CÓDIGO DE ÉTICA MERCANTIL DO BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÓDIGO DE ÉTICA MERCANTIL DO BRASIL"

Transcrição

1 CÓDIGO DE ÉTICA MERCANTIL DO BRASIL

2 CÓDIGO DE ÉTICA MERCANTIL DO BRASIL O Código de Ética do Mercantil do Brasil reflete os princípios que devem compor a conduta dos empregados da Instituição e tem como objetivo servir de referência para a atuação profissional e pessoal de todos, garantindo a preservação da imagem da Instituição, no mercado em que atua. O Código é pautado na Missão traduzida por Gerar soluções financeiras com excelência e diferencial no relacionamento, remuneração adequada ao capital societário, recompensa justa ao capital humano e atuação socioambiental responsável. E regido pelo Valor fundamental de Prestar soluções financeiras com simplicidade, eficácia e diferencial no relacionamento.

3 ÍNDICE 1. RESPONSABILIDADE DE TODOS 4 A) Conduta ética e honesta nas relações pessoais e profissionais 4 B) Tratamento e preservação das informações 6 C) Preservação da imagem institucional 7 D) Manutenção e proteção do patrimônio do Mercantil do Brasil 7 E) Uso de ativos de tecnologia 8 2. RELACIONAMENTOS EXTERNOS 9 A) Relacionamento com os clientes 9 B) Relacionamento com fornecedores e parceiros 9 C) Relacionamento com o mercado e concorrentes 10 D) Relacionamento com investidores e acionistas 10 E) Relacionamento com a comunidade e com o meio ambiente 11 F) Relação com órgãos governamentais, reguladores e de defesa do consumidor 11 G) Relação com a mídia 12 H) Relação com associações e entidades de classe CONFLITOS DE INTERESSES COMITÊ DE ÉTICA PROFISSIONAL 13 A) Infrações e penalidades 14 B) Disposições Finais 14

4 CÓDIGO DE ÉTICA MERCANTIL DO BRASIL 1. RESPONSABILIDADE DE TODOS O Mercantil do Brasil respeita os direitos de seus empregados e busca um relacionamento baseado na confiança, proporcionando um ambiente de trabalho estimulante, seguro, saudável, com liberdade de expressão e respeito à integridade e à privacidade das pessoas. Como representantes da Instituição, devemos assumir a responsabilidade de fazer com que haja coerência entre o Código, nosso discurso e nossas ações, consolidando nosso compromisso e respeito quanto aos seguintes aspectos: A) Conduta ética e honesta nas relações pessoais e profissionais; B) Tratamento e preservação das informações; C) Preservação da imagem institucional; D) Manutenção e proteção do patrimônio do Mercantil do Brasil; E) Uso de ativos de tecnologia. A) Conduta ética e honesta nas relações pessoais e profissionais Nosso papel é aceitar, respeitar e tratar todos como iguais, com dignidade, educação, cortesia, cooperação e consideração, sem preconceitos de origem, raça, gênero, crença religiosa, idade ou quaisquer outras formas de discriminação. O convívio no ambiente de trabalho deve se basear na conduta ética, independente da posição hierárquica ocupada. Página 4

5 Devemos manter uma atitude profissional digna, trabalhando de forma colaborativa, visando a assegurar uma execução rápida e eficiente das decisões tomadas. A troca de informações e de idéias e a comunicação clara e transparente devem fazer parte de nossa rotina, contribuindo para a construção de um ambiente saudável e de uma relação de confiança mútua. É nossa responsabilidade também, buscar a melhoria contínua das nossas atividades, propondo alternativas que tragam vantagens competitivas para o Mercantil do Brasil. Cada gestor do Mercantil do Brasil deve se sentir responsável pelo desenvolvimento de sua equipe e de seus sucessores e deve preparálos, orientá-los e dar-lhes feedback, para que possam crescer dentro da Instituição e colaborar para a obtenção dos melhores resultados. Além disso, é fundamental ouvir e entender suas dificuldades, expectativas e idéias. O gestor deve ser exemplo de honestidade e de conduta ética para a sua equipe e para toda a Empresa, demonstrando que suas ações estão alinhadas aos princípios e aos valores da Instituição. Ao surgirem dúvidas sobre a legalidade ou a ética de uma decisão, atitude ou procedimento, é necessário consultar o superior hierárquico ou a área competente, buscando orientação adequada. Todo comportamento que possa ocasionar descrédito para a própria pessoa ou para a Empresa deve ser evitado, preservando-se, assim, a isenção nas relações profissionais. Entendemos como atitudes que causam descrédito o abuso de poder, a arrogância, a intolerância, a coação, a punição indevida, a violência física, o pedido de favores pessoais a subordinados, o uso de bebidas alcoólicas e drogas no ambiente de trabalho. Página 5

6 É nosso dever conhecer e cumprir os Atos Normativos e as políticas instituídas pelo Mercantil do Brasil, bem como as normas e políticas definidas pelos Órgãos Reguladores. B) Tratamento e preservação das informações Os documentos, contratos, registros financeiros e contábeis, relatórios de qualquer natureza, projetos, pesquisas de opinião e de mercado, planos comerciais e de marketing e programas de gerenciamento das informações são propriedade do Mercantil do Brasil. Nenhum desses documentos e registros pode ser utilizado ou divulgado fora da Instituição, exceto quando a publicação for devidamente autorizada pelos superiores hierárquicos. A divulgação e a utilização externa desse material só são permitidas quando realizadas em atividades profissionais em nome do Mercantil do Brasil. Após o uso, todo o material deve ser devolvido ao MB, para que seja devidamente arquivado. Qualquer tipo de comunicação deve ser realizada, exclusivamente, por empregados autorizados e alinhados às políticas, aos controles e aos procedimentos do Mercantil do Brasil. Os empregados somente podem responder em nome da Instituição quando devidamente preparados e previamente autorizados para isso. Cada um de nós deve zelar para que as informações de propriedade do Mercantil do Brasil fiquem devidamente protegidas e não possam ser acessadas por pessoas não autorizadas. Conferências, palestras, entrevistas e apresentações referentes ao MB ou que contenham informações sobre as suas atividades, bem como trabalhos acadêmicos ou escolares que tenham como o foco o Mercantil do Brasil só podem ser realizados mediante autorização prévia da Direção Executiva correspondente. Além dos itens citados anteriormente, é nossa responsabilidade manter dados e registros atualizados, contribuindo para que as informações sejam sempre legítimas e precisas, conservando toda a documentação de acordo com os procedimentos estabelecidos pelos órgãos reguladores e as exigências Página 6

