O aluno deverá consultar seu material didático a fim de responder ao seguinte caso concreto:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O aluno deverá consultar seu material didático a fim de responder ao seguinte caso concreto:"

Transcrição

1 ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL - CCJ0042 Título SEMANA 11 Descrição O aluno deverá consultar seu material didático a fim de responder ao seguinte caso concreto: Caso 1 : Procuração e Sociedade de Advogados EMENTA: AGRAVO REGIMENTAL. RECURSO EXTRAORDINÁRIO. INEXISTÊNCIA. AUSÊNCIA DE PROCURAÇÃO CONFERINDO PODERES AOS ADVOGADOS QUE SUBSCREVERAM A PETIÇÃO RECURSAL. APRESENTAÇÃO EXTEMPORÂNEA. INAPLICABILIDADE DO ART. 13 DO CPC. De acordo com a jurisprudência desta Corte, o recurso interposto por advogado sem procuração nos autos é inexistente. Ademais, não se aplica ao recurso extraordinário o disposto no art. 13 do Código de Processo Civil. Tratando-se de serviços advocatícios prestados por sociedade de advogados, as procurações devem ser outorgadas individualmente aos causídicos e não à sociedade de advogados. Agravo regimental a que se nega provimento. (RE-AgR / SP - SÃO PAULO AG.REG.NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO Relator(a): Min. JOAQUIM BARBOSA Julgamento: 03/03/2009) Analise o caso acima e responda com fundamentação legal: a) Poderá a sociedade de advogados receber poderes através de procuração para representar alguém em juízo? Questões Objetivas: 1. No Contrato Social de uma Sociedade de Advogados não se admite cláusula contendo: a) A permissão de advogar autonomamente (fora da sociedade), apenas para o sócio/advogado mais antigo; b) O exercício da advocacia cível, criminal, trabalhista e tributária, bem como a administração e corretagem de imóveis, como seu objeto social; c) A denominação da sociedade com os nomes abreviados de dois sócios;

2 d) A duração da sociedade por prazo indeterminado. 2. No tocante à sociedade de advogados, assinale a opção correta. a) A sociedade de advogados pode associar-se com advogados apenas para participação nos resultados, sem vínculo de emprego. b)com o falecimento do sócio que dava nome à sociedade de advogados, o conselho seccional deverá notificar de imediato os demais sócios para a alteração do ato constitutivo, independentemente de previsão de permanência do nome do sócio falecido. c) Os advogados associados não respondem pelos danos causados diretamente ao cliente, sendo essa responsabilidade exclusiva dos sócios do escritório. d) Ainda que condenado judicialmente por dano causado a cliente, o advogado não deverá sofrer qualquer sanção disciplinar no âmbito da OAB. 3. Um grupo de colegas recém-admitidos na OAB optaram por reunir-se informalmente em sociedade para reduzir custos, dividir despesas e buscar, cada qual atuando em áreas diferentes, tornar o escritório multidisciplinar. Escolhido o local, confeccionaram placa informativa com os sobrenomes de cada qual deles, acrescentando a expressão?advocacia multidisciplinar?. Assinale a alternativa incorreta. (A) É possível aos advogados reunirem-se em um local, dividindo despesas, mas é vedado apresentarem-se como sociedade de advogados, posto que não registrada na Ordem como tal. (B) não é permitido o uso dos sobrenomes dos advogados em placa indicativa do escritório de advocacia acrescida de nome fantasia. (C) É permitido ao advogado participar de mais de uma sociedade de advogados pertencentes à Seccional da OAB, desde que estejam devidamente inscritas na Ordem. (D) Deve constar, na placa indicativa da sociedade de advogados, seu número de registro na OAB e, no caso de apresentar os nomes dos advogados, é necessário o número da OAB de cada qual. 4. Em relação às sociedades de advogados, considere as assertivas abaixo.

3 I - Não são admitidas a registro nem podem funcionar as sociedades de advogados que, entre outras limitações, realizem atividades estranhas à advocacia. Verdade II - É proibida a inscrição de uma sociedade de advogados em que não constem, em sua razão social, os nomes de todos os sócios. III - O advogado tem o direito de integrar o quadro societário de mais de uma sociedade de advogados na mesma área territorial do respectivo Conselho Seccional onde estejam elas registradas. Quais são corretas de acordo com a Lei no 8.906/1994? (A) Apenas I (B) Apenas III (C) Apenas II e III (D) I, II e III 5. Acerca dos honorários profissionais previstos no Código de Ética e Disciplina da OAB, assinale a opção correta. a) O trabalho do advogado e o tempo necessário ao serviço profissional são elementos que devem ser atendidos para a fixação dos honorários advocatícios. b) Os honorários advocatícios são tabelados nacionalmente e obedecem ao critério de fixação de preços com base no valor da causa, não tendo relevância a condição econômica do cliente. c) Os honorários advocatícios para as causas de família e do direito do trabalho podem ser previstos em contrato escrito ou verbal. d) A cobrança judicial dos honorários advocatícios deve ser feita pelo próprio profissional contratado. 6. Sobre as Sociedades de advogados, assinale a alternativa correta: a) o registro das sociedades de advogados pode dar-se tanto perante o Conselho Estadual da OAB em cuja base territorial tiver sede, bem como, alternativamente, perante a Junta Comercial do Estado em que tiver a sua sede;

