Processo de soldagem: Os processos de soldagem podem ser classificados pelo tipo de fonte de energia ou pela natureza da união.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Processo de soldagem: Os processos de soldagem podem ser classificados pelo tipo de fonte de energia ou pela natureza da união."

Transcrição

1 Soldagem

2 Tipos de Soldagem

3 Soldagem Processo de soldagem: Os processos de soldagem podem ser classificados pelo tipo de fonte de energia ou pela natureza da união.

4 Tipos de Fontes Mecânica: Calor gerado por atrito, deformação plástica ou ondas de choque. Química: Reações químicas exotérmicas (queima combustivel, reação de oxidação do Alumínio). Elétrica: Passagem corrente elétrica ou formação arco elétrico. Radiante: Ondas eletromagnéticas

5 Natureza da união

6 Soldagem

7 Arco elétrico Descarga elétrica mantida através de um gás ionizado, iniciada por uma quantidade de elétrons emitidos do eletrodo negativo (catodo) aquecido e mantido pela ionização térmica do gás aquecido. Calor Emissão Ionização

8 TIG ( Tungsten Inert Gas ) - Arco elétrico Eletrôdo de tungstênio não consumível (teoricamente). - Proteção Gás inerte (Argônio ou Hélio) - Com ou sem material de adição. - Manual ou automática.

9 TIG ( Tungsten Inert Gas )

10 TIG ( Tungsten Inert Gas ) Vantagens: - Soldas de alta qualidade - Solda a maioria dos metais ( Al, Mg, Ti, Aços inoxdáveis). - Poça de fusão calma (alta frequência, intensidade regulável). - Fonte concentrada de calor (Baixa ZAC e distorções).

11 TIG ( Tungsten Inert Gas ) Limitações: - Processo com baixa taxa de deposição - Não funciona em locais com correntes de ar - Inclusão de tungstênio na solda - Emissão intensa de radiação ultravioleta

12 Plasma (parecido com o TIG) - Arco elétrico Eletrôdo de tungstênio não consumível (teoricamente). - Gás suficientemente aquecido a ponto de se tornar ionizado

13 Plasma Vantagens: - Maior tolerância da distância bocal peça - Maior velocidade de soldagem - Melhoria do ciclo de trabalho devido à ausência de contaminação do eletrodo de tungstênio - Redução da distorção das chapas soldadas

14 Plasma

15 MIG/MAG (Metal Inert/Active Gas) - Arco elétrico Eletrôdo consumível. - Eletrôdo sem proteção. - Manual ou automática.

16 MIG/MAG Vantagens: - Processo semi-automático, versátil, facilmente adaptável. - Eletrôdo nu continuamente alimentado - Soldagem em todas as posições - Não há formação de escória - Menores distorções

17 MIG/MAG Limitações: - Maior velocidade de resfriamento -> Pode gerar mais trinca - Não funciona em locais com correntes de ar - Equipamentos mais caros e complexo e menos portatil (comparado a soldagem com eletrodo revestido)

18 MIG/MAG

19 Eletrodo revestido Arco Submerso Oxicorte Feixe de eletróns Laser Brasagem

20 Eletrôdo revestido - Características parecidas com a soldagem a arco - Eletrodo consumível e revestido - Soldagem de tubos, aços Inoxidáveis e ligas de Al e Cu.

21 Eletrôdo revestido

22 Eletrôdo revestido Função do Revestimento (compostos minerais ou organicos: - Proteção do metal de solda - Adição de elementos de liga ao metal de solda - Direcionamento do arco elétrico - Função da escória como agente fluxante - Controle da integridade do metal de solda -

23 Arco Submerso - Eletrôdo consumível - Alimentação contínua do Arame nu. - Atmosfera protetora Arco permanece totalmente submerso em uma camada(fluxo) de pó - Isolante térmico (+ Concentrado) - Processo automatizável

24 Arco Submerso

25 Oxicorte - Chama como fonte de calor (maçarico) - Combustível: mistura de gases (Acetileno e oxigênio). - Reação química entre o Oxigênio de alta pureza e o metal pre-aquecido ao seu ponto de ignição

26 Oxicorte - Cortes precisos e de bom aspecto - Ocorrencia de dilatação e contração (Necessidade de controle do processo)

27 Feixe de Elétrons - Canhão de elétrons (Filamento Tungstênio -vácuo)

28 Feixe de Elétrons Vantagens: - Possibilita soldagem de materiais refratários - Qualidade da solda superior ao processo TIG - Permite soldas estreitas e profundas em um único passe. - Pequena ZAC - Baixas distorções.

29 Feixe de Elétrons Desvantagens: - Alto custo dos equipamentos - Limitações de tamanho Camâra de vácuo - Geração de raio-x durante o processo - Necessidade de desmagnetização da peça antes do processo

30 Laser - localizada da junta através de bombardeamento por feixe de luz concentrada coerente e monocromática de alta intensidade, o fóton. - Semelhante ao processo de soldagem por Feixe de elétrons. - Soldagem em larga escala (Processo Caro)

31 Laser Vantagens: - Aporte térmico elevado à uma área muito pequena. Quando a área afetada é pequena, há uma redução da ZTA - Raramente requer o uso de metais de adição - A poça da solda produzido possui uma mínima contaminação - Devido o laser ser concentrado e

32 Brasagem (Soldabrasagem/Soldagem Branca) - Brasagem por: Forno, Imersão, Indução e Resistência. - apenas do metal de adição - Soldagem obtida pela difusão atômica entre metal de adição no estado líquido e o metal base no estado sólido)

33 Pressão Também conhecida como soldagem por deformação Soldagem Soldagem Soldagem Soldagem a Pino por Resistência por Centelhamento por difusão

Trabalho de solidificação. Soldagem. João Carlos Pedro Henrique Gomes Carritá Tainá Itacy Zanin de Souza

