Comunidade Brasileira é a maior comunidade estrangeira em Portugal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comunidade Brasileira é a maior comunidade estrangeira em Portugal"

Transcrição

1 Dia da Comunidade Luso-Brasileira (22 de Abril) Censos de abril de 13 Comunidade Brasileira é a maior comunidade estrangeira em Portugal De acordo com os Censos 11, na última década a comunidade brasileira cresceu 244,5%, tornando-se a maior comunidade estrangeira a residir em Portugal. Em 1 ocupava a 7ª posição. A comunidade brasileira é uma das mais jovens comunidades estrangeiras e vive maioritariamente na região de Lisboa. Caracteriza-se por ser predominantemente feminina e possuir o ensino secundário. Estava empregada, trabalhava predominantemente nas atividades de restauração e similares e vivia dos rendimentos do trabalho. Mais de metade da população brasileira (57,%) vive em união conjugal formalizada através do casamento ou união de facto. Destas uniões conjugais, 36% envolvem cidadãos portugueses. Por ocasião da celebração do Dia da Comunidade Luso-Brasileira, a 22 de Abril, o Instituto Nacional de Estatística apresenta um retrato da comunidade brasileira residente em Portugal, de acordo com os resultados dos Censos 11. Entre 1 e 11, o número de cidadãos brasileiros a residir em Portugal mais do que triplicou. À data dos Censos 11 (21 de março de 11) residiam no país cidadãos de nacionalidade brasileira, representando 27,8% do universo de estrangeiros a residir em Portugal. Em 11, 58% da comunidade brasileira era constituída por mulheres (47% em 1). de nacionalidade estrangeira em Portugal, 11 3,7% da população residente estrangeira Comunidade Brasileira ,% da população residente 27,8% da população estrangeira residente Nº de pessoas 13: Ano Internacional da Estatística Promover, à escala mundial, o reconhecimento da Estatística ao serviço da Sociedade 1/8

2 É na Região de Lisboa que vive mais de metade da comunidade brasileira residente em Portugal A região de Lisboa concentrava mais de metade da comunidade brasileira residente em Portugal (56,7%), seguindo-se as regiões do Centro (13,9%), Norte (13,4%), Algarve (8,9%) e Alentejo (5,6%). Nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira a percentagem de residentes de nacionalidade brasileira é inferior a 1%. de nacionalidade brasileira residente em Portugal, por NUTS II, , ,4 13,9 5,6 8,9,6,9 Norte Centro Lisboa Alentejo Algarve RAA RAM 24% da população brasileira vive nos municípios de Lisboa, Sintra e Cascais Cerca de 49% da população brasileira residente em Portugal concentrava-se em 1 municípios da região de Lisboa, predominantemente nos municípios de Lisboa (1%), Sintra (7,9%) Cascais (6,1%) e Almada (4, 2%). Principais municípios de residência da população de nacionalidade brasileira, 11 Lisboa Sintra Cascais Almada Amadora Odivelas Loures Oeiras Seixal Setúbal (Nº de individuos) A idade média da população brasileira residente em Portugal é de 3,9 anos À data dos Censos 11, a comunidade brasileira era uma das mais jovens comunidades estrangeiras residentes no país. A sua idade média era de 3,9 anos, enquanto a do conjunto da população estrangeira era de 34,2.

3 A estrutura etária da comunidade brasileira residente em Portugal era semelhante à da população estrangeira no seu conjunto: apresentava uma baixa representação da população em idades muito jovens e nas idades mais avançadas. Este facto está, naturalmente, relacionado com as motivações do movimento migratório, determinado predominantemente por razões laborais. A proporção de população brasileira em idade ativa era, assim, de 85,2%. portuguesa, estrangeira e brasileira por grupo etário, ,6 5, 1, ,5 82,4 85,2 >=65 anos anos -14 anos 15, 12,7 13,7 portuguesa estrangeira brasileira A comunidade brasileira caracterizava-se, relativamente ao total da população estrangeira, por uma maior representatividade das mulheres na faixa etária entre os 25 e os 44 anos e uma reduzida proporção de idosos: apenas 1,1% da comunidade brasileira tinha 65 ou mais anos. Estrutura etária da população portuguesa, estrangeira e brasileira, 11 Anos 1 ou Homens Mulheres Pop brasileira Pop estrangeira Pop portuguesa %

4 A maior parte da população brasileira residente em Portugal é solteira De acordo com os Censos 11, 54,2% da população brasileira residente em Portugal era solteira, representando a casada 37,5%, a divorciada 7,% e a viúva apenas 1,2%. de nacionalidade brasileira, segundo o estado civil legal, 11 Divorciado 7,% Viuvo 1,2% Casado 37,5% Solteiro 54,2% A população brasileira apresentava uma maior informalidade nas relações conjugais comparativamente com o total da população estrangeira e da população portuguesa. De facto, cerca de 66% das relações conjugais da comunidade brasileira estavam formalizadas maioritariamente através do casamento (cerca de 72% no caso da população estrangeira residente e de 88% no caso da população portuguesa), representando as uniões de facto cerca de 34% (28% no caso da população estrangeira residente e 12% no caso da população portuguesa). Formas de conjugalidade da população portuguesa, estrangeira e brasileira, ,7 71,8 65,9 Casamento União de facto ,3 portuguesa 28,2 estrangeira 34,1 brasileira

5 Na comunidade brasileira as uniões conjugais com cidadãos portugueses representam 36% Mais de metade da população brasileira (57,%) vivia em união conjugal formalizada através do casamento ou união de facto. Destas uniões conjugais, 36,4% ocorriam entre cidadãos brasileiros e portugueses. O número de cidadãos de nacionalidade brasileira casados ou em união de facto com cidadãos portugueses era de (75% do sexo feminino). 41% da população brasileira em idade ativa tem o ensino secundário De acordo com os dados dos Censos 11, o ensino secundário e pós secundário era o nível de escolaridade mais representado na população brasileira em idade ativa, com 41%, seguindo-se a população com nível de ensino inferior ao 3º ciclo do ensino básico, com 26,2%. A percentagem de população brasileira com o 3º ciclo do ensino básico completo era de 23,3% e com ensino superior de 9,4%. entre os 15 e os 64 anos de nacionalidade portuguesa, estrangeira e brasileira, por nível de escolaridade completo, ,6 41, , ,9 19,9 16,6 28,2 24,6 14,4 26,2 23,3 Inferior ao básico (3º ciclo) Básico 3º ciclo Secundário e pós-secundário Superior 1 9,4 5 portuguesa estrangeira brasileira A maior parte da comunidade brasileira é economicamente ativa e trabalha Face à condição perante a atividade económica a comunidade brasileira residente em Portugal caracteriza-se por ser economicamente ativa (68,8%), estando 57,4% empregada e 11,4% em situação de desemprego.

6 A população brasileira residente em Portugal na situação de inatividade era constituída sobretudo por pessoas com idade inferior a 15 anos (13,7%) e por estudantes (5,9%). Condição perante a atividade económica da população portuguesa, estrangeira e brasileira, ,4 49,8 41, 22,8 15, 12,7 13,7 11,3 11,4 6,1 6,2 7,3 8,9 5,9 4, 5, 6,1 6,2 3,9 4,2 1,1 portuguesa estrangeira brasileira Empregada Desempregada < 15 anos Estudantes Domésticos Reformados Outra situação A principal fonte de rendimento da população brasileira é o trabalho De acordo com os Censos 11, 69,% dos indivíduos de nacionalidade brasileira residentes em Portugal, com 15 ou mais anos, tinham o trabalho como principal fonte de rendimento, face a 59% no total de população estrangeira. 17,7% da população brasileira estava a cargo da família e 4,8% vivia do subsídio de desemprego. brasileira segundo o principal meio de vida, 11 A cargo da família 17,7% Outro 5,5% Outros subsídios 1,6% Sub desemprego 4,8% Reforma 1,4% Trabalho 69,%

7 Trabalhador da limpeza e vendedor em lojas são as profissões mais representadas na comunidade brasileira De acordo com os resultados dos Censos 11, as profissões mais representadas na comunidade brasileira eram trabalhador da limpeza em casas particulares, hotéis e similares (15,9%) e vendedor em lojas, com 1,%. As profissões de cozinheiro, trabalhador qualificado da construção, cabeleireiro/esteticista e empregados de mesa e bar, com valores entre os 6,2% e 4,9%, integravam também o grupo das 1 profissões mais representadas entre a população brasileira residente em Portugal. Principais profissões da população brasileira empregada, 11 Trabalhadores de limpeza em casas particulares, Vendedores em lojas Cozinheiro Trabalhadores qualificados da construção Cabeleireiros, esteticistas e similares Empregados de mesa e bar 6,2 5,1 5, 4,9 1, 15,9 Trabalhadores de cuidados pessoais nos serviços de Motoristas de veículos pesados e de autocarros 3,1 2,9 2,7 2, Restauração e comércio a retalho eram as atividades económicas que empregavam mais cidadãos de nacionalidade brasileira residentes em Portugal. As atividades económicas mais representadas na população brasileira eram a restauração e o comércio a retalho (exceto de veículos) que empregavam 16,6% e 1,6% respetivamente. Seguiam-se a construção (9,4%), as atividades das famílias que empregam pessoal doméstico (7,4%) e as atividades relacionadas com a manutenção de edifícios (7,%).

8 Principais atividades económicas da população brasileira empregada, 11 Restauração e similares 16,6 Comércio a retalho, excepto de veículos automóveis e 1,6 Promoção imobiliária / construção de edifícios 9,4 Actividades das famílias empregadoras de pessoal Actividades relacionadas com edifícios 7,4 7, Outras actividades de serviços pessoais 5,6 Alojamento Actividades de saúde humana Transportes terrestres e transportes por oledutos ou Comércio por grosso, excepto de veículos automóveis 3,2 2,8 2,7 2, % A comunidade brasileira residente em Portugal é predominantemente católica Na comunidade brasileira residente em Portugal, 47,2% da população era católica e 14% era protestante. O conjunto das outras religiões cristãs representavam 17,6%.

A População Estrangeira em Portugal 2011 População estrangeira cresceu cerca de 70% na última década

A População Estrangeira em Portugal 2011 População estrangeira cresceu cerca de 70% na última década 17 de dezembro de 2012 (Destaque ad-hoc) A População Estrangeira em Portugal 2011 População estrangeira cresceu cerca de 70% na última década Segundo os Censos 2011, à data de 21 de Março em Portugal residiam

Leia mais

Autoras: Anabela Delgado INE, GC Gabinete dos Censos Paula Paulino INE, GC Gabinete dos Censos 2021

Autoras: Anabela Delgado INE, GC Gabinete dos Censos Paula Paulino INE, GC Gabinete dos Censos 2021 Artigo 3º_ página 77 A população de nacionalidade chinesa a residir em Portugal: uma caracterização com base nos Censos 211 Autoras: Anabela Delgado INE, GC Gabinete dos Censos 221 anabela.delgado@ine.pt

Leia mais

05 de maio: Dia da Mãe

05 de maio: Dia da Mãe 03 de maio 2013 05 de maio: Dia da Mãe O retrato da Mãe que vive com os filhos A idade das Mães ao nascimento do primeiro filho tem vindo a aumentar. Em 2001 era-se Mãe pela primeira vez aos 26,8 anos.

Leia mais

Objetivos Evolução e diversidade nas famílias monoparentais

Objetivos Evolução e diversidade nas famílias monoparentais 1 Objetivos Evolução e diversidade nas famílias monoparentais Quais as mudanças e as continuidades ocorridas nestas famílias entre 1991-2011? Qual o impacto das mudanças na conjugalidade e na parentalidade,

Leia mais

Taxa de desemprego de 14,9%

Taxa de desemprego de 14,9% 16 de maio de 2012 Estatísticas do Emprego 1º trimestre de 2012 Taxa de desemprego de 14,9% A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2012 foi de 14,9%. Este valor é superior em 2,5 pontos percentuais

Leia mais

O Perfil do Pai que vive com os filhos

O Perfil do Pai que vive com os filhos 19 de março: Dia do Pai 18 de março 2013 O Perfil do Pai que vive com os filhos Em Portugal, 1 631 376 Pais vivem com filhos/as. A idade média dos Pais é de 47,1 anos. Na sua maioria são casados e vivem,

Leia mais

A taxa de desemprego estimada foi de 16,4%

A taxa de desemprego estimada foi de 16,4% 7 de agosto de 2013 Estatísticas do Emprego 2º trimestre de 2013 A taxa de desemprego estimada foi de 16,4% A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2013 foi de 16,4%. Este valor é superior

Leia mais

Taxa de desemprego de 17,7%

Taxa de desemprego de 17,7% 9 de maio de 2013 Estatísticas do Emprego 1º trimestre de 2013 Taxa de desemprego de 17,7% A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2013 foi de 17,7%. Este valor é superior em 2,8 pontos percentuais

Leia mais

ALMADA FICHA TÉCNICA. Título Território e População Retrato de Almada segundo os Censos 2011

ALMADA FICHA TÉCNICA. Título Território e População Retrato de Almada segundo os Censos 2011 DMPATO DPU Divisão de Estudos e Planeamento A ALMADA FICHA TÉCNICA Título Território e População Retrato de Almada segundo os Censos 2011 Serviço Divisão de Estudos e Planeamento Departamento de Planeamento

Leia mais

A taxa de desemprego estimada foi de 15,6%

A taxa de desemprego estimada foi de 15,6% 7 de novembro de 2013 Estatísticas do Emprego 3º trimestre de 2013 A taxa de desemprego estimada foi de 15,6% A taxa de desemprego estimada para o 3º trimestre de 2013 foi de 15,6%. Este valor é inferior

Leia mais

Taxa de desemprego de 15,0%

Taxa de desemprego de 15,0% 14 de agosto de 2012 Estatísticas do Emprego (versão corrigida em 17-08-2012, às 11.10H) 2º trimestre de 2012 Retificação, no Quadro 3, da informação relativa a inativos à procura de emprego mas não disponíveis

Leia mais

EMIGRAÇÃO EM PORTUGAL (2003): MAIORITARIAMENTE TEMPORÁRIA

EMIGRAÇÃO EM PORTUGAL (2003): MAIORITARIAMENTE TEMPORÁRIA Estatísticas Migratórias - Emigração 2003 11 de Junho de 2004 EMIGRAÇÃO EM PORTUGAL (2003): MAIORITARIAMENTE TEMPORÁRIA Não tendo as características e o volume de outros tempos, a emigração portuguesa

Leia mais

DESIGUALDADES DE GÉNERO: VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NOS AÇORES

DESIGUALDADES DE GÉNERO: VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NOS AÇORES DESIGUALDADES DE GÉNERO: VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NOS AÇORES Simpósio Internacional sobre Direitos Humanos e Qualidade de Vida nas Comunidades Falantes de Português nos Estados Unidos da América e no Canadá

Leia mais

POPULAÇÃO ESTRANGEIRA CRESCE A RITMO INFERIOR AO DOS ÚLTIMOS ANOS

POPULAÇÃO ESTRANGEIRA CRESCE A RITMO INFERIOR AO DOS ÚLTIMOS ANOS População Estrangeira em Portugal 23 28 de Junho de 24 POPULAÇÃO ESTRANGEIRA CRESCE A RITMO INFERIOR AO DOS ÚLTIMOS ANOS Em 23, segundo informação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, a população estrangeira

Leia mais

10º ANIVERSÁRIO DO DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA

10º ANIVERSÁRIO DO DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA 13 de Maio de 2004 Dia Internacional da Família 15 de Maio 10º ANIVERSÁRIO DO DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA O Instituto Nacional de Estatística associa-se a esta comemoração, apresentando uma breve caracterização

Leia mais

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2011

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2011 04 de novembro de 2011 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2011 98% dos agregados domésticos com acesso à Internet

Leia mais

A taxa de desemprego situou-se em 10,5% no 4.º trimestre e em 11,1% no ano de 2016

A taxa de desemprego situou-se em 10,5% no 4.º trimestre e em 11,1% no ano de 2016 8 de fevereiro de 217 Estatísticas do Emprego 4.º trimestre de 216 A taxa de desemprego situou-se em 1,5 no 4.º trimestre e em 11,1 no ano de 216 A taxa de desemprego do 4.º trimestre de 216 foi de 1,5.

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO EMPREGO 4º trimestre de 2006

ESTATÍSTICAS DO EMPREGO 4º trimestre de 2006 ESTATÍSTICAS DO EMPREGO 4º trimestre de 2006 15 de Fevereiro de 2007 A TAXA DE DESEMPREGO DO 4º TRIMESTRE DE 2006 FOI DE 8,2 A taxa de desemprego estimada para o 4º trimestre de 2006 foi de 8,2. Este valor

Leia mais

A taxa de desemprego do 3º trimestre de 2008 foi de 7,7%

A taxa de desemprego do 3º trimestre de 2008 foi de 7,7% Estatísticas do Emprego 3º trimestre de 2008 18 de Novembro de 2008 A taxa de desemprego do 3º trimestre de 2008 foi de 7,7 A taxa de desemprego estimada para o 3º trimestre de 2008 foi de 7,7. Este valor

Leia mais

Estatísticas Demográficas 30 de Setembro de

Estatísticas Demográficas 30 de Setembro de Estatísticas Demográficas 3 de Setembro de 24 23 Em 23, e face ao ano anterior, a natalidade decresceu 1,6%, enquanto que a mortalidade aumentou 2,3%. A mortalidade infantil e fetal continuaram em queda.

Leia mais

A taxa de desemprego estimada foi 13,5%

A taxa de desemprego estimada foi 13,5% 4 de fevereiro de 2015 Estatísticas do Emprego 4º trimestre de 2014 A taxa de desemprego estimada foi 13,5 A taxa de desemprego estimada para o 4º trimestre de 2014 foi 13,5. Este valor é superior em 0,4

Leia mais

Mulheres e Homens em Portugal, Retrato Estatístico da Década de 90

Mulheres e Homens em Portugal, Retrato Estatístico da Década de 90 Informação à Comunicação Social 16 de Maio de 2000 Mulheres e Homens em Portugal, Retrato Estatístico da Década de 90 Encontra-se disponível um documento de trabalho com cerca de 50 páginas sobre este

Leia mais

POPULAÇÃO ESTRANGEIRA EM PORTUGAL MODERA CRESCIMENTO

POPULAÇÃO ESTRANGEIRA EM PORTUGAL MODERA CRESCIMENTO População Estrangeira Residente em Portugal Resultados provisórios 2002 2 de Julho de 2003 POPULAÇÃO ESTRANGEIRA EM PORTUGAL MODERA CRESCIMENTO Em 2002, a população estrangeira com a situação regularizada,

Leia mais

Notas e Documentos 1_ página

Notas e Documentos 1_ página Notas e Documentos 1_ página 143 A população de nacionalidade espanhola residente em P ortug tugal: Uma caracterização com base nos Censos 2001 1 Autora: Paula Paulino Técnica Superior de Estatística do

Leia mais

A taxa de desemprego estimada foi 13,1%

A taxa de desemprego estimada foi 13,1% 5 de novembro de 2014 Estatísticas do Emprego 3º trimestre de 2014 A taxa de desemprego estimada foi 13,1 A taxa de desemprego estimada para o 3º trimestre de 2014 foi de 13,1. Este valor é inferior em

Leia mais

Situação dos migrantes e seus descendentes directos no mercado de trabalho Módulo ad hoc do Inquérito ao Emprego de 2008

Situação dos migrantes e seus descendentes directos no mercado de trabalho Módulo ad hoc do Inquérito ao Emprego de 2008 6. TEMA EM ANÁLISE Situação dos migrantes e seus descendentes directos no mercado de trabalho Módulo ad hoc do Inquérito ao Emprego de 2008 Graça Magalhães* Instituto Nacional de Estatística 1. Introdução

Leia mais

Índice Geral 1. EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO RESIDENTE DENSIDADE POPULACIONAL FAMÍLIAS, ALOJAMENTOS E EDIFÍCIOS... 7

Índice Geral 1. EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO RESIDENTE DENSIDADE POPULACIONAL FAMÍLIAS, ALOJAMENTOS E EDIFÍCIOS... 7 0 Índice Geral 1. EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO RESIDENTE... 2 2. DENSIDADE POPULACIONAL... 5 3. FAMÍLIAS, ALOJAMENTOS E EDIFÍCIOS... 7 4. ESTRUTURA ETÁRIA DA POPULAÇÃO RESIDENTE... 9 5. NATURALIDADE DA POPULAÇÃO

Leia mais

Taxa de desemprego estimada em 13,7%

Taxa de desemprego estimada em 13,7% 6 de maio de 2015 Estatísticas do Emprego 1º trimestre de 2015 Taxa de desemprego estimada em 13,7 A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2015 foi de 13,7. Este valor é superior, em 0,2 pontos

Leia mais

Taxa de desemprego estimada em 12,4%

Taxa de desemprego estimada em 12,4% 11 de maio de 216 Estatísticas do Emprego 1.º trimestre de 216 Taxa de desemprego estimada em 12,4 A taxa de desemprego no 1.º trimestre de 216 foi 12,4. Este valor é superior em,2 pontos percentuais (p.p.)

Leia mais

Resultados Provisórios POPULAÇÃO ESTRANGEIRA EM PORTUGAL 2001

Resultados Provisórios POPULAÇÃO ESTRANGEIRA EM PORTUGAL 2001 Informação à Comunicação Social 24 de Julho de 2002 Resultados Provisórios POPULAÇÃO ESTRANGEIRA EM PORTUGAL 2001 1. População Estrangeira Residente Os dados estatísticos, reportados a 31 de Dezembro de

Leia mais

A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2014 foi 13,9%

A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2014 foi 13,9% 05 de agosto de 2014 Estatísticas do Emprego 2º trimestre de 2014 A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2014 foi 13,9 A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2014 foi 13,9.

Leia mais

EM 2009, 39 MUNICÍPIOS APRESENTAVAM UM PODER DE COMPRA PER CAPITA ACIMA DA MÉDIA NACIONAL

EM 2009, 39 MUNICÍPIOS APRESENTAVAM UM PODER DE COMPRA PER CAPITA ACIMA DA MÉDIA NACIONAL EM 2009, 39 MUNICÍPIOS APRESENTAVAM UM PODER DE COMPRA PER CAPITA ACIMA DA MÉDIA NACIONAL Estudo sobre o Poder de Compra Concelhio 2009 Em 2009, dos 308 municípios portugueses, 39 apresentavam, relativamente

Leia mais

Dia Internacional da Família 15 de maio

Dia Internacional da Família 15 de maio Dia Internacional da Família 15 de maio 14 de maio de 14 (versão corrigida às 16.3H) Na 1ª página, 5º parágrafo, 3ª linha, onde se lia 15-65 anos deve ler-se 15-64 anos Famílias em Portugal As famílias

Leia mais

A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2014 foi 13,9%

A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2014 foi 13,9% 5 de agosto de 2014 Estatísticas do Emprego (corrigido às 16:40) 2º trimestre de 2014 (substituição do gráfico 1, na página 2, e do gráfico 3, na página 3, por existir um erro nos eixos das ordenadas)

Leia mais

Gráfico1 - População residente com 15 ou mais anos, segundo o grupo etário, perante o grupo socio-económico. Menos de 15 Anos

Gráfico1 - População residente com 15 ou mais anos, segundo o grupo etário, perante o grupo socio-económico. Menos de 15 Anos O Instituto Nacional de Estatística (INE), disponibiliza os dados do Censos 2011. Relativamente ao concelho de Manteigas e concretamente à freguesia de Santa Maria, fizemos uma síntese da informação que

Leia mais

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

DIA INTERNACIONAL DA MULHER 4 de Março de 2004 Dia Internacional da Mulher DIA INTERNACIONAL DA MULHER O Instituto Nacional de Estatística não quis deixar de se associar à comemoração do Dia Internacional da Mulher, 8 de Março, apresentando

Leia mais

A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1%

A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1% 09 de maio de 2014 Estatísticas do Emprego 1º trimestre de 2014 A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1 A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1. Este

Leia mais

Estatísticas do Emprego 4º trimestre de A taxa de desemprego do 4º trimestre de 2008 foi de 7,8% 17 de Fevereiro de 2009

Estatísticas do Emprego 4º trimestre de A taxa de desemprego do 4º trimestre de 2008 foi de 7,8% 17 de Fevereiro de 2009 Estatísticas do Emprego 4º trimestre de 2008 17 de Fevereiro de 2009 A taxa de desemprego do 4º trimestre de 2008 foi de 7,8% A taxa de desemprego estimada para o 4º trimestre de 2008 foi de 7,8%. Este

Leia mais

ZA6649. Flash Eurobarometer 427 (Public Opinion in the EU Regions) Country Questionnaire Portugal

ZA6649. Flash Eurobarometer 427 (Public Opinion in the EU Regions) Country Questionnaire Portugal ZA669 Flash Eurobarometer 7 (Public Opinion in the EU Regions) Country Questionnaire Portugal FL7 - FLASH SURVEY IN NUTS I AND NUTS II REGIONS - nd wave PT D Poderia dizer-me a sua idade? (ESCREVER - SE

Leia mais

ESTATÍSTICAS DO EMPREGO Região Norte (NUTS III)

ESTATÍSTICAS DO EMPREGO Região Norte (NUTS III) Informação à Comunicação Social 16 de Outubro de 2 ESTATÍSTICAS DO EMPREGO Região Norte (NUTS III) 2º Trimestre de 2 No segundo trimestre de 2, a taxa de desemprego na região Norte cifrou-se em 4,1%, registando

Leia mais

III INQUÉRITO NACIONAL AO CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NA POPULAÇÃO GERAL, PORTUGAL 2012

III INQUÉRITO NACIONAL AO CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NA POPULAÇÃO GERAL, PORTUGAL 2012 III INQUÉRITO NACIONAL AO CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NA POPULAÇÃO GERAL, PORTUGAL 2012 Consumo de substâncias psicoativas na população laboral Casimiro Balsa Clara Vital Cláudia Urbano CESNOVA

Leia mais

AMADO. Censos 2011 SÍNTESE DOS RESULTADOS DEFINITIVOS

AMADO. Censos 2011 SÍNTESE DOS RESULTADOS DEFINITIVOS AMADO ORA Censos 2011 SÍNTESE DOS RESULTADOS DEFINITIVOS SÍNTESE DOS RESULTADOS DEFINITIVOS POPULAÇÃO RESIDENTE, POPULAÇÃO PRESENTE, FAMÍLIAS, NÚCLEOS FAMILIARES, ALOJAMENTOS E EDIFÍCIOS.. 3 POPULAÇÃO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS FAMÍLIAS 2001

UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS FAMÍLIAS 2001 Informação à Comunicação Social 15 de Março de 22 UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS FAMÍLIAS 21 No terceiro trimestre de 21, cerca de um quarto das famílias portuguesas - 24%

Leia mais

nº de beneficiários de subsidio de desemprego por sexo

nº de beneficiários de subsidio de desemprego por sexo O presente documento pretende fazer de forma sintética uma análise das principais caraterísticas do Distrito de Faro no que à área social diz respeito. Pretendemos que sirva como elemento de consulta base

Leia mais

(112,47) ^^encia a 413,36

(112,47) ^^encia a 413,36 (112,47) ^^encia a 413,36 Este documento pretende proceder a uma análise sintética das principais variáveis sociais, económicas e demográficas do Distrito de Évora salientando os aspetos que se afiguram

Leia mais

CENSOS 2011 DADOS DEFINITIVOS

CENSOS 2011 DADOS DEFINITIVOS Município de CENSOS 2011 DADOS DEFINITIVOS (Concelho de ) Índice População Residente.. 3 Densidade Populacionais. 4 Variação da População..5 Jovens e Idosos...6 Índice de Envelhecimento...7 Desemprego..8

Leia mais

Nados vivos segundo a nacionalidade dos pais, Portugal, 1995 a 2009 análise exploratória de dados

Nados vivos segundo a nacionalidade dos pais, Portugal, 1995 a 2009 análise exploratória de dados Nados vivos segundo a nacionalidade dos pais, Portugal, 1995 a 2009 Joana Malta Instituto Nacional de Estatística Graça Magalhães Instituto Nacional de Estatística Nados vivos segundo a nacionalidade dos

Leia mais

Consultoria Técnica: Keypoint, Consultoria Científica, Lda. Operacionalização do estudo: Lénia Nogueira Relatório Estatístico: Ana Macedo

Consultoria Técnica: Keypoint, Consultoria Científica, Lda. Operacionalização do estudo: Lénia Nogueira Relatório Estatístico: Ana Macedo 2015 Consultoria Técnica: Keypoint, Consultoria Científica, Lda. Operacionalização do estudo: Lénia Nogueira Relatório Estatístico: Ana Macedo 2015 Avaliação das práticas contracetivas das mulheres em

Leia mais

2.2. Emprego / Dinâmicas Económicas

2.2. Emprego / Dinâmicas Económicas 2.2. Emprego / Dinâmicas Económicas Num período marcado por uma profunda crise económico-financeira e social que afecta de um modo geral todos os territórios, assumindo contornos que possibilitam defini-la

Leia mais

Resultados definitivos. Anabela Delgado INE, Gabinete dos Censos 20 de novembro 2012

Resultados definitivos. Anabela Delgado INE, Gabinete dos Censos 20 de novembro 2012 Resultados definitivos Anabela Delgado INE, Gabinete dos Censos 20 de novembro 2012 Temas em Análise População Família Parque Habitacional 1 População 2 População Residente À data do momento censitário

Leia mais

QUEBRA DE NADOS-VIVOS EM 2003

QUEBRA DE NADOS-VIVOS EM 2003 Estatísticas Vitais - Natalidade Resultados provisórios de 23 8 de Junho de 24 QUEBRA DE NADOS-VIVOS EM 23 Em 23, a natalidade decresce ligeiramente no país, o número de nados-vivos fora do casamento continua

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SINES DEMOGRAFIA E INDICADORES DEMOGRÁFICOS

SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SINES DEMOGRAFIA E INDICADORES DEMOGRÁFICOS DEMOGRAFIA E INDICADORES DEMOGRÁFICOS 1 INDICADOR: População residente e taxa de variação, 1991 e 2001 População Variação 1991 2001 Portugal 9867147 10356117 5,0 Alentejo 782331 776585-0,7 Alentejo Litoral

Leia mais

O que nos dizem os resultados do Inquérito ao Emprego sobre o Mercado de Trabalho em Portugal nos últimos anos?

O que nos dizem os resultados do Inquérito ao Emprego sobre o Mercado de Trabalho em Portugal nos últimos anos? O que nos dizem os resultados do Inquérito ao Emprego sobre o Mercado de Trabalho em Portugal nos últimos anos? Sónia Torres (sonia.torres@ine.pt) Departamento de Estatísticas Demográficas e Sociais Estatísticas

Leia mais

Evolução da população

Evolução da população Site da CMLoures Link Município Estatísticas Censos de 2011 Resultados Provisórios I Censos de 2001 I Mapa Interativo Censos de 2011 Resultados Provisórios Demografia I Construção I Habitação Demografia

Leia mais

Seminário> Família: realidades e desafios. Instituto de Defesa Nacional / Lisboa - Dias 18 e 19 de Novembro de 2004

Seminário> Família: realidades e desafios. Instituto de Defesa Nacional / Lisboa - Dias 18 e 19 de Novembro de 2004 Instituto de Defesa Nacional / Lisboa - Dias 18 e 19 de Novembro de 2004 A Monoparentalidade em Portugal Breve caracterização através dos Censos Graça Magalhães núcleos familiares monoparentais Evolução

Leia mais

ESTIMATIVA DO PARQUE HABITACIONAL

ESTIMATIVA DO PARQUE HABITACIONAL Informação à Comunicação Social 7 de Agosto de 2000 ESTIMATIVA DO PARQUE HABITACIONAL 1991-1999 O INE apresenta os principais resultados da Estimativa do Parque Habitacional, para o período 1991-1999,

Leia mais

A Madeira no Feminino

A Madeira no Feminino A Madeira no Feminino 2000-2014 ELABORAÇÃO: Direção de Serviços de Estatísticas do Trabalho Direção Regional do Trabalho 2 de março 2015 1 A MADEIRA NO FEMININO (indicadores de evolução 2000-2014) População

Leia mais

Estatísticas do Emprego. 4.º Trimestre. Estatísticas oficiais

Estatísticas do Emprego. 4.º Trimestre. Estatísticas oficiais Estatísticas do Emprego 2011 4.º Trimestre Edição 2011 e Estatísticas oficiais Estatísticas do Emprego 2011 4.º Trimestre Edição 2011 FICHA TÉCNICA Em Abril de 1996 o Fundo Monetário Internacional (FMI)

Leia mais

Perfil dos emigrantes portugueses no mercado de trabalho europeu

Perfil dos emigrantes portugueses no mercado de trabalho europeu portugueses e seus descendentes no mercado de trabalho europeu 2014 7 de agosto de 2017 Perfil dos emigrantes portugueses no mercado de trabalho europeu A população portuguesa emigrante na Europa era,

Leia mais

Dia Internacional da Juventude 12 de agosto

Dia Internacional da Juventude 12 de agosto Dia Internacional da Juventude 12 de agosto 11 de agosto de 2014 A população jovem 1 em Portugal diminuiu em quase meio milhão de pessoas Na última década, o número de jovens entre os 15 e os 29 anos reduziu-se

Leia mais

INSTITUTO REGIONAL DE EMPREGO

INSTITUTO REGIONAL DE EMPREGO INSTITUTO REGIONAL DE EMPREGO INDICADORES DO MERCADO DE EMPREGO SÍNTESE SETEMBRO-2007 SETEMBRO/06 AGOSTO/07 SETEMBRO/07 VARIAÇÃO % V.A. % V.A. % V.A. % Mês Homólogo Mês Anterior DESEMPREGO REGISTADO 7946

Leia mais

INFORMAÇÃO MENSAL DO MERCADO DE EMPREGO

INFORMAÇÃO MENSAL DO MERCADO DE EMPREGO ISSN : 0871-4452 INFORMAÇÃO MENSAL DO MERCADO DE EMPREGO MERCADO DE EMPREGO MARÇO MAIO 2011 2015 nº nº 053 ÍNDICE COMENTÁRIO C O M E N T Á R I O 1 S Í N T E S E 3 P E D I D O S D E E M P R E G O : P O

Leia mais

PERFIL DOS ESTUDANTES QUE INGRESSAM PELA PRIMEIRA VEZ, NO 1º ANO NA ESEL 2012/2013

PERFIL DOS ESTUDANTES QUE INGRESSAM PELA PRIMEIRA VEZ, NO 1º ANO NA ESEL 2012/2013 PERFIL DOS ESTUDANTES QUE INGRESSAM PELA PRIMEIRA VEZ, NO 1º ANO NA ESEL 2012/2013 Realização: Alexandre Boavida Vicente Ana Cristina Santos Ana Paula Fontinha Bruno Gonçalves Ramos Coordenação: Alexandra

Leia mais

FORUM ANUAL da Mobilidade Transfronteiriça 23 FEVEREI RO 2010

FORUM ANUAL da Mobilidade Transfronteiriça 23 FEVEREI RO 2010 FORUM ANUAL da Mobilidade Transfronteiriça 23 FEVEREI RO 2010 ÂMBITO TERRITORIAL DR Norte Minho-Lima Cávado Alto Trás-os-Montes Douro DR Centro Beira Interior Norte Beira Interior Sul DR Alentejo Alto

Leia mais

Acesso aos Cuidados de Saúde e Nível de Saúde das Comunidades Imigrantes Africana e Brasileira em Portugal

Acesso aos Cuidados de Saúde e Nível de Saúde das Comunidades Imigrantes Africana e Brasileira em Portugal Acesso aos Cuidados de Saúde e Nível de Saúde das Comunidades Imigrantes Africana e Brasileira em Portugal Estatísticas de Imigração A informação quantitativa disponível sobre a população estrangeira residente

Leia mais

INQUÉRITO ÀS NECESSIDADES DE QUALIFICAÇÃO DAS MICROEMPRESAS DA RAM 2006/2008

INQUÉRITO ÀS NECESSIDADES DE QUALIFICAÇÃO DAS MICROEMPRESAS DA RAM 2006/2008 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL INQUÉRITO ÀS NECESSIDADES DE QUALIFICAÇÃO DAS MICROEMPRESAS DA RAM 2006/2008 SÍNTESE DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Diversidade Demográfica

Diversidade Demográfica Municípios de Borda D Água do Tejo Diversidade Demográfica Exposição de Trabalhos 1º Ano, Turma G 2 a 6 de novembro/215 Diversidade demográfica dos municípios borda d água do Tejo Azambuja e Almada Municipio

Leia mais

Direção Regional de Estatística da Madeira

Direção Regional de Estatística da Madeira 03 de outubro de 2014 ESTATÍSTICAS DEMOGRÁFICAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2013 A presente publicação compila os diferentes indicadores divulgados ao longo do ano relativos ao comportamento demográfico

Leia mais

,8 15,1 INE, Censos /2009-7,4-8,7

,8 15,1 INE, Censos /2009-7,4-8,7 TERRITÓRIO E DEMOGRAFIA 1. Área, km² 8543 1106,8 INE, Censos 2011 2. Área por freguesia, km² STª Maria Salvador Brinches Vila Verde de Ficalho Vila Nova S. Bento Pias Vale de Vargo 154,9 287,8 93,4 103,8

Leia mais

AS CIDADES EM NÚMEROS

AS CIDADES EM NÚMEROS CD-ROM As Cidades em Números 2000-2002 17 de Junho de 2004 AS CIDADES EM NÚMEROS Caracterizar e quantificar o conhecimento sobre as actuais 141 cidades portuguesas, espaços que, cada vez mais, concentram

Leia mais

97% Dos indivíduos com idade entre os 10 e os 15 anos utilizam computador, 93% acedem à Internet e 85% utilizam telemóvel

97% Dos indivíduos com idade entre os 10 e os 15 anos utilizam computador, 93% acedem à Internet e 85% utilizam telemóvel Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias: Indivíduos dos 1 aos 15 anos 3 de Fevereiro 9 97% Dos indivíduos com idade

Leia mais

POPULAÇÃO. Resultados Provisórios dos Censos 2011 Gabinete de Sistemas de Informação Geográfica GSIG Câmara Municipal de Oeiras

POPULAÇÃO. Resultados Provisórios dos Censos 2011 Gabinete de Sistemas de Informação Geográfica GSIG Câmara Municipal de Oeiras POPULAÇÃO XV Recenseamento Geral da População e V Recenseamento Geral da Habitação (Censos 2011) Resultados Provisórios Última atualização destes dados: 07 de dezembro de 2011 População residente (N.º)

Leia mais

INSTITUTO REGIONAL DE EMPREGO

INSTITUTO REGIONAL DE EMPREGO INSTITUTO REGIONAL DE EMPREGO INDICADORES DO MERCADO DE EMPREGO SÍNTESE JANEIRO/07 DEZEMBRO/07 JANEIRO/08 VARIAÇÃO % V.A. % V.A. % V.A. % Mês Homólogo Mês Anterior DESEMPREGO REGISTADO 8895 100,0 8773

Leia mais

INFORMAÇÃO MENSAL DO MERCADO DE EMPREGO

INFORMAÇÃO MENSAL DO MERCADO DE EMPREGO ISSN : 0871-4452 INFORMAÇÃO MENSAL DO MERCADO DE EMPREGO MERCADO DE EMPREGO OUTUBRO MAIO 2011 2015 nº nº 0510 ÍNDICE COMENTÁRIO C O M E N T Á R I O 1 S Í N T E S E 3 P E D I D O S D E E M P R E G O : P

Leia mais

Acidentes de trabalho e problemas de saúde relacionados com o trabalho (ATPS 2013)

Acidentes de trabalho e problemas de saúde relacionados com o trabalho (ATPS 2013) Acidentes de e problemas de saúde relacionados com o (ATPS 2013) Módulo ad hoc do Inquérito ao Emprego DES/Serviço de Estatísticas das Condições de Vida 14ª Reunião da Secção Permanente de Estatísticas

Leia mais

[DINÂMICAS REGIONAIS NA REGIÃO CENTRO]

[DINÂMICAS REGIONAIS NA REGIÃO CENTRO] DINÂMICAS REGIONAIS NA REGIÃO CENTRO A REGIÃO CENTRO NO CONTEXTO NACIONAL E REGIONAL A Região Centro, segundo a Nomenclatura das Unidades Territoriais para Fins Estatísticos (NUTS), é uma das sete regiões

Leia mais

2012: Uma nova vaga de desempregados da Construção

2012: Uma nova vaga de desempregados da Construção (milhares) 2012: Uma nova vaga de desempregados da Construção Durante a última década (2002-2012), o setor da Construção viveu a crise mais prolongada e intensa da sua história recente, com o ano de 2012

Leia mais

Dia Internacional da Família 15 de maio

Dia Internacional da Família 15 de maio Dia Internacional da Família 15 de maio 14 de maio de 2013 Como são as famílias em Portugal e que riscos económicos enfrentam Em Portugal as famílias são hoje mais e têm menor dimensão média, em consequência

Leia mais

Empregabilidade e esclerose múltipla. Estudo quantitativo MODELO METODOLÓGICO 3 CARACETRIZAÇÃO DA AMOSTRA 5

Empregabilidade e esclerose múltipla. Estudo quantitativo MODELO METODOLÓGICO 3 CARACETRIZAÇÃO DA AMOSTRA 5 Estudo quantitativo Membro associado: Empregabilidade e esclerose múltipla Este documento foi elaborado por Victor Cavaco. Quaisquer esclarecimentos adicionais podem ser solicitados através de vcavaco@spirituc.com,

Leia mais

Comunicação I Análise e caracterização da situação relativa à deficiência motora na Euroregião Galiza Norte de Portugal

Comunicação I Análise e caracterização da situação relativa à deficiência motora na Euroregião Galiza Norte de Portugal Comunicação I Análise e caracterização da situação relativa à deficiência motora na Euroregião Galiza Norte de Portugal Financiado por: Executado por: Estrutura Análise e caracterização da situação relativa

Leia mais

SEIXAL À LUPA DIAGNÓSTICO SOCIAL DO SEIXAL CAPÍTULO 2 ESTRUTURA E DINÂMICA DA POPULAÇÃO E DAS FAMÍLIAS DO CONCELHO DO SEIXAL

SEIXAL À LUPA DIAGNÓSTICO SOCIAL DO SEIXAL CAPÍTULO 2 ESTRUTURA E DINÂMICA DA POPULAÇÃO E DAS FAMÍLIAS DO CONCELHO DO SEIXAL SEIXAL À LUPA DIAGNÓSTICO SOCIAL DO SEIXAL CAPÍTULO 2 ESTRUTURA E DINÂMICA DA POPULAÇÃO E DAS FAMÍLIAS DO CONCELHO DO SEIXAL 1ª REVISÃO ÍNDICE Índice de Figuras... 1 Ficha Técnica da 1ª Revisão do Diagnóstico

Leia mais

RGPH 2010 QUESTIONÁRIO DO ALOJAMENTO

RGPH 2010 QUESTIONÁRIO DO ALOJAMENTO RGPH 2010 QUESTIONÁRIO DO ALOJAMENTO Para proceder ao correcto preenchimento deste questionário, deverá fazer as perguntas necessárias aos proprietários ou ocupantes do edifício DR / SUBDR EDIFICIO ALOJAMENTO

Leia mais

Movimento. Assistencial das. Unidades de Saúde. Área Funcional de Estatística - Núcleo de Estudos e Planeamento. Paula Cunha NEP-Estatística

Movimento. Assistencial das. Unidades de Saúde. Área Funcional de Estatística - Núcleo de Estudos e Planeamento. Paula Cunha NEP-Estatística 2013 Movimento Assistencial das Unidades de Saúde Área Funcional de Estatística - Núcleo de Estudos e Planeamento Paula Cunha NEP-Estatística Ficha Técnica Título Movimento Assistencial das Unidades de

Leia mais

RESULTADOS DEFINITIVOS

RESULTADOS DEFINITIVOS CENSOS 20 XV recenseamento geral da população V recenseamento geral da habitação RESULTADOS DEFINITIVOS LISBOA Instituto Nacional de Estatística Statistics Portugal FICA TÉCNICA Título Censos 20 Resultados

Leia mais

SEMINÁRIO TRABALHO E EMPREENDEDORISMO DA MULHER. Dados Estatísticos

SEMINÁRIO TRABALHO E EMPREENDEDORISMO DA MULHER. Dados Estatísticos SEMINÁRIO TRABALHO E EMPREENDEDORISMO DA MULHER Dados Estatísticos Características da População de Taguatinga, Brazlândia, Vila Estrutural e Ceilândia População Residente Taguatinga, Brazlândia, Vila Estrutural

Leia mais

Perfil da presença feminina no tecido empresarial português. 8 de Março 2012

Perfil da presença feminina no tecido empresarial português. 8 de Março 2012 Perfil da presença feminina no tecido empresarial português Sumário executivo Em Portugal : 54,9% das empresas têm pelo menos uma mulher nos seus cargos de gestão e direcção: 44,8% têm uma equipa mista,

Leia mais

Movimentos de imigrantes

Movimentos de imigrantes S. R. REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DOS RECURSOS HUMANOS DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO Movimentos de imigrantes. Ano 2009. Retrospectiva 2001-2009 Principais indicadores

Leia mais

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes

Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes Atividade Turística Fevereiro 2013 16 de Abril de 2013 Hóspedes do estrangeiro compensam redução de dormidas pelos residentes As dormidas na hotelaria atingiram 1,9 milhões, o que correspondeu a uma variação

Leia mais

1 Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal//SUPLAV

1 Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal//SUPLAV O perfil das mulheres de 10 anos e mais de idade no Distrito Federal e na Periferia Metropolitana de Brasília - PMB segundo a ótica raça/cor 2010 Lucilene Dias Cordeiro 1 1 Secretaria de Estado de Educação

Leia mais

Taxa de desemprego estimada em 8,8%

Taxa de desemprego estimada em 8,8% 9 de agosto de 217 Estatísticas do Emprego 2.º trimestre de 217 Taxa de desemprego estimada em 8,8 A taxa de desemprego do 2.º trimestre de 217 foi de 8,8. Este valor é inferior em 1,3 pontos percentuais

Leia mais

Evolução da população do Concelho de Cascais

Evolução da população do Concelho de Cascais Evolução da população do Concelho de Cascais 197-211 5, 4,5 4, 3,5 Homens 3, 2,5 2, 1,5 1,,5, Idades 95 + 9-94 85-89 8-84 75-79 7-74 65-69 6-64 55-59 5-54 45-49 4-44 35-39 3-34 25-29 2-24 15-19 1-14 5-9

Leia mais

envelhecimento demográfico

envelhecimento demográfico Em, Portugal manteve a tendência de envelhecimento demográfico A evolução demográfica em caracteriza-se por um ligeiro crescimento da população residente em Portugal (10 463), para o qual foi essencial

Leia mais

O MERCADO DE TRABALHO Portugal na União Europeia Alguns indicadores estatísticos

O MERCADO DE TRABALHO Portugal na União Europeia Alguns indicadores estatísticos Informação à Comunicação Social 22 de arço de 2000 O ERCADO DE TRABALO na União Europeia Alguns indicadores estatísticos A propósito da realização, em Lisboa, a 23 e 24 de arço de 2000, da Cimeira extraordinária

Leia mais

SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL

SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL S R REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS DIREÇÃO REGIONAL DO TRABALHO SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL (RETRIBUIÇÃO MÍNIMA MENSAL GARANTIDA NA REGIÃO) Taxas

Leia mais

VH RSWDU SHOR SUHHQFKLPHQWR DWUDY¹V GD,QWHUQHW XWLOL]H HVWD FRGLILFD R TXDQGR OKH IRU VROLFLWDGD D LGHQWLILFD R GR DORMDPHQWR

VH RSWDU SHOR SUHHQFKLPHQWR DWUDY¹V GD,QWHUQHW XWLOL]H HVWD FRGLILFD R TXDQGR OKH IRU VROLFLWDGD D LGHQWLILFD R GR DORMDPHQWR 2 2 º 2 º tte te te teee t 2 te te te e tes 2 e 2 22 eses es es es 2 2 º te º te ste st te te te 2 22 e e te º te ste st te te te 2 22 e e te º te ste st te te te 2 22 e e te º te ste st te te te 2 22

Leia mais

A atividade económica da Madeira nas estatísticas do Banco de Portugal

A atividade económica da Madeira nas estatísticas do Banco de Portugal Ana Margarida de Almeida Diretora-Adjunta Departamento de Estatística 22 outubro 2014 Funchal Agenda 1. Introdução 2. Estatísticas Monetárias e Financeiras 3. Estatísticas da Balança de Pagamentos e da

Leia mais

Seminários em Bioestatística

Seminários em Bioestatística Seminários em Bioestatística Seleção de variáveis na presença de valores omissos Uma aplicação na modelação do Índice de Massa Corporal nos imigrantes africanos e brasileiros residentes em Lisboa e Setúbal

Leia mais

ESTATÍSTICAS DEMOGRÁFICAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2015

ESTATÍSTICAS DEMOGRÁFICAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2015 11 de outubro 2016 ESTATÍSTICAS DEMOGRÁFICAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2015 População residente Em 31 de dezembro de 2015, a população residente na Região Autónoma da Madeira (RAM) foi estimada em

Leia mais

RETRATO DA REALIDADE EMIGRATÓRIA EM PORTUGAL

RETRATO DA REALIDADE EMIGRATÓRIA EM PORTUGAL Emigração em Portugal 2002 17 de Junho de 2003 RETRATO DA REALIDADE EMIGRATÓRIA EM PORTUGAL Portugal, à semelhança de outros países do sul da Europa, viu alterada a sua tradição migratória, de uma forma

Leia mais

ONDE NASCE O NOVO EMPREGO?

ONDE NASCE O NOVO EMPREGO? www.informadb.pt ONDE NASCE O NOVO EMPREGO? 2ª EDIÇÃO DO ESTUDO ONDE NASCE O NOVO EMPREGO EM PORTUGAL 63% do novo emprego é criado pelas PEQUENAS EMPRESAS 46% do novo emprego criado vem das EMPRESAS JOVENS

Leia mais