Civilizações Hidráulicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Civilizações Hidráulicas"

Transcrição

1 Civilizações Hidráulicas Mesopotâmia e Egito Prof. Thiago

2 Modo de Produção Asiático Sociedades ditas Hidráulicas ou de Regadio; Ausência da propriedade privada; Base social aldeã; Intervenção estatal na economia; Classe social dominante identificada com o Estado Servidão coletiva

3 Uma dádiva do Nilo Período Pré-Dinástico ( a.C.) Comunidades rudimentares e autônomas (nomos); Crescimento dos nomos Revolução Urbana Superioridade tecnológica (Irrigação, diques e hieróglifos, calendário solar 12 meses de 30 dias + 5 dias); União entre nomos reinos (3500 a.c.); Alto Egito; Baixo Egito; Conquista do Baixo Egito e unificação (3200a.C.) por Menés primeiro faraó;

4 Período Dinástico ( a.C.) Faraó Dono de todas as terras; População deve servi-lo como deus vivo; Antigo Império ( a.C.); Médio Império ( a.C.); Novo Império ( a.C.);

5 Economia e Sociedade Economia baseada na agricultura (trigo, cevada, algodão, papiro e linho); Atividades de pesca e criação de animais; Época de cheias: Manutenção das instalações de irrigação; Trabalho nas grandes obras estatais; Produção de tecidos, vidros e navios; Centralização da organização econômica nas mãos do Estado; Supremacia do faraó; Estocagem dos excedentes agrícolas pela burocracia governamental;

6 Pirâmide social No topo o faraó, abaixo dele Vizir do Alto Egito, o do Baixo Egito e o Sumo-Sacerdote de Amon-Rá, abaixo a aristocracia composta pela elite e pelos sacerdotes, abaixo a grande massa trabalhadora e camponesa, e abaixo os poucos escravos.

7 Religião e Ciências - Politeístas (antropozoomórficos); Cheia sucede a vazante vida sucede a morte: preservação do corpo; alma retorna ao corpo; Técnica de mumificação controlada pelos sacerdotes; Conhecimento do corpo avanços na medicina; Desenvolvimento de astrologia e engenharias avançadas;

8 Antigo Império ( a.C.) 1ª Capital -Tinis (período tenita); 2ª Capital Mênfis (período menfita) Atual Cairo; Construção das Pirâmides de Gizé; Caráter religioso e pacífico até 2300; Aumento do poder dos monarca (enfraquecimento governamental); Inúmeras lutas crise produtiva;

9 Médio Império ( a.C.) Restabelecimento do poder centralizado por Tebas (período tebano); Invasões estrangeiras (hicsos) 1800a.C. (militarmente superiores); Domínio hicso por mais de 200 anos; Despertar de sentimento nacionalista expulsão dos hicsos em 1580a.C.;

10 Novo Império ( a.C.) Apogeu; Ampliação das fronteiras; Escravização dos hebreus; Invasão e conquista pelos Assírios de Assurbanípal (662a.C.); Restabelecimento da Independência (período saíta); Intensificação do comércio; Lutas internas; Invasões estrangeiras; Domínio Persa em 525a.C.; Restabelecimento da autonomia política no séc XX;

11 Faraós mais importantes Tutmés III aumenta as fronteiras até o Eufrates; Amenófis IV tentativa de diminuição do poder dos sacerdotes, reforma religiosa; Vitória dos sacerdotes coroação de Tutankhamon; Ramsés II grandes conquistas militares;

12 Mesopotâmia Alta rotatividade no domínio; Entre os rios Tigre e Eufrates; Região muito fértil; Geograficamente não favorável; Sem proteções naturais;

13 Sumérios e Acadianos Sumérios se fixam na Caldéia em 3500a.C.; Diversas cidades-estado governadas por Patesi; Escrita cuneiforme; Invasões e domínio acadiano (2300a.C.); Sargão I 1º rei Mesopotâmico; Sequência de Invasões Ressurgimento dos sumérios; Invasões Amoritas 1º Império Mesopotâmico;

14 Iº Império Mesopotâmico Babilônia, nova capital; Hamurabi código de Hamurabi Lei de Talião Olho por olho, dente por dente Invasões hititas e cassitas; Invasões assírias;

15 Império Assírio Famosos pela crueldade; Conquista do Reino de Israel; Construção da Biblioteca de Ninive; Principal rei: Assurbanipal Retomada dos Caldeus e imposição do IIº Império Babilônico;

16 IIº Império Babilônico Apogeu de Nabucodonossor; Jardins Suspensos da Babilônia; Cativeiro da Babilônia (hebreus); Morte de Nabucodonossor; Decadência; Tomada pelos Persas;

17 Economia e Sociedade Agricultura (trigo e cevada); Artesanato e comercio cresceram posteriormente; Monarquia Teocrática absoluta; Controle de excedente agrícola pelos templos; Pirâmide social composta pelo rei no topo, abaixo a aristocracia composta pelos sacerdotes e militares, seguida pela grande massa de trabalhadores e alguns escravos.

