SISTEMA PROGRESSIVO SÁBAD O TARDE SEXTA MANHA 9H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA PROGRESSIVO 2011.2 SÁBAD O TARDE 23.08 27.08 24.08 02.09 SEXTA MANHA 9H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H"

Transcrição

1 SISTEM PRGRESSIV DMINISTRÇÃ DE RECURSS MTERIIS E PTRIMNIIS TERÇ QURT QUINT NITE DMINISTRÇÃ PLICD ENFERMGEM TERÇ QURT QUINT NITE DMINISTRÇÃ D PRDUÇÃ TERÇ QURT QUINT NITE DM. FINNCEIR E RÇMENT EMPRESRIL TERÇ QURT QUINT NITE NTRPLGI JURIDIC/ HISTÓRI D DIREIT TERÇ QURT QUINT NITE NTRPLGI TERÇ QURT QUINT NITE PRENDIZGEM E CNTRLE MTR TERÇ QURT QUINT NITE 03.09

2 RTE E EDUCÇÃ TERÇ QURT QUINT NITE NTMI ( ED FÍSIC) TERÇ QURT QUINT NITE NTMI HUMN II TERÇ QURT QUINT NITE BSES BILGICS D ED. FÍSIC/ FISILGI D EXERCICI I TERÇ QURT QUINT NITE BSES BILGICS PLICDS E EDUCÇÃ FÍSIC TERÇ QURT QUINT NITE BIQUIMIC TERÇ QURT QUINT NITE CMUNICÇÃ EMPRESRIL/ LÍNGU PRTUGUES II TERÇ QURT QUINT NITE

3 CNTBILIDDE PLICD EMP. RURIS E GESTÃ MBIENTL TERÇ QURT QUINT NITE CNTBILIDDE VNÇD TERÇ QURT QUINT NITE CNTBILIDDE DE CUSTS TERÇ QURT QUINT NITE CNTBILIDDE PÚBLIC TERÇ QURT QUINT NITE CNTBILIDDE GERL II TERÇ QURT QUINT NITE CNTBILIDDE GERENCIL TERÇ QURT QUINT NITE CUIDDS INT. D. E IDS N PERID PERTÓRI TERÇ QURT QUINT NITE DENTLGI JURIDIC TERÇ QURT QUINT NITE 24.08

4 DIREIT DMINISTRTIV I /DT. GRÁRI E URBNISTIC TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT CNSTITUCINL II TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT D TRBLH I (DIREIT) TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT PENL II E TPICS DE DIREIT TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT CNSTITUCINL III TERÇ QURT QUINT DIREIT PENL I TERÇ QURT QUINT NITE NITE DIREIT PENL III TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT PENL IV TERÇ QURT QUINT NITE

5 DIREIT PRCESSUL PENL III TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT D CNSUMIDR TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT CIVIL II TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT D CRINÇ, D DLESCENTE E D IDS TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT PRCESSUL CIVIL I / DIREIT CIVIL V TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT D TRBLH II / DT. PRCESSUL D TRBLH I TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT ELEITRL ( PTTIV) TERÇ QURT QUINT NITE DT. PRCESSUL D TRBLH II / DIREIT ELEITRL TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT CIVIL III

6 TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT CIVIL IV TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT CIVIL I TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT TRBLHIST ( CNTÁBEIS) TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT PRCESSUL CIVIL II TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT PRCESSUL CIVIL III TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT MBIENTL TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT INTERNCINL PUBLIC TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT D SEGURIDDE SCIL ( DIREIT)

7 TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT EMPRESRIL ( DM E CC) TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT PRCESSUL PENL I TERÇ QURT QUINT NITE DIREIT PRCESSUL PENL II TERÇ QURT QUINT DIREIT TRIBUTRI (DM E CC) TERÇ QURT QUINT NITE NITE DIREIT TRIBUTÁRI I / DIREIT CIVIL VI TERÇ QURT QUINT NITE DIDÁTIC E METDLGI D EDUCÇÃ FÍSIC TERÇ QURT QUINT NITE ECNMI (DM E CC) TERÇ QURT QUINT NITE ECNMI PLÍTIC

8 TERÇ QURT QUINT NITE ESTRUTUR E FUNC. D ED. BÁSIC/ PSIC. PLICD. ED. FÍSIC TERÇ QURT QUINT NITE ESTTISTIC TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND III ( CNTÁBEIS) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI CURRICULR II ( DIREIT) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI CURRICULR I ( DIREIT) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND I ( ED. FÍSIC) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND III ( ED. FÍSIC) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND IV ( ED. FÍSIC) TERÇ QURT QUINT NITE

9 ESTÁGI CURRICULR III ( DIREIT) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND III ( DM) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND IV ( PEDGGI) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND II ( LETRS/ PEDGGI) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND III ( LETRS) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND IV ( LETRS) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND I ( CC) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI CURRICULR IV ( DIREIT) TERÇ QURT QUINT NITE ESTÁGI SUPERVISIND II ( DM)

10 TERÇ QURT QUINT NITE EDUCÇÃ E MVIMENT CRPRL TERÇ QURT QUINT NITE EDUCÇÃ DE PESSS DLESCENTES, JVENS E DULT TERÇ QURT QUINT NITE ESTUDS PRFUNDDS (LETRS) TERÇ QURT QUINT NITE ESTUDS PRFUNDDS ( PEDGGI) TERÇ QURT QUINT NITE FISILGI HUMN ( EDUCÇÃ FÍSIC) TERÇ QURT QUINT NITE FISILGI D EXERCICI TERÇ QURT QUINT NITE FISILGI D EXERCICI II TERÇ QURT QUINT NITE FILSFI 03.09

