30/01/2015 CONDUTA ESPÍRITA ALEX VÂNIA COUTINHO FERNANDA ALENCAR. OBJETIVO Entender o que é e qual a importância da Conduta Espírita.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "30/01/2015 CONDUTA ESPÍRITA ALEX VÂNIA COUTINHO FERNANDA ALENCAR. OBJETIVO Entender o que é e qual a importância da Conduta Espírita."

Transcrição

1 CONDUTA ESPÍRITA ALEX VÂNIA COUTINHO FERNANDA ALENCAR OBJETIVO Entender o que é e qual a importância da Conduta Espírita. 1

2 ESPIRITISMO Uma ciência de observação e uma doutrina filosófica que trata da natureza, origem e destino dos Espíritos, bem como de suas relações com o mundo corporal. Kardec, A. O que o Espiritismo. Preâmbulo. FEB. Espiritismo Tríplice Aspecto Religião Não basta admirar o Cristo e divulgarlhe Filosofia preceitos. É imprescindível Ciência acompanhá-lo para que estejamos na bênção da luz. Emmanuel Conduta Espírita 2

3 CONDUTA Dicionário Maneira de alguém se conduzir, se comportar; procedimento, comportamento. CONDUTA ESPÍRITA Consciência espírita, adquirida pelo estudo e pela reflexão, indicando os caminhos da ética e da conduta cristã. Atitudes do espírita coerentes com a teoria da Doutrina Espírita. 3

4 CONDUTA ESPÍRITA ONDE APLICAR A CONDUTA ESPÍRITA LE 918. Por que indícios se pode reconhecer em um homem o progresso real que lhe elevará o Espírito na hierarquia espírita? O Espírito prova a sua elevação, quando todos os atos de sua vida corporal representam a prática da lei de Deus e quando antecipadamente compreende a vida espiritual. 4

5 ONDE APLICAR A CONDUTA ESPÍRITA Escola primeira. Quem cultiva o Evangelho em casa, faz da própria casa um templo do Cristo. Aprendam primeiro a exercer piedade para com a sua própria família e a recompensar seus pais, porque isto é bom e agradável diante de Deus. Paulo. (I TIMÓTEO, 5:4.)a escola primeira. Perante Nós Mesmos Vigiar as próprias manifestações, não se julgando indispensável e preferindo a autocrítica do autoelogio, recordando que o exemplo da humildade é a maior força para a transformação das criaturas. O servidor fiel da Doutrina possui, na consciência tranquila, a fortaleza inatacável. Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Paulo.(II CORÍNTIOS, 13:5.) 5

6 Perante os Parantes O lar constitui cadinho redentor das almas endividadas. Os parentes são os marcos vivos das primeiras grandes responsabilidades do Espírito encarnado. Temos, na família consanguínea, o teste permanente de nossas relações com a Humanidade. Mas se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente dos da sua família, negou a fé e é pior do que o infiel. Paulo. (I TIMÓTEO, 5:8.) ONDE APLICAR A CONDUTA ESPÍRITA A evolução requer da criatura a necessária dominação sobre o meio em que nasceu. A condição social é apenas apresentação passageira e todos os papéis são permutáveis na sucessão das existências. Sigamos, pois, as coisas que contribuem para a paz e para a edificação de uns para com os outros. Paulo. (ROMANOS, 14:19.) 6

7 Perante Fórmulas Sociais O espírita não se prende a exterioridades. O Espiritismo não pode olvidar a simplicidade cristã que ele próprio revive. O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado. Jesus. (MARCOS, 2:27.) ONDE APLICAR A CONDUTA ESPÍRITA O engrandecimento da vida exige o tributo individual do trabalho. O espírita responde por sua qualificação nos múltiplos setores da experiência. O trabalho recebe valor pela qualidade dos seus frutos. Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também. Jesus. (JOÃO, 5:17.) 7

8 Perante os Companheiros Todos somos estudantes na grande escola da Vida. Respeitar as ideias e as pessoas de todos os nossos irmãos, sejam eles nossos vizinhos ou não, estejam presentes ou ausentes. A Seara de Jesus pede trabalhadores decididos a auxiliar. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros. Jesus. (JOÃO, 13:35.) ONDE APLICAR A CONDUTA ESPÍRITA Entrar pontualmente no para tomar parte das reuniões, sem provocar alarido ou perturbações. O templo é local previamente escolhido para encontro com as Forças Superiores. A harmonia dos pensamentos condiciona a paz e o progresso de todos Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. Jesus. (MATEUS, 18:20.) 8

9 Perante outras religiões Estimar e reverenciar os irmãos de outros credos religiosos. Aproveitar o tempo e as energias, fugindo às discussões estéreis. Sistematicamente, não impor ou forçar a transformação religiosa dos irmãos alheios à fé que lhe consola o coração. Irmãos, não vos queixeis uns contra os outros, para que não sejais condenados. (TIAGO, 5:9.) Perante outras Religiões 9