Trabalho de solidificação. Soldagem. João Carlos Pedro Henrique Gomes Carritá Tainá Itacy Zanin de Souza Trabalho de solidificação Soldagem João Carlos Pedro Henrique Gomes Carritá Tainá Itacy Zanin de Souza Introdução A soldagem é um processo de fabricação, do grupo dos processos de união, que visa o revestimento,

Leia mais

GRSS. MIG Brazing BRITE EURAM III. MIG Brazing

GRSS. MIG Brazing BRITE EURAM III. MIG Brazing MIG BRAZING O processo MIG BRAZING é um processo de SOLDABRASAGEM porque ocorre a fusão parcial do metal de base e a capilaridade é mínima. Soldagem Fusão do MA e MB; Soldabrasagem Fusão do MA e parcial

Leia mais

C R E E M SOLDAGEM DOS MATERIAIS. UNESP Campus de Ilha Solteira. Prof. Dr. Vicente A. Ventrella

C R E E M SOLDAGEM DOS MATERIAIS. UNESP Campus de Ilha Solteira. Prof. Dr. Vicente A. Ventrella C R E E M 2 0 0 5 SOLDAGEM DOS MATERIAIS Prof. Dr. Vicente A. Ventrella UNESP Campus de Ilha Solteira C R E E M 2 0 0 5 SOLDAGEM DOS MATERIAIS 1. Introdução 2. Terminologia de Soldagem 3. Simbologia de

Leia mais

Aula 13 e 14: Soldagem Eletrodo Revestido TIG MIG/MAG Arco Submerso

Aula 13 e 14: Soldagem Eletrodo Revestido TIG MIG/MAG Arco Submerso Aula 13 e 14: Soldagem Eletrodo Revestido TIG MIG/MAG Arco Submerso A solda pode ser definida como uma união de peças metálicas, cujas superfícies se tornaram plásticas ou liquefeitas, por ação de calor

Leia mais

CAPÍTULO 7 SOLDAGEM TIG

CAPÍTULO 7 SOLDAGEM TIG SOLDAGEM DOS METAIS 46 CAPÍTULO 7 SOLDAGEM TIG SOLDAGEM DOS METAIS 47 PROCESSO DE SOLDAGEM TIG (Tungsten Inert Gas) GTAW É um processo de soldagem por fusão, a arco elétrico que utiliza o calor gerado

Leia mais

(a) Representação esquemática da soldagem por fusão; (b) Macrografia de uma junta

(a) Representação esquemática da soldagem por fusão; (b) Macrografia de uma junta 1 1. A TÉCNICA DA SOLDAGEM E CONCEITUAÇÕES Um grande número de processos utilizados na fabricação e recuperação de peças, equipamentos e estruturas é abrangido pelo termo SOLDAGEM. Soldagem é a operação

Leia mais

Processos de corte. Figura 2. Corte via plasma e maçarico.

Processos de corte. Figura 2. Corte via plasma e maçarico. Processos de corte Mecânicos: corte por cisalhamento através de guilhotinas, tesouras ou similares e por remoção de cavacos através de serras ou usinagem. Figura 1. Guilhotina, serra automática e corte

Leia mais

Processos de Soldagem Soldagem a Arco com Arame Tubular

Processos de Soldagem Soldagem a Arco com Arame Tubular Processos Soldagem a Arco com Arame Tubular A soldagem a arco com arame tubular - Flux Cored Arc Welding (FCAW), foi desenvolvida visando unir as vantagens do processo MIG/MAG (semiautomático ou automático)

Leia mais

TECNOLOGIA MECÂNICA. Aula 09 PROCESSOS DE FABRICAÇÃO CONFORMAÇÃO E UNIÃO

TECNOLOGIA MECÂNICA. Aula 09 PROCESSOS DE FABRICAÇÃO CONFORMAÇÃO E UNIÃO Aula 09 PROCESSOS DE FABRICAÇÃO CONFORMAÇÃO E UNIÃO Prof. Me. Dario de Almeida Jané Visão geral dos principais Materiais de Engenharia: METAIS POLÍMEROS ELASTÔMEROS CERÂMICOS COMPÓSITOS FERROSOS TERMOPLÁSTICOS

Leia mais

SOLDAGEM COM PLASMA E FORA DA GRAVIDADE.

SOLDAGEM COM PLASMA E FORA DA GRAVIDADE. SOLDAGEM COM PLASMA E FORA DA GRAVIDADE. HISTÓRICO O processo de soldagem a Plasma (PAW) foi introduzido na indústria em 1964 como um método que possuía um melhor controle de soldagem em níveis mais baixos

Leia mais

Processo, Consumíveis, Técnicas e Parâmetros, Defeitos e Causas

Processo, Consumíveis, Técnicas e Parâmetros, Defeitos e Causas INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Processo, Consumíveis, Técnicas e Parâmetros, Defeitos e Causas Professor: Anderson Luís Garcia Correia Unidade Curricular de Processos

Leia mais

Oxy-Cut Processos de Fabrico. Trabalho de pesquisa efetuado por Rodrigo Chora

Oxy-Cut Processos de Fabrico. Trabalho de pesquisa efetuado por Rodrigo Chora Oxy-Cut Processos de Fabrico Trabalho de pesquisa efetuado por Rodrigo Chora Uma breve introdução O oxicorte é uma técnica muito utilizada para o corte de objetos metálicos. Este método consiste no corte

Leia mais

PROCESSO DE SOLDAGEM AO ARCO ELÉTRICO ARAME TUBULAR (FCAW)

PROCESSO DE SOLDAGEM AO ARCO ELÉTRICO ARAME TUBULAR (FCAW) PROCESSO DE SOLDAGEM AO ARCO ELÉTRICO ARAME TUBULAR (FCAW) Seja bem vindo a BALMER, e. Queremos agradecer a sua visita as nossas instalações e dizer-lhe que o nosso sucesso esta diretamente ligado ao fato