11 TERÇ QURT QUINT NITE FUNDMENTS D GINSTIC GERL TERÇ QURT QUINT NITE FUNDMENTS DE ENFERMGEM/ SEMITECNIC/TPICS TERÇ QURT QUINT NITE FUNDMENTS TEÓRICS E METDLGI DS CIÊNCIS TERÇ QURT QUINT NITE FUNDMENTS TEÓRICS E METDLGICS D MTEMÁTIC TERÇ QURT QUINT NITE FUNDMENTS E MET. PR DCENCIS D ENSIN MÉDI:MDLIDDE NRML E ED. PRFISSINL TERÇ QURT QUINT NITE GESTÃ MBIENTL E RESPNSBILIDDE SCIL TERÇ QURT QUINT NITE GESTÃ EDUCCINL TERÇ QURT QUINT NITE

12 HISTRI D EDUCÇÃ TERÇ QURT QUINT NITE HISTRI D EDUCÇÃ FISIC TERÇ QURT QUINT NITE HISTRI SCIL D CRINÇ TERÇ QURT QUINT NITE INFRMÁTIC TERÇ QURT QUINT NITE INVÇÃ E TECNLGI TERÇ QURT QUINT NITE INTRDUÇÃ ESTUD DE DIREIT - IED TERÇ QURT QUINT NITE INTRDUÇÃ PSICLGI / HISTÓRI D PSICLGI TERÇ QURT QUINT NITE INSTRUMENTS DE VLIÇÃ PSICLGIC I TERÇ QURT QUINT NITE 03.09

13 INSTRUMENTS DE VLIÇÃ PSICLGIC III TERÇ QURT QUINT NITE INSTITUIÇÕES DE DIREIT PÚBLIC E PRIVD (DM; CC) TERÇ QURT QUINT NITE INTRDUÇÃ MERCD DE CPITIS TERÇ QURT QUINT NITE LIBRS TERÇ QURT QUINT NITE LINGUISTIC II TERÇ QURT QUINT NITE LÍNGU PRTUGUES V TERÇ QURT QUINT NITE LÍNGU PRTUGUES IV TERÇ QURT QUINT NITE LITERTUR PRTUGUES I TERÇ QURT QUINT NITE 25.08

14 LITERTUR INFNT JUVENIL TERÇ QURT QUINT LITERTUR BRSILEIR I TERÇ QURT QUINT MTEMÁTIC FINNCEIR TERÇ QURT QUINT NITE NITE NITE MTEMÁTIC TERÇ QURT QUINT NITE MÉTDS E TÉCNICS DE PESQUIS TERÇ QURT QUINT NITE METDLGI D PESQUIS CIENTIFIC ( ENFERMGEM) TERÇ QURT QUINT NITE METDLGI D EDUCÇÃ FÍSIC N ENSIN FUND. E MÉDI TERÇ QURT QUINT NITE PLITIC E RGNIZÇÃ D EDUCÇÃ BÁSIC TERÇ QURT QUINT NITE PSICLGI D PRENDIZGEM TERÇ QURT QUINT NITE

15 PSICLGI / PSICLGI D DESENVLVIMENT TERÇ QURT QUINT NITE PSICLGI BREVE / PSICLGI CMUNITÁRI TERÇ QURT QUINT NITE PSICLGI D CTIDIN TERÇ QURT QUINT NITE PSICLGI (PEDGGI;EDUCÇÃ FÍSIC) TERÇ QURT QUINT NITE PSICLGI (DM;CC) TERÇ QURT QUINT PERICI CNTBIL TERÇ QURT QUINT NITE NITE PRGRMS DE TIVIDDE FÍSIC E ESPRTES INDIVIDUIS III TERÇ QURT QUINT NITE PLNEJMENT E RÇMENT GVERNMENTL TERÇ QURT QUINT NITE PLNEJMENT ESTRTEGIC

16 TERÇ QURT QUINT NITE PRTIC EDUCTIV I TERÇ QURT QUINT NITE PRTIC EDUCTIV II - NTÇÃ TERÇ QURT QUINT NITE PRTIC EDUCTIV III (PEDGGI) TERÇ QURT QUINT NITE PRTIC EDUCTIV III (EDUC. FÍSIC) TERÇ QURT QUINT NITE PRCESS SÚDE DENÇ / NUTRIÇÃ TERÇ QURT QUINT NITE PRCESS PED. EM ENFERMGEM/ SÚDE MBIENTL TERÇ QURT QUINT NITE PRCESS PSIC. BÁSIC/ RIENTÇÃ VCCINL TERÇ QURT QUINT NITE

17 PSICFRMCLGI TERÇ QURT QUINT NITE PSICLGI JURIDIC TERÇ QURT QUINT NITE RECREÇÃ E LZER TERÇ QURT QUINT NITE SEMILGI TERÇ QURT QUINT NITE SISTEM DE INFRMÇÕES GERENCIIS TERÇ QURT QUINT SCILGI TERÇ QURT QUINT NITE NITE SÚDE D TRBLHDR E BIESTTISTIC TERÇ QURT QUINT NITE TERI CMPRTMENTL E DINÂMIC DE GRUP TERÇ QURT QUINT NITE

18 TERI GERL D PRCESS (TGP) TERÇ QURT QUINT NITE TERI GERL D ESTD E CIÊNCIS PLÍTIC TERÇ QURT QUINT NITE TEC. DE PESQUIS JURIDIC II TERÇ QURT QUINT NITE TERI GERL D DIREIT CIVIL / HERMINEUTIC JURIDIC TERÇ QURT QUINT NITE TERI GERL D DMINISTRÇÃ I TERÇ QURT QUINT NITE TERI GERL D DMINISTRÇÃ II TERÇ QURT QUINT NITE TERI D LITERTUR I TERÇ QURT QUINT NITE TERI PSICLGICS DE RIENTÇÃ FENMENLGIC TERÇ QURT QUINT NITE 25.08

