Acta da Primeira Reunião da Assembleia de Freguesia de Enxames, realizada no dia 30 de Outubro de 2009.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Acta da Primeira Reunião da Assembleia de Freguesia de Enxames, realizada no dia 30 de Outubro de 2009."

Transcrição

1 Acta da Primeira Reunião da Assembleia de Freguesia de Enxames, realizada no dia 30 de Outubro de ACTA DA PRIMEIRA REUNIÃO DE FUNCIONAMENTO DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ENXAMES MANDATO DE 2009/2013

2 Aos 30 dias do mês de Outubro de dois mil e nove, na sede da Junta de Freguesia de Enxames, sita na Rua Senhora do Fastio, em Enxames, em conformidade com o preceituado no nº 1 e seguintes do Art. 9.º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro, reuniu, sob a presidência do Senhor Guilhermino Ramos Nogueira, na qualidade de cidadão que encabeçou a lista mais votada nesta Freguesia, nas eleições autárquicas do passado dia 11 de Outubro de 2009, a Assembleia de Freguesia, para o próximo quadriénio, que acabara de ser instalada nos termos legais Aberta a reunião pelo mencionado cidadão da lista mais votada, convidou os eleitos Fátima Gonçalves Oliveirinha e José Maria Mendes Fiens, para secretariar, verificou-se estarem presentes os seguintes membros: Da Lista Independente Pelos Enxames : Guilhermino Ramos Nogueira, Fátima Gonçalves Oliveirinha, José Maria Mendes Fiens e Miguel Ângelo Alves Antunes Da Lista do Partido Socialista: Patrícia Isabel Bento Lindeza, João Manuel Ramos Venâncio e José Tomé Grilo ELEIÇÃO DOS VOGAIS DA JUNTA DE FREGUESIA Pelo referido cidadão que presidia, foi então enunciado que, em conformidade com o estabelecimento nos preceitos legais acima citados, se iria proceder à eleição dos vogais da Junta de Freguesia. Sendo a Freguesia constituída por 604 eleitores, a Junta será constituída por três elementos; um Presidente já eleito e dois vogais a eleger de entre os membros desta Assembleia Sendo o Regimento desta Assembleia omisso quanto à forma de apresentação de candidaturas a vogais da Junta de Freguesia, o cidadão que presidia, à sessão propôs conforme o previsto no nº 2 do Artº 9º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei nº 5-A/2002, de 11 2

3 de Janeiro, que a eleição dos vogais para a Junta de Freguesia seja por meio de lista nominal completa, conforme proposta anexa Colocada à votação a referida proposta, foi aprovada por unanimidade, 06 votos a favor, 0 votos contra, 0 votos de abstenção Na sequência da aprovação da referida proposta o cidadão que presidia e no uso dos poderes que lhe serão conferidos, pelo nº 2 do Art. 24º da Lei nº 169/99 de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro, apresentou a seguinte lista para a eleição dos dois vogais da Junta de freguesia, que fica anexa a esta acta: Fátima Gonçalves Oliveirinha e José Maria Mendes Fiens Passou-se de imediato à eleição, por voto secreto, dos vogais da Junta de Freguesia, que constituíram a lista proposta pelo Presidente da Junta. Após terem votado todos os membros da Assembleia presentes, procedeu-se à contagem dos votos, verificando-se terem votado 6 elementos Comunicou à Assembleia o resultado da votação que foi o seguinte: Votos Sim 06, Votos Não 0, Votos Brancos 0, Votos Nulos Nesta circunstância, foram declarados eleitos para desempenharem funções de Vogais da Junta de Freguesia os seguintes elementos: Fátima Gonçalves Oliveirinha e José Maria Mendes Fiens, todos pertencentes à lista independente Pelos Enxames e propostos pelo Presidente SUBSTITUIÇÃO DOS MEMBROS DA ASSEMBLEIA QUE IRÃO INTEGRAR A JUNTA DE FREGUESIA Face ao supra exposto, estes dois cidadãos forma dispensados dos trabalhos desta reunião por terem passado a fazer parte da Junta de Freguesia, sendo por isso chamados à efectividade de funções para substituir, os seguintes membros convocados e ali presentes pela Lista Independente Pelos Enxames, a que eles pertenciam e que depois de verificar e legitimidade tomarem acento na Assembleia: Laurindo António de Jesus Afonso, xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx 3

4 xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Carlos Afonso Brites Ramos, xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx ELEIÇÃO DA MESA DA ASSEMBLEIA Uma vez refeito o elenco da Assembleia de Freguesia, foi o órgão esclarecido de que se iria proceder à eleição da Mesa respectiva, composta por três membros: Presidente º Secretário º Secretário O Presidente da Junta perguntou à Assembleia se existia alguma lista para a eleição da mesa, tendo a resposta sido negativa, passou-se de imediato à eleição, por voto secreto, da mesa da Assembleia de Freguesia tendo por base a lista única apresentada pelo Presidente de Junta Depois do apuramento verificou-se, que a lista apresentada, foi aprovada por unanimidade, 6 votos a favor, 0 votos contra, 0 votos brancos, 0 votos nulos Face a este resultado, foi declarada eleita a mesa da Assembleia de Freguesia, para o quadriénio de 2009/2013, que ficou assim constituída: Presidente - Miguel Ângelo Alves Antunes º Secretário - Laurindo António de Jesus Afonso º Secretário - Carlos Afonso Brites Ramos Assim, o cidadão que até aí presidiu aos trabalhos, ou seja, o que encabeçava a lista mais votada na eleição geral, deu o seu lugar à Mesa acabada de eleger, igualmente os secretários convidados no início da sessão, para a elaboração da acta, foram substituídos nessa incumbência pelos 4

