GET GESTÃO DE ENERGIA TÉRMICA Lda.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GET GESTÃO DE ENERGIA TÉRMICA Lda."

Transcrição

1 1

2 Dados climáticos de referência para a região do Porto: Inverno: Região climática I1, número de graus dias = 1610 (º dias), duração da estação de aquecimento = 6,7 meses. Verão: Região climática V1, Temperatura exterior de projecto = 30 ºC, Amplitude térmica diária = 9 ºC. 2

3 0 3

4 A utilização da inércia térmica interior de um edifício aumenta a sua eficiência energética tanto mais quanto maior for a amplitude térmica diária da região onde for construído o edifício. A Inércia Térmica Interior I t de um edifício corresponde à maior ou menor capacidade que os elementos interiores e da envolve interior e exterior bem como dos outros elementos interiores têm, em captar e armazenar o calor em excesso, do ambiente interior, que entrou do exterior por condução, através dos elementos da envolvente exterior e em particular por radiação, através dos vãos envidraçados, e devolver umas horas mais tarde essa energia armazenada ao ambiente. O valor de I t depende fundamentalmente dos elementos interiores com massa elevada e sem qualquer camada isolante (situação vulgar em paredes interiores). No que se refere aos elementos constituintes da face exterior da envolvente exterior, o maior contributo virá dos materiais de construção com elevada massa (isolamento capacitivo) e das camadas isolantes resistivas (capoto) localizadas junto da face externa, de forma a impedir que a massa interior (mi) não aqueça pelo lado exterior. BALANÇO ENERGÉTICO DE UMA PAREDE EXTERIOR Exterior Interior Este aspecto, será especialmente relevante nas fachadas orientadas a Sul, Nascente e Poente e evidentemente nas coberturas. 4

5 Os isolamentos térmicos resistivos. Comparações entre espessuras. Normalmente a espessura do isolamento térmico que se utiliza na região do Porto, é a equivalente a cerca de 75 mm de lã de vidro, para paredes, e 100 mm para coberturas, (sem contudo ser este o material mais indicado para o efeito). Os isolamentos térmicos mais indicados são aqueles que são insensíveis à humidade como por exemplo as placas de poliestireno extrudido, e a espuma de poliuretano, pelo que seguidamente se apresenta uma tabela comparativa entre as respectivas espessuras. Consideremos uma manta de lã de vidro que tem uma resistência térmica R = 2 m² ºC/W com uma espessura de 75 mm. Comparativamente, para a mesma resistência térmica R = 2 m² ºC/W, as espessuras necessárias para outros tipos de isolamento, são as seguintes: 5

6 75 mm de lã de vidro equivalem a: 54 mm de espuma de poliuretano 65 mm de PVC (Policloreto de vinil) 67 mm de poliestireno extrudido 83 mm de poliestireno expandido 85 mm de lã de rocha 93 mm de cortiça 120 mm de vermiculite ou perlite 127 mm de fibras de madeira ou madeira 350 mm de betão (isolamento capacitivo) 600 mm de granito (isolamento capacitivo) As fachadas orientadas a Norte, pelo facto de não estarem sujeitas à incidência directa do Sol, serão sempre, entre as paredes exteriores e em igualdade de circunstâncias, as que fornecem maior contributo para a Inércia Térmica Interior. A existência de revestimentos na face interior das paredes tectos e dos pavimentos com características isolantes será penalizadora para o respectivo contributo para a Inércia Térmica, visto que impede a passagem de calor para a laje que lhe serve de base. A quantificação da Inércia Térmica faz-se, segundo o RCCTE, com base na consideração das massas superficiais úteis (M i ) dos vários elementos que constituem a construção (paredes exteriores, pavimentos e coberturas). Os valores de Mi resultam da consideração da massa dos elementos e da localização dos isolantes, caso existam, de acordo com o que se define no ponto 3 do ANEXO VI do RCCTE, adoptando regras simplificadas que passam por não levar em conta, no caso dos elementos da envolvente exterior, a orientação das fachadas e fixando limites máximos para M i de 150 kg/ m 2 para o caso dos elementos da envolvente e 300 kg /m 2 para o caso dos elementos interiores. Enumeram-se seguidamente algumas medidas de carácter geral relativas à organização e características dos elementos construtivos dos edifícios, com vista a tirar o melhor partido da massa, isolamentos e insolação no Verão e no Inverno. a) As paredes exteriores e coberturas devem ser pesadas, com a incorporação de camadas de isolamento térmico pelo exterior, junto à face externa. As paredes interiores devem possuir massa elevada, sem revestimentos isolantes. 6

7 Esta concepção conduz a um bom contributo para a Inércia Térmica, visto que o isolamento impede o aquecimento pela face externa, aumentando o potencial da absorção de calor interior, especialmente nas coberturas e nas fachadas a Sul, Nascente e Poente, onde a incidência da radiação solar no Verão é especialmente intensa. A localização das camadas isolantes, junto à face externa das paredes e coberturas exteriores, minimiza o risco de condensações internas, especialmente nas soluções de coberturas em terraço em que a camada impermeabilizante se localiza sob o isolamento. Quanto aos elementos interiores, é desejável que tenham massa elevada e não disponham de revestimentos com características d isolamento térmico, de forma a potenciar ao máximo a sua capacidade de armazenamento de energia térmica. O facto de se tratar de elementos preservados do aquecimento pelo exterior, permite que toda ou parte da sua massa possa ser considerada como sendo capaz de absorver o calor dissipado no interior. O RCCTE estabelece para cada um dos elementos interiores às fracções autónomas um máximo de 300 kg/m 2 e no caso dos elementos interiores, que separam zonas independentes, (paredes ou pavimentos) a sua participação por ambas as faces (2x150 kg/m 2 ). O RCCTE estabelece ainda que se considere apenas 0,5 de M i, para as situações de revestimentos com resistência térmica situada entre 0,14 e 0,30 m 2 ºC/W, os quais são correntemente utilizados nos pavimentos, provocando uma obstrução significativa, à absorção do calor. Já no que se refere ao Inverno, para situações de ocupação permanente, a localização das camadas de isolante não têm relevância em termos da quantificação das perdas térmicas, uma vez que a amplitude térmica diária durante esta estação de aquecimento é pequena. b) Boa ventilação dos elementos da envolvente e adopção de cores claras nos revestimentos exteriores, com especial relevância para as coberturas As coberturas são os elementos da envolvente exterior em que, no Verão, a insolação é mais intensa e persistente e como tal, são especialmente 7

8 responsáveis, a par dos vãos envidraçados, pelo sobreaquecimento do ambiente interior dos edifícios, durante a estação de arrefecimento. Acentua-se neste contexto, a sua especial importância em edifícios com poucos pisos em que, a cobertura afecta toda ou uma grande percentagem da área utilizável, como é o caso das construções unifamiliares e dum modo particular os edifícios escolares, onde as actividades se desenvolvem em período diurno e há necessidade duma boa iluminação natural, só possível, dum modo geral, com a adopção de protecções solares nos envidraçados pouco eficazes. Nestas condições há toda a vantagem na adopção de coberturas com ventilação acentuada e revestimentos de cores claras. Esta atitude, contribuirá também, no caso de coberturas em terraço, para diminuir os gradientes térmicos nas telas de impermeabilização e assim aumentar a sua durabilidade. Durante o período de Verão as orientações dos envidraçados a Nascente e Poente são especialmente nefastas, dado que as inclinações pronunciadas, relativamente à vertical, conduzem à invasão dos compartimentos com elevados ganhos solares. Já no que se refere à orientação a Sul, no período de Verão os ganhos solares não são tão penalizantes, pelo facto de o Sol ao meio-dia se encontrar muito próximo da vertical. 8

9 AS ESTAÇÕES DO ANO E A INCLINAÇÃO DOS RAIOS SOLARES No que se refere ao Inverno, as coisas mudam de figura na medida em que só as cargas térmicas resultantes da incidência do Sol nos envidraçados orientados a Sul, é que são suficientemente significativas, dada a intensidade da radiação solar ao meio-dia e a sua grande inclinação, como se pode observar nas figuras anteriores. 9

10 Deste modo é sempre desejável que a maioria dos envidraçados se localize nas fachadas orientadas para o quadrante Sul, evitando os envidraçados a Nascente e Poente. Alguns envidraçados, com área reduzida a Norte, são convenientes para se poder tirar partido de uma ventilação transversal durante o Verão, no sentido de amenizar as temperaturas interiores. A associação de protecções solares aos envidraçados, palas, persianas com lâminas reguláveis, toldos, etc. podem optimizar a gestão da energia através dos envidraçados a Sul. A Nascente e Poente a adopção de palas para protecção solar não têm grande eficácia, dada a acentuada inclinação do Sol. 10

11 Alfredo Costa Pereira ( 11

Ficha de trabalho Workshop do curso de Peritos RCCTE da UFP

Ficha de trabalho Workshop do curso de Peritos RCCTE da UFP Ficha de trabalho Workshop do curso de Peritos RCCTE da UFP 1ª) Qual a área mínima de colectores solares padrão que segundo o RCCTE se devem obrigatoriamente colocar num edifício de habitação multifamiliar

Leia mais

ASPECTOS CONSTRUTIVOS DA REABILITAÇÃO ENERGÉTICA DOS EDIFÍCIOS

ASPECTOS CONSTRUTIVOS DA REABILITAÇÃO ENERGÉTICA DOS EDIFÍCIOS Auditório José Silvestre do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve continuação ASPECTOS CONSTRUTIVOS DA REABILITAÇÃO ENERGÉTICA DOS EDIFÍCIOS Susana Fernandes Oz, Lda. A reabilitação

Leia mais

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS Vasco Peixoto de Freitas Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-1 www.patorreb.com Estrutura do Site Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-2

Leia mais

Contribuição das Argamassas para a Eficiência Energética dos Edifícios

Contribuição das Argamassas para a Eficiência Energética dos Edifícios Contribuição das Argamassas para a Eficiência Energética dos Edifícios SEMINÁRIO Eficiência energética e arquitectura solar passiva: exemplos de aplicação JOÃO SANTA RITA Universidade do Minho, Guimarães

Leia mais

6. CAPÍTULO 6 CASO DE ESTUDO

6. CAPÍTULO 6 CASO DE ESTUDO Análise do Comportamento Térmico de Construções não Convencionais através de Simulação em VisualDOE 6. CAPÍTULO 6 CASO DE ESTUDO 6.1. INTRODUÇÃO AO CASO DE ESTUDO O Caso de Estudo proposto é a análise

Leia mais

1.- SISTEMA ENVOLVENTE...

1.- SISTEMA ENVOLVENTE... ÍNDICE.- SISTEMA ENVOLVENTE.....- Pavimentos em contacto com o terreno......- Lajes térreas.....- Fachadas......- Parte opaca das fachadas......- Aberturas em fachada.....- Paredes meeiras... 5..- Coberturas...

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AVENIDA DE ROMA, 31 A 31D, 1ºP4 Localidade LISBOA.

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AVENIDA DE ROMA, 31 A 31D, 1ºP4 Localidade LISBOA. Válido até 15/10/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada AVENIDA DE ROMA, 31 A 31D, 1ºP4 Localidade LISBOA Freguesia AREEIRO Concelho LISBOA GPS 38.745097, -9.139833 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

ifelt Introdução Ibérica Feltros A IbéricaFeltros Feltros Industriais, Lda., é uma empresa que iniciou a sua actividade em Maio de 2000.

ifelt Introdução Ibérica Feltros A IbéricaFeltros Feltros Industriais, Lda., é uma empresa que iniciou a sua actividade em Maio de 2000. Introdução A IbéricaFeltros Feltros Industriais, Lda., é uma empresa que iniciou a sua actividade em Maio de 2000. Esta Empresa tem a sua origem na Jomafil, e com os conhecimentos adquiridos ao longo de

Leia mais

Agradecimentos... I Resumo... III Abstract... IV Índice... V Índice de figuras... X Índice de gráficos... XXII Abreviaturas... XXIII Glossário...

