Arquitetura de Computadores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Arquitetura de Computadores"

Transcrição

1 Arquitetura de Computadores

2 Apresentação Teóricas Prof. Helder Daniel Gab: 2.66 Práticas Prof. Amine Berquia Gab: 2.?? AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 2 /

3 Programa Práticas (resumido) Introdução Representação de dados Arquitetura MIPS Registos Memória Instruções MIPS Saltos Condições / Ciclos Funções Stack Recursividade Exceções Diretivas Aritmética Lógica / Shift Acesso/escrita de memória I/O AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 3 /

4 Disclaimer As apresentações mostradas nas aulas Praticas não abrangem toda a matéria apresentada. Desta forma os alunos deverão assistir a todas as aulas. Estas apresentações encontram-se na versão beta 0.1, pelo que poderão apresentar algumas incorreções. Agradece-se que esses erros sejam comunicados para que sejam corrigidos. Aceitam-se sugestões para a melhoria das apresentações. AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 4 /

5 Arquitetura de Computadores Definições... a estrutura de um computador que um programador de código máquina tem de entender para escrever corretamente um programa para essa máquina (P&H) Por outras palavras: a parte do conjunto de instruções visível ao programador Descrição lógica dos componentes básicos + operações básicas (do computador) Através de uma Linguagem chamada Assembly AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 5 /

6 Arquitetura de Computadores (2) Todos os processadores têm a mesma arquitetura? Não! As arquiteturas dividem-se em famílias MIPS, PIC, SPARC, Alpha, Motorola, Intel, etc... Cada família têm a sua própria arquitetura Consequentemente, cada arquitetura tem a sua linguagem Assembly ( idioma ) A mesma arquitetura implica o mesmo hardware? Não! AMD e Intel utilizam mesma arquitetura (e.g. x86) ter mesma arquitetura correr mesmos programas AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 6 /

7 Idioma do Computador Para compreender a arquitetura de um computador Aprender o idioma do computador Idioma conjunto de palavras Palavras da linguagem do computador Instruções Idioma do computador Conjunto de instruções Instruction Set Arquitecture (ISA) Parte da arquitetura relacionada com a programação AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 7 /

8 Código Máquina O computador fala binário Instruções em código máquina: É difícil para os humanos ler código máquina Preferimos representar as instruções num formato simbólico chamado: Assembly: add $t0, $t1, $t2 Muito mais simples de ler! AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 8 /

9 Do código fonte ao código máquina Compilar Assemblar Linkar Compilador: tradutor para assembly de cada arquitetura p.ex. com gcc pode-se pedir compilar apenas: gcc -S programa.c Assemblador: produz código máquina (ficheiros objeto.o) Tradução de assembly para código máquina: ASSEMBLAGEM p.ex. com gcc pode-se pedir compilar e assemblar apenas: gcc -c programa.c Não tem ligação às bibliotecas, por isso, não pode ser executado Linkador: Liga os vários ficheiros objeto (com as bibliotecas) e produz o executável Nesta cadeira, vamos trabalhar com compiladores para MIPS32 AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 9 /

10 Camadas do Computador AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 10 /

11 Linguagem Assembly É a visualização da arquitetura de um computador em termos de programação Estudá-la é o mesmo que estudar a arquitetura do processador para o qual se programa Objetivo: conhecer melhor o funcionamento dos computadores AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 11 /

12 Linguagem Assembly (2) Linguagem de baixo nível (mais baixo só binário) Uma instrução Assembly corresponde a uma instrução máquina (Assembly puro) Exemplo de programa em Assembly MIPS (não puro):.data msg_ola:.asciiz "Ola mundo!\n";.text main: la $4, msg_ola li $2, 4 syscall li $2, 10 syscall AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 12 /

13 Linguagem Assembly (3) Não é frequente programar-se em Assembly Os programas são, normalmente, feitos numa linguagem de alto nível (e.g. Java, C) Programas feitos em: Linguagens de alto nível são independentes (supostamente) da máquina onde correm Java são totalmente independentes do processador onde correm Assembly são escritos completamente em função do processador AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 13 /

14 Assembly, para quê? Além dos motivos pedagógicos (arquitetura) A linguagem assembly é ideal para problemas onde a arquitetura do processador precise ser visível Sistemas operativos, compiladores, drivers, gráficos de baixo nível Sistemas Embebidos (principalmente), onde o processador é parte de uma máquina criada para um problema específico AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 14 /

15 MIPS32 Porquê? MIPS: Microprocessor without Interlocked Pipeline Stages É uma arquitetura RISC De todas as ISAs, a MIPS32 é das mais simples Simples = Eficiente Simples = Mais fácil de aprender mais simples que IA32 (A ISA para a arquitetura x86) Abrange os conceitos básicos de qualquer arquitetura mais evoluída AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 15 /

16 Utilizadores de MIPS Routers Cisco, Linksys Sony Playstation 2, e PSP Dispositivos WinCE Telemóveis Tablets etc... AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 16 /

17 Emulação Outra vez: Arquitetura de um processador? Descrição lógica dos componentes e operações básicas Pode ser implementada em hardware ou em software! Em hardware: processador (em silício) Em software: emulador (em execução num computador) Emuladores da arquitetura MIPS: PCSPIM, xspim, MARS, AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 17 /

18 MARS (1) Vamos utilizar o emulador da arquitetura MIPS32, MARS MARS: MIPS Assembler and Runtime Simulator Funciona sobre a JVM (JRE) Pode ser descarregado em: ou na tutoria eletrónica AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 18 /

19 MARS (2) AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 19 /

20 MARS (3) AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 20 /

21 Série de Fibonacci

22 Exercícios Explique em que consiste a Arquitetura de um Computador Diga se computadores com arquiteturas diferentes podem correr programas compilados em arquiteturas diferentes. Explique porquê. Relacione os termos Arquitetura de Computador e Instruction Set Arquitecture Explique o que é a Linguagem Assembly, e como é que esta é, normalmente, produzida? Explique o que é a Emulação, no contexto da cadeira. Descreva o processo pelo qual, um programa escrito numa linguagem de alto nível, tem de passar até poder ser executado num computador. Diga qual a arquitetura que vamos utilizar na cadeira. O que é o MARS? AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 22 /

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Definições... a estrutura de um computador que um programador de código máquina tem de entender para escrever corretamente um programa para essa

Leia mais

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR ORGANIZAÇÃO E ARQUITETURA DE COMPUTADORES I AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação O QUE É UM COMPUTADOR?

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

O estudo da arquitectura de computadores efectua-se com recurso à Abstracção

O estudo da arquitectura de computadores efectua-se com recurso à Abstracção ARQUITECTURA DE COMPUTADORES O estudo da arquitectura de computadores efectua-se com recurso à Abstracção Podemos ver um computador de várias formas. Para um utilizador normalmente o computador é a aplicação

Leia mais

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina Níveis de Abstracção Nível 5 Nível 4 Nível 3 Nível 2 Nível 1 Nível 0 Aplicação Programa de Alto Nível Programa em Assembly Programa em Máquina Micro-programa em de Transferência de Registos Sistema Digital

Leia mais

Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior

Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Meio pelo qual se pode indicar os passos que devem ser realizados pelo computador para resolver problemas; Através da linguagem,

Leia mais

ARQUITECTURA DE COMPUTADORES 2013/2014 2º SEMESTRE

ARQUITECTURA DE COMPUTADORES 2013/2014 2º SEMESTRE ARQUITECTURA DE COMPUTADORES 2013/2014 2º SEMESTRE Objectivos da Disciplina Príncipios gerais da arquitectura de computadores Estrutura e comportamento de um computador Programação em assembly Processadores

Leia mais

Algoritmos Computacionais

Algoritmos Computacionais UNIDADE 1 Processador e instruções Memórias Dispositivos de Entrada e Saída Software ARQUITETURA BÁSICA UCP Unidade central de processamento MEM Memória E/S Dispositivos de entrada e saída UCP UNIDADE

Leia mais

Introdução. (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores

Introdução. (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores Introdução (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores Introdução Arquitetura de Hardware 01- Monitor 02- Placa-Mãe 03- Processador 04- Memória RAM 05- Placas de Rede, Som, Vídeo, Fax... 06- Fonte

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Prof. Eduardo Simões de Albuquerque Instituto de Informática UFG 1o. Semestre / 2006 Adaptado do material do prof. Fábio Moreira Costa Programa e Introdução Assunto do curso

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

Arquitectura e Organização de Computadores

Arquitectura e Organização de Computadores Arquitectura e Organização de Computadores (micro-arquitectura) atributos visíveis ao programador: I.S.A. tamanho da palavra (bits) registos Componentes que realizam a arquitectura: organização do CPU

Leia mais

CPU. Funções: Componentes: Processamento; Controle. UC (Unidade de Controle); Registradores; ALU s, FPU s etc. Arquitetura de Computadores 3

CPU. Funções: Componentes: Processamento; Controle. UC (Unidade de Controle); Registradores; ALU s, FPU s etc. Arquitetura de Computadores 3 CPU CPU Funções: Processamento; Controle Componentes: UC (Unidade de Controle); Registradores; ALU s, FPU s etc. Arquitetura de Computadores 3 Processador A função de um computador é executar tarefas

Leia mais

Organização de Sistemas de Computadores

Organização de Sistemas de Computadores Organização de Sistemas de Computadores Cap. 2 (Tanenbaum), Cap. 3 (Weber) 2.1 Processadores 1 CPU UC = buscar instruções na memória principal e determinar o seu tipo ULA = adição e AND Registradores =

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Linguagens de máquina, linguagens simbólicas e linguagens de alto nível

Linguagens de máquina, linguagens simbólicas e linguagens de alto nível Linguagens de máquina, linguagens simbólicas e linguagens de alto nível 1. Linguagens de máquina Qualquer computador pode entender diretamente apenas sua própria linguagem de máquina. A linguagem de máquina

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 04 - Linguagens de Programação, Interpretador, compilador

Leia mais

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1.

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. Estruturada 2. Orientada a eventos 3. Orientada a objetos d) Sistemas Operacionais

Leia mais

Arquitectura e Organização de Computadores

Arquitectura e Organização de Computadores Arquitectura e Organização de Computadores (micro-arquitectura) atributos visíveis ao programador: I.S.A. tamanho da palavra (bits) registos Componentes que realizam a arquitectura: organização do CPU

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Tecnologia Departamento de Computação e Automação Linguagens de Programação Professor Responsável: Luiz Affonso Henderson Guedes de Oliveira Prof.

Leia mais

Computadores e Programação (DCC/UFRJ)

Computadores e Programação (DCC/UFRJ) Computadores e Programação (DCC/UFRJ) Aula 3: 1 2 3 Abstrações do Sistema Operacional Memória virtual Abstração que dá a cada processo a ilusão de que ele possui uso exclusivo da memória principal Todo

Leia mais

SSC0611 Arquitetura de Computadores

SSC0611 Arquitetura de Computadores SSC0611 Arquitetura de Computadores 7ª Aula Pipeline Profa. Sarita Mazzini Bruschi sarita@icmc.usp.br Arquitetura CISC CISC Complex Instruction Set Computer Computadores complexos devido a: Instruções

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Linguagens de Programação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Tópicos da aula

Leia mais

Linguagens de Programação Classificação

Linguagens de Programação Classificação Classificação Classificação A proximidade que a linguagem de programação tem com a humana determina sua classe (o nível): Linguagem de máquina (primeira geração) Linguagem assembly - de montagem (segunda

Leia mais

Aula Fev-07 Arquitectura de Computadores 2006/07

Aula Fev-07 Arquitectura de Computadores 2006/07 Apresentação Aula 1 26-Fev-07 Arquitectura de Computadores 2006/07 1 - Aula 1 Estrutura desta aula Apresentação da cadeira Objectivos Bibliografia Conhecimentos prévios Estrutura das aulas Avaliação 26-Fev-07

Leia mais

Arquitetura e Organização de computadores

Arquitetura e Organização de computadores Arquitetura e Organização de computadores Aula 1: Organização e evolução de computador, parte 1 Prof. MSc. Pedro Brandão Neto pedroobn@gmail.com Sistemas de Informação - UNDB Introdução Computador Digital

Leia mais

Aula Introdutória. Arquitetura e Organização de Computadores

Aula Introdutória. Arquitetura e Organização de Computadores GBC036 Arq. e Org. de Computadores 1 Aula Introdutória Arquitetura e Organização de Computadores Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Prof. Dr. rer. nat. Daniel D. Abdala Nesta Aula

Leia mais

Organização de um computador. O que é um computador Organização de um computador Arquitectura de von Neumann

Organização de um computador. O que é um computador Organização de um computador Arquitectura de von Neumann Organização de um computador O que é um computador Organização de um computador Arquitectura de von Neumann Execução de um programa Como um computador executa um programa? O que é um computador? E um programa?

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação ICC0001 Prof. Diego Buchinger

Introdução à Ciência da Computação ICC0001 Prof. Diego Buchinger Algoritmos e Linguagens de Programação Introdução à Ciência da Computação ICC0001 Prof. Diego Buchinger Conceitos Básicos Para dizer o que um computador deve fazer devemos programá-lo através de instruções

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Conjunto de Instruções

Arquitetura de Computadores. Conjunto de Instruções Arquitetura de Computadores Conjunto de Instruções Arquitetura do Conjunto das Instruções ISA (Instruction Set Architecture) Traduz para uma linguagem intermediária (ISA) os vários programas em diversas

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores INTRODUÇÃO

Organização e Arquitetura de Computadores INTRODUÇÃO Organização e Arquitetura de Computadores INTRODUÇÃO A Arquitetura de Computadores trata do comportamento funcional de um sistema computacional, do ponto de vista do programador (ex. tamanho de um tipo

Leia mais

Sistemas Embebidos I , Tiago Miguel Dias ADEETC - Secção de Arquitecturas e Sistemas Operativos

Sistemas Embebidos I , Tiago Miguel Dias ADEETC - Secção de Arquitecturas e Sistemas Operativos Sistemas Embebidos I Licenciatura em Eng. de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

Leia mais

Arquitetura e Organização de computadores

Arquitetura e Organização de computadores Arquitetura e Organização de computadores Aula 1: Organização e evolução de computador, parte 2 Prof. MSc. Pedro Brandão Neto, pedroobn@gmail.com Sistemas de Informação - UNDB Introdução 2 Máquinas Multiníveis

Leia mais

Classificação das linguagens de programação

Classificação das linguagens de programação Introdução Linguagem É um meio de comunicação entre pessoas. Faculdade de expressão audível e articulada do homem. Conjunto de sinais falados, escritos ou gesticulados de que se serve o homem para demonstrar

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Parte 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I

Organização e Arquitetura de Computadores I Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Organização e Arquitetura de Computadores I Organização e Arquitetura Básicas

Leia mais

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé Métodos de implementação de linguagens Kellen Pinagé Sumário Métodos de implementação de linguagens Compilação Interpretação pura Híbrido Métodos de implementação de linguagens Principais componentes de

Leia mais

Função Fundamental do SO

Função Fundamental do SO Função Fundamental do SO Gestão do Hardware Uma das funções fundamentais do sistema operativo é gerir os recursos do hardware de um modo o mais transparente possível ao utilizador Recursos principais a

Leia mais

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Prof. Edson Borin 1 o Semestre de 2012 Regras do Curso http://www.ic.unicamp.br/~edson/disciplinas/mc404/2012-1s/ Porque Aprender Linguagem de

Leia mais

Aula 14 Funcionamento de Processadores (Visão específica)

Aula 14 Funcionamento de Processadores (Visão específica) Aula 14 Funcionamento de Processadores (Visão específica) Com base nas aulas de Prof. José Delgado (autorizado) Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@recife.ifpe.edu.br http://dase.ifpe.edu.br/~alsm

Leia mais

Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21

Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21 Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 Professor: Leonardo Gomes leonardog@inf.ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brazil 2016 - Segundo semestre Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21

Leia mais

Mestrado em Engenharia Física Tecnológica

Mestrado em Engenharia Física Tecnológica 2 a Aula - Os Meus Primeiros Programas em C Programação Mestrado em Engenharia Física Tecnológica Samuel M. Eleutério sme@tecnico.ulisboa.pt Departamento de Física Instituto Superior Técnico Universidade

Leia mais

Nível da Arquitetura do Conjunto das Instruções

Nível da Arquitetura do Conjunto das Instruções Nível da Arquitetura do Conjunto das Instruções (Aula 11) Visão Geral do Nível ISA Antes de deixarmos o hardware (1) 8 2 Antes de deixarmos o hardware (2) 3 ISA (Instruction Set Architecture) Arquitetura

Leia mais

Aula 06 - Máquina Multinível e Von Neumann

Aula 06 - Máquina Multinível e Von Neumann Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Instalação e Organização de Computadores Aula 06 - Máquina Multinível e Von Neumann Prof. Diego Pereira

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2)

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2) Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Sistemas Operacionais (SOP A2) Conceitos de Hardware e Software Referências: Arquitetura de Sistemas Operacionais. F. B. Machado, L. P. Maia. Editora

Leia mais

Sistemas Operacionais. Conceitos de Hardware e Arquitetura de computadores

Sistemas Operacionais. Conceitos de Hardware e Arquitetura de computadores Sistemas Operacionais Conceitos de Hardware e Arquitetura de computadores Arquitetura de Von Neumann Criada em 1945 Memória Unidade Lógica-Aritmética Unidade de Controle Entrada e Saída Um desktop atual

Leia mais

Ferramentas Programação. UDESC - Prof. Juliano Maia 1

Ferramentas Programação. UDESC - Prof. Juliano Maia 1 Ferramentas Programação UDESC - Prof. Juliano Maia 1 Índice Seção 1 Linguagens de Programação Seção 2 Interpretador Seção 3 Compilador / Linkeditor Seção 4 Ambientes de Desenvolvimento UDESC - Prof. Juliano

Leia mais

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES A UNIDADE LÓGICA ARITMÉTICA E AS INSTRUÇÕES EM LINGUAGEM DE MÁQUINA

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES A UNIDADE LÓGICA ARITMÉTICA E AS INSTRUÇÕES EM LINGUAGEM DE MÁQUINA ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES A UNIDADE LÓGICA ARITMÉTICA E AS INSTRUÇÕES EM LINGUAGEM DE MÁQUINA Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-2 Objetivos Conhecer o processador Compreender os registradores

Leia mais

Linguagem Técnica I. Prof. Jonatas Bastos

Linguagem Técnica I. Prof. Jonatas Bastos Linguagem Técnica I Prof. Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmail.com 1 Objetivo da Disciplina p Entender os conceitos da programação orientada a objetos; p Aplicar conceitos básicos relativos a objetos

Leia mais

Introdução à Computação para Engenharia MAC2166 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP. Aula 1 Introdução à Computação

Introdução à Computação para Engenharia MAC2166 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP. Aula 1 Introdução à Computação Introdução à Computação para Engenharia MAC2166 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP Aula 1 Introdução à Computação Eventos históricos: 1) Primeiro computador a válvulas, o Eletronic Numeric Integrator And

Leia mais

PARTE II - CONJUNTO DE INSTRUÇÕES ARQUITETURA DE COMPUTADORES ANTONIO RAMOS DE CARVALHO JÚNIOR

PARTE II - CONJUNTO DE INSTRUÇÕES ARQUITETURA DE COMPUTADORES ANTONIO RAMOS DE CARVALHO JÚNIOR PARTE II - CONJUNTO DE INSTRUÇÕES ARQUITETURA DE COMPUTADORES ANTONIO RAMOS DE CARVALHO JÚNIOR Introdução Instruções são representadas em linguagem de máquina (binário) E x i s t e m l i n g u a g e n

Leia mais

Bruno Ribeiro da Silva. A adaptação de um sistema operacional para a execução em uma diferente arquitetura

Bruno Ribeiro da Silva. A adaptação de um sistema operacional para a execução em uma diferente arquitetura Bruno Ribeiro da Silva A adaptação de um sistema operacional para a execução em uma diferente arquitetura Universidade Federal de Santa Catarina Florianópolis, Fevereiro de 2007 1 Bruno Ribeiro da Silva

Leia mais

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE. Professora: Isabela C. Damke

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE. Professora: Isabela C. Damke TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE Professora: Isabela C. Damke isabeladamke@hotmail.com Linguagem de Programação Uma linguagem de programação é um conjunto de símbolos (

Leia mais

Introdução ao Assembly usando o Simulador SPIM

Introdução ao Assembly usando o Simulador SPIM Arquitectura de Computadores 2004 / 2005 Introdução ao Assembly usando o Simulador SPIM Guia dos Laboratórios Departamento de Matemática e Engenharias Universidade da Madeira Planeamento dos Laboratórios:

Leia mais

Aula 1: Apresentação do Curso

Aula 1: Apresentação do Curso Aula 1: Apresentação do Curso Diego Passos Universidade Federal Fluminense Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Diego Passos (UFF) Apresentação do Curso FAC 1 / 30 Estrutura da Disciplina Diego

Leia mais

Construção de Compiladores. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2014.

Construção de Compiladores. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2014. Construção de Compiladores Capítulo 1 Introdução José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2014.2 1/22 1 Linguagens de programação 2 Compilação 2/22 Tópicos 1

Leia mais

14/3/2016. Prof. Evandro L. L. Rodrigues

14/3/2016. Prof. Evandro L. L. Rodrigues SEL 433 APLICAÇÕES DE MICROPROCESSADORES I SEL-433 APLICAÇÕES DE MICROPROCESSADORES I Prof. Evandro L. L. Rodrigues Tópicos do curso Conceitos básicos - Aplicações e utilizações dos microcontroladores

Leia mais

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação COMO UM PROGRAMA ESCRITO

Leia mais

Montador (assembler)

Montador (assembler) Montador (assembler) Linguagem Assembly Linguagem de máquina Montador (assembler) Traduz um programa fonte em linguagem de montagem (linguagem assembly) em um módulo-objeto (em linguagem de máquina) não

Leia mais

Arquitetura e organização de computadores Uma visão geral

Arquitetura e organização de computadores Uma visão geral Arquitetura e organização de computadores Uma visão geral MAC 344 - Arquitetura de Computadores Prof. Siang Wun Song Baseado em W. Stallings - Computer Organization and Architecture Objetivo do disciplina

Leia mais

Programação de Computadores IV. Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1

Programação de Computadores IV. Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1 Programação de Computadores IV Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins simone@ic.uff.br SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1 Arquitetura de programação 2 O Que é um Dado? Dado é o elemento

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Introdução a Linguagens de Programação Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Seis Camadas Problema

Leia mais

Introdução ao Python. Programa Computacional

Introdução ao Python. Programa Computacional Programa Computacional É um algoritmo escrito em uma linguagem computacional (C, Fortran, Pascal, MATLAB, Python, etc.). É a tradução do algoritmo para uma linguagem que será interpretada pelo computador.

Leia mais

Conjunto de Instruções e Arquitectura p.1

Conjunto de Instruções e Arquitectura p.1 Conjunto de Instruções e Arquitectura Luís Nogueira luis@dei.isep.ipp.pt Departamento Engenharia Informática Instituto Superior de Engenharia do Porto Conjunto de Instruções e Arquitectura p.1 Organização

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA Informática Aplicada 2009.2 Campus Angicos LISTA DE EXERCÍCIOS 01 Professor: Araken de Medeiros Santos INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES AULA 03 PROFº RITIELLE SOUZA DISTRIBUIÇÃO LÓGICA DISTRIBUIÇÃO LÓGICA Arquitetura de Von Neumann Uma unidade central de processamento recebe informações através de uma unidade

Leia mais

O Funcionamento do Processador

O Funcionamento do Processador O Funcionamento do Processador Arquiteturas para Alto Desmpenho Prof. pauloac@ita.br Sala 110 Prédio da Computação www.comp.ita.br/~pauloac Os cinco componentes clássicos de um Computador - Controle O

Leia mais

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Linguagens de Programação Linguagens de Programação Uma

Leia mais

SEL-433 APLICAÇÕES DE MICROPROCESSADORES I

SEL-433 APLICAÇÕES DE MICROPROCESSADORES I SEL 433 APLICAÇÕES DE MICROPROCESSADORES I SEL-433 APLICAÇÕES DE MICROPROCESSADORES I Apresentação do curso Critério de avaliação Média final = 0.8 * MP + 0.2 * ME onde MP = (P1 + P2) / 2 e ME = Notas

Leia mais

Computadores e Programação (DCC/UFRJ)

Computadores e Programação (DCC/UFRJ) Computadores e Programação (DCC/UFRJ) Aula 6: 1 2 3 A necessidade dos programadores escreverem código em linguagem de montagem tem mudado ao longo dos últimos anos: de um programador capaz de escrever

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES

ARQUITETURA DE COMPUTADORES ARQUITETURA DE COMPUTADORES Tema: Máquinas multiníveiscontemporâneas: Nível de linguagem de montagem. Alunos: RA: TURMA: Maikon Quirino dos santos C70JJI-5 SI5P30 José de Ribamar C65548-1 SI5P30 Silvana

Leia mais

Organização de computadores. Aula 05

Organização de computadores. Aula 05 Organização de computadores Aula 05 2 Níveis de um computador Computadores possuem uma série de níveis Cada um construído sobre seus antecessores Cada um representa uma abstração distinta com diferentes

Leia mais

sumário 1 bases numéricas 1 2 sistemas de numeração em computação introdução representação de números... 3

sumário 1 bases numéricas 1 2 sistemas de numeração em computação introdução representação de números... 3 sumário 1 bases numéricas 1 1.1 introdução... 2 1.2 representação de números... 3 1.3 transformação entre bases... 4 1.3.1 método polinomial...4 1.3.2 método de subtrações...5 1.3.3 método das divisões...6

Leia mais

Infra-Estrutura de Hardware

Infra-Estrutura de Hardware Infra-Estrutura de Hardware Prof. Wilton O. Ferreira Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE 1 Semestre/2012 Conjunto de Instruções Conteúdo Operações do Hardware do Computador Representando Instruções

Leia mais

Organização de Computadores 2005/2006

Organização de Computadores 2005/2006 GoBack 2005/2006 Paulo Ferreira paf a dei.isep.ipp.pt Fevereiro de 2006 Docentes Avaliação Pontos importantes Trabalho Apresentação do trabalho ORGC Apresentação da disciplina slide 2 Docentes Docentes

Leia mais

SSC0611 Arquitetura de Computadores

SSC0611 Arquitetura de Computadores SSC0611 Arquitetura de Computadores 2ª e 3ª Aulas Arquitetura MIPS: ISA, Formato das instruções e Modos de endereçamento Profa. Sarita Mazzini Bruschi sarita@icmc.usp.br 1 Arquitetura MIPS MIPS: Microprocessor

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Introdução à Programação (PG) Docente: Pedro Viçoso Fazenda (pfazenda@cedet.isel.ipl.pt) Professor Responsável: Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt)

Leia mais

Processadores Características (Introdução)

Processadores Características (Introdução) Processadores Características (Introdução) Aplicações de Microprocessadores Organização de sistema com microprocessador Memória Programa CPU Memória Dados D0:31 A0:31 I/O I/O Barramentos 2 2 Vários Sistemas

Leia mais

3. Linguagem de Programação C

3. Linguagem de Programação C Introdução à Computação I IBM1006 3. Linguagem de Programação C Prof. Renato Tinós Departamento de Computação e Matemática (FFCLRP/USP) 1 Principais Tópicos 3. Linguagem de programação C 3.1. Conceitos

Leia mais

Sistemas Operacionais I

Sistemas Operacionais I Sistemas Operacionais I Revisão de conceitos Sistemas Operacionais I Dionisio Gava Junior Componentes básicos Componentes Básicos da Tecnologia da Informação Hardware CPU, Memória e Periféricos de E/S.

Leia mais

O Funcionamento do Processador

O Funcionamento do Processador O Funcionamento do Processador Arquiteturas para Alto Desmpenho Prof. pauloac@ita.br Sala 110 Prédio da Computação www.comp.ita.br/~pauloac Os cinco componentes clássicos de um Computador - Controle O

Leia mais

Makefiles O que é mak a efi f le make

Makefiles O que é mak a efi f le make O que é O makefile é um arquivo para configuração de compilação utilizado pelo programa make, cuja ideia é simplificar e agilizar a compilação de programas. Vantagens e uso Evita a compilação de arquivos

Leia mais

7 Mecanismos de gestão de memória. Prof. Ricardo Silva

7 Mecanismos de gestão de memória. Prof. Ricardo Silva 7 Mecanismos de gestão de memória Prof. Ricardo Silva Introdução Um programa reside no disco sob a forma de ficheiro executável Para ser executado, o programa tem de ser colocado em memória e associado

Leia mais

Exercícios resolvidos (aula de 4 de Maio) Resolução:

Exercícios resolvidos (aula de 4 de Maio) Resolução: Exercícios resolvidos (aula de 4 de Maio) 1. Um microprocessador gera endereços de memória de 14 bits. Desenhe um mapa de memória dos seus endereços de memória fronteira especificados em hexadecimal. Uma

Leia mais

Informática I. Aula 14. Aula 14-10/10/2007 1

Informática I. Aula 14.  Aula 14-10/10/2007 1 Informática I Aula 14 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 14-10/10/2007 1 Ementa Noções Básicas de Computação (Hardware, Software e Internet) HTML e Páginas Web Internet e a Web Javascript

Leia mais

Compiladores. Introdução à Compiladores

Compiladores. Introdução à Compiladores Compiladores Introdução à Compiladores Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução (1/2) O meio mais eficaz de comunicação entre pessoas é a linguagem (língua ou idioma). Na programação de computadores, uma linguagem

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Linguagem de Montagem e Linguagem de Máquina Givanaldo Rocha de Souza http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br Conceitos básicos Linguagem/código

Leia mais

16/8/2010. A arquitetura de um sistema computacional representa o modelo da organização e funcionamento de um sistema de processamento

16/8/2010. A arquitetura de um sistema computacional representa o modelo da organização e funcionamento de um sistema de processamento Arquitetura de es Organização de um Sistema Computacional Prof. Marcos Quinet Universidade Federal Fluminense P.U.R.O. Introdução A arquitetura de um sistema computacional representa o modelo da organização

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais CAP 2: Conceitos de Hardware e Software Prof. MSc. Diego R. Moraes diegorm@anhanguera.com Download de todo conteúdo da disciplina https://sites.google.com/site/diegorafaelmoraes/downloads

Leia mais

Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado

Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado (rep.) Conceitos iniciais Computador Um computador é genericamente uma máquina programável capaz de receber, processar, e fornecer informação. Computador

Leia mais

1 Introdução à Programação O que é? Para que serve?... 1

1 Introdução à Programação O que é? Para que serve?... 1 Nesta aula... Conteúdo 1 Introdução à Programação 1 1.1 O que é?................................. 1 1.2 Para que serve?............................. 1 2 Linguagens de programação 2 2.1 Programação estruturada........................

Leia mais

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Sistemas Operacionais II Prof. Gleison Batista de Sousa Aula 01 Revisão de SO Linux Prof. Gleison Batista de Sousa Objetivos - Ter conhecimento sobre os diversos módulos que compõem um sistema operacional

Leia mais

Informática I. Aula 9. Aula 9-17/05/2006 1

Informática I. Aula 9.  Aula 9-17/05/2006 1 Informática I Aula 9 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 9-17/05/2006 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Análise de Dados em Oc. Física

Análise de Dados em Oc. Física Análise de Dados em Oc. Física Aula 1 - Introdução Paulo S. Polito, Ph.D. polito@usp.br Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo P. S. Polito (IOUSP) Análise de Dados em Oc. Física 1 / 26 Roteiro

Leia mais

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto Computadores Digitais 2 Linguagens de Programação DEL-Poli/UFRJ Prof. Miguel Campista Informações Gerais E-mail: rodsouzacouto@ieee.org Página da disciplina: http://www.lee.eng.uerj.br/~rodrigo/compdig2

Leia mais

Estrutura e funcionamento básico de um computador

Estrutura e funcionamento básico de um computador Estrutura e funcionamento básico de um computador O que é um computador? Um computador é uma máquina composta por um conjunto de dispositivos electrónicos e electromecânicos capazes de processar informação.

Leia mais

Sistemas Digitais e Arquitectura de Computadores

Sistemas Digitais e Arquitectura de Computadores Ano Letivo 2013/2014 Planificação Anual Resumida Sistemas Digitais e Arquitectura de Computadores 12ºAno João Paulo Portela Araújo Elenco Modular e Cronograma Geral Sistemas Digitais e Arquitetura de Computadores

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Organização de es ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Curso: Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Ano: 2011 Índice Objetivo do curso Evolução histórica Introdução a Linguagens de Nível Linguagens de

Leia mais

Sistemas Operacionais. Visão Geral

Sistemas Operacionais. Visão Geral Sistemas Operacionais P R O F. B R U N O A L B U Q U E R Q U E S C R I G N O L I Visão Geral Organização da Apresentação Introdução Componentes de um Sistema de Computação Conceito de SO Objetivos de um

Leia mais