Grupo de Usuários Java do Noroeste Paulista. Introdução à tecnologia Java

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Grupo de Usuários Java do Noroeste Paulista. Introdução à tecnologia Java"

Transcrição

1 Grupo de Usuários Java do Noroeste Paulista Introdução à tecnologia Java

2 Referências Ivan Luiz Marques Ricarte, Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação-UNICAMP (http://www.dca.fee.unicamp.br/~ricarte/welcome.html); Horstmann, Cay S., Cornell, G. - Core Java 2 Volume I Fundamentos Makron Books 2002; Deitel, H.M., Deitel P.J. JAVA COMO PROGRAMAR Cadwnhead, R., Lemay, L. Aprenda em 21 dias Java 2 PROFESSIONAL REFERENCE Revista Javamagazine; Revista Mundo Java; Rocha,E.

3 Aula 1 Objetivos Princípios básicos de um ambiente Java típico; Palavras-Chave da Linguagem Java; Instalação do ambiente Java; Variáveis de ambiente do Java; Primeiro programa em Java.

4 Sistemas operacionais Sistema operacional é um conjunto de programas (rotinas) executado pelo processador que estabelece uma interface de contato do usuário com o computador e do computador com o usuário.

5 Princípios básicos de um ambiente Java típico Os sistemas Java geralmente consistem em várias partes: Ambiente; Linguagem; Interface de programas aplicativos(api Aplications Programming Interface) Java; Várias bibliotecas de classes.

6

7 Palavras-chave da linguagem Java Simples; Orientada a objetos; Distribuída; Robusta; Segura; Neutra em relação à arquitetura; Portável; Interpretada; Alto desempenho; Múltiplas linhas de execução (Multithreaded); Dinâmica.

8 Simples Verdade, se você conhece bem C++ Não existem struct, union, artimética de ponteiros, include, classes virtuais, etc. Falso, se você conhece apenas programação DOS ou VB, ou se não conhece OO sintaxe estranha; escreve-se muito. Verdade, pois seus produtos (.class, compilador e VM) são pequenos; Falso, pois é muito extensa (muitas características).

9 Orientada a objetos Completamente verdade metaclasses e reflexão; persistência de objetos (serialização); solução mais elegante para herança múltipla (interfaces); em suma, por ser recente, é uma linguagem OO pura (ao contrário do C++, que é híbrida).

10 Distribuída Completamente verdade extensa biblioteca de rotinas para se trabalhar com protocolo TCP/IP (FTP, HTTP, SMTP); Comunicação entre objetos remotos (RMI) Habilitada para funcionar também no servidor (servlets e JSP); Habilitada para funcionar também em dispositivos portáteis (J2ME).

11 Robusta Verdade possibilidade de capturar e tratar erros de run-time (exceções); excelente gerenciamento de memória: impossível o acesso indevido à memória.

12 Segura Mais ou menos verdade não é possível se acessar a memória fora de seu espaço de processamento; possibilidade de se impedir o acesso a funções de baixo nível quando da execução a partir de um Browser; novos releases que corrigem eventuais falhas de segurança descobertas.

13 Neutra em relação à arquitetura Verdade os bytecodes contidos em um arquivo.class podem ser executados em uma grande de diferentes plataformas para as quais existam JVMs (Windows 9x, Windows NT, Windows 3.11, MacOS, Solaris, Linux, Mainframe*.*, HP-UX, PalmTops, Web-TVs, torradeiras, cafeteiras, etc).

14 Portável Grande Verdade quem define as características particulares à cada arquitetura é a JVM e não o.class; o padrão Unicode facilita a tarefa de internacionalização do código; a aplicação tem a mesma cara, não importa o S.O. (apenas a partir da versão 1.1, com o pacote Swing que pode substituir o AWT).

15 Interpretada Verdade O interpretador Java pode executar bytecodes Java diretamente em qualquer máquina na qual o interpretador tenha sido escrito. Como a ligação é um processo mais incremental e leve, o processo de desenvolvimento pode ser muito mais rápido e exploratório; Grande desvantagem o desempenho do compilador e da JVM é ruim; para Wintel, a configuração mínima é Pentium 100 com 32 Mb de RAM.

16 Alto desempenho Pode ser verdade, graças a mecanismos como: JIT (Just in Time Compiler) ; compiladores nativos (transformam o.class em.exe); IDEs (JBuilder, Netbeans, Eclipse, etc.), que facilitam muito o desenvolvimento das aplicações.

17 Múltiplas linhas de execução (Multithreaded) Verdade, graças a mecanismos como: Permitir que um programa faça mais de uma coisa ao mesmo tempo; Ser muito fácil de implementar; A maneira como a JVM interpreta o código multithreaded varia, dependendo da arquitetura.

18 Dinâmica Verdade, graças a mecanismos como: Java é uma linguagem mais dinâmica que C ou C++, de várias formas. Ela foi projetada para se adaptar a um ambiente em evolução; Permitir que novos métodos sejam acrescentados a uma biblioteca sem afetar os clientes desta biblioteca.

19 Instalação do ambiente Java

20 Instalação do ambiente Java

21 Instalação do ambiente Java

22 Instalação do ambiente Java

23 Instalação do ambiente Java Abrir gerenciador de arquivos; Criar a pasta c:\javanoroeste\softwares

24 Instalação do ambiente Java

25 Instalação do ambiente Java

26 Instalação do ambiente Java

27 Instalação do ambiente Java

28 Variáveis de ambiente do Java

29 Variáveis de ambiente do Java

30 Variáveis de ambiente do Java

31 Variáveis de ambiente do Java

32 Variáveis de ambiente do Java

33 Variáveis de ambiente do Java

34 Variáveis de ambiente do Java

35 Variáveis de ambiente do Java

36 Variáveis de ambiente do Java

37 Variáveis de ambiente do Java CLASSPATH.;%JAVA_HOME%\lib\tools.jar REINICIAR O WINDOWS...

38 Primeiro programa em Java Abrir o bloco de notas, digite o código abaixo: Salve no diretório c:\javanoroeste\aula_01\alomundo1.java:

39 Primeiro programa em Java Abrir um terminal DOS e ir ao diretório c:\ javanoroeste\aula_01

Introdução à Linguagem Java. Departamento de Informática Prof. Anselmo C. de Paiva

Introdução à Linguagem Java. Departamento de Informática Prof. Anselmo C. de Paiva Introdução à Linguagem Java Departamento de Informática Prof. Anselmo C. de Paiva Breve Histórico Sun Microsystems, 90/91: projeto de uma linguagem de programação pequena que pudesse ser usada em dispositivos

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

AULA 1 INTRODUÇÃO AO JAVA

AULA 1 INTRODUÇÃO AO JAVA AULA 1 INTRODUÇÃO AO JAVA Ao término dessa aula você terá aprendido: História e características do Java Ambientes e plataformas Java O Java é a base para praticamente todos os tipos de aplicações em rede

Leia mais

IFSC/Florianópolis - Programação Orientada a Objetos com Java - prof. Herval Daminelli

IFSC/Florianópolis - Programação Orientada a Objetos com Java - prof. Herval Daminelli Programa de computador sequência de comandos ou instruções executados por um computador com a finalidade de produzir um resultado e resolver um problema; Linguagem de programação método para a criação

Leia mais

Programação Orientada a Objetos II Aula - 10 Tratamento de Erros/Exceções

Programação Orientada a Objetos II Aula - 10 Tratamento de Erros/Exceções Programação Orientada a Objetos II Aula - 10 Tratamento de Erros/Exceções Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Tipos de erros em programação Existem basicamente três tipos de erros a que um

Leia mais

Programação Estruturada e OO Aula 1.2 Introdução a Paradigmas de Programação. Prof. Bruno Moreno

Programação Estruturada e OO Aula 1.2 Introdução a Paradigmas de Programação. Prof. Bruno Moreno Programação Estruturada e OO Aula 1.2 Introdução a Paradigmas de Programação Prof. Bruno Moreno bruno.moreno@ifrn.edu.br Motivação Por que existe mais de uma LP? Propósitos diferentes; Avanços tecnológicos;

Leia mais

Objetivos. Responder o que é Java; Mostrar as vantagens e desvantagens do Java; Compilar e executar um programa simples.

Objetivos. Responder o que é Java; Mostrar as vantagens e desvantagens do Java; Compilar e executar um programa simples. O que é Java Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/ 1 Objetivos Responder o

Leia mais

AULA 02. OBJETIVO: Características da Linguagem Orientada a Objetos.

AULA 02. OBJETIVO: Características da Linguagem Orientada a Objetos. AULA 02 OBJETIVO: Características da Linguagem Orientada a Objetos. HABILIDADES TRABALHADAS: Comparação das características das linguagens orientadas a objetos frente às linguagens estruturadas. Conhecimentos

Leia mais

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé Métodos de implementação de linguagens Kellen Pinagé Sumário Métodos de implementação de linguagens Compilação Interpretação pura Híbrido Métodos de implementação de linguagens Principais componentes de

Leia mais

Programação orientada a objetos

Programação orientada a objetos J100 com Programação orientada a objetos TM SE Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br 1 Objetivos Este curso tem como objetivo iniciá-lo em Java... mas não apenas isto Visa também a ajudá-lo

Leia mais

Linguagem de Programação II

Linguagem de Programação II Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET-MG Linguagem de Programação II Tiago Alves de Oliveira tiago@div.cefetmg.br Sumário UNIDADE 1 CONCEITOS BÁSICOS E AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Introdução ao Paradigma OO

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA

Linguagem de Programação JAVA Linguagem de Programação JAVA Curso Técnico em Informática Modalida Integrado Instituto Federal do Sul de Minas, Câmpus Pouso Alegre Professora: Michelle Nery Agenda JAVA Histórico Aplicações Pós e Contras

Leia mais

Instalação JDK. Joyce França. Professora de Ciência da Computação - IFNMG

Instalação JDK. Joyce França. Professora de Ciência da Computação - IFNMG Instalação JDK Joyce França Professora de Ciência da Computação - IFNMG Máquina Virtual Java utiliza-se do conceito de máquina virtual, onde existe uma camada extra entre o sistema operacional e a aplicação,

Leia mais

Introdução ao Python. Programa Computacional

Introdução ao Python. Programa Computacional Programa Computacional É um algoritmo escrito em uma linguagem computacional (C, Fortran, Pascal, MATLAB, Python, etc.). É a tradução do algoritmo para uma linguagem que será interpretada pelo computador.

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 2 Princípios de Programação Prof. Belarmino Linguagem de Computadores Internamente os computadores usam instruções e armazenam os dados no formato numérico binário

Leia mais

Aula 4 Introdução a Linguagem de Programação Java. Prof. Pedro Baesse

Aula 4 Introdução a Linguagem de Programação Java. Prof. Pedro Baesse Aula 4 Introdução a Linguagem de Programação Java Prof. Pedro Baesse pedro.baesse@ifrn.edu.br História do Java Motivos para usar Java Características da Linguagem Programação Orientada a Objetos com Java:

Leia mais

Introdução à Programação Aula 04. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação

Introdução à Programação Aula 04. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação Introdução à Programação Aula 04 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação QUAL LINGUAGEM IREMOS ESTUDAR? 2 Introdução à Programação Linguagens

Leia mais

Sistemas Operacionais de Redes Windows. Ricardo Kléber

Sistemas Operacionais de Redes Windows. Ricardo Kléber Sistemas Operacionais de Redes Windows Ricardo Kléber ricardo.galvao@ifrn.edu.br Objetivos Instalar e configurar e manter o Sistema Operacional Windows Server; Montar na prática uma rede cliente-servidor

Leia mais

CP Introdução à Informática Prof. Msc. Carlos de Salles

CP Introdução à Informática Prof. Msc. Carlos de Salles CP 1015.1 Prof. Msc. Carlos de Salles PROGRAMA 1. CONCEITO DE SISTEMAS 1.1 Sistemas e sua classificação 1.2 Informações e Dados 1.3 O Processamento de Dados 1.4 O Computador e sua História 2. ESTRUTURA

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

Linguagem Técnica I. Prof. Jonatas Bastos

Linguagem Técnica I. Prof. Jonatas Bastos Linguagem Técnica I Prof. Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmail.com 1 Objetivo da Disciplina p Entender os conceitos da programação orientada a objetos; p Aplicar conceitos básicos relativos a objetos

Leia mais

Programação Orientada a Objetos I

Programação Orientada a Objetos I Introdução à Orientação à Objetos I 1/18 Programação Orientada a Objetos I Introdução à Orientação à Objetos I Rafael Silva Guimarães Instituto Federal do Espírito Santo rafaelg@ifes.edu.br http://rafaelguimaraes.net

Leia mais

Protótipo de uma ferramenta de apoio para desenvolvimento de sistemas web para WebIntegrator

Protótipo de uma ferramenta de apoio para desenvolvimento de sistemas web para WebIntegrator Protótipo de uma ferramenta de apoio para desenvolvimento de sistemas web para WebIntegrator Ederson Evaristo Jantsch Orientador: Marcel Hugo 09/07/2002 Roteiro Introdução Aplicação multicamadas Tecnologias

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA. Prof. Dr. Daniel Caetano

PROGRAMAÇÃO I INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA. Prof. Dr. Daniel Caetano PROGRAMAÇÃO I INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA Prof. Dr. Daniel Caetano 2017-1 Objetivos Conhecer o professor e o curso Conhecer as características da linguagem Java Conhecer a plataforma Java

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

Leia mais

INTRODUÇÃO A LINGUAGEM JAVA

INTRODUÇÃO A LINGUAGEM JAVA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INTRODUÇÃO A LINGUAGEM JAVA Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@ifrn.edu.br Curso Técnico

Leia mais

Plano de Ensino PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS

Plano de Ensino PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Plano de Ensino PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Título PE - Programação Orientada a Objetos Código da disciplina SIA CCT0079 16 Número de semanas de aula 6 Número de créditos Quantidade total de horas

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta CST em Redes de Computadores Introdução Computadores Computadores são compostos, basicamente, de CPU, memória e dispositivos de entrada e saída

Leia mais

Programação Orientada a Objetos II Aula - 03

Programação Orientada a Objetos II Aula - 03 Programação Orientada a Objetos II Aula - 03 Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Componentes gráficos básicos - JFrame O JFrame é a classe do Swing que representa uma janela. O JFrame serve

Leia mais

Plataforma de desenvolvimento JAVA para terminal POS

Plataforma de desenvolvimento JAVA para terminal POS Plataforma de desenvolvimento JAVA para terminal POS Avenida Viena, 360 Bairro São Geraldo CEP 90240020 Porto Alegre RS Fone 51 3325 2728 Fax 51 3343 9847 azanonatec@azanonatec.com.br Apresentação A plataforma

Leia mais

Fundamentos de Java. Prof. Marcelo Cohen. 1. Histórico

Fundamentos de Java. Prof. Marcelo Cohen. 1. Histórico Fundamentos de Java Prof. Marcelo Cohen 1. Histórico 1990 linguagem Oak; desenvolvimento de software embutido para eletrodomésticos S.O. para o controle de uma rede de eletrodomésticos o surgimento da

Leia mais

Linguagens de Programação Classificação

Linguagens de Programação Classificação Classificação Classificação A proximidade que a linguagem de programação tem com a humana determina sua classe (o nível): Linguagem de máquina (primeira geração) Linguagem assembly - de montagem (segunda

Leia mais

Ruby e JRuby em... Paralelos e Distribuídos. Felipe Barden Lucas Fialho Zawacki

Ruby e JRuby em... Paralelos e Distribuídos. Felipe Barden Lucas Fialho Zawacki Ruby e JRuby em... Paralelos e Distribuídos Felipe Barden 151343 Lucas Fialho Zawacki 172072 Sobre o que vamos falar? A linguagem Ruby e suas aplicações em programação paralela e distribuída. A implementação

Leia mais

Sistema Operacional. O S.O. é o programa mais importante do computador. - Realizar a interação entre o usuário, o hardware e o firmware -(BIOS)

Sistema Operacional. O S.O. é o programa mais importante do computador. - Realizar a interação entre o usuário, o hardware e o firmware -(BIOS) O S.O. é o programa mais importante do computador. É um controlador intermediário que fica entre os softwares da categoria dos aplicativos e o hardware. Ele é o tradutor / intérprete das nossas interações

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Introdução à Programação (PG) Docente: Pedro Viçoso Fazenda (pfazenda@cedet.isel.ipl.pt) Professor Responsável: Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt)

Leia mais

Introdução. à Linguagem JAVA. Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação. Laboratório de Visão Computacional

Introdução. à Linguagem JAVA. Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação. Laboratório de Visão Computacional Introdução à Linguagem JAVA Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação Laboratório de Visão Computacional Vantagens do Java Independência de plataforma; Sintaxe semelhante às linguagens

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Programação Orientada a Objetos II. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional

Programação Orientada a Objetos II. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Programação Orientada a Objetos II Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Primeiros passos de Java com a IDE NetBeans O NetBeans IDE é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) gratuito

Leia mais

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto Computadores Digitais 2 Linguagens de Programação DEL-Poli/UFRJ Prof. Miguel Campista Informações Gerais E-mail: rodsouzacouto@ieee.org Página da disciplina: http://www.lee.eng.uerj.br/~rodrigo/compdig2

Leia mais

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais II Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais Livres Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Objetivos - Ter conhecimento sobre os diversos módulos que compõem um

Leia mais

Questões de Paradigmas de Programação Matéria: Prova 1 4ª EDIÇÃO

Questões de Paradigmas de Programação Matéria: Prova 1 4ª EDIÇÃO Questões de Paradigmas de Programação Matéria: Prova 1 4ª EDIÇÃO QUESTÃO 1 : Enviada por: Francisco Carlos Moraes Junior Duvidas: Thaise Domínios de programação são áreas onde os computadores são usados.

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO O SISTEMA OPERACIONAL PROFESSOR CARLOS MUNIZ

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO O SISTEMA OPERACIONAL PROFESSOR CARLOS MUNIZ INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA PROFESSOR CARLOS MUNIZ O QUE É UM SISTEMA OPERACIONAL? Há muitos tipos de Sistemas Operacionais, cuja complexidade varia e depende de que tipo de funções é provido, e para que

Leia mais

AULA TEÓRICA 3 Tema 2. Introdução a programação em Java (JVM, JDK)

AULA TEÓRICA 3 Tema 2. Introdução a programação em Java (JVM, JDK) AULA TEÓRICA 3 Tema 2. Introdução a programação em Java (JVM, JDK) Ø LP Java. Estrutura de um programa em Java. Ø Conjunto de caracteres utilizado. Ø Identificadores. Ø Variáveis e constantes. Ø Tipos

Leia mais

PDS Aula 1.2 Introdução a Java, POO e Composição. Prof. Bruno Moreno

PDS Aula 1.2 Introdução a Java, POO e Composição. Prof. Bruno Moreno PDS Aula 1.2 Introdução a Java, POO e Composição Prof. Bruno Moreno bruno.moreno@ifrn.edu.br JAVA: Introdução, Histórico, Conceitos Básicos 2 Introdução O que é Java? Linguagem de programação OO Década

Leia mais

Trabalho Final de SISTEMAS INTEGRADOS DE MANUFATURA

Trabalho Final de SISTEMAS INTEGRADOS DE MANUFATURA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UnB FACULDADE DE TECNOLOGIA - FT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA - EME Trabalho Final de SISTEMAS INTEGRADOS DE MANUFATURA Período: 1º/2001 Desenvolvimento de Applets JAVA

Leia mais

Sistema de Aquisição de Dados em Tempo Real Utilizando Software Livre e Rede Ethernet para Laboratório de Controle

Sistema de Aquisição de Dados em Tempo Real Utilizando Software Livre e Rede Ethernet para Laboratório de Controle Sistema de Aquisição de Dados em Tempo Real Utilizando Software Livre e Rede Ethernet para Laboratório de Controle Elaine de Mattos Silva1 José Paulo Vilela Soares da Cunha1 Orlando Bernardo Filho2 1 Departamento

Leia mais

Sistemas Operacionais Aula 3

Sistemas Operacionais Aula 3 Sistemas Operacionais Aula 3 Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@recife.ifpe.edu.br http://dase.ifpe.edu.br/~alsm Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas de Informação Recife - PE O que fazer

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Marcos V. O. de Assis mvoassis@gmail.com marcos.assis@ufpr.br h

Leia mais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Módulo 1 Sistemas Operacionais 1 Competências: SOP 1. Compreender as abstrações de um sistema operacional e operar um sistema operacional Unix/Linux como

Leia mais

IDES E PROGRAMAÇÃO. Prof. Dr. Cláudio Fabiano Motta Toledo PAE: Maurício A Dias

IDES E PROGRAMAÇÃO. Prof. Dr. Cláudio Fabiano Motta Toledo PAE: Maurício A Dias 1 IDES E PROGRAMAÇÃO Prof. Dr. Cláudio Fabiano Motta Toledo PAE: Maurício A Dias {claudio,macdias}@icmc.usp.br 2 Agenda Conceitos Instalação e Configuração Compilação e Execução de Código IDEs Exemplo

Leia mais

Desenvolvendo aplicações Java

Desenvolvendo aplicações Java José Roberto Madureira Junior Adaní Cusin Sacilotti Adriana Rodrigues Reginaldo Sacilotti Desenvolvendo aplicações Java Primeira Edição São Paulo 2017 Sumário 1 INTRODUÇÃO AO JAVA... 1 1.1 A PLATAFORMA

Leia mais

Programação Estruturada Orientada a Objetos

Programação Estruturada Orientada a Objetos INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Programação Estruturada Orientada a Objetos Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com

Leia mais

Introdução ao Desenvolvimento de

Introdução ao Desenvolvimento de Introdução ao Desenvolvimento de Aplicações Web com JSF e PrimeFaces Marcelo Vinícius Cysneiros Aragão ICC Inatel Competence Center marcelovca90@inatel.br Santa Rita do Sapucaí, 15 de março de 2016 Conteúdo

Leia mais

Compatibilidade do Cisco Secure ACS para Windows

Compatibilidade do Cisco Secure ACS para Windows Compatibilidade do Cisco Secure ACS para Windows Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Usados Convenções Software Sistemas Operacionais Navegadores da Web Opções de Banco de Dados de

Leia mais

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto Estrutura dos Sistemas Operacionais Adão de Melo Neto 1 Sistema Operacional -São partes do SO -São ferramentas de apoio ao usuário -São formas de acessar as rotinas do kernel O Sistema Operacional é formado

Leia mais

Universidade da Beira Interior Cursos: Engenharia Informática, Matemática /Informática e Ensino da Informática

Universidade da Beira Interior Cursos: Engenharia Informática, Matemática /Informática e Ensino da Informática Programação Orientada a Objectos - 25/26; P. Prata, P. Fazendeiro 2 A tecnologia Java Uma ideia base da linguagem JAVA é a de que um programa em JAVA deve poder ser executado em qualquer tipo de computador

Leia mais

Programação Orientada a Objetos II Aula - 06 Revisão de Herança / Polimorfismo

Programação Orientada a Objetos II Aula - 06 Revisão de Herança / Polimorfismo Programação Orientada a Objetos II Aula - 06 Revisão de Herança / Polimorfismo Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Conceito de Herança Herança é a capacidade de especializar tipos de objetos

Leia mais

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR ORGANIZAÇÃO E ARQUITETURA DE COMPUTADORES I AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação O QUE É UM COMPUTADOR?

Leia mais

Conceitos básicos e serviços dos Sistemas Operacionais

Conceitos básicos e serviços dos Sistemas Operacionais Conceitos básicos e serviços dos Sistemas Operacionais Prof. Marcos Ribeiro Quinet de Andrade Instituto de Ciência e Tecnologia - ICT Universidade Federal Fluminense - UFF Tipos de serviços do S.O. Um

Leia mais

Sistema Operacionais II. Aula: Virtualização

Sistema Operacionais II. Aula: Virtualização Sistema Operacionais II Aula: Virtualização Objetivos Entender o que é uma máquina virtual. Instalar várias máquinas virtuais em um mesmo computador usando o VirtualBox. Aprender os modos de rede suportados

Leia mais

Academia Java PA JAVA: Programação Avançada em Java (30 horas)

Academia Java PA JAVA: Programação Avançada em Java (30 horas) Academia Java PA JAVA: Programação Avançada em Java (30 horas) Índice Designação do Curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Linguagens de Programação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Tópicos da aula

Leia mais

Curso: Redes de Computadores

Curso: Redes de Computadores Curso: Redes de Computadores Cadeira de Introdução a Sistemas Operacionais. Bibliografia Sistemas Operacionais Modernos Andew S. Tanembaum Sistema Operacionais Abraham Silberchatz, Peter Galvin e Greg

Leia mais

Programação Paralela e Distribuída

Programação Paralela e Distribuída INE 5645 Programação Paralela e Distribuída Professor: Lau Cheuk Lung (turma A) INE UFSC lau.lung@inf.ufsc.br Conteúdo Programático 1. Introdução 2. Programação Paralela 3. Controle de Concorrência 4.

Leia mais

JAVA. Professor: Bruno Toledo

JAVA. Professor: Bruno Toledo JAVA Professor: Bruno Toledo Funcionamento de uma LP Em uma Linguagem de Programação (LP) como C e Pascal, temos o seguinte quadro quando vamos compilar um programa. Código fonte em c Teste.c Gera código

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Ciência da Computação Prof. Elias Ferreira Elaborador por: Ana Claudia Bastos Loureiro Monção JUNIT Teste de Software Processo de Software Um processo de software pode ser visto como o conjunto de atividades,

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 3 Princípios de Sistemas Operacionais Prof. Belarmino Existem dezenas de Sistemas Operacionais executando nos mais variados tipos de maquinas. Os mais conhecidos

Leia mais

Desenvolvimento OO com Java O que é Java

Desenvolvimento OO com Java O que é Java Desenvolvimento OO com Java O que é Java Vítor E. Silva Souza (vitor.souza@ufes.br) http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do Espírito Santo

Leia mais

Capítulo 1. Aspectos Preliminares

Capítulo 1. Aspectos Preliminares Capítulo 1 Aspectos Preliminares Tópicos do Capítulo 1 Razões para estudar conceitos de linguagens de programação Domínios de programação Critérios de avaliação de linguagens Influências no projeto de

Leia mais

envolvidos numa comunicação

envolvidos numa comunicação 1 Aplicações web - funcionamento Baseiam-se no paradigma cliente-servidor; Um software (Apache, PHP, MySQL, etc...) é executado continuamente em uma máquina chamada servidor, onde hospedamos nossa aplicação.

Leia mais

Estrutura do Sistema Operacional

Estrutura do Sistema Operacional Sistemas Operacionais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Aula 04 Estrutura do Sistema Operacional 2 1 Estrutura do Sistema Operacional

Leia mais

O uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. Editora Saraiva Emerson de Oliveira Batista

O uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. Editora Saraiva Emerson de Oliveira Batista O uso consciente da tecnologia para o gerenciamento Editora Saraiva Emerson de Oliveira Batista A TI como parte integrante da empresa impõe a necessidade dos Administradores conhecerem melhor seus termos

Leia mais

Fabiano Moreira.

Fabiano Moreira. Fabiano Moreira professor@fabianomoreira.com.br Um pouco de história Java 1.02 (250 classes, lenta) Java 1.1 (500 classes, um pouco mais rápida) Java 2, versões 1.2-1.4 (2300 classes, muito mais rápida)

Leia mais

INTRODUÇÃO. Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015

INTRODUÇÃO. Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015 INTRODUÇÃO Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015 INTRODUÇÃO 02/21 QUAIS AS OPERAÇÕES BÁSICAS REALIZADAS EM UM COMPUTADOR DIGITAL? INTRODUÇÃO 03/21 QUAIS AS OPERAÇÕES BÁSICAS REALIZADAS EM UM COMPUTADOR

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA

Linguagem de Programação JAVA Linguagem de Programação JAVA Curso Técnico em Informática Modalida Integrado Instituto Federal do Sul de Minas, Câmpus Pouso Alegre Professora: Michelle Nery Objetivos Conhecer a sintaxe da programação

Leia mais

ARQUITETURA DE SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

ARQUITETURA DE SISTEMAS DISTRIBUÍDOS ARQUITETURA DE SISTEMAS DISTRIBUÍDOS AULA 02 Evolução do Processamento Paulo Franco Paulo.franco@outlook.com Evolução do Processamento A evolução do processamento de informações ocorreu basicamente de

Leia mais

Protocolos e Serviços de Redes

Protocolos e Serviços de Redes Protocolos e Serviços de Redes Redes de Computadores Charles Tim Batista Garrocho Instituto Federal de São Paulo IFSP Campus Campos do Jordão garrocho.ifspcjo.edu.br/rdc charles.garrocho@ifsp.edu.br Técnico

Leia mais

Novidades da Plataforma de suporte remoto 3.0

Novidades da Plataforma de suporte remoto 3.0 Novidades Plataforma de suporte remoto do SAP Business One Versão do documento: 1.0 08.10.2012 PÚBLICO Novidades da Plataforma de suporte remoto 3.0 Todos os países Convenções tipográficas Estilo de letra

Leia mais

Módulo 1. Introdução. Programação Orientada a Objetos I Java (Rone Ilídio)

Módulo 1. Introdução. Programação Orientada a Objetos I Java (Rone Ilídio) Módulo 1 Introdução Programação Orientada a Objetos I Java (Rone Ilídio) Dados Importantes E-mail: rone@ufsj.edu.br Página: www.ronepage.com Deitel, H. M., Deitel, T. J., Java, editora Bookman, 6ª edição

Leia mais

Obs.: para realizar estas atividades tenha certeza de que já tenha instalado no sistema operacional o Java JDK e o NetBeans.

Obs.: para realizar estas atividades tenha certeza de que já tenha instalado no sistema operacional o Java JDK e o NetBeans. 1 - Criando meu primeiro programa em Java Para criar um programa Java podemos utilizar um editor de textos (Bloco de Notas/Windows, Notepad ++ ou GEdit/Linux) e o console do sistema operacional, ou um

Leia mais

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO - LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO II REVISÃO POO

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO - LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO II REVISÃO POO REVISÃO POO INTRODUÇÃO À LINGUAGEM JAVA CRIANDO CLASSES EM JAVA Convenção de Nomes em Java Classes iniciam com letras maiúsculas Métodos, atributos e variáveis locais iniciam com minúsculas. Declaração

Leia mais

RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO

RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA BACHARELADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO RELATÓRIO DE INTRODUÇÃO AO PROJETO ALUNO: LEONARDO DE S. BRASIL MATRICULA: 04132513 ORIENTADOR: RICARDO PEREIRA E SILVA PROFESSOR:

Leia mais

INFORMÁTICA: Informação automática

INFORMÁTICA: Informação automática INTRODUÇÃO INFORMÁTICA: Informação automática Definição: é a ciência que estuda o tratamento automático e racional da informação (encarregada pelo estudo e desenvolvimento de máquinas e métodos para processar

Leia mais

O que é um sistema distribuído?

O que é um sistema distribuído? Disciplina: Engenharia de Software 4 Bimestre Aula 1: ENGENHARIA DE SOFTWARE DISTRIBUÍDO O que é um sistema distribuído? Segundo Tanenbaum e Steen (2007) um sistema distribuído é uma coleção de computadores

Leia mais

Conceitos de Linguagens de Programação

Conceitos de Linguagens de Programação Conceitos de Linguagens de Programação Aula 03 Processo de Compilação Edirlei Soares de Lima Métodos de Implementação Arquitetura de Von Neumann: A linguagem de máquina de um computador

Leia mais

Framework.NET. Linguagem de Programação III. Mauro Lopes Carvalho Silva. Professor EBTT DAI Departamento Acadêmico de Informática Campus Monte Castelo

Framework.NET. Linguagem de Programação III. Mauro Lopes Carvalho Silva. Professor EBTT DAI Departamento Acadêmico de Informática Campus Monte Castelo Linguagem de Programação III Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento Acadêmico de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão Linguagem

Leia mais

Ataque em Sistemas Distribuídos Site :

Ataque em Sistemas Distribuídos Site : Faculdade de Engenharia da Computação Disciplina: Segurança Aplicada à Computação Ataque em Sistemas Distribuídos Site : http://www1.univap.br/~wagner/ec.html / / h Prof. Responsáveis Wagner Santos C.

Leia mais

Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans

Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans Objetivos da aula: Introduzir conceitos da linguagem Java Apresentar um histórico da linguagem Apresentar

Leia mais

GFM015 Introdução à Computação

GFM015 Introdução à Computação GFM015 Introdução à Computação Noções básicas sobre os componentes de microcomputadores (cont...) - Terminologia: Sw, Hw, Programas, Bit, Byte e Códigos Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic

Leia mais

Configuração do Apache Cordova Lab. 13. Prof. Bruno C. Vani

Configuração do Apache Cordova Lab. 13. Prof. Bruno C. Vani Configuração do Apache Cordova Lab. 13 Prof. Bruno C. Vani brunovani@ifsp.edu.br Apache Cordova Visão Geral [1/2] Permite acessar funcionalidades nativas dos dispositivos móveis (como câmera, GPS, etc.)

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações

Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações SDN e NFV Prof. Rodrigo de Souza Couto PARTE 2 NETWORK FUNCTION VIRTUALIZATION (NFV) 2 Bibliografia Esta aula é baseada nos seguintes trabalhos: Dissertação

Leia mais

Permitir que o aluno ao final do curso, esteja apto a realizar o exame do concurso interno do Banco do Brasil PROGRID 2017.

Permitir que o aluno ao final do curso, esteja apto a realizar o exame do concurso interno do Banco do Brasil PROGRID 2017. Objetivo Permitir que o aluno ao final do curso, esteja apto a realizar o exame do concurso interno do Banco do Brasil PROGRID 2017. Duração 92 horas/aula Diferenciais X25 Pré-requisitos - Instrutores

Leia mais

Revisão NT Editora e Figuramundo. Projeto Gráfico NT Editora. Editoração Eletrônica NT Editora e Figuramundo. Capa NT Editora

Revisão NT Editora e Figuramundo. Projeto Gráfico NT Editora. Editoração Eletrônica NT Editora e Figuramundo. Capa NT Editora L I NGUAGE M DE PROGRAMAÇÃOJ AVA I NF ORMAÇÃOECOMUNI CAÇÃO J os éj e s s egonç a l v e s Autor José Jesse Gonçalves Graduado em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual de São Paulo - UNESP,

Leia mais

Manual SISTEMA GERENCIADOR DE SENHAS Versão GUICHÊ

Manual SISTEMA GERENCIADOR DE SENHAS Versão GUICHÊ Manual SISTEMA GERENCIADOR DE SENHAS Versão 22.2.0 GUICHÊ Índice I INTRODUÇÃO... 3 II INSTALAÇÃO DO SOFTWARE... 4 III UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE... 6 ANEXO 1 GUIA DE REFERÊNCIA RÁPIDA... 9 ANEXO 2 SOLUÇÕES

Leia mais

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto Estrutura dos Sistemas Operacionais Adão de Melo Neto 1 Sistema Operacional - Formas de acessar o KERNEL do SISTEMA OPERACIONAL (SO) - A linguagem de comandos faz parte do SO O Sistema Operacional é formado

Leia mais

Orientação a Objetos com Java

Orientação a Objetos com Java Orientação a Objetos com Java Julio Cesar Nardi julionardi@yahoo.com.br 2011/2 Aula 01: Começando com Java Objetivos: Compreender o que é Java, OO e suas vantagens; Entender os procedimentos para criação

Leia mais

Programação Concorrente

Programação Concorrente INE 5410 Programação Concorrente Professor: Lau Cheuk Lung (turma A) INE UFSC lau.lung@inf.ufsc.br Conteúdo Programático 1. 2. Programação Concorrente 3. Sincronização 1. Condição de corrida, região critica

Leia mais