PROJETO DE APOIO À COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA REGIÃO DO GRANDE ABC ABC INOVAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO DE APOIO À COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA REGIÃO DO GRANDE ABC ABC INOVAÇÃO"

Transcrição

1 PROJETO DE APOIO À COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA REGIÃO DO GRANDE ABC ABC INOVAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2011 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO COMERCIAL MARKETING E VENDAS DE EMPRESAS DE MICRO E PEQUENO PORTE. Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC

2 INDICE 1. OBJETO 2. PREAMBULO. 3. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO. 4. PERIODO DE EXECUÇÃO E APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL. 5. APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA. 6. AVALIAÇÃO DAS PROPOSTAS E DIVULGAÇÃO DO RESULTADO. 7. OFICIALIZAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO- PAGAMENTO FORMAS E CONDIÇÕES. 8. IMPEDIMENTOS E INCOMPATIBILIDADES. 9. ADEQUAÇÃO / ATUALIZAÇÃO.

3 1. OBJETO A ADE Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC - São Paulo, inscrita no CNPJ sob o número / , com sede na Rua Ramiro Colleoni - 05, Centro, São Paulo/SP, torna pública o presente Termo de Referencia, destinado a contratação de pessoas jurídicas interessadas em prestar serviços nas áreas disponíveis, obedecidas as disposições deste instrumento. 1. O presente está disponível no Site da ADE, endereço ícones Termos de Referência Este Termo de Referencia tem como objeto a contratação de empresa de consultoria, para a prestação de serviços técnicos especializado na área Comercial Marketing e Vendas, na forma estabelecida neste termo de referencia Serão contratadas as empresas cujo objeto social, constante de seu ato constitutivo, contemple, as atividades solicitadas e descritas neste Termo de Referencia com data de fundação e exercício efetivo de tais atividades há pelo menos 03 (três) anos, para a prestação de serviços de consultorias, destinados para o público de micro e pequenas empresas nos seguimentos metalmecanico, plásticos e afins. 2. PREAMBULO 2.1. O processo de contratação será dividido em duas etapas eliminatórias e específicas, a saber: A primeira será eliminatória e consistirá da análise da proposta e documentação recebidas conforme descrito neste Termo de Referencia A segunda etapa será classificatória e consistirá da análise da aderência da proposta a este Termo de Referencia também descrito neste Termo de Referencia. 3. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 3.1. Podem participar desse processo todas as empresas legalmente constituídas, em regular atividade, cujos objetos sociais e atuações efetivas sejam adequados à execução dos serviços previstos no presente Termo de Referencia e nas modalidades cuja finalidade e ramo de atuação permitam a realização de tais serviços, a pelo menos 03 (três) anos A inscrição para o processo implica plena aceitação, sem qualquer ressalva, das condições deste Termo de Referencia e demais normas nele invocadas As empresas de consultoria só poderão participar de um dos Termos de Referencia em aberto ficando impedida de participar dos demais Termos de referencia do Projeto ABC da Inovação As empresas que tiverem sua contratação homologada serão informadas por e constarão da lista de cadastrados, divulgada no site da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC 3.4 O trabalho a ser desenvolvido abrangerá as disciplinas da área de conhecimento da Gestão Comercial Marketing e Vendas em todos os seus aspectos, com foco na capacitação gerencial e empresarial (inclusive mão de obra). Portanto, essas disciplinas deverão ser observadas como premissas básicas às atividades que serão propostas pela Empresa de Consultoria. 3.5 A empresa de consultoria devera realizar as seguintes atividades:

