Cliente Empreendedorismo Metodologia e Gestão Lucro Respeito Ética Responsabilidade com a Comunidade e Meio Ambiente

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cliente Empreendedorismo Metodologia e Gestão Lucro Respeito Ética Responsabilidade com a Comunidade e Meio Ambiente"

Transcrição

1

2 Código de Ética OBJETIVO Este código de ética serve de guia para atuação dos empregados e contratados da AQCES e explicita a postura que deve ser adotada por todos em relação aos diversos públicos com os quais nos relacionamos. INTRODUÇÃO Os princípios e os padrões aqui estabelecidos são válidos para todos os empregados e devem pautar nosso comportamento em todas as iniciativas e atividades da Aqces. As regras aqui expostas devem orientar as decisões da empresa e serão aplicadas no relacionamento com seus diversos públicos (clientes, fornecedores, empregados, acionistas e sociedade). VALORES E DIRECIONADORES ORGANIZACIONAIS Os valores da AQCES são: Cliente Empreendedorismo Metodologia e Gestão Lucro Respeito Ética Responsabilidade com a Comunidade e Meio Ambiente Oferecer as melhores soluções logísticas a sua empresa é o principal objetivo da AQCES. Para que isso se torne uma realidade, seis direcionadores organizacionais foram criados para que a nossa empresa consiga alcançar essa meta com qualidade, eficiência e gerando valor de forma sustentável. Pessoas: mais do que valores, uma empresa é construída por pessoas. A AQCES possui um time gabaritado, com experiência e conhecimento de mercado para oferecer a sua empresa o que há de melhor em soluções logísticas. 1

3 Inovação: Inovação faz parte do nosso DNA, que tem como objetivo oferecer sempre as novidades do mercado, gerando serviços de qualidade e com alta confiabilidade. Tecnologia e Informação: Disponibilizamos informações, facilitamos a integração dos sistemas por meio do que há de mais novo em tecnologia, possibilitando aos nossos clientes agilidade nos processos, flexibilidade, mais eficiência e menor custo. Excelência Operacional: Com foco em soluções completas de logística, nossa empresa possui as ferramentas necessárias para otimizar seu processo, gerando ganhos em suas operações. Sustentabilidade: A AQCES se compromete com o desenvolvimento sustentável de seu negócio, por meio de diretrizes e projetos que harmonizam a criação de valor econômico, ambientalmente sustentável e socialmente inclusivo. Orientação Externa: Temos o compromisso de trazer para os clientes novidades em todas as áreas, sempre em busca de uma melhor solução logística. Atentos a exemplos de gestão e processos que funcionam, adaptando-os à realidade das nossas operações. Guia de Conduta 1. Conduta profissional íntegra Responsabilidade e comprometimento com a missão, valores, metas e objetivos da AQCES; Contribuir para a criação e manutenção de um bom ambiente de trabalho, através de colaboração e cooperação mútua, sendo que as relações no ambiente de trabalho devem pautar-se pela cortesia e respeito; Violência e qualquer tipo de assédio (moral, sexual) não serão tolerados; Não usar a Empresa ou o cargo para obter vantagens pessoais de qualquer natureza; Nenhum empregado deve ter atividades paralelas que entrem em conflito com os interesses da Empresa; Cumprir todas as leis (e também o espírito da lei) e regulamentos aplicáveis aos nossos negócios nos países onde atuamos; Os bens da Empresa e as horas de trabalho devem ser utilizados exclusivamente para as atividades e interesses da Empresa; 2

4 2. Preconceito A Aqces valoriza a diversidade e repudia atitudes guiadas por preconceitos relacionados à origem, raça, religião, classe social, sexo, cor, incapacidade física e quaisquer outras formas de discriminação. Os processos de seleção são pautados por testes e entrevistas que corroboram para a escolha dos candidatos que mais se atendam às necessidades da função, independente de raça, sexo, religião ou qualquer outro fator discriminatório. 3. Promoção da Saúde e Segurança e Proteção do Meio Ambiente A AQCES está comprometida com a saúde e segurança das pessoas, e com a proteção ao meio ambiente. É dever de todos agir respeitando e colaborando para a manutenção e preservação do meio ambiente, bem como minimizando a utilização dos recursos naturais. A AQCES se compromete a desenvolver suas operações de forma a reduzir os riscos de suas atividades, assegurando a integridade física das pessoas e da comunidade em geral,, bem como a preservação do meio ambiente, e para isto aplica as melhores práticas de segurança e meio ambiente; Qualquer incidente verificado ou observado pelo empregado que comprometa o meio ambiente e a saúde e segurança das pessoas deve ser comunicado imediatamente ao supervisor imediato, e providências cabíveis deverão ser tomadas; A Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente deverá ser seguida por todos em todas as operações e atividades da empresa. 4. Favores e presentes Os empregados da AQCES não podem aceitar presentes, favores ou brindes ou quaisquer estímulos de pessoa ou organização que procure ou faça negócios com a Empresa ou que seja seu concorrente, exceto no caso de brindes promocionais ou pequenos brindes com valor irrisório, sendo vetado o recebimento de qualquer importância em dinheiro. Não é permitida, seja por parte de qualquer empregado da Aqces ou por empresas ou profissionais autônomos a serviço da Aqces, o oferecimento de presentes, favores, brindes ou quaisquer estímulos a empregados ou representantes de empresas (clientes e fornecedores). Exceções poderão ser aprovadas no caso de brindes promocionais ou Pequenos brindes de valor nominal irrisório, sempre com a justificativa da área ou departamento e a aprovação por escrito da Diretoria. 3

