INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 001/2009/SEMUSA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 001/2009/SEMUSA"

Transcrição

1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 001/2009/SEMUSA O SECRETARIO MUNICIPAL DE SAÚDE, no uso de suas atribuições legais, particularmente as que lhe confere o Decreto nº. 1562, de 29 de dezembro de CÓDIGO DE DEFESA SANITÁRIA, em seus Artigos 1º, 7º e 106, e CONSIDERANDO a necessidade de uniformizar os procedimentos relativos a documentação para expedição do Alvará de Autorização Sanitária relativas a abertura, renovação e alteração de cadastro, dos contribuintes que exerçam atividades mercantis que estejam sujeitas a obrigatoriedade do referido Alvará, RESOLVE: Art. 1º - Disciplinar o rol de documentos necessários à formalização do processo de cadastramento de empresa para obtenção de Alvará de Autorização Sanitária, conforme ramos de atividades expressos nos anexos e partes integrantes desta instrução normativa. Art. 2º - Esta Instrução Normativa entrará em vigor data de sua publicação. Porto Velho, 25 de março de WILLIAMES PIMENTEL DE OLIVEIRA Secretário Municipal de Saúde

2 ANEXO I REQUERIMENTO DE ALVARÁ SANITÁRIO Abertura ( ) Renovação ( ) Alteração ( ) CNPJ: Razão Social/Pessoa Física: Nome de Fantasia: Inscrição Estadual Inscrição Municipal CNES (Estabelecimento de Saúde) Endereço (*): Nº Complemento de Endereço CEP: Município: (*) Bairro: DDD Fone Fax: Data de funcionamento (*) Natureza Jurídica Objetivo Contrato Social Observações: Nome: Representante Legal CPF: RG Órgão Expedidor: Data Expedição: Nome: Responsável Técnico CPF: RG: Órgão Expedidor: Data Expedição: Formação Profissional: Escolaridade: Especialização Registro no Conselho Conselho LOCAL: DATA: / / Assinatura PARA USO DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA AUTORIZAÇÃO AOS DIAS DO MÊS DE DE OBS.: ANEXO II - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS ÁREA DE ALIMENTOS

3 Item 01 DROGARIAS, FARMÁCIAS E DISPENSÁRIOS DE MEDICAMENTOS - ABERTURA 4. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial 5. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda; 7. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso; 8. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 9. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 10. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 11. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 12. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 13. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 14. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 15. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 16. Comprovante de pagamento da AFE (Autorização de Funcionamento de Empresa), junto à ANVISA (RDC 238 DE 12/2001); - A AFE é conseguido via site: Comprovante de pagamento da AE (AUTORIZAÇÃO ESPECIAL DA ANVISA), quando tratar-se de farmácia de manipulação de produtos controlados; 18. Declaração que comercializa produtos sujeito a controle especiais controlados; 19. Caso comercializa produtos sujeito a controle especiais controlados, apresentar Certificado de Escrituração Digital Inicial do SNGPC Sistema Nacional de Produtos Controlados, e trimestralmente apresentar relatórios de entrada e saída dos produtos aqui tratados (RDC 27 / ANVISA, DE 30/03/2007); 20. Manual de Boas Práticas Em Farmácia (armazenagem, dispensação, aplicação de injetáveis, no caso de drogaria) e Manual de Boas Práticas de Manipulação para farmácias de manipulação, Resolução 357 / CRF, de 20/04/2001; 21. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO (RDC 306 / ANVISA, de 07/12/2004 e RDC 358 / CONAMA, DE 29/04/2005; 22. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 à 03; 04 (caso haja alteração); 05; 06 a 07 (caso haja alteração); 08 à 21; 22 (caso haja alteração);

4 Item 02 TRANSPORTADORAS DE MEDICAMENTOS E CORRELATOS - ABERTURA 4. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial 5. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda; 7. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso; 8. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 9. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT não sja o proprietário; 10. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 11. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 12. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 13. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 14. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 15. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 16. Comprovante de pagamento da AFE (Autorização de Funcionamento de Empresa), junto à ANVISA (RDC 238 DE 12/2001); - A AFE é conseguido via site: Declaração que transporta produtos sujeito a controle especiais controlados; 18. Comprovante de pagamento da AE (AUTORIZAÇÃO ESPECIAL DA ANVISA), para empresas que transportam medicamentos constantes da Portaria 344/98; 19. Manual de Boas Práticas para o transporte de medicamentos com referência às condições de acondicionamento, embalagem, manuseio, empilhamento e segurança; 20. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO (RDC 306 / ANVISA, de 07/12/2004 e RDC 358 / CONAMA, DE 29/04/2005; 21. IPVA atualizado de todos os veículos que forem transportar os medicamentos (xerox); 22. Relação de quantitativo de veículos a serem utilizados para o transporte de produtos farmacêuticos; 23. Documento referente a desinfecção e higienização dos mesmos; 24. Relação das sedes e filiais; 25. Área de atuação (nacional e/ou internacional); 26. Relação das empresas para as quais é feito o transporte; 27. Relação dos produtos a serem transportados; 28. Guia de procedimentos sobre os produtos a serem fornecidos pelo titular do registro ou da distribuidora contratante, principalmente para aqueles que necessitem de condições especiais; 29. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 à 03; 04 (caso haja alteração); 05; 06 a 07 (caso haja alteração) 08 à 17; 18 à 19 (revalidação pelo profissional responsável) ; 20; 21; 22; 23; 24; 25; 26; 27; 29 (caso haja alteração)

5 Item 03 - PRESTADORES DE SERVIÇOS NA ÁREA DE ACADEMIAS, ATIVIDADE FÍSICA DESPORTIVA E SIMILARES - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura; 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 17. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não proveniente da rede pública; 18. Relação Nominal dos profissionais integrantes do quadro técnico com as respectivas identidades profissionais; 19. Relação dos serviços desenvolvidos pela empresa; 20. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 à 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 19; 20 (caso haja alteração);