4 MÓDULO 1 ESTRUTURA DE MERCADO I Objetivos: Atualizar, capacitar e instrumentar a área de Comercial, Vendas e Marketing da empresa para o controle e gestão dos processos de forma a tornar a organização mais competitiva em seu mercado e segmento de atuação. AÇÕES: Conscientizar os empresários participantes da importância de conhecer e desenvolver o Mercado; Identificar o atual universo de Clientes; Orientar e direcionar a equipe de vendas das empresas para a conquista de novos clientes e incremento das vendas e potencialização dos resultados ; Incluir clientes potenciais a serem prospectados; Converter clientes potenciais em ativos ou compradores; Analisar os clientes inativos para recuperação ou exclusão da carteira; Readequar a gestão da carteira de clientes ativos, inativos e potenciais; Analisar e acompanhar o desempenho da equipe de vendas em relação a volumes e rentabilidade; Análise resultados por cliente. RESULTADOS ESPERADOS: Aumento das vendas; Aumentar volumes de vendas e resultados por cliente; Aumentar o nível de participação no mercado. MÓDULO 2 ESTRUTURA DE MERCADO II AÇÕES: Sensibilizar a equipe de vendas, representantes e dos canais de distribuição em relação às ações a serem implementadas; Introduzir sistema de apoio à equipe de vendas; Ampliar as relações comerciais com os clientes; Recuperar clientes que interessam à Empresa, mas que, por qualquer motivo estão inativos; Reforçar a decisão da compra original; Vender os produtos com as melhores margens de lucro possíveis; Desenvolver e estabelecer relação de lealdade e fidelidade dos clientes em relação à Empresa; Assegurar a continuidade das vendas para os novos clientes. Apoio a implantação de ferramentas informatizadas de gestão, e, caso já existente apoiar possíveis melhorias e integração. RESULTADOS ESPERADOS: Aumento das vendas e reposições para clientes através das informações e dinamismo na administração da carteira de clientes; Ampliação do número de clientes cadastrados para o desenvolvimento de ações que tenham por objetivo aumentar o contingente de clientes ativos; Comprometimento da equipe de vendas em relação aos objetivos previstos; Capacitação a equipe de vendas quanto a técnicas de abordagem, administração de tempo para eficiência das visitas

5 Aumento da carteira de clientes própria da empresa através de prospecção de potenciais clientes em seus Mercados; Apresentação novas oportunidades e formas de exposição dos produtos nos pontos de venda; Implementação do recadastramento de clientes; Conscientização da equipe para a importância dos controles de visitas; Adequação da relação produtos e perfil dos clientes para incremento das vendas. Utilização da internet e seus recursos tecnológicos para incremento das vendas O alcance dos objetivos e dos resultados propostos deverá envolver, quando pertinentes e necessários caso a caso, a construção e implementação de: Modelo de ficha de cadastramento e controle de volumes e periodicidade de compras e resultados por cliente; Modelo de relatório do desempenho de vendas, comissões e resultados por vendedor, inclusive vendas diretas. Modelo de relatório de controle e eficácia da força de vendas e dos canais de distribuição Modelo de relatório de visitas da força de vendas; Modelo de ficha de cadastro e recadastramento de clientes ativos, inativos e potenciais; Modelos de ferramentas de Marketing Direto e Relacionamento. o Para clientes que compraram pela primeira vez; o Para clientes inativos ou paralisados que voltaram a comprar; o Para cada pedido que o Cliente efetua; o Para clientes potenciais que serão visitados pela primeira vez; o Para clientes potenciais já visitados; o Para clientes que não efetuaram pedido de compra, depois de decorrido o período considerado para clientes ativos; o Para clientes em que a evolução das vendas está sendo negativa, considerando volumes e períodos de reposição; o Para clientes cujas vendas estão evoluindo positivamente, considerando volumes e períodos de reposição; o Para clientes que estão inaugurando pontos de venda, depósito, prédios próprios, etc.; o Para informar aspectos relevantes de evolução da Empresa, promoções, premiações, participação em eventos importantes, lançamento de produtos, etc.; o Para o envio de materiais e publicações que possam contribuir para a Gestão Empresarial; o Para sensibilização e cadastro de Clientes usuários da Internet. 3.6 EXPECTATIVAS DO CONTRATANTE QUANTO À EMPRESA DE CONSULTORIA Os consultor serão responsáveis por: a) Trabalhar em sintonia com os gestores do projeto visando ao alcance dos objetivos maiores do PROJETO DE APOIO À COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA REGIÃO DO GRANDE ABC ABC INOVAÇÃO b).reportar aos gestores, através de relatórios periódicos, verbais e escritos, todas as principais ocorrências, positivas e negativas, quanto ao andamento do projeto, para que medidas sejam adotadas a tempo, permitindo assim a superação de dificuldades e o acúmulo de conquistas; c) Agir para obter o melhor resultado possível do trabalho da consultoria de gestão Comercial Marketing e Vendas, propondo correções e revisões de rumo quando for o caso.

6 O objetivo desta consultoria é apoiar o desenvolvimento de até 560 micros e pequenas empresas do setor metalmecânico e plásticos na Gestão Comercial Marketing e Vendas, sendo 280 empresas nos primeiros 10 meses e 280 empresas nos 10 meses seguintes. 3.7 MATERIAIS A SEREM ENTREGUES A consultoria deverá apresentar os seguintes materiais ao contratante: a) Para o primeiro mês de atividades espera-se a apresentação de um plano detalhado das atividades a serem desenvolvidas durante o período estabelecido para a prestação dos serviços, assim como um cronograma detalhado b) Para os serviços de consultoria aludidos no Termo de Referência, a proponente deverá apresentar mensalmente um Relatório de Atividades para cada empresa envolvida, assinado pelo consultor e pelo representante da empresa envolvida. c) Espera-se o desenvolvimento de instrumentos de gestão e a adoção de procedimentos reforçadores da ação gerencial em cada empresa, que deverão ser apresentados em papel e em meio digital. 4. PERÍODO DE EXECUÇÃO E APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL A execução dos trabalhos supracitados ocorrerá no prazo de 20 meses a contar do inicio da assinatura do contrato e inicio dos trabalhos Este prazo e os objetivos deste termo poderão ser readequados, se necessários, para o alcance dos resultados do projeto e atender as demandas das empresas participantes, mediante aprovação do AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GABC, desde que não ultrapasse o total de 560horas mensais contratadas..após a conclusão dos trabalhos de consultoria o relatório final deverá ser apresentado em 2 (duas) vias em papel e meio digital à Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC.. 5 APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS As propostas deverão ser entregues, à Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, situada no endereço; Avenida Ramiro Colleoni nº 5 - Centro - Santo André São Paulo, conforme os subitens abaixo. a) Envelope: Currículo da organização e dos profissionais técnicos envolvidos, metodologias a serem adotadas, incluindo programas de treinamentos, palestras e atividades a serem abordados dentro da carga horária apresentada relacionada ao serviço de consultoria de Gestão Comercial Vendas e Marketing, para atendimento de até 560 empresas. b) Envelope 2: Valores referentes ao serviço de Gestão Comercial Vendas e Marketing incluindo valor total, valor hora para atendimento de até 560 empresas. As propostas deveram ser entregues até as 16 h. do dia 07/04/ AVALIAÇÃO DAS PROPOSTAS E DIVULGAÇÃO DO RESULTADO As propostas serão avaliadas em duas etapas: A primeira será eliminatória e consistirá da análise da proposta e documentação recebidas, sendo que serão desclassificadas as empresas: a. Cuja documentação demonstre que não estão legalmente constituída no mínimo 03 anos ; b. Que possuam quaisquer impedimentos legais junto aos órgãos fiscalizadores competentes

7 c. Cujos planos de trabalho apresentem execução superior a 20 meses; d. Cuja previsão de horas mensais de atendimento supere 560 horas mensais; e. Cujo valor médio calculado para o atendimento de 560 empresas seja maior que R$ 1.500,00. f. Não comprovem a experiência da organização em consultoria para projetos coletivos de atendimento a empreendimentos tais como Projetos de Arranjos Produtivos Locais (APL s), Distritos Industriais,incluindo projetos em agrupamentos empresariais dentre outros; g. Não possuam estrutura e infra-estrutura adequada para a realização de trabalhos internos, para a elaboração de relatórios, e ou o atendimento de demandas que venham a surgir, necessárias à adequação do projeto. h. Não comprovem a experiência da organização em consultoria para Micro e pequenas empresas. A segunda etapa será classificatória e consistirá da análise da aderência da proposta a este Termo de Referencia, que classificará as empresas segundo os seguintes critérios: Apresentação de no mínimo 01(um) atestado de capacidade técnica na área de conhecimento do termo de referencia emitidos por empresas (privadas ou públicas) Pontuação de 0 10 ( Peso 20 %) Apresentação dos currículos dos 07 consultores com respectivas experiências nas áreas- Pontuação 0-10 (peso 40%). Apresentação de plano de trabalho a ser executado pela empresa. Pontuação de 0 10 (peso 20%) Entrevista com as 03 melhores empresas avaliadas. Pontuação 0 10 ( peso 15%) Em caso de empate além da entrevista que iremos realizar, serão considerados 5% de peso para as empresas que tenham sua sede ou seus consultores residindo na região do ABC As propostas serão avaliadas por uma Comissão especialmente constituída para este fim, pela Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC composta por 03 representantes da Agência de Desenvolvimento e 02 representantes de Entidades convidadas. Os resultados serão apresentados no site da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, a partir das 16:00 horas do dia 15/04/ OFICIALIZAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO ALIZAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 7.1. A Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC manterá contato com as empresas contratadas, tendo como referência de contato a pessoa por ela informada e utilizando os meios de comunicação como: carta, , telefone ou fax, todos cadastrados no momento da inscrição e sendo de inteira responsabilidade da entidade a sua atualização A Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC poderá contratar as entidades cadastradas para a formulação, desenvolvimento e criação de novas metodologias e conteúdos, bem como, adequação, atualização e transferência das metodologias e conteúdos existentes A oficialização da prestação de serviço se dará por meio de um documento contratual e obedecerá aos critérios seguintes:

8 O atendimento e o enquadramento da consultoria aos itens deste termo de referencia Competência técnica para o atendimento Proximidade do local da execução dos serviços Disponibilidade de atendimento imediato. 7.4 A empresa de consultoria contratada deve formalizar aceite ou pedido de recusa com justificativa Após o aceite da prestação de serviços, descritas neste termo de referencia, fica vedado à empresa de consultoria desistir do serviço para o qual foi especificamente contratada, em detrimento de outro a ser prestado dentro dos projetos da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC sendo que tal prática poderá ensejar a exclusão A Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC é reservado o direito de cancelar, imotivadamente e em qualquer momento, a prestação dos serviços contratados A empresa de consultoria deverá prestar todos os serviços objeto deste termo de referencia, por meio de profissionais por ela indicado e que possuam a qualificação para a realização do trabalho A empresa deverá possuir a infraestrutura laboratorial, ferramental e de equipamentos necessária ao desenvolvimento das consultorias pretendidas. Alternativamente, poderá utilizar a infraestrutura de instituições parceiras Caso ocorra a desistência ou a rescisão de contrato com a empresa de consultoria contratada, será chamada a empresa classificada subseqüentemente a empresa que desistiu ou teve seu contrato rescindido, para dar continuidade aos trabalhos DOCUMENTAÇÃO E CONDIÇÕES NECESSÁRIAS COMUNS Prova de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) CND (Certidão Negativa de Débito), expedida pelo INSS CRF (Certificado de Regularidade do FGTS), emitido pela Caixa Econômica Federal Certidão conjunta de Débitos Relativos aos Tributos Federais e a Dívida Ativa da União, expedida pela Receita Federal do Brasil Prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual Prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Municipal Prova de regularidade com a Fazenda Estadual Prova de regularidade com a Fazenda Municipal, relativa ao ISS (Imposto sobre serviços) Eventuais hipóteses de desobrigatoriedade de apresentação dos documentos tratados nos itens aos deverão ser declaradas pelo próprio órgão emissor, não sendo aceitas declarações do próprio proponente ou contador Carteira de identidade dos responsáveis legais e prova de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda (CPF/MF) Para efeito de cadastro da pessoa jurídica, quando houver filial envolvida na prestação do serviço, toda documentação exigida, no termo de referencia específico, também deve ser encaminhada.

9 Poderão ser apresentadas cópias simples dos documentos, desde que o proponente declare que as mesmas são fiéis com relação aos originais. Neste caso, as vias originais deverão permanecer à disposição da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC sempre que solicitado para comprovação de sua veracidade, sob as pena da lei Em nenhuma hipótese é permitida a apresentação de protocolos em substituição aos documentos exigidos Todos os documentos devem estar dentro do prazo de sua respectiva validade, tendo como base a data de postagem nos Correios a Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC. As negativas fiscais para as quais o prazo de validade não estiver mencionado expressamente, somente serão aceitas dentro do prazo máximo de 90 (noventa) dias, contados da data de sua respectiva emissão O CNPJ e os comprovantes de inscrição nos cadastros de contribuintes Municipal e Estadual estão excluídos da regra do item As certidões deverão manter-se sempre atualizadas, pois à época da prestação dos serviços elas serão exigidas pela Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC como condição de contratação Na análise documental da pessoa jurídica, se constatada alguma irregularidade, não será concedido, prazo para regularização, sob pena de ter o pedido desconsiderado A notificação ocorrerá pelo informado na ficha de inscrição PAGAMENTO, FORMAS E CONDIÇÕES Os pagamentos dos serviços prestados serão feitos à empresa de consultoria com base nos critérios específicos deste termo de referencia O valor e a forma de pagamento poderão ser alterados, conforme prática do mercado e aprovação da Diretoria Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, sem prévio aviso ou direito à indenização Os pagamentos serão efetuados exclusivamente por depósito em conta corrente da empresa contratada, conforme informações bancárias declaradas no ato da contratação O pagamento será efetuado até 05 (cinco) dias úteis, contados da data de recebimento da nota fiscal e da aprovação do relatório de atividade (RAT), dentro da total conformidade exigida neste pela legislação em vigor, caso contrário, fica o pagamento adiado até a correção, restituindo-se o prazo de 05 (cinco) dias para o pagamento O pagamento será efetuado pelos serviços realizados, que não poderá exceder as 560 horas/mês de consultoria A Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC terá até 05 (cinco) dias úteis para avaliação dos relatórios entregues O pagamento será realizado mediante apresentação de nota fiscal correta e devidamente preenchida, entregue após a aprovação dos respectivos relatórios Os contratantes não arcarão com custos ou multas decorrentes de atrasos de pagamento devido a relatórios não aprovados ou notas fiscais em não-conformidade.

10 Os procedimentos poderão ser alterados de acordo com as necessidades da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC 8. IMPEDIMENTOS E INCOMPATIBILIDADES 8.1. É vedada a participação, direta ou indireta, de pessoas jurídicas que, por si ou por qualquer dos profissionais que a integrem, direta ou indiretamente: 8.2. Tenham sofrido restrições de qualquer natureza resultantes de contratos firmados anteriormente com a Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição, inclusive restrições relacionadas a contrato de trabalho quando tenha havido demissão por justa causa Estejam reunidas em consórcio Sejam ou possuam algum dirigente, gerente, sócio ou responsável técnico que seja Diretor ou empregado Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC Tenham sido descredenciadas anteriormente por iniciativa de alguma Organização pertencente à diretoria da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC Sejam entidades representativas de profissionais ou trabalhadores, como sindicatos, conselhos de categorias ou classes e associações ligadas ao exercício da profissão Sejam cooperativas. 8.8 Pessoa Jurídica optante do "SIMPLES NACIONAL" que exerça atividades de consultoria, assessoria ou quaisquer outras atividades e condições que sejam incompatíveis com esse regime de tributação. A restrição não se aplica àquelas que se candidatarem exclusivamente para prestar serviços de treinamento, capacitação e educação, desde que comprove seu enquadramento no "SIMPLES NACIONAL" perante a Receita Federal do Brasil - RFB Pessoas inscritas como empresários individuais (art. 966 do Código Civil) Pessoas jurídicas cujos profissionais ou sócios tenham parentesco até 2º grau, aí se incluindo os cônjuges e parceiros com união estável, com funcionários, dirigentes ou membros da Diretoria da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC Pessoas jurídicas cujos profissionais ou sócios prestem outros serviços contínuos para a Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, enquanto durar o respectivo contrato. 9. ADEQUAÇÃO / ATUALIZAÇÃO / CUSTOMIZAÇÃO DE METODOLOGIAS E CONTEÚDOS EXISTENTES 6. DISPOSIÇÕES FINAIS 9.1. A prestação de serviços não poderá caracterizar exclusividade para com a Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC O contrato da empresa de consultoria não gera obrigações de qualquer natureza para Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC A Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC poderá, em qualquer momento, de acordo com sua necessidade, criar, ampliar, reduzir, suspender, reabrir e cancelar os contratos de consultoria,

11 bem como, alterar qualquer disposição deste termo de referencia, adequando-os com o propósito de melhor atender a variedade de demanda das empresas participantes do seu projeto A empresa de consultoria contratada é responsável perante Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC pela qualificação e adequação dos profissionais que vier a designar para o atendimento da demanda A empresa de consultoria contratada fica obrigada a comunicar formal e imediatamente a Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, sempre que houver qualquer alteração de seus dados cadastrais, apresentando cópia autenticada dos novos documentos As empresas de consultoria são responsáveis, em qualquer época, pela fidelidade e legitimidade das informações constantes dos documentos apresentados, bem como a manutenção da atualização dos documentos. Também são de responsabilidade da empresa de consultoria, os serviços prestados por seus profissionais indicados para a execução dos serviços contratados O presente Termo de referencia está disponível no site da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, no endereço As consultorias envolvidas serão realizadas nas dependências de cada uma das empresas participantes. As reuniões com os empresários e gestores para planejamento e avaliação serão realizadas, conforme cronograma estabelecido pelos gestores, nas dependências da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, (situada no endereço; Avenida Ramiro Colleoni nº 5 - Centro - Santo André São Paulo), salvo mudança devido à indisponibilidade de espaço A Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC reserva o direito de solicitar a qualquer momento, certidões negativas de tributos e Impostos municipais, estaduais e federais Quando a proponente for Instituição, Fundação, associação ou cooperativa sem fins lucrativos deverão ser apresentados documentos pertinentes de isenção, assim como empresas integrantes de regime diferenciado de tributação (Simples Estadual, Federal, entre outros 9.11 Todos os dados e informações recebidos do das Empresas Participantes, para os fins do presente projeto, deverão ser mantidos em sigilo e serão utilizados exclusivamente para a execução destes Termos de Referencia Todos os direitos de propriedade intelectual oriundos da execução destes Termos de Referencia são atribuídos à Agencia de Desenvolvimento Econômico. Os conteúdos dos materiais escritos obtidos e utilizados neste projeto não poderão ser divulgados a quaisquer terceiros sem a autorização previa, expressa e por escrito da Agencia de Desenvolvimento Econômico Todo e qualquer material produzido como resultado da presente consultoria, em qualquer formato, será de propriedade da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, assim como, qualquer direito associado à propriedade intelectual desenvolvida como decorrência destas atividades Todos os materiais a serem entregues relativos ao projeto, incluindo os relatórios e outros trabalhos criativos solicitados por estes Termos de Referencia, em formato escrito, gráfico, áudio, visual, eletrônico ou em outros formatos deverão reconhecer o suporte da Agencia de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC,e dos demais parceiros do Projeto.

12 9.15 Este reconhecimento se dará pela inclusão, obrigatória, da logomarca dos parceiros em todos os documentos publicados e distribuídos Fica eleito o foro da Comarca de Santo André para dirimir quaisquer litígios decorrentes deste instrumento, renunciando-se expressamente a qualquer outro,por mais privilegiado que seja. Santo, André 22 de Março de AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO DO GRANDE ABC.

PROJETO DE APOIO À COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA REGIÃO DO GRANDE ABC ABC INOVAÇÃO

PROJETO DE APOIO À COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA REGIÃO DO GRANDE ABC ABC INOVAÇÃO PROJETO DE APOIO À COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA REGIÃO DO GRANDE ABC ABC INOVAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 11/2011 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA EM GESTÃO, APOIO E ASSESSORIA

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 013/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO COMERCIAL E VENDAS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 11/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA DE EMPRESAS DE MICRO, PEQUENO

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: 55

Leia mais

1. OBJETO...3 2. PREAMBULO...3 3. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO...3 4. OFICIALIZAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO...3 5. PAGAMENTO, FORMAS E CONDIÇÕES...

1. OBJETO...3 2. PREAMBULO...3 3. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO...3 4. OFICIALIZAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO...3 5. PAGAMENTO, FORMAS E CONDIÇÕES... ConsultoriaTecnológicaConsultoriaTecnológicaConsultoriaTecnológicaConsultoriaTecnológicaCons ultoriatecnológicaconsultoriatecnológicaconsultoriatecnológicaconsultoriatecnológicaconsultori atecnológicaconsultoriatecnológicaconsultoriatecnológicaconsultoriatecnológicaconsultoriatec

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PESQUISA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2010 SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO FINANCEIRA EM CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA. Contatos Luiz Augusto Gonçalves de

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO, ELABORAÇÃO DE PROJETOS E PLANO DE NEGÓCIOS. Contatos Valter Fernandes (Gerente do Projeto)

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 12/2010

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 12/2010 CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 12/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO DE PROCESSO PRODUTIVO E PRODUTO Contatos Luiz

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC

AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2011 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Leia mais

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços em Assessoria e Consultoria Tributária para as empresas do Arranjo Produtivo Local. 1. OBJETIVO

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETO E ACOMPANHAMENTO DE EMPRESAS Contatos Vladimir de Souza Alves (Assessor Jurídico) Sheila Ribeiro Marques (Comitê

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14a/2010

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14a/2010 CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14a/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA ELABORAÇÃO DE BANCO DE DADOS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 01/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços em Assessoria, Consultoria e Treinamento na área de Recursos Humanos. 1. OBJETIVO Os objetivos

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14/2010 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMPRESA CONSULTORIA/ASSESSORIA PARA APOIO AO DESENVOLVIMENTO DO PROJETO PROGRAMA

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

Edital nº: 008/2010 Processo nº: 03023/2010

Edital nº: 008/2010 Processo nº: 03023/2010 Edital nº: 008/2010 Processo nº: 03023/2010 EMPRETEC e d i t a l d e c a d a s t r o d e f o r n e c e d o r e s 0 2 d e o u t u b r o d e 2 0 1 2 Edital nº: 008/2010 Processo nº: 03023/2010 Página 1 de

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s).

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s). I MEMORIAL TÉCNICO DO XXXII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência é a contratação de empresa Prestadora de serviços para secretaria e pessoal de apoio para o XXXII Congresso

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 001 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

Memorial Técnico para Elaboração de Proposta Comercial

Memorial Técnico para Elaboração de Proposta Comercial I MEMORIAL TÉCNICO DO XXVII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. Selecionar a(s) Montadora(s) prestadora(s) de serviços de montagem para as diversas fases BLOCOS para a implantação do XXVII CBP no Transamérica

Leia mais

AVISO DE CADASTRAMENTO DE INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE PESQUISAS DE SATISFAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS INSCRITOS NO COREN/SP

AVISO DE CADASTRAMENTO DE INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE PESQUISAS DE SATISFAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS INSCRITOS NO COREN/SP AVISO DE CADASTRAMENTO DE INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE PESQUISAS DE SATISFAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS INSCRITOS NO COREN/SP 1. PREÂMBULO 1.1. O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo, doravante

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA COMERCIAL DE EMPRESAS CANDIDATAS À PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE SHUTTLE E TRANSPORTE LOCAL PARA O XXXI CBP CURITIBA, 2013

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA COMERCIAL DE EMPRESAS CANDIDATAS À PