ESTADO DO PIAUÍ Prefeitura Municipal de Teresina Secretaria Municipal da Juventude SEMJUV GABINETE DO SECRETÁRIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DO PIAUÍ Prefeitura Municipal de Teresina Secretaria Municipal da Juventude SEMJUV GABINETE DO SECRETÁRIO"

Transcrição

1 SEMJUV EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE JUVENTUDE TERESINA 2013 SEMJUV, pessoa jurídica de direito público, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS da sociedade civil para apoio institucional técnico-financeiro a projetos sociais, com foco no Fomento ao acesso à cultura, ao esporte e ao lazer; Qualificação para o mundo do trabalho; Geração de renda e empreendedorismo; Empoderamento, autonomia, emancipação e protagonismo da juventude; Valorização da diversidade com vida segura e direitos humanos; e Promoção de qualidade de vida saudável para a juventude, assegurando os direitos dos jovens na faixa etária de 15 a 29 anos como pressuposto máximo de todo o conjunto da Política Municipal de Juventude. O processo seletivo tem o objetivo de celebrar CONVÊNIO com a entidade selecionada, em consonância com as diretrizes e critérios abaixo descritos. 1. DO OBJETO Constitui objeto do presente edital a seleção de 12 (doze) projetos para apoio institucional a entidades privadas sem fins lucrativos com a finalidade de fomentar ações relacionadas aos seguintes eixos da Política Municipal de Juventude de Teresina: EIXO 1 FOMENTO AO ACESSO À CULTURA, AO ESPORTE E AO LAZER: 02 (dois) projetos sendo esses cada um no valor de até R$ ,00 (dez mil reais), totalizando um valor de até R$ ,00 (vinte mil reais), para entidades de fomentos à cultura, ao esporte e ao lazer da juventude. O projeto apresentado deverá coadunar com as políticas públicas de promoção da juventude. Ao término do projeto deverá ser apresentado o relatório com a avaliação dos resultados (ANEXO IV). EIXO 2 QUALIFICAÇÃO PARA O MUNDO DO TRABALHO, GERAÇÃO DE RENDA E EMPREENDEDORISMO: 02 (dois) projetos sendo esses cada um no valor de até R$ ,00 (vinte mil reais), totalizando o valor de até R$ ,00 (quarenta mil reais) para entidades na qualificação para o mundo do trabalho, geração de renda e empreendedorismo. A proposta de formação para o trabalho (qualificação profissional) deverá ter carga horária mínima de 40 horas/ aula, com apresentação detalhada da programação. O projeto apresentado deverá coadunar com as políticas ANEXO IV-1/2

2 SEMJUV públicas de promoção da juventude. Ao término do projeto deverá ser apresentado o relatório com a avaliação dos resultados (ANEXO IV). EIXO 3- EMPODERAMENTO, AUTONOMIA, EMANCIPAÇÃO E PROTAGONISMO DA JUVENTUDE: 03 (três) projetos sendo esses cada um no valor de até R$ ,00 (dez mil reais), totalizando o valor de até R$ ,00 (trinta mil reais), para entidades que desenvolvam ações que promovam a autonomia, emancipação e envolvimento dos jovens como protagonistas de suas próprias ações. O projeto apresentado deverá coadunar com as políticas públicas de promoção da juventude, assim como objetivar o empoderamento da comunidade jovem. Ao término do projeto deverá ser apresentado o relatório com a avaliação dos resultados (ANEXO IV). EIXO 4 - VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE COM VIDA SEGURA E DIREITOS HUMANOS: 02 (dois) projetos sendo esses cada um no valor de até R$ ,00 (dez mil reais), totalizando o valor de até R$ ,00 (vinte mil reais), para entidades que desenvolvam ações para a valorização da diversidade com vida segura e direitos humanos. O projeto apresentado deverá coadunar com as políticas públicas de promoção da juventude. Ao término do projeto deverá ser apresentado o relatório com a avaliação dos resultados (ANEXO IV). EIXO 5 - PROMOÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA SAUDÁVEL PARA A JUVENTUDE: 03 (três) projetos sendo esses cada um no valor de até R$ ,00 (dez mil reais), totalizando o valor de até R$ ,00 (trinta mil reais), para entidades que desenvolvam ações para a promoção da qualidade de vida saudável para a juventude. A proposta deverá prever a realização de atividades que estar acordo com os seguintes focos: Ambiente Familiar e Comunitária; Educação Familiar e Comunitária; Educação ambiental; Alimentação Saudável. Deve-se apresentar a programação detalhada. Ao término do projeto deverá ser apresentado o relatório com a avaliação dos resultados (ANEXO IV). 2. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 2.1. Poderão se inscrever: Entidades sem fins lucrativos com sede e ações em Teresina e zona rural, que conste em seu estatuto ou comprove através de relatório, ações com a juventude de 15 a 29 anos. ANEXO IV-2/2

3 SEMJUV 2.2. Não poderão participar a) proponentes que possuam convênio vigente com a SEMJUV, para execução de modalidade idêntica ao da proposta encaminhada para este edital; b) proponentes que estiverem com pendências relativas à prestação de contas ou com contas reprovadas em quaisquer convênios firmados anteriormente com a SEMJUV; c) proponentes que estiverem em mora, inadimplentes com outros convênios celebrados com órgãos ou entidades da Administração Pública Federal, ou irregular em qualquer das exigências da legislação; d) pessoas físicas ou entidades com fins lucrativos. 3. DOS RECURSOS FINANCEIROS E FONTE ORÇAMENTÁRIA Os recursos para cobrir as despesas com o financiamento dos Projetos selecionados serão sustentados com recursos municipais, oriundos do Tesouro Municipal, definidos na Programação Orçamentária, para o exercício de 2014, no valor de R$ ,00 (cento e trinta mil reais), fonte 100, rubrica nº Subvenções Sociais. 3.1 A seleção dos projetos não obriga a Secretaria Municipal de Juventude a formalizar imediatamente os convênios, caracterizando apenas expectativa de direito para os selecionados. O prazo de validade desses projetos coincidirá com o calendário integrante deste Edital. 4. DAS INSCRIÇÕES Os projetos deverão ser entregues na SEMJUV, localizada na Avenida Frei Serafim, 2425, Centro/Norte, CEP: , Teresina-PI. 4.1 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS É indispensável anexar ao projeto os seguintes documentos: a. Cópia autenticada do Estatuto ou Regimento da entidade, devidamente registrado, com sede e funcionamento no Município de Teresina; b. Cópia autenticada da Ata (devidamente registrada) de posse da Diretoria em exercício; c. Cópia autenticada do CPF e RG do (a) Representante Legal da entidade; d. Comprovante da inscrição e situação cadastral perante o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica CNPJ; ANEXO IV-3/2

