TECIDO CONJUNTIVO São responsáveis pelo estabelecimento e

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TECIDO CONJUNTIVO São responsáveis pelo estabelecimento e"

Transcrição

1 Prof. Bruno Pires

2

3 TECIDO CONJUNTIVO São responsáveis pelo estabelecimento e do corpo. Isso ocorre pela presença de um conjunto de moléculas que conectam esse tecido aos outros, por meio da sua. Estruturalmente são divididos em três itens: Matriz extracelular: consiste em diferentes combinações de proteínas fibrosas, glicosaminoglicanos e proteoglicanos que se ligam as integrinas celulares. A matriz também constitui um ambiente de para diversas moléculas como..

4 O tecido apresenta uma proporcionado pelas diferentes composições. Constituem os epiteliais., conectam, sustentam e nutrem tecidos Os tecidos se originam das, provenientes do. Essas células dão origem também aos músculos, células sanguíneas e vasos sanguíneos.

5 Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

6 Fig. 5.1 Representação simplificada das linhagens de células do tecido conjuntivo derivadas de uma célula mesenquimal embrionária multipotente. As setas interrompidas indicam que existe um tipo intermediário de célula entre os exemplos ilustrados. Observe que o esquema não representa a proporção real do tamanho das células, por exemplo, adipócitos, megacariócitos e osteoclastos são células significantemente maiores do que as demais células ilustradas no esquema. Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

7 CÉLULAS DO TECIDO CONJUNTIVO A maioria das células são produzidas localmente. Outras como chegam por migração. As células do tecido conjuntivo são: Fibroblastos: Produção de fibras e matriz extracelular com maior intensidade. Quando reduzem sua taxa metabólica se transformam em. Macrófagos: Possuem função fagocítica e apresentadora de antígenos. Adipócitos: Reserva energética ou termogênese Plasmócitos: São derivados dos Linfócitos B, produzem anticorpos. Mastócitos: Produção de histamina e fatores pró inflamatórios. Neutrófilos: Fagocitose e combate à bactérias.

8 FIBROBLASTOS Fig. 5.2 Corte histológico de tecido conjuntivo frouxo mostrando vários fibroblastos (F) ativos com núcleo grande, nucléolo evidente e citoplasma abundante e basófilo (ver também Fig. 5.4). Observe os inúmeros prolongamentos citoplasmáticos dos fibroblastos (setas) que se destacam entre as fibrilas finas de colágeno. Coloração: Hematoxilina-eosina. Médio aumento. (Fotomicrografia obtido por TMT Zorn.) Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

9 Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

10 MACRÓFAGOS Fonte:

11 MASTÓCITOS Fonte:

12 PLASMÓCITOS Fonte:

13 LEUCÓCITOS Fig Corte histológico de uma região de inflamação no intestino (lâmina própria) causada pelo parasitismo por neumatóide. Observe o acúmulo de eosinófilos e plasmócitos, os quais atuam principalmente no tecido conjuntivo, modulando o processo inflamatório. Coloração: Giemsa. Pequeno Aumento. Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

14 FIBRAS Os três tipos principais de fibras que compõem o conjuntivo são:. As são formadas de. A diversidade das fibras de cada tipo de tecido conjuntivo.

15 TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO O tcpd é dividido em. Frouxo: suporta estruturas geralmente expostas a pressão e atrito pequenos. Suporta diversas e pode estar presente em. Existem predominantemente, além das fibras do sistema colágeno e elástico. Em comparação com o denso,. É bem, flexível e não muito resistente à trações.

16 Fig Corte histológico de tecido conjuntivo frouxo. Muitos núcleos de fibroblastos são distribuídos aleatoriamente entre fibras de colágeno. Pequenos vasos sanguíneos (setas). Coloração: Pararrosanilina e azul de toluidina. Média aumento. Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

17 Fig Corte histológico de pele de rato em fase de cicatrização pós-lesão. O tecido conjuntivo abaixo da epiderme (derme superficial) é um tecido conjuntivo frouco formado logo após a lesão. Nesta área os fibroblastos são abundantes e predominam em relação às fibras de colágeno. A derme mais profunda é constituída por um tecido conjuntivo denso não modelado (típico da derme íntegra) caracterizado por possuir poucos fibroblastos e muitas fibras espessas de colágeno orientadas em diferentes direções. vs: vaso sanguíneo. Coloração: Hematoxilina e eosina. Médio aumento. (Fotomicrografia obtida por TMT Zorn.) Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

18 TCPD: DENSO O tcpd denso possui Pode ser dividido em: Modelado: as fibras estão organizadas e dispostas paralelamente. Ex: Não modelado: as fibras estão distribuidas de forma aleatória. Ex:. As células presentes nesse tecido geralmente são, pois apresentam um metabolismo menor e forma.

19 Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

20 Fig Corte longitudinal de tecido conjuntivo denso modelado de tendão. A: Feixes espessos e paralelos de fibrilas de colágeno preenchem os espaços entre os fibroblastos. B: Grande aumento mostrando melhor o arranjo dos fibroblastos, que é o paralelo aos feixes de fibras de colágeno. Pararrosanilina e azul de toluidina. Fonte: Histologia Junqueira e Carneiro

21

TECIDO CONJUNTIVO. Prof. Cristiane Oliveira

TECIDO CONJUNTIVO. Prof. Cristiane Oliveira TECIDO CONJUNTIVO Prof. Cristiane Oliveira Tecido Conjuntivo Introdução e Funções - Caracteriza-se pela grande variedade de células e abundância de matriz extracelular; - Termo CONJUNTIVO Algo que junta