5 secretários agora eleitos Deu-se por encerrada a reunião da qual se lavrou a presente acta que depois de aprovada por unanimidade, em minuta, vai ser assinada pelos membros que constituíram a mesa O Presidente da 1.ª Reunião O 1.º Secretário da 1.ª Reunião O 2.º Secretário da 1.ª Reunião O Presidente da Mesa da Assembleia O 1.º Secretário da Mesa da Assembleia _ O 2.º Secretário da Mesa da Assembleia _ 5

- - - Aos vinte e um dias do mês de Dezembro do ano dois mil, no Auditório do Castelo de

- - - Aos vinte e um dias do mês de Dezembro do ano dois mil, no Auditório do Castelo de - - - Aos vinte e um dias do mês de Dezembro do ano dois mil, no Auditório do Castelo de Santiago da Barra desta cidade de Viana do Castelo, realizou-se uma sessão ordinária da Assembleia Municipal de

Leia mais

ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALIJÓ DO DIA DEZASSEIS DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E NOVE

ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALIJÓ DO DIA DEZASSEIS DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E NOVE 1 ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALIJÓ DO DIA DEZASSEIS DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E NOVE --------Aos dezasseis dias do mês de Novembro de dois mil e nove, pelas nove

Leia mais

Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Geral

Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Geral Regulamento do Processo Eleitoral para o Conselho Geral Artigo 1º Objeto 1. O presente Regulamento aplica-se exclusivamente ao processo eleitoral para os membros do Conselho Geral, de acordo com o regime

Leia mais

Actas da Associação Cultural, Recreativa, Desportiva, e Social Maljoga de Proença-a- ova

Actas da Associação Cultural, Recreativa, Desportiva, e Social Maljoga de Proença-a- ova ACTA DA ELEIÇÃO DOS CORPOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL, RECREATIVA, DESPORTIVA E SOCIAL DA MALJOGA PROENÇA-A-NOVA TRIÉNIO DE 2010-2012 ---- Aos dezasseis dias do mês de Agosto de dois mil e nove, reuniu-se

Leia mais

---- SESSÃO EXTRAORDINÁRIA NÚMERO CINCO ACTA NÚMERO DOZE

---- SESSÃO EXTRAORDINÁRIA NÚMERO CINCO ACTA NÚMERO DOZE ---- SESSÃO EXTRAORDINÁRIA NÚMERO CINCO.--------- ---- ACTA NÚMERO DOZE.--------------------------- ---- Aos trinta dias do mês de Novembro do ano de dois mil e quatro, nesta Vila de Estarreja e Salão

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral

Agrupamento de Escolas José Estêvão. Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Agrupamento de Escolas José Estêvão Regulamento da Eleição e Designação dos Membros do Conselho Geral Secção I Disposições gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento estabelece as condições e procedimentos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ACTA Nº 3-A/0 Da reunião extraordinária realizada no dia 2 de Novembro de 200, iniciada às 09:20 horas e concluída às 09:2 horas. Sumário: Abertura Aprovação

Leia mais

EXTRACTO DA ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL ANUAL

EXTRACTO DA ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL ANUAL EXTRACTO DA ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL ANUAL Aos dez dias do mês de Abril do ano dois mil e catorze, pelas onze horas e dez minutos, na Rua Actor António Silva, n.º 7, 15.º andar, em Lisboa, por não haver

Leia mais

ACTA Nº 04/

ACTA Nº 04/ 1/5 ACTA Nº 04/2009-2013 ACTA DA TERCEIRA REUNIÃO DA SESSÃO ORDINÁRIA DO MÊS DE NOVEMBRO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ÍLHAVO, REALIZADA NO DIA ONZE DE DEZEMBRO DO ANO DOIS MIL E NOVE. ------ ----- Aos três

Leia mais

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 29 de abril de 2016

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 29 de abril de 2016 Assembleia Municipal de Fronteira Fl. 33 Reunião Ordinária de 29 de abril de 2016 ------------------------------------------ ATA Nº. 2/2016 ----------------------------------------- ---Aos vinte e nove

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE TORRE DE MONCORVO ATA N.º 1. Primeira Reunião de Funcionamento 19 de outubro de 2013

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE TORRE DE MONCORVO ATA N.º 1. Primeira Reunião de Funcionamento 19 de outubro de 2013 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE TORRE DE MONCORVO ATA N.º 1 Primeira Reunião de Funcionamento 19 de outubro de 2013 APROVADA POR MAIORIA, com 26 votos a favor e 2 abstenções. Na Sessão Ordinária realizada em 27/12/2013.