6 Item 04 - ROTINA PARA O LICENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS DE PERFUMES, COSMÉTICOS, PRODUTOS DE HIGIENE PESSOAL E DOMICILIAR, ARTIGOS ORTOPÉDICOS E DENTÁRIOS - ABERTURA 4. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial 5. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda; 7. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso; 8. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 9. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 10. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 11. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 12. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 13. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 14. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 15. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 16. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 à 03; 04 (caso haja alteração); 05; 06 a 07 (caso haja alteração) 08 à 15; 16 (caso haja alteração)

7 Item 05 - ROTINA PARA O LICENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PRESTADORES DE SERVIÇOS DE CONTROLE DE VETORES E PRAGAS URBANAS - ABERTURA 4. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial 5. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda; 7. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso; 8. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 9. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 10. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 11. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 12. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 13. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 14. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 15. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 16. Manual contendo os Procedimentos Operacionais Padronizados para as atividades de preparo de soluções, técnicas de aplicação, utilização e manutenção dos equipamentos; 17. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO; 18. Declaração das atividades desenvolvidas pela empresa; 19. Licença de Operação de um órgão do Meio Ambiente; 20. Relação dos produtos a serem utilizados, com especificação do modo de emprego e de todos os dados necessários inclusive área de aplicação (residenciais, áreas internas e externas, estabelecimentos comerciais, etc.; 21. Cópia das instruções, impressas ou datilografadas, contendo os cuidados, inclusive orientações para eventuais casos de intoxicações que possam ocorrer, para orientação aos usuários; 22. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 à 03; 04 (caso haja alteração); 05 à 21; 22 (caso haja alteração);

8 Item 06 ESTABELECIMENTOS ÓTICOS - ABERTURA 4. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial 5. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda; 7. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso; 8. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 9. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 10. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 11. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 12. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 13. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 14. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 15. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 16. Contrato com o laboratório prestador de serviços devidamente licenciado (com cópia autenticada do Alvará Sanitário) no município de origem, no caso de não possuir laboratório próprio; 17. Livro de registro para transcrição de receitas médicas, com termo de abertura averbado pela autoridade sanitária local. (deixar no local para vistoria). 18. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 à 03; 04 (caso haja alteração); 05 16; 17 e 18 (caso haja alteração);.

9 Item 07 - SALÕES DE BELEZA, CABELEIREIRO, PODÓLOGO, CLÍNICAS DE ESTÉTICAS, QUE PRATICAM ACUPUNTURA, MASSOTERAPIAS, TATUAGEM, PIERCING E CONGÊNERES - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 17. Relação dos serviços prestados, bem como dos equipamentos existentes; 18. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 18;.

10 Item 08 - HOTÉIS, MOTÉIS, PENSÕES, CLUBES, SAUNAS, CRECHES E CONGÊNERES - BERTURA 4. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 5. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 6. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 7. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 8. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 9. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 10. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 11. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 12. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 13. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 14. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 15. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 16. Relação dos serviços desenvolvidos pela empresa, (p. ex., hotelaria, restaurante, etc.,) 17. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 03; 04 (caso haja alteração); 05 à 15; 16 (caso haja alteração)

11 Item 09 - CASAS DE PRODUTOS VETERINÁRIOS, AGROPECUÁRIOS E OUTROS ESTABELECIMENTOS PRESTADORES DE SERVIÇOS VETERINÁRIOS E AGROPECUÁRIOS - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 17. Relação dos serviços prestados, bem como dos equipamentos existentes; 18. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO; 19. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 16; 17 à 18 (revalidação pelo profissional responsável); 19 (caso haja alteração);

12 Item 10 - CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS E DEMAIS ESTABELECIMENTOS COM SERVIÇOS DENTÁRIOS - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura; 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 17. Relação dos serviços prestados, bem como dos equipamentos existentes; 18. Laudo radiométrico do equipamento de Raio - x fornecido por físico devidamente credenciado para atuar no Estado de Rondônia, quando tiver equipamento de Rx; 19. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO; 20. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 17; 18 à 19 (revalidação pelo profissional responsável); 20 (caso haja alteração);

13 Item 11 - CLÍNICAS E CONSULTÓRIOS DE ENFERMAGEM, MEDICINA, PSICOLOGIA, FISIOTERAPIA, FONOAUDIOLOGIA, NUTRIÇÃO E CONGÊNERES - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura; 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 17. Relação dos serviços prestados, bem como dos equipamentos existentes; 18. Laudo radiométrico do equipamento de Raio - x fornecido por físico devidamente credenciado para atuar no Estado de Rondônia, quando tiver equipamento de Rx; 19. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO, quando tiver serviços com procedimento invasivo; 20. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 17; 18 à 19 (revalidação pelo profissional responsável); 20 (caso haja alteração);

14 Item 12 - PRESTADORES DE SERVIÇOS DE HIGIENIZAÇÃO, DESINFECÇÃO E SIMILARES - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura; 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 17. Relação dos serviços prestados, bem como dos equipamentos existentes; 18. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO, quando tiver serviços com procedimento invasivo; 19. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 17; 18 (revalidação pelo profissional responsável); 19 (caso haja alteração);

15 Item 13 - CLINICAS DE VACINAÇÃO - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura; 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; 17. Relação dos serviços prestados, bem como dos equipamentos existentes; 18. Relação de equipamento existente para armazenamento das vacinas; 19. Modelo de Cartão de Vacina padronizado; 20. Livro de Registro de Vacinações; 21. Xerox do PGRSS Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, protocolado junto à SEMA Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho/RO, quando tiver serviços com procedimento invasivo; 22. Cópia heliográfica do Projeto Arquitetônico do estabelecimento, acompanhado do Memorial Descritivo PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 20; 21 (revalidação pelo profissional responsável); 22 (caso haja alteração);