19 CRNGRM DE VLIÇÕES 40% SISTEM PRGRESSIV VLIÇÃ INTERDISCIPLINR I ENF / NTURN 3 MMENTS DE VLIÇÃ QURT TERÇ VLIÇÃ INTERDISCIPLINR I ENF / CLENDÁRI 3 MMENTS DE VLIÇÃ 14h VLIÇÃ INTERDISCIPLINR II ENF / NTURN 3 MMENTS DE VLIÇÃ QURT TERÇ VLIÇÃ INTERDISCIPLINR II ENF / CLENDÁRI 3 MMENTS DE VLIÇÃ VLIÇÃ INTERDISCIPLINR III ENF / NTURN 3 MMENTS DE VLIÇÃ QURT TERÇ VLIÇÃ INTERDISCIPLINR III ENF / CLENDÁRI 3 MMENTS DE VLIÇÃ VLIÇÃ INTERDISCIPLINR VI ENF / NTURN 3 MMENTS DE VLIÇÃ QURT TERÇ VLIÇÃ INTERDISCIPLINR VI ENF / CLENDÁRI 3 MMENTS DE VLIÇÃ VLIÇÃ INTERDISCIPLINR VII ENF / NT /CL 1 MMENT DE VLIÇÃ QUINT 1 NITE 4H

20 01.09 VLIÇÃ INTERDISCIPLINR MTC / PT DM / CC / DIR / EDFIS / LET / PED / PSI - TDS D I PERÍD TERÇ QURT QUINT NITE

EDITAL DE DISCIPLINAS ISOLADAS Nº 040/REITORIA/2008

EDITAL DE DISCIPLINAS ISOLADAS Nº 040/REITORIA/2008 EDITL DE DISCIPLINS ISOLDS Nº 00/REITORI/008 O Reitor da Universidade Comunitária Regional de Chapecó - UNOCHPECÓ, Prof. Odilon Luiz Poli, em conjunto com Vice-Reitora de Graduação, Profª. Maria Luiza

Leia mais

EDITAL DE DISCIPLINAS ISOLADAS Nº 42/REITORIA/2009

EDITAL DE DISCIPLINAS ISOLADAS Nº 42/REITORIA/2009 EDITL DE DISCIPLINS ISOLDS Nº /REITORI/009 O Reitor da Universidade Comunitária Regional de Chapecó - UNOCHPECÓ, Prof. Odilon Luiz Poli, em conjunto com Vice-Reitora de Graduação, Profª. Maria Luiza de

Leia mais

2º semestre 2013 horário segunda terça quarta quinta sexta. Introdução ao Estudo do Direito Marcelo. Direito Civil Pessoas e Bem Consuelo

2º semestre 2013 horário segunda terça quarta quinta sexta. Introdução ao Estudo do Direito Marcelo. Direito Civil Pessoas e Bem Consuelo 1º Períd A hrári Teria da Argumentaçã Gergiane Civil Pessas e Bem Cnsuel Intrduçã a Estud d Marcel Teria da Argumentaçã Gergiane Fundaments Histórics d Criminlgia Cleversn Ciência Plítica Flávia Civil

Leia mais

Plano de ação para o tema: resíduos

Plano de ação para o tema: resíduos Pln çã pr tem: resídus Dignóstic (situções melhrr) Objetiv(s) Met(s) Ações e Ativids Prevists Cncretizçã Avliçã- instruments e Indicdres ( mnitrizçã e vliçã Recurss Interveniente s Clendrizçã ções) Lix;

Leia mais

(1) (2) (3) Estágio II Semestral 6 Inovação e Desenvolvimento de Produtos Turísticos

(1) (2) (3) Estágio II Semestral 6 Inovação e Desenvolvimento de Produtos Turísticos Estági II Semestral 6 Invaçã e Desenvlviment de Prduts Turístics Desenvlviment e Operacinalizaçã de Prjects Turístics Inglês Técnic IV Legislaçã e Ética d Turism Opçã Semestral 4 6/6 Sistemas de Infrmaçã

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida O que é invaçã? Para a atividade humana: é a intrduçã de alg nv, que atua cm um vetr para desenvlviment human e melhria da qualidade de vida Para as empresas: invar significa intrduzir alg nv u mdificar

Leia mais

1º PERÍODO A: MEDICINA VETERINÁRIA AULAS TEÓRICAS E AULAS PRÁTICAS E ATIVIDADES EXTRA ESCOLARES RELACIONADAS AOS PROJETOS PROFISSIONAIS DA IES

1º PERÍODO A: MEDICINA VETERINÁRIA AULAS TEÓRICAS E AULAS PRÁTICAS E ATIVIDADES EXTRA ESCOLARES RELACIONADAS AOS PROJETOS PROFISSIONAIS DA IES 1º A: MEDCNA VETERNÁRA AULAS TEÓRCAS E AULAS PRÁTCAS E ATVDADES EXTRA ESCOLARES RELACONADAS AOS PROJETOS PROFSSONAS DA ES DA MANHÃ HORA 2ª FERA 3ª FERA 4ª FERA 5ª FERA 6ª FERA SÁBADO Anatmia scritiva ds

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015. Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015. Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira Coorden http://www.etecermelind.com.br/etec/sis/ptd_tec_6.php 1 de 5 18/09/2015 12:45 Unidde de Ensino Médio e Técnico Cetec Ensino Técnico Integrdo o Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plno de Trblho Docente

Leia mais

A ARTICULAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO PARA COMPREENSÃO E DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES EM UMA UNIVERSIDADE ABERTA PARA A TERCEIRA IDADE

A ARTICULAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO PARA COMPREENSÃO E DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES EM UMA UNIVERSIDADE ABERTA PARA A TERCEIRA IDADE A ARTICULAÇÃO DE ESQUISA E EXTENSÃO ARA COMREENSÃO E DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES EM UMA UNIVERSIDADE ABERTA ARA A TERCEIRA IDADE Cludi Regin Mgnbsc Mrtins Universidde Estdul d Centr-Oeste, Irti - rná, Brsil

Leia mais

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional. Integralização Curricular

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional. Integralização Curricular ANO ANO Missã d Curs É missã d Curs de Arquitetura e Urbanism da UFC frmar prfissinais capacitads a pesquisar, cnceber e cnstruir, cm visã crítica da realidade sci-ecnômica e cnheciment aprfundad d cntext

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

Definição de Necessidades de Capacitação de Pós-Graduação

Definição de Necessidades de Capacitação de Pós-Graduação I Mdliddes Pós-grduçã strictu sens (mestrd e dutrd) Pós-dutrd de Cpcitçã Definiçã de Necessiddes de Cpcitçã de Pós-Grduçã O Ipe definirá sus necessiddes de cpcitçã em pós-grduçã nulmente, levnd em cnt:

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE Nota de candidatura

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE Nota de candidatura Nta de canditura Clcad d últim d Nme Nme d curs Grau iniciais s clcad pel curs cntingente 0110 8031 Universide ds Açres - Angra d Herísm Ciências Farmacêuticas (Preparatóris) PM 15 10 134,0 5 0110 8085

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seçã 1. Pág. 20 Cmpnente Curricular: ENFERMAGEM NO CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR Códig: ENF-219 Pré-requisit: Nenhum

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 004/2012 UNEMAT A, no uso de sus tribuições legis e em cumprimento ds norms prevists no rtigo

Leia mais

Centro Universitário FECAP

Centro Universitário FECAP Serie 1 MURICIO GOÇLVES CMILO PITO COTBILIDDE BÁSIC I MURICIO GOÇLVES CMILO PITO COTBILIDDE BÁSIC I REE PIERRE M.E.MZK LÓGIC I REE PIERRE M.E.MZK LÓGIC I MRI IZBEL DE ZEVEDO MRQUES TULIDDES I MRI IZBEL

Leia mais

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período.

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período. VISO PÚBLICO Nº 04/UNOESC-R/2015 O Reitor d Universidde do Oeste de Snt Ctrin Unoesc, Unoesc Virtul, entidde educcionl, crid pel Lei Municipl nº 545/68 e estruturd de direito privdo, sem fins lucrtivos,

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( )

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médi PLANO DE ENSINO 2009 Médi Prfissinalizante ( ) Prfissinalizante ( ) Graduaçã ( x ) Pós-graduaçã ( ) I. Dads Identificadres Curs Superir de Tecnlgia em Gestã Ambiental

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Msc. Frncis Regis Irineu Coordenção Gerl de Estágio Prof. Izequiel Sntos de Arújo Coordendor de Estágio Cmpins, 2015 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

Vagas Existentes 60 60 SEGUNDA, 10:00 às 12:00 QUARTA, 10:00 às 12:00 SEXTA, 10:00 às 12:00

Vagas Existentes 60 60 SEGUNDA, 10:00 às 12:00 QUARTA, 10:00 às 12:00 SEXTA, 10:00 às 12:00 Oferta de Turmas para ENGENHRI MECNIC em 2010.2 1 de 7 12/07/2010 15:19 Universidade Federal do Ceará Módulo cadêmico Oferta de Turmas para ENGENHRI MECNIC em 2010.2 ENGENHRI MECNIC 2010.2 COMPORTMENTO

Leia mais

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas inciais de 2012

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas inciais de 2012 CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO Códig Códig d curs Nme Nme d curs Grau na 1.ª fase pel 0110 8031 Universide ds Açres - Angra d Herísm Ciências Farmacêuticas (Preparatóris) Prep.

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM WEB SITE PARA A BASE DE CONHECIMENTOS DO PROGRAMA DE APOIO AOS ACTORES NÃO ESTATAIS ANGOLA

DESENVOLVIMENTO DE UM WEB SITE PARA A BASE DE CONHECIMENTOS DO PROGRAMA DE APOIO AOS ACTORES NÃO ESTATAIS ANGOLA DESENVOLVIMENTO DE UM WEB SITE PARA A BASE DE CONHECIMENTOS DO PROGRAMA DE APOIO AOS ACTORES NÃO ESTATAIS ANGOLA REQUISITOS TECNICOS O Prgrama de Api as Actres Nã Estatais publica uma slicitaçã para prestaçã

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO www.passencncurs.cm.br Infrmações sbre Cncurs Inscrições: 03/10/2014 a 03/11/2014 Carg: Técnic Legislativ Taxa de Inscriçã: R$ 70,00 Salári/Remuneraçã: R$ 1.600,00 Nº Vagas: 17 Data da Prva: 14/12/2014

Leia mais

EDITAL 001/2013 - EADUnC

EDITAL 001/2013 - EADUnC EDITAL 001/2013 - EADUnC O Reitor d Universidde do Contestdo-UnC, de cordo com o disposto no Regimento, fz sber, trvés do presente Editl, que estrão berts inscrições e mtriculs pr ingresso nos Cursos de

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402 HORÁRIO E ULS 1º SEMESTRE E 2015 1.º PERÍOO TURMS e : SL 1401 TURMS e : SL 1402 ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN

Leia mais

Apresentação do Curso

Apresentação do Curso At endi m ent acl i ent e Apr es ent aç ãdc ur s Apresentaçã d Curs O curs Atendiment a Cliente fi elabrad cm bjetiv de criar cndições para que vcê desenvlva cmpetências para: Identificar s aspects que

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Médio Etec Etec: PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA Código: 164 Município: PALMITAL Áre de conhecimento: Ciêncis d Nturez, Mtemátic e sus Tecnologis Componente Curriculr: FÍSICA

Leia mais

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR LISTA CANDIDATA ÀS ELEIÇÕES PARA OS CORPOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE GEÓGRAFOS BIÉNIO 2006-2008 POR UMA GEOGRAFIA MELHOR Assembleia Geral Presidente Jsé Albert Ri Fernandes (FL, Universidade

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO www.passencncurs.cm.br Infrmações sbre Cncurs Inscrições: 18/08/2014 a 28/10/2014 Carg: TNS Administradr Taxa de Inscriçã: R$ 86,00 Salári/Remuneraçã: R$ 1.827,81 Nº Vagas: 01 Data da Prva: 06/12/2014