Leia mais

Processo d e soldagem

Processo d e soldagem Processo de soldagem Conteúdo Descrição do processo Equipamento e consumíveis Técnica de soldagem Principais defeitos e descontinuidades Aplicações Processo MMA ou SMAW Definição: soldagem a arco elétrico

Leia mais

FONTES DE ENERGIA FONTES DE ENERGIA

FONTES DE ENERGIA FONTES DE ENERGIA FONTES DE ENERGIA A soldagem por fusão é realizada pela aplicação de energia localizada em uma parte da junta de forma a conseguir a sua fusão localizada, de preferência afetando termicamente ao mínimo

Leia mais

Terminologia de Soldagem Consumíveis de Soldagem e Corte

Terminologia de Soldagem Consumíveis de Soldagem e Corte Terminologia Consumíveis e Corte Em soldagem, o consumível empregado na produção de uma junta soldada, ao ser depositado, se mistura com o material da obra (metal de base), resultando num outro material

Leia mais

Exercício de Fixação Aula 06 MIG-MAG - TIG

Exercício de Fixação Aula 06 MIG-MAG - TIG Exercício de Fixação Aula 06 MIG-MAG - TIG Manufatura Mecânica: Soldagem 8º e 9º Período Aluno: Professor: Julio Cesar Data: Orientações: Os exercícios deverão ser feitos manuscritos e individual; Responda

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM SOLDAGEM E CORTE A GÁS BRASAGEM

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM SOLDAGEM E CORTE A GÁS BRASAGEM PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM SOLDAGEM E CORTE A GÁS BRASAGEM Professor: Moisés Luiz Lagares Júnior 1 2 SOLDAGEM A GÁS OXI-COMBUSTÍVEL (OXY-FUEL GAS WELDING OFW) União pela fusão com uma chama de

Leia mais

Equipamentos e Técnicas de Pré, Pós-Aquecimento e Tratamento Térmico

Equipamentos e Técnicas de Pré, Pós-Aquecimento e Tratamento Térmico Equipamentos e Técnicas de Pré, Pós-Aquecimento e Tratamento Térmico Neste texto são apresentadas as técnicas e equipamentos utilizados nos processos de pré e pós-aquecimento e no tratamento térmico. São

Leia mais

SOLDAGEM DOS METAIS CAPÍTULO 7 SOLDAGEM TIG

SOLDAGEM DOS METAIS CAPÍTULO 7 SOLDAGEM TIG 45 CAPÍTULO 7 SOLDAGEM TIG 46 PROCESSO DE SOLDAGEM TIG (Tungsten Inert Gas) GTAW É um processo de soldagem por fusão, a arco elétrico que utiliza o calor gerado pelo arco formado entre o eletrodo de Tungstênio

Leia mais

3. PROCESSO DE SOLDAGEM COM ELETRODO REVESTIDO

3. PROCESSO DE SOLDAGEM COM ELETRODO REVESTIDO 1 3. PROCESSO DE SOLDAGEM COM ELETRODO REVESTIDO O processo de soldagem com eletrodo revestido é um processo no qual a fusão do metal é produzida pelo aquecimento de um arco elétrico, mantido entre a ponta

Leia mais

SOLDAGEM 6/16/2016 BIBLIOGRAFIA CLASSIFICAÇÃO DOS PROCESSOS DE FABRICAÇÃO BIBLIOGRAFIA SUPLEMENTAR

SOLDAGEM 6/16/2016 BIBLIOGRAFIA CLASSIFICAÇÃO DOS PROCESSOS DE FABRICAÇÃO BIBLIOGRAFIA SUPLEMENTAR BIBLIOGRAFIA SOLDAGEM Livro Texto: Tecnologia Metalúrgica Prof. José Luís L. Silveira Curso de graduação em Engenharia Mecânica UFRJ Centro de Tecnologia sala I-241 Introdução aos Processos de Fabricação

Leia mais

PROVA DE SELEÇÃO 2016 Página: 1 de 7

PROVA DE SELEÇÃO 2016 Página: 1 de 7 Página: 1 de 7 1) Considerando as responsabilidades do Inspetor de Soldagem Nível 1, em relação à qualificação e certificação dos procedimentos de soldagem e às normas técnicas, identifique a única opção

Leia mais

Rev. 08/2014 PROCESSO TIG

Rev. 08/2014 PROCESSO TIG PROCESSO TIG Rev. 08/2014 ATENÇÃO Importante: Leia este manual atentamente antes de utilizar o produto. Em caso de falta de experiência ou desconhecimento dos métodos e o funcionamento seguro, consulte

Leia mais

Processos de Soldagem. Valter V de Oliveira

Processos de Soldagem. Valter V de Oliveira Processos de Soldagem Valter V de Oliveira Introdução Processos de junção são empregados para unir dois ou mais componentes, de forma que estes passem a apresentar um movimento de corpo rígido. O termo

Leia mais

Soldagem com Arame Sólido sob Proteção Gasosa - GMAW

Soldagem com Arame Sólido sob Proteção Gasosa - GMAW Soldagem com Arame Sólido sob Proteção Gasosa - GMAW Histórico Concepção básica 1920 Processo de alta densidade de corrente utilizando pequenos diâmetros de eletrodos de metais específicos Alumínio e ligas

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM METALURGIA DA SOLDAGEM

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM METALURGIA DA SOLDAGEM PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM METALURGIA DA SOLDAGEM Professor: Moisés Luiz Lagares Júnior 1 METALURGIA DA SOLDAGEM A JUNTA SOLDADA Consiste: Metal de Solda, Zona Afetada pelo Calor (ZAC), Metal