7 contidas nas políticas de controle e proteção dos ativos do Mercantil do Brasil. Os empregados que, por força do seu cargo ou de suas responsabilidades, tiverem acesso a informações privilegiadas não poderão usá-las visando à obtenção de facilidades ou a qualquer outra forma de favorecimento pessoal ou profissional, ainda que tenham sido elaboradas pelo próprio empregado. Faz parte da nossa conduta ética e profissional preservar o sigilo das informações confidenciais e estratégicas do Mercantil do Brasil e das informações sobre clientes, inclusive após a perda de vínculo contratual com a Instituição. C) Preservação da imagem institucional Somos responsáveis pela preservação da imagem do Mercantil do Brasil, construída a partir de relacionamentos sólidos com nossos clientes externos e internos, fornecedores e demais parceiros e da prestação de serviços de qualidade. Além disso, é nossa responsabilidade disseminar a boa imagem do Mercantil do Brasil, mostrando seus pontos fortes e valorizando as pessoas e os processos organizacionais, cuidar do ambiente de trabalho interno e externo, mostrar comportamentos adequados e primar pela correta utilização da logomarca da Instituição, seguindo as instruções do manual da marca. Logomarca Mercantil do Brasil D) Manutenção e proteção do patrimônio do Mercantil do Brasil É nosso dever utilizar corretamente, manter e proteger o patrimônio físico (instalações, equipamentos, materiais, etc.) e o patrimônio abstrato (pesquisas, processos, patentes, marcas, etc.) do Mercantil do Brasil. Fachada da Agência Comércio Nenhum empregado pode apropriar-se de bens ou recursos do Mercantil do Brasil nem utilizar os mesmos para benefício próprio. Também é nossa responsabilidade reduzir gastos, eliminando desperdício e custos desnecessários. Página 7

8 E) Uso de ativos de tecnologia Em nossas atividades diárias, utilizamos equipamentos, sistemas, aplicativos e recursos eletrônicos de propriedade da Instituição. Na qualidade de usuários é nossa obrigação conhecer e cumprir a política corporativa de segurança da informação exposta no Ato Normativo em vigor. Assim, reconhecemos e nos submetemos às orientações da Instituição sobre o adequado e correto uso dos recursos tecnológicos colocados à nossa disposição para o exercício de nossa atividade profissional. Cabe a todos fazer uso da tecnologia de forma responsável, ética e em conformidade com os controles e procedimentos do Mercantil do Brasil. As senhas de acesso aos sistemas de informação da Instituição são de uso pessoal e intransferível. Nas atividades profissionais diárias, usaremos somente nossa senha individual e jamais a de outra pessoa. A veiculação de informações deve estar relacionada à atividade profissional, não sendo permitidas mensagens obscenas, correntes de arrecadação de recursos, mensagens com o intuito de denegrir a imagem de alguém ou de alguma instituição e outras proibições previstas na Política de Segurança da Informação. O correio eletrônico e a internet não devem ser utilizados para divulgação de assuntos particulares, ilegais, de cunho religioso ou político. Empresas que desenvolvem softwares exigem o direito de forte proteção legal para os frutos de seu trabalho e a compensação pelos recursos gastos no empreendimento; portanto, softwares protegidos por direitos autorais não devem ser copiados. Da mesma forma, não é correto instalar nos computadores do Mercantil do Brasil programas que não tenham sido autorizados pela área Segurança da Informação. Página 8

9 2. RELACIONAMENTOS EXTERNOS A) Relacionamento com os clientes Nosso papel é tratar o cliente com cordialidade e atenção, procurando atendê- lo dentro dos critérios éticos com presteza, cortesia, agilidade, criatividade, personalização e, acima de tudo, com qualidade. É nosso dever conhecer o cliente, o seu negócio e as suas atividades econômicas, a fim de identificar suas necessidades e superar suas expectativas, oferecendo-lhe serviços e produtos adequados e atendêlo com informações claras, precisas e transparentes e oferecendo respostas adequadas às suas solicitações, no prazo por ele esperado. Atendimento ao cliente via telefone O Mercantil do Brasil disponibiliza diversas formas de atendimento ao cliente, dentre elas estão o atendimento via telefone, e o atendimento a deficientes auditivos. Além disso o Mercantil do Brasil conta com uma Ouvidoria, a fim agilizar e melhorar a qualidade do atendimento ao cliente. Devemos ser sempre receptivos, tratando respeitosamente todas as sugestões e críticas recebidas, considerando-as como melhoria ao atendimento, produtos e serviços. É fundamental mantermos sempre o sigilo sobre informações recebidas de nossos clientes, dando a certeza de que os dados que nos foram confiados encontram-se seguros. Evitamos dar tratamento preferencial a determinados clientes, seja por interesse ou deferência pessoal. B) Relacionamento com fornecedores e parceiros As relações com fornecedores e parceiros devem ser pautadas por critérios técnicos, éticos e profissionais, visando a obter um equilíbrio entre os interesses do Mercantil do Brasil e os de seus prestadores de serviço. Evitamos a aquisição, sob qualquer hipótese, de produtos e prestação de serviços de empresas com as quais empregados do Mercantil do Brasil ou seus parentes tenham algum tipo de participação ou interesse, direta ou indiretamente, sem a aprovação do Comitê de Ética Profissional. Página 9

10 Nossos fornecedores e parceiros são escolhidos e contratados de forma imparcial e transparente, buscando principalmente prestadores de serviço que mantenham padrões éticos compatíveis com as práticas descritas neste Código, que cumpram as exigências legais, trabalhistas e ambientais e que gozem de boa reputação. Cabe ao empregado zelar pela qualidade e pela viabilidade econômica dos serviços contratados, produtos adquiridos, compromissos e interesses comuns acordados. C) Relacionamento com o mercado e concorrentes Adotamos práticas que contribuam para o crescimento do mercado financeiro, buscando sempre promover as condições para que a concorrência se dê de forma justa e leal, baseada em práticas eqüitativas, mantendo a civilidade nos relacionamentos. É nosso papel contribuir para a não divulgação de informações indevidas e enganosas sobre os concorrentes. Devemos zelar pela proteção de informações de mercado, obtendo informações de maneira lícita e transparente, preservando o sigilo daquelas fornecidas pelos concorrentes. Quando solicitadas, disponibilizamos informações com caráter fidedigno e sempre por meio de fontes previamente autorizadas. D) Relacionamento com investidores e acionistas É nosso papel prestar todas as informações necessárias ao acompanhamento do desempenho e da performance do Mercantil do Brasil com clareza, agilidade e veracidade, quando solicitadas por meio dos órgãos societários e das respectivas estruturas organizacionais competentes. Para tanto, observamos e asseguramos o sigilo absoluto das informações que ainda não sejam de conhecimento público e que possam de alguma maneira, interferir na cotação das ações da Instituição, influenciar as movimentações do mercado e/ ou as decisões de investimentos. Administramos de maneira eficaz os negócios, com boa técnica bancária e com vistas ao fortalecimento da situação financeira e à sustentabilidade da Página 10

11 Instituição, zelando pela imagem e pelo patrimônio dos acionistas. Somos transparentes nas políticas e diretrizes, na distribuição de dividendos e nos demonstrativos de situação econômico-financeira. Disponibilizamos as informações ao mercado de forma pró-ativa, visando a minimizar rumores e especulações. E) Relacionamento com a comunidade e com o meio ambiente Buscamos a relação positiva entre o comportamento social e ambientalmente responsável e o desempenho econômico. Colaboramos com o desenvolvimento das comunidades das regiões onde o Mercantil do Brasil está inserido, buscando conhecer suas necessidades e participando de programas voltados para a educação por meio da cultura, do esporte e da conscientização para a preservação ambiental. Promovemos a conscientização e a sensibilização de colaboradores e parceiros sobre questões socioambientais e sobre a responsabilidade de cada cidadão para a sustentabilidade do planeta, visando à educação e à mobilização das pessoas. Programa Mercantil do Brasil Socioambiental Devemos atuar com atenção à proteção do meio ambiente, buscando a redução da geração de resíduos e dando-lhes destinação correta, utilizando de forma racional, reutilizando e reaproveitando recursos. Procuramos apoiar as ações voltadas para a formação e a valorização da cidadania, por meio do desenvolvimento sustentado em todos os locais em que estamos inseridos, defendendo os princípios da justiça social e, principalmente, os direitos humanos, repudiando ações onde há exploração das pessoas por meio do trabalho escravo e, em especial, do infantil. Respeitamos os valores culturais, esportivos, religiosos ou quaisquer outros reconhecidos pela comunidade. Copa Mercantil do Brasil F) Relação com órgãos governamentais, reguladores e de defesa do consumidor Devemos nos relacionar com os órgãos públicos atentando para a primazia no cumprimento da legislação vigente, respeitando sempre os bons costumes, bem como a prática de relacionamentos usualmente aceitos pela sociedade. Apoiamos os órgãos governamentais e os reguladores, especialmente no que se refere à aplicação de políticas públicas que visem a melhoramentos sociais. Prezamos por atender os direitos dos clientes e consumidores, cumprindo-os por meio da Ouvidoria e das demais gerências da Instituição, garantindo o direito de manifestação sobre os serviços prestados. Página 11

12 Seguimos fielmente o que determina a legislação sobre a prevenção e o combate aos crimes de lavagem de dinheiro, aplicando rigorosamente o determinado pela legislação vigente por meio de normas, procedimentos e sistemas. G) Relação com a mídia Pautamos nossa relação com a mídia na observação dos valores éticos e da estratégia de marketing da Instituição, visando à transparência, à credibilidade e à confiança entre os parceiros e na disseminação de informações. As declarações, quando necessárias, são feitas por meio da Assessoria de Imprensa e de pessoas autorizadas, sempre expressando o ponto de vista institucional e mediante observância dos princípios do Manual de Assessoria de Imprensa do Mercantil do Brasil. H) Relação com associações e entidades de classe Reconhecemos a legitimidade das associações e entidades de classe legalmente constituídas, asseguramos que os representantes de nossos empregados não serão objeto de discriminação e que terão acesso a seus representados, no local de trabalho. Estamos sempre dispostos a dialogar, em qualquer situação que envolva o Mercantil do Brasil, sempre visando a soluções que atendam todas as partes. 3. CONFLITOS DE INTERESSES Para assegurarmos um ambiente de trabalho harmonioso e produtivo e preservarmos nossa integridade pessoal e profissional, é dever dos empregados evitar situações que possam colocar em conflito seus interesses pessoais com os do Mercantil do Brasil, de clientes, acionistas e outros. Página 12

13 Entendem-se como situações que podem gerar conflitos de interesses, dentre outras: Receber presentes de fornecedores e parceiros, em troca de benefícios; Conceder ou participar de operação de crédito de pessoas com quem se mantenha vínculo; Realizar operações de interesse próprio com prestadores, fornecedores, parceiros, clientes e etc. Confiamos em nossos empregados e lhes oferecemos apoio para informarem ao Comitê de Ética Profissional situações que possam gerar eventuais conflitos de interesses. 4. COMITÊ DE ÉTICA PROFISSIONAL O Comitê de Ética Profissional é constituído por representantes de diversos setores da Instituição nomeados pelo Vice-Presidente Executivo do Mercantil do Brasil para um mandato de dois anos, prorrogável por igual período. São atribuições do Comitê de Ética Profissional: Promover e garantir o cumprimento do Código de Ética; Proceder à apuração de ato, fato ou conduta que possam ser considerados infração aos princípios ou normas ético-profissionais, incluindo casos de assédio moral, orientando e decidindo sobre as medidas apropriadas; Resolver dúvidas quanto à interpretação das normas deste Código; Recomendar à Instituição a adoção de normas complementares às disposições deste Código. Ocorrendo algum ato contrário às condutas definidas neste código, o Comitê de Ética Profissional dá ciência ao empregado do procedimento de que trata esse artigo e promove as diligências que entender necessárias à formulação do juízo conclusivo. Página 13

14 O empregado do Mercantil do Brasil pode manifestar-se no prazo de 10 dias, contados da ciência do fato, indicando os meios de provas pelos quais pretende fundamentar suas alegações. As conclusões e as providências são comunicadas ao empregado pelo Presidente do Comitê de Ética Profissional. O Comitê de Ética Profissional reúne-se sempre que se faz necessário e suas decisões são tomadas por maioria simples. Está impedido de acompanhar e atuar no processo de apuração o cônjuge ou parente, consangüíneo ou afim, do empregado cuja conduta ou ato seja objeto de apuração. O procedimento de apuração é instaurado por iniciativa do Comitê ou em razão de representação fundamentada, observados os princípios do contraditório e da ampla defesa. A) Infrações e penalidades Os infratores das normas estabelecidas neste Código de Ética estão sujeitos às seguintes penalidades, que não obedecem, necessariamente, a uma ordem de aplicação: I Entrevista esclarecedora com o Comitê de Ética Profissional; II Recomendação em carta reservada; III Advertência em carta reservada; IV Advertência em entrevista reservada com o Comitê de Ética Profissional. A pena aplicável é atribuída pelo Comitê de Ética Profissional em parecer fundamentado e assinado por todos os seus integrantes, com ciência do faltoso. B) Disposições Finais As decisões do Comitê de Ética Profissional são tomadas por maioria simples; Estão vedados de participar das decisões os representantes da Instituição, quando estiverem em causa interesses seus ou do conglomerado que integram; Os interessados têm amplo direito de defesa, com pleno acesso a todos os documentos que compõem o processo; Para cada membro do Comitê há um suplente de indicação idêntica; As condutas previstas neste Código podem ser aditadas a qualquer momento no interesse da Instituição, por iniciativa do Comitê de Ética contando com o aval da Vice-Presidência. Página 14

CÓDIGO DE ÉTICA DO BANCO DA AMAZÔNIA

CÓDIGO DE ÉTICA DO BANCO DA AMAZÔNIA CÓDIGO DE ÉTICA DO BANCO DA AMAZÔNIA APRESENTAÇÃO O Banco da Amazônia S.A., consciente da importância da ética nas relações com a comunidade em que atua, divulga este Código de Ética, que contém os padrões

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. ANS nº 41431.0

CÓDIGO DE ÉTICA. ANS nº 41431.0 CÓDIGO DE ÉTICA Aprovado pelo Conselho Consultivo da Saúde BRB Caixa de Assistência em sua 37ª Reunião Extraordinária, realizada em 10.12.2010. Brasília, 22 de fevereiro de 2011 I - APRESENTAÇÃO CÓDIGO

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta O Código de Ética e Conduta do ESA - Externato Santo Antônio estabelece o comportamento esperado de todos aqueles que trabalham na, para e com a instituição, e tem por objetivo

Leia mais

Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética

Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética SUMÁRIO CONCEITO OBJETIVO ABRANGÊNCIA PRINCÍPIOS DE RELACIONAMENTOS CONFLITOS DE INTERESSE CONFIDENCIALIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESERVAÇÃO

Leia mais

Raul Anselmo Randon Presidente do Conselho de Administração das Empresas Randon

Raul Anselmo Randon Presidente do Conselho de Administração das Empresas Randon Palavra do Presidente É com satisfação que editamos o Guia de Conduta Ética das Empresas Randon, um instrumento de comunicação que traduz os nossos valores e dá as diretrizes para as nossas ações profissionais,

Leia mais

A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo

A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo ITAPOÇOS POÇOS ARTESIANOS DE ITABIRA NASCIMENTO LTDA Introdução A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética MENSAGEM DA DIRETORIA A todos os dirigentes e empregados A Companhia de Seguros Aliança do Brasil acredita no Respeito aos princípios éticos e à transparência de conduta com as

Leia mais

MENSAGEM CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

MENSAGEM CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO MENSAGEM O Código de Ética do Banco do Brasil vem reafirmar a contínua valorização dos preceitos éticos existentes na cultura da Organização, reconhecidos pela comunidade. Nasce da realidade da Empresa,

Leia mais

PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS

PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS AGI.01 1ª 1 / 7 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 2 2. INTRODUÇÃO... 2 3. ABRANGÊNCIA E APLICABILIDADE... 2 4. PRINCÍPIOS GERAIS... 2 5. COLABORADORES... 3 A Conduta Pessoal e Profissional... 3 B Condutas não Aceitáveis...

Leia mais

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo Código de Conduta Índice Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo 3 4 5 6 9 Missão, Visão, Valores e Princípios Missão Visão Princípios Valores

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO invepar índice Apresentação Visão, Missão, Valores Objetivos Princípios Básicos Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 8 Abrangência / Funcionários Empresas do Grupo Sociedade / Comunidade

Leia mais

Código de Ética AccessBrasil 1

Código de Ética AccessBrasil 1 Código de Ética AccessBrasil 1 Sumário 01. Objetivos 02. Estrutura Operacional e Fluxo de Informações 03. Missão e Valores 04. Relações com Fornecedores 05. Relações com Clientes e Consumidores 06. Negociações

Leia mais

Identidade Organizacional. Prezado,

Identidade Organizacional. Prezado, Prezado, Apresentamos a todos os colaboradores, o Código de Conduta da Bolt Transportes, que foi minuciosamente elaborado de acordo com os valores que acreditamos ser essenciais para o um bom relacionamento

Leia mais

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética Código de Ética Sobre nossos Relacionamentos: Relacionamento com Clientes Relacionamento com Acionistas Relacionamento com Colaboradores Relacionamento com Parceiros de Negócio e Fornecedores Relacionamento

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Laboratório Weinmann Ltda.

CÓDIGO DE ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Laboratório Weinmann Ltda. CÓDIGO DE ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Laboratório Weinmann Ltda. 1 Objetivo Descrever e comunicar os princípios que norteiam o relacionamento do Laboratório Weinmann Ltda. com as suas partes interessadas

Leia mais

Banco do Brasil Seguros. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética

Banco do Brasil Seguros. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética Banco do Brasil Seguros. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética SUMÁRIO 1. CONCEITO 2. OBJETIVO 3. PRINCÍPIOS DE RELACIONAMENTOS 4. CONFLITOS DE INTERESSE 5. CUMPRIMENTO DO CÓDIGO 4 5 6 10 11

Leia mais

a) Respeito às Leis, aos Regulamentos e às Políticas e Normas Internas

a) Respeito às Leis, aos Regulamentos e às Políticas e Normas Internas 1. Objetivo Elevar o nível de confiança e de solidariedade entre os administradores, os funcionários e os colaboradores do Grupo Bradesco Seguros, doravante denominado Grupo, e da BSP Empreendimentos Imobiliários

Leia mais

Código de Conduta Ética do Banco do Nordeste do Brasil S.A 2011. Capítulo I Disposições Preliminares

Código de Conduta Ética do Banco do Nordeste do Brasil S.A 2011. Capítulo I Disposições Preliminares Capítulo I Disposições Preliminares Art. 1º - O Código de Conduta Ética do Banco do Nordeste do Brasil S.A. sistematiza os valores essenciais que norteiam os relacionamentos internos e externos com os

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO Este Código de Ética é público e reúne diretrizes que norteiam o comportamento dos Conselheiros, Dirigentes e Colaboradores

Leia mais

Código de Conduta Corporativa

Código de Conduta Corporativa Código de Conduta Corporativa Código de Conduta Corporativa 04 Introdução 05 Objetivo 06 Razão de Ser 07 Princípios de Comportamento 16 Confidencialidade 18 Relacionamentos 23 Gestão do Código de Conduta

Leia mais

Código de Ética e Conduta do grupo Invepar

Código de Ética e Conduta do grupo Invepar Código de Ética e Conduta do grupo Invepar Edição: agosto/2014 1 ÍNDICE Visão, Missão e Valores 6 Fornecedores e prestadores de serviço 14 Objetivos 7 Brindes, presentes e entretenimento 15 Princípios

Leia mais

Não existe sucesso ou felicidade sem o exercício pleno da cidadania e da ética global.