4 SEMJUV e. Certidão Negativa de Débito do INSS (Prova de regularidade perante a Seguridade Social); f. Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT); g. Certificado de Regularidade do FGTS (Prova de regularidade perante o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) se houver empregados em sua estrutura. h. Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos aos Tributos Federais e a Dívida Ativa da União; i. Certidão Negativa de Débitos Tributários (Prova da regularidade perante a Fazenda Estadual); j. Certidão Negativa de Débito junto à Fazenda Municipal; k. Declaração que concorda com os termos do presente edital (ANEXO III). l. Ofício de solicitação e encaminhamento da proposta (ANEXO II). m. Conta específica no Banco do Brasil, após aprovação do Projeto. Observação: As autenticações das cópias poderão ser feitas pela própria SEMJUV. 4.1 Nos casos de cursos, oficinas, seminários, workshoping, deverá ser apresentado o programa detalhado. 4.2 As solicitações de apoio e os documentos necessários deverão ser protocolados na SEMJUV (das 8h às 13h), até a data-limite de recebimento de projetos indicada no item 10 Calendário de Recebimento e Seleção de Projetos. 5. DA COMISSÃO DE SELEÇÃO A comissão de Seleção de Projetos será formada por 05 (cinco) membros, nomeados em Decreto assinado pelo Prefeito Municipal de Teresina e pelo Secretário da SEMJUV, composta por 02 (dois) técnicos da SEMJUV, 03 (três) Representantes do Conselho Municipal da Juventude COMJUV. 6. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DOS PROJETOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃOCRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO I Alinhamento da proposta às Diretrizes da Política Municipal de Juventude de Teresina; II Atuação com jovens moradores de bairros com maior índice de vulnerabilidade social e incidência de homicídios; (ver dados do IBGE e PONTUAÇÃO MÁXIMA ANEXO IV-4/2

5 SEMJUV DATASUS ou outras fontes). III Perspectiva de continuidade do projeto com recursos próprios (para além do 10 financiamento). Pontuação gradativa de acordo com o apresentado no projeto IV Indicação de impacto social (resultado esperado mensurável, em termos 15 quantitativos e qualitativos, das transformações instauradas pelo projeto, indicando melhorias significativas, consistentes e sustentáveis). Pontuação gradativa de acordo com o apresentado no projeto; V Viabilidade e exequibilidade técnica e financeira do projeto; 30 VI Participação da comunidade (capacidade de mobilização da comunidade, 20 gerando protagonismo e legitimidade) VII Capacidade institucional do proponente, compreendendo experiência 10 comprovada e equipe técnica prevista; VIII Abrangência na Zona Rural; 30 VIX Articulação (disposição e capacidade de cooperação entre entidades 10 mediante redes) TOTAL Em caso de empate na totalização dos pontos, o desempate beneficiará o proponente que tenha apresentado maior pontuação nos critérios I, II e VIII, nesta ordem; 7. FORMAS DO APOIO INSTITUCIONAL 7.1 A SEMJUV disponibilizará, neste Edital, o recurso de R$ ,00 (cento e trinta mil reais), para o desenvolvimento de projetos de R$ ,00 (dez mil reais) a R$ ,00(vinte mil reais) de acordo com as categorias e critérios estabelecidos nos itens 1 e 2, que deverão ser executados no exercício de O apoio institucional será concedido na forma total, mediante a celebração de convênio, observadas as disposições da Lei nº 8.666/93 e do Decreto Municipal Nº 9.805, de 14 de dezembro de 2009, excluindo-se despesas relativas à reforma e ampliação de sedes, contratação de pessoal para atividades administrativas, exceto na aquisição de equipamentos onde o valor não exceda 15% do total do projeto. ANEXO IV-5/2

6 SEMJUV 8. SELEÇÃO E JULGAMENTO 8.1 Serão eliminados do certame os proponentes que deixarem de apresentar qualquer um dos documentos previstos no edital; 8.2 os projetos serão classificados conforme os critérios de classificação previstos neste edital. 9. DA HOMOLOGAÇÃO, DIVULGAÇÃO DO RESULTADO E RECURSO. 9.1 O resultado final da seleção será fixado na sede da Secretaria Municipal de Juventude, publicado no Diário Oficial do Município e no site da : 9.2 Da decisão da Comissão de Seleção caberá recurso no prazo de 03 (três) dias úteis, contados da publicação do resultado no Diário Oficial do Município, conforme calendário no item 10 deste edital. 9.3 As entidades com projetos selecionadas serão convocadas para assinatura do Convenio observado o calendário previsto no item CALENDÁRIO DE RECEBIMENTO E SELEÇÃO DE PROJETOS O projeto encaminhado para participar do presente edital deverá observar os prazos de entrega, seleção e assinatura do convênio, conforme quadro abaixo ETAPAS DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE JUVENTUDE/ CRONOGRAMA DESCRIÇÃO DATA Lançamento e Divulgação do Edital 14/11/ 2013 Publicação no Edital no Diário Oficial do Município 14/11/2013 Recebimento dos Projetos na SEMJUV 18/11/2013 a 20/12/2013 Avaliação dos Projetos 20/ 12/ 2013 a 24/ 01/ 2014 ANEXO IV-6/2

7 SEMJUV Divulgação dos selecionados no Diário Oficial do Município 27/ 01/ 2014 Recurso 27 a 30/ 01/ 2014 Análise dos Recursos 30 e 31/01/2014 Divulgação pós-recursos 05/02/2013 Assinatura do Convênio 10/02/2014 Até 30 dias após o encerramento do Prestação de Contas convênio. 11. SOLICITAÇÃO DE APOIO A PROJETOS A solicitação de apoio a projetos deverá ser feita mediante entrega por escrito do Plano de Trabalho, ANEXO I deste Edital. 12. OBRIGAÇÕES Os (as) responsáveis pelos projetos selecionados obrigam-se a: 12.1 Assinar o convênio e prestar contas no prazo determinado, através de: a) Relatório de atividades contendo informações sobre a execução do projeto, bem como, o público e profissional envolvido, as funções desempenhadas, datas, locais das realizações das atividades previstas, material de divulgação, se houver, cópias de matérias publicadas nas mídias impressa e eletrônica, se houver; b) Notas fiscais dos pagamentos realizados com os recursos recebidos como apoio para realização do projeto; c) Fotos, folhetos, certificados, listas de presença e outros que comprovem a realização do projeto para o qual foi concedido o apoio Inserir em todo material de divulgação do projeto a expressão: Apoio da Prefeitura de Teresina/ SEMJUV, bem como, citar o apoio em releases e em entrevistas concedidas. 13. OBSERVAÇÕES FINAIS 13.1 As etapas do calendário desta seleção poderão sofrer alterações, mediante decisão da SEMJUV, para atender ao interesse público, desde que devidamente justificada. ANEXO IV-7/2