5 5. Relação com a Sociedade As ações da Empresa devem estar pautadas em operações socialmente produtivas, criando o maior número possível de interesses convergentes entre a Aqces e a localidade na qual ela está inserida. Dessa forma a AQCES e seus empregados têm o compromisso de: Respeitar as tradições e a identidade cultural da comunidade, procurando identificar seus legítimos interesses, colaborando para o progresso e bem-estar, promovendo ações que estimulem a melhoria de sua qualidade de vida, seu desenvolvimento econômico, social e cultural. Fornecer, unicamente através das pessoas autorizadas pela Diretoria, informações oportunas e adequadas aos meios de comunicação; 6. Relação com o Governo A AQCES preza por manter um bom relacionamento profissional com entidades e representantes governamentais, tratando dos assuntos e interesses da organização de forma impessoal e sem qualquer conotação política. Qualquer manifestação pública por parte da Empresa somente será permitida mediante autorização prévia de sua Diretoria. Não é permitida, seja por parte de qualquer empregado da Aqces ou por empresas ou profissionais autônomos a serviço da Aqces, o oferecimento de presentes, favores, brindes ou quaisquer estímulos, inclusive financeiros, a empregados ou representantes do governo e órgãos públicos. Exceções poderão ser aprovadas no caso de brindes promocionais ou pequenos brindes de valor nominal irrisório, sempre com a justificativa da área ou departamento e a aprovação por escrito da Diretoria. 7. Relação com Fornecedores Os fornecedores de bens de serviços são uma extensão da Empresa. Para selecioná-los, a AQCES leva em consideração, não apenas os indicadores econômico-financeiros, condições comerciais e qualidade dos produtos ou serviços propostos, mas também o seu comportamento ético. Serão desconsiderados, de forma imediata, fornecedores ou Empresas prestadoras de serviços que possuam reputação duvidosa, utilizem o trabalho infantil ou o trabalho escravo. A seleção e a contratação de fornecedores devem obedecer a critérios técnicos, transparentes e éticos, e basear-se nas necessidades da Empresa; A AQCES desenvolve os processos de seleção de fornecedores e prestadores de serviços sob um critério de objetividade e imparcialidade. 4

6 8. Relação com Concorrentes A relação com os concorrentes deverá sempre respeitar a livre concorrência e a legislação local, sendo que não será permitida a utilização de qualquer prática de difamação, sabotagem, espionagem industrial e outros atos ilícitos e antiéticos. Em caso de contratação de funcionários de concorrentes, a empresa deve proceder de acordo com a legislação e com os trâmites aceitos pelo mercado. 9. Informações confidenciais e uso de As informações sigilosas de natureza comercial, estratégica ou tecnológica, são de propriedade exclusiva da AQCES, não podendo ser compartilhados com terceiros; O empregado só poderá compartilhar informações confidenciais com outros empregados que delas precisem para desempenhar suas funções na Empresa; O empregado não deve fornecer suas senhas (telefone, acesso à rede, acesso aos sistemas, etc) a ninguém, a não ser com autorização expressa do seu supervisor; O profissional só deve ser usado para informações do interesse da AQCES; O acesso à Internet deve ser feito com responsabilidade através de sites seguros e com conteúdo que interesse à Empresa. 5

7 Ações Disciplinares A AQCES espera que todos os seus empregados sejam pessoas íntegras e éticas. Eventuais situações que, embora não transgridam diretamente esta política, possam configurar uma "aparência" de comportamento inadequado devem ser reportadas ao supervisor imediato ou a Direção da empresa para obtenção de orientação. Tão importante quanto ser ético é parecer ético. Quatro perguntas podem lhe ajudar a identificar se uma conduta está de acordo com o código de ética da Aqces: 1. Está de acordo com as leis vigentes? 2. Segue o Código de ética da Aqces? 3. Está alinhado aos valores da Aqces? 4. Eu me sentiria confortável se esta situação fosse publicada em um jornal? Se alguma das respostas for não, então a conduta não será considerada como ética. O não cumprimento das condutas éticas evidenciadas na Política de Ética e Conflito de Interesses da AQCES sujeitará o empregado a ações disciplinares, podendo resultar, inclusive, na sua demissão por justa causa e em processo penal. Tais ações dependerão das circunstâncias do fato e serão aplicadas em conjunto pelas áreas envolvidas. 6

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00 Páginas 1/8 1. OBJETIVO O Código de Ética é um conjunto de diretrizes e regras de atuação, que define como os empregados e contratados da AQCES devem agir em diferentes situações no que diz respeito à

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA RECEBA MAIS QUE TECNOLOGIA

CÓDIGO DE ÉTICA RECEBA MAIS QUE TECNOLOGIA CÓDIGO DE ÉTICA RECEBA MAIS QUE TECNOLOGIA Código de Ética e de Responsabilidade Social Propósitos A ACE Schmersal tem uma atuação corporativa pautada em valores éticos e morais. Estes mesmos valores regem

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta Ética das Empresas Concremat contempla os princípios que devem estar presentes nas relações da empresa com seus colaboradores, clientes,

Leia mais

Código de Ética Nas Relações com as Partes Interessadas Com os Clientes e a Concorrência

Código de Ética Nas Relações com as Partes Interessadas Com os Clientes e a Concorrência Código de Ética Conduzimos nossos negócios dentro de uma estrutura de padrões profissionais, legislações, regulamentações e políticas internas. Entretanto, temos consciência que essas normas não necessariamente

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO GRUPO HERING

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO GRUPO HERING CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO GRUPO HERING O Código de Conduta Ética é um instrumento destinado a aperfeiçoar os relacionamentos da organização e elevar o clima de confiança nela existente. Este Código tem