Não existe sucesso ou felicidade sem o exercício pleno da cidadania e da ética global. Código de Ética C 2 O conteúdo deste documento é destinado apenas a visualização, sendo expressamente proibido o uso não autorizado, reprodução, cópia, distribuição, publicação ou modificação por terceiros

Leia mais

Apresentação...4. Glossário...5. Princípios Éticos Suzano...6. Governança Corporativa...6. Integridade...7. Igualdade...9. Transparência...

Apresentação...4. Glossário...5. Princípios Éticos Suzano...6. Governança Corporativa...6. Integridade...7. Igualdade...9. Transparência... Índice Apresentação...4 Glossário...5 Princípios Éticos Suzano...6 Governança Corporativa...6 Integridade...7 Igualdade...9 Transparência...10 Desenvolvimento Sustentável...10 Valorização Profissional...11

Leia mais

Os Princípios Éticos e o Código de Conduta compõem o Código de Ética do IRB-Brasil Re.

Os Princípios Éticos e o Código de Conduta compõem o Código de Ética do IRB-Brasil Re. 1. Código de Ética 1.1. Introdução Os Princípios Éticos e o Código de Conduta compõem o Código de Ética do IRB-Brasil Re. O IRB-Brasil Re valoriza a reflexão ética como forma de aprimorar comportamentos

Leia mais

6.2.2 RISCO SOCIOAMBIENTAL NA CONCESSÃO DE CRÉDITO 6.3 RELACIONAMENTO COM FUNCIONÁRIOS E COLABORADORES

6.2.2 RISCO SOCIOAMBIENTAL NA CONCESSÃO DE CRÉDITO 6.3 RELACIONAMENTO COM FUNCIONÁRIOS E COLABORADORES Índice 1. INTRODUÇÃO 2. PARTES INTERESSADAS. NORMATIVOS. ESTRUTURA DE GOVERNANÇA. PRINCÍPIOS 6. DIRETRIZES 6.1 NORMATIZAÇÃO 6.2 GERENCIAMENTO DO RISCO SOCIOAMBIENTAL 6.2.1 RISCO SOCIOAMBIENTAL DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

Introdução: Código de Conduta Corporativa

Introdução: Código de Conduta Corporativa Transporte Excelsior Ltda Código de Conduta Corporativa Introdução: A Transporte Excelsior através desse Código Corporativo de Conduta busca alinhar e apoiar o cumprimento de nossa Missão, Visão e Valores,

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00 Páginas 1/8 1. OBJETIVO O Código de Ética é um conjunto de diretrizes e regras de atuação, que define como os empregados e contratados da AQCES devem agir em diferentes situações no que diz respeito à

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO CÓDIGO DE ÉTICA G UPO 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 2 1. APLICABILIDADE... 3 ESCLARECIMENTOS... 3 O COMITÊ DE ÉTICA... 3 ATRIBUIÇÕES DO COMITÊ... 3,4 2. ASSUNTOS INTERNOS... 4 OUVIDORIA... 4 PRECONCEITO...

Leia mais

Código de Conduta. Conduta Empresarial Excelência na Administração. Relações do Trabalho

Código de Conduta. Conduta Empresarial Excelência na Administração. Relações do Trabalho A primeira frase deste documento sintetiza os objetivos desse trabalho, quando abrimos o tema Conduta Empresarial. Está lá: Mantemos a Governança Corporativa da Seguros Unimed alinhada com as boas práticas

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA Para a QUAY, o Código de Ética e Conduta evidencia o propósito da empresa de buscar o constante aperfeiçoamento de seus valores, respeitando a

Leia mais

Código de Conduta Empresarial

Código de Conduta Empresarial Código de Conduta Empresarial MENSAGEM DO PRESIDENTE Prezados(as) Colaboradores(as), Todos nós temos uma razão de ser, nossos propósitos de vida e princípios que regem nossos comportamentos, atitudes e

Leia mais

Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Mercado Financeiro e de Capitais da Organização Bradesco

Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Mercado Financeiro e de Capitais da Organização Bradesco Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Mercado Financeiro e de Capitais da Organização Bradesco N 01.006 Versão: 02 Atualizado: 19/01/2012 Abrangência: Departamentos, Agências, Empresas Ligadas

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014

CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014 CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014 PALAVRA DA DIRETORIA Apresentamos, com muito prazer, o do Grupo Galvão, que foi elaborado de maneira participativa com representantes dos colaboradores

Leia mais

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA Prezados, O Código de Ética apresenta os princípios éticos que devem orientar as decisões e a conduta dos funcionários do Ultra e parceiros da companhia. Além de expressar os compromissos

Leia mais

Código de Ética. 31 de março

Código de Ética. 31 de março Código de Ética 31 de março 2015 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 4 2. MISSÃO, VISÃO E VALORES DA CETIP... 4 3. PÚBLICO-ALVO... 4 4. REGRAS E PRINCÍPIOS NORTEADORES DAS ATIVIDADES... 4 4.1. RELACIONAMENTO INTERNO...

Leia mais

Código de Conduta Ética da. Organização Bradesco

Código de Conduta Ética da. Organização Bradesco Código de Conduta Ética da Organização Bradesco Caros Colaboradores, O regime da livre iniciativa e concorrência impõe às empresas, seus representantes, prepostos e funcionários conduzirem-se dentro de

Leia mais

Código de. Ética e Conduta. de Fornecedores

Código de. Ética e Conduta. de Fornecedores Código de Ética e Conduta de Fornecedores Fev/2012 Caro Fornecedor, Palavra do Presidente Este Código de Ética e Conduta de Fornecedores busca orientá-lo sobre as diretrizes da relação entre a Cielo e

Leia mais

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições:

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições: 1.0 - CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO BANRISUL Preâmbulo O compromisso é servir como Guia Prático de Conduta Pessoal e Profissional, a ser utilizado por todos os Colaboradores do Banrisul, possibilitando a

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética Jeito de Ser Índice 3 Introdução 3 Carta do Presidente 3 Missão do Grupo Marisa 3 Valores do Grupo Marisa 3 Código de Conduta Ética v Áreas de Relacionamento Colaboradores Fornecedores

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE

MENSAGEM DO PRESIDENTE Ética para viver Ética para viver MENSAGEM DO PRESIDENTE Caro colaborador, A Bandeirante possui missão, visão e valores definidos. Eles estão discriminados em um documento amplamente difundido dentro e

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 1. Introdução Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável. Este Código de Ética e Conduta da UTC Participações

Leia mais

Valores Pessoas; Trabalho em Equipe; Conduta Ética; Orientação ao Cliente; Orientação a Resultados; Inovação; e Comunidade e Meio Ambiente.