8 SEMJUV 13.2 Cada entidade só terá o direito de apresentar apenas um projeto nesta Seleção As Entidades que apresentarem projetos nessa seleção não poderão ter nos seus quadros diretivos servidores (as) públicos (as) municipais em atividade O acompanhamento e avaliação do projeto serão realizados por técnico indicado pela SEMJUV e mediante apresentação de relatório de atividades com data de entrega prevista no termo do convênio, que será celebrado entre a entidade e o Município de Teresina SEMJUV A comissão de análise dos projetos tem autonomia para alocar o excedente de cada eixo para o apoio de projetos classificados na seleção; 13.6 Os projetos não selecionados ficarão à disposição da entidade na sede da SEMJUV, no prazo de 30 (trinta) dias após a publicação dos resultados, findo este prazo, os mesmos serão destruídos Os casos omissos, durante a execução do convênio, serão resolvidos pela SEMJUV Fica eleito o foro da Comarca de Teresina para dirimir quaisquer dúvidas relativas ao fiel cumprimento do presente edital, renunciando a qualquer outro por mais privilegiado que seja. Teresina (PI), 14 de Novembro de ALLAN DE MIRANDA CRONEMBERGER Secretário Municipal da Juventude SEMJUV/ PMT ANEXO IV-8/2

9 SEMJUV ANEXO I PLANO DE TRABALHO PLANO DE TRABALHO SEMJUV 1 DADOS CADASTRAIS ORGÃO / ENTIDADE PROPONENTE Conveniado C.G.C./CNPJ (indicar o numero de inscrição do proponente no cadastro geral de contribuintes do Ministério da Fazenda (14 dígitos) ou Cadastro Nacional de Pessoal jurídica) ENDEREÇO (indicar endereço completo do proponente Distrito, Bairro, Rua, Numero, etc...) ENDEREÇO ELETRÔNICO ( ) CIDADE (escrever o nome do Município onde se localiza a sede do órgão/entidade proponente). U.F (escrever a sigla do estado). CEP (escrever o código de endereçamento postal do Bairro/Logradouro/ cidade onde o proponente se localiza 08 dígitos) DDD/TELEFONE (citar o numero do telefone do proponente, inclusive com o DDD). E.A-Esfera Administrativa (PREENCHER Municipal Estadual ). COM ou CONTA CORRENTE (citar o numero da conta bancária específica aberta para receber os recursos do convênio. Cada convênio deve ter a sua própria conta bancária, portanto, uma conta deve receber os recursos de apenas um convênio, o que é importantíssimo para facilitar a administração e o controle dos recursos, inclusive quanto á prestação de contas) BANCO (citar o código da agencia bancaria onde foi aberta a conta bancaria especifica) AGÊNCIA (citar o código da agencia bancaria onde foi aberta a conta bancaria específica) PRAÇA DE PAGAMENTO (citar o nome da cidade onde se localiza a agência bancária em que foi aberta a conta) NOME DO RESPONSÁVEL (Registrar o nome do responsável ou do seu substituto, se no regular exercício da substituição, ou ainda do titular do orgão proponente) CPF (indicar o numero da inscrição do responsável no cadastro de pessoa físicas 11 digitos) ANEXO IV-9/2

10 SEMJUV C.I / ORGÃO EXPEDIDOR CARGO Presidente FUNÇÃO ENDEREÇO (indicar endereço completo do proponente Distrito, Bairro, Rua, Numero, etc...) MATRÍCULA CEP (escrever o código de endereçamento postal do Bairro/Logradouro/ cidade onde o proponente se localiza 08 digitos 2 - OBJETO A SER EXECUTADO Título do Programa / Ação (Indicar o titulo do projeto a ser executado) PERÍODO DE EXECUÇÃO (Indicar as datas de inicio e fim da execução) INÍCIO TÉRMINO Identificação do Objeto (Escrever o produto final do empreendimento, de forma completa e sucinta) ANEXO IV-10/2

11 SEMJUV Justificativa da Proposição Metas a serem atingidas (E o desdobramento do objetivo do convenço em realizações físicas, de acordo com unidades de medida preestabelecidas. Nesse campo deverá ser indicado o conjunto de elementos que compõem o objeto) ANEXO IV-11/2

12 SEMJUV PLANO DE TRABALHO FOLHA 2/3 3- ETAPAS OU FASES DA EXECUÇÃO META ETAPA / FASE ESPECIFICAÇÃO (relacionar Oe elementos característicos da meta etapa ou fase) INDICADOR FÍSICO (qualificação e quantificação física do produto de cada meta, etapa ou fase) UNIDADE QUANTI - DADE DURAÇÃO ( e o prazo previsto para a implementação de cada meta, etapa ou fase. O prazo não poderá exceder 60 meses) Início Término Crianças e adolescentes, idosos Encontros 4 PLANO DE APLICAÇÃO DOS RECURSOS FINANCEIROS QUE SE ENQUADRAM NO ORÇAMENTO NATUREZA DA DESPESA TOTAL CONCEDENTE PROPONENTE CODIGO ESPECIFICAÇÃO total ANEXO IV-12/2

13 SEMJUV PLANO DE TRABALHO FOLHA 3/3 5 CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO CONCEDENTE: Serviços de Terceiros (Físicas / jurídicas) R$ ,00 PERIODO JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO ANO 2013 NOVEMBRO DEZEMBRO CONTRAPARTIDA DA ENTIDADE 6 DECLARAÇÃO Teresina, de de Presidente 7 APROVAÇÃO PELO CONCEDENTE Aprovado, Teresina, / /2013 ANEXO IV-13/2

14 SEMJUV RECURSOS SEMJUV Secretaria Municipal de Juventude SEMJUV PLANO DE TRABALHO Cronograma Físico Etapas de Execução x x x X X X X X X X X X Local, Data, Nome, Assinatura do Proponente Teresina, / /2013 Local Data SECRETARIA MUNICIPAL DE JUVEMTUDE SEMJUV 1. Nome do Órgão ou Entidade Proponente 2. Exercício 3. CNPJ 4. Tipo de Aplicação ( ) Caderneta de Poupança ( ) Outros 5. BANCO 6. Nome da Agência 7. Cód. Banco 8. Cod. Ag. 9. D.V 10. Nº da Conta 11. Município 12. Saldo 13. Nº de Beneficiários ANEXO IV-14/2