16 Item 14 - EMPRESAS DE HOME CARE E ASSISTÊNCIA MÉDICA DOMICILIAR - ABERTURA 4. Quando autônomo apresentar C.P.A. - Cadastro de Profissional Autônomo da Prefeitura; 5. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial para autônomo não se aplica; 6. Cópia do Documento de Inscrição na Secretaria Estadual de Fazenda para autônomo não se aplica; 7. Cópia do documento de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas CNPJ - para autônomo não se aplica; 8. Cópia Autenticada da Procuração do Representante Legal, quando for o caso - para autônomo não se aplica; 9. Cópia do Certificado de Regularidade Técnica expedida pelo Conselho Profissional correspondente; 10. Cópia da carteira profissional do RT e prova de relação contratual entre o RT e a empresa, caso o RT 11. ASO Atestado de Saúde Ocupacional de Todos os Profissionais do Estabelecimento; 12. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio Ambiente e que possua Alvará de 13. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma legalmente habilitada para tal serviço; 14. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não 15. Cópia da escritura do imóvel, contrato de locação, e/ou outro documento substituto; 16. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros, caso tenha área física de apoio; 17. Relação dos serviços prestados, bem como dos equipamentos existentes; 18. Declaração Informando: tipo de Atendimento que irá prestar, recursos complementares e Horário de funcionamento; 19. Relação dos profissionais que prestam serviços, discriminando o vínculo empregatício, e registros nos conselhos ou contrato de prestação de serviços por firma terceirizada com Licença de Funcionamento Sanitário pela VISA Municipal ou Estadual; PARA REVALIDAÇÃO DA LFS (ATÉ 31/03 DO ANO SUBSEQUENTE) RENOVAR OS ITENS: 01 04; 05 (caso haja alteração); 06 à 19;

17 15. - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS ÁREA DE ALIMENTOS CADASTRO DE EMPRESA E ALTERAÇÃO CONTRATUAIS a. Requerimento específico; b. Contrato Social, ou declaração de Empresário, e alterações contratuais c. CNPJ; d. RG e CPF dos sócios; e. RG e CPF do representante legal, se o requerimento for assinado por este; f. Certidão Negativa da SEMFAZ g. Contrato de locação do imóvel se alugado h. Contrato de compra e venda do imóvel ou escritura pública se próprio i. Declaração de cessão do imóvel com firma reconhecida, se cedido; j. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; k. Carteira de saúde ou ASO dos funcionários l. Contrato de Responsabilidade técnica (COZINHAS INDUSTRIAIS) m. Cópia do Diploma do Responsável Técnico (COZINHAS INDUSTRIAIS) n. Cópia da Carteira do Técnico responsável junto ao seu Conselho de Classe (COZINHAS INDUSTRIAIS) o. Certificado de desratização e desinsetização por firma credenciada por órgão do Meio ambiental e que possua Alvará de p. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma Registrada; q. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não proveniente da rede pública; RENOVAÇÃO SEM ALTERAÇÃO CONTRATUAL a. Requerimento específico; b. Certidão Negativa da SEMFAZ c. Termo de Vistoria do Corpo de Bombeiros; d. Certificado de dedetização por empresa autorizada e. Certificado de Limpeza e Manutenção de Ar Condicionado por firma Registrada; f. Certificado de Limpeza e Desinfecção de Reservatórios de Água por firma credenciada, quando tratar-se de água não proveniente da rede pública; g. Carteira de saúde ou ASO dos funcionários h. Comprovante de endereço da empresa i. Contrato de Responsabilidade técnica (COZINHAS INDUSTRIAIS) j. Cópia do Diploma do Responsável Técnico (COZINHAS INDUSTRIAIS) k. Cópia da Carteira do Técnico responsável junto ao seu Conselho de Classe (COZINHAS INDUSTRIAIS) OBS.:O cumprimento integral das exigências constantes da presente Instrução Normativa é condição indispensável ao conhecimento e análise do pedido formulado. Na hipótese de faltarem quaisquer dos documentos exigidos o requerente fica notificado a apresentá-los em 48 (quarenta e oito) horas, a não apresentação da documentação ensejará em procedimento de ação fiscal com aplicação da legislação municipal em vigor.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VELHO/RO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VELHO/RO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Item 01 - DROGARIAS, FARMÁCIAS E DISPENSÁRIOS DE MEDICAMENTOS - ABERTURA 4. Cópia do Contrato Social / Ata de Constituição da Empresa registrado na Junta Comercial 5. Cópia do documento de Inscrição no

Leia mais

Portaria n.º 43/2008

Portaria n.º 43/2008 Portaria n.º 43/2008 Dispõe sobre a documentação necessária para abertura de processos administrativos para solicitação, renovação e alteração de Licença Sanitária de farmácias e drogarias no Estado do

Leia mais

Secretaria Municipal de Saúde Diretoria de Vigilância à Saúde Vigilância Sanitária

Secretaria Municipal de Saúde Diretoria de Vigilância à Saúde Vigilância Sanitária LICENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS QUE COMERCIALIZAM ARTIGOS DE CONVENIÊNCIA E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM FARMÁCIAS E DROGARIAS - "DRUGSTORE" Dispositivo legal: Lei Federal 5991/73 alterada pela Lei 9069/95,

Leia mais

Cópia de RG e CPF dos Sócios Termo de Ciência (Declaração e Requerimento preenchidos,

Cópia de RG e CPF dos Sócios Termo de Ciência (Declaração e Requerimento preenchidos, VISTORIA PREVIA Requerimento Preenchido e Assinado pelo representante legal da empresa Declaração a próprio punho informando o ramo de atividade Guia de IPTU ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO (INÍCIO DE ATIVIDADE)

Leia mais

ANEXO I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REGULARIZAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS SUJEITOS À VIGILÂNCIA SANITÁRIA SUMÁRIO

ANEXO I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REGULARIZAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS SUJEITOS À VIGILÂNCIA SANITÁRIA SUMÁRIO ANEXO I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REGULARIZAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS SUJEITOS À VIGILÂNCIA SANITÁRIA SUMÁRIO 1 - Laboratórios de Análises Clínicas, Pesquisa e Anatomia Patológica, Posto de Coleta de Laboratório