10 Perante os Mentores Ponderar com especial atenção as comunicações transmitidas como sendo da autoria de algum vulto célebre. O fruto dá notícia da árvore que o produz. A comunhão com os bons cria para nós o dever de imitá-los. Amados, não creiais a todo Espírito, mas provai se os Espíritos são de Deus. (I JOÃO, 4:1.) Perante a Mediunidade O médium ou os fatos mediúnicos como extraordinários ou místicos. O intercâmbio mediúnico é acontecimento natural e o médium é um ser humano como qualquer outro. A mediunidade nunca será talento para ser enterrado no solo do comodismo. E nos últimos dias acontecerá, diz o Senhor, que do meu espírito derramarei sobre toda carne. (ATOS, 2:17.) 10

11 COMO A CONDUTA ESPÍRITA NO MÉDIUM Esquivar-se à suposição de que detém responsabilidades ou missões de avultada transcendência. O medianeiro será sempre o responsável direto pela mensagem de que se faz portador. Silenciar qualquer prurido de evidência pessoal na produção desse ou daquele fenômeno. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. Paulo. (I CORÍNTIOS, 12:7.) COMO A CONDUTA ESPÍRITA NO DIRIGENTE Ser atencioso, sereno e compreensivo no trato com os enfermos encarnados e desencarnados, aliando humildade e energia, tanto quanto respeito e disciplina na consecução das próprias tarefas. A caridade não dispensa a prudência. Em qualquer atividade, a disciplina sedimenta o êxito. Fugir de julgar-se superior somente por estar na cabina de comando. Não é a posição que exalta o trabalhador, mas sim o comportamento moral com que se conduz dentro dela. Como, pois, recebestes o Senhor Jesus -Cristo, assim também andai nele. Paulo. (COLOSSENSES, 2:4.) 11

12 PERANTE A DOUTRINA Apagar as discussões estéreis, esquivando-se à criação de embaraços que prejudiquem o desenvolvimento sadio da obra doutrinária. O espírito da verdadeira fraternidade funde todas as divergências. O fruto não amadurece antes do tempo. Recordar a realidade de que o Espiritismo não tem chefes humanos e de que nenhum dos seareiros do seu campo de multiformes atividades é imprescindível no cenário de suas realizações. PERANTE JESUS E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens Paulo. (COLOSSENSES, 3:23.) 12

13 REFERÊNCIAS Xavier, C. Conduta Espírita, André Luiz, FEB. Kardec, A. O queé o Espiritismo, FEB. Xavier, F. O Consolador, FEB Kardec, A. O Evangelho Segundo o Espiritismo, FEB. Kardec, A. A Gênese, 1ª parte cap.vii, FEB 13

O QUE É O ESPIRITISMO 1

O QUE É O ESPIRITISMO 1 O QUE É O ESPIRITISMO 1 Facilitadores Alex Olegário e Roberto Camilo 17/18-Janeiro-2016 OBJETIVO Conhecer sobre: O Conceito do Espiritismo O Codificador Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei

Leia mais

Etapas de realização da reunião mediúnica

Etapas de realização da reunião mediúnica FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Etapas de realização da reunião mediúnica Tema 2 O que define o êxito de uma atividade

Leia mais

Reunião mediúnica: participantes encarnados

Reunião mediúnica: participantes encarnados FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Reunião mediúnica: participantes encarnados Tema 4 No plano físico, quem são os participantes

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO LIVRO DE PREPARO: Sinal Verde André Luiz/Chico Xavier Aula 1 Integração: Promover o acolhimento e a integração dos alunos Apresentar do Programa Aula 2 O que é o Centro Espírita Apresentar o Centro Espírita

Leia mais

Área da Mediunidade. Mediunidade Desafios e Possibilidades

Área da Mediunidade. Mediunidade Desafios e Possibilidades Área da Mediunidade ENCONTRO MICRORREGIONAL Fortaleza - CE 02-03/09/2017 Mediunidade Desafios e Possibilidades MEDIUNIDADE COMO FERRAMENTA PARA A BUSCA DE DEUS Mediunidade Qualidade da pessoa que, segundo

Leia mais

CEM-Coordenadoria de Educação Mediúnica GEM-Grupo de Estudo da Mediunidade. Manifestação mediúnica dos Espíritos Programa II Módulo IV Roteiro 1 e 2

CEM-Coordenadoria de Educação Mediúnica GEM-Grupo de Estudo da Mediunidade. Manifestação mediúnica dos Espíritos Programa II Módulo IV Roteiro 1 e 2 CEM-Coordenadoria de Educação Mediúnica GEM-Grupo de Estudo da Mediunidade Manifestação mediúnica dos Espíritos Programa II Módulo IV Roteiro 1 e 2 Tipos de Espíritos comunicantes 1 Facilitadores Paulo