15 SEMJUV ANEXO II OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PROPOSTA (Preencher em papel timbrado da instituição) (Dados Cadastrais) Ofício Nº /2013 Local e data À SEMJUV- Secretária Municipal da Juventude Assunto: Encaminhamento de proposta para EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE JUVENTUDE TERESINA/2013 Senhor Secretário, Encaminhamos, para apreciação desta Secretaria, documentação do Projeto incluso no EIXO do Edital de Seleção de Projetos, contendo (especificar documentação), formalizando assim, manifestação de interesse em participar da seleção, nos termos das normas definidas e divulgadas no Edital. Respeitosamente, Representante da entidade ANEXO IV-15/2

16 SEMJUV ANEXO III DECLARAÇÃO EXPRESSA DE INTEGRAL CONCORDÂNCIA COM OS TERMOS DESTE EDITAL E SEUS ANEXOS (nomina e qualifica a entidade), DECLARA, para os devidos fins de direito, junto a SEMJUV, que concorda plenamente com os termos deste Edital e seus anexos. Teresina, de de Declarante ANEXO IV-16/2

17 SEMJUV ANEXO IV RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS NOME DO PROJETO: BAIRRO/ VILA/ COMUNIDADE ATENDIDA: INFORMAÇÕES GERAIS: NOME DO RESPONSÁVEL TÉCNICO ENDEREÇO CONTATOS TELEFONE: PERÍODO DO RELATÓRIO DESENVOLVIMENTO E ALCANCE DO PROJETO QUAIS OS AVANÇOS ALCANÇADOS E AS DIFICULDADES ENCONTRADAS? (apresentar o Objetivo presente na proposta aprovada pela SEMJUV e os resultados) OBJETIVO GERAL AVANÇOS DIFICULDADES Descreva como o projeto beneficiou seus participantes ou comunidade. Descreva a metodologia de seleção dos participantes. Quais tipos de parcerias o projeto estabeleceu ao longo do apoio da SEMJUV? (Pode assinalar mais de uma alternativa) ( ) Técnicas (cooperação para uso de tecnologias, conhecimento, metodologias, etc.) ( ) Recursos Humanos (funcionários cedidos por outras organizações) ( ) Recursos financeiros ANEXO IV-17/2

18 SEMJUV ( ) Infraestrutura (salas, veículos, equipamentos, material gráfico, etc.) ( ) Outras parcerias? Quais Foi publicado algum boletim, cartaz, panfleto, jornal, página na internet ou outras ações de comunicação com a intenção explicita de informar ou influenciar a comunidade ou opinião publicar em favor das causas defendidas pelo projeto? ( ) Sim (anexar estes documentos) ( ) Não Quais os avanços e dificuldades relacionados à Gestão do Projeto? Que aprendizagens foram construídas? Houve alguma alteração na equipe do projeto ou no cronograma? Qual foi a percepção dos participantes do projeto a respeito das ações desenvolvidas? A comunidade ou participantes esboçaram alguma estratégia de disseminação do conhecimento produzido pela experiência obtida? ( )SIM ( )NÃO DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS: Nº DE JOVENS ATENDIDOS Nº AÇÃO OBJETIVO (devir ser apresentado a frequência da atividade) ÁREAS ANEXO IV-18/2

ESTADO DO PIAUÍ Prefeitura Municipal de Teresina Secretaria Municipal da Juventude SEMJUV GABINETE DO SECRETÁRIO

ESTADO DO PIAUÍ Prefeitura Municipal de Teresina Secretaria Municipal da Juventude SEMJUV GABINETE DO SECRETÁRIO SEMJUV EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE JUVENTUDE TERESINA 2013 SEMJUV, pessoa jurídica de direito público, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS da

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS n. 001/2015 - Março Mulheres 2015 - MULHERES: AUTONOMIA E CIDADANIA

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS n. 001/2015 - Março Mulheres 2015 - MULHERES: AUTONOMIA E CIDADANIA EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS n. 001/2015 - Março Mulheres 2015 - MULHERES: AUTONOMIA E CIDADANIA SOCIEDADE CIVIL (ENTIDADES DO MOVIMENTO SOCIAL, ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS, ASSOCIAÇÕES E SIMILARES)

Leia mais

Edital 02/2015 Saldo Remanescente

Edital 02/2015 Saldo Remanescente Edital 02/2015 Saldo Remanescente EDITAL Nº 02/2015 CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, no

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ.

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. PREÃMBULO 1994 EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. A Prefeitura Municipal de Marabá, por intermédio

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE BELÉM-PA E DO TESOURO MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS- Nº 01/2015

FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE BELÉM-PA E DO TESOURO MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS- Nº 01/2015 FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO DE BELÉM-PA E DO TESOURO MUNICIPAL 1 PREÂMBULO RESOLUÇÃO Nº 05/2015 Publica o Edital de Seleção de Projetos das Organizações Não-Governamentais, a serem apoiados

Leia mais

2. DO OBJETIVO Constitui objeto deste EDITAL, seleção de projetos para a realização dos Eventos Juninos nas áreas rurais e distritos de Canindé.

2. DO OBJETIVO Constitui objeto deste EDITAL, seleção de projetos para a realização dos Eventos Juninos nas áreas rurais e distritos de Canindé. PREFEITURA MUNICIPAL DE CANINDÉ FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA E ESPORTE DE CANINDÉ EDITAL Nº: 002/2013 EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS CONCORRENTES PARA A REALIZAÇÃO (APOIO A FESTEJOS JUNINOS)

Leia mais

3 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO BÁSICO

3 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO BÁSICO 3 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO BÁSICO IDENTIFICAÇÃO Nome do projeto Instituição proponente CNPJ/MF da Instituição proponente Responsável pela instituição proponente (nome, CPF, RG, endereço, telefone,

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL - CMAS EDITAL 001/2014. Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL - CMAS EDITAL 001/2014. Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS EDITAL 001/2014 Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS O CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CMAS TORNA PÚBLICO O PROCESSO DE SELEÇÃO DE ENTIDADES E ORGANIZAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, PROGRAMAS,

Leia mais

Orientações para preenchimento do Plano de Trabalho específico para o PRONAF Infra-Estrutura e Serviços Municipais

Orientações para preenchimento do Plano de Trabalho específico para o PRONAF Infra-Estrutura e Serviços Municipais PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR Orientações para preenchimento do Plano de Trabalho específico para o PRONAF Infra-Estrutura e Serviços Municipais Brasília, fevereiro de 2004

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2015 EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA PARA O ENSINO SUPERIOR

CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2015 EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA PARA O ENSINO SUPERIOR 1. PREÂMBULO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2015 EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA PARA O ENSINO SUPERIOR I. O SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO PARANÁ - SEBRAE/PR, entidade associativa de direito

Leia mais

Plano de Trabalho Com Repasse de Recurso Financeiro

Plano de Trabalho Com Repasse de Recurso Financeiro Plano de Trabalho Com Repasse de Recurso Financeiro 1 - DADOS CADASTRAIS Orgão/ Entidade Proponente CGC Endereço Cidade UF CEP DDD/Telefone E.A. Conta Corrente Banco Agência Praça/Pgto. Nome do Responsável

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

EDITAL N.º 04/2015 De 05 de Maio de 2015.

