Fabricio Pires Vasconcellos 1 Diogo de Freitas Nunes 2 Wellington Machado Fernandes 3

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fabricio Pires Vasconcellos 1 Diogo de Freitas Nunes 2 Wellington Machado Fernandes 3"

Transcrição

1 Os Principais Benefícios da Utilização do.net Framework no Processo de Desenvolvimento de Software The Key Benefits of Using the. NET Framework in the Software Development Process Los principales benefícios del uso de la. NET Framework em elproceso de desarrollo de software Fabricio Pires Vasconcellos 1 Diogo de Freitas Nunes 2 Wellington Machado Fernandes 3 Resumo: Este artigo tem como objetivo descrever os principais benefícios de se utilizar o.net Framework em um projeto de software, demonstrando de forma resumida as principais funcionalidades da ferramenta e a sua evolução ao longo dos anos. Com o crescente avanço tecnológico que se tem hoje em dia é preciso que as ferramentas de desenvolvimento de software sejam cada vez mais eficientes e robustas para suprir as necessidades dessa evolução na área de desenvolvimento de sistemas. Trata-se nesse artigo de uma pesquisa do tipo exploratória, que utilizou como técnica a pesquisa bibliográfica. Palavras-chave: dotnet, Framework, Software. Abstract:This paper aims to describe the main benefits of using the NET Framework for your software project, showing a summary of the main features of the tool and its evolution over the years.. With the increasing technological advancement that has nowadays it is necessary for software development tools are increasingly efficient and robust to meet the needs of such developments in the area of systems development. It is in an exploratory research, which utilized as the technical literature article. Keywords: NET. Framework. Software. Resumen: Este artículo tiene como objetivo describirlosprincipalesbeneficios de usar el NET Framework para suproyecto de software, que muestraunresumen de lasprincipales características de laherramienta y suevolución a lo largo de losaños.. Conel avance tecnológico cada vez mayor que tienehoy em díaesnecesario que lasherramientas de desarrollo de softwareson cada vez más eficiente y robusto para satisfacerlasnecesidades de este tipo de desarrollosenel área de desarrollo de sistemas. Está en una investigaciónexploratoria, que utilizó como el artículo bibliografía técnica. Palabras clave: NET. Framework.Software. 1 - INTRODUÇÃO O presente artigo tem como objetivo principal demonstrar os principais benefícios em se utilizar o.net Framework durante no processo de desenvolvimento de software. 1 Professor da Faculdade de Tecnologia Infórium. Mestre em Sistemas de Informação e Gestão do conhecimento. 2 Graduando em Sistemas de Informação pela Faculdade Infórium de Tecnologia. 3 Graduando em Sistemas de Informação pela Faculdade Infórium de Tecnologia.

2 Considera-se neste estudo, como sendo benefício todo o recurso, ou vantagem, que o.net Framework possa vir a oferecer durante o processo de desenvolvimento de software que reflita de forma positiva no produto gerado. Seja este benefício uma melhoria na qualidade do software, uma redução no tempo de desenvolvimento, uma maior curva de aprendizado referente à tecnologia, uma maior quantidade de mão de obra disponível no mercado ou, até mesmo, a redução de custos com a tecnologia utilizada. Com a rápida expansão dos meios de desenvolvimento de software e da internet mediante a evolução tecnológica surgiram diversas ferramentas que são utilizadas atualmente em larga escala durante o processo de desenvolvimento de software, dentre elas está o.net Framework. Delimitou-se o tema deste artigo a uma análise dos principais benefícios e recursos oferecidos pelo.net Framework. O objetivo geral é reunir informações que possam apresentar os principais benefícios e recursos fornecidos pelo.net Framework durante o processo de desenvolvimento de software, mostrando também a evolução da tecnologia ao longo dos anos. A pergunta de pesquisa se relaciona ao fato de saber quais as vantagens um desenvolvedor ou empresa poderá ter se aderir ao.net Framework caso apresente alguma dúvida na escolha da tecnologia relacionada ao desenvolvimento de seu software. Este estudo justifica-se pela importância da escolha da tecnologia utilizada no período do desenvolvimento de um software e pelo crescimento constante da popularidade do.net Framework em diversas empresas, tendo o foco de apresentar os benefícios da tecnologia de modo a ressaltar possíveis motivos que podem levar a adesão do.net Framework no processo de desenvolvimento. Trata-se de uma pesquisa do tipo exploratória para a qual busca-se apresentar uma base conceitual e teórica sobre o objeto de estudo, utilizando-se como técnica a pesquisa bibliográfica.

3 2 - DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Segundo Pressman (2006), softwarecontempla programas que executam em computador de qualquer tamanho e arquitetura. No entanto, o softwareatualmente é parte essencial para a obtenção de informação, produto que está cada vez mais presente no mundo competitivo e globalizado. Então,os sistemas computacionais transformam dados em informações para serem mais úteis em cada contexto. Para a construção de um bom software, como qualquer outro produto de sucesso no mercado, deve-se aplicar um processo ágil e adaptável a mudanças que leva a um resultado de alta qualidade e satisfaz as necessidades dos usuários(pressman, 2006). Figura 1 Introdução aos sistemas e tecnologias de informação. Fonte: Adaptado de REI, Quando referimos à qualidade de software, estamos falando de qualidade produto. Para mensurar se um software atende a necessidade do usuário, segundo Falbo (2005), devemos nos atentar a múltiplas facetas (perspectiva de

4 usuário, desenvolvedor e cliente) e que envolve diferentes características (por exemplo, usabilidade, confiabilidade, eficiência, manutenabilidade, portabilidade, segurança, produtividade). Um exemplo seria o sistema de tráfego aéreo. Ele tem de ser muito mais eficiente e confiável do que um editor de textos. Por outro lado, um software educacional a ser usado por crianças deve primar muito mais pela usabilidade do que um sistema de venda de passagens aéreas a ser operado por agentes de turismo especializados. (FALBO, 2005). Para garantir eficiência e qualidade no desenvolvimento de um software, surge o conceito de DesigPatterns. O uso dessas técnicas de arquitetura,ajuda a evitar problemas não detectados até evitar problemas não detectados até suaimplementação, além de reaproveitar técnicas melhora a qualidade do código e previne maiores problemas. 3 - O.NET FRAMEWORK O.NET Framework se resume em um conjunto de tecnologias e bibliotecas que auxiliam o desenvolvedor durante a fase de desenvolvimento do projeto, fornecendo também uma certa integração entre tecnologias que utilizem o framewok. Segundo a Microsoft (2005), define-se.net Framework: O.NET Framework é um ambiente de tempo de execução gerenciado, o tempo de execução consiste em uma linguagem comum, que fornece gerenciamento de memória e outros serviços do sistema, contudo,administra também uma extensa biblioteca de classe, que permite aos programadores aproveitar ao máximo o código robusto e confiável de todas as principais áreas de desenvolvimento de aplicativos. O.NET Framework proporciona uma variedade de serviços para os diversos aplicativos em execução. Ele consiste em dois principais componentes, que são: o Common LanguageRuntime (CLR), que é o mecanismo de execução e manipula os aplicativos que estão em execução e a biblioteca de classes do.net Framework, que fornece uma biblioteca de código testado e, reutilizável que os desenvolvedores podem chamar a partir dos seus próprios aplicativos (MICROSOFT, 2005). Abaixo o modelo de arquitetura do.net Framework.

5 Figura 2 - Movendo aplicativos Java para. NET. Fonte: MICROSOFT, COMPILAÇÃO Ao compilar um código, gera-se um arquivo compilado para a linguagem intermediaria, MSIL - Microsoft IntermediateLanguage. Esse arquivo é chamado de Assembly, podendo ter duas extensões: EXE ou DLL. (VAMBERTO, 2012). Após o arquivo ser executado, o JIT - Just-In-Time converte o programa em código de máquina para ser rodado sobre o Sistema Operacional - SO - em que o CLR Common LanguageRuntime - está rodando. (VAMBERTO, 2012, p.7) Desta forma surge a portabilidade, o MSIL gera o mesmo Assembly para qualquer plataforma que tiver o CLR, que por sua vez converte o arquivo para código de máquina compatível com o SO (Ex. Windows, Linux, MacOS, etc). (VAMBERTO, 2012)

6 3.2. VISUAL STUDIO.NET O Visual Studio é uma IDE IntegratedDevelopmentEnvironment - de desenvolvimento criado pela Microsoft com o objetivo de auxiliar na construção de aplicativos. Esta ferramenta engloba uma completa serie de funcionalidades, desde modeladores que auxiliam na composição visual dos mais complexos sistemas corporativos até a instalação dasaplicações nos menores dispositivos. AtualmenteaultimaversãolançadadoVisual Studio é a 2013 com.net Framework 4.5. Elaapresentaferramentas para desenvolvimento de múltiplas plataformas e acesso a aplicações na nuvem por meio de autenticação. Uma das principais vantagens de se utilizar esta IDE éa flexibilidade de desenvolver aplicativos e sistemas que antes só poderiam ser editados em ambientes dos concorrentes agora poderá ser desenvolvido dentro do próprio Visual Studio além da manipulação de conteúdo na nuvem que vem amplamente sendo adotado pelo mundo tecnológico como forma de acesso a aplicações e armazenamento de dados. (ALVES, 2013). Figura 3 - Visual Studio Ultimate 2013 com MSDN (Novo). Fonte: MICROSOFT 4, <http://www.visualstudio.com/products/visual-studio-ultimate-with-msdn-vs>

7 4 - O.NET FRAMEWORK E SEUS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS São muitos os benefícios da utilização do framework. Dentre os principais, podemos citar no quadro 1 quais os ganhos no uso e na aplicação dos métodos propostos. Quadro 1: Os serviços que o.net Framework oferece aos aplicativos em execução. CARACTERÍSTICA DESCRIÇÃO - Gerenciar memória Em várias linguagens de programação, os programadores são os responsáveis por alocar e liberar memória e a manipular por tempo de vida do objeto. Em aplicativos.net Framework, o CLR fornece esses serviços em nome do aplicativo. - Um sistema do tipo comum Nas linguagens de programação tradicionais, os tipos básicos são definidos pelo compilador, o que de certa forma complica a interoperabilidade entre linguagens. No.NET Framework, os tipos básicos são definidos pelo tipo do sistema.net Framework e são de uso comum em todas as linguagens que direcionam o.net Framework. - Uma biblioteca abrangente de classe Ao invés de escrever uma grande quantidade de código a fim de lidar com operações de programação comuns em baixo nível, os programadores podem usar facilmente uma biblioteca de tipos a partir da Biblioteca de Classes do.net Framework. - Frameworks de desenvolvimento e tecnologias O.NET Framework inclui bibliotecas de áreas específicas do desenvolvimento de aplicativos, como o ASP.NET para aplicativos da Web, o ADO.NET para acesso aos dados e o WindowsCommunicationFoundation para aplicativos orientados para serviços. - Interoperabilidade entre linguagens Os compiladores de linguagens direcionados para o.net Framework emitem um código intermediário chamado de Common IntermediateLanguage (CIL), que, por sua vez, é compilado em tempo de execução pela Common LanguageRuntime (CLR). Com este recurso, as rotinas que foram escritas em uma linguagem tornam-se acessíveis em outras linguagens e, os desenvolvedores podem manter o seu foco na criação de aplicativos em suas linguagens preferenciais.

8 - Compatibilidade de versões Com raras exceções, os aplicativos desenvolvidos com o uso de uma versão específica do.net Framework podem ser executados sem modificação em uma versão posterior. - Execução lado a lado O.NET Framework ajuda a resolver conflitos de versão permitindo que várias versões do CLR existam no mesmo computador. Isso significa que várias versões dos aplicativos também podem coexistir e que um aplicativo pode ser executado na versão do.net Framework com a qual foi compilada. - Multiplataforma Segmentando a Biblioteca de Classes Portátil do.net Framework, os desenvolvedores podem criar assemblies que funcionam em várias plataformas do.net Framework, como o Windows 7, o Windows 8, o Windows Phone 7 e o Xbox 360. Fonte: Adaptado de MICROSOFT, O.NET Framework é uma tecnologia que irá simplificar consideravelmente o desenvolvimento das aplicações, dentre os principais benefícios providos pelo.net Framework podemos citar: Fornece um consistente ambiente de programação orientada a objetos. Fornece um ambiente de execução de código que minimiza os conflitos de versionamento, empacotamento e distribuição. Provê um ambiente de execução de código que garante a execução segura do código, incluindo código criado por terceiros. Provê um ambiente de execução de código que elimina os problemas de desempenho de ambientes interpretados ou de scripts. Os dois principais componentes do.net Framework são o CLR Common LanguageRunTime- é a livraria de classes. O CLR gerencia a memória, astarefas executadas de forma paralela, a verificação da segurança, a compilação e o código em tempo de execução e a livraria de classes é uma coleção de classes orientadas

9 a objeto de tipos reutilizáveis integradas com a CLR.O.NET Framework pode ser usado para criar os seguintes tipos de aplicações e serviços: Aplicações do tipo Console Baseadas em scripts WindowsForms ASP.NET Windows Services XML WebServices O.NET Framework é então um poderoso ambiente de desenvolvimento que consiste de vários componentes e serviços combinados.(macoratti, 2014). 5 - O.NET FRAMEWORK PARA OS ENVOLVIDOS O.NET Framework é uma ferramenta muito flexível para quem a utiliza, pois a mesma abrange tanto a área técnica quanto a área operacional de seus usuários como explicado a seguir. Caso você não seja um desenvolvedor em.net, mas faz o uso da ferramenta.net, você não precisa ter conhecimento técnico sobre o.net Framework ou seu funcionamento, pois o mesmo é transparente para os usuários. Segundo a Microsoft, se você estiver usando o sistema operacional Windows, o.net Framework talvez já esteja instalado em seu computador. Além disso, se você instalar um aplicativo que exija o.net Framework, o programa de instalação do aplicativo poderá instalar uma versão específica do.net Framework no seu computador. Em alguns casos, você pode ver uma caixa de diálogo solicitando a instalação do.net Framework. Se você já tentou executar um aplicativo quando esta caixa de diálogo aparece e se seu computador tem acesso à internet, você pode ir para uma página web que permite que você instale a versão do.net Framework que falta (MICROSOFT, 2014). A Microsoft ainda nos aponta fala que em geral, você não precisa desinstalar quaisquer versões do.net Framework que estão instaladas no seu computador, porque um aplicativo que você usa pode depender de uma versão específica e pode gerar

10 quebra se essa versão é removida. Observe que é possível carregar várias versões do.net Framework simultaneamente em um único computador. Isso significa que você não precisa desinstalar as versões anteriores para instalar uma versão posterior. (MICROSOFT, 2014) O.NET FRAMEWORK PARA DESENVOLVEDORES O.NET framework irá fornecer aos desenvolvedores uma plataforma de desenvolvimento popular para a criação de aplicativos para Windows, WindowsStore, Windows Phone, Windows Server e Microsoft Azure, fornecendo também a possibilidade da criação de WebSites e Serviços. O desenvolvedor que estiver utilizando o.net Framework poderá optar em desenvolver sua aplicação em qualquer linguagem suportada pelo framework. Segundo a Microsoft, se for um desenvolvedor, você poderá escolher qualquer linguagem de programação que dê suporte ao.net Framework para criar seu aplicativo. Como o.net Framework fornece independência e interoperabilidade de linguagem, você pode interagir com outros aplicativos e componentes do.net Framework, independentemente da linguagem com a qual foram desenvolvidos. (MICROSOFT, 2014). Independente da linguagem escolhida, seria fácil uma integração com outras bibliotecas de classes desenvolvidas com outras linguagens em conjunto ao.net Framework, pois, uma vez que uma biblioteca de classes foi gerada por uma linguagem que utiliza o.net Framework, tal biblioteca se torna disponível para ser usada em qualquer projeto criado com o uso do.net Framework sem nenhum tipo de retrabalho, agilizando assim o desenvolvimento e evitando a redundância. O.NET Frameworktambém irá fornecer um ambiente de programação orientada a objetos consistente junto a um ambiente de execução que minimiza os conflitos de versionamento e publicação, promovendo a execução segura de código criado por desconhecidos ou códigos de terceiros com baixo nível de confiança,auxiliando assim o processo de desenvolvimento.

11 5.2 VANTAGENS DO.NET FRAMEWORK PARA USUÁRIOS As vantagens do.net Framework para os usuários se relaciona às facilidades que o.net Framework irá trazer em relação a sua instalação e atualização do nas máquinas. O usuário poderá ter diversas versões do.net Framework instaladas no computador. Cada versão do.net Framework pode coexistir com as outras versões no computador.na maior parte do tempo, é possível usar a versão mais recente do.net Framework para executar os aplicativos que foram criados nas versões anteriores do.net Framework. Antes de instalar uma versão lançada do.net Framework, é necessário remover as versões beta na qual a versão lançada tem base. Se não fizer isto, a instalação da versão lançada do.net Framework irá falhar. É possível desinstalar versões beta do.net Framework usando a ferramenta Adicionar ou remover programas no Painel de controle. Esta é uma excelente etapa inicial para testar se a instalação do.net Framework falha pelo site Microsoft Update e se será necessário solucionar este problema. A seguinte lista inclui alguns benefícios de ter o.net Framework instalado: Instalação facilitada de aplicativos comerciais: Muitos aplicativos comerciais da Microsoft e de terceiros dependem do.net Framework para dar suporte às suas principais funcionalidades. Se você tiver o.net Framework instalado, a instalação destes aplicativos será mais fácil. Atualizações facilitadas: Após a instalação do.net Framework, ele é atualizado automaticamente pelo serviço do Microsoft Update. Se você receber as Atualizações automáticas por meio do Painel de controle, todas as versões do.net Framework instaladas no computador sempre serão atualizadas com os servicepacks mais recentes. Os seguintes benefícios estão disponíveis apenas no.net Framework 2.0: Uso facilitado do aplicativo com a Implantação sem interação do usuário: Com o.net Framework 2.0, é possível executar um aplicativo por uma URL. Este recurso oferece a perfeição de um aplicativo instalado localmente e a conveniência de iniciar o aplicativo por uma URL. O

12 recurso é especialmente útil em organizações para oferecer aplicativos mais completos sem a obrigação da implantação. Preparação dos usuários do Windows XP para o Windows Vista. É importante ressaltar como principal vantagem ao usuário à facilidade da instalação e desinstalação do.net frameworkem sua máquina, com apenas alguns cliques o.net framework pode ser instalado ou totalmente removido da máquina em que se encontra. 6 EVOLUÇÃO DO.NET FRAMEWORK O.NET Framework teve sua primeira versão lançada no ano de 2002, foi o.net Framework 1.0, desde então o.net vem evoluindo ano após ano e atualmente já se encontra na versão 4.5. O.NETFramework.Net representou um grande avanço no desenvolvimento de software para o sistema operacional Windows. Com este, muitas inovações puderam ser criadas já que em sua estrutura unificada estão presentes recursos compartilhados para diversos tipos de aplicações indo desde classlibraries até aplicações distribuídas na Web e para dispositivos móveis. A imagem abaixo demonstra as versões de transição do.net Framework até sua versão 4.0. Figura 4 Versões do.net Framework. Fonte: Adaptado de FREITAS, 2011.

13 A cada versão lançada o.net Framework corrige problemas identificados nas versões anteriores, nos trazendo diversas melhorias e novidades. A imagem abaixo ilustra a evolução do.net Framework de acordo com diversas tecnologias incorporadas às diversas versões do.net Framework. Figura 5 Evolução do.net Framework. Fonte: Adaptado de CAMBIUCCI, A última versão do.net Frameworké a versão 4.5, dentre os principais recursos e novidades da versão, podemos citar:

14 Capacidade de reduzir as reinicializações do sistema, detectando e fechando os aplicativos do.net Framework 4 durante a implantação. Suporte para matrizes maiores que 2gigabytes (GB) em plataformas de 64 bits. Esse recurso pode ser habilitado no arquivo de configuração do aplicativo. Melhor desempenho por meio de coleta de lixo em segundo plano para servidores. Quando você usa a coleta de lixo do servidor no.net Framework 4.5, a coleta de lixo em segundo plano é automaticamente ativada. Compilação em segundo plano just-in-time (JIT), que está disponível opcionalmente em vários processadores multi-core para melhorar o desempenho do aplicativo. Capacidade de limitar quanto tempo o mecanismo de expressões regulares tentará resolver uma expressão regular antes de expirar. Capacidade de definir a cultura padrão para um domínio de aplicativo. Suporte de consolepara a codificação Unicode (UTF-16). Suporte para controle de versão da ordenação de cadeia de caracteres culturais e dados de comparação. Melhor desempenho durante a recuperação de recursos. Melhorias na compactação, para reduzir o tamanho de um arquivo compactado. Capacidade de personalizar um contexto de reflexão para substituir o comportamento de reflexão padrão por meio da classe CustomReflectionContext. Suporte para a versão 2008 do padrão IDNA - Internationalized Domain Names in Applications- quando a classe System.Globalization.IdnMapping é usada no Windows 8. A delegação da comparação de cadeia de caracteres para o sistema operacional, que implementa o Unicode 6.0, quando o.net

15 Framework é usado no Windows 8. Ao executar em outras plataformas, o.net Framework inclui seus próprios dados de comparação da cadeia de caracteres, o que implementa o Unicode 5.x. Capacidade de computar os códigos de hash para cadeias de caracteres com base no domínio do aplicativo. Suporte à reflexão de tipo dividido entre as classes Type e TypeInfo. Como podemos notar, cada versão o.net Framework incorpora uma série de novidades, melhorias e novos recursos para diversos tipos de aplicações, nos mais variados cenários existentes no mercado, seja pra web, desktop, services, intranet ou até mesmo para azure. 7- CONCLUSÕES A pesquisa atingiu o objetivo de mostrar as principais vantagens de se utilizar o.net Framework como ferramenta para desenvolvimento de aplicações além de sua evolução ao longo de sua existência. Como mencionado, o mercado de desenvolvimento de softwarepossui diversas opções de framewoks, porém.net é um dos frameworks que mais vem se destacando e popularizando no mercado, devido as inúmeras vantagens e facilidades que ele oferece à quem o utiliza. Este estudo inicial sobre o tema abre caminho para outras pesquisas como: Integrações e serviços utilizando o.net Framework; estudos de caso da implantação do framework em empresas; utilização do VisualStudio como IDE de desenvolvimento; estudo sobre a curva de aprendizado se utilizar as tecnologias.net. O surgimento e a evolução do.net Framework vem em um momento em que a integração dos dados e das linguagens de programação está se tornando cada vez mais comum e constante, o.net fornece formas bem simples de se

16 implementar serviços e integrar tecnologias contidas dentro e fora do universo.net.

17 REFERÊNCIAS ALVES, P. Visual Studio: crie apps em C# e.net e exporte para múltiplas plataformas. Disponível em:<http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/s/visualstudio.html> Acessado em 10 de maio ALVES, P.Visual Studio: crie apps em C# e.net e exporte para múltiplas plataformas. Disponível em: <http://www.linhadecodigo.com.br/artigo/3064/porqueadotar-o-visual-studio-2010.aspx> Acessado em 20 de maio CAMBIUCCI, W..NET Framework 4 Novos Recursos para Novas Aplicações. Disponível em: <http://blogs.msdn.com/b/wcamb/archive/2010/06/07/netframework-4-novos-recursos-para-novas-aplica es.aspx> Acessado em 30 de junho FALBO, R.Engenharia de Software [online] Disponível em: <http://www.inf.ufes.br/~falbo/download/aulas/es-g/2005-1/notasdeaula.pdf> Acessado em 20 de maio 2014 FREITAS, R. Evolução do.net Framework e do Visual Basic.Disponível em:<http://pt.slideshare.net/guerrarj/evoluo-do-net-framework-e-do-visual-basic> Acessado em 30 de junho MACORATTI, J..NET Framework: introdução e classes importantes. Disponível em:<http://www.macoratti.net/vbn_nfwk.htm> Acessado em 27 de junho MICROSOFT.Movendo aplicativos Java para.net Disponível em: <http://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms aspx> Acessado em: 15 de junho MICROSOFT.Vantagens do.net Framework. Disponível em: <http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/cc aspx> Acessado em 05 de julho MICROSOFT. Visual Studio Ultimate 2013 com MSDN (Novo). Disponível em: <http://www.microsoftstore.com/store/msbr/pt_br/pdp/productid ?srcco de=cii_ &cpncode= &wt.mc_id=pla_br_googlepla>. Acessado em 15 de junho MICROSOFT. Benefícios do Microsoft.NET Framework Disponível em: <http://support.microsoft.com/kb/829019/pt-br> Acessado em 30 de junho MICROSOFT.Introdução ao.net Framework. Disponível em: <http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/hh425099(v=vs.110).aspx> Acessado em 15 de junho MICROSOFT.O que há de novo no.net Framework Disponível em: <http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/ms171868(v=vs.110).aspx>. Acessado em 30 de junho 2014.

18 MICROSOFT.Visual Studio Ultimatewith MSDN Disponível em: <http://www.visualstudio.com/products/visual-studio-ultimate-with-msdn-vs> Acessado em 14 de maio PRESSMAN,R. S.; Engenharia de Software, 6 ed., McGraw Hill, REI, L. Introdução aos sistemas e tecnologias de informação. Disponível em: <http://luciareisousatic.blogspot.com.br/2010/11/introducao-aos-sistemas-etecnologias.html> Acessado em 13 de junho VAMBERTO, C. Modulo I: Introdução ao.net com C#. Disponível em: <http://www.etelg.com.br/paginaete/downloads/informatica/apostila.pdf> Acessado em 16 de maio 2014.

FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM C#

FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM C# FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM C# Camila Sanches Navarro 1,2, Willian Magalhães 2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil sanchesnavarro@gmail.com wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

Introdução ao C# . Visão geral do.net Framework

Introdução ao C# . Visão geral do.net Framework Introdução ao C# Microsoft.NET (comumente conhecido por.net Framework - em inglês: dotnet) é uma iniciativa da empresa Microsoft, que visa uma plataforma única para desenvolvimento e execução de sistemas

Leia mais

Fundament n os s da platafo f rm r a. NE N T André Menegassi

Fundament n os s da platafo f rm r a. NE N T André Menegassi Fundamentos da plataforma.net André Menegassi O que é o.net Framework?.NET é uma plataforma de software para desenvolvimento de aplicações que conecta informações, sistemas, pessoas e dispositivos através

Leia mais

19/05/2009. Módulo 1

19/05/2009. Módulo 1 ASP.NET Módulo 1 Objetivo Mostrar os conceitos fundamentais da plataforma Microsoft.Net e suas ferramentas; Apresentar os conceitos fundamentais de aplicações web e seus elementos; Demonstrar de forma

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1 CAMPUS SANTO ANDRÉ CELSO CANDIDO SEMESTRE 2014 1 Características da Plataforma.NET A plataforma.net Framework 4.0 (.NET 4.0) é uma plataforma de softwares que fornece

Leia mais

FERRAMENTAS PARA DESENVOLVIMENTO EM C#

FERRAMENTAS PARA DESENVOLVIMENTO EM C# FERRAMENTAS PARA DESENVOLVIMENTO EM C# Camila Sanches Navarro 1,2, Wyllian Fressatti 2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil sanchesnavarro@gmail.com wyllian@unipar.br Resumo. Este artigo

Leia mais

Infracontrol versão 1.0

Infracontrol versão 1.0 Infracontrol versão 1.0 ¹Rafael Victória Chevarria ¹Tecnologia em Redes de Computadores - Faculdade de Tecnologia SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) Rua Gonçalves Chaves 602-A Centro 96015-560

Leia mais

Principais características

Principais características .Net Framework O que é.net? Proprietário da Microsoft Versão simplificada para Linux Versão compacta para dispositivos móveis Plataforma de desenvolvimento e execução Interface com usuário, conectividade

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicação Windows Mobile Acessando um WebService

Desenvolvimento de Aplicação Windows Mobile Acessando um WebService Faculdade de Negócios e Administração de Sergipe Disciplina: Integração Web Banco de Dados Professor: Fábio Coriolano Desenvolvimento de Aplicação Windows Mobile Acessando um WebService Professor: Fabio

Leia mais

ASP.NET 2.0 e PHP. Autor: Glauber de Almeida e Juarez Fernandes

ASP.NET 2.0 e PHP. Autor: Glauber de Almeida e Juarez Fernandes ASP.NET 2.0 e PHP Autor: Glauber de Almeida e Juarez Fernandes Linguagens pesquisadas ASP.NET 2.0 e PHP. 1 - ASP.NET 2.0 ASP.NET não é nem uma linguagem de programação como VBScript, php, nem um servidor

Leia mais

Ambiente de Programação Visual. Framework.NET. Prof. Mauro Lopes. Ambiente de Programação Visual Prof. Mauro Lopes

Ambiente de Programação Visual. Framework.NET. Prof. Mauro Lopes. Ambiente de Programação Visual Prof. Mauro Lopes Ambiente de Programação Visual Framework.NET Prof. Mauro Lopes 1-31 13 Objetivos Nesta aula iremos apresentar a tecnologia.net. Ao final desta aula, o aluno terá compreendido a Arquitetura de uma aplicação.net.

Leia mais

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo Programando em C# Orientado a Objetos By: Maromo Agenda Módulo 1 Plataforma.Net. Linguagem de Programação C#. Tipos primitivos, comandos de controle. Exercícios de Fixação. Introdução O modelo de programação

Leia mais

Informática para Gestão de Negócios Linguagem de Programação III. Prof. Me. Henrique Dezani dezani@fatecriopreto.edu.br. Agenda

Informática para Gestão de Negócios Linguagem de Programação III. Prof. Me. Henrique Dezani dezani@fatecriopreto.edu.br. Agenda Informática para Gestão de Negócios Linguagem de Programação III Prof. Me. Henrique Dezani dezani@fatecriopreto.edu.br Professor Apresentação Agenda Ementa, Objetivo, Conteúdo Programático, Bibliografia,

Leia mais

Protótipo de um sistema para licenciamento de aplicativos Microsoft.NET baseado em assinatura digital XML

Protótipo de um sistema para licenciamento de aplicativos Microsoft.NET baseado em assinatura digital XML Protótipo de um sistema para licenciamento de aplicativos Microsoft.NET baseado em assinatura digital XML Acadêmico: Leonardo Chagas D Ippolito Orientador: Prof. Marcel Hugo Blumenau, Dezembro de 2004

Leia mais

Ambiente de Programação Visual. Framework.NET. Prof. Mauro Lopes. Ambiente de Programação Visual Prof. Mauro Lopes

Ambiente de Programação Visual. Framework.NET. Prof. Mauro Lopes. Ambiente de Programação Visual Prof. Mauro Lopes Ambiente de Programação Visual Framework.NET Prof. Mauro Lopes 1-31 16 Objetivos Nesta aula iremos apresentar a tecnologia.net. Ao final desta aula, o aluno terá compreendido a Arquitetura de uma aplicação.net.

Leia mais

Como acompanhar a evolução dos aplicativos? Console >> Desktop >> Web >> Mobile >> Cloud. Como aproveitar o melhor de cada programador?

Como acompanhar a evolução dos aplicativos? Console >> Desktop >> Web >> Mobile >> Cloud. Como aproveitar o melhor de cada programador? Como acompanhar a evolução dos aplicativos? Console >> Desktop >> Web >> Mobile >> Cloud Como aproveitar o melhor de cada programador? Clientes querem tudo pra ontem. Como atender essa necessidade? Microsoft.NET

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

UMA ABORDAGEM COMPARATIVA ENTRE AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO JAVA E C#

UMA ABORDAGEM COMPARATIVA ENTRE AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO JAVA E C# UMA ABORDAGEM COMPARATIVA ENTRE AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO JAVA E C# Robson Bartelli¹, Wyllian Fressatti¹. ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil robson_lpbartelli@yahoo.com.br,wyllian@unipar.br

Leia mais

Ambientes Visuais. Ambientes Visuais

Ambientes Visuais. Ambientes Visuais Ambientes Visuais Inicialmente, apenas especialistas utilizavam os computadores, sendo que os primeiros desenvolvidos ocupavam grandes áreas e tinham um poder de processamento reduzido. Porém, a contínua

Leia mais

Seminário - C# DSO II. Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos 2. Equipe: Diorges, Leonardo, Luís Fernando, Ronaldo

Seminário - C# DSO II. Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos 2. Equipe: Diorges, Leonardo, Luís Fernando, Ronaldo Seminário - C# DSO II Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos 2 Equipe: Diorges, Leonardo, Luís Fernando, Ronaldo Roteiro Breve Histórico Plataforma.NET Características da Linguagem Sintaxe Versões

Leia mais

Análise de Sistemas I: Programação em Nuvem. Luiz Filipe Licidonio. Faculdade de Tecnologia Pastor Dohms. Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Análise de Sistemas I: Programação em Nuvem. Luiz Filipe Licidonio. Faculdade de Tecnologia Pastor Dohms. Porto Alegre, Rio Grande do Sul 1 Análise de Sistemas I: Programação em Nuvem Luiz Filipe Licidonio Faculdade de Tecnologia Pastor Dohms Porto Alegre, Rio Grande do Sul luiz_np_poa@hotmail.com 2 Análise de Sistemas I: Programação em

Leia mais

PARTE I A Linguagem C#

PARTE I A Linguagem C# PARTE I A Linguagem C# Capítulo 1, C# 3.0 e o.net 3.5 Capítulo 2, Iniciando: Hello World Capítulo 3, Fundamentos da Linguagem C# Capítulo 4, Classes e Objetos Capítulo 5, Herança e Polimorfismo Capítulo

Leia mais

Ferramentas RAD e DELPHI

Ferramentas RAD e DELPHI Origem: http://my.opera.com/maicokrause/blog/ferramentas-rad-e-delphi Data: 17 Nov 2009 Autor: Maico Krause Ferramentas RAD e DELPHI Thursday, 16. July 2009, 14:27:40 Desenvolvimento, Delphi, Engenharia

Leia mais

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile 393 Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile Lucas Zamim 1 Roberto Franciscatto 1 Evandro Preuss 1 1 Colégio Agrícola de Frederico Westphalen (CAFW) Universidade Federal de Santa Maria

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Visual COBOL é a solução líder da indústria para o desenvolvimento de aplicações COBOL e implantação em sistemas Windows, Unix e Linux. Ele combina as melhores ferramentas de desenvolvimento de sua classe

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Microsoft Corporation Publicação: 14 de março de 2005 Autor: Tim Elhajj Editor: Sean Bentley Resumo Este documento fornece instruções

Leia mais

ASP.NET. Guia do Desenvolvedor. Felipe Cembranelli. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br

ASP.NET. Guia do Desenvolvedor. Felipe Cembranelli. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br ASP.NET Guia do Desenvolvedor Felipe Cembranelli Novatec Editora www.novateceditora.com.br 1 Introdução à plataforma.net A plataforma Microsoft.NET.NET é uma nova plataforma de software para desenvolvimento

Leia mais

FAT32 ou NTFS, qual o melhor?

FAT32 ou NTFS, qual o melhor? FAT32 ou NTFS, qual o melhor? Entenda quais as principais diferenças entre eles e qual a melhor escolha O que é um sistema de arquivos? O conceito mais importante sobre este assunto, sem sombra de dúvidas,

Leia mais

Framework.NET, Microsoft Visual C# 2010 Express e Elementos da Linguagem C#

Framework.NET, Microsoft Visual C# 2010 Express e Elementos da Linguagem C# Linguagem de Programação 3 Framework.NET, Microsoft Visual C# 2010 Express e Elementos da Linguagem C# Prof. Mauro Lopes 1-31 35 Objetivos Nesta aula iremos apresentar a tecnologia.net, o ambiente de desenvolvimento

Leia mais

O Windows Server 2003 proporciona novos recursos e aprimoramentos em três áreas principais:

O Windows Server 2003 proporciona novos recursos e aprimoramentos em três áreas principais: 1. Introdução Os serviços do Microsoft Internet Information Server (IIS) 6.0 com o Windows Server 2003 fornecem recursos de servidor da Web integrados, confiáveis, escaláveis, seguros e administráveis

Leia mais

2QRYR&ODULRQ1(73DUWH,

2QRYR&ODULRQ1(73DUWH, 2QRYR&ODULRQ1(73DUWH, 3RU-XOLR&pVDU3HGURVR Gosto de escrever sobre FRLVDV QRYDV, sobre QRYDV WHFQRORJLDV, enfrentar desafios e pesquisas sobre o assunto. Afinal, de velho, basta eu! Como assinante da Clarion

Leia mais

ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS

ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS ANEXO 05 ARQUITETURAS TECNOLÓGICAS PROCERGS Este anexo apresenta uma visão geral das seguintes plataformas: 1. Plataforma Microsoft.NET - VB.NET e C#; 2. Plataforma JAVA; 3. Plataforma Android, ios e Windows

Leia mais

Com relação às áreas de conhecimento de projetos conforme o. PMBoK, julgue os itens subseqüentes.

Com relação às áreas de conhecimento de projetos conforme o. PMBoK, julgue os itens subseqüentes. De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 70 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

Planejamento de TI usando Cenários Prospectivos: Tecnologias de Desenvolvimento de Sistemas

Planejamento de TI usando Cenários Prospectivos: Tecnologias de Desenvolvimento de Sistemas Planejamento de TI usando Cenários Prospectivos: Tecnologias de Desenvolvimento de Sistemas Sidnei da Silva 11 de julho de 2007 1 Sumário 1 Dados Fundamentais 3 2 Definição do Problema 3 2.1 Questão...............................

Leia mais

Implementando soluções com o SharePoint 2007, Windows Workflow Foundation e InfoPath 2007 (e pouca codificação) Adriano Gomes Microsoft Brasil

Implementando soluções com o SharePoint 2007, Windows Workflow Foundation e InfoPath 2007 (e pouca codificação) Adriano Gomes Microsoft Brasil Implementando soluções com o SharePoint 2007, Windows Workflow Foundation e InfoPath 2007 (e pouca codificação) Adriano Gomes Microsoft Brasil 01. 02. 03. 04. Infopath Infopath Mais Integrado Workflow

Leia mais

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Artigos Técnicos Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Marcelo Salvador, Diretor de Negócios da Elipse Software Ltda. Já faz algum tempo que ouvimos falar do controle e supervisão

Leia mais

Características Básicas de Sistemas Distribuídos

Características Básicas de Sistemas Distribuídos Motivação Crescente dependência dos usuários aos sistemas: necessidade de partilhar dados e recursos entre utilizadores; porque os recursos estão naturalmente em máquinas diferentes. Demanda computacional

Leia mais

Principais diferenciais do Office 365

Principais diferenciais do Office 365 Guia de compras O que é? é um pacote de soluções composto por software e serviços, conectados à nuvem, que fornece total mobilidade e flexibilidade para o negócio. Acessível de qualquer dispositivo e qualquer

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003. Professor Claudio Damasceno

Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003. Professor Claudio Damasceno Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003 Professor Claudio Damasceno Conteúdo Programático Introdução Hardware x Sistema Operacional Instalação do Windows Server 2003 Administração de

Leia mais

Introdução ao Delphi. Introdução. Edições do Software. Capítulo 1. InforBRás - Informática Brasileira Ltda. O Que é o Delphi.

Introdução ao Delphi. Introdução. Edições do Software. Capítulo 1. InforBRás - Informática Brasileira Ltda. O Que é o Delphi. Capítulo 1 O Que é o Delphi Diferenças entre Delphi Client/Server do Delphi for Windows Características que compõem o Integrated Development Invironment (IDE) Como o Delphi se encaixa na família Borland

Leia mais

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Phil Maynard UNIDADE DE SOLUÇÕES DE GERENCIAMENTO DE DADOS PARA O CLIENTE FEVEREIRO DE 2012 Introdução Em todos os lugares, o volume de

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911. Xerox FreeFlow Core Guia de Instalação: Windows 8.1 Update

4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911. Xerox FreeFlow Core Guia de Instalação: Windows 8.1 Update 4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911 2015 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. Xerox, Xerox com a marca figurativa e FreeFlow são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros

Leia mais

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES w w w. i d e a l o g i c. c o m. b r INDICE 1.APRESENTAÇÃO 2.ESPECIFICAÇÃO DOS RECURSOS DO SOFTWARE SAXES 2.1. Funcionalidades comuns a outras ferramentas similares 2.2. Funcionalidades próprias do software

Leia mais

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar as principais características de uma Aplicação Internet Rica.

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Sistemas Operacionais: Software Oculto Introdução a Computação Sistemas Operacionais Serve como um intermediário entre o hardware e os softwares aplicativos. Sistema Operacional Software de sistemas Kernel

Leia mais

Parte I Princípios básicos do Microsoft.NET Framework

Parte I Princípios básicos do Microsoft.NET Framework Sumário Parte I Princípios básicos do Microsoft.NET Framework Capítulo 1 A arquitetura da plataforma de desenvolvimento.net Framework.............................. 35 Compilando código-fonte em módulos

Leia mais

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe I FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe GERENCIAMENTO DE PATCHES Atualizações de segurança Aracaju, Agosto de 2009 DAYSE SOARES SANTOS LUCIELMO DE AQUINO SANTOS II GERENCIAMENTO DE PATCHES

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas Linguagem de Programação JAVA Professora Michelle Nery Nomeclaturas Conteúdo Programático Nomeclaturas JDK JRE JEE JSE JME JVM Toolkits Swing AWT/SWT JDBC EJB JNI JSP Conteúdo Programático Nomenclatures

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 Neste item aprenderemos a instalar o Microsoft SQL SERVER 2008 R2 e a fazer o Upgrade de versões anteriores do SQL SERVER 2008 R2. Também veremos as principais

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Access 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Alterar o tamanho da tela ou fechar

Leia mais

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador Sistemas de Informação Prof. Anderson D. Moura Um programa de computador é composto por uma seqüência de instruções, que é interpretada e executada por um processador ou por uma máquina virtual. Em um

Leia mais

USANDO O IZCODE PARA GERAR SOFTWARE RAPIDAMENTE

USANDO O IZCODE PARA GERAR SOFTWARE RAPIDAMENTE USANDO O IZCODE PARA GERAR SOFTWARE RAPIDAMENTE SUMÁRIO usando o izcode... 1 para gerar software rapidamente... 1 introdução... 2 o que é o izcode?... 2 Como funciona o izcode?... 2 os tipos diferentes

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

Configuração SERVIDOR.

Configuração SERVIDOR. REQUISITOS MINIMOS SISTEMAS FORTES INFORMÁTICA. Versão 2.0 1. PRE-REQUISITOS FUNCIONAIS HARDWARES E SOFTWARES. 1.1 ANALISE DE HARDWARE Configuração SERVIDOR. Componentes Mínimo Recomendado Padrão Adotado

Leia mais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Professor: Roberto Franciscatto Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos

Leia mais

Aula 4: Montagem e Disponibilização Frameworks Genéricos

Aula 4: Montagem e Disponibilização Frameworks Genéricos Aula 4: Montagem e Disponibilização Frameworks Genéricos Diego Passos Universidade Federal Fluminense Técnicas de Projeto e Implementação de Sistemas II Diego Passos (UFF) Montagem e Disponibilização Frameworks

Leia mais

CES-32 e CE-230 Qualidade, Confiabilidade e Segurança de Software. Tendências, Perspectivas e Ferramentas de Qualidade em Engenharia de Software (4)

CES-32 e CE-230 Qualidade, Confiabilidade e Segurança de Software. Tendências, Perspectivas e Ferramentas de Qualidade em Engenharia de Software (4) CURSO de GRADUAÇÃO e de PÓS-GRADUAÇÃO do ITA 2º SEMESTRE 2002 CES-32 e CE-230 Qualidade, Confiabilidade e Segurança de Software Eng. Osvandre Alves Martins e Prof. Dr. Adilson Marques da Cunha Tendências,

Leia mais

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP)

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP) Hardware (Nível 0) Organização O AS/400 isola os usuários das características do hardware através de uma arquitetura de camadas. Vários modelos da família AS/400 de computadores de médio porte estão disponíveis,

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos

Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos Quando se projeta um sistema cuja utilização é destinada a ser feita em ambientes do mundo real, projeções devem ser feitas para que o sistema possa

Leia mais

APLICAÇÕES EM SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

APLICAÇÕES EM SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula 6 - ALGORÍTIMOS PARALELOS MPI - Parallel Virtual Machine e PVM - Parallel Virtual Machine 1. INTRODUÇÃO Inicialmente é necessário conceber alguns conceitos para entendimento dos algoritmos paralelos:

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Goiânia 12/2011 Versionamento 12/12/2011 Hugo Marciano... 1.0

Leia mais

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Revisão para a prova B2 Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor:

Leia mais

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação).

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação). Módulo Nota Fiscal Eletrônica Sispetro Roteiro de Instalação Módulo Autenticador NFE Pré-Requisitos O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de

Leia mais

Explorando o novo.net multiplataforma: ASP.NET Core,.NET Core e EF Core

Explorando o novo.net multiplataforma: ASP.NET Core,.NET Core e EF Core Explorando o novo.net multiplataforma: ASP.NET Core,.NET Core e EF Core Rogério Moraes de Carvalho Consultor e desenvolvedor no Cebraspe/Cespe Microsoft Most Valuable Professional (MVP) rogeriom.wordpress.com

Leia mais

Introdução ao Veridis Biometrics SDK VERIDIS

Introdução ao Veridis Biometrics SDK VERIDIS Introdução ao Veridis Biometrics SDK Versão do SDK: 5.0 2013 Veridis Biometrics VERIDIS BIOMETRICS Versão do Documento Versão Data Modificações 1 2 3 4 5 23/mar/2011 17/mai/2011 29/jul/2011 3/out/2011

Leia mais

Operadora de serviços móveis agiliza o lançamento no mercado para Soluções inovadoras de relacionamento social

Operadora de serviços móveis agiliza o lançamento no mercado para Soluções inovadoras de relacionamento social Plataforma Windows Azure Soluções para clientes - Estudo de caso Operadora de serviços móveis agiliza o lançamento no mercado para Soluções inovadoras de relacionamento social Visão geral País ou região:

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais Arquitetura de Computadores Introdução aos Sistemas Operacionais O que é um Sistema Operacional? Programa que atua como um intermediário entre um usuário do computador ou um programa e o hardware. Os 4

Leia mais

Algoritmos e Linguagem de Programação I

Algoritmos e Linguagem de Programação I Algoritmos e Linguagem de Programação I Roberto Ferreira roberto.ferreira@lapa.ifbaiano.edu.br 2014.1 Módulo I Aula 4 Introdução ao C Linguagem de Programação É um conjunto de regras sintáticas e semânticas

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

VERIFICAR PORTABILIDADE DE APLICAÇÕES. NET QUANDO EXECUTADAS EM AMBIENTES DIVERSOS (WINDOWS, WEB E MOBILE)

VERIFICAR PORTABILIDADE DE APLICAÇÕES. NET QUANDO EXECUTADAS EM AMBIENTES DIVERSOS (WINDOWS, WEB E MOBILE) VERIFICAR PORTABILIDADE DE APLICAÇÕES. NET QUANDO EXECUTADAS EM AMBIENTES DIVERSOS (WINDOWS, WEB E MOBILE) Alexandre Coutinho Evangelista 1 Luiz Gustavo Galves Mählmann 2 Newton Cunha Muller 3 RESUMO Este

Leia mais

Adobe Flex. Cainã Fuck dos Santos Thiago Vieira Puluceno Jonathan Kuntz Fornari Gustavo Nascimento Costa

Adobe Flex. Cainã Fuck dos Santos Thiago Vieira Puluceno Jonathan Kuntz Fornari Gustavo Nascimento Costa Adobe Flex Cainã Fuck dos Santos Thiago Vieira Puluceno Jonathan Kuntz Fornari Gustavo Nascimento Costa O que é Flex? Estrutura de Código aberto para a criação de aplicativos Web Utiliza o runtime do Adobe

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop,

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Locais na Plataforma Microsoft

Desenvolvimento de Aplicações Locais na Plataforma Microsoft Desenvolvimento de Aplicações Locais na Plataforma Microsoft Profª. Angelina V.S. Melaré angelinamelare@gmail.com Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 1ºsem/2008 Objetivo da Aula Saber diferenciar

Leia mais

Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10.

Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10. Upgrade do Sophos SafeGuard Enterprise 5.60/6.0 para a versão 6.10 Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10.0

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais

QCON RIO 2015 Desenvolvimento para Windos 10. Alexandre Chohfi chohfi@outlook.com @alexandrechohfi

QCON RIO 2015 Desenvolvimento para Windos 10. Alexandre Chohfi chohfi@outlook.com @alexandrechohfi QCON RIO 2015 Desenvolvimento para Windos 10 Alexandre Chohfi chohfi@outlook.com @alexandrechohfi Introduzindo o UWP Windows Core Um Core comum refatorado Uma plataforma de hardware Formato unico de acesso

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer lugar e independente da plataforma, bastando para isso

Leia mais

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Visão Geral de Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL II

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Visão Geral de Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL II Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Visão Geral de Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL II Prof. MSc. Hugo Souza Na última aula falamos um pouco da necessidade do surgimento

Leia mais

01/04/2012. Voltar. Voltar

01/04/2012. Voltar. Voltar Introdução à Informática Capítulo 3 Sistemas Operacionais: Software em Segundo Plano Objetivos Descrever as funções de um sistema operacional. Explicar os fundamentos do sistema operacional de um computador.

Leia mais

Cisco Intelligent Automation for Cloud

Cisco Intelligent Automation for Cloud Dados técnicos do produto Cisco Intelligent Automation for Cloud Os primeiros a adotarem serviços com base em nuvem buscavam uma economia de custo maior que a virtualização e abstração de servidores podiam

Leia mais

Test-Module: uma ferramenta para gerenciamento de testes de software integrada ao FireScrum

Test-Module: uma ferramenta para gerenciamento de testes de software integrada ao FireScrum Test-Module: uma ferramenta para gerenciamento de testes de software integrada ao FireScrum Audrey B. Vasconcelos, Iuri Santos Souza, Ivonei F. da Silva, Keldjan Alves Centro de Informática Universidade

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC Felipe Moreira Decol Claro 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipe4258@hotmail.com, kessia@unipar.br

Leia mais

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Sistema Operacional Slide 1 Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos do computador (CPU, dispositivos periféricos). Estabelece

Leia mais

OpenEdge GUI para.net

OpenEdge GUI para.net OpenEdge GUI para.net Modernizar sua interface com usuário utilizando ABL Petrucio José Faé de Castro Solution Engineer Progress Software do Brasil Agenda Introdução ao OpenEdge Architect OpenEdge GUI

Leia mais

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Instalação, configuração e manual 1 Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula 9-1. O KERNEL DO LINUX Nos sistemas GNU/Linux, todas as distribuições baseadas nos sistemas GNU/Linux existentes são compatíveis, graças ao uso de um kernel único desenvolvido por uma equipe de

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis Aula 1. Prof. William Yamamoto

Programação para Dispositivos Móveis Aula 1. Prof. William Yamamoto Programação para Dispositivos Móveis Aula 1 Prof. William Yamamoto Visual Studio É uma ferramenta de desenvolvimento completa que atende praticamente a todas as plataformas de desenvolvimento, como: Web

Leia mais