Para entrar, premir a tecla SEL cerca de 1 segundo. Para sair, premir a tecla SEL cerca de 2 segundos, ou aguardar 30 segundos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Para entrar, premir a tecla SEL cerca de 1 segundo. Para sair, premir a tecla SEL cerca de 2 segundos, ou aguardar 30 segundos."

Transcrição

1 MANUAL DOS CONTROLADORES FUJI PXR Para entrar, premir a tecla SEL cerca de segundo. Para sair, premir a tecla SEL cerca de 2 segundos, ou aguardar 3 segundos..º BLOCO DE PARÂMETROS Símbolo parâmetro Parâmetro Descrição Valor fáb. Standby ON: Controlo em standby (saída: OFF, alarme: OFF) OFF OFF: Controlo em RUN Modo de controlo Comuta entre operação local ou remoto: Controlo de Cancelar fixação do alarme Auto-tuning : Local : Remoto OFF: parar, run: Começar, Hld: matem o prog. onde está O alarme, depois de activo, não volta a desactivar (ver ) : Desactivar o alarme : parar, : iniciar AT standar baseado no SetPoint 2: iniciar AT baixo valor de processo baseado no SetPoint- % do fim de escala (evita passagens do SP durante o AT) Temporizador, 2 e 3 Mostra o tempo que falta em modo de temporização - OFF Valor Prog. Valor do alarme (aparece apenas nos tipos de alarme de a ) Valor do limite inferior (aparece apenas nos tipos de alarme de 6 a 3) do alarme Valor do limite superior (aparece apenas nos tipos de alarme de 6 a 3) do alarme Valor do alarme 2 (aparece apenas nos tipos de alarme de a ) Valor do limite inferior (aparece apenas nos tipos de alarme de 6 a 3) do alarme 2 Valor do limite superior (aparece apenas nos tipos de alarme de 6 a 3) do alarme 2 Valor do alarme 3 (aparece apenas nos tipos de alarme de a ) Valor do limite inferior (aparece apenas nos tipos de alarme de 6 a 3) do alarme 3 Valor do limite superior (aparece apenas nos tipos de alarme de 6 a 3) do alarme 3 Bloquear acesso Modos possíveis de acesso aos parâmetros e SetPoint: Loc Todos os parâmetros SetPoint Teclado Comunic. Teclado Comunic. Sim Sim Sim Sim Não Sim Não Sim 2 Não Sim Sim Sim 3 Sim Não Sim Não 4 Não Não Não Não 5 Não Não Sim Não Nota : Gama de programação: a % do fim de escala (no caso de alarme de valor absoluto) - a % do fim de escala (no caso de alarme de desvio) /6

2 Para entrar, premir a tecla SEL cerca de 3 segundo. Para sair, premir a tecla SEL cerca de 2 segundos, ou aguardar 3 segundos. 2.º BLOCO DE PARÂMETROS Símbolo parâmetro Parâmetro Descrição Valor fáb. Banda Proporcional. a 999.9% 5. Controlo ON/OFF: P = Tempo integração a 32 seg. 24 Valor Prog. Tempo derivativo. a seg. 6. Histerese para controlo ON/OFF Coeficiente da banda proporcional para o lado do arrefecimento Banda morta / banda sobreposta Algoritmo de controlo Tempo de ciclo Saída de controlo Tempo de ciclo Saída de controlo 2 Tipo de entrada Limite inferior da gama de entrada Limite inferior da gama de entrada a 5% do fim de escala Apenas para controladores com duas saídas de controlo.. a. Controlo ON/OFF: Cool = Banda Proporcional arrefecimento = P/2 x Cool Apenas para controladores com duas saídas de controlo. -5. a 5.% db = devio x /P [%] Tipo de algoritmo de controlo: PID : P=» ON/OFF FUZZY: Fuzzy + PID SELF: PID com auto-tuning a 5 seg. (Nota 2) 3/2.. PID a 5 seg. (Nota 2) 3/2 Código para o tipo de entrada: Grupo Sinal de entrada I Pt Termopar: J 2 K 3 R 4 B 5 S 6 T 7 E 8 N 2 PL-II 3 II a 5 V dc 6 4 a 2mA dc (com resistência de 25 Ω incluída na caixa) Nota: Apenas é possível seleccionar entradas dentro do mesmo grupo. Tipo de entrada Gama (ºC) RTD Pt a 5 Pt a 3 Pt a 5 Pt a 6 Pt -5 a Pt - a 2 Pt -5 a 6 Pt -5 a 85 2/6

3 Posição do ponto decimal Termopar J a 4 J a 8 K a 4 K a 8 K a 2 R a 6 B a 8 S a 6 T -5 a 2 T -5 a 4 E a 8 E -5 a 8 N a 3 PL-II a 3 Tensão DC a 5 Vdc -999 a 9999 : sem ponto decimal : uma casa decimal 2: duas casas decimais - a % do fim de escala Desvio no valor indicado Filtro da entrada. a 9. seg. 5. Tipo de alarme Ver tabela com os vários tipos de alarmes /5 Tipo de alarme 2 /9 a Tipo de alarme 3 Estado da rampa/patamar Tipo de execução das Objectivo da rampa SV- a SV-8 Mostra o estado da rampa/patamar - Selecciona o tipo de execução das : : Executa do º ao 4º segmento 2: Executa do 5º ao 8º segmento 3: Executa do º ao 8º segmento Programar o objectivo de cada segmento da rampa: a % do fim de escala (FS) % FS a Tempo da rampa do segmento Programar o tempo da rampa para cada segmento: a 99 horas e 59 minutos. a Tempo do patamar do segmento Programar o tempo do patamar para cada segmento: a 99 horas e 59 minutos. Modo das Modo de operação para o controlo por Ver manual do equipamento (Table 5). Nota 2: Quando utilizar o alarme de resistência queimada, coloque o parâmetro TC a 2 ou mais. Coloque o TI no cabo que está ligado à saída de controlo. O corte na saída de controlo 2 não é detectado. Nunca programe TC / TC2 =. 3/6

4 Para entrar, premir a tecla SEL cerca de 5 segundo. Para sair, premir a tecla SEL cerca de 2 segundos, ou aguardar 3 segundos. 3.º BLOCO DE PARÂMETROS Símbolo parâmetro Parâmetro Descrição Valor fáb. Tipo de controlo Cód. Saída Tipo de controlo Estado da saída em /4 caso de erro Saída Saída 2 Saída Saída 2 Simples Inverso - OFF / 4mA - Saída ON / 2mA 2 Directo OFF / 4mA 3 ON / 2mA 4 Dupla Inverso Directo OFF / 4mA OFF/ 4mA 5 Saída ON / 2mA 6 e 2 OFF / 4mA ON/ 2mA 7 ON / 2mA 8 Directo OFF / 4mA OFF/ 4mA 9 ON / 2mA OFF / 4mA ON/ 2mA ON / 2mA 2 Inverso Inverso OFF / 4mA OFF/ 4mA 3 ON / 2mA 4 OFF / 4mA ON/ 2mA 5 ON / 2mA 6 Directo OFF / 4mA OFF/ 4mA 7 ON / 2mA 8 OFF / 4mA ON/ 2mA 9 ON / 2mA Valor mínimo do a % do fim de escala %FS SetPoint Valor máximo do a % do fim de escala %FS SetPoint Atraso à operação a 9999 seg. do alarme Atraso à operação do alarme 2 Atraso à operação do alarme 3 Valor de corrente Indica o valor de corrente do TI que está ligado na saída. - do TI Valor de corrente Valor de corrente para o alarme de detecção de resistência. para o alarme do de aquecimento queimada:. a 5.A; : OFF TI Histerese do a 5% do fim de escala alarme Histerese do alarme 2 Histerese do alarme 3 Funções adicionais para o alarme Funções adicionais para o alarme 2 Funções adicionais para o alarme 3 Funções adicionais p/ os alarmes: a Fixação do alarme: :utilizado, : não utilizado de erro: :utilizado, : não utilizado Contacto aberto quando o alarme está activo: :utilizado, : não utilizado Valor Prog. 4/6

5 Entrada digital Seleccionar a função: Entrada digital 2 Cód. Função Comuta entre o SetPoit local e... 2 Comuta o controlo entre RUN e STANDBY 3 Activa Auto-tuning (standard) 4 Activa Auto-tuning (baixo valor de processo) 5 Cancelar a fixação de todos os alarmes 6 Cancelar a fixação do alarme 7 Cancelar a fixação do alarme 2 8 Cancelar a fixação do alarme 3 9 Activa o atraso a operação do alarme Activa o atraso a operação do alarme 2 Activa o atraso a operação do alarme 3 2 RUN / RESET controlo rampas e patamares Endereço Para comunicação em rede: a 255 Paridade A taxa de comunicação está fixa em 96 bps Protocolo de : Modbus comunicação 2: Z-ASCII Retransmissão do Variável a retransmitir: sinal : Valor de processo, : SetPoint, 2: Valor de saída manipulado, 3: Desvio entre o valor de processo e SetPoint Escala inferior do - a % sinal retransmissão Escala superior do - a % sinal retransmissão SetPoint remoto Compensação do zero do SetPoint remoto: Ajuste de zero -5 a 5% do fim de escala SetPoint remoto Compensação do fim de escala do SetPoint remoto: Ajuste fim de escala -5 a 5% do fim de escala SetPoint remoto. a 9. segundos. Filtro Valor do SetPoint Apenas para visualização: -999 a remoto Esconder os parâmetros Ver manual completo. Através da combinação de códigos, é possível esconder todos os parâmetros. 5/6

6 [Tabela ] Tabela de códigos dos alarmes Parâmetro:,, valor absoluto desvio Código de alarme standard zona Tipo de alarme Diagrama Tipo de alarme Diagrama 2 3 Sem alarme de Máx. de Máx. Mín. 2 2 de Mín de Máx de Mín. de Máx. de Mín. (/2 independentes) absoluto 2 AL Código temporizador Tempor. 2 absoluto Máx./ desvio Mín. desvio Máx./ absoluto Mín. Tipo de alarme Atraso à operação Atraso à desoper Atraso à operação/deso. DI OUT DI OUT DI OUT Diagrama AL AL SV SV Código de alarme com dois valores High /Low limit alarm Zone alarm Nota absoluto absoluto Máx./ desvio Mín. desvio Máx. / absoluto Mín. absoluto absoluto Máx./desvio Mín. Máx./absoluto Mín. absoluto absoluto Máx./desvio Mín. Máx./absoluto Mín. absoluto absoluto Máx./desvio Mín. Máx./absoluto Mín. SV O que é um alarme com fixação? O alarme não liga na primeira vez que atinge o valor de alarme mas apenas na segunda vez.. Power ON Mín. de Mín. Periodo onde o alarme de Mín. está activo (Valor de Processo) Power OFF Nota) Quando o código do tipo de alarme é mudado, os valores dos alarmes podem mudar. Verificar estes parâmetros, desligar e voltar a ligar a alimentação, antes de começar o controlo.. Quando se selecciona os códigos de alarmes No.2 a 5, programam-se em 2, dly2, e A2hy, e activam a saída por relé on Power ON on on - Valor do SetPoint - Valor do Processo. 6/6