EDITAL N.º 04/2015 De 05 de Maio de 2015. EDITAL N.º 04/2015 De 05 de Maio de 2015. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, no uso de suas atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Federal n.º 8.069, nos arts. 88, IV,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 Edital n.º 001/2013 - CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, no uso de suas atribuições e de

Leia mais

Edital Instituto Sabin - 01/2015

Edital Instituto Sabin - 01/2015 Edital Instituto Sabin - 01/2015 Seleção pública de iniciativas empreendedoras socioambientais inovadoras para parceria com o Instituto Sabin O Instituto Sabin, torna público o presente Edital e convoca

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

EDITAL 004 / 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE IDEIAS INOVADORAS CONCURSO SE LIGA NA IDEIA

EDITAL 004 / 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE IDEIAS INOVADORAS CONCURSO SE LIGA NA IDEIA EDITAL 004 / 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE IDEIAS INOVADORAS CONCURSO SE LIGA NA IDEIA A Prefeitura Municipal de Teresina, junto com a Secretaria Municipal da Juventude SEMJUV - torna público o presente EDITAL

Leia mais

MUNICÍPIO DE INDAIAL SANTA CATARINA

MUNICÍPIO DE INDAIAL SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE INDAIAL SANTA CATARINA CMDCA - CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EDITAL Nº 001/ 2011 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Indaial, torna

Leia mais

CONVOCATÓRIA PARA CALENDÁRIO MUNICIPAL DE EVENTOS EDIÇÃO 2015

CONVOCATÓRIA PARA CALENDÁRIO MUNICIPAL DE EVENTOS EDIÇÃO 2015 CONVOCATÓRIA PARA CALENDÁRIO MUNICIPAL DE EVENTOS EDIÇÃO 2015 1. FINALIDADE 1.1. Constitui objeto desta convocatória a democratização do acesso a participação de proposta artístico-musical no Calendário

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE CAUCAIA-CE

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE CAUCAIA-CE EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE CAUCAIA-CE 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo Convênio nº 05/2015, como parte integrante do Projeto Fortalecendo

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2011 FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2011 FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2011 FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA PROJETOS REFERENTES AO PROGRAMA LIVRO ABERTO NA AÇÃO FOMENTO A PROJETOS CULTURAIS

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2011 - SMDS O Município de Canoas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, torna público o presente e convida os interessados e as interessadas a apresentar

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL SEPN 511, Bloco A, 2 Andar, Edifício Bittar II - Brasília/DF CEP: 70.758-900 Fone: (61) 3217.9516 Endereço eletrônico:

Leia mais

PRÊMIO FUNARTE DE APOIO A ORQUESTRAS

PRÊMIO FUNARTE DE APOIO A ORQUESTRAS PRÊMIO FUNARTE DE APOIO A ORQUESTRAS O Presidente da Fundação Nacional de Arte FUNARTE,, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V, artigo 14 do Estatuto aprovado pelo Decreto 5037 de 07/04/2004,

Leia mais

Este regulamento define e torna públicas as regras gerais para participação no Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita 2014.

Este regulamento define e torna públicas as regras gerais para participação no Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita 2014. 1. Objeto EDITAL DE PROJETOS FUNDAÇÃO APERAM ACESITA 2014 REGULAMENTO GERAL Este regulamento define e torna públicas as regras gerais para participação no Edital de Projetos da 2014. São objetivos do presente

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 012/2015 TIPO: Cotação prévia de preços / Menor preço OBJETO: Contratação de Seguro contra Acidentes

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada pelo

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCÍNIO DA ELETROBRÁS

POLÍTICA DE PATROCÍNIO DA ELETROBRÁS POLÍTICA DE PATROCÍNIO DA ELETROBRÁS agosto de 2009 Eletrobrás Política de Patrocínio da Eletrobrás A Eletrobrás, alinhada a sua missão de criar, ofertar e implementar soluções que atendam aos mercados

Leia mais

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO Esta Chamada Pública de Apoio Institucional visa à seleção de projetos a serem apoiados pelo CAU/BR na modalidade de Apoio à Assistência

Leia mais

Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/ Pesquisa-ação em iniciativas educacionais

Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/ Pesquisa-ação em iniciativas educacionais MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE POLÍTICAS CULTURAIS - SPC DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO - DEC CHAMAMENTO PUBLICO N 01/2011 Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO JABOATÃO DOS GUARARAPES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DO JABOATÃO DOS GUARARAPES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 001/2012 CHAMADA PÚBLICA PARA SELECIONAR E HABILITAR INSTITUIÇÃO PÚBLICA E OU PRIVADA SEM FINS LUCRATIVOS PARA DESENVOLVER PROGRAMA DE ANIMAÇÃO CULTURAL NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS.

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA 2016 A Política de Responsabilidade Social da AngloGold Ashanti define como um de seus princípios que a presença de nossa

Leia mais

PLANO DE TRABALHO. Avenida José Fuedd Sebba, nº 1.170, Jardim Goiás, Estádio Serra Dourada, Ala Norte GERÊNCIA DE CONTRATOS E CONVÊNIO

PLANO DE TRABALHO. Avenida José Fuedd Sebba, nº 1.170, Jardim Goiás, Estádio Serra Dourada, Ala Norte GERÊNCIA DE CONTRATOS E CONVÊNIO 1- IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO TÍTULO: MODALIDADES 1.1 IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE - PESSOA JURÍDICA Entidade: CNPJ: Endereço: Município/UF: CEP: Telefone: E-mail: 1.2 REPRESENTANTE LEGAL DO PROPONENTE Dirigente:

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 Instituto Marca de Desenvolvimento Socioambiental - IMADESA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 >> Leia com atenção o Edital antes de preencher o formulário para apresentação de projetos. I.

Leia mais

Fluxo do Processo de Convênio, Acordo, Protocolo de Intenções

Fluxo do Processo de Convênio, Acordo, Protocolo de Intenções Fluxo do Processo de Convênio, Acordo, Protocolo de Intenções 1º Passo: A unidade interessada em celebrar o Convênio (ou Acordo ou Protocolo de Intenções) deverá formalizar solicitação abrindo processo,

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS

MINISTÉRIO DA CULTURA INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS MINISTÉRIO DA CULTURA INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS EDITAL SELEÇÃO DE PROJETOS Nº /2012 O Instituto Brasileiro de Museus - IBRAM autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura, criada pela Lei n.º

Leia mais

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I.