Agradecimentos... I Resumo... III Abstract... IV Índice... V Índice de figuras... X Índice de gráficos... XXII Abreviaturas... XXIII Glossário... ÍNDICE Agradecimentos... I Resumo... III Abstract... IV Índice... V Índice de figuras... X Índice de gráficos... XXII Abreviaturas... XXIII Glossário... XXIV CAPÍTULO 1 1.1. - Introdução... 1 1.2. - Metodologia

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DE ENTRECAMPOS, 54, 2 D Localidade LISBOA. Freguesia ALVALADE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DE ENTRECAMPOS, 54, 2 D Localidade LISBOA. Freguesia ALVALADE Válido até 15/10/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DE ENTRECAMPOS, 54, 2 D Localidade LISBOA Freguesia ALVALADE Concelho LISBOA GPS 38.747347, -9.146952 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do

Leia mais

1.- SISTEMA ENVOLVENTE...

1.- SISTEMA ENVOLVENTE... ÍNDICE.- SISTEMA ENVOLVENTE.....- Envolvente exterior......- Fachadas.....- Muros abaixo da rasante.....- Pavimentos......- Lajes térreas.....- Coberturas......- Coberturas planas....5.- Aberturas verticais....-

Leia mais

Evento REABILITAÇÃO ENERGETICAMENTE EFICIENTE DE EDIFÍCIOS URBANOS. Termografia. Técnicas de Inspecçãoe Avaliação do Desempenho de Edifícios

Evento REABILITAÇÃO ENERGETICAMENTE EFICIENTE DE EDIFÍCIOS URBANOS. Termografia. Técnicas de Inspecçãoe Avaliação do Desempenho de Edifícios Evento REABILITAÇÃO ENERGETICAMENTE EFICIENTE DE EDIFÍCIOS URBANOS Técnicas de Inspecçãoe Avaliação do Desempenho de Edifícios Termografia Inês Simões www.itecons.uc.pt O que é a termografia infravermelha?

Leia mais

SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS PRÓ-EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E CONFORTO TÉRMICO

SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS PRÓ-EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E CONFORTO TÉRMICO António Curado SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS PRÓ-EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E CONFORTO TÉRMICO Índice 1. ENERGIA E CONFORTO TÉRMICO 2. SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS REGULAMENTARES 2.1. REQUISITOS DE DESEMPENHO 2.2. FACHADAS

Leia mais

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS TERMOGRAFIA

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS TERMOGRAFIA Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS Técnicas de Inspecção e Avaliação do Desempenho de Edifícios Inês Simões

Leia mais

Desempenho térmico. Paredes e Coberturas

Desempenho térmico. Paredes e Coberturas Desempenho térmico Paredes e Coberturas ECV 5161: Desempenho térmico de Edificações Engenharia Civil Prof. Roberto Lamberts (elaborado por Juliana Batista) Transferência de calor T1 > T2 q T1 T2 T1 = T2

Leia mais

CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS

CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS LISBOA, JULHO 2016 SISTEMA CONSTRUTIVO CLT - CONCEITO CARACTERÍSTICAS GERAIS ESTRATOS ORTOGONAIS ESPÉCIES RESINOSAS COLA EM POLIURETANO

Leia mais

COMPONENTES DE EDIFÍCIOS Aspectos de segurança e resistência mecânica do vidro. Índice

COMPONENTES DE EDIFÍCIOS Aspectos de segurança e resistência mecânica do vidro. Índice COMPONENTES DE EDIFÍCIOS Aspectos de segurança e resistência mecânica do vidro Índice 1 INTRODUÇÃO... 1 1.1 - Aspectos gerais... 1 1.2 Vidro... 2 1.2.1 - Vidro na construção... 2 1.2.2 - Vidro temperado...

Leia mais

Gestão de Energia e Incorporação de Soluções Eficientes em Residências de Estudantes

Gestão de Energia e Incorporação de Soluções Eficientes em Residências de Estudantes Gestão de Energia e Incorporação de Soluções Eficientes em Residências de Estudantes Bolsa de Integração à Investigação Bolseiro: Rui Rafael Braga Rodrigues Ribeiro Professor Coordenador: Prof. Doutor

Leia mais

Envolvente na Eficiência Energética dos Edifícios

Envolvente na Eficiência Energética dos Edifícios Envolvente na Eficiência Energética dos Edifícios Laura Aelenei 21 Dezembro 2011 Índice Envolvente Processos térmicos. Balanços energéticos pela envolvente Eficiência Energética Soluções/Sistemas Passivos

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DE PONTELHAS, 154, 1º DRT Localidade LEÇA DO BALIO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DE PONTELHAS, 154, 1º DRT Localidade LEÇA DO BALIO Válido até 19/09/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DE PONTELHAS, 154, 1º DRT Localidade LEÇA DO BALIO Freguesia CUSTÓIAS, LEÇA DO BALIO E GUIFÕES Concelho MATOSINHOS GPS 41.223490, -8.641373 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO 1. Para determinar a porosidade aberta de uma pedra calcária, utilizou-se um provete com as dimensões de 7.1 7.1 7.1 cm 3. Determinou-se a massa no estado

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AV. WENCESLAU BALSEIRO GUERRA,, 115, 3º B Localidade PAREDE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AV. WENCESLAU BALSEIRO GUERRA,, 115, 3º B Localidade PAREDE Válido até 11/06/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada AV. WENCESLAU BALSEIRO GUERRA,, 115, 3º B Localidade PAREDE Freguesia CARCAVELOS E PAREDE Concelho CASCAIS GPS 38.688617, -9.434011 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada CASARÃO CINZENTO - CALDAS DE MONCHIQUE,, Localidade CALDAS DE MONCHIQUE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada CASARÃO CINZENTO - CALDAS DE MONCHIQUE,, Localidade CALDAS DE MONCHIQUE Válido até 21/02/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada CASARÃO CINZENTO - CALDAS DE MONCHIQUE,, Localidade CALDAS DE MONCHIQUE Freguesia MONCHIQUE Concelho MONCHIQUE GPS 37.284644, -8.555011 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DA COSTA, Nº213, Localidade LEIRIA. Freguesia MARRAZES E BAROSA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DA COSTA, Nº213, Localidade LEIRIA. Freguesia MARRAZES E BAROSA Válido até 15/06/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DA COSTA, Nº213, Localidade LEIRIA Freguesia MARRAZES E BAROSA Concelho LEIRIA GPS 39.784620, -8.777592 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL 2 ª Conservatória

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA CARLOS MALHEIRO DIAS, 128, 2º Localidade PORTO.

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA CARLOS MALHEIRO DIAS, 128, 2º Localidade PORTO. Válido até 02/03/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA CARLOS MALHEIRO DIAS, 128, 2º Localidade PORTO Freguesia BONFIM Concelho PORTO GPS 41.160805, -8.594971 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AV. WENCESLAU BALSEIRO GUERRA,, 115, 1º A Localidade PAREDE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AV. WENCESLAU BALSEIRO GUERRA,, 115, 1º A Localidade PAREDE Válido até 11/06/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada AV. WENCESLAU BALSEIRO GUERRA,, 115, 1º A Localidade PAREDE Freguesia CARCAVELOS E PAREDE Concelho CASCAIS GPS 38.688617, -9.434011 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS ESQUEMA P/ EXPLICAÇÃO DOS MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS SECAS

MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS ESQUEMA P/ EXPLICAÇÃO DOS MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS SECAS MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS ESQUEMA P/ EXPLICAÇÃO DOS MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS SECAS MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS SECAS MECANISMOS DE TROCAS TÉRMICAS ÚMIDAS MECANISMOS

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada R CAIXINHAS, 3 Localidade ÁGUAS DE MOURA. Freguesia POCEIRÃO E MARATECA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada R CAIXINHAS, 3 Localidade ÁGUAS DE MOURA. Freguesia POCEIRÃO E MARATECA Válido até 07/11/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada R CAIXINHAS, 3 Localidade ÁGUAS DE MOURA Freguesia POCEIRÃO E MARATECA Concelho PALMELA GPS 38.569802, -8.797152 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA RAMPA DO SOL FERIAS, LOTE 42, Localidade CARVOEIRO LGA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA RAMPA DO SOL FERIAS, LOTE 42, Localidade CARVOEIRO LGA Válido até IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA RAMPA DO SOL FERIAS, LOTE 42, Localidade CARVOEIRO LGA Freguesia LAGOA E CARVOEIRO Concelho LAGOA (ALGARVE) GPS 37.104015, -8.468175 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

DEFINIÇÃO DO CONCEITO DE AVALIAÇÃO EXIGENCIAL E DE NÍVEIS DE QUALIDADE TÉRMICA CAPÍTULO 4

DEFINIÇÃO DO CONCEITO DE AVALIAÇÃO EXIGENCIAL E DE NÍVEIS DE QUALIDADE TÉRMICA CAPÍTULO 4 DEFINIÇÃO DO CONCEITO DE AVALIAÇÃO EXIGENCIAL E DE NÍVEIS DE QUALIDADE TÉRMICA CAPÍTULO 4 DEFINIÇÃO DO CONCEITO DE AVALIAÇÃO EXIGENCIAL E DE NÍVEIS DE QUALIDADE TÉRMICA 27 CAPÍTULO 4 ÍNDICE 4. DEFINIÇÃO

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA VERA CRUZ, 1C, 2º Localidade PORTO. Freguesia BONFIM

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA VERA CRUZ, 1C, 2º Localidade PORTO. Freguesia BONFIM Válido até 24/12/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA VERA CRUZ, 1C, 2º Localidade PORTO Freguesia BONFIM Concelho PORTO GPS 41.148140, -8.591561 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo Predial

Leia mais

ISOLAMENTO DE TELHADOS COM ESPUMA DE POLIURETANO

ISOLAMENTO DE TELHADOS COM ESPUMA DE POLIURETANO ISOLAMENTO DE TELHADOS COM ESPUMA DE POLIURETANO A Aplitek desenvolveu no Brasil uma tecnologia para recuperação e isolamento de telhados, esta extraordinária solução teve sucesso no mundo nos últimos

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada TAVAGUEIRA,, Localidade GUIA ABF. Freguesia GUIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada TAVAGUEIRA,, Localidade GUIA ABF. Freguesia GUIA Válido até 08/07/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada TAVAGUEIRA,, Localidade GUIA ABF Freguesia GUIA Concelho ALBUFEIRA GPS 37.124160, -8.284615 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo Predial

Leia mais

Questões Tipo Cálculo dos coeficientes b tr, traçado das

Questões Tipo Cálculo dos coeficientes b tr, traçado das Questão 1 Considere as plantas, alçados e cortes (à escala 1:100) bem como os pormenores construtivos (sem escala) anexos a este enunciado correspondentes a uma moradia a ser construída numa zona rural

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo Predial de LAGOS

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo Predial de LAGOS Válido até 14/02/2027 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada URB. QUINTA DA BOAVISTA, LOTE 44, BLOCO 2, MORADIA 8 Localidade LAGOS Freguesia LAGOS (SÃO SEBASTIÃO E SANTA MARIA) Concelho LAGOS GPS 37.100791, -8.704519

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada URB. VARANDAS DE BENGIL, Nº 1, Localidade LAGOA. Freguesia LAGOA E CARVOEIRO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada URB. VARANDAS DE BENGIL, Nº 1, Localidade LAGOA. Freguesia LAGOA E CARVOEIRO Válido até 08/04/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada URB. VARANDAS DE BENGIL, Nº 1, Localidade LAGOA Freguesia LAGOA E CARVOEIRO Concelho LAGOA (ALGARVE) GPS 37.087250, -8.427513 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Isolamento. de Coberturas. Saiba mais sobre

Isolamento. de Coberturas. Saiba mais sobre Isolamento de Coberturas Saiba mais sobre 1 ENQUADRAMENTO TIPOS DE COBERTURAS CONSTRUÍDAS EM PORTUGAL As coberturas são fundamentais para o conforto de uma habitação e responsáveis por ganhos e perdas

Leia mais

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS SIMULAÇÃO DINÂMICA

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS SIMULAÇÃO DINÂMICA Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS Técnicas de Inspecção e Avaliação do Desempenho de Edifícios Rosário Fino

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, 3ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, 3ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA Válido até 11/02/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CHOUPELO, 811, 3ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA Freguesia VILA NOVA DE GAIA (SANTA MARINHA) Concelho VILA NOVA DE GAIA GPS 41.070000, -8.360000

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de 2005 www.construlink.com CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS - PAREDES SIMPLES A necessidade

Leia mais

O Edifício Solar XXI um exemplo de sustentabilidade na construção. João Mariz Graça, Arq.

O Edifício Solar XXI um exemplo de sustentabilidade na construção. João Mariz Graça, Arq. O Edifício Solar XXI um exemplo de sustentabilidade na construção João Mariz Graça, Arq. joao.mariz@lneg.pt Introdução conceito de sustentabilidade Bom desempenho Ambiental ciclo de vida do edifício; Fase

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DA MATERNIDADE, 50, Localidade PORTO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DA MATERNIDADE, 50, Localidade PORTO Válido até 17/12/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DA MATERNIDADE, 50, Localidade PORTO Freguesia CEDOFEITA,ILDEFONSO,SÉ,MIRAGAIA,NICOLAU,VITÓRIA Concelho PORTO GPS 41.152400, -8.619980 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada CERCA DE BARRACÕES Localidade SANTA LUZIA ORQ

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada CERCA DE BARRACÕES Localidade SANTA LUZIA ORQ Válido até 15/03/2027 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada CERCA DE BARRACÕES Localidade SANTA LUZIA ORQ Freguesia GARVÃO E SANTA LUZIA Concelho OURIQUE GPS 37.724115, -8.403715 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO MOREIRA, 302, 2º ESQ Localidade PORTO.

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO MOREIRA, 302, 2º ESQ Localidade PORTO. Válido até 09/05/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO MOREIRA, 302, 2º ESQ Localidade PORTO Freguesia BONFIM Concelho PORTO GPS 41.153169, -8.599896 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo

Leia mais

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR Nº CER CE0000039148429 CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR TIPO DE FRACÇÃO/EDIFÍCIO: EDIFÍCIO DE HABITAÇÃO SEM SISTEMA(S) DE CLIMATIZAÇÃO Morada / Localização Rua Quinta

Leia mais

GAMA XPS. PRODUTOS E APLICAÇÕES Isolamento térmico de edifícios Poliestireno extrudido (XPS)

GAMA XPS. PRODUTOS E APLICAÇÕES Isolamento térmico de edifícios Poliestireno extrudido (XPS) PRODUTOS E APLICAÇÕES Isolamento térmico de edifícios Poliestireno extrudido (XPS) GAMA XPS Maio 2017 GAMA XPS O poliestireno extrudido EFYOS proporciona um isolamento térmico ótimo contra o frio e o calor,

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DR. JOÃO BAPTISTA JACQUET, LOTE 25,, Localidade PAREDE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DR. JOÃO BAPTISTA JACQUET, LOTE 25,, Localidade PAREDE Válido até 23/02/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DR. JOÃO BAPTISTA JACQUET, LOTE 25,, Localidade PAREDE Freguesia CARCAVELOS E PAREDE Concelho CASCAIS GPS 38.688815, -9.341953 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DR. JOÃO BAPTISTA JACQUET, LOTE 25,, Localidade PAREDE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DR. JOÃO BAPTISTA JACQUET, LOTE 25,, Localidade PAREDE Válido até 23/02/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DR. JOÃO BAPTISTA JACQUET, LOTE 25,, Localidade PAREDE Freguesia CARCAVELOS E PAREDE Concelho CASCAIS GPS 38.688815, -9.341953 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

LSF. É mais do que um método construtivo... É um conceito de habitação totalmente novo! Convidamo-lo a conhecer todas as vantagens.

LSF. É mais do que um método construtivo... É um conceito de habitação totalmente novo! Convidamo-lo a conhecer todas as vantagens. LSF É mais do que um método construtivo... É um conceito de habitação totalmente novo! Convidamo-lo a conhecer todas as vantagens. Segurança Segurança Segurança Segurança Conforto Conforto Conforto Conforto

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada SÍTIO DO FUNCHAL,, Localidade LAGOS

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada SÍTIO DO FUNCHAL,, Localidade LAGOS Válido até 02/03/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada SÍTIO DO FUNCHAL,, Localidade LAGOS Freguesia LAGOS (SÃO SEBASTIÃO E SANTA MARIA) Concelho LAGOS GPS 37.111662, -8.705533 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Complexos Escolares. Exemplos de Eficiência Energética

Complexos Escolares. Exemplos de Eficiência Energética Complexos Escolares Exemplos de Eficiência Energética Empresa de consultoria em Construção Sustentável, especializada no acompanhamento ao Gabinete de Arquitectura ou Promotor. Desde o inicio em assessoria

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada TRAVESSA DE D. AFONSO III, 39, Localidade MAIA. Freguesia CIDADE DA MAIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada TRAVESSA DE D. AFONSO III, 39, Localidade MAIA. Freguesia CIDADE DA MAIA Válido até 12/06/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada TRAVESSA DE D. AFONSO III, 39, Localidade MAIA Freguesia CIDADE DA MAIA Concelho MAIA GPS 41.228592, -8.601183 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL 1 ª Conservatória

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO BRASIL, 446, 3ºDIREITO Localidade COIMBRA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO BRASIL, 446, 3ºDIREITO Localidade COIMBRA Válido até 25/05/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO BRASIL, 446, 3ºDIREITO Localidade COIMBRA Freguesia SANTO ANTONIO DOS OLIVAIS Concelho COIMBRA GPS 40.200483, -8.406063 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AVENIDA INFANTE SANTO, 66, 7º B ESQ Localidade LISBOA.

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AVENIDA INFANTE SANTO, 66, 7º B ESQ Localidade LISBOA. Válido até 24/09/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada AVENIDA INFANTE SANTO, 66, 7º B ESQ Localidade LISBOA Freguesia ESTRELA Concelho LISBOA GPS 38.709710, -9.165900 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL Válido até 11/06/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada AV. WENCESLAU BALSEIRO GUERRA, 115, LOJA 3 Localidade PAREDE Freguesia CARCAVELOS E PAREDE Concelho CASCAIS GPS 38.688617, -9.343011 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

CURSO DE CERTIFICAÇÃO DE PROJETISTA DE TÉRMICA REH RESOLUÇÃO DE EXAME TIPO VII

CURSO DE CERTIFICAÇÃO DE PROJETISTA DE TÉRMICA REH RESOLUÇÃO DE EXAME TIPO VII Curso REH FORMAÇÃO CURSO DE CERTIFICAÇÃO DE PROJETISTA DE TÉRMICA REH RESOLUÇÃO DE EXAME TIPO VII 0 Grupo 1 (6,5 valores) Considere as peças desenhadas anexas correspondentes ao projeto de uma moradia

Leia mais

Energia nos edifícios

Energia nos edifícios Energia nos edifícios Samuel Niza Consumo global de energia nos edifícios Em 2010, os edifícios representaram 35% do uso global final de energia e 19% de todas as emissões de gases de estufa. 2 Consumo

Leia mais

Curso de Certificação de Projetista de Térmica- REH

Curso de Certificação de Projetista de Térmica- REH Nome: TODAS AS RESPOSTAS DEVERÃO SER JUSTIFICADAS Grupo 1 (7,5 valores) Considere as peças desenhadas anexas correspondentes ao projeto de uma moradia a construir no concelho de Cascais, a uma altitude

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada URBANIZAÇÃO DA BOAVISTA, LOTE 124, Localidade BOAVISTA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada URBANIZAÇÃO DA BOAVISTA, LOTE 124, Localidade BOAVISTA Válido até 12/12/2023 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada URBANIZAÇÃO DA BOAVISTA, LOTE 124, Localidade BOAVISTA Freguesia LAGOA E CARVOEIRO Concelho LAGOA (ALGARVE) GPS 37.111141, -8.470287 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada QUINTA DA LAMEIRA, S/N, Localidade ESPARIZ. Freguesia ESPARIZ E SINDE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada QUINTA DA LAMEIRA, S/N, Localidade ESPARIZ. Freguesia ESPARIZ E SINDE Válido até 14/04/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada QUINTA DA LAMEIRA, S/N, Localidade ESPARIZ Freguesia ESPARIZ E SINDE Concelho TABUA GPS 40.321334, -8.039100 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Reabilitação de edifícios com sistema ETICS: um caso de aplicação prática

Reabilitação de edifícios com sistema ETICS: um caso de aplicação prática Reabilitação de edifícios com sistema ETICS: um caso de aplicação prática Reabilitação da Escola Secundária de Rio Tinto, Gondomar Vasco Pereira, Saint-Gobain Weber Portugal 1. Introdução 2. Reabilitação

Leia mais

FACHADAS DE DUPLA PELE e REABILITAÇÃO DE CAIXILHARIAS DE EDIFÍCIOS ANTIGOS

FACHADAS DE DUPLA PELE e REABILITAÇÃO DE CAIXILHARIAS DE EDIFÍCIOS ANTIGOS FACHADAS DE DUPLA PELE e REABILITAÇÃO DE CAIXILHARIAS DE EDIFÍCIOS ANTIGOS Vasco Peixoto de Freitas Prof. Catedrático Laboratório de Física das Construções FACULDADE DE ENGENHARIA - UNIVERSIDADE DO PORTO

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada ESTRADA DO VAU - FACHO,, Localidade ALVOR.

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada ESTRADA DO VAU - FACHO,, Localidade ALVOR. Válido até 16/12/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada ESTRADA DO VAU - FACHO,, Localidade ALVOR Freguesia ALVOR Concelho PORTIMÃO GPS 37.121382, -8.570002 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada URB QUINTA DAS OLIVEIRAS, LT 18, 1 DTO Localidade PORTIMÃO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada URB QUINTA DAS OLIVEIRAS, LT 18, 1 DTO Localidade PORTIMÃO IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada URB QUINTA DAS OLIVEIRAS, LT 18, 1 DTO Localidade PORTIMÃO Freguesia PORTIMÃO Concelho PORTIMÃO GPS 37.143250, -8.562790 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo

Leia mais

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação Questão 9 Considere as peças desenhadas anexas correspondentes ao projeto de uma moradia a construir no concelho do Barreiro, a uma altitude de 15 m. Todos os vãos envidraçados serão constituídos por caixilharia

Leia mais

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação Questão 5 Considere as peças desenhadas anexas correspondentes ao projeto de uma grande intervenção a realizar num edifício anterior a 1960 situado no concelho de Viseu, a uma altitude de 470 m. Não existem

Leia mais

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada R ARNEIROS, 39, R/C LJ.

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada R ARNEIROS, 39, R/C LJ. Válido até 09/05/2027 Atualizado a 17/05/2017 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada R ARNEIROS, 39, R/C LJ. Localidade LISBOA Freguesia BENFICA Concelho LISBOA GPS 38.753272, -9.200803 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Materiais. Conceitos para acústica arquitetônica. Marcelo Portela LVA/UFSC

Materiais. Conceitos para acústica arquitetônica. Marcelo Portela LVA/UFSC Materiais Acústicos Conceitos para acústica arquitetônica Marcelo Portela LVA/UFSC LEMBRANDO... ISOLAMENTO ACÚSTICO Capacidade de certos materiais formarem uma barreira, impedindo que a onda sonora passe

Leia mais

Os Resultados da Verificação do RCCTE em Almada

Os Resultados da Verificação do RCCTE em Almada Workshop Os Aspectos Energéticos na Concepção de Edifícios Os Resultados da Verificação do RCCTE em Almada Carlos Sousa Elisabete Serra AGENEAL, Agência Municipal de Energia de Almada Fórum Romeu Correia

Leia mais

Isolamento Sustentável. Soluções Ideais para Reabilitação

Isolamento Sustentável. Soluções Ideais para Reabilitação Isolamento Sustentável A Gyptec Ibérica de capital nacional e inserida no Grupo Preceram, dedica-se à produção de placas de gesso laminado, através de métodos não poluentes e ambientalmente sustentáveis

Leia mais

Anexo I Requisitos das medidas e Despesas Elegíveis em Eficiência Energética e Energias Renováveis, por tipologia de operação

Anexo I Requisitos das medidas e Despesas Elegíveis em Eficiência Energética e Energias Renováveis, por tipologia de operação Anexo I Requisitos das medidas e Despesas Elegíveis em Eficiência Energética e Energias Renováveis, por tipologia de operação Requisitos das medidas Despesas Elegíveis a) Intervenções que visem o aumento

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 789, 2ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 789, 2ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA Válido até 11/02/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CHOUPELO, 789, 2ºESQ Localidade VILA NOVA DE GAIA Freguesia VILA NOVA DE GAIA (SANTA MARINHA) Concelho VILA NOVA DE GAIA GPS 41.070000, -8.360000

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA RICARDO FILIPE, 7 Localidade FARO. Freguesia SANTA BARBARA DE NEXE

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA RICARDO FILIPE, 7 Localidade FARO. Freguesia SANTA BARBARA DE NEXE Válido até 29/08/2027 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA RICARDO FILIPE, 7 Localidade FARO Freguesia SANTA BARBARA DE NEXE Concelho FARO GPS 37.134790, -7.933052 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

CASA DO PADRÃO - LEIRIA (2002) Principios bioclimáticos na arquitectura corrente

CASA DO PADRÃO - LEIRIA (2002) Principios bioclimáticos na arquitectura corrente CASA DO PADRÃO - LEIRIA (2002) Principios bioclimáticos na arquitectura corrente A localização em questão: as primeiras impressões são contrariadas pela análise geo- climática do terreno: uma encosta muito

Leia mais

Fonte: KAWAKAMI (2009)

Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) Fonte: KAWAKAMI (2009) 4 LEED s no Brasil

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DR. LACERDA E ALMEIDA, Nº4, CV E Localidade LISBOA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DR. LACERDA E ALMEIDA, Nº4, CV E Localidade LISBOA Válido até 18/12/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DR. LACERDA E ALMEIDA, Nº4, CV E Localidade LISBOA Freguesia PENHA DE FRANÇA Concelho LISBOA GPS 38.730200, -9.128400 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

CORREÇÃO DE EXAME TIPO X

CORREÇÃO DE EXAME TIPO X FORMAÇÃO Curso REH CORREÇÃO DE EXAME TIPO X 0 Grupo 1 (6,5 valores) 1.1 Identifique corretamente TODOS os espaços não úteis (ENUś) que estão em contacto com as áreas úteis de TODAS as frações residenciais

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior. nº 17. Nº Pág.s: Fevereiro 2007

FICHA TÉCNICA. Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior. nº 17. Nº Pág.s: Fevereiro 2007 nº 17 FICHA TÉCNICA Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior Nº Pág.s: 07 17 12 Fevereiro 2007 Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior 01 Para responder às crescentes exigências de conforto higrotérmico,

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada MATO SERRÃO, LOTE 34, Localidade CARVOEIRO LGA. Freguesia CARVOEIRO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada MATO SERRÃO, LOTE 34, Localidade CARVOEIRO LGA. Freguesia CARVOEIRO Válido até 24/03/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada MATO SERRÃO, LOTE 34, Localidade CARVOEIRO LGA Freguesia CARVOEIRO Concelho LAGOA (ALGARVE) GPS 37.062044, -8.285255 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Pré-Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA VAZ PONTES Localidade GRÂNDOLA

Pré-Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA VAZ PONTES Localidade GRÂNDOLA Válido até 23/09/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA VAZ PONTES Localidade GRÂNDOLA Freguesia GRÂNDOLA E SANTA MARGARIDA DA SERRA Concelho GRANDOLA GPS 38.176353, -8.569561 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Inovação e sustentabilidade em coberturas cerâmicas

Inovação e sustentabilidade em coberturas cerâmicas Inovação e sustentabilidade em coberturas cerâmicas A telha cerâmica é o mais antigo material de construção com forma adequada para o revestimento de coberturas. As características intrínsecas dos materiais

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DE SANTA HELENA, 88, Localidade PORTO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DE SANTA HELENA, 88, Localidade PORTO Válido até 29/03/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DE SANTA HELENA, 88, Localidade PORTO Freguesia CEDOFEITA,ILDEFONSO,SÉ,MIRAGAIA,NICOLAU,VITÓRIA Concelho PORTO GPS 41.158934, -8.607801 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação Questão 8 Considere as peças desenhadas anexas correspondentes ao projeto de uma grande intervenção a realizar num edifício anterior a 1960 situado no concelho de Évora, a uma altitude de 287 m a fração

Leia mais

Custos Padrão por Tecnologias aplicáveis: Sim, para a(s) tipologia(s) de intervenção previstas no Anexo II do Aviso: Envolvente opaca

Custos Padrão por Tecnologias aplicáveis: Sim, para a(s) tipologia(s) de intervenção previstas no Anexo II do Aviso: Envolvente opaca Anexo I (alterado a 14 de dezembro de 2017) Requisitos das medidas e Despesas Elegíveis em Eficiência Energética e Energias Renováveis, por tipologia de operação Requisitos das medidas Despesas Elegíveis

Leia mais

Ganhos e perdas de calor pela envoltória

Ganhos e perdas de calor pela envoltória Ganhos e perdas de calor pela envoltória Profa. Dra. Denise Helena Silva Duarte Prof. Dr. Leonardo Marques Monteiro Modelo de cálculo de desempenho térmico da edificação 1 caracterizar ambiente Renovação:

Leia mais

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação Questões Tipo Cálculo dos coeficientes b tr, traçado das Questão 4 Considere as peças desenhadas anexas correspondentes ao projeto de uma moradia a construir no concelho da Maia, a uma altitude de 126

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada R CAMILO CASTELO BRANCO, 424 Localidade REQUIÃO.

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada R CAMILO CASTELO BRANCO, 424 Localidade REQUIÃO. Válido até 13/09/2026 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada R CAMILO CASTELO BRANCO, 424 Localidade REQUIÃO Freguesia REQUIÃO Concelho VILA NOVA DE FAMALICÃO GPS 41.410021, -8.463582 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

OS PARÀMETROS TÉRMICOS. Alfredo Costa Pereira 1

OS PARÀMETROS TÉRMICOS. Alfredo Costa Pereira 1 OS PAÀMETOS TÉMIOS Alfredo osta Pereira 1 TAXA DE TASNSFEÊNIA DE ALO, FLUXO DE ALO, FLUXO TÉMIO ou TANSMISSÃO DE ALO PO UNIDADE DE TEMPO, através de um determinado material, ( watt) Q & É a quantidade

Leia mais

Desempenho Térmico de edificações

Desempenho Térmico de edificações Desempenho Térmico de edificações PROFESSOR Roberto Lamberts ALEJANDRO NARANJO Unidade deportiva Atanasio Girardot - Medellín ECV 5161 UFSC FLORIANÓPOLIS estrutura introdução isolantes cálculos exemplos

Leia mais

Desempenho térmico de materiais e componentes construtivos

Desempenho térmico de materiais e componentes construtivos Desempenho térmico de materiais e componentes construtivos Profa. Dra. Denise Duarte Prof. Dr. Leonardo Marques Monteiro Modelo de cálculo de desempenho térmico da edificação 1 caracterizar ambiente Renovação:

Leia mais

ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO

ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO Produtos naturais para edifícios energicamente eficientes Para a CELENIT, um ótimo isolamento é dos critérios essenciais numa construção. Devido às inúmeras vantagens

Leia mais

ARQUITETURA BIOCLIMÁTICA

ARQUITETURA BIOCLIMÁTICA ARQUITETURA BIOCLIMÁTICA CLIMA E ARQUIETURA >>> Como a arquitetura pode contribuir na redução do consumo energético de uma edificação mantendo suas condições de conforto? Estratégias de projeto arquitetônico

Leia mais

O que é o ICF? Vantagens

O que é o ICF? Vantagens O que é o ICF? É um sistema de construção constituído por blocos isolantes em EPS, poliestireno expandido (conhecido em Portugal como esferovite), que após montagem, são preenchidos com betão armado, formando

Leia mais

CONFORTO AMBIENTAL Nosso papel na sustentabilidade

CONFORTO AMBIENTAL Nosso papel na sustentabilidade CONFORTO AMBIENTAL Nosso papel na sustentabilidade Parte 1 - Conforto higrotérmico dirigido à concepção arquitetônica (continuação) Arq. Cláudia Barroso-Krause, D.Sc. DTC PROARQ FAU/UFRJ Roteiro O conforto,

Leia mais

EPS para Indústrias. Produtos e Aplicações. Projetos especiais. Sua melhor opção em EPS

EPS para Indústrias. Produtos e Aplicações. Projetos especiais. Sua melhor opção em EPS Sua melhor opção em EPS Produtos e Aplicações EPS para Indústrias Projetos especiais Pensando em todo o seu processo produtivo e em atender às suas mais particulares necessidades, o Grupo Isorecort possui

Leia mais

ISO... Sistema ETICS. therm

ISO... Sistema ETICS. therm ISO... Sistema ETICS therm By O Isolamento térmico de qualidade O sistema ETICS ISOtherm tem na sua composição diferentes soluções de acordo com as distintas necessidades das habitações/edifícios. Propomos

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 10941 (51) Classificação Internacional: E04C 2/284 (2006) (12) FASCÍCULO DE MODELO DE UTILIDADE (22) Data de pedido: 2011.06.27 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO EPS POLIESTIRENO EXPANDIDO NO ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR ETICS NICOLAU TIRONE SEMINÁRIO APFAC FACHADAS ENERGETICAMENTE EFICIENTES LNEC, LISBOA

Leia mais

BASF Poliuretanos Iberia S.A.

BASF Poliuretanos Iberia S.A. BASF Poliuretanos Iberia S.A. Generalidades Propriedades Vantagens Condutibilidade Térmica Reacção ao fogo Absorção de água Impermeabilidade Permeabilidade ao vapor de água Permeabilidade ao ar Resistência

Leia mais

VANTAGENS. Modularidade. Máxima Flexibilidade. Inspecção. Montagem. As vantagens deste novo sistema são numerosas:

VANTAGENS. Modularidade. Máxima Flexibilidade. Inspecção. Montagem. As vantagens deste novo sistema são numerosas: O sistema Giacoklima é um sistema inovador ideal para a climatização no Verão e Inverno, que alia o bem estar ao baixo consumo energético. O elemento chave deste sistema é a utilização da água, que permite

Leia mais