Leia mais

Câmara Municipal de Mondim de Basto

Câmara Municipal de Mondim de Basto ACTA DA DÉCIMA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONDIM DE BASTO, REALIZADA NO DIA 25 DE MARÇO DE 2010. ------------------------------------------------------------- Aos Vinte e Cinco dias do mês

Leia mais

REGULAMENTO DE ELEIÇÃO DAS COMISSÕES DE CURSO DAS ESCOLAS DO IPB

REGULAMENTO DE ELEIÇÃO DAS COMISSÕES DE CURSO DAS ESCOLAS DO IPB REGULAMENTO DE ELEIÇÃO DAS COMISSÕES DE CURSO DAS ESCOLAS DO IPB SECÇÃO I DEFINIÇÕES Artigo 1.º Objecto O presente regulamento define as normas aplicáveis ao processo de eleição das Comissões de Curso

Leia mais

ACTA N.º

ACTA N.º -------------------------------------------------- ACTA N.º 1 ---------------------------------------------------- -----Aos dezanove dias do mês de Janeiro do ano de dois mil e seis, pelas quinze horas,

Leia mais

DANÇA D IDEIAS ASSOCIAÇÃO REGULAMENTO ELEITORAL

DANÇA D IDEIAS ASSOCIAÇÃO REGULAMENTO ELEITORAL DANÇA D IDEIAS ASSOCIAÇÃO REGULAMENTO ELEITORAL Aprovado a 29 de Outubro de 2010 CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS Artigo 1º Objecto 1. O presente Regulamento estabelece os princípios reguladores do processo

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES ATA N. 225/XIV

COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES ATA N. 225/XIV ATA N. 225/XIV Teve lugar no dia quatro de outubro de dois mil e quinze, a reunião número duzentos e vinte e cinco da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D. Carlos I, n. 128

Leia mais

ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS ORGÃOS DE ESCOLA DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE DO MINHO

ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS ORGÃOS DE ESCOLA DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE DO MINHO ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS ORGÃOS DE ESCOLA DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE DO MINHO (Números 1,2 e 3 do Art.º 23 do Regulamento Eleitoral para os órgãos da Escola Superior de Enfermagem

Leia mais

Declaração de Aceitação. Para Membro da Comissão Eleitoral

Declaração de Aceitação. Para Membro da Comissão Eleitoral Declaração de Aceitação Para Membro da Comissão Eleitoral Nos termos do disposto no artigo n.º 1º do artigo n.º 56º dos estatutos do Sindicato Nacional dos Registos e Notariado eu,..., venho por este meio

Leia mais

X Legislatura Número: 01 I Sessão Legislativa (2011/2012) Terça-feira, 08 de Novembro de 2011 REUNIÃO PLENÁRIA DE 08 DE NOVEMBRO

X Legislatura Número: 01 I Sessão Legislativa (2011/2012) Terça-feira, 08 de Novembro de 2011 REUNIÃO PLENÁRIA DE 08 DE NOVEMBRO Região Autónoma da Madeira Diário Assembleia Legislativa X Legislatura Número: 01 I Sessão Legislativa (2011/2012) Terça-feira, 08 de Novembro de 2011 REUNIÃO PLENÁRIA DE 08 DE NOVEMBRO Presidente: Exmo.

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS

CÂMARA MUNICIPAL DE CÂMARA DE LOBOS ---------------------------- ACTA NÚMERO 24/2004---------------------------- Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, realizada em vinte e cinco de Novembro de dois mil e quatro. --- Aos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ATA Nº 25/ 2016 Da reunião extraordinária realizada, por força da aplicação do preceito contido no artigo 51.º do Regime Jurídico das Autarquias Locais,

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL MANDATO

REGULAMENTO ELEITORAL MANDATO REGULAMENTO ELEITORAL MANDATO 2008/2010 Apreciado na 33.ª reunião plenária do CDN, em 20 de Março de 2007 e pelo Conselho Nacional de Delegados no dia 31 de Março de 2007. Aprovado em reunião plenária

Leia mais

ACTA AVULSA DA INSTALAÇÃO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL PARA O QUADRIÉNIO DE DOIS MIL E TREZE A DOIS MIL E DEZASSETE

ACTA AVULSA DA INSTALAÇÃO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL PARA O QUADRIÉNIO DE DOIS MIL E TREZE A DOIS MIL E DEZASSETE ACTA AVULSA DA INSTALAÇÃO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL PARA O QUADRIÉNIO DE DOIS MIL E TREZE A DOIS MIL E DEZASSETE. --------------- Aos 21 dias do mês de Outubro de 2013, na Cidade de Albergaria-a-Velha e

Leia mais

CÂMARA MU ICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MU ICIPAL COVILHÃ CÂMARA MU ICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ACTA Nº 18/07 Da reunião extraordinária realizada no dia 27 de Novembro de 2007, iniciada às 09:10 horas e concluída às 09:30 horas. Sumário: Abertura Aprovação

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Oito de maio de dois mil e doze

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Oito de maio de dois mil e doze REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 13/2012 - M AI O --- DATA DA REUNIÃO: Oito de maio de dois mil e doze. ----------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº2 DE LOURES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº2 DE LOURES REGULAMENTO ELEITORAL PARA A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº2 DE LOURES 1.Objeto O presente Regulamento rege a eleição para o Conselho Geral Transitório dos representantes

Leia mais

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 4 de dezembro de 2015

Assembleia Municipal de Fronteira. Reunião Ordinária de 4 de dezembro de 2015 Assembleia Municipal de Fronteira Fl.27 Reunião Ordinária de 4 de dezembro de 2015 ------------------------------------------ ATA Nº. 5/2015 ----------------------------------------- ---Aos quatro dias

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE BRAGANÇA

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE BRAGANÇA ASSEMBLEIA GERAL DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL MANDATO 2016-2020 ELEIÇÃO DE DELEGADO E SUPLENTE REPRESENTANTE DOS JOGADORES AMADORES DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE BRAGANÇA COMUNICADO Nº 1 DA COMISSÃO