Leia mais

Processos de Soldagem Soldagem TIG

Processos de Soldagem Soldagem TIG Processos Soldagem TIG Na soldagem TIG - Tungsten Inert Gás (GTAW), a união de metais ocorre por meio do aquecimento e fusão destes com um arco elétrico, estabelecido entre a extremidade de um eletrodo

Leia mais

SOLDAGEM MIG/MAG. Prof. Marcos Dorigão Manfrinato 1 MIG/MAG BIG MAC

SOLDAGEM MIG/MAG. Prof. Marcos Dorigão Manfrinato 1 MIG/MAG BIG MAC SOLDAGEM MIG/MAG Prof. Marcos Dorigão Manfrinato 1 MIG/MAG BIG MAC MIG 2 SOLDAGEM MIG/MAG A soldagem a arco com proteção gasosa (gás metal arc welding GMAW). A proteção do arco e da região da solda contra

Leia mais

SOLDA OXIACETILENO 1

SOLDA OXIACETILENO 1 SOLDA OXIACETILENO 1 SOLDA OXIACETILENO A soldagem oxi-acetilênica é um processo no qual a união das peças é obtida pela fusão localizada do metal por uma chama gerada pela reação entre o oxigênio e o

Leia mais

SOLDABILIDADE DOS AÇOS INOXIDÁVEIS RESUMO DA SOLDABILIDADE DOS AÇOS INOXIDÁVEIS

SOLDABILIDADE DOS AÇOS INOXIDÁVEIS RESUMO DA SOLDABILIDADE DOS AÇOS INOXIDÁVEIS SOLDABILIDADE DOS AÇOS INOXIDÁVEIS RESUMO DA SOLDABILIDADE DOS AÇOS INOXIDÁVEIS Ramón S. Cortés Paredes, Dr. Eng. LABATS DEMEC UFPR 1 Diagrama de Schaeffler (1) Formação de trincas de solidificação ou

Leia mais

Soldagem de Aço Inox Utilizando Arco Gasoso com Tungstênio (GTAW ou TIG)

Soldagem de Aço Inox Utilizando Arco Gasoso com Tungstênio (GTAW ou TIG) Soldagem de Aço Inox Utilizando Arco Gasoso com Tungstênio (GTAW ou TIG) Este é o processo mais amplamente usado devido a sua versatilidade e alta qualidade bem como a aparência estética do acabamento

Leia mais

ALTO FORNO E ACIARIA. Curso: Engenharia Mecânica Disciplina: Tecnologia Metalúrgica Período: Prof. Ms. Thayza Pacheco dos Santos Barros

ALTO FORNO E ACIARIA. Curso: Engenharia Mecânica Disciplina: Tecnologia Metalúrgica Período: Prof. Ms. Thayza Pacheco dos Santos Barros ALTO FORNO E ACIARIA Curso: Engenharia Mecânica Disciplina: Tecnologia Metalúrgica Período: 2017.1 Prof. Ms. Thayza Pacheco dos Santos Barros 1 Alto forno Serve para produzir o ferro gusa, que é uma forma

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM MODOS DE TRANSFERÊNCIA METÁLICA MIG/MAG DEFEITOS EM SOLDAGEM E ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM MODOS DE TRANSFERÊNCIA METÁLICA MIG/MAG DEFEITOS EM SOLDAGEM E ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM MODOS DE TRANSFERÊNCIA METÁLICA MIG/MAG E ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS Professor: Moisés Luiz Lagares Júnior 1 MODOS DE TRANSFERÊNCIA METÁLICA MIG/MAG Forças que governam

Leia mais

Protegendo a solda. O processo de soldagem TIG é o assunto desta aula. Que sigla é essa?

Protegendo a solda. O processo de soldagem TIG é o assunto desta aula. Que sigla é essa? Protegendo a solda Até agora, falamos de processos de soldagem bastante simples, baratos e versáteis, tanto do ponto de vista da variedade de tipos de metais a serem soldados, quanto do ponto de vista

Leia mais

Aula 6: Lista de Exercícios. Engrenagens Rolamentos Soldagem

Aula 6: Lista de Exercícios. Engrenagens Rolamentos Soldagem Aula 6: Lista de Exercícios Polias e Correias Engrenagens Rolamentos Soldagem São tipos de correias, exceto: a) CorreiasemV b) Correias dentadas c) Correias planas d) Correias auto-esticáveis Sãoperfisdepolias:

Leia mais

4 a Aula Introdução ao Arco elétrico

4 a Aula Introdução ao Arco elétrico 1 4 a Aula Introdução ao Arco elétrico 1. O arco elétrico 1.1 - Definição : descarga elétrica mantida através de um gás ionizado, iniciada por uma quantidade de eletrons emitidos do eletrodo negativo (catodo)

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: FUNDIÇÃO E SOLDAGEM Código da Disciplina: EMC238 Curso: Engenharia Mecânica Semestre de oferta da disciplina: 9 o Faculdade responsável: Engenharia Mecânica Programa

Leia mais

Processo por pontos, por costura, por projeção, de topo, Aplicações, Vantagens e Desvantagens

Processo por pontos, por costura, por projeção, de topo, Aplicações, Vantagens e Desvantagens INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Processo por pontos, por costura, por projeção, de topo, Aplicações, Vantagens e Desvantagens Professor: Anderson Luís Garcia Correia

Leia mais

Processo de Soldadura com Eléctrodo não consumível de Tungsténio e Protecção Gasosa Inerte TIG / GTAW / WIG / 141

Processo de Soldadura com Eléctrodo não consumível de Tungsténio e Protecção Gasosa Inerte TIG / GTAW / WIG / 141 Processo de Soldadura com Eléctrodo não consumível de Tungsténio e Protecção Gasosa Inerte TIG / GTAW / WIG / 141 Direcção de Formação EWE / IWE Módulo 1.7 Italo Fernandes EWE / IWE - Módulo 1.7 EWE/IWE