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO PARA LICENCIAMENTO VISA - PAULISTA

DOCUMENTAÇÃO PARA LICENCIAMENTO VISA - PAULISTA DOCUMENTAÇÕES BÁSICAS PARA TODOS OS ESTABELECIMENTOS: 1. Requerimento padronizado da Secretaria de Saúde Vigilância Sanitária, assinado pelo Proprietário e/ou Responsável Técnico; 2. Cópia do Cadastro

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO A na forma do art. 34, 1 da Lei n 8.666/93, torna público que para fornecimento de materiais e prestações de serviços ao Município de Caicó / RN, os interessados deverão

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 5.442, DE 26 DE MARÇO DE 2014

LEI MUNICIPAL Nº 5.442, DE 26 DE MARÇO DE 2014 LEI MUNICIPAL Nº 5.442, DE 26 DE MARÇO DE 2014 Institui a taxa por ações básicas de vigilância sanitária de competência da Direção Municipal do Sistema Único de Saúde - SUS, e dá outras providências. TITO

Leia mais

contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas;

contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas; Relação de documentos exigidos para empresa: contrato social, comprovando que o requerente está legalmente constituído para o exercício da atividade de transporte de pessoas; comprovante de inscrição no

Leia mais

FICHA CADASTRAL DE POSTO REVENDEDOR

FICHA CADASTRAL DE POSTO REVENDEDOR RESOLUÇÃO ANP Nº41, DE 06/11/2013 Exclusiva para pedido de autorização 1/2 01 TIPO DE VAREJISTA 02 INSCRIÇÃO CNPJ COMBUSTÍVEL LÍQUIDO GNV AMBOS / - 04 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA NOME ( firma, razão social

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE no uso de suas atribuições legais, e,

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE no uso de suas atribuições legais, e, RESOLUÇÃO SMAC 479 DE 02 DE SETEMBRO DE 2010. Dispõe sobre procedimentos administrativos simplificados para o Licenciamento Ambiental Municipal de atividades destinadas à reutilização e reciclagem de materiais

Leia mais

MATRÍCULAS PARA EFETIVAR A MATRÍCULA:

MATRÍCULAS PARA EFETIVAR A MATRÍCULA: MATRÍCULAS A Secretaria Acadêmica é responsável pelo ingresso, registro, controle acadêmico e certificação da vida escolar. Responsabiliza-se pela realização da matrícula e organização da documentação

Leia mais

Inscrição. COMO REQUERER: Protocolar obrigatoriamente na sede ou seccionais, o que segue.

Inscrição. COMO REQUERER: Protocolar obrigatoriamente na sede ou seccionais, o que segue. Inscrição Legalidade: A inscrição no CROSP é obrigatória pelas Leis Federais 5.965/73 e 6.839/80 e Consolidação CFO, após a realização da etapa anterior (1ª) e registros em Cartório/Junta Comercial deverão

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO. Inscrição

CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO. Inscrição Inscrição Legalidade: A inscrição no CROSP é obrigatória pelas Leis Federais 5.965/73 e 6.839/80 e Consolidação CFO, após a realização das etapas anteriores (1ª e 2ª) e registros em Cartório/Junta Comercial

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A RDC 44/2010

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A RDC 44/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A RDC 44/2010 1. A RDC 44/2010 é válida para quais tipos de antimicrobianos? A RDC nº 44/2010 estabelece o controle para os antimicrobianos de uso sob prescrição (faixa vermelha)

Leia mais

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA Solicitamos o Cadastro de Fornecedores da UniRV - Universidade de Rio Verde, nos termos da Lei nº 8666/93 Art. 27,28 e 29 atualizada, conforme informações

Leia mais

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização

Prefeitura do Município de Lages Secretaria Municipal da Fazenda Diretoria de Fiscalização INSTRUÇÃO NORMATIVA 007/2014 DISPÕE SOBRE O MANUAL DE PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO DA SECRETARIA DA FAZENDA DO MUNICÍPIO DE LAGES Considerando a necessidade de promover agilidade

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) REGULARIZAÇÃO

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) REGULARIZAÇÃO ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) REGULARIZAÇÃO Regularização de Licença de Instalação (Empreendimento ou Atividade sem qualquer Licenciamento Ambiental) LICENÇA DE INSTALAÇÃO (Regularização) - Exigida nos

Leia mais

NOME ou RAZÃO SOCIAL: NOME FANTASIA:

NOME ou RAZÃO SOCIAL: NOME FANTASIA: NOME ou RAZÃO SOCIAL: NOME FANTASIA: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA AUTORIZAÇÃO DE PUBLICIDADE(PLACA, TOTEM, OUTDOOR) DOCUMENTOS APRESENTADOS SIM NÃO N.A* 1 Requerimento solicitando autorização para publicidade,

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

Documentação necessária para alteração cadastral

Documentação necessária para alteração cadastral Documentação necessária para alteração cadastral Segunda via de cadastro Preencher requerimento de 2ª via de cadastro Cópia da taxa paga de 2ª via (requerer nas unidades dos rápidos) Alteração de sócio:

Leia mais

REGISTRO DE PESSOA JURÍDICA COMO MEI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL

REGISTRO DE PESSOA JURÍDICA COMO MEI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL REGISTRO DE PESSOA JURÍDICA COMO MEI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL Conforme tabela de atividades econômicas no Portal do Empreendedor para enquadramento no momento da emissão do MEI, alertamos que, a única

Leia mais

Anexo III INFORME PRÉVIO. IMPORTADORA De Medicamentos. Nome da Empresa /RS, 20

Anexo III INFORME PRÉVIO. IMPORTADORA De Medicamentos. Nome da Empresa /RS, 20 Anexo III INFORME PRÉVIO IMPORTADORA De Medicamentos Nome da Empresa /RS, 20 NOTA: 1. Para fins de inspeção para verificação de cumprimento de boas práticas de fracionamento é imprescindível que a empresa

