INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015"

Transcrição

1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015 Data: 20/09/2015 Versão: Original 01 SISTEMA ADMINISTRATIVO SJU - SISTEMA JURÍDICO 02 ASSUNTO SJU 01.A PROCESSOS JUDICIAIS CÍVEIS (JUSTIÇA COMUM CÍVEL E JUIZADO ESPECIAL CÍVEL) 03 SETORES ENVOLVIDOS E SECRETARIA MUNICIPAL ENVOLVIDA 04 UNIDADE RESPONSÁVEL INÍCIO DA VIGÊNCIA PROGER 20/09/ FINALIDADE Definir critérios e procedimentos básicos para instrução de processo judicial cível. 06 ABRANGÊNCIA / ÂMBITO DE APLICAÇÃO Todas as Unidades da Administração Direta do Município de Cariacica. 07 BASE LEGAL E REGULAMENTAR Constituição Federal de 1988; Lei nº 10406/2002; Lei nº 5869/1973; Lei nº 9099/1995; Lei nº 12153/ CONCEITOS Processo Judicial Justiça Comum Cível: processo judicial civil é um ramo do direito público, que designa normas de atuação no caso de atos que conduzem à aplicação do direito subjetivo, com o objetivo de solucionar algum tipo de conflitos de interesses. Página 1 de 6

2 08.2- Processo Judicial - Juizado Especial Cível: o Juizado Especial Cível é utilizado para solução dos conflitos mais simples. Os processos oriundos do Juizado Especial Cível são destinados a promover a conciliação, o julgamento e a execução das causas consideradas de menor complexidade com valor de até 60 (sessenta) salários mínimos, de acordo com a Lei nº 12153/ PROCEDIMENTOS JUSTIÇA COMUM CÍVEL O Prefeito Municipal ou o Procurador Geral recebe as notificações iniciais (citações) peça judicial apresentada pelo Requerente perante o Juízo de 1º Grau Se o Prefeito foi quem recebeu a notificação, o seu Gabinete encaminha o documento para a Procuradoria Geral Recebendo a notificação é feita a autuação do processo. Imediatamente, é promovida a distribuição para um Procurador Municipal promover a defesa do Município. Incontinenti, a Assessoria da Procuradoria oficia ao órgão municipal competente para que sejam fornecidos documentos e prestadas informações necessárias à produção da defesa O Procurador Municipal designado, elabora a contestação e eventualmente, agravo de instrumento contra decisões liminares, especifica as provas a serem produzidas, e acompanha todo a tramitação judicial (produção de provas, audiência de conciliação ou de instrução e julgamento, sentença e etc). Desta forma, seguem-se recursos, a cargo do procurador a quem o processo foi distribuído Após o trânsito em julgado da decisão, se desfavorável ao Município, seguem-se os ritos processuais objetivando a execução do julgado e, inclusive, no momento oportuno, a impugnação dos cálculos, se for o caso, pelo Município Esgotados todos os recursos cabíveis, o município recebe a requisição do Presidente do Tribunal de Justiça para a expedição do competente precatório, seguindo-se as demais normas de liquidação e pagamento dos débitos judiciais públicos. Em não sendo o caso da expedição de Página 2 de 6

3 precatório, o juiz de 1º grau, intima o município para pagamento da condenação via requisição de pequeno valor Neste momento se encerra a manifestação da Procuradoria JUIZADO ESPECIAL CÍVEL O Requerente apresenta seu pedido, indica provas e protocola no Juizado Especial Cível O Prefeito Municipal ou o Procurador Geral recebe a intimação. Se o Prefeito foi quem recebeu a intimação, o seu Gabinete encaminha o documento para a Procuradoria Geral Recebendo a intimação é feita a autuação do processo. Imediatamente, é promovida a distribuição para um Procurador Municipal. Incontinenti, a Assessoria da Procuradoria oficia ao órgão municipal competente para que sejam fornecidos documentos e prestadas informações necessárias à produção da defesa O Procurador Municipal designado, comparece no Juizado para tentar celebrar um acordo diante de um conciliador. Se não tiver acordo, é marcada a sessão de Instrução e Julgamento, onde o juiz tenta nova conciliação Novamente se não houver a possibilidade de acordo, o juiz irá colher as provas em audiência e proferirá a Sentença Se desfavorável ao Município o Procurador Municipal designado promoverá recurso para o Órgão Colegiado Após a decisão prolatada pela Turma Recursal, o Procurador Municipal avaliará a necessidade de oposição de Embargos de Declaração ou de Recurso Extraordinário ao STF Ocorrendo o trânsito em julgado, fica encerrada a fase cognitiva do processo. Página 3 de 6