Leia mais

Processo de Soldagem a Gás

Processo de Soldagem a Gás Processo a Gás Este texto apresenta aspectos relacionados com o Processo a Gás, envolvendo equipamentos de soldagem, tipos e funções dos gases, tipos e funções dos combustíveis, tipos de chama, características

Leia mais

Processo, Tipos, Técnicas, Defeitos e Causas

Processo, Tipos, Técnicas, Defeitos e Causas INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Processo, Tipos, Técnicas, Defeitos e Causas Professor: Anderson Luís Garcia Correia 01 de março de 2017 A solda é a união de materiais,

Leia mais

CURSO TÉCNICO CAD/CAM ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS

CURSO TÉCNICO CAD/CAM ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS CURSO TÉCNICO CAD/CAM 2008-2009 ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS Este foi um dos módulos mais fáceis e divertidos que tivemos pois a matéria já era do meu conhecimento e já tinha tido experiência a

Leia mais

Soldagem por ultra-som

Soldagem por ultra-som Soldagem por ultra-som Genealogia Princípio - Esforços Aplicações De Plásticos: freqüências entre 20 e 70 khz; os materiais têm que ter pontos de fusão equivalentes. vibrações mecânicas introduzidas verticalmente;

Leia mais

Processo de Fabricação: CORTE A LASER E CORTE A ÁGUA

Processo de Fabricação: CORTE A LASER E CORTE A ÁGUA Processo de Fabricação: CORTE A LASER E CORTE A ÁGUA CORTE A LASER O que é o Laser? Amplificação da luz por emissão estimulada de radiação. É um sistema que produz um feixe de luz coerente e concentrado

Leia mais

INTRODUÇAO. Figura 01 - Dispositivo de elevação e posicionador

INTRODUÇAO. Figura 01 - Dispositivo de elevação e posicionador Soldagem de Pinos Prof. Luiz Gimenes Jr. Prof. Marcos Antonio Tremonti INTRODUÇAO A Soldagem de pinos em inglês é designado por stud welding, trata-se de um processo de soldagem a arco elétrico que une

Leia mais

Processo, Técnicas Empregadas, Defeitos e Causas, Procedimentos

Processo, Técnicas Empregadas, Defeitos e Causas, Procedimentos INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Processo, Técnicas Empregadas, Defeitos e Causas, Procedimentos Professor: Anderson Luís Garcia Correia Unidade Curricular de Processos

Leia mais

2 - CLASSIFICAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS DE SOLDAGEM

2 - CLASSIFICAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS DE SOLDAGEM 1 - SOLDAGEM: TERMO GENÉRICO Disciplina Titulo da aula Expositor Materiais Dentários I Soldagem odontológica Prof. Dr. Eclérion Chaves Processo de união de metais, envolvendo ou não o fluxo de um metal

Leia mais

SOLDAGEM A ARCO ELÉTRICO SOB PROTEÇÃO GASOSA

SOLDAGEM A ARCO ELÉTRICO SOB PROTEÇÃO GASOSA SOLDAGEM A ARCO ELÉTRICO SOB PROTEÇÃO GASOSA PROCESSO MIG/MAG Rev. 07/2014 ATENÇÃO Importante: Leia este manual atentamente antes de utilizar o produto. Em caso de falta de experiência ou desconhecimento

Leia mais

EQUIPAMENTOS FLAME-SPRAY (ARAMES E PÓS) EQUIPAMENTOS ARC-SPRAY (ARCO ELÉTRICO)

EQUIPAMENTOS FLAME-SPRAY (ARAMES E PÓS) EQUIPAMENTOS ARC-SPRAY (ARCO ELÉTRICO) EQUIPAMENTOS FLAME-SPRAY (ARAMES E PÓS) Na metalização pelo processo FLAME-SPRAY (Chama Oxiacetilênica), utiliza-se oxigênio e gás combustível para gerar uma chama que é responsável por fundir o material

Leia mais

FABRICAÇÃO DO AÇO. Introdução

FABRICAÇÃO DO AÇO. Introdução FABRICAÇÃO DO AÇO Introdução Mesmo quando os métodos de fabricação eram bastante rudimentares os artesãos da Antigüidade, na Ásia e, mais tarde, na Europa medieval, conseguiam fabricar o aço. O aço daquela

Leia mais

Usinagem 2. Aula 4 Corte por Plasma

Usinagem 2. Aula 4 Corte por Plasma Usinagem 2 Aula 4 Corte por Plasma A matéria pode se apresentar nos estados sólido, líquido e gasoso. Entretanto, há um estado chamado plasma, conhecido também como o quarto estado da matéria. No caso

Leia mais

2.4- Monitoramento e Controle de Processos de Soldagem e de Linhas de Montagem. Prof. Dr. Rafael Laranja

2.4- Monitoramento e Controle de Processos de Soldagem e de Linhas de Montagem. Prof. Dr. Rafael Laranja 2.4- Monitoramento e Controle de Processos de Soldagem e de Linhas de Montagem Prof. Dr. Rafael Laranja Introdução Todo e qualquer componente fabricado será montado. Um processo de montagem geralmente

Leia mais

Espectrometria de emissão atômica

Espectrometria de emissão atômica Espectrometria de emissão atômica Técnica analítica que se baseia na emissão de radiação eletromagnética das regiões visível e ultravioleta do espectro eletromagnético por átomos neutros ou átomos ionizados

Leia mais

Processo de Soldagem Eletroescória HISTÓRICO

Processo de Soldagem Eletroescória HISTÓRICO Processo de Soldagem Eletroescória HISTÓRICO Prof. Luiz Gimenes Jr. Prof. Manuel Saraiva Clara Os precursores do processo começaram ainda no século passado com a soldagem na posição vertical em um único