Leia mais

A S S E M B L E I A M U N I C I P A L D A M O V I M E N T O F I G U E I R A D A F O Z

A S S E M B L E I A M U N I C I P A L D A M O V I M E N T O F I G U E I R A D A F O Z A S S E M B L E I A M U N I C I P A L D A M O V I M E N T O F I G U E I R A D A F O Z ACTA N.º 7/2009 SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE 30-10-2009 LOCAL - Sala das Sessões dos Paços do Município---------------------------------

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1.º Objeto O presente regulamento define o processo eleitoral dos membros do Conselho Geral referido nos artigos

Leia mais

CONFEDERAÇÃO NACIONAL INDEPENDENTE DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO - CNIPE ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL CONSTITUINTE. PENICHE 19 de Abril de 2008

CONFEDERAÇÃO NACIONAL INDEPENDENTE DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO - CNIPE ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL CONSTITUINTE. PENICHE 19 de Abril de 2008 [ACTA ASSEMBLEIA CONSTITUTIVA ] CONFEDERAÇÃO NACIONAL INDEPENDENTE DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO - ACTA DA ASSEMBLEIA GERAL CONSTITUINTE PENICHE 19 de Abril de Aos 19 dias do mês de Abril do ano de,

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO ELEITORAL

PROPOSTA DE REGULAMENTO ELEITORAL RESPIRA Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas PROPOSTA DE REGULAMENTO ELEITORAL Com a publicação do Decreto-Lei nº. 172-A/2014, de 14 de novembro, e da Lei nº.

Leia mais

Regulamento Eleitoral do Presidente e Vice-Presidentes

Regulamento Eleitoral do Presidente e Vice-Presidentes Regulamento Eleitoral do Presidente e Vice-Presidentes Artº 1º Âmbito de aplicação O presente regulamento eleitoral estabelece as normas relativas à eleição do presidente e vice-presidentes de acordo com

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 01/2014 -

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 01/2014 - - ATA N.º 01/2014 - ---------- Aos vinte e oito dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e catorze, no Centro de Convívio de Rio de Moinhos, reuniu ordinariamente a Assembleia Municipal de Aljustrel,

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pedro Álvares Cabral Belmonte Escola Sede: Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos com Ensino Secundário

Agrupamento de Escolas Pedro Álvares Cabral Belmonte Escola Sede: Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos com Ensino Secundário Agrupamento de Escolas Pedro Álvares Cabral Belmonte Escola Sede: Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos com Ensino Secundário Pedro Álvares Cabral - Belmonte Regulamento para a Eleição do Director do Agrupamento

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL

REGULAMENTO ELEITORAL REGULAMENTO ELEITORAL Ténis de Mesa MODALIDADE OLÍMPICA CAPITULO I Princípios Gerais Artigo 1º (Objeto) 1. O presente regulamento estabelece os princípios reguladores do processo eleitoral da Federação

Leia mais

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005

ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 ACTA Nº.28/2005 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA REALIZADA NO DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2005 Aos doze dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e cinco, no Salão Nobre dos Paços do Município,

Leia mais

QUADRO de COMPETÊNCIAS e REGIME JURÍDICO de FUNCIONAMENTO dos ÓRGÃOS dos MUNICÍPIOS e das FREGUESIAS. Lei nº 169/99, de 18 de setembro

QUADRO de COMPETÊNCIAS e REGIME JURÍDICO de FUNCIONAMENTO dos ÓRGÃOS dos MUNICÍPIOS e das FREGUESIAS. Lei nº 169/99, de 18 de setembro QUADRO de COMPETÊNCIAS e REGIME JURÍDICO de FUNCIONAMENTO dos ÓRGÃOS dos MUNICÍPIOS e das FREGUESIAS Lei nº 169/99, de 18 de setembro Com as alterações introduzidas pelos seguintes diplomas legais: Lei

Leia mais

Regulamento do processo eleitoral para o Conselho Geral Transitório

Regulamento do processo eleitoral para o Conselho Geral Transitório Regulamento do processo eleitoral para o Conselho Geral Transitório Artigo 1º Objeto 1. O presente Regulamento aplica-se exclusivamente ao processo eleitoral para os membros do Conselho Geral Transitório,

Leia mais

F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº18/2015

F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº18/2015 ATA Nº18/2015 Aos trinta dias do mês de julho do ano de dois mil e quinze, nesta Cidade de Sines e sala de reuniões da Freguesia de Sines, sito no Largo Ramos da Costa nº 21 B, teve lugar a reunião pública

Leia mais

ELEIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS (ESTGF) ACTA n.º 2 ACTA DE APURAMENTO

ELEIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS (ESTGF) ACTA n.º 2 ACTA DE APURAMENTO ELEIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS (ESTGF) ACTA n.º 2 ACTA DE APURAMENTO Aos catorze dias do mês de abril do ano de dois mil e catorze, entre as

Leia mais

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE REQUEIXO, NOSSA SENHORA DE FÁTIMA E NARIZ. Ata nº. 1 / 2014

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE REQUEIXO, NOSSA SENHORA DE FÁTIMA E NARIZ. Ata nº. 1 / 2014 ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE REQUEIXO, NOSSA SENHORA DE FÁTIMA E NARIZ Ata nº. 1 / 2014 Ata da reunião da Assembleia de Freguesia de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz, concelho e distrito de Aveiro,

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO JURISDICIONAL

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO JURISDICIONAL PROPOSTA DE REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO JURISDICIONAL Proposta de adequação ao novo EOE (Lei n.º 123/2015, de 2 de Setembro) PROPOSTA DE REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO JURISDICIONAL

Leia mais

REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE DO MINHO

REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE DO MINHO Escola Superior de Enfermagem REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE DO MINHO ESE, JANEIRO 2010 REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA ESCOLA SUPERIOR

Leia mais

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ENXAMES ACTA N.º 17

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ENXAMES ACTA N.º 17 ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ENXAMES ACTA N.º 17 Ao vigésimo dia do mês de Junho de Dois Mil e Nove, reuniu a Assembleia de Freguesia de Enxames, sendo registadas as faltas injustificadas do Sr. Carlos Ramos

Leia mais

Acta n.º 18/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 29 de Setembro de 2008, pelas 16,30 horas.

Acta n.º 18/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 29 de Setembro de 2008, pelas 16,30 horas. A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 92.º da Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, aprovar em minuta o texto das seguintes deliberações Ponto 3.. Apreciação da Proposta de Acta de 27.09.2007

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE LEAL DA CÂMARA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE LEAL DA CÂMARA ESCOLA SECUNDÁRIA DE LEAL DA CÂMARA REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO DIRECTOR PARA O QUADRIÉNIO 2009-2013 Artigo 1º Objecto O presente regulamento estabelece as condições de acesso e normas do concurso para

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. CARLOS I CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Preâmbulo. CAPÍTULO I Objeto e composição. Artigo 1.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. CARLOS I CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Preâmbulo. CAPÍTULO I Objeto e composição. Artigo 1. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. CARLOS I CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL Preâmbulo O conselho geral é o órgão de direção estratégica responsável pela definição das linhas orientadoras da atividade da escola,

Leia mais

REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO DESPORTO PREÂMBULO

REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO DESPORTO PREÂMBULO REGULAMENTO, CONSTITUIÇÃO E CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO DESPORTO PREÂMBULO As Autarquias, devido à sua proximidade com a população, são os órgãos de poder que mais facilmente poderão desenvolver condições

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA NOVE DE DEZEMBRO

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA NOVE DE DEZEMBRO Acta n.º 27 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA NOVE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE. ------------------ ------- Aos nove dias de mês de Dezembro do ano de dois mil e catorze, na Sala de

Leia mais

Condeixa Aqua Clube Regulamento Eleitoral Extraordinário

Condeixa Aqua Clube Regulamento Eleitoral Extraordinário Condeixa Aqua Clube Regulamento Eleitoral Extraordinário Eleição da Direcção Aprovado em 16/07/2011 De harmonia com a Lei e com o disposto no nº 2 dos Estatutos do CAC, conjugado com os artºs 19º ao 23º,

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM 09/10/2014 PRESIDENTE DA CÂMARA: Raul Jorge Fernandes da Cunha, Dr VEREADORES PRESENTES: Pompeu Miguel Noval da Rocha Martins, Dr. Helena Marta de Oliveira

Leia mais

- ACTA N.º 26/2011 -

- ACTA N.º 26/2011 - - ACTA N.º 26/2011 - ---------- Aos vinte e oito dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e onze, na Sala de Sessões do Edifício dos Paços do Concelho, reuniu ordinariamente a Câmara Municipal de Aljustrel,

Leia mais

Relatório da discussão e votação na especialidade

Relatório da discussão e votação na especialidade Proposta de Lei nº 32/III (3ª) Lei dos Sucos Relatório da discussão e votação na especialidade I. Introdução A PPL nº 32/III (3ª) foi submetida à Comissão A para discussão e votação na especialidade na

Leia mais

Reunião de 28/10/2009

Reunião de 28/10/2009 ACTA DA PRIMEIRA REUNIÃO DO EXECUTIVO MUNICIPAL DE VILA DO PORTO, REALIZADA NO DIA 28 DE OUTUBRO DE 2009, APÓS A TOMADA DE POSSE OCORRIDA A 23 DE OUTUBRO E COM A COMPOSIÇÃO RESULTANTE DAS ELEIÇÕES DE 11

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS. Acto Eleitoral da Delegação da Ordem dos Advogados de Lamego Triénio

ORDEM DOS ADVOGADOS. Acto Eleitoral da Delegação da Ordem dos Advogados de Lamego Triénio Acto Eleitoral da Delegação da Ordem dos Advogados de Lamego Triénio 2011-2013 Nos termos do Artigo 56º, nos. 3 e do EOA convoco a Assembleia de Comarca para a eleição da Delegação da Ordem dos Advogados

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO 001/2016

EDITAL DE ELEIÇÃO 001/2016 EDITAL DE ELEIÇÃO 001/2016 Convoca Eleição para a Presidência do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Santa Maria da Vitória, Bahia. A Presidente do CAPREVAS Instituto de Previdência

Leia mais

RESUMO DE CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA E EXPEDIDA SESSÃO ORDINÁRIA DE 25 DE SETEMBRO DE 2015

RESUMO DE CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA E EXPEDIDA SESSÃO ORDINÁRIA DE 25 DE SETEMBRO DE 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA: 1 A Assembleia Municipal recebeu convites de diversos Organismos, Associações e Entidades, a convidar o Exmo. Senhor Presidente deste Órgão Autárquico a participar e assistir

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05/04/2011

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05/04/2011 ATA N.º 18/2011 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05/04/2011 Nos Termos do art.º 91.º da Lei nº.169/99, de 18/09, as atas são publicitadas na íntegra, mediante edital afixado durante 5 dos 10 dias subsequentes à sua

Leia mais

cm LV o /fáfl ACTA N. 241X111 Teve lugar no dia catorze de Dezembro do ano de dois mil e dez, a sessão

cm LV o /fáfl ACTA N. 241X111 Teve lugar no dia catorze de Dezembro do ano de dois mil e dez, a sessão Comissão Nacional de Eleições Teve lugar no dia catorze de Dezembro do ano de dois mil e dez, a sessão sita na Av. D. Carlos 1, n. 128 70 número vinte e quatro da Comissão Nacional de Eleições, na sala

Leia mais

BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S.A. CNPJ/MF: / NIRE: Companhia Aberta

BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S.A. CNPJ/MF: / NIRE: Companhia Aberta Companhia Aberta ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 15 DE MAIO DE 2014 1. Data, Hora e Local: Às 17:00 horas do dia 15 de maio de 2014, na sede social da Companhia, na Cidade e Estado

Leia mais

HYPERMARCAS S.A. Companhia Aberta. NIRE CNPJ nº /

HYPERMARCAS S.A. Companhia Aberta. NIRE CNPJ nº / HYPERMARCAS S.A. Companhia Aberta NIRE 35.300.353.251 CNPJ nº. 02.932.074/0001-91 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 22 DE JULHO DE 2016 1. DATA, HORÁRIO E LOCAL: Realizada em 22

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO ATA N.º 27/2013 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA VINTE E NOVE DE OUTUBRO DE DOIS MIL E TREZE (Contém 7 folhas) MEMBROS PRESENTES: PRESIDENTE José Gabriel do Álamo de Meneses-------------

Leia mais

AS S E M B L E I A M U N I C I P AL D E ESPINHO

AS S E M B L E I A M U N I C I P AL D E ESPINHO ACTA Nº 20/2009 ----- No dia 24 de Novembro do ano dois mil e nove, reuniu em Sessão Extraordinária a Assembleia Municipal, na sua sala de reuniões, pelas 21.30 horas, com a seguinte Ordem de Trabalhos:---------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL 2014

REGULAMENTO ELEITORAL 2014 REGULAMENTO ELEITORAL 2014 Artigo 1.º Organização 1. A organização das eleições é da competência do Conselho Diretivo Nacional da OET Ordem dos Engenheiros Técnicos, doravante designado por Conselho Diretivo

Leia mais

Assembleia Municipal de Chaves

Assembleia Municipal de Chaves 1 MINUTA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CHAVES, REALIZADA NO DIA 13 DE ABRIL DE 2016, NO AUDITÓRIO DO CENTRO CULTURAL, COM INÍCIO ÀS 14,00 HORAS E FIM ÀS 20,45horas.-----------------------

Leia mais

Acta n.º 2-30 de Janeiro de 2008

Acta n.º 2-30 de Janeiro de 2008 Acta n.º 2-30 de Janeiro de 2008 Aos trinta dias do mês de Janeiro de dois mil e oito, pelas dez horas, na sede da Ordem dos Advogados, no Largo de São Domingos, número catorze, em Lisboa, reuniu o Conselho

Leia mais

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA CÓDIGO DA ESCOLA 404457 CONTRIBUINTE Nº: 600074129 RUA LONGJUMEAU 3150-122 CONDEIXA-A-NOVA Telf.: 239940200 Fax: 239941090 Email: info@eps-condeixa-a-nova.rcts.pt REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR

Leia mais

NRAçores-APCP REGULAMENTO ELEITORAL

NRAçores-APCP REGULAMENTO ELEITORAL NRAçores-APCP REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1º Considerações Gerais 1. O presente Regulamento: a. Rege-se pelos Estatutos da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos, adiante designada por APCP e pelo

Leia mais

ulamento Eleitoral ALADI ASSOCIAÇÃO LAVRENSE DE APOIO AO DIMINUIDO II\TELECTUAL

ulamento Eleitoral ALADI ASSOCIAÇÃO LAVRENSE DE APOIO AO DIMINUIDO II\TELECTUAL ALADI ASSOCIAÇÃO LAVRENSE DE APOIO AO DIMINUIDO II\TELECTUAL Re ulamento Eleitoral Capítulo - Disposições gerais Artigo te - Âmbito O presente regulamento contém as normas a que devem obedecer o processo

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL

REGULAMENTO ELEITORAL REGULAMENTO ELEITORAL Eleição dos Representantes dos Pais e Encarregados de Educação para o Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Sá da Bandeira Aprovado pelo Conselho Geral em 24 de setembro de 2015

Leia mais

Regimento dos Grupos de Recrutamento 300 e 320 Português e Francês

Regimento dos Grupos de Recrutamento 300 e 320 Português e Francês Regimento dos Grupos de Recrutamento 300 e 320 Português e Francês Art.º 1º Composição e competências O Grupo de Recrutamento tem a composição e as competências determinadas pelo Decreto-lei 75/2008 de

Leia mais

Regimento do Conselho Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa

Regimento do Conselho Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa Regimento do Conselho Geral do Fórum Académico para a Informação e Representação Externa CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º Natureza O Conselho Geral é o órgão deliberativo intermédio do Fórum Académico

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ELEIÇÃO PARA COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE AGRONOMIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. EDITAL DE CONVOCAÇÃO A comissão eleitoral para consulta ao coordenador e substituto eventual

Leia mais

CONVOCATÓRIA DA MESA DA ASSEMBLEIA ELEITORAL. Nos termos da Portaria S.R.E. Nº 110/95, de , conjugada com o Ofício

CONVOCATÓRIA DA MESA DA ASSEMBLEIA ELEITORAL. Nos termos da Portaria S.R.E. Nº 110/95, de , conjugada com o Ofício CONVOCATÓRIA DA MESA DA ASSEMBLEIA ELEITORAL Nos termos da Portaria S.R.E. Nº 110/95, de 24-05-95, conjugada com o Ofício Circular D.R.A.E. 3/04, convoco a Assembleia eleitoral do Pessoal Docente para

Leia mais

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO REGULAMENTO DE ELEIÇÃO E DESIGNAÇÃO DOS MEMBROS DO CONSELHO GERAL TRANSITÓRIO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº2 DE BEJA Artigo 1.º Objeto 1 - O

Leia mais

03_BES_Corporate Governance_13ABRIL 05/04/14 8:21 Page 320 Sugerimos bem estar

03_BES_Corporate Governance_13ABRIL 05/04/14 8:21 Page 320 Sugerimos bem estar Sugerimos bem estar RELATÓRIO CONTAS 2004 04 Informações Gerais 01 Acções do BES Em 31 de Dezembro de 2004 o capital social do Banco Espírito Santo encontrava-se representado por 300 000 000 acções com

Leia mais

FREGUESI A DO ESTREITO DE C ÂM AR A DE LOBOS

FREGUESI A DO ESTREITO DE C ÂM AR A DE LOBOS ---------------------------ATA NÚMERO 04/2012-------------------------------- Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia do Estreito de Câmara de Lobos, realizada a seis de dezembro de dois mil e doze.---------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO DIRECTOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BRÁS GARCIA DE MASCARENHAS

REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO DIRECTOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BRÁS GARCIA DE MASCARENHAS REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO DIRECTOR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BRÁS GARCIA DE MASCARENHAS Artigo 1.º Objecto O presente Regulamento estabelece as condições de acesso e normas do concurso para eleição

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL. Deliberação nº8/vi/01 de 31 de Maio da Mesa da Assembleia Nacional. Artº. 1º (Aprovação) Artº. 2º (Entrada em vigor)

ASSEMBLEIA NACIONAL. Deliberação nº8/vi/01 de 31 de Maio da Mesa da Assembleia Nacional. Artº. 1º (Aprovação) Artº. 2º (Entrada em vigor) ASSEMBLEIA NACIONAL Deliberação nº8/vi/01 de 31 de Maio da Mesa da Assembleia Nacional Artº. 1º (Aprovação) É aprovado ao abrigo da alínea c) do nº 1 do artº. 30º do Regimento da Assembleia Nacional o

Leia mais

Encontros Temáticos Autonomia das Escolas e Avaliação do Desempenho Docente Parte II Autonomia das Escolas

Encontros Temáticos Autonomia das Escolas e Avaliação do Desempenho Docente Parte II Autonomia das Escolas REGIME JURÍDICO DE AUTONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO Decreto-lei nº 75/2008 de 22 de Abril Maio de 2008 Disposições transitórias e finais (Cap. VIII) [artigos 60º-72º] Disposições transitórias Conselho

Leia mais

ANO LETIVO 2014/2015 REGIMENTO DO CONSELHO DE DOCENTES 1º CEB

ANO LETIVO 2014/2015 REGIMENTO DO CONSELHO DE DOCENTES 1º CEB ANO LETIVO 2014/2015 REGIMENTO DO CONSELHO DE DOCENTES 1º CEB 1 Preâmbulo O Conselho de Docentes do 1.º ciclo do ensino básico é uma estrutura constituída para efeitos de avaliação dos alunos. Artigo 1.º

Leia mais

1.ª Assembleia Geral da SOCIEDADE PORTUGUESA DE SEGURANÇA E HIGIENE OCUPACIONAIS

1.ª Assembleia Geral da SOCIEDADE PORTUGUESA DE SEGURANÇA E HIGIENE OCUPACIONAIS DPS, Escola de Engenharia Universidade do Minho Campus de Azurém 4800-058 Guimarães Sociedade Portuguesa de Segurança e Higiene Ocupacionais 1.ª Assembleia Geral da SOCIEDADE PORTUGUESA DE SEGURANÇA E

Leia mais

Ata da Reunião Geral de Alunos da Universidade do Minho número três de dois mil e quinze (RGA nº 003/2015)

Ata da Reunião Geral de Alunos da Universidade do Minho número três de dois mil e quinze (RGA nº 003/2015) Ata da Reunião Geral de Alunos da Universidade do Minho número três de dois mil e quinze (RGA nº 003/2015) Aos quatro dias do mês de novembro do ano de dois mil e quinze, pelas catorze horas, no auditório

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL MANDATO

ASSEMBLEIA GERAL DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL MANDATO ASSEMBLEIA GERAL DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL MANDATO 2016 2020 ELEIÇÃO DE DELEGADO E SUPLENTE REPRESENTANTE DOS CLUBES E SOCIEDADES DESPORTIVAS PARTICIPANTES EM COMPETIÇÕES NACIONAIS DE NATUREZA

Leia mais

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL (2014/2018) Nos termos do artigo 15º do Decreto-Lei nº 75/2008 de 22 de abril, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 137/2012, de 2 de Julho, o Conselho

