APRESENTAÇÃO DO CONGRESSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRESENTAÇÃO DO CONGRESSO"

Transcrição

1 AUDITÓRIO DO INFARMED, LISBOA 7, 8 E 9 DE NOVEMBRO DE 2012

2 INDICE INDICE PAGS. APRESENTAÇÃO DO CONGRESSO 3 COMISSÕES COMISSÃO DE HONRA 5 COMISSÃO CIENTIFICA 6 COMISSÃO ORGANIZADORA 7 PROGRAMA CIENTIFICO 8 PROGRAMA SOCIAL 11 EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA HOSPITAL 12 NOTAS CURRICULARES 13 PATROCÍNIOS 73 LOCALIZAÇÃO E CONTATOS 74 2

3 APRESENTAÇÃO DO CONGRESSO APRESENTAÇÃO DO CONGRESSO Na senda do que vem acontecendo desde há cerca de 10 anos a APDH está a organizar o 4º Congresso Internacional dos Hospitais, este ano de 2012, subordinado ao tema Envelhecimento e Saúde: Desafios em Tempos de Mudança, e que vai decorrer nos dias 7, 8 e 9 de novembro no Auditório do Edifício Tomé Dias, no Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (INFARMED), em Lisboa. A atual crise económico-financeira global expos muitos países a sérias perturbações internas, revelando vulnerabilidades nacionais a nível estrutural e sistémico e uma necessidade emergente de apoio internacional. À semelhança dos outros dois países, em Portugal este apoio foi efetivado, em Abril de 2011, através do pedido de intervenção da Comissão Europeia (CE), do Banco Central Europeu (BCE) e do Fundo Monetário Internacional (FMI), da qual resultou a negociação de um Programa de Ajustamento Económico (Memorando de Entendimento), que abrangeu todos os sectores, não sendo a saúde exceção. Esta conjuntura motivou uma forte racionalização dos serviços e controlo rigoroso da despesa, com grande impacto sobre as organizações do sector da saúde, nomeadamente os hospitais, pela obrigatoriedade, em 2012, de apresentação de um plano de redução de custos operacionais de pelo menos 200 milhões de euros, pela diminuição do número de pessoal de gestão e pela concentração e racionalização nos hospitais e centros de saúde e dos tetos anuais dos contratos das PPP. O rigor destas medidas de austeridade impõe alguma reflexão quanto ao seu impacto a nível sistémico e estrutural, além de que a crise económico-financeira não poderá ser considerada de forma isolada devendo ser analisados outros fatores como as alterações demográficas, as dificuldades de acesso aos cuidados de saúde, o enfraquecimento dos sistemas de segurança social e a inevitável necessidade de políticas mais sustentáveis. Mostra-se, por isso, imperativo encontrar respostas capazes de reverter a recessão económica, mantendo em simultâneo sistemas de saúde e de apoio social estáveis. Acrescem a este cenário, algumas especificidades do setor da saúde que importa também abordar, nomeadamente, a tendência observada nos últimos anos, a nível global, para a escassez de recursos humanos para fazer face às necessidades das populações e o fenómeno da migração de profissionais de saúde, parcamente regulado. A importância destas problemáticas tem sido o foco das agendas nacionais e internacionais de instituições como a Organização Mundial de Saúde, a European Hospital and Healthcare Federation (HOPE), a União Europeia, entre muitas outras. 3

4 APRESENTAÇÃO DO CONGRESSO Em discussão estão questões como o atual desequilíbrio entre a oferta e a procura dos cuidados de saúde, o qual poderá desenvolver-se e persistir no futuro, tornando urgente o debate sobre novas formas de planeamento dos seus recursos humanos, com vista a uma maior eficiência. Devendo, ainda, ser analisado o recente fenómeno da mobilidade dos utentes no espaço comunitário, o qual terá certamente um impacto na capacidade de ajustamento da oferta e da procura e na sustentabilidade financeira dos sistemas de saúde, em alguns países. Importa, assim, de acordo com a presente conjuntura perspetivar o futuro reunindo, para o efeito, contributos de peritos e de profissionais das mais diversas áreas do conhecimento, centrando este Congresso, nos seguintes grandes objetivos: I. Analisar a sustentabilidade do Sistema Nacional de Saúde, considerando os múltiplos fatores que poderão influenciar a mesma, como a escassez de recursos, as doenças crónicas, a mobilidade de doentes no espaço comunitário ou a política e gestão dos medicamentos; II. Refletir sobre novas formas de pensar nos recursos humanos na saúde, especialmente numa ótica do seu envelhecimento, procurando modelos que garantam a sua continuidade em segurança e com qualidade, contribuindo, em simultâneo, para a sustentabilidade do sistema; III. Compreender a dimensão e os efeitos do envelhecimento rápido das populações sobre a procura e utilização dos serviços de saúde e a alteração dos paradigmas dominantes, designadamente ao nível dos cuidados hospitalares; IV. Avaliar a atual organização da prestação de serviços de saúde, a par com as tendências internacionais para a integração dos cuidados de saúde, de proximidade na comunidade e domiciliários, bem como de centros de elevada diferenciação com vista a um melhor acesso, potenciar economias de escala e racionalização dos recursos. Refletindo, ainda sobre seu impacto na rede hospitalar e dos cuidados de saúde primários e a importância de novas soluções e instrumentos facilitadores desta interação; V. Discutir as questões da qualidade, gestão do risco e segurança do doente, quantos aos modelos e tendências a nível internacional e nacional; VI. Proporcionar um espaço de debate entre diferentes sensibilidades, nomeadamente dos profissionais de saúde, dos doentes, bem como dos representantes dos cuidados de proximidade na comunidade, que reflita as principais preocupações e desafios futuros, considerando os atuais fluxos do doente no SNS e o reposicionamento do hospital enquanto prestador de cuidados altamente especializados com acesso restrito e devidamente referenciado, com vista a uma cada vez maior efetividade e sustentabilidade. O objetivo principal é proporcionar uma análise plural e prospetiva sobre o impacto do envelhecimento dos doentes e dos profissionais e quais os desafios futuros para os hospitais e serviços de saúde, considerando o sistema a um nível macro e micro em termos da sua sustentabilidade, organização da prestação dos cuidados de saúde, dos recursos humanos e da qualidade e segurança do doente. Devendo esta ser centrada na evolução verificada em Portugal e na evidência de outros países, aliada à problemática do envelhecimento da população, ao crescente aumento das doenças crónicas e de evolução prolongada e ao desenvolvimento das tecnologias da informação e biomédicas. A Direção da APDH 4

5 COMISSÃO DE HONRA COMISSÕES COMISSÃO DE HONRA Sua Excelência O Senhor Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva Sua Excelência O Ministro da Saúde, Paulo Macedo Sua Excelência O Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato Presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, Maria Antónia Santos Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa Bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos, Carlos Maurício Barbosa Bastonário da Ordem dos Enfermeiros, Germano Couto Diretor-Geral da Saúde, Francisco George Presidente da ACSS, João Carvalho das Neves Presidente INFARMED, Eurico Castro Alves Presidente da Entidade Reguladora da Saúde, Jorge Manuel Simões Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Artur Santos Silva Presidente da União das Misericórdias Portuguesas, Manuel de Lemos Diretor da ENSP, João Pereira Diretor da ESTESL, João Lobato Presidente do Conselho Geral da APDH, Diogo Lucena Presidente da International Hospital Federation (IHF), Thomas C. Dolan Presidente da HOPE, Georg Baum Presidente da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, Pedro Lopes 5

6 COMISSÃO CIENTÍFICA COMISSÃO CIENTÍFICA Adalberto Campos Fernandes - Hospital de Cascais Dr. José de Almeida, Presidente Alberto Coelho Marçôa - Unidade Local de Saúde do Nordeste, Presidente Alexandre Diniz - DGS Departamento da Qualidade na Saúde, Diretor Álvaro Monteiro - Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, Presidente Ana Escoval - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar, Presidente António Franklim Ramos - Unidade Local de Saúde do Alto Minho, Presidente António Guerreiro - Universidade de Évora, Docente António Leuschner - Hospital de Magalhães Lemos, Presidente Artur Vaz - Hospital Beatriz Ângelo, Presidente Carlos Pereira Alves - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar, Vogal Carlos Vaz - Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, Presidente Constantino Sakellarides - Fundação para a Saúde Serviço Nacional de Saúde, Presidente Daniel Ferro - Hospital Garcia de Orta, Presidente Fernando Sollari Allegro - Centro Hospitalar do Porto, Presidente Francisco Ramos - Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, Presidente Gildásio Martins dos Santos - Administração Regional de Saúde do Algarve, Presidente Isabel Paixão - Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa, Presidente João Correia da Cunha - Centro Hospitalar de Lisboa Norte, Presidente Jorge Branco - CHLC Maternidade Dr. Alfredo da Costa, Diretor José Martins Nunes - Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Presidente José Robalo - Administração Regional de Saúde do Alentejo, Presidente José Manuel Tereso - Administração Regional de Saúde do Centro, Presidente Luís António Castanheira Nunes - Administração Regional de Saúde do Norte, Presidente Luís Cunha Ribeiro - Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Presidente Luís Marques - Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, Presidente Manuel Delgado - IASIST Portugal, Diretor-Geral Margarida Sousa Moura - Hospital do Divino Espírito Santo, Presidente Pedro Beja Afonso - Administração Regional de Saúde do Centro, Assessor Teresa Sustelo - Centro Hospitalar de Lisboa Central, Presidente Victor Herdeiro - Unidade Local de Saúde de Matosinhos, Presidente 6

7 COMISSÃO ORGANIZADORA COMISSÃO ORGANIZADORA Ana Escoval Ana Tito Lívio António Santos Francisco Matoso Luís Campos Margarida Eiras Marisa Cristino Paulo Espiga Rita Santos Suzete Cardoso 7

8 8 PROGRAMA CIENTÍFICO

9 9 PROGRAMA CIENTÍFICO

10 10 PROGRAMA CIENTÍFICO

11 PROGRAMA SOCIAL JANTAR OFICIAL DIA 8 NOVEMBRO, PELAS 20H30 CONTACTOS E LOCALIZAÇÃO Café in Restaurante Av. Brasilia, Pavilhão Nascente, nº Lisboa Telefone Fax

12 EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA HOSPITAL O hospital é um tema recorrente do fotojornalismo mas nem tanto dos artistas que usam a fotografia como ferramenta dominante. Encontramos, mesmo assim fotógrafos que dedicaram exposições e livros a esta temática, tanto a nível nacional como internacional. No entanto, o tema do hospital é aliciante porque fornece matéria para qualquer artista, é o local simbólico do confronto entre a vida e a morte e um palco de revelação da natureza humana, mas é também diversificado nas possibilidades de abordagem: edifício, ruína, máquina, tecnologia, arquivo, face, gesto, solidão, corpo, mente, nascimento, morte, claridade, escuridão, alegria, tristeza... O objetivo é, como acontecimento paralelo ao 4º Congresso Internacional dos Hospitais, que se realizará em Lisboa de 7 a 9 de Novembro de 2012, produzir uma exposição de fotografia e vídeo que tenha como tema o Hospital, e que reúna alguns dos melhores artistas portugueses da atualidade, que tenham a fotografia ou o vídeo como meio privilegiado de expressão. Esta exposição decorrerá no panóptico (pavilhão de alta segurança) do Hospital Miguel Bombarda, edifício singular e esquecido da cidade de Lisboa. A ideia do panóptico foi introduzida pelo filósofo inglês Jeremy Bentham ( ), que concretizava num edifício circular com múltiplas celas e uma torre central de observação, um modelo de prisão (ou manicómio) que permitia a observação total da vida de um individuo com intuito disciplinador. O panóptico do Hospital Miguel Bombarda foi construído em 1896, com um projeto do arquitecto José Maria Nepomuceno ( ) e esteve funcionar, como o pavilhão de alta segurança, até ao ano Em 2001 foi classificado como imóvel de interesse público, pelo Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR) e, em 2003, foi transformado em museu, reunindo material iconográfico desde o primitivo Hospital de Rilhafoles, o primeiro hospital psiquiátrico em Portugal, aberto em 1848 e posteriormente designado Hospital Miguel Bombarda. No pavilhão de alta segurança viveram pessoas como o poeta Ângelo de Lima, Jaime Fernandes ou Valentim de Barros. O panóptico já serviu de cenário para filmes de António Reis, Monique Rutler e João César Monteiro e é o único panóptico na Europa num hospital psiquiátrico.. Mais informação por exemplo no site Os artistas participantes nesta exposição são: André Cepeda, André Gomes, André Príncipe, António Júlio Duarte, Augusto Alves da Silva, Augusto Brázio, Catarina Botelho, Duarte Amaral Netto, Inês d`orey, João Paulo Serafim, João Serra, Jordi Burch, Jorge Molder, José Maçãs de Carvalho, José Pedro Cortes, Luísa Ferreira, Manuel Valente Alves, Maria José Palla, Paulo Catrica, Pedro Letria, Pedro Rio, Pedro Ventura, Sandra Rocha, Valter Vinagre. A exposição será comissariada por Luís Campos 12

13 NOTAS CURRICULARES NOTAS CURRICULARES 13

14 CURSO DE ESTRATÉGIAS DE MEDIAÇÃO E TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO EM SAÚDE DIA 7 DE NOVEMBRO 09:00-11:00 CURSO DE ESTRATÉGIAS DE MEDIAÇÃO E TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO EM SAÚDE JORGE CORREIA JESUÍNO Doutorado em Sociologia pela Universidade Técnica de Lisboa. Professor Jubilado pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE) de Lisboa. Actividades de docência e investigação em Comportamento Organizacional e Representações Sociais com especial incidência na área da Gestão dos Serviços de Saúde. Possui publicações de diversos artigos e textos na área da liderança e dos processos de grupo em revistas nacionais e internacionais. KATIAN CARIA É especialista em gestão e resolução de conflitos. A sua actividade assenta em três pilares estruturantes: a mediação/negociação, a formação e o coaching. Trabalha como mediadora privada e independente, bem como para o Ministério da Justiça nos Julgados de Paz, no Sistema de Mediação Familiar e no Sistema de Mediação Laboral desde Desenvolve e entrega programas de formação na área comportamental, em Portugal e fora, nomeadamente na gestão de conflitos, negociação cooperativa, mediação civil, laboral e familiar e na gestão de relacionamentos, desde Tem apoiado várias empresas e particulares através da sua abordagem integrada e da aplicação de ferramentas de coaching, desde O seu background e experiência são de âmbito internacional, com responsabilidades de gestão, consultoria e formação. Licenciatura em Relações Internacionais no ISCSP Universidade de Lisboa Mestrado em Estudos Europeus, Istituto Alcide de Gasperi, Roma Certificada como mediadora de conflitos (civil, familiar e laboral) a nível nacional (pelo Ministério da Justiça) e internacional (pelo projecto da Child Focus, Bélgica) Certificada como formadora de formadores em Mediação Familiar Internacional (Child Focus e outras entidades apoiadas pela UE) Certificada em Business Coaching pela More Institute - European Coaching Association (certificado n.º CIC09AB082P) Fluente em Português, Inglês, Francês e Italiano. Certificado de Aptidão Profissional como Formadora reconhecido pela DGER 14

15 SHOWCASE EFICIÊNCIA, TRACEABILIDADE E SEGURANÇA NA CADEIA DE VALOR DA SAÚDE COM STANDARDS DA GS1 10:00 11:00 SHOWCASE EFICIÊNCIA, TRACEABILIDADE E SEGURANÇA NA CADEIA DE VALOR DA SAÚDE COM STANDARDS DA GS1 SILVÉRIO PAIXÃO É actualmente Director de Inovação e Standards na GS1 Portugal CODIPOR. Assumiu durante cinco anos as funções de Supply Chain Manager da GS1 Portugal CODIPOR, com responsabilidades nas áreas de Identificação e Captura Automática de Dado, para o desenvolvimento e gestão de projectos de implementação das Normas Internacionais GS1 (GS1 BarCodes e GS1 EPCglobal). Tem 13 anos de actividade profissional na área da indústria química, nomeadamente na Gestão da Produção, Logística e Gestão da Cadeia de Abastecimento, para produtos de grande consumo (FMCG). 15

16 CURSO DE CURSO DE GESTÃO DA DOENÇA CRÓNICA: ENTREVISTA MOTIVACIONAL OSVALDO SANTOS 11:30-13:00 CURSO DE GESTÃO DA DOENÇA CRÓNICA: ENTREVISTA MOTIVACIONAL Nome: Osvaldo Rodrigues dos Santos Tel: / Data de Nascimento: 01/04/68 Experiência Profissional a) Actividade científica Coordenador científico do Observatório Nacional da Obesidade e do Controlo do Peso (ONOCOP), desde Julho de 2008 Investigador na área de saúde ambiental (equiparado a assistente de investigação com 20% de tempo de dedicação) no Instituto de Medicina Preventiva da FML,desde Maio de 2002 Investigador em projectos na área da psicologia da saúde, a nível internacional (Portugal, Bélgica, Itália, França e Espanha) EUROCONSUMERS, desde Janeiro de 1996 Bolseiro de investigação subordinada ao tema Prevalência da Obesidade e Consumos Alimentares em Portugal, pela Faculdade de Medicina de Lisboa, Fundação para a Ciência e Tecnologia entre Julho de 2002 e Abril de 2004 b) Actividade clínica Prática privada em psicoterapia cognitivo-comportamental de perturbações do humor, perturbações da ansiedade e de adaptação à doença crónica, em Consultório Privado, desde Setembro de 1994 Coordenador do Centro de Acolhimento Nocturno dos Anjos, na Santa Casa da Misericórdia Lisboa, entre Junho de 1999 e Junho de 2003 c) Actividade docente Assistente a 50% na Faculdade de Ciências e Tecnologias da Saúde, da Universidade Lusófona, desde 2012 Assistente Convidado a 50% no Departamento de Psicologia da Universidade de Évora, desde 2009 Docente colaborador na Faculdade de Medicina de Lisboa, desde 2002 Espaço projecto (curso de especialização de duração anual,integrado no Mestrado/Doutoramento de Epidemiologia) Métodos qualitativos em epidemiologia (workshop integrado no Curso de Especialização em Epidemiologia) Métodos qualitativos no contexto do desenvolvimento de questionários (módulo integrado no Curso Pós-graduado de Actualização em Construção, Validação, Aplicação e Interpretação de Questionários Métodos de investigação qualitativa (módulo integrado no Mestrado de Saúde Escolar e no Mestrado/Doutoramento de Doenças Metabólicas) Tratamento centrado na pessoa com excesso de peso (Curso Pós-Graduado de Actualização) Docente colaborador em módulos de Métodos de Investigação Qualitativa aplicados à Investigação em Saúde Pública (em contexto de Cursos de Especialização e de Mestrado) na Escola Nacional de Saúde Pública entre Prelector convidado para o módulo de Psicologia da Saúde (4 horas), inserido no Curso Complementar de Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem da Calouste Gulbenkian de Lisboa entre Colaborador convidado no Departamento de Psicologia da Universidade de Évora entre Seminário em Psicologia Clínica (5º ano da licenciatura em Psicologia). 16

17 CURSO DE CURSO DE GESTÃO DA DOENÇA CRÓNICA: ENTREVISTA MOTIVACIONAL Supervisão de 6 estágios clínicos (5º ano da licenciatura em Psicologia). Prelector convidado: seminário de 45 horas subordinado ao tema Métodos de Investigação em Ciências Sociais e Humanas, destinado a professores do Instituto Superior Jean Piaget no Complexo de Ensino Superior Jean Piaget de Almada em Maio de 1999 Docente das disciplinas de Saúde e Biologia (8º e 9º anos do ensino secundário) na Escola Secundária de São João da Talha; Escola C+S do Lourel ( ) direcção de turmas do 8º ano Formação académica e clínica a) Estudos Superiores 2009 Obtenção de Nível A de Psicoterapeuta Interpessoal, pela Associação Portuguesa de Terapias Interpessoais Obtenção de grau de Psicoterapeuta Cognitivo-Comportamental pela Associação Portuguesa de Terapias Comportamental e Cognitiva (APTCC), com reconhecimento e acreditação da EAP European Association for Psychotherapy. No contexto desta formação, supervisando de casos clínicos com Prof. Dr. António Branco Vasco Obtenção de grau de Mestre em Psicologia da Saúde pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA). Dissertação da tese subordinada ao tema Qualidade de Vida Relacionada com Saúde: com e sem Actividade física Obtenção de grau de Licenciado em Psicologia, ramo de Psicoterapias Comportamental- Cognitivas e Aconselhamento, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. b) Formação e estágios complementares Um ano de estágio em prevenção primária Programa de Formação em Desenvolvimento de Competências Sócio-Cognitivas para crianças do 7º ano da escola secundária da Parede Dois anos de estágio em psicoterapia e aconselhamento (estágio académico e estágio profissional) com adultos no serviço de atendimento da faculdade 2º Semestre do 4º ano do curso na Faculté de Psychologie de Liège, Bélgica ao abrigo de bolsa de estudo Erasmus Trabalho de investigação experimental, na universidade de Liège, Bélgica, em Avaliação do Tempo nos Animais Prémios científicos Prémio de melhor investigação apresentada no IV Congresso Nacional de Medicina Familiar. Avaliação do Estado de Saúde: Diferenças de Opinião entre Médicos e Pacientes. Évora Prémio de melhor investigação apresentada no III Congresso Nacional de Médicos de Clínica Geral. Qualidade de Vida e Tratamento da Hipertensão. Viseu Publicações (lista abreviada) a) Teses Qualidade de vida relacionada com saúde: com e sem Exercício Físico Regular. Tese de Mestrado. ISPA b) Livros do Carmo I, dos Santos, Camolas J, Vieira J. A Obesidade em Portugal e no Mundo. Faculdade de Medicina de Lisboa dos Santos O, Biscaia A, Antunes AR, Craveiro I, Júnior A, Caldeira R, Charondière P. Os centros de saúde em Portugal a satisfação dos utentes e dos profissionais. Ministério da saúde - Missão para os Cuidados de Saúde Primários. VFBM Comunicação, Lda dos Santos O, Silva P. Dormir Melhor. Guia Prático da DECO PROTESTE dos Santos O. Santos PM. Como vencer a Depressão. Guia Prático da DECO PROTESTE dos Santos O, Lemos A, Mendes H. Tempo Para Tudo Organização e gestão Pessoal. Guia Prático da DECO PROTESTE c) Capítulos em livros dos Santos O, Biscaia A. Qualidade de Vida: Relacionada com a Saúde e com a Doença. In Manual do Médico de Clínica Geral e Familiar (CD-ROM). Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral. Lisboa d) Artigos em revistas científicas internacionais com referees [os mais referenciados] 17

18 CURSO DE CURSO DE GESTÃO DA DOENÇA CRÓNICA: ENTREVISTA MOTIVACIONAL do Carmo I, dos Santos O, Camolas J, Vieira J, Carreira M, Medina L, Reis L, Myatt J, Galvão-Teles A. Overweight and obesity in Portugal: national prevalence in Obes Rev Jan;9(1):11-9. do Carmo I, dos Santos O, Camolas J, Vieira J, Carreira M, Medina L, Reis L, Galvão-Teles A. Prevalence of obesity in Portugal. Obes Rev Aug;7(3): Ferrinho P, Biscaia A, Fronteira I, Craveiro I, Antunes AR, Conceição C, Flores I, dos Santos O. Patterns of perceptions of workplace violence in the Portuguese health care sector. Hum Resour Health Nov 7;1(1):11. e) Artigos em revistas científicas nacionais com referees [os mais referenciados] Camolas J, Santos O, Vieira J, Mesquita F, Brito J, do Carmo I. Self-reported frequency of alcohol consumption in a representative sample of the Portuguese adult population: associations with obesity and waist circumference. Biomedical and Biopharmaceutical Research. In Press. Santos O, do Carmo I, Camolas J, Vieira J. Physical activity and body mass in index in the adult Portuguese population. Biomedical and Biopharmaceutical Research. 2011; (8) 2: Santos O. O papel da literacia em Saúde: capacitando a pessoa com excesso de peso para o controlo e redução da carga ponderal. Endocrinologia, Diabetes & Obesidade. 2010; 4(3): Ferreira A, Santos O, Pegacho M, Carvalho M. Caracterização psicológica dos doentes candidatos a Cirurgia Bariátrica no Hospital do Espírito Santo de Évora. Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Obesidade. 2010; 4(4): Brazão N, dos Santos O. Transgeracionalidade na obesidade infantil. Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Obesidade. 2010; 4(2): dos Santos O, Sermeus G, do Carmo I, Anelli M, Kupers P, Martin E. In search of weight loss a fourcountry survey on what people were doing for losing weight at the turn of the century. Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Obesidade. 2010; 4(1): dos Santos O, do Carmo I, Camolas J, Vieira J. Validade do auto-relato do peso e da altura na avaliação do índice de massa corporal da população adulta portuguesa. Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Obesidade. 2009; 3(4): dos Santos. Entrevista motivacional na prevenção e tratamento da obesidade. Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Obesidade. 2009;3(3);9-15. Briz T, Nunes C, Alves J, Santos O. O Controlo da Tuberculose em Portugal: uma apreciação crítica epidemiológica global. Revista Portuguesa de Saúde Pública. 2009; 27(1): do Carmo I, dos Santos O, Camolas J, Vieira J, Carreira M, Medina L, Reis L, Galvão-Teles A. Prevalência da Obesidade em Portugal. Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes & Obesidade. 2007;1:11-6. dos Santos O, Anelli M, Sermeus G. Suicide in Italia: comportamenti e credenze. Occhio Clinico. 2004; 9:21-4. Branco Vasco A, dos Santos O, Silva F. Psicoterapia Sim!: Eficácia, Efectividade e Psicoterapeutas (em Portugal). Psicologia. 2003; Vol XVII(2): dos Santos O, Viseu J, Sermeus G. Exercise-Related injuries in Portugal: a National Postal Survey. Revista Portuguesa de Medicina Desportiva. 2003;109: Carneiro T, Biscaia A, dos Santos O. Actividade Física e Qualidade de Vida Relacionada com Saúde nos Jovens de Cascais. Revista Portuguesa de Clínica Geral. 2002; Vol 18, nº 5:

19 SEMINÁRIO NOVAS PRÁTICAS CLÍNICAS NO TRATAMENTO DE FERIDAS 11:30-13:00 SEMINÁRIO NOVAS PRÁTICAS CLÍNICAS NO TRATAMENTO DE FERIDAS CHRISTOPH KLAUS JOHANNES MATIASEK ANGÉLICA DAMIÃO CHRISTOPH KLAUS Division Manager Int. Scientific Affairs, Schülke Austria Education: University of Vienna, Study of Microbiology (focus: Immunology) - Diploma Thesis (MSc) Medical University of Vienna, Study of Genetics Department of Surgery, Division of Transplantation - PhD Thesis Master of Public Health, Medical University of Vienna - MPH JOHANNES MATIASEK Academic Education: 2005: Graduation to Doctor of Medicine at Medical University of Vienna Medical Occupation: : Scientific Assistant at the Department of cardiology, Med. University Vienna : General Surgery, Department of Surgery, Med. University Vienna, Austria since 2009: Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgery, Medical University Innsbruck, Austria 19

20 SEMINÁRIO NOVAS PRÁTICAS CLÍNICAS NO TRATAMENTO DE FERIDAS ANGÉLICA DAMIÃO Angélica Damião, médica, Assistente Graduada de Cirurgia Vascular,Grau de Consultor, no Hospital Universitário de Santa Maria, Lisboa Cirurgião Vascular dos Serviços Médicos da TAP Cirurgião Vascular dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa Curadora da Cruz Vermelha Portuguesa, Núcleo do Estoril 20

21 DEBATE GID RENAL CRÓNICA: PÚBLICO VS PRIVADO 14:30 16:00 DEBATE GID RENAL CRÓNICA: PÚBLICO VS PRIVADO MODERADORA: MARINA CALDAS PARTICIPANTES: FERNANDO NOLASCO MIGUEL RODRIGUES MANUEL PESTANA MATEUS MARTINS PRATA CÉSAR SANTOS SILVA MARINA CALDAS Reconhecida como uma das jornalistas mais experientes do ramo da Saúde em Portugal, passou um período da sua vida na Madeira, tendo sido destacada como correspondente do semanário O Jornal. Durante este período trabalhou ainda para o carismático diário DN do Funchal, bem como para a Estação Rádio da Madeira. De regresso ao Continente, após uma década naquela Região autónoma, foi no diário nacional Correio da Manhã que começou a sua especialização na área da Saúde, depois de ter passado pela política Nacional e Internacional no mesmo matutino. A Rádio é uma paixão de que nunca conseguiu desligar-se e, por isso, deu voz aos noticiários da manha na Rádio Capital e na Rádio Press. Iniciou a experiência em televisão no ano 2000 na TV Medicina, onde foi responsável pela apresentação de vários projectos (Imprensa Vista e Revista; Raio-X; Controvérsias em Saúde, etc ). Mais tarde, através da parceria que estabeleceu com a produtora Companhia de Ideias deu início a uma série de trabalhos sobre Saúde nos canais da RTP, dando a cara pelo projecto Haja Saúde (RTP2), Mais Saúde (RTPN); Vida Positiva (RTP1) e Com a Saúde Não se Brinca (RTP N, RTP 2; RTP África e RTP Internacional). Desde 2007 que mantém o magazine semanal da RTPi, Especial Saúde, onde são debatidos os grandes temas da Saúde nas vertentes política, clínica e de gestão, coordenando ainda a revista Gestão Hospitalar. É responsável ainda pela direcção do sector da Saúde da Companhia de Ideias, e podemos ouvi-la semanalmente no programa Elas é que sabem na rádio CNR. 21

22 DEBATE GID RENAL CRÓNICA: PÚBLICO VS PRIVADO FERNANDO NOLASCO Chefe de Serviço de Nefrologia, Director do Serviço de Nefrologia do Centro Hospitalar Lisboa Central (Hosp. Curry Cabral), Professor Catedrático de Medicina (Nefrologia) da Faculdade de Ciências Medicas da Universidade Nova de Lisboa Presidente da Sociedade Portuguesa de Nefrologia ( ; ) Desempenhou entre outras as funções de Director do Hospital Curry Cabral, Director Clínico interino do mesmo Hospital, Presidente do Conselho Pedagógico da FCM da UNL, Coordenador de Nefrologia da Unidade de Transplante do HCC Tem numerosas publicações científicas (166 publicações científica incluindo 56 artigos), 176 trabalhos apresentados e 110 conferências realizadas MIGUEL RODRIGUES Dados Pessoais Morada:Rua Dr. António José de Almeida, n.º 75 3º Esq., Barreiro, Portugal Tel Data de Nascimento: 1977 / 12 / 12 Experiência Profissional: Administrador Hospitalar na Direcção-Geral de Saúde Departamento da Qualidade na Saúde, desde 06 de Fevereiro de 2008 Administrador Hospitalar no Centro Hospitalar do Oeste Norte, 16 de Março de 2009 a 30 de Setembro de 2011 Administrador Hospitalar no Centro Hospitalar do Nordeste Transmontano Hospital de Mirandela, de 15 de Janeiro 2008 a 31 de Março de 2009 Director da Unidade de Compras da SCML, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), de 06 de Março 2006 a 14 de Janeiro de 2008 Educação e formação: XXIX Programa de Intercâmbio para Profissionais de Saúde HOPE 2010, Federação Europeia dos Hospitais, de 17 de Maio de 2010 a 17 de Junho de

23 DEBATE GID RENAL CRÓNICA: PÚBLICO VS PRIVADO Licenciatura em Gestão de Empresas na Universidade Lusíada de Lisboa (2004 a 2008) XXXI Curso de Especialização em Administração Hospitalar - Pós-Graduação, na Universidade Nova de Lisboa, Escola Nacional de Saúde Pública (2001 a 2003) MANUEL PESTANA Formação Profissional: Chefe de Serviço de Nefrologia da Carreira Médica Hospitalar; Professor Catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Funções que exerce atualmente: Director do Serviço de Nefrologia do Centro Hospitalar São João, EPE; Director do Departamento de doenças Renais, Urológicas e Infecciosas da FMUP; Coordenador Científico da Unidade de Investigação e Desenvolvimento de Nefrologia FCT 725 Director do Programa de Transplante Renal do Centro Hospitalar São João EPE; Vogal da Comissão de Ética para a Saúde do Centro Hospitalar São João, EPE; Consultor da Direcção Geral da Saúde; Coordenador do Grupo de Trabalho na Área da Diálise Hospitalar. MATEUS MARTINS PRATA Prof. Catedrático Jubilado da Faculdade de Medicina de Lisboa Diretor do Serviço de Nefrologia e Transplantação Renal do Hospital Santa Maria ( ) Prof. Convidado da Universidade do Rio de Janeiro ( Uni Rio ) ( ) Membro Honorário da Academia Nacional de Medicina Brasileira (2000) Presidente da Sociedade Portuguesa de Nefrologia ( ) Regente do 1.º Curso de Nefrologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Eduardo Mondlane, Maputo, Moçambique (1987) Presidente da Direção do Colégio de Nefrologia da Ordem dos Médicos ( ) Presidente do 1.º Congresso Português de Nefrologia (1986) Presidente do Conselho Pedagógico da Faculdade de Medicina de Lisboa ( ) Membro Fundador da Sociedade Portuguesa de Nefrologia (1980) Secretário Geral da Sociedade Portuguesa de Nefrologia ( ) Membro do Conselho Diretivo da Faculdade de Medicina de Lisboa (1979) Presidente do 1.º Simpósio Nacional de Nefrologia (1978) 23

24 DEBATE GID RENAL CRÓNICA: PÚBLICO VS PRIVADO Nefrologista pela Universidade de Paris (1970) Internato de Medicina Interna nos Hospitais Civis de Lisboa ( ) Fundou e organizou: o primeiro Centro de Diálise nos Açores no Hospital do Espírito Santo em Angra do Heroísmo(1984), a Unidade de Diálise do Hospital da Cruz Vermelha( Ministério da Defesa)(1980), o Centro de Diálise das Forças Armadas(1979), o Centro de Diálise do Hospital de Évora e, com Rodrigues Pena, a Unidade de Transplantação Renal da Cruz Vermelha Portuguesa(1980). Participou em 90 Mesas Redondas, proferiu 70 palestras e conferências, fez 220 comunicações Científicas e publicou 180 trabalhos em revistas nacionais e internacionais. CÉSAR SANTOS SILVA Licenciado em Gestão de Empresas Director Geral em Portugal, desde Março de 1992 da Gambro e a partir de Janeiro 2007 da Diaverum Desde Setembro 2010, ocupa também o cargo de Senior Vice President Area South-West Director na Diaverum Internacional 24

25 WORKSHOP: QUE RESPOSTAS AO FENÓMENO DO ENVELHECIMENTO HUMANO NOS CUIDADOS DE SAÚDE 14:30-16:30 WORKSHOP: QUE RESPOSTAS AO FENÓMENO DO ENVELHECIMENTO HUMANO NOS CUIDADOS DE SAÚDE MODERADOR: PAULO ESPIGA PALESTRANTES: BOI RUIZ MANUEL LOPES ANTÓNIO LEUSCHNER PAULO ESPIGA Dados Pessoais: Nome: Paulo Jorge Espiga Alexandre Data de nascimento: 22/03/1975 Nacionalidade: Portuguesa Residência: Rua da Carta Constitucional, N.º 4, 2º Direito Corroios / Seixal Telemóvel: Formação Escolar: Programa Avançado de Gestão para Directores Executivos dos ACES Instituto Nacional de Administração, I.P. Diplomado em Administração Hospitalar pela Escola Nacional de Saúde Pública Universidade Nova de Lisboa, com a média final de 15 valores (2003). Licenciado em Geografia e Planeamento Regional, variante Geografia Humana, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com a média final de 14 valores (1999). Actividade Profissional: É desde 27 de Fevereiro de 2009, por nomeação do Sr. Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Director Executivo do Agrupamento de Centros de Saúde do Alentejo Litoral. Trabalhou entre Maio de 2007 e Fevereiro de 2009 na Administração Central do Sistema de Saúde, integrado na Unidade Operacional de Financiamento e Contratualização, com responsabilidades de coordenação das áreas da contratualização pública de serviços de saúde (Convenções) e da Gestão Integrada da Doença. Trabalhou entre Dezembro de 2005 e Maio de 2007 na Direcção Saúde Santa Casa Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, onde desempenhou as funções de Assessor, desenvolvendo actividades no âmbito do desempenho e eficiência, da organização e inovação, dos cuidados continuados e saúde dos idosos e da qualidade. Trabalhou entre Julho de 2004 e Dezembro de 2005 no Hospital do Litoral Alentejano onde desempenhou funções de Administrador Hospitalar com as áreas de Gestão de Doentes e Aprovisionamento. 25

26 WORKSHOP: QUE RESPOSTAS AO FENÓMENO DO ENVELHECIMENTO HUMANO NOS CUIDADOS DE SAÚDE Trabalhou, entre Agosto de 2003 e Julho de 2004, na Maternidade Dr. Alfredo da Costa onde desempenhou funções de Administrador Hospitalar com a área de gestão de doentes, tendo sido coresponsável pela implementação da informatização administrativa de apoio à actividade assistencial. Trabalhou, entre Setembro de 1998 e Agosto de 2003, na Geoideia - Estudos de Organização do Território, Lda., onde além de preparar e elaborar propostas para concursos, colaborou e coordenou vários projectos de avaliação de programas europeus, de desenvolvimento económico, de estudos sociais e de planeamento e ordenamento do território. Outros Elementos: Integra a equipa de investigação Inovação de políticas em saúde: o caso da contratualização em Portugal da Escola Nacional de Saúde Pública. Lecciona enquanto prelector convidado, na Escola Nacional de Saúde Pública, sessões de formação de Contratualização e Financiamento em Saúde a alunos inscritos nos cursos de mestrados de gestão em saúde e saúde pública, especialização em administração hospitalar e pós graduação em gestão e organização de cuidados de saúde. Nomeado pelo Sr. Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, em Abril de 2008, para o grupo de trabalho encarregue da revisão do regime de aquisição de serviços de saúde por parte do Serviço Nacional de Saúde. Nomeado, em Março de 2008, representante da Administração Central do Sistema de Saúde na Comissão Nacional de Acompanhamento de Diálise. Membro, desde 2009, da comissão científica do Prémio de boas práticas em saúde. Participou como prelector em diversas sessões públicas de carácter científico. BOI RUIZ Nascut a Barcelona l'any És doctor en medicina i cirurgia per la Universitat de Barcelona. És també diplomat en gestió hospitalària per l'escola d'alta Direcció i Administració de Barcelona. Acumula experiència tant en els àmbits de la pràctica clínica (cirurgia ortopèdica i traumatologia) com en el de la gestió hospitalària. Actualment és el president de la Unió Catalana d'hospitals, entitat de la qual n'havia estat el director general, i de la Fundació Unió. Té una àmplia experiència en el sector docent com a professor de programes de pregrau i postgrau d'economia de la salut i gestió empresarial sanitària a diferents centres acadèmics i universitaris, com la UAB-Fundació Doctor Robert; la Universitat de Barcelona, la Universitat Oberta de Catalunya, ESADE, EADA i UIC. També ha estat director de la consultora del sector salut Know-How Advisers i ha desenvolupat múltiples treballs d'assessoria en la implantació de millores en el sector salut en l'àmbit internacional, algun d'ells impulsat per l'organització Mundial de la Salut (OMS). 26

27 WORKSHOP: QUE RESPOSTAS AO FENÓMENO DO ENVELHECIMENTO HUMANO NOS CUIDADOS DE SAÚDE MANUEL LOPES Nome completo: Manuel José Lopes Nome em citações bibliográficas: Lopes, M. J. Categoria profissional: Professor Coordenador Domínio científico de actuação: Ciências Médicas-Ciências da Saúde. Ciências Médicas-Outras Ciências Médicas. Endereço profissional: Universidade de Évora - Escola Superior de Enfermagem S. João de Deus, Largo Sr. da Pobreza Évora-Portugal Telefone: (+351) Fax: (+351) Correio electrónico: Graus Académicos Doutorado em Ciências de Enfermagem, pela Universidade do Porto, Portugal ( ) 2001 Provas de Aptidão Pedagógica/Capacidade Científica Provas Públicas para Professor Coordenador. Escola Superior de Enfermagem de São João de Deus, Portugal. Mestre em Ciências de Enfermagem, pela Universidade Católica Portuguesa, Portugal ( ) Licenciado em CESE em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria, pela Escola Superior de Enfermagem de Maria Fernanda Resende, Portugal ( ) Bacharel de Enfermagem Geral, pela Escola Superior de Enfermagem do Dr. Ângelo da Fonseca, Portugal ( ) Formação complementar Especialização/ Pós-Graduação em Dirección Estratégica de Universidades pela Universitat Politecnica de Catalunya, Espanha ( ). Especialização/ Pós-Graduação Curso de Especialização em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria, pela Escola Superior de Enfermagem de Maria Fernanda Resende, Portugal ( ). Actividades de Investigação e Desenvolvimento Investigador do Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias da Saúde da Univ. de Évora (Mar/2007-Actual) Investigador da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem (Nov/2004-Mar/2007) Colaborador da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem (Jan/2000-Nov/2004) Actividades de Ensino (Jan/1993-Jul/2003) Disciplinas leccionadas: Relação de Ajuda em Enfermagem (Regente) Perspectivas de Desenvolvimento em Enfermagem (Regente) Teorias de Enfermagem (Regente) Investigação em Enfermagem (Regente) Actividades de Conselhos, Comissões e Consultorias Conselho Científico do Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias da Saúde da Univ. de Évora (Mar/2007-Actual) Conselho Científico da Esc. Sup. Enf. S. João de Deus - Évora (Set/1998-Actual) Conselho Pedagógico da Esc. Sup. Enf. S. João de Deus - Évora (Jan/1997-Set/1998) Actividades de Direcção e Administração 27

28 WORKSHOP: QUE RESPOSTAS AO FENÓMENO DO ENVELHECIMENTO HUMANO NOS CUIDADOS DE SAÚDE Coordenador da Comissão Promotora do Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias da Saúde da Univ. Évora (Mar/2007-Actual) Conselho Científico Doutoramento em Enfermagem - Univ. Lisboa (Mai/2006-Actual) Pró-Reitor da Universidade de Évora (Mar/2006-Actual) Vice-Presidente do Conselho Directivo da Esc. Sup. Enf. S. João de Deus (Mai/2000-Actual) Vice-Presidente do Conselho Administrativo da Esc. Sup. Enf. S. João de Deus (Mai/2000-Actual) Conselho Científico da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (Out/2005-Mar/2007) Coordenador do Departamento Enf. Médico-Cirúrgica (colaboração) (Mar/1991-Jan/1992) Outras actividades técnico científicas Coordenação do Curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria na Escola Superior de Enfermagem S. João de Deus (Set/2005-Actual) Coordenação do Curso de Complemento de Formação na Escola Superior de Enfermagem S. João de Deus (Out/2000-Out/2003) Produção científica, técnica e artística/cultural É autor e co-autor de diversas publicações, capítulos e artigos. ANTÓNIO LEUSCHNER António Leuschner é Professor Catedrático convidado no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto (ICBAS), onde leciona no departamento das Ciências do Comportamento e é Regente da Unidade Curricular de Psiquiatria. Atualmente é Presidente do Conselho de Administração do Hospital Magalhães de Lemos, E.P.E., no Porto. É Presidente do Conselho Nacional de Saúde Mental desde

29 SESSÃO DE ABERTURA DIA 8 DE NOVEMBRO 09:00-09:30 SESSÃO DE ABERTURA MANUEL TEIXEIRA FRANCISCO GEORGE SARA PUPATO-FERRARI CARLOS PEREIRA ALVES MANUEL TEIXEIRA Secretário de Estado da Saúde. Nasceu em Licenciou-se no Instituto Superior de Economia, possui uma pós-graduação em Economia Europeia na Universidade Católica e um mestrado em Economia da Universidade Técnica de Lisboa. Foi assistente no Instituto Superior de Economia e Gestão, professor convidado do Instituto de Estudos Superiores Financeiros e Fiscais e do Instituto Superior de Estatística e Sistemas de Informação (Universidade Nova de Lisboa). Foi membro de comissões e conselhos de várias entidades, entre as quais: Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação Ricardo Espírito Santo, Instituto de Gestão dos Fundos de Capitalização da Segurança Social, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Fundo para a Revitalização e Modernização do Tecido Empresarial e Fundo de Apoio ao Sistema de Pagamentos do Serviço Nacional de Saúde. Foi Subdiretor Geral da Junta do Crédito Público, Subdiretor Geral da Saúde, Diretor Geral da Contabilidade Pública, Diretor Geral do Orçamento, vogal do Conselho de Administração do Instituto de Financiamento e Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura e das Pescas, Presidente do Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde, Presidente do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social e Presidente da Administração Central do Sistema de Saúde. Publicou vários artigos e livros nas áreas das Finanças Públicas, Macroeconomia e Economia Pública. 29

30 SESSÃO DE ABERTURA FRANCISCO GEORGE Nasceu em Lisboa, em É licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa desde 1973 (distinção). Foi interno de medicina interna dos Hospitais Civis de Lisboa, no Hospital de Santa Marta. Completou, em 1977, o Curso de Saúde Pública na Escola Nacional de Saúde Pública (Lisboa). Especialista em saúde pública, foi delegado de saúde a partir de 1976, primeiro no concelho de Cuba e depois em Beja. Como bolseiro da OMS fez o Curso Santé Familiale promovido pela OMS/CIE em Entre 1980 e 1991 foi funcionário da Organização Mundial da Saúde (OMS). Para além de Bissau e Harare, foi consultor em missões da OMS que tiveram lugar em Pequim, Xangai, Brazzaville, Genebra, Rio de Janeiro, Maputo, Praia, São Tomé, Luanda, Bamako, Antananarivo, Maseru e Lusaka. Na qualidade de funcionário da OMS, foi designado: 1980/Chefe do Projecto OMS de Desenvolvimento dos Serviços de Saúde, na República da Guiné-Bissau; 1986/Representante da OMS na República da Guiné-Bissau; 1990/Epidemiologista do Programa Mundial de Luta Contra a SIDA da OMS (coordenador deste Programa na África Austral). A seu pedido, uma vez terminada a licença de longa duração, regressou à carreira nacional. Após concurso de provas públicas, é chefe de serviço de saúde pública desde Foi nomeado Subdirector-Geral da Saúde em 2001 e reconduzido em Foi nomeado Director-Geral da Saúde, primeiro em 16 de Agosto de 2005 e depois, no seguimento da Reforma da Administração Pública, em 6 de Novembro de 2006 e novamente em 4 de Dezembro de A 5 de Agosto de 2011, por Despacho conjunto do Primeiro-Ministro e do Ministro da Saúde a Comissão de Serviço foi renovada, por confirmação, no cargo de Director-Geral da Saúde e mantida depois da reorganização orgânica de fevereiro de A seu pedido, foi transferido do quadro de Beja para o Centro de Saúde da Lapa, mantendo-se em Comissão de Serviço como Director-Geral da Saúde. Foi membro do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, entre 2007 e É membro do Conselho de Orientação do Instituto de Investigação Científica Tropical. Preside ao Conselho de Orientação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA). No quadro da União Europeia, em representação de Portugal, participou na reunião de peritos no domínio da saúde VIH/SIDA e no Comité de Doenças Relacionadas com a Poluição. Foi, desde 2001, membro do High Level Committee on Health, bem como do Health Security Committee e desde 2005 participa nas reuniões dos Chief Medical Officers. Em 2004 foi designado membro do Conselho de Administração do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (Estocolmo). Integrou o respectivo comité de programa. No contexto da Organização Mundial da Saúde tem participado, regularmente, nos trabalhos da Assembleia Mundial da Saúde e do Comité Regional da Europa. Foi membro suplente do Conselho Executivo da OMS ( ). Em 2007, foi chefe da delegação de Portugal à Conferência das Partes sobre a Convenção-Quadro para o Controlo do Tabagismo. É Professor Auxiliar Convidado da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa. 30

31 SESSÃO DE ABERTURA É autor e co-autor de uma dezena de artigos científicos publicados, bem como relator de numerosas notas sobre identificação, prevenção e controlo de riscos para a saúde pública, elaboradas no quadro das acções conduzidas pela Direcção-Geral da Saúde. É autor do "Guia de Clínica Médica", destinado a ser utilizado nos países africanos de língua oficial portuguesa, publicado pela Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, Maio de 1983), e do livro "Histórias de Saúde Pública publicado em Lisboa, em 2004 (Livros Horizonte). É relator e co-editor da publicação intitulada Health in Portugal publicada, em língua inglesa, no âmbito da Presidência Portuguesas da União Europeia (2007). Na qualidade de conferencista ou prelector convidado tem participado em numerosas reuniões científicas nacionais e internacionais. É membro da Associação Portuguesa de Epidemiologia, da Associação Portuguesa para a Promoção da Saúde Pública, da Sociedade Portuguesa de Virologia e da Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA. Em 5 de Março de 2006 foi condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique, Grande-Oficial, pelo Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio. SARA PUPATO-FERRARI Current position: Governor of Spain in the European Federation of Hospitals and Healthcare Services (HOPE), since 2005 by designation of the Spanish Ministry of Health. Vicepresident of HOPE since Secretary General of the Food Safety and Nutrition Spanish Agency Degree in Medicine from the Universidad Complutense de Madrid. Diploma of specialist in Rheumatology. Diploma of specialist in Occupational Medicine. Master in healthcare institutions by the National School of Health. Medical Inspector. Before: Director of the National Institute of Health Management (INGESA. Ministry of Health, Social Policy and Equality). Deputy Director-General of healthcare of the National Institute of Healthcare Management. Chief Executive of the University Hospital "Santa Cristina".Madrid Chief Executive of the University Hospital "La Princesa" and the 2nd area of specialized care.madrid Chief Executive of Complejo hospitalario Móstoles - Alcorcón and the 8th healthcare area of specialized care.madrid Medical director of the Complejo Hospitalario Móstoles-Alcorcón Madrid. Director of the hospitals "Virgen de la Torre" and "Eloy Gonzalo" Madrid. 31

32 SESSÃO DE ABERTURA CARLOS PEREIRA ALVES Cirurgião Geral e Vascular. Professor de Cirurgia da Faculdade de Ciências Medicas da Universidade Nova de Lisboa. Chefe de Serviço de Cirurgia do Hospital Santo António dos Capuchos Lisboa. Presidente do Conselho de Administração do Subgrupo Hospitalar Capuchos Desterro - Arroios de 1997 a Director da Cirurgia do Hospital Santo António dos Capuchos de 2004 a 2012 Presidente da Sociedade Médica dos Hospitais Civis de Lisboa Estágio de Cirurgia Vascular (Prof. F.Cockett) em Londres no Hospital St Thomas em Estágio de Cirurgia Vascular em Paris, no Hospital St Joseph (Prof. J. M. Cormier) em 1979 e no Groupe Hospitalier Pitie Salpetriere (Prof. J. Natali) em Membro fundador da Sociedade Portuguesa de Cirurgia em Coordenador do Capitulo Vascular da Sociedade Portuguesa de Cirurgia. Membro fundador da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cadiotorácica e Vascular em Membro da Royal Society of Medicine desde Membro do Venous Forum (Inglaterra) desde Membro Honorário da Society Francaise de Phlebologie em Autor do capítulo de Doenças Venosas no Livro Cirurgia Patologia e Clínica Editores Alves Pereira e Joaquim Henriques. 2ª Edição em 2006 Autor de trabalhos publicados em revistas nacionais e internacionais. Organizador do 1º Anglo-Iberian Meeting on Venous Disorders Lisboa Vogal da Assembleia Geral da Ordem dos Médicos Membro da Direcção do Colégio de Cirurgia da Ordem dos Médicos Membro de Grupos de Trabalho Internacionais de Documentos de Consenso nas Doenças Venosas no âmbito da União Internacional de Flebologia (UIP). Vogal da Direcção Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (APDH). Membro eleito do Governing Council da International Hospital Federation (IHF), desde

33 CONFERÊNCIA DE ABERTURA 09:30-10:30 CONFERÊNCIA DE ABERTURA CRISE E SAÚDE OS DESAFIOS DA ATUALIDADE PRESIDENTE: MARIA DE BELÉM ROSEIRA PALESTRANTES: CONSTANTINO SAKELLARIDES MARIA DE BELÉM ROSEIRA Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra em 1972, Advogada e Jurista, Maria de Belém Roseira, desde cedo enveredou por uma carreira profissional no âmbito dos Assuntos Sociais. Desempenhou inúmeros cargos ao longo de mais de três décadas, tendo a última delas sido dedicada à actividade política. Ministra da Saúde, Ministra para a Igualdade e Deputada em várias Legislaturas. Neste âmbito foi Presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, tendo desenvolvido uma intensa intervenção que passou por ser proponente de várias iniciativas importantes que marcam o progresso do País, como a Lei da Paridade e a Lei da Procriação Medicamente Assistida. Foi igualmente Presidente da Comissão de Inquérito sobre a situação que levou à nacionalização do Banco Português de Negócios e sobre a supervisão bancária inerente. Foi Presidente da Assembleia Mundial de Saúde da Organização Mundial de Saúde e desenvolve uma acção intensa no domínio do voluntariado, nos órgãos de direcção de várias instituições não lucrativas da área da Economia Social. É Presidente do Partido Socialista. É membro do Conselho Geral da Universidade de Coimbra e da Assembleia de Representantes de várias Faculdades. É membro de Júris nacionais e internacionais. Tem sido Conferencista no país e no estrangeiro, docente colaboradora de instituições universitárias, prefaciadora e co-autora de várias publicações e autora de múltiplos artigos de opinião na imprensa escrita. Para além de variadíssimos prémios e distinções, foi-lhe atribuída pelo Presidente da República a Grã- Cruz da Ordem de Cristo em reconhecimento da sua carreira. 33

34 CONFERÊNCIA DE ABERTURA CONSTANTINO THEODOR SAKELLARIDES Naturalidade: Moçambique; Residência: Oeiras, Portugal; Telefone: ; Qualificações Académicas Licenciatura em Medicina, pela Faculdade de Medicina de Lisboa, com 16 valores (1967) Mestrado em Epidemiologia, pela Escola de Saúde Pública da Universidade do Texas, EUA (1972) Doutoramento em Saúde Pública, pela Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade do Texas, EUA (1975) Agregação em Políticas de Saúde, pela Universidade Nova de Lisboa, Escola Nacional de Saúde Pública, Políticas de Saúde (2003) Professor Catedrático de Políticas e Administração de Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (2005). Cargos exercidos (mais recentes) Director Académico da Escola Andaluza de Saúde Pública, Espanha ( ); Director para as Politicas e Serviços de Saúde OMS/Europa, Copenhaga ( ); Presidente do Conselho de Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (1996); Director Geral da Saúde (Portugal, ); Presidente do Conselho Científico da Escola Nacional de Saúde Pública ( ); Director da Escola Nacional de Saúde Pública ( ); Presidente da Associação Portuguesa de Promoção para a Saúde Pública ( ); Presidente da Associação Europeia de Saúde Pública ( ); Coordenador científico do Observatório Português de Sistemas de Saúde; Distinções The Baxter Award 1999 (European Health Care Management Association) for an outstanding publication contributing to excellence in health care management in Europe ; Honorary Distinction 2004 (Greek Association of General Practitioners) for his contribution to the development of Primary Health Care and General Practice in Greece ; Medalha de Ouro de Serviços Distintos, 2006, pelo Mistério da Saúde de Portugal; Sócio honorário, 2011, da Associação de Unidades de Saúde Familiar de Portugal; Sócio honorário, 2011, da Fundação do Pulmão de Portugal. Situação actual Professor Catedrático Jubilado da Escola Nacional de Saúde Pública, Universidade Nova de Lisboa; Director da Revista Saúde e Sociedade. 34

35 SUSTENTABILIDADE NA SAÚDE EM TEMPOS DE MUDANÇA 11:00-12:30 MESA I SUSTENTABILIDADE NA SAÚDE EM TEMPOS DE MUDANÇA PRESIDENTE: DIOGO LUCENA MODERADOR: ARTUR VAZ PALESTRANTES: ANA SOFIA FERREIRA LUÍS CARVALHO RODRIGUES ANTÓNIO DIAS ALVES DIOGO LUCENA Licenciado em Engenharia Electrotécnica pelo Instituto Superior Técnico, obteve o MSc e o PhD em Engineering Economic. Systems na Universidade de Stanford. É Professor Catedrático da NOVA-School of Business & Economics da Universidade Nova de Lisboa. Foi Professor Visitante da Universidade de Stanford. Foi Director da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa e Vice-Reitor daquela Universidade. As suas principais áreas de interesse incluem as questões da Economia do Estado Providência, em particular o financiamento da Saúde, Educação e Segurança Social. Foi Presidente do Conselho Científico das Ciências Sociais e Humanas da FCT-Fundação para a Ciência e a Tecnologia e membro do Conselho Científico da Fundação Merck Sharp & Dhome. Integra os Júris do Prémio Pessoa (2002) e do Prémio Saúde Sustentável (2011). Foi eleito Académico Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa, em Foi consultor de diversas instituições públicas e privadas e participou em órgãos sociais de várias entidades. É membro do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian desde Janeiro

36 SUSTENTABILIDADE NA SAÚDE EM TEMPOS DE MUDANÇA ARTUR VAZ Natural do Porto. Licenciado em Direito (Faculdade de Direito de Coimbra, 1978) e pós-graduado em Administração Hospitalar (Escola nacional de saúde Pública, Lisboa, 1983) e Engenharia Industrial aplicada a Hospitais (Universidades de Vermont e Boston, 1988). Administrador Hospitalar nos Hospitais da Universidade de Coimbra, Centro Hospitalar de Coimbra e IPO de Coimbra e assessor do Presidente da ARS do Centro (entre 1983 e 1995). Director-Geral e Administrador Executivo da Hospital Amadora/Sintra Sociedade Gestora SA (entre 1996 e 2003), Espírito Santo Saúde (entre 2003 e 2008) e Hospital da Luz (entre 2005 e 2008). Presidente do Conselho de Administração do Hospital Fernando Fonseca EPE (entre 2008 e 2011). Administrador Executivo da SGHL Sociedade Gestora do Hospital de Loures, Hospital Beatriz Ângelo desde Maio de ANA SOFIA FERREIRA INFORMAÇÃO PESSOAL Nome: Ana Sofia Freitas Monteiro Ferreira Nacionalidade: Portuguesa Data de nascimento: 5 de Abril de 1973 FORMAÇÃO ACADÉMICA E PROFISSIONAL Março a Junho de 2003: Curso profissionalizante em Gestão em Saúde e Saúde Pública (Health Management and Public Health), do programa europeu EUROPHAMILI, na Universidade de Nottingham, Reino Unido. Classificação média final de 17,9 valores. Bolseira do programa EUROPHAMILI a 2003: XXXI Curso de Especialização em Administração Hospitalar da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP/UNL). Classificação média final de 17 valores a 1997: Mestrado em Economia e Política Social (Master of Science in Economic and Social Policy Analysis) pela Universidade de York, Reino Unido. Classificação final de Distinção. Bolseira do programa Praxis XXI (Fundação para a Ciência e Tecnologia). Equivalência ao grau de Mestre em Economia e Política Social pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa (ISEG / UTL), com efeitos a partir de Novembro de

37 SUSTENTABILIDADE NA SAÚDE EM TEMPOS DE MUDANÇA 1990 a 1995: Licenciatura em Economia pelo ISEG / UTL. Classificação média final de 16,4 valores ( Bom com Distinção ). Recebeu prémios do Banco de Portugal e da Caixa Geral de Depósitos pela melhor classificação média final da licenciatura. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Desde o início de 2012: Gestora do Contrato de Gestão de parceria público-privada do Hospital de Cascais, na Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP, que inclui as vertentes de gestão do estabelecimento ( gestão clínica ) e gestão do edifício. Outubro de 2008 a Dezembro de 2011: Vogal do Conselho Directivo da Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. com funções nas áreas da gestão financeira, contratualização, empresarialização e auditoria do Serviço Nacional de Saúde. Junho de 2008 a Outubro 2008: Adjunta do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, com funções específicas na área do acompanhamento financeiro do Serviço Nacional de Saúde. Março de 2005 a Maio de 2008: Adjunta do Ministro da Saúde (Março 2005 Janeiro 2008) e da Ministra da Saúde (Fevereiro 2008 Maio 2008) com funções específicas na área do acompanhamento das parcerias público-privadas e do planeamento estratégico no domínio hospitalar. Integrou a Comissão para o Reordenamento Hospitalar de Lisboa, a Comissão para a Sustentabilidade do Financiamento do SNS, o Grupo de Trabalho para a definição da tipologia do hospital do Seixal e a Comissão para o Reordenamento Hospitalar da Área Metropolitana do Porto. Adicionalmente, entre outras matérias, seguiu questões de Política de Saúde Sexual e Reprodutiva. Janeiro de 2004 a Março de 2005: Administradora Hospitalar no Hospital de Santa Marta SA. Setembro de 1998 a Novembro de 2002: Assistente-Estagiária (Setembro Novembro 1998) e Assistente (Novembro 1998 Novembro 2002) do Instituto Superior de Economia e Gestão, da Universidade Técnica de Lisboa (ISEG / UTL). Dezembro de 1997 a Agosto de 1998: Consultora técnica na área da economia e políticas sociais, nomeadamente no âmbito da aplicação do rendimento mínimo garantido em Portugal - Comissão Nacional do Rendimento Mínimo, Ministério da Solidariedade e Segurança Social. Outubro de 1994 a Julho de 1995: Monitora de aulas práticas no ISEG/UTL. ACTIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO E ENSINO ( ) Docente convidada em diversos Mestrados e cursos de Pós-graduação, nos domínios da política, economia e gestão da Saúde. Mais de uma dezena de artigos / capítulos de livros publicados, em especial nos domínios da política e economia da saúde. Diversas comunicações e posters apresentadas a conferências / seminários. Participação em projectos de investigação científica no domínio da avaliação económica de tecnologias de saúde e política de saúde. Outras actividades científicas e de direcção variadas, nomeadamente na Associação Portuguesa de Economia da Saúde. LUÍS CARVALHO RODRIGUES Natural de Luanda, Angola. Professor dos Departamentos de Ciências da Comunicação e de Sociologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa. Consultor das Nações Unidas, desde 1983 até ao presente, na área da reforma do sector público desenvolvimento institucional e governabilidade (África e Ásia). Consultor da Comissão da União Europeia (âmbito do FED, TACIS e PHARE) desde 1992 até à presente data, na área do desenvolvimento institucional e reforma do sector público (África, América Latina, Países da CEI da ex. União Soviética, Rússia). 37

38 SUSTENTABILIDADE NA SAÚDE EM TEMPOS DE MUDANÇA Consultor do Banco Mundial, nas áreas supra Consultor do Instituto Nacional de Administração Actividade dispersa como consultor de desenvolvimento institucional e organizacional em empresas. Cargos profissionais: Vice-Presidente do Instituto Nacional de Promoção Turística, de Março de 1987 a Março de Director-Geral do Gabinete de Estudos e Coordenação da Reforma Administrativa, do Ministério da Reforma Administrativa, lugar que ocupou de 1981 a Presidente do Conselho de Direcção da Revista da Administração Pública e seu Director ( ). Outros: 1º co-autor do livro "O Cidadão e a sua Administração" (1993) (400 pág) Autor do livro: Conhecer os Recursos Humanos no Serviço Nacional de Saúde ; Lisboa, Colibri;2002 (600 pág) Prefácio a livros técnicos e científicos, artigos publicados em diversos periódicos Membro de diversas associações cientificas, entre elas a Associação Portuguesa de Sociologia; International Association for Cybernetics; American Society for Public Administration. Colaborações continuadas ou pontuais quer na rádio difusão, estações nacionais e locais, quer na Televisão (RTP, Canal 1 e 2; SIC e TVI) ANTÓNIO DA SILVA DIAS ALVES Data de nascimento: 25 de Março de 1954 Habilitações Académicas Doutoramento em Ciências da Saúde (Universidade de Aveiro, 2011); Mestrado em Gestão de Empresas (Universidade do Porto, 1995); Master Business Administration (MBA) em Gestão de Empresas (Instituto Superior de Estudos Empresariais, Universidade do Porto, 1991/92). Curso de Especialização em Engenharia Industrial Aplicada a Hospitais (Escola Nacional de Saúde Pública em Lisboa e Universidade do Wisconsin, 1986/87). Curso de Pós-Graduação em Administração Hospitalar (Escola Nacional de Saúde Pública em Lisboa, 1980 e 1981). Licenciatura em Economia (Faculdade de Economia da Universidade do Porto, 1977). Actividade Profissional Vogal do Conselho de Administração do Hospital Magalhães Lemos de 1 de Janeiro de 2011 até ao fim do mandato em 31 de Janeiro de Administrador Hospitalar no Centro Hospital do Porto, como Coordenador do Grupo de Orientação Estratégica e Administrador do Departamento de Ambulatório, de Outubro de 2009 a Dezembro de Assessor do Sr. Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Dr. Francisco Ramos, de Novembro de 2006 até ao termo do seu mandato em Outubro de Integrado nas Parcerias Públicas Privadas da Misericórdia do Porto, onde desenvolveu e apresentou duas propostas para construção e exploração dos hospitais de Loures e Braga ( ). Director do Departamento de Formação e Ensino Pós-graduado do HGSA ( ) e Coordenador do Gabinete de Estudos Económicos do HGSA (2001/02). Vogal do Conselho de Administração do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH) (1999/2001); Administrador da SAUDEC, parceria entre o Serviço de Utilização Comum dos Hospitais e o Instituto de Participações do Estado (IPE), (2000/2001). Vogal da Comissão Instaladora do Hospital de São Sebastião entre Janeiro de 1997 e Junho de Director de Serviços Financeiros da Administração Regional de Saúde do Norte (1995/1997). Administrador do ex- Hospital Distrital de V. N. Gaia (1993/1994). Administrador-Delegado do Hospital Distrital de Matosinhos (1989/91). Membro do Núcleo de Planeamento de saúde da Comissão de 38

39 SUSTENTABILIDADE NA SAÚDE EM TEMPOS DE MUDANÇA Coordenação da Região Norte (1988/89). Director de Serviços Administrativo-financeiros da CIT- ALCATEL (1982). Director de Serviço de Aprovisionamento (1984/89) e Director de Serviços Financeiros do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia (1981/84). Outras Actividades Profissionais Consultor em: Auditorias à gestão de materiais do Instituto Português Oncologia Dr. Francisco Gentil (2001) e ao Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia (2001); projecto para reorganização dos Serviços Farmacêuticos do Hospital de Santa Maria (Lisboa) financiado pelo PIDDAC 2000 (2000/2001); em estudo nacional para Caracterização de Oportunidades de Investimento em Saúde (INA, 1999); Programa de Assistência Técnica aos Serviços de Saúde de Macau (1999); Participação em: Grupo de Consulta do Instituto de Gestão Financeira e Informática da Saúde (IGIF) sobre Financiamento dos Hospitais (1998); trabalho com vista à criação de central de compras para a saúde; missão da Comunidade Europeia integrada no Programa de Cooperação Técnica ao Ministério da Saúde Albanês (26 de Outubro a 5 de Novembro de 1994); Docente Docente convidado pela Universidade do Algarve para leccionar, no Mestrado em Gestão de Unidades de Saúde, a disciplina de Logística e Sistemas de Informação em Saúde (2008). Coordenador da Pós- Graduação em Gestão de Hospitais e Serviços de Saúde da Universidade Moderna do Porto (2002/2003). Professor Auxiliar pela Universidade Moderna do Porto entre 1992 e Docente convidado para leccionar, em 2002 e 2003,a cadeira de Gestão Estratégica de Serviços de Saúde no Curso de Pós- Graduação em Gestão de Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Instituto Superior da Maia (ISMAI). Docente convidado para leccionar, em 2001, no Mestrado de Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública. Responsável pela cadeira de Administração Hospitalar do Mestrado em Gestão e Economia da Saúde, organizado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e pela Faculdade de Economia da Universidade do Minho (1998 e 2000). Contratado pelo Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA) como docente na Licenciatura de Gestão de Empresas, ano lectivo de 1992/93. Trabalhos publicados Publicou diversos trabalhos nomeadamente: Análise custo-benefício do novo Hospital de Guimarães, publicado na revista Gestão Hospitalar; Avaliação da Performance dos Hospitais Portugueses, publicado na revista Gestão Hospitalar; Perle uma medida para um problema, publicado na revista Gestão Hospitalar, elaborado em conjunto com o Dr. Meneses Correia e Dr. Lima Cardoso; Inovação em Gestão Hospitalar inserido em Livro dos Hospitais Portugueses, Direcção Geral de Saúde, 1998; Incentivos e melhoria da eficiência dos hospitais com publicação integrada em livro editado pela Associação Nacional de Sistemas de Saúde e Associação Portuguesa de Economia de Saúde. 39

40 PROFISSIONAIS NA SAÚDE: REFLETIR PARA ALÉM DOS NÚMEROS 14:00-15:30 MESA II PROFISSIONAIS NA SAÚDE: REFLETIR PARA ALÉM DOS NÚMEROS PRESIDENTE: JORGE SIMÕES MODERADOR: ADALBERTO C. FERNANDES PALESTRANTES: FERNANDO SOLLARI ALLEGRO ISABEL VAZ MANUEL CARVALHO DA SILVA JORGE SIMÕES Doutorado em Ciências da Saúde e Professor Associado Convidado com Agregação, na Universidade de Aveiro. É docente, também, em cursos de pós-graduação na Universidade de Coimbra, na Universidade Católica e na Universidade do Minho. É presidente do conselho directivo da Entidade Reguladora da Saúde, foi, em 2009/2010, um dos dois coordenadores nacionais do novo Plano Nacional de Saúde; foi o coordenador, em 2008/9, da Equipa de Análise Estratégica sobre o processo de criação e desenvolvimento das parcerias público privadas nos hospitais; foi presidente da Comissão para a Sustentabilidade do Financiamento do Serviço Nacional de Saúde, em 2006/2007. Durante os dois mandatos do Presidente da República Dr. Jorge Sampaio, entre 1996 e 2006, foi o seu Consultor para os Assuntos da Saúde. Publicou três livros, coordenou a edição de cinco livros, publicou dezoito capítulos de livros e dezenas de artigos em revistas. 40

41 PROFISSIONAIS NA SAÚDE:REFLETIR PARA ALÉM DOS NÚMEROS ADALBERTO CAMPOS FERNANDES Presidente do Conselho de Administração de HPP Parcerias Saúde-Hospital de Cascais. Foi Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Santa Maria, EPE tendo levado a cabo a respetiva transformação de entidade do Sector Público Administrativo em Entidade Pública Empresarial ( ). Em 2007 passou a acumular as funções de Presidente dos Conselhos de Administração do Hospital de Santa Maria, EPE e do Hospital Pulido Valente, EPE tendo sido responsável pelo processo de integração de ambas as entidades numa única Entidade Pública Empresarial que adoptou a designação de Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE ( ). Presidente do Conselho de Curadores do Centro Académico de Medicina de Lisboa de que fazem parte a Faculdade de Medicina de Lisboa, o Instituto de Medicina Molecular e o Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE. É Presidente do Conselho Fiscal do Instituto de Medicina Molecular. Professor Auxiliar Convidado da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP/UNL). Exerce funções de docência universitária nas áreas da Administração e Gestão em Saúde na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa colaborando, regularmente, com diversas Instituições Universitárias, nomeadamente, a Universidade Católica Portuguesa e o ISCTE. Académico correspondente da Academia Nacional de Medicina de Portugal. Integra a Direção do INODES - Associação de Inovação e Desenvolvimento em Saúde. É membro de diversas Associações Científicas Nacionais e Internacionais. É autor de dezenas de publicações e comunicações. FERNANDO SOLLARI ALLEGRO Nasceu em 27 de Janeiro de 1947, em Moçambique. Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Teresópolis, Rio de Janeiro, Brasil, tendo obtido equivalência pelas Faculdades de Medicina Portuguesas. Foi assistente convidado da disciplina de gastrenterologia do Curso de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar de Abril de 1984 a Outubro do Fez o internato de especialidade de gastrenterologia no Hospital Geral de Santo António, que concluiu em Julho de 1986 após prestar provas públicas. É membro do Colégio de Especialidade de Gastrenterologia da Ordem dos Médicos, tendo sido aprovado, por unanimidade, desde Foi assistente hospitalar eventual de gastrenterologia do Hospital Geral de Santo António até Julho de 1991, tendo sido admitido no quadro do mesmo hospital, após concurso público, e com publicação no Diário da 41

42 PROFISSIONAIS NA SAÚDE:REFLETIR PARA ALÉM DOS NÚMEROS República de 6 de Julho de Foi monitor dos internatos de gastrenterologia do Hospital Geral de Santo António de Outubro de 1991 até Março de Em 30 de Março de 1994, com publicação no Diário da República, 2ª série, foi aprovado no concurso de habilitação ao grau de consultor de gastrenterologia da carreira médica hospitalar. Em Outubro de 1994, foi nomeado professor auxiliar convidado da disciplina de gastrenterologia da licenciatura em Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar. Em Maio de 1994, foi nomeado responsável pela gestão do centro de endoscopia digestiva do serviço de gastrenterologia do Hospital Geral de Santo António, cargo que exerceu até Fevereiro de Desde Novembro de 1996, é membro do programa de transplantação hepática do Hospital Geral de Santo António. Foi membro da Comissão de Infecção Hospitalar. Foi membro do júri do exame final de internato par sete vezes. Fez concurso público para a vaga de chefe de serviço da carreira médica hospitalar, em Fevereiro de Foi membro do júri em três concursos para chefe de serviço da carreira médica hospitalar. É professor associado convidado da disciplina de medicina, área de gastrenterologia, do curso de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar. Foi presidente do conselho fiscal da Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva. Foi vogal da direcção da mesma sociedade. Foi eleito pelos seus pares em Dezembro de 1999 director clínico do Hospital Geral de Santo António. Foi nomeado e exerceu funções até Agosto de Frequentou, tendo sido aprovado em todas as matérias, o curso pós-graduado do mestrado em Gestão e Economia da Saúde da Faculdade de Economia de Coimbra em Foi presidente da comissão de farmácia terapêutica entre os anos de 2000 e de Foi auditor de qualidade da bolsa de auditores do Instituto de Qualidade em Saúde. Concluiu, com mérito, em Dezembro de 2005 o programa de Alta Direcção de Instituições de Saúde organizado pela Escola de Direcção e Negócios (AESE). Foi nomeado presidente do conselho de administração do Hospital Geral de Santo António em 18 de Agosto de 2002, confirmado pela assembleia geral de 16 de Dezembro de Foi nomeado para nova comissão de serviço como presidente do conselho de administração do Hospital Geral de Santo António, em Dezembro de Foi nomeado presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E., em Outubro de Foi exonerado, a seu pedido, em Junho de Foi agraciado com a medalha de serviços distintos, grau ouro, do Ministério da Saúde, em Abril de Foi nomeado director do serviço de gastrenterologia do Centro Hospitalar do Porto, E. P. E., em Março de 2011, cargo que exerce actualmente. ISABEL VAZ 42 É licenciada em Engenharia Química pelo Instituto Superior Técnico (1990) e tem um Master of Business and Administration (MBA) pela Universidade Nova de Lisboa (1994). Após a licenciatura, iniciou a sua vida profissional como investigadora no Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (IBET). Em 1992 ingressou na McKinsey, foi senior consultant durante sete anos, participando em projectos essencialmente na área da banca e seguros. Desde 1999, é Presidente da Comissão Executiva do Grupo Espírito Santo Saúde, liderando mais de

43 PROFISSIONAIS NA SAÚDE:REFLETIR PARA ALÉM DOS NÚMEROS seis mil colaboradores em 18 unidades de saúde, entre as quais o Hospital da Luz em Lisboa. Actualmente, faz parte do Conselho Estratégico da Escola de Lisboa da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa e do Conselho de Faculdade da Nova School of Business and Economics da Universidade Nova de Lisboa. Nos últimos anos, tem realizado regularmente conferências sobre gestão em saúde, liderança e recursos humanos e sustentabilidade financeira dos sistemas de saúde, a convite de diversas universidades e outras instituições. É comentadora no programa Closing Bell do canal Económico TV. MANUEL CARVALHO DA SILVA Qualificações Académicas Doutoramento em Sociologia, ISCTE, com distinção e louvor (por unanimidade) Licenciatura em Sociologia, ISCTE, com 16 valores Docência Docente da Unidade Orgânica "Actores Sociais e Relações de Trabalho" [Mestrado em Sociologia, Globalização e Desenvolvimento da FCSH/ Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias] Docente da Unidade Orgânica "Desenvolvimento e Transformações no Trabalho e nas Organizações" [Mestrado em Sociologia, Globalização e Desenvolvimento da FCSH/Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias] Docente da Unidade Orgânica "Desigualdades Sociais Contemporâneas" [Mestrado em Sociologia, Globalização e Desenvolvimento da FCSH/Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias] Docente da Unidade Orgânica "Metodologia das Ciências Sociais" [Licenciatura em Sociologia da FCSH/ Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias] Docente da Unidade Orgânica "Trabalho e Organizações" [Licenciatura em Sociologia da FCSH/ Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias] Docente do Módulo "O trabalho em tempos de globalização: desafios à escola" [Doutoramento em Ciências da Educação da FCSH/Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias] Professor Catedrático convidado da Universidade Lusófona Atividades anteriores e situação atual em termos científicos e profissionais Coordenador do Observatório sobre Crises e Alternativas Coordenador do CES Lisboa Membro do Conselho Consultivo do Instituto da Educação e Psicologia da Universidade do Minho Secretário Executivo da Comunidade Sindical dos Países de Língua Portuguesa Investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra Investigador Associado do Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade do Minho 2007 a Membro da Assembleia Estatutária da Universidade de Coimbra 1998 a Membro do Conselho Consultivo da Universidade Aberta 1994 a Membro do Comité Executivo da Confederação Europeia de Sindicatos 1987 a Membro do Conselho Económico e Social e da Comissão Permanente de Concertação Social 1986 a Secretário-Geral da CGTP-IN 1976 a Presidente da Assembleia-Geral do Sindicato das Indústrias Eléctricas do Norte 1974 a Membro da Comissão de Trabalhadores da Electromecânica Portuguesa Preh 43

44 DA INTEGRAÇÃO DOS CUIDADOS À INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA: O PAPEL DO HOSPITAL NA COMUNIDADE 15:30-17:00 MESA III DA INTEGRAÇÃO DOS CUIDADOS À INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA: O PAPEL DO HOSPITAL NA COMUNIDADE PRESIDENTE: SARA PUPATO-FERRARI MODERADOR: JOSÉ CARLOS LOPES MARTINS PALESTRANTES: ÁLVARO CARVALHO CARLOS VAZ VÍCTOR HERDEIRO SARA PUPATO-FERRARI Current position: Governor of Spain in the European Federation of Hospitals and Healthcare Services (HOPE), since 2005 by designation of the Spanish Ministry of Health. Vicepresident of HOPE since Secretary General of the Food Safety and Nutrition Spanish Agency Degree in Medicine from the Universidad Complutense de Madrid. Diploma of specialist in Rheumatology. Diploma of specialist in Occupational Medicine. Master in healthcare institutions by the National School of Health. Medical Inspector. Before: Director of the National Institute of Health Management (INGESA. Ministry of Health, Social Policy and Equality). Deputy Director-General of healthcare of the National Institute of Healthcare Management. Chief Executive of the University Hospital "Santa Cristina".Madrid Chief Executive of the University Hospital "La Princesa" and the 2nd area of specialized care.madrid Chief Executive of Complejo hospitalario Móstoles - Alcorcón and the 8th healthcare area of specialized care.madrid Medical director of the Complejo Hospitalario Móstoles-Alcorcón Madrid. Director of the hospitals "Virgen de la Torre" and "Eloy Gonzalo" Madrid. 44

45 DA INTEGRAÇÃO DOS CUIDADOS À INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA: O PAPEL DO HOSPITAL NA COMUNIDADE JOSÉ CARLOS LOPES MARTINS Licenciado em Direito, Pós Graduado em administração hospitalar. Administrador Principal do Hospital de Vila Real ( ) Administrador Regional do Centro do Serviço de Informática da Saúde ( ) Administrador dos HUC ( ) Administrador Delegado dos HUC ( ) Secretário de Estado da Saúde ( ) Administrador do Planeamento e Controle de Gestão dos HUC ( ) Administrador da José de Mello Saúde( desde ) ÁLVARO CARVALHO Psiquiatra, grau de Chefe de Serviço da Carreira Hospitalar, Assistente Convidado e Mestre em Saúde Mental e Psiquiatria pela Faculdade Ciências Médicas/Universidade Nova Lisboa (1989), Grupanalista e Psicanalista. É Director do Programa Nacional para a Saúde Mental da Direcção-Geral da Saúde, e Coordenador da Equipa de Projecto para os Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental. CARLOS ALBERTO VAZ Nascido em 14 de Dezembro de 1955, casado, filho de António Outor Vaz e de Ana Joaquina Gomes Vaz, natural de Angola e portador do Bilhete de Identidade nº , emitido pelo Arquivo de Identificação de Bragança, em 17/02/1997, com residência oficial no Bairro de S. Tiago, lote D, bloco 3-5 Esqº, Bragança. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Ingressa na Escola Nacional de Saúde Publica, em Outubro de 1983, onde frequenta o XIV Curso de Administração Hospitalar que conclui em 26 de Julho de Curso "Application of' Industrial Engineering Techniques to Hospital Management", ministrado pela Bóston University Health Police Institute, de 1986 a

46 DA INTEGRAÇÃO DOS CUIDADOS À INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA: O PAPEL DO HOSPITAL NA COMUNIDADE Frequenta vários outros cursos em Portugal. Iniciou a sua actividade profissional no Hospital Distrital de Bragana, em 30 de Julho de 1985; Tomou posse do lugar de Administrador do quadro 0nico de Administradores Hospitalares, em 12 de Dezembro de 1986; Tomou posse do lugar de Administrador do Hospital de Macedo de Cavaleiros, a 01/10/1988; É nomeado Administrador Delegado do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Mirandela., em /9/08/1988," Foi nomeado por Sua Excel6ncia O Ministro da Sa0de, Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Mirandela em 26 de Fevereiro de 1990, acumulando também as funções de Administrador Delegado: Foi reconduzido por Sua Excelência O Ministro da Saúde, como Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Mirandela, em 26 de Fevereiro de 1993, acumulando as funções de Administrador Delegado; Foi nomeado, em 09 de Maio de 1996, como Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Bragança, acumulando as funções de Administrador Delegado, funções desempenhadas até 09 de Dezembro de 2002; Com a empresarialização hospitalar e sua transformação em sociedades anónimas, foi eleito Presidente do Conselho de Administração do Hospital São Gonçalo. S.A. Foi eleito em 20 de Junho de 2005, Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Vila Real/Peso da Régua, S.A. Foi nomeado, em 31 de Dezembro de Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Vila Real/Peso da Régua, E.P.E. Foi nomeado, em 01 de Maro de 2007, Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P.E. Em 15 de Março de 2010, foi reconduzido no cargo de Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P,E., para o triénio , funções que desempenha atualmente. VICTOR HERDEIRO Informação Pessoal: Nome: VICTOR EMANUEL MARNOTO HERDEIRO Morada: Av. Meneres nº 234, Matosinhos Nacionalidade: Portuguesa Data Nascimento: 18 de Agosto de 1969 Estado Civil: Casado Formação Académica: Curso de Pós Graduação em Direito da Medicina, Centro Biomédico da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra ; Curso de Especialização em Administração Hospitalar, com a classificação de 15 valores pela Escola nacional de Saúde Pública, UNL ( ); Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (1991/1996). Experiência Profissional: Presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde de Matosinhos, EPE (desde Jan. 2011) Vogal Executivo do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde de Matosinhos, EPE (Jun/2008 Dez/2010), substituto do Presidente do Conselho de Administração nas suas ausências ou impedimentos. Membro do Núcleo Executivo da Comissão Nacional para o Desenvolvimento da Cirurgia do Ambulatório por Despacho do Senhor Ministro da Saúde Prof. Correia de Campos, Despacho Nº 25832/2007; Administrador Hospitalar no Hospital Geral de Sto António com as funções de : Director do Serviço de Aprovisionamento Administrador do Serviço de Farmácia 46

47 DA INTEGRAÇÃO DOS CUIDADOS À INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA: O PAPEL DO HOSPITAL NA COMUNIDADE Director dos Serviços Hoteleiros Administrador Hospitalar com as funções de Director dos Serviços Hoteleiros no Hospital Infante D. Pedro Aveiro Outra Experiência Profissional relevante: Docente da disciplina de Farmacoeconomia Escola Superior de Saúde de Vale do Ave Docente da disciplina de Administração e Gestão de Unidades de Saúde na Escola Superior de Saúde de Vale do Ave Docente de Pós Graduação, Módulo Operações e Logística. Escola Superior de Saúde de Vale do Ave e Universidade Lusíada Porto (2004) Formação diversa Doutorando em Ciências da Administração na Escola de Economia e Gestão na Universidade do Minho (2010) Finanças, Contabilidade e Controlo de Gestão - AESE Escola de Direcção e Negócios (2009); Programa de Alta Direcção de Instituições de Saúde -AESE Escola de Direcção e Negócios (2007); Programa Avançado de Logística Hospitalar, ministrado pelo Prof. José Crespo de Carvalho. INdeg Business School. ISCTE-Escola de Gestão, Lisboa; (2003) Publicações e Comunicações Inúmeras comunicações e publicações no âmbito: Compras e Técnicas de Negociação Logística Hospitalar e Lean Logistics Autoria do primeiro sistema logístico português hospitalar com recurso a metodologias lean/kaizen (HLS - Hospital Logistcs System) 47

48 QUALIDADE E SEGURANÇA DO DOENTE: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS CONHECIMENTOS 17:15-18:45 MESA IV QUALIDADE E SEGURANÇA DO DOENTE: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS CONHECIMENTOS PRESIDENTE: ALEXANDRE DINIZ MODERADOR: CARLOS DE SOUSA PALESTRANTES: VICENTE SANTANA MARGARIDA EIRAS SEABRA SANTOS ALEXANDRE DINIZ Nasceu a 2 de Março de 1952, em Lisboa. É licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, membro do Colégio de Especialidade de Clínica Geral da Ordem dos Médicos, possuidor da atribuição da Competência em Gestão de Serviços de Saúde pela Ordem dos Médicos e Chefe de Serviço da Carreira Médica de Clínica Geral. É Mestre em Ética da Saúde pela Universidade Católica Portuguesa. Obteve o Grau de Generalista com a classificação final de 18 valores. Obteve o Grau de Consultor mediante concurso de habilitação. Obteve a Categoria de Chefe de Serviço da Carreira Médica de Clínica Geral com a classificação final de 18,5 valores. Obteve o grau de Mestre em Teologia e Ética da Saúde pelas Faculdades de Teologia e de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, com a classificação de Muito Bom e Máximo Louvor (Summa cum laude superauit). Frequentou o Programa de Gestão Global para Quadros Dirigentes, na Escola de Altos Estudos Comerciais da Universidade de Paris, estagiou em Cuidados Paliativos no Hospital Internacional da Universidade de Paris e realizou formação em Dinâmica das Equipas de Trabalho e Política de Saúde Pública, no âmbito do Conselho da União Europeia e em Comités e Comitologia no Processo Político da Comunidade Europeia, no âmbito do Instituto Europeu de Administração Pública. Foi Interno de Policlínica Básica no Hospital Distrital de Aveiro e no Centro de Saúde de Aveiro ( ), prestou Serviço Médico à Periferia no âmbito da Administração Distrital de Saúde de Aveiro (1980) e Serviço Militar Obrigatório na Escola Prática de Cavalaria ( ). Foi Médico Policlínico no Hospital Distrital de Aveiro e no Hospital Distrital de Santarém ( ). Ingressou na Carreira 48

49 QUALIDADE E SEGURANÇA DO DOENTE: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS CONHECIMENTOS Médica de Clínica Geral (1982), sendo colocado no Centro de Saúde de Almeirim, no âmbito da Administração Regional de Saúde de Santarém. Exerceu prática clínica em Clínica Geral/Medicina Familiar (1982 a 1989), no Centro de Saúde de Almeirim. Foi Director do Centro de Saúde de Almeirim ( ), Director de Serviços de Cuidados de Saúde, da Administração Regional de Saúde de Santarém ( ) e Coordenador da Sub-Região de Saúde de Santarém, no âmbito da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo ( ). Foi Chefe de Divisão de Doenças Genéticas, Crónicas e Geriátricas na Direcção-Geral da Saúde ( ), Director de Serviços de Prestação de Cuidados de Saúde na Direcção-Geral da Saúde ( , Director de Serviços de Cuidados de Saúde na Direcção-Geral da Saúde ( ) e Director do Departamento da Qualidade na Saúde, na Direcção-Geral da Saúde ( ). Participou na elaboração dos seguintes documentos estratégicos nacionais, na área da saúde: A Saúde dos Portugueses; Saúde em Portugal Uma Estratégia para o Virar do Século ; Saúde um Compromisso A Estratégia de Saúde Para o Virar do Século ; Rede Nacional de Cuidados Continuados de Saúde; Plano Nacional de Saúde e e Estratégia Nacional para a Qualidade na Saúde. Participou na elaboração da monografia Health in Portugal, editada pela Direcção- Geral da Saúde. Propôs, coordenou e participou na elaboração dos seguintes documentos nacionais: Plano Nacional de Luta Contra a Dor; Programa Nacional de Controlo da Asma; Programa Nacional de Prevenção e Controlo das Doenças Cardiovasculares; Programa Nacional Contra as Doenças Reumáticas; Programa Nacional Para a Saúde da Visão; Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica; Programa Nacional de Combate à Obesidade; Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Diabetes; Programa Nacional Para a Saúde das Pessoas Idosas; Programa Nacional de Cuidados Paliativos e Programa Nacional de Doenças Raras. Participou na preparação da proposta do Programa Saúde XXI, do III Quadro Comunitário de Apoio. Tem coordenado o processo de candidatura ao Prémio Nacional de Saúde. Representou o Ministério da Saúde e a Direcção-Geral da Saúde em vários conselhos nacionais e comissões interministeriais, nomeadamente na Entidade de Recurso Técnico Específico da Direcção- Geral da Administração e do Emprego Público, na Comissão de Acompanhamento do Regime Jurídico da Doença do Ministério da Trabalho e da Solidariedade Social, no Conselho Nacional Para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social. Integrou, como membro convidado, o Secretariado Europeu das Práticas de Saúde Comunitária, sedeado em Bruxelas. Representou a Direcção-Geral da Saúde e o Ministério da Saúde em reuniões internacionais, nomeadamente: na coordenação executiva da IV Conferência para a Implementação da Declaração de St. Vincent; no grupo de trabalho da Universidade Metropolitana de Manchester sobre Elaboração de normas para actuação de prestadores de cuidados de saúde às pessoas idosas ; no Painel de Consultores sobre o Plano de Acção para a Osteoporose na União Europeia, da Comissão Europeia; no Comité de Peritos do Conselho da Europa sobre Organização de Cuidados Paliativos; no Comité de Apoio ao Programa Europeu Vigilância da Saúde da Comissão Europeia; no Comité sobre Doenças Raras, da Comissão Europeia; no Comité sobre Prevenção de Lesões, da Comissão Europeia; no Comité de Protecção Social da Comissão Europeia; no Grupo de Alto Nível para Serviços de Saúde e Cuidados Médicos da Comissão Europeia; na discussão da proposta de Directiva da Comissão Europeia relativa à aplicação dos direitos dos doentes em matéria de cuidados de saúde transfronteiriços, em sede de Grupo de Saúde Pública do Conselho da União Europeia. Presidiu a vários júris de concursos de ingresso e de provimento de lugares de técnicos de saúde, assessores principais da carreira técnica superior, assistentes da carreira técnica superior, assistentes de clínica geral e de habilitação ao grau de consultor de clínica geral. Foi orientador no Exercício Orientado em Clínica Geral, no Internato Complementar de Clínica Geral e integrou júris de avaliação no âmbito do Instituto de Clínica Geral da Zona Sul. Foi co-orientar de teses de mestrado. Participou em vários grupos de investigação e publicou e comunicou, no País e estrangeiro, vários trabalhos na área da saúde. Foi membro do Conselho Científico da Revista Portuguesa de Diabetes, da Sociedade Portuguesa de Diabetologia e membro do Conselho Científico da Revista Geriatrics Edição Portuguesa. Desempenhou funções docentes em Escolas Superiores de Enfermagem, Instituto Superior de Serviço Social, Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nove de Lisboa, Universidade Lusíada e Universidade Católica 49

50 QUALIDADE E SEGURANÇA DO DOENTE: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS CONHECIMENTOS Portuguesa. Foi arguente em provas de dissertação de mestrado na Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa. No exercício de funções de Director do Departamento da Qualidade na Saúde da Direcção-Geral da Saúde dirigiu as propostas de planeamento e programação da política nacional para a qualidade no sistema de saúde, através da coordenação das chefias das Divisões de Qualidade Clínica e Organizacional, Segurança do Doente, Gestão Integrada da Doença e Inovação, Mobilidade de Doentes e do Programa Nacional de Acreditação em Saúde. Recebeu louvores públicos, pela sua actuação profissional na área da saúde, do Comando da Escola Prática de Cavalaria, da Comissão Instaladora da Administração Regional de Saúde de Santarém e do Director-Geral da Saúde. Por Despacho do Ministro da Saúde foi-lhe concedida a medalha de Serviços Distintos do Ministério da Saúde, grau Ouro. CARLOS DE SOUSA Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto em 1984; Doutorado em Saúde Pública pela Faculdade de Medicina da Universidade de são Paulo (Brasil) em 1995; Professor titular no Departamento de Saúde Pública na Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto; Coordenador do Mestrado de Epidemiologia de Campo Laboratorial da Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto; Antigo Reitor da Universidade Privada de angola; Membro da Associação de Saúde Pública de Angola e da Associação Brasileira de Saúde Colectiva; Autor de várias publicações em revistas nacionais e internacionais. Bastonário da Ordem dos Médicos de Angola. VICENTE SANTANA LOPEZ L Diplomado Universitario en Enfermería. Situación profesional actual 2008 Director del Observatorio para la Seguridad del Paciente (Agencia de Calidad Sanitaria de Andalucía ) Proyectos Soporte al Desarrollo de la Estrategia para la Seguridad del Paciente del Sistema Sanitario Andaluz Desarrollo WEB del Observatorio Desarrollo Sistema de Notificación de Incidentes de Seguridad Establecimiento de una Red de Centros Nodos y Mentores para la implantación de prácticas seguras. La seguridad está en tu mano Desarrollo de apps para pacientes orientadas a mejorar la seguridad clínica. Actividades anteriores Director de Acreditación de Competencias Profesionales (Agencia de Calidad Sanitaria de Andalucía ) 50

51 QUALIDADE E SEGURANÇA DO DOENTE: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS CONHECIMENTOS Proyectos Participación en el desarrollo del Modelo de Gestión por Competencias del Sistema Sanitario Público Participación en el diseño de Manuales de Competencias para profesiones sanitarias. Puesta en marcha del Sistema de acreditación de competencias profesionales, para el Sistema Sanitario Público de Andalucía Subdirector de Acreditación de Centros (Agencia de Calidad Sanitaria de Andalucía ) Proyectos Participación en el desarrollo del Modelo de Acreditación de Centros y Unidades de Gestión Clínica del Sistema Sanitario Público de Andalucía. Participación en el diseño de los Manuales de Estándares de Centros y Unidades de Gestión Clínica. Participación en la puesta en marcha de la acreditación de Centros y Unidades de Gestión Clínica Director de Cuidados de Enfermería del Hospital Alto Guadalquivir Proyectos Primer hospital de alta resolución del Sistema Sanitario Público de Andalucía Enfermero de la Empresa Pública Hospital Costa del Sol Actividades Responsable de la Unidad de Investigación y Calidad Enfermero asistencial Otros datos Ponente y docente habitual en temas relacionados con calidad asistencial, competencias profesionales y seguridad del paciente. Profesor colaborador de la Escuela Andaluza de Salud Pública. Panelista en diversos grupos de mejora y elaboración de planes estratégicos. Evaluador de proyectos de investigación para la Consejería de Salud de la Junta de Andalucía. MARGARIDA EIRAS Mestre em Gestão dos Serviços de Saúde pelo ISCTE/INDEG. Docente da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa. Tem participado em projetos nacionais e internacionais na temática da Qualidade e Segurança do Doente, nomeadamente na Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em hospitais e em serviços de radioterapia. As áreas de interesse são a qualidade e segurança do doente, aplicações em radioterapia externa, avaliação de tecnologias em saúde. 51

52 QUALIDADE E SEGURANÇA DO DOENTE: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS CONHECIMENTOS RUI SEABRA SANTOS Data de nascimento: 30/03/1960, em Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Profissão: Piloto Comandante de Linha Aérea na TAP Portugal Quality Manager da TAP Portugal Sócio-Gerente da Empresa ABSANT CONSULT Consultor e Formador Internacional em Aviação Civil Telefone: FORMAÇÃO ESCOLAR: - Mestrando em Segurança do Doente, na Escola Nacional da Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa, no ano lectivo Pós-Graduação em Direito Aéreo e Direito Espacial, na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, no ano letivo de Licenciatura em Gestão de Recursos Humanos, na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia, em Lisboa, no ano letivo ACTIVIDADE ACADÉMICA: - Professor convidado na Pós-Graduação em Flight Operations Management, MBA Aeronautics Executive e Licenciatura em Ciências Aeronáuticas no Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC), Lisboa, na disciplina de Qualidade, nos anos letivos de 2005 a FORMAÇÃO PROFISSIONAL: - Curso Safety Management System SMS, ministrado pela Empresa Baines Simmons, na TAP-Portugal, em Lisboa, de 27 JUN a 01 JUL Curso de Qualidade Operacional, ministrado pela Associação Portuguesa do Transporte e Trabalho Aéreo, em Cascais, de 06 a 07 ABR Curso de Contexto Institucional e Legislação Aeronáutica, ministrado pela Associação Portuguesa do Transporte e Trabalho Aéreo, em Cascais, de 04 a 05 ABR Curso de Refrescamento de Auditores de Qualidade, na TAP-Portugal, em Lisboa, em 26 ABR Curso Aircrew CRM Instructor Training, na TAP-Portugal, em Lisboa, de 20 JUL a 24 JUL Curso de Formação Profissional de Sistema Integrado de Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança, ministrado pela SERGA, Lda., em Lisboa, de 09 DEZ 2003 a 27 JAN Curso de Auditores de Segurança da Aviação Civil, ministrado pelo Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC), em Lisboa, de 24 NOV a 05 DEZ Curso Implementação Prática de Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001:2000, ministrado pela Lloyd`s Register Quality Assurance (LRQA), em Lisboa, de 10 a 12 SET Curso de Formação Pedagógica de Formadores, na TAP - PORTUGAL, certificado pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), de 10 OUT a 09 NOV

53 REFERENCIAÇÃO E MOBILIDADE DOS DOENTES: DESAFIOS FUTUROS 09:30-11:00 MESA V REFERENCIAÇÃO E MOBILIDADE DOS DOENTES: DESAFIOS FUTUROS PRESIDENTE: JOSÉ MANUEL SILVA MODERADORA: MARIA ANTÓNIA ALMEIDA SANTOS PALESTRANTES: CLÁUDIO CORREIA EDUARDO CASTELA PONCIANO OLIVEIRA JOSÉ MANUEL SILVA Nascido em Pombal a 18 de Setembro de 1959 CARREIRA ACADÉMICA Ensino Secundário: Em 1976, concluiu o Curso Complementar, no Liceu Nacional José Falcão, com 17 valores (18 às então "nucleares" para Medicina). Licenciatura: Concluiu os estudos na Faculdade de Medicina de Coimbra, em 1983, com a classificação de Bom com Distinção (17 valores). Mestrado em Saúde Ocupacional: Aprovado em 1987 com a classificação final de Muito Bom. Doutoramento: A foi aprovado por Unanimidade, Distinção e Louvor nas provas de Doutoramento Académico em Medicina Interna na Faculdade de Medicina de Coimbra. ACTIVIDADE ACADÉMICA Ensino Liceal: Professor de Noções Básicas de Saúde, do 10º ano, na Escola Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra, no ano lectivo de 1984/85. Ensino em Escolas Superiores: Em 1987, 1988 e 1989, na Escola Técnica dos Serviços de Saúde de Coimbra, orientou as aulas práticas de Estatística Descritiva do Curso de Administração. Em 1996/97 e 1997/98 foi Professor Convidado de Fisiologia do curso de Fisioterapia da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra. Ensino Universitário: Fisiologia: De 1986 a 1994 foi, sucessivamente, assistente estagiário, assistente e assistente convidado. Medicina do Trabalho: De 1989/90 até 1993/94, leccionou, no Curso de Pós- Graduação em Medicina do Trabalho da Faculdade de Medicina de Coimbra, os temas relacionados com a fisiologia cardio-respiratória do trabalho. Endocrinologia: Assistente convidado de 1994/95 a 1997/98. Actualmente cumpre funções como Professor Auxiliar de Medicina Interna da Faculdade de Medicina de Coimbra (contratado a ). Desde Julho de 2010 é o Regente da Cadeira de Clínica Geral da Faculdade de Medicina de Coimbra.2 53

54 REFERENCIAÇÃO E MOBILIDADE DOS DOENTES: DESAFIOS FUTUROS Reitoria: A 18/12/03 tomou posse como Pró-Reitor da Universidade de Coimbra, assumindo o pelouro de captação de novos públicos, formação contínua pós-graduada e e-learning. Foi substituído a 13/10/04, a seu pedido, para se dedicar às eleições para a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos. Orientou diversas Tese de Mestrado e uma Tese de Doutoramento ACTIVIDADE MÉDICA - Adquiriu o grau de Assistente Hospitalar de Medicina Interna (AHMI) em 29/01/94, nos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), com a classificação final de 19,5 valores. Foi AHMI do quadro do Centro de Oncologia de Coimbra de a A regressou aos HUC. Actualmente desempenha as funções de AH Graduado no Serviço de Medicina Interna dos HUC. - Participou em cinco Júris de Exames de Especialidade de Medicina Interna. - Em tempo parcial, desde Dezembro de 1996 a Julho de 2003, trabalhou na Viatura Médica de Emergência e Reanimação do INEM/HUC. - Em Outubro de 2004 foi convidado para ministrar uma aula sobre efeitos pleiotrópicos das estatinas na Escola Europeia de Medicina Interna, em Alicante, Espanha. - Em 16/09/04 tomou posse como Coordenador da Unidade Funcional de Lipidologia do Departamento de Medicina Interna dos HUC. - Desempenha funções de Chefe de Equipa na Urgência dos HUC. - É vogal da Comissão de Qualidade e Segurança do Doente dos HUC. Formação complementar: - Curso de Iniciação Científica de Jovens Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 3 a 26 de Setembro de Estatística em Investigação Médica DATINVEST - Consultores em Investimentos e Organização Industrial, Curso de Gestão de Serviços de Saúde Centro de Oncologia de Coimbra, IPOFG, Setembro a Dezembro de Curso de Técnicas de Emergência Médica da VMER de Coimbra INEM, Coimbra, Outubro a Novembro de Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores Instituto do Emprego e Formação Profissional, ATLS Course for doctors American College of Surgeons - Sociedade Portuguesa de Cirurgia; HUC, Curso de Gestão de Unidades de Saúde da Universidade Católica Coimbra, 2/10/03 e 5/03/05. Aprovado com Distinção.3 ACTIVIDADE CIENTÍFICA Primeiro autor ou co-autor em 485 comunicações, 38 posters e 84 artigos científicos, apresentadas ou publicados em congressos ou revistas nacionais e internacionais, moderou 50 mesas redondas e debates e publicou um livro e um CD de slides em lipidologia. Recebeu onze prémios de posters e comunicações livres. Participou em inúmeros estudos de fase II, fase III e Fase IV com fármacos correctores das dislipidemias. Organizou múltiplas Reuniões, Jornadas e Congressos, com responsabilidades de variaram de Secretário-Geral a Presidente. É membro de diversas sociedades científicas. Actual Presidente da Sociedade Portuguesa de Aterosclerose. INTERVENÇÃO SOCIAL e ASSOCIATIVA Teve uma intervenção activa na discussão pública sobre os riscos da co-incineração. Publicou dezenas de artigos sobre questões do meio ambiente e de política de saúde, nomeadamente no Diário de Coimbra, Diário as Beiras, Público, Sol, Tempo Medicina, Revista da Ordem dos Médicos e Boletim da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, alguns com significativa repercussão pública e política. Presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, eleito em dois triénios sequenciais, elemento do Conselho Nacional Executivo da Ordem dos Médicos e representante da Ordem dos Médicos na Associação Médica Mundial. 54

55 REFERENCIAÇÃO E MOBILIDADE DOS DOENTES: DESAFIOS FUTUROS MARIA ANTÓNIA ALMEIDA SANTOS Habilitações Literárias: Licenciatura em Direito Profissão: Jurista Cargos que desempenha Deputada na XI Legislatura; Presidente do Grupo Parlamentar Português Sobre População e Desenvolvimento; Coordenadora da Comissão Parlamentar de Saúde dos Deputados do PS; Vice-Presidente da Comissão Politica Nacional do Partido Socialista ; Membro do Secretariado da Federação de Coimbra, eleita nas últimas eleições internas do Partido. Cargos exercidos De Junho de 2001 a Janeiro de 2005 exerceu as funções de Presidente da Comissão para a Dissuasão da Toxicodependência de Lisboa; De Outubro de 1995 a Junho de exerceu funções de assessora jurídica no Gabinete do Presidente da Assembleia da República. Durante este período, suspendeu durante dois meses, as funções referidas para exercer o mandado de Deputada pelo Partido Socialista eleita pelo círculo eleitoral de Coimbra; De Abril de 1986 a Outubro de exerceu funções de consultora Jurídica da Casa Civil do Presidente da República. Em simultâneo exerceu advocacia num escritório de Advogados, em Lisboa. Condecorações e Louvores Louvor da Presidência da República (1996). Comenda da Ordem de Mérito (1996) Obras Publicadas Almeida Santos, Maria Antónia(2003) "Descriminalização do Consumo de Substâncias estupefacientes - Interpretação e aplicação da Lei 30/2000 de 29 de Novembro". Revista do Ministério Público Almeida Santos, Maria Antónia (2004) "Contributos para uma análise da experiência descriminalizadora do consumo de drogas". Revista Toxicodependências, volume 10, n. º 1 Comissões Parlamentares a que pertence Comissão de Defesa Nacional [Suplente] Comissão de Saúde [Presidente] CLÁUDIO CORREIA Identificação :Ilídio Cláudio dos Santos Correia, nasceu em Paris, França, em 24 de Setembro de Formação académica: licenciado em Direito e exerceu advocacia. Formação profissional: Frequentou o mestrado em Administração e Políticas Públicas, organizado pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa; Frequentou o curso para dirigentes de alta direcção da Administração Pública sobre o sistema integrado de avaliação de desempenho na 55

56 REFERENCIAÇÃO E MOBILIDADE DOS DOENTES: DESAFIOS FUTUROS Administração Pública, organizado pelo Instituto Nacional de Administração; Frequentou o seminário de alta direcção, organizado pelo Instituto Nacional de Administração. Experiência profissional: Prestou consultoria jurídica ao Centro Regional de Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo; Exerceu funções na Inspecção-Geral da Administração Pública, com a categoria de inspector, onde desempenhou funções de inspecção e auditoria; Nomeado inspector da carreira de inspecção superior do quadro de pessoal da Inspecção-Geral das Actividades em Saúde; Foi chefe de divisão da Formação e Investigação na Direcção-Geral da Saúde; Foi chefe de divisão de Métodos de Trabalho e Técnicas de Organização, área funcional integrada na Direcção de Serviços de Prestação de Cuidados de Saúde, da Direcção-Geral da Saúde, sendo de realçar a participação e coordenação dos seguintes projectos: Colaboração na concepção do modelo organizacional da Unidade de Emergência de Saúde Pública da Direcção-Geral da Saúde, tendo coordenado a implementação da infra-estrutura tecnológica e logística de suporte ao funcionamento daquela unidade funcional; Participação no grupo de trabalho relativo à reengenharia de procedimentos no âmbito da prestação de cuidados de saúde a doentes oriundos dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e elaboração dos respectivos relatórios de execução; Coordenação do desenvolvimento de sistemas de informação de apoio à gestão da assistência médica no estrangeiro e elaboração dos respectivos relatórios de execução; Integrou grupos de trabalho da Direcção-Geral da Saúde, no âmbito da mobilidade de doentes no espaço da União Europeia e dos cuidados de saúde transfronteiriços; Co-autor de um estudo sobre o impacte do direito comunitário e da jurisprudência emanada pelo Tribunal de Justiça da União Europeia, no domínio da mobilidade de doentes no espaço da União Europeia; Participação no grupo de trabalho de operacionalização do modelo de gestão integrada da doença crónica. EDUARDO CASTELA Diretor do Serviço de Cardiologia Pediátrica do Hospital Pediátrico/ CHUC. Presidente da Associação Portuguesa de Telemedicina (APT). Membro da Comissão Nacional da Saúde da Mulher da Criança e do Adolescente (CNSMCA). Membro da Comissão Nacional do Diagnóstico Pré-Natal. 56

57 REFERENCIAÇÃO E MOBILIDADE DOS DOENTES: DESAFIOS FUTUROS PONCIANO OLIVEIRA Habilitações académicas: Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra; Pós-graduado em Direito Bancário, da Bolsa e dos Seguros, pelo Instituto de Direito Bancário, da Bolsa e dos Seguros da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra; Pós-graduado em Economia e Politica de Saúde, pela Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho; Mestrando em Economia e Politica de Saúde, pela Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho. Experiência profissional: Alto-Comissário Adjunto da Saúde, desde Coordenou as áreas de gestão dos recursos financeiros e humanos; do gabinete de apoio jurídico, incluindo a representação legal do Ministério da Saúde da República Portuguesa em contencioso comunitário, bem como a coordenação de processos de transposição de Directivas Comunitárias; da avaliação dos serviços centrais do Ministério da Saúde, incluindo o acompanhamento da negociação dos seus objectivos anuais e respectiva monitorização da execução; do Programa de Apoios Financeiros do Alto Comissariado da Saúde, presidindo à Comissão de Coordenação dos Apoios Financeiros do Ministério da Saúde às associações sem fins lucrativos (que actuam na área da saúde e das prioridades do Plano Nacional de Saúde); do Canal Mais Saúde; das Relações Internacionais do Ministério da Saúde (desde Maio de 2011); Membro da Comissão para a Desformalização (eliminação, simplificação e desmaterialização de actos) no âmbito do Ministério da Justiça, desde Outubro de 2008 até Setembro de 2009, em representação do Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça ITIJ, I.P.. Vogal do conselho directivo do Instituto das Tecnologias de Informação na Justiça, I.P., entre 2008 e Coordenou as áreas de administração geral do Instituto (designadamente dos recursos humanos e financeiros, do planeamento de actividades, e gestão financeira dos projectos no âmbito das tecnologias de informação e comunicação); do núcleo de gestão de serviços de rede (designadamente da gestão da Rede de Comunicações da Justiça); do Gabinete de Apoio Jurídico; dos projectos de âmbito internacional e do departamento de fornecimento de serviços (designadamente a gestão de clientes e o serviço de help-desk). Neste âmbito, foi ainda delegado português nos grupos de trabalho: das Novas Tecnologias, no âmbito da Conferência de Ministros da Justiça Ibero-Americanos; E-Justice junto do Conselho da União Europeia, que desenvolveu o Portal Europeu da Justiça Electrónica; E-Codex; para a implementação dos aspectos técnicos para a entrada em vigor do Tratado de Prüm; para a implementação dos aspectos técnicos da nova decisão do Eurojust; Membro da Comissão para a Desformalização (eliminação, simplificação e desmaterialização de actos) no âmbito do Ministério da Justiça, desde Fevereiro de 2006 até Setembro de 2008, em representação da Associação Comercial do Porto Câmara de Comércio e Indústria do Porto; Consultor jurídico da Associação Comercial do Porto - Câmara de Comércio e Indústria do Porto entre Fevereiro 2006 e Setembro de 2008; Advogado desde 2002, exercendo a pratica forense com predominância nas áreas do direito civil, laboral e corporate; Consultor jurídico da Associação Comercial do Porto Câmara de Comércio e Indústria do Porto entre Dezembro de 2000 e Dezembro de 2003 e consultor de Recursos Humanos da mesma entre Outubro de 2002 e Dezembro Actividades relevantes: Desde 2010, presidente da assembleia-geral da Associação Portic Thinktank for Portuguese Internationalization; 57

58 REFERENCIAÇÃO E MOBILIDADE DOS DOENTES: DESAFIOS FUTUROS Desde 2008, presidente da direcção da Casa dos Açores do Norte, sendo vogal da direcção desde 2005; Desde 2007, presidente da assembleia-geral da Confraria Atlântica do Chá; Desde 2006, membro do conselho fiscal do Instituto de Arbitragem Comercial; Membro do Senado da Universidade de Coimbra no ano de 2000; Provedor do Estudante na Direcção-Geral da Associação Académica de Coimbra no ano de 2000; 58

59 (RE)CRIANDO A CULTURA PARA A INOVAÇÃO EM SAÚDE: EXPERIÊNCIAS INOVADORAS E CUSTO-EFETIVAS 11:30-13:00 MESA VI (RE)CRIANDO A CULTURA PARA A INOVAÇÃO EM SAÚDE: EXPERIÊNCIAS INOVADORAS E CUSTO-EFETIVAS PRESIDENTE: LUÍS PORTELA MODERADOR: ALCINDO MACIEL BARBOSA PALESTRANTES: HENRIQUE MARTINS ALEXANDRE CAMPOS PEDRO BEJA AFONSO LUÍS PORTELA Licenciado em Medicina, exerceu atividade clínica e docente universitária apenas nos primeiros anos da sua carreira, optando depois por se dedicar à empresa de sua família - Bial -, de que foi CEO de 1979 a 2011, passando, então, a chairman. Também é presidente do Conselho Geral da Universidade do Porto e do Health Cluster Portugal e foi vice-presidentre da Fundação de Serralves e membro da Direção da Cotec. Entre outras distinções, é Comendador e Grã-Cruz da Ordem do Mérito, Doutor Honoris Causa da Faculdade de Medicina de Cádis e da Universidade do Porto e Prémio de Neurociências da Louisiana State University, nos EUA. ALCINDO MACIEL BARBOSA Licenciado em Medicina em 1975, especialista em Saúde Pública desde 1980, com pós-graduação em Epidemiologia pela ENSP em Director do Centro de Saúde de Ponte de Lima a 1986; Responsável pelos Cuidados de Saúde Primários de Macau a 1989; Coordenador da Sub-Região de Saúde de Viana do Castelo - 06/1996 a 06/2000; 59

60 (RE)CRIANDO A CULTURA PARA A INOVAÇÃO EM SAÚDE: EXPERIÊNCIAS INOVADORAS E CUSTO-EFETIVAS Presidente do Conselho Directivo da ARS do Norte - 05/2005 a 12/2009. Professor afiliado do Instituto Ciências Bio-Médicas Abel Salazar e responsável pela disciplina Administração e Políticas de Saúde do Mestrado de Saúde Pública da FMP/ICBAS. HENRIQUE MARTINS Licenciatura em Medicina na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa com média de 18 valores (Muito Bom com distinção) Julho 2002 Internato Geral no Hospital Fernando Fonseca (HFF), 8º Curso de Gestão de Unidades de Saúde pela Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais (FCEE), Universidade Católica Portuguesa (UCP), entre Fevereiro a Julho de Janeiro 2003 Junho 2005 Mestrado (MPhil in Management Studies - St Edmund's College) pela Judge Business School, University of Cambridge. Aprovado com distinção. Tese entitulada "Management Education for Medical Students: Perspectives from the UK and Portugal " (Junho 2003). Enquanto Bolseiro do Gates Cambridge Trust Doutoramento (PhD in Management Studies - St Edmund's College) pela Judge Business School, University of Cambridge. Área de investigação: "The use of Mobile Information Communication Technology in Clinical Settings" orientado por Prof. Matthew Jones (Julho 2006). Enquanto Bolseiro da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (BD 8121/2002) Junho 2005 Presente Internato Complementar de Medicina Interna no Serviço de Medicina I (Director: Dr JA Mascarenhas Araújo), Hospital Fernando Fonseca. Mestrado (Master en HIV/SIDA) pela Faculdade de Medicina da Universidade de Barcelona, com a tese: "Late presenters, unnoticed presenters and unsuspicious presenters: heath and economic impacts of anticipated HIV diagnosis" (Junho 2009). Professor Associado Convidado da Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade da Beira Interior, desde 2006 Professor Auxiliar Convidado da Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais, Universidade Católica Portuguesa, desde 2006 Overseas Faculty no curso TEAMS simulation based training in medical Crisis, no ISME em Singapora, desde 2008 Fellow do Cambridge European Trust (2003-Presente) Membro da Comissão Nacional para o Registo de Saúde Electrónico RSE, por despacho conjunto do Ministro de Estado e das Finanças e da Ministra da Saúde, de 15 Dezembro de

61 (RE)CRIANDO A CULTURA PARA A INOVAÇÃO EM SAÚDE: EXPERIÊNCIAS INOVADORAS E CUSTO-EFETIVAS ALEXANDRE CAMPOS É Assistente Convidado na Faculdade de Medicina de Lisboa desde 2009; É Neurocirurgião no Hospital de Santa Maria desde 2009; Foi Fellowship em cirurgia da Epilepsia com o Prof. J. Schramm na University of Bonn - Department of Neurosurgery entre 15/01/2008 e 30/06/2008; Fez o Internato de Neurocirurgia no Hospital de Santa Maria, entre 01/01/2003 e 27/03/2009; Fez o Internato Geral no Hospital Egas Moniz entre 01/01/2001 e 31/12/2002; É licenciado pela Faculdade de Ciências Medicas da UNL, desde PEDRO BEJA AFONSO É licenciado em Organização e Gestão de Empresas (1997) e pós-graduado em Gestão e Economia da Saúde (2002), pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC). Desde de 1997 que desenvolve a sua atividade profissional no sector da saúde, numa primeira fase na Sub-região de Saúde de Coimbra. Integrou a equipa da Agência de Contratualização dos Serviços de Saúde da Administração Regional de Saúde do Centro (1999/2003). Foi diretor do Departamento de Informação Organizacional do Hospital Infante D. Pedro SA (2003/2004), que agregava o Gabinete de Planeamento e Controlo de Gestão e o Serviço de Informática e de Análise de Sistemas. Desempenhou funções de docência, como assistente convidado, na FEUC (2002/2003). Lecionou a componente prática da cadeira de Sistemas de Informação, do Mestrado de Gestão da Informação das Organizações e do MBA em Gestão, na FEUC (2003/2005). Foi vogal executivo do Conselho de Administração do Hospital Infante D. Pedro SA (2004/2005). Integrou o Departamento de Contratualização da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), tendo sido responsável por desenhar e implementar o modelo de contratualização das Unidades de 61

62 (RE)CRIANDO A CULTURA PARA A INOVAÇÃO EM SAÚDE: EXPERIÊNCIAS INOVADORAS E CUSTO-EFETIVAS Saúde Familiar (2005/2008). Como elemento da Equipa Técnica Operacional da ARSC, acompanhou e avaliou as equipas candidatas à constituição de Unidades de Saúde Familiar. Foi vogal executivo do Conselho de Administração do Hospital São Sebastião EPE (2008/2009). Foi vogal executivo do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga EPE (2009/2012), que integra o Hospital São Sebastião, o Hospital de São João da Madeira e o Hospital de Oliveira de Azeméis. Ao longo destes anos, participou em vários projetos de investigação e de consultatoria e fez várias sessões como preletor, nomeadamente, na Escola Nacional de Saúde Pública e na FEUC, sobre o tema contratualização em cuidados de saúde, no âmbito de pós-graduações ou de mestrados relacionados com a área da saúde. Atualmente é assessor do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Centro. 62

63 CONFERÊNCIA ANÁLISE ECONÓMICA DA CONTRACTURA DE DUPUYTREN: CIRURGIA OU ABORDAGEM FARMACOLÓGICA? 14:30-15:30 CONFERÊNCIA ANÁLISE ECONÓMICA DA CONTRACTURA DE DUPUYTREN: CIRURGIA OU ABORDAGEM FARMACOLÓGICA? PRESIDENTE/MODERADORA: CÉU MATEUS PALESTRANTES: MÓNICA INÊS CÉU MATEUS Is assistant professor of Health Economics at the National School of Public Health at University Nova of Lisbon. She worked for the Institute of Management and IT (Ministry of Health) in the Department of Information Systems Development from 1995 until 2000, where she was the Executive responsible for the Financing System/Classification System in Diagnoses Related Groups. She has been involved in several studies of economic evaluation of pharmaceuticals and is currently undertaking studies of inequalities in the treatment in hospital care and variations in clinical practice. She was President of PCS International from 2002 until She is President of the Portuguese Association of Health Economics and one of the founders of the Portuguese Chapter of ISPOR. MÓNICA INÊS Has a BSc in Mathematics Applied to Economics and Management, one year post-graduate course in Economic Evaluation of Pharmaceuticals and a MSc in Applied Econometrics and Forecasting. She has also undertook several specialized pharmacoeconomics and health econometrics short courses at Universities of York, Oxford, Cambridge, Bergen and Glasgow. Her experience of Medical Statistics and Economic Evaluation of Medicines started at INFARMED (Portuguese National Authority of Medicines and Health Products) within the Economics of Medicines 63

64 CONFERÊNCIA ANÁLISE ECONÓMICA DA CONTRACTURA DE DUPUYTREN: CIRURGIA OU ABORDAGEM FARMACOLÓGICA? and Health Products Department ( ), mainly dealing with medicines database management, statistical analysis within economic projects, including Portuguese NHS medicines expenditures forecast. In 2002 she started working at EXIGO, a Portuguese consultancy company specialized in Health Technology Assessment. During this time, she contributed to all stages of several economic evaluation projects to support medicines reimbursement, where the vast majority of the models were developed inhouse. Mónica is Health Technology Assessment & Outcomes Research Manager (HTA/OR) in PFIZER Portugal since 2007 and currently a lecturer of Economic Evaluation of Medicines at Lusophone University of Humanities and Technologies. She has more than 10 years experience leading and executing pharmacoeconomic studies. She also co-supervised Economics and Health Economics MSc students. Additionally, Mónica is a member of several professional organizations, including APES (Portuguese Health Economists Association) and it is one of the founders of the Portuguese Chapter of ISPOR. 64

65 REPOSICIONAMENTO DO HOSPITAL NO CONTEXTO DA SAÚDE 15:45-17:45 MESA VII REPOSICIONAMENTO DO HOSPITAL NO CONTEXTO DA SAÚDE PRESIDENTE: ANA ESCOVAL PALESTRANTE: AVIVA FREUDMANN MODERADORA: MARINA CALDAS PALESTRANTES: HELENA ROSETA ARSISETE SARAIVA JOSÉ MANUEL BOAVIDA COMENTADORES: LUÍS CAMPOS CALDAS DE ALMEIDA MARIA AUGUSTA DE SOUSA BERNARDO VILAS BOAS ANA ESCOVAL Licenciada em Economia (1984), mestre em Ciências Empresariais (1997) e Doutorada em Gestão (2004). Presidente da Direção da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (APDH), desde Coordenadora, em Portugal, do Gabinete HOPE (Federação Europeia dos Hospitais) e da IHF (Federação Internacional dos Hospitais ), desde Docente da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa com a categoria de Professora Auxiliar convidada, desde Administradora Hospitalar de 1ª Classe, provida em lugar de quadro do Hospital de Santa Maria. Diretora Coordenadora da Unidade de Financiamento e Contratualização na Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. (Decreto-Lei n.º 219/2007, de 29 de Maio) e coordenadora do projeto da Contratualização em Saúde de Outubro de 2005 a Janeiro de 2008 no Gabinete do Secretário de Estado. Subdiretora-geral da Saúde, Direcção-Geral da Saúde,

66 REPOSICIONAMENTO DO HOSPITAL NO CONTEXTO DA SAÚDE AVIVA FREUDMANN Location: Frankfurt, Germany JobTitle: Research Director, CEMEA Language: English, German, French, Hebrew, Spanish Country Expertise: Middle East, Western Europe, North America. Specialist Subjects: Financial services, transport and logistics, energy and environment, management practices/corporate organisation. Section: Central & Eastern Europe Department: Country Analysis Background: Aviva has thirty-plus years experience as a business and economics journalist. Previous positions: Managing Editor, CFO Europe; European Central Bank correspondent, Dow Jones Newswires; Editor, Business Middle East; Editorial Director, European Editor, and Canada Bureau Chief, The Journal of Commerce; Associate Editor, Energy Daily. She has an MA, International Economics and Middle East Studies from The Johns Hopkins School of Advanced International Studies (SAIS) and a BA, Political Science from Brown University. MARINA CALDAS Reconhecida como uma das jornalistas mais experientes do ramo da Saúde em Portugal, passou um período da sua vida na Madeira, tendo sido destacada como correspondente do semanário O Jornal. Durante este período trabalhou ainda para o carismático diário DN do Funchal, bem como para a Estação Rádio da Madeira. De regresso ao Continente, após uma década naquela Região autónoma, foi no diário nacional Correio da Manhã que começou a sua especialização na área da Saúde, depois de ter passado pela política Nacional e Internacional no mesmo matutino. A Rádio é uma paixão de que nunca conseguiu desligar-se e, por isso, deu voz aos noticiários da manha na Rádio Capital e na Rádio Press. Iniciou a experiência em televisão no ano 2000 na TV Medicina, onde foi responsável pela apresentação de vários projectos (Imprensa Vista e Revista; Raio-X; Controvérsias em Saúde, etc ). Mais tarde, através da parceria que estabeleceu com a produtora Companhia de Ideias deu início a uma série de trabalhos sobre Saúde nos canais da RTP, dando a cara pelo projecto Haja Saúde (RTP2), Mais Saúde (RTPN); Vida Positiva (RTP1) e Com a Saúde Não se Brinca (RTP N, RTP 2; RTP África e RTP Internacional). Desde 2007 que mantém o magazine semanal da RTPi, Especial Saúde, onde são debatidos os grandes temas da Saúde nas vertentes política, clínica e de gestão, coordenando ainda a revista Gestão Hospitalar. É responsável ainda pela direcção do sector da Saúde da Companhia de Ideias, e podemos ouvi-la semanalmente no programa Elas é que sabem na rádio CNR. 66

67 REPOSICIONAMENTO DO HOSPITAL NO CONTEXTO DA SAÚDE HELENA ROSETA Arquitecta, nascida em 1947, casada, três filhas, sete netos. Foi dirigente estudantil da Juventude Escolar Católica nos anos sessenta e Secretária Geral do antigo Sindicato Nacional dos Arquitectos, cargo que ocupava quando foi detida pela PIDE em Participou com uma tese sobre a habitação no Congresso da Oposição Democrática de Aveiro, em Foi deputada Constituinte pelo PSD (Círculo de Lisboa). Entre 1976 e 1979 foi deputada pelo PSD. Entre 1979 e 1982 foi eleita pela AD (círculo de Setúbal), ano em que renunciou ao mandato por conflito de consciência (caso da amnistia ao PRP-BR). Foi vereadora em Lisboa entre 1976 e 1978 pelo PSD e Presidente da Câmara de Cascais ( ) pelo mesmo partido. Apoiou a candidatura de Mário Soares a Belém em 1986, motivo que a levou a abandonar o PSD. Nesse ano foi Presidente da Comissão do Dia de Camões e das Comunidades Portuguesas. Em 1987 integrou, como independente, as listas para as legislativas do PS, tendo sido eleita e desempenhado o mandato de deputada até Entrou para o Partido Socialista em 1991, tendo sido deputada entre 1995 e 2005, primeiro por Lisboa e depois por Coimbra. Saiu do Partido Socialista em Maio de Tem trabalhos de planeamento e investigação em áreas relacionadas com a qualidade ambiental e a requalificação urbana, desde os primeiros processos de recuperação de bairros clandestinos em Portugal, em Colaborou com Nuno Portas no LNEC em 1970 e no atelier da Rua da Alegria, em Lisboa, até Integrou a equipa inicial da Universidade Nova de Lisboa, com Fraústo da Silva. Trabalhou com Maurício de Vasconcelos e Bruno Soares (recuperação de bairros clandestinos) e Formosinho Sanches (projecto hospitalar). Mais tarde fez parte da direcção da Associação dos Arquitectos Portugueses. Entre 1991 e 1995 participou nas equipas do Plano Director e Plano Estratégico de Lisboa e do Plano Estratégico da Guarda. Publicou, para o IPAMB, em 1995, a Agenda Local do Ambiente. Foi directora de dois jornais ( Povo Livre e Jornal Novo ) e fundadora da Associação Nacional de Municípios Portugueses, em Foi Vice-Presidente da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa em 1981 e 1982, tendo recebido a Medalha de Mérito do Conselho da Europa na sequência da renúncia ao cargo de Deputada em Foi membro activo da Conferência dos Poderes Locais e Regionais do Conselho da Europa desde 1976 até Foi Presidente da Comissão Parlamentar de Integração Europeia, que preparou a entrada de Portugal na União Europeia, entre 1981 e Foi fundadora da IF- Intervenção Feminina e dinamizadora do Movimento Sim pela Tolerância no referendo pela despenalização da Interrupção Voluntária da Gravidez, em Fez parte da comissão que coordenou o movimento nacional a favor de Timor Leste em Foi fundadora do Clube de Política Liberdade e Cidadania, em Entre 1997 e 1998 organizou o espólio de Natália Correia, na qualidade de testamenteira de Dórdio Guimarães, tendo dinamizado várias exposições em 1999 a partir do trabalho realizado. Antes da morte de Natália Correia, em 1993, foi gerente do Bar Botequim, tertúlia literária e política que a poetisa animava no Largo da Graça, em Lisboa. Leccionou na Universidade Lusófona, em Lisboa, entre 1995 e 1997, nas cadeiras de Urbanismo e Cidadania e Urbanismo e Autarquias. 67

68 REPOSICIONAMENTO DO HOSPITAL NO CONTEXTO DA SAÚDE Tem sido convidada como oradora em colóquios e congressos nacionais e internacionais, em matérias relacionadas com a crise urbana em Portugal, na Europa e no mundo. Foi perita da OCDE para a sustentabilidade urbana. Escreve regularmente em revistas e jornais sobre temas que envolvem a participação política, as questões urbanas e os direitos de cidadania, incluindo os direitos das mulheres. Tem participado em debates televisivos sobre os mesmos temas. Publica ensaios na revista Visão e colabora no programa de análise política Frente a frente, da Sic-Notícias. Publicou em 2001 um livro de crónicas, Os dois lados do espelho (duas edições). Foi eleita Presidente do Conselho Directivo Nacional da Ordem dos Arquitectos em 2001 e reeleita em Faz parte da rede de organizações e cidadãos Plataforma artigo 65 - habitação para Participou na campanha de Manuel Alegre para a Presidência da República em Fundadora e dirigente nacional do Movimento de Intervenção e Cidadania ( MIC ) e co-organizadora do livro Conseguir o Impossível - A campanha presidencial de Manuel Alegre contada por quem a viveu, editado em Medalhas e Graus honoríficos: Medalha de Mérito do Conselho da Europa em 1982 e Ordem da Liberdade em 10 de Junho de ARSISETE SARAIVA Presidente da Direção da Associação Nacional de Doentes de Artrite Reumatóide (ANDAR) 68

69 REPOSICIONAMENTO DO HOSPITAL NO CONTEXTO DA SAÚDE JOSÉ MANUEL BOAVIDA José Manuel Pestana Gamboa Boavida, nascido a 04/02/1953, licenciou-se em Medicina em 1978 e especializou-se em endocrinologia em 1988 no Hospital Curry Cabral. Em 1988 começou a trabalhar no Instituto Português de Oncologia, onde implementou a consulta de diabetes para doentes com cancro. Em 2002, graduou-se em Educação Terapêutica pelo Departamento de Educação terapêutica para Doenças Crónicas, dirigido pelo Prof. Jean-Phillipe Assal. Em 1989, coordenou a equipa portuguesa do Estudo Internacional das Complicações em Diabetes - Eurodiab. Iniciou a sua actividade na Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal em Desde 2000, coordenou a realização dos Seminários de Educação em Doenças Crónicas que a APDP organiza anualmente. De 2002 a 2008, assumiu a Direcção Clínica da APDP. Em 2006 foi eleito Presidente do Diabetes Education Study Group (DESG) e integrou o Grupo de Trabalho da Campanha Internacional da UNite for Diabetes para uma Resolução das Nações Unidas sobre a diabetes, em cuja aprovação Portugal teve um papel determinante. Presentemente é Director do Programa Nacional para a Diabetes. MANUEL CALDAS DE ALMEIDA Provedor da Misericórdia de Mora. 69

70 REPOSICIONAMENTO DO HOSPITAL NO CONTEXTO DA SAÚDE MARIA AUGUSTA DE SOUSA Ex-bastonária da Ordem dos enfermeiros. BERNARDO VILAS BOAS Consultor e Assistente Graduado de Medicina Geral e Familiar Médico de Família na USF de Serpa Pinto, da qual foi coordenador de 2000 a 2009 Presidente da USF-AN de 2009 a

71 SESSÃO DE ENCERRAMENTO SESSÃO DE ENCERRAMENTO JOÃO CARVALHO DAS NEVES ANA ESCOVAL JOÃO CARVALHO DAS NEVES Situação actual: Presidente da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS). Professor catedrático, director da pós -graduação e mestrado em Gestão e Avaliação Imobiliária e coordenador da área científica de Finanças no ISEG, que inclui também Banca e Imobiliário; Fundador e managing partner: Zen -Action Business Consulting & Coaching; Colabora com o INSEAD na formação Eblended para executivos «Managing Shareholder Value», desde 2006; Membro do conselho científico do INE para o índice de preços da habitação (desde 2010); Presidente do conselho fiscal da Federação Portuguesa de Judo (desde 1997); Membro do conselho fiscal da FCCN Fundação para a Computação Científica Nacional (desde 2010); Presidente do conselho fiscal do ADVANCE Centro de Investigação Avançada em Gestão do ISEG (desde 2009). Formação base em gestão: Ph.D. (doutorado) em Business Administration pela Manchester Business School, 1992; Diplomado pelo International Management Teacher s Programme, HEC Paris, 1985; Licenciado (1981) e mestre (1985) em Gestão (MBA) pelo ISEG. Acreditações internacionais: Acreditado pelo RICS (Royal Institute of Chartered Surveyors) em gestão e avaliação imobiliária desde Business coach acreditado pela ECA European Coaching Association desde 2009; Coach acreditado pela Multi Health Systems (EUA) em inteligência emocional no método EQi (Emotional Quotient Inventory) desde

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO MODERAÇÃO PEDRO BEJA AFONSO Para além de Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital da Figueira

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

XVII PROGRAMA CIENTÍFICO. 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto. Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual

XVII PROGRAMA CIENTÍFICO. 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto. Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual XVII Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto Presidente de Honra: Prof. Doutor João Barreto Presidente: Dr. José Canas da Silva Secretário

Leia mais

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA FUNDAÇÃO PORTUGUESA A COMUNIDADE CONTRA A SIDA CENTRO DE DIREITO BIOMÉDICO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BIOÉTICA ORDEM DOS MÉDICOS SECÇÃO REGIONAL DO NORTE 5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A

Leia mais

PROGRAMA CIENTÍFICO. 25 e 26 fevereiro 2016. Centro de Congressos de Lisboa. Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha

PROGRAMA CIENTÍFICO. 25 e 26 fevereiro 2016. Centro de Congressos de Lisboa. Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha Presidente Prof. Doutor A. Pacheco Palha Secretários Gerais Dr. José Canas da Silva e Dr. Rui Cernadas Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha 25 e 26 fevereiro 2016 Centro de Congressos de Lisboa

Leia mais

Curriculum Vitae. 1. Informação pessoal. 2. Formação Académica. Júlia Maria Brito Lourenço Marcos Viçoso Ferreira. Telemóvel - 96 7060992

Curriculum Vitae. 1. Informação pessoal. 2. Formação Académica. Júlia Maria Brito Lourenço Marcos Viçoso Ferreira. Telemóvel - 96 7060992 Curriculum Vitae 1. Informação pessoal Júlia Maria Brito Lourenço Marcos Viçoso Ferreira Telemóvel - 96 7060992 Correios eletrónicos julia.ferreira@agr-tc.pt; jvferreira@ualg.pt; juliamf@sapo.pt Nacionalidade

Leia mais

Relatório de Actividades de 2004

Relatório de Actividades de 2004 Relatório de Actividades de 2004 1. Direcção A direcção da ABIC, como é da sua competência, durante o ano de 2004 coordenou e desenvolveu as seguintes actividades no sentido de cumprir o plano de actividades

Leia mais

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Curso Gestão para executivos hospitalares - Uma questão de competitividade Hospitais

Leia mais

A Gestão de. O Caso dos Jogos Sociais

A Gestão de. O Caso dos Jogos Sociais A Gestão de 500 000 000 O Caso dos Jogos Sociais Entrevistas Diretor de Jogo do Casino Estoril, Dr. Artur Mateus Diretor da Eurosondagem, Dr. Rui Oliveira e Costa Diretor do Departamento de Jogos da SCML,

Leia mais

CURSO DE TEMAS CLÍNICOS PARA GESTORES DA SAÚDE

CURSO DE TEMAS CLÍNICOS PARA GESTORES DA SAÚDE CURSO DE TEMAS CLÍNICOS PARA GESTORES DA SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO DE CAPACITAÇÃO 20 novembro a 4 março O diálogo entre gestores e clínicos é fundamental para a implementação das melhores soluções organizacionais

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO I - QUALIFICAÇÕES ACADÉMICAS 1. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1976, com a classificação final de 15 valores. 2. Pós-graduado

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe Curso Coordenação Direção CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe ESEnfCVPOA Mestre Henrique Pereira Código: 3451 Descrição Objetivos Destinatários

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR Curso Coordenação CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR ESEnfCVPOA Manuela Ferreira Código: 7236 Descrição Objetivos Atualmente a especialização e a gestão da formação constituem medidas

Leia mais

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco 1_ DADOS BIOGRÁFICOS E FORMAÇÃO ESCOLAR JAIME DA CUNHA BRANCO, filho de Francisco Rodrigues Branco e de Dorinda Maria da Cunha Claro Branco( ), nasceu em Lisboa,

Leia mais

UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS

UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS 4 www.estesl.ipl.pt UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS PARCERIAS INSTITUCIONAIS PROJETO EM INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA E CUIDADOS

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Carlos José Cadavez Fernando Miguel P. Oliveira Pereira. José Joaquim Costa

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Carlos José Cadavez Fernando Miguel P. Oliveira Pereira. José Joaquim Costa Modelo de Governo O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E, reveste a natureza de entidade pública Empresarial, e foi criado através do Decreto-Lei n.º 50-A/2007 de 28 de Fevereiro,

Leia mais

2 O CICLO MESTRADO PSICOBIOLOGIA

2 O CICLO MESTRADO PSICOBIOLOGIA 2 O CICLO MESTRADO PSICOBIOLOGIA DIRECÇÃO DO CURSO Rui OLIVEIRA Vitor ALMADA DURAÇÃO E ESTRUTURA DO CURSO A parte curricular do curso funciona em horário pós-laboral, excepto no caso dos Seminários Temáticos

Leia mais

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS UMA INICIATIVA INTEGRADA NA: URBAVERDE FEIRA DAS CIDADES SUSTENTÁVEIS ª 7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS ARRENDAMENTO E REABILITAÇÃO: DINAMIZAR O MERCADO, REGENERAR A CIDADE 12 de Abril de

Leia mais

Experiência Profissional em Formação Profissional:

Experiência Profissional em Formação Profissional: Dados Pessoais: Nome: Ana Luísa da Cunha Luís Félix Contacto: Escola Secundária Manuel de Arriaga, Rua Vasco da Gama 9901-859 Telefone/ Fax : 292 202 130 / 292 202 135 Correio electrónico: es.marriaga@dre.raa.pt

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO SISTEMA DE SAÚDE (ACSS) ARS DE LISBOA E VALE DO TEJO, IP ARS DO ALENTEJO, IP ARS DO ALGARVE, IP ARS DO CENTRO, IP ARS DO NORTE, IP CENTRO DE MEDICINA E REABILITAÇÃO DA REGIÃO CENTRO

Leia mais

Professor Auxiliar Convidado Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP)

Professor Auxiliar Convidado Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Nacionalidade VALDEZ FERREIRA MATIAS, VASCO JORGE Portuguesa Data de nascimento 28/09/1953 Endereço Electrónico vjvaldez@gmail.com Contacto Telefónico

Leia mais

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Currículos 1. Membros do Conselho de Administração 1.1. Administradores Executivos 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Ano de Nascimento: 1944 - Licenciatura em Engenharia Aeronáutica e Mecânica

Leia mais

Conversas de Fim de Tarde

Conversas de Fim de Tarde Conversas de Fim de Tarde Promoção da Cultura de Segurança do Doente na Prestação dos Cuidados de Saúde Segurança, Qualidade e Sustentabilidade 10 maio 2013 Texto: Carlos Gamito carlos.gamito@iol.pt Fotografia:

Leia mais

Notas Biobibliográficas

Notas Biobibliográficas Guião de educação. Género e cidadania. Notas Biobibliográficas 333 Guião de Educação. Género e Cidadania 3 ciclo 334 Lisboa, CIG, 2009 NOTAS BIOBIBLIOGRÁFICAS Ângela Rodrigues é doutorada em Ciências da

Leia mais

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30%

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30% Técnicos Especializados da Escola : Agrupamento de Escolas de Santo António, Barreiro Nº Escola : 121216 Data final da candidatura : 214-1-29 Nº Horário : 41 Disciplina Projeto: Gabinete GISP Nº Horas:

Leia mais

MBA em Gestão de Unidades de Saúde. 2ª Edição

MBA em Gestão de Unidades de Saúde. 2ª Edição MBA em Gestão de Unidades de Saúde 2ª Edição Funchal Junho de 2011 CURSO DE GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE Justificação Num contexto de especial complexidade socio-económica, encontram fundamento as preocupações

Leia mais

Seminário Envelhecimento ativo e cidadania

Seminário Envelhecimento ativo e cidadania Seminário Envelhecimento ativo e cidadania - Ano Europeu dos cidadãos 11 de Abril de 2013 No contexto do ano europeu dos cidadãos e passado um ano de atividades e reflexões importa dar a conhecer o trabalho

Leia mais

Nuno Miguel Lopes da Silva

Nuno Miguel Lopes da Silva Nuno Miguel Lopes da Silva Data de Nascimento: 08 de Janeiro de 1974 Local de Nascimento: Portimão Nacionalidade: Portuguesa Estado Civil: Divorciado H A B I L I T A Ç Õ E S L I T E R Á R I A S Formação

Leia mais

CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA. Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964.

CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA. Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964. CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA DADOS PESSOAIS: Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964. Estado civil: solteiro. Trabalha em Lisboa, com escritório na Rua

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome ANJOS, MARIA DO ROSÁRIO PEREIRA CARDOSO EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL De 1991 a 2011 Exercício de Advocacia. Advogada Conselho Distrital da Ordem

Leia mais

1. QUEM SOU 2. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

1. QUEM SOU 2. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL 1. QUEM SOU Nome: Cristina Alexandra Marques Fernandes Morada: Estrada de Benfica, nº 446, 7º Dtº, Lisboa Telemóvel: +351 919 426 797 Data e Local de Nascimento: 13.01.1967, em Lisboa Email: cristina@cristinafernandes.com

Leia mais

Conheça os oradores do Seminário Semana SeguraNet 2015

Conheça os oradores do Seminário Semana SeguraNet 2015 Conheça os oradores do Seminário Semana SeguraNet 2015 Ana Margarida Pires Miranda Poças Marques, natural de Castro Daire, nascida em 29 de agosto de 1951; Licenciou-se em Matemática - Ramo Educacional

Leia mais

SEMINÁRIO. Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição. Fundação Calouste Gulbenkian 15:30. 21 de março de 2013

SEMINÁRIO. Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição. Fundação Calouste Gulbenkian 15:30. 21 de março de 2013 SEMINÁRIO Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição Fundação Calouste Gulbenkian 15:30 Programa do seminário 15:30 - Receção aos participantes 16:00 - Sessão de Abertura Dr. Helena Ávila

Leia mais

António Barros Veloso é licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Coimbra com a classificação final de 15 valores.

António Barros Veloso é licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Coimbra com a classificação final de 15 valores. Curriculum Vitae António Barros Veloso António Barros Veloso é licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Coimbra com a classificação final de 15 valores. Carreira hospitalar Internato Geral

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14320023 ALEXANDRE VAZ MARQUES VASCONCELOS Colocado em 1105 Universidade do Porto - Faculdade de Engenharia 9897 Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geoambiente 13840715 ANA CLÁUDIA DIAS MARTINS

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013 Tendo por aceite que os órgãos de gestão das unidades de saúde devem manter os seus representantes clínicos, mas

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14286394 ALBANO LUIS ANDRADE PEREIRA Não colocado 14388714 ANA BEATRIZ MARTINS MACHADO Colocada em 3133 9104 14371141 ANA CATARINA MOREIRA LEAL Colocada em 7003 14319342 ANA CATARINA SOUSA RIBEIRO Colocada

Leia mais

CURRICULUM VITAE IDENTIFICAÇÃO

CURRICULUM VITAE IDENTIFICAÇÃO CURRICULUM VITAE IDENTIFICAÇÃO NOME: Jorge Ferreira Dias de Figueiredo EMAIL : jfig@oniduo.pt e jfigueiredo@esce.ipvc.pt LOCAL E DATA DE NASCIMENTO: Póvoa de Varzim, 8 de Maio de 1965. FORMAÇÃO ESCOLAR

Leia mais

INFORMAÇÃO PESSOAL Nome

INFORMAÇÃO PESSOAL Nome INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Nacionalidade MARISA ROMERO Portuguesa Data de nascimento 21/03/1978 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Datas (2013 até agora) Entidade Empregadora Psicóloga Coordenadora do Serviço de Psicologia

Leia mais

Relatório de Gestão. Instituto Português de Corporate Governance

Relatório de Gestão. Instituto Português de Corporate Governance Actividades realizadas no exercício de : Publicação do Livro Corporate Governance - Reflexões I da Comissão Jurídica; Contratação de Jurista para Secretário-Executivo do IPCG, com funções de assistência

Leia mais

Patrícia Alexandra Antunes do Carmo Ervilha. Portuguesa 20 De Setembro de 1974

Patrícia Alexandra Antunes do Carmo Ervilha. Portuguesa 20 De Setembro de 1974 INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Patrícia Alexandra Antunes do Carmo Ervilha Morada Rua D. Nuno Álvares Pereira, 18, r/c esq, 2400 196 Leiria Telemóvel 966335990 Correio electrónico Nacionalidade Data de nascimento

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Bacharel em Administração Autárquica pelo Instituto Superior Politécnico Portucalense, com média final de 15 valores (1993);

CURRICULUM VITAE. Bacharel em Administração Autárquica pelo Instituto Superior Politécnico Portucalense, com média final de 15 valores (1993); CURRICULUM VITAE I - Identificação Nome completo: José Manuel Vaz Marta de Sampaio e Melo Local e Data de Nascimento: Chavães Tabuaço, 11 de Janeiro de 1971 Morada Institucional: Instituto Superior de

Leia mais

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é Célio Alberto Alves Sousa Licenciado em Relações Internacionais, Ramo Ciências Económicas e Políticas, pela Universidade do Minho (1994), pós graduado em Gestão Empresarial (1998) e doutorado em Management

Leia mais

Procura de Excelência

Procura de Excelência www.mba.deg.uac.pt Procura de Excelência MASTER IN BUSINESS ADMINISTRATION Mestrado em Gestão (MBA) Secretariado Departamento de Economia e Gestão Rua da Mãe de Deus Apartado 1422 E-mail: mba@uac.pt Tel:

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2014-2016

PLANO DE AÇÃO 2014-2016 MOBILIZAR. INTERVIR. PARTILHAR PLANO DE AÇÃO 2014-2016 Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Delegação Regional do Norte PLANO DE AÇÃO 2014-2016 MOBILIZAR. INTERVIR. PARTILHAR.

Leia mais

na Prevenção das Doenças Cardiovasculares 21 MARÇO AUDITÓRIO DA ESTeSL, LISBOA ORGANIZAÇÃO

na Prevenção das Doenças Cardiovasculares 21 MARÇO AUDITÓRIO DA ESTeSL, LISBOA ORGANIZAÇÃO ORGANIZAÇÃO Programa: 9:00 - Abertura do congresso Custódio César e Lino Mendes 9:15-10:00 - Obesidade, resistência à insulina e disfunção endotelial Sérgio Veloso 10:00-10:45 Papel da dieta na prevenção

Leia mais

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE MBA em Este MBA resulta do protocolo de colaboração estabelecida entre a Escola da APEL e a UAL, e com a participação da Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias. Coordenador Científico

Leia mais

Vogal do Conselho da Caixa Geral de Depósitos, S.A., desde 1 de Outubro de 2004.

Vogal do Conselho da Caixa Geral de Depósitos, S.A., desde 1 de Outubro de 2004. Norberto Emílio Sequeira da Rosa Currículo Data de Nascimento: 3 de Abril de 1955 Cargos que Exerce: Vogal do Conselho da Caixa Geral de Depósitos, S.A., desde 1 de Outubro de 2004. Membro não executivo

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO ECONOMISTA Janeiro, 2006 Rua Marquês de Pombal, Nº 17 7200-389 Reguengos de Monsaraz Telemóvel: +351 964 895 518 jose.calixto@netcabo.pt C URRICULUM VITAE JOSÉ

Leia mais

Nota Curricular Nome: Nome científico: Cargo ocupado Formação académica Área de atividade científica

Nota Curricular Nome: Nome científico: Cargo ocupado Formação académica Área de atividade científica Nome: Maria Margarida Gomes Barbosa dos Santos e Silva Serejo Nome científico: Maria Margarida Santos Silva Cargo ocupado: Investigadora auxiliar e responsável pela área da Entomologia/Acarologia Médica

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL MESA DA ASSEMBLEIA GERAL Informação a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais FRANCISCO XAVIER ZEA MANTERO é natural de Lisboa, onde nasceu em 25 de Dezembro

Leia mais

COORDENADOR AUTORES. Lista de Autores

COORDENADOR AUTORES. Lista de Autores Lista de Autores COORDENADOR Pedro Monteiro Psiquiatra da Infância e Adolescência, com formação em Terapia Familiar, Psicodrama e Terapias Cognitivo-comportamentais; Membro do Núcleo de Doenças do Comportamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março As escolas superiores de enfermagem e de tecnologia da saúde são estabelecimentos de ensino politécnico dotados de personalidade jurídica e de

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E

M O D E L O E U R O P E U D E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Nacionalidade VALDEZ FERREIRA MATIAS, VASCO JORGE Portuguesa Data de nascimento 28/09/1953 Endereço Electrónico vjvaldez@gmail.com

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS

CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS NOMES Raquel Alexandra de Jesus Gil Martins Brízida Castro DATA DE NASCIMENTO 13 de Setembro de 1968 NACIONALIDADE Portuguesa Estado Civil Casada raquelalexandraster@gmail.com;

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome BRUTO DA COSTA, MARIA HELENA Morada Escritório Nº 6, 5º, Avenida Rovisco Pais, 1000-268 Lisboa, Portugal Telefone Escritório: 21 847 79 49; Correio

Leia mais

Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012

Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012 Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012 Enquadramento As sucessivas e dependentes crises financeiras - do subprime e das dívidas soberanas - têm levado

Leia mais

Notas curriculares. Aurélio Rodrigues, nasceu a 05/06/1954, no concelho de Melgaço.

Notas curriculares. Aurélio Rodrigues, nasceu a 05/06/1954, no concelho de Melgaço. Notas curriculares Aurélio Rodrigues, nasceu a 05/06/1954, no concelho de Melgaço. Licenciado em História, pela Universidade do Porto. Doutorando em Políticas Públicas, na Universidade de Aveiro. Especialista

Leia mais

CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO. Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974.

CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO. Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974. 1 CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO ESTUDOS E GRAUS ACADÉMICOS Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974. Concluiu a licenciatura em

Leia mais

NOTA CURRICULAR. Fundadora e membro da Direcção do ICA Instituto de Conciliação e Arbitragem (1990/2005).

NOTA CURRICULAR. Fundadora e membro da Direcção do ICA Instituto de Conciliação e Arbitragem (1990/2005). NOTA CURRICULAR Iva Carla Vieira Angolana Advogada Foi Directora Técnica de uma IPSS, com escopo Assistencial de Menores, entre 1977 e1984. No âmbito da Formação Profissional, exerceu o cargo de membro

Leia mais

Curriculum Vitae. António José Rocha Martins da Silva. (súmula) ajsilva@utad.pt

Curriculum Vitae. António José Rocha Martins da Silva. (súmula) ajsilva@utad.pt Curriculum Vitae (súmula) António José Rocha Martins da Silva ajsilva@utad.pt Setembro de 2013 IDENTIFICAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DADOS PESSOAIS Natural de Chimoio em Vila Pery (Moçambique), 23 de outubro de

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 12 de agosto de 2015. Série. Número 146

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 12 de agosto de 2015. Série. Número 146 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 12 de agosto de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA SAÚDE Despacho n.º 372/2015 Designa no cargo de Chefe do Gabinete, o licenciado Miguel

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Nome(s) próprio(s) / Apelido(s) Teresa Pereira Gonçalves Morada(s) Rua António Silva, nº 31, 3º C, 2725-170 Mem-Martins (Portugal) Telemóvel 916038178 Endereço(s)

Leia mais

Centro de Simulação Biomédica. Serviço de Anestesiologia. Bloco Operatório Central. Hospitais da Universidade de Coimbra CHUC, EPE.

Centro de Simulação Biomédica. Serviço de Anestesiologia. Bloco Operatório Central. Hospitais da Universidade de Coimbra CHUC, EPE. Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra CHUC, EPE. Curso Plano de Formação Avançada: Business Intelligence e o Novo Cliente

Leia mais

www.master ic.com Curso creditado pela Ordem dos Farmacêuticos: Atribuição de 10 créditos

www.master ic.com Curso creditado pela Ordem dos Farmacêuticos: Atribuição de 10 créditos www.master ic.com Curso creditado pela Ordem dos Farmacêuticos: Atribuição de 10 créditos Apresentação O programa está estruturado em três módulos sequenciais, leccionados ao longo de 2 anos, atribuindo

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO. Professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa

C U R R I C U L U M V I T A E JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO. Professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa PROF. DOUTOR J. OLIVEIRA ASCENSÃO C U R R I C U L U M V I T A E DE JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO Professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa PROF. DOUTOR J. OLIVEIRA ASCENSÃO 2 1. Dados Pessoais

Leia mais

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3 Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2 ULS Nordeste é das melhores do país 3 1,2 milhões de euros para investimentos 3 Sessões musicais na Unidade de Cuidados Paliativos 4 UCC de Mirandela

Leia mais

Em 1998 - Licenciatura em Gestão Agrária pela Universidade de Trás-os- Montes e Alto Douro 14 valores.

Em 1998 - Licenciatura em Gestão Agrária pela Universidade de Trás-os- Montes e Alto Douro 14 valores. CARMEM TERESA PEREIRA LEAL DADOS PESSOAIS Local de trabalho: Departamento de Economia, Sociologia e Gestão Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Avenida Almeida Lucena, 1 5000-660 Vila Real cleal@utad.pt

Leia mais

NOVO REGIME JURÍDICO DO ARRENDAMENTO URBANO 30 e 31 Outubro de 2012

NOVO REGIME JURÍDICO DO ARRENDAMENTO URBANO 30 e 31 Outubro de 2012 ALUGA-SE NOVO REGIME JURÍDICO DO ARRENDAMENTO URBANO 30 e 31 Outubro de 2012 HORÁRIO: 09h30 13h30 / 14h30-18h30 LOCAL: Instalações da Serra Lopes, Cortes Martins & Associados Sociedade de Advogados, R.L.

Leia mais

CUIDADOS NACIONAL CONGRESSO CONTINUADOS 2 º. 25 e 26. Nov. 2011 PROGRAMA CIENTÍFICO. Dr. Manuel Lemos. Faculdade de Medicina Dentária, Lisboa

CUIDADOS NACIONAL CONGRESSO CONTINUADOS 2 º. 25 e 26. Nov. 2011 PROGRAMA CIENTÍFICO. Dr. Manuel Lemos. Faculdade de Medicina Dentária, Lisboa 2 º CONGRESSO NACIONAL CUIDADOS CONTINUADOS Presidente de Honra Dr. Manuel Lemos Presidente do Congresso Dr. Manuel Caldas de Almeida 25 e 26. Nov. 2011 Faculdade de Medicina Dentária, Lisboa PROGRAMA

Leia mais

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição Pós-Graduação Leadership & Management 3ª Edição 2010/2011 Leadership & Management Direcção Científica Prof. Doutor José Verissimo Doutora Teresa Passos A Direcção Executiva é partilhada entre o IDEFE e

Leia mais

Carlos Rui Taveira Madeira

Carlos Rui Taveira Madeira CURRICULUM VITAE de Carlos Rui Taveira Madeira Vila Real Dezembro, 2006 ÍNDICE 1. FORMAÇÃO ACADÉMICA 2. ACTIVIDADE PROFISSIONAL 2.1 Percurso Profissional 2.2. Disciplinas Leccionadas na UTAD 2.2.1. Licenciatura

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DO PORTO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ECONOMIA E DA EMPRESA ANO LECTIVO 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DO PORTO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ECONOMIA E DA EMPRESA ANO LECTIVO 2010/2011 UNIVERSIDADE LUSÍADA DO PORTO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ECONOMIA E DA EMPRESA ANO LECTIVO 2010/2011 MARKETING PESSOAL WORKSHOP / 28 OUTUBRO 2010 Decorreu, no

Leia mais

PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP

PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP 7 Maio 10 Horas NÚCLEO DE ESTUDANTES DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS ORGANIZAÇÃO: COM A PARTICIPAÇÃO: Paz, Fragilidade e Segurança A A G E

Leia mais

Secretariado Executivo 2014

Secretariado Executivo 2014 Ciclo de CONFERENCES AT BREAKFAST Secretariado Executivo 2014 01, 02 e 03 de Dezembro. Lisboa Novos Desafios e Estratégias Comunicação Assertiva, PNL, Influência - RP e Branding- Novas Tecnologias- Gestão

Leia mais

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA CIDES EXT. TELEFONE Direção - Doutor Rui Nunes 26845 220426845 Lic. Filipa Santos (Secretariado) 26840 220426840 Doutora Guilhermina Rego 26844 220426844 Mestre Ivone Duarte 26841

Leia mais

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal

22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal 22 e 23 de Setembro de 2014 Funchal Apoios Instituto de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (IDT) Empresa de Electricidade da Madeira ACIF - Associação Comercial e Industrial

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Na Escola Superior de Educação

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Na Escola Superior de Educação IDENTIFICAÇÃO PESSOAL Maria Luísa de Solla Mendes da Fonseca Data de nascimento: 7 de Novembro de 1950 BI nº 6065179 Lisboa Rua Sacadura Cabral, 76, 1ºEsq.- Cruz Quebrada 1495-713 Lisboa Telefone: 965009978

Leia mais

Instituto Universitário da Maia ISMAI DOUTORAMENTO EM PSICOLOGIA - ESPECIALIDADE DE PSICOLOGIA CLÍNICA

Instituto Universitário da Maia ISMAI DOUTORAMENTO EM PSICOLOGIA - ESPECIALIDADE DE PSICOLOGIA CLÍNICA Instituto Universitário da Maia ISMAI DOUTORAMENTO EM PSICOLOGIA - ESPECIALIDADE DE PSICOLOGIA CLÍNICA OBJETIVOS PARA QUÊ? O presente ciclo de estudos visa a obtenção do grau de doutor no ramo especializado

Leia mais

I - EXERCISE IS MEDICINETM

I - EXERCISE IS MEDICINETM I EXERCISE IS MEDICINETM Objectivo Generalização da inclusão do aconselhamento para a actividade física no âmbito do plano terapêutico para a prevenção e o tratamento de doenças, e referenciação quando

Leia mais

Relatório de Atividades da ORPHANET-Portugal 2009-2012

Relatório de Atividades da ORPHANET-Portugal 2009-2012 Relatório de Atividades da ORPHANET-Portugal 2009-2012 ORPHANET-Portugal: Jorge Sequeiros (coordenador nacional) Jorge Pinto Basto (project manager) Sandra Peixoto (information scientist) 26 abril 2012

Leia mais

ÍNDICE [Resumido] 2.Implementação do Sistema de Gestão Ambiental Introdução

ÍNDICE [Resumido] 2.Implementação do Sistema de Gestão Ambiental Introdução CONTEÚDOS Este livro escrito em parceria por 9 co-autores, de entre académicos e profissionais de engenharia, fornece uma ajuda preciosa na aquisição de conhecimentos e de competências, tidas como necessárias

Leia mais

Alunos da ESFMP colocados no Ensino Superior - 1ª Fase

Alunos da ESFMP colocados no Ensino Superior - 1ª Fase Alunos da ESFMP colocados no Ensino Superior - 1ª Fase Nome Estabelecimento de Ensino Superior Curso de Colocação ANA CAROLINA BRANCO COTA Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Sociais e

Leia mais

Tiago João da Costa Santos

Tiago João da Costa Santos Tiago João da Costa Santos Vila Franca do Campo, Junho de 2009 Informações Pessoais Nome: Tiago João da Costa Santos Naturalidade: Lageosa, Oliveira do Hospital Morada: Rua do Penedo, nº 46, 9680-146 Vila

Leia mais

Agrupamento de Escolas Ruy Belo, Sintra. Data final da candidatura : 2014-02-03. Ficheiro gerado em : 06/02/2014 17:02:57.

Agrupamento de Escolas Ruy Belo, Sintra. Data final da candidatura : 2014-02-03. Ficheiro gerado em : 06/02/2014 17:02:57. Nome da Escola : Agrupamento de Escolas Ruy Belo, Sintra Data final da candidatura : 2014-02-03 Disciplina Projeto: Higiene, Saúde e Segurança no trabalho Ficheiro gerado em : 06/02/2014 17:02:57 Nº Candidato

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461 Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461 Através do Decreto -Lei n.º 212/2006, de 27 de Outubro (Lei Orgânica do Ministério da Saúde), e do Decreto -Lei n.º 221/2007, de 29 de Maio,

Leia mais

SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE

SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE Nome Completo: Lino Manuel Martins Gonçalves. Local e Data de Nascimento: Loulé - Portugal, 23 de Setembro de 1960. Estado civil: Casado Nacionalidade: Portuguesa Morada: Rua

Leia mais

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras SEDE Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro, 4 1649-007 LISBOA Telefone: 21 7115000 Fax: 21 7161595 Direcções e Delegações Regionais DIRECÇÃO REGIONAL DO CENTRO Director

Leia mais

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Nome Profissão Instituição A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Adelino Torres Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade

Leia mais

Natureza do curso e perfil da formação

Natureza do curso e perfil da formação 11ª EDIÇão 11ª EDIÇão COORDENAÇÃO CIENTÍFICA Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof. Doutor Sérgio Sousa Natureza do curso e perfil da formação A dinâmica da realidade empresarial e a maximização do contributo

Leia mais

Órgãos Sociais da SATU-Oeiras, E.M., S.A. Triénio 2012-2014. Assembleia Geral. Presidente da Mesa da Assembleia Geral

Órgãos Sociais da SATU-Oeiras, E.M., S.A. Triénio 2012-2014. Assembleia Geral. Presidente da Mesa da Assembleia Geral Assembleia Geral Presidente da Mesa da Assembleia Geral Nome: Jorge Manuel Madeiras Silva Pracana Licenciatura em Direito na Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa. Advogado. Membro de

Leia mais

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010 Cidade da Praia, Cabo Verde A ponte para o futuro Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010

Leia mais

Estabelecimento de ensino diplom a 1 2 3

Estabelecimento de ensino diplom a 1 2 3 Cursos previstos no art. 55.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-ei n.º20/2006, de 31 de Janeiro 1 Cursos de licenciatura, diplomas

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 13897152 ALEXANDRE RIBEIRO DA SILVA Colocado em 0701 9011 11279428 ANA CATARINA MELO DE ALMEIDA Colocada em 0902 14423301 ANA CATARINA VITORINO DA SILVA Colocada em 0604 9229 14306028 ANA JOÃO REMÍGIO

Leia mais

COLOC A Ç ÕES DOS NOSSOS ALUNOS NA 1ª FAS E

COLOC A Ç ÕES DOS NOSSOS ALUNOS NA 1ª FAS E Alexandre Garcia Franco Ana Filipa dos Anjos Soares Ana Filipa Martins Antunes Ana Rita Fragoso Jordão André Daniel Andrade Nunes dos Santos Beatriz Alexandra da Silva Oliveira Beatriz Henriques Xavier

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Correio electrónico Telefone 96 6257803 Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 08/ 06/1976 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Leia mais