Introdução O ReadyToProcess WAVE 25 destina-se ao cultivo de células. Um bioreactor Cellbag descartável é colocado sobre um balanceiro e cheio com gás, parcialmente cheio com meio de cultura e inoculado com células. A transferência de gás e a mistura da cultura são conseguidas por agitação induzida por ondas, realizada pela unidade de balanceiro. O intervalo de volume da cultura de células por bioreactor Cellbag é de 0,3 a 25 L, dependendo do tamanho do bioreactor, e o volume de trabalho poderá ser expandido até 10 vezes durante um cultivo. O sistema, composto pelo balanceiro, ReadyToProcess CBCU e ReadyToProcess Pump 25, permite a medição e controlo do ph, DO, peso e distribuição do meio de suporte, proporcionando vários fluxos de gás e várias possibilidades de mistura. No modo simples, o sistema suporta uma cultura num bioreactor Cellbag de cada vez. O balanceiro está ligado a uma ReadyToProcess CBCU e a um máximo de três unidades de ReadyToProcess Pump 25. No modo duplo, o sistema suporta culturas em dois bioreactores Cellbag colocados no mesmo tabuleiro. O balanceiro está ligado a um máximo de duas unidades ReadyToProcess CBCU e a um máximo de três unidades ReadyToProcess Pump 25 para controlo independente das condições das culturas nos dois bioreactores. O sistema é controlado a partir de um PC no qual esteja instalado o software UNICORN, versão ou posterior. O sistema também pode ser controlado através de um sistema de supervisão e aquisição de dados (SCADA), tal como o sistema de controlo Emerson DeltaV, utilizando o servidor OPC integrado. 38 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

39 3 Descrição do sistema 3.1 Descrição geral do sistema Ilustração do sistema A ilustração abaixo apresenta as principais unidades do sistema para utilização no modo simples com uma ReadyToProcess Pump 25. O modo duplo utiliza duas unidades ReadyToProcess CBCU para controlar os dois bioreactores Cellbag de modo independente. Ambos os modos, simples e duplo, podem suportar até três unidades ReadyToProcess Pump Peça Descrição ReadyToProcess Pump 25 Escotilha Aquecedor do filtro Bioreactor Cellbag ReadyToProcess WAVE 25 rocker Tabuleiro Tampa ReadyToProcess CBCU ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 39

40 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Introdução O balanceiro é a unidade principal do sistema. O balanceiro permite medir o peso e controlar a temperatura, a velocidade de oscilação, o ângulo de oscilação e o movimento de oscilação. O balanceiro contém quatro células de carga para monitorizar o peso do bioreactor Cellbag e o conteúdo. A colocação das células de carga permite efectuar uma medição independente do peso dos dois bioreactores Cellbag no modo duplo. O balanceiro também contém um microprocessador incorporado, que permite controlar o sistema independentemente do desempenho da rede ligada e do computador cliente. Para obter as especificações do balanceiro, consulte o ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook ou o ficheiro de dados do ReadyToProcess WAVE 25, disponível para download em Vista frontal do balanceiro A ilustração de baixo apresenta a vista frontal do balanceiro Peça 1 Descrição Plataforma do balanceiro 40 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

41 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Peça Descrição Sensores de temperatura Base do balanceiro Interruptor de alimentação Localização do pé ajustável Interruptor de alimentação O interruptor de alimentação indica o estado do balanceiro de acordo com a lista de baixo. Indicador luminoso Nenhuma luz Luz verde intermitente Luz verde fixa Luz vermelha intermitente Luz vermelha fixa Descrição A alimentação está desligada. O balanceiro está a arrancar. A alimentação está ligada e o balanceiro está a funcionar. O balanceiro não conseguiu estabelecer ligação com outros componentes do sistema. Indica um erro do balanceiro. Pé ajustável O pé ajustável está localizado no canto dianteiro direito da base do balanceiro quando visto de frente. É utilizado para uma distribuição uniforme do peso pelos quatro pés do balanceiro. Utilizar a chave de pé ajustável fornecida para ajustar o pé. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 41

42 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Vista traseira do balanceiro A ilustração de baixo mostra o painel posterior do balanceiro. Peça Descrição Conector D-sub de 15 pinos, utilizado para sinais I/O digitais e analógicos Conectores do aquecedor do filtro Conector do tabuleiro Portas UniNet-9 Portas USB Conector Ethernet Conector de alimentação Nota: O balanceiro está equipado com fusíveis eléctricos internos que não podem ser substituídos pelo utilizador. 42 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

43 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Tamanhos de tabuleiro e de tampas Os tabuleiros e tampas estão disponíveis nos diferentes tamanhos abaixo listados: Tabuleiros Tabuleiro 10 Tabuleiro 20 Tabuleiro 50 Tampas Tampa 10 Tampa 20 Tampa 50 Ilustrações de tabuleiro e tampa A ilustração de baixo apresenta o balanceiro com Tabuleiro 50 instalado Peça Descrição Grampo de saco (superior) Dispositivo de abertura do grampo de saco (um em cada canto superior) Dispositivo de abertura do grampo de saco (um em cada canto inferior) Grampo de saco (inferior) ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 43

44 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker A ilustração de baixo apresenta o balanceiro com Tabuleiro 50 e Tampa 50 instalados Peça Descrição Base do balanceiro Tampa Tabuleiro Saída de tubagem Escotilha 44 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

45 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Preparar para inclinação Quando o sistema entra no modo END, o tabuleiro prepara-se para uma inclinação se System Settings:Rocker:Prepare for tilt at END estiver definido como Yes. Isto desloca o balanceiro para a posição mecânica final, que é de 14 graus relativamente ao plano horizontal. Esta posição também pode ser definida executando a instrução manual Rocker:Prepare for tilt. Consulte a ilustração abaixo. Posição de inclinação Para facilitar a mudança de tabuleiro na configuração do sistema e a amostragem e colheita durante e após o cultivo de células, é possível posicionar o tabuleiro com o(s) bioreactor(es) Cellbag instalado(s) numa posição vertical designada por posição de inclinação. Siga os passos abaixo referidos para colocar o tabuleiro na posição de inclinação. Nas imagens abaixo, o tabuleiro é apresentado sem o bioreactor Cellbag instalado. AVISO Proceda com precaução ao inclinar o tabuleiro oscilatório com bioreactor(es) Cellbag cheio(s). Passo 1 Acção Prepare para inclinação conforme acima descrito, ou seleccione o maior ângulo possível no UNICORN. Não incline o tabuleiro se o ângulo inicial for inferior a 12. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 45

46 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Passo 2 Acção Agarre o tabuleiro pela área texturada de cada lado do tabuleiro e puxe o tabuleiro para si. A ilustração de baixo apresenta a posição de inclinação: 46 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

47 3 Descrição do sistema 3.2 ReadyToProcess WAVE 25 rocker Ilustração do aquecedor do filtro O aquecedor de filtro impede a condensação e obstrução do filtro da saída de ventilação no bioreactor Cellbag Peça Descrição Aquecedor do filtro Conector para ligação do balanceiro Suporte do aquecedor do filtro ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 47

48 3 Descrição do sistema 3.3 ReadyToProcess CBCU 3.3 ReadyToProcess CBCU Introdução A unidade de controlo, ReadyToProcess CBCU, está ligada ao balanceiro através de um conector UniNet-9. A configuração completa mistura ar/n 2, O 2 e gás CO 2, e contém sensores de O 2 e CO 2, um controlador de fluxo de massa, um leitor óptico de sensor de ph e um leitor de sensor óptico de DO. Estão disponíveis três configurações: ReadyToProcess CBCU ph: CO 2, O 2 e ph. ReadyToProcess CBCU DO: CO 2, O 2 e DO. ReadyToProcess CBCU Completa: CO 2, O 2, ph e DO. Para obter as especificações da CBCU, consulte o ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook ou o ficheiro de dados do ReadyToProcess WAVE 25, disponível para download em Vista frontal do ReadyToProcess CBCU A ilustração abaixo apresenta o painel frontal de uma CBCU totalmente configurada. A configuração da sua CBCU poderá ser diferente da configuração abaixo apresentada ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

49 3 Descrição do sistema 3.3 ReadyToProcess CBCU Peça Componente Porta de ph GAS MIX OUT LED de Estado Porta de DO Descrição Conector para cabo de fibra do sensor de ph. Saída de gás para ligação ao bioreactor Cellbag. Indica o estado de funcionamento da CBCU. Conector para cabo de fibra do sensor de DO. LED de Estado O O LED de estado indica o estado de funcionamento da CBCU de acordo com a seguinte tabela. Indicador luminoso Luz verde fixa Luz verde intermitente Luz vermelha intermitente Luz vermelha fixa Descrição A CBCU está pronta para o funcionamento. A CBCU está a funcionar. Indica um erro interno, mas a CBCU ainda está a funcionar. Indica um erro interno e a CBCU não está a funcionar. Vista posterior do ReadyToProcess CBCU A ilustração abaixo apresenta o painel traseiro de uma CBCU totalmente configurada. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 49

50 3 Descrição do sistema 3.3 ReadyToProcess CBCU Peça Componente Porta UniNet-9 CAN LED indicador de CAN CAN ID interruptor de CAN ID O2 IN CO2 IN AIR/N2 Descrição Ligação de alimentação ao balanceiro. Indica o estado de ligação do sistema. Interruptor para definir o número da unidade CBCU para reconhecimento do sistema. Ligação de admissão para o fornecimento de O 2. Ligação de admissão para fornecimento de CO 2. Ligação de admissão para fornecimento de ar ou N 2. CAN ID O CAN ID é um número de unidade utilizado pelo UNICORN para reconhecer a CBCU que está ligada ao sistema. O CAN ID é definido rodando o interruptor no painel traseiro da CBCU (ver ilustração acima). O CAN ID deverá ser sempre regulado para a posição 1 para utilização no modo simples. Para o modo duplo, regule o CAN ID para 1 no caso da CBCU ligada ao bioreactor Cellbag esquerdo, e para 2 no caso da CBCU ligada ao bioreactor Cellbag direito. Tubagem e conectores As tubagens e os conectores para o fluxo de gases abaixo referidos são fornecidos com a ReadyToProcess CBCU. As tubagens e os conectores para o fluxo de líquido devem ser obtidos separadamente. Tubagem Item Diâmetro interno Diâmetro externo Comprimento Tygon E3603 1/8" (3,2 mm) 1/4" (6,4 mm) 147,6" (375 cm) Silicone 3/16" (4,8 mm) 3/8" (9,5 mm) 7,9" (20 cm) Conectores Item Diâmetro interno Conector redutor, tubagem de gás 1/8" a 3/16" (3,2 a 4,8 mm) 50 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

51 3 Descrição do sistema 3.3 ReadyToProcess CBCU Item Conector, CBCU Diâmetro interno 1/8" (3,2 mm) ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 51

52 3 Descrição do sistema 3.4 ReadyToProcess Pump ReadyToProcess Pump 25 Introdução A ReadyToProcess Pump 25 é uma unidade de bomba peristáltica que inclui duas cabeças de bomba de roletes. O funcionamento de uma determinada bomba é definido no software UNICORN. São suportadas até três unidades de bomba em ambos os modos, simples e duplo. Para obter as especificações da bomba, consulte o ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook ou o ficheiro de dados do ReadyToProcess WAVE 25, disponível para download em Vista frontal da bomba A ilustração abaixo apresenta o painel frontal da bomba Peça Descrição Tampa articulada da cabeça da bomba Cabeça da bomba LEDs de estado para função de bombagem por cabeça de bomba 52 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

53 TM 3 Descrição do sistema 3.4 ReadyToProcess Pump 25 LEDs de estado Os Os LEDs de estado indicam o estado da função de bombagem de acordo com a tabela seguinte. Indicador luminoso Luz verde fixa Luz verde intermitente Luz vermelha intermitente Luz vermelha fixa Descrição A função de bombagem está pronta para o funcionamento. A bombagem é contínua. Indica um erro interno, mas a bomba continua a funcionar. Indica um erro interno, e a bomba não está a funcionar correctamente. Vista traseira da bomba A ilustração abaixo apresenta o painel posterior da bomba ReadyToProcess Pump 25 Code no: Voltage: 32 V DC UniNet-9 Serial no: XXXXXXX Mfg Year: 2013 Max Power: 32 W Protection Class: IP21 Made in Sweden GE Healthcare Bio-Sciences AB Uppsala Sweden Peça Componente Porta UniNet-9 LED indicador da CAN Interruptor CAN ID Descrição Ligação de alimentação ao balanceiro. Indica o estado de ligação do sistema. Mostra o número de unidade da bomba para detecção pelo sistema. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 53

54 3 Descrição do sistema 3.4 ReadyToProcess Pump 25 CAN ID O CAN ID é um número de unidade utilizado pelo UNICORN para reconhecer a unidade de bomba específica que está ligada. Se estiver ligada mais do que uma unidade de bomba, as unidades são distinguidas através dos seus CAN IDs. O CAN ID é definido rodando o interruptor no painel traseiro da bomba (ver ilustração acima). O interruptor tem quatro posições de CAN ID, marcadas com 1, 2, 3, e 4, respectivamente. O CAN ID deve ser definido para a posição 1 para a primeira bomba, posição 2 para a segunda bomba, e assim sucessivamente. Sugestão: As bombas são identificadas no UNICORN através do respectivo CAN ID. Atribua a cada unidade de bomba o seu CAN ID para simplificar a identificação da bomba física. 54 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

55 3 Descrição do sistema 3.5 Bioreactor Cellbag 3.5 Bioreactor Cellbag Bioreactor Introdução O cultivo de células é realizado no interior do bioreactor Cellbag. O bioreactor Cellbag é fornecido esterilizado por radiação gama e pronto a usar. Destina-se apenas a uma única utilização e deverá ser descartado após a utilização. Opções do bioreactor Cellbag Os bioreactores Cellbag estão disponíveis com diferentes configurações, tamanhos e equipados com várias portas. Estão disponíveis bioreactores Cellbag com filtros de retenção de célula internos para cultura de perfusão. Se necessário, é possível personalizar os bioreactores Cellbag. Estão disponíveis os seguintes tamanhos de saco para o ReadyToProcess WAVE 25: 2 L 10 L 20 L (apenas no modo simples) 22 L 50 L (apenas no modo simples) ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 55

56 3 Descrição do sistema 3.5 Bioreactor Cellbag Ilustração do bioreactor Cellbag A ilustração mostra um bioreactor Cellbag geral. A configuração do seu bioreactor Cellbag pode variar da configuração apresentada em baixo Peça Nota: Descrição Porta do sensor de saco de ph, localizada na secção inferior do saco Filtro da saída de ventilação com válvula de controlo de pressão Filtro de entrada de ventilação Porta de adição Porta do sensor do saco de DO, localizada na secção inferior do saco Haste do Cellbag Porta de amostragem CLAVE Porta de adição Porta de adição/colheita Os filtros de entrada e saída de ventilação distinguem-se pela válvula de controlo de pressão no filtro de saída. 56 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

57 3 Descrição do sistema 3.5 Bioreactor Cellbag Sensores de ph e DO O bioreactor Cellbag poderá estar equipado com sensores ópticos para monitorização do ph e do oxigénio dissolvido (DO). Os sensores são fotossensíveis e deverão ser protegidos da luz excessiva. Os sensores estão localizados no centro de uma porta de sensor no bioreactor Cellbag e deverão ser ligados a um adaptador de sensor; consulte a tabela abaixo. Peça Porta do sensor do saco Descrição A porta de sensor está localizada na secção inferior do bioreactor Cellbag. O sensor em si (branco/amarelo para ph, rosa/negro para DO) está localizado no centro (1) da porta de sensor, ver imagem abaixo. O adaptador do sensor está ligado à porta do sensor através de quatro pinos (2). 1 2 Adaptador do sensor O adaptador do sensor está localizado numa extremidade de um cabo de fibra óptica. A lente óptica do cabo de fibra está localizada no centro do adaptador do sensor. O cabo de fibra está ligado a um leitor de sensor na CBCU. O cabo de fibra está ligado à porta de ph ou DO no painel frontal da CBCU. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 57

58 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN 3.6 Descrição geral do software UNICORN Nesta secção Esta secção fornece uma descrição geral do funcionamento global do software UNICORN: um pacote completo para controlo, supervisão e avaliação das execuções de cultivo de células. Também descreve como aceder ao utilitário de ajuda que está incluído no UNICORN. Esta secção contém as seguintes subsecções: Secção Funcionamento geral do UNICORN Administração Controlo do sistema Avaliação Consulte página Nota: As ilustrações de software nestas instruções são exemplos, e poderão diferir em alguns pormenores comparativamente ao seu software. 58 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

59 3.6.1 Funcionamento geral do UNICORN 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Funcionamento geral do UNICORN Descrição geral dos módulos UNICORN O UNICORN consiste em quatro módulos: System Control, Evaluation, Administration e Method Editor. As principais funções dos módulos estão descritas na tabela abaixo. Módulo System Control Evaluation Administration Method Editor Funções principais Iniciar, visualizar e controlar execuções. Abrir resultados, avaliar execuções e criar relatórios. Efectuar a configuração do utilizador e sistema, registo do sistema e administração da base de dados. Criar e editar métodos. Introduzir um módulo UNICORN Introduzir um módulo: clique em Taskbar no módulo em questão, ou seleccione o módulo em questão no menu Tools em qualquer um dos outros módulos de software. A ilustração abaixo mostra o menu Tools do módulo Evaluation. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 59

60 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Funcionamento geral do UNICORN Aceder ao utilitário de ajuda Está incluído um utilitário de ajuda abrangente no software UNICORN. A tabela abaixo descreve como aceder às diferentes partes do utilitário de ajuda. Se pretende... localizar informação sobre um módulo UNICORN então... seleccionar Help:Help for... no módulo em questão UNICORN localizar informação sobre o item actualmente seleccionado e em destaque (por exemplo, um painel, uma caixa de diálogo ou uma fase de método) navegar pela ajuda online procurar um termo específico na ajuda online premir a tecla F1 com o item em questão seleccionado e em destaque ou clique no ícone Help na caixa de diálogo aberta. seleccione Help:Help for... em qualquer um dos módulos UNICORN (consulte a ilustração acima) no painel TOC (Tabela de Conteúdos), expanda os cabeçalhos em questão para navegar pela estrutura dos conteúdos clique no cabeçalho em questão para abrir uma secção seleccione Help:Help for... em qualquer um dos módulos UNICORN (consulte a ilustração acima) no painel Search, introduza o termo em questão no campo de entrada clique no botão Search. 60 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

61 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Funcionamento geral do UNICORN Se pretende... aceder aos manuais em formato PDF localizar informações sobre uma instrução então... seleccione Help:Help for... em qualquer um dos módulos UNICORN (consulte a ilustração acima) no painel TOC, expanda o cabeçalho UNICORN online documentation portal e seleccione Documentation overview na secção PDF manuals, clique numa das ligações de texto No módulo Method Editor: abra um método seleccione a instrução em questão em Instruction box no painel Text instruction prima a tecla F1 No módulo System Control: seleccione Manual:Execute Manual Instructions expanda um cabeçalho e seleccione a instrução em questão prima a tecla F1 ou clique no ícone Help na caixa de diálogo ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 61

62 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Administração Administração Introdução O módulo de Administration é utilizado para administrar todas as funções do software UNICORN. Consulte UNICORN Administration and Technical manual para mais informações. Ícones no Módulo de administração A tabela de baixo mostra os ícones do módulo Administration. Ícone Função User Setup é utilizado para administrar o acesso do utilizador ao UNICORN. Access Groups and Network Users é utilizado para administrar o acesso de grupos e utilizadores de rede. Setup é utilizado para definir uma conta de para mensagens de sistema automatizadas. UNICORN and System Log fornece ao administrador de sistema registos de utilização e actividade. System Properties é utilizado para definir o sistema e editar as propriedades do sistema. Database Management é utilizado para manutenção da base de dados. 62 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

63 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema Controlo do sistema Introdução O módulo System Control é utilizado para iniciar, visualizar e controlar uma execução manual ou de método. Painéis do Controlo do Sistema Conforme ilustrado abaixo, existem por defeito dois separadores no módulo System Control. O separador Process Picture permite interacções manuais com o sistema e proporciona feedback sobre os parâmetros da execução. O separador Chart mostra uma apresentação gráfica de dados ao longo da execução. Consulte Secção 5.4 Realize o cultivo, na página 141 para obter informações adicionais sobre como realizar uma execução. Sugestão: Para obter mais informações além das apresentadas na Process Picture, seleccione View:Run Data para abrir o quadro Run Data, que apresenta os dados actuais em valores numéricos. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 63

64 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema Os itens na imagem do processo reflectem componentes incluídos no sistema (por exemplo, a ilustração acima mostra um sistema no modo simples, equipado com três bombas). No modo duplo, a imagem do processo apresenta dois bioreactores Cellbag na figura do balanceiro, com ícones de controlo separados para os parâmetros controlados individualmente em cada bioreactor: Identificar componentes do sistema na imagem do processo Esta secção descreve como identificar as unidades na imagem do processo relativamente aos bioreactores Cellbag no modo simples e duplo. Os bioreactores Cellbag do lado esquerdo e direito no modo duplo são controlados pelas CBCUs com CAN ID 1 e 2, respectivamente. São apresentados do lado esquerdo e direito do tabuleiro na imagem do processo. Para evitar confusão, coloque os bioreactores Cellbag físicos do lado esquerdo e direito do tabuleiro, vistos de frente para o balanceiro. As ligações entre os bioreactor(es) Cellbag e o respectivo monitor e unidades de controlo activas são indicadas por linhas de ligação na imagem do processo. As unidades associadas ao bioreactor Cellbag do lado direito estão identificadas por Right no menu Settings. As funções associadas ao bioreactor do lado esquerdo (ou ao bioreactor único no modo simples) não têm designação esquerda/direita. 64 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

65 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema As unidades de bomba estão identificadas na imagem do processo como 1, 2 ou 3, de acordo com a sua definição de CAN ID e as cabeças da bomba em cada unidade têm a designação A (esquerda) e B (direita). No modo duplo, as bombas para os lados esquerdo e direito estão identificadas com L e R, respectivamente. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 65

66 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema Exemplo: Modo simples ou duplo Pump 25: 1B refere-se à cabeça da bomba do lado direito na unidade de bomba com o CAN ID 1. Exemplo: Apenas no modo duplo Pump 25: 2A refere-se à cabeça da bomba do lado esquerdo na unidade de bomba com o CAN ID 2. Sugestão: Coloque etiquetas de identificação na CBCU e nas unidades de bomba com os respectivos CAN ID, para simplificar a correlação das unidades físicas com a imagem do processo. No modo duplo, coloque as bombas ligadas aos bioreactores Cellbag esquerdo e direito do lado esquerdo e direito do balanceiro, respectivamente. Acções no painel da Imagem do Processo É possível interagir com o painel Process Picture das seguintes formas: Se pretende... Activar ou desactivar a medição e controlo de ph e de DO então... Coloque o cursor sobre o lado direito do botão e active ou desactive Reading e/ou Control, conforme pretendido. Só poderá activar ou desactivar a função Control se a função Reading estiver activada, e não poderá desactivar a função Reading se a função Control estiver activada. Activar ou desactivar outras funções Clique no lado direito do botão. O texto no botão apresenta o valor actual da função. 66 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

67 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema Se pretende... Abrir as definições de uma função então... Clique no lado esquerdo do botão. O exemplo de baixo apresenta as definições para oxigénio dissolvido, DO. Ajustar as definições Introduza os valores apropriados na caixa de diálogo Settings e clique em OK ou prima Enter. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 67

68 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema Definições do sistema Cada instrumento instalado tem um conjunto de valores de parâmetros predefinidos, designados por definições do sistema. A caixa de diálogo System Settings em System Control é utilizada para visualizar e editar a definição do sistema para o instrumento actualmente seleccionado antes de se iniciar a execução. Siga as instruções abaixo para alterar as System Settings. Passo 1 Acção No módulo System Control, seleccione System:Settings. Resultado: A caixa de diálogo System Settings abre-se e apresenta as Instructions. Poderá consultar um exemplo em baixo Seleccione a instrução para editar na lista. Clique no símbolo + para visualizar as instruções para cada categoria. As instruções em cada categoria diferem consoante a configuração do instrumento. Seleccione as definições e escolha valores de parâmetros para a instrução seleccionada. Clique em OK. As definições serão aplicadas até serem alteradas. Para voltar aos valores predefinidos definidos na configuração do instrumento, clique em Set Parameters To Strategy Default Values. Instruções manuais É possível interagir manualmente com uma execução a decorrer utilizando as Manual instructions. Siga as instruções de baixo para realizar as instruções manuais. Nota: Também é possível interagir manualmente com o sistema, directamente a partir de Process Picture. 68 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

69 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema Passo 1 Acção No módulo System Control: seleccione Manual:Execute Manual Instructions ou utilize o atalho Ctrl+M. Resultado: A caixa de diálogo Manual instructions é apresentada. 2 Na caixa de diálogo Manual instructions: Clique no símbolo + para apresentar as instruções para o grupo de instruções que pretende modificar. Seleccione a instrução que pretende modificar. Introduza os novos valores para a instrução. 3 Para executar várias instruções no mesmo ponto de interrupção, seleccione e edite uma instrução e clique em Insert. Repita para várias instruções. Nota: Para actualizar os campos de parâmetro durante uma execução, seleccione a caixa Auto update... 4 Para executar as instruções, clique em Execute. Dados de execução O quadro Run Data apresenta os valores actuais, por exemplo, do movimento oscilatório, da medição de ph e do tempo acumulado. Para alterar a visualização dos Run Data, seleccione View:Run Data, clique com o botão direito do rato no quadro Run Data e: seleccione Run Data Groups:Detailed para apresentar mais detalhes ou ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 69

70 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Controlo do sistema seleccione Customize para personalizar a aparência do quadro Run Data. 70 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

71 3.6.4 Avaliação 3 Descrição do sistema 3.6 Descrição geral do software UNICORN Avaliação O módulo Evaluation é utilizado para avaliar os resultados de execuções do bioreactor. A avaliação é descrita em pormenor no ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook e na UNICORN Ajuda Online. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 71

72 4 Instalação 4 Instalação Neste capítulo Este capítulo fornece instruções que permitem aos utilizadores e pessoal técnico de manutenção: desembalar o sistema bioreactor fornecido de fábrica instalar as unidades do sistema instalar o software UNICORN editar as propriedades do sistema Leia na íntegra o capítulo sobre a instalação antes de iniciar a instalação do ReadyToProcess WAVE 25. AVISO O balanceiro contém células de carga para medições de peso e deverá ser manuseado com o máximo cuidado. Não colocar o balanceiro sobre quaisquer peças que se possam movimentar. Evitar expor as células de carga a forças laterais, como uma pressão lateral da unidade na bancada, pois estas poderão afectar a medição ou danificar as células de carga. Este capítulo contém as seguintes secções: Secção 4.1 Preparação do local 4.2 Instalação do hardware 4.3 Instalação do software Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

73 4 Instalação 4.1 Preparação do local 4.1 Preparação do local Nesta secção Esta secção descreve o projecto do local e as preparações necessárias antes da instalação do ReadyToProcess WAVE 25. O objectivo consiste em disponibilizar aos autores do projecto e à equipa técnica os dados necessários para preparar o laboratório para a instalação. Esta secção contém as seguintes subsecções: Secção Entrega e armazenamento Requisitos da instalação Especificações de computador cliente Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 73

74 4 Instalação 4.1 Preparação do local Entrega e armazenamento Entrega e armazenamento Quando receber as caixas de entrega Registe na guia de entrega se existem alguns danos visíveis nas caixas de entrega. Informe o seu representante da GE no caso de verificar danos. Transporte as caixas de entrega para um local interior protegido. Requisitos de armazenamento As caixas de entrega devem ser armazenadas num local interior protegido. Devem ser cumpridos os seguintes requisitos de armazenagem no caso das caixas por abrir. Parâmetro Temperatura ambiente, armazenamento Humidade Intervalo permitido -25 C a 50 C 5% a 95% de humidade, sem condensação 74 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

75 4 Instalação 4.1 Preparação do local Requisitos da instalação Requisitos da instalação Bancada de laboratório O espaço recomendado na bancada é de, no mínimo, 80 cm de profundidade e 180 cm de largura. A bancada deverá estar limpa, nivelada, plana e suficientemente estável para suportar a vibração da oscilação. Não coloque qualquer outro equipamento de vibrações na mesma bancada, uma vez que as vibrações podem afectar a leitura do peso. A bancada tem de ser capaz de suportar o peso total do sistema, incluindo do bioreactor Cellbag cheio. Consulte Dimensões e peso do equipamento, na página 77. Se forem instalados outros instrumentos opcionais, os seus pesos também têm de ser incluídos. Não coloque materiais moles, como folhas de papel ou outros por baixo do sistema, pois podem bloquear a entrada de ventilação. Ilustração da instalação do sistema A ilustração abaixo mostra a instalação recomendada do sistema bioreactor na bancada de laboratório para uma operação no modo simples. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 75

76 4 Instalação 4.1 Preparação do local Requisitos da instalação No modo duplo, coloque as unidades ReadyToProcess CBCU e ReadyToProcess Pump 25 de cada lado do balanceiro, de forma a corresponderem às designações L e R no software. Requisitos de alimentação A tabela abaixo especifica os requisitos da alimentação de energia eléctrica: Parâmetro Fonte de alimentação Nível transitório Consumo energético máximo Ligação da rede de alimentação Comprimento do cabo de alimentação Requisito / V~, Hz, com ligação à terra Categoria de sobretensão II 1500 VA Ficha europeia ou norte-americana, tomada com fusível ou protegida por um disjuntor de circuito equivalente. Cabo eléctrico do Reino Unido disponível a pedido. 2 m. Se necessário, poderão ser utilizados cabos de extensão. 76 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

77 Dimensões e peso do equipamento 4 Instalação 4.1 Preparação do local Requisitos da instalação A tabela abaixo apresenta as dimensões externas e os pesos das unidades do sistema bioreactor. Unidade do sistema Balanceiro CBCU Bomba Tabuleiro 10 Tabuleiro 20 Tabuleiro 50 Tampa 10 Tampa 20 Tampa 50 Dimensões, L x P x A (mm) 404 x 560 x x 360 x x 280 x x 430 x x 480 x x 610 x x 430 x x 480 x x 610 x 260 Peso (kg) 24,0 4,8 3,8 4,5 7,3 9,5 1,7 3,3 3,9 Requisitos ambientais O sistema bioreactor destina-se apenas a utilização interna. Devem ser cumpridos os seguintes requisitos: A sala deverá ter ventilação forçada, adaptada para a utilização de CO 2, O 2 e N 2. As unidades do sistema não devem ser expostas à luz solar directa. Os intervalos dos parâmetros ambientais permitidos são especificados na tabela abaixo. Parâmetro Temperatura ambiente, funcionamento Humidade relativa, funcionamento Altitude Pressão atmosférica Grau de poluição Intervalo permitido 15 C a 32 C 20% a 80% (sem condensação) Até m 800 a 1060 mbar 2 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 77

78 4 Instalação 4.1 Preparação do local Requisitos da instalação Nota: Nota: Para o controlo satisfatório da temperatura, a temperatura ambiente tem de ser, no mínimo, 5 C mais baixa do que a temperatura de crescimento de cultura desejada. As células de carga no balanceiro são sensíveis a alterações de temperatura. A temperatura ambiente deverá ser mantida o mais constante possível para que sejam obtidas medições de peso fiáveis. Nível de ruído O nível de ruído do sistema bioreactor em funcionamento é inferior a 65 dba. Os sinais de aviso áudio possuem um nível de ruído superior ao do sistema em funcionamento. Saída de calor Os dados da saída de calor estão listados na tabela abaixo. Componente Sistema bioreactor, incluindo a unidade de balanceiro, CBCU e bomba. Saída de calor Máximo 1500 W Fornecimento de gás A tabela abaixo apresenta a alimentação de gás necessária para cada CBCU instalada. Gás Pressão (bar) Fluxo (l/min) Modo normal Fluxo (l/min) Modo de enchimento rápido Ar comprimido/n 2 1,0 a 1,5 1,3 3,5 CO 2 1,0 a 1,5 0,2 0,5 O 2 1,0 a 1,5 0,7 1,7 78 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

79 4.1.3 Especificações de computador cliente 4 Instalação 4.1 Preparação do local Especificações de computador cliente A tabela abaixo apresenta uma lista das especificações do computador cliente para um sistema UNICORN para utilização com o ReadyToProcess WAVE 25. Os sistemas operativos recomendados são o Windows 7 Professional x86 e x64 com o SP1 instalado. As especificações estão listadas na tabela abaixo. Cliente UNICORN Servidor da Base de Dados Instalação da Estação de Trabalho Servidor da Licença Electrónica Componentes Comuns Espaço de disco livre mín. 6 GB 6 GB 12 GB 500 MB 500 MB Memória RAM mín. disponível 3 GB 3 GB 3 GB 2 GB 2 GB Formato de disco NTFS NTFS NTFS NTFS NTFS SO Windows XP Windows XP Windows XP Windows XP Windows XP Windows 7 Windows 7 Windows 7 Windows 7 Windows 7 Windows Server 2003/2003 R2 Windows Server 2003/2003 R2 Windows Server 2003/2003 R2 Windows Server 2008/2008 R2 Windows Server 2008/2008 R2 Windows Server 2008/2008 R2 Idioma do SO Inglês (EUA) Código 1033 Inglês (EUA) Código 1033 Inglês (EUA) Código 1033 Inglês (EUA) Código 1033 Inglês (EUA) Código 1033 Arquitectura Intel Dual Core (ou superior) Intel Dual Core (ou superior) Intel Dual Core (ou superior) Intel Dual Core (ou superior) Intel Dual Core (ou superior) Windows XP Windows XP Windows XP Windows XP Windows XP Windows 7 Windows 7 Windows 7 Windows 7 Windows 7 Windows Server 2003 x86, x64/r2 x86, x64 Windows Server 2003 x86, x64/r2 x86, x64 Windows Server 2003 x86, x64/r2 x86, x64 Windows Server 2008 x64/r2 x64 Windows Server 2008 x64/r2 x64 Windows Server 2008 x64/r2 x64 Nota: O UNICORN é testado utilizando uma versão em Inglês do sistema operativo. Utilizar versões de outros idiomas do sistema operativo poderá causar erros. Recomenda-se uma resolução de ecrã de 1280x1024 ou superior. Algumas partes da interface do utilizador do UNICORN poderão não ser apresentadas correctamente com uma baixa resolução. Mudar a fonte predefinida e tamanho da fonte no Windows pode causar problemas na interface do utilizador do UNICORN. Recomenda-se a utilização do esquema de cores básico do Windows (é necessário reiniciar o UNICORN quando o esquema de cores for alterado). ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 79

80 4 Instalação 4.1 Preparação do local Especificações de computador cliente Não é recomendada a utilização do esquema de cores Windows 7 Aero. As definições de poupança de energia do Windows devem ser desactivadas para evitar conflitos com as operações do sistema. O UNICORN não é compatível com a função do Windows 7 - High DPI Awareness, a qual permite uma adaptação da escala da interface gráfica do utilizador. A escala da interface tem de permanecer em 100% para evita problemas de corte e alinhamento errado de partes da interface do utilizador UNICORN. Normalmente, a escala está definida em 100% por predefinição. 80 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

81 4 Instalação 4.2 Instalação do hardware 4.2 Instalação do hardware Nesta secção Esta secção descreve os procedimentos de instalação para ReadyToProcess WAVE 25. Esta secção contém as seguintes subsecções: Secção Desembale as unidades do sistema Ligar os componentes do sistema Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 81

82 4 Instalação 4.2 Instalação do hardware Desembale as unidades do sistema Desembale as unidades do sistema Instruções para desembalar Siga as instruções abaixo para desembalar cada caixa e para elevar as unidades do sistema na bancada. Passo Nota: Acção Coloque a caixa numa superfície macia e plana com o lado correcto voltado para cima. Abra a embalagem com uma faca e retire as peças de espuma que envolvem a unidade do sistema. Eleve a unidade do sistema pelas pegas existentes de cada lado e coloquea sobre a bancada. Mantenha cada unidade em posição vertical durante a desembalagem. Proteja as unidades contra impactos de outros objectos. AVISO O balanceiro possui uma função de balança (células de carga) e deve por isso ser manuseado com cuidado extra. O balanceiro não pode ser colocado em qualquer parte móvel. Evite expor as células de carga a forças laterais, por ex., empurrando lateralmente na bancada, uma vez que pode causar distúrbios na medição ou danos nas células de carga. ATENÇÃO Objecto pesado. Devido ao peso significativo do ReadyToProcess WAVE 25 rocker, é altamente recomendada assistência de outra pessoa quando levantar ou movimentar o equipamento. Utilize as pegas dos lados do balanceiro quando possível, e não levante o ReadyToProcess WAVE 25 rocker com o tabuleiro colocado. 82 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

83 Instale o equipamento do computador cliente Instale o computador cliente de acordo com as instruções do fabricante. O computador pode ser fornecido como parte do sistema bioreactor ou obtido localmente. Definições IP para instalação autónoma 4 Instalação 4.2 Instalação do hardware Desembale as unidades do sistema Para uma instalação autónoma, a placa de rede do computador cliente ligada ao balanceiro deve ter o IP estático Consulte o UNICORN Administration and Technical manual, Apêndice D para instruções sobre como alterar estas definições. AVISO Qualquer computador utilizado com o equipamento deve estar em conformidade com IEC e de ser instalado e utilizado de acordo com as instruções do fabricante. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 83

84 4 Instalação 4.2 Instalação do hardware Ligar os componentes do sistema Ligar os componentes do sistema Ligue as unidades do sistema ao balanceiro As unidades ReadyToProcess Pump 25 e ReadyToProcess CBCU são ligadas ao balanceiro com cabos UniNet. A energia para as unidades é fornecida através do balanceiro. Siga as instruções abaixo para ligar as unidades do sistema ao balanceiro. AVISO Se durante uma execução forem desligados cabos UniNet, a execução será interrompida e terá de ser reiniciada. Certifique-se de que os cabos estão devidamente fixos antes de iniciar uma execução e evite deslocar as unidades do sistema durante uma execução. Consulte Vista traseira do balanceiro, na página 42 para obter a localização dos conectores no painel traseiro do balanceiro. Passo 1 Acção Ligar a(s) unidade(s) ReadyToProcess CBCU ao balanceiro. 1 Ligue o cabo UniNet fornecido entre a porta UniNet-9 no painel traseiro da CBCU (ver Vista posterior do ReadyToProcess CBCU, na página 49) e a primeira porta UniNet-9 port disponível no painel traseiro do balanceiro. São utilizadas até duas unidades ReadyToProcess CBCU para uma operação no modo duplo. 2 Para o modo simples, coloque o interruptor CAN ID da CBCU na posição 1. Para o modo duplo com duas unidades CBCU, coloque os interruptores CAN ID das duas unidades CBCU nas posições 1 e 2, respectivamente. Sugestão: No modo duplo, afixe uma etiqueta nas CBCU com os respectivos CAN ID para simplificar a identificação no software UNICORN. 84 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

85 4 Instalação 4.2 Instalação do hardware Ligar os componentes do sistema Passo 2 Acção Ligar a(s) unidade(s) ReadyToProcess Pump 25 ao balanceiro. 1 Ligue o cabo UniNet fornecido da porta UniNet-9 no painel traseiro de cada bomba (ver Vista traseira da bomba, na página 53) à porta UniNet- 9 seguinte disponível no painel traseiro do balanceiro. 2 Defina o CAN ID da bomba para a posição 1 no caso da primeira bomba, e para a posição 2 no caso da segunda bomba e para a posição 3 no caso da terceira bomba. Sugestão: Afixe etiquetas nas unidades de bomba com os respectivos CAN ID para simplificar a identificação no software UNICORN. 3 Ligar o(s) aquecedor(es) do(s) filtro(s) ao balanceiro. Ligue o cabo do aquecedor do filtro à porta do aquecedor do filtro no painel traseiro do balanceiro. No modo duplo são utilizados dois aquecedores de filtros, um ligado a cada porta de aquecedor de filtro. Nota: O conector do aquecedor do filtro encaixa na tomada, a fim de evitar que possa ser desligado com um puxão brusco. Para soltar o conector, puxe a manga do conector afastando-a da tomada. Jumpers Insira jumpers em todas as portas UniNet-9 não utilizadas no balanceiro. Os jumpers são fornecidos com o sistema. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 85

86 4 Instalação 4.2 Instalação do hardware Ligar os componentes do sistema Ligar à rede ou computador O sistema pode ser ligado a um computador isolado ou a uma rede, utilizando uma ligação Ethernet ou sem fios. Siga as instruções apropriadas na tabela abaixo. Conexão Computador autónomo Ethernet Ligação sem fios Instruções Ligue um cabo de rede entre o conector Ethernet no painel traseiro do balanceiro e a porta Ethernet no computador. Ligue um cabo de rede entre o conector Ethernet no painel traseiro do balanceiro e a rede. Ligue o computador à rede. Contacte o seu representante GE se necessitar de assistência para estabelecer e configurar a ligação de rede. Ligue um adaptador USB WiFi à porta USB no painel traseiro do balanceiro. Contacte o seu representante GE se necessitar de assistência para estabelecer e configurar as ligações de rede. Ligações I/O adicionais O conector D-sub de 15 pinos no painel traseiro do balanceiro proporciona duas entradas analógicas, quatro entradas digitais e quatro saídas digitais para controlar e monitorizar equipamentos adicionais. Consulte o ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook para obter informações adicionais. Ligar à alimentação eléctrica Passo 1 2 Acção Ligue o cabo de alimentação fornecido entre a entrada de alimentação no painel posterior do balanceiro e uma tomada de alimentação ligada à terra. Siga as instruções do fabricante para ligar a alimentação ao computador, monitor e impressora local (se utilizada). 86 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

87 Preparar a tubagem do gás 4 Instalação 4.2 Instalação do hardware Ligar os componentes do sistema A tubagem para ligações de gás (Tygon E3603 e silicone, consulte Tubagem e conectores, na página 50) é fornecida com a ReadyToProcess CBCU. Para distribuição de gás com funcionalidade completa de mistura de gases (N 2 /ar, CO 2 e O 2 ), são necessárias quatro peças de tubagem de gás para cada ReadyToProcess CBCU. Três peças são utilizadas para ligar as fontes de gás às entradas no painel traseiro da CBCU, e uma peça é utilizada para ligar a saída de mistura de gases do painel dianteiro da CBCU ao bioreactor Cellbag. Siga as instruções abaixo para preparar a tubagem para distribuição de gás. Passo 1 2 Acção Corte a tubagem Tygon em peças com o comprimento adequado, uma peça para ligar a distribuição de gás da CBCU ao bioreactor Cellbag e o número de peças necessário para ligar as fontes de mistura de gases à CBCU. Insira um conector de tubagem CPC numa extremidade de cada peça. 3 Na tubagem utilizada para ligar a CBCU ao bioreactor Cellbag, ligue a extremidade sem o conector CPC à tubagem de silicone, utilizando o conector redutor fornecido. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 87

88 4 Instalação 4.3 Instalação do software 4.3 Instalação do software Nesta secção Esta secção descreve como realizar uma instalação do UNICORN completa numa estação de trabalho autónoma (instalação completa). As instruções sobre o modo de configurar uma licença electrónica, definir um sistema e configurar uma impressora do sistema também estão incluídas. Nota: Para outros tipos de instalações, contacte o seu representante GE se necessitar de assistência. Esta inclui instalações de rede quando desejar aceder ao sistema ReadyToProcess WAVE 25 a partir de vários computadores cliente ou controlar mais de um sistema a partir de um único computador, ou utilizar o sistema a partir de um controlador de terceiros. Estão disponíveis informações adicionais sobre instalação do software e configuração no UNICORN Administration and Technical manual. Esta secção contém as seguintes subsecções: Secção Instalar o software UNICORN Configurar uma licença electrónica Definir o sistema Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

89 4 Instalação 4.3 Instalação do software Instalar o software UNICORN Instalar o software UNICORN Introdução A instalação completa do UNICORN inclui todos os componentes do software, incluindo a base de dados UNICORN, necessária para operar o UNICORN e um sistema local ligado. O software UNICORN instalado no computador cliente deve corresponder à versão fornecida no balanceiro do ReadyToProcess WAVE 25. Contacte o seu representante GE caso tenha alguma dúvida. A instalação inclui os componentes descritos na tabela abaixo. Componente do software UNICORN software Servidor da base de dados Servidor da licença Características O software UNICORN inclui os quatro módulos; Administration, Method Editor, System Control e Evaluation. O software do servidor necessário para operar a base de dados onde são armazenados todos os dados do UNICORN. Utiliza-se para este efeito o Microsoft SQL Server Express. O software do servidor da licença é utilizado para comprovar que a instalação do software UNICORN está correctamente licenciada. Nota: Para obter as especificações técnicas gerais para computadores UNICORN consulte as Secção Especificações de computador cliente, na página 79. Procedimento de Instalação Passo 1 2 Acção Insira o disco de instalação na sua unidade de DVD. Se o programa de instalação não se iniciar automaticamente, abra o DVD no explorador do Windows e faça um duplo clique no ficheiro Setup.exe para iniciar o programa. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 89

90 4 Instalação 4.3 Instalação do software Instalar o software UNICORN Passo 3 Acção Utilize o botão Next> para avançar através do procedimento de instalação. Sugestão: Poderá sair da instalação em qualquer altura, clicando no botão Cancel. Contudo, se o fizer, a instalação ficará incompleta e o software não poderá ser utilizado. Também poderá clicar no botão Back em algumas etapas da instalação, para regressar à etapa anterior e alterar selecções. 4 Forneça os dados e efectue as selecções solicitadas. Consulte as notas abaixo para obter informações adicionais. Passo Contrato de licença Tipo de instalação Tipo de sistema Pasta de destino Notas Leia e aceite o contrato de licença. Por norma, deverá optar por executar uma Full installation. Efectue uma Custom installation apenas se tiver sido aconselhado a fazê-lo pelo representante da GE. Seleccione Cell cultivation como tipo de sistema. Se instalar o UNICORN para Chromatography, não poderá utilizar o software com o ReadyToProcess WAVE 25. Instale o software na pasta seleccionada ou altere a pasta de destino, se desejar. É necessário que esteja disponível espaço suficiente na pasta de destino. Nota: A estrutura geral da pasta de instalação do UNICORN será gravada na pasta seleccionada neste passo. No entanto, o software do Servidor SQL e o software do servidor da licença electrónica serão instalados na unidade C por predefinição. Se o espaço disponível para isto for insuficiente, a instalação poderá falhar. O espaço necessário vai variar dependendo do que tiver sido instalado anteriormente no computador, mas devem estar disponíveis pelo menos 2 GB para garantir que a instalação seja concluída correctamente. 90 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

91 4 Instalação 4.3 Instalação do software Instalar o software UNICORN Passo Armazenamento de dados Configurações de palavra-passe Notas Seleccione as localizações de armazenamento de dados para backup e armazenamento de arquivos. A pasta de backup é utilizada para cópias de backup da base de dados, feitas automaticamente todas as noites. O material de backup pode ser recuperado para qualquer base de dados de cultivo de células UNICORN. A pasta de arquivo é utilizada para transferir dados antigos e recuperar espaço na base de dados. O material arquivado só poderá ser recuperado para a base de dados original. Por defeito, o UNICORN irá sugerir uma pasta de Backup na mesma pasta da instalação. Contudo, os backups deverão, se possível, ser guardados num drive físico diferente do da base de dados activa, a fim de reduzir o risco de perda de dados em caso de falha do disco. Este drive deverá ser instalado no mesmo computador em que está instalada a base de dados. As pastas de rede não podem ser utilizadas para este efeito. Para segurança adicional, recomenda-se que as pastas de backup e de arquivo sejam copiadas ou movidas em intervalos regulares para outro computador ou suporte de armazenamento. As pastas de backup e arquivo podem ser alteradas após a instalação, utilizando o UNICORN Configuration Manager. Decida se o acesso ao software UNICORN deverá ser protegido por palavra-passe. A configuração da palavra-passe pode ser alterada após a instalação, utilizando o UNICORN Configuration Manager. Quando a instalação estiver concluída, poderá clicar em Show Report para visualizar um relatório resumido da instalação. Antes de poder utilizar o sistema, terá de configurar uma licença electrónica e definir um sistema. Estas funções são acedidas através dos botões Configure elicense e Define System na caixa de diálogo Installation completed, e estão descritas nas secções seguintes deste capítulo. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 91

92 4 Instalação 4.3 Instalação do software Configurar uma licença electrónica Configurar uma licença electrónica Introdução Uma licença electrónica é um ficheiro de licença obtido no website de licenciamento electrónico da GE e guardado no computador local. Esta secção descreve como obter e configurar uma licença electrónica. Para configurar uma licença electrónica imediatamente após instalar o software, clique em Configure elicense no diálogo final do procedimento de instalação. Também poderá aceder à configuração de licença electrónica posteriormente, utilizando as UNICORN Configuration Tools instaladas em programas do Windows. Tipos de licenças electrónicas A tabela abaixo apresenta os diferentes tipos de licenças electrónicas disponíveis para o UNICORN. Tipo Licença de estação de trabalho Licença remota Licença seca Descrição Uma licença de estação de trabalho é uma licença do tipo "node locked", que é utilizada apenas para um computador cliente. Uma licença remota é uma licença flutuante, que pode ser utilizada em qualquer estação de trabalho numa rede. Uma licença seca é uma licença flutuante, que pode ser utilizada em qualquer computador numa rede para todas as funcionalidades excepto a ligação a um instrumento. Antes de iniciar Código de Acesso Antes de poder recuperar uma licença electrónica do web site de licenciamento electrónico do software da GE, deve ter recebido um Access Code com o seu software ou por correio expresso. Sem este código não poderá configurar a licença electrónica. Contacte o seu representante da GE se não recebeu o código. 92 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

93 4 Instalação 4.3 Instalação do software Configurar uma licença electrónica Ligação à Internet Para activar a licença electrónica, é necessário ter acesso à Internet. Se estiver a configurar uma licença electrónica para um posto de trabalho autónomo sem acesso à rede externa, recupere o ficheiro da licença electrónica ao utilizar outro computador e depois mova o ficheiro para o computador do posto de trabalho utilizando, por exemplo, uma unidade de memória USB. Endereço Ethernet do computador É necessário o endereço físico da placa de rede utilizada para comunicação com o instrumento para completar a configuração da licença electrónica. Normalmente, este endereço é apresentado na caixa de diálogo Configure e-license. Se, por algum motivo, o endereço não for apresentado na caixa de diálogo, siga os passos abaixo para encontrar o endereço. Nota: Se o computador estiver equipado com duas placas de interface, deverá assegurar que é utilizado o endereço correcto. Passo Acção Abra uma janela Command Prompt 1 e introduza o comando ipconfig/all. Localize a lista da Placa de Interface de Rede (também designada por adaptador Ethernet) utilizada para ligar ao instrumento. Anote o Physical Address. Nota: O endereço físico é um número hexadecimal de 6 dígitos, com os dígitos separados por traços (p. ex., F0-1F-AF-3E-42-1A). Poderá omitir os traços, se desejar. Sugestão: Se introduzir o endereço num editor de texto ou num programa semelhante, poderá copiar o mesmo para a área de transferência do Windows (não poderá copiar texto da janela Command Prompt). 1 No Windows XP, clique no botão Start e seleccione Programs:Accessories:Command Prompt. No Windows 7, clique no ícone Windows e seleccione All Programs:Accessories:Command Prompt. Também poderá manter premida a tecla Windows, e pressionar em seguida a letra R. Digite 'cmd' no campo de introdução e clique em OK ou prima Enter. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 93

94 4 Instalação 4.3 Instalação do software Configurar uma licença electrónica Iniciar a configuração da licença electrónica Siga os passos abaixo para iniciar a configuração da licença electrónica. Passo 1 Acção Na caixa de diálogo Configure e-license: Clique em Copy to Clipboard para copiar o endereço Ethernet apresentado para a área de transferência do Windows. Nota: Se o endereço não for apresentado, ou se existirem várias placas de rede no computador, siga os passos descritos em Endereço Ethernet do computador, na página 93 para encontrar o endereço correcto. Não clique em Copy to Clipboard. Nota: Quando activar licenças adicionais, utilize sempre o endereço Ethernet para a placa de rede no computador onde está instalado o software do servidor da licença. Não utilize os endereços Ethernet em computadores cliente adicionais. 94 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

95 4 Instalação 4.3 Instalação do software Configurar uma licença electrónica Passo 2 Acção Clique na hiperligação da caixa de diálogo para aceder ao website de licenciamento electrónico. Resultado: O GE Healthcare software elicensing web site é aberto no seu browser da web. 3 Introduza o seu código de acesso (consulte Código de Acesso, na página92) e clique em Login. Resultado: O Operations Portal é apresentado. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 95

96 4 Instalação 4.3 Instalação do software Configurar uma licença electrónica Recuperar a licença electrónica Siga os passos abaixo para obter a licença electrónica. Para obter ajuda sobre como recuperar uma licença electrónica, aceda a Help & FAQ no Operations Portal. Passo 1 Acção Clique no link para Collect License. Resultado: A página manage entitlements abre-se e apresenta a lista das licenças electrónicas que está autorizado a utilizar. 2 3 Seleccione a caixa de confirmação para a sua licença UNICORN e clique em Activate. Resultado: É apresentada a página de introdução de dados manage entitlements. Introduza os dados solicitados. Os itens assinalados com um ponto vermelho são obrigatórios. Se, por algum motivo, não for possível guardar a licença electrónica num ficheiro durante a configuração, seleccione a opção Ship to ou Ship to Address. Normalmente, isto não será necessário. Seleccione se deseja receber actualizações de software e informações sobre produtos relacionados. Clique no botão Next para avançar para a próxima página. 96 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

97 4 Instalação 4.3 Instalação do software Configurar uma licença electrónica Passo 4 Acção Clique em Add New Host abaixo do cabeçalho Nodelocked Hosts. Resultado: Abre-se a caixa de diálogo create license host. 5 6 Cole ou escreva o endereço Ethernet do computador no campo Nodelocked Hosts. O endereço pode ser copiado para a área de transferência conforme descrito em Iniciar a configuração da licença electrónica, na página 94 ou obtido conforme descrito em Endereço Ethernet do computador, na página 93. Clique no botão OK para avançar. Verifique se a informação apresentada na página manage entitlements está correcta e, em seguida, clique em Generate. Resultado: A página License summary é apresentada. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 97

98 4 Instalação 4.3 Instalação do software Configurar uma licença electrónica Passo 7 8 Acção Na página License summary, seleccione a caixa de confirmação para a sua licença e clique em Save to File. Guarde o ficheiro da licença numa localização segura. Clique em Complete e Logout para fechar o website de licenciamento electrónico do software. Associar a licença electrónica ao software Siga os passos abaixo para associar a licença electrónica ao software. Passo 1 Acção Na caixa de diálogo Configure e-license: Clique em Browse, navegue para a localização da sua licença electrónica guardada e, em seguida, clique em Open para transferir o caminho de procura para o ficheiro para a caixa de diálogo e-license Configuration. 2 3 Clique no botão Configure e-license. Resultado: Uma caixa de diálogo de confirmação é apresentada, mostrando que a configuração foi efectuada com êxito. Clique em OK na caixa de diálogo de confirmação e, em seguida, feche a caixa de diálogo Configure e-license. 98 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

99 4 Instalação 4.3 Instalação do software Definir o sistema Definir o sistema Instruções Na última página no programa de instalação do UNICORN poderá optar por prosseguir com a definição de um sistema. Para poder monitorizar e controlar o sistema a partir do cliente UNICORN necessita de definir o sistema na base de dados UNICORN. Isto é descrito na tabela abaixo. Nota: Para efectuar testes de ligação, o instrumento deverá estar ligado durante a definição do sistema. Passo 1 Acção Na caixa de diálogo Define System: Seleccione a configuração de instrumento adequada no menu de lista pendente Instrument Configuration. Sugestão: A lista inclui todas as configurações de instrumentos actualmente existentes na base de dados UNICORN. Se a sua configuração não estiver incluída na lista: Insira o disco de configuração do instrumento na sua unidade de DVD- ROM. Clique no botão Import e navegue para o ficheiro zip de configuração existente no disco. Seleccione o ficheiro de configuração correcto. A caixa de diálogo Define System muda e a opção Connect by difere, consoante o Instrument Configuration escolhido. 2 Introduza um nome no campo System name. Nota: Designe cuidadosamente o seu sistema. Depois de definir o sistema, não será possível alterar o nome. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 99

100 4 Instalação 4.3 Instalação do software Definir o sistema Passo 3 Acção Introduza o número de série do instrumento no campo Instrument serial no. Este número poderá ser consultado na etiqueta do sistema, na secção traseira da plataforma do balanceiro. Puxe a plataforma para a posição de inclinação, para tornar a etiqueta visível. O InstrumentServer é, por predefinição, o <número de série> EPC para bioreactor Seleccione para ligar através de Fixed IP address.. Introduza o endereço IP da unidade de controlo do instrumento ( ). 1 Certifique-se de que o balanceiro está ligado e conecte-o ao computador cliente. 2 Clique no botão Connection Test. Resultado: A ligação entre a estação do servidor do instrumento e o instrumento é verificada. Clique no botão Define System. Resultado: Os parâmetros de configuração do sistema são guardados e o novo sistema é adicionado na caixa de diálogo System Properties como um sistema activo. Antes de utilizar o sistema, é aconselhável reiniciar o balanceiro. Nota: Antes do UNICORN cliente poder ligar-se ao sistema, o LED do balanceiro tem de mostrar uma luz verde fixa. 100 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

101 5 Funcionamento 5 Funcionamento Neste capítulo Este capítulo descreve o modo de operação do ReadyToProcess WAVE 25. Este capítulo contém as seguintes secções: Secção 5.1 Configurar o sistema 5.2 Iniciar e configurar o sistema 5.3 Preparar para cultivo 5.4 Realize o cultivo Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 101

102 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema 5.1 Configurar o sistema Nesta secção Esta secção descreve o modo de preparação do sistema bioreactor para cultivo de células. Para ilustrações e descrições do sistema, consulte Capítulo 3 Descrição do sistema, na página 37. Esta secção contém as seguintes subsecções: Secção Seleccione o tabuleiro e o bioreactor Cellbag Fixar e soltar o tabuleiro Preparar os sensores de ph e DO Coloque o bioreactor Cellbag Prepare a bomba Ligar o gás ao sistema Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

103 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Seleccione o tabuleiro e o bioreactor Cellbag Seleccione o tabuleiro e o bioreactor Cellbag Seleccione o tamanho do bioreactor Cellbag e o respectivo tabuleiro, de acordo com os requisitos da aplicação e da configuração do sistema. Consulte as directrizes na tabela abaixo. Cellbag bioreactores Cellbag e tabuleiros Volume de cultura/ bioreactor (L) Tamanho (L) do bioreactor Cellbag Tabuleiro Modo simples Modo duplo 0,3 a 1 2 Tray 10, Tray 20 Tray 20 0,5 a 5 10 Tray 10, Tray 20 Tray 20 1 a Tray 20 N/D 1 a Tray 50 Tray 50 5 a Tray 50 N/D Nota: Dependendo da aplicação e configuração, pode ser possível cultivar abaixo do volume mínimo recomendado. No entanto, é altamente recomendável manter um valor acima deste volume no caso das aplicações que requerem elevada agitação e controlo de ph e DO. Os sensores de temperatura, ph e DO têm de ser submergidos em líquido durante todo o ciclo de balanço de modo a funcionarem correctamente. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 103

104 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Fixar e soltar o tabuleiro Fixar e soltar o tabuleiro Esta secção descreve como fixar e soltar um tabuleiro à/da plataforma do balanceiro. Estas operações deverão ser realizadas, de preferência, sem um bioreactor Cellbag no tabuleiro. ATENÇÃO Devido à dimensão e ao peso do Tray 50, é aconselhável que a sua instalação seja efectuada por, pelo menos, duas pessoas. Instalar o tabuleiro O tabuleiro pode ser instalado na plataforma do balanceiro em posição de inclinação e posição normal. Recomenda-se a posição de inclinação, conforme descrito nas instruções de baixo. Passo 1 Acção Incline a plataforma do balanceiro puxando a margem superior para si. 2 Eleve o tabuleiro para o mesmo ângulo que o da plataforma do balanceiro. 104 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

105 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Fixar e soltar o tabuleiro Passo 3 Acção Instale o tabuleiro na plataforma do balanceiro. Os pinos de ligação no tabuleiro encaixam nos orifícios existentes na plataforma. Fixe primeiro os pinos na margem superior e, em seguida desloque o tabuleiro para baixo, certificando-se de que os pinos inferiores encaixam nos respectivos orifícios. Nota: Certifique-se de que os orifícios para os sensores de temperatura na plataforma do balanceiro coincidem com os orifícios no tabuleiro. 4 Certifique-se de que o conector no tabuleiro fica ligado ao conector do tabuleiro na secção traseira da plataforma do balanceiro. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 105

106 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Fixar e soltar o tabuleiro Retirar o tabuleiro O tabuleiro pode ser retirado da plataforma do balanceiro em posição de inclinação e posição normal. Recomenda-se a posição de inclinação, conforme descrito nas instruções de baixo. Passo 1 Acção Segure o tabuleiro pela área texturada de cada lado do mesmo e desloqueo para cima, de forma que os pinos de ligação no tabuleiro se desencaixem dos orifícios na plataforma do balanceiro. 2 Puxe o tabuleiro na sua direcção. Nota: Se soltar o tabuleiro com o balanceiro na posição normal, terá de levantar o tabuleiro pela margem superior antes de o afastar de si. 106 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

107 5.1.3 Preparar os sensores de ph e DO 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Preparar os sensores de ph e DO Instruções Siga as instruções abaixo para ligar os adaptadores de sensor às portas de sensor de ph e DO no saco. AVISO Tenha o cuidado de ligar os sensores às portas correctas na ReadyToProcess CBCU. São fornecidos autocolantes de identificação para etiquetar os conectores. AVISO No modo duplo (dual mode), tenha o cuidado de ligar os sensores para os bioreactores Cellbag esquerdo e direito à ReadyToProcess CBCU correcta. Isto será mais fácil se as respectivas unidades ReadyToProcess CBCU estiverem colocadas do lado esquerdo e direito do balanceiro, respectivamente. Passo 1 Acção Retire o bioreactor Cellbag do seu saco com capa de protecção. AVISO A exposição a luz intensa provocará a deterioração dos sensores ópticos do bioreactor Cellbag. Para evitar uma exposição desnecessária à luz, remova o saco de protecção apenas antes da utilização. 2 Coloque o bioreactor Cellbag numa superfície estável com as portas do sensor do saco viradas para cima. As marcações dos sensores ópticos têm cores diferentes. A marca na porta do sensor de ph no saco é branca/amarela e a marca na porta do sensor de DO no saco é rosa/negra. Se forem utilizados ambos os sensores de ph e DO, será necessário um cabo de fibra separado para cada sensor. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 107

108 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Preparar os sensores de ph e DO Passo 3 Acção Instale o adaptador do sensor com a lente óptica virada para a porta do sensor, introduzindo os quatro pinos da porta nos orifícios correspondentes do adaptador. Nota: O adaptador do sensor pode ser apertado em qualquer uma das direcções ortogonais. Seleccione a direcção mais conveniente. 4 Rode o adaptador do sensor no sentido dos ponteiros do relógio para fixar os pinos da porta do sensor ao adaptador. Um clique claro indicará que o adaptador está apertado de modo seguro. Nota: Ao rodar o adaptador do sensor, certifique-se de que não exerce qualquer força no cabo de fibra. 108 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

109 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Preparar os sensores de ph e DO Passo 5 Acção Coloque o bioreactor Cellbag no tabuleiro com os sensores ópticos virados para baixo. AVISO Certifique-se de que os cabos de fibra óptica não são colocados entre o bioreactor Cellbag e o sensor da temperatura no tabuleiro. Isto pode conduzir a uma leitura de temperatura e controlo errados, resultando num sobreaquecimento Para poder controlar os cabos de fibra óptica, marque os cabos com os autocolantes fornecidos. Una os cabos de fibra óptica e coloque-os na saída de tubagem. Consulte Ilustrações de tabuleiro e tampa, na página 43. Ligue o cabo do sensor de ph à porta ph no painel dianteiro da CBCU. 9 Ligue o cabo do sensor de DO à porta DO no painel dianteiro da CBCU. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 109

110 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Coloque o bioreactor Cellbag Coloque o bioreactor Cellbag Instruções Siga as instruções de baixo sobre como colocar o bioreactor Cellbag no tabuleiro. Nota: Nota: Quando utilizar um bioreactor Cellbag que apenas cubra metade do tabuleiro no modo simples, tal como um saco de 10 L no tabuleiro 20, posicione o saco do lado esquerdo do tabuleiro. No modo duplo, certifique-se de que cada bioreactor Cellbag se encontra centrado na respectiva base de aquecimento cinzenta. A resolução da medição do peso ficará comprometida se o bioreactor não for correctamente colocado. Passo 1 Acção Pressione para baixo os dispositivos de abertura dos grampos de saco nos cantos superiores do tabuleiro. Esta acção abre os grampos de saco superiores. Nota: Para um bioreactor Cellbag que cubra todo o tabuleiro, abra ambos os grampos de saco. No modo duplo ou com um bioreactor que cubra apenas metade do tabuleiro, apenas é necessário abrir um grampo. 110 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

111 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Coloque o bioreactor Cellbag Passo 2 Acção Introduza a haste superior do Cellbag no grampo do saco aberto. 3 Se o grampo não se fechar automaticamente, pressione suavemente o dispositivo de abertura do grampo de saco para cima, para fixar a extremidade superior do bioreactor Cellbag. Não force. Puxe suavemente o bioreactor, para confirmar que está preso. 4 5 Repita os passos de cima para instalar a haste inferior do Cellbag para fixar de modo seguro o bioreactor Cellbag ao tabuleiro. Monte a tampa na parte superior do tabuleiro. AVISO Mantenha o bioreactor Cellbag coberto com a tampa ao longo do cultivo para proteger os sensores ópticos contra uma exposição excessiva à luz. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 111

112 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Prepare a bomba Prepare a bomba Posições do suporte de tubagem A cabeça da bomba tem duas posições diferentes de suporte para acomodar tubagens com diferentes dimensões. A posição interior destina-se a uma tubagem pequena e a posição exterior a uma tubagem grande (consulte Tamanhos de tubagem de bomba, na página 112). Posição interior para tubagem pequena. Posição exterior para tubagem grande Tamanhos de tubagem de bomba A tabela abaixo apresenta os tamanhos de tubagens suportados pela ReadyToProcess Pump 25, com os diferentes débitos fornecidos por cada tamanho. A espessura da parede da tubagem deverá ser de 1,6 mm (1/16"). Nota: A tubagem da bomba não é fornecida com o sistema. É necessário adquirir separadamente uma tubagem adequada. 112 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

113 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Prepare a bomba Diâmetro interno da tubagem Milímetros Polegadas Posição do suporte de tubagem Débito (ml/min) 1 0,5 1/50 Interior 0,01 a 4,6 0,8 1/32 Interior 0,02 a 8,6 1,6 1/16 Interior 0,07 a 28 2,4 3/32 Interior 0,15 a 58 3,2 1/8 Interior 0,24 a 95 4,0 5/32 Exterior 0,34 a 135 4,8 3/16 Exterior 4,3 a Os débitos são limitados no controlo de meio de cultura. Os débitos máximos podem ser obtidos em controlo manual. AVISO A utilização de uma tubagem maior com o suporte de tubagem na sua posição interior reduzirá o débito e a longevidade da tubagem. A utilização de uma tubagem menor com o suporte de tubagem na sua posição exterior não fixará correctamente a tubagem e poderá provocar uma ruptura. Ajuste a posição do suporte de tubagem Utilize um utensílio pontiagudo, por exemplo uma esferográfica, para ajustar as posições do suporte de tubagem de ambos os lados da cabeça da bomba. Siga as instruções abaixo para alterar a posição do suporte de tubagem. Passo 1 2 Acção Certifique-se de que a bomba não está a funcionar. Abra completamente a tampa articulada da cabeça da bomba. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 113

114 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Prepare a bomba Passo 3 Acção Coloque o utensílio pontiagudo na pequena depressão do suporte de tubagem, num dos lados da cabeça da bomba. 4 Pressione o suporte de tubagem para baixo e desloque-o para a posição desejada, até ouvir um clique. 5 Deixe de exercer pressão. O suporte de tubagem sobe para a nova posição. 6 Repita os passos acima, para ajustar o suporte de tubagem do outro lado da cabeça da bomba. AVISO Certifique-se de que a posição do suporte de tubagem é a mesma de ambos os lados da cabeça da bomba. 114 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

115 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Prepare a bomba AVISO Certifique-se de que a posição do suporte da tubagem não fica entre a posição interior e a posição exterior, uma vez que isto pode causar taxas de fluxo erróneas e um desgaste anormal da tubagem. Carregar a tubagem Siga as instruções abaixo, para carregar a tubagem na cabeça da bomba e ligar a tubagem ao bioreactor Cellbag. Passo 1 2 Acção Certifique-se de que a bomba está desligada. Abra completamente a tampa articulada da cabeça da bomba. 3 Verifique se o suporte de tubagem está ajustado na posição correcta para o tamanho de tubagem em causa. Consulte as instruções acima. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 115

116 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Prepare a bomba Passo 4 Acção Coloque a tubagem entre os roletes do rotor e a faixa, pressionada contra a parede interior da cabeça da bomba. 5 Baixe a tampa articulada até clicar na posição de totalmente fechada. 6 Nota: Ligue a tubagem de admissão e saída ao bioreactor Cellbag, por exemplo, ácido, base, alimentação e colheita. A direcção de bombagem é indicada pela seta na cabeça da bomba. 116 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

117 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Ligar o gás ao sistema Ligar o gás ao sistema Mistura de gás O bioreactor Cellbag requer fluxo de gás para permanecer insuflado e para proporcionar ventilação. A CBCU permite efectuar diferentes misturas de gases. O ar comprimido ou N 2 podem ser misturados com CO 2 e/ou O 2 para obter a mistura de gases desejada. O ar comprimido ou N 2 é ligado a AIR/N2 na CBCU. O CO 2 e o O 2 são ligados às entradas CO2 IN e O2 IN, respectivamente, no painel traseiro da CBCU. AVISO No modo duplo (dual mode), tenha o cuidado de ligar o ar e o gás para os bioreactores Cellbag esquerdo e direito à CBCU correcta. Isto será mais fácil se as respectivas unidades CBCU estiverem colocadas do lado esquerdo e direito do balanceiro, respectivamente. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 117

118 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Ligar o gás ao sistema Configuração da ventilação e fornecimento de gás Siga as instruções abaixo para ligar o gás ao sistema bioreactor. Passo 1 Acção Ligue o aquecedor do filtro à saída de ventilação do bioreactor Cellbag. No modo duplo, certifique-se de que os aquecedores dos filtros estão correctamente colocados relativamente aos bioreactores esquerdo e direito. Nota: Os filtros de entrada e saída de ventilação distinguem-se pela válvula de controlo de pressão no filtro de saída (indicada por uma seta na ilustração abaixo). Não ligue o aquecedor de filtro ao filtro da entrada de ventilação. A imagem abaixo apresenta o aquecedor do filtro instalado no suporte no bioreactor Cellbag. 118 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

119 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Ligar o gás ao sistema Passo 2 Acção Ligue a tubagem da saída GAS MIX OUT no painel dianteiro da CBCU ao filtro da entrada de ventilação do bioreactor Cellbag. 3 Ligue a fonte de gás desejada, ar ou N 2, a 1,0 a 1,5 bar a AIR/N2 no painel traseiro da CBCU. 4 Se aplicável, ligue a fonte de gás CO 2 a 1,0 a 1,5 bar à entrada CO2 IN no painel traseiro da CBCU. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 119

120 5 Funcionamento 5.1 Configurar o sistema Ligar o gás ao sistema Passo 5 Acção Se aplicável, ligue a fonte de gás O 2 a 1,0 a 1,5 bar à entrada O2 IN no painel traseiro da CBCU. AVISO Certifique-se de que as pressões de admissão são mantidas dentro dos limites especificados (1,0 a 1,5 bar). Uma pressão excessiva poderá fazer com que a tubagem se solte. AVISO Uma pressão de entrada instável afectará a velocidade do fluxo de gás e também a mistura de gás. 120 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

121 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema 5.2 Iniciar e configurar o sistema Introdução Esta secção descreve como iniciar o sistema, iniciar uma sessão no UNICORN, ligar o sistema do UNICORN e configurar o sistema no software. Esta secção contém as seguintes subsecções: Secção Inicie o sistema e inicie sessão no UNICORN Ligar ao sistema Configurar as propriedades do sistema Iniciar uma execução Consulte página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 121

122 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Inicie o sistema e inicie sessão no UNICORN Inicie o sistema e inicie sessão no UNICORN Siga as instruções de baixo para iniciar o sistema e iniciar sessão no UNICORN. A estação de trabalho tem de ter uma licença electrónica válida. Consulte Secção Configurar uma licença electrónica, na página 92 para obter mais informações sobre licenças electrónicas. Passo Acção Ligue o computador cliente. Inicie o software UNICORN. Insira o seu User Name e Password para iniciar uma sessão no UNICORN. Os dados de acesso são atribuídos pelo seu administrador do UNICORN. De acordo com as propriedades da sua conta de utilizador, poderá eventualmente seleccionar um Access Group. Nota: Se a opção Use Windows Authentication estiver seleccionada, poderá iniciar uma sessão utilizando o seu nome de utilizador e palavra-passe do Windows. 4 Ligue o balanceiro. O botão de alimentação pisca com a cor verde durante o arranque. 122 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

123 5.2.2 Ligar ao sistema Siga as instruções de baixo para ligar o sistema ao UNICORN. 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Ligar ao sistema Passo 1 Acção Quando a luz indicadora do painel frontal do balanceiro apresentar uma luz verde fixa, clique no ícone Connect to Systems no módulo System Control. Resultado: É aberta a caixa de diálogo Connect to Systems (Ligar aos Sistemas). ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 123

124 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Ligar ao sistema Passo 2 Acção Na caixa de diálogo Connect to Systems (Ligar aos Sistemas): Seleccione o sistema. Seleccione o modo Control (Controlo). Clique em OK. Resultado: É apresentado Process Picture. Nota: A representação detalhada da imagem do processo varia de acordo com a configuração do seu sistema. Sugestão: Se o UNICORN não conseguir ligar-se ao sistema seleccionado, consulte a Secção 7.5 Controlo do Sistema UNICORN, na página ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

125 5.2.3 Configurar as propriedades do sistema Edite as propriedades do sistema sempre que a configuração do sistema for alterada, por exemplo, para passar do modo simples para o modo duplo e vice-versa. altere a configuração do sistema se, por exemplo, tiver sido adicionada ou removida uma CBCU ou uma bomba. altere a Instrument Configuration do sistema. 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Configurar as propriedades do sistema A Instrument Configuration é o software de controlo específico do sistema. É fornecido num DVD com o sistema, e também está disponível para download. Contacte o seu representante da GE se necessitar de assistência para efectuar o download da Instrument Configuration. Siga as instruções abaixo para editar as propriedades do sistema. Passo 1 2 Acção Abra o módulo Administration no menu Tools. Clique em System Properties. Seleccione o seu sistema na caixa de diálogo System Properties e clique em Edit. Nota: Só podem ser editados os sistemas que estão ligados e conectados ao computador. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 125

126 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Configurar as propriedades do sistema Passo 3 4 Acção Todos os componentes disponíveis são apresentados na lista Component selection. Clique nas caixas de selecção para seleccionar ou anular a selecção de componentes. Certifique-se de que os componentes seleccionados correspondem às unidades ligadas no sistema. Clique em OK para aplicar as alterações. 126 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

127 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Iniciar uma execução Iniciar uma execução Introdução Esta secção descreve como iniciar uma execução manual ou controlada por método. A recolha de dados tem início quando a execução é iniciada. Para obter informações adicionais sobre métodos, consulte ReadyToProcess WAVE 25 System Handbook. Nota: A pressão do botão de alimentação do balanceiro enquanto o balanceiro estiver ligado resultará no encerramento do sistema e na interrupção de qualquer execução em curso. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 127

128 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Iniciar uma execução Iniciar um processo manual As instruções abaixo descrevem como iniciar uma execução manual. Passo 1 Acção Altere as definições do Cellbag conforme necessário. No modo duplo, certifique-se de que as definições foram correctamente introduzidas para ambos os bioreactores. 1 Clique no ícone do Cellbag. No modo duplo, clique no lado apropriado do ícone. 2 Se utilizar controlo de ph e/ou DO, introduza os dados de calibração apropriados (impressos na etiqueta do Cellbag). 3 Clique em OK. Resultado: A caixa de diálogo Start Protocol para a execução manual abrese. 128 ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC

129 5 Funcionamento 5.2 Iniciar e configurar o sistema Iniciar uma execução Passo Acção 2 Na página apresentada em Start Protocol: 1 Introduza o Result name e clique em Browse para alterar a Location onde o resultado será guardado, se necessário. 2 Seleccione o Bag size correcto (no modo duplo estão listados dois tamanhos). 3 Clique em OK. Resultado: A execução manual é iniciada. Iniciar uma execução do método As instruções de baixo descrevem como iniciar uma execução de método. Sugestão: O sistema pode ser controlado manualmente a partir da Process Picture após o início da execução de método. Passo 1 Acção Abra o módulo System Control e clique no ícone Open Method Navigator. Resultado: O painel Method Navigator é apresentado. ReadyToProcess WAVE 25 Instruções de Funcionamento AC 129

Xuri Cell Expansion System W25

Xuri Cell Expansion System W25 Xuri Cell Expansion System W25 Instruções de Funcionamento Traduzido a partir do inglês Página deixada intencionalmente em branco Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução... 1.1 Acerca deste

Leia mais

Coletor de frações F9-C e F9-R

Coletor de frações F9-C e F9-R GE Healthcare Life Sciences Coletor de frações F9-C e F9-R Instruções de funcionamento Traduzido a partir do inglês Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução... 1.1 Acerca deste manual... 1.2

Leia mais

FLA Image Eraser. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês

FLA Image Eraser. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês FLA Image Eraser Instruções de Funcionamento Traduzido a partir do inglês Página deixada intencionalmente em branco Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução... 1.1 Informações importantes para

Leia mais

Ettan Spot Picker Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês

Ettan Spot Picker Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês Ettan Spot Picker Instruções de Funcionamento Traduzido a partir do inglês Página deixada intencionalmente em branco Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos Introdução.... Informações importantes para

Leia mais

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter Powerline Adapter Note! Não expor o Powerline Adapter a temperaturas extremas. Não deixar o dispositivo sob a luz solar directa ou próximo a elementos aquecidos. Não usar o Powerline Adapter em ambientes

Leia mais

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter Powerline Adapter Note! Não expor o Powerline Adapter a temperaturas extremas. Não deixar o dispositivo sob a luz solar directa ou próximo a elementos aquecidos. Não usar o Powerline Adapter em ambientes

Leia mais

Instruções de segurança importantes

Instruções de segurança importantes 1 pt câmaras IP MegaPixel Instruções de segurança importantes Números de tipo: NWC-700, NWC-800, NWC-900 Leia, siga e guarde a totalidade das instruções de segurança que se seguem. Preste atenção a todos

Leia mais

Amersham WB system. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês

Amersham WB system. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês Amersham WB system Instruções de Funcionamento Traduzido a partir do inglês Página deixada intencionalmente em branco Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução... 1.1 Acerca deste manual...

Leia mais

GE Healthcare Life Sciences. ÄKTA avant. Guia de Instalação. Traduzido a partir do inglês

GE Healthcare Life Sciences. ÄKTA avant. Guia de Instalação. Traduzido a partir do inglês GE Healthcare Life Sciences ÄKTA avant Guia de Instalação Traduzido a partir do inglês Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução... 1.1 Informações importantes para o utilizador... 1.2 Informações

Leia mais

ClickShare. Manual de segurança

ClickShare. Manual de segurança ClickShare Manual de segurança R5900015PT/02 01/04/2014 Barco nv President Kennedypark 35, 8500 Kortrijk, Belgium Telefone: +32 56.23.32.11 Fax: +32 56.26.22.62 Suporte: www.barco.com/esupport Visite-nos

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

Verificar o conteúdo da embalagem

Verificar o conteúdo da embalagem Verificar o conteúdo da embalagem suporte de papel CD-ROM do guia do Utilizador e do software da impressora pacote de tinteiros (contém tinteiros a cores e preto.) Utilização diária Instalação cabo de

Leia mais

PowerMust Office Fonte de alimentação ininterrupta

PowerMust Office Fonte de alimentação ininterrupta MANUAL DO UTILIZADOR PT PowerMust Office Fonte de alimentação ininterrupta INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA IMPORTANTES GUARDE ESTAS INSTRUÇÕES Este manual contém instruções importantes relativas aos modelos da

Leia mais

Painel sinóptico BAT 100 LSN. Guia de instruções

Painel sinóptico BAT 100 LSN. Guia de instruções Painel sinóptico BAT 100 LSN pt Guia de instruções Painel sinóptico Índice pt 3 Índice 1 Instruções de segurança 4 2 Descrição funcional 4 3 Vista geral do sistema 6 4 Instalação 7 5 Ligação 11 6 Manutenção

Leia mais

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida Português Índice Instalação do Software... 1 Instalação do Controlador e Actualização do Controlador... 4 Motic Images Plus 2.0 ML...11 Calibração

Leia mais

Ettan IPGphor 3. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês

Ettan IPGphor 3. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês Ettan IPGphor 3 Instruções de Funcionamento Traduzido a partir do inglês Página deixada intencionalmente em branco Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução... 1.1 Acerca deste manual... 1.2

Leia mais

Guia de Rede MediCap USB300

Guia de Rede MediCap USB300 Guia de Rede MediCap USB300 Aplica-se às versões de firmware 110701 e mais recentes 1 Introdução... 2 Instruções Preliminares... 2 Como Configurar o Acesso Através da Rede ao Disco Rígido do USB300...

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Manual do Utilizador Impressora de etiquetas QL-700 Leia e compreenda este manual antes de usar a máquina. Recomendamos que o mantenha num local acessível para futuras consultas. www.brother.com POR ver.

Leia mais

Guia de iniciação rápida do Router CJB25R0PMAJA

Guia de iniciação rápida do Router CJB25R0PMAJA Guia de iniciação rápida do Router 1 CJB25R0PMAJA Segurança e utilização... 3 1. Descrição geral... 4 1.1 Conteúdo da embalagem... 4 1.2 Aplicação... 5 1.3 Apresentação geral do dispositivo... 6 1.4 Ligar

Leia mais

Portable Hard Drive USB 2.0 Manual do Utilizador

Portable Hard Drive USB 2.0 Manual do Utilizador Portable Hard Drive USB 2.0 Manual do Utilizador Português Unidade de Disco Rígido USB 2.0 Portátil Manual do Utilizador Português Índice Introdução 3 Ligar a Unidade de Disco 3 Activar a Unidade de Disco

Leia mais

Manual de Recuperação, Cópias de Segurança e Resolução de Problemas. Crie os suportes de recuperação imediatamente após a configuração.

Manual de Recuperação, Cópias de Segurança e Resolução de Problemas. Crie os suportes de recuperação imediatamente após a configuração. Manual de Recuperação, Cópias de Segurança e Resolução de Problemas Crie os suportes de recuperação imediatamente após a configuração. Conteúdo Introdução... 3 Acerca da recuperação... 3 Acerca da cópia

Leia mais

reflecta Scanner Super 8

reflecta Scanner Super 8 reflecta Scanner Super 8 Manual do utilizador 1 DECLARAÇÃO DA COMISSÃO FEDERAL DE COMUNICAÇÕES (FCC) Este Equipamento foi testado e é compatível com os limites estipulados para um dispositivo digital de

Leia mais

Seu manual do usuário SONY VRD-P1 http://pt.yourpdfguides.com/dref/3743776

Seu manual do usuário SONY VRD-P1 http://pt.yourpdfguides.com/dref/3743776 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para SONY VRD-P1. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a SONY VRD-P1 no manual

Leia mais

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7 Série Impressora Laser Guia de Instalação para Windows Vista / 7 Antes de utilizar a impressora, tem de configurar o hardware e instalar o controlador. Leia o Guia de Instalação Rápida e este Guia de Instalação

Leia mais

LP-1030-MF LP-1030. Manual de Consulta Rápida. Impressora de formato amplo Teriostar Série LP-1030. Modelo Multifunções. Modelo da Impressora

LP-1030-MF LP-1030. Manual de Consulta Rápida. Impressora de formato amplo Teriostar Série LP-1030. Modelo Multifunções. Modelo da Impressora Impressora de formato amplo Teriostar Série LP-100 Modelo Multifunções LP-100-MF Modelo da Impressora LP-100 Manual de Consulta Rápida U00125270 Prefácio A sua impressora é uma Impressora de formato largo

Leia mais

OPAL. Manual do Utilizador AMPLIADOR PORTÁTIL. (ref. 5010) Freedom Scientific

OPAL. Manual do Utilizador AMPLIADOR PORTÁTIL. (ref. 5010) Freedom Scientific OPAL AMPLIADOR PORTÁTIL Manual do Utilizador (ref. 5010) Freedom Scientific Setembro de 2006 Introdução Parabéns por ter adquirido o OPAL TM! O OPAL é um sistema de ampliação vídeo portátil que lhe permite

Leia mais

www.bematech.com.br Guia de Referência Rápida da Impressora MP-4200 TH. P/N: 501002500 - Rev.1.3 (WEB) (Junho de 2009 - Primeira edição)

www.bematech.com.br Guia de Referência Rápida da Impressora MP-4200 TH. P/N: 501002500 - Rev.1.3 (WEB) (Junho de 2009 - Primeira edição) Este Guia de Referência Rápida contém uma breve descrição sobre a Impressora MP-4200 TH, e inclui algumas inforçações básicas sobre sua instalação e operação. Para mais detalhes sobre o produto, consulte

Leia mais

Características da Lt408

Características da Lt408 Lt408 Guia Rápido Características da Lt408 A Lt408 a geração de impressoras industriais robustas de alto rendimento com alta resolução. A Lt408 é uma impressora fácil de usar, com um rendimento e velocidade

Leia mais

ÄKTA avant. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês

ÄKTA avant. Instruções de Funcionamento. Traduzido a partir do inglês ÄKTA avant Instruções de Funcionamento Traduzido a partir do inglês Tabela de conteúdos Tabela de conteúdos 1 Introdução... 1.1 Acerca deste manual... 1.2 Informações importantes para o utilizador... 1.3

Leia mais

Manual de utilizador. Função Memory Viewer. Índice

Manual de utilizador. Função Memory Viewer. Índice Manual de utilizador Função Memory Viewer Este é o manual da função Memory Viewer. Leia este manual atentamente antes de operar com a função Memory Viewer. Primeiro, leia o manual de utilizador do projector

Leia mais

Versão: Óptica MANUAL COMPLETO

Versão: Óptica MANUAL COMPLETO Versão: Óptica MANUAL COMPLETO Setembro 2015 (em Português), EnergyOT Versão Óptico 1.0 Desenvolvido e fabricado pela Genoa Spark, lda Fabricado em Portugal As especificações estão sujeitas a alterações

Leia mais

INSTRUÇÕES SLIDE3000/5000 MOTOR INDUSTRIAL P/PORTA DE CORRER

INSTRUÇÕES SLIDE3000/5000 MOTOR INDUSTRIAL P/PORTA DE CORRER MOTOR INDUSTRIAL P/PORTA DE CORRER INSTRUÇÕES SLIDE3000/5000 A POR FAVOR LER O MANUAL COM ATENÇÃO ANTES DE PROCED- ER A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO AUTOMATISMO VER.:1.02 REV.:11/2012 INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Leia mais

LP-2050-MF LP-2050. Manual de Consulta Rápida. Impressora de formato amplo Teriostar Série LP-2050. Modelo Multifunções. Modelo da Impressora

LP-2050-MF LP-2050. Manual de Consulta Rápida. Impressora de formato amplo Teriostar Série LP-2050. Modelo Multifunções. Modelo da Impressora Impressora de formato amplo Teriostar Série LP-2050 Modelo Multifunções LP-2050-MF Modelo da Impressora LP-2050 Manual de Consulta Rápida U00123346103 Prefácio A sua impressora é uma Impressora de formato

Leia mais

Câmera Digital 1016 BenQ Manual do Utilizador

Câmera Digital 1016 BenQ Manual do Utilizador Conteúdo da Embalagem 1 Introdução à Câmera Digital BenQ1016 2 Descrição da Câmera 3 Instalar Software da Câmera Digital 5 Câmera Digital 1016 BenQ Manual do Utilizador Usar a Câmera 7 Tirar Fotografias

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA

INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA O fabricante aconselha um uso correcto dos aparelhos de iluminação!

Leia mais

Estação de ancoragem sem fios Dell WLD15

Estação de ancoragem sem fios Dell WLD15 Estação de ancoragem sem fios Dell WLD15 Notas, avisos e advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes para melhor utilizar o computador. AVISO: Um AVISO indica potenciais danos do hardware

Leia mais

Manual de Comunicações de Rede e Internet Desktops empresariais

Manual de Comunicações de Rede e Internet Desktops empresariais Manual de Comunicações de Rede e Internet Desktops empresariais Número de peça do documento: 312968-131 Fevereiro de 2003 Este manual fornece definições e instruções para utilização das funcionalidades

Leia mais

JBY 52. Beurer GmbH Söflinger Straße 218 89077 Ulm, GERMANY Tel.: 0049 (0)731 3989-0 www.beurer.de

JBY 52. Beurer GmbH Söflinger Straße 218 89077 Ulm, GERMANY Tel.: 0049 (0)731 3989-0 www.beurer.de P JBY 52 P Aquecedor para biberões e comida de bebé Beurer GmbH Söflinger Straße 218 89077 Ulm, GERMANY Tel.: 0049 (0)731 3989-0 www.beurer.de Português Conteúdo 1 Conhecer o equipamento... 2 2 Explicação

Leia mais

Cartão PC para LAN sem fios

Cartão PC para LAN sem fios Cartão PC para LAN sem fios AWL-100 Manual do utilizador Versão 1.1 Junho de 2002 i Aviso I Declaração de copyright Este manual não pode ser reproduzido sob nenhuma forma, por quaisquer meios ou ser utilizado

Leia mais

Referência do modelo 3. Especificações 4. Antes de usar 5, 6. Peças e acessórios 7

Referência do modelo 3. Especificações 4. Antes de usar 5, 6. Peças e acessórios 7 Página Referência do modelo 3 Especificações 4 Antes de usar 5, 6 Peças e acessórios 7 Instalação 8, 9 Modo de operação para modelos mecânicos Modo de operação para modelos electrónicos 10, 11 12, 13 Drenagem

Leia mais

Manual de instruções

Manual de instruções Manual de instruções DENVER VPL-120 Gira-discos com Mala LEIA AS INSTRUÇÕES COM ATENÇÃO ANTES DE USAR E GUARDAR NUM LOCAL SEGURO PARA REFERÊNCIA FUTURA PT-1 DESCRIÇÃO 1. Prendedor 2. Tampa do pó 3. Adaptador

Leia mais

Utilizando o Tablet PC da GIGABYTE pela primeira vez

Utilizando o Tablet PC da GIGABYTE pela primeira vez Parabéns pela aquisição deste Slate PC da GIGABYTE! Este Guia de Instalação permite-lhe fazer a instalação de forma correcta e rápida do seu equipamento. Para mais detalhes, por favor navegue em www.gigabyte.com.

Leia mais

Versão Portuguesa. introdução. Conteúdo da embalagem. Ligações. Placa de som USB externa SC016 Sweex 7.1

Versão Portuguesa. introdução. Conteúdo da embalagem. Ligações. Placa de som USB externa SC016 Sweex 7.1 S P E A K E R S Versão Portuguesa Placa de som USB externa SC016 Sweex 7.1 introdução Não exponha a placa de som USB externa Sweex 7.1 a temperaturas extremas. Não coloque o dispositivo sob luz solar directa

Leia mais

SOFTWARE DE GESTÃO DA TERAPIA PARA A DIABETES. Guia de instalação

SOFTWARE DE GESTÃO DA TERAPIA PARA A DIABETES. Guia de instalação SOFTWARE DE GESTÃO DA TERAPIA PARA A DIABETES Guia de instalação 2010, Medtronic MiniMed, Inc. Todos os direitos reservados. Paradigm, Paradigm Link e CareLink são marcas comerciais registadas da Medtronic,

Leia mais

Manual de instruções para carregadores de acumuladores. utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters

Manual de instruções para carregadores de acumuladores. utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters Manual de instruções para carregadores de acumuladores CCC 405 e CCC 410 24V/5A 24V/10A utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters Certified to EN60601-1 3 rd ed. Em conformidade

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR

CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR facebook.com/denverelectronics PT-1 Parte da câmara de vídeo Preparar para usar 1. Porta HDMI 6. Ecrã 11. Protetor 16. PARA CIMA 2. Ranhura para 7. Luz do indicador 12. Coluna

Leia mais

3 Ranger Pressure Infusor Model 145 Operator s Manual. Português 219

3 Ranger Pressure Infusor Model 145 Operator s Manual. Português 219 3 Ranger Pressure Infusor Model 145 Operator s Manual Português 219 Índice Secção 1: Assistência Técnica e Pedidos de Encomendas 223 Assistência Técnica 223 E.U.A. 223 Pedidos de Encomendas 223 E.U.A.

Leia mais

ClickShare. Manual de segurança

ClickShare. Manual de segurança ClickShare Manual de segurança R5900019PT/01 10/12/2014 Barco nv Noordlaan 5, B-8520 Kuurne Telefone: +32 56.36.82.11 Fax: +32 56.36.883.86 Suporte: www.barco.com/esupport Visite-nos na internet: www.barco.com

Leia mais

Actualização, cópia de segurança e recuperação de software

Actualização, cópia de segurança e recuperação de software Actualização, cópia de segurança e recuperação de software Manual do utilizador Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registadas da Microsoft Corporation

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO PORTUGUÊS

GUIA DO USUÁRIO PORTUGUÊS GUIA DO USUÁRIO Placa de controle de vigilância por vídeo AXIS T8310 Joystick de vigilância por vídeo AXIS T8311 Teclado de vigilância por vídeo AXIS T8312 Roda de avanço/retrocesso rápido de vigilância

Leia mais

Introdução. Nokia N77-1 1ª Edição PT

Introdução. Nokia N77-1 1ª Edição PT Introdução Nokia N77-1 1ª Edição PT Teclas e componentes (frente e lateral) Número do modelo: Nokia N77-1. A seguir referido como Nokia N77. 1 Sensor de luz 2 Câmara secundária com menor resolução 3 Teclas

Leia mais

EM398x-R1 UPS 600-1000-1600VA

EM398x-R1 UPS 600-1000-1600VA EM398x-R1 UPS 600-1000-1600VA EM398X-R1 - UPS 600-1000-1600VA 2 PORTUGUÊS Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Funções e funcionalidades... 2 1.2 Conteúdo da embalagem... 3 1.3 Ligar a UPS... 3 2.0 Software

Leia mais

Instalando e configurando appliances de análise Rialto

Instalando e configurando appliances de análise Rialto Instalando e configurando appliances de análise Rialto Informações de segurança importantes Este manual fornece informações de instalação e operação, bem como precauções para o uso desta câmera. A instalação

Leia mais

ProdutoDescontinuado

ProdutoDescontinuado Guia de Instalação Rápida Transmissor de Pressão de Gás Seco ProdutoDescontinuado Início Calibração de Bancada Sim Não Configure/Verifique Passo 1: Monte o Transmissor Passo 2: Faça a Ligação dos Fios

Leia mais

Este manual utiliza duas unidades de medição. Este equipamento utiliza a versão métrica.

Este manual utiliza duas unidades de medição. Este equipamento utiliza a versão métrica. Guia de Rede Para uma utilização segura e correcta, certifique-se de que lê as Informações de Segurança em "Referência de Cópia" antes de utilizar o equipamento. Introdução Este manual contém instruções

Leia mais

1 Indicações de segurança. 2 Estrutura do aparelho. Facility Pilot Server. N.º art. : FAPV-SERVER-REG N.º art. : FAPVSERVERREGGB. Manual de instruções

1 Indicações de segurança. 2 Estrutura do aparelho. Facility Pilot Server. N.º art. : FAPV-SERVER-REG N.º art. : FAPVSERVERREGGB. Manual de instruções Facility Pilot Server N.º art. : FAPV-SERVER-REG Facility Pilot Server N.º art. : FAPVSERVERREGGB Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas

Leia mais

Índice PREXISO P80 788508 1

Índice PREXISO P80 788508 1 Índice PT Configuração do instrumento - - - - - - - - - - - - - - - -2 Apresentação geral - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -2 Visor - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Leia mais

Função visualizar cartão de memória

Função visualizar cartão de memória Manual de utilizador Função visualizar cartão de memória Este é o manual da função visualizar cartão de memória. Leia este manual atentamente antes de operar com a função visualizar cartão de memória.

Leia mais

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista Mesa Digitalizadora Manual do Utilizador Windows 2000 / XP / Vista 1 I. Informação Geral 1. Visão Geral Bem-vindo ao mundo das canetas digitais! Irá descobrir que é muito fácil controlar o seu computador

Leia mais

PORTUGUÊS. Adaptador POLAR IrDA USB 2.0 e Bridge Driver Manual do utilizador

PORTUGUÊS. Adaptador POLAR IrDA USB 2.0 e Bridge Driver Manual do utilizador Adaptador POLAR IrDA USB 2.0 e Bridge Driver Manual do utilizador ÍNDICE 1. GERAL... 3 2. INSTALAÇÃO DO CONTROLADOR... 4 3. INSTALAÇÃO DO HARDWARE... 7 4. DETECÇÃO... 9 5. ESTABELECER CONEXÃO IRDA COM

Leia mais

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal Painel de comando e sinalização N.º art. MBT 2424 Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas devem ser realizadas por electricistas especializados.

Leia mais

Manual do Utilizador. Linksys PLWK400. Kit de Expansão de Rede Sem Fios AV Powerline

Manual do Utilizador. Linksys PLWK400. Kit de Expansão de Rede Sem Fios AV Powerline Manual do Utilizador Linksys PLWK400 Kit de Expansão de Rede Sem Fios AV Powerline Conteúdo Conteúdo Descrição geral 3 Características 3 PLE400 3 PLW400 4 Como funcionam as redes Powerline 5 Exemplo de

Leia mais

Precauções Aviso legal Aviso!

Precauções Aviso legal Aviso! Obrigado por ter adquirido esta câmara digital AGFAPHOTO. Leia estas instruções de operação atentamente para utilizar a câmara digital correctamente. Depois de ler as instruções, guarde-as num local seguro

Leia mais

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7 MFC-8220 Guia de Instalação para Windows Vista / 7 Antes de utilizar o aparelho, tem de configurar o hardware e instalar o controlador. Leia o Guia de Instalação Rápida e este Guia de Instalação para Windows

Leia mais

THERMOCUT 230/E. Instruções de Serviço

THERMOCUT 230/E. Instruções de Serviço Instruções de Serviço PT CARO CLIENTE! Para poder manusear o aparelho cortador de arame quente THERMOCUT da PROXXON em segurança e de acordo com as regras de funcionamento, solicitamos-lhe que leia atentamente

Leia mais

LCD MONITOR. quick start guide 2033SW 2233SW

LCD MONITOR. quick start guide 2033SW 2233SW LCD MONITOR quick start guide 2033SW 2233SW ii Introdução Conteúdo da Embalagem Verifique se os acessórios abaixo foram enviados com o monitor. Se faltar algum acessório, contacte o seu revendedor. Contacte

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 3 Elementos necessários 4 Descrição geral da instalação 4 Passo 1: Verificar se existem actualizações 4 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

Versão 1.0 do documento Maio de 2014. Solução de Digitalização para Grandes Formatos Xerox 7742 Guia do Usuário

Versão 1.0 do documento Maio de 2014. Solução de Digitalização para Grandes Formatos Xerox 7742 Guia do Usuário Versão 1.0 do documento Maio de 2014 Solução de Digitalização para Grandes Formatos Xerox 7742 BR9918 Índice 1 Visão geral do produto...1-1 Visão geral das ferramentas do software do produto...1-1 Componentes

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Contéudo 3 Introdução 4 Elementos necessários 5 Descrição geral da instalação 5 Passo 1: Verificar se existem actualizações 5 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

Manual do Utilizador do Kit Sem Fios para Viatura (CK-1W) 9355973 2ª Edição

Manual do Utilizador do Kit Sem Fios para Viatura (CK-1W) 9355973 2ª Edição Manual do Utilizador do Kit Sem Fios para Viatura (CK-1W) 9355973 2ª Edição DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE Nós, NOKIA CORPORATION, declaramos, sob a nossa única e inteira responsabilidade, que o produto CK-1W

Leia mais

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações importantes acerca da instalação do Mac OS X. Requisitos de sistema

Leia mais

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: + 358 29 006 260 Fax: + 358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.fi 1/12 GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante

Leia mais

AR-NB2 KIT DE EXPANSÃO PARA REDE. MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO SOFTWARE (da impressora de rede) MODELO

AR-NB2 KIT DE EXPANSÃO PARA REDE. MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO SOFTWARE (da impressora de rede) MODELO MODELO AR-NB2 KIT DE EXPANSÃO PARA REDE MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO SOFTWARE (da impressora de rede) INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO LIGAR A UMA REDE AMBIENTE DE INSTALAÇÃO E PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO CONFIGURAR

Leia mais

Lhe apresentamos. ScanExpress 2400 USB

Lhe apresentamos. ScanExpress 2400 USB Lhe apresentamos ScanExpress 2400 USB Índice Bem-vindo!... 1 Ajuda... 2 Desempacotar o scanner... 2 Instalar os controladores... 3 Os componentes do scanner... 4 Instalar o hardware... 4 Se aparecer o

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

PA-200 Hardware Reference Guide. 8/31/11 Esboço de Revisão Final - Palo Alto Networks CONFIDENCIAL DA EMPRESA

PA-200 Hardware Reference Guide. 8/31/11 Esboço de Revisão Final - Palo Alto Networks CONFIDENCIAL DA EMPRESA PA-200 Hardware Reference Guide 8/31/11 Esboço de Revisão Final - Palo Alto Networks CONFIDENCIAL DA EMPRESA Palo Alto Networks, Inc. www.paloaltonetworks.com Copyright 2011 Palo Alto Networks. Todos os

Leia mais

C90 Manual de instruções

C90 Manual de instruções C90 Manual de instruções Leia este Manual do Utilizador e as instruções de segurança antes de utilizar este aparelho! PRECAUÇÕES IMPORTANTES Ao usar electrodomésticos, precauções de segurança básicas devem

Leia mais

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2.

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2. As descrições fornecidas nesta documentação são baseadas nos sistemas operacionais Windows 7 e Mac OS X Mountain Lion. Leia

Leia mais

Função Visualizar cartão de memória

Função Visualizar cartão de memória Manual de utilizador Função Visualizar cartão de memória Este é o manual da função Visualizar cartão de memória. Leia este manual atentamente antes de operar com a função Visualizar cartão de memória.

Leia mais

Este manual inclui: Informações de segurança na página 35. Resolução de problemas da configuração na página 36. Obter mais informações na página 40.

Este manual inclui: Informações de segurança na página 35. Resolução de problemas da configuração na página 36. Obter mais informações na página 40. Este manual inclui: Informações de segurança na página 35. Resolução de problemas da configuração na página 36. Obter mais informações na página 40. Informações de segurança Utilize apenas a fonte de alimentação

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES OBRIGADO por ter adquirido a aplicação ClickFree Backup. Estas instruções foram reunidas para o ajudar a utilizar o produto, mas de um modo geral esperamos que

Leia mais

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador VM Card Manuais do Utilizador Referência das Definições Web das Funções Avançadas 1 Introdução 2 Ecrãs 3 Definição de Arranque 4 Informações de Função Avançada 5 Instalar 6 Desinstalar 7 Ferramentas do

Leia mais

Dell Inspiron 14R Manual do proprietário

Dell Inspiron 14R Manual do proprietário Dell Inspiron 14R Manual do proprietário Modelo do computador: Inspiron 5420/7420 Modelo regulamentar: P33G Tipo regulamentar: P33G001 Notas, Avisos e Advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes

Leia mais

MANUAL DRIVELINK DRIVELINK

MANUAL DRIVELINK DRIVELINK MNUL RIVELINK RIVELINK XX Índice 1. Características 1 2. Componentes e acessórios 1 3. Resumo da unidade 2 4. Instalação do hardware 3 5. Instalação do software 4 6. Software de cópia de segurança 4 6.1

Leia mais

Guia de Instalação Rápida

Guia de Instalação Rápida FAX-355 FAX-360 FAX-460 Guia de Instalação Rápida Antes de utilizar o aparelho, deve configurar o equipamento. Leia o Guia de Instalação Rápida para o procedimento de configuração correcto. Configurar

Leia mais

Label Editor. For Windows. Guia do utilizador. Leia este documento com atenção para utilizar o produto de forma segura e correcta.

Label Editor. For Windows. Guia do utilizador. Leia este documento com atenção para utilizar o produto de forma segura e correcta. Label Editor For Windows Guia do utilizador Leia este documento com atenção para utilizar o produto de forma segura e correcta. 2013 Seiko Epson Corporation. All rights reserved. Introdução Obrigado por

Leia mais

Manual de Utilizador MP-209/509/1009

Manual de Utilizador MP-209/509/1009 ALL RIGHTS RESERVED COPY RIGHT DENVER ELECTRONICS A/S www.denver-electronics.com Manual de Utilizador MP-209/509/1009 Aviso: Obrigado por escolher os nossos produtos! Leia atentamente o manual de utilizador

Leia mais

Moldura Digital para Fotografias

Moldura Digital para Fotografias DENVER DPF 741 Manual do Utilizador Moldura Digital para Fotografias ATENÇÃO O cabo de alimentação com adaptador/dispositivo para desligar o aparelho deve estar facilmente acessível e deve poder ser desligado

Leia mais

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. 2 WinREST Sensor Log Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log...5 1.1. Instalação (aplicação ou serviço)...6

Leia mais

Figura 1 LetraTag Impressora de etiquetas. Saída da Etiqueta. Mostrador LCD. Definições Alimentação Inserir Cancelar

Figura 1 LetraTag Impressora de etiquetas. Saída da Etiqueta. Mostrador LCD. Definições Alimentação Inserir Cancelar Saída da Etiqueta Definições Alimentação Inserir Cancelar Guardar Memória Recuperar Memória Mostrador LCD Cortador Imprimir Formato OK Navegação Num Lock CAPs Apagar Barra de Espaços Retrocesso Ficha de

Leia mais

Nota: Seu terminal poderá ter mais funções além das descritas aqui, ver Manual de Utilização, Ascom d41

Nota: Seu terminal poderá ter mais funções além das descritas aqui, ver Manual de Utilização, Ascom d41 Ícones do visor Apresentação do Produto O Terminal Wireless d41 foi desenvolvido para utilização em ambiente de escritório. Possui alta qualidade de voz para telefonia. Para informações detalhadas, ver

Leia mais

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen. Concebido para a Vodafone

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen. Concebido para a Vodafone Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen Concebido para a Vodafone 1 Bem-vindo ao mundo das comunicações móveis 1 2 3 4 5 6 8 9 9 10 13 2 Bem-vindo Configuração da sua Connect Pen Iniciar o software

Leia mais

Easy Series. Guia do utilizador. Painel de Controlo de Intrusão

Easy Series. Guia do utilizador. Painel de Controlo de Intrusão Easy Series PT Guia do utilizador Painel de Controlo de Intrusão Easy Series Guia do utilizador Utilizar o teclado de comando Utilizar o teclado de comando Estados do Dispositivo de Visualização Dispositivo

Leia mais

Instruções de instalação

Instruções de instalação Instruções de instalação Acessórios Cabos de ligação do acumulador da caldeira de aquecimento Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem. Logano plus GB225-Logalux LT300 6 720 642 644

Leia mais

Dispositivos apontadores e teclado

Dispositivos apontadores e teclado Dispositivos apontadores e teclado Manual do utilizador Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registadas da Microsoft Corporation nos EUA. As informações

Leia mais

EM8037 Kit de Iniciação de Adaptador Powerline Wi-Fi

EM8037 Kit de Iniciação de Adaptador Powerline Wi-Fi EM8037 Kit de Iniciação de Adaptador Powerline Wi-Fi 2 PORTUGUÊS EM8037 - Kit de Iniciação de Adaptador Powerline Wi-Fi Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Conteúdo da embalagem... 2 2.0 Ligar os Adaptadores

Leia mais

Monitor Wall 4.0. Manual de Instalação e Operação

Monitor Wall 4.0. Manual de Instalação e Operação Monitor Wall 4.0 pt Manual de Instalação e Operação Monitor Wall 4.0 Índice pt 3 Índice 1 Introdução 4 1.1 Sobre este manual 4 1.2 Convenções neste manual 4 1.3 Requisitos mínimos de Instalação e Operação

Leia mais

Seu manual do usuário HP SCANJET 3800 PHOTO SCANNER http://pt.yourpdfguides.com/dref/921220

Seu manual do usuário HP SCANJET 3800 PHOTO SCANNER http://pt.yourpdfguides.com/dref/921220 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP SCANJET 3800 PHOTO SCANNER. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre

Leia mais

IceData500. Manual do utilizador. Agosto 2004 Versão 1.1

IceData500. Manual do utilizador. Agosto 2004 Versão 1.1 IceData500 Manual do utilizador Agosto 2004 Versão 1.1 Índice Instalação dos Microfiltros... 3 Microfiltro simples...3 Microfiltro duplo...3 Instalação do Modem em Windows... 4 Estado do ícone DSL...5

Leia mais