CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA. Programa de Estudos FAMÍLIA Baseado no livro: Vereda Familiar, de Thereza de Brito. BIBLIOGRAFIA 1º semestre

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA. Programa de Estudos FAMÍLIA Baseado no livro: Vereda Familiar, de Thereza de Brito. BIBLIOGRAFIA 1º semestre"

Transcrição

1 CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA Programa de Estudos FAMÍLIA Baseado no livro: Vereda Familiar, de Thereza de Brito BIBLIOGRAFIA 1º semestre 1. As folias de Momo. Observar algumas características do carnaval; Usos e costumes ao longo dos tempos; Verificar o intercâmbio entre os dois mundos e suas influências na psicosfera do planeta. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Alerta. Cap. 31. Influências espirituais. 3) Conduta Espírita. Cap. 37. Perante as fórmulas sociais. 4) Convites da vida. Cap. 60. Convite à vigilância. 5) Minha família, o mundo e eu. Cap. 21. Em tuas festas familiares 6) Nas fronteiras da loucura. (Todo o livro) 2. Ilumine suas horas Trabalho e repouso: qual o limite? As horas em prol da evolução humana. A (boa) utilização das horas. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Alerta. Cap. 49. Tentação do repouso. 3) Atitudes renovadas. Cap. 9. O vazio existencial. 4) Conduta Espírita. Cap. 37. Perante o tempo. 5) Diretrizes para o êxito. Cap. 13. Tédio. 6) Diretrizes para o êxito. Cap. 3. Sublime ação. 7) Sinal verde. Cap. 21. Assuntos de tempo. 1

2 3. O amor no lar. Amor equilíbrio. Exercícios de paz no lar. A ação do amor no lar. A questão da psicosfera. O equilíbrio pelo exemplo. 1) VEREDA FAMILIAR: cap. 01, 02, 04. 2) Amor, imbatível amor. Cap. 1. Amor, imbatível amor (introdução). 3) Amor, imbatível amor. Cap. 13. Vitória do amor. 4) Conduta espírita. Cap. 5. No lar. 5) Constelação familiar. Cap. 30. Constelação familiar perene. 6) Convites da vida. Cap. 2. Convite ao amor. 7) Saúde das relações familiares. Cap. 2. Viver em família: aprendizado de amor. 4. A respeito dos esponsais. Cerimônias esponsalícias O casamento e as leis terrenas. Tradição e tradicionalismo ao longo dos tempos. As festas e os convidados. 1) VEREDA FAMILIAR: cap. 06, 05. 2) Após a tempestade. Cap. 9. Viciação alcoólica. 3) A arte do reencontro. Todo o livro, especialmente cap.3: Casamento, espiritismo e rito religioso. 4) Amor, imbatível amor. Cap.1. Amor, imbatível amor. Sub-item: Casamento e Companheirismo. 5. Liberdade conjugal. Separações e consciências. Ações individuais e ações dos cônjuges; Liberdade e Liberalidade; Consequências das separações. 1) VEREDA FAMILIAR: cap. 07, 08. 2) O Evangelho segundo o Espiritismo, IV, 18; XXII, 3 e 5 3) O livro dos Espíritos, 258, 487, 775, 913 4) Desafios da vida familiar. Cap.: Alevantamento familiar; Separações conjugais; Formação de casais; O casamento na Terra; A programação dos filhos 5) Minha família, o mundo e eu. Cap.: 1 e 26 6) Lampadário espírita. Cap. 14 7) Lições para a felicidade. Cap. 21 2

3 8) O consolador. Perg Sobre a criança O investimento Divino na Criação dos seres; A criança como ser espiritual antigo; A criança como base do amanhã na Terra. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Amor, imbatível amor. Cap. 1. Amor, imbatível amor. 3) Constelação familiar. Cap. 1. Os primeiros passos. 4) Constelação familiar. Cap. 2. O educandário familiar. 5) Desafios da educação. Parte 1. Perante a infância. 6) Família frente e verso. Cap. 7. Limites e educação. 7. A questão do batismo Hábitos e Sociedade; O indivíduo e sua crença; Jesus e a ação no mundo. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Bíblia. João 1:25-27 Batismo com água. 3) ESE. Capítulo V, item 19. Batismo de fogo. 4) LE questão Abençoe seu filho Dedicação ou exagero aos filhos? A convivência no lar; Preparar os filhos para a felicidade. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Constelação familiar. Cap. 4. Os filhos. 3) Desafios da vida familiar. Parte VI. Os filhos, pergunta 43. 4) LE pergunta 582. A missão da paternidade. 5) Minha família, o mundo e eu. Cap. 29. Amor no lar; subitem: Envolvimentos de amor no lar. 9. A mulher e seus filhos Participação e comprometimento da mulher na educação dos filhos; 3

4 As orientações da mulher-mãe; A mulher como co-criadora junto a Deus. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Ações corajosas para viver em paz. Parte X. Cap ) Adolescência e vida. Todo o livro. 4) Alerta. Cap. 8. Tua cooperação. 5) Constelação familiar. Cap. 17. Relações familiares. 6) Constelação familiar. Cap. 29. A família hodierna. 7) Desafios da educação. Todo o livro. 8) Desafios da vida familiar. Parte VI. Os filhos, perguntas 46 & 49 9) Família frente e verso. Cap. 7. Limites e educação. 10) Minha família, o mundo e eu. Cap. 3. Sobre os teus filhos; subitem: Tua dedicação aos filhos. 10. Na formação dos filhos Formação: dedicação versus acomodação dos pais; A terceirização da educação: o papel da escola; Pais espiritualmente ausentes. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Diretrizes para o êxito. Cap. 26. Afetividade. 3) Família frente e verso. Cap. 1. Dilemas e identidade familiar; subitem: Pais e Identidade. 4) Minha família, o mundo e eu. Cap. 12. Educação terceirizada. 5) Saúde nas relações familiares. Cap. 2. Viver em família: aprendizado de amor. 6) Sinal verde. Cap. 04. No recinto doméstico. 7) Sinal verde. Cap. 33. Hábitos infelizes. 8) Terapêutica de emergência. Cap. 13. Criança e família. 11. Cooperação dos filhos. Educação doméstica Educação para tempos difíceis; Cooperação para benefício de todos; Amor ao trabalho. 1) VEREDA FAMILIAR: cap. 18 e 19. 2) Ações corajosas para viver em paz. Parte IX. Cap. 46. Aprendendo a cooperar no lar. 4

5 3) Constelação familiar. Cap. 11. Educação doméstica. 4) Constelação familiar. Cap. 13. Educação pelo trabalho. 5) Convites da vida. Cap. 57. Convite ao trabalho. 6) Desafios da educação. Parte 5. Os estágios da reencarnação na Terra. Perguntas 60, 61 e 63. 7) Educação e vivências. Cap. 04. Educação para o trabalho. 8) Minha família, o mundo e eu. Cap. 20. Problemas econômicos na família. 9) Sinal verde. Cap. 17. Dever e trabalho. 12. Filhos dificultosos O reencontro do passado; Dificuldades de ontem, soluções possíveis hoje; Empenho e resultados. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Ações corajosas para viver em paz. Parte II. Cap. 10. O que é minha família? 3) Adolescência e vida. O livro todo especialmente Cap. 10. A violência no corpo e na mente do adolescente. 4) Atitudes renovadas. Cap. 6. Tempos narcisitas. 5) Convites da vida. Cap. 57. Convite ao trabalho. 6) Diretrizes para o êxito. Cap. 17. As más inclinações. 7) Diretrizes para o êxito. Cap. 24. Relacionamentos conflituosos. 8) Educação e vivências. Cap. 6. Educação e drogas. 9) Minha família, o mundo e eu. Cap. 7. Filhos com dificuldades morais. 13. Quem é o responsável? Consumismo doméstico A maternidade e a paternidade como bênçãos de Deus; Pais: os primeiros e principais educadores. Consumo ou consumismo? Qual a diferença hoje? 1) VEREDA FAMILIAR: cap. 16 e 20. 2) Atitudes renovadas. Cap. 23. Viver com simplicidade. 3) LE. Perguntas 207 a 217. Parecenças físicas e morais. 4) LE. Pergunta 582. A paternidade como missão. 5) Nos passos da vida terrestre. Cap. 8. Descaso na educação. 6) Convites da vida. Cap. 12. Convite ao desprendimento. 7) Convites da vida. Cap. 54. Convite à simplicidade. 5

6 14. Evangelho e valores A boa nova; A harmonia; As ações diárias (estar no mundo sem ser do mundo). 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Alerta. Cap. 01. O perdão das ofensas. 3) Alerta. Cap. 09. Palavra de Jesus. 4) Diretrizes para uma vida feliz. Introdução. 5) Educação e vivências. Cap. 27. Educação religiosa. 6) ESE. Todo o livro. 7) LE. Pergunta ) LE. Parte III. Das leis morais. Perguntas 614 a 919. Ver especialmente a pergunta ) Quem é o Cristo? Cap. 14. O Messias. 10) Terapêutica de emergência. Cap. 04. Evangelização desafio de urgência. 15. Oração em família Prece e negociação com Deus; Ambiente espiritual doméstico; O remédio de fácil acesso. 1) VEREDA FAMILIAR: cap ) Alerta. Cap. 44. O bem em ação. 3) Constelação familiar. Cap. 22. Orientação religiosa na família. 4) Convites da vida. Cap. 31. Convite à oração. 5) Diretrizes para o êxito. Cap. 19. Preces pela internet. 6) Diretrizes para uma vida feliz. Cap. 1. Finalidade da oração. 7) Educação e vivências. Cap. 27. Educação religiosa. 8) Minha família, o mundo e eu. Cap. 31. Família e religião. 9) Sinal verde. Cap. 50. Ante a oração. 10) Terapêutica de emergência. Cap. 19. Oração do servo imperfeito. 6

7 REFERENCIAL SOBRE TEMA FAMÍLIA CEIC 2012 BASE 1. BRITO, Thereza de (espírito) Vereda familiar. 2. KARDEC, Allan. O livro dos espíritos. 3. KARDEC, Allan. O livro dos médiuns. 4. KARDEC, Allan. O evangelho segundo o espiritismo. COMPLEMENTAR 5. ALMEIDA, Alberto. A arte do reencontro casamento. 6. ALMEIDA, Jerri Roberto e MARQUES, Silvano Fonte. Família: Frente e Verso: um olhar, a quatro mãos, sobre as relações. 7. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Adolescência e vida. 8. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Alerta. 9. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Amor, imbatível amor. 10. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Após a tempestade. 11. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Atitudes renovadas. 12. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Convites da vida. 13. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Constelação familiar. 14. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Diretrizes para o êxito. 15. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Messe de amor. 16. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Psicologia da gratidão. 17. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). O despertar do espírito. 18. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Otimismo. 19. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Lições para a felicidade. 20. ÂNGELIS, Joanna de (espírito). Lampadário espírita. 21. ANDRÉ LUIZ (espírito). Conduta espírita. 22. ANDRÉ LUIZ (espírito). Sinal verde. 23. BENEDITA MARIA (espírito). Ações corajosas para viver em paz. 24. CAMILO (espírito). Desafios da educação. 25. CAMILO (espírito). Desafios da vida familiar. 26. CAMILO (espírito). Educação e vivências. 27. CAMILO (espírito). Minha família, o mundo e eu. 28. CAMILO (espírito). Nos passos da vida terrestre. 29. CARROLL, Lee e TOBER, Jan. Crianças índigo. 30. CERQUEIRA Filho, Alírio. Saúde das relações familiares. 31. DIVERSOS (espíritos). Terapêutica de emergência. 32. EMMANUEL (espírito). Livro da esperança. 33. EMMANUEL (espírito). O consolador. 34. MIRANDA, Manoel Philomeno de (espírito). Entre dois mundos. 35. MIRANDA, Manoel Philomeno de (espírito). Nas fronteiras da loucura. 36. PRISCO, Marco. (espírito). Diretrizes para uma vida feliz. 37. RODRIGUES, Amélia. (espírito). Há flores no caminho. 38. VITOR, Francisco de Paula. (espírito). Quem é o Cristo? 7

PROGRAMA GRUPO DE ESTUDOS A FAMÍLIA SIMONE, OSMAR E NELZITA

PROGRAMA GRUPO DE ESTUDOS A FAMÍLIA SIMONE, OSMAR E NELZITA PROGRAMA GRUPO DE ESTUDOS A FAMÍLIA- 2016 SIMONE, OSMAR E NELZITA 1. Família: onde tudo começa 01.KARDEC, Allan. Lei de justiça, amor e caridade. In:. O livro dos espíritos. 40. ed. São Paulo:LAKE, 1980.

Leia mais

CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia. - Programa de Estudos Sistematizados INSTRUMENTO DA PAZ. Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis

CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia. - Programa de Estudos Sistematizados INSTRUMENTO DA PAZ. Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis 1 CEIC Centro Espírita Ildefonso Correia - Programa de Estudos Sistematizados INSTRUMENTO DA PAZ Ecos da mensagem inesquecível de Francisco de Assis Annibale Carracci, 1560-1609 I - principal: CAMILO (Espírito),

Leia mais

AUTA DE SOUZA CURSO S N OÇÕES

AUTA DE SOUZA CURSO S N OÇÕES CURSO NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 10 2 / 10 A Melhor Escola Qual a melhor escola de preparação das almas reencarnadas, na terra? A MELHOR ESCOLA AINDA É O LAR, ON A CRIATURA VE RECEBER

Leia mais

44º MIEP - MOVIMENTO DE INTEGRAÇÃO ESPÍRITA NA PARAÍBA

44º MIEP - MOVIMENTO DE INTEGRAÇÃO ESPÍRITA NA PARAÍBA PROGRAMAÇÃO MIEP 2017 Sábado 25/02/2017 14:30 20:00 05:30 Secretaria do Evento Credenciamento 20:00 20:30 00:30 Salão Emmanuel Abertura do 44º MIEP 20:30 21:30 01:00 Salão Emmanuel Conferência de abertura

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO LIVRO DE PREPARO: Sinal Verde André Luiz/Chico Xavier Aula 1 Integração: Promover o acolhimento e a integração dos alunos Apresentar do Programa Aula 2 O que é o Centro Espírita Apresentar o Centro Espírita

Leia mais

Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro

Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro LEI NATURAL Necessidade da vida social e da vida em família Deus fez o homem para viver em sociedade. Os laços sociais são necessários

Leia mais

AME - Aliança Municipal Espírita de Uberlândia Núcleo de Educação Espírita Departamento de Família

AME - Aliança Municipal Espírita de Uberlândia Núcleo de Educação Espírita Departamento de Família AME - Núcleo de Educação Espírita Departamento de Família Sendo os primeiros médicos da alma dos filhos, deveriam (os pais) ser instruídos não só de seus deveres, mas dos meios de cumprí-los. AlIan Kardec

Leia mais

O QUE É O ESPIRITISMO 1

O QUE É O ESPIRITISMO 1 O QUE É O ESPIRITISMO 1 Facilitadores Alex Olegário e Roberto Camilo 17/18-Janeiro-2016 OBJETIVO Conhecer sobre: O Conceito do Espiritismo O Codificador Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE JULHO, AGOSTO e SETEMBRO/2016 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE JULHO/2016 Dia 01/07/16 DIFERENTES ESTADOS DA ALMA NA ERRATICIDADE 1) O Evangelho

Leia mais

DEPRESSÃO Terapêutica espírita

DEPRESSÃO Terapêutica espírita DEPRESSÃO Terapêutica espírita Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Face às suas cáusticas manifestações, a terapia de emergência faz-se imprescindível, embora, os métodos

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE OUTUBRO, NOVEMBRO e DEZEMBRO/2016 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE OUTUBRO/2016 Dia 03/10/16 ALLAN KARDEC E O ESPIRITISMO 1) O Que é o Espiritismo.

Leia mais

LIVRARIA YVONE PEREIRA - NEAA

LIVRARIA YVONE PEREIRA - NEAA LIVRARIA YVONE PEREIRA - NEAA Título Assunto Preço de venda (R$) Adolescer, verbo transitório Família 19,90 A arte do reencontro - Casamento Família 30,00 A arte moral de educar os filhos Família 35,00

Leia mais

Grupos de Estudos 2015 VISÃO GERAL

Grupos de Estudos 2015 VISÃO GERAL Grupos de Estudos 2015 VISÃO GERAL Dias e Horários: Domingos: 10h Segundas: 19h45 Terças: 20h Quartas: 14h Período: Domingos: 08/Fev a 06/Dez Segundas: 09/Fev a 07/Dez Terças: Quartas: 10/Fev a 08/Dez

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as Profecias Objetivos Explicar a sentença do Cristo de que

Leia mais

DAS LEIS NATURAIS. As leis morais da vida

DAS LEIS NATURAIS. As leis morais da vida Bibliografia das Leis Morais da Vida Módulo 1 DAS LEIS NATURAIS As leis morais da vida 1 Da lei divina ou natural Abordagens pretendidas: Caracteres da lei natural Conhecimento da lei natural As 10 leis

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO/2015 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE JANEIRO/2015 Dia 05/01/15 ANTE O DIVINO SEMEADOR 1) O Evangelho Segundo

Leia mais

A Criança e o Livro dos Espíritos. Aula Sóllon de Evangelização Infantil da UEM

A Criança e o Livro dos Espíritos. Aula Sóllon de Evangelização Infantil da UEM A Criança e o Livro dos Espíritos Aula Sóllon de Evangelização Infantil da UEM O que é Evangelizar? Levar o Evangelho a; Anunciar a Boa Nova; (https://www.priberam.pt) Evangelizando é alguém a quem foi

Leia mais

Família Conduta no. Lar

Família Conduta no. Lar DIÁLOGO NA FAMÍLIA Escola Evangelização NECESSIDA DO DIÁLOGO NO LAR Entendimento na equipe familiar Destaca-se na atualida terrestre a conveniência por instrumento harmonia nas relações humanas. Por que

Leia mais

Grupo Espírita Guillon Ribeiro. Escola de Evangelização de Pacientes

Grupo Espírita Guillon Ribeiro. Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Escola de Evangelização de Pacientes A morte existe? Oferecei-vos a Deus, como vivos, salvos da morte, para que os vossos membros sejam instrumentos do bem ao seu serviço.

Leia mais

módulo FENÔMENOS ANÍMICOS E MEDIÚNICOS Parte única

módulo FENÔMENOS ANÍMICOS E MEDIÚNICOS Parte única I módulo FENÔMENOS ANÍMICOS E MEDIÚNICOS Parte única 2 Fenômenos anímicos e mediúnicos Parte única 1 Do maravilhoso e do sobrenatural O que é maravilhoso? O que é sobrenatural? Como se enquadra o Espiritismo

Leia mais

Sumário. mensagem Espiritual Amélia rodrigues / Divaldo Pereira Franco

Sumário. mensagem Espiritual Amélia rodrigues / Divaldo Pereira Franco Sumário 14 28 40 54 Capítulo 1 A DoutrinA EspíritA Antecedentes os Fenômenos de Hydesville As mesas Girantes Allan Kardec os Continuadores o Espírito de Verdade Capítulo 2 A CoDifiCAção obras Básicas De

Leia mais

LIVROS ESTUDADOS NAS UNIDADES E ORIENTADORES MANDAQUI QUARTA FEIRA - ESTUDO DO EVANGELHO. O Evangelho Segundo o Espiritismo - Roberto Mitsuo Sakaguchi

LIVROS ESTUDADOS NAS UNIDADES E ORIENTADORES MANDAQUI QUARTA FEIRA - ESTUDO DO EVANGELHO. O Evangelho Segundo o Espiritismo - Roberto Mitsuo Sakaguchi LIVROS ESTUDADOS NAS UNIDADES E ORIENTADORES MANDAQUI QUARTA FEIRA - ESTUDO DO EVANGELHO O Evangelho Segundo o Espiritismo - Roberto Mitsuo Sakaguchi MANDAQUI SEXTA-FEIRA - REUNIÃO DE ORIENTAÇÃO A fé transporta

Leia mais

Grupo Espírita Samaritano

Grupo Espírita Samaritano Grupo Espírita Samaritano Biênio: 2017-2018 ESPÍRITAS, AMAI-VOS, EIS O PRIMEIRO ENSINAMENTO; E INSTRUÍ-VOS, EIS O SEGUNDO! Espírito da Verdade - cap. VI - item 5 - Evangelho Segundo o Espiritismo Mês Março

Leia mais

Yvonne, uma heroína silenciosa (Pedro Camilo) cap. 2 e 5. Sublimação (Yvonne A. Pereira/Charles e Léon Tolstoi) cap. 2, 5 e 6

Yvonne, uma heroína silenciosa (Pedro Camilo) cap. 2 e 5. Sublimação (Yvonne A. Pereira/Charles e Léon Tolstoi) cap. 2, 5 e 6 CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA O ENSINO ESPÍRITA NA OBRA DE YVONNE PEREIRA BIBLIOGRAFIA 1.UM ESTUDO SOBRE REENCARNAÇÃO 1.1 Yvonne do Amaral Pereira vida e obras dados biográficos principais a mediunidade:

Leia mais

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO?

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? 1 ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? ESPIRITUALISMO Oposto do materialismo Quem quer que acredite haver em si alguma coisa mais do que matéria é espiritualista. ESPIRITISMO ou DOUTRINA ESPÍRITA Termo criado

Leia mais

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA PRIMEIRO ANO Aula Conteúdo da Aula Referências 1 TEMA: O CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - Integração Ficha do aluno - preencher e entregar o programa - Objetivos,

Leia mais

COORDENAÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPÍRITA

COORDENAÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPÍRITA COORDENAÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPÍRITA Coordenação do Ciclo de s Programação do Módulo IV ANO 2008 "A verdadeira Doutrina Espírita está no ensino que os Espíritos deram, e os conhecimentos que esse ensino comporta

Leia mais

módulo FENÔMENOS ANÍMICOS E MEDIÚNICOS Parte única

módulo FENÔMENOS ANÍMICOS E MEDIÚNICOS Parte única I módulo FENÔMENOS ANÍMICOS E MEDIÚNICOS Parte única Fenômenos anímicos e mediúnicos Parte única 1 Do maravilhoso, do sobrenatural e do laboratório do mundo invisível 23/02/2016 Danilo O que é maravilhoso?

Leia mais

Objetivo Analisar a missão de João Batista, à luz da Doutrina Espírita.

Objetivo Analisar a missão de João Batista, à luz da Doutrina Espírita. Objetivo Analisar a missão de João Batista, à luz da Doutrina Espírita. E, naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judeia e dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos céus.

Leia mais

A humanidade regenerada

A humanidade regenerada A humanidade regenerada Roteiro 9 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Objetivos

Leia mais

AUTA DE SOUZA CURS R O S O N O N Ç O ÕE Õ S E

AUTA DE SOUZA CURS R O S O N O N Ç O ÕE Õ S E CURSO NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 8 Conceito Desencarnar é mudar de plano, como alguém que se transferisse de uma cidade para outra, aí no mundo, sem que o fato lhe altere as enfermidades

Leia mais

ESTUDO METÓDICO DA OBRA MISSIONÁRIOS DA LUZ

ESTUDO METÓDICO DA OBRA MISSIONÁRIOS DA LUZ ESTUDO METÓDICO DA OBRA MISSIONÁRIOS DA LUZ 01.COMUNICAÇÃO MEDIÚNICA a oportunidade e o mérito (da parte dos espíritos) o comprometimento do médium (responsabilidade perante a tarefa) - nem todo espírito

Leia mais

ão de Família Escola do Coração

ão de Família Escola do Coração HONRAI A VOSSO PAI E A VOSSA O QUE É HONRAR PAI E MÃE? MÃE O mandamento: Honrai a vosso pai e a vossa mãe é um corolário da lei geral de caridade e de amor ao próximo, visto que não pode amar o seu próximo

Leia mais

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita Facilitadora: Mônica Oliveira / Mônica Urbano Data: 22/09/2012 Doutrina = Do latim Doctrina 1 - Conjunto de princípios em que

Leia mais

Palestra 04 Reencarnações dolorosas

Palestra 04 Reencarnações dolorosas Palestra 04 Reencarnações dolorosas Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Reencarnações dolorosas Bem aventurados os que sofrem perseguição por amor a justiça, porque deles

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 25/02/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 25/02/17 07:00 07:30 Bem aventurados os aflitos ESE, cap. V 02/12/10 Quinta (LE) / O Livro dos Médiuns (LM) A nova era ESE, cap. I, itens 9 a 11 Mediunidade e missão Questões 573 a 584 (LE) / Cap. XVII, item 220

Leia mais

QUAL O SIGNIFICADO DE RELIGIOSIDADE PARA VOCÊ?

QUAL O SIGNIFICADO DE RELIGIOSIDADE PARA VOCÊ? QUAL O SIGNIFICADO DE RELIGIOSIDADE PARA VOCÊ? COMO A FILOSOFIA ESPÍRITA DEFINE O PROCESSO DE ESPIRITUALIZAÇÃO DO SER HUMANO? QUANDO E COMO ELE COMEÇA? QUAL O REAL CONCEITO DE RELIGIÃO? A religião é caracterizada

Leia mais

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO

CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ - DEPARTAMENTO DE ENSINO 2017 PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA - 1 ANO Livro de preparo : Agenda Cristã Chico Xavier Livro de Férias: E a vida Continua...

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 16/03/17

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA ATUALIZADO EM 16/03/17 07:00 07:30 Bem aventurados os aflitos ESE, cap. V 09/12/10 Quinta (LE) / O Livro dos Médiuns (LM) A vida futura ESE, cap. II, itens 1 a 3 Perda e suspensão da mediunidade Cap. XVII, item 220 (LM - 2ª

Leia mais

O Estudo na Casa Espírita

O Estudo na Casa Espírita O Estudo na Casa Espírita Rose Mary Grebe Quando ingressamos no Espiritismo, muitas vezes não entendemos algumas situações. Vamos a uma determinada casa e percebemos o grande enfoque à Mediunidade, em

Leia mais

CURSO RELACIONAMENTO FAMILIAR SAUDÁVEL

CURSO RELACIONAMENTO FAMILIAR SAUDÁVEL CURSO RELACIONAMENTO FAMILIAR SAUDÁVEL CURSO RELACIONAMENTO FAMILIAR SAUDÁVEL MÓDULO 1-A FUNÇÕES DA Facilitador: Alírio de Cerqueira Filho FUNÇÕES DA L. E. 774. Há pessoas que, do fato de os animais ao

Leia mais

Audiência às Equipes Nossa Senhora

Audiência às Equipes Nossa Senhora SECRETARIADO DO ESTADO Audiência às Equipes Nossa Senhora 10 Setembro 2015 DISCURSO DO SANTO-PADRE Discurso do Papa: (Roma, 10 de setembro de 2015) Estou muito feliz por vos acolher, caros responsáveis

Leia mais

MÓDULO I MECANISMOS DA MEDIUNIDADE. 1.ª Parte: Da Fisiologia da Comunicação Mediúnica. 1. Os Fluidos - Natureza e propriedades dos fluidos.

MÓDULO I MECANISMOS DA MEDIUNIDADE. 1.ª Parte: Da Fisiologia da Comunicação Mediúnica. 1. Os Fluidos - Natureza e propriedades dos fluidos. MÓDULO I MECANISMOS DA MEDIUNIDADE 1.ª Parte: Da Fisiologia da Comunicação Mediúnica 1. Os Fluidos - Natureza e propriedades dos fluidos. 1.1. Elementos fluídicos 1.2 Ação dos espíritos sobre os fluidos

Leia mais

Autores de Obras Espíritas. Léon Denis:

Autores de Obras Espíritas. Léon Denis: Autores de Obras Espíritas A Doutrina Espírita tem sua base na Codificação Kardecista. Kardec foi o pioneiro, entretanto, ao longo do tempos outros trabalhos tem surgido, multiplicando os assuntos abordados.

Leia mais

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU - Indissolubilidade do casamento - O divórcio INDISSOLUBILIDADE DO CASAMENTO Lei do Homem Mutável As leis humanas transformam-se

Leia mais

1º REVEZAMENTO TEMÁTICO NA E.B.Q. JANEIRO E FEVEREIRO DE 2013 TEMA: ORIENTAÇÃO FAMILIAR

1º REVEZAMENTO TEMÁTICO NA E.B.Q. JANEIRO E FEVEREIRO DE 2013 TEMA: ORIENTAÇÃO FAMILIAR 1º REVEZAMENTO TEMÁTICO NA E.B.Q. JANEIRO E FEVEREIRO DE 2013 TEMA: ORIENTAÇÃO FAMILIAR PROFESSORES: Davi Mendes e Cristiane Marinho FAMÍLIA ¹Família 1. Conjunto de pessoas do mesmo sangue. 2. Conjunto

Leia mais

Sumário. Religião_dos_Espíritos_FINAL revisado.indd 5 26/06/ :23:06

Sumário. Religião_dos_Espíritos_FINAL revisado.indd 5 26/06/ :23:06 Sumário Religião dos Espíritos... 11 Se tiveres amor... 15 Aborto delituoso... 17 Tentação e remédio... 19 Memória além-túmulo... 21 Beneficência esquecida... 23 Alienação mental... 27 Ao redor do dinheiro...

Leia mais

DEUS ABENÇOE TODAS AS MULHERES DO MUNDO!

DEUS ABENÇOE TODAS AS MULHERES DO MUNDO! 13 DE JUNHO DE 2009 DEUS ABENÇOE TODAS AS MULHERES DO MUNDO! No passado remoto ou recente predominava o machismo, a supremacia imposta pela força.física. Comportamento este que aniquilava a personalidade

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. O s. fundamentos. da Doutrina. Espírita. Grupo Fundamentos 1

BIBLIOGRAFIA. O s. fundamentos. da Doutrina. Espírita. Grupo Fundamentos 1 BIBLIOGRAFIA O s fundamentos da Doutrina Espírita Grupo Fundamentos 1 ceic 2015 BIBLIOGRAFIA Os fundamentos da Doutrina Espírita grupo fundamentos 1 BIBLIOGRAFIA ceic 2015 Módulo 1 O que o Espiritismo

Leia mais

Desenvolvimento Mediúnico

Desenvolvimento Mediúnico Desenvolvimento Mediúnico AULA 5 O Despertar da Visão - Mediunidade da Vidência Comunidade de Cultura Divinista/CCD Instituto Divinista 30-Junho-2012 1 Parte I - Teórica 1.Recapitulando... 2.Reflexões

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO B IDADES: 09/10 1. TEMA: Pai Nosso - A Oração Dominical. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO:

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

SEICHO-NO-IE DO BRASIL - DINAMIZAÇÃO ORGANIZACIONAL CRONOGRAMA DO DOMINGO DA SNI

SEICHO-NO-IE DO BRASIL - DINAMIZAÇÃO ORGANIZACIONAL CRONOGRAMA DO DOMINGO DA SNI Fundamento para conseguir saúde e Felicidade A Verdade da Vida, vol. 2 - cap 2, pp. 51 a 58 4 A Verdade e a Saúde - cap. 1 - pp. 20 a 30. 11 SEICHO-NO-IE DO BRASIL - DINAMIZAÇÃO ORGANIZACIONAL Explicação

Leia mais

COMO NOS LIBERTARMOS??

COMO NOS LIBERTARMOS?? COMO NOS LIBERTARMOS?? 1 / 9 O Espiritismo veio ensinar o processo de libertação. O modo de se libertar de todas as servidões inferiores. Suely Caldas Schubert - /Desobsessão Eu sou a porta. A verdade

Leia mais

C R U SO O NOÇ O Õ Ç E Õ S BÁ B SICA C S

C R U SO O NOÇ O Õ Ç E Õ S BÁ B SICA C S CURSO NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA Mundos Habitados EDITORA 1 1 / 10 2 2 / 10 São habitados todos os globos que se movem no espaço? Sim, e o homem terreno está longe de ser, como supõe, o primeiro

Leia mais

A FAMÍLIA Vivência Espiritual na Família 17/09/2015. Allan Kardec, no primeiro capítulo de O Evangelho Segundo o Espiritismo nos diz:

A FAMÍLIA Vivência Espiritual na Família 17/09/2015. Allan Kardec, no primeiro capítulo de O Evangelho Segundo o Espiritismo nos diz: Instituição Beneficente A Luz Divina Palestras em comemoração aos 59 anos de fundação A FAMÍLIA Vivência Espiritual na Família 17/09/2015 Allan Kardec, no primeiro capítulo de O Evangelho Segundo o Espiritismo

Leia mais

Segurança Doutrinária

Segurança Doutrinária Autor desconhecido Segurança Doutrinária Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina. Paulo (Tito, 2:1) Quem deseje tornar-se versado numa ciência tem que a estudar metodicamente, começando pelo princípio

Leia mais

O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA

O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA Estudante: Ano: 6º Turma: Educador: Wagner Melo C. Curricular: Educação Religiosa O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA Deus nos criou para convivermos com outras pessoas e sermos felizes. A

Leia mais

(Manoel P. de Miranda, Temas da vida e da morte, 4.ed., p. 135). Escola de Evangelização Mediunidade. de Pacientes. Aula 03 1 / 8

(Manoel P. de Miranda, Temas da vida e da morte, 4.ed., p. 135). Escola de Evangelização Mediunidade. de Pacientes. Aula 03 1 / 8 JESUS E A MEDIUNIDADE LOUCURA, DIFICULDADES FINANCEIRAS ESTÃO ASSOCIADAS À PRÁTICA MEDIÚNICA? As disposições pessoais para os desequilíbrios são inatas no homem, que neles estão em gérmem. Desse modo,

Leia mais

Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado?

Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado? Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado? Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Adriana Pizzutti dos Santos Vamos considerar parentes: Família de orientação Família de procriação Colaterais

Leia mais

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história.

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA Escola Básica Fernando Caldeira Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2016/2017 5 º ANO Unidade Letiva 1 -

Leia mais

CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS. 4 a EDIÇÃO

CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS. 4 a EDIÇÃO CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS 4 a EDIÇÃO CAMPINAS SP 2007 Sumário Mensagem de Bezerra...XI Apresentação...XIII Capítulo I Diretrizes Doutrinárias O papel do Espiritismo...3 Caráter

Leia mais

CONVITE AO AUTOACOLIMENTO AMOROSO.

CONVITE AO AUTOACOLIMENTO AMOROSO. CONVITE AO AUTOACOLIMENTO AMOROSO O Evangelho de Jesus é profundamente terapêutico. Nele, encontramos vários convites à autotransformação. Não são convites quaisquer, especialmente aqueles que começam

Leia mais

CONHECIMENTO DA LEI NATURAL. Livro dos Espíritos Livro Terceiro As Leis Morais Cap. 1 A Lei Divina ou Natural

CONHECIMENTO DA LEI NATURAL. Livro dos Espíritos Livro Terceiro As Leis Morais Cap. 1 A Lei Divina ou Natural CONHECIMENTO DA LEI NATURAL Livro dos Espíritos Livro Terceiro As Leis Morais Cap. 1 A Lei Divina ou Natural O que é a Lei Natural? Conceito de Lei Natural A Lei Natural informa a doutrina espírita é a

Leia mais

Evangelho. Viver os ensinamentos Mateus: 7:21-27

Evangelho. Viver os ensinamentos Mateus: 7:21-27 Evangelho Viver os ensinamentos Mateus: 7:21-27 27 Mateus 7 21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. 22 Muitos me

Leia mais

CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA CEIC. Programa de estudo grupo: CONHECE-TE A TI MESMO

CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA CEIC. Programa de estudo grupo: CONHECE-TE A TI MESMO CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA CEIC Programa de estudo grupo: CONHECE-TE A TI MESMO - 2016 Coordenação: Andréa Romano Noeval de Quadros Renata Lucio (Coord) Módulo 1 Autodescobrimento SUMÁRIO Módulo

Leia mais

O processo de DESENCARNAÇÃO

O processo de DESENCARNAÇÃO O processo de DESENCARNAÇÃO Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Instante da morte: é chegada a hora S Algumas pessoas só escapam de um perigo mortal para cair em outro.

Leia mais

04/12/2013. Meg Patrícia Fernanda. Ter noção sobre as características dos ambientes e de seus habitantes nas esferas espirituais.

04/12/2013. Meg Patrícia Fernanda. Ter noção sobre as características dos ambientes e de seus habitantes nas esferas espirituais. A Vida no Mundo Espiritual 2 Meg Patrícia Fernanda Ter noção sobre as características dos ambientes e de seus habitantes nas esferas espirituais. 1 Conceito Desencarnar é mudar de plano, como alguém que

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO EM CONSTELAÇÃO FAMILIAR

CURSO DE FORMAÇÃO EM CONSTELAÇÃO FAMILIAR CURSO DE FORMAÇÃO EM CONSTELAÇÃO FAMILIAR Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalhará seu futuro. Aprenda a trabalhar com uma rápida e eficiente técnica terapêutica que tem ajudado milhares

Leia mais

FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER FAMÍLIA ESPÍRITOS DIVERSOS

FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER FAMÍLIA ESPÍRITOS DIVERSOS FAMÍLIA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER FAMÍLIA ESPÍRITOS DIVERSOS SUMÁRIO PREFÁCIO...8 1 EM FAMÍLIA...10 2 JESUS EM CASA...14 3 DO CÉU À TERRA...18 4 PÁGINA AOS PAIS...22 5 TEU FILHO...26 6 ANOTAÇÕES DA FAMÍLIA...30

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDO E PESQUISA DO EVANGELHO - NEPE

NÚCLEO DE ESTUDO E PESQUISA DO EVANGELHO - NEPE NÚCLEO DE ESTUDO E PESQUISA DO EVANGELHO - NEPE POR QUE OS ESPÍRITAS PRECISAM CONHECER A BÍBLIA? 1. Questão 625 de O Livro dos Espíritos, que esclarece ser Jesus o Guia e Modelo da humanidade, bem como

Leia mais

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA EVANGELIZAÇÃO DA INFÂNCIA

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA EVANGELIZAÇÃO DA INFÂNCIA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA EVANGELIZAÇÃO DA INFÂNCIA EVANGELIZAÇÃO INFANTIL - QUANDO IMPLANTAR A TAREFA? Crianças com os pais ou responsáveis nas tarefas específicas para adultos; Filhos de trabalhadores

Leia mais

Caminhando com Paulo, o Apóstolo Programa de Estudo aos Domingos CEIC 2013

Caminhando com Paulo, o Apóstolo Programa de Estudo aos Domingos CEIC 2013 Caminhando com Paulo, o Apóstolo Programa de Estudo aos Domingos CEIC 2013 Nota: Este programa, em sua parte histórica, se baseia na obra Paulo e Estêvão (ditada pelo E. Emmanuel a Francisco Cândido Xavier)

Leia mais

módulo MECANISMOS DA MEDIUNIDADE da fisiologia da comunicação mediúnica 1ª parte

módulo MECANISMOS DA MEDIUNIDADE da fisiologia da comunicação mediúnica 1ª parte sugerida II módulo MECANISMOS DA MEDIUNIDADE 1ª parte da fisiologia da comunicação mediúnica 2 Primeira parte 9 OS FLUIDOS Elementos fluídicos. Ação dos espíritos sobre os fluidos Criações fluídicas; fotografia

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

Informações da disciplina de EMRC 5.º ano. Aulas Previstas (45 minutos )

Informações da disciplina de EMRC 5.º ano. Aulas Previstas (45 minutos ) Departamento de Ciências Socias e Humanas 2016/ 2017 Educação Moral e Religiosa Católica 5.º ano RESUMO DA PLANIFICAÇÃO Informações da disciplina de EMRC 5.º ano Resumo da Planificação: Conteúdos 1.º Período

Leia mais

O Cristo consolador. Roteiro 1

O Cristo consolador. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, O Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e Consolações Roteiro 1 O Cristo consolador Objetivo Explicar

Leia mais

Vem Trabalhar na Minha Vinha...

Vem Trabalhar na Minha Vinha... 1 Ciclo de Estudos sobre Evangelização 2013 Vem Trabalhar na Minha Vinha... (Mateus 20:1,16) 2 /22 Ide e Evangelizai! 3 /22 O QUE É EVANGELIZAÇÃO? 4 /22 O QUE É EVANGELIZAÇÃO? Evangelizar é transmipr as

Leia mais

Aliança Espírita Evangélica RGA 2015

Aliança Espírita Evangélica RGA 2015 Aliança Espírita Evangélica RGA 2015 TEMA RGA 2015 Nossa Aliança com Jesus acolhendo e evangelizando corações na nova era. Local: Unisa Campus 1 RGA 2015 Rua Professor Enéas de Siqueira Neto, 340, Jardim

Leia mais

Relatório Individual por : CARIDADE

Relatório Individual por : CARIDADE MANUAL E DICIONÁRIO BÁSICO DO ESPI 26 A.CAVERSAN/GEZIEL ANDRA G.E.DO LAR 02a A PRECE SEGUNDO O EVANGELHO 11;30 ALLAN KARDEC ALLAN KARDEC - F.PEREIRA JR F.E.B. 35a O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO 149;182;203;233;248

Leia mais

PRECE X EVANGELHO NO LAR. Apresentação disponível em

PRECE X EVANGELHO NO LAR. Apresentação disponível em PRECE X EVANGELHO NO LAR Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br PRECE A prece é a maneira pela qual as pessoas se comunicam com Deus. PRECE A prece ou oração é um dos modos de nos comunicar-mos

Leia mais

O GRANDE COMPROMISSO. www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011

O GRANDE COMPROMISSO. www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011 O GRANDE COMPROMISSO www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011 O grande compromisso Nesse desequilíbrio do sentimento e da razão é que repousa atualmente a dolorosa realidade

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO DA DOUTRINA ESPÍRITA SEMP -2017

PROGRAMA BÁSICO DA DOUTRINA ESPÍRITA SEMP -2017 PROGRAMA BÁSICO DA DOUTRINA ESPÍRITA SEMP -2017 COORDENADORES Carlos Massucci Fernanda Chueire Luiz Arthur Chagas Nicole Ventura FICHAS DE INSCRIÇÃO Sociedade Espírita Os Mensageiros da Paz Fundada em

Leia mais

BIBLIOGRAFIA GRUPO FUNDAMENTOS 3 CEIC das. esperanças. consolações

BIBLIOGRAFIA GRUPO FUNDAMENTOS 3 CEIC das. esperanças. consolações BIBLIOGRAFIA GRUPO FUNDAMENTOS 3 CEIC 2015 das esperanças & consolações bibliografia DAS ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Módulo 1 CONFIA EM DEUS A paternidade divina 1 Visão clara e corajosa da vida futura O

Leia mais

INFORMA. retratos. na família. Nº de Maio a 04 de Junho. de Canoas. Igreja Batista

INFORMA. retratos. na família. Nº de Maio a 04 de Junho. de Canoas. Igreja Batista INFORMA na família de Canoas Igreja Batista Esperança Nº 885 29 de Maio a 04 de Junho retratos Família de Esperança na Família SÉRIE: Retratos de Família João 2.1-11 Acabou! Terminou! Não dá mais. Ainda

Leia mais

A CRIANÇA E AS DROGAS

A CRIANÇA E AS DROGAS A CRIANÇA E AS DROGAS QUEM É A CRIANÇA? Infância As crianças são os seres que Deus manda a novas existências. Para que não lhe possam imputar excessiva severidade, dá-lhes ele todos os aspectos da inocência.(...)

Leia mais

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 1. Considerando as grandes mudanças ocorridas na sociedade, como a igreja deve responder a elas à luz do ensino do NT? A resposta é se adequar

Leia mais

Fraternidade Espírita Lar de Luz - FELLUZ

Fraternidade Espírita Lar de Luz - FELLUZ PROGRAMAÇÃO JANEIRO 2008 07 10 14 17 21 24 28 31 20:30 21:30 ANO NOVO: COMPROMISSOS E IDEALIZAÇÕES PARA O ANO QUE SE INICIA Salim 20:30 21:30 MEDIUNIDADE COM JESUS Regina Bedeschi 20:30 21:30 O HOMEM NO

Leia mais

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 9.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: O SER HUMANO

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 9.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: O SER HUMANO SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: / / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 9.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

A Missão de Jesus. guia e modelo da Humanidade. Roteiro 4

A Missão de Jesus. guia e modelo da Humanidade. Roteiro 4 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 4 A Missão de Jesus guia e modelo da Humanidade Objetivos Explicar

Leia mais

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA SEGUNDO ANO

PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA SEGUNDO ANO PLANEJAMENTO DAS AULAS CURSO DE DOUTRINA ESPÍRITA SEGUNDO ANO Aula Conteúdo da Aula Referências 1 TEMA: RETORNO A VIDA CORPORAL - Integração Ficha do aluno - preencher e entregar o programa - Da infância

Leia mais

O Homem de bem. Roteiro 7

O Homem de bem. Roteiro 7 O Homem de bem Roteiro 7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Objetivos Relacionar

Leia mais

A família constituída por um homem, uma mulher e eventuais filhos, fundada sobre o um vínculo indissolúvel do

A família constituída por um homem, uma mulher e eventuais filhos, fundada sobre o um vínculo indissolúvel do DESAFIOS E POSSIBILIDADES DA FAMÍLIA NO LIMIAR DO NOVO MILÊNIO Dom João Carlos Petrini, Bispo de Camaçari e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral Vida e Família Introdução A família constituída por

Leia mais

1518 CINQÜENTA ANOS DEPOIS - 8 CD 0 - FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER

1518 CINQÜENTA ANOS DEPOIS - 8 CD 0 - FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER Página 1 1876 5 SEMINARIO SESQUICENTENARIO DA RE 1 3292 7 MINUTOS COM EMMANUEL 05 002 HDD - HAROLDO DUTRA DIAS 3293 7 MINUTOS COM EMMANUEL 4 002 HDD - HAROLDO DUTRA DIAS 1862 A FE ESPIRITA E OS NOVOS TEMPOS

Leia mais

Unidade da Humanidade

Unidade da Humanidade Mensagem ao público pelo Espírito Leocádio José Correia através do médium Maury Rodrigues da Cruz em 19 de agosto de 2015 na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas, Curitiba, Paraná, Brasil. Recomendamos

Leia mais

"Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade".

Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade. "Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade". Os Pais, Primeiros Educadores da Fé Existe um ambiente privilegiado em que os casais, sem excluir outros lugares,

Leia mais

Família Cristã. Da infância ao Casamento

Família Cristã. Da infância ao Casamento Família Cristã Da infância ao Casamento Família Cristã Da infância ao Casamento Isaías Silva 2ª Edição São Paulo, 2013 Créditos Textos: Isaías Silva Coordenação Editorial: Raphael Abreu Supervisão Editorial:

Leia mais

O objetivo da existência é o desabrochar dos germens divinos da alma;

O objetivo da existência é o desabrochar dos germens divinos da alma; PEDAGOGIA ESPÍRITA Trabalho formulado pelos facilitadores Edmar Jr. Ed e Juliana Machado da FEB Capacitação de Evangelizadores - Irmão Estevão, setembro de 2015 A Pedagogia Espírita Fundamentos Somos seres

Leia mais