Leia mais

Código de Ética Rastru

Código de Ética Rastru CÓDIGO DE ÉTICA RASTRU O objetivo desse Código de É tica é definir com clareza os princípios éticos que norteiam as ações e os compromissos da organização Rastru, tanto da parte institucional como da parte

Leia mais

Valorizamos as relações respeitosas, responsáveis e confiáveis com os diferentes públicos, interno e externo, em que não há espaço para:

Valorizamos as relações respeitosas, responsáveis e confiáveis com os diferentes públicos, interno e externo, em que não há espaço para: Introdução A BRMALLS é uma empresa que atua em diversos estados e para manter unida nossa companhia, nossos funcionários devem agir com base em valores e objetivos comuns. Isso se reflete nas atitudes

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA SUMÁRIO 1 ÉTICA...03 2 APRESENTAÇÃO...04 3 APLICAÇÃO...05 4 FINALIDADES...06 5 DEFINIÇÕES...07 6 CULTURA ORGANIZACIONAL...08 6.1 MISSÃO...08 6.2 VISÃO...08 6.3 VALORES...08 6.4

Leia mais

Código de Ética e de Conduta Empresarial

Código de Ética e de Conduta Empresarial O da Irmãos Parasmo S/A leva em consideração os elementos essenciais existentes nas suas relações com os seus diferentes públicos acionistas, clientes, colaboradores, fornecedores, prestadores de serviços,

Leia mais

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 2 Sumário 1. Introdução...3 2. Postura pessoal e profissional...4 3. Relacionamento com público interno...6 4. Relacionamento

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética Jeito de Ser Índice 3 Introdução 3 Carta do Presidente 3 Missão do Grupo Marisa 3 Valores do Grupo Marisa 3 Código de Conduta Ética v Áreas de Relacionamento Colaboradores Fornecedores

Leia mais

2 CÓDIGO DE ÉTICA RUDLOFF

2 CÓDIGO DE ÉTICA RUDLOFF 2 CÓDIGO DE ÉTICA RUDLOFF ÍNDICE Sobre o Código de Ética... 05 Missão, Visão e Valores... 06 Colaboadores... 07 Legislação... 08 Conflito de Interesse... 09 Uso adequado dos Bens da Empresa... 10 Publicidade

Leia mais

Sumário. 8. Relacionamento com a Comunidade e com o Meio Ambiente. 9. Relacionamento com os Lojistas. 10. Relacionamento com os Fornecedores

Sumário. 8. Relacionamento com a Comunidade e com o Meio Ambiente. 9. Relacionamento com os Lojistas. 10. Relacionamento com os Fornecedores Manual de Conduta ntrodução O Shopping Recife é um empreendimento imobiliário tipo shopping center, sendo primordial que nossos colaboradores atuem com base em valores e objetivos comuns. A postura ética

Leia mais

Código de Ética e Conduta em Relações Comerciais Bridge Research

Código de Ética e Conduta em Relações Comerciais Bridge Research Código de Ética e Conduta em Relações Comerciais Bridge Research Missão Ser a referência no Brasil em soluções de pesquisa de mercado que utilizem tecnologia como uma plataforma para melhorar a decisão

Leia mais

Mensagem da Diretoria

Mensagem da Diretoria 2007 A Mensagem da Diretoria história da Responsabilidade Social na Copacol está intrínseca desde que abriu as portas do cooperativismo no Oeste do Paraná, em 1963. Com a assinatura do Pacto Global, essa

Leia mais

Código de Ética e de Conduta do. Grupo Energisa

Código de Ética e de Conduta do. Grupo Energisa Código de Ética e de Conduta do Grupo Energisa Caro colaborador, A prática do Código de Ética e de Conduta do Grupo Energisa é tão importante que fazemos questão que cada colaborador tenha seu próprio

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Índice Nossos princípios diretivos 03 Proteção do patrimônio e uso dos ativos 04 Informação confidencial 05 Gestão e Tratamento dos Colaboradores 06 Conflitos de interesse 07

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR INTRODUÇÃO Ciente de sua responsabilidade como fornecedora de refeições coletivas e prestadora de serviços, o Grupo Vivo Sabor divulga seu Manual

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA AGÊNCIA DE FOMENTO DE GOIÁS S/A GOIÁSFOMENTO

CÓDIGO DE ÉTICA AGÊNCIA DE FOMENTO DE GOIÁS S/A GOIÁSFOMENTO CÓDIGO DE ÉTICA DA AGÊNCIA DE FOMENTO DE GOIÁS S/A GOIÁSFOMENTO 0 ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO... 2 2 - ABRANGÊNCIA... 2 3 - PRINCÍPIOS GERAIS... 2 4 - INTEGRIDADE PROFISSIONAL E PESSOAL... 3 5 - RELAÇÕES COM

Leia mais

A SINIGAGLIA, endossa e pratica de forma sistemática os princípios do Pacto Global 1 da ONU, integrando-os a seus processos:

A SINIGAGLIA, endossa e pratica de forma sistemática os princípios do Pacto Global 1 da ONU, integrando-os a seus processos: INTRODUÇÃO O regime da livre iniciativa impõe às organizações e seus integrantes a conduzirem-se dentro de um ambiente de respeito e entendimento, zelando para que toda e qualquer forma de relacionamento,

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA SABESP

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA SABESP CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA SABESP 2008-2 1 Apresentação A SABESP a partir da sua própria missão de prestar serviços de saneamento, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente constitui-se

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética SUMÁRIO 1 Objetivo... 03 2 Abrangência... 03 3 Valores... 03 4 - Conduta ética da PPL com os diversos públicos 4.1 - Cliente: Foco de nossa atuação... 03 4.2 - Relação e interação com fornecedores e parceiros...

Leia mais

Código de Ética LLTECH

Código de Ética LLTECH Código de Ética LLTECH Quem somos A LLTECH é uma empresa que oferece soluções inovadoras para automação e otimização de processos industriais, fornecendo toda a parte de serviços e produtos para automação

Leia mais

PREÂMBULO TOV colaboradores, Compliance Outubro/2010

PREÂMBULO TOV colaboradores, Compliance Outubro/2010 PREÂMBULO A TOV, ciente da importância da ética nas relações profissionais nas comunidades onde atua e dos benefícios advindos do comprometimento e execução de diretrizes de conduta ética, divulga a todos

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA 1. MENSAGEM IESC

CÓDIGO DE CONDUTA 1. MENSAGEM IESC CÓDIGO DE CONDUTA 1. MENSAGEM IESC De origem grega, o termo ethos significa costumes e deve ser entendido com um conjunto de princípios básicos que visam disciplinar e regular, a moral e a conduta das

Leia mais

POLITICA DE QUALIDADE

POLITICA DE QUALIDADE CÓDIGO ÉTICA ÍNDICE: PALAVRA DO DIRETOR POLITICA DE QUALIDADE MISSÃO VISÃO VALORES CONFIDENCIALIDADE DE INFORMAÇÃO CLIENTES FORNECEDORES ACIONISTAS COMUNIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL IMPRENSA ORGÃOS GOVERNAMENTAIS

Leia mais

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL Março de 2015 1ª edição MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta da RIP ( Código ) é a declaração formal das expectativas que servem

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA ISA CAPITAL DO BRASIL S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA ISA CAPITAL DO BRASIL S.A. CÓDIGO DE ÉTICA ISA CAPITAL DO BRASIL S.A. 1 INTRODUÇÃO O Grupo ISA e suas empresas avançam para metas a cada vez mais exigentes e ambiciosas, desenvolvendo suas práticas em contextos diversos e inovadores

Leia mais

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições:

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições: 1.0 - CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO BANRISUL Preâmbulo O compromisso é servir como Guia Prático de Conduta Pessoal e Profissional, a ser utilizado por todos os Colaboradores do Banrisul, possibilitando a

Leia mais

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF Nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE Nº. 35.300.333.578

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF Nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE Nº. 35.300.333.578 JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF Nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE Nº. 35.300.333.578 CÓDIGO DE ÉTICA Escopo Este Código de Ética ( Código ) reúne as principais normas de conduta que devem

Leia mais

c. Promover o comportamento ético no ambiente em que atuamos.

c. Promover o comportamento ético no ambiente em que atuamos. Introdução O Código de Ética e Conduta foi aprovado em reunião do Conselho de Administração em 03/08/2015. É um documento que resume as principais políticas e diretrizes que definem as regras orientadoras

Leia mais

Conselho Estratégico de Planejamento e Administração Empresarial.

Conselho Estratégico de Planejamento e Administração Empresarial. G7 PRO UNIIDADE BRASIIL SSOLLUÇÕEESS EESSTTRRATTÉÉGI IICASS EEM SSEEGURRANÇA CÓDIGO DE ÉTICA Conselho Estratégico de Planejamento e Administração Empresarial. Este documento possui informações INTERNAS

Leia mais

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições:

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições: 1.0 - CÓDIGO DE ÉTICA DO BANRISUL Preâmbulo O compromisso maior da instituição deve ser o de possibilitar continuamente a consecução de sua missão, a saber: Ser o agente financeiro do Estado para promover

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta Estrutura do Código de Ética e Conduta 1. Introdução pág. 03 2. Mensagem da Diretoria pág. 04 3. Relações no Ambiente de Trabalho pág. 05 4. Relacionamento Externo pág. 07 5.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento SUMÁRIO 1. Conceito 2. Objetivo 3. Abrangência 4. Regras e Normas 4.1 Conceito de Ética. Ponto de vista empresarial 4.2 Princípios

Leia mais

Apresentação... Introdução... 2. Observância às leis e regulamentos... 4. Política Anticorrupção... 4. Relacionamentos com clientes...

Apresentação... Introdução... 2. Observância às leis e regulamentos... 4. Política Anticorrupção... 4. Relacionamentos com clientes... SUMÁRIO Apresentação... Introdução... 2 Observância às leis e regulamentos... 4 Política Anticorrupção... 4 Relacionamentos com clientes... 6 Ambiente de Trabalho... 7 E-mail e Internet... 8 Saúde e Segurança

Leia mais

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética Código de Ética Sobre nossos Relacionamentos: Relacionamento com Clientes Relacionamento com Acionistas Relacionamento com Colaboradores Relacionamento com Parceiros de Negócio e Fornecedores Relacionamento

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SUPRIMENTO DE MATERIAL E SERVIÇOS GSS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS

SUPERINTENDÊNCIA DE SUPRIMENTO DE MATERIAL E SERVIÇOS GSS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS ELETRONORTE SUPERINTENDÊNCIA DE SUPRIMENTO DE MATERIAL E SERVIÇOS GSS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS 1 2

Leia mais

GU-0017-15BF-Codigo-Etica2.indd 1

GU-0017-15BF-Codigo-Etica2.indd 1 GU-0017-15BF-Codigo-Etica2.indd 1 07/12/15 17:39 GU-0017-15BF-Codigo-Etica2.indd 2 07/12/15 17:39 APRESENTAÇÃO Carta do Presidente do Conselho de Administração Pessoas e equipes são valorizadas na Concessionária

Leia mais

Mensagem da Diretoria

Mensagem da Diretoria Código de Ética Índice Mensagem da Diretoria... 07 Princípios Cooperativistas... 09 Política da Qualidade... 11 Nosso Negócio, Missão, Visão... 12 Nossos Valores... 13 Nosso Relacionamento com: Associados...

Leia mais

IINSTRUÇÃO DO SISTEMA. Código de conduta

IINSTRUÇÃO DO SISTEMA. Código de conduta 1 de 7 Revisão Data Assunto / revisão / modificação 00 16/04/15 Emissão Inicial. Nome Cargo Data Assinatura Consultor / Gerente EMITENTE Maciel Amaro Técnico / RD Valéria Ap. R. Amaro Diretora administrativa

Leia mais

Código de Ética - Ultra

Código de Ética - Ultra Código de Ética - Ultra Ética na gestão - Equidade, transparência e responsabilidade - Cumprimento das leis - Desenvolvimento sustentável Ética nos relacionamentos - Acionistas e investidores - Colaboradores

Leia mais

Caro parceiro, Queremos fornecedores e parceiros que tenham nível de comprometimento com a sociedade tão amplo quanto o do Rio 2016.

Caro parceiro, Queremos fornecedores e parceiros que tenham nível de comprometimento com a sociedade tão amplo quanto o do Rio 2016. Caro parceiro, O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 trabalha para entregar Jogos excelentes, com celebrações memoráveis que irão promover a imagem global do Brasil, baseados

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. BADESUL Desenvolvimento S.A- Agência de Fomento 0800 642 6800 - Rua Gen. Andrade Neves, 175 - Porto Alegre - RS - CEP: 90010-210

CÓDIGO DE ÉTICA. BADESUL Desenvolvimento S.A- Agência de Fomento 0800 642 6800 - Rua Gen. Andrade Neves, 175 - Porto Alegre - RS - CEP: 90010-210 CÓDIGO DE ÉTICA Introdução O Código de Ética do BADESUL explicita os valores éticos que regem o desempenho de sua missão: Contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Sul, através

Leia mais

Código de Ética ENGENHARIA AMBIENTAL

Código de Ética ENGENHARIA AMBIENTAL Código de Ética Índice Mensagem do Conselho de Administração... 3 Valores e Crenças... 5 Abrangência e Escopo... 7 Compromissos de conduta... 9 Ambiente de trabalho... 9 Bens da VITAL Utilização e Preservação...

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA BC CONSULT Página 1 de 9 1. INTRODUÇÃO... 3 2. PRINCÍPIOS... 4 INTEGRIDADE... 4 DISCRIMINAÇÃO... 4 CONFLITO DE INTERESSE... 4 CONFIDENCIALIDADE DE INFORMAÇÕES... 5 PROTEÇÃO AO

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. Código de Ética. Nossos Valores na prática.

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. Código de Ética. Nossos Valores na prática. CÓDIGO DE ÉTICA Introdução Nossos Valores Artigo 1º Premissa Artigo 2º Objetivos e Valores Artigo 3º Sistema de Controle Interno Artigo 4º Relação com os Stakeholders / Partes Interessadas 4.1 Acionistas

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA - PORTAL

CÓDIGO DE ÉTICA - PORTAL 1. Disposições Preliminares Este Código de Ética tem como principal objetivo informar aos colaboradores, prestadores de serviço, clientes e fornecedores da Petronect quais são os princípios éticos que

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta 2015 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ALIANSCE I. Abrangência A Aliansce, todas as sociedades, direta ou indiretamente por ela controladas ou sob mesmo controle, e os Shopping Centers

Leia mais

MENSAGEM AO FORNECEDOR

MENSAGEM AO FORNECEDOR MENSAGEM AO FORNECEDOR O Código de Conduta da AABB Porto Alegre para fornecedores é um documento abrangente, que trata de temas diretamente ligados ao nosso cotidiano de relações. Neste material, explicitamos

Leia mais

Colgate-Palmolive Company. Código de Conduta do Fornecedor

Colgate-Palmolive Company. Código de Conduta do Fornecedor Colgate-Palmolive Company Código de Conduta do Fornecedor Prezado Fornecedor da Colgate, No decorrer do tempo, a Colgate-Palmolive Company construiu sua reputação como organização que emprega práticas

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE FORNECEDORES

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE FORNECEDORES SUMÁRIO 1. Introdução... 04 2. Abrangência... 04 3. Objetivo... 04 4. Princípios Éticos... 05 5. Preconceitos e Discriminação... 05 6. Respeito à Legislação e Integridade nos Negócios... 05 7. Documentos,

Leia mais

A Global e todos os seus Colaboradores comprometem-se a seguir os princípios abaixo como diretrizes de conduta em todas as suas relações:

A Global e todos os seus Colaboradores comprometem-se a seguir os princípios abaixo como diretrizes de conduta em todas as suas relações: POLÍTICAS CORPORATIVAS Assunto: Código de Ética e Conduta Objetivo O Código de Ética e Conduta objetiva estabelecer os princípios, conceitos e valores que orientam o padrão ético de todos os Colaboradores

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PSIQUIATRIA. Código de Condutas Éticas

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PSIQUIATRIA. Código de Condutas Éticas 1 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PSIQUIATRIA Código de Condutas Éticas I - Mensagem do Presidente II Premissas III Condutas Éticas nas atividades da ABP 1. Cumprimento das leis 2. Relação com o Governo 3. Atividades

Leia mais

POLÍTICA DE RELACIONAMENTO COM PARTES INTERESSADAS STAKEHOLDERS DO GRUPO MRV

POLÍTICA DE RELACIONAMENTO COM PARTES INTERESSADAS STAKEHOLDERS DO GRUPO MRV POLÍTICA DE RELACIONAMENTO COM PARTES INTERESSADAS STAKEHOLDERS DO GRUPO MRV (via original, arquivada na sede da Companhia, em apenso ao livro próprio) *** ABRANGÊNCIA: Este documento é aplicável à holding

Leia mais

Apresentação. Após a leitura, o colaborador deve atestar que se compromete a respeitar os padrões estabelecidos nesse documento.

Apresentação. Após a leitura, o colaborador deve atestar que se compromete a respeitar os padrões estabelecidos nesse documento. CÓDIGO DE ÉTICA 1 2 3 Apresentação Apresentamos a todos o Código de Ética do Banco A.J Renner S.A. Este código contém as orientações que devem ser seguidas individual e coletivamente na busca pela excelência

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. Mensagem do Presidente

1. INTRODUÇÃO. Mensagem do Presidente Data de início de vigência: 1 de setembro de 2013 1. INTRODUÇÃO Mensagem do Presidente O Mundo de hoje obriga-nos a uma presença em inúmeros quadrantes e a uma enorme capacidade para que possamos adaptar-nos

Leia mais

Hermes Chipp Diretor Geral do ONS

Hermes Chipp Diretor Geral do ONS Nossa vida é feita de escolhas. Seja no âmbito pessoal ou profissional, a cada dia escolhemos caminhos a trilhar. A ética deve ser a premissa básica para pautar as nossas opções cotidianas. O ONS, desde

Leia mais

Apresentação. Vinicius Lino Ventorim Diretor da Politintas

Apresentação. Vinicius Lino Ventorim Diretor da Politintas Apresentação Seriedade, comprometimento e ética na condução de seus negócios. Esses são os princípios que regem a conduta da Politintas desde sua inauguração até os dias de hoje. Para que esses ideais

Leia mais

INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO BLUMENAU SOLIDARIEDADE ICC BLUSOL

INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO BLUMENAU SOLIDARIEDADE ICC BLUSOL INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO BLUMENAU SOLIDARIEDADE ICC BLUSOL Ano 2013 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Caro Colaborador Estamos entregando o Código de Ética e Conduta da Instituição, o qual fará parte

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA ÍNDICE Carta da Administração...3 1) Os nossos Princípios...4 2) O Comitê de Ética...4 3) Responsabilidades...4 4) Penalidades...4 5) Comunicação das Transgressões...5 6) Denúncias...5

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Carta do CEO Caros colaboradores, Apresento a vocês o nosso código de ética. Este importante documento é um conjunto de atitudes a serem praticadas por todos nós no exercício da nossa atividade profissional.

Leia mais

CÓDIGO DE ETICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ETICA E CONDUTA CÓDIGO DE ETICA E CONDUTA Outubro de 2010 1 Carta da Diretoria, Prezado (a) colega; Trabalhar em uma empresa acaba se confundindo com a própria identidade pessoal, e poder orgulhar-se dela torna-se um

Leia mais

Código de Ética. 31 de março

Código de Ética. 31 de março Código de Ética 31 de março 2015 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 4 2. MISSÃO, VISÃO E VALORES DA CETIP... 4 3. PÚBLICO-ALVO... 4 4. REGRAS E PRINCÍPIOS NORTEADORES DAS ATIVIDADES... 4 4.1. RELACIONAMENTO INTERNO...

Leia mais

INTRODUÇÃO 1 COMPROMISSO DA SONAE HOLDING

INTRODUÇÃO 1 COMPROMISSO DA SONAE HOLDING Índice INTRODUÇÃO... 2 1 COMPROMISSO DA SONAE HOLDING... 2 2 COMPROMISSO DOS COLABORADORES... 2 3 PRINCÍPIOS DE RELACIONAMENTO... 3 3.1 RELAÇÕES COM ADMINISTRADORES E COLABORADORES... 3 3.2 RELAÇÕES COM

Leia mais

Renata Filardi/BRA/VERITAS18/10/2006 ÍNDICE: 1 INTRODUÇÃO 1.1 ESCOPO MANUAL 1.2 VISÃO E MISSÃO DO BUREAU VERITAS 1.2.2 - VISÃO 1.2.

Renata Filardi/BRA/VERITAS18/10/2006 ÍNDICE: 1 INTRODUÇÃO 1.1 ESCOPO MANUAL 1.2 VISÃO E MISSÃO DO BUREAU VERITAS 1.2.2 - VISÃO 1.2. Aprovado ' Elaborado por Renata Filardi/BRA/VERITAS em 18/10/2006 Verificado por Renato Catrib/BRA/VERITAS em 18/10/2006 Aprovado por Renato Catrib/BRA/VERITAS em 18/10/2006 ÁREA DGL Tipo MANUAL Número

Leia mais

DIRETRIZES DE RELACIONAMENTO COM FORNECEDORES

DIRETRIZES DE RELACIONAMENTO COM FORNECEDORES DIRETRIZES DE RELACIONAMENTO COM FORNECEDORES INTRODUÇÃO Para a seleção e contratação de Empresas Fornecedoras e Prestadoras de Serviços e em todas as relações aplicáveis aos negócios, as Empresas Alibem/Agra

Leia mais

TIPO DOC. RESOLUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO

TIPO DOC. RESOLUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO TPO DOC. 1/7 1. CONSDERAÇÕES O papel social de uma instituição vai além do que preveem as leis que a regem. O Serviço Federal de Processamento de Dados - SERPRO, ao prestar serviços baseados na tecnologia

Leia mais

[CÓDIGO DE ÉTICA] Interinvest

[CÓDIGO DE ÉTICA] Interinvest [CÓDIGO DE ÉTICA] Este documento determina as práticas, padrões éticos e regras a serem seguidos pelos colaboradores, fornecedores e a todos aqueles que, direta ou indiretamente, se relacionem com a Interinvest.

Leia mais

Manual de Diretrizes de Conduta Ética da BB Consórcios S.A

Manual de Diretrizes de Conduta Ética da BB Consórcios S.A Manual de Diretrizes de Conduta Ética da BB Consórcios S.A Versão Atualizada Outubro/2015 Introdução Este Manual define as diretrizes que obrigam e devem ser observadas por todos os colaboradores, em todos

Leia mais

Código de Ética e Conduta. 1 Edição

Código de Ética e Conduta. 1 Edição 1 Edição (1ª Via Colaborador) Eu reconheço que recebi o Código de Ética e Conduta da Savis e me comprometo a entender minhas obrigações como um colaborador da Savis, e também me comprometo a cumprir com

Leia mais

MT/002-14 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ARGUS 12/2014 - VINHEDO, SP

MT/002-14 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ARGUS 12/2014 - VINHEDO, SP MT/002-14 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ARGUS 12/2014 - VINHEDO, SP 1 Código de Ética e Conduta da Argus MENSAGEM DO PRESIDENTE Este Código de Ética e Conduta foi elaborado com a finalidade de explicitar

Leia mais

Código de Ética, Valores e Conduta

Código de Ética, Valores e Conduta 2008 Código de Ética, Valores e Conduta Desenvolvimento Humano VJ SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA 12/11/2008 Código de Ética Nossa Missão Ser a maior, melhor e mais lucrativa empresa de prestação de serviços

Leia mais

de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética ca Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Códig

de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética ca Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Códig de Ética Código CÓDIGO de Ética Código de Ética Código DE de Ética Código de Ética de Ética Código de Ética Código ÉTICA de Ética Código de Ética Código de Ética Fazendo Negócios com Integridade Realizamos

Leia mais

Código de Conduta OGX

Código de Conduta OGX Código de Conduta OGX Índice Apresentação do Código de Conduta OGX 03 Diretrizes: 05 Relacionamento com Públicos de Interesse 06 Conflito de Interesses 12 Ambiente de Trabalho 14 Fraude e Corrupção 18

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA ABRANGÊNCIA Este Código de Ética e Conduta destina-se aos colaboradores e, no que couber, aos prestadores de serviços, visitantes e fornecedores da Panificação Tocantins. INTEGRIDADE

Leia mais

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. CNPJ/MF nº 08.364.948/0001-38 NIRE 35.300.335.325 CÓDIGO DE ÉTICA, CONDUTA & COMPLIANCE. 19 de janeiro de 2015

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. CNPJ/MF nº 08.364.948/0001-38 NIRE 35.300.335.325 CÓDIGO DE ÉTICA, CONDUTA & COMPLIANCE. 19 de janeiro de 2015 ALUPAR INVESTIMENTO S.A. CNPJ/MF nº 08.364.948/0001-38 NIRE 35.300.335.325 CÓDIGO DE ÉTICA, CONDUTA & COMPLIANCE 19 de janeiro de 2015 I. INTRODUÇÃO O presente Código de Ética, Conduta & Compliance ( Código

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS E REGRAS PARA AGENTE AUTÔNOMO DE INVESTIMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS E REGRAS PARA AGENTE AUTÔNOMO DE INVESTIMENTOS 1. INTRODUÇÃO MANUAL DE PROCEDIMENTOS E REGRAS PARA AGENTE AUTÔNOMO DE INVESTIMENTOS Em atendimento à Instrução CVM nº 497, de 03 de junho de 2011], o presente Manual dispõe sobre os procedimentos e regras

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA SOMMA INVESTIMENTOS

CÓDIGO DE ÉTICA DA SOMMA INVESTIMENTOS 1. O CÓDIGO Este Código de Ética (Código) determina as práticas e padrões éticos a serem seguidos por todos os colaboradores da SOMMA INVESTIMENTOS. 2. APLICABILIDADE Esta política é aplicável: 2.1. A

Leia mais

POLÍTICA A. OBJETIVO... 2 B. ABRANGÊNCIA... 2 C. VIGÊNCIA... 2 D. DISPOSIÇÕES GERAIS... 2 1. DEFINIÇÕES... 2 2. INTRODUÇÃO... 3 3. GOVERNANÇA...

POLÍTICA A. OBJETIVO... 2 B. ABRANGÊNCIA... 2 C. VIGÊNCIA... 2 D. DISPOSIÇÕES GERAIS... 2 1. DEFINIÇÕES... 2 2. INTRODUÇÃO... 3 3. GOVERNANÇA... A. OBJETIVO... 2 B. ABRANGÊNCIA... 2 C. VIGÊNCIA... 2 D. DISPOSIÇÕES GERAIS... 2 1. DEFINIÇÕES... 2 2. INTRODUÇÃO... 3 3. GOVERNANÇA... 4 4. RELACIONAMENTO E ENGAJAMENTO COM PARTES INTERESSADAS... 4 5.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. 1 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. Este código de ética e conduta foi aprovado pelo Conselho de Administração da INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. ( Companhia

Leia mais

Código de Ética e Conduta Sabesp

Código de Ética e Conduta Sabesp Código de Ética e Conduta Sabesp 1 MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO Aos Empregados, Gerentes, Clientes, Acionistas, Investidores, Fornecedores, Parceiros, Terceiros, Governo, Comunidade e toda sociedade,

Leia mais

Código de Conduta Empresarial

Código de Conduta Empresarial Código de Conduta Empresarial Conteúdo Mensagem do Conselho de Administração 2 O que é este Código de Conduta 3 Objetivos do Código de Conduta Empresarial do Grupo Camargo Corrêa 3 A quem este Código se

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA OUTUBRO/2007

CÓDIGO DE ÉTICA OUTUBRO/2007 OUTUBRO/2007 ÍNDICE Página 1. APRESENTAÇÃO 1 2. OBJETIVOS 1 3. NORMAS, PRINCÍPIOS E VALORES ÉTICOS 2 4. CONFLITOS DE INTERESSES 5 5. CONFIDENCIALIDADE 6 6. DÚVIDAS COM A APLICAÇÃO DO CÓDIGO DE ÉTICA 6

Leia mais

Apresentação. Direcionadores Organizacionais. Introdução. Condutas nos Relacionamentos com os Públicos de Interesse

Apresentação. Direcionadores Organizacionais. Introdução. Condutas nos Relacionamentos com os Públicos de Interesse CÓDIGO DE ÉTICA Apresentação Direcionadores Organizacionais Introdução Condutas nos Relacionamentos com os Públicos de Interesse Sistematização (procedimentos de denúncias e resolução de conflitos) do

Leia mais

Sumário. Declaração de seus princípios fundamentais... 4 Missão... 4 Visão... 4 Valores... 4

Sumário. Declaração de seus princípios fundamentais... 4 Missão... 4 Visão... 4 Valores... 4 1 Sumário Declaração de seus princípios fundamentais... 4 Missão... 4 Visão... 4 Valores... 4 Política de Responsabilidade Social... 4 Partes interessadas... 5 Público externo... 5 Público interno...

Leia mais

www.geoambiente.com.br CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR

www.geoambiente.com.br CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR www.geoambiente.com.br atudnoc ed ogidóc rodecenrof od CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR 2 3 WWW.GEOAMBIENTE.COM.BR Prezado fornecedor, você acaba de receber o Código de Conduta do Fornecedor que busca orientá-lo

Leia mais

Prezado colaborador, Receba estes Princípios Éticos e de Conduta, que resumem o que já somos e pregam o que nunca devemos deixar de ser.

Prezado colaborador, Receba estes Princípios Éticos e de Conduta, que resumem o que já somos e pregam o que nunca devemos deixar de ser. Prezado colaborador, Fazemos parte de empresas que já nasceram comprometidas com os princípios éticos do exercício da verdade, fundamentais para a nossa credibilidade. Uma identidade cristalina, que nos

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE

MENSAGEM DO PRESIDENTE MENSAGEM DO PRESIDENTE A construção de uma empresa sólida e capaz de tornar perene sua marca no mercado só acontece com o esforço conjunto de pessoas comprometidas com a verdade e a ética. Ao longo de

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL A Política de Prevenção à Corrupção tem como objetivo dar visibilidade e registrar os princípios e valores éticos que devem nortear a atuação dos empregados,

Leia mais

Código de Ética e Conduta Lojas Renner

Código de Ética e Conduta Lojas Renner Código de Ética e Conduta Lojas Renner Junho de 2008 Introdução Carta do Presidente Código de Ética: Valores e Princípios Empresariais Código de Conduta: Colaboradores Fornecedores Clientes Comunidade

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta Introdução A Eucatex, através deste Código de Ética e Conduta, coloca à disposição de seus colaboradores, fornecedores e comunidade, um guia de orientação para tomada de decisões

Leia mais

POLÍTICA DE SAÚDE E SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA

POLÍTICA DE SAÚDE E SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SAÚDE E SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA Política de SAÚDE E SEGURANÇA Política de SAÚDE E SEGURANÇA A saúde e a segurança dos nossos funcionários fazem

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A. Versão: Maio 2013 Página 1 Introdução Alinhado com o disposto na Instrução CVM nº 497/11 ( ICVM 497/11 ), o Banco

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE

CÓDIGO DE ÉTICA E TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE CÓDIGO DE ÉTICA E TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE CÓDIGO DE ÉTICA E TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE DIRETRIZES DA SANKYU 4 HONRAR O COMPROMISSO. 4 REALIZAR UMA AUTO AVALIAÇÃO CONSTANTE.

Leia mais

Código de Conduta Grupo Balbo

Código de Conduta Grupo Balbo Código de Conduta Grupo Balbo É com satisfação que apresentamos o Código de Conduta do Grupo Balbo, que tem por base, estabelecer os princípios éticos e normas de conduta, que devem orientar a todos os

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANUNCIANTES

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANUNCIANTES ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANUNCIANTES MANUAL DE GOVERNANÇA 2015 ABA MANUAL DE GOVERNANÇA I. INTRODUÇÃO É norma e política da Associação Brasileira de Anunciantes ("ABA"), o estrito cumprimento de todas

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS

CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação e Comunicação da Região Central do Centro do Rio Grande do Sul CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS Outubro de 2013 MISSÃO Fortalecer, qualificar,

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E BOAS PRÁTICAS

CÓDIGO DE CONDUTA E BOAS PRÁTICAS CÓDIGO DE CONDUTA E BOAS PRÁTICAS Fundação Alentejo no Alentejo e para o Alentejo, um projeto para além da esperança Fernanda Ramos 1992 Aprovado na reunião do Conselho de Administração da FA Novembro

Leia mais

Código de Ética e Conduta. Trabin Software & Consulting

Código de Ética e Conduta. Trabin Software & Consulting Trabin Software & Consulting Sumário 1. Apresentação... 4 2. Empresa... 5 2.1. Histórico... 5 2.2. Missão... 5 2.3. Visão..... 6 2.4. Valores... 6 2.5. Princípios... 6 3. Conceito de Ética... 8 3.1. Ética

Leia mais