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I. PROPOSTA DE EDITAL O Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano, fundado aos 09 (nove) dias do mês de Maio de 2007, tendo como objetivo promover o desenvolvimento humano em diversos âmbitos,

Leia mais

MODELO: FICHA DE REGISTRO DE ENTIDADE

MODELO: FICHA DE REGISTRO DE ENTIDADE MODELO: FICHA DE REGISTRO DE ENTIDADE A inscrição da Entidade no CMDCA é preconizada no Estatuto da Criança e do Adolescente, Art. 90 em seu parágrafo único e no Art. 91 as entidades não-governamentais

Leia mais

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea"

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea" EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PREÂMBULO A Fundação Bienal de São Paulo convoca interessados

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ACRE Tribunal de Justiça - Presidência

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ACRE Tribunal de Justiça - Presidência EDITAL N o 9/2012. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ACRE, DESEMBARGADOR ADAIR LONGUINI, TORNA PÚBLICA A ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PRESTADORES

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL N 20/2015 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo Convênio nº 05/2015, como parte integrante

Leia mais

a.1.4) Em caso de Associação Civil, a aceitação de novos associados, na forma do estatuto;

a.1.4) Em caso de Associação Civil, a aceitação de novos associados, na forma do estatuto; CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 002/2014 QUALIFICAÇÃO DE ENTIDADES PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS COMO ORGANIZAÇÃO SOCIAL NA ÁREA DE SAÚDE O Município de Fontoura Xavier, Estado do Rio Grande do Sul, pessoa jurídica

Leia mais

EDITAL PARA A SELEÇÃO DE AÇÕES VOLUNTÁRIAS DO PROGRAMA VOLUNTÁRIOS VALE

EDITAL PARA A SELEÇÃO DE AÇÕES VOLUNTÁRIAS DO PROGRAMA VOLUNTÁRIOS VALE EDITAL PARA A SELEÇÃO DE AÇÕES VOLUNTÁRIAS DO PROGRAMA VOLUNTÁRIOS VALE A VALE S.A., no cumprimento de sua missão de transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável, tem implementado

Leia mais

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE:

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Pág. 1 de 10 ANO 2015 Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: 1. A solicitação de patrocinio ao SEBRAE deve ser realizada

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 025/2014

C O N V Ê N I O Nº 025/2014 C O N V Ê N I O Nº 025/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

EDITAL Nº 002/2014. 3.2. Todos os cadastrados serão analisados seguindo os critérios determinados e elencados no Item 4.

EDITAL Nº 002/2014. 3.2. Todos os cadastrados serão analisados seguindo os critérios determinados e elencados no Item 4. EDITAL Nº 002/2014 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRO DE ARTISTAS E PROFISSIONAIS DE ARTE E CULTURA DE MOGI DAS CRUZES E REGIÃO PARA FOMENTO À CULTURA MUNICIPAL O município de Mogi das Cruzes, por intermédio

Leia mais

AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2012 - SID-MC PROGRAMA REDES DIGITAIS DA CIDADANIA. Brasília, 14 de setembro de 2012.

AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2012 - SID-MC PROGRAMA REDES DIGITAIS DA CIDADANIA. Brasília, 14 de setembro de 2012. AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2012 - SID-MC PROGRAMA REDES DIGITAIS DA CIDADANIA O Ministério das Comunicações (MC), por intermédio da Secretaria de Inclusão Digital (SID), no uso de suas atribuições

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2008

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2008 Seleção Pública de Projetos na área de Audiovisual/ Implantação e Programação de Espaços de Exibição Cinematográfica Utilizando Tecnologia Digital e Analógica Chamada pública nº 0002/2008 O ESTADO DO RIO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA APOIO A PROJETOS CULTURAIS DA REGIÃO NORTE INFORMAÇÕES GERAIS E DICAS DE PARTICIPAÇÃO

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA APOIO A PROJETOS CULTURAIS DA REGIÃO NORTE INFORMAÇÕES GERAIS E DICAS DE PARTICIPAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA APOIO A PROJETOS CULTURAIS DA REGIÃO NORTE INFORMAÇÕES GERAIS E DICAS DE PARTICIPAÇÃO 1 1. O que é o Programa Amazônia Cultural? Trata-se de programa gerenciado pela Representação

Leia mais

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE HABILITAÇÃO JURÍDICA Documentos para Credenciamento - Registro comercial no caso de empresa individual; - Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, devidamente registrado em se tratando de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DA CULTURA FUNDO MUNICIPAL DE CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DA CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DA CULTURA FUNDO MUNICIPAL DE CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DA CULTURA EDITAL nº 01/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI, através da Secretaria da Cultura, do Fundo Municipal de Cultura e do Conselho Municipal da Cultura, visando atender as prioridades estabelecidas pela

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Contrato de Repasse do Convênio no SICONV nº 763468/2011-IPD/MDA/BB Modalidade: Melhor técnica e menor preço Entrega da Proposta até dia/hora: 09/05/2013 às 09h30 Valor Referencial

Leia mais

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 07/2015

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 07/2015 MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 07/2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DO IFPB CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL

Leia mais

CONVÊNIOS, TERMOS DE COOPERAÇÃO E SUAS PRESTAÇÕES DE CONTAS. Seminário Administrativo Itapema/SC

CONVÊNIOS, TERMOS DE COOPERAÇÃO E SUAS PRESTAÇÕES DE CONTAS. Seminário Administrativo Itapema/SC CONVÊNIOS, TERMOS DE COOPERAÇÃO E SUAS PRESTAÇÕES DE CONTAS. TERMOS DE COOPERAÇÃO. DO CONTROLE DA NECESSIDADE AO NECESSÁRIO CONTROLE. COFEN-COREN Lei nº. 5.905, de 12/07/1973. Art. 1º. São criados o Conselho

Leia mais

Edital para Seleção Pública 2013 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM SEGURANÇA PÚBLICA E MODALIDADES DE POLICIAMENTO OSTENSIVO PREVENTIVO

Edital para Seleção Pública 2013 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM SEGURANÇA PÚBLICA E MODALIDADES DE POLICIAMENTO OSTENSIVO PREVENTIVO Edital para Seleção Pública 2013 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM SEGURANÇA PÚBLICA E MODALIDADES DE POLICIAMENTO OSTENSIVO PREVENTIVO A Escola de Administração Pública do Amapá EAP torna pública a abertura

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 O Instituto Tribos Jovens, associação civil sem fins lucrativos, com sede em Porto Seguro/BA, na Rua Saldanha

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS EDITAL DE DIVULGAÇÃO Nº 05, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2008 PRÊMIO ASAS

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS EDITAL DE DIVULGAÇÃO Nº 05, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2008 PRÊMIO ASAS MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS EDITAL DE DIVULGAÇÃO Nº 05, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2008 PRÊMIO ASAS A União, por intermédio do Ministério da Cultura, neste ato representado

Leia mais

CENA ABERTA FUNARTE 2016 RIO DE JANEIRO REGULAMENTO

CENA ABERTA FUNARTE 2016 RIO DE JANEIRO REGULAMENTO CENA ABERTA FUNARTE 2016 RIO DE JANEIRO REGULAMENTO A Fundação Nacional de Artes/Funarte, entidade vinculada ao Ministério da Cultura/MinC, torna público que, no período de 07/12/2015 a 20/01/2016, estão

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e caráter jurídico próprio, de natureza civil, constituídas para prestar serviços aos cooperados. Sua missão é promover a qualidade de

Leia mais

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015. Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus.

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015. Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus. COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015 Tipo: Menor preço total Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus. A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DO DESPORTO UNIVERSITÁRIO - CBDU, entidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ. Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade. Mestrado Profissional em Economia EDITAL N 01/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ. Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade. Mestrado Profissional em Economia EDITAL N 01/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade Mestrado Profissional em Economia EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ECONOMIA

Leia mais

INSTITUTO DE CULTURA, ARTE, CIÊNCIA E ESPORTES - INSTITUTO CUCA

INSTITUTO DE CULTURA, ARTE, CIÊNCIA E ESPORTES - INSTITUTO CUCA INSTITUTO DE CULTURA, ARTE, CIÊNCIA E ESPORTE INSTITUTO CUCA DIRETORIA DE EDUCAÇÃO SELEÇÃO DE ALUNOS E CONCESSÃO DE AJUDAS DE CUSTO PARA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DE MONITORIA APERFEIÇOAMENTO EM CONTEXTO

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO COM RECURSOS

Leia mais

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE O Presidente da Fundação Nacional de Artes - Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V artigo 14 do Estatuto aprovado pelo

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0006/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 11/02/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 04/03/2015 HORARIO...: 14:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade EDITAL 2015 PROJETO BRA/11/023 Desenvolvimento de capacidades, de justiça econômica sustentável e promoção de boas

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE (TERRITÓRIO CEARÁ PACÍFICO VICENTE PINZON)

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE (TERRITÓRIO CEARÁ PACÍFICO VICENTE PINZON) EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE (TERRITÓRIO CEARÁ PACÍFICO VICENTE PINZON) EDITAL Nº 21/2015 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 006/2014 GESTÃO DA PLATAFORMA DE COMUNICAÇÃO

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 006/2014 GESTÃO DA PLATAFORMA DE COMUNICAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 006/2014 GESTÃO DA PLATAFORMA DE COMUNICAÇÃO A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

Município de Carapicuíba Estado de São Paulo

Município de Carapicuíba Estado de São Paulo EDITAL Nº. 042/2014 SECRETARIA DE ESPORTES E LAZER Dispõe sobre abertura das inscrições de Oficineiros, para desenvolvimento de modalidades esportivas destinadas ao munícipe. O Município de Carapicuíba,

Leia mais

II Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade 2009

II Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade 2009 II Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade 2009 Introdução Com os objetivos de: Promover, conhecer e prestar reconhecimento aos empregados e terceiros residentes que realizam trabalhos voluntários

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 007/2012

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 007/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 007/2012 A Associação das Cooperativas de Apoio a Economia Familiar ASCOOB, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ sob nº 03.425.488/0001 97, com sede na Avenida

Leia mais

Projeto Direitos e Cidadania de Crianças e Adolescentes Guarani Kaiowá Convênio SICONV n 813084/2014

Projeto Direitos e Cidadania de Crianças e Adolescentes Guarani Kaiowá Convênio SICONV n 813084/2014 COTAÇÃO PRÉVIA IMAGEM DA VIDA Nº. 012/2015 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSITENTE DE COMUNICAÇÃO TIPO: MELHOR TÉCNICA E MENOR PREÇO GLOBAL Projeto Direitos e Cidadania de Crianças e Adolescentes Guarani

Leia mais

EDITAL Ocupação da Sala Carlos Miranda (SP) - Teatro Infantil

EDITAL Ocupação da Sala Carlos Miranda (SP) - Teatro Infantil Publicado no Diário Oficial da União em 31 de março de 2010 EDITAL Ocupação da Sala Carlos Miranda (SP) - Teatro Infantil O Presidente da Fundação Nacional de Artes Funarte, no uso das atribuições que

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EDITAL Nº 02/2014

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EDITAL Nº 02/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EDITAL Nº 02/2014 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE COORDENADORES DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, QUE ATENDERÃO

Leia mais

EDITAL PARA PROJETOS SOCIAIS DOS NEGÓCIOS DE NIÓBIO E FOSFATO DA

EDITAL PARA PROJETOS SOCIAIS DOS NEGÓCIOS DE NIÓBIO E FOSFATO DA EDITAL PARA PROJETOS SOCIAIS DOS NEGÓCIOS DE NIÓBIO E FOSFATO DA ANGLO AMERICAN - 2013 Apresentação As comunidades onde operamos são essenciais para nosso sucesso. Ao mesmo tempo, com frequência somos

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2014 MODALIDADE DE SELEÇÃO: CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO.

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2014 MODALIDADE DE SELEÇÃO: CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO. CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2014 DO OBJETO: Este Edital de Chamada Pública de Patrocínio visa promover a seleção de projetos a serem patrocinados pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 1/2012/DESAM/FUNASA/MS.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 1/2012/DESAM/FUNASA/MS. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 1/2012/DESAM/FUNASA/MS. 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A Fundação Nacional de Saúde FUNASA, observando as disposições da Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, Lei nº 8.142,

Leia mais

Anexo I MODELO DE PROJETO DE EVENTOS SELEÇÃO 2012

Anexo I MODELO DE PROJETO DE EVENTOS SELEÇÃO 2012 1 Anexo I MODELO DE PROJETO DE EVENTOS SELEÇÃO 2012 1. NOME DA ONG: NOME DO PROJETO: POPULAÇÃO ALVO: ÁREA GEOGRÁFICA ABRANGIDA PELO PROJETO: (Regiões do estado, do município, bairros, etc) 2. DADOS INSTITUCIONAIS

Leia mais

CHECK LIST PROGRAMA SEGUNDO TEMPO PADRÃO. I. Efetuar o Credenciamento da Entidade no SICONV (via Internet www.convenios.gov.br);

CHECK LIST PROGRAMA SEGUNDO TEMPO PADRÃO. I. Efetuar o Credenciamento da Entidade no SICONV (via Internet www.convenios.gov.br); CHECK LIST PROGRAMA SEGUNDO TEMPO PADRÃO I. Efetuar o Credenciamento da Entidade no SICONV (via Internet www.convenios.gov.br); II. Efetuar o Cadastramento da Entidade no SICONV e validação das informações

Leia mais

CONCÓRDIA CURITIBANOS - MAFRA - PORTO UNIÃO RIO NEGRINHO / 1071 111 PABX/FAX: (047) 3641-5500 - CEP:

CONCÓRDIA CURITIBANOS - MAFRA - PORTO UNIÃO RIO NEGRINHO / 1071 111 PABX/FAX: (047) 3641-5500 - CEP: EDITAL UnC 022/2013 Dispõe sobre as inscrições para o processo de seleção para o curso de empreendedorismo ofertado pelo programa Jovem Empreendedor BOTA PRA FAZER no âmbito do Programa Valor Compartilhado,

Leia mais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais CARAVANA ESPORTIVA Seleção Pública P de Projetos Esportivos Educacionais Programa Petrobras Esporte & Cidadania Fomentar o desenvolvimento do esporte olímpico brasileiro; Democratizar o acesso ao esporte

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA CHAMADA DE OCUPAÇÃO - RIO CRIATIVO Com objetivo de ampliar o potencial de sucesso de empresas nascentes no campo da Economia Criativa, o RIO CRIATIVO Programa de estímulo ao Empreendedorismo (que tem a

Leia mais

EDITAL PROJETO FPSSA APOIO Á EMPREENDIMENTOS TURISTICOS SOLIDÁRIOS DE JOVENS E MULHERES AFRODESCENDENTES DO BAIRRO DA PAZ E ENTORNOS, SALVADOR.

EDITAL PROJETO FPSSA APOIO Á EMPREENDIMENTOS TURISTICOS SOLIDÁRIOS DE JOVENS E MULHERES AFRODESCENDENTES DO BAIRRO DA PAZ E ENTORNOS, SALVADOR. EDITAL PROJETO FPSSA APOIO Á EMPREENDIMENTOS TURISTICOS SOLIDÁRIOS DE JOVENS E MULHERES AFRODESCENDENTES DO BAIRRO DA PAZ E ENTORNOS, SALVADOR. O Projeto Formação profissional e geração de renda para jovens

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 Dispõe sobre os procedimentos para cadastramento de Fundações Privadas ou Associações pela Comissão de Cadastramento de ONGs e Associações, de

Leia mais

CONVÊNIO: PROJETO PARA REALIZAÇÃO DA MARCHA DAS MULHERES NEGRAS, CONTRA A VIOLENCIA E PELO BEM VIVER SICONV 804898/2014.

CONVÊNIO: PROJETO PARA REALIZAÇÃO DA MARCHA DAS MULHERES NEGRAS, CONTRA A VIOLENCIA E PELO BEM VIVER SICONV 804898/2014. CONVÊNIO: PROJETO PARA REALIZAÇÃO DA MARCHA DAS MULHERES NEGRAS, CONTRA A VIOLENCIA E PELO BEM VIVER SICONV 804898/2014. Licitação Cotação Prévia 001/2015 1) Preâmbulo A ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE MULHERES

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA PONTOS DE CULTURA DO MUNICÍPIO DE CANOAS. EDITAL DE SELEÇÃO, Nº 01, de 20 DE MAIO DE 2010

EDITAL DE SELEÇÃO PARA PONTOS DE CULTURA DO MUNICÍPIO DE CANOAS. EDITAL DE SELEÇÃO, Nº 01, de 20 DE MAIO DE 2010 EDITAL DE SELEÇÃO PARA PONTOS DE CULTURA DO MUNICÍPIO DE CANOAS EDITAL DE SELEÇÃO, Nº 01, de 20 DE MAIO DE 2010 O Município de Canoas por meio da Secretaria Municipal de Cultura convida instituições da

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS PODER EXECUTIVO

MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS PODER EXECUTIVO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 029/2015 José Carlos Anziliero Amaral, Prefeito Municipal de Três Passos, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais, torna público a abertura

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 008/2013

RESOLUÇÃO Nº 008/2013 RESOLUÇÃO Nº 008/2013 Súmula: Define critérios para apresentação de projetos para o valor R$966.734,86 (Novecentos e sessenta e seis mil, setecentos e trinta e quatro reais e oitenta e seis centavos) do

Leia mais

EDITAL 2010 2ª ETAPA LITERATURA

EDITAL 2010 2ª ETAPA LITERATURA EDITAL 2010 2ª ETAPA LITERATURA A SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA E O CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA, no uso de suas atribuições e nos termos da Lei nº 9.078, de 30 de dezembro de 2008, torna público a convocação

Leia mais

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02 Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. O MUNICÍPIO

Leia mais

EDITAL DE PROJETOS FUNDAÇÃO APERAM ACESITA 2015 REGULAMENTO GERAL

EDITAL DE PROJETOS FUNDAÇÃO APERAM ACESITA 2015 REGULAMENTO GERAL EDITAL DE PROJETOS FUNDAÇÃO APERAM ACESITA 2015 REGULAMENTO GERAL 1. INTRODUÇÃO 1.1 Este regulamento define e torna públicas as regras gerais para participação na quarta edição do Edital de Projetos da

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE CATALÃO GOIÁS EDITAL Nº 0001 PARA FINANCIAMENTO DO FMIA / 2013

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE CATALÃO GOIÁS EDITAL Nº 0001 PARA FINANCIAMENTO DO FMIA / 2013 1 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE CATALÃO GOIÁS EDITAL Nº 0001 PARA FINANCIAMENTO DO FMIA / 2013 O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CMDCA, do Município

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 015/2015

C O N V Ê N I O Nº 015/2015 C O N V Ê N I O Nº 015/2015 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

EDITAL N.º01/2015 1. APRESENTAÇÃO

EDITAL N.º01/2015 1. APRESENTAÇÃO EDITAL N.º01/2015 O Conselho Municipal do Idoso CMI, no uso das atribuições legais que lhe confere a Lei Municipal N.º 3.548 de 24 de março de 2009, torna público que está disponibilizando recursos oriundos

Leia mais

COTACAO PREVIA DE PRECO Nº 04/2015 EDITAL Nº 04/2015

COTACAO PREVIA DE PRECO Nº 04/2015 EDITAL Nº 04/2015 COTACAO PREVIA DE PRECO Nº 04/2015 EDITAL Nº 04/2015 Convênio MTE/SENAES nº 78/2012 SICONV 776109/2012 Processo Seletivo para Contratação de Profissional denível médio Auxiliar Técnico para atividades

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA RESOLUÇÃO/SEFAZ N. 2.052, DE 19 DE ABRIL DE 2007.

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA RESOLUÇÃO/SEFAZ N. 2.052, DE 19 DE ABRIL DE 2007. ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA RESOLUÇÃO/SEFAZ N. 2.052, DE 19 DE ABRIL DE 2007. Dispõe sobre o Cadastro de Convenentes da Administração Estadual. O SECRETÁRIO DE ESTADO DE

Leia mais