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO

DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO PESSOA JURIDICA. Cópia CNPJ; Nº Inscrição estadual; Nº telefone; Comprovante de endereço; Cópia RG e CPF resp. Legal; Cópia RG e CPF resp. Técnico;

Leia mais

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras O, por intermédio da, comunica que, de acordo com o que dispõe a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, os Srs. Fornecedores da Prefeitura do Município de Piracicaba que desejarem se inscrever no CERTIFICADO

Leia mais

Deliberação nº 797/2012

Deliberação nº 797/2012 Deliberação nº 797/2012 A PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO PARANÁ CRF-PR, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pela Lei nº 3.820/60 e pelo artigo 2º, XI do Regimento

Leia mais

REGULARIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO

REGULARIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO Dezembro de 2013 LAS ALVARÁ DE USO LICENÇA DE FUNCIONAMENTO RESTAURANTE E SIMILARES CNAE 5611-2/01 LANCHONETE, CASA DE CHÁS, SUCOS E SIMILARES CNAE 5611-2/03 MENOR

Leia mais

ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA = SERVIÇO PÚBLICO

ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA = SERVIÇO PÚBLICO ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA = SERVIÇO PÚBLICO 1 FORMULÁRIO UTILIZADO FORNECIDO PELO CRF-PB: REQUERIMENTO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA E TERMO DE COMPROMISSO DO PROFISSIONAL E DO ESTABELECIMENTO

Leia mais

CHECKLISTS DOCUMENTAÇÃO PARA EDITAIS DE VERÃO FLORIANÓPOLIS 2016

CHECKLISTS DOCUMENTAÇÃO PARA EDITAIS DE VERÃO FLORIANÓPOLIS 2016 Página 1 de 8 CHECKLISTS DOCUMENTAÇÃO PARA EDITAIS DE VERÃO FLORIANÓPOLIS 2016 Este documento contém a exposição de forma resumida da documentação obrigatória para a inscrição referente aos Editais da

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL

CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL CHECK-LIST TRANSFERÊNCIA DE COTA CONTEMPLADA COM O BEM IMÓVEL Cedente: cliente atual que está vendendo a cota. Cessionário: cliente que está adquirindo a cota. A apresentação dos documentos solicitados

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

ATENÇÃO! DOCUMENTOS DO (A) ESTUDANTE E DE TODO GRUPO FAMILIAR ORIGINAL E CÓPIA OBS: TRAZER IMPRESSA A INSCRIÇÃO DO FIES, DENTRO DO PRAZO DE VALIDADE.

ATENÇÃO! DOCUMENTOS DO (A) ESTUDANTE E DE TODO GRUPO FAMILIAR ORIGINAL E CÓPIA OBS: TRAZER IMPRESSA A INSCRIÇÃO DO FIES, DENTRO DO PRAZO DE VALIDADE. ATENÇÃO! O atendimento somente será realizado com horário agendado. Para agendar, favor entrar em contato pelo telefone 3244-7212 ou pelo nosso e-mail setordebolsas@izabelahendrix.edu.br. DOCUMENTOS DO

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 679/2006

DELIBERAÇÃO Nº 679/2006 DELIBERAÇÃO Nº 679/2006 Dispõe sobre o Registro no CRF/PR de Farmácias de Manipulação e sobre o exercício do farmacêutico habilitado nestes estabelecimentos. O Presidente do Conselho Regional de Farmácia

Leia mais

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS a EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS I) Dados cadastrais a) Razão Social: b) CNPJ: c) Inscrição Estadual: d) Inscrição Municipal: e) Endereço: f) Cidade:

Leia mais

Documentação do Candidato

Documentação do Candidato Documentação do Candidato Documentos de identificação do candidato: Apresentar um dos documentos abaixo para fins de identificação Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das

Leia mais

Documentação do Candidato

Documentação do Candidato Documentação do Candidato Documentos de identificação do candidato: Apresentar um dos documentos abaixo para fins de identificação Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública das

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO/2012

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO/2012 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO/2012 ESTABELECIMENTOS DE ALIMENTOS: 1ª SOLICITAÇÃO análises físico-químicas e microbiológicas da água); Cópia do Manual de Boas Práticas, conforme

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016.2 INSCRIÇÕES 7 a 10 de junho de 2016, exclusivamente pelo site: http://siteprouni.mec.gov.br/. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS Primeira chamada: 13 de junho de 2016 Segunda chamada: 27

Leia mais

ATIVIDADE DE REPRODUÇÃO HUMANA ASSISTIDA - CNAE /07

ATIVIDADE DE REPRODUÇÃO HUMANA ASSISTIDA - CNAE /07 11. ATIVIDADE DE REPRODUÇÃO HUMANA ASSISTIDA - CNAE 8630-5/07 Compreende: Banco de Esperma; Banco de Sêmen Humano; Clínica de Reprodução Assistida; Atividade de Fertilização In Vitro de Seres Humanos;

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SUDEMA Superintendência de Administração do Meio Ambiente

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SUDEMA Superintendência de Administração do Meio Ambiente RELAÇAO DE DOCUMENTOS PARA PEQUENAS INDÚSTRIAS MICROS, MÉDIAS EMPRESAS E ILARES. LICENÇA PRÉVIA 01 - Requerimento de Licença; 02 - Cadastro devidamente preenchido; 03 - Guia do Recolhimento devidamente

Leia mais

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL

Leia mais

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006

Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 Ministério da Fazenda SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL Instrução Normativa nº 632, de 17 de março de 2006 DOU de 20.3.2006 Aprova o Programa Gerador de Documentos do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica -

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. O Prefeito Municipal de Guabiju, no uso de suas atribuições legais, em especial o art. 34, 1º da Lei 8.666/93 e suas posteriores alterações e em virtude da realização