Presys Instrumentos e Sistemas

Presys Instrumentos e Sistemas Versão Especial Controle da média de três entradas. Setpoint programável de 32 pontos ativado pela entrada digital. Alarme de fim de ciclo. Solicitante Responsável: Depto.: As informações contidas nesta

Leia mais

CONTROLADOR MICROPROCESSADO DTB MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

CONTROLADOR MICROPROCESSADO DTB MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CONTROLADOR MICROPROCESSADO DTB MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO 1 1 2.0 FIXAÇÃO E LIGAÇÕES Antes de ligar o instrumento, certifique-se de estar com toda parte elétrica ligada corretamente. Fixação Ligações

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AOB508-G21 CONTROLADOR DE TEMPERATURA E PROCESSO IBRATEC

MANUAL DE INSTRUÇÕES AOB508-G21 CONTROLADOR DE TEMPERATURA E PROCESSO IBRATEC IBRATEC www.sibratec.ind.br MANUAL DE INSTRUÇÕES AOB508-G21 CONTROLADOR DE TEMPERATURA E PROCESSO 1 - INTRODUÇÃO O AOB508-G21 é um controlador digital de grandezas de alta precisão que pode ser utilizado

Leia mais

Registradores Básicos

Registradores Básicos Registradores Básicos 1 PV Leitura Variável de Processo. -1999 a 9999 2 SV Escrita/Leitura Set Point de Controle in.l a in.h 3 MV Escrita/Leitura Potência de Saída. 0 a 1000 Automático -> Leitura Manual

Leia mais

Manual de instruções Shinko série ACS-100

Manual de instruções Shinko série ACS-100 PORTO Rua Duque da Terceira 268 4000-534 Porto Tel. 225.193.120 Fax 225.360 427 LISBOA Rua Conde Redondo, 82, 6º 1150 109 Lisboa Tel. 213.142.252 Fax 213.142.253 info@antoniomoutinho.pt www.antoniomoutinho.pt

Leia mais

Presys Instrumentos e Sistemas

Presys Instrumentos e Sistemas Versão Especial Controle da média de três entradas. Setpoint programável de 32 pontos ativado pela entrada digital e alarme de fim de ciclo Solicitante Responsável: Depto.: As informações contidas nesta

Leia mais

CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-904L

CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-904L CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-94L 1-CARACTERISTICAS PRINCIPAIS Alimentação 1 ~24Vca. 2 Display LED de alto brilho de 4 dígitos cada. Multi-entrada : Termopar, termoresistência,

Leia mais

Presys Instrumentos e Sistemas

Presys Instrumentos e Sistemas Versão Especial - Controlador de combustão Solicitante Responsável: Depto.: As informações contidas nesta folha têm prioridade sobre aquelas do manual técnico do instrumento. COMPORTAMENTO: Este controlador

Leia mais

3.4 ENTRADA DIGITAL * 1 entrada digital, para acionamento do stand-by.

3.4 ENTRADA DIGITAL * 1 entrada digital, para acionamento do stand-by. . EECIFICAÇÕES. NÍVEL DE PROGRAMAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES CONTROLADOR DE TEMPERATURA MVHN - 0~0Vca - P7 VERSÃO. - JULHO/0. GERAIS * Sintonia automática dos parâmetros PID. * Display s a led s vermelhos

Leia mais

Stand by Air On Reset Reset Alarm Off Test Test Reset Stand by Air On Reset Alarm Off 3000 min. 940 ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Leia mais

3.3 SENSOR DE TEMPERATURA Sensor de temperatura: * Termo-resistência PT100: -50,0 a 200,0ºC.

3.3 SENSOR DE TEMPERATURA Sensor de temperatura: * Termo-resistência PT100: -50,0 a 200,0ºC. . CARACTERÍSTICAS O MVH é um controlador de temperatura microcontrolado versátil, dispondo de controle de temperatura PID, com sintonia automática, controle on-off, modo manual ou automático, alarmes configuráveis

Leia mais

Biblioteca de aplicações

Biblioteca de aplicações Biblioteca de aplicações Observação: as descrições que se seguem mostram as ligações que permitem aceder à aplicação correspondente. Se o software Zelio Soft 2 estiver instalado, clique uma vez na ligação

Leia mais

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Características Quatro zonas com capacidade de teste/isolamento. Dois circuitos de alarme com possibilidade de isolamento. Fonte de alimentação

Leia mais

Presys Instrumentos e Sistemas

Presys Instrumentos e Sistemas Versão Especial - Controlador de combustão com duplo limite cruzado. Tabela de regulagem para limites cruzados. Alarmes de mistura rica e pobre. Entrada em contato força saídas para valores configuráveis.

Leia mais

Software de aplicação Tebis

Software de aplicação Tebis 5 Software de aplicação Tebis TL304C V 1 x 4 entradas TL310A V 1 x 10 entradas TL302B V 1 x 2 entradas TL304B V 1 x 4 entradas Referência do produto TXA304 TXA310 TXB302 TXB304 Descrição Módulo 4 entradas

Leia mais

CONTROLADOR MICROPROCESSADO DTD MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO 1.0 ESPECIFICAÇÃO E ADVERTÊNCIA

CONTROLADOR MICROPROCESSADO DTD MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO 1.0 ESPECIFICAÇÃO E ADVERTÊNCIA CONTROLADOR MICROPROCESSADO DTD MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Alimentação Potência de Entrada Consumo Energia Display 1.0 ESPECIFICAÇÃO E ADVERTÊNCIA AC100 ~ 240V 50/60Hz 85% ~ 110%, rated voltage 6VA

Leia mais

CNT400. Manual do Usuário

CNT400. Manual do Usuário CNT400 Manual do Usuário 2 Índice 1. Introdução... 4 2. Características Técnicas... 4 3. Painel rontal... 5 4. Modos Operacionais... 6 5. Modo de Operação... 7 6. Modo de Ajuste... 9 7. Modo de Ajuste

Leia mais

MANUAL DE FUNCIONAMENTO E INSTALAÇÃO

MANUAL DE FUNCIONAMENTO E INSTALAÇÃO MANUAL DE FUNCIONAMENTO E INSTALAÇÃO x 1000 MODE ON/OFF 2 1 1 2 set ECOLEAN CLIMATIC 200/400 Portuguese/01-2004 ÍNDICE GERAL CONTENIDO PÁGINA ÍNDICE GERAL DESCRIÇÃO GERAL O TECLADO MODELO Climatic 200

Leia mais

2 Zonas com capacidade de teste e inibição. 2 Circuitos de sirenes com capacidade de inibição. Fonte de alimentação de 24V/400mA com bateria de

2 Zonas com capacidade de teste e inibição. 2 Circuitos de sirenes com capacidade de inibição. Fonte de alimentação de 24V/400mA com bateria de Central de Detecção de Incêndio de 2 Zonas Características 2 Zonas com capacidade de teste e inibição. 2 Circuitos de sirenes com capacidade de inibição. Fonte de alimentação de 24V/400mA com bateria de

Leia mais

MI-0002completo.qxd 31/01/2006 10:29 Page 24. 16.DIAGRAMA DE LIGAÇÃO (GHM) GHM-10x

MI-0002completo.qxd 31/01/2006 10:29 Page 24. 16.DIAGRAMA DE LIGAÇÃO (GHM) GHM-10x MI-0002completo.qxd 31/01/2006 10:29 Page 24 16.DIAGRAMA DE LIGAÇÃO (GHM) GHM-10x GHM-11x 24 GHM-20x GHM-21x 1. INTRODUÇÃO A DIGIMEC apresenta ao mercado a sua mais nova linha de controladores de temperatura

Leia mais

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO ÍNDICE Especificações... 3 INSTALAÇÃO... 3 Operação...

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5 OPERAÇÃO... 7 LIGANDO O MEDIDOR... 8 REALIZANDO AS PRIMEIRAS MEDIDAS... 8 FUNÇÕES ESPECIAIS... 8 CONFIGURAÇÃO... 10 CICLO DE

Leia mais

CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-904

CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-904 CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-94 1-CARACTERISTICAS PRINCIPAIS Alimentação 1 ~24Vca. 2 Display LED de alto brilho de 4 dígitos cada. Multi-entrada : Termopar, termoresistência,

Leia mais

CR20C. Manual do Usuário

CR20C. Manual do Usuário CR20C Manual do Usuário Descrição Geral Controlador para ar condicionado CR20C O CR20C é um controlador digital microprocessado de baixo custo e de fácil programação e instalação. O seu avançado software

Leia mais

Monitor de Temperatura MONITEMP

Monitor de Temperatura MONITEMP ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp foi desenvolvido para supervisionar até 3 (três) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

Manual de Instruções Shinko série BCx2

Manual de Instruções Shinko série BCx2 Tamanho Manual de Instruções Shinko série BCx2 1. Modelo Saída de Controlo OUT1 Alimentação B C 2 - BCS2 48 x 48 x 68 mm (Profundidade do interior do painel de controlo: 60) BCR2 48 x 96 x 68 mm (Profundidade

Leia mais

Monitor de Temperatura M96

Monitor de Temperatura M96 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura M96 foi desenvolvido para supervisionar até 8 (oito) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130 V.1.01 / Revisão 4 ÍNDICE Item Página 1. Introdução...01 2. Características...01

Leia mais

Referência do Modelo: 54311 Termóstato de Ambiente Electrónico, Programável. Manual de Instalação e Funcionamento

Referência do Modelo: 54311 Termóstato de Ambiente Electrónico, Programável. Manual de Instalação e Funcionamento Referência do Modelo: 54311 Termóstato de Ambiente Electrónico, Programável Manual de Instalação e Funcionamento www.chacon.be hotline@chacon.be Índice 1. Introdução...3 2. Características técnicas...6

Leia mais

Manual de Instruções específicas

Manual de Instruções específicas Manual de Instruções específicas PT Instruções de instalação: PT Instruções para extracção do filtro anti-gordura Vidro desmontável superior Vidro desmontável 1) Fases para a extracção do vidro superior:

Leia mais

TRZ 12-2. Português 6 720 610 625 (01.11) OSW

TRZ 12-2. Português 6 720 610 625 (01.11) OSW Português OSW Índice 1 Indicações sobre o aparelho 35 2 Instalação 36 3 Comando 37 1 Indicações sobre o aparelho Regulador de temperatura ambiente de duas posições para comando do queimador de caldeiras

Leia mais

Série Infrared IR32 UNIVERSAL (instalação e ajustes) Carel Sud America

Série Infrared IR32 UNIVERSAL (instalação e ajustes) Carel Sud America Série Infrared IR32 UNIVERSAL (instalação e ajustes) Carel Sud America 1 - Descrição do frontal dos instrumentos 1 Display: visualiza o valor do sensor coligado. Em caso de alarme o valor do sensor é visualizado

Leia mais

Catálogo de Produtos. Qualidade, tecnologia e baixo custo

Catálogo de Produtos. Qualidade, tecnologia e baixo custo Catálogo de Produtos Qualidade, tecnologia e baixo custo Índice Temporizador Termostato Termostato e Temporizador Controlador para Refrigeração Painel Eletrônico de LED Fluoreled Contador Indicador Universal

Leia mais

CONTROLADOR DE TEMPERATURA E5_C

CONTROLADOR DE TEMPERATURA E5_C CONTROLADOR DE TEMPERATURA E5_C Alto desempenho com simplicidade»» Desempenho único em controlo de temperatura»» Configuração e utilização fáceis 2 O novo standard em controlo de temperatura A Omron tem

Leia mais

WBTC-8300 WBTC-9300 1. PROGRAMAÇÃO DO SINAL DE ENTRADA. 1-1. DIP-SWITCH de Configuração.

WBTC-8300 WBTC-9300 1. PROGRAMAÇÃO DO SINAL DE ENTRADA. 1-1. DIP-SWITCH de Configuração. 1. PROGRAMAÇÃO DO SINAL DE ENTRADA. M A N U A L D E O P E R A Ç Ã O & U T I L I Z A Ç Ã O 1-1. DIP-SWITCH de. WBTC-8300 (48x96mm) WBTC-9300 (48x48mm) Parte Inferior Lateral WBTC-8300 WBTC-9300 www.warme.com.br

Leia mais

1. ALERTAS DE SEGURANÇA

1. ALERTAS DE SEGURANÇA ÍNDICE 1. ALERTAS DE SEGURANÇA...1 2. APRESENTAÇÃO...2 3. CONFIGURAÇÃO / RECURSOS...2 4. INSTALAÇÃO / CONEXÕES...7 5. OPERAÇÃO...9 6. PARÂMETROS DE CONFIGURAÇÃO... 11 7. PROGRAMA DE RAMPAS E PATAMARES...

Leia mais

Micro Controlador PXR

Micro Controlador PXR Controlador de Temperatura Digital Micro Controlador PXR Série 21B1-E-0021 Micro Controlador PXR [1] Funcionalidades Manual de Operação!! (Exceto PXR3) Opção Comunicação RS45 Entrada Digital 2 Pontos de

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções Especificações técnicas Voltagem de funcionamento: 12V Voltagem de reserva (Backup): 12V Frequência de funcionamento: 433MHz Sonoridade do alarme: 85dB Características de função Podem

Leia mais

Instrumentação e Controle de Processos Industriais.

Instrumentação e Controle de Processos Industriais. Instrumentação e Controle de Processos Industriais. Objetivo: O Curso tem como meta preparar os alunos da área industrial para obter conhecimento de instrumentos de medidas industriais, normas de instrumentação,

Leia mais

MRH SENSOR DE TEMP. SAÍDA SAÍDA. MRH157R XXX - P226 Relé Relé Termopar J -50 a 760ºC. MRH258R XXX - P226 Relé Tensão Termopar J -50 a 760ºC

MRH SENSOR DE TEMP. SAÍDA SAÍDA. MRH157R XXX - P226 Relé Relé Termopar J -50 a 760ºC. MRH258R XXX - P226 Relé Tensão Termopar J -50 a 760ºC 2. APRESENTAÇÃO XXX Tensão de trabalho. MANUAL DE INSTRUÇÕES CONTROLADOR DE TEMPERATURA MRH157R - P226 MRH258R - P226 MRH259R - P226 MRH260R - P227 MRH261R - P227 MRH262R - P227 MRH263R - P228 MRH264R

Leia mais

SHMD 1 2 3 17.INFORMAÇÕES PARA PEDIDOS. APARELHO TIPO FHMD Caixa 48 x 48 mm SHMD Caixa 72 x 72 mm VHMD Caixa 48 x 96 mm CHMD Caixa 96 x 96 mm

SHMD 1 2 3 17.INFORMAÇÕES PARA PEDIDOS. APARELHO TIPO FHMD Caixa 48 x 48 mm SHMD Caixa 72 x 72 mm VHMD Caixa 48 x 96 mm CHMD Caixa 96 x 96 mm 17.INFORMAÇÕES PARA PEDIDOS SHMD 1 2 3 APARELHO TIPO FHMD Caixa 48 x 48 mm SHMD Caixa 72 x 72 mm VHMD Caixa 48 x 96 mm CHMD Caixa 96 x 96 mm OPÇÕES PARA SAÍDA DE CONTROLE 1 Relé:C+NA+NF 2 24 Vcc / SSR

Leia mais

Controlador Digital de Temperatura Manual do usuário - M4 (MTB48P/R/DN1/DN2) (MTB72/P/R/DN1) (MTB96/P/R/DN1)

Controlador Digital de Temperatura Manual do usuário - M4 (MTB48P/R/DN1/DN2) (MTB72/P/R/DN1) (MTB96/P/R/DN1) Produtos Réles de estado sólido monofásicos Padrão mundial D e a à mpéres Réles de estado sólido Trifásicos LTD e DVLTD à ampéres ontrolador Digital de Temperatura Manual do usuário - M (MTP/R/DN/DN) (MT/P/R/DN)

Leia mais

Manual do utilizador CONTROLADORES DC50 & DM50

Manual do utilizador CONTROLADORES DC50 & DM50 Manual do utilizador CONTROLADORES DC50 & DM50 ROOFTOP & AIRCOOLAIR Providing indoor climate comfort DC50_DM50-ROOFTOP-IOM-1008-P CONTROLADORES DC50 & DM50 Rooftop e Aircoolair MANUAL DO UTILIZADOR Ref:DC50_DM50-RoofTop-IOM-1008-P

Leia mais

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/6 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp Plus foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

Manual de Utilizador

Manual de Utilizador Manual de Utilizador Revisão 1.0 Tabela de Símbolos: Zonas 1-24 OFF Zona está fechada Central Desarmada ON Zona está aberta Central Armada Mostra estado da Zona Mostra Alarme Individual de Tamper Mostra

Leia mais

Boletim Técnico Agosto / 2011

Boletim Técnico Agosto / 2011 Página 01/08 TÍTULO: INFORMATIVO DO NOVO CONTROLE REMOTO COM FIO PARA UNIDADES SPLITÃO 2 ESTÁGIOS SUMÁRIO Esta publicação visa informar o novo controle remoto com fio para as Unidades da Linha Splitão

Leia mais

MANUAL DO COMANDO REMOTO

MANUAL DO COMANDO REMOTO MANUAL DO COMANDO REMOTO Rev.0712 RG51Q1/BGE RG51Q/BGE RG51IJ(1)(BGE RG51J(1)/E Índice Manusear o controlo remoto 2 Especificações técnicas do controlo remoto 3 Botões de função 4 Indicações no display

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA Curso de Eletrotécnica

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA Curso de Eletrotécnica UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA Curso de Eletrotécnica Apostila de Automação Industrial Elaborada pelo Professor M.Eng. Rodrigo Cardozo Fuentes Prof. Rodrigo

Leia mais

Manual do utilizador CONTROLADOR BASIC CLIMATIC ECOLOGIC. Providing indoor climate comfort CL-LOGIC-IOM-1102-P

Manual do utilizador CONTROLADOR BASIC CLIMATIC ECOLOGIC. Providing indoor climate comfort CL-LOGIC-IOM-1102-P Manual do utilizador ECOLOGIC CONTROLADOR BASIC CLIMATIC Providing indoor climate comfort CL-LOGIC-IOM-1102-P ÍNDICE PÁGINA DESCRIÇÃO GERAL 3 INTERFACE DO UTILIZADOR 4 Teclado incorporado na unidade 4

Leia mais

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada!

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada! Electron do Brasil Tecnologia Digital Qualidade Comprovada! Ensaios de Tipo Realizados Tecnologia ao seu alcance Catálogo Monitemp - rev3 Produtos Certificados! www.electrondobrasil.com O Monitor de Temperatura

Leia mais

CR20PW. Manual do Usuário

CR20PW. Manual do Usuário CR20PW Manual do Usuário R Índice Termostato eletrônico com saída controlada CR20PW... 3 Descrição Geral... 3 Características Técnicas... 3 Modo de Operação... 4 Programação... 4 Esquema de ligações...

Leia mais

OUT-SMART Manual OUT-SMART CARACTERÍSTICAS Controlo remoto NOTAS IMPORTANTES INTRODUÇÃO

OUT-SMART Manual OUT-SMART CARACTERÍSTICAS Controlo remoto NOTAS IMPORTANTES INTRODUÇÃO OUT-SMART Detetor de interior/exterior de dupla tecnologia e dupla zona independente PIR e Micro-ondas. Selado hermeticamente e à prova de água. Deteção micro-ondas tridimensional. CARACTERÍSTICAS Dupla

Leia mais

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Introdução A FP4 é uma Central de Detecção de Incêndio Convencional, equipada com 4 zonas de detecção,

Leia mais

Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006)

Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006) Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006) Este manual contém informações para instalação e operação do Indicador Digital Mod.IT. Siga corretamente as instruções para garantir perfeito

Leia mais

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO O temporizador programável tem como função básica monitorar o tempo e acionar sua saída de acordo com programação previamente realizada

Leia mais

RTD-10. realtime. Instruções de instalação. realtime Control Systems. Português. Instruções de instalação da RTD-10. RTD-10 Control Interface 100.

RTD-10. realtime. Instruções de instalação. realtime Control Systems. Português. Instruções de instalação da RTD-10. RTD-10 Control Interface 100. LED3 SW1 LED4 LED5 LED6 RTD-10 Instruções de instalação +V S5 S6 POWER 15-24VDC Português Instruções de instalação da RTD-10 100.00 RTD-10 Control Interface realtime Control Systems 24VAC/3DC, 1A REMC

Leia mais

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/7 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MASTERTEMP foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO AR CONDICIONADO CONTROLE REMOTO AA-1977 AA-1979

MANUAL DE INSTALAÇÃO AR CONDICIONADO CONTROLE REMOTO AA-1977 AA-1979 MANUAL DE INSTALAÇÃO AR CONDICIONADO CONTROLE REMOTO AA-1977 AA-1979 PREZADO CLIENTE A fim de obter o melhor desempenho de seu produto, por favor, leia este manual de instruções cuidadosamente antes de

Leia mais

CR20I MANUAL DO USUÁRIO

CR20I MANUAL DO USUÁRIO CR20I MANUAL DO USUÁRIO R Índice Descrição Geral... 3 Aplicações... 3 Características Técnicas... 3 Modo de Operação... 3 Programação... 4 Esquema de Ligações... 9 Dimensões (mm)... 10 2 Indicador CR20IG

Leia mais

Sistema Multibombas Controle Móvel CFW-11

Sistema Multibombas Controle Móvel CFW-11 Motores Energia Automação Tintas Sistema Multibombas Controle Móvel CFW-11 Manual de Aplicação Idioma: Português Documento: 10000122732 / 01 Manual de Aplicação para Sistema Multibombas Controle Móvel

Leia mais

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação.

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação. Indicador Digital Processos MODO DE USO Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional ABB Automação Hartmann & Braun Dados Técnicos (NRB5180) Entrada -mvdc: -Vdc -madc Alimentação

Leia mais

Controlador Microprocessado Modelo HM102

Controlador Microprocessado Modelo HM102 Controlador Microprocessado Modelo HM102 Instruções para Instalação e Uso Controlador Microprocessado Modelo HM102 i_hm102 Revisão 1 Mai2005 Índice Características Painel Frontal Funções Instalação Instrução

Leia mais

Utilização de Gás. Módulo: Válvulas e Sistemas de Controle

Utilização de Gás. Módulo: Válvulas e Sistemas de Controle Utilização de Gás Módulo: Válvulas e Sistemas de Controle PROCESSO INDUSTRIAL Variável Controlada: Temperatura Meio Controlado: Fluido Variável Manipulada: Vazão Agente de Controle: Vapor Malha de Controle

Leia mais

Português. Câmara digital. Manual do utilizador

Português. Câmara digital. Manual do utilizador Português Multi-funções Câmara digital Manual do utilizador ii ÍNDICE Identificação dos componentes... 1 Ícones existentes no LCD... 2 Preparação... 2 Introduzir as baterias... 2 Introduza o cartão SD/MMC...

Leia mais

Alimentação eléctrica de emergência 24 VDC Absorção de energia A 218 x L 230 x Profundidade 63 x mm

Alimentação eléctrica de emergência 24 VDC Absorção de energia A 218 x L 230 x Profundidade 63 x mm Central CANline A central CANline serve para mostrar os valores da concentração de gás e comandar o equipamento de detecção. A Central CANline podemos ligar até 32 detectores de gás, vários displays e

Leia mais

MANuAl DE INStruçÕES. CONTROLADORES DE PROCESSOS Mod.: C304, C404, C407 e C409. Versão 1.00 / Revisão 1

MANuAl DE INStruçÕES. CONTROLADORES DE PROCESSOS Mod.: C304, C404, C407 e C409. Versão 1.00 / Revisão 1 MANuAl DE INStruçÕES CONTROLADORES DE PROCESSOS Mod.: C304, C404, C407 e C409 Versão 1.00 / Revisão 1 CoNtEMP IND. CoM. E SErVIçoS ltda. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 São Caetano do Sul - SP - Brasil

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES INDICADOR DIGITAL IDP204

MANUAL DE INSTRUÇÕES INDICADOR DIGITAL IDP204 MANUAL DE INSTRUÇÕES INDICADOR DIGITAL IDP204 VERSÃO WEB JUNHO/2008 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Display : Led vermelho de alto brilho (13 mm). Teclado : 4 teclas ( Menu,Entra,Sobe e Desce ) Configuração:

Leia mais

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0.

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0. PCT6 plus CONTROLADOR DIGITAL DE PRESSÃO PARA CENTRAIS DE REFRIGERAÇÃO Ver. PCT6VT74. DESCRIÇÃO O PCT6 plus é um controlador de pressão para ser utilizado em centrais de refrigeração que necessitem de

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CTM45. Versão 1.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CTM45. Versão 1.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CTM45 Versão 1.xx / Rev. 06 Índice Item Página 1. Introdução... 02 2. Características...

Leia mais

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável Manual Utilização Central Detecção Incêndio JUNIOR-NET CSA v.4 Sistema Analógico Endereçável Modelo com aprovação das normas EN54PT2 e PT4 1999 GFE 1/5 Legenda da Central: 1 33 32 2 3 31 30 4 10 5 29 28

Leia mais

Temperature Controller BROCHURE

Temperature Controller BROCHURE Temperature Controller BROCHURE JUNHO 2013 info@novus.com.br www.novus.com.br Controlador Universal N1200 Produto beneficiado pela Legislação de Informática. Apresentação O N1200 é um avançado controlador

Leia mais

COMPLIANT MANAGER Manual de Instalação

COMPLIANT MANAGER Manual de Instalação COMPLIANT MANAGER Manual de Instalação Nome do modelo: BMS-CM1280TLE BMS-CM1280FTLE Guarde estas instruções! PORTUGUÊS Índice 1 PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA........................................ 3 2 CONTEÚDO

Leia mais

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Nível de Óleo para Transformadores e reatores MNO, é um equipamento microprocessado de alta precisão que indica o nível de óleo em escala

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO SISTEMA DE INCÊNDIO MENVIER MF9300 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO PRETRÓNICA 1 CONTEÚDO Painel de Controlo e Indicadores Pag. 3 Operação do Painel Pag. 4 Geral Modo Normal Modo Programação Ligação

Leia mais

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E Descrição dos Leds PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E O módulo de Internet tem cinco LEDs (5) vermelhas ao longo da frente do bordo e mais dois no módulo SIM. Esses LEDs fornecem valiosas informações sobre o estado

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44 Versão: 1.xx / Rev. 03 ÍNDICE Item Página 1. Introdução... 02 2. Características... 02 3.

Leia mais

Controlador N1100. CONTROLADOR UNIVERSAL - MANUAL DE INSTRUÇÕES - V1.5x INTRODUÇÃO APRESENTAÇÃO / OPERAÇÃO CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

Controlador N1100. CONTROLADOR UNIVERSAL - MANUAL DE INSTRUÇÕES - V1.5x INTRODUÇÃO APRESENTAÇÃO / OPERAÇÃO CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS OUT MAN CONTROLADOR UNIVERSAL - MANUAL DE INSTRUÇÕES - V1.5x N1100 INTRODUÇÃO Controlador de características universais, aceita em um único modelo a maioria dos sensores e sinais utilizados na indústria

Leia mais

Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14. Instalação eléctrica normal 15 Montagem do termostato na caixa de parede 16

Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14. Instalação eléctrica normal 15 Montagem do termostato na caixa de parede 16 ÍNDICE INTRODUÇÃo 13 Especificações técnicas 14 POSICIONAMENTO DO TERMOSTATO E DO SENSOR 14 Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14 INSTALAÇÃO 15 Instalação eléctrica normal

Leia mais

MLE - Soluções de Climatização Lda

MLE - Soluções de Climatização Lda Inspiração, Inovação, Evolução GAMA APRESENTAÇÃO DA GAMA GAMA A gama da Kaysun, procurando sempre o bem-estar do utilizador, segue na vanguarda da inovação, apresentando uma gama completamente renovada

Leia mais

3.5 SAÍDAS DE CONTROLE * Saída 1: Saída do Compressor. Saída à relé, máx. 2A, carga resistiva. * Saída 2: Saída do degelo.

3.5 SAÍDAS DE CONTROLE * Saída 1: Saída do Compressor. Saída à relé, máx. 2A, carga resistiva. * Saída 2: Saída do degelo. (63(&,,&$d (6 1Ë9(/'(352*5$0$d 2 &$5$&7(5Ë67,&$6 O MJS é um controlador digital microcontrolado projetado para aplicações de refrigeração, atuando no controle do compressor, nos ciclos de degelo, nos ventiladores

Leia mais

INDICADOR MULTIPONTOS 16 CANAIS TM-4100CS

INDICADOR MULTIPONTOS 16 CANAIS TM-4100CS INDICADOR MULTIPONTOS 16 CANAIS TM-4100CS Introdução Obrigado por ter escolhido nosso INDICADOR MULTIPONTOS 16 CANAIS TM-4100CS. Para garantir o uso correto e eficiente do TM-4100CS, leia este manual completo

Leia mais

Manual de operações e instruções

Manual de operações e instruções Manual de operações e instruções Transmissor e Indicador de Vazão de Ar TIVA Com display LCD Rua Cincinati, 101 - São Paulo -SP Tel. / Fax (011) 5096-4654 - 5096-4728. E-mail: vectus@vectus.com.br Para

Leia mais

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FAP2 2 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FAP2 2 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC Modelo FAP2 2 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Introdução A FAP2 é uma Central de Detecção de Incêndio Convencional, equipada com 2 zonas de detecção,

Leia mais

Videoconferência Tandberg Modelo 990MXP. Novembro de 2014.- Edição 001

Videoconferência Tandberg Modelo 990MXP. Novembro de 2014.- Edição 001 Suporte Videoconferência Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC Office: +55 53 3240 5432 #8505 Email: vconf@ntic.unipampa.edu.br Webpage: www.ntic.unipampa.edu.br/vconf

Leia mais

MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA

MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA Página 1 de 18 MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA Controlador: CPG2L0C4 CONTROLADOR PROGRAMAVEL C-PRO GIGA 24V LCD RTC RS485 CPM2L0C4 CONTROLADOR PROGRAMAVEL C-PRO MEGA 24V LCD RTC RS485 Acessórios: CJAV07

Leia mais

Controladores de processo & Indicadores

Controladores de processo & Indicadores 2 Controladores de temperatura Controladores de processo & Indicadores Contadores & Temporizadores Softwares de registo de dados Controladores personalizados orientados para aplicações industriais PLC

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CPM_LCD. Versão: 3.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CPM_LCD. Versão: 3.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CPM_LCD Versão: 3.xx / Rev. 00 Índice Item Página 1. Introdução...02 2. Características...02

Leia mais

CR20T. Manual do Usuário

CR20T. Manual do Usuário CR20T Manual do Usuário R 1 Índice Descrição Geral... 3 Aplicações... 3 Características Técnicas... 3 Modo de Operação... 4 Programação...4 Diagrama em blocos do menu... 5 Diagramas de funcionamento...

Leia mais

Painel de Controle - TEKNA TPG. Durante a fase de funcionamento da bomba: acionado visualiza ciclicamente no display os valores

Painel de Controle - TEKNA TPG. Durante a fase de funcionamento da bomba: acionado visualiza ciclicamente no display os valores Painel de Controle TEKNA TPG Acesso ao menu de programação Durante a fase de funcionamento da bomba: acionado visualiza ciclicamente no display os valores programados; Acionando simultaneamente às teclas

Leia mais

CR-718 B R U K S A N V I S N I N G M O D E D E M P L O I MANUAL DE INSTRUÇÕES INSTRUCCIONES DE U SO K Ä Y T T Ö O H J E E T GEBRUIKERSHANDLEIDING

CR-718 B R U K S A N V I S N I N G M O D E D E M P L O I MANUAL DE INSTRUÇÕES INSTRUCCIONES DE U SO K Ä Y T T Ö O H J E E T GEBRUIKERSHANDLEIDING CR-718 I N S T R U C T I O N M A N U A L B R U K S A N V I S N I N G B E T J E N I N G S V E J L E D N I N G B E D I E N U N G S A N L E I T U N G M O D E D E M P L O I MANUAL DE INSTRUÇÕES INSTRUCCIONES

Leia mais

Pt100. Notas: Todos os tipos de entrada disponíveis já vêm calibrados de fábrica.

Pt100. Notas: Todos os tipos de entrada disponíveis já vêm calibrados de fábrica. CONTROLADOR UNIVERSAL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.1 B ALERTAS DE SEGURANÇA Os símbolos abaixo são usados no equipamento e ao longo deste manual para chamar a atenção do usuário para informações importantes

Leia mais

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 RESET DA CENTRAL O Código do instalador deve estar destrancado (endereço 058: qualquer valor diferente de 147) Para Resetar Remova a bateria e desligue

Leia mais

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3

Leia mais