Leia mais

Histologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA

Histologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Histologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Histologia Ramo da Biologia que estuda os tecidos; Tecido - é um conjunto de células, separadas ou não por substâncias intercelulares e que realizam determinada

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO. Depto de Morfologia, IB/UNESP-Botucatu

TECIDO CONJUNTIVO. Depto de Morfologia, IB/UNESP-Botucatu TECIDO CONJUNTIVO Depto de Morfologia, IB/UNESP-Botucatu TECIDO CONJUNTIVO Constituintes? - Matriz extracelular Proteínas fibrosas - Substância Fundamental - Células Residentes e Transitórias Variação

Leia mais

Prof. Me. Leandro Parussolo

Prof. Me. Leandro Parussolo HISTOFISIOLOGIA ANIMAL AULA 4 - TECIDO CONJUNTIVO Prof. Me. Leandro Parussolo Introdução e Funções Caracteriza-se pela grande variedade de cells e abundância de matriz extracelular; Termo CONJUNTIVO Algo

Leia mais

Histologia do Tecido Conjuntivo

Histologia do Tecido Conjuntivo Tecido epitelial Histologia do Tecido Conjuntivo VERA REGINA ANDRADE, 2015 Tecido Conjuntivo Características Constituintes Células Fibras Substância Fundamental Tipos de tecido conjuntivo Tecido conjuntivo

Leia mais

HISTOFISIOLOGIAANIMAL TECIDO CONJUNTIVO. Professora Melissa Kayser

HISTOFISIOLOGIAANIMAL TECIDO CONJUNTIVO. Professora Melissa Kayser HISTOFISIOLOGIAANIMAL TECIDO CONJUNTIVO Professora Melissa Kayser Tecido Conjuntivo Introdução e Funções Caracteriza-se pela grande variedade de células e abundância de matriz extracelular; Termo CONJUNTIVO

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO. Constituintes? - Matriz extracelular. - Substância Fundamental. - Células Residentes e Transitórias

TECIDO CONJUNTIVO. Constituintes? - Matriz extracelular. - Substância Fundamental. - Células Residentes e Transitórias TECIDO CONJUNTIVO TECIDO CONJUNTIVO Constituintes? - Matriz extracelular - Substância Fundamental - Células Residentes e Transitórias Células do Tecido Conjuntivo 1. Residentes: estáveis, permanentes -

Leia mais

BIOLOGIA. Histologia. Professora: Brenda Braga

BIOLOGIA. Histologia. Professora: Brenda Braga BIOLOGIA Histologia Professora: Brenda Braga Histologia (Estudo dos Tecidos) Tecidos conjunto de células especializadas em realizar uma ou mais funções. Células-tronco São praticamente indiferenciadas

Leia mais

Apresenta abundante material intersticial (matriz intersticial) e células afastadas.

Apresenta abundante material intersticial (matriz intersticial) e células afastadas. TECIDO CONJUNTIVO Apresenta abundante material intersticial (matriz intersticial) e células afastadas. A matriz intersticial apresenta: substância fundamental amorfa. fibras proteicas. Os principais tipos

Leia mais

Tecido Conjuntivo. Prof. Renato

Tecido Conjuntivo. Prof. Renato Tecido Conjuntivo Prof. Renato Função...unem outros tecidos, sustentando-os e dando conjunto ao corpo. Amabis & Martho (2001) PREENCHIMENTO Tecido Conectivo; Tecido ósseo, tecido sanguíneo e linfático??

Leia mais

TECIDOS CONJUNTIVOS (parte 1) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária

TECIDOS CONJUNTIVOS (parte 1) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária TECIDOS CONJUNTIVOS (parte 1) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária Tecidos Conjuntivos Tecido Conjuntivo propriamente dito Tecidos conjuntivos especiais

Leia mais

Tema B TECIDO CONJUNTIVO

Tema B TECIDO CONJUNTIVO Tema B TECIDO CONJUNTIVO 1 Características gerais 2 Características dos principais tipos de tecido conjuntivo 2.1 Tecido conjuntivo propriamente dito 2.1.1 Laxo 2.1.2 Denso: modulado e não modulado 2.2

Leia mais

Tecido conjuntivo e tecido osseo

Tecido conjuntivo e tecido osseo Tecido conjuntivo e tecido osseo Tipos de tecido conjuntivo Tecidos responsáveis por unir, ligar, nutrir, proteger e sustentar os outros tecidos Tecidos Conjuntivos Propriamente Ditos Frouxo Denso Modelado

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO 28/07/2015. Origem mesodérmica; Grande quantidade de substância intercelular: Profº Fernando Teixeira @biovestiba. Vascularizado.

TECIDO CONJUNTIVO 28/07/2015. Origem mesodérmica; Grande quantidade de substância intercelular: Profº Fernando Teixeira @biovestiba. Vascularizado. TECIDO CONJUNTIVO Origem mesodérmica; Profº Fernando Teixeira @biovestiba Grande quantidade de substância intercelular: o Substância fundamental; o Proteínas colágenas ou elásticas; Vascularizado. Preenchimento;

Leia mais

TECIDO EPITELIAL HISTOLOGIA ANIMAL

TECIDO EPITELIAL HISTOLOGIA ANIMAL HISTOLOGIA Histologia é a parte da Biologia que estuda os tecidos. Tecidos são agrupamentos de células semelhantes e/ou que possuem função semelhante, tomadas em conjunto com a substância intercelular.