Leia mais

ANEXO II CARTA SOLICITAÇÃO DE CREDENCIAMENTO

ANEXO II CARTA SOLICITAÇÃO DE CREDENCIAMENTO ANEXO II CARTA SOLICITAÇÃO DE CREDENCIAMENTO Ao Diretor-Geral do SENADO FEDERAL A empresa (nome / razão social), CNPJ nº, com logradouro à (endereço completo), fones de contato nºs /, por intermédio de

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Dispõe sobre a criação de Acervos Técnicos de Pessoas

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE (PGRSS) ODONTOLOGIA O gerenciamento dos RSS constitui-se em um conjunto de procedimentos de gestão, planejados e implementados a partir de bases

Leia mais

DA DOCUMENTAÇÃO. Documentos do Fiador deverão ser entregues somente no Agente Financeiro (Banco). DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

DA DOCUMENTAÇÃO. Documentos do Fiador deverão ser entregues somente no Agente Financeiro (Banco). DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA DOCUMENTAÇÃO Prazo para entrega da documentação após inscrição realizada: Após a conclusão da inscrição no Fies, o estudante deverá: I. Validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO NO QUADRO DE FORNECEDORES DESTA PREFEITURA Endereço: Av. Antonio Pires Pimentel, n 2015 CEP: 12.914.000 Bragança

Leia mais

FAQ SOLICITAR ORIGINAIS E CÓPIAS DE TODA DOCUMENTAÇÃO

FAQ SOLICITAR ORIGINAIS E CÓPIAS DE TODA DOCUMENTAÇÃO FAQ SOLICITAR ORIGINAIS E CÓPIAS DE TODA DOCUMENTAÇÃO 1. Todos os membros do grupo familiar são maiores de idade? Menores de idade: solicitar apenas RG, Certidão de Nascimento e CPF; Maiores de idade:

Leia mais

CROPR RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

CROPR RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS CROPR RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS INSCRIÇÃO Provisória - CIRURGIÃO DENTISTA (CD) Certidão original ou cópia autenticada em cartório da colação de grau ou declaração de conclusão do curso contendo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho

INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, no uso da atribuição

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CRF-ES

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CRF-ES DELIBERAÇÃO Nº34/2014 Ementa: Dispõe sobre o Registro e a Renovação da Certidão dos Postos de Medicamentos no Conselho Regional de Farmácia do Espírito Santo e dá outras providências. O PLENÁRIO DO CONSELHO

Leia mais

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo)

CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) CHECKLIST Conferência de Documentos Bolsa Social de Estudo (O checklist não substitui a leitura do Edital Normativo) Nº DO PROCESSO: DATA: ALUNO: MATRÍCULA: CURSO: SEMESTRE: QUANTIDADE DE MEM- BROS: DOCUMENTOS

Leia mais

ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA LICENCIAMENTO DE LOTEAMENTOS LICENÇA PREVIA

ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA LICENCIAMENTO DE LOTEAMENTOS LICENÇA PREVIA ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA LICENCIAMENTO DE LOTEAMENTOS LICENÇA PREVIA 1. Requerimento a SUDEMA, solicitando o licenciamento; 2. Cadastro devidamente preenchido; 3. Guia de Recolhimento

Leia mais

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO. Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS)

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO. Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS) 1 DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS) DROGARIAS (CONFORME LEI FEDERAL 5991/73, RESOLUÇÃO RDC ANVISA 44/09 E OUTRAS PERTINENTES)

Leia mais

EDITAL PARA CREDENCIAMENTO N 01/2016

EDITAL PARA CREDENCIAMENTO N 01/2016 PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO EDITAL PARA CREDENCIAMENTO N 01/2016 O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 18ª REGIÃO, por seu Diretor-Geral, torna público que se encontram

Leia mais

Programa de Capacitação de Agentes Fiscais SANTA MARIA: 14/08/2013

Programa de Capacitação de Agentes Fiscais SANTA MARIA: 14/08/2013 Programa de Capacitação de Agentes Fiscais SANTA MARIA: 14/08/2013 CONCEITOS RESÍDUO: Resíduos nos estados sólido, semi-sólido ou líquido resultantes de atividades industriais, domésticas, hospitalar,

Leia mais

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS SUMÁRIO APÊNDICES 1 - Objetivo A - Solicitação de Cadastro de Pessoa Jurídica 2 - Referências normativas B - Solicitação de Cadastro de Pessoa

Leia mais

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X CESSÃO DE DIREITOS E OBRIGAÇÕES PESSOA FÍSICA E JURÍDICA NOME: CONTRATO: DN: ORIENTAÇÕES IMPORTANTES: Informamos que para ceder e transferir a terceiros os direitos e as obrigações do contrato será necessária

Leia mais

EDITAL DE MATRÍCULA Nº 01/2016

EDITAL DE MATRÍCULA Nº 01/2016 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃ DE ENSINO SECRETARIA

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 01/2014 EDITAL DE CONVOCAÇÃO 01/2014

CONCURSO PÚBLICO 01/2014 EDITAL DE CONVOCAÇÃO 01/2014 CONCURSO PÚBLICO 01/2014 EDITAL DE CONVOCAÇÃO 01/2014 O PREFEITO DO, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto no art. 37 da Constituição Federal, na Lei Orgânica Municipal,

Leia mais

PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013.

PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Publicado no DOM Nº 2655 de 27/11/2013 PORTARIA Nº 077/2013-GS/SEMUT NATAL(RN), 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Disciplina o procedimento de indeferimento de opção e de exclusão de ofício ao Regime Especial Unificado

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DE CREDENCIAMENTO (Centro de Formação de Condutores) MATRIZ FILIAL

REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DE CREDENCIAMENTO (Centro de Formação de Condutores) MATRIZ FILIAL REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DE CREDENCIAMENTO (Centro de Formação de Condutores) MATRIZ FILIAL NOME DE FANTASIA: RAZÃO SOCIAL: REGIÃO: MUNICÍPIO: CIRETRAN: E-mail do CFC: O Centro de Formação de Condutores

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 Regulamenta a Transferência Interna, externa e Ingresso de Portador de Diploma nos cursos de graduação da Faculdade Guanambi. O Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO Administração Regional do Itapoã CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO Gerência de Aprovação e Licenciamento 1 GERÊNCIA DE APROVAÇÃO E LICENCIAMENTO Departamento é responsável por dar encaminhamento ao cidadão

Leia mais

LISTA DE SERVIÇOS E DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA Casa do Cidadão

LISTA DE SERVIÇOS E DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA Casa do Cidadão LISTA DE SERVIÇOS E DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA Casa do Cidadão CAGECE - Companhia de Água e Esgoto do Ceará (disponível nas Casas dos Shoppings Diogo e Benfica) 2ª via de conta de água Inscrição, Nome ou

Leia mais

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS DO CAMPUS MANAUS CENTRO 2º SEMESTRE 2015

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS DO CAMPUS MANAUS CENTRO 2º SEMESTRE 2015 CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS DO CAMPUS MANAUS CENTRO 2º SEMESTRE 2015 EDITAL/CURSO/FORMA/MODALIDADE DATA HORÁRIO LOCAL EDITAL 05/2015 CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE 20,21 e 22 de JULHO (1ª Chamada) 8h às 17h SALA

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA. PERÍODO DE CONFIRMAÇÃO DE VAGA 1ª CHAMADA: 13 a 16 de dezembro de 2016

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA. PERÍODO DE CONFIRMAÇÃO DE VAGA 1ª CHAMADA: 13 a 16 de dezembro de 2016 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA PERÍODO DE CONFIRMAÇÃO DE VAGA 1ª CHAMADA: 13 a 16 de dezembro de 2016 1) DOCUMENTOS GERAIS (para todos os candidatos) Na Confirmação de Vaga, o candidato deverá entregar

Leia mais

ANEXO II RELAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NA BOLSA PERMANÊNCIA IFF E MODALIDADES DE AUXILIOS ALIMENTAÇÃO, MORADIA, TRANSPORTE

ANEXO II RELAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NA BOLSA PERMANÊNCIA IFF E MODALIDADES DE AUXILIOS ALIMENTAÇÃO, MORADIA, TRANSPORTE ANEXO II RELAÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NA BOLSA PERMANÊNCIA IFF E MODALIDADES DE AUXILIOS ALIMENTAÇÃO, MORADIA, TRANSPORTE DOCUMENTOS ESPECÍFICOS DOS ESTUDANTES I - Comprovante de matrícula de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Vila Velha Estado do Espírito Santo Secretaria de Desenvolvimento Sustentável

Prefeitura Municipal de Vila Velha Estado do Espírito Santo Secretaria de Desenvolvimento Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) 1 OBJETIVO Este Termo de Referência tem como finalidade orientar os geradores de resíduos sólidos provenientes

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 - SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PORTFÓLIO DE SERVIÇOS ( SMART CAMPUS ) PARA

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

INFORMAÇÕES, RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE BOLSA E FICHA DE INSCRIÇÃO NA INSTITUIÇÃO FEAD

INFORMAÇÕES, RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE BOLSA E FICHA DE INSCRIÇÃO NA INSTITUIÇÃO FEAD INFORMAÇÕES, RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE BOLSA E FICHA DE INSCRIÇÃO NA INSTITUIÇÃO FEAD FEAD Faculdade de Estudos Administrativos de MG FEAD Faculdade de Estudos Superiores de MG CANDIDATOS

Leia mais

FÁBIO SCHROETER, Prefeito Municipal de Campo Verde, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais,

FÁBIO SCHROETER, Prefeito Municipal de Campo Verde, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, LEI COMPLEMENTAR N 060, DE 09 DE SETEMBRO DE 2015 DISPÕE SOBRE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO, INSTITUI O ALVARÁ PROVISÓRIO, ESTABELECE A VALIDADE DO DOCUMENTO DE ALVARÁ NO MUNICÍPIO

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PROUNI

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PROUNI DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PROUNI Documentação a ser apresentada pelo candidato e membros do grupo familiar, quando for o caso, na fase de comprovação de informações. É vedado ao coordenador do Prouni pedir

Leia mais

PORTARIA DA DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS Nº 33 / 2016

PORTARIA DA DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS Nº 33 / 2016 PORTARIA DA DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS Nº 33 / 2016 A DIRETORA GERAL DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS, no uso das suas atribuições regimentais. Conforme Ministério da Educação

Leia mais

POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DE MINAS GERAIS

POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DE MINAS GERAIS POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DE MINAS GERAIS Av. João Pinheiro, 417 B. Centro-BH/MG CEP: 30130.180 PORTARIA N 92.147/2005 de 10 de dezembro de 2005 O Chefe do Departamento de

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE JUDÔ Rua Germaine Burchard, 451-3º Andar - sala 31 - Fone (011) e FAX (011) SÃO PAULO - SP - CEP

FEDERAÇÃO PAULISTA DE JUDÔ Rua Germaine Burchard, 451-3º Andar - sala 31 - Fone (011) e FAX (011) SÃO PAULO - SP - CEP FEDERAÇÃO PAULISTA DE JUDÔ Rua Germaine Burchard, 451-3º Andar - sala 31 - Fone (011) 3862-0749 e FAX (011) 3673-0497 SÃO PAULO - SP - CEP 05002-062 Ilustríssimos Senhores Delegados Regionais, Árbitros

Leia mais

EDITAL FATEC SÃO ROQUE Nº 01/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014

EDITAL FATEC SÃO ROQUE Nº 01/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014 EDITAL FATEC SÃO ROQUE Nº 01/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014 O Diretor da Faculdade de Tecnologia de São Roque no uso de suas atribuições legais torna público que estão abertas as inscrições para participação

Leia mais

Implantar o Relatório de Acompanhamento das Atividades de Empresas RAAE, para empresas de limpeza e higienização de reservatórios de água.