4 b) o advogado pode participar de tantas sociedades de advogados quantas desejar, desde que devidamente registrado junto à OAB; c) a sociedade de advogados pode revestir-se de qualquer forma mercantil ou societária prevista no Código Civil ou no Código Comercial; d) os sócios de uma mesma sociedade de advogados não poderão representar em juízo clientes que tenham interesses opostos. 7. Visando diminuir custos operacionais e ampliação do campo de atuação, advogado de várias áreas de especialização do Direito resolveram estabelecer sociedade de advogados incluindo sócios de outras atividades correlatas, como administrador de empresas, economistas e auditores. Esse tipo de sociedade: a) exige registro antecipado na Comissão de Sociedade de Advogados da OAB; b) não é admitido pela OAB; c) deverá ser registrado apenas no registro Civil das Pessoas Jurídicas do estado de São Paulo; d) terá de obter aprovação prévia do tribunal de Ética e Disciplina da OAB. 8. O mandato para o advogado, para agir em juízo: a) não pode ser outorgado exclusivamente para uma sociedade de advogados. b) pode ser outorgado exclusivamente para uma sociedade de advogados, hipótese em que ficam automaticamente habilitados apenas os sócios. c) pode ser outorgado exclusivamente para uma sociedade de advogados, hipótese em que ficam automaticamente habilitados os sócios e os advogados com vínculo empregatício. d) pode ser outorgado exclusivamente para uma sociedade de advogados, ficando a cargo dela a indicação dos profissionais que ficam habilitados a agir em juízo. 9. Assinale a alternativa INCORRETA:

5 a) a sociedade de advogados adquire personalidade jurídica com o registro aprovado dos seus atos constitutivos no Conselho Seccional da OAB em cuja base territorial tiver sede. b) a razão social deve ter, obrigatoriamente, o nome de, pelo menos, 1 (um) advogado responsável pela sociedade, podendo permanecer o nome do sócio falecido, desde que tal possibilidade esteja prevista no ato constitutivo. c) o licenciamento do sócio para exercer atividade incompatível com a advocacia em caráter temporário deve ser averbado no registro da sociedade, alterando-se, necessariamente, sua constituição. d) o ato de constituição de filial deve ser averbado no registro da sociedade e arquivado junto ao Conselho Seccional onde se instalar, ficando os sócios obrigados a inscrição suplementar. 10. A jornada de trabalho do advogado empregado, no exercício da profissão, terá: a) a duração diária de oito horas contínuas e a de quarenta e quatro horas semanais, submetendo-se às regras ordinárias da CLT. b) a duração diária de quatro horas contínuas e a de vinte horas semanais, salvo acordo ou convenção coletiva ou em caso de dedicação exclusiva. c) a duração diária de seis horas contínuas e a de trinta e seis horas semanais, salvo acordo ou convenção coletiva ou em caso de dedicação exclusiva. d) a duração diária de oito horas contínuas e a de quarenta horas semanais, salvo acordo ou convenção coletiva ou em caso de dedicação exclusiva. 11. As horas trabalhadas pelo advogado empregado que excederem a jornada normal são remuneradas por um adicional: a) não inferior a cinquenta por cento sobre o valor da hora normal, mesmo havendo contrato escrito. b) não inferior a cinquenta por cento sobre o valor da hora normal, salvo se houver contrato escrito. c) não inferior a cem por cento sobre o valor da hora normal, mesmo havendo contrato escrito.

6 d) não inferior a cem por cento sobre o valor da hora normal, mesmo salvo se houver contrato escrito. Desenvolvimento

ÉTICA. Sociedades de advogados. Armindo de Castro Júnior

ÉTICA. Sociedades de advogados. Armindo de Castro Júnior ÉTICA Sociedades de advogados Armindo de Castro Júnior E-mail: armindocastro@uol.com.br Homepage: www.armindo.com.br Facebook: Armindo Castro Celular - WhatsApp: (82) 99143-7312 Sociedade simples sui

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 166, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº 166, DE 2015 COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI Nº 166, DE 2015 Dá nova redação ao título do Capítulo IV e aos artigos 15, 16 e 17 da Lei n. 8.906/94 de 4 de julho de 1994, para permitir a constituição

Leia mais

Provimento Nº.../2016. Dispõe sobre a Sociedade Individual de Advocacia

Provimento Nº.../2016. Dispõe sobre a Sociedade Individual de Advocacia Provimento Nº.../2016 Dispõe sobre a Sociedade Individual de Advocacia O CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 54, V, da Lei n 8.906,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Faculdade Mineira de Direito - Núcleo Barreiro

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Faculdade Mineira de Direito - Núcleo Barreiro PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Faculdade Mineira de Direito - Núcleo Barreiro Henrique Gustavo Guimaraes Jose Isaias Fonseca Rafael Moreira Campos Gomes Ronaldo José Santana ANÁLISE CASO

Leia mais

CONTRATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS

CONTRATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS CONTRATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS Pelo presente instrumento particular de contrato [Nome do Advogado], [nacionalidade], [estado civil], advogado(a), inscrito(a) na OAB/Ba sob n. [...], inscrito(a)

Leia mais

ATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

ATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA ATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA Pelo presente instrumento, - [Nome do Advogado], [nacionalidade], [estado civil], advogado(a), inscrito(a) na OAB/Ba sob n. [...], inscrito(a) no CPF/MF

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Ética profissional, advocacia e atividades privativas. Capítulo 2 Da inscrição na OAB Capítulo 3 Do estagiário...

Sumário. Capítulo 1 Ética profissional, advocacia e atividades privativas. Capítulo 2 Da inscrição na OAB Capítulo 3 Do estagiário... Sumário Capítulo 1 Ética profissional, advocacia e atividades privativas de advocacia... 1 1.1. Conceito de Ética... 1 1.2. Principais Diplomas Normativos que regem a Ética Profissional... 1 1.3. Das Atividades

Leia mais

ATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA (MODELO)

ATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA (MODELO) ATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA (MODELO) Pelo presente instrumento, - [Nome do Advogado], [nacionalidade], [estado civil], advogado (a), inscrito(a) na OAB/RN sob n. [...], inscrito(a)

Leia mais

ª ALTERAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS

ª ALTERAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS ª ALTERAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS...(nome da Sociedade)... [Nota: os instrumentos de alteração contratual devem conter o número de registro da sociedade no CNPJ e

Leia mais

Provimento Nº 172/2016

Provimento Nº 172/2016 Provimento Nº 172/2016 Altera o art. 5º do Provimento n. 91/2000, o inciso "g" do art. 2º e o 3º do art. 3º do Provimento n. 94/2000, o parágrafo único do art. 2º, o caput do art. 3º e o 5º do art. 4º

Leia mais

Direitos do Advogado. Não existe hierarquia entre membros: OAB Ministério Público Magistratura

Direitos do Advogado. Não existe hierarquia entre membros: OAB Ministério Público Magistratura Direitos do Advogado Não existe hierarquia entre membros: OAB Ministério Público Magistratura Direitos a) inviolabilidade do escritório Direitos a) inviolabilidade do escritório b) Comunicar-se com cliente

Leia mais

RELATÓRIO. O i. Conselheiro Federal relator, Dr. Luiz Flávio Borges D Urso, sugeriu redação para o Regulamento Geral nos seguintes termos, verbis:

RELATÓRIO. O i. Conselheiro Federal relator, Dr. Luiz Flávio Borges D Urso, sugeriu redação para o Regulamento Geral nos seguintes termos, verbis: Proposição n. 49.0000.2016.000773-1/COP Origem: Presidente do Conselho Federal da OAB. Protocolo n. 49.0000.2016.000764-4. Assunto: Proposta de Provimento. Sociedades Individuais de Advocacia. Relator:

Leia mais

f É direito do advogado a inviolabilidade do escritório DEONTOLOGIA FABIANA CAMPOS NEGRO Ética do Advogado

f É direito do advogado a inviolabilidade do escritório DEONTOLOGIA FABIANA CAMPOS NEGRO Ética do Advogado DEONTOLOGIA FABIANA CAMPOS NEGRO Ética do Advogado pelos atos que praticar com dolo ou culpa (art. 32 da Lei 8.906/94 EAOAB). #prontofalei Sigilo: manter se chamado a depor, sobre fatos que tenha tomado

Leia mais

º ADITIVO AO CONTRATO SOCIAL

º ADITIVO AO CONTRATO SOCIAL º ADITIVO AO CONTRATO SOCIAL Pelo presente instrumento particular de alteração e consolidação do contrato social, os abaixo- assinados:, brasileiro, casado, advogado devidamente inscrito na OAB, Seção

Leia mais

DICA 01 Inviolabilidade do escritório ou local de trabalho, instrumento de trabalho, correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, des

DICA 01 Inviolabilidade do escritório ou local de trabalho, instrumento de trabalho, correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, des XXI EXAME DE ORDEM DICA 01 Inviolabilidade do escritório ou local de trabalho, instrumento de trabalho, correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, desde que relativas ao exercício da

Leia mais

DURAÇÃO DO TRABALHO. Paula Freire 2015

DURAÇÃO DO TRABALHO. Paula Freire 2015 DURAÇÃO DO TRABALHO Paula Freire 2015 Jornada Do francês, journée, trabalho realizado durante um dia, do nascer ao pôr do sol. Duração do trabalho: Tempo em que o empregado está a disposição do empregador.

Leia mais

ÉTICA PROFISSIONAL. Prof. Thiago Gomes

ÉTICA PROFISSIONAL. Prof. Thiago Gomes Prof. Thiago Gomes www.professorgomes.wordpress.com REQUISITOS: INSCRIÇÃO Capacidade civil (maioridade + sanidade) Como se comprova? Perda da capacidade Menor de idade Diploma/ certidão de graduação em

Leia mais

PROVIMENTO N 112/2006 Dispõe sobre as Sociedades de Advogados.

PROVIMENTO N 112/2006 Dispõe sobre as Sociedades de Advogados. PROVIMENTO N 112/2006 Dispõe sobre as Sociedades de Advogados. O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 54, V, da Lei n 8.906, de 4 de

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Da Sra. ERIKA KOKAY)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Da Sra. ERIKA KOKAY) PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Da Sra. ERIKA KOKAY) Acrescenta Seção à Consolidação das Leis do Trabalho para dispor sobre os motoristas e os cobradores de ônibus urbanos e interurbanos. O Congresso Nacional

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO

PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO Interessado: COSEMS-MG 1. Relatório Trata-se de consulta realizada por diversos municípios do FORUM REGIONAL acerca da legalidade

Leia mais

o PROJETO DE LEI E SUA JUSTIFICATIVA

o PROJETO DE LEI E SUA JUSTIFICATIVA Carlos Eduardo Bulhões Pedreira PARECER SOBRE O PROJETO DE LEI N 4.318, DE 2013 o Exmo. Sr. Presidente do Instituto dos s Brasileiros, Dr. Fernando Fragoso, designou-me relator da Indicação n. 005, de

Leia mais

Projeto de lei 4330/ quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados

Projeto de lei 4330/ quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados Projeto de lei 4330/2004 - quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados PL 4330 - projeto original apresenta à Ementa: Dispõe sobre o contrato de prestação de serviços e as relações

Leia mais

OAB e sua estrutura. Prof. Savio Chalita

OAB e sua estrutura. Prof. Savio Chalita OAB e sua estrutura Prof. Savio Chalita 1. Natureza jurídica da OAB -Conceito clássico (ultrapassado): Autarquia Federal Especial -Conceito recente: ADI 3026/2006 STF: serviço público independente (art.

Leia mais

Processo n /Comissão Nacional de Sociedades de Advogados

Processo n /Comissão Nacional de Sociedades de Advogados COMISSÃO NACIONAL DE SOCIEDADE S DE ADVOGADOS Processo n. 49.0000.2015.010104-0/Comissão Nacional de Sociedades de Advogados Assunto: Possibilidade de averbação, nos registros da OAB, da condição de sociedade

Leia mais

2º O advogado dativo será nomeado para prestar assistência até o final do processo, salvo nos casos fundamentadamente justificados pelo juiz.

2º O advogado dativo será nomeado para prestar assistência até o final do processo, salvo nos casos fundamentadamente justificados pelo juiz. LEI N. 3.165, DE 2 DE SETEMBRO DE 2016 Estabelece critérios para a nomeação, remuneração e pagamento de advogados dativos nos processos que não puderem ser assistidos pela Defensoria Pública do Estado

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº03/2014. I para a anuidade do ano de inscrição, 50% (cinquenta por cento) = R$ 300,00(Trezentos Reais) ;

RESOLUÇÃO Nº03/2014. I para a anuidade do ano de inscrição, 50% (cinquenta por cento) = R$ 300,00(Trezentos Reais) ; RESOLUÇÃO Nº03/2014 Fixa o valor das contribuições obrigatórias para o ano de 2015 e dá outras providências. O CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL EM ALAGOAS, no uso das atribuições legais,

Leia mais

09/09/2016 SEGUNDA TURMA : MIN. TEORI ZAVASCKI

09/09/2016 SEGUNDA TURMA : MIN. TEORI ZAVASCKI Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 09/09/2016 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 961.319 MATO GROSSO RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) :

Leia mais

DA ADVOCACIA 1ª Parte

DA ADVOCACIA 1ª Parte Página1 1. O ADVOGADO Não é tarefa simples dissertar sobre o advogado. A profissão desperta paixões e ódios. Ao mesmo. Ao mesmo tempo em que se enaltece, de forma romântica e poética, aquele que tem por

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL I. Foed Saliba Smaka Jr. 06/03/2015.

DIREITO EMPRESARIAL I. Foed Saliba Smaka Jr. 06/03/2015. DIREITO EMPRESARIAL I Foed Saliba Smaka Jr. 06/03/2015. Empresário Empresário é a pessoa que toma a iniciativa de organizar uma atividade econômica de produção ou circulação de bens ou serviços. Pode Ser

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/ta/af

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/ta/af A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/ta/af RECURSO DE REVISTA. PROCURADOR MUNICIPAL. INSTRUMENTO DE MANDATO. AUSÊNCIA DE INDICAÇÃO DO EXERCÍCIO DO CARGO. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. Nos termos da Súmula

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 4.302-E DE 1998 Altera dispositivos da Lei nº 6.019, de 3 de janeiro de 1974, que dispõe sobre o trabalho temporário nas empresas urbanas e dá outras providências; e dispõe

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

Relatório - Plano de Aula 30/01/ :52

Relatório - Plano de Aula 30/01/ :52 Página: 1/8 Disciplina: CCJ0101 - TÓPICOS INTERDISCIPLINARES Semana Aula: 1 Avaliação Externa: OAB Ao final da aula, o aluno deverá ser capaz de: DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA OBJETIVO compreender a dinâmica

Leia mais

ESTATUTO DA ADVOCACIA E DA OAB EXAME DE ORDEM

ESTATUTO DA ADVOCACIA E DA OAB EXAME DE ORDEM ESTATUTO DA ADVOCACIA E DA OAB EXAME DE ORDEM Questão 07 (XVI Exame Unificado) O advogado Antônio participava do julgamento de recurso de apelação por ele interposto. Ao proferir seu voto, o Relator acusou

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. ROBERTO BARROSO :UNIÃO :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO :INOCENCIO GOMES COELHO :ROUSE CLEIDE

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DEONTOLOGIA JURÍDICA Código da Disciplina: JUR268 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 2º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir de:

Leia mais

Estágio Supervisionado I

Estágio Supervisionado I Estágio Supervisionado I 5ª etapa TRABALHO Nº 01 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Ministério Público Estadual ou Federal TRABALHO Nº 02 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Advocacia Geral da União

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL QUESTÃO 1 - Sobre a disciplina do direito empresarial no Brasil: 1. O adquirente de um estabelecimento comercial jamais responderá pelo

Leia mais

RESOLUÇÃO TSE /2008* 1

RESOLUÇÃO TSE /2008* 1 RESOLUÇÃO TSE 22.901/2008* 1 * 1 Resolução alterada pelas Resoluções TSE 23.386/2012, 23.477/2016 e 23.497/2016. PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 18.456 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro

Leia mais

HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS PAULO HENRIQUE DOS SANTOS LUCON

HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS PAULO HENRIQUE DOS SANTOS LUCON PAULO HENRIQUE DOS SANTOS LUCON Prof. Associado da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco USP 10 de agosto de 2016 São Paulo Diretivas do Código de Processo Civil de 2015 Prestígio (I) à advocacia

Leia mais

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 01. (Analista/TRT-24/2011-FCC) Maria, estudante de direito, está discutindo

Leia mais

Antes da inscrição. temporária

Antes da inscrição. temporária TEMAS TRATADOS EM SALA 1. INSCRIÇÃO DE ADVOGADOS (continuação) A) CANCELAMENTO (11, EAOAB) É a interrupção definitiva da inscrição. Se dá pelas seguintes causas: - a pedido do advogado; - sofrer penalidade

Leia mais

Instrumento Coletivo ainda não transmitido, passível de alteração. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

Instrumento Coletivo ainda não transmitido, passível de alteração. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 Instrumento Coletivo ainda não transmitido, passível de alteração. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR077355/2015 SINDICATO DOS LOJISTAS DO COMERCIO DE PORTO ALEGRE, CNPJ

Leia mais

Resolução SE nº 03, de

Resolução SE nº 03, de Resolução SE nº 03, de 28-1-2011 Dispõe sobre o processo de atribuição de classes, turmas e aulas de Projetos da Pasta aos docentes do Quadro do Magistério e dá providências correlatas Tendo em vista o

Leia mais

Jornada de trabalho.

Jornada de trabalho. Jornada de trabalho. 1. Conceito: é uma medida de tempo no qual se inclui o labor diário. a) 1ª concepção: teoria do tempo efetivamente trabalhado, sendo o período do dia em que o empregado efetivamente

Leia mais

FORENSE PROCESSO CIVIL JOSEVAL MARTINS VIANA TEORIA E PRÁTICA

FORENSE PROCESSO CIVIL JOSEVAL MARTINS VIANA TEORIA E PRÁTICA JOSEVAL MARTINS VIANA FORENSE P R Á T I C A em PROCESSO TEORIA E PRÁTICA CIVIL Procuração ad judicia Substabelecimento Exceções de impedimento e suspeição do juiz Intervenção de terceiros Petição inicial

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 4 JORNADA DE TRABALHO

DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 4 JORNADA DE TRABALHO DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 4 JORNADA DE TRABALHO Índice 1. Jornada de trabalho...3 2. Formas de Prorrogação da Jornada de Trabalho...4 3. Horas Extras no Caso de Força Maior...5 4. Trabalho Noturno...6

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Você pode praticar a responsabilidade social ao abrir vagas na sua empresa para adolescentes, na condição de aprendizes ou estagiários. Nesta seção você poderá saber quais as diferenças

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 14/10/2016 PLENÁRIO AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 880.185 ESPÍRITO SANTO RELATOR AGTE.(S) : MINISTRO PRESIDENTE :TIM CELULAR S/A ADV.(A/S) :CARLOS

Leia mais

Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil

Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil Lei nº 8.906, de 4-7-1994 Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB Código de Ética e Disciplina Atos Privativos dos Advogados Estágio

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO 1 REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO Capítulo I: Da Natureza e dos objetivos: Artigo 1º - O presente regulamento disciplina o aproveitamento de 360 horas do Estágio Supervisionado

Leia mais

Mediador - Extrato Convenção Coletiva

Mediador - Extrato Convenção Coletiva Page 1 of 12 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000502/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR018176/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46230.001716/2016-97 DATA

Leia mais

Sumário RECURSOS CÍVEIS

Sumário RECURSOS CÍVEIS Sumário RECURSOS CÍVEIS 1. Conceito de recurso......................... 25 2. Recurso adesivo (art. 500 do CPC).......... 29 3. Recurso adesivo (art. 500 do CPC)- (Modelo 2)................. 32 4. Desistência

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 14/10/2016 PLENÁRIO AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 910.568 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MINISTRO PRESIDENTE :DALLAS RENT

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Rio de Janeiro

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Rio de Janeiro 73 1 1ª. VARA FEDERAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO CONCLUSÃO Nesta data, faço estes autos conclusos. Rio de Janeiro, de de. Diretor de Secretaria AÇÃO CIVIL PÚBLICA Autos nº 0139609-72.2013.4.02.5101

Leia mais

Professor Rogerio Licastro Torres de Mello

Professor Rogerio Licastro Torres de Mello Professor Rogerio Licastro Torres de Mello Doutor e Mestre em Direito Direito Processual Civil pela PUC / SP Facebook: Rogerio Licastro NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Recurso de apelação, agravo e outros

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL 1. A recuperação extrajudicial é uma modalidade prevista na Lei Nº 11.101/2005, e pode ser adotada pelo empresário em dificuldade e com

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI N o 4.001, DE 2012 Acrescenta parágrafos ao art. 482 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452,

Leia mais

1º Termo Aditivo ao Edital de Licitação de Tomada de Preço nº 01/2015 do CRFa 3ª

1º Termo Aditivo ao Edital de Licitação de Tomada de Preço nº 01/2015 do CRFa 3ª 1º Termo Aditivo ao Edital de Licitação de Tomada de Preço nº 01/2015 do CRFa 3ª Fica aditado o Edital de Licitação na modalidade de Tomada de Preço n. 01/2015, do CRFa 3ª, para constar que: 1. O item

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO. Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST

JORNADA DE TRABALHO. Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST JORNADA DE TRABALHO Tempo efetivamente Trabalhado; Tempo à disposição do empregador Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST Conceito Jornada é o lapso de tempo durante o qual o empregado

Leia mais

Quadro Comparativo das Alterações do Regulamento do Plano de Aposentadoria Suplementar da PREVI-SIEMENS

Quadro Comparativo das Alterações do Regulamento do Plano de Aposentadoria Suplementar da PREVI-SIEMENS Capítulo B.1. Do Objeto Capítulo B.1. Do Objeto Item B.1.2.1 Item B.1.2.1 A partir de 1º. de janeiro de 2009 serão vedadas inscrições de novos Participantes neste Plano, caracterizando-se como plano em

Leia mais

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Direito Processual Civil. Analista Judiciário TRE

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Direito Processual Civil. Analista Judiciário TRE CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Direito Processual Civil Analista Judiciário TRE 1) FCC Analista Judiciário Área Judiciária - TRE AP (2015) Considere a seguinte situação hipotética: Marcos, advogado recém

Leia mais

Regras - Eleições 2013

Regras - Eleições 2013 Regras - Eleições 2013 Diretoria Executiva e Conselho Fiscal 1 - Composição 1.a A Diretoria Executiva será composta de 09 (nove) membros eleitos sendo 6 (seis) membros efetivos e 3 (três) suplentes. I

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MINISTRO PRESIDENTE :COMERCIAL TRIBO DO ACAI LTDA - EPP :NELSON FERREIRA : LUCIANO COSTA LIDUARIO E OUTRO(A/S) :GILSON

Leia mais

Regulamento do Bradesco Fundo de Investimento em Quotas de Fundo de Investimento em Ações 157

Regulamento do Bradesco Fundo de Investimento em Quotas de Fundo de Investimento em Ações 157 Regulamento do Bradesco Fundo de Investimento em Quotas de Fundo de Investimento em Ações 157 1- Denominação do Fundo: O Bradesco Fundo de Investimento em Quotas de Fundo de Investimento em Ações 157,

Leia mais

CIRCULAR CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2013

CIRCULAR CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2013 CIRCULAR CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2013 Esta circular do segmento VAREJISTA se aplica aos comerciários da base comum dos sindicatos signatários deste documento: SINCOMÉRCIARIOS E SINCOMÉRCIO,

Leia mais

Associação Educativa Evangélica FACULDADE RAÍZES Plantando Conhecimento para a Vida

Associação Educativa Evangélica FACULDADE RAÍZES Plantando Conhecimento para a Vida REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CAPÍTULO I DAS CONSIDRAÇÕES PRELIMINARES Art.1º O presente Regulamento disciplina as atribuições e o funcionamento do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 831.699 DISTRITO FEDERAL RELATORA RECTE.(S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :EDVALDO BORGES DE ARAÚJO ADV.(A/S) :ANTONIO DANIEL CUNHA RODRIGUES DE SOUZA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :CELIO

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DA PROPRIEDADE INTELECTUAL - ASPI

CÓDIGO DE ÉTICA DA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DA PROPRIEDADE INTELECTUAL - ASPI CÓDIGO DE ÉTICA DA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DA PROPRIEDADE INTELECTUAL - ASPI I. - INTRODUÇÃO Assim como na prática da advocacia, o exercício dos operadores das atividades da Propriedade Intelectual, sejam

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 2ª REGIÃO PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 5ª TURMA PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS PARA CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS COMPOSTA POR SÓCIOS PATRIMONIAIS

INFORMAÇÕES GERAIS PARA CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS COMPOSTA POR SÓCIOS PATRIMONIAIS 1 INFORMAÇÕES GERAIS PARA CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS COMPOSTA POR SÓCIOS PATRIMONIAIS 1-02 (duas) vias do requerimento assinado por todos os sócios; 2-04 (quatro) vias do Instrumento de Contrato

Leia mais

COMPLEXO EDUCACIONAL DAMÁSIO DE JESUS CURSOS ON LINE - OAB ÉTICA PROFISSIONAL PROFESSOR ALYSSON RACHID. Twitter: @alyssonrachid

COMPLEXO EDUCACIONAL DAMÁSIO DE JESUS CURSOS ON LINE - OAB ÉTICA PROFISSIONAL PROFESSOR ALYSSON RACHID. Twitter: @alyssonrachid COMPLEXO EDUCACIONAL DAMÁSIO DE JESUS CURSOS ON LINE - OAB ÉTICA PROFISSIONAL PROFESSOR ALYSSON RACHID Twitter: @alyssonrachid AULA: - Inscrição - Honorários advocatícios 1. Inscrição: - Requisitos para

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Atualizado em 04/11/2015 IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA A exigência de uma atuação moral se relaciona com o dever de probidade, ética e honestidade da Administração

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Objeto e Duração

ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Objeto e Duração ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Objeto e Duração Artigo 1º - A Cemig Participações Minoritárias S.A. (a Sociedade ) é uma sociedade anônima de capital fechado, subsidiária integral, que

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL

DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL A SOCIEDADE NO CÓDIGO CIVIL DE 2002 Art. 981. Celebram contrato de sociedade as pessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir, com bens ou serviços, para o exercício de atividade econômica e a partilha,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA DIRETORIA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

REGIMENTO INTERNO DA DIRETORIA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA REGIMENTO INTERNO DA DIRETORIA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA SUMÁRIO Capítulo I Objeto do Regimento Interno... 3 Capítulo II Missão da Diretoria... 3 Capítulo III Competência... 3 Capítulo

Leia mais

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Estabelece o Regulamento dos cursos presenciais e a distância realizados pelo CRCMG. O PLENÁRIO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS,

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 7 21/10/2016 PLENÁRIO RELATOR EMBTE.(S) EMBDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MINISTRO PRESIDENTE :SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DO DISTRITO FEDERAL - SINPOL/DF

Leia mais

Jornada de trabalho LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA

Jornada de trabalho LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA Jornada de trabalho 1 A jornada de trabalho normal será o espaço de tempo durante o qual o empregado deverá prestar serviço ou permanecer à disposição do empregador, com habitualidade, executadas as horas

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 01/2014

COLETA DE PREÇOS nº 01/2014 COLETA DE PREÇOS nº 01/2014 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

SOCIEDADE LIMITADA HISTÓRICO

SOCIEDADE LIMITADA HISTÓRICO SOCIEDADE LIMITADA HISTÓRICO Decreto-lei nº 3.078/19: em princípio, era regulada por este decreto, mas foi revogada. Código Civil, arts. 1.052 e 1087: atual regulamentação Antes possuía o nome de sociedade

Leia mais

REGULAMENTO DO 9º CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA 9º COREP

REGULAMENTO DO 9º CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA 9º COREP REGULAMENTO DO 9º CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA 9º COREP REGULAMENTO DO CONGRESSO REGIONAL DE PSICOLOGIA 13ª REGIÃO (COREP PB/ 9º COREP) CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - São objetivos do 9º Congresso

Leia mais

Certos de termos esclarecido as principais dúvidas sobre a matéria, colocamo-nos à disposição. Este é nosso parecer.

Certos de termos esclarecido as principais dúvidas sobre a matéria, colocamo-nos à disposição. Este é nosso parecer. ESCLARECIMENTOS SOBRE PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO DA RECEITA FEDERAL PARA RECEBIMENTO DE RESTITUIÇÃO DOS DESCONTOS PREVIDENCIÁRIOS FEITOS NO PERÍODO DE 2003/2007 E PROPOSTA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS

Leia mais

PROGRAMA DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO COM ACOES RESTRITAS RAIA DROGASIL S.A.

PROGRAMA DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO COM ACOES RESTRITAS RAIA DROGASIL S.A. PROGRAMA DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO COM ACOES RESTRITAS DA RAIA DROGASIL S.A. Aprovada na Assembleia Geral Extraordinária realizada em 23 de abril de 2014 1 PROGRAMA DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO COM ACOES

Leia mais

Advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB/SP, pode ser sócio de empresa privada?

Advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB/SP, pode ser sócio de empresa privada? E- 2.824/2003 PARECER JURÍDICO Relator Dr. Lafayette Pozzoli Revisor Dra. Maria do Carmo Whitaker Senhor Presidente 1. O requerimento da distinta advogada tem como objetivo consultar este Sodalício sobre

Leia mais

1ª CCA RV 1ª CÂMARA DE CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM DE RIO VERDE - GO

1ª CCA RV 1ª CÂMARA DE CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM DE RIO VERDE - GO 1ª CCA RV 1ª CÂMARA DE CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM DE RIO VERDE - GO Com fundamento no artigo 65 do Regimento Interno, procede-se à quinta alteração do Regimento Interno, tomando-se as seguintes deliberações:

Leia mais

P r o f e s s o r E v e r t o n Z a d i k i a n É t i c a e E A O A B - X X I I I E x a m e d a O A B

P r o f e s s o r E v e r t o n Z a d i k i a n É t i c a e E A O A B - X X I I I E x a m e d a O A B Paulo é contratado por Pedro para promover ação com pedido condenatório em face de Alexandre, por danos causados ao animal de sua propriedade. Em decorrência do processo, houve condenação do réu ao pagamento

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga)

PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga) *C0059067A* C0059067A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga) Estabelece normas de atuação dos advogados das instituições de ensino superior que mantenham atendimento

Leia mais

OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. CNPJ/MF Nº / NIRE ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL DE ACIONISTAS DE 11 DE MAIO DE 2005

OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. CNPJ/MF Nº / NIRE ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL DE ACIONISTAS DE 11 DE MAIO DE 2005 OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. CNPJ/MF Nº 02.919.555/0001-67 NIRE 35.300.322.746 ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL DE ACIONISTAS DE 11 DE MAIO DE 2005 I. Data, Hora e Local. 1. Em 11 de maio de 2005, às 09:00

Leia mais

Faço saber a todos os habitantes deste Estado que a Assembleia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber a todos os habitantes deste Estado que a Assembleia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 16.861, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 Disciplina a admissão de pessoal por prazo determinado no âmbito do Magistério Público Estadual, para atender à necessidade temporária de excepcional interesse

Leia mais

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Davi Furtado Meirelles Resultado Negativo da Negociação - Mediação - é mais uma tentativa de conciliação, após o insucesso da negociação direta, porém, desta feita,

Leia mais

OS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DOS SÓCIOS

OS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DOS SÓCIOS OS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DOS SÓCIOS O contrato social é o regulador das relações obrigacionais entre os sócios, alicerçada na Constituição Federal, nas leis e nos princípios gerais do Direito, sendo os

Leia mais

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSPMESP

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSPMESP 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 - CELETISTA Pelo presente instrumento particular de Acordo Coletivo de Trabalho de um lado o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Itu, entidade

Leia mais

Sumário DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO AMBIENTAL Fernando Baltar Ronny Charles. Romeu Thomé

Sumário DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO AMBIENTAL Fernando Baltar Ronny Charles. Romeu Thomé Sumário DIREITO ADMINISTRATIVO... 17 Fernando Baltar Ronny Charles 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo... 17 2. Organização da Administração Pública... 22 3. Entes de cooperação

Leia mais

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo.

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo. DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS DO NCPC NOS PROCESSOS EM CURSO NO JEF Dra. Fiorella Ignacio Bartalo fiorella@aasp.org.br Artigo 985: Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas Julgado o incidente, a tese jurídica

Leia mais

Para o exercício de sua atividade o Agente Autônomo de Investimentos deve:

Para o exercício de sua atividade o Agente Autônomo de Investimentos deve: Procedimento Data da última atualização Agente Autônomo de Investimento 02.09.2016 1. Objetivo: Este procedimento visa regular as atividades dos Agentes Autônomos de Investimento no ambiente da Guide Investimentos

Leia mais

Porto Alegre (RS), 20 de junho de 2016.

Porto Alegre (RS), 20 de junho de 2016. Slide 1 EIRELI: Análise Legal e os Resultados Práticos Porto Alegre (RS), 20 de junho de 2016. Slide 2 Conteúdo Programático: - Análise Histórica da Introdução das EIRELI s no Direito Brasileiro; - Conceito

Leia mais