Valores Pessoas; Trabalho em Equipe; Conduta Ética; Orientação ao Cliente; Orientação a Resultados; Inovação; e Comunidade e Meio Ambiente. CÓDIGO DE ÉTICA EMPRESARIAL 1 INTRODUÇÃO O Código de Ética Empresarial da COELCE, apresenta os princípios direcionadores das políticas adotadas pela empresa e que norteiam as ações e relações com suas

Leia mais

Pacto Global da ONU MEIO AMBIENTE, que são derivados da Declaração do Rio Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento:

Pacto Global da ONU MEIO AMBIENTE, que são derivados da Declaração do Rio Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento: O Código de Ética e Conduta da G.C. Global Catering reflete o compromisso de alcançar os objetivos empresariais com responsabilidade social, valorizando seu relacionamento com empregados, clientes e fornecedores,

Leia mais

Écom muito prazer que divulgo nosso Código de Ética e Conduta.

Écom muito prazer que divulgo nosso Código de Ética e Conduta. Código de Ética e Conduta Carta do Presidente Écom muito prazer que divulgo nosso Código de Ética e Conduta. Procuramos refletir todos os princípios éticos e padrões de conduta emanados pela nossa fundadora

Leia mais

Código. de Conduta do Fornecedor

Código. de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor 03/2014 Índice 1. Considerações... 03 2. Decisões... 04 3. Diretrizes... 05 3.1. Quanto à Integridade nos Negócios... 05 3.2. Quanto aos Direitos Humanos Universais... 06

Leia mais

Código de Conduta Ética do Laboratório Sabin. Nossos Princípios, Valores e Crenças

Código de Conduta Ética do Laboratório Sabin. Nossos Princípios, Valores e Crenças Código de Conduta Ética do Laboratório Sabin Nossos Princípios, Valores e Crenças Gestão Empresarial e Práticas Organizacionais 1. Relacionamentos 1.1. Com colaborador 1.2. Com clientes e fornecedores

Leia mais

A SINIGAGLIA, endossa e pratica de forma sistemática os princípios do Pacto Global 1 da ONU, integrando-os a seus processos:

A SINIGAGLIA, endossa e pratica de forma sistemática os princípios do Pacto Global 1 da ONU, integrando-os a seus processos: INTRODUÇÃO O regime da livre iniciativa impõe às organizações e seus integrantes a conduzirem-se dentro de um ambiente de respeito e entendimento, zelando para que toda e qualquer forma de relacionamento,

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação NORMAS DE CONDUTA Apresentação Adequando-se às melhores práticas de Governança Corporativa, a TITO está definindo e formalizando as suas normas de conduta ( Normas ). Estas estabelecem as relações, comportamentos

Leia mais

Código de Ética das Empresas Eletrobras

Código de Ética das Empresas Eletrobras Código de Ética das Empresas Eletrobras Princípios éticos e Compromissos de conduta SUMÁRIO Versão 2010 1 Palavra do Presidente Apresentar este Código de Ética das Empresas Eletrobras é, para nós e para

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA Nome Fantasia: GTI Solution

CÓDIGO DE ÉTICA DA GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA Nome Fantasia: GTI Solution CÓDIGO DE ÉTICA DA GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA Nome Fantasia: GTI Solution GTI Solution Código de Ética: GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA 1. INTRODUÇÃO A GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013

CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013 CÓDIGO DE ÉTICA 1ª Edição Fevereiro 2013 Se surgirem dúvidas sobre a prática dos princípios éticos ou desvios de condutas, não hesite em contatar o seu superior ou o Comitê de Ética. SUMÁRIO O CÓDIGO DE

Leia mais

PRHOSPER - Previdência Rhodia CÓDIGO DE CONDUTA E MANUAL DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

PRHOSPER - Previdência Rhodia CÓDIGO DE CONDUTA E MANUAL DE GOVERNANÇA CORPORATIVA PRHOSPER - Previdência Rhodia CÓDIGO DE CONDUTA E MANUAL DE GOVERNANÇA CORPORATIVA Versão 1 - Aprovado em : 26 de agosto de 2011 - Reunião de Diretoria Executiva Presidente da Mesa Secretario Valeria Bernasconi

Leia mais

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA SUMÁRIO APRESENTAÇÃO COLABORADORES Princípios éticos funcionais Emprego e Ambiente de trabalho Conflito de interesses Segredos e informações comerciais SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS

CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS Sumário 1. Objetivo...7 2. Entidades...9 2.1. Missão... 10 2.2. Visão... 11 2.3. Valores e Princípios... 12 3. Abrangência... 15 3.1 Aplicação...

Leia mais

Manual de. Ética e Conduta. Fácil e rápido de contratar. Correspondente Bancário

Manual de. Ética e Conduta. Fácil e rápido de contratar. Correspondente Bancário Manual de Ética e Conduta Correspondente Bancário Fácil e rápido de contratar. A P R E S E N T A Ç Ã O A Poupacred, por meio do presente Manual de Ética e Conduta, objetiva aclarar os princípios que deverão

Leia mais

DIRECIONADORES DA AÇÃO EMPRESARIAL

DIRECIONADORES DA AÇÃO EMPRESARIAL DIRECIONADORES DA AÇÃO EMPRESARIAL Na ASBRASIL, já foram estabelecidas as direções básicas da ação empresarial, conforme estabelecido em nosso plano de negócios que deseja se consolidar em uma cultura

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DA INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DA INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DA INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES Prezados Colaboradores, O regime da livre iniciativa e concorrência impõe às empresas, seus representantes, prepostos e funcionários conduzirem-se