Implantar o Relatório de Acompanhamento das Atividades de Empresas RAAE, para empresas de limpeza e higienização de reservatórios de água. 1. OBJETIVO Implantar o Relatório de Acompanhamento das Atividades de Empresas RAAE, para empresas de limpeza e higienização de reservatórios de água. 2. CAMPO DE APLICAÇÃO Estão submetidas a esta norma

Leia mais

- Custas verificar pessoalmente no cartório mediante a apresentação da documentação

- Custas verificar pessoalmente no cartório mediante a apresentação da documentação DOCUMENTOS PARA AVERBAÇÕES, INCORPORAÇÕES E REGISTROS Averbação de Construção: * Certificado de conclusão de obra (original ou autenticado pela Prefeitura) * ART do CREA (certidão do engenheiro), original

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DO GRUPO FAMILIAR (Candidato/Aluno e todos que residem sob o mesmo domicílio) SOLICITAÇÃO DE BOLSA SOCIAL

DOCUMENTAÇÃO DO GRUPO FAMILIAR (Candidato/Aluno e todos que residem sob o mesmo domicílio) SOLICITAÇÃO DE BOLSA SOCIAL DOCUMENTAÇÃO DO GRUPO FAMILIAR (Candidato/Aluno e todos que residem sob o mesmo domicílio) SOLICITAÇÃO DE BOLSA SOCIAL o Requerimento de Bolsa de Estudo preenchido pelo site (Via da Instituição); o Protocolo

Leia mais

Termo de Verificação de Atividades em Estabelecimento Público

Termo de Verificação de Atividades em Estabelecimento Público Termo de Verificação de Atividades em Estabelecimento Público Denominação do local: Ente responsável pela administração: C.N.P.J.: Endereço: Tel/Fax: Município: Horário de Funcionamento: Farmacêutico:

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS

PREFEITURA DE SÃO LUÍS PORTARIA Nº 0790 de 09 de outubro de 2015. Estabelece normas relativas à obtenção de cadastramento dos condutores autônomos e empresas exploradoras do serviço de transporte escolar no âmbito do Município

Leia mais

ANEXO I. Relação de documentos comprobatórios para análise socioeconômica

ANEXO I. Relação de documentos comprobatórios para análise socioeconômica ANEXO I Relação de documentos comprobatórios para análise socioeconômica 1 Relação de documentos do Candidato: - Carteira de Identidade; - CPF; - Carteira profissional: apresentar fotocópia das páginas:

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011 ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL Fevereiro/2011 1. DOCUMENTOS EXIGIDOS POR TIPO DE MOVIMENTAÇÃO 1.1 INCLUSÃO DE TITULAR Ficha de movimentação preenchida, assinada, carimbada pela empresa e assinada

Leia mais

ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa 22/2014/MEC)

ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa 22/2014/MEC) ANEXO I (Redação dada pela Portaria Normativa DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS NA CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento) FACULDADE - IES 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DO

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda Estado do Rio de Janeiro

Câmara Municipal de Volta Redonda Estado do Rio de Janeiro Lei Municipal Nº 3.704 1 CAPÍTULO V DO LICENCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS Artigo 68 - Nenhum estabelecimento sediado no município e que se enquadram no presente Código Sanitário poderá funcionar sem prévia

Leia mais

Diário Oficial da União Nº 61, segunda-feira, 1 de abril de 2013, Seção 1, p

Diário Oficial da União Nº 61, segunda-feira, 1 de abril de 2013, Seção 1, p Diário Oficial da União Nº 61, segunda-feira, 1 de abril de 2013, Seção 1, p. 79-80 http://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=79&data=01/04/2013 RESOLUÇÃO - RDC Nº 17, DE 28 DE

Leia mais

INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS

INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS Para efeito de seleção das categorias que possuem divisão de 1 o, 2 o,3 o, vigoram os seguintes paramentos abaixo listados: 1 o categoria Contrato social acima de R$ 30.000,00

Leia mais

a) Requerimento dirigido ao Chefe da DFDSA, solicitando credenciamento ou renovação para comercializar aves vivas

a) Requerimento dirigido ao Chefe da DFDSA, solicitando credenciamento ou renovação para comercializar aves vivas SECRETARIA DA AGRICULTURA E ABASTECIMENTO NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA CREDENCIAMENTO E EXPEDIÇÃO DE CADASTRAMENTO AOS ESTABELECIMENTOS QUE COMERCIALIZEM AVES VIVAS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, CONFORME

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO P/ AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO GRUPO A : I GINCANA ECOLÓGICA LAJINHA LIMPO, NASCENTE PRESERVADA.

FICHA DE INSCRIÇÃO P/ AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO GRUPO A : I GINCANA ECOLÓGICA LAJINHA LIMPO, NASCENTE PRESERVADA. FICHA DE INSCRIÇÃO P/ AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO GRUPO A : NOME DA EQUIPE: NOME DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO: NOME: RG: CPF:_ ENDEREÇO DO RESPONSÁVEL: E-MAIL: FONE: NOME: RG: CPF:_ ENDEREÇO DO RESPONSÁVEL:

Leia mais

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA

ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA ANEXO III DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DA RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA INFORMAÇÕES GERAIS: a) Para a comprovação da renda deverão ser entregues os documentos constantes neste anexo,

Leia mais

REFORMA OU CONSTRUÇÃO

REFORMA OU CONSTRUÇÃO Ficha Cadastral Cópia simples do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal REFORMA OU CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DE ALVARÁ SANITÁRIO

LISTA DE DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DE ALVARÁ SANITÁRIO LISTA DE DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DE ALVARÁ SANITÁRIO I - ABERTURA DE EMPRESA: EMPRESA DE PESSOA JURÍDICA 1- CÓPIA DE DOCUMENTOS DOS SÓCIOS (RG E CPF); 2- CÓPIA DO ENDERECO COMERCIAL; 3- VISTORIA DO CORPO

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais