: TV Linear TV para todos. os dispositivos. SSPI Maio Jurandir Pitsch

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ": TV Linear TV para todos. os dispositivos. SSPI Maio 2013. Jurandir Pitsch"

Transcrição

1 os dispositivos : TV Linear TV para todos SSPI Maio 2013 Jurandir Pitsch

2 Escopo: : Satelite para todos os dispositivos IP? 2

3 Solução 3

4 Conceito SAT>IP fará com que os serviços satélites: 1. estejam disponíveis em um maior número de dispositivos 2. sejam transportáveis via IP SAT>IP muda de forma fundamental a tecnologia de recepção de vídeo por satélite : recepção SAT>IP remove a camada DVB-S/S2 e a converte em sinal IP, após a 4

5 O objetivo da SES Tornar os serviços de vídeo por satélite disponíveis para dispositivos IP Estabelecer um padrão comum da Indústria Estimular a inovação na distribuição doméstica de sinais recebidos via satélite Facilitar um modelo de negócios para o uso da segunda tela 5

6 O que é É um Protocolo de Comunicação para equipamentos de recepção de sinais via satélite em redes IP Não é uma Especificação para Equipamentos (industry can come para fomentar a inovação em dispositivos e equipamentos pela indústria 6

7 Arquitetura SAT>IP faz a distinção entre o Servidor e o Cliente Clientes fazem a requisição do programa, que está sendo recebido ao vivo via satélite, do servidor Servidor provê o programa ao vivo via satélite para o cliente 7

8 SAT>IP Cliente STBs (Set-top Boxes) e TVs com Interface IP Aplicação de Software rodando em dispositivos programáveis (Tablets, Smartphones, Laptops, Media Players, Game Consoles, NAS ) 8

9 SAT>IP Protocolos SAT>IP é baseado em uma arquitetura de padrões abertos da indústria Totalmente compatível com outros dispositivos, redes e padrões de internet já existentes em sistemas domésticos Endereçamento Busca Descrição Estabelecimento/Controle de Sessão: RTSP / HTTP Streaming: RTP / HTTP Sessão de Informação em Tempo Real: RTCP 9

10 Exemplo de Casos 10

11 SAT>IP Multiswitch / Adaptador Conectado entre a antena do satélite e a rede IP Inicialmente será ofertado com 4 a 8 sintonizadores independentes Saída IP IP Network Dispositivo de pequenas dimensões Primeiro dispositivo SAT>IP compatível a ser comercializado Servidor para TV ao Vivo para a rede doméstica IP. 11

12 Multi-Room DVR / Master STB DTCP-IP or other DRM Um Master STB/PVR alimenta múltiplos clientes IP com streaming de video ao vivo na rede IP doméstica. O equipamento Master também está conectado ao uma tela O equipamento Master comunica-se com os clientes escravos através do protocolo SAT>IP Master STB pode fazer o transcrypting por exemplo do formato CA para DRM Master STB pode fazer transcoding para diferentes tipos de codec ou taxas de bit 13

13 Distribuição para múltiplas unidades habitacionais usando IP Aplicações : Casas Comunitárias - Condomínios Hospitais / Hoteis / Campi Universitários Redes Novas de distribuição por Fibra Optica Servidores SAT>IP existentes podem ser usados em instalações com uma grande quantidade de pontos operando em multicast Servidores SAT>IP na prática permitem a construção de uma solução de baixo custo para plataformas IPTV 14

14 SAT>IP Rede Doméstica 15

15 O Desenvolvimento do Projeto 16

16 Primeiras implementações SAT>IP protocolo que foi desenvolvido em conjunto pela BSkyB, Craftwork & SES Em cooperação com os maiores fabricantes do Mundo de dispositivos semicondutores Diversos projetos em desenvolvimento com operadoras e fabricantes Contrato para um protótipo foi assinado para o fabricante Inverto em Luxembourg o Baseado em Semicondutores da ST Microelectronics: STi 7108 o o Baseado em plataforma Linux Primeiramente mostrado na feira IBC 2011, agora já em produção comercial 17

17 SAT>IP parceiros industriais 18

18 Status Atual 19

19 O primeiro Servidor certificado como SAT>IP Fabricado agora para várias marcas em OEM. Preço estimado de varejo EUR

20 Diversos produtos já disponíveis SAT>IP Servidores - Inverto, Zinwell, Global Invacom, Devolo,... - Próxima geração sendo desenvolvida : 8 sintonizadores, menor consumo de potência e menor preço SAT>IP Apps - Apps para ios e Android 4 - Software para Windows PC (www.dvbviewer.com) Outros - HDMI-Sticks (para Android e Linux) - Multi-switches convencionais com SAT>IP (at ANGA 2013) - Set Top Boxes (para o mercado Alemão) 21

21 Certificação do Dispositivo Interoperabilidade dos produtos é fundamental para o sucesso da introdução comercial : - A SES gerencia a especificação (Iniciada a padronização Européia através da CENELEC) - Provê os servidores de referência para os desenvolvedores de SAT>IP - Disponibiliza softawares de ferramentas de teste para fabricantes Dispositivos Certificados podem utilizar o Logo SAT>IP : 22

22 Próximos Passos 23

23 O conceito de um IP>LNB Quattro LNB equivalent Memory HH HL VH VL Full Band Capture / Demodulation 8 x TS IP Encapsulation Power Over Ethernet DC / DC conversion RJ45 (GbE) Home Network 24

24 IP>LNB futuro: Um único chip Internet CAT5e Ethernet GHz 8 programas simultâneos Alimentação do LNB pelo cabo Ethernet 25 25

25 Resumo SAT>IP é um esforço conjunto da indústria, liderado pela SES Com o passar do tempo isto irá permitir a distribuição doméstica de sinais de vídeo recebidos por satélites, de uma forma muito mais simples SAT>IP irá facilitar o uso de uma segunda tela no ambiente doméstico integrado com o sinal via satélite O próximo objetivo é a integração da tecnologia SAT>IP diretamente na antena receptora. Website será lançado durante a NAB 26

26 Obrigado 27

Streaming na pratica Shoutcast Flumotion

Streaming na pratica Shoutcast Flumotion Streaming na pratica Shoutcast Flumotion Felipe Santos dos Santos 1 1 Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas(FATEC) Rua Gonçalves Chaves, 602 Centro CEP: 96.015-560 Pelotas RS Brasil Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

IPTV em rede Multicast

IPTV em rede Multicast IPTV em rede Multicast Flávio Gomes Figueira Camacho Apresentação Flavio Gomes Figueira Camacho Diretor de TI da Vipnet Baixada Telecomunicações e, Operadora de STFC e SCM. Mestrando em Engenharia de Telecomunicações

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Redes Wireless / Wi-Fi / IEEE 802.11 Em uma rede wireless, os adaptadores de rede em cada computador convertem os dados digitais para sinais de rádio,

Leia mais

Comunicação via interface SNMP

Comunicação via interface SNMP Comunicação via interface SNMP 1 - FUNCIONAMENTO: Os No-breaks PROTEC possuem 3 interfaces de comunicação: Interface RS232, interface USB e interface SNMP. Todas elas permitem o controle e o monitoramento

Leia mais

Visualizando um vídeo através do Servidor de Streaming

Visualizando um vídeo através do Servidor de Streaming Visualizando um vídeo através do Servidor de Streaming Função do Servidor de Streaming Quando existem muitos usuários acessando remotamente uma câmera para realizar a visualização ao vivo ou fazer gerenciamento,

Leia mais

O Modelo DX sumário executivo

O Modelo DX sumário executivo White Paper O Modelo DX sumário executivo INTRODUÇÃO 2 O MODELO BROADCAST 3 MODELO TRADICIONAL DE BROADCAST 3 O MODELO DX 4 NOVOS MODELOS DE RECEITA 5 O MODELO DX PARA TELAS COLETIVAS 6 1 www.dx.tv.br

Leia mais

Vídeo Sob Demanda. Elaine Calvet Mestrado Redes Telecom, UFF Disciplina: Sistemas Multimídia Prof.ª Debora

Vídeo Sob Demanda. Elaine Calvet Mestrado Redes Telecom, UFF Disciplina: Sistemas Multimídia Prof.ª Debora Vídeo Sob Demanda Elaine Calvet Mestrado Redes Telecom, UFF Disciplina: Sistemas Multimídia Prof.ª Debora Agenda Introdução Definição do Serviço VoD Desafios do Serviço Tecnologia Necessária Estudo de

Leia mais

DESENVOLVIMENTO & INTEGRAÇÃO DE SET-TOP-BOX 30/06/2010

DESENVOLVIMENTO & INTEGRAÇÃO DE SET-TOP-BOX 30/06/2010 DESENVOLVIMENTO & INTEGRAÇÃO DE SET-TOP-BOX 30/06/2010 1 Sistema Distribuição DTH HEADEND Serviços de Áudio e Vídeo Dados (aplicações interativas, jogos, CAS, etc.) Footprint Definição da configuração

Leia mais

Introdução. Configurações mínimas. A embalagem contém

Introdução. Configurações mínimas. A embalagem contém Introdução Obrigado por adquirir o Repetidor / Roteador Wi-Fi N High Power - 150 Mbps (1T1R) Comtac. Utilizado principalmente para aumentar a cobertura da rede Wi-Fi em locais distantes do roteador principal.

Leia mais

Taitell Telecom. Equipamentos e Soluções

Taitell Telecom. Equipamentos e Soluções Taitell Telecom Equipamentos e Soluções Solução de Vídeo MultiPortal Sobre a VoipSwitch VoipSwitch Inc. (www.voipswitch.com) é uma das líderes no mercado de VoIP, oferecendo plataforma completa para empresas

Leia mais

TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND

TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND julho/2012 Case de Sucesso TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND Para publicar um case no Portal IT4CIO, entre em contato pelo e-mail comunicacao@it4cio.com. PERFIL Terra é parte da Telefônica

Leia mais

GTTV - Grupo de Trabalho de Televisão Digital. Guido Lemos de Souza Filho LAViD - DI CCEN UFPB

GTTV - Grupo de Trabalho de Televisão Digital. Guido Lemos de Souza Filho LAViD - DI CCEN UFPB GTTV - Grupo de Trabalho de Televisão Digital Guido Lemos de Souza Filho LAViD - DI CCEN UFPB Sistema de TV Digital ITV Middleware (eg. MHP or DASE) Real-Time Operating System Device Drivers Conditional

Leia mais

Rotina de Discovery e Inventário

Rotina de Discovery e Inventário 16/08/2013 Rotina de Discovery e Inventário Fornece orientações necessárias para testar a rotina de Discovery e Inventário. Versão 1.0 01/12/2014 Visão Resumida Data Criação 01/12/2014 Versão Documento

Leia mais

GUIA DE RECURSOS SMART

GUIA DE RECURSOS SMART GUIA DE RECURSOS SMART Características dos aplicativos da SMART TV 1.Android 4.2 dual-core smart TV 2.Conexão de rede (com fio/sem fio/pppoe/wlan HP) 3. Sync-View (opcional) 4. Multi-screen Interativa

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P Conteúdo 1. Apresentação... Erro! Indicador não definido. 1.1. Opções de Gravação... Erro! Indicador não definido. 2. Instalação da câmera IP-Onvif

Leia mais

Web Services. Autor: Rômulo Rosa Furtado

Web Services. Autor: Rômulo Rosa Furtado Web Services Autor: Rômulo Rosa Furtado Sumário O que é um Web Service. Qual a finalidade de um Web Service. Como funciona o serviço. Motivação para o uso. Como construir um. Referências. Seção: O que

Leia mais

GT-VOIP Relatório I.9: Avaliação do Ambiente Sphericall da Marconi. Setembro de 2002

GT-VOIP Relatório I.9: Avaliação do Ambiente Sphericall da Marconi. Setembro de 2002 GT-VOIP Relatório I.9: Avaliação do Ambiente Sphericall da Marconi Setembro de 2002 Objetivo deste estudo é realizar testes de análise de performance, funcionalidade, confiabilidade e sinalização com o

Leia mais

Público-alvo. Pessoa física ou jurídica que tenha ou planeja ter som ambiente. Academias. Bares e Restaurantes. Condomínios. Boates.

Público-alvo. Pessoa física ou jurídica que tenha ou planeja ter som ambiente. Academias. Bares e Restaurantes. Condomínios. Boates. Movidos pela música Conceito O SimpleSound é um sistema multiroom de gestão da música ambiente que utiliza a rede de dados para transmitir as músicas do SimpleSound Server para os diversos equipamentos

Leia mais

VS-100. H.264 PoE Servidor Vídeo. H.264 Compressão. Comparação Taxa Compressão

VS-100. H.264 PoE Servidor Vídeo. H.264 Compressão. Comparação Taxa Compressão VS-100 H.264 PoE Servidor Vídeo AirLive VS-100 é um canal servidor de vídeo para facilmente actualizar a sua antiga camera CCTV numa camera IP com capacidade-rede e assim converter o seu sistema local

Leia mais

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Guia Rápido de Instalação DC 5V INTRODUÇÃO Obrigado por adquirir a IPCam Comtac mod. CS9267. Com ela você poderá monitorar remotamente um cômodo de sua residência

Leia mais

Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis

Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis Henrique Tinelli Engenheiro de Marketing Técnico NI Nesta apresentação, iremos explorar: Plataforma NI CompactDAQ Distribuída Sistemas de Medição

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Motivação Camadas do modelo OSI Exemplos de protocolos IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 Para que dois ou mais computadores possam se comunicar, é necessário que eles

Leia mais

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional

Ref.: Consulta Pública Solução Educacional Belo Horizonte, 11 de junho de 2013 À Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais Rod. Pref. Américo Gianetti, Serra Verde - Prédio Minas, 11º andar 31.630-900 Belo Horizonte Minas Gerais Ref.: Consulta

Leia mais

WirelessHART Manager

WirelessHART Manager Descrição do Produto O uso de tecnologias de comunicação de dados sem fio em sistemas de automação industrial é uma tendência em crescente expansão. As vantagens do uso de tecnologia sem fio são inúmeras

Leia mais

WD entra no mercado das redes domésticas sem fios inaugurando uma nova era de streaming de entretenimento HD de alta velocidade

WD entra no mercado das redes domésticas sem fios inaugurando uma nova era de streaming de entretenimento HD de alta velocidade WD entra no mercado das redes domésticas sem fios inaugurando uma nova era de streaming de entretenimento HD de alta velocidade Família My Net de routers dual-band com tecnologia exclusiva FasTrack acelera

Leia mais

1 de 6 25/08/2015 10:22

1 de 6 25/08/2015 10:22 1 de 6 25/08/2015 10:22 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano Termo de Adjudicação

Leia mais

OptiView. Total integração Total controle Total Network SuperVision. Solução de Análise de Rede. Ninguém melhor que os. Engenheiros de Rede e a Fluke

OptiView. Total integração Total controle Total Network SuperVision. Solução de Análise de Rede. Ninguém melhor que os. Engenheiros de Rede e a Fluke Ninguém melhor que os OptiView Solução de Análise de Rede Total integração Total controle Total Network SuperVision Engenheiros de Rede e a Fluke Networks para saber o valor de uma solução integrada. Nossa

Leia mais

Expansores de transmissão por Ethernet via cabo de cobre

Expansores de transmissão por Ethernet via cabo de cobre Expansores de transmissão por Ethernet via cabo de cobre Transmissão por Ethernet via cabo coaxial ou cabo Cat5 existente CopperLine é uma tecnologia avançada e exclusiva que expande redes de transmissão

Leia mais

POE-260CAM. Internet. POE Pan-Tilt Camera IP Visão Nocturna POE-260CAM POE-260CAM LAN LAN. WAN ADSL / Cabo Modem LAN

POE-260CAM. Internet. POE Pan-Tilt Camera IP Visão Nocturna POE-260CAM POE-260CAM LAN LAN. WAN ADSL / Cabo Modem LAN h T é uma avançada camera IP POE com funções Pan e Tilt. (Roda e Inclina). Você pode definir uma área particular de patrulha; ela irá depois mover suas lentes em ambas direcções horizontal e vertical continuamente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS Trabalho final da disciplina Computadores, Redes, IP e Internet Professor: Walter Freire Aluno:

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Android

Manual do usuário. isic 5 - Android Manual do usuário isic 5 - Android isic 5 - Android Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O novo aplicativo Intelbras isic 5 possui tecnologia capaz de visualizar

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Imagem via ipad baseado no sistema operacional ios

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Imagem via ipad baseado no sistema operacional ios MANUAL DO USUÁRIO Software de Imagem via ipad baseado no sistema operacional ios Software de Imagem via ipad baseado no sistema operacional ios Este manual irá auxiliá-lo na instalação e utilização do

Leia mais

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel 1 Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel Parte 1: Conexões 2 Instalação do Disco Rídigo (HD) Primeiro é necessário a instalação

Leia mais

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Guia Rápido de Instalação DC 5V INTRODUÇÃO Obrigado por adquirir a IPCam Comtac mod. CS9267. Com ela você poderá monitorar remotamente um cômodo de sua residência

Leia mais

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof.

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof. Aula 04 Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware:

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

Visão Computacional. Alessandro L. Koerich. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Visão Computacional. Alessandro L. Koerich. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná (UFPR) Visão Computacional Alessandro L. Koerich Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná (UFPR) Interfaces Câmera PC Analógica, Firewire, GigE, Camera Link, USB Introdução

Leia mais

ERRATA nº 2 Solicitação de Proposta (SDP) Nº 15366/2012

ERRATA nº 2 Solicitação de Proposta (SDP) Nº 15366/2012 ERRATA nº 2 Solicitação de Proposta (SDP) Nº 15366/2012 No Anexo I, item 23.2.2 (Qualificação da equipe técnica) Data: 06/02/2012 Estes profissionais deverão apresentar seu currículo (conforme modelo FORM

Leia mais

Proposta de Projeto Piloto Grupo de Trabalho Segunda Fase

Proposta de Projeto Piloto Grupo de Trabalho Segunda Fase Proposta de Projeto Piloto Grupo de Trabalho Segunda Fase GTTV Grupo de Trabalho de TV Digital Guido Lemos Universidade Federal da Paraíba Setembro de 2006 1. Concepção do serviço 1.1. Descrição do serviço

Leia mais

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A VERSÃO: Março, 2015. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil Telefonia IP S.A., tem

Leia mais

5 Mecanismo de seleção de componentes

5 Mecanismo de seleção de componentes Mecanismo de seleção de componentes 50 5 Mecanismo de seleção de componentes O Kaluana Original, apresentado em detalhes no capítulo 3 deste trabalho, é um middleware que facilita a construção de aplicações

Leia mais

Computação Instrumental

Computação Instrumental Computação Instrumental Sistemas Operacionais Redes de Computadores Engenharia Ambiental 2º Semestre de 2013 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador,

Leia mais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais L I N H A D E P R O D U T O S PA R A Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais Índice Apresentação 03 Características Individuais Controlador de Processos C702 Aquisitor de

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO: Julho, 2013. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil

Leia mais

INTERNET, RÁDIO E TV NA WEB

INTERNET, RÁDIO E TV NA WEB INTERNET, RÁDIO E TV NA WEB Moysés Faria das Chagas Graduado em Comunicação Social - Rádio e TV (Unesa) Pós-graduado em Arte-Educação (Universo) Mídia-Educação (UFF) MBA em TV Digital, Radiodifusão e Novas

Leia mais

Manual do Usuário -TED1000 versão TC100 Ethernet

Manual do Usuário -TED1000 versão TC100 Ethernet Manual do Usuário -TED1000 versão TC100 Ethernet Indice: Apresentação...2 Ligando o terminal...3 Configurações iniciais...3 Configuração de IP...3 Teclas especiais...4 Cabo de rede...4 Leitor externo...4

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 Obrigado por escolher o DVR USB ST-104 DIMY S. Por favor, certifique-se que a operação do produto esta de acordo com este manual para garantir a estabilidade do sistema

Leia mais

Modelos de Camadas. Professor Leonardo Larback

Modelos de Camadas. Professor Leonardo Larback Modelos de Camadas Professor Leonardo Larback Modelo OSI Quando surgiram, as redes de computadores eram, em sua totalidade, proprietárias, isto é, uma determinada tecnologia era suportada apenas por seu

Leia mais

IP Câmera Cloud. Manual do Usuário

IP Câmera Cloud. Manual do Usuário IP Câmera Cloud Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações necessárias

Leia mais

Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows

Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows Um tarifador fácil de usar e poderoso. Com o tarifador STI Windows Atenas você poderá controlar os gastos com telefone, reduzir custos e otimizar

Leia mais

Instalando o Internet Information Services no Windows XP

Instalando o Internet Information Services no Windows XP Internet Information Services - IIS Se você migrou recentemente do Windows 95 ou 98 para o novo sitema operacional da Microsoft Windows XP, e utilizava antes o Personal Web Server, deve ter notado que

Leia mais

Tecnologia Broadcast ao serviço da educação

Tecnologia Broadcast ao serviço da educação reportagem Universidades Tecnologia Broadcast ao serviço da educação A Anhanguera Educacional conta com cerca de 40 estúdios de televisão com sinais via satélite para transmitir aulas a distancia para

Leia mais

INTERNET FIXA VELOCIDADES CONDIÇÕES GERAIS

INTERNET FIXA VELOCIDADES CONDIÇÕES GERAIS INTERNET FIXA VELOCIDADES CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE 1. FATORES QUE INFLUENCIAM O DÉBITO DE TRANSFERÊNCIA DE DADOS IP 2. LARGURA DE BANDA E DÉBITO DE TRANSFERÊNCIA IP 3. RECOMENDAÇÕES E VERIFICAÇÕES A EFETUAR

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA AS CÂMARAS MUNICIPAIS INTEGRANTES DA REDE LEGISLATIVA DE RÁDIO E TV

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA AS CÂMARAS MUNICIPAIS INTEGRANTES DA REDE LEGISLATIVA DE RÁDIO E TV ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA AS CÂMARAS MUNICIPAIS INTEGRANTES DA REDE LEGISLATIVA DE RÁDIO E TV 1. Nova configuração de transmissão via Satélite A Câmara dos Deputados irá adotar uma nova configuração de

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 26430 - INST.FED.DE EDUC.,CIENC.E TEC.S.PERNAMBUCANO 158149 - INST.FED.EDUC.CIENC.E TEC.SERTãO PERNAMBUCANO RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 1 - Itens da Licitação 1 - EQUIPAMENTO

Leia mais

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP.

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. VANTAGENS DAS SOLUÇÕES DE VIGILÂNCIA DIGITAL IP É verdade que o custo de aquisição das câmeras digitais IP, é maior que o custo de aquisição das câmeras

Leia mais

SISTEMA VIDEOWALL MÓDULOS DOS PAINÉIS VÍDEO WALL DAS SALAS DE OPERAÇÃO E DE CRISE

SISTEMA VIDEOWALL MÓDULOS DOS PAINÉIS VÍDEO WALL DAS SALAS DE OPERAÇÃO E DE CRISE SISTEMA VIDEOWALL MÓDULOS DOS PAINÉIS VÍDEO WALL DAS SALAS DE OPERAÇÃO E DE CRISE Tecnologia LCD (Liquid Crystal Display) com backlight lâmpada ou backlight LED (Light Emitting Diode). Medida diagonal

Leia mais

Configurando o DDNS Management System

Configurando o DDNS Management System Configurando o DDNS Management System Solução 1: Com o desenvolvimento de sistemas de vigilância, cada vez mais usuários querem usar a conexão ADSL para realizar vigilância de vídeo através da rede. Porém

Leia mais

IPTV DESAFIO E OPORTUNIDADES

IPTV DESAFIO E OPORTUNIDADES IPTV DESAFIO E OPORTUNIDADES - Grupo Know Telecom / One Wholesale Group Investimentos: - Datacenter / Green TI - Telecomunicações Wholesale: TV / Internet/ Telefonia Grupo KNOW TELECOM Presente em 14 estados

Leia mais

Manual do usuário. Intelbras isic5 Tablet - Android

Manual do usuário. Intelbras isic5 Tablet - Android Manual do usuário Intelbras isic5 Tablet - Android Intelbras isic5 Tablet - Android Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual irá auxiliá-lo na instalação

Leia mais

UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE

UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS EM WINDOWS MOBILE. PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno:

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

extras SOLO Estação Radio Base TETRA

extras SOLO Estação Radio Base TETRA Geyschlaegergasse 14, A-1150 Vienna, Austria, Europe +43/786 12 86-0 extras SOLO Estação Radio Base TETRA Utilidade Pública Indústria Governo Aeroportos Portos Transporte Segurança Pública 3T Communications

Leia mais

IPTV. Anexo ao Manual de Operação do TSW800TP+

IPTV. Anexo ao Manual de Operação do TSW800TP+ Manual de Operação IPTV Anexo ao Manual de Operação do TSW800TP+ Versão: 2 Revisão: 4 Setembro/2010 Direitos de edição Este manual foi elaborado pela equipe da Wise Indústria de Telecomunicações. Nenhuma

Leia mais

COMO o processador das mídias de série: Fluência RTP/3GPP

COMO o processador das mídias de série: Fluência RTP/3GPP COMO o processador das mídias de série: Fluência RTP/3GPP Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções 3GPP que flui trabalhos Enganchar acima do hardware (5/7/8xxx Series)

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

Manual do Remote Desktop Connection. Brad Hards Urs Wolfer Tradução: Marcus Gama

Manual do Remote Desktop Connection. Brad Hards Urs Wolfer Tradução: Marcus Gama Manual do Remote Desktop Connection Brad Hards Urs Wolfer Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 O protocolo do Buffer de Quadro Remoto (Buffer de Quadro Remoto) 6 3 Usando o Remote Desktop

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÃO INTERATIVA EM GINGA PARA O PROGRAMA SOM E PROSA DA TELEVISÃO UNIVERSITÁRIA UNESP

DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÃO INTERATIVA EM GINGA PARA O PROGRAMA SOM E PROSA DA TELEVISÃO UNIVERSITÁRIA UNESP LUCAS SILVEIRA DE AZEVEDO FABIO CARDOSO FERNANDO RAMOS GELONEZE RENE LOPEZ INTRODUÇÃO TELEVISÃO UNIVERSITÁRIA UNESP BAURU SP UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA - PARCEIRA DO CANAL FUTURA -PROGRAMAS DE TELEVISÃO

Leia mais

Câmeras. Internas. www.foscam.com.br

Câmeras. Internas. www.foscam.com.br Câmeras Internas IP WIRELESS FOSCAM FI9821W A câmera IP FOSCAM FI9821W é uma solução para clientes que procuram um equipamento de alto desempenho, com compressão de imagem H.264 e resolução Megapixel.

Leia mais

Introdução NSZ-GS7. Reprodutor de Mídia de Rede. Imagens de tela, operações e especificações estão sujeitas a modificações sem aviso prévio.

Introdução NSZ-GS7. Reprodutor de Mídia de Rede. Imagens de tela, operações e especificações estão sujeitas a modificações sem aviso prévio. Introdução Reprodutor de Mídia de Rede NSZ-GS7 Imagens de tela, operações e especificações estão sujeitas a modificações sem aviso prévio. Introdução: LIGADO/EM ESPERA Liga e desliga o aparelho reprodutor.

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD Conteúdo 1. Apresentação... 2 1.1. Opções de Gravação... 2 2. Instalação da câmera... 2 3. Instalando e Configurando CMS VETTI... 3 3.1. Instalando o CMS VETTI...

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM ANO: 11º Redes de Comunicação ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/8 Componentes de um sistema de comunicações; Sistemas Simplex, Half-Duplex e Full- Duplex; Transmissão de sinais analógicos e digitais; Técnicas

Leia mais

A Tecnologia a Serviço sdas Ideias

A Tecnologia a Serviço sdas Ideias sua A Tecnologia a Serviço sdas Grandes Ideias 1 Entre os 10 maiores integradores do Brasil Destaques Operacionais Mais de 10,000 equipamentos gerenciados de LAN e WAN 9.000 sites em mais de 700 clientes

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M Kurose Redes de Computadores e a Internet Uma Abordagem Top-Down 5ª. Edição Pearson Cap.: 1 até 1.2.2 2.1.2 2.1.4 Como funciona uma rede? Existem princípios de orientação e estrutura?

Leia mais

Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira

Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira INTRODUÇÃO Os Access Points ou ponto de acesso wi-fi são os equipamentos empregados na função de interconexão das redes sem fio e com fio (infraestrutura).

Leia mais

BRASIL-ID: UMA PLATAFORMA

BRASIL-ID: UMA PLATAFORMA 10/Nov 2015 BRASIL-ID: UMA PLATAFORMA www.vonbraunlabs.com Dario Sassi Thober Presidente / Diretor thober@vonbraunlabs.com BRASIL-ID: Estrutura Instalada (FINEP) Evento Brasil-ID 2 BRASIL-ID: PLATAFORMA

Leia mais

Guia de Instalação Rápida PCTV HD PRO STICK

Guia de Instalação Rápida PCTV HD PRO STICK Guia de Instalação Rápida PCTV HD PRO STICK I Conteúdo do Pacote: Sintonizador PCTV USB Antena Telescópica CD Instalação PCTV Cabo extensor USB CD Studio 10 Quickstart Adaptador de Entrada A/V Controle

Leia mais

Introdução a Computação Móvel

Introdução a Computação Móvel Introdução a Computação Móvel Computação Móvel Prof. Me. Adauto Mendes adauto.inatel@gmail.com Histórico Em 1947 alguns engenheiros resolveram mudar o rumo da história da telefonia. Pensando em uma maneira

Leia mais

COAXDATA. Coaxdata Homeplug e Coaxdata Gigabit ADAPTADOR COAXIAL ETHERNET. 200 Mbps. 700 Mbps. 300 Catálogo 2013 / 2014

COAXDATA. Coaxdata Homeplug e Coaxdata Gigabit ADAPTADOR COAXIAL ETHERNET. 200 Mbps. 700 Mbps. 300 Catálogo 2013 / 2014 ADAPTADOR COAXIAL ETHERNET QR-A00171 Coaxdata Homeplug e Coaxdata Gigabit A largura de banda do cabo coaxial permite combinar outros serviços no cabo sem interferir o sinal de televisão. O Coaxdata é um

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

Wireless. Leandro Ramos www.professorramos.com

Wireless. Leandro Ramos www.professorramos.com Wireless Leandro Ramos www.professorramos.com Redes Wireless Interferências Access-Point / ROUTER Wireless Ponto de Acesso Numa rede wireless, o hub é substituído pelo ponto de acesso (access-point em

Leia mais

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES Sistemas de visão Visão geral da linha de produtos Série SIMATIC VS720A - As câmeras inteligentes

Leia mais

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo.

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Desafios da vigilância por vídeo hoje O mercado de vigilância por vídeo está crescendo, impulsionado por preocupações de segurança

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA FUNDAMENTOS DE REDES REDES DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Material elaborado com base nas apresentações

Leia mais

Guia para o Google Cloud Print

Guia para o Google Cloud Print Guia para o Google Cloud Print Versão 0 BRA Definições das observações Utilizamos o estilo de observação a seguir ao longo deste manual do usuário: ensina como agir em determinada situação ou fornece dicas

Leia mais

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO referente ao edital de licitação acima relacionado, conforme

Leia mais

O IMPACTO DA WEB TV NA COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

O IMPACTO DA WEB TV NA COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL O IMPACTO DA WEB TV NA COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Agenda Novas formas de comunicação online Perspectivas e entendimentos O porquê da linguagem mais visual e cinestésica Inovar é preciso IPTV versus Web TV

Leia mais

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem 1 1. Introdução / 2. Conteúdo da embalagem 1. Introdução O Repetidor WiFi Multilaser é a combinação entre uma conexão com e sem fio. Foi projetado especificamente para pequenas empresas, escritórios e

Leia mais

Sniffers de Rede e Kismet

Sniffers de Rede e Kismet Sniffers de Rede e Kismet Prof. Rafael Guimarães Redes sem Fio Aula 12 Aula 12 Rafael Guimarães 1 / 21 Sumário Sumário 1 Motivação e Objetivos 2 Wireshark 3 Kismet Aula 12 Rafael Guimarães 2 / 21 Motivação

Leia mais

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III 1 REDE DE COMPUTADORES III 1. Introdução MODELO OSI ISO (International Organization for Standardization) foi uma das primeiras organizações a definir formalmente

Leia mais

Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920

Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920 Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920 Índice Introdução Antes de Começar Convenções Pré-requisitos Componentes Utilizados Como se conectar ao RateMux

Leia mais

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE 1/5 PROTOCOLOS DE O Modelo OSI O OSI é um modelo usado para entender como os protocolos de rede funcionam. Para facilitar a interconexão de sistemas de computadores, a ISO (International Standards Organization)

Leia mais

Modelo NV-EC1701 Transceptor Ethernet sobre coaxial EoC com PoE, PoE+ de Alta Potência

Modelo NV-EC1701 Transceptor Ethernet sobre coaxial EoC com PoE, PoE+ de Alta Potência NOVO! Modelo NV-EC1701 Transceptor Ethernet sobre coaxial EoC com PoE, PoE+ de Alta Potência Características: Para transmitir e receber simultaneamente (full duplex), Ethernet sobre Base T 10/100 uma distância

Leia mais

DESEMBALANDO A IPCAM SECURE300R

DESEMBALANDO A IPCAM SECURE300R Símbolo para Coleta Separada nos Países Europeus Este símbolo indica que este produto deve ser coletado separadamente. O que segue se aplica somente a usuários em países da Europa: Este produto está designado

Leia mais

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº UNIDADE 1I: SISTEMA COMPITACIONAL Elementos hardware e periféricos Um sistema computacional consiste num conjunto de dispositivos eletrônicos (hardware) capazes de processar informações de acordo com um

Leia mais

III.2. CABLE MODEMS CARACTERÍSTICAS BÁSICAS UNIDADE III SISTEMAS HÍBRIDOS

III.2. CABLE MODEMS CARACTERÍSTICAS BÁSICAS UNIDADE III SISTEMAS HÍBRIDOS 1 III.2. CABLE MODEMS III.2.1. DEFINIÇÃO Cable modems são dispositivos que permitem o acesso em alta velocidade à Internet, através de um cabo de distribuição de sinais de TV, num sistema de TV a cabo.

Leia mais

Acessórios Assistência Técnica Smartphones Tablets Informática. Serviços Empresariais Telecomunicações Sites Redes Informáticas Vídeo Vigilância

Acessórios Assistência Técnica Smartphones Tablets Informática. Serviços Empresariais Telecomunicações Sites Redes Informáticas Vídeo Vigilância Acessórios Assistência Técnica Smartphones Tablets Informática Serviços Empresariais Telecomunicações Sites Redes Informáticas Vídeo Vigilância geral@mobiletech.pt www.mobiletech.pt Apresentação da Empresa

Leia mais