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL DO CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO DA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS, DE LEIRIA

REGULAMENTO ELEITORAL DO CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO DA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS, DE LEIRIA REGULAMENTO ELEITORAL DO CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO DA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS, DE LEIRIA Secção I Do Conselho Técnico-Científico Artigo 1º Composição 1. De acordo com o disposto

Leia mais

CONSELHO GERAL ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL EDITAL

CONSELHO GERAL ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL EDITAL ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL EDITAL Nos termos do artigo 16.º do Regulamento Interno do Agrupamento de Escolas Poeta Joaquim Serra, declaro aberto, com efeitos a contar do dia imediato ao do presente Edital,

Leia mais

- Telmo Lopes da Silva Ferraz, empresário, residente na Av. Dr. José Henriques

- Telmo Lopes da Silva Ferraz, empresário, residente na Av. Dr. José Henriques ----Aos vinte e um dias do mês de outubro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de Marinha Grande e no Salão Nobre do edifício da Câmara Municipal da Marinha Grande, onde o Sr. Telmo Lopes da Silva

Leia mais

ACTA Nº 4 Reunião de Direcção Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa 2015/2016

ACTA Nº 4 Reunião de Direcção Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa 2015/2016 ACTA Nº 4 Reunião de Direcção Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa 2015/2016 No terceiro dia do mês de Junho do ano de dois mil e quinze, pelas treze horas, reuniu na sala Ribeiro Santos

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM. Leonel Leite Sousa de Castro, Dr. em substituição de Vítor Orlando da Cunha Silva, Dr.

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM. Leonel Leite Sousa de Castro, Dr. em substituição de Vítor Orlando da Cunha Silva, Dr. REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM 04/12/2014 PRESIDENTE DA CÂMARA: Raul Jorge Fernandes da Cunha, Dr. VEREADORES PRESENTES: Helena Marta de Oliveira Lemos, Eng.ª Vítor Manuel Freitas

Leia mais

VI CONGRESSO DOS SOLICITADORES REGULAMENTO

VI CONGRESSO DOS SOLICITADORES REGULAMENTO VI CONGRESSO DOS SOLICITADORES REGULAMENTO Capítulo I Objetivos, data e local de realização Artigo 1.º Objetivos O Congresso tem como objetivos pronunciar-se sobre o exercício da solicitadoria, sobre questões

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA PEDRULHA(161263)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA PEDRULHA(161263) Direcção Regional de Educação do Centro AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA PEDRULHA(161263) Escola Básica Rainha Santa Isabel Coimbra (342580) REGULAMENTO PARA A ELEIÇÃO DO DIRECTOR Artigo 1º Objecto O presente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO UNIVERSITÁRIO DECISÃO Nº 88/96 D E C I D E TÍTULO I DO CONSELHO TÍTULO II DO FUNCIONAMENTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO UNIVERSITÁRIO DECISÃO Nº 88/96 D E C I D E TÍTULO I DO CONSELHO TÍTULO II DO FUNCIONAMENTO DECISÃO Nº 88/96 O, em sessão de 18.10.96, D E C I D E aprovar o seu Regimento Interno, como segue: TÍTULO I DO CONSELHO Art.1º- O Conselho Universitário - CONSUN - é o órgão máximo de função normativa,

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS DO SENADO ACADÉMICO. Artigo 1.º. Objeto

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS DO SENADO ACADÉMICO. Artigo 1.º. Objeto REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS DO SENADO ACADÉMICO (Aprovado em reunião do Senado Académico de 2 de fevereiro de 2012) Artigo 1.º Objeto O presente regulamento rege a eleição dos representantes dos

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL CONSELHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (13 titulares e 13 suplentes)

CONGRESSO NACIONAL CONSELHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (13 titulares e 13 suplentes) (13 titulares e 13 suplentes) (Criado pela Lei nº 8.389, de 30 de dezembro de 1991) (Regimento Interno aprovado nos termos do Ato da Mesa nº 1, de 2013) Presidente: Miguel Ângelo Cançado 1 Vice-Presidente:

Leia mais

Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Medicina de Lisboa. Regulamento Eleitoral CAPÍTULO I

Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Medicina de Lisboa. Regulamento Eleitoral CAPÍTULO I Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Medicina de Lisboa Regulamento Eleitoral CAPÍTULO I Princípios Gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento estabelece os princípios, as regras e os procedimentos

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU. Ata n.º 3. Plenário de 31 de outubro de 2014

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU. Ata n.º 3. Plenário de 31 de outubro de 2014 CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU Ata n.º 3 Plenário de 31 de outubro de 2014 Ao trigésimo primeiro dia do mês de outubro de 2014 teve lugar, na Escola Secundária Emídio Navarro, o terceiro Plenário

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL REGULAMENTO INTERNO DA MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS

ASSEMBLEIA NACIONAL REGULAMENTO INTERNO DA MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS ASSEMBLEIA NACIONAL REGULAMENTO INTERNO DA REDE DE MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS REGULAMENTO INTERNO DA REDE DE MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1 (Âmbito)

Leia mais

Ata do escrutínio da votação para eleição dos delegados à Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Bridge (FPB) para o quadriénio

Ata do escrutínio da votação para eleição dos delegados à Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Bridge (FPB) para o quadriénio Ata do escrutínio da votação para eleição dos delegados à Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Bridge (FPB) para o quadriénio 2017-2020 O processo eleitoral iniciou-se no dia 15 de julho de 2016,

Leia mais