4 Esgotados todos os recursos cabíveis, o município recebe a requisição do Juiz para a expedição do competente precatório, seguindo-se as demais normas de liquidação e pagamento dos débitos judiciais públicos Em não sendo o caso da expedição de precatório, o juiz de 1º grau, intima o município para pagamento da condenação via requisição de pequeno valor. 10 CONSIDERAÇÕES FINAIS 10.1 A presente Instrução Normativa não esgota os critérios e procedimentos para os processos judiciais cíveis. 11 ANEXOS ANEXO I FLUXOGRAMA DE PROCEDIMENTOS SJU 01.A PROCESSOS JUDICIAIS CÍVEIS (JUSTIÇA COMUM CÍVEL) ANEXO II - FLUXOGRAMA DE PROCEDIMENTOS SJU 01.A PROCESSOS JUDICIAIS CÍVEIS (JUIZADO ESPECIAL CÍVEL) 12 APROVAÇÃO E AUTORIZAÇÃO Aprovamos esta INSTRUÇÃO NORMATIVA SJU-01.A em 20/09/2015, Divulgue-se: Dr. Edinaldo Loureiro Ferraz Procurador Geral do Município Eliezer Soares Rocha Junior Secretário Municipal de Controle e Transparência Geraldo Luzia de Oliveira Júnior Prefeito Municipal de Cariacica Página 4 de 6

5 ANEXO I FLUXOGRAMA DE PROCEDIMENTOS SJU 01.A PROCESSOS JUDICIAIS CÍVEIS (JUSTIÇA COMUM CÍVEL) Página 5 de 6

6 ANEXO II FLUXOGRAMA DE PROCEDIMENTOS SJU 01.A PROCESSOS JUDICIAIS CÍVEIS (JUIZADO ESPECIAL CÍVEL) Página 6 de 6

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO PROCURADORIA GERAL FEDERAL PROCURADORIA FEDERAL NO ESTADO PARAÍBA ORDEM DE SERVIÇO Nº 07, DE 15 DE JULHO DE 2014

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO PROCURADORIA GERAL FEDERAL PROCURADORIA FEDERAL NO ESTADO PARAÍBA ORDEM DE SERVIÇO Nº 07, DE 15 DE JULHO DE 2014 ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO PROCURADORIA GERAL FEDERAL PROCURADORIA FEDERAL NO ESTADO PARAÍBA ORDEM DE SERVIÇO Nº 07, DE 15 DE JULHO DE 2014 Roteiro processo trabalhista contribuições previdenciárias O PROCURADOR-CHEFE

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23

CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 SUMÁRIO Capítulo I CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE A AÇÃO CIVIL PÚBLICA... 23 1. Previsão normativa... 23 1.1. A tradição individualista na tutela dos direitos... 23 1.2. Surgimento e consolidação da tutela

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 6/2007 ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 6/2007 ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA Nº 6/2007 ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS 2 ÍNDICE I - INTRODUÇÃO...3 II - ESCOPO DOS SERVIÇOS...3 III

Leia mais

Parte Especial CURSOS. Código Processo Civil Parte Especial. VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ

Parte Especial CURSOS. Código Processo Civil Parte Especial. VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ CURSOS VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ A VIZAM Consultoria [www.vizam.com.br], empresa de consultoria em relações institucionais, vai promover um curso exclusivo,

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

Ofício Circular nº 01/2014 CGMP Curitiba, 17 de janeiro de Senhor(a) Promotor(a) de Justiça:

Ofício Circular nº 01/2014 CGMP Curitiba, 17 de janeiro de Senhor(a) Promotor(a) de Justiça: Ofício Circular nº 01/2014 CGMP Curitiba, 17 de janeiro de 2014. Senhor(a) Promotor(a) de Justiça: Tendo sido detectado problemas de ordem técnica, por ocasião da geração do CD anteriormente apresentado

Leia mais

RESOLUÇÃO MPC-MG Nº 001, DE 11 DE MAIO DE 2011

RESOLUÇÃO MPC-MG Nº 001, DE 11 DE MAIO DE 2011 RESOLUÇÃO MPC-MG Nº 001, DE 11 DE MAIO DE 2011 Revogada pela RMPC 2/11 O Procurador-Geral do Ministério Público de Contas, com fundamento direto nos artigos 32 e 119 da Lei Complementar nº 102, de 17 de

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Prof. Eduardo

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Prof. Eduardo CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Prof. Eduardo A que se presta o Código de Processo Civil? FACULDADE ASSIS GURGACZ CÓDIGO CIVIL DE 2002 Parte Geral Livro I Das pessoas Livro II Dos bens Livro III Dos fatos jurídicos

Leia mais

Considerando que a tramitação dos processos administrativos deve ser dada a maior celeridade possível, para, sempre, alcançar os seus objetivos;

Considerando que a tramitação dos processos administrativos deve ser dada a maior celeridade possível, para, sempre, alcançar os seus objetivos; Decreto nº 018/2013 Dispõe sobre o fluxograma processual no âmbito da Administração Pública Municipal. O Prefeito Municipal no uso das suas atribuições constitucionais e legais, c/c os incisos IV e VI

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças Sumário Capítulo 1 Prazos 1.1. Forma de contagem: somente em dias úteis 1.2. Prática do ato processual antes da publicação 1.3. Uniformização dos prazos para recursos 1.4. Prazos para os pronunciamentos

Leia mais

INSTRUÇÕES AUTUAÇÃO DE RECURSOS

INSTRUÇÕES AUTUAÇÃO DE RECURSOS INSTRUÇÕES AUTUAÇÃO DE RECURSOS Versão PJE Data Responsável 1.11.0.3 21/03/2016 Núcleo de Suporte aos Usuários do PJe 1 P á g i n a 1. Introdução A correta autuação dos recursos, quando da remessa do processo

Leia mais

Projeto de Redesenho dos Processos

Projeto de Redesenho dos Processos PROCESSO INATIVAÇÃO E ADMISSÃO DE PESSOAL M A P A D O P R O C E S S O D E V E R I A S E R E S P E C I F I C A Ç Õ E S ; C R I T É R I O S E I N O V A Ç Õ E S. Pág.1 MAPA DO PROCESSO DEVERIA SER Pág.2 ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Considerando que a tramitação processual, nos Juizados Especiais Federais, deve nortear-se pelos princípios da agilidade e da celeridade; e,

Considerando que a tramitação processual, nos Juizados Especiais Federais, deve nortear-se pelos princípios da agilidade e da celeridade; e, PORTARIA N.º 007, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2006. O Juiz Federal Presidente da 1ª. Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais da, considerando o disposto nos 2º e 4º do artigo 3º da Resolução n.º108, da

Leia mais

Norma de Procedimento

Norma de Procedimento PREFEITURA DE VITÓRIA Controladoria Geral do Município Assessoria de Planejamento Organizacional Norma de Procedimento Código SCO-NP 03 Assunto: FOLHA DE PAGAMENTO Versão: Data de elaboração: Data da Aprovação:

Leia mais

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 00096/2016

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 00096/2016 Dispõe sobre critérios para elaboração da relação dos chefes de governo, gestores municipais, e demais responsáveis pela administração de dinheiros, bens e valores públicos, a ser encaminhada pelo TCM

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL 1. APRESENTAÇÃO A Pós-Graduação em Direito Processual Civil da FAACZ visa à conjugação das referidas áreas em meio à atualização da legislação em vigor,

Leia mais

PAINEL 2 PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NO CNPC, CMCA E NO CONGRESSO NACIONAL

PAINEL 2 PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NO CNPC, CMCA E NO CONGRESSO NACIONAL PAINEL 2 PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NO CNPC, CMCA E NO CONGRESSO NACIONAL DANILO RIBEIRO MIRANDA MARTINS Procurador Federal da AGU em exercício na PREVIC, Especialista em Direito Previdenciário, Gestão Previdenciária

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário RECURSO ORDINÁRIO Conceito: Os recursos ordinários são os recursos cabíveis para impugnar decisões havidas nos casos previstos no art. 1.027 do CPC. Apesar de serem julgados pelo Supremo Tribunal Federal

Leia mais

Apresentação. Os dados aqui apresentados, seguem obedecem a seguinte ordem: estatística jurisdicional, indicadores e projetos estratégicos.

Apresentação. Os dados aqui apresentados, seguem obedecem a seguinte ordem: estatística jurisdicional, indicadores e projetos estratégicos. Apresentação O relatório de análise estratégica objetiva demonstrar os resultados apurados dos indicadores estratégicos e demais índices da justiça acreana no decorrer do ano de 2015, em consonância com

Leia mais

Direção-geral da Administração da Justiça

Direção-geral da Administração da Justiça Centro de Formação de Funcionários de Justiça Direção-geral da Administração da Justiça Introdução Constitui contraordenação todo o facto ilícito e censurável que preencha um tipo legal no qual se comine

Leia mais

REGULAMENTO Art. 1º 1º- entende-se como beneficiários descendentes de primeiro grau em linha reta ascendentes de primeiro grau em linha reta 2º-

REGULAMENTO Art. 1º 1º- entende-se como beneficiários descendentes de primeiro grau em linha reta ascendentes de primeiro grau em linha reta 2º- REGULAMENTO Art. 1º - O programa de Assistência Jurídica da Asttter é de utilização exclusiva dos associados titulares e seus beneficiários a quem concederem autorização. 1º- Para fins deste regulamento,

Leia mais

CONCILIAÇÃO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 12 e 13 de maio de 2016 ENUNCIADOS/RECOMENDAÇÕES

CONCILIAÇÃO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 12 e 13 de maio de 2016 ENUNCIADOS/RECOMENDAÇÕES CONCILIAÇÃO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 12 e 13 de maio de 2016 ENUNCIADOS/RECOMENDAÇÕES A conciliação em demandas de alta complexidade, relevância social e/ou com desdobramentos estadual e regional

Leia mais

Departamento de Direito Projeto Justiça a Termo

Departamento de Direito Projeto Justiça a Termo Departamento de Direito Projeto Justiça a Termo Estrutura e Procedimento no Juizado Especial Cível Federal Prof. Fernando Laércio Alves da Silva Proposta de discussão Fundamentação teórica e antecedentes

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 CAPÍTULO I A PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL... 15 1. Breve reconstrução histórica... 15 1.1. Do Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco ao Procurador

Leia mais

CÓDIGO DE PROCEDIMENTO ÍNDICE GERAL E DE PROCESSO TRIBUTÁRIO

CÓDIGO DE PROCEDIMENTO ÍNDICE GERAL E DE PROCESSO TRIBUTÁRIO CÓDIGO DE PROCEDIMENTO ÍNDICE GERAL E DE PROCESSO TRIBUTÁRIO DECRETO-LEI N.º 433/99, DE ÍNDICE 26 DE OUTUBRO Art. VOLUME I Abreviaturas utilizadas... 21 Prefácio à 6.ª edição... 25 Prefácio à 5.ª edição...

Leia mais

MANUAL DO AGRAVO DE INSTRUMENTO

MANUAL DO AGRAVO DE INSTRUMENTO MANUAL DO AGRAVO DE INSTRUMENTO (2ª Edição Revisada e Atualizada) Roberto Ignácio dos Santos Seção Judiciária do Rio de Janeiro Hylton Pereira Assessor da Coordenação-Geral do Conselho da Justiça Federal

Leia mais

PARECER TÉCNICO JURÍDICO e PROCESSUAL

PARECER TÉCNICO JURÍDICO e PROCESSUAL PARECER TÉCNICO JURÍDICO e PROCESSUAL 1 - PROCESSOS JUDICIAIS 1.1 Esfera Cível EMPRESA: Pareceres Ltda NATUREZA: Cível AUTOR: José dos Santos Silva RÉU: Pareceres PROCESSO: 0004861-33.2010.805.0141 TIPO

Leia mais

Configuração de Texto Padrão para Assinatura Digital

Configuração de Texto Padrão para Assinatura Digital Configuração de Texto Padrão para Assinatura Digital Sistema DCP Tela de Assinatura 1 ÍNDICE Índice...2 Informações Iniciais...3 Configuração do Texto pela serventia...3 Texto Configurado para Assinatura

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA REGIONAL PORTARIA Nº T2-PTC-2011/00404 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011.

PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA REGIONAL PORTARIA Nº T2-PTC-2011/00404 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 2ª REGIÃO CORREGEDORIA REGIONAL PORTARIA Nº T2-PTC-2011/00404 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011. O Doutor ANDRÉ FONTES, Corregedor-Regional da Justiça

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para verificar e atualizar cálculos.

Estabelecer critérios e procedimentos para verificar e atualizar cálculos. Proposto por: Diretores de Secretaria de Vara do Trabalho Analisado por: Diretor Geral de Coordenação Judiciária Aprovado por: Presidente TRT/RJ ATENÇÃO: Cópias impressas não são controladas. 1 OBJETIVO

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site:

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESPELHO DE CORREÇÃO PROVA DISCURSIVA PROCURADOR MUNICIPAL DE CARIACICA 01) PEÇA JUDICIAL Nota 0,00 a 10,00 pontos. O enunciado exigia do candidato apresentação de uma contestação à ação proposta. O candidato

Leia mais

Estágio Supervisionado I

Estágio Supervisionado I Estágio Supervisionado I 5ª etapa TRABALHO Nº 01 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Ministério Público Estadual ou Federal TRABALHO Nº 02 Ativ. Acomp. e Obs. em Órgãos Públicos Advocacia Geral da União

Leia mais

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM TABELA DE TEMPORALIDADE E DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM 700 ATIVIDADES JUDICIÁIS DE 1ª INSTÂNCIA 710 VARAS DO TRABALHO 710.1 - Alvará de Seguro Desemprego Original - Requerente Até retirada Via - Pasta 2 anos

Leia mais

Súmula da Audiência Pública nº 4/2010

Súmula da Audiência Pública nº 4/2010 Minuta de resolução que estabelece a obrigatoriedade da utilização de certificados digitais para o envio de informações, em forma eletrônica, à ANP. 1. Data e local da realização A audiência pública realizou-se

Leia mais

índice INTRODUÇÃO Abreviaturas... 9 Nota à 5ª edição Nota à 4" edição Nota à 3" edição Nota à 2" edição e sumário)...

índice INTRODUÇÃO Abreviaturas... 9 Nota à 5ª edição Nota à 4 edição Nota à 3 edição Nota à 2 edição e sumário)... índice Abreviaturas... 9 Nota à 5ª edição...... 25 Nota à 4" edição... 27 Nota à 3" edição......... 31 Nota à 2" edição... 33 INTRODUÇÃO 1. O chamado "processo de conhecimento"... 35 2. Do "processo de

Leia mais

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL SUMÁRIO Título I PETIÇÃO INICIAL PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL Fundamento legal... 15 Cabimento... 15 Espécies de ritos do processo do trabalho... 16 Rito sumário... 16 Rito sumaríssimo... 16

Leia mais

Comunicações Processuais Prof. Gladson Miranda

Comunicações Processuais Prof. Gladson Miranda Comunicações Processuais Prof. Gladson Miranda CITAÇÃO, INTIMAÇÃO E NOTIFICAÇÃO (Arts. 351 ao 372) CITAÇÃO Conceito Finalidade da Citação art. 396 do CPP FORMAS DE CITAÇÃO 1) Citação real realizada por

Leia mais

Gestão de Projetos e Processos

Gestão de Projetos e Processos Gestão de Projetos e Processos Metas do CNJ Professor Rafael Ravazolo www.acasadoconcurseiro.com.br Gestão de Projetos e Processos METAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA As Metas Nacionais do Poder Judiciário

Leia mais

Contraordenações Rodoviárias Advogados

Contraordenações Rodoviárias Advogados Francisco Marques Vieira Santa Maria da Feira 18 de setembro de 2015 Contraordenações Rodoviárias Advogados Defesa do Arguido Impugnação Judicial Recurso 2 Dinâmica do Processo Fiscalização Auto de notícia

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO PROVIMENTO Nº T2-PVC-2012/00012 DE 16 DE AGOSTO DE 2012.

PODER JUDICIÁRIO PROVIMENTO Nº T2-PVC-2012/00012 DE 16 DE AGOSTO DE 2012. PROVIMENTO Nº T2-PVC-2012/00012 DE 16 DE AGOSTO DE 2012. Dispõe sobre distribuição e redistribuição de feitos aos novos Gabinetes das Novas Turmas Recursais dos Juizados Especiais Federais na Segunda Região.

Leia mais

DOS ÓRGÃOS AUXILIARES DO PODER JUDICIÁRIO TRABALHISTA:

DOS ÓRGÃOS AUXILIARES DO PODER JUDICIÁRIO TRABALHISTA: DOS ÓRGÃOS AUXILIARES DO PODER JUDICIÁRIO TRABALHISTA: São também denominados de órgãos auxiliares do juiz e servem para dar sustentação a todos os órgãos judiciais. Amauri Mascaro Nascimento conclui:

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.153, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2009. Mensagem de veto Dispõe sobre os Juizados Especiais da Fazenda Pública no âmbito dos Estados,

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0000.15.033552-9/000 Númeração 0335529- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Audebert Delage Des.(a) Audebert Delage 18/08/2015 28/08/2015 EMENTA: CONFLITO

Leia mais

CERTIDÃO JUDICIAL CÍVEL

CERTIDÃO JUDICIAL CÍVEL PODER JUDICIARIO SISTEMA THEMIS pág. 1/2 CERTIDÃO JUDICIAL CÍVEL Certifico que, consultando os sistemas de informática do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Sul, encontrei os seguintes registros

Leia mais

PORTARIA 258 PGF, DE (DO-U DE )

PORTARIA 258 PGF, DE (DO-U DE ) PORTARIA 258 PGF, DE 13-4-2016 (DO-U DE 26-4-2016) O Ato em referência orienta a atuação dos órgãos de execução da PGF Procuradoria- Geral Federal em relação aos processos que tratem da concessão ou restabelecimento

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PIAUÍ ENCONTRO DE CONTROLADORES SOCIAIS

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PIAUÍ ENCONTRO DE CONTROLADORES SOCIAIS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PIAUÍ ENCONTRO DE CONTROLADORES SOCIAIS CONHECENDO O TCE-PI Jaylson Campelo Conselheiro Substituto Valença, fevereiro/2014 Conhecendo o Tribunal Considerações iniciais Dever

Leia mais

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS 1 Jurisdição 1.1 Introdução 1.2 Conceito e características 1.3 Divisão da jurisdição 1.4 Organização judiciária 2 Direito Processual Civil 2.1 Conceito e delimitação

Leia mais

Coordenação: Prof. Dr. Pedro Miranda de Oliveira 1º AULA: PARTE GERAL. Prof. Esp. Eduardo de Mello e Souza

Coordenação: Prof. Dr. Pedro Miranda de Oliveira 1º AULA: PARTE GERAL. Prof. Esp. Eduardo de Mello e Souza Coordenação: Prof. Dr. Pedro Miranda de Oliveira 1º AULA: PARTE GERAL Prof. Esp. Eduardo de Mello e Souza PROCESSO CIVIL CLÁSSICO NULLA EXECUTIO SINE TITULO Apenas o Processo de Conhecimento tem mérito

Leia mais

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A RPV. (Requisição de Pequeno Valor)

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A RPV. (Requisição de Pequeno Valor) BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A RPV (Requisição de Pequeno Valor) Hugo Soares Porto Fonseca O caput do art. 100 da Constituição Federal 1 determina que os pagamentos de valores devidos pelas Fazendas Federal,

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO Artigos 1.022 a 1.026 do Código de Processo Civil 1. Conceito Os embargos declaratórios são opostos contra qualquer decisão que contenha obscuridade, omissão,

Leia mais

JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS ESTADUAIS

JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS ESTADUAIS 1 Paula Junqueira Ematné* JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS ESTADUAIS RESUMO: Este texto trata sobre os Juizados Especiais Cíveis Estaduais, visando dar um esclarecimento maior sobre a lei 9.099/95, qual sua finalidade,

Leia mais

S E N T E N Ç A Tipo A

S E N T E N Ç A Tipo A S E N T E N Ç A Tipo A I-RELATÓRIO Cuida-se de ação sob o rito ordinário proposta por EDNILSON JOSÉ DE SANTANA contra o INSTITUTO BRASILEIRO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA, objetivando

Leia mais

SOBRESTAMENTO RICARF ART. 62-A, 1º

SOBRESTAMENTO RICARF ART. 62-A, 1º RICARF Art. 62-A Art. 62-A. As decisões definitivas de mérito, proferidas pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Superior Tribunal de Justiça em matéria infraconstitucional, na sistemática prevista pelos

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO A ação de alimentos é proposta, quando o autor precisa de pensão alimentícia com o objetivo de prover suas necessidades

Leia mais

REQUISIÇÃO DE DOCUMENTOS

REQUISIÇÃO DE DOCUMENTOS Data versão inicial: Data versão vigente: 1/6 Unidade de Aplicação: Promotorias de do MP-PR. Objetivo do Processo: Responsável(is) envolvido(s): Secretarias, assessorias e promotores de justiça. Cumprimento

Leia mais

Calendário: 02/10 II. Princípios do Direito Processual Tributário

Calendário: 02/10 II. Princípios do Direito Processual Tributário Mestrado: Forense Disciplina: Processo Tributário Docente: Carla Castelo Trindade (ccastelotrindade@gmail.com) Ano lectivo: 2014-2015 Semestre: 1º 18/09 Apresentação 25/09 I. Introdução Calendário: 02/10

Leia mais

Anexo II do Provimento 3/ CÍVEL SENTENÇA DE JULGAMENTO COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO (CÍVEL) :

Anexo II do Provimento 3/ CÍVEL SENTENÇA DE JULGAMENTO COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO (CÍVEL) : ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA CENTRO ADMINISTRATIVO GOVERNADOR VIRGÍLIO TÁVORA Av. Gal. Afonso Albuquerque de Lima s/n.º - Cambeba Fortaleza Ceará CEP 60.830-120 DDD (0**85)

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 5/2003

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 5/2003 INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 5/2003 Dispõe sobre o limite máximo mensal de encadernações e tiragem de cópias a serem extraídas pelo Setor de Reprografia e Xerox da Seção de Serviços Gerais. O Presidente do

Leia mais

Direito Processual Penal

Direito Processual Penal Direito Processual Penal Procedimento Comum e Ordinário Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Processual Penal PROCEDIMENTO COMUM E ORDINÁRIO LIVRO II Dos Processos em Espécie

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade

Sistema de Gestão da Qualidade PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 14 Lotação e Relotação Elaborado por: Aline Suzana Canto Pantoja

Leia mais

Carta de Serviços de TIC

Carta de Serviços de TIC Carta de Serviços de TIC Rio Grande do Norte - Maio/2013 Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte Secretaria de Tecnologia da Informação Carta de serviços de TIC - TRE/RN Rio Grande do Norte

Leia mais

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA SIMULADO 1: 1a Questão: A Consolidação das Leis do Trabalho autoriza que o Direito Processual Comum seja aplicado subsidiariamente ao Direito Processual

Leia mais

UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO - UCI AV. JOSÉ HUMÁRCIO CARLOS FERREIRA, S/N.º, CENTRO CAPÍTULO I

UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO - UCI AV. JOSÉ HUMÁRCIO CARLOS FERREIRA, S/N.º, CENTRO CAPÍTULO I UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO - UCI AV. JOSÉ HUMÁRCIO CARLOS FERREIRA, S/N.º, CENTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 001/2013 - UCI "Dispõe sobre o Manual de Normas e Procedimentos (MNP), uniformiza, disciplina

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010.

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. EMENTA: Regulamenta a concessão e o pagamento de auxílio funeral no

Leia mais

Autoritarismo do Código de Processo Penal de 1941 vs. Constituição Federal de Processo Penal...8. Sistema Acusatório...

Autoritarismo do Código de Processo Penal de 1941 vs. Constituição Federal de Processo Penal...8. Sistema Acusatório... Sumário Autoritarismo do Código de Processo Penal de 1941 vs. Constituição Federal de 1988...2 Contexto Político e Histórico... 2 Características da Constituição de 1937... 4 Código de Processo Penal de

Leia mais

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Altera o Código de Processo Civil, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 44129, de 28 de Dezembro de 1961, designadamente procedendo à introdução da regra de competência territorial

Leia mais

(Afeal ) COMPENSAÇÃO TRIBUTÁRIA

(Afeal ) COMPENSAÇÃO TRIBUTÁRIA (Afeal 27.11.2007) COMPENSAÇÃO TRIBUTÁRIA APRESENTAÇÃO Conceito e Fundamento Auto Compensação art. 66 da Lei n. 8.383/91 Compensação perante à SRF art. 74 da Lei n. 9.430/96 A criação do programa PER/DCOMP

Leia mais

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana PLANO DE CURSO DISCIPLINA: PROCESSO DE CONHECIMENTO (CÓD. ENEX 60123) ETAPA: 4ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências Textos,

Leia mais

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica.

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica. NORMA DE EXECUÇÃO/INCRA/Nº 14, DE 31 DE MAIO DE 2001 (Publicação: Diário Oficial n 110-E, de 7/6/2001, seção 1, pág. 123 e Boletim de Serviço n 24, de 11/6/2001) Estabelece procedimentos técnicos e administrativos

Leia mais

LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO.

LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO. LEI 12440/2011. ALTERAÇÃO NA CLT E NA LEI DE LICITAÇÃO. A lei nº 12.440, de 07 de julho de 2011, publicada no D.O.U do dia 08/07/2011 que acrescenta Título VII-A à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT),

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2009/02 DISCIPLINA: DIREITO CONSTITUCIONAL III PROFESSOR: SERGIO ROBERTO LEAL DOS SANTOS TURMA:

Leia mais

Manual de utilização do Sistema Hórus

Manual de utilização do Sistema Hórus Manual de utilização do Sistema Hórus Telas do Sistema: Objetivo: Introduzir o usuário ao ambiente do Sistema Hórus. Informações disponibilizadas: Significado da palavra Hórus ; Versão do sistema; Data

Leia mais

SUMÁRIO. Parte I: TEORIA GERAL DOS RECURSOS. Capítulo I Teoria geral dos recursos Modalidades recursais e competência legislativa...

SUMÁRIO. Parte I: TEORIA GERAL DOS RECURSOS. Capítulo I Teoria geral dos recursos Modalidades recursais e competência legislativa... SIGLAS... 25 INTRODUÇÃO... 27 Parte I: TEORIA GERAL DOS RECURSOS Capítulo I Teoria geral dos recursos... 31 1. Introdução e conceito... 31 2. Modalidades recursais e competência legislativa... 32 3. Características...

Leia mais

I - Objetivos Gerais:- Ensino do Direito Processual do Trabalho, enfocando a formação humanística com o

I - Objetivos Gerais:- Ensino do Direito Processual do Trabalho, enfocando a formação humanística com o Plano de Ensino Disciplina: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Curso: DIREITO Código: Série: 4ª Obrigatória ( X ) Optativa ( ) CH Teórica: 34 CH Prática: 34 CH Total:68 I - Objetivos Gerais:- Ensino do Direito

Leia mais

Nº PORTO ALEGRE

Nº PORTO ALEGRE APELAÇÃO E REEXAME NECESSÁRIO. DIREITO TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. CERTIDÃO POSITIVA COM EFEITO DE NEGATIVA. DEVE SER AUTORIZADA A EXPEDIÃO DE CERTIDÃO POSITIVA COM EFEITO DE NEGATIVA, EM RAZÃO DA

Leia mais

Sucintamente relatados, decido.

Sucintamente relatados, decido. Requerente: JOÃO CÂNDIDO PORTINARI Requerido: NELSON MARCIO NIRENBERG Trata-se de ação cautelar, com pedido de concessão de efeito suspensivo a recurso especial. Sustenta estarem presentes os requisitos

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: TEMAS EMERGENTES DE DIREITO PENAL PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 9ºEN SETOR PEDAGÓGICO Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. UNIDADES

Leia mais

RELATÓRIO DA OUVIDORIA REGIONAL ELEITORAL DO ESPÍRITO SANTO ORE PERÍODO JANEIRO A MARÇO DE 2013 VITÓRIA ES

RELATÓRIO DA OUVIDORIA REGIONAL ELEITORAL DO ESPÍRITO SANTO ORE PERÍODO JANEIRO A MARÇO DE 2013 VITÓRIA ES RELATÓRIO DA OUVIDORIA REGIONAL ELEITORAL DO ESPÍRITO SANTO ORE PERÍODO JANEIRO A MARÇO DE 2013 VITÓRIA ES 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 2. OBJETIVO 04 3. ATENDIMENTOS DA OUVIDORIA JANEIRO A MARÇO DE 2013 04

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

Meta 5 de 2014 Justiça Federal e Justiça do Trabalho

Meta 5 de 2014 Justiça Federal e Justiça do Trabalho Meta 5 de 2014 Justiça Federal e Justiça do Trabalho Reduzir o congestionamento, em relação à taxa média de 2013 e 2012, na fase de cumprimento de sentença e de execução: em 10% quanto às execuções não

Leia mais

Segmento de Justiça Federal 18 de outubro de 2016 Brasília/DF

Segmento de Justiça Federal 18 de outubro de 2016 Brasília/DF 2ª Reunião Preparatória Segmento de Justiça Federal 18 de outubro de 2016 Brasília/DF Meta 1 - Produtividade Forma de aferição: CELERIDADE E PRODUTIVIDADE NA PRESTAÇÃO JURISDICONAL Julgar quantidade maior

Leia mais

O NOVO MODELO DE EXECUÇÃO FISCAL

O NOVO MODELO DE EXECUÇÃO FISCAL O NOVO MODELO DE EXECUÇÃO FISCAL EXECUÇÃO FISCAL Legislação aplicável: Lei 6.830/80 e aplicação subsidiária do CPC. OBJETIVOS DA LEI 6.830/80: Regular a execução judicial para a cobrança da dívida ativa

Leia mais

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N o 118, DE 2015 (Do Sr. Adilton Sachetti) Autoriza, nos termos do 3º do art. 231 da Constituição Federal, o aproveitamento

Leia mais

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização INSTRUÇÃO NORMATIVA 007/2014 DISPÕE SOBRE O MANUAL DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA DO MUNICÍPIO DE LAGES Considerando a necessidade de promover agilidade

Leia mais

Justiça Federal. E-proc. Sistema de Processo Eletrônico

Justiça Federal. E-proc. Sistema de Processo Eletrônico E-proc Sistema de Processo Eletrônico E-proc - Processo Eletrônico Cordenador Juiz Federal Sérgio Tejada Garcia tejada@trf4.gov.br Secrfetário do CJF Francisco Paulo Lopes fran@cjf.gov.br Coordenação Técnica

Leia mais

LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001.

LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001. LEI Nº 10.259, DE 12 DE JULHO DE 2001. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Dispõe sobre a instituição dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais no âmbito da Justiça Federal. Faço saber que o Congresso Nacional

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO QUINTA CÂMARA CRIMINAL CORREIÇÃO PARCIAL PROCESSO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO QUINTA CÂMARA CRIMINAL CORREIÇÃO PARCIAL PROCESSO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO QUINTA CÂMARA CRIMINAL CORREIÇÃO PARCIAL PROCESSO 0065537-84.2013.8.19.0000 RECLAMANTE: CARLOS ALBERTO SIMÕES RECLAMADO: JUÍZO DE DIREITO DA SEGUNDA VARA

Leia mais

1 - PROCESSO COLETIVO E SUAS PECULIARIDADES

1 - PROCESSO COLETIVO E SUAS PECULIARIDADES RESUMO DE EMENTAS 1 - PROCESSO COLETIVO E SUAS PECULIARIDADES 1. Análise das principais ações coletivas e sua aplicabilidade no cotidiano Forense. 2. As ações coletivas e a sua legitimidade. 3. As ações

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARAS. Secretaria Municipal de Administração Coordenadoria de Compras Telefone: REPUBLICADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARAS. Secretaria Municipal de Administração Coordenadoria de Compras Telefone: REPUBLICADO REPUBLICADO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2010 PREÂMBULO Interessado: Secretaria Municipal de Comunicação Social e Institucional. Referência: Chamamento nº. 001/2010. Objeto resumido: Inscrição de

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS INTRODUÇÃO GERAL... 21

SUMÁRIO PARTE I PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS INTRODUÇÃO GERAL... 21 SUMÁRIO PARTE I PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS... 19 INTRODUÇÃO GERAL... 21 CAPÍTULO I PETIÇÃO INICIAL DE AÇÃO PELO RITO ORDINÁRIO... 23 1. Considerações gerais... 23 2. Elementos da ação... 24 2.1. Partes...

Leia mais

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil...

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... sumário Parte i execução Fiscal Art. 1 o... 3 1.1. Legitimidade Ativa... 3 1.2. Execução Fiscal contra a Fazenda Pública... 6 1.3. Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... 7 Art. 2 o... 8 2.1.

Leia mais

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO Parecer CGM nº 006/2016 Solicitante: Departamento de Licitação Expediente: Processo Licitatório nº TP010/2015 Modalidade: Tomada de Preço Tratam os autos de

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara INSTRUÇÃO NORMATIVA STB SISTEMA DE TRIBUTOS / DIVIDA ATIVA Nº. 002/2010 Versão: 01 Aprovação em: 23/12/2010 Ato de aprovação: Decreto n.º 2895/2010 Unidade Responsável: Secretaria Municipal de Finanças/

Leia mais

Altera a Lei nº ,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos.

Altera a Lei nº ,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos. GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Gabinete Civil da Governadoria Superintendência de Legislação LEI Nº 16.653, DE 23 DE JULHO DE 2009 Altera a Lei nº 13.569,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência

Leia mais

PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013.

PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Publicado no DOM Nº 2655 de 27/11/2013 PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Disciplina o procedimento de indeferimento de opção e de exclusão de ofício ao Regime Especial Unificado

Leia mais

PROVIMENTO N.º 2/2013. (Juízo de Execução

PROVIMENTO N.º 2/2013. (Juízo de Execução PROVIMENTO N.º 2/2013 (Juízo de Execução de Ovar) Considerando a entrada em vigor no pretérito dia 1 de setembro do novo Código de Processo Civil, aprovado em anexo à Lei n.º 41/2013, de 26 de junho, que

Leia mais

SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 962/16 - PGJ, 27 DE ABRIL DE 2016 (Protocolado nº /16)

SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 962/16 - PGJ, 27 DE ABRIL DE 2016 (Protocolado nº /16) SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 962/16 - PGJ, 27 DE ABRIL DE 2016 (Protocolado nº 52.586/16) Reorganiza as Subprocuradorias-Gerais de Justiça, extingue a Subprocuradoria-Geral

Leia mais

LEI Nº DE 06 DE FEVEREIRO DE 1997

LEI Nº DE 06 DE FEVEREIRO DE 1997 LEI Nº 7.033 DE 06 DE FEVEREIRO DE 1997 Dispõe sobre o Sistema Estadual de Juizados Especiais Cíveis e Criminais e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, faço saber que a Assembléia Legislativa

Leia mais

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11)

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11) NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO - Direito Individual do Trabalho - (aula 11/11) CUSTÓDIO NOGUEIRA Advogado militante especializado em Direito Civil e Processo Civil; Sócio da Tardem e Nogueira Assessoria

Leia mais