Leia mais

DISCIPLINA DE PATOLOGIA GERAL

DISCIPLINA DE PATOLOGIA GERAL DISCIPLINA DE PATOLOGIA GERAL INFLAMAÇÃO CRÔNICA PARTE 4 http://lucinei.wikispaces.com Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2013 INFLAMAÇÃO CRÔNICA Inflamação de duração prolongada na qual a inflamação

Leia mais

Tecido Conjuntivo parte 1

Tecido Conjuntivo parte 1 Tecido Conjuntivo parte 1 Prof. Allan Giovanini 2h/a Introdução Características do tecido conjuntivo É derivado do mesênquima Serve de sustentação aos epitélios Possui abundantes substâncias intercelulares

Leia mais

Biologia - 3ª Série Histologia Data: 13 de junho de 2007

Biologia - 3ª Série Histologia Data: 13 de junho de 2007 HISTOLOGIA Conceito: Ciência que estuda os tecidos. Tecido: Conjunto de células semelhantes que juntas anatomicamante, desempenham a mesma função. TECIDO EPITELIAL Características: células muito coesas

Leia mais

20/10/2014. TECIDO CONJUNTIVO ou CONECTIVO

20/10/2014. TECIDO CONJUNTIVO ou CONECTIVO TECIDO CONJUNTIVO ou CONECTIVO Poucas células, encontram-se separadas; Presença de grande quantidade de substância intercelular; Substância intercelular ou matriz extracelular Substância fundamental amorfa:

Leia mais

AULA PRÁTICA 05. Tecidos Conectivos - Matriz e Classificação LÂMINA Nº 90 - DIFERENTES CORTES DE PELE - ORCEÍNA

AULA PRÁTICA 05. Tecidos Conectivos - Matriz e Classificação LÂMINA Nº 90 - DIFERENTES CORTES DE PELE - ORCEÍNA AULA PRÁTICA 05 Tecidos Conectivos - Matriz e Classificação LÂMINA Nº 90 - DIFERENTES CORTES DE PELE - ORCEÍNA Pela técnica da HE, as fibras elásticas coram-se mal e irregularmente. Para a observação destas

Leia mais

Grandes tipos celulares e tecidulares

Grandes tipos celulares e tecidulares Grandes tipos celulares e tecidulares Carlos Plancha Instituto de Histologia e Biologia do Desenvolvimento O que pode fazer uma célula isolada? Prolifera Adere Polariza Morre Diferencia-se 1 Organismos

Leia mais

Introdução à Histologia e Técnicas Histológicas. Prof. Cristiane Oliveira

Introdução à Histologia e Técnicas Histológicas. Prof. Cristiane Oliveira Introdução à Histologia e Técnicas Histológicas Prof. Cristiane Oliveira Visão Geral Corpo humano organizado em 4 tecidos básicos: Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso Visão Geral - Tecidos consistem

Leia mais

Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo I

Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo I Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo I Prof. a Dr a. Sara Tatiana Moreira UTFPR Campus Santa Helena 1 Elástico 1 Tecido ósseo Características: Tecido vivo com alto grau de rigidez e resistência à pressão,

Leia mais

1. Elementos dos tecidos conjuntivo propriamente dito. Observação de mastócitos e de fibras elásticas

1. Elementos dos tecidos conjuntivo propriamente dito. Observação de mastócitos e de fibras elásticas 1. Elementos dos tecidos conjuntivo propriamente dito Observação de mastócitos e de fibras elásticas Material: Mesentério Técnica: azul de toluidina Obs: O mesentério é a membrana fina que prende as alças

Leia mais

Capítulo 2 Aspectos Histológicos

Capítulo 2 Aspectos Histológicos 5 Capítulo 2 Aspectos Histológicos Alguns conceitos básicos sobre histologia humana, a caracterização dos tecidos, a regeneração e reparação dos mesmos em lesões e a cicatrização de feridas são aspectos

Leia mais

Cap. 8: A arquitetura corporal dos animais. Equipe de Biologia

Cap. 8: A arquitetura corporal dos animais. Equipe de Biologia Cap. 8: A arquitetura corporal dos animais Equipe de Biologia Histologia Estuda os tecidos orgânicos. Tecido: Agrupamento de células com as mesmas características e função. Além de suas próprias células,

Leia mais

Profª MSc Monyke Lucena

Profª MSc Monyke Lucena Profª MSc Monyke Lucena Átomos Compostos químicos Célula Tecidos Órgão Sistema Organismo Os animais apresentam diferentes tipos de tecidos, que se agrupam de acordo com sua função. É possível distinguir

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS EPITÉLIOS DE REVESTIMENTO - SIMPLES X ESTRATIFICADO - FORMATO DAS CÉLULAS. células cúbicas. células prismáticas

CLASSIFICAÇÃO DOS EPITÉLIOS DE REVESTIMENTO - SIMPLES X ESTRATIFICADO - FORMATO DAS CÉLULAS. células cúbicas. células prismáticas HISTOLOGIA ANIMAL Histologia é a parte da Biologia que estuda os tecidos. Tecidos são agrupamentos de células semelhantes e/ou que possuem função semelhante, tomadas em conjunto com a substância intercelular.