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 08/11/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 08/11/17 Mediunidade (Alda, Fausto e Lícia) Espiritismo (Gustavo) O Livro dos Médiuns Carregar sua cruz. Quem quiser salvar a vida, perdê-la-á Cap. XXIV, itens 17 a 19 13/12/11 Ciclo de Estudos (Henrique) Voluntariado

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 08/11/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 08/11/17 13:00 13:30 Evangelho (Walter) O duelo ESE, cap. XII, itens 11 a 16 15:30 ESDE (Olga) Programa Fundamental (Tomo II) 07/12/11 EADE (Beatriz) ESDE (Clotilde) Estudo Aprofundado da Doutrina Programa 1 (Tomo

Leia mais

Perante o Passe. E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está moribunda; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que sare, e viva.

Perante o Passe. E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está moribunda; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que sare, e viva. Perante o Passe E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está moribunda; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que sare, e viva. (Mar 5:23) Fernanda Rocha Cenáculo Espírita Thiago Maior 23/5/2012

Leia mais

Avaliação da reunião mediúnica

Avaliação da reunião mediúnica FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Avaliação da reunião mediúnica Tema 5 Por que realizar sempre a avaliação da prática

Leia mais

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO?

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? 1 ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? ESPIRITUALISMO Oposto do materialismo Quem quer que acredite haver em si alguma coisa mais do que matéria é espiritualista. ESPIRITISMO ou DOUTRINA ESPÍRITA Termo criado

Leia mais

As epístolas de Paulo (1)

As epístolas de Paulo (1) FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 14 As epístolas de Paulo (1) Objetivos Assinalar características

Leia mais

JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA

JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo? JESUS L.E.Questão 625 Para o homem, JESUS constitui o tipo da perfeição moral

Leia mais

A Prece. O Evangelho segundo o Espiritismo - Allan Kardec

A Prece. O Evangelho segundo o Espiritismo - Allan Kardec A Prece A prece é uma invocação, mediante a qual o homem entra, pelo pensamento, em comunicação com o ser a quem se dirige. Pode ter por objeto um pedido, um agradecimento, ou uma glorificação. Podemos

Leia mais

Sumário. mensagem Espiritual Amélia rodrigues / Divaldo Pereira Franco

Sumário. mensagem Espiritual Amélia rodrigues / Divaldo Pereira Franco Sumário 14 28 40 54 Capítulo 1 A DoutrinA EspíritA Antecedentes os Fenômenos de Hydesville As mesas Girantes Allan Kardec os Continuadores o Espírito de Verdade Capítulo 2 A CoDifiCAção obras Básicas De

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 25/02/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 25/02/17 07:00 07:30 Bem aventurados os aflitos ESE, cap. V 02/12/10 Quinta (LE) / O Livro dos Médiuns (LM) A nova era ESE, cap. I, itens 9 a 11 Mediunidade e missão Questões 573 a 584 (LE) / Cap. XVII, item 220

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 24/10/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 24/10/17 13:00 13:30 Evangelho (Lícia) Os inimigos desencarnados ESE, cap. XII, itens 5 e 6 15:30 ESDE (Olga) Programa Fundamental (Tomo II) 09/11/11 EADE (Beatriz) ESDE (Clotilde) Estudo Aprofundado da Doutrina

Leia mais

Atividades Básicas no Centro Espírita

Atividades Básicas no Centro Espírita Atividades Básicas no Centro Espírita Pessoas/ Espíritos Estudo Prática Divulgação Desejos Necessidades Expectativas Atendimento Serviços Centro Espírita CFN/FEB-Perri Conceptos, Funciones y Actividades

Leia mais

CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA

CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA 01. Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal I Faculdade de penetrar nossos pensamentos Influência oculta Afeição a certas pessoas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 16/03/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 16/03/17 07:00 07:30 Bem aventurados os aflitos ESE, cap. V 09/12/10 Quinta (LE) / O Livro dos Médiuns (LM) A vida futura ESE, cap. II, itens 1 a 3 Perda e suspensão da mediunidade Cap. XVII, item 220 (LM - 2ª

Leia mais

Objetivos. Explicar as características de o Consolador Prometido por Jesus, à luz do entendimento espírita.

Objetivos. Explicar as características de o Consolador Prometido por Jesus, à luz do entendimento espírita. Roteiro 1 Objetivos Explicar as características de o Consolador Prometido por Jesus, à luz do entendimento espírita. Esclarecer por que a Doutrina Espírita é entendida como sendo o Consolador. Ideias principais

Leia mais

A Atividade de Atendimento Fraterno Pelo Diálogo Vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei.