Leia mais

COMBUSTÍVEIS NO PROCESSO DE SOLDAGEM OXIACETILENO 7

COMBUSTÍVEIS NO PROCESSO DE SOLDAGEM OXIACETILENO 7 INTRODUÇÃO 1 Trabalhadores da soldagem, solda branda e brasagem 1 Natureza do trabalho 1 Condições de trabalho 3 Treinamento, outras qualificações e progresso 3 Empregabilidade 4 Perspectivas de trabalho

Leia mais

Eletrodos Revestidos

Eletrodos Revestidos Eletrodos Revestidos O eletrodo revestido é um consumível composto formado por duas partes: uma metálica, chamada de alma, e outra na forma de massa, chamada de revestimento. Na soldagem de aços-carbono

Leia mais

Manual de Instruções 2 a edição setembro/2004

Manual de Instruções 2 a edição setembro/2004 Manual de Instruções 2 a edição setembro/2004 TIG POP 300 S FONTE BÁSICA PARA SOLDAGEM DE ALUMÍNIO E SUAS LIGAS, AÇO COMUM E AÇO INOXIDÁVEL Sumário Capítulo 1 - Descrição do equipamento... 2 1.1 - Introdução...

Leia mais

CORTE DE METAIS. O Processo de Corte de Metais por PLASMA

CORTE DE METAIS. O Processo de Corte de Metais por PLASMA CORTE DE METAIS O Processo de Corte de Metais por PLASMA O Processo de Corte Plasma foi desenvolvido desde os anos 50 para cortar metais condutores, principalmente o aço inoxidável e o alumínio. Hoje é

Leia mais

Processo, Tipos e Classificação de Eletrodos, Técnicas, Defeitos e Causas

Processo, Tipos e Classificação de Eletrodos, Técnicas, Defeitos e Causas INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Processo, Tipos e Classificação de Eletrodos, Técnicas, Defeitos e Causas Professor: Anderson Luís Garcia Correia Unidade Curricular

Leia mais

TIG : Tungsten Inert Gas, também conhecido como GTAW : Gas Tungsten Arc Welding.

TIG : Tungsten Inert Gas, também conhecido como GTAW : Gas Tungsten Arc Welding. 1 TIG : Tungsten Inert Gas, também conhecido como GTAW : Gas Tungsten Arc Welding. O Processo TIG O processo TiG consiste de uma fonte de soldagem de corrente constante, podendo trabalhar na polaridade

Leia mais

Soldagem I Lista de Exercícios

Soldagem I Lista de Exercícios Soldagem I Lista de Exercícios 1. Defina soldagem com base em (a) suas características operacionais e (b) seus mecanismos de união. (c) Dois blocos de gelo colocados em contato com uma pequena pressão

Leia mais

GRSS. SOLDAGEM POR EXPLOSÃO Explosion WELDING

GRSS. SOLDAGEM POR EXPLOSÃO Explosion WELDING SOLDAGEM POR EXPLOSÃO Fundamentos do processo É um processo de soldagem no estado sólido, que produz uma solda pelo impacto em alta velocidade das peças como resultado de uma detonação (explosão) controlada.

Leia mais

4.3 Processo TIG - "Tungsten Inert Gaz"

4.3 Processo TIG - Tungsten Inert Gaz 121 4.3 Processo TIG - "Tungsten Inert Gaz" 4.3.1 Introdução Trata-se de um processo de soldagem a arco elétrico, com proteção de fluxo gasoso, onde o arco é aberto entre o eletrodo, de tungstênio, não

Leia mais

CORROSÃO INTERGRANULAR EM JUNTAS SOLDADAS - PARTE III

CORROSÃO INTERGRANULAR EM JUNTAS SOLDADAS - PARTE III CORROSÃO INTERGRANULAR EM JUNTAS SOLDADAS - PARTE III Eng. Ricardo Fedele, MSc. Engenheiro de Aplicação da Boehler Thyssen Técnica de Soldagem Ltda Prof. do Dep. de Eng. Mecânica e Metalúrgica da Escola

Leia mais

Processo de Soldagem TIG

Processo de Soldagem TIG Processo de Soldagem TIG Mecanismos de Emissão de Elétrons Os elétrons respondem pela condução de mais de 90% da corrente no arco, existem diversos mecanismos que podem operar e ser responsáveis pela emissão

Leia mais

Submerged Arc Welding

Submerged Arc Welding SOLDAGEM COM ARCO SUBMERSO SUBMERGED ARC WELDING (SAW) Definição SAW é um processo na qual a união de metais se dá pelo calor fornecido por um arco elétrico entre um eletrodo nu e uma peça. O nome desse

Leia mais

Soldagem de Alumínio MIG/TIG

Soldagem de Alumínio MIG/TIG Soldagem de Alumínio MIG/TIG Eng Augusto Franco Gerente de Produtos e Serviços Eutectic do Brasil Programa O Alumínio na industria brasileira Ligas de alumínio Seleção do material de adição Qualidade do

Leia mais

Avaliação das principais descontinuidades encontradas nas juntas soldadas, causas e possíveis soluções

Avaliação das principais descontinuidades encontradas nas juntas soldadas, causas e possíveis soluções Contribuição técnica nº 9 Avaliação das principais descontinuidades encontradas nas juntas soldadas, causas e possíveis soluções Autor: Paulo Rogerio Santos de Novais novais.welding@gmail.com Resumo: Os

Leia mais

Raios-x. Proteção e higiene das Radiações Profª: Marina de Carvalho CETEA

Raios-x. Proteção e higiene das Radiações Profª: Marina de Carvalho CETEA Raios-x Proteção e higiene das Radiações Profª: Marina de Carvalho CETEA Materiais Radioativos 1896 o físico Francês Becquerel descobriu que sais de Urânio emitia radiação capaz de produzir sombras de