18 Religião Descendência quase que total dos sumérios; Politeístas (divindades ligadas à natureza); Lenda do Dilúvio (deus Marduk e Gilgamés); Recompensas terrenas imediatas; Não acreditavam em vida após a morte;

19 Ciências e Artes Conhecimento científico respeitável; Descobrimento de 5 planetas; Divisão do círculo em 360 graus; Desenvolvimento matemático; Arquitetura destacável (Zigurates); Escrita Cuneiforme; Literatura Desenvolvida;

Antiguidade Oriental I. História A Prof. Thiago

Antiguidade Oriental I. História A Prof. Thiago Antiguidade Oriental I História A Prof. Thiago Modo de Produção Asiático Sociedades ditas Hidráulicas ou de Regadio; Estado proprietário da terra (posse comunitária); Base social aldeã; Intervenção estatal

Leia mais

Antiguidade Oriental. Egito e Mesopotâmia

Antiguidade Oriental. Egito e Mesopotâmia Antiguidade Oriental Egito e Mesopotâmia As principais civilizações As principais civilizações da Antigüidade oriental são a suméria, assíria, acadiana, egípcia, hebraica, fenícia, hitita e persa. Civilização

Leia mais

Nas sociedades hidráulicas apenas as categorias sacerdotais, militares e burocratas têm controle dos saberes letrados. Os textos em geral sacralizam

Nas sociedades hidráulicas apenas as categorias sacerdotais, militares e burocratas têm controle dos saberes letrados. Os textos em geral sacralizam ilwyzx Nas sociedades hidráulicas apenas as categorias sacerdotais, militares e burocratas têm controle dos saberes letrados. Os textos em geral sacralizam a natureza, ritualizam as relações humanas meio

Leia mais

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS 25 MESOPOTÂMIA: REGIÃO ENTRE DOIS RIOS (GREGO) 1. Sumérios e Acádios (antes de 2000 a. C) - Cidades Estados - Religião politeísta cada cidade possuía um Deus principal - A terra era dos deuses - Trabalhavam

Leia mais

Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia.

Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia. Mesopotâmia Antiga Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia. Diferente do Egito, a Mesopotâmia nunca se preocupou com

Leia mais

Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG

Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG MESOPOTÂMIA As primeiras cidades se formaram justamente na região onde a agricultura começou a se desenvolver: no Oriente

Leia mais

MESOPOTÂMIA. TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive

MESOPOTÂMIA. TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive MESOPOTÂMIA TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive ASPECTOS FÍSICOS Os dois rios mais importantes são o Tigre e o Eufrates. Localiza-se, predominantemente, no Crescente Fértil, onde hoje está o Iraque. Possui precárias

Leia mais

MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA

MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA Um oásis em meio ao deserto Local em que teria ocorrido o processo de sedentarização do homem Período neolítico Formação das primeiras cidades Na Idade dos Metais

Leia mais

Antiguidade Oriental. Prof. Helder Carneiro

Antiguidade Oriental. Prof. Helder Carneiro Antiguidade Oriental Prof. Helder Carneiro Impérios Teocráticos de Regadio Desenvolveram-se próximos de grandes rios; Teocracia = Governo de Deus; Obras Hidráulicas; Modo de Produção Asiático: O Estado

Leia mais

- Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado.

- Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado. 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele;

Leia mais

1 - O CRESCENTE FÉRTIL:

1 - O CRESCENTE FÉRTIL: 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele;

Leia mais

AULAS 5 e 6. Colégio Tiradentes 2013 Prof. Kadú A ANTIGUIDADE ORIENTAL: A Mesopotâmia

AULAS 5 e 6. Colégio Tiradentes 2013 Prof. Kadú A ANTIGUIDADE ORIENTAL: A Mesopotâmia AULAS 5 e 6 Colégio Tiradentes 2013 Prof. Kadú A ANTIGUIDADE ORIENTAL: A Mesopotâmia Vídeo: Grande Civilizações Mesopotâmia (Parte 1) (11:03) PONTOS PRINCIPAIS DA MESOPOTÂMIA EM PROVAS - A Mesopotâmia

Leia mais

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br ANTIGÜIDADE ORIENTAL 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus

Leia mais

O CRESCENTE FÉRTIL. Berço das primeiras civilizações; Atualmente engloba do Iraque até Egito; Presença de grandes rios; Terras férteis

O CRESCENTE FÉRTIL. Berço das primeiras civilizações; Atualmente engloba do Iraque até Egito; Presença de grandes rios; Terras férteis LOCALIZAÇÃO O CRESCENTE FÉRTIL Berço das primeiras civilizações; Atualmente engloba do Iraque até Egito; Presença de grandes rios; Terras férteis Características da região O nome, Mesopotâmia, do grego,

Leia mais

Capítulo 04 - Mesopotâmia

Capítulo 04 - Mesopotâmia COLÉGIO SALESIANO SÃO GONÇALO CUIABÁ MT Escola de Educação Básica Aluno(a): 6ºAno Professora: Cláudia Teodoro e Vânia Pires. Data: / /2016 Caderno de Recuperação de História Capítulo 04 - Mesopotâmia 01)

Leia mais

escrita cuneiformes SUMÉRIOS

escrita cuneiformes SUMÉRIOS MESOPOTÂMIA A Mesopotâmia era uma região que se localizava entre os rios Tigre e Eufrates no continente asiático, onde atualmente encontra-se o Iraque. Este fato deu origem ao seu nome, que significa terra

Leia mais

Antiguidade Oriental Egito Mesopotâmia Palestina Hebreus. Pérsia. Profª.. Auxiliadora

Antiguidade Oriental Egito Mesopotâmia Palestina Hebreus. Pérsia. Profª.. Auxiliadora Antiguidade Oriental Egito Mesopotâmia Palestina Hebreus Fenícios Pérsia Profª.. Auxiliadora Crescente Fértil F Impérios Teocráticos de Regadio ANTIGÜIDADE IDADE ORIENTAL EGITO Período Pré-Din Dinástico

Leia mais

Gestão Desportiva e do Lazer. Lazer e Urbanismo. Aula 03 Surgimento e formação das cidades. Texto base: SPOSITO, Maria Encarnação E.

Gestão Desportiva e do Lazer. Lazer e Urbanismo. Aula 03 Surgimento e formação das cidades. Texto base: SPOSITO, Maria Encarnação E. Gestão Desportiva e do Lazer Lazer e Urbanismo Aula 03 Surgimento e formação das cidades Texto base: SPOSITO, Maria Encarnação E. Capitalismo e urbanização CAPÍTULOS 01 E 02 Professora: Andréa Costa Como

Leia mais

CAPÍTULO 06 - MESOPOTÂMIA. A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa entre rios.

CAPÍTULO 06 - MESOPOTÂMIA. A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa entre rios. CAPÍTULO 06 - MESOPOTÂMIA A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa entre rios. INTRODUÇÃO É uma faixa de terra cortada por dois grandes rios: o Tigre e o Eufrates; Fica situada entre a Europa, a

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Pré-História e Antiguidade O mundo antigo Professor Isaac Antonio Camargo 1 4 O MUNDO ANTIGO Encontramos a arte na antigüidade dentro de civilizações mais preparadas técnica e socialmente,

Leia mais

A T E N Ç Ã O Você vai começar a assistir uma aula sobre o Antigo

A T E N Ç Ã O Você vai começar a assistir uma aula sobre o Antigo A T E N Ç Ã O Você vai começar a assistir uma aula sobre o Antigo Egito... Não se preocupe em fazer anotações: a síntese da aula vai estar disponível no blog do professor. Atente para os textos e a exposição

Leia mais

Priscila Morais Petrônio Gomes TEOR/HIST ARQ/URB-ARQ/URB II

Priscila Morais Petrônio Gomes TEOR/HIST ARQ/URB-ARQ/URB II Priscila Morais Petrônio Gomes TEOR/HIST ARQ/URB-ARQ/URB II Períodos / Dinastias. 3100-2950 a.c. Primeira e Segunda Dinastias 2950-2575 a.c. Período Dinástico Primitivo (1.ª 3.ª Dinastias) 2575-2150 a.c.

Leia mais

Técnico Design Interior

Técnico Design Interior Técnico Design Interior A ARTE NO EGITO Professora Alba Baroni Arquiteta A ARTE NO EGITO O Egito foi uma das principais civilizações da antiguidade. Com uma civilização bastante desenvolvida em sua organização

Leia mais

2 -Observe as imagens de atividades e de objetos produzidos pelos antigos egípcios, entre 2000 e 1000 a.c.

2 -Observe as imagens de atividades e de objetos produzidos pelos antigos egípcios, entre 2000 e 1000 a.c. História 6 ano O Egito e o rio Nilo 1-Identifique os principais aspectos geográficos relacionados ao território do Egito Antigo. 2 -Observe as imagens de atividades e de objetos produzidos pelos antigos

Leia mais

ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI

ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI LOCALIZAÇÃO NORDESTE DA ÁFRICA RIO NILO HERÓDOTO O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO EVOLUÇÃO POLÍTICA FASES ANTIGO IMPÉRIO MÉDIO IMPÉRIO NOVO IMPÉRIO PERÍODO

Leia mais

1ª AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 1º ANO - 1º BIMESTRE/ 2012

1ª AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 1º ANO - 1º BIMESTRE/ 2012 CENTRO DE ENSINO MARIA ANGELIM Aluno (a): Série: 1º ANO Turma: A Professor: TÁCIUS FERNANDES Nota: 1ª AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 1º ANO - 1º BIMESTRE/ 2012 HABILIDADES Argumentar as ideias apresentadas nas

Leia mais

Astronomia Antiga. Ana Carolina S Frizzera Graduada em história e Bolsista do GOA

Astronomia Antiga. Ana Carolina S Frizzera Graduada em história e Bolsista do GOA Astronomia Antiga Ana Carolina S Frizzera Graduada em história e Bolsista do GOA Arqueoastronomia Arché (antigo) + Astro e Nomos (astronomia ou lei das estrelas); Monumentos megalíticos: Mega (grande)

Leia mais

História 1 aula 1 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS

História 1 aula 1 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS História 1 aula 1 1. No período Paleolítico, os homens viviam da caça, da pesca e da coleta de frutos, grãos e raízes, eram nômades e viviam em bandos. 2. Na fase da História denominada de Pré-História,

Leia mais

Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais

Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais CONTEÚDO

Leia mais

Na Mesopotâmia: nossas raízes

Na Mesopotâmia: nossas raízes A U A UL LA Na Mesopotâmia: nossas raízes Você já leu algum horóscopo, desses que são publicados em jornais e revistas? Esse costume de consultar os astros é muito antigo e surgiu na Mesopotâmia - a chamada

Leia mais

Aulas 10 e 11. Índia e China. Adie por um dia e dez dias se passarão (Provérbio coreano).

Aulas 10 e 11. Índia e China. Adie por um dia e dez dias se passarão (Provérbio coreano). Aulas 10 e 11. Índia e China. Adie por um dia e dez dias se passarão (Provérbio coreano). Índia aspectos humanos. Segundo país mais populoso do planeta (formigueiro humano) 1,2 bilhões de habitantes; População:

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; O CAPITALISMO MONOPOLISTA Setor industrial

Leia mais

EXERCÍCIOS ARTE EGÍPCIA

EXERCÍCIOS ARTE EGÍPCIA HISTÓRIA DA ARTE Aluno (a): Professor: Lucas Salomão Data: / /2016 9º ano: A [ ] B [ ] C [ ] ARTE EGÍPCIA EXERCÍCIOS ARTE EGÍPCIA 01. Sobre a arte egípcia, marque ( V ) para as alternativas verdadeiras

Leia mais

A Civilização Egípcia

A Civilização Egípcia A Antiguidade Oriental I. Importância histórica: A Civilização Egípcia 1.1. Medicina: Mumificação dos corpos (conhecimento de anatomia humana); 1.2. Matemática: Geometria e aritmética (diques, canais de

Leia mais

PROFESSOR:TÁCIUS FERNANDES BLOG: PROFTACIUSFERNANDES.WORDPRESS.COM

PROFESSOR:TÁCIUS FERNANDES BLOG: PROFTACIUSFERNANDES.WORDPRESS.COM OS PERSAS PROFESSOR:TÁCIUS FERNANDES LOCALIZAÇÃO Os persas viviam onde hoje é o Irã. A partir do século VI a.c., iniciaram a conquista de um dos maiores impérios da Antiguidade. Em 1935, a Pérsia passou

Leia mais

Material de Revisão Da Pré-História a Roma Antiga

Material de Revisão Da Pré-História a Roma Antiga Material de Revisão Da Pré-História a Roma Antiga Prof. Marcos Machry Paleolítico (do surgimento do homem à 10.000 a.c.) Organização em tribos nômades Propriedade coletiva comunismo primitivo Economia

Leia mais

O NASCIMENTO DA CIVILIZAÇÃO

O NASCIMENTO DA CIVILIZAÇÃO O NASCIMENTO DA CIVILIZAÇÃO Revolução Neolítica Aparecimento de classes sociais - surgem ricos e pobres, exploradores e explorados, senhores e escravos. Formação do Estado - organiza-se um governo que

Leia mais

OS CAMPONESES: Chamados no Egito de felás, constituíam a imensa maioria da população. Trabalhavam nas propriedades do faraó e dos sacerdotes e tinham

OS CAMPONESES: Chamados no Egito de felás, constituíam a imensa maioria da população. Trabalhavam nas propriedades do faraó e dos sacerdotes e tinham OS CAMPONESES: Chamados no Egito de felás, constituíam a imensa maioria da população. Trabalhavam nas propriedades do faraó e dos sacerdotes e tinham o direito de conservar para si apenas uma pequena parte

Leia mais

As Civilizações Mesopotâmicas

As Civilizações Mesopotâmicas As Civilizações Mesopotâmicas Asiático Egito, Mesopotâmia, China, Índia, América pré-colombiana. -A propriedade da terra é do Estado. -A posse da terra é comunitária. -Base social era formada por comunidades

Leia mais

Pérsia, fenícia e palestina

Pérsia, fenícia e palestina Pérsia, fenícia e palestina Região desértica Atuais estados de Israel e Palestina Vários povos (semitas) estabelecidos no curso do Rio Jordão Palestina Hebreus (Palestina) Um dos povos semitas (cananeus,

Leia mais

caderno História Ciências Humanas e suas Tecnologias ELABORAÇÃO DE ORIGINAIS

caderno História Ciências Humanas e suas Tecnologias ELABORAÇÃO DE ORIGINAIS História Ciências Humanas e suas Tecnologias caderno de ELABORAÇÃO DE ORIGINAIS ADRIANA DE BORTOLI GENTIL Graduada em história pelo Centro Universitário Barão de Mauá de Ribeirão Preto-SP e mestra em educação

Leia mais

Revolução Industrial

Revolução Industrial Revolução Industrial A Revolução (evolução) Industrial representou o uso da maquinofatura e a maturidade capitalista, graças à abundância de capitais acumulados e também de mão de obra. 1 Fases tecnológicas

Leia mais

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Arquitetura Egípcia Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Docente: Veronica Curso: Técnico em Edificações Turno: Vespertino INTRODUÇÃO Os egípcios desenvolveram

Leia mais

Jesse R. Tabacchi Mesopotâmia Terra entre dois rios Gregos Vale dos rios Tigre e Eufrates Hoje território do Iraque Inserida na área do crescente fértil Leste Montes Zagros no Irã Oeste Desertos da Arábia

Leia mais

Grécia Antiga Das Diásporas Gregas a Alexandre o Grande. Prof. Alan Carlos Ghedini

Grécia Antiga Das Diásporas Gregas a Alexandre o Grande. Prof. Alan Carlos Ghedini Grécia Antiga Das Diásporas Gregas a Alexandre o Grande Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com O Mundo Grego Localizado ao Sul da Península Balcânica Terreno bastante irregular e montanhoso

Leia mais

O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO

O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA PARA O HISTORIADOR GREGO HERÓDOTO: O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO DÁDIVA = PRESENTE SIGNIFICADO = Sem as cheias do Nilo, o Egito seria um grande deserto PARA O HISTORIADOR FRANCÊS JEAN

Leia mais

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 6º ano Apostila 1 Tempo histórico, periodização da História, ocupação da América. Apostila 2 Egito, Mesopotâmia,

Leia mais

Capítulo 3 A Mesopotâmia

Capítulo 3 A Mesopotâmia Capítulo 3 A Mesopotâmia Conceitos: sociedade, Estado, trabalho, desigualdade social, urbanização, escravidão, politeísmo e patriarcalismo. Professora: Marcela Guerra Durante o Neolítico: Agricultura e

Leia mais

Professor: João Paulo Fernandes Disciplina: História Assunto: As antigas civilizações da Mesopotâmia. As antigas civilizações da Mesopotâmia

Professor: João Paulo Fernandes Disciplina: História Assunto: As antigas civilizações da Mesopotâmia. As antigas civilizações da Mesopotâmia Professor: João Paulo Fernandes Disciplina: História Assunto: As antigas civilizações da Mesopotâmia As antigas civilizações da Mesopotâmia 2 Mesopotâmia, berço de civilizações Introdução A palavra mesopotâmia

Leia mais

Você acredita que a opinião de Heródoto é acertada, em relação ao Rio Nilo? Explique. R.:

Você acredita que a opinião de Heródoto é acertada, em relação ao Rio Nilo? Explique. R.: PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Os fundamentos

Leia mais

História Antiga Oriental. Professor: André Augusto Bousfield

História Antiga Oriental. Professor: André Augusto Bousfield História Antiga Oriental Professor: André Augusto Bousfield A Mesopotâmia (terra entre rios) O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis.

Leia mais

ANTIGUIDADE ORIENTAL:

ANTIGUIDADE ORIENTAL: ANTIGUIDADE ORIENTAL: 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - História - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - História - 2º Bimestre Capítulo 5 1) O que se entende por Crescente Fértil? E quais regiões correspondiam? 2) Qual a importância dos rios para a história da humanidade? 3) Leia as afirmações abaixo: I Civilização é o estágio

Leia mais

Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia;

Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia; Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia; calendários mais precisos que o europeu; centros urbanos magníficos;

Leia mais

Prof. Osvaldo. Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica

Prof. Osvaldo. Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica Prof. Osvaldo Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica Modo de Produção Asiático Comunidades Primitivas Modo de Produção Escravista Grécia Roma sociedades cuja principal característica era o predomínio

Leia mais

Geografia da Terra Prometida De Davi até Joaquim. Grupo de Estudos Bíblicos Nova Serrana Reginaldo Silva

Geografia da Terra Prometida De Davi até Joaquim. Grupo de Estudos Bíblicos Nova Serrana Reginaldo Silva Geografia da Terra Prometida De Davi até Joaquim Grupo de Estudos Bíblicos Nova Serrana Reginaldo Silva Império de Davi A Bíblia refere-se ao poderoso Reino de David no século 10 AC, segundo rei de Israel,

Leia mais

ÊXODO O LIVRO DA LIBERTAÇÃO DE ISRAEL E DA FUNDAÇÃO DA NOSSA FÉ. Paróquia São Francisco de Assis Curso Bíblico 2015

ÊXODO O LIVRO DA LIBERTAÇÃO DE ISRAEL E DA FUNDAÇÃO DA NOSSA FÉ. Paróquia São Francisco de Assis Curso Bíblico 2015 ÊXODO O LIVRO DA LIBERTAÇÃO DE ISRAEL E DA FUNDAÇÃO DA NOSSA FÉ. Paróquia São Francisco de Assis Curso Bíblico 2015 Introdução EGITO E CANAÃ NA ÉPOCA DO ÊXODO O livro do Êxodo supõe um mínimo de informações

Leia mais

IDADE ANTIGA (Antiguidade oriental e ocidental)

IDADE ANTIGA (Antiguidade oriental e ocidental) IDADE ANTIGA (Antiguidade oriental e ocidental) 1) Introdução. Como sabemos, considera-se como marco inicial da Idade Antiga, o surgimento da escrita ocorrido no ano de 4.000 a.c. (ou seja, 4.000 + 2010

Leia mais

EUROPA. o velho continente. Professora: Rilvania Flôr.

EUROPA. o velho continente. Professora: Rilvania Flôr. EUROPA o velho continente. Professora: Rilvania Flôr. http://noticias.universia.com.br/carreira/noticia/2015/04/30/1124394/profissionais-iberoamericanos-preferem-trabalhareuropa-aponta-pesquisa.html Ocupação

Leia mais

A partir da leitura do texto abaixo responda as questões 2 e 3: A SOCIEDADE EGIPCIA

A partir da leitura do texto abaixo responda as questões 2 e 3: A SOCIEDADE EGIPCIA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS SÉRIE/ANO:

Leia mais

HISTÓRIA 6ºano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

HISTÓRIA 6ºano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES HISTÓRIA 6ºano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES A civilização egípcia 1. A vida econômica egípcia era bastante movimentada, apesar do deserto, a agricultura, a pecuária e o comércio

Leia mais

Aula 03 - Mesopotâmia Prof. Dawison Sampaio

Aula 03 - Mesopotâmia Prof. Dawison Sampaio FB MED, M3, 3 ANO, ANUAL, INTENSIVO Aula 03 - Mesopotâmia Prof. Dawison Sampaio Diariamente, adore seu/sua Deus(a) pessoal Com oferendas, preces e incenso perfumado Dê seu coração ao seu Deus/sua Deusa,

Leia mais

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/07 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatos históricos, ocorridos durante as crises política, econômica e militar portuguesa/européia

Leia mais

Industrialização Brasileira

Industrialização Brasileira Industrialização Brasileira Aula 26 LEMBRAR QUE A URBANIZAÇÃO SEMPRE FOI INFLUENCIADA PELA ECONOMIA. Algodão Maranhão. Açúcar Nordeste Brasileiro. Borracha Acre. Café- Sudeste. Minério- Minas Gerais. A

Leia mais

História Fascículo 08 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli

História Fascículo 08 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli História Fascículo 08 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli Índice História Geral Idade Antiga: as civilizações hidráulicas...1 Exercícios...4 Gabarito...5 História Geral Idade Antiga:

Leia mais

MATÉRIA. Magela. Troca-se. Vendem-se. Pedaços de ruínas do Império romano, do ano de 302, ou seja, século

MATÉRIA. Magela. Troca-se. Vendem-se. Pedaços de ruínas do Império romano, do ano de 302, ou seja, século Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA História PROFESSOR(A) Magela ANO SEMESTRE DATA 6º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. O trabalho do historiador é semelhante ao

Leia mais

Formação e contradições do Sistema Internacional

Formação e contradições do Sistema Internacional Formação e contradições do Sistema Internacional Abordagens Realismo ESTADO DE NATUREZA CONTRATO SOCIAL ESTADO POLÍTICO ASSIM: Homens: Iguais entre si Guerra de todos contra todos ESTADO DE NATUREZA PAÍSES

Leia mais

Não é possível pensar em sociedade separada do espaço que ocupa.

Não é possível pensar em sociedade separada do espaço que ocupa. O ESPAÇO GEOGRÁFICO As sociedades humanas desenvolvem, durante sua história, modos próprios de vida. Estes decorreram da combinação de formas de subsistência material - com culturas diversas -, de diferentes

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

CIVILIZAÇÃO GREGA. Curso: Médio Integrado. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa

CIVILIZAÇÃO GREGA. Curso: Médio Integrado. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa CIVILIZAÇÃO GREGA Curso: Médio Integrado Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa ORIGEM DO POVO GREGO GRÉCIA GREGOS HÉLADE HELENOS Geografia Grécia continental Peninsular insular Montanhas Vales férteis

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Os exercícios deverão ser feitos no caderno, contendo as páginas dos mesmos. Leitura das

Leia mais

Unidade: Introdução à Sociologia

Unidade: Introdução à Sociologia Unidade: Introdução à Sociologia Construção do conhecimento em sociologia Senso comum: conjunto de opiniões, recomendações, conselhos, práticas e normas fundamentadas na tradição, nos costumes e vivências

Leia mais

VISÃO GEOPOLÍTICA MUNDIAL

VISÃO GEOPOLÍTICA MUNDIAL VISÃO GEOPOLÍTICA MUNDIAL INTRODUÇÃO Geopolítica, como disciplina, implica, de uma maneira geral, na compreensão das relações recíprocas (ou não) entre o poder político nacional e o espaço geográfico da

Leia mais

A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O LIBERALISMO ECONÔMICO

A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O LIBERALISMO ECONÔMICO A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O LIBERALISMO ECONÔMICO Na segunda metade do século XVIII, a Inglaterra iniciou um processo que teve consequências em todo o mundo. Esse novo sistema de produção modificou as relações

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial 1. CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; Capitalismo Monopolista: Setor

Leia mais

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães Judaísmo A mais antiga religião monoteísta Ana Paula N. Guimarães O que é o judaísmo? A mais antiga religião das três principais e maiores religiões monoteístas Judaísmo Cristianismo (maior em quantidade

Leia mais

Sociedades da Antiguidade Oriental. Profª. Maria Auxiliadora

Sociedades da Antiguidade Oriental. Profª. Maria Auxiliadora Sociedades da Antiguidade Oriental Profª. Maria Auxiliadora 1 Crescente Fértil Impérios Teocráticos de Regadio Civilizações Hidráulicas Berço das primeiras civilizações; Egito e Mesopotâmia; Grandes rios;

Leia mais

CAPÍTULO 1 GLOBALIZAÇÃO, UM MUNDO CADA VEZ MENOR PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 9º ANO

CAPÍTULO 1 GLOBALIZAÇÃO, UM MUNDO CADA VEZ MENOR PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 9º ANO CAPÍTULO 1 GLOBALIZAÇÃO, UM MUNDO CADA VEZ MENOR PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 9º ANO CONCEITO DE GLOBALIZAÇÃO p.5 Globalização é o processo de integração econômica, cultural, social,

Leia mais

A REVOLUÇAO FRANCESA (1789 A 1799) TEMA DA REVOLUÇÃO: IGUALDADE, LIBERDADE E FRATERNIDADE

A REVOLUÇAO FRANCESA (1789 A 1799) TEMA DA REVOLUÇÃO: IGUALDADE, LIBERDADE E FRATERNIDADE A REVOLUÇAO FRANCESA (1789 A 1799) TEMA DA REVOLUÇÃO: IGUALDADE, LIBERDADE E FRATERNIDADE QUADRO SOCIAL 1º ESTADO CLERO 2º ESTADO NOBREZA Viviam às custas do Rei 3º ESTADO Alta Burguesia, Pequena Burguesia

Leia mais

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO PLANO DE CURSO DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 40 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes

Leia mais

E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766

E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 Lançamento: 29 de abril de 1968 (2h21min) Dirigido por Stanley Kubrick Com Keir Dullea, Gary Lockwood, William Sylvester mais Gênero: Ficção científica

Leia mais

História Antiga. Prof Davi Ruschel

História Antiga. Prof Davi Ruschel História Antiga Prof Davi Ruschel PRÉ-HISTÓRIA Processo Evolutivo... PALEOLÍTICO (surgimento do Homem 10 mil a.c.) Idade da Pedra Lascada Organizados em tribos nômades Economia Coletora caça, pesca e coleta

Leia mais

ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA

ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA Conceito: O Iluminismo foi um movimento ideológico do século XVIII, que defendeu a liberdade de expressão e o fim de todo regime opressor. O Iluminismo

Leia mais

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA Teerã - capital EGITO FENÍCIOS ISRAEL IRAQUE Mesopotâmia REINO DA PÉRSIA IRÃ A PÉRSIA, ATUAL IRÃ, LOCALIZAVA-SE A LESTE DA MESOPOTÂMIA, Á MARGEM DO CRESCENTE FÉRTIL Reino da Média

Leia mais

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente.

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. EXERCÍCIOS DE REVISÃO COM RESPOSTAS PARA O EXAME FINAL HISTÓRIA 5ª SÉRIE O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. Existem muitas fontes

Leia mais

1-Em janeiro de 2011, os jornais noticiaram que os protestos contra o governo do Egito poderiam ter um efeito colateral muito sério: a destruição ou

1-Em janeiro de 2011, os jornais noticiaram que os protestos contra o governo do Egito poderiam ter um efeito colateral muito sério: a destruição ou 1-Em janeiro de 2011, os jornais noticiaram que os protestos contra o governo do Egito poderiam ter um efeito colateral muito sério: a destruição ou dano de várias relíquias, obras e sítios arqueológicos

Leia mais

Colégio FAAT - Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT - Ensino Fundamental e Médio Língua Portuguesa Substantivo e sua Classificação Adjetivo e locução Adjetiva Artigo e sua Classificação Numeral e sua classificação Verbo Tempos e Modos Verbais 4º Bimestre Locução Verbal Adverbio e sua

Leia mais

ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO 1.2 CONTEÚDO 1.3 CRONOLOGIA. Jörg Garbers

ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO 1.2 CONTEÚDO 1.3 CRONOLOGIA. Jörg Garbers Jörg Garbers ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO O nome do livro vem da palavra grega "êxodo", que significa saída. 1.2 CONTEÚDO Podemos dividir o livro em cinco partes: 1-18

Leia mais

Unidade IV. Aula 22.1 Conteúdo Os quatro tigres. Natureza-sociedade: Questões ambientais FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Unidade IV. Aula 22.1 Conteúdo Os quatro tigres. Natureza-sociedade: Questões ambientais FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza-sociedade: Questões ambientais Aula 22.1 Conteúdo Os quatro tigres. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

1B Aula 01. O Iluminismo

1B Aula 01. O Iluminismo 1B Aula 01 O Iluminismo O contexto histórico em que surgiu o Iluminismo O Iluminismo foi acima de tudo uma revolução cultural porque propôs uma nova forma de entender a sociedade e significou uma transformação

Leia mais

HISTÓRIA GERAL 2010. esquema básico das aulas. orientação e organização: renato santos

HISTÓRIA GERAL 2010. esquema básico das aulas. orientação e organização: renato santos HISTÓRIA GERAL 2010 esquema básico das aulas orientação e organização: renato santos Evolução Humana Primatas pongidaes: grandes macacos atuais australopithecus hominídeos erectus homo neanderthal sapiens

Leia mais

A Antiguidade Oriental Hebreus

A Antiguidade Oriental Hebreus A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) Mar Mediterrâneo Delta do Nilo Egito NASA Photo EBibleTeacher.com Península nsula do Sinai Mt. Sinai Mar Vermelho Canaã Tradicional Rota do Êxodo

Leia mais

Civilização Mesopotâmica

Civilização Mesopotâmica Civilização Mesopotâmica Baseado parcialmente na obra Evolução da Sociedade Internacional Conteúdo cedido, organizado e editado pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila Conceito de Civilização Mesopotâmica

Leia mais

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental Aulas 6 e 7 A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) III- I- Local: Economia: região da agricultura, Palestina pastoreio ( Canaã (rio ou Jordão) terra prometida ). e comércio Atualmente:

Leia mais

MESOPOTÂMIA. Corresponde hoje ao Iraque.

MESOPOTÂMIA. Corresponde hoje ao Iraque. MESOPOTÂMIA Corresponde hoje ao Iraque. 1 Sumérios Primeiros povoadores da Mesopotâmia Organizaram-se em cidades-estados: Ur, Uruk, Lagash e Nipur. Patesi: chefe militar, político e religioso. Atividade

Leia mais

O desenvolvimento rural brasileiro cenário atual e desafios. Movimento dos Pequenos Agricultores MPA. Raul Ristow Krauser

O desenvolvimento rural brasileiro cenário atual e desafios. Movimento dos Pequenos Agricultores MPA. Raul Ristow Krauser O desenvolvimento rural brasileiro cenário atual e desafios Movimento dos Pequenos Agricultores MPA Raul Ristow Krauser www.mpabrasil.org.br MUNDO EM CRISE Crise Alimentar: 1 Bilhão de pessoas famintas

Leia mais

CONTEÚDOS DAS AVALIAÇÕES - 6º ANOS

CONTEÚDOS DAS AVALIAÇÕES - 6º ANOS Capítulo 16 - Os Romanos Capítulo 17 - O fim do Império Romano CONTEÚDOS DAS AVALIAÇÕES - 6º ANOS Percursos: 25-Extrativismo 26-Extrativismo mineral 27-Agricultura 28-Pecuária 29-Do artesanato à manufatura

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

Idade Antiga TURMA ABRIL. EXERCÍCIO (EMA001) Revolução Urbana

Idade Antiga TURMA ABRIL. EXERCÍCIO (EMA001) Revolução Urbana SE LIGA NESSA HISTÓRIA Prof. Walter Idade Antiga TURMA ABRIL EXERCÍCIO (EMA001) Revolução Urbana (UFES 2007) "À grande transformação econômica da Idade do Bronze dá-se o nome de Revolução Urbana. Essa

Leia mais

quarta-feira, 4 de maio de 2011 A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO

quarta-feira, 4 de maio de 2011 A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO A CRISE DO ANTIGO REGIME Definição: movimento filosófico, intelectual e científico que contrariou as bases do Antigo Regime; Quando: século XVIII; Onde? ING (início), FRA (auge); Quem? O iluminismo representou

Leia mais