A Atividade de Atendimento Fraterno Pelo Diálogo Vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. A Atividade de Atendimento Fraterno Pelo Diálogo Vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. (Jesus - Mateus 11: 28) Objetivo: Conhecer a atividade do Atendimento

Leia mais

Sumário PRIMEIRA PARTE A PRÁTICA ESPÍRITA DA MEDIUNIDADE

Sumário PRIMEIRA PARTE A PRÁTICA ESPÍRITA DA MEDIUNIDADE Sumário PRIMEIRA PARTE A PRÁTICA ESPÍRITA DA MEDIUNIDADE 1. Mediunidade e Espiritismo...9 2. Kardec e a mediunidade...15 3. Intercâmbio mediúnico na casa espírita...21 4. As reuniões mediúnicas...29 5.

Leia mais

Conduta, uma manifestação comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra.

Conduta, uma manifestação comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra. CONDUTA ESPÍRITA CONCEITO DE CONDUTA Conduta, é uma manifestação de comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra. CONCEITO DE

Leia mais

Desobsessão: recursos espíritas

Desobsessão: recursos espíritas Desobsessão: recursos espíritas Tema 5 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo III Mediunidade. Obsessão. Desobsessão Recursos desobsessivos espíritas A prece Aprimoramento

Leia mais

Consciência E Conveniência. Adriana Pizzutti dos Santos

Consciência E Conveniência. Adriana Pizzutti dos Santos Consciência E Conveniência Adriana Pizzutti dos Santos Como designar a mesma estação de destino a viajantes de cultura, posição e bagagem tão diversas? Estarão distanciados entre si, pela conduta individual,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 26/09/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 26/09/17 13:00 13:30 Evangelho (Alda) A paciência ESE, cap. IX, item 7 15:30 ESDE (Olga) Programa Fundamental (Tomo II) 08/06/11 Quarta EADE (Beatriz) ESDE (Clotilde) Estudo Aprofundado da Doutrina Programa 1 (Tomo

Leia mais

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 História da Igreja Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 1. O que é a Igreja? É um edifício construído com pedras vivas. Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes

Leia mais

IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO ESPIRITUAL. Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro

IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO ESPIRITUAL. Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO ESPIRITUAL Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Por onde começar? O Espiritismo veio ensinar o processo de libertação. O modo de se libertar de

Leia mais

Convite à Fraternidade

Convite à Fraternidade Convite à Fraternidade Convite à Fraternidade Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos ordeno. Não mais vos chamo de servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu vos tenho chamado de

Leia mais

Conheça o Espiritismo Sex, 25 de Julho de :45 - Última atualização Sáb, 26 de Julho de :18

Conheça o Espiritismo Sex, 25 de Julho de :45 - Última atualização Sáb, 26 de Julho de :18 CONHEÇA O ESPIRITISMO O QUE É? É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita: O Livro dos Espíritos,

Leia mais

Virtudes: conceito e classificação

Virtudes: conceito e classificação Virtudes: conceito e classificação Roteiro 6 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo III Os vícios e as virtudes

Leia mais

Jesus à luz da visão espírita. CEEFA.2017 Roberto S. Adam

Jesus à luz da visão espírita. CEEFA.2017 Roberto S. Adam Jesus à luz da visão espírita CEEFA.2017 Roberto S. Adam Jesus à luz da visão espírita Site: www.ceefa.org.br Face: www.fb.com/ceefacuritiba _ Estrutura _Definições _Reflexões _ Estrutura _Definições _Reflexões

Leia mais

Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo

Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo Em 2014 comemoramos os 150 anos de lançamento da obra que contém a essência do ensino moral de Jesus e serve de consolo para os adeptos de todas

Leia mais

EIXOS ESTRUTURANTES DA EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA DA CRIANÇA E DO JOVEM. Organizado por Miriam Dusi

EIXOS ESTRUTURANTES DA EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA DA CRIANÇA E DO JOVEM. Organizado por Miriam Dusi EIXOS ESTRUTURANTES DA EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA DA CRIANÇA E DO JOVEM Organizado por Miriam Dusi A REENCARNAÇÃO OBJETIVOS EXISTENCIAIS Para que nasci? Para onde vou? O que será importante para minha vida?

Leia mais

III Encontro Nacional de Coordenadores de ESDE

III Encontro Nacional de Coordenadores de ESDE III Encontro Nacional de Coordenadores de ESDE Critérios para Seleção de Expositores e de Bibliografias para Cursos de Capacitação de Coordenador e Monitor do ESDE Um curso regular de Espiritismo seria

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Citar as principais características dos bons

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as Profecias Objetivos Explicar a sentença do Cristo de que

Leia mais

Roteiro 4 O Espírito imortal

Roteiro 4 O Espírito imortal FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo II A Morte e seus Mistérios Roteiro 4 O Espírito imortal Objetivo Analisar

Leia mais

Grupos de Estudos 2015 VISÃO GERAL

Grupos de Estudos 2015 VISÃO GERAL Grupos de Estudos 2015 VISÃO GERAL Dias e Horários: Domingos: 10h Segundas: 19h45 Terças: 20h Quartas: 14h Período: Domingos: 08/Fev a 06/Dez Segundas: 09/Fev a 07/Dez Terças: Quartas: 10/Fev a 08/Dez

Leia mais

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita Facilitadora: Mônica Oliveira / Mônica Urbano Data: 22/09/2012 Doutrina = Do latim Doctrina 1 - Conjunto de princípios em que

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 04/10/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 04/10/17 O Segundo o Moisés (Cap. I, itens 1 e 2) 13/11/10 Sábado 18:30 Introdução O Segundo o Estudo do livro "Jesus Terapeuta" Volume II 15/11/10 Segunda Série André Luiz Estudo do livro "Missionários da Luz"

Leia mais

AUTA DE SOUZA CURSO S N OÇÕES

AUTA DE SOUZA CURSO S N OÇÕES CURSO NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 10 2 / 10 A Melhor Escola Qual a melhor escola de preparação das almas reencarnadas, na terra? A MELHOR ESCOLA AINDA É O LAR, ON A CRIATURA VE RECEBER

Leia mais

Orientação Mediúnica. 3ª edição Revista e Ampliada

Orientação Mediúnica. 3ª edição Revista e Ampliada T eddy Ne ilson T herezinha O liveira Orientação Mediúnica C oleção: Estudos ec 3ª edição Revista e Ampliada ursos CAMPINAS SP 2012 SUMÁRIO Apresentação...13 Introdução...15 1. A natureza tríplice do desenvolvimento

Leia mais

Espiritismo. Jörg Garbers, Ms. de Teologia

Espiritismo. Jörg Garbers, Ms. de Teologia Espiritismo Jörg Garbers, Ms. de Teologia Aspectos Históricos As raízes são muito antigas. O racionalismo estragou o ambiente espírita. As irmãs Fox nos EUA e outros reavivaram sob novas perspectivas uma

Leia mais

Quando para-se para refletir sobre o significado da palavra MARIA na vida dos cristãos, por diversas formas pode-se entendê-la: seja como a Mãe do

Quando para-se para refletir sobre o significado da palavra MARIA na vida dos cristãos, por diversas formas pode-se entendê-la: seja como a Mãe do Quando para-se para refletir sobre o significado da palavra MARIA na vida dos cristãos, por diversas formas pode-se entendê-la: seja como a Mãe do Deus feito Homem Jesus Cristo, Mãe da Igreja ou ainda

Leia mais

Lembrança da Confraternização. Centro Espírita Alvorecer Cristão (CEAC) Final de ano (2011) e aniversário de 30 anos 16/12/2011

Lembrança da Confraternização. Centro Espírita Alvorecer Cristão (CEAC) Final de ano (2011) e aniversário de 30 anos 16/12/2011 Lembrança da Confraternização Centro Espírita Alvorecer Cristão (CEAC) Final de ano (2011) e aniversário de 30 anos 16/12/2011 2 Nosso Convite Na seqüência veja como foi a festa... 3 Preparação Nossa querida

Leia mais

Centro Espírita. Fé, Esperança e Caridade. Informes. Vem ai!! Atualmente. Edição Especial de Aniversário. Pag.

Centro Espírita. Fé, Esperança e Caridade. Informes. Vem ai!! Atualmente.  Edição Especial de Aniversário. Pag. Centro Espírita Fé, Esperança e Caridade www.feesperanca.ni.org.br Jul. 2017 Rua Bernardino de Mello, 1579 - Centro - N.I - Tel.: 2668-3070 Edição Especial de Aniversário Informes Reunião deliberativa

Leia mais

PROGRAMAÇÃO QUINTA ATUALIZADO EM 08/11/17

PROGRAMAÇÃO QUINTA ATUALIZADO EM 08/11/17 Bem-aventurados os que são misericordiosos ESE, cap. X 06/10/11 A Gênese (Beatriz) Os milagres no sentido teológico Cap. XIII, itens 1 a 14 Será lícito abreviar a vida de um doente que sofra sem esperança

Leia mais

FEB - EADE - Livro III - Módulo I - Roteiro 3 - A pedra angular

FEB - EADE - Livro III - Módulo I - Roteiro 3 - A pedra angular Esclarecer, à luz do Espiritismo, por que o Cristianismo é considerado pedra angular. Realizar análise espírita destas palavras do Cristo: O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar

Leia mais

Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano. Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos

Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano. Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos Texto para reflexão Pão Nosso Item 41 No Futuro Quem aqui gosta de manga? Prefere comprida ou curta? Evolução da

Leia mais

É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita.

É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita. 1 2 É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita. O Espiritismo é uma ciência que trata da natureza,

Leia mais

Grupo Espírita Guillon Ribeiro. Escola de Evangelização de Pacientes

Grupo Espírita Guillon Ribeiro. Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Escola de Evangelização de Pacientes A morte existe? Oferecei-vos a Deus, como vivos, salvos da morte, para que os vossos membros sejam instrumentos do bem ao seu serviço.

Leia mais

Desenvolvimento mediúnico. Vicente Pessoa Jr

Desenvolvimento mediúnico. Vicente Pessoa Jr Desenvolvimento mediúnico Vicente Pessoa Jr Alexandre para André Luiz, em Missionários da Luz "Todas as criaturas a possuem, porquanto significa percepção espiritual, que deve ser incentivada em nós mesmos.

Leia mais

EDUCAÇÃO NO LAR À LUZ DO ESPIRITISMO

EDUCAÇÃO NO LAR À LUZ DO ESPIRITISMO EDUCAÇÃO NO LAR À LUZ DO ESPIRITISMO 1 A paz do mundo começa sob as telhas a que nos acolhemos. Se não aprendemos a viver em paz, entre quatro paredes, como aguardar a harmonia das nações? 2 Xavier, F.

Leia mais

Grupo Espírita Samaritano

Grupo Espírita Samaritano Grupo Espírita Samaritano Biênio: 2017-2018 ESPÍRITAS, AMAI-VOS, EIS O PRIMEIRO ENSINAMENTO; E INSTRUÍ-VOS, EIS O SEGUNDO! Espírito da Verdade - cap. VI - item 5 - Evangelho Segundo o Espiritismo Mês Março

Leia mais

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO Aula Conteúdo da Aula Referências 1 TEMA: O CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - Integração Ficha do aluno - preencher e entregar o programa - Objetivos,

Leia mais

Aliança Espírita Evangélica RGA 2015

Aliança Espírita Evangélica RGA 2015 Aliança Espírita Evangélica RGA 2015 TEMA RGA 2015 Nossa Aliança com Jesus acolhendo e evangelizando corações na nova era. Local: Unisa Campus 1 RGA 2015 Rua Professor Enéas de Siqueira Neto, 340, Jardim

Leia mais

7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Roteiro 7 Objetivo Interpretar, à luz da Doutrina

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo I Metodologia para o Estudo do Evangelho à luz da Doutrina Espírita Roteiro 1 Objetivo

Leia mais

Shawn Achor Universidade de Harvard

Shawn Achor Universidade de Harvard Mensagem 01/09/2013 Shawn Achor Universidade de Harvard Pensamento tradicional Se eu trabalhar duro... Terei mais sucesso...... e serei mais FELIZ! Boas Notas Melhores Notas Entrar em boa escola... Melhor

Leia mais

O poder da fluidoterapia: o passe

O poder da fluidoterapia: o passe Grupo Espírita Guillon Ribeiro Escola de Evangelização de pacientes O poder da fluidoterapia: o passe Entendendo o Tratamento Espiritual As curas de Jesus Quando Jesus desceu do monte, grandes multidões

Leia mais

Eclosão da mediunidade

Eclosão da mediunidade FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 1 Módulo II As Bases da Comunicação Mediúnica Eclosão da mediunidade Tema 1 Qual a importância das ocorrências mediúnicas? Ocorrências

Leia mais

Sumário. Religião_dos_Espíritos_FINAL revisado.indd 5 26/06/ :23:06

Sumário. Religião_dos_Espíritos_FINAL revisado.indd 5 26/06/ :23:06 Sumário Religião dos Espíritos... 11 Se tiveres amor... 15 Aborto delituoso... 17 Tentação e remédio... 19 Memória além-túmulo... 21 Beneficência esquecida... 23 Alienação mental... 27 Ao redor do dinheiro...

Leia mais

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO 2017 PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - 1 ANO Livro de preparo : Agenda Cristã Chico Xavier Livro de Férias: E a vida Continua...

Leia mais

Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação.

Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação. Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação. Apostila ESTEM - Programa 2 Apostila COEM 29ª S. Teórica vl.2 Objetivo: Apresentar a necessidade do

Leia mais

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA EVANGELIZAÇÃO DA INFÂNCIA

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA EVANGELIZAÇÃO DA INFÂNCIA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA EVANGELIZAÇÃO DA INFÂNCIA EVANGELIZAÇÃO INFANTIL - QUANDO IMPLANTAR A TAREFA? Crianças com os pais ou responsáveis nas tarefas específicas para adultos; Filhos de trabalhadores

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO DA DOUTRINA ESPÍRITA SEMP -2017

PROGRAMA BÁSICO DA DOUTRINA ESPÍRITA SEMP -2017 PROGRAMA BÁSICO DA DOUTRINA ESPÍRITA SEMP -2017 COORDENADORES Carlos Massucci Fernanda Chueire Luiz Arthur Chagas Nicole Ventura FICHAS DE INSCRIÇÃO Sociedade Espírita Os Mensageiros da Paz Fundada em

Leia mais

Reunião mediúnica: os participantes desencarnados

Reunião mediúnica: os participantes desencarnados FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Reunião mediúnica: os participantes desencarnados Tema 3 Quem são os participantes desencarnados

Leia mais

Necessidades essenciais, relacionamentos superficiais.

Necessidades essenciais, relacionamentos superficiais. Necessidades essenciais, relacionamentos superficiais. Brasil tem cerca de 70 milhões de internautas. O Brasil é um dos países em que os internautas passam mais tempo online. Em alguns meses tem sido o

Leia mais

Família Conduta no. Lar

Família Conduta no. Lar DIÁLOGO NA FAMÍLIA Escola Evangelização NECESSIDA DO DIÁLOGO NO LAR Entendimento na equipe familiar Destaca-se na atualida terrestre a conveniência por instrumento harmonia nas relações humanas. Por que

Leia mais

Agradando adeus. Medite: De longe, o pior hábito é ser constantemente ocupado em vez de produtivo. (Charles Duhigg)

Agradando adeus. Medite: De longe, o pior hábito é ser constantemente ocupado em vez de produtivo. (Charles Duhigg) Agradando adeus Às vezes, procuramos agradar somente as pessoas e nos esquecemos de que devemos manter uma boa comunhão com Deus, confessando os nossos pecados, buscando arrependimento quando erramos,

Leia mais

Explicar o que caracteriza amor a Deus e amor ao próximo. Apresentar ações que favoreçam o seu desenvolvimento.

Explicar o que caracteriza amor a Deus e amor ao próximo. Apresentar ações que favoreçam o seu desenvolvimento. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Roteiro 2 Explicar o que caracteriza amor

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE JULHO, AGOSTO e SETEMBRO/2016 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE JULHO/2016 Dia 01/07/16 DIFERENTES ESTADOS DA ALMA NA ERRATICIDADE 1) O Evangelho

Leia mais

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU - Indissolubilidade do casamento - O divórcio INDISSOLUBILIDADE DO CASAMENTO Lei do Homem Mutável As leis humanas transformam-se

Leia mais

O Homem de bem. Roteiro 7

O Homem de bem. Roteiro 7 O Homem de bem Roteiro 7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Objetivos Relacionar

Leia mais

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus:

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: CRISTELO 24 de Maio de 2009 Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: Pedro e João impuseram-lhes as mãos e

Leia mais

Percepção, Sintonia e Concentração Mental

Percepção, Sintonia e Concentração Mental FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo II Mecanismos da mediunidade Percepção, Sintonia e Concentração Mental Tema 3 Qual o seu entendimento sobre percepção, sintonia

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO?

ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO? ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO? Muitos dizem, a verdadeira Igreja de Jesus Cristo é onde eu congrego; outros dizem é a Igreja católica, outros dizem é a Igreja dos protestantes, outros dizem

Leia mais

CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA. Programa de Estudos FAMÍLIA Baseado no livro: Vereda Familiar, de Thereza de Brito. BIBLIOGRAFIA 1º semestre

CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA. Programa de Estudos FAMÍLIA Baseado no livro: Vereda Familiar, de Thereza de Brito. BIBLIOGRAFIA 1º semestre CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA Programa de Estudos FAMÍLIA Baseado no livro: Vereda Familiar, de Thereza de Brito BIBLIOGRAFIA 1º semestre 1. As folias de Momo. Observar algumas características do carnaval;

Leia mais

O Cristo consolador. Roteiro 1

O Cristo consolador. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, O Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e Consolações Roteiro 1 O Cristo consolador Objetivo Explicar

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

IRRADIAÇÃO E VIBRAÇÃO OBJETIVO

IRRADIAÇÃO E VIBRAÇÃO OBJETIVO IRRADIAÇÃO E VIBRAÇÃO Monitores: Alice Akemi, Franciene Briand e Marlene Barros 02 e 03/11/2014 OBJETIVO Compreender o processo da irradiação e a sua importância nas diversas atividades na Casa Espírita.

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

A Santa Sé HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Igreja do "Gesù" 31 de Dezembro de 1982

A Santa Sé HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Igreja do Gesù 31 de Dezembro de 1982 A Santa Sé TE DEUM DE AGRADECIMENTO NO ENCERRAMENTO DO ANO 1982 HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II Igreja do "Gesù" 31 de Dezembro de 1982 1. "Filhinhos, é a última hora" (1 Jo. 2, 18). Com estas palavras inicia

Leia mais

OBSESSÃO - COMBATE OBSESSÃO - COMBATE

OBSESSÃO - COMBATE OBSESSÃO - COMBATE OBSESSÃO - COMBATE Alice / Franciene / Paulo Data: 03 e 04/nov/2013 OBSESSÃO - COMBATE Compreender a importância da participação ativa do obsidiado no trabalho de Desobsessão, beneficiando a si e ao Obsessor.

Leia mais

12 e 13/06/16 Facilitadoras: Rosângela Cely e Soraia Cristina

12 e 13/06/16 Facilitadoras: Rosângela Cely e Soraia Cristina 12 e 13/06/16 Facilitadoras: Rosângela Cely e Soraia Cristina OBJETIVO: Conceituar Mediunidade e Médium; Identificar os sintomas que caracterizam a mediunidade iniciante; Explicar qual deve ser a conduta

Leia mais

Estudo do Espiritismo da FEB, na modalidade à distância.

Estudo do Espiritismo da FEB, na modalidade à distância. Estudo do Espiritismo da FEB, na modalidade à distância. O Estudo do Espiritismo da Federação Espírita Brasileira, na modalidade à distância, está com inscrições abertas para os cursos básicos. O período

Leia mais

O Poder das Boas Notícias

O Poder das Boas Notícias O Poder das Boas Notícias Como são belos nos montes os pés daqueles que anunciam boas novas, que proclamam a paz, que trazem boas notícias, que proclamam salvação, que dizem a Sião: O seu Deus reina. (Isaías

Leia mais

37ª Confraternização Espírita do Maranhão Qua, 15 de Fevereiro de :09 - Última atualização Qua, 15 de Fevereiro de :25

37ª Confraternização Espírita do Maranhão Qua, 15 de Fevereiro de :09 - Última atualização Qua, 15 de Fevereiro de :25 Há 37 anos, abnegados trabalhadores espíritas resolveram começar um movimento que se tornou evento obrigatório do Movimento Espírita em São Luís no período do carnaval: a Confraternização Espírita do Maranhão

Leia mais

AUTA DE SOUZA CURS R O S O N O N Ç O ÕE Õ S E

AUTA DE SOUZA CURS R O S O N O N Ç O ÕE Õ S E CURSO NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 8 Conceito Desencarnar é mudar de plano, como alguém que se transferisse de uma cidade para outra, aí no mundo, sem que o fato lhe altere as enfermidades

Leia mais

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA UNIDADE 1 MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA AULA 6 Desenvolvimento mediúnico 1 2 A eclosão da mediunidade não deve ser forçada 3 A eclosão da mediunidade não depende de lugar, idade, sexo, renda, moral ou religião

Leia mais

1º Idade: 47 anos Sexo: Feminino Estado Civil: Casada

1º Idade: 47 anos Sexo: Feminino Estado Civil: Casada PERGUNTAS REUNIÃO DO PARAÍS0 30.11.2013 1º Idade: 47 anos Sexo: Feminino Estado Civil: Casada Minha pergunta é sobre meu marido. Será que ele vai conseguir trabalhar com a carteira assinada? Hoje ele tem

Leia mais

Igreja de Deus Unida,

Igreja de Deus Unida, Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional Guias de Estudo Bìblico Para a Juventude Volume 1 Lição 7 O Espírito Santo Deus, nosso Criador, compreende que todos nós enfrentamos circunstâncias que

Leia mais

Objetivo Analisar a missão de João Batista, à luz da Doutrina Espírita.

Objetivo Analisar a missão de João Batista, à luz da Doutrina Espírita. Objetivo Analisar a missão de João Batista, à luz da Doutrina Espírita. E, naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judeia e dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos céus.

Leia mais

O jovem e o Espiritismo

O jovem e o Espiritismo O jovem e o Espiritismo Os jovens de hoje gostam do luxo; são mal comportados e desprezam a autoridade; não têm respeito pelos mais velhos e passam o tempo a falar em vez de trabalhar. Será que essas palavras,

Leia mais

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI O CRISTO CONSOLADOR O JUGO DO CRISTO Vinde a mim todos os que estais cansados sob o peso do vosso fardo e vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de

Leia mais

A VONTADE DE DEUS PARA O SEU POVO É QUE SEJAMOS CONFORMES À IMAGEM DE CRISTO TEXTO. I João 2:6

A VONTADE DE DEUS PARA O SEU POVO É QUE SEJAMOS CONFORMES À IMAGEM DE CRISTO TEXTO. I João 2:6 A VONTADE DE DEUS PARA O SEU POVO É QUE SEJAMOS CONFORMES À IMAGEM DE CRISTO TEXTO I João 2:6 INTRODUÇÃO Sejam meus imitadores, como eu sou de Cristo I Coríntios 11:1. Portanto, sejam imitadores de Deus,

Leia mais

2 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

2 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA * Roteiro 2 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos Extraordinários * Interpretar, à luz do Espiritismo,

Leia mais