Leia mais

Onde se lê: título de eleitor e prova de quitação com as obrigações eleitorais, para brasileiros(as)

Onde se lê: título de eleitor e prova de quitação com as obrigações eleitorais, para brasileiros(as) Errata d edital intern 005/2009-CCS: N Item 3.4., incis I, alínea e): Onde se lê: títul de eleitr e prva de quitaçã cm as brigações eleitrais, para brasileirs(as) Leia-se: Prva de quitaçã cm as brigações

Leia mais

Plano de Estudos do Curso de Licenciatura em Engenharia Electrotécnica Electrónica e Computadores; Ramo: Automação e Sistemas

Plano de Estudos do Curso de Licenciatura em Engenharia Electrotécnica Electrónica e Computadores; Ramo: Automação e Sistemas Área de Especializaçã: Autmaçã e Sistemas Licenciatura em Engenharia Electrtécnica Electrónica e Cmputadres; Ram: Autmaçã e Sistemas Cmpetências An / Semestre Interligaçã e Gestã de Redes Interligaçã e

Leia mais

Prezado Senhor Diretor Presidente CASUL- COOPERATIVA DE AGRÁRIA CAFEICULTORES DO SUL DE SÃO PAULO Olavo Morales Garcia

Prezado Senhor Diretor Presidente CASUL- COOPERATIVA DE AGRÁRIA CAFEICULTORES DO SUL DE SÃO PAULO Olavo Morales Garcia Prezad Senhr Diretr Presidente CASUL- COOPERATIVA DE AGRÁRIA CAFEICULTORES DO SUL DE SÃO PAULO Olav Mrales Garcia O IBRASS INSTITUTO BRASILEIRO DO ASSOCIATIVISMO, entidade sem fins ecnômics, frmada pr

Leia mais

Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo

Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo Agrupmento Escols do Porto Alto Pré Escolr lunos Estb. De Educção Apoio Domicílios 0-1 1-2 2-3 Alunos em list lunos com NEE Alunos esper () 3 4 5 6 * 3 4 5 3 4 5 6 * Educdores sls Q. QDV único pessol não

Leia mais

HORÁRIOS DE AULA GASTRONOMIA

HORÁRIOS DE AULA GASTRONOMIA 1 º períd MA SL 205 Blc C gastrnmia Biquímica ds Aliments gastrnmia Biquímica ds Aliments Enfilia e Práticas de Smmelier Enfilia e Práticas de Smmelier 1º períd NA SL 101 Blc A gastrnmia gastrnmia Biquímica

Leia mais

Curso de Extensão: Finanças Corporativas

Curso de Extensão: Finanças Corporativas 1. Apresentaçã Curs de Extensã: Finanças Crprativas Uma crpraçã é, genericamente, caracterizada pela tmada de duas decisões fundamentais, a de financiament e a de investiment. O prcess de seleçã, análise

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTROLADORIA PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTROLADORIA PLANO DE CURSO Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autrizad pela Prtaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

Leia mais

Ter formação mínima em nível superior comprovada que atenda a formação acadêmica ou formação ou vinculação em programa de

Ter formação mínima em nível superior comprovada que atenda a formação acadêmica ou formação ou vinculação em programa de ANEXO II EDITAL Nº 04/2014 2 º PRORROGAÇÃO PARA VAGAS REMANESCENTES QUADRO DE VAGAS REMANESCENTES PARA O PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSORES PESQUISADORES FORMADORES ÁREA DA PESQUISA EMENTA EIXO

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Hbilitção Profissionl: Técnic de nível médio de Auxilir de Contbilidde

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO RELATÓRIO DE GESTÃO DO EXERCÍCIO DE 2013

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO RELATÓRIO DE GESTÃO DO EXERCÍCIO DE 2013 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO RELATÓRIO DE GESTÃO DO EXERCÍCIO DE 0 Brsíli DF, de julh de 0 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO

GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada em 1970 cm intuit de ferecer primeir curs superir de Turism d Brasil,

Leia mais

MOTIVAÇÃO: DISCUSSÃO SOBRE O DESEMPENHO DO SER HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES. Fagner Duarte Pereira¹, Robinson da Silva Pedroso Júnior², Valdevino Krom 3.

MOTIVAÇÃO: DISCUSSÃO SOBRE O DESEMPENHO DO SER HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES. Fagner Duarte Pereira¹, Robinson da Silva Pedroso Júnior², Valdevino Krom 3. MOTIVAÇÃO: DISCUSSÃO SOBRE O DESEMPENHO DO SER HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES Fgner Durte Pereir¹, Rbinsn d Silv Pedrs Júnir², Vlvin Krm 3. 1 Administrçã Empress e Negócis Universid d Vle d Príb. Av. Shishim

Leia mais

FRWTC-300 DESENVOLVIMENTO C# E ORIENTAÇÃO POR OBJETOS

FRWTC-300 DESENVOLVIMENTO C# E ORIENTAÇÃO POR OBJETOS FRWTC-300 DESENVOLVIMENTO C# E ORIENTAÇÃO POR OBJETOS SOBRE A FRAMEWORK A Framewrk (www.frwtc.cm) atua diretamente cm prfissinais d segment de tecnlgia em busca de capacitaçã, atualizaçã e certificaçã,

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ESOLA SEUNDÁRIA DR. JOAQUIM DE ARVALHO, FIGUEIRA DA FOZ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 [Escrev texto] Págin 0 B I B L I O T E A E S O L A R PLANO ANUAL DE TRABALHO/ATIVIDADES A urrículo, litercis

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA 1 - Ddos do Proponente 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turm K) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Celso Mnuel Lim Docente Celso Mnuel

Leia mais

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG 1 - DADOS DO PROPONENTE 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F 1.9- Telefone 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Médio Etec Etec: PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA Código: 164 Município: PALMITAL Áre de conhecimento: Ciêncis d Nturez, Mtemátic e sus Tecnologis Componente Curriculr: FÍSICA

Leia mais

Modelagem, qualificação e distribuição em um padrão para geoinformações

Modelagem, qualificação e distribuição em um padrão para geoinformações Mdelagem, qualificaçã e distribuiçã em um padrã para geinfrmações Julia Peixt 14h, 14 de junh de 2010. Mtivaçã Acerv de dads desde 1994 em diferentes áreas de pesquisa; Muitas pessas fazend muits trabalhs

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO www.passencncurs.cm.br Infrmações sbre Cncurs Inscrições: 20/10/2014 a 20/11/2014 Carg: Auxiliar Administrativ Taxa de Inscriçã: R$ 45,00 Salári/Remuneraçã: R$ 1.100,00 Nº Vagas: 50 Data da Prva: 07/12/2014

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensin Técnic Códig: 0262 ETEC ANHANGUERA Municípi: Santana de Parnaíba Cmpnente Curricular: Cntabilidade Cmercial Eix Tecnlógic: Gestã e Negócis Módul: II C.

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designaçã d Curs... 2 Duraçã Ttal d Curs de Frmaçã... 2 Destinatáris... 2 Objetiv Geral... 2 Objetivs Específics... 2 Estrutura mdular e respectiva carga hrária...

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO Objetivo 1: Grntir prioridde técnic, polític e finnceir pr ções de enfrentmento do HIV/DST voltds

Leia mais

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO:

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3.1 MANUTENÇÃO CORRETIVA A manutençã crretiva é a frma mais óbvia e mais primária de manutençã; pde sintetizar-se pel cicl "quebra-repara", u seja, repar ds equipaments após a avaria.

Leia mais

Estudo de impacto das mudanças climáticas sobre os recursos hídricos superficiais e sobre os níveis dos aqüíferos na Bacia do Rio Tocantins.

Estudo de impacto das mudanças climáticas sobre os recursos hídricos superficiais e sobre os níveis dos aqüíferos na Bacia do Rio Tocantins. Estud de impct ds mudnçs climátics sbre s recurss hídrics superficiis e sbre s níveis ds qüífers n Bci d Ri Tcntins. Jvier Tmsell, Dniel Andrés Rdrigue, Lu Adrin Curts, Mônic Ferreir, Juli Cér Ferreir

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO www.passencncurs.cm.br Infrmações sbre Cncurs Inscrições: 27/10/2014 a 21/11/2014 Carg: Auxiliar de Sala: Educaçã Infantil Taxa de Inscriçã: R$ 48,00 Salári/Remuneraçã: R$ 1.146,27 Nº Vagas: Cadastr de

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira Coorden http://www.etecermelind.com.br/etec/sis/ptd_tec_6.php 1 de 5 18/09/2015 13:29 Unidde de Ensino Médio e Técnico Cetec Ensino Técnico Integrdo o Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plno de Trblho Docente

Leia mais

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores INFORMAÇÃO GAI Apis às empresas pela cntrataçã de trabalhadres N âmbit das plíticas de empreg, Gvern tem vind a criar algumas medidas de api às empresas pela cntrataçã de trabalhadres, n entant tem-se

Leia mais

FRWTC-220 DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES JAVA WEB

FRWTC-220 DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES JAVA WEB FRWTC-220 DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES JAVA WEB SOBRE A FRAMEWORK A Framewrk (www.frwtc.cm) atua diretamente cm prfissinais d segment de tecnlgia em busca de capacitaçã, atualizaçã e certificaçã, curss

Leia mais

PRIMEIRO NOTURNO TURMA: NOTURNO-N1 ANO: 2012 Horário Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira

PRIMEIRO NOTURNO TURMA: NOTURNO-N1 ANO: 2012 Horário Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira COORDENÇÃO DO CURSO DE CHRELDO EM DIREITO 1 PRIMEIRO NOTURNO TURM: NOTURNO-N1 NO: 2012 DV437 METODOLOGI D439 DIREITO E SOCIEDDE EDURDO DV452 DIREITO ROMNO PROFª GILD DV448 HISTÓRI PROFº WLTER D438 ECONOMI

Leia mais

Vem aí, novo curso no Icesp/Promove

Vem aí, novo curso no Icesp/Promove Aem n S Informe Icesp Semnl Ano IV nº 49 11/04/2014 Vem í, novo curso no Icesp/Promove A prtir do segundo semestre de 2014, o ICESP Promove de Brsíli brirá inscrições pr o curso de Tecnologi em Construção

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Áre de formção 523. Eletrónic e Automção Curso de formção Técnico/ de Eletrónic, Automção e Comndo Nível de qulificção do QNQ 4 Componentes de Socioculturl Durção: 775 hors Científic Durção: 400 hors Plno

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR 1. Históric da Jrnada AGIR Ns ambientes crprativs atuais, a adçã de um mdel de gestã integrada é uma decisã estratégica n api às tmadas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC UNIDADE DE CHAPECÓ Aviso Público Nº 08/Unoesc/2012

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC UNIDADE DE CHAPECÓ Aviso Público Nº 08/Unoesc/2012 UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC UNIDADE DE CHAPECÓ Avis Públic Nº 08/Unesc/2012 O Magnífic Reitr da Universidade d Oeste de Santa Catarina - Unesc, pessa jurídica de direit privad, mantida

Leia mais

PORTARIA Nº 050/Vice-Reitoria de Ensino, Pesquisa e Extensão/ HOMOLOGAÇÃO DISCIPLINAS ISOLADAS

PORTARIA Nº 050/Vice-Reitoria de Ensino, Pesquisa e Extensão/ HOMOLOGAÇÃO DISCIPLINAS ISOLADAS PORTRI Nº 00/Vice-Reitoria de Ensino, Pesquisa e Extensão/ HOMOLOGÇÃO DISCIPLINS ISOLDS Vice-Reitora de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Comunitária Regional de Chapecó, no uso de suas atribuições

Leia mais

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta www.masterhuse.cm.br Prpsta Cm Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Apresentaçã Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Cpyright 2011-2012

Leia mais

Boletim Comercial. Tema: BC003 Plano de Disponibilidade Ilimitada de Recursos UV. Introdução

Boletim Comercial. Tema: BC003 Plano de Disponibilidade Ilimitada de Recursos UV. Introdução Bletim Cmercial Tema: BC003 Plan de Dispnibilidade Ilimitada de Recurss UV Intrduçã Sistemas de cura UV sã cada vez mais presentes em indústrias que imprimem grandes vlumes de materiais, independente d

Leia mais

Fundamentação Metodológica

Fundamentação Metodológica E M.Montessori Fundmentção Metodológic Mnuis Didáticos Progrms em Níveis Listgens de Ambientes Preprdos Progrms Anuis - Bimestris As crinçs, em contto com um mbiente dequdo desenvolvem s potenciliddes

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES Critéris de Avaliaçã Direçã Reginal de Educaçã d Nrte Agrupament de Esclas AMADEO DE SOUZA-CARDOSO Telões - Amarante EDUCAÇÃO MUSICAL 2ºCICLO An Letiv 2014/2015 Dmíni Cgnitiv

Leia mais

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis PCP Vensis PCP O PCP é módul de planejament e cntrle de prduçã da Vensis. Utilizad n segment industrial, módul PCP funcina de frma ttalmente integrada a Vensis ERP e permite às indústrias elabrar

Leia mais

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO RURAL CONTINENTE 2014-2020. DESCRIÇÃO DA AÇÃO Versão: 1 Data: 28/10/2013

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO RURAL CONTINENTE 2014-2020. DESCRIÇÃO DA AÇÃO Versão: 1 Data: 28/10/2013 PROGRAMA DESENVOLVIMENTO RURAL CONTINENTE 2014-2020 DESCRIÇÃO DA AÇÃO Versã: 1 Data: 28/10/2013 M5. ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO AÇÃO 5.1. CRIAÇÃO DE AGRUPAMENTOS E ORGANIZAÇÃO DE PRODUTORES NOTA INTRODUTÓRIA

Leia mais

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative Prgrama de Rádi Ritm Ecnómic AnglaOpenPlicyInitiative 1 Rádi: Kairós da Igreja Metdista de Angla Nme d Prgrama: Ritm Ecnómic Géner: Talk shw Educativ Data da primeira ediçã: (pr definir) Apresentadres:

Leia mais

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial;

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial; CURSO: ADMINISTRAÇÃO SEMESTRE: 5 DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE CARGA HORARIA: 80 HORAS / AULAS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ementári: Nções de sistemas de infrmaçã e seus cmpnentes, seus tips e principais aplicações

Leia mais

Calendário: 06/03/2014 a 02/04/2014

Calendário: 06/03/2014 a 02/04/2014 Calendário: 06/03/2014 a 02/04/2014 Semana 03/03 08/03 10/03 a 16/03 Turma Segunda Terça Quarta Quinta Sexta M T M T M T M T M T CRNVL CRNVL CRNVL CRNVL CRNVL CRNVL Sem 1 GT1 C3 mb cirur MB C2 C1 GT2 R

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE CINEMA E AUDIOVISUAL

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE CINEMA E AUDIOVISUAL UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada em 1970 cm intuit de ferecer primeir curs superir de Turism d Brasil, a Universidade Anhembi Mrumbi ampliu sua ferta de curss em diferentes áreas durante a década de.

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designaçã d Curs... 2 Duraçã Ttal d Curs de Frmaçã... 2 Destinatáris... 2 Objetiv Geral... 2 Objetivs Específics... 2 Estrutura mdular e respectiva carga hrária...

Leia mais

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS PROJETO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (X) PROJETO DE PESQUISA PROJETO DE EXTENSÃO Acadêmic ; Scial PROJETO DE INTERDISCIPLINARIDADE

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO HORÁRIO E ULS 2º SEMESTRE E 2016 1.º PERÍOO ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN 101 INTROUÇÃO À FILOSOFI: ÉTI FIL

Leia mais

EDITAL N. 41, de 13 de julho de 2014

EDITAL N. 41, de 13 de julho de 2014 Pder Executiv Ministéri d Educçã Universidde Federl d Amzns Pró-Reitri de Ensin de Grduçã Cmissã Permnente de Cncurss EDITAL N., de 3 de julh de 20 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, pr intermédi d Cmissã

Leia mais

VENDAS MIX DE MARKETING AVON. Preço. Produto. Praça. Promoção. Mesmos Fornecedores. Definido pelo Mercado DIFERENCIAL. Grandes Redes de TV

VENDAS MIX DE MARKETING AVON. Preço. Produto. Praça. Promoção. Mesmos Fornecedores. Definido pelo Mercado DIFERENCIAL. Grandes Redes de TV 1 CO CO MP N S OR UM T ID M E OR N ES TO O ÇÃ R T EN I NC TR CO DÚS IN VENDS CO PR M O OD D UT ITIZ OS Ç O NT CI M E ÊN R R IR OR C NC CO ÃO MIX DE MRKETING VON Produto Promoção Preço Praça Mesmos Fornecedores

Leia mais

Principais Informações

Principais Informações Principais Infrmações Quem é Benefix Sistemas? Frmada pr ex-executivs e equipe de tecnlgia da Xerx d Brasil, que desenvlvem e suprtam sluções e estratégias invadras para setr públic, especializada dcuments

Leia mais

Educação Ambiental na Comunidade Escolar no Entorno do Parque Natural Municipal do Paragem*

Educação Ambiental na Comunidade Escolar no Entorno do Parque Natural Municipal do Paragem* Educção Ambientl n Comunid Escolr no Entorno do Prque Nturl Municipl do Prgem* 1 ALMEIDA, Grciel Gonçlves ; ARENDT, Krine Sles; LIRA, Elinlv Silv ; MACEDO, Gbriel Zcris; VIEIRA, An Pul. Plvrs-chve: Meio

