DA ADVOCACIA 1ª Parte

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DA ADVOCACIA 1ª Parte"

Transcrição

1 Página1 1. O ADVOGADO Não é tarefa simples dissertar sobre o advogado. A profissão desperta paixões e ódios. Ao mesmo. Ao mesmo tempo em que se enaltece, de forma romântica e poética, aquele que tem por ideal de vida buscar a intransigentemente a justiça, é a profissão vitimada por várias críticas, materializadas, em última instância, nas centenas de crônicas e piadas que procuram abalar a credibilidade do profissional. Quem é, então, esse profissional da área jurídica? Para Affonso Dionysio conceituou a figura do advogado como pessoas que, por conhecimento do direito, legislação e jurisprudência, aconselham as partes litigantes e sustentam seus direitos em juízo, esclarecem os juízes e, devidamente habilitados, co procuração legítima e bastante das partes, dirigem a causa, alegando de fato e de direito tudo quanto convenha aos interesses de seus constituintes. Na prática, uma pessoa que colocará os seus conhecimentos, seus estudos e suas habilidades a serviço daqueles que necessitam de orientação para bem desenvolver seus atos cotidianos. Enfim, um profissional que irá buscar o equilíbrio e, acima de tudo, a justiça, para que a vida em sociedade possa transcorrer com paz e harmonia 2. ORIGENS HISTÓRICAS NO BRASIL No Brasil, tem-se identificado como ponto de partida da profissão a data de , em que foram criados cursos jurídicos em Olinda e São Paulo. Paulo Lôbo registra que a fundação do instituto da Ordem dos Advogados Brasileiros, em 1843 e a criação da Ordem dos Advogados do Brasil, em 1930, simbolizam as etapda evolutivas da advocacia brasileira. 3. DA FUNÇÃO DO ADVOGADO Atualmente, a partir dos novos conceitos de jurisdição, o Estado chama para a titularidade exclusiva para compor uma lide, valendo-se, para tanto, da observância de um conjunto de regras, processuais e materiais, que compõe o direito. Ora, é natural entender que os envolvidos no litígio não têm o necessário conhecimento de todas as leis que regulavam a situação jurídica a que estava submetido. Em resumo, e a bem da verdade, é hoje impossível exigir que os cidadãos conheçam todas as leis e saibam, sozinhos, deduzir suas pretensões em juízo. Daí o surgimento da função e da missão do advogado. É ele quem assegura o esclarecimento do Direito, a fiel interpretação da lei, solucionando os litígios por intermédio do Poder Judiciário, mantendo a paz social, restaurando os direitos violados e auxiliando na consecução da justiça.

2 Página2 A função do advogado é tão importante que está previsto a sua indispensabilidade à administração da justiça na Constituição Federal/1988. a) Em qual artigo da CF/88 há esta previsão? Transcrevê-lo na integra. b) E no Estatuto da OAB existe a previsão referida? Fundamente. 4. DOS REQUISITOS PARA A INSCRIÇÃO COMO ADVOGADO NA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Convém observar, a priori, que a nossa Constituição Federal/1988 garantiu a todos, indistintamente, a liberdade de escolha e exercício de qualquer profissão. E o fez logo no título destinado ao trato Dos Direitos e Garantias Fundamentais, através da redação do art. 5º, inciso XIII, in verbis: é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer. Extrai-se, porém, da leitura do dispositivo constitucional em comento que, para o regular exercício do trabalho, ofício ou profissão escolhida, necessário se fará que o interessado atenda às qualificações profissionais que a lei estabelecer. Assim, há que se concluir que, para o regular exercício da profissão de advogado, deverão ser atendidos os preceitos contidos na lei. Responda: a) Os atos privativos de advogados praticados por pessoa não inscrita na OAB serão considerados. b) E os atos praticados por advogado impedido (no âmbito de seu impedimento), suspenso, licenciado ou que passar a exercer atividade incompatível com a advocacia serão considerados. c) Qual o fundamento para as respostas acima?. d) Qual a exigência legal para que alguém possa exercer livremente a profissão de advogado? Fundamente.

3 Página3 e) Quais são os requisitos necessários para inscrição do advogado no quadro da OAB? Fundamente. f) Da inscrição principal e das inscrições suplementares f.1. Onde feve ser feita a inscrição principal? Fundamente. f.2. A inscrição principal permite ao profissional o exercício da profissão da advocacia apenas no território correspondente ao Conselho Seccional onde a mesma tenha sido realizada. Indaga-se: Qual providência deverá ser tomada pelo se o advogado passar a exercer habitualmente a profissão perante o território de outro Conselho Seccional? Fundamente.

4 Página4 f.5. Quando os advogados reunidos em sociedade civil de prestação de serviços de advocacia deverão requerer a inscrição suplementar? Fundamente. g. Do cancelamento da inscrição e da licença profissional g.1. Quais os casos em que a inscrição do advogado na OAB será cancelada? Fundamente. g.2. Cancelada a inscrição do advogado na OAB, será admitido novo pedido de inscrição? Fundamente. g.2. E na hipótese de exclusão do advogado, será admitido novo pedido de inscrição? Fundamente.

5 Página5 g.3. Quais as hipóteses de licença profissional autorizadas pelo Estatuto da OAB? Fundamente. Ressalta-se, por fim, ainda no tema da inscrição do advogado nos quadros da OAB do Brasil, que nos termos do que dispõe o art. 13 do Estatuto da Advocacia, o documento de identidade profissional, na forma prevista no Regulamento Geral, é de uso obrigatório no exercício da atividade de advogado ou de estagiário e constitui prova de identidade civil para todos os fins legais. 5. DA INSCRIÇÃO DO ESTAGIÁRIO NA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Permite a OAB do Brasil que estudantes de direito também façam parte de seus quadros através da inscrição como estagiários. a) Quais são os requisitos necessários para inscrição do estagiário no quadro da OAB? Fundamente. b) O Estatuto da OAB autoriza que o estágio profissional seja realizado em quais locais? Fundamente.

6 Página6 c) Em qual Conselho Seccional a inscrição do estagiário deve ser realizada? Fundamente. d) Quais são os atos que poderão ser praticados isoladamente, e sob a responsabilidade do advogado ou defensor público, pelo estagiário inscrito na OAB? O estagiário inscrito na OAB pode praticar isoladamente os seguintes atos, sob a responsabilidade do advogado: I retirar e devolver autos em cartório, assinando a respectiva carga; II obter junto aos escrivães e chefes de secretarias certidões de peças ou autos de processos em curso ou findos; III assinar petições de juntada de documentos a processos judiciais ou administrativos. Para o exercício de atos extrajudiciais, o estagiário pode comparecer isoladamente, quando receber autorização ou substabelecimento do advogado. Fundamento: Art. 29, 1º Regulamento Geral do Estatuto da OAB.

PROVIMENTO Nº. 44/2007 CGJ.

PROVIMENTO Nº. 44/2007 CGJ. PROVIMENTO Nº. 44/2007 CGJ. Dispõe sobre os critérios para a extração de fotocópias nas Unidades Judiciárias de 1.ª Instância do Estado de Mato grosso e dá outras providências. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA,

Leia mais

Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil

Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil Faculdade Pitágoras Unidade Divinópolis Disciplina: Ética Profissional dos Operadores Jurídicos Prof.: Vitor Dorneli Rodrigues Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil Lei nº 8.906/1994,

Leia mais

Plano de Aula: Da atividade privativa da advocacia ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL - CCJ0097

Plano de Aula: Da atividade privativa da advocacia ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL - CCJ0097 Plano de Aula: Da atividade privativa da advocacia ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL - CCJ0097 Título Da atividade privativa da advocacia Número de Aulas por Semana Número de Semana de Aula 2 Tema A inscrição,

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 95, DE

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 95, DE SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 95, DE 2011 O CONGRESSO NACIONAL decreta: Altera a Lei nº 8.906, de 04 de julho de 1994, para ampliar o conceito de atividade de advocacia, atividade jurídica

Leia mais

INSTITUIÇÕES JUDICIÁRIAS E ÉTICA. AULA 09 DA ADVOCACIA NOÇÕES INICIAIS Profª Patrícia Maria Haddad

INSTITUIÇÕES JUDICIÁRIAS E ÉTICA. AULA 09 DA ADVOCACIA NOÇÕES INICIAIS Profª Patrícia Maria Haddad 1 INSTITUIÇÕES JUDICIÁRIAS E ÉTICA AULA 09 DA ADVOCACIA NOÇÕES INICIAIS Profª Patrícia Maria Haddad (...) ser advogado significa haver renunciado a muitos sonhos e também haver sido esposado um alto encargo,

Leia mais

DICA 01 Inviolabilidade do escritório ou local de trabalho, instrumento de trabalho, correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, des

DICA 01 Inviolabilidade do escritório ou local de trabalho, instrumento de trabalho, correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, des XXI EXAME DE ORDEM DICA 01 Inviolabilidade do escritório ou local de trabalho, instrumento de trabalho, correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, desde que relativas ao exercício da

Leia mais

Prof. Mariana M Neves ÉTICA PROFISSIONAL

Prof. Mariana M Neves ÉTICA PROFISSIONAL Prof. Mariana M Neves ÉTICA PROFISSIONAL INSCRIÇÃO NA OAB Art. 8º a 14 do Estatuto. - Domicílio profissional Conselho Seccional correspondente - Outro Estado 5 causas por ano - Causas = demandas ajuizadas

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Espírito Santo Presidência

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Espírito Santo Presidência PROVIMENTO Nº 001/2017 Dispõe sobre o Estágio Profissional de Advocacia e disciplina o credenciamento de escritórios de advocacia e outras entidades interessadas, bem como os convênios celebrados pela

Leia mais

Paulo Machado. Teoria e Questões comentadas. De acordo com as Leis /16, /16 e /16.

Paulo Machado. Teoria e Questões comentadas. De acordo com as Leis /16, /16 e /16. Paulo Machado Teoria e Questões comentadas. De acordo com as Leis 13.245/16, 13.247/16 e 13.363/16. De acordo com o Novo Código de Ética e Disciplina e suas posteriores alterações. De acordo com o Novo

Leia mais

Incompatibilidades. Prof. Savio Chalita

Incompatibilidades. Prof. Savio Chalita Incompatibilidades Prof. Savio Chalita 1. Introdução: São restrições ao exercício da Advocacia e deverão SEMPRE obedecer a uma prévia disposição legal, em respeito ao livre exercício profissional (art.

Leia mais

ANEXO IV MODELOS DAS DECLARAÇÕES E DOS COMPROMISSOS PREVISTOS NO EDITAL

ANEXO IV MODELOS DAS DECLARAÇÕES E DOS COMPROMISSOS PREVISTOS NO EDITAL ANEXO IV MODELOS DAS DECLARAÇÕES E DOS COMPROMISSOS PREVISTOS NO EDITAL ANEXO IV MODELOS DAS DECLARAÇÕES E DOS COMPROMISSOS PREVISTOS NO EDITAL p. 1 / 13 ANEXO IV MODELOS DAS DECLARAÇÕES E DOS COMPROMISSOS

Leia mais

DA ATIVIDADE DE ADVOCACIA Da atividade de advocacia em Geral. Visto do Advogado (Artigo 2) Patrono e preposto (Artigo 3)

DA ATIVIDADE DE ADVOCACIA Da atividade de advocacia em Geral. Visto do Advogado (Artigo 2) Patrono e preposto (Artigo 3) DA ATIVIDADE DE ADVOCACIA Da atividade de advocacia em Geral Visto do Advogado (Artigo 2) Atos constitutivos de pessoas jurídicas Indispensável registro no órgão competente Vedado advogado que prestem

Leia mais

Estatuto da OAB e Código de Ética 50 Dicas certeiras para o Exame da OAB

Estatuto da OAB e Código de Ética 50 Dicas certeiras para o Exame da OAB Estatuto da OAB e Código de Ética 50 Dicas certeiras para o Exame da OAB Salve, salve! Tudo bem? É com imensa alegria que lhe apresento este e- book com 50 dicas matadoras para a 1ª Fase da OAB! Desejo-lhe

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO

PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO 0000547-84.2011.2.00.0000 Requerente: Ordem dos Advogados do Brasil - Seção do Estado do Rio de Janeiro Requerido: Corregedoria Geral da Justiça Federal da 2a Região

Leia mais

Regularmente inscrito na OAB

Regularmente inscrito na OAB Da Atividade de Advocacia Da Atividade de Advocacia em Geral Visto do Advogado (Art. 2) Atos constitutivos de pessoas jurídicas Indispensável registro no órgão competente Vedado advogado que prestem serviços

Leia mais

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia.

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 7 PETIÇÃO INICIAL. RESPOSTA DO RÉU. REVELIA. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal! Chegamos

Leia mais

AULA 01. Deontologia Jurídica

AULA 01. Deontologia Jurídica Deontologia Jurídica Professor Roberto Morgado rnmorgado@hotmail.com www.morgadodeontologia.blogspot.com Aula 1 AULA 01 Deontologia e o Exame da OAB Estrutura da OAB Atividades Privativas dos Advogados

Leia mais

f É direito do advogado a inviolabilidade do escritório DEONTOLOGIA FABIANA CAMPOS NEGRO Ética do Advogado

f É direito do advogado a inviolabilidade do escritório DEONTOLOGIA FABIANA CAMPOS NEGRO Ética do Advogado DEONTOLOGIA FABIANA CAMPOS NEGRO Ética do Advogado pelos atos que praticar com dolo ou culpa (art. 32 da Lei 8.906/94 EAOAB). #prontofalei Sigilo: manter se chamado a depor, sobre fatos que tenha tomado

Leia mais

CONTRATO DE ESTÁGIO. RELAÇÃO DE TRABALHO - I -

CONTRATO DE ESTÁGIO. RELAÇÃO DE TRABALHO - I - CONTRATO DE ESTÁGIO. RELAÇÃO DE TRABALHO João Batista dos Santos. - I - Indo direto ao assunto, de dizer-se que estagiário de advocacia é aquele que faz aprendizagem ou tirocínio, regularmente inscrito

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga)

PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga) *C0059067A* C0059067A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga) Estabelece normas de atuação dos advogados das instituições de ensino superior que mantenham atendimento

Leia mais

A FUNÇÃO SOCIAL DO ADVOGADO

A FUNÇÃO SOCIAL DO ADVOGADO A FUNÇÃO SOCIAL DO ADVOGADO Reis, Camila Oliveira. R375a A função social do advogado / Camila Oliveira Reis. Varginha, 2015. 13 slides. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide

Leia mais

INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 1 O EXAME DE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 2 AS JUSTIFICATIVAS DA ORDEM DOS ADVOGADOS

INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 1 O EXAME DE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 2 AS JUSTIFICATIVAS DA ORDEM DOS ADVOGADOS INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Felipe André Marquezani INTRODUÇÃO 1 O EXAME DE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 1.1 Inconstitucionalidade Formal 1.2 Inconstitucionalidade

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Ética profissional, advocacia e atividades privativas. Capítulo 2 Da inscrição na OAB Capítulo 3 Do estagiário...

Sumário. Capítulo 1 Ética profissional, advocacia e atividades privativas. Capítulo 2 Da inscrição na OAB Capítulo 3 Do estagiário... Sumário Capítulo 1 Ética profissional, advocacia e atividades privativas de advocacia... 1 1.1. Conceito de Ética... 1 1.2. Principais Diplomas Normativos que regem a Ética Profissional... 1 1.3. Das Atividades

Leia mais

PARECERES Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados

PARECERES Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados CONSULTA N.º 11/2009 Interpretação do art. 189º do EOA O Senhor Advogado, Dr.... vem solicitar que o emita parecer sobre a factualidade que passamos a enunciar: a. O Senhor Advogado consulente foi notificado,

Leia mais

Direitos do Advogado. Não existe hierarquia entre membros: OAB Ministério Público Magistratura

Direitos do Advogado. Não existe hierarquia entre membros: OAB Ministério Público Magistratura Direitos do Advogado Não existe hierarquia entre membros: OAB Ministério Público Magistratura Direitos a) inviolabilidade do escritório Direitos a) inviolabilidade do escritório b) Comunicar-se com cliente

Leia mais

FGV SEJAP/MA AGENTE PENITENCIÁRIO 2013

FGV SEJAP/MA AGENTE PENITENCIÁRIO 2013 FGV SEJAP/MA AGENTE PENITENCIÁRIO 2013 01. Acerca dos direitos fundamentais inscritos na Constituição de 1988, assinale a afirmativa correta. (A) A Constituição, em garantia ao princípio da igualdade,

Leia mais

I. Por comunicação escrita dirigida ao Bastonário da Ordem dos Advogados, datada de ( ), a Sra. Dra. ( ), Advogada, veio expor o que segue:

I. Por comunicação escrita dirigida ao Bastonário da Ordem dos Advogados, datada de ( ), a Sra. Dra. ( ), Advogada, veio expor o que segue: Processo de Parecer n.º 35/PP/2017-G Requerente: ( ) Relator: Dr. Pedro Costa Azevedo I. Por comunicação escrita dirigida ao Bastonário da Ordem dos Advogados, datada de ( ), a Sra. Dra. ( ), Advogada,

Leia mais

Faculdade de Direito de Franca

Faculdade de Direito de Franca PRÁTICA JURÍDICA CIVIL I PLANO DE ENSINO 2015 1. INFORMAÇÕES GERAIS: Professor Doutor José Antônio de Faria Martos Departamento: Direito Público Disciplina: Prática Jurídica I série: 4ª Turma (s): A e

Leia mais

Advocacia CAPÍTULO I 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS Regulamentação legal da advocacia

Advocacia CAPÍTULO I 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS Regulamentação legal da advocacia CAPÍTULO I Advocacia 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1.1 Regulamentação legal da advocacia A advocacia, tanto pública como privada, encontra-se regulada pela Lei Federal nº 8.906/94 (Estatuto da Advocacia),

Leia mais

PROVIMENTO Nº 004 / 2007

PROVIMENTO Nº 004 / 2007 ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 004 / 2007 Dispõe sobre as hipóteses de consulta, vista, retirada, devolução de autos e extração de cópias reprográficas de

Leia mais

RELATÓRIO. O i. Conselheiro Federal relator, Dr. Luiz Flávio Borges D Urso, sugeriu redação para o Regulamento Geral nos seguintes termos, verbis:

RELATÓRIO. O i. Conselheiro Federal relator, Dr. Luiz Flávio Borges D Urso, sugeriu redação para o Regulamento Geral nos seguintes termos, verbis: Proposição n. 49.0000.2016.000773-1/COP Origem: Presidente do Conselho Federal da OAB. Protocolo n. 49.0000.2016.000764-4. Assunto: Proposta de Provimento. Sociedades Individuais de Advocacia. Relator:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO A C Ó R D Ã O (Conselho Superior da Justiça do Trabalho) CSMCP/mcmg/rt PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS - REGULAMENTAÇÃO DO ADICIONAL DE ATIVIDADE PENOSA AOS SERVIDORES DA - QUESTÃO QUE CARECE DE NORMATIZAÇÃO PELO

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR, PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. PROPOSIÇÃO DE EXTINÇÃO DA CLAUSULA DE BARREIRA.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR, PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. PROPOSIÇÃO DE EXTINÇÃO DA CLAUSULA DE BARREIRA. EXCELENTÍSSIMO SENHOR, PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. PROPOSIÇÃO DE EXTINÇÃO DA CLAUSULA DE BARREIRA. (Art. 63, 2 do Estatuto da OAB, Lei N. 8.906/94) ROBERTO CHARLES

Leia mais

ESTATUTO DA ADVOCACIA E DA OAB EXAME DE ORDEM

ESTATUTO DA ADVOCACIA E DA OAB EXAME DE ORDEM ESTATUTO DA ADVOCACIA E DA OAB EXAME DE ORDEM Questão 07 (XVI Exame Unificado) O advogado Antônio participava do julgamento de recurso de apelação por ele interposto. Ao proferir seu voto, o Relator acusou

Leia mais

Impedimentos. Prof. Savio Chalita

Impedimentos. Prof. Savio Chalita Impedimentos Prof. Savio Chalita 1. ImPedimentos Proibição Parcial para o exercício da advocacia, de limitação variável (diferentemente do que ocorre nas incompatibilidades, onde a proibição é total);

Leia mais

Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil

Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil Lei nº 8.906, de 4-7-1994 Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB Código de Ética e Disciplina Atos Privativos dos Advogados Estágio

Leia mais

FORENSE PROCESSO CIVIL JOSEVAL MARTINS VIANA TEORIA E PRÁTICA

FORENSE PROCESSO CIVIL JOSEVAL MARTINS VIANA TEORIA E PRÁTICA JOSEVAL MARTINS VIANA FORENSE P R Á T I C A em PROCESSO TEORIA E PRÁTICA CIVIL Procuração ad judicia Substabelecimento Exceções de impedimento e suspeição do juiz Intervenção de terceiros Petição inicial

Leia mais

OAB e sua estrutura. Prof. Savio Chalita

OAB e sua estrutura. Prof. Savio Chalita OAB e sua estrutura Prof. Savio Chalita 1. Natureza jurídica da OAB -Conceito clássico (ultrapassado): Autarquia Federal Especial -Conceito recente: ADI 3026/2006 STF: serviço público independente (art.

Leia mais

Ética e Disciplina dos Advogados

Ética e Disciplina dos Advogados Biela Jr Minimanual do Novo Código de Ética e Disciplina dos Advogados 2ª edição 2017 Biela Jr -Minimanual novo CED da OAB.indd 3 04/11/2016 15:27:34 2 Dos princípios fundamentais 2.1. Da indispensabilidade

Leia mais

ANEXO III MODELOS DE DECLARAÇÕES E COMPROMISSOS

ANEXO III MODELOS DE DECLARAÇÕES E COMPROMISSOS ANEXO III MODELOS DE DECLARAÇÕES E COMPROMISSOS MODELO 1 - CARTA DE ENCAMINHAMENTO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO Ref. Concorrência nº. / Campo O (Licitante), (qualificação), por meio de seu representante

Leia mais

PROVIMENTO Nº 12/08-CGJ

PROVIMENTO Nº 12/08-CGJ PROVIMENTO Nº 12/08-CGJ PROCESSO Nº 10-06/000446-8 REGULAMENTA A ENTRE- GA DE AUTOS PARA EX- TRAÇÃO DE CÓPIAS. IN- SERE OS ARTS. 564-A, 564-B E 564-C NA CNJ-CGJ. O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBAR- GADOR

Leia mais

Estágio Supervisionado I

Estágio Supervisionado I Estágio Supervisionado I 5ª etapa TRABALHO Nº 01 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Ministério Público Estadual ou Federal TRABALHO Nº 02 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Advocacia Geral da União

Leia mais

Paulo Machado. 3ª edição Recife PE. dez-em-etica-3edicao.indd 3 23/06/ :12:25

Paulo Machado. 3ª edição Recife PE. dez-em-etica-3edicao.indd 3 23/06/ :12:25 Paulo Machado Teoria e Questões comentadas; Atualizado de acordo com as Leis 13.245/16, 13.247/16 e com o Novo Código de Ética e Disciplina; Atualizado de acordo com o Novo CPC. 3ª edição Recife PE 2016

Leia mais

PARECER Nº 41/PP/2014

PARECER Nº 41/PP/2014 PARECER Nº 41/PP/2014 SUMÁRIO: Impedimento para o exercício de mandato por parte de Advogada, que é arguida em processo de inquérito, para exercer a defesa de seu marido que também é arguido no âmbito

Leia mais

ÉTICA PROFISSIONAL. Prof. Thiago Gomes

ÉTICA PROFISSIONAL. Prof. Thiago Gomes Prof. Thiago Gomes www.professorgomes.wordpress.com REQUISITOS: INSCRIÇÃO Capacidade civil (maioridade + sanidade) Como se comprova? Perda da capacidade Menor de idade Diploma/ certidão de graduação em

Leia mais

Lei Nº DE 22/12/2015

Lei Nº DE 22/12/2015 Lei Nº 18664 DE 22/12/2015 Publicado no DOE em 23 dez 2015 Atualiza o valor das obrigações de pequeno valor, para fins do disposto nos 3º e 4º do art. 100 da Constituição Federal, e adota outras providências.

Leia mais

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE

CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE As normas elaboradas pelo Poder Constituinte Originário são colocadas acima de todas as outras manifestações de direito. A própria Constituição Federal determina um procedimento

Leia mais

NOVO CODIGO DE PROCESSO CIVIL

NOVO CODIGO DE PROCESSO CIVIL NOVO CODIGO DE PROCESSO CIVIL INSTITUTOS IMPORTANTES PARA O MERCADO DE SEGUROS MARCIO MALFATTI NOVEMBRO 2016 DO INCIDENTE DE RESOLUÇÃO DE DEMANDAS REPETITIVAS IRDR DO CABIMENTO Art. 976. É cabível a instauração

Leia mais

PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS SISTEMAS PROC PENAIS e LEI PROC PENAL. Profª. Karem Ferreira Facebook: Karem Ferreira OAB

PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS SISTEMAS PROC PENAIS e LEI PROC PENAL. Profª. Karem Ferreira Facebook: Karem Ferreira OAB PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS SISTEMAS PROC PENAIS e LEI PROC PENAL Profª. Karem Ferreira Facebook: Karem Ferreira OAB Twitter: @Prof_KaFerreira 1. PRINCÍPIOS PROCESSUAIS PENAIS 1.1. Devido Processo Legal

Leia mais

Provimento Nº 102/2004

Provimento Nº 102/2004 Provimento Nº 102/2004 O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, no uso das atribuições que lhe são conferidas nos incisos V e XIII do artigo 54 da Lei 8.906/94, RESOLVE: Art. 1º A indicação

Leia mais

I CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE PROCURADOR DE PRERROGATIVAS DA OAB/GO

I CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE PROCURADOR DE PRERROGATIVAS DA OAB/GO I CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE PROCURADOR DE PRERROGATIVAS DA OAB/GO A Comissão do I Concurso Público para o cargo de Procurador de Prerrogativas da OAB/GO, no uso de suas atribuições, publica ERRATA

Leia mais

SERVIDORES DO FORO JUDICIAL E EXTRAJUDICIAL

SERVIDORES DO FORO JUDICIAL E EXTRAJUDICIAL SERVIDORES DO FORO JUDICIAL E EXTRAJUDICIAL São servidores da Justiça: I - Tabelião de Notas, com função cumulada de Tabelião e Oficial de Registro de Contratos Marítimos; II - Oficial do Registro Civil

Leia mais

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH 1 SOPECE-FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE PERNAMBUCO-PINTO FERREIRA CURSO DE DIREITO-Ética Geral e Profissional-2º Ano-Manhã-2016 Professora: Sueli Gonçalves de Almeida Site: www.loveira.adv.br/material

Leia mais

O aluno deverá consultar seu material didático a fim de responder ao seguinte caso concreto:

O aluno deverá consultar seu material didático a fim de responder ao seguinte caso concreto: ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL - CCJ0042 Título SEMANA 11 Descrição O aluno deverá consultar seu material didático a fim de responder ao seguinte caso concreto: Caso 1 : Procuração e Sociedade de Advogados

Leia mais

RESOLUÇÃO n o 002, de 28 de fevereiro de 2000

RESOLUÇÃO n o 002, de 28 de fevereiro de 2000 RESOLUÇÃO n o 002, de 28 de fevereiro de 2000 Aprova Regimento da Assessoria Jurídica da FUNREI ASJUR O Presidente do Conselho Deliberativo Superior da Fundação de Ensino Superior de São João del-rei FUNREI,

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A PROFERIR PARECER AO PROJETO DE LEI Nº 4850, DE 2016, DO SR

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A PROFERIR PARECER AO PROJETO DE LEI Nº 4850, DE 2016, DO SR COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A PROFERIR PARECER AO PROJETO DE LEI Nº 4850, DE 2016, DO SR. ANTONIO CARLOS MENDES THAME E OUTROS, QUE ESTABELECE MEDIAS CONTRA A CORRUPÇÃO E DEMAIS CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO

Leia mais

REGIONAL DA GRANDE SÃO PAULO SECCIONAL DE OSASCO

REGIONAL DA GRANDE SÃO PAULO SECCIONAL DE OSASCO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS DE DIREITO DA PROCURADORIA REGIONAL DA GRANDE SÃO PAULO SECCIONAL DE OSASCO O Procurador do Estado Chefe da Procuradoria Regional da Grande São Paulo faz saber

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AULAS 12

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AULAS 12 AULAS 12 Dos prazos. Da Comunicação dos atos processuais. Da citação. Da Das cartas. Das intimações. Das nulidades dos atos processuais. Da distribuição e do registro. Dos Prazos Processuais Artigos 218

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA PROCURADORIA DO PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO E CONTENCIOSO AMBIENTAL

EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA PROCURADORIA DO PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO E CONTENCIOSO AMBIENTAL EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA PROCURADORIA DO PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO E CONTENCIOSO AMBIENTAL A Procuradoria do Patrimônio Imobiliário do Estado de São Paulo, unidade integrante

Leia mais

Aula 48. Gratuidade de Justiça

Aula 48. Gratuidade de Justiça Turma e Ano: Direito Processual Civil - NCPC (2016) Matéria / Aula: Gratuidade de Justiça (Parte I) / 48 Professor: Edward Carlyle Monitora: Laryssa Marques Aula 48 Gratuidade de Justiça Tem previsão nos

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Divisão de Compras e Licitações

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Divisão de Compras e Licitações ANEXO IX-A MODELO DE PROCURAÇÃO Pelo presente instrumento particular de mandato, [LICITANTE], sociedade localizada na [ ], Município de [ ], Estado de [ ], inscrita no CNPJ/MF sob o nº [ ], neste ato representada

Leia mais

Provimento Nº 172/2016

Provimento Nº 172/2016 Provimento Nº 172/2016 Altera o art. 5º do Provimento n. 91/2000, o inciso "g" do art. 2º e o 3º do art. 3º do Provimento n. 94/2000, o parágrafo único do art. 2º, o caput do art. 3º e o 5º do art. 4º

Leia mais

Da Advocacia Pública arts , e Seção III Da Advocacia e da Defensoria Pública arts

Da Advocacia Pública arts , e Seção III Da Advocacia e da Defensoria Pública arts ADVOCACIA CF/1988 - Título IV - Da Organização dos Poderes; Capítulo IV - Das Funções Essenciais à Justiça; Seção II Da Advocacia Pública arts. 131-132, e Seção III Da Advocacia e da Defensoria Pública

Leia mais

Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n.

Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n. Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL Lei n.º /2010, de de Na sequência da aprovação e entrada em vigor da Lei

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Resolução OAB/MS n 20/2010 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Regulamenta o uso das salas da OAB/MS e o atendimento aos advogados, estagiários e acadêmicos de Direito. O CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção do Estado da Bahia

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção do Estado da Bahia RESOLUÇÃO Nº 002/2016 - CP Programa de Regularização Financeira da Ordem dos Advogados Brasil Seccional Bahia. CONSELHO PLENO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECCIONAL DO ESTADO DA BAHIA, reunido em 16

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º.

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. 20-02-16 Sábado 08:30h 02-04-16 - Sábado 08:30h ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. Período * As aulas práticas têm início às 08:30h, impreterivelmente, não sendo tolerados atrasos. A aprovação. Em caso de reprovação

Leia mais

Aula Demonstrativa DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Prof. Aloizio Medeiros

Aula Demonstrativa DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Prof. Aloizio Medeiros Aula Demonstrativa DIREITO PROCESSUAL CIVIL Prof. Aloizio Medeiros CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ATOS DE OFÍCIO TJ MG DIREITO PROCESSUAL CIVIL 1. Processos: conceito, espécies, =pos de procedimento; distribuição,

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO 1 REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO Capítulo I: Da Natureza e dos objetivos: Artigo 1º - O presente regulamento disciplina o aproveitamento de 360 horas do Estágio Supervisionado

Leia mais

Estatuto da OAB e Código de Ética DOCENTE CARGA HORÁRIA

Estatuto da OAB e Código de Ética DOCENTE CARGA HORÁRIA CURSO DISCIPLINA DIREITO Estatuto da OAB e Código de Ética DOCENTE PERÍODO CARGA HORÁRIA EMENTA OBJETIVOS HABILIDADES E COMPETÊNCIAS 7 P 40 h Estatuto da Advocacia e da OAB. Código de Ética e Disciplina.

Leia mais

Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU. Profª Lidiane Coutinho MÓDULO I: O MINISTÉRIO PÚBLICO NA COSTITUIÇÃO FEDERAL- ANÁLISE ESTRUTURAL

Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU. Profª Lidiane Coutinho MÓDULO I: O MINISTÉRIO PÚBLICO NA COSTITUIÇÃO FEDERAL- ANÁLISE ESTRUTURAL Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU Profª Lidiane Coutinho MÓDULO I: O MINISTÉRIO PÚBLICO NA COSTITUIÇÃO FEDERAL- ANÁLISE ESTRUTURAL Constituição Federal Poder Executivo Poder Legislativo Poder Judiciário Funções

Leia mais

CF. Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.

CF. Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. JURISDIÇÃO Aspectos gerais Sociedade, lei, desobediência e sanção. Tripartição de Poderes: independência com harmonia. CF. Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo,

Leia mais

Advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB/SP, pode ser sócio de empresa privada?

Advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB/SP, pode ser sócio de empresa privada? E- 2.824/2003 PARECER JURÍDICO Relator Dr. Lafayette Pozzoli Revisor Dra. Maria do Carmo Whitaker Senhor Presidente 1. O requerimento da distinta advogada tem como objetivo consultar este Sodalício sobre

Leia mais

PROJETO DE LEI 043, DE 24 DE JULHO DE 2017.

PROJETO DE LEI 043, DE 24 DE JULHO DE 2017. PROJETO DE LEI 043, DE 24 DE JULHO DE 2017. Dispõe sobre o pagamento de honorários de sucumbência aos Procuradores do Município de Victor Graeff, fixa critérios para o rateio desses valores, e dá outras

Leia mais

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL Em virtude do novo Código de Processo Civil (Lei 13.105, de 16.3.15, que entrará em vigor em 17.3.16, passará a vigorar as novas disposições sobre a Competência Internacional, conforme os artigos abaixo

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Estado do Rio de Janeiro Procuradoria

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Estado do Rio de Janeiro Procuradoria EXMO. SR. PRESIDENTE CONSELHEIRO DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, serviço público independente, dotado de personalidade jurídica e forma

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO PROCURADORIA FISCAL Av. Rangel Pestana, nº300 15º andar Centro CEP Capital São Paulo

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO PROCURADORIA FISCAL Av. Rangel Pestana, nº300 15º andar Centro CEP Capital São Paulo Edital do XLIII Procedimento de Seleção de Estagiários de Direito da Procuradoria Fiscal e Centro de Estudos da PGE. A Procuradora do Estado Chefe da Procuradoria Fiscal, faz saber que no período de 10

Leia mais

Funções Essenciais à Justiça Arts. 127 a 135, CF/88

Funções Essenciais à Justiça Arts. 127 a 135, CF/88 Direito Constitucional Funções Essenciais à Justiça Arts. 127 a 135, CF/88 Art. 127: O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da

Leia mais

Introdução à Engenharia

Introdução à Engenharia Introdução à Engenharia gandhiferrari@gmail.com http://www.facebook.com/profgandhiferrari http://www.twitter.com/gandhiferrari http://profgandhiferrari.wordpress.com O que é o Sistema CONFEA / CREA / MÚTUA

Leia mais

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO Eneida Cornel * A Emenda Constitucional nº 45/2004 trouxe mudanças profundas de competência dos órgãos do Poder Judiciário, especificamente

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL 03/09/2016 Prof. Luciano Dutra: autor das obras Direito Constitucional Essencial, Direito Constitucional para a OAB em Exercícios Comentados (e-book), Direito Constitucional

Leia mais

PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS

PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR HAMILTON ELLIOT AKEL, CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO JOÃO BIAZZO FILHO, OAB/SP 140.971, ALEXANDRE SOARES DA

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Sociais Aplicadas ICSA. - Curso de Direito Currículo 2014/01

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Sociais Aplicadas ICSA. - Curso de Direito Currículo 2014/01 Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Sociais Aplicadas ICSA - Curso de Direito Currículo 2014/01 Descrição do Curso: O curso de Direito é baseado na formação geral,

Leia mais

CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL PROGRAMA DE DEONTOLOGIA PROFISSIONAL E ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA

CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL PROGRAMA DE DEONTOLOGIA PROFISSIONAL E ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL PROGRAMA DE DEONTOLOGIA PROFISSIONAL E ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA 1º 1. A Deontologia Profissional: noção e análise comparativa com a Deontologia no domínio das demais profissões

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS ADEP MG ANÁLISE PRELIMINAR DO ANTEPROJETO DE REFORMA DO CPC

ASSOCIAÇÃO DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS ADEP MG ANÁLISE PRELIMINAR DO ANTEPROJETO DE REFORMA DO CPC Nº Aspectos Positivos 1 Capítulo IV, Seção III - Da Defensoria Pública (havia a previsão específica de uma seção para tratar apenas da Defensoria Pública) Há o reconhecimento da instituição como essencial

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº03/2014. I para a anuidade do ano de inscrição, 50% (cinquenta por cento) = R$ 300,00(Trezentos Reais) ;

RESOLUÇÃO Nº03/2014. I para a anuidade do ano de inscrição, 50% (cinquenta por cento) = R$ 300,00(Trezentos Reais) ; RESOLUÇÃO Nº03/2014 Fixa o valor das contribuições obrigatórias para o ano de 2015 e dá outras providências. O CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL EM ALAGOAS, no uso das atribuições legais,

Leia mais

CRÍTICAS À ALTERAÇÃO NO REGIMENTO INTERNO DO TST cancelamento de sustentações orais. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho.

CRÍTICAS À ALTERAÇÃO NO REGIMENTO INTERNO DO TST cancelamento de sustentações orais. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho. CRÍTICAS À ALTERAÇÃO NO REGIMENTO INTERNO DO TST cancelamento de sustentações orais. José Alberto Couto Maciel. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho. O Tribunal Superior do Trabalho, em decisão

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO PROCURADORIA REGIONAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO PROCURADORIA REGIONAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO EDITAL DE CONCURSO PARA CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS PROCURADORIA REGIONAL DE SÃO JOSE DO RIO PRETO PR8 CONCURSO PARA ESTÁGIO DE ESTUDANTES DE DIREITO JUNTO À PROCURADORIA GERAL DO ESTADO, REGIONAL DE

Leia mais

ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas

ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas Luís Fernando de Souza Pastana 1 RESUMO: Nosso ordenamento jurídico estabelece a supremacia da Constituição Federal e, para que esta supremacia

Leia mais

A nossa missão é aprovar você! BATERIA DE EXERCÍCIOS PROCESSO ELETRÔNICO LEI /2006

A nossa missão é aprovar você! BATERIA DE EXERCÍCIOS PROCESSO ELETRÔNICO LEI /2006 BATERIA DE EXERCÍCIOS PROCESSO ELETRÔNICO LEI 11.419/2006 GABARITO (as respostas corretas estão em cor verde, assim como o fundamento na Lei nº 11.419/06) 01 - Provas: CONSULPLAN - 2012 - TSE - Analista

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE

DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE DIREITO CONSTITUCIONAL AULA DEMONSTRATIVA TJPE Prof. Jean Pitter BANCA: IBFC INFORMAÇÕES GERAIS DO CONCURSO CARGOS: Técnico (60 vagas) e Analista (49 vagas) INSCRIÇÕES: 24 de julho a 24 de agosto. Valores:

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2013 (Dos Senhores Mauro Benevides, Alessandro Molon e Andre Moura)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2013 (Dos Senhores Mauro Benevides, Alessandro Molon e Andre Moura) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2013 (Dos Senhores Mauro Benevides, Alessandro Molon e Andre Moura) Altera o Capítulo IV - Das Funções Essenciais à Justiça do Título IV Da Organização dos Poderes

Leia mais

Lei complementar nº 35,

Lei complementar nº 35, Lei complementar nº 35, de 14 de março de 1979 Dispõe sobre a Lei Orgânica da Magistratura Nacional O PRESIDENTE DA REPÚBLICA: Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 2014/001 PROCESSO Nº. AD 043/2014 DATA: 19/05/2014. Pedidos de Esclarecimentos

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 2014/001 PROCESSO Nº. AD 043/2014 DATA: 19/05/2014. Pedidos de Esclarecimentos EDITAL DE CREDENCIAMENTO 2014/001 PROCESSO Nº. AD 043/2014 DATA: 19/05/2014 Pedidos de Esclarecimentos A Comissão Especial de Licitação do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo S.A. - BANDES, no uso

Leia mais

Provimento Nº.../2016. Dispõe sobre a Sociedade Individual de Advocacia

Provimento Nº.../2016. Dispõe sobre a Sociedade Individual de Advocacia Provimento Nº.../2016 Dispõe sobre a Sociedade Individual de Advocacia O CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 54, V, da Lei n 8.906,

Leia mais

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I -

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I - PLANO DE CURSO DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE PRÁTICA JURÍDICA II - FAMÍLIA (CÓD. ORES 60158) ETAPA: 8ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades

Leia mais

Escola Superior da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional em São Paulo

Escola Superior da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional em São Paulo Escola Superior da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional em São Paulo Edital PFN/SP nº 03, de 8 de agosto de 2008 XIº Concurso para preechimento de vagas de estágio da Procuradoria da Fazenda Nacional

Leia mais

Limitações da Constituição ao poder de tributar em relação às taxas

Limitações da Constituição ao poder de tributar em relação às taxas BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Limitações da Constituição ao poder de tributar em relação às taxas Adriano Celestino Ribeiro Barros Advogado e autor de artigos de jornal, revistas especializadas, informativos,

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 CAPÍTULO I A PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL... 15 1. Breve reconstrução histórica... 15 1.1. Do Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco ao Procurador

Leia mais

DISCIPLINA: Processo Penal Curso Escrevente do TJ 2017 PROFESSORA: Joana D Arc Alves Trindade Testes de Fixação - Aulas 17 e

DISCIPLINA: Processo Penal Curso Escrevente do TJ 2017 PROFESSORA: Joana D Arc Alves Trindade Testes de Fixação - Aulas 17 e Questões de fixação 01. Nos termos do art. 257 do CPP cabe, ao Ministério Público, I. promover, privativamente, a ação penal pública, na forma estabelecida no CPP; II. buscar a condenação dos indiciados

Leia mais