Leia mais

TUDO PARA SOLDA E CORTE EM UM SÓ LUGAR. LojadaSolda. produtos e equipamentos

TUDO PARA SOLDA E CORTE EM UM SÓ LUGAR. LojadaSolda. produtos e equipamentos TUDO PARA SOLDA E CORTE EM UM SÓ LUGAR LojadaSolda produtos e equipamentos CONFIRA NOSSA LINHA DE PRODUTOS & SERVIÇOS ABRASIVOS PAG 05 ACESSÓRIOS PARA SOLDA E CORTE ARAMES PARA SOLDA CILINDROS CONSUMÍVEIS

Leia mais

Trabalho Prático N o :. Técnica Operatória da Soldagem GTAW

Trabalho Prático N o :. Técnica Operatória da Soldagem GTAW Trabalho Prático N o :. Técnica Operatória da Soldagem GTAW. Objetivos: Familiarizar-se com o arranjo e a operação do equipamento utilizado na soldagem GTAW manual. Familiarizar-se com o procedimento para

Leia mais

SOLDAGEM TIG. Prof. Marcos Dorigão Manfrinato 1 SOLDAGEM TIG

SOLDAGEM TIG. Prof. Marcos Dorigão Manfrinato 1 SOLDAGEM TIG Prof. Marcos Dorigão Manfrinato 1 A Soldagem a Arco Gás-Tungstênio (Gas Tungsten Arc Welding - GTAW) ou, como é mais conhecida no Brasil, TIG (Tungsten Inert Gas) é um processo no qual a união é obtida

Leia mais

Disciplina: Fundição e Soldagem

Disciplina: Fundição e Soldagem Disciplina: Fundição e Soldagem Prof. Valtair Antonio Ferraresi Laboratório para o Desenvolvimento de Processos de Soldagem - LAPROSOLDA Tópico 1:Soldagem, corte e operações afins Objetivo Descrever e

Leia mais

Tratamentos Térmicos

Tratamentos Térmicos Tratamentos Térmicos Têmpera superficial Modifica a superfície: alta dureza superficial e núcleo mole. Aplicação: engrenagens Pode ser «indutivo» ou «por chama» Tratamentos Térmicos Têmpera superficial

Leia mais

SOLDAGEM DOS METAIS CAPÍTULO 10 DEFEITOS EM OPERAÇÕES DE SOLDAGEM

SOLDAGEM DOS METAIS CAPÍTULO 10 DEFEITOS EM OPERAÇÕES DE SOLDAGEM 70 CAPÍTULO 10 DEFEITOS EM OPERAÇÕES DE SOLDAGEM 71 DESCONTINUIDADES MAIS FREQÜENTES NAS OPERAÇÕES DE SOLDAGEM Podemos definir descontinuidade como sendo uma interrupção das estruturas típicas de uma junta

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Operações Unitárias na Indústria de Alimentos. Profa. Marianne Ayumi Shirai

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Operações Unitárias na Indústria de Alimentos. Profa. Marianne Ayumi Shirai Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Operações Unitárias na Indústria de Alimentos Profa. Marianne Ayumi Shirai CALDEIRAS Caldeira ou Gerador de vapor é um equipamento que se destina

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM Fundição Know-How no Segmento Industrial de Fundição A Eutectic Castolin acumulou vasto conhecimento nos principais setores industriais do Brasil e possui

Leia mais

Soldadura Tailor Blanks - TWB

Soldadura Tailor Blanks - TWB Soldadura Tailor Blanks - TWB Eurico Assunção, Nº49997 Resumo Este paper tem como objectivo apresentar uma tecnologia de soldadura que tem sido cada vez mais utilizada na indústria automóvel., a soldadura

Leia mais

precisamente monitorados.

precisamente monitorados. NR 14 - FORNOS Os fornos industriais são produzidos em diferentes modelos para atender às necessidades das indústrias, seja para produção de alimentos ou aquecimento de materiais. No setor de alimentos

Leia mais

BACKING CERÂMICO. Conheça as vantagens de utilização deste produto. soldor.com.br

BACKING CERÂMICO. Conheça as vantagens de utilização deste produto. soldor.com.br BACKING CERÂMICO Conheça as vantagens de utilização deste produto. soldor.com.br 21 2450 1121 2450 2544 comercial@soldor.com.br Rua Ibiá, 305 Turiaçú Rio de Janeiro RJ CEP 21540-070 O backing cerâmico

Leia mais

SOLDAGEM TIG SOLDAGEM TIG

SOLDAGEM TIG SOLDAGEM TIG SOLDAGEM TIG Prof. Valtair Antonio Ferraresi 1 SOLDAGEM TIG A soldagem com eletrodo não consumível de tungstênio e proteção gasosa (GAS TUNGSTEN ARC WELDING GTAW (EUA) ou TUNGSTEN IONERT GAS TIG (EUROPA)

Leia mais

Oxicorte. Nas aulas anteriores deste módulo, você. Nossa aula. Um pouco de teoria

Oxicorte. Nas aulas anteriores deste módulo, você. Nossa aula. Um pouco de teoria A U A UL LA Oxicorte Nas aulas anteriores deste módulo, você aprendeu o que são cortes nos materiais e os processos de corte em guilhotina, serra, talhadeira, entre outros, denominados cortes mecânicos.