Leia mais

MODALIDADE DE FORMAÇÃO

MODALIDADE DE FORMAÇÃO CURSO 7855 PLANO DE NEGÓCIO - CRIAÇÃO DE PEQUENOS E MÉDIOS NEGÓCIOS Iníci ------ Duraçã 50h Hrári(s) ------ OBJECTIVOS GERAIS - Identificar s principais métds e técnicas de gestã d temp e d trabalh. -

Leia mais

Movimento ISSN: 0104-754X stigger@adufrgs.ufrgs.br Escola de Educação Física Brasil

Movimento ISSN: 0104-754X stigger@adufrgs.ufrgs.br Escola de Educação Física Brasil Mviment ISSN: 0104-754X stigger@dufrgs.ufrgs.br Escl Educçã Físic Brsil Cir Spesst, Bárbr; Vlentini, Nádi Cristin; Krebs, Ruy Jrnd; Berleze, Adrin Educçã infntil e intervençã mtr: um lhr prtir d teri bieclógic

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO FACULDADE DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TEÓRICA: 45 horas

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO FACULDADE DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TEÓRICA: 45 horas SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO FACULDADE DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: PSICOLOGIA APLICADA À ENFERMAGEM GRADE: RESOLUÇÃO CEPEC Nº 831 MATRIZ CURRICULAR:

Leia mais

FRWTC-200 INTRODUÇÃO JAVA SE

FRWTC-200 INTRODUÇÃO JAVA SE FRWTC-200 INTRODUÇÃO JAVA SE SOBRE A FRAMEWORK A Framewrk (www.frwtc.cm) atua diretamente cm prfissinais d segment de tecnlgia em busca de capacitaçã, atualizaçã e certificaçã, curss IN-COMPANY persnalizads

Leia mais

Plano de Gestão 2012-2015

Plano de Gestão 2012-2015 Plno de Gestão 202-205 - Cmpus UFV - Florestl - Grdução Missão: Promover polítics de incentivo à pesquis, pós-grdução, inicição científic e cpcitção de recursos humnos, objetivndo excelênci do Cmpus Florestl

Leia mais

EXMA. SRA. DRA. JUIZA DE DIREITO DA ia VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA CAPITALJOICV

EXMA. SRA. DRA. JUIZA DE DIREITO DA ia VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA CAPITALJOICV s GUSTAVO HENRIQUE SAUER DE ARRUDA PINTO ADVOGADO EXMA. SRA. DRA. JUIZA DE DIREITO DA i VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA CAPITALJOICV -4 ' c ri r O -4 ' -4 t-3 PROCESSO N 1003345-80.2002.8.26.0100

Leia mais

Pós-graduação. em Negócios e Marketing de Moda

Pós-graduação. em Negócios e Marketing de Moda Pós-graduaçã em Negócis e Marketing de Mda Pós-graduaçã em Negócis e Marketing de Mda Intrduçã A Faculdade Santa Marcelina é recnhecida nacinalmente pel seu pineirism pr lançar a primeira graduaçã de mda

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. PEDRO RUI BRANCO Presidente do Conselho Fiscal AAIPS

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. PEDRO RUI BRANCO Presidente do Conselho Fiscal AAIPS INIU PLIÉCNIC ÚBL CL UPI CIÊNCI MPII P UI BNC Presidente do Conselho Fiscl IP NQUMN C/IP está inserid n ede Públic de nsino uperior. No ubsistem do nsino Politécnico: É um ensino com um missão diferente

Leia mais

MRP / MRP II MRP MRP / MRP II 28/04/2009. www.paulorodrigues.pro.br. Material Required Planning (anos 60) Manufacturing Resource Planning (anos 80)

MRP / MRP II MRP MRP / MRP II 28/04/2009. www.paulorodrigues.pro.br. Material Required Planning (anos 60) Manufacturing Resource Planning (anos 80) MSc. Pulo Cesr C. Rodrigues pulo.rodrigues@usc.br www.pulorodrigues.pro.br Mestre em Engenhri de Produção MRP Mteril Required Plnning (nos 60) Mnufcturing Resource Plnning (nos 80) MRP = Mteril Requirement

Leia mais

Everton Saulo Silveira

Everton Saulo Silveira Evertn Saul Silveira 2014 Curriculum Vitae Endereç: Rua Brges Hermidas, 115 Casa 09 Majr Prates E-mails: saul997@yah.cm.br, evertn.silveira@sebraemg.cm.br Celular: (38) 9109-2050 9913-8705 CPF: 053.678.036-60

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Leia mais

AULA 3 GERENCIAMENTO DE CUSTOS E GESTÃO DE OPERAÇÕES PARA A QUALIDADE TOTAL. Prof. Glauce Almeida Figueira

AULA 3 GERENCIAMENTO DE CUSTOS E GESTÃO DE OPERAÇÕES PARA A QUALIDADE TOTAL. Prof. Glauce Almeida Figueira AULA 3 GERENCIAMENTO DE CUSTOS E GESTÃO DE OPERAÇÕES PARA A QUALIDADE TOTAL Prf. Glauce Almeida Figueira EMENTA AULA TÓPICOS 31/08 Intrduçã a Cntabilidade de Custs ; Terminlgia Cntábil; Tips de Custei;

Leia mais

- Minuta Pesquisa CREPOP - Centro de Referência da Assistência Social CRAS/SE

- Minuta Pesquisa CREPOP - Centro de Referência da Assistência Social CRAS/SE - Minuta Pesquisa CREPOP - Centr de Referência da Assistência Scial CRAS/SE N mês de mai d an de 2010 realizu-se a pesquisa CREPOP cm psicólgas(s) que atuam ns Centrs de Referência da Assistência Scial

Leia mais

CLEINALDO DE ALMEIDA COSTA Presidente

CLEINALDO DE ALMEIDA COSTA Presidente UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 45/2014-CONSUNIV Fixa as vagas ns curss de Graduaçã para ingress na Universidade d Estad d Amaznas, pr mei d Cncurs Vestibular e d

Leia mais