Leia mais

O SANGUE HUMANO. Professora Catarina

O SANGUE HUMANO. Professora Catarina O SANGUE HUMANO Professora Catarina SANGUE Principais funções: Transportar O 2 e nutrientes a todas as células do corpo; Recolher CO 2 e excreções; Transportar hormônios; Proteger o corpo contra a invasão

Leia mais

TECIDO HEMATOPOIETICO E SANGUÍNEO

TECIDO HEMATOPOIETICO E SANGUÍNEO TECIDO HEMATOPOIETICO E SANGUÍNEO CARACTERÍSTICAS O sangue é o único tecido conjuntivo líquido do copo; Funções: + Transporte (O 2, CO 2, nutrientes, resíduos, hormônios); + Regulação (ph, temperatura,

Leia mais

Imunologia. Células do Sistema Imune. Professora Melissa Kayser

Imunologia. Células do Sistema Imune. Professora Melissa Kayser Imunologia Células do Sistema Imune Professora Melissa Kayser Composição do sangue Origem Origem Células sanguíneas Hematoxilina: Corante básico. Eosina: Corante ácido. Células do sistema imune Leucograma

Leia mais

PRÁTICAS DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA

PRÁTICAS DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA 1 PRÁTICAS DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA Período: 2.º Turno: Noturno Data: / /2016 Disciplina: Histologia e Embriologia Professor(a): Sara Tatiana Moreira Acadêmico(a): R.A. Lembretes para o bom andamento

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana

Anatomia e Fisiologia Humana Componentes A) Coração B) Vasos Sanguíneos Coração É um órgão muscular tetracavitário (4 cavidades); Situado no centro do tórax, entre os pulmões; Tamanho de um mão fechada e pesa cerca de 300 gramas;

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA SISTEMA MUSCULAR Dra. Flávia Cristina Goulart CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Campus de Marília flaviagoulart@marilia.unesp.br Histologia do M.Esquelético É formado por células

Leia mais

O texto acima é o início de um enunciado de questão em uma avaliação, que apresentava quatro propostas a serem solucionadas pelo aluno.

O texto acima é o início de um enunciado de questão em uma avaliação, que apresentava quatro propostas a serem solucionadas pelo aluno. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 A pele é o maior órgão do corpo. Representa aproximadamente 16% do peso corporal e desempenha inúmeras funções, entre elas protetora, sensorial,

Leia mais

HISTOLOGIA ANIMAL. Estudos dos principais tecidos animais. 05/08/2014 Telmo Giani - Direitos Protegidos 1

HISTOLOGIA ANIMAL. Estudos dos principais tecidos animais. 05/08/2014 Telmo Giani - Direitos Protegidos 1 HISTOLOGIA ANIMAL Estudos dos principais tecidos animais 05/08/2014 Telmo Giani - Direitos Protegidos 1 Níveis de Organização do Corpo Humano No corpo humano existem vários grupos de células semelhantes

Leia mais

Histologia Animal. - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais.

Histologia Animal. - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais. Histologia Animal - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais. - Tecidos: Grupamento de células harmonizadas e diferenciadas que realizam uma determinada função. - Principais

Leia mais

Histologia Animal. 1º ano 2016 Profa. Rose Lopes

Histologia Animal. 1º ano 2016 Profa. Rose Lopes Histologia Animal 1º ano 2016 Profa. Rose Lopes Os tecidos animais 4 tipos básicos: Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso Tecidos epiteliais Células justapostas, com pouca ou nenhuma substância extracelular.

Leia mais

O sistema imune é composto por células e substâncias solúveis.

O sistema imune é composto por células e substâncias solúveis. Definição: estudo do sistema imune (SI) e dos mecanismos que os seres humanos e outros animais usam para defender seus corpos da invasão de microorganimos Eficiente no combate a microorganismos invasores.

Leia mais

10/6/2011. Histologia da Pele. Diagrama da Estrutura da Pele. Considerações Gerais. epiderme. derme

10/6/2011. Histologia da Pele. Diagrama da Estrutura da Pele. Considerações Gerais. epiderme. derme epiderme derme 10/6/2011 Histologia da Pele Considerações Gerais Maior órgão do corpo: 16% do peso total e 1,2 a 2,3 m 2 de superfície Composto por duas regiões: epiderme e derme Funções proteção: atrito,

Leia mais

TECIDOS CONJUNTIVOS. Definição:

TECIDOS CONJUNTIVOS. Definição: TECIDOS CONJUNTIVOS TECIDOS CONJUNTIVOS Definição: TECIDOS CONJUNTIVOS CARACTERÍSTICAS: Possui abundante matriz extracelular Grande variedade de tipos celulares Possui vasos sangüíneos (vascularizado)

Leia mais

Profº André Montillo

Profº André Montillo Profº André Montillo www.montillo.com.br Sistema Imunológico Simples: Não Antecipatório / Inespecífico Sistema Imune Antígeno Específico: Antecipatório Sistema Imunológico Simples: Não Antecipatório /

Leia mais

Introdução. Sangue. Tecido líquido Elementos figurados. Plasma. Glóbulos Sanguíneos. Matriz Extracelular. Glóbulos Vermelhos. Plasma.

Introdução. Sangue. Tecido líquido Elementos figurados. Plasma. Glóbulos Sanguíneos. Matriz Extracelular. Glóbulos Vermelhos. Plasma. Introdução Sangue Tecido líquido Elementos figurados Glóbulos Sanguíneos Plasma Matriz Extracelular Plasma Glóbulos Vermelhos Capilar Plaquetas Glóbulos Brancos http://www.sobiologia.com.br/conteudos/histologia/epitelio16.php

Leia mais

Tecido Conjuntivo. Histologia Geral Msc. Rafael Quirino Moreira

Tecido Conjuntivo. Histologia Geral Msc. Rafael Quirino Moreira Tecido Conjuntivo Histologia Geral Msc. Rafael Quirino Moreira Tecido Conjuntivo Estabelecimento e manutenção da forma do corpo Papel conferido pela Matriz Extracelular MEC principal constituinte do Tecido

Leia mais

Conjunto de células semelhantes e interdependentes. Condição básica da multicelularidade. Vantagens: aumento do tamanho, divisão de trabalho

Conjunto de células semelhantes e interdependentes. Condição básica da multicelularidade. Vantagens: aumento do tamanho, divisão de trabalho Conjunto de células semelhantes e interdependentes Condição básica da multicelularidade Vantagens: aumento do tamanho, divisão de trabalho Origens embrionárias dos tecidos animais: Ectoderme Mesoderme

Leia mais

15/03/2014. TECIDO CONJUNTIVO Suporte estrutural Meio de troca entre o sangue e as células Defesa e proteção do organismo Reserva Energética

15/03/2014. TECIDO CONJUNTIVO Suporte estrutural Meio de troca entre o sangue e as células Defesa e proteção do organismo Reserva Energética TECIDO CONJUNTIVO Suporte estrutural Meio de troca entre o sangue e as células Defesa e proteção do organismo Reserva Energética 1. SÍNDROMES - UMA PERSPECTIVA AUDIOLÓGICA ADRIANA LAYBAUER PORTO ALEGRE,

Leia mais

Aula5 TECIDO CARTILAGINOSO. Rosilene Calazans Soares

Aula5 TECIDO CARTILAGINOSO. Rosilene Calazans Soares Aula5 TECIDO CARTILAGINOSO META Mostrar conceitos, funções, tipos, aspectos gerais do tecido cartilaginoso e exibir descrição histológica associada com as diversas funções de cada tipo específico. OBJETIVOS

Leia mais

Disciplina: BiologiaData da prova: 07/03/14

Disciplina: BiologiaData da prova: 07/03/14 Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor:MárioNeto Série: 1 Ano Disciplina: BiologiaData da prova: 07/03/14 1. (PUC Rio - 2008 - Grupos 1, 3 e 4) O tecido epitelial

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE HISTOLOGIA Osny Ferrari Fábio Goulart de Andrade Keldrey Vinicius

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE HISTOLOGIA Osny Ferrari Fábio Goulart de Andrade Keldrey Vinicius UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE HISTOLOGIA Osny Ferrari Fábio Goulart de Andrade Keldrey Vinicius Alicio de Paula ISBN ISBN: 978-85-7846-368-7 1ª Edição

Leia mais

CÉLULAS SANGUÍNEAS. Professora Janaina Serra Azul Monteiro Evangelista

CÉLULAS SANGUÍNEAS. Professora Janaina Serra Azul Monteiro Evangelista CÉLULAS SANGUÍNEAS Professora Janaina Serra Azul Monteiro Evangelista No nosso sangue circulam vários tipos de células Glóbulos vermelhos Que também podem ser chamados hemácias ou eritrócitos. Glóbulos

Leia mais

INFLAMAÇÃO & REPARO TECIDUAL

INFLAMAÇÃO & REPARO TECIDUAL UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UnB PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA MOLECULAR INFLAMAÇÃO & REPARO TECIDUAL Mestranda: Diane Oliveira Sumário 1) Inflamação 1.1- Visão geral 1.2- Inflamação Aguda Estímulos

Leia mais

Predominância do componente celular % do peso corporal. Tecido muito influenciado por estímulos nervosos e hormonais

Predominância do componente celular % do peso corporal. Tecido muito influenciado por estímulos nervosos e hormonais Predominância do componente celular ADIPÓCITOS Caracterizam-se pela acumulação intracelular de gordura Tecido Adiposo Homem Mulher 15-20 % do peso corporal 20-25 % do peso corporal Tecido muito influenciado

Leia mais

COLÉGIO JARDINS. Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade

COLÉGIO JARDINS. Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade COLÉGIO JARDINS Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade TECIDO CONJUNTIVO I São aqueles que atuam nas funções de preenchimento de espaços entre órgãos, sustentação, defesa e nutrição.

Leia mais

Aspectos Moleculares da Inflamação:

Aspectos Moleculares da Inflamação: Patologia Molecular Lucas Brandão Aspectos Moleculares da Inflamação: os mediadores químicos inflamatórios Inflamação São uma série de eventos programados que permitem com que Leucócitos e outras proteínas

Leia mais

C O NJUNTIVO D I C E T

C O NJUNTIVO D I C E T C NJUNTIVO TECIDO ORIGEM EMBRIONÁRIA Mesoderma OBS.: Os tecidos conjuntivos da cabeça se originam das células das cristas neurais (neuroectoderma). CARACTERISTICAS MORFOLÓGICAS Formado por inúmeros tipos

Leia mais

Citologia e Histologia Animal I Tecido Cartilaginoso. Docente: Sheila C. Ribeiro Abril 2016

Citologia e Histologia Animal I Tecido Cartilaginoso. Docente: Sheila C. Ribeiro Abril 2016 Citologia e Histologia Animal I Tecido Cartilaginoso Docente: Sheila C. Ribeiro Abril 2016 Tecido Cartilaginoso Introdução Tecido Conjuntivo Consistência Rígida Funções Suporte Revestimento/Absorção choques

Leia mais

21/03/2012. A variação molecular atua: fatores de crescimento hormônios adesão celular movimentação alterações funcionais

21/03/2012. A variação molecular atua: fatores de crescimento hormônios adesão celular movimentação alterações funcionais Tecido Conjuntivo Tecido responsável pela resposta inflamatória e por todo o processo de reparo que ocorre após a agressão. Contém vasos sangüíneos, linfáticos e líquido intersticial chamado de sistema

Leia mais

Aula: Histologia II. Sangue e linfa. Funções de hemácias, plaquetas e leucócitos.

Aula: Histologia II. Sangue e linfa. Funções de hemácias, plaquetas e leucócitos. Sangue e linfa. Funções de hemácias, plaquetas e leucócitos. PROFESSORA: Brenda Braga DATA: 10/04/2014 7. Tecidos Conjuntivos de Transporte 7.1. Sangue Centrifugação 55 % Plasma 45 % Elementos figurados

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO. derme tendão

TECIDO CONJUNTIVO. derme tendão TECIDO CONJUNTIVO derme tendão Tecido adiposo cartilagem sangue osso http://medinfo.ufl.edu/~dental/denhisto/lecture_materials/conntiss1_07_nxpowerlite_1.ppt Tecido Conjuntivo Característica: vários tipos

Leia mais

IV.2) TECIDO CARTILAGINOSO

IV.2) TECIDO CARTILAGINOSO IV.2) TECIDO CARTILAGINOSO Caracteriza-se pela presença de uma matriz intercelular de consistência firme, flexível, porém, não rígida. Funções: sustentação; revestimento de superfícies articulares; crescimento

Leia mais

06/11/2009 TIMO. Seleção e educação de linfócitos ÓRGÃOS LINFÓIDES E CÉLULAS DO SISTEMA IMUNE ÓRGÃOS LINFÓIDES. Primários: Medula óssea e timo

06/11/2009 TIMO. Seleção e educação de linfócitos ÓRGÃOS LINFÓIDES E CÉLULAS DO SISTEMA IMUNE ÓRGÃOS LINFÓIDES. Primários: Medula óssea e timo ÓRGÃOS LINFÓIDES Primários: Medula óssea e timo ÓRGÃOS LINFÓIDES E CÉLULAS DO SISTEMA IMUNE Secundários: Linfonodos Baço Tecidos linfóides associado a mucosa Prof. Renato Nisihara Ossos chatos Esterno,,

Leia mais

II. TECIDOS CONJUNTIVOS (CONECTIVOS) OU DE NATUREZA CONJUNTIVA

II. TECIDOS CONJUNTIVOS (CONECTIVOS) OU DE NATUREZA CONJUNTIVA Capítulo 2: Parte 1 1 II. TECIDOS CONJUNTIVOS (CONECTIVOS) OU DE NATUREZA CONJUNTIVA O termo conjuntivo ou conectivo significa "que une", "que associa", "que liga". O tecido conjuntivo caracteriza-se pela

Leia mais

Defesa não Especifica. Realizado por: Ricardo Neves

Defesa não Especifica. Realizado por: Ricardo Neves Defesa não Especifica Realizado por: Ricardo Neves Como se defende o nosso corpo das doenças? Vacinas? Como são feitas? Como funcionam? http://www.theimmunology.com/animations/vaccine.htm Constituição

Leia mais

Tecido conjuntivo. Prof a. Marta G. Amaral, Dra. Biologia celular

Tecido conjuntivo. Prof a. Marta G. Amaral, Dra. Biologia celular Tecido conjuntivo Prof a. Marta G. Amaral, Dra. Biologia celular Origem: mesênquimal Características: Células + material intercelular (SFA e fibras) Funções 1. Sustentação e preenchimento: osso, estroma

Leia mais

Reparação. Regeneração Tecidual 30/06/2010. Controlada por fatores bioquímicos Liberada em resposta a lesão celular, necrose ou trauma mecânico

Reparação. Regeneração Tecidual 30/06/2010. Controlada por fatores bioquímicos Liberada em resposta a lesão celular, necrose ou trauma mecânico UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ COORDENAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINA DE PATOLOGIA VETERINÁRIA Reparação Prof. Raimundo Tostes Reparação Regeneração: reposição de um grupo de células destruídas

Leia mais

Processo Inflamatório e Lesão Celular. Professor: Vinicius Coca

Processo Inflamatório e Lesão Celular. Professor: Vinicius Coca Processo Inflamatório e Lesão Celular Professor: Vinicius Coca www.facebook.com/profviniciuscoca www.viniciuscoca.com O que é inflamação? INFLAMAÇÃO - Inflamare (latim) ação de acender, chama FLOGOSE phlogos

Leia mais

SANGUE Funções (transporte):

SANGUE Funções (transporte): Funções (transporte): Nutrientes Produtos do metabolismo Metábolitos Hormônios e outras moléculas sinalizadoras Eletrólitos Funções (transporte): Células diapedese tecidos diapedese microorganismo diapedese

Leia mais

Tecido conjuntivo. Células. Matriz Extracelular (MEC) Abundante

Tecido conjuntivo. Células. Matriz Extracelular (MEC) Abundante Células Tecido conjuntivo Matriz Extracelular (MEC) Abundante Tecido conjuntivo I Matriz Extracelular (MEC) Tipos de tecido conjuntivo Tecido conjuntivo II Células residentes Células transitórias Tecido

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO. Embrionário. - Conjuntivo Propriamente Dito. - Especializados - Cartilaginoso - Ósseo - Sanguineo

TECIDO CONJUNTIVO. Embrionário. - Conjuntivo Propriamente Dito. - Especializados - Cartilaginoso - Ósseo - Sanguineo TECIDO CONJUNTIVO Embrionário - Conjuntivo Propriamente Dito - Especializados - Cartilaginoso - Ósseo - Sanguineo Origem Embrionária Mesoderma Células Mesenquimais Funções Gerais Fornecer suporte estrutural

Leia mais

Tecido Cartilaginoso. Profa. Dra. Maria da Graça Gama Melão

Tecido Cartilaginoso. Profa. Dra. Maria da Graça Gama Melão Tecido Cartilaginoso Profa. Dra. Maria da Graça Gama Melão Tecido cartilaginoso - Tecido conjuntivo de suporte - Consistência rígida, mas com certa flexibilidade - Origem è mesênquima Funções do Tecido

Leia mais

Aula3 TECIDO CONJUNTIVO. Shirlei Octacílio da Silva

Aula3 TECIDO CONJUNTIVO. Shirlei Octacílio da Silva Aula3 TECIDO CONJUNTIVO META Apresentar, de forma completa, porém didática, todos os elementos que formam o tecido conjuntivo, de forma que o aluno possa entender que as diferentes proporções destes elementos

Leia mais

TECIDO CARTILAGINOSO. - Células - Matriz Extracelular. Flexibilidade e Resistência

TECIDO CARTILAGINOSO. - Células - Matriz Extracelular. Flexibilidade e Resistência TECIDO CARTILAGINOSO - Células - Matriz Extracelular Flexibilidade e Resistência TECIDO CARTILAGINOSO Células: - Células Condrogências - Condroblastos - Condrócitos Síntese da Matriz Matriz: - fibrilas

Leia mais

Histologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA

Histologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Histologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Histologia Ramo da Biologia que estuda os tecidos; Tecido - é um conjunto de células, separadas ou não por substâncias intercelulares e que realizam determinada

Leia mais

Sangue: funções gerais

Sangue: funções gerais Sangue Sangue: funções gerais Transporte de nutrientes para órgãos e tecidos; Regulação térmica e hídrica; Transporte de gases para órgãos e tecidos; Defesa do organismo; Coagulação. Componentes do Sangue

Leia mais

Pele e Anexos. CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS TEGUMENTAR, REPRODUTOR E LOCOMOTOR Profa. Msc. Ângela C. Ito

Pele e Anexos. CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS TEGUMENTAR, REPRODUTOR E LOCOMOTOR Profa. Msc. Ângela C. Ito Pele e Anexos CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS TEGUMENTAR, REPRODUTOR E LOCOMOTOR Profa. Msc. Ângela C. Ito Sistema Tegumentar Sistema Tegumentar Estruturas anexas da pele músculos e nervos. Pele

Leia mais

Anexo 2. Chave de classificação. Célula-tronco hematopoética (CT-H)

Anexo 2. Chave de classificação. Célula-tronco hematopoética (CT-H) Anexo 2 Chave de classificação Célula-tronco hematopoética (CT-H) Principal característica: é uma célula-tronco multipotente, pois tem o potencial de gerar linhagens de células que darão origem aos diversos

Leia mais

TECIDO SANGUÍNEO Livro 4 Frente A Pág 22

TECIDO SANGUÍNEO Livro 4 Frente A Pág 22 1) FUNÇÕES ØTransporte (gases, nutrientes, hormônios e excretas); ØDefesa do organismo; ØManutenção da temperatura corpórea; TECIDO SANGUÍNEO Livro 4 Frente A Pág 22 2) ORIGEM 2) ORIGEM Ø O processo de

Leia mais

Histologia animal. Equipe de Biologia

Histologia animal. Equipe de Biologia Histologia animal Equipe de Biologia Tipos de tecidos animais Tecidos epiteliais Tecidos conjuntivos Tecidos musculares http://www.simbiotica.org/tecidosanimal.htm Tecido nervoso Tecidos epiteliais Apresenta

Leia mais

HISTOLOGIA É O RAMO DA BIOLOGIA QUE ESTUDA OS TECIDOS

HISTOLOGIA É O RAMO DA BIOLOGIA QUE ESTUDA OS TECIDOS Histologia Animal HISTOLOGIA É O RAMO DA BIOLOGIA QUE ESTUDA OS TECIDOS Histo (tecido); Logia (estudo) Tecidos são conjuntos de células diferenciadas e adaptadas à uma determinada função em animais. TECIDOS

Leia mais

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO Classificação SNC corpos celulares dos neurônios (substância cinzenta) prolongamentos (substância branca) SNP Nervos sensitivos (aferentes) Entrada Saída Nervos cranianos e nervos

Leia mais

CARACTERÍSTICAS. Certos componentes das células musculares recebem nomes especiais: sarcoplasmático. o Membrana plasmática sarcolema;

CARACTERÍSTICAS. Certos componentes das células musculares recebem nomes especiais: sarcoplasmático. o Membrana plasmática sarcolema; TECIDO MUSCULAR TECIDO MUSCULAR CARACTERÍSTICAS GERAIS Responsável pelos movimentos corporais; Constituído por células alongadas (fibras), contendo grande quantidade de filamentos citoplasmáticos (miofibrilas),

Leia mais

Histologia. Professora Deborah

Histologia. Professora Deborah Histologia Professora Deborah Histologia Histologia (do grego hystos = tecido + logos = estudo) é o estudo dos tecidos biológicos, sua formação, estrutura e função. Tecidos É um conjunto de células que

Leia mais

Histologia Animal. Epitelial. Conjuntivo. Muscular. Nervoso.

Histologia Animal. Epitelial. Conjuntivo. Muscular. Nervoso. Histologia Animal Definição: estudo dos tecidos (conjunto de células diferenciadas e adaptadas à uma determinada função) em animais. Tipos básicos de Tecidos Animais: Epitelial. Conjuntivo. Muscular. Nervoso.

Leia mais

Histologia animal. Prof. Dr. Leandro Felício

Histologia animal. Prof. Dr. Leandro Felício Histologia animal Prof. Dr. Leandro Felício Histo (tecido); Logia (estudo) Tecidos são conjuntos de células diferenciadas e adaptadas à uma determinada função em animais. TECIDO EPITELIAL TECIDO CONJUNTIVO

Leia mais

Prof. Ms. Marcelo Lima. Site:

Prof. Ms. Marcelo Lima.   Site: Prof. Ms. Marcelo Lima E-mail: profmarcelolima@yahoo.com.br Site: www.profmarcelolima.webnode.com.br INTRODUÇÃO 1. Funções: Proteção abrasões, perda de líquido, substâncias nocivas e microorganismos. Regulação

Leia mais

TECIDOS LINFÓIDES PRIMÁRIOS ONTOGENIA DE LINFÓCITOS

TECIDOS LINFÓIDES PRIMÁRIOS ONTOGENIA DE LINFÓCITOS TECIDOS LINFÓIDES PRIMÁRIOS ONTOGENIA DE LINFÓCITOS Organização anatômica do sistema imune De onde vêm e para onde vão as células do sistema imune Como é a organização dos tecidos/órgãos linfóides Tecidos

Leia mais

Conhecimento do significado de histologia e tecido; Identificação dos tipos de tecidos que compõe o corpo humano;

Conhecimento do significado de histologia e tecido; Identificação dos tipos de tecidos que compõe o corpo humano; UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA DCET CURSO: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DOCENTE: CLÁUDIA REGINA SOUZA DISCENTE: REJANE S. DA SILVA. PLANO DE AULA:

Leia mais

OS TECIDOS PROF LUIS BRUNO

OS TECIDOS PROF LUIS BRUNO OS TECIDOS PROF.: LUIS BRUNO HISTOLOGIA E TECIDOS Histologia (do grego hystos = tecido + logos = estudo) é o estudo dos tecidos biológicos, sua formação, estrutura e função. Tecidos, é um conjunto de células

Leia mais

AULA PRÁTICA 17 - SISTEMA DIGESTÓRIO II -

AULA PRÁTICA 17 - SISTEMA DIGESTÓRIO II - AULA PRÁTICA 17 - SISTEMA DIGESTÓRIO II - LÂMINA Nº 42 - PASSAGEM PILORO-DUODENAL - HE Neste corte longitudinal observe em uma das extremidades o piloro gástrico e na outra, o início do duodeno. Examinando

Leia mais

I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ

I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Utilização de novas tecnologias educativas: ambiente virtual para o estudo de histologia Renata Diniz Profa. Ms. Curso de Enfermagem

Leia mais

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 2.1 Conteúdo Tecidos 3 CONTEÚDOS E HABILIDADES Habilidade

Leia mais

Bases celulares, histológicas e anatômicas da resposta imune. Pós-doutoranda Viviane Mariguela

Bases celulares, histológicas e anatômicas da resposta imune. Pós-doutoranda Viviane Mariguela Bases celulares, histológicas e anatômicas da resposta imune Pós-doutoranda Viviane Mariguela As células do SI inato e adaptativo estão presentes como: - células circulantes no sangue e na linfa; - aglomerados

Leia mais

Funções: distribuição de substâncias (nutrientes, gases respiratórios, produtos do metabolismo, hormônios, etc) e calor.

Funções: distribuição de substâncias (nutrientes, gases respiratórios, produtos do metabolismo, hormônios, etc) e calor. Funções: distribuição de substâncias (nutrientes, gases respiratórios, produtos do metabolismo, hormônios, etc) e calor Componentes: Vasos sanguíneos, Coração, Sangue http://www.afh.bio.br/cardio/cardio3.asp

Leia mais

Carlos Sinogas Imunologia 2016/17

Carlos Sinogas Imunologia 2016/17 Teoria de Paul-Ehrlich (1900) Características da resposta imune Especificidade Discriminação entre diferente moléculas e resposta apenas às relevantes Adaptabilidade Capacidade de resposta a entidades

Leia mais

Reações de Hipersensibilidade

Reações de Hipersensibilidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Reações de Hipersensibilidade Conceito Todos os distúrbios causados pela resposta imune são chamados de doenças de Hipersensibilidade Prof. Gilson C.Macedo Classificação

Leia mais

CORPO HUMANO: UM TODO FORMADO POR MUITAS PARTES

CORPO HUMANO: UM TODO FORMADO POR MUITAS PARTES CORPO HUMANO: UM TODO FORMADO POR MUITAS PARTES NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO DA VIDA A Célula ( menor porção de um ser vivo) B - Tecido( Conjunto de células com funções semelhantes) C - Órgão ( Conjuntos de tecidos

Leia mais

HISTOLOGIA DO TECIDO EPITELIAL

HISTOLOGIA DO TECIDO EPITELIAL Introdução HISTOLOGIA DO TECIDO EPITELIAL Vera Regina Andrade, 2015 Apesar de toda a complexidade, o organismo humano é constituído de 4 tipos básicos de tecidos Tecido epitelial Tecido conjuntivo Tecido

Leia mais

Histologia animal O estudo dos tecidos

Histologia animal O estudo dos tecidos Histologia animal O estudo dos tecidos Equipe de Biologia Histologia Estuda os tecidos orgânicos. Tecido: Agrupamento de células com as mesmas características e função. São encontrados de forma isolada

Leia mais

IMUNOLOGIA. Felipe Seixas

IMUNOLOGIA. Felipe Seixas IMUNOLOGIA Felipe Seixas De 1884 a 1960 Surgimento da teorias microbianas Única causa específica para cada doença Compreensão das formas de contágio Início de programas de combate às infecções; Tratamento

Leia mais

Inflamação aguda e crônica. Profa Alessandra Barone

Inflamação aguda e crônica. Profa Alessandra Barone e crônica Profa Alessandra Barone Inflamação Inflamação Resposta do sistema imune frente a infecções e lesões teciduais através do recrutamento de leucócitos e proteínas plasmáticas com o objetivo de neutralização,

Leia mais