Leia mais

Código de Conduta e Ética. da Solidus S/A CCVM

Código de Conduta e Ética. da Solidus S/A CCVM da Solidus S/A CCVM Revisado e aprovado na Reunião do Comitê Gestor de Riscos em 08/02/2013 A Corretora Solidus S/A CCVM assume o compromisso de zelar pela reputação de seus negócios e de sua imagem, assim

Leia mais

c) Ênfase na importância e necessidade de contínuo aprimoramento cultural e profissional de todos os envolvidos.

c) Ênfase na importância e necessidade de contínuo aprimoramento cultural e profissional de todos os envolvidos. TÍTULO Código de Conduta Ética da Organização Bradesco GESTOR Banco Bradesco S.A. ABRANGÊNCIA Unidades no Exterior, Agências, Departamentos, Empresas Ligadas DATA DE PUBLICAÇÃO 07/08/2015 Descrição: 1.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA O JEITO BRASAL DE SER

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA O JEITO BRASAL DE SER CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA O JEITO BRASAL DE SER Código de Ética e Conduta 1 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA O JEITO BRASAL DE SER 8ª EDIÇÃO Código de Ética e Conduta 3 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 5 COLABORADORES 6 Respeito

Leia mais

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética

EQUIPOMAN. Sistema de Gestão Integrada. Código de Ética Sistema de Gestão Integrada Código de Ética CE-01/2012 Rev: 01 Data: 11/12/2012 1 Mensagem da Diretoria Prezados (as) Colaboradores (as), É com imensa satisfação que apresentamos o Código de Ética da EQUIPOMAN

Leia mais

b) Transparência em todos os relacionamentos internos e externos. d) Crença no valor e na capacidade de desenvolvimento das pessoas.

b) Transparência em todos os relacionamentos internos e externos. d) Crença no valor e na capacidade de desenvolvimento das pessoas. 1. OBJETIVO A finalidade deste Código de Conduta Ética é servir como Guia Prático de Conduta Pessoal e Profissional, a ser utilizado por todos os administradores e funcionários em suas interações e decisões

Leia mais

Código de Ética e Conduta Empresarial

Código de Ética e Conduta Empresarial Código de Ética e Conduta Empresarial Índice 1. Introdução 2. Guia para o uso do Código de Conduta e Ética - O que é o Código? - Onde se aplica o Código? - Onde se pode ser encontrado o Código? - O Código

Leia mais

Código de Ética. Introdução

Código de Ética. Introdução Código de Ética Introdução A ÉTICA é o ideal de conduta humana, que define os princípios que devem orientar o trabalho e as relações na organização, e também a conduta ética que cada profissional desta

Leia mais

código de ética e conduta empresarial da prodesp ética onduta rodesp

código de ética e conduta empresarial da prodesp ética onduta rodesp onduta ética rodesp ética ordem valorativa e moral de um e (Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa) empresarial desp Ética Conjunto de regras e preceitos de indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade.

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta Ética das Empresas Concremat contempla os princípios que devem estar presentes nas relações da empresa com seus colaboradores, clientes,

Leia mais

CÓDIGO CÓDIGO DE. CONDUTAÉtic

CÓDIGO CÓDIGO DE. CONDUTAÉtic CÓDIGO CONDUTAÉtica DE CÓDIGO DE CONDUTAÉtic Mensagem do Presidente Este Código de Conduta tem como objetivo formalizar questões éticas criadas a partir dos valores e princípios da Cury Construtora e Incorporadora.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA ÍNDICE I. Introdução... 6 II. Carta de Apresentação... 7 III. Diretrizes Gerais... 8 IV. Ambiente de Trabalho... 10 a) Utilização e Preservação de Bens... 10 b) Segurança e

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA APRESENTAÇÃO Este é o Código de Conduta da Net Serviços de Comunicação S.A. e de suas controladas ( NET ). A NET instituiu este Código de Conduta norteado

Leia mais

Código de ética e Conduta

Código de ética e Conduta DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS GlobalPET Reciclagem S.A Agosto /2014 Código de ética e Conduta Sumário 1. Introdução 2. Objetivos 3. Código de Conduta 4. Código de Ética 5. Valores éticos 6. Princípios

Leia mais

Código de Ética. Fundação de Seguridade Social Braslight

Código de Ética. Fundação de Seguridade Social Braslight Código de Ética Fundação de Seguridade Social Braslight 1 2 ÍNDICE Apresentação... 4 Diretrizes Organizacionais... 5 Missão... 5 Visão... 5 Valores... 5 Abrangência... 6 Objetivo... 6 Diretrizes... 7 Legalidade...

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. MSD PREV Sociedade de Previdência Privada

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. MSD PREV Sociedade de Previdência Privada CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA MSD PREV Sociedade de Previdência Privada CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. PRINCÍPIOS ÉTICOS DO SISTEMA FECHADO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR... 3 3. CONDUTAS...

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética Código de Conduta e Ética 2014 1. Introdução ao Código de Conduta e Ética A Ávato preocupa-se em manter a qualidade de seus produtos e serviços, bem como, sua imagem no mercado. Assim, construiu o Código

Leia mais

Normas e Procedimentos Éticos do Grupo Atlas Atlas Comércio Exterior Ltda ATL Cargo Ltda.

Normas e Procedimentos Éticos do Grupo Atlas Atlas Comércio Exterior Ltda ATL Cargo Ltda. Normas e Procedimentos Éticos do Grupo Atlas Atlas Comércio Exterior Ltda ATL Cargo Ltda. 1 Palavra da Diretoria Desde a sua criação, o Grupo Atlas tem exercido suas atividades fundamentado em quatro pilares:

Leia mais

PSS - Seguridade Social

PSS - Seguridade Social CÓDIGO DE ÉTICA PSS Índice Página 1. Apresentação 2 2. Introdução 3 3. Objetivos Gerais 3 4. Integridades Profissional e Pessoal 4 5. Condutas Não Aceitáveis 5 6. Condutas Esperadas 6 7. Relações com os

Leia mais

PRISMA EDIFICAÇÕES E ENGENHARIA

PRISMA EDIFICAÇÕES E ENGENHARIA PRISMA EDIFICAÇÕES E ENGENHARIA 2 Código de Conduta Prisma Edificações e Engenharia I - O que é o Código de Conduta da Prisma Edificações e Engenharia? O Código de Conduta da Prisma é um instrumento criado

Leia mais

OBJETIVO DO CÓDIGO DE CONDUTA: Trabalho com ÉTICA HONESTIDADE HUMILDADE TRANSPARÊNCIA RESPONSABILIDADE EMPREENDEDORISMO

OBJETIVO DO CÓDIGO DE CONDUTA: Trabalho com ÉTICA HONESTIDADE HUMILDADE TRANSPARÊNCIA RESPONSABILIDADE EMPREENDEDORISMO OBJETIVO DO CÓDIGO DE CONDUTA: O CÓDIGO DE CONDUTA do GRUPO BAHAMAS, composto pelo Supermercado Bahamas e Bahamas Card (BTR), foi elaborado com o objetivo de orientar o trabalho de forma que as nossas

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. RELACIONAMENTO COM CLIENTES 8 3. RELACIONAMENTO COM A COMUNIDADE 10 4. RELACIONAMENTO COM O FUNCIONÁRIO 12 4.1. Conflito de Interesse 12 4.2. Informações

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA 2013

CÓDIGO DE ÉTICA 2013 CÓDIGO DE ÉTICA 2013 CÓDIGO DE ÉTICA COPERGÁS ÍNDICE ÍNDICE Objetivo Mensagem da Diretoria Governança corporativa Missão Visão Valores Relações com a sociedade Estado Comunidade Imprensa e publicidade

Leia mais

Código de Conduta. www.observeseguranca.com.br

Código de Conduta. www.observeseguranca.com.br Código de Conduta www.observeseguranca.com.br Carta de Apresentacao A OBSERVE nasceu com o desafio de preparar profissionais com plena atenção no seu trabalho, com correta compreensão da realidade e com

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA O Código de Conduta Ética das Empresas Concremat contempla os princípios que devem estar presentes nas relações da companhia com seus colaboradores, clientes,

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 7ª EDIÇÃO

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 7ª EDIÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 7ª EDIÇÃO 3 SUMÁRIO Introdução 6 Respeito ao indivíduo 7 Colaboradores 7 Liderança 8 Carreira Profissional 9 Conduta e Integridade 10 Zelo Patrimonial Físico e Intelectual 10

Leia mais

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições:

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições: 1.0 - CÓDIGO DE ÉTICA DO BANRISUL Preâmbulo O compromisso maior da instituição deve ser o de possibilitar continuamente a consecução de sua missão, a saber: Ser o agente financeiro do Estado para promover

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento SUMÁRIO 1. Conceito 2. Objetivo 3. Abrangência 4. Regras e Normas 4.1 Conceito de Ética. Ponto de vista empresarial 4.2 Princípios

Leia mais

Código de Ética Rastru

Código de Ética Rastru CÓDIGO DE ÉTICA RASTRU O objetivo desse Código de É tica é definir com clareza os princípios éticos que norteiam as ações e os compromissos da organização Rastru, tanto da parte institucional como da parte

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução.

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. CÓDIGO DE ÉTICA Introdução. Os princípios Éticos que formam a consciência e fundamentam nossa imagem no segmento de recuperação de crédito e Call Center na conduta de nossa imagem sólida e confiável. Este

Leia mais

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 30/06/2015 Boletim Administrativo Eletrônico de Pessoal Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 Revisa e altera os objetivos estratégicos do plano

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA RESPONSABILIDADE DA EMPRESA

CÓDIGO DE ÉTICA RESPONSABILIDADE DA EMPRESA A Alvarez & Muniz Engenheiros Associados Ltda. vêm através deste Código de Ética valorizar a conduta correta de seus colaboradores e tentar reprimir ações ilícitas e comportamentos danosos que possam dificultar

Leia mais

POLITICA DE QUALIDADE

POLITICA DE QUALIDADE CÓDIGO ÉTICA ÍNDICE: PALAVRA DO DIRETOR POLITICA DE QUALIDADE MISSÃO VISÃO VALORES CONFIDENCIALIDADE DE INFORMAÇÃO CLIENTES FORNECEDORES ACIONISTAS COMUNIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL IMPRENSA ORGÃOS GOVERNAMENTAIS

Leia mais

Código de Ética. Âmbito de aplicação

Código de Ética. Âmbito de aplicação Código de Ética Âmbito de aplicação O Código de Ética agora publicado busca orientar as ações da Energias do Brasil S.A. e de suas Controladas ( Energias do Brasil ) cujo âmbito de aplicação considera

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta Introdução O Código de Ética e Conduta do IRB Brasil RE tem por objetivo estabelecer as diretrizes gerais de comportamento que todos os colaboradores estão obrigados a seguir,

Leia mais

Apresentação... 4 A Companhia... 5 O Objetivo... 5 Missão, Visão, Valores... 5 Abrangência...6 Integração... 6 Conflito de Interesses...

Apresentação... 4 A Companhia... 5 O Objetivo... 5 Missão, Visão, Valores... 5 Abrangência...6 Integração... 6 Conflito de Interesses... Código de de ética Ética Adubos Sudoeste Ltda Gestão de Recursos Humanos Telefone: (64) 2102-2000 E-mail: ética@adubossudoeste.com.br 1ª Edição Maio 2011 Apresentação... 4 A Companhia... 5 O Objetivo...

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta Introdução A Eucatex, através deste Código de Ética e Conduta, coloca à disposição de seus colaboradores, fornecedores e comunidade, um guia de orientação para tomada de decisões

Leia mais

SUMÁRIO CÓDIGO DE CONDUTA. Missão, visão e valores. Relação com os colaboradores. Relação com os clientes

SUMÁRIO CÓDIGO DE CONDUTA. Missão, visão e valores. Relação com os colaboradores. Relação com os clientes SUMÁRIO Missão, visão e valores Relação com os colaboradores Relação com os clientes Relacionamento com os fornecedores e parceiros de negócio Relacionamento com as associações e entidades de classe Relacionamento

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE

MENSAGEM DO PRESIDENTE MENSAGEM DO PRESIDENTE A construção de uma empresa sólida e capaz de tornar perene sua marca no mercado só acontece com o esforço conjunto de pessoas comprometidas com a verdade e a ética. Ao longo de

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA O presente código reúne princípios que devem ser observados no relacionamento entre os colaboradores do Grupo Sá Cavalcante, clientes, fornecedores, representantes do governo, concorrência

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA Código de 1. O CÓDIGO 1.1 PRINCÍPIOS ÉTICOS: 1.1.1. Os dirigentes e os empregados da Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE pautam suas ações no

Leia mais

A Cultura Sadia é a expressão do comportamento de cada um de nós e todos nós juntos.

A Cultura Sadia é a expressão do comportamento de cada um de nós e todos nós juntos. Disque Integridade: A Sadia se caracteriza pelo reconhecimento de sua marca e pela qualidade de seus produtos e serviços, que são fatores-chave na sua capacidade de competir e gerar resultados superiores.

Leia mais