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM FORMAÇÃO DO CORDÃO DE SOLDA E CUSTOS DE SOLDAGEM

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM FORMAÇÃO DO CORDÃO DE SOLDA E CUSTOS DE SOLDAGEM PROCESSOS DE FABRICAÇÃO III SOLDAGEM FORMAÇÃO DO CORDÃO DE SOLDA E CUSTOS DE SOLDAGEM Professor: Moisés Luiz Lagares Júnior 1 FORMAÇÃO DO CORDÃO DE SOLDA Normalmente o cordão de solda é caracterizado pela

Leia mais

COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL SOLDAGEM DE AÇOS INOXIDÁVEIS. Introdução

COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL SOLDAGEM DE AÇOS INOXIDÁVEIS. Introdução COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL SOLDAGEM DE AÇOS INOXIDÁVEIS Introdução Os aços inoxidáveis austeníticos são facilmente soldados com ou sem arame de enchimento. Ë considerável a utilização

Leia mais

Revestimentos e Metalização

Revestimentos e Metalização Revestimentos e Metalização Conteúdo Iniciação à engenharia de superfície (conceitos e aplicações); Revestimento x tratamento de superfícies; Aspersão térmica a gás fundamentos, processos, equipamentos,

Leia mais

Outros ângulos da ferramenta: ângulo de folga (f): evita atrito entre peça e ferramenta ângulo de saída ou de ataque (s): ângulo de saída do cavaco

Outros ângulos da ferramenta: ângulo de folga (f): evita atrito entre peça e ferramenta ângulo de saída ou de ataque (s): ângulo de saída do cavaco USINAGEM (Mar 2007) 1. Características Gerais Obtenção de peças por remoção de material (material removido é chamado cavaco). processo secundário de fabricação: confere melhores tolerâncias dimensionais

Leia mais

Backings Cerâmicos e suas aplicações

Backings Cerâmicos e suas aplicações Backings Cerâmicos e suas aplicações voestalpine Böhler Welding Backings Cerâmicos e suas aplicações Os backings cerâmicos são produzidos com cerâmica resistente a altas temperaturas, a partir da combinação

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina MEC323 Processos de Fabricação por Soldagem

Programa Analítico de Disciplina MEC323 Processos de Fabricação por Soldagem 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

QUI 072 Química Analítica V. Aula 5 - Espectrometria de absorção atômica

QUI 072 Química Analítica V. Aula 5 - Espectrometria de absorção atômica Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) Instituto de Ciências Exatas Depto. de Química QUI 072 Química Analítica V Aula 5 - Espectrometria de absorção atômica Julio C. J. Silva Juiz de Fora, 2014 Métodos

Leia mais

FUNDIÇÃO ODONTOLÓGICA

FUNDIÇÃO ODONTOLÓGICA FUNDIÇÃO ODONTOLÓGICA DEFINIÇÃO É o processo de se obter objetos vazando líquidos ou metal viscoso em um molde preparado ou forma. O objetivo de uma fundição é o de produzir réplicas de um objeto qualquer.

Leia mais

GTAW Soldagem TIG 23/6/2013 2

GTAW Soldagem TIG 23/6/2013 2 2012 23/6/2013 1 GTAW Soldagem TIG 23/6/2013 2 23/6/2013 3 A Soldagem TIG (GTAW) O processo de soldagem Gas Tungsten Arc Welding GTAW, ou soldagem TIG Tungsten Inert Gas, como é mais conhecido atualmente,

Leia mais

Agronomia Química Analítica Prof. Dr. Gustavo Rocha de Castro. As medidas baseadas na luz (radiação eletromagnética) são muito empregadas

Agronomia Química Analítica Prof. Dr. Gustavo Rocha de Castro. As medidas baseadas na luz (radiação eletromagnética) são muito empregadas ESPECTROMETRIA DE ABSORÇÃO ATÔMICA Introdução As medidas baseadas na luz (radiação eletromagnética) são muito empregadas na química analítica. Estes métodos são baseados na quantidade de radiação emitida

Leia mais

Descontinuidades na solda

Descontinuidades na solda Descontinuidade & Defeito 1. Dimensionais 2. Estruturais 3. Relacionadas com propriedades indesejáveis no perfil da solda 4. Relacionadas com as propriedades do metal de base 1.Descontinuidades Dimensionais:

Leia mais

Espectrometria de Absorção Atômica. Prof. Luiz Carlos Farmácia UNIP

Espectrometria de Absorção Atômica. Prof. Luiz Carlos Farmácia UNIP Espectrometria de Absorção Atômica Prof. Luiz Carlos Farmácia UNIP Conceito Técnica baseada na atomização de amostras para detecção de elementos químicos individuais. Envolve a medida da absorção de uma

Leia mais

Soldagem CONTEÚDO 5/2/2013 2

Soldagem CONTEÚDO 5/2/2013 2 2012 5/2/2013 1 Soldagem CONTEÚDO 1. Conceitos fundamentais da soldagem; 2. Introdução a soldagem; 3. Processos de Brasagem, Soldagem e Corte; 4. Terminologia da Soldagem; 5. Simbologia da Soldagem; 6.

Leia mais

Soldadura por Electro-Escória

Soldadura por Electro-Escória Soldadura por Electro-Escória Príncipio do Processo O processo de soldadura por electro-escória consiste em formar um banho de escória e metal em fusão delimitado pelos bordos da junta e duas sapatas (normalmente

Leia mais

Tipos de Transferencia. Nebulizado Globular Pulsante

Tipos de Transferencia. Nebulizado Globular Pulsante 113 Para o alumínio e suas ligas usa-se argônio puro, enquanto que para o cobre e suas ligas apresenta bom resultado uma mistura de argônio com 70% de Hélio ou argônio puro para chapas muito finas. Outro

Leia mais

Apostila de Treinamento TIG (GTAW)

Apostila de Treinamento TIG (GTAW) 2015-Jul Apostila de Treinamento TIG (GTAW) Público alvo: Vendedores e Representantes comerciais 1 Informações iniciais : Ciclo de Trabalho (Fator de trabalho) O Ciclo de Trabalho é a relação entre o período

Leia mais