CNPJ: / PROCESSO SUSEP: /

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CNPJ: 29.980.158/0001-57 PROCESSO SUSEP: 15414.001342/2006-56"

Transcrição

1 CONDIÇÕES CONTRATUAIS DE APÓLICE DE SEGURO HABITACIONAL - APÓLICE DE MERCADO - COBERTURA COMPREENSIVA OPERAÇÕES DE FINANCIAMENTOS DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS CLÁUSULA 1ª - ESTIPULANTE De conformidade com estas Condições Particulares é Estipulante da presente apólice o HSBC Bank Brasil S/A. - Banco Múltiplo, com sede na cidade de Curitiba PR. CLÁUSULA 2ª - SEGURADO São Segurados da presente apólice as pessoas físicas ou jurídicas, promitentes compradoras ou devedoras do Estipulante, desde que, atenda as condições de aceitação do Seguro Habitacional - Cobertura Compreensiva para Operações de Financiamentos de Créditos Imobiliários, destinadas à construção ou a aquisição ou ampliação ou reforma de imóveis de imóvel em geral Para os fins destas Condições Particulares, não são considerados seguráveis as pessoas físicas devedoras do Estipulante, cuja idade, no ato da assinatura do instrumento contratual, somada ao prazo contratual, ultrapasse 80 (oitenta) anos e 6 (seis) meses. CLÁUSULA 3ª - OBJETO DO SEGURO Constituem o objeto do presente seguro: As pessoas físicas ou jurídicas que obtiverem financiamento ou promessa de crédito imobiliário garantido por Alienação Fiduciária, de conformidade com os regulamentos operacionais do Estipulante Os bens imóveis vinculados ao Estipulante em garantia dos seus financiamentos. CLÁUSULA 4ª - RISCOS COBERTOS Os riscos cobertos pela presente apólice ficam enquadrados em 2 (duas) categorias: RISCO DE NATUREZA PESSOAL - MIP Morte do Segurado - Aquela decorrente de causas naturais ou acidentais, exceto nos casos previstos na cláusula 5ª - Riscos Excluídos Invalidez permanente - Aquela que ocorrer em data posterior à data da assinatura do contrato de financiamento do imóvel, causada por acidente pessoal ou doença, que determine a incapacidade total e permanente para o exercício da atividade laborativa principal do Segurado, no momento do sinistro. Assim considerada: Invalides Permanente Total por Acidente - considerada como tal a incapacidade total e definitiva para o exercício da ocupação principal, causada por acidente, desde que ocorrido o acidente que determinou a incapacidade, após a assinatura do contrato de financiamento, mediante comprovação através de Exames e laudo emitido pela Perícia Médica. 1/11

2 A invalidez será constatada mediante exame médico realizado, prevalecendo, como data do sinistro, a data do respectivo laudo médico (Declaração do Médico Assistente) Nos casos de discordância do Segurado quanto ao resultado obtido no exame previsto no subitem , a controvérsia será dirimida por Junta Médica constituída por 03 (três) membros, sendo um de indicação da Seguradora, outro indicado pelo Segurado e um terceiro desempatador escolhido pelos dois nomeados Invalidez Laborativa Permanente, considerada como tal a incapacidade total e definitiva para o exercício da ocupação principal, causada por doença, desde que adquirida a doença que, direta ou indiretamente, determinou a incapacidade, após a assinatura do contrato de financiamento, mediante comprovação através de laudo emitido pela Perícia Médica e de acordo com Declaração de Médico legalmente habilitado A invalidez será constatada mediante exame médico realizado, prevalecendo, como data do sinistro, a data do respectivo laudo médico Nos casos de discordância do Segurado quanto ao resultado obtido no exame previsto no subitem , a controvérsia será dirimida por Junta Médica constituída por 03 (três) membros, sendo um de indicação da Seguradora, outro indicado pelo Segurado e um terceiro desempatador escolhido pelos dois nomeados A Seguradora poderá a qualquer momento, solicitar documentos necessários, para a elucidação do sinistro RISCO DE NATUREZA MATERIAL DFI O imóvel que se constitua contratualmente em garantia, ao crédito imobiliário garantido por Alienação Fiduciária, concedido pelo Estipulante à pessoa física ou jurídica é garantido por esta apólice contra os riscos de incêndio e quaisquer outros eventos de causa externa Eventos de causa externa são aqueles resultantes da ação súbita e imprevisível de forças, ou agentes atuantes de fora do terreno onde se situa o imóvel objeto do risco para dentro deste e que, por si só e independentemente de deficiências construtivas e de projeto, ocasionem danos parciais ou totais à edificação. CLÁUSULA 5ª - RISCOS EXCLUÍDOS 5.1 Além dos riscos excluídos constantes no item 1 da Cláusula 5ª RISCOS NÃO COBERTOS, das Condições Gerais, ficam excluídos do presente seguro nos: RISCOS DE NATUREZA PESSOAL - MIP A incapacidade temporária do Segurado, despesas médicas, diárias hospitalares em geral, encargos de farmácia, honorários para intervenções cirúrgicas, despesas de remoção e correlatas A morte ou a invalidez permanente resultante, direta ou indiretamente, de acidente ocorrido antes da assinatura do contrato de financiamento. 2/11

3 A morte ou invalidez permanente resultante de doença comprovadamente preexistente à assinatura do contrato de financiamento, de conhecimento do Segurado e não declarada na Declaração Pessoal de Saúde ou no instrumento contratual Todos os contratos de financiamento em que a soma da idade do Segurado, com o prazo de financiamento na data da respectiva assinatura ultrapassar 80 (oitenta) anos e 6 (seis) meses Os financiamentos concedidos a pessoas jurídicas ou a pessoas físicas, na qualidade de empresários da construção civil RISCOS DE NATUREZA MATERIAL - DFI Os prejuízos decorrentes da ordem de autoridade pública, salvo para evitar agravação ou propagação de danos cobertos por esta Apólice Os prejuízos decorrentes de atos de inimigos estrangeiros, operação de guerra, anteriores ou posteriores à sua declaração, guerra civil, guerrilha, revolução, rebelião ou de ato emanado de administração de qualquer zona ou área sob Lei Marcial ou em Estado de Sítio No caso de reclamação por prejuízos que se verifiquem durante qualquer das ocorrências mencionadas no subitem supra, assiste à Seguradora o direito de exigir do Segurado a prova de que os prejuízos ou danos decorreram de causas independentes e não foram, direta ou indiretamente, produzidos pelas referidas ocorrências ou suas conseqüências Os prejuízos decorrentes de qualquer perda ou destruição, danos conseqüentes, despesas emergentes ou responsabilidade legal de qualquer natureza, direta ou indiretamente causados por, resultantes de, ou para os quais tenham contribuído radiações ionizantes ou contaminação proveniente de radioatividade de qualquer combustível ou resíduo nuclear, resultante de combustão desse tipo de material. Para fins desta exclusão, combustão abrangerá qualquer processo auto-sustentador de fissão nuclear Os prejuízos causados por extravio, roubo ou furto, ainda que, direta ou indiretamente, tenham concorrido para tais perdas quaisquer dos eventos abrangidos pela Cláusula 4ª - Riscos Cobertos Os prejuízos decorrentes de má utilização, ou falta de conservação, ou desgaste pelo uso do imóvel que se constitua contratualmente em garantia, ao crédito imobiliário garantido por Alienação Fiduciária, concedido pelo Estipulante Os prejuízos decorrentes de vício intrínseco, entendendo-se como tal, defeitos de construção de responsabilidade do construtor do imóvel, ocorrido durante ou após o período de 5 anos a que se refere o artigo 618 do Código Civil Brasileiro Os prejuízos decorrentes de erros de projeto ou de infração às normas pertinentes a matéria. 3/11

4 CLÁUSULA 6ª- CARÊNCIA SUICÍDIO 6.1 Não haverá Carência para o Seguro contratado, exceto no caso de SUICÍDIO que deverá ser observado o Período de Carência de 24 (vinte e quatro) meses a contar da data de início de vigência da Cobertura Individual, ou da recondução tácita do Segurado, em caso de suspensão da Cobertura do Seguro. 6.2 Caso o Segurado seja transferido de uma Seguradora para outra, não será reiniciada a contagem de novo prazo de Carência, para o caso de Suicídio, sendo considerado também, para os componentes já incluídos no seguro pela apólice vigente na Seguradora anterior, o prazo de vigência individual. 6.3 Caso ocorra à morte do Segurado, em decorrência de Suicídio, durante o período de Carência, será devolvido o prêmio puro do seguro, devidamente atualizado pela variação da TR Taxa Referencial pró-rata tempore, correspondente ao período da data do respectivo pagamento do prêmio até a data da efetiva restituição. CLÁUSULA 7ª- TAXAS As taxas básicas mensais referentes a financiamentos, ou promessa de financiamento concedido às pessoas físicas, aplicáveis à importância segurada definida em 8.1, serão conforme disposições abaixo: CONTRATO DE IMÓVEL EM CONSTRUÇÃO OU CONTRATO DE IMÓVEL CONSTRUÍDO. a) Natureza Pessoal será de acordo com as Faixas Etárias abaixo: FAIXA ETÁRIA TAXA MENSAL de 18 anos à 25 anos 0,01284% de 26 anos à 30 anos 0, 01284% de 31 anos à 35 anos 0,01853% de 36 anos à 40 anos 0,02527% de 41 anos à 50 anos 0,03254% de 51 anos à 60 anos 0,12905% de 61 anos à 70 anos 0,39500% de 71 anos à 75 anos 0,64554% de 76 anos à 80 anos 1,14330% CONTRATO DE IMÓVEL EM CONSTRUÇÃO OU CONTRATO DE IMÓVEL CONSTRUÍDO. b) Natureza Material - 0,01020% Para financiamentos concedidos a pessoas jurídicas, que somente contarão com a cobertura de danos materiais, a taxa básica mensal será de 0,0268% sobre a importância segurada definida em /11

5 7.3 - Havendo financiamentos complementares para aquisição ou construção de um mesmo imóvel, a taxa incidirá sobre cada um dos financiamentos, respeitados os respectivos prazos Decorridos 12 (doze) meses sucessivos de cobertura, contados a partir do início de vigência da Apólice e das datas de aniversários seguintes, será apurada a relação percentual entre sinistros e prêmios do mesmo período de competência, procedendo-se a revisão da taxa quando o coeficiente sinistro/prêmio for superior a 60% (sessenta por cento). O critério para determinação da nova taxa será estabelecido de comum acordo entre a Seguradora e o Estipulante, com o conhecimento da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). 7.5 Para efeito de cálculo dos Prêmios do Seguro correspondentes aos riscos de MIP, as Taxas, estabelecidas por Faixa Etária, incidirão sobre o saldo devedor do Contrato de Financiamento de Crédito Imobiliário firmado entre o Segurado e o Estipulante (Financiador) A Taxa prevista para a Faixa Etária do Segurado na data de assinatura do Contrato de Financiamento de Crédito Imobiliário será mantida durante toda a vigência do Contrato firmado junto ao Estipulante Havendo renegociação do Contrato de Financiamento de Crédito Imobiliário, deverá haver o re-enquadramento de Taxa, considerando a Taxa da Faixa Etária, por ocasião da novação de Contrato. CLÁUSULA 8ª - IMPORTÂNCIA SEGURADA A importância segurada por esta apólice corresponderá: PARA RISCOS DE NATUREZA PESSOAL - MIP Ao valor inicial do financiamento, alterado na mesma forma prevista no contrato, na fase de construção Ao valor do saldo devedor mensal, para os contratos de financiamento de aquisição ou contratos em fase de amortização PARA OS RISCOS DE NATUREZA MATERIAL - DFI Nos casos de imóvel pronto, ao valor da avaliação constante do contrato. Nos casos de imóvel em construção, ao valor estimado da obra A importância segurada poderá ser ajustada, durante a vigência do contrato, visando a compatibilizá-la com o valor de reposição do imóvel objeto de garantia de Alienação Fiduciária, ajustamento este que deverá ser expressamente solicitado pelo Segurado e dependerá da concordância da Seguradora Ocorrendo à necessidade de cobertura acima dos valores previstos nesta apólice, o Estipulante fará a solicitação à Seguradora, fornecendo todas as informações necessárias para a avaliação e eventual aceitação do risco. 5/11

6 CLÁUSULA 9ª - ALTERAÇÃO DAS IMPORTÂNCIAS SEGURADAS E RESPECTIVOS PRÊMIOS Obriga-se o Estipulante e a Seguradora a considerar as importâncias seguradas assim como os respectivos prêmios, alterados de conformidade com os respectivos Contratos de Financiamento. CLÁUSULA 10ª - INDENIZAÇÃO A - RISCOS DE NATUREZA PESSOAL - MIP A indenização devida por esta Apólice corresponderá ao saldo devedor do Segurado na data do sinistro, e será paga de conformidade com a Cláusula 20ª - Pagamento de Indenização, das Condições Gerais Quando houver mais de um adquirente da mesma unidade residencial, inclusive marido e mulher, casados em comunhão de bens ou não, a indenização será proporcional à responsabilidade de cada um, expressa no respectivo contrato de financiamento Para efeitos do cálculo do saldo devedor, consideram-se como tendo sido pagas todas as prestações vencidas até a data do sinistro O eventual atraso no pagamento das prestações vencidas ao Estipulante não prejudicará as coberturas concedidas por esta Apólice Nos contratos de compra e venda entre empresários da construção civil e promitente comprador com anuência do Estipulante e nos financiamentos para construções mediante custo estimado de empreitada, reajustável ou não, a indenização será paga pela Seguradora, em função do financiamento efetivamente realizado pelo Estipulante, sendo nele considerados os acréscimos contratuais e deduzido o prêmio de seguro, se não recebidos do financiado durante a construção. B - RISCOS DE NATUREZA MATERIAL - DFI A indenização corresponderá ao prejuízo efetivamente apurado pela Seguradora na ocasião do sinistro, limitada ao valor da importância segurada, devidamente alterada, de conformidade com o respectivo contrato de financiamento, observado, porém, o disposto na Cláusula 21ª Reposição, das Condições Gerais. CLÁUSULA 11ª - PAGAMENTO DE INDENIZAÇÃO Toda e qualquer indenização devida por esta Apólice para a Cobertura de MIP será paga diretamente ao Estipulante Toda e qualquer indenização devida por esta Apólice para a Cobertura de DFI será paga diretamente ao Segurado, ressalvados os casos de reposição previstos na Cláusula 21ª Reposição, das Condições Gerais Nos riscos de natureza pessoal, o pagamento da indenização será efetuado com base na dívida existente na data da última alteração do saldo devedor antes da ocorrência do sinistro No dia do pagamento, a Seguradora reajustará pró-rata dia o saldo devedor apurado conforme o item O prazo para pagamento da indenização será de até 30 (trinta) dias, contados a partir da data do recebimento, pela Seguradora, da totalidade dos documentos que permitam analisar a validade da cobertura e calcular o valor devido. 6/11

7 Com o pagamento da indenização, cujo recibo valerá como instrumento de cessão, A Seguradora ficará sub-rogada, de pleno direito, até o limite da indenização paga, em todos os direitos e ações do Segurado contra aqueles que por ato, fato ou omissão tenham causado prejuízos indenizados pela Seguradora ou para eles concorridos. O Segurado não praticará qualquer ato que prejudique este direito da Seguradora. CLÁUSULA 12ª - PREJUÍZOS INDENIZÁVEIS São indenizáveis, até o limite do valor da avaliação inicial do imóvel financiado, alterado de conformidade com o Contrato de Financiamento, efetuada pelo Estipulante para efeitos de concessão de financiamento, os seguintes prejuízos: a) danos materiais, diretamente resultante dos riscos cobertos; b) danos materiais, diretamente decorrentes da impossibilidade de remoção ou proteção de salvados por motivo de força maior; c) danos materiais e despesas decorrentes de providências para evitar agravação ou propagação do sinistro. CLÁUSULA 13ª - SINISTROS 13.1 Todo e qualquer fato capaz de acarretar obrigações de indenizar por parte da Seguradora, sob pena de perder o direito à Indenização, deverá o Segurado ou Beneficiário: a) Comunicá-lo imediatamente à Central de Atendimento de Crédito Imobiliário (Estipulante), pela via mais rápida ao seu alcance, sem prejuízo da comunicação escrita; b) Fazer constar da comunicação escrita: data, hora, local e causas prováveis do sinistro; c) Tomar as providências consideradas inadiáveis para resguardar os interesses comuns e minorar os prejuízos; d) Fornecer ao representante da Seguradora as informações e os esclarecimentos solicitados, em relação à ocorrência do evento coberto, colocando-lhe à disposição a documentação para comprovação ou apuração dos prejuízos; e e) A Seguradora poderá exigir atestado, declarações, ou certidões de autoridades competentes, bem como o resultado de inquéritos ou processos instaurados em virtude do fato que produziu o sinistro, sem prejuízo do pagamento da indenização no prazo devido, quando o sinistro estiver regularmente comprovado O Segurado, ou quem suas vezes fizer, deverá provar satisfatoriamente a ocorrência do sinistro, bem como relatar todas as circunstâncias com ele relacionadas, facultando à Seguradora a adoção de medidas tendentes à plena elucidação do fato e prestando a assistência que for necessária a tal fim Qualquer decisão que implique compromisso para a Seguradora só poderá ser tomada, pelo Segurado, com a aquiescência expressa e inequívoca daquela Todas as despesas efetuadas com a comprovação regular do sinistro e documentos de habilitação correrão por conta do Segurado, salvo as diretamente realizadas ou autorizadas pela Seguradora. 7/11

8 Os atos ou providências que a Seguradora praticar após o sinistro não importam, por si só, no reconhecimento da obrigação de pagar a indenização reclamada A Seguradora poderá a qualquer momento, solicitar documentos necessários, para a elucidação do sinistro Sem prejuízo ao disposto acima, o Estipulante do Seguro (Financiador) deverá apresentar os documentos abaixo relacionados: RISCO DE NATUREZA PESSOAL MIP a)- Contrato de financiamento, promessa de financiamento ou empréstimo garantido por Alienação Fiduciária (Estipulante); b)- Ficha Sócio-Econômica no caso de não constar percentual de renda no contrato (Estipulante); c)- Atestado de óbito ou declaração de invalidez permanente (Segurado ou Representante Legal); d)- Comprovante de averbação do seguro (Estipulante); e)- Demonstrativo do desenvolvimento do saldo devedor (Estipulante) RISCO DE NATUREZA MATERIAL DFI a)- Contrato de financiamento, promessa de financiamento ou empréstimo garantido por Alienação Fiduciária (Estipulante); b)- Comprovante de averbação do seguro (Estipulante); c)- Laudo de avaliação do imóvel, à época do contrato (Estipulante); d)- Quando registrada a ocorrência, certidão policial ou do corpo de bombeiros (Segurado ou Representante Legal); e)- Quaisquer informações consideradas idôneas, capazes de bem orientar a decisão sobre o sinistro(segurado ou Representante Legal). CLÁUSULA 14ª - PERDA DE DIREITOS O Segurado perderá o direito a qualquer indenização relacionada ao presente seguro, quando se verificar: a)- que o Segurado, o beneficiário do seguro, ou prepostos quer de um, quer de outro praticaram fraude ou tentativa de fraude, simulando um sinistro ou agravando as suas conseqüências para obter indenização; b)- constatando-se que o Segurado, o beneficiário do seguro, ou prepostos quer de um, quer de outro fizeram reclamação dolosa ou baseada em declarações falsas, ou emprego de quaisquer meios culposos ou de simulação para obter indenização que não for devida. CLÁUSULA 15ª - PRESCRIÇÃO Decorridos os prazos previstos no Código Civil Brasileiro, conforme Artigo 205 e Artigo 206, ocorre a prescrição. 8/11

9 CLÁUSULA 16ª - AVISOS E COMUNICAÇÕES Todo e qualquer aviso ou comunicação à Seguradora deverá ser feito por escrito, sob registro, pelo Segurado ou por quem suas vezes fizer, porém sempre por intermédio do Estipulante. CLÁUSULA 17ª - INÍCIO E TÉRMINO DA RESPONSABILIDADE A responsabilidade da Seguradora, com relação a cada Segurado, tem início no momento da assinatura do contrato ou da promessa de financiamento, bem como da Proposta de Adesão ao Seguro e sua respectiva Declaração Pessoal de Saúde (DPS), no caso de pessoa física; e termina quando da extinção do prazo do financiamento ou quando da liquidação da dívida, sendo observado o disposto na Cláusula 15ª Renovação, das Condições Gerais, respeitando-se em qualquer hipótese o início e término de vigência da apólice Nos casos de adesão do financiado a este seguro, cujo financiamento tenha sido concedido anteriormente à data de início da vigência desta Apólice, a responsabilidade da Seguradora terá início a partir da data em que receber o pedido expresso de inclusão no seguro, devidamente assinado pelo financiador, e terminará da mesma forma descrita no item anterior. CLÁUSULA 18ª - ERROS E OMISSÕES Fica estipulado que, nos casos de sinistro em que se observam erros ou omissões na formalização do seguro, a indenização não será prejudicada, ressalvado porém, à Seguradora, o direito de cobrar ao Estipulante, se for o caso, a diferença de prêmio oriunda da inexatidão de informes. CLÁUSULA 19ª - SEGURO SOBRE FRAÇÕES AUTÔNOMAS DE EDIFÍCIO EM CONDOMÍNIO Fica entendido e acordado que, no caso de seguro sobre frações autônomas de edifício em condomínio a importância segurada abrange as perdas privativas e comuns (com inclusão de elevadores, escadas rolantes, centrais de ar condicionado ou de aquecimento, incineradores de lixo e respectivas instalações), na proporção do interesse do condômino segurado, se o valor dessas partes constar na avaliação efetuada pelo Estipulante. CLÁUSULA 20ª - CONCORRÊNCIA DE APÓLICES Fica entendido e acordado que, no caso de sinistro de danos materiais cobertos pela presente apólice, se for apurada a coexistência de seguros proporcionais (com a Cláusula de Rateio) e a primeiro risco (sem a Cláusula de Rateio) cobrindo os mesmos bens, a distribuição das responsabilidades pelas Apólices obedecerá as seguintes condições: a)- calcular-se-á a indenização de cada Apólice, como se fosse a única existente a garantir o prejuízo verificado, observando-se as suas Condições Gerais e Particulares; b)- a indenização devida, a cargo de cada Apólice, corresponderá aos valores obtidos pela distribuição do prejuízo proporcionalmente às indenizações calculadas na forma prevista na alínea a A Seguradora desta Apólice pagará a totalidade da indenização e providenciará, junto às Seguradoras participantes das apólices coexistentes, o reembolso das importâncias a elas cabíveis. 9/11

10 CLÁUSULA 21ª - VIGÊNCIA DO SEGURO Salvo estipulação em contrário, este seguro vigorará pelo prazo de 1 (um) ano, a partir das 24 horas do dia expresso como início de vigência. CLÁUSULA 22ª - RENOVAÇÃO AUTOMÁTICA A Seguradora deverá encaminhar comunicado de renovação automática ao Estipulante, até 30 (trinta) dias antes do término da vigência da apólice. CLÁUSULA 23ª - PAGAMENTO DO PRÊMIO Os prêmios serão integralmente devidos e pagos pelo Estipulante, independentemente da condição de adimplemento ou inadimplemento do responsável final pelo pagamento Se o sinistro ocorrer dentro do prazo de pagamento do prêmio, sem que ele se ache efetuado, o direito à indenização não ficará prejudicado, se o prêmio respectivo for pago ainda naquele prazo Ocorrendo de a data de vencimento do prêmio ser em dia que não haja expediente bancário, o pagamento do prêmio poderá ser efetuado no primeiro dia útil seguinte em que houver expediente bancário Se o Estipulante deixar de recolher à Seguradora, no prazo devido, os prêmios recolhidos dos Segurados, estes não podem ser prejudicados no direito a cobertura do seguro, respondendo a Seguradora pelos pagamentos das indenizações devidas Fica a Seguradora obrigada a informar ao Segurado, sobre a situação de adimplência do Estipulante, sempre que for solicitada. CLÁUSULA 24ª - PRAZO PARA ACEITAÇÃO A Seguradora disporá do prazo de 15 (quinze) dias para a aceitação da proposta, conforme estabelecido na Circular Susep 251/2004 e caso a proposta venha a não ser aceita o Segurado será informado desta decisão através de carta, mediante protocolo Quando houver sido efetuado qualquer pagamento a título da referida proposta, este será devolvido em igual prazo, atualizado pelo mesmo índice de correção aplicado ao contrato de seguro. CLÁUSULA 25ª CUSTO EFETIVO DO SEGURO HABITACIONAL - CESH O Custo Efetivo do Seguro Habitacional (CESH) será calculado, no ato da contratação do Seguro, bem como, a qualquer tempo, por solicitação do Estipulante ou do Segurado, sendo considerado o valor do saldo devedor e a Taxa prevista na data de assinatura do Contrato de Financiamento firmado junto ao Estipulante O CESH é meramente informativo e tem por finalidade exclusivamente permitir a comparação entre as diferentes propostas de seguro, não correspondendo sua aplicação sobre o saldo devedor do financiamento ao montante efetivo a ser pago a título de prêmio de seguro; e Em virtude da metodologia de cálculo utilizada, não poderá ser somado, deduzido ou, de qualquer forma, comparado a outros custos do contrato de financiamento, sob pena de gerar conclusões equivocadas. 10/11

11 CLÁUSULA 26ª - FORO Fica eleito o foro do domicílio do Segurado, para dirimir quaisquer dúvidas oriundas do presente seguro. CLÁUSULA 27ª - DISPOSIÇÕES GERAIS O registro deste Plano na SUSEP não implica, por parte da Autarquia incentivo ou recomendação a sua comercialização A Seguradora está obrigada a emitir e enviar Certificado Individual no início do Contrato e em cada uma das Renovações subseqüentes O Certificado Individual deverá conter os seguintes elementos mínimos: a) Data de início e término de vigência da Cobertura Individual do Segurado Principal; b) Importância Segurada de cada Cobertura relativa ao Segurado Principal, além do Prêmio total O Segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros, no site por meio de seu registro na SUSEP, nome completo, CNPJ ou CPF. Recebi da HDI SEGUROS S/A, as Condições de Seguro Habitacional Apólice de Mercado, para Operações de Financiamentos de Créditos Imobiliários, do Estipulante HSBC Bank Brasil S/A - Banco Múltiplo e declaro ter tomado conhecimento, neste ato, do seu conteúdo. N.º do contrato:, de de /11

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO Estipulante: BANCO TRIÂNGULO S. A. Seguradora: PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS Número processo SUSEP: 15414.000223/2007-67

Leia mais

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA Condições Gerais PROCESSO SUSEP: 15414.100997/2003-63 ÍNDICES CONDIÇÕES GERAIS 1. Objetivo do seguro... 3 2. Definições... 3 3. Coberturas do seguro... 6 4. Riscos excluídos...

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES

MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES Estipulante: ATUAL TECNOLOGIA E ADMINISTRACAO DE CARTOES. CNPJ: 07.746.799/0001-09 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente contrato de seguro tem por objetivo

Leia mais

RESOLUÇÃO SUSEP Nº 205, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO SUSEP Nº 205, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009 RESOLUÇÃO SUSEP Nº 205, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o seguro habitacional e dá outras providências. A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP, no uso da atribuição que lhe confere o art.

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 205, de 2009.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 205, de 2009. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 205, de 2009. Dispõe sobre o seguro habitacional e dá outras providências. A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP,

Leia mais

CLÁUSULA 1ª DOS RISCOS COBERTOS Os riscos cobertos pelas presentes Condições Especiais são os seguintes:

CLÁUSULA 1ª DOS RISCOS COBERTOS Os riscos cobertos pelas presentes Condições Especiais são os seguintes: A PANAMERICANA DE SEGUROS S/A, com sede na Avenida Paulista, nº 2.240 11º andar, Cerqueira César, na Cidade de São Paulo SP, inscrita no CNPJ sob o nº 33.245.762/0001-07, a seguir denominada simplesmente

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO)

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO) CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO) ESSOR Seguros S.A CNPJ 14.5 25.684/0001-50 Process o SUSEP Nº 1 54 14.002 72 3/2 01 2-09 O registro deste plano na SUSEP não im plica,

Leia mais

ANEXO B. Condições Gerais do Seguro Coletivo para Cartões de Crédito (seguro facultativo) Cobertura 72 horas

ANEXO B. Condições Gerais do Seguro Coletivo para Cartões de Crédito (seguro facultativo) Cobertura 72 horas ANEXO B Condições Gerais do Seguro Coletivo para Cartões de Crédito (seguro facultativo) Cobertura 72 horas Central de Atendimento aos Clientes: 0800 729 7000 Cláusula 1ª - Objeto do Seguro Nº. Processo

Leia mais

Riscos Diversos 01.2007 Processo SUSEP. 10.003217/01-99

Riscos Diversos 01.2007 Processo SUSEP. 10.003217/01-99 CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE RISCOS DIVERSOS CLÁUSULA 1ª - OBJETO DO SEGURO 1. O presente seguro tem por objetivo garantir, dentro dos limites da importância segurada, sob as "Condições Gerais" a seguir

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL

SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL Condições Gerais e Particulares Processo SUSEP Nº 10.005221/99-41 Deficientes Auditivos ou de Fala: 0800 729 0088 / Ouvidoria: 0800 880 2930 Endereço: Rua

Leia mais

Condições Gerais Seguro Habitacional

Condições Gerais Seguro Habitacional Condições Gerais Seguro Habitacional Dezembro/2013 Exclusivo para Corretores de Seguros Este manual é valido para contratos com início de vigência a partir de 10/12/2013 ÍNDICE CLÁUSULA 1 DEFINIÇÕES...3

Leia mais

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Proteção MAIS! Premiada I CRED-SYSTEM

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Proteção MAIS! Premiada I CRED-SYSTEM Para facilitar o seu entendimento, resumimos as Condições Gerais para o SEGURO PROTEÇÃO MAIS PREMIADA I CRED-SYSTEM Cartões MAIS e CO-BRANDED, procedimentos e a documentação necessária para liquidação

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Plano de Seguro LUIZASEG Garantia Estendida Original

CONDIÇÕES GERAIS. Plano de Seguro LUIZASEG Garantia Estendida Original CONDIÇÕES GERAIS Plano de Seguro LUIZASEG Garantia Estendida Original São Paulo SP 24 de março de 2014 CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE INFORMAÇÕES PRELIMINARES... 3 DEFINIÇÃO DE TERMOS TÉCNICOS... 3 1. OBJETIVO

Leia mais

Condições Gerais Seguro Habitacional

Condições Gerais Seguro Habitacional Condições Gerais Seguro Habitacional Abril/2010 HABITACIONAL ÍNDICE CLÁUSULA 1 DEFINIÇÕES...3 CLÁUSULA 2 ÂMBITO GEOGRÁFICO...5 CLÁUSULA 3 - SEGURADO...5 CLÁUSULA 4 ESTIPULANTE / FINANCIADOR...5 CLÁUSULA

Leia mais

SEGURO GARANTIA - SETOR PÚBLICO MANUAL DO SEGURADO CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº 15414.900183/2014-84 CNPJ: 61.383.493/0001-80 1.

SEGURO GARANTIA - SETOR PÚBLICO MANUAL DO SEGURADO CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº 15414.900183/2014-84 CNPJ: 61.383.493/0001-80 1. 1. OBJETO 1.1. Este contrato de seguro garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo Tomador perante o Segurado, conforme os termos da apólice e até o valor da garantia fixado nesta, e de acordo

Leia mais

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Cartão MAIS! Protegido I CRED-SYSTEM

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Cartão MAIS! Protegido I CRED-SYSTEM Para facilitar o seu entendimento, resumimos as Condições Gerais para o SEGURO CARTÃO MAIS PROTEGIDO I CRED-SYSTEM Cartões MAIS e CO-BRANDED, procedimentos e a documentação necessária para liquidação de

Leia mais

BANRISUL PRESTAMISTA CHEQUE ESPECIAL Processo Susep 15414.003459/2004-11 Condições Contratuais Apólice 77.000.137

BANRISUL PRESTAMISTA CHEQUE ESPECIAL Processo Susep 15414.003459/2004-11 Condições Contratuais Apólice 77.000.137 BANRISUL PRESTAMISTA CHEQUE ESPECIAL Processo Susep 15414.003459/2004-11 Condições Contratuais Apólice 77.000.137 1 OBJETIVO 1.1. Este seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao

Leia mais

CERTIFICADO DE SEGURO SEGURO SORTE GRANDE CARREFOUR

CERTIFICADO DE SEGURO SEGURO SORTE GRANDE CARREFOUR CERTIFICADO DE SEGURO SEGURO SORTE GRANDE CARREFOUR A Cardif do Brasil Vida e Previdência S.A., doravante denominada Seguradora e o Carrefour Comércio e Indústria Ltda., doravante denominada Estipulante,

Leia mais

SEGURO PRESTAMISTA DÍVIDA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS. Índice

SEGURO PRESTAMISTA DÍVIDA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS. Índice SEGURO PRESTAMISTA DÍVIDA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS Índice 1. OBJETIVO DO SEGURO... 2 2. COBERTURas... 2 3. RISCOS EXCLUÍDOS... 3 4. ÂMBITO TERRITORIAL DAS COBERTURAS... 3 5. VIGÊNCIA DA APÓLICE MESTRA...

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013.

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro de garantia estendida, quando da aquisição de

Leia mais

11 de fevereiro de 2010. DESEPE Nº 2010.02.1010/CE

11 de fevereiro de 2010. DESEPE Nº 2010.02.1010/CE 11 de fevereiro de 2010. DESEPE Nº 2010.02.1010/CE CONDIÇÕES PARTICULARES DO SEGURO DE VIDA EM GRUPO E ACIDENTES PESSOAIS CONVEÇÃO COLETIVA DO SINDICATO DOS CONCESSIONÁRIOS E DISTRIBUIDORES DE VEÍCULOS

Leia mais

Lista de Verificação Adicional Seguro Habitacional Versão 01 (janeiro/2012)

Lista de Verificação Adicional Seguro Habitacional Versão 01 (janeiro/2012) OBJETIVO DO SEGUIRO Artigo 2 da Resolução CNSP N 205/2009 O Seguro Habitacional tem por objetivo a quitação de dívida do segurado correspondente ao saldo devedor vincendo na data do 1) OBJETO DO SEGURO

Leia mais

Nº Processo SUSEP: 10.003014/01-10 CONDIÇÕES GERAIS

Nº Processo SUSEP: 10.003014/01-10 CONDIÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE RISCOS DIVERSOS CLÁUSULA 1ª - OBJETO DO SEGURO 1. O presente seguro tem por objetivo garantir, dentro dos limites da importância segurada, sob as "Condições

Leia mais

CERTIFICADO DE SEGURO TROCO DA SORTE

CERTIFICADO DE SEGURO TROCO DA SORTE CERTIFICADO DE SEGURO TROCO DA SORTE A Cardif do Brasil Vida e Previdência S.A., doravante denominada Seguradora e o BR Home Centers S/A., doravante denominada Estipulante, especificam nestas Condições

Leia mais

O. Seguro de Pessoas artigo 757 e seguintes do Código Civil; diversas Regulamentações da SUSEP.

O. Seguro de Pessoas artigo 757 e seguintes do Código Civil; diversas Regulamentações da SUSEP. O. Seguro de Pessoas artigo 757 e seguintes do Código Civil; diversas Regulamentações da SUSEP. Na mesma esteira dos planos de previdência privada, é comum os contratos de seguro de pessoas conterem, juntos

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO SEGURO DE PROTEÇÃO CONTRA PERDA OU ROUBO DE CARTÃO DE CRÉDITO

TERMO DE ADESÃO AO SEGURO DE PROTEÇÃO CONTRA PERDA OU ROUBO DE CARTÃO DE CRÉDITO TERMO DE ADESÃO AO SEGURO DE PROTEÇÃO CONTRA PERDA OU ROUBO DE CARTÃO DE CRÉDITO O presente Termo indica as condições do Seguro de Proteção contra Perda ou Roubo de CARTÃO DE CRÉDITO oferecido pelo Banco

Leia mais

SEGURO HABITACIONAL EM APÓLICES DE MERCADO - CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO HABITACIONAL EM APÓLICES DE MERCADO - CONDIÇÕES GERAIS A PANAMERICANA DE SEGUROS S/A, com sede na Avenida Paulista, n.º 2.240 11º andar, Cerqueira César, na cidade de São Paulo SP, inscrita no CNPJ sob o nº. 33.245.762/0001-07, a seguir denominada simplesmente

Leia mais

SEGURO GARANTIA SETOR PÚBLICO

SEGURO GARANTIA SETOR PÚBLICO SEGURO GARANTIA SETOR PÚBLICO CONDIÇÕES GERAIS... 2 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES... 2 2. APRESENTAÇÃO...... 2 3. ESTRUTURA DO CONTRATO DE SEGURO... 2 4. DEFINIÇÕES... 3 5. OBJETO... 3 6. RISCOS COBERTOS...

Leia mais

BB SEGURO VIDA PRESTAMISTA EXÉRCITO

BB SEGURO VIDA PRESTAMISTA EXÉRCITO BB SEGURO VIDA PRESTAMISTA EXÉRCITO Contrato de Seguro Processo SUSEP Nº 15414.003063/2009-70 COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL - CNPJ 28.196.889/0001-43 SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE (SAC): 0800

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO

CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO SEGURO DE EQUIPAMENTOS ELETRONICOS PORTÁTEIS SEGURO DE GARANTIA ESTENDIDA ORIGINAL Cláusula 1 DEFINIÇÕES AVARIA OU DEFEITOS PREEXISTENTES Danos existentes antes da contratação

Leia mais

Proteção Hospitalar Plus Familiar

Proteção Hospitalar Plus Familiar Proteção Hospitalar Plus Familiar Manual do segurado 1. OBJETIVO DO SEGURO PRODUTO PROTEÇÃO HOSPITALAR PLUS FAMILIAR MANUAL DO SEGURADO O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma Indenização

Leia mais

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente Bem Total Versão Jun./11

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente Bem Total Versão Jun./11 2 BEM TOTAL MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. Parabéns, você acaba de adquirir um produto garantido pela CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência que protege a sua família, caso algum imprevisto

Leia mais

CARTÃO PROTEGIDO EM CASO DE PERDA E ROUBO 0800 722-9870. Central de Atendimento a Seguros GBarbosa. Por apenas:

CARTÃO PROTEGIDO EM CASO DE PERDA E ROUBO 0800 722-9870. Central de Atendimento a Seguros GBarbosa. Por apenas: A combinação sorteada garantirá um prêmio de sorteio no valor bruto, antes do desconto dos tributos incidentes, de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). Se por qualquer motivo, não houver extração da Loteria

Leia mais

CONDIÇÕES PARTICULARES SEGURO DE PESSOAS PLANO DE SEGURO PROTEÇÃO PESSOAL PREMIADA I ACE SEGURADORA S.A. CNPJ: : 03.502.

CONDIÇÕES PARTICULARES SEGURO DE PESSOAS PLANO DE SEGURO PROTEÇÃO PESSOAL PREMIADA I ACE SEGURADORA S.A. CNPJ: : 03.502. CONDIÇÕES PARTICULARES SEGURO DE PESSOAS PLANO DE SEGURO PROTEÇÃO PESSOAL PREMIADA I ACE SEGURADORA S.A. CNPJ: : 03.502.099/0001-18 18 Processo Susep: 10.002766-00 00-19 Apólice: 10.82 82.82.000 82.000933

Leia mais

SEGURO-GARANTIA CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO-GARANTIA CONDIÇÕES GERAIS SEGURO-GARANTIA CONDIÇÕES GERAIS 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES... 2 2. APRESENTAÇÃO... 2 3. ESTRUTURA DO CONTRATO DE SEGURO... 2 4. OBJETIVO DO SEGURO... 3 5. DEFINIÇÕES... 3 6. FORMA DE CONTRATAÇÃO... 4

Leia mais

CIRCULAR 005 DE 09 DE MARÇO DE 1989

CIRCULAR 005 DE 09 DE MARÇO DE 1989 CIRCULAR 005 DE 09 DE MARÇO DE 1989 O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP, na forma do disposto no art. 36, alínea "c" do Decreto-lei nº 73, de 21.11.66; RESOLVE: Art. 1º -

Leia mais

Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo

Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo 1. Definições 1.1. Apólice: é o documento emitido pela Seguradora que expressa o contrato celebrado entre a Seguradora

Leia mais

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO Condições Particulares Processo SUSEP Nº 15414.003063/2009-70 0 ÍNDICES CONDIÇÕES PARTICULARES 1. OBJETO DO SEGURO 2 2. ESTIPULANTE 2 3. GRUPO SEGURÁVEL 2 4. GRUPO SEGURADO

Leia mais

FAM - Fundo de Apoio à Moradia

FAM - Fundo de Apoio à Moradia FAM - Fundo de Apoio à Moradia O Seguro Coletivo de Pessoas descrito neste material foi estipulado pela FHE com um grupo de seguradoras por ela selecionadas, em uma operação de cosseguro, tendo como líder

Leia mais

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro viagem. A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP, no uso da atribuição

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO PROGRAMA DE SEGUROS JUSTVIDA

SEGURO DE VIDA EM GRUPO PROGRAMA DE SEGUROS JUSTVIDA CONTRATO MAPFRE VIDA S.A, com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida das Nações Unidas, nº 11.711, 22º andar, Brooklin, CEP 04578-000, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 54.484.753/0001-49,

Leia mais

Aprovado pela Superintendência de Seguros Privados. TÊNCIA Serviço Prestado pela DELPHOS 24 HORAS. Neste livreto você encontra o resumo das Condições

Aprovado pela Superintendência de Seguros Privados. TÊNCIA Serviço Prestado pela DELPHOS 24 HORAS. Neste livreto você encontra o resumo das Condições SEGURO HABITACIONAL IONAL Aprovado pela Superintendência de Seguros Privados Processo SUSEP nº 15414.000154/2007-91 ASSIS SSISTÊNC TÊNCIA 24 HORAS Serviço Prestado pela DELPHOS 24 HORAS Neste livreto você

Leia mais

RESUMO DO PLANO DE SEGURO RENDA MAIS SEGURA

RESUMO DO PLANO DE SEGURO RENDA MAIS SEGURA RESUMO DO PLANO DE SEGURO RENDA MAIS SEGURA 1. OBJETIVO O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao Segurado ou a seus Beneficiários, até o limite das respectivas importâncias

Leia mais

Características do Seguro Vida Premiada

Características do Seguro Vida Premiada INFORMAÇÕES PRELIMINARES Características do Seguro Vida Premiada As condições e limitações do produto e dos serviços disponibilizados na íntegra estão previstas nas Condições Gerais do Seguro, disponíveis

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS 1 ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS Conteúdo 1. Objetivo do seguro 2. Definições 3. Estipulante 4. Coberturas do seguro 5. Riscos excluídos 6. Âmbito geográfico de cobertura

Leia mais

Características do Seguro Vida Segura Mais

Características do Seguro Vida Segura Mais Características do Seguro Vida Segura Mais INFORMAÇÕES PRELIMINARES As condições e limitações do produto e dos serviços disponibilizados na íntegra estão previstas nas Condições Gerais do Seguro, disponíveis

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO Estas Condições aplicam-se a todas as Garantias contratadas pelo Estipulante, Sub-Estipulante e/ou Segurado, dentro da apólice. O registro deste plano

Leia mais

Guia Crédito Imobiliário Itaú

Guia Crédito Imobiliário Itaú Guia Crédito Imobiliário Itaú Preencha todos os formulários necessários para a solicitação do financiamento, de forma legível e na sua totalidade, utilizando como base as orientações abaixo. Você encontrará

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000 CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das Notas Técnicas Atuariais dos Contratos exclusivamente de Seguros de Automóvel ou dos

Leia mais

CERTIFICADO SEGURO CARTÃO MAIS SEGURO DADOS DO SEGURO:

CERTIFICADO SEGURO CARTÃO MAIS SEGURO DADOS DO SEGURO: Este documento é para simples consulta das coberturas exposta e não tem validade securitária. Caso seja um cliente do cartão Cassol Centerlar e possua o seguro, favor ir a uma loja de sua preferência e

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das Notas Técnicas Atuariais dos Contratos exclusivamente

Leia mais

CIRCULAR Nº 241, DE 9 DE JANEIRO DE 2004

CIRCULAR Nº 241, DE 9 DE JANEIRO DE 2004 Ministério da Fazenda Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR Nº 241, DE 9 DE JANEIRO DE 2004 Dispõe sobre a estruturação mínima das condições contratuais e das notas técnicas atuariais dos contratos

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 267, de 21 de setembro de 2004.

CIRCULAR SUSEP N o 267, de 21 de setembro de 2004. CIRCULAR SUSEP N o 267, de 21 de setembro de 2004. Estabelece as regras de funcionamento e os critérios para operação do seguro de vida em grupo popular e disponibiliza, no site da SUSEP, suas condições

Leia mais

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2.235 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

MINUTA DE RESOLUÇÃO. Art.1º Dispor sobre as regras e os critérios para operação do seguro Viagem.

MINUTA DE RESOLUÇÃO. Art.1º Dispor sobre as regras e os critérios para operação do seguro Viagem. MINUTA DE RESOLUÇÃO A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP, no uso da atribuição que lhe confere o art. 34, inciso XI, do Decreto nº 60.459, de 13 de março de l967, e considerando o inteiro teor

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO SEGURO ROUBO E FURTO DE EQUIPAMENTOS PORTÁTEIS ELETRÔNICOS

MANUAL DO SEGURADO SEGURO ROUBO E FURTO DE EQUIPAMENTOS PORTÁTEIS ELETRÔNICOS MANUAL DO SEGURADO SEGURO ROUBO E FURTO DE EQUIPAMENTOS PORTÁTEIS ELETRÔNICOS 1. MANUAL DO SEGURADO Consiste nas Condições Particulares e Gerais, que são o conjunto de cláusulas que regem um mesmo plano

Leia mais

DAS CARACTERÍSTICAS DO OBJETIVO

DAS CARACTERÍSTICAS DO OBJETIVO REGULAMENTO DO PECÚLIO INDIVIDUAL POR MORTE PROCESSO SUSEP N 15414.000797/2008-16 DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º - CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência S/A, doravante denominada CAPEMISA, institui o

Leia mais

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA REGULAMENTO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º A AUXILIADORA PREVIDÊNCIA doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pecúlio por Morte, estruturado no Regime Financeiro

Leia mais

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA GARANTIA

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA GARANTIA SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA GARANTIA Condições Gerais e Particulares Processo SUSEP Nº. 10.005464/99-42 1 OURO VIDA GARANTIA Reúne as Condições Gerais e Particulares referentes à Garantia Básica

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 241, de 9 de janeiro de 2004.

CIRCULAR SUSEP N o 241, de 9 de janeiro de 2004. CIRCULAR SUSEP N o 241, de 9 de janeiro de 2004. Dispõe sobre a estruturação mínima das condições contratuais e das notas técnicas atuariais dos contratos de seguros de automóvel, com inclusão ou não,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS As Condições Gerais abaixo se aplicam à operação de Financiamento de Veículos, contratada pelo EMITENTE junto ao BANCO TOYOTA,

Leia mais

1.2 - São indenizáveis até o limite máximo indicado na especificação de seguro aeronáutico, os seguintes prejuízos:

1.2 - São indenizáveis até o limite máximo indicado na especificação de seguro aeronáutico, os seguintes prejuízos: CONDIÇÕES ESPECIAIS ADITIVO A GARANTIA CASCOS 1 - Objeto do seguro 1.1. Perda ou avaria da aeronave Respeitados os limites indicados na especificação de seguro aeronáutico a Seguradora, com base nas condições

Leia mais

CONDIÇÕES DO SEGURO PRESTAMISTA AUTO

CONDIÇÕES DO SEGURO PRESTAMISTA AUTO CONDIÇÕES DO SEGURO PRESTAMISTA AUTO Estas são as principais condições do seu Seguro Proteção Financeira Auto. A íntegra das Condições que regem o contrato coletivo está à disposição do Segurado, a qualquer

Leia mais

BB SEGURO VIDA SEGURO DE VIDA EM GRUPO. Condições Gerais. Processo SUSEP Nº 15.414.002163/2004-74. Apólice nº 13.606

BB SEGURO VIDA SEGURO DE VIDA EM GRUPO. Condições Gerais. Processo SUSEP Nº 15.414.002163/2004-74. Apólice nº 13.606 BB SEGURO VIDA SEGURO DE VIDA EM GRUPO Condições Gerais Processo SUSEP Nº 15.414.002163/2004-74 Apólice nº 13.606 COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL CNPJ: 28.196.889/0001-43 ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS

Leia mais

O Seguro garante o fiel cumprimento da construção, fornecimento e/ou prestação de serviços assumida pelo Tomador no contrato

O Seguro garante o fiel cumprimento da construção, fornecimento e/ou prestação de serviços assumida pelo Tomador no contrato G CNPJ 61.198.164/0001-60 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A aceitação do seguro estará sujeita à análise do risco. O registro deste plano na SUSEP não implica por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação

Leia mais

Condições Gerais Seguro de Pessoas - SulAmérica Você Individual

Condições Gerais Seguro de Pessoas - SulAmérica Você Individual Condições Gerais Seguro de Pessoas - SulAmérica Você Individual - Invalidez Funcional Permanente por Doença - Produto 102 Março/2006 6B 2 Indice 1. Do Objetivo do Seguro... 05 2. Das Definições... 05 3.

Leia mais

SEGURO PRESTAMISTA IPTA - CARTÃO DE CRÉDITO. Condições Especiais

SEGURO PRESTAMISTA IPTA - CARTÃO DE CRÉDITO. Condições Especiais SEGURO PRESTAMISTA IPTA - CARTÃO DE CRÉDITO Condições Especiais Processo SUSEP 15414. 004450/2009-23 Companhia de Seguros Aliança do Brasil - CNPJ 28.196.889/0001-43 Central de Atendimento aos Clientes:

Leia mais

Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual

Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual - Despesas Médicas e Hospitalares - Produto 101 Março/2006 2 2 Índice 1. Do Objetivo do Seguro... 05 2. Das Definições... 05 3. Do Âmbito Territorial da

Leia mais

QUADRO PADRONIZADO PARA APRESENTAÇÃO DE SUGESTÕES E COMENTÁRIOS

QUADRO PADRONIZADO PARA APRESENTAÇÃO DE SUGESTÕES E COMENTÁRIOS MINUTA DE RESOLUÇÃO QUADRO PADRONIZADO PARA APRESENTAÇÃO DE SUGESTÕES E COMENTÁRIOS Remetente: Signatário: RESOLUÇÃO PROPOSTA SUGESTÃO DE ALTERAÇÃO JUSTIFICATIVA OU COMENTÁRIO A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. I - Objeto do Seguro

CONDIÇÕES GERAIS. I - Objeto do Seguro CONDIÇÕES GERAIS I - Objeto do Seguro O objeto deste seguro é garantir ao Segurado, em conformidade com o estipulado nestas Condições Gerais e especiais desta apólice, seus aditivos e endossos, as indenizações

Leia mais

O CONTRATO DE SEGURO NO NOVO CÓDIGO CIVIL

O CONTRATO DE SEGURO NO NOVO CÓDIGO CIVIL O CONTRATO DE SEGURO NO NOVO CÓDIGO CIVIL Do seguro Seção I Disposições gerais Art. 757. Pelo contrato de seguro, o segurador se obriga, mediante o pagamento do prêmio, a garantir interesse legítimo do

Leia mais

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS 1. DAS PARTES 1.1. A constituição e o funcionamento de grupos de consórcio formados pela empresa Sponchiado Administradora de Consórcios Ltda., pessoa neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS promovida

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

Vida Protegida. Vida Protegida

Vida Protegida. Vida Protegida Vida 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma Indenização ao (s) Beneficiário(s), na ocorrência de Eventos Cobertos pela(s) Cobertura(s) contratada(s), exceto

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA CRÉDITO RURAL - PESSOA FÍSICA Nº SUSEP: 15414.

MANUAL DO SEGURADO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA CRÉDITO RURAL - PESSOA FÍSICA Nº SUSEP: 15414. MANUAL DO SEGURADO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA CRÉDITO RURAL - PESSOA FÍSICA Nº SUSEP: 15414.003698/2009-77 Este manual contém um resumo das condições contratuais, com o objetivo

Leia mais

APÓLICE Nº 853.169 SEGURO COLETIVO DE PESSOAS. Produto registrado na SUSEP sob o nº 15414.002914/2006-14

APÓLICE Nº 853.169 SEGURO COLETIVO DE PESSOAS. Produto registrado na SUSEP sob o nº 15414.002914/2006-14 APÓLICE Nº 853.169 SEGURO COLETIVO DE PESSOAS Produto registrado na SUSEP sob o nº 15414.002914/2006-14 Pelo presente instrumento particular, as partes, de um lado, SOCIEDADE IBGEANA DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP, inscrito

Leia mais

SEGURO PROTEÇÃO PREMIADA

SEGURO PROTEÇÃO PREMIADA Para facilitar o seu entendimento, resumimos as Condições Gerais para o SEGURO PROTEÇÃO PREMIADA CRED-SYSTEM Cartão PRIVATE LABEL, procedimentos e a documentação necessária para liquidação de Sinistro.

Leia mais

De Pai para Filho G2 PLANO DE PECÚLIO COM RESGATE PLANO V REGULAMENTO

De Pai para Filho G2 PLANO DE PECÚLIO COM RESGATE PLANO V REGULAMENTO De Pai para Filho G2 PLANO DE PECÚLIO COM RESGATE PLANO V REGULAMENTO (Aprovado pela Susep através do Processo Susep n.º 001-02392/88) TÍTULO I Do Objetivo do Plano O Plano de Pecúlio com Resgate, a seguir

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041,

Leia mais

Seguro de Garantia Estendida Original

Seguro de Garantia Estendida Original Seguro de Garantia Estendida Original 2 Agradecemos por ter adquirido um Seguro de Garantia Estendida Original! Este folheto traz para você as principais informações e como você pode aproveitar melhor

Leia mais

até 31.08.87 100% até 30.09.87 95% até 30.10.87 90% até 30.11.87 85% até 31.12.87 80% Circular n 1214, de 4 de agosto de 1987

até 31.08.87 100% até 30.09.87 95% até 30.10.87 90% até 30.11.87 85% até 31.12.87 80% Circular n 1214, de 4 de agosto de 1987 1 06/01/1988. CIRCULAR Nº 1.214 Documento normativo revogado pela Circular 1278, de 05/01/1988, a partir de Às Sociedades de Crédito Imobiliário, Associações de Poupança e Empréstimo e Caixas Econômicas

Leia mais

CIRCULAR Nº 1.278 Às Caixas Econômicas, Sociedades de Crédito Imobiliário e Associações de Poupança e Empréstimo

CIRCULAR Nº 1.278 Às Caixas Econômicas, Sociedades de Crédito Imobiliário e Associações de Poupança e Empréstimo 1 CIRCULAR Nº 1.278 Às Caixas Econômicas, Sociedades de Crédito Imobiliário e Associações de Poupança e Empréstimo Comunicamos que a Diretoria do Banco Central, tendo em vista o disposto no i- tem XXIII

Leia mais

Condições Especiais. Cobertura de Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente. Processo SUSEP nº. 10.002766/00-19

Condições Especiais. Cobertura de Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente. Processo SUSEP nº. 10.002766/00-19 Condições Especiais Cobertura de Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente Processo SUSEP nº. 10.002766/00-19 19 1. Objetivo do Seguro Esta Condição Especial integra as Condições Gerais do Plano

Leia mais

Manual do Segurado Saldo do Financiamento

Manual do Segurado Saldo do Financiamento Manual do Segurado Saldo do Financiamento Produto Secundário SulAmerica Auto Abril/2013 1080.0776.0102 É um grande prazer receber você como cliente! Obrigado por ter contratado o Seguro Saldo do Financiamento.

Leia mais

BILHETEPREMIÁVEL. Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Ago./14

BILHETEPREMIÁVEL. Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Ago./14 BILHETEPREMIÁVEL Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Ago./14 2 BILHETE PREMIÁVEL CAPEMISA MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. O Bilhete Premiável Capemisa é um Seguro de Acidentes

Leia mais

BB SEGURO VIDA AGRICULTURA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS

BB SEGURO VIDA AGRICULTURA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS BB SEGURO VIDA AGRICULTURA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº. 15.414.002269/2004-78 Apólice nº. 51 CIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL CNPJ nº. 28.196.889/0001-43 0 ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS E PARTICULARES

Leia mais

CONDIÇÕES DO SEGURO EDUCACIONAL UNICARIOCA

CONDIÇÕES DO SEGURO EDUCACIONAL UNICARIOCA CONDIÇÕES DO SEGURO EDUCACIONAL UNICARIOCA 1. DO SEGURO 1.1 OBJETIVO: O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao beneficiário, até o limite das respectivas importâncias

Leia mais

Condições Contratuais Seguro Transporte Internacional Cobertura Básica Nº 21 Processo SUSEP nº 15414.901332/2014-22 Versão 1.0b 1

Condições Contratuais Seguro Transporte Internacional Cobertura Básica Nº 21 Processo SUSEP nº 15414.901332/2014-22 Versão 1.0b 1 Cobertura Básica Nº 21 PARA SEGUROS DE MERCADORIAS CONDUZIDAS POR PORTADORES Cláusula 1 Riscos Cobertos 1.1. A presente cobertura garante, ao Segurado, os prejuízos que venha a sofrer em conseqüência de

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS. Índice

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS. Índice SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS Índice 1. OBJETIVO DO SEGURO... 2 2. CONCEITO DA COBERTURA... 2 3. RISCOS EXCLUÍDOS... 3 4. ÂMBITO TERRITORIAL DE COBERTURA... 4 5. DA VIGÊNCIA DA

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N 232, de 3 de junho de 2003

CIRCULAR SUSEP N 232, de 3 de junho de 2003 CIRCULAR SUSEP N 232, de 3 de junho de 2003 Divulga as informações mínimas que deverão estar contidas na apólice, nas condições gerais e nas condições especiais para os contratos de segurogarantia e dá

Leia mais

CIRCULAR Nº 01, DE 14 DE JANEIRO DE 1992.

CIRCULAR Nº 01, DE 14 DE JANEIRO DE 1992. CIRCULAR Nº 01, DE 14 DE JANEIRO DE 1992. Aprova novas Condições para o Seguro de Fiança Locatícia. O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP, na forma do art. 36, alíneas "c" do

Leia mais

Regulamento da Promoção TEST LIFE EVEN

Regulamento da Promoção TEST LIFE EVEN Regulamento da Promoção TEST LIFE EVEN A) DO TEST LIFE 1. A presente promoção é realizada pela EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S/A, por si e pelas empresas de seu grupo econômico, doravante GRUPO EVEN,

Leia mais

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 Regulamento do Plano de Empréstimo 2015 Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 1. Dos Objetivos a) Estabelecer os direitos e obrigações da Previplan - Sociedade de Previdência Privada (aqui designada como Sociedade

Leia mais

CIRCULAR Nº 256, DE 16 DE JUNHO DE 2004

CIRCULAR Nº 256, DE 16 DE JUNHO DE 2004 SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR Nº 256, DE 16 DE JUNHO DE 2004 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das Notas Técnicas Atuariais dos Contratos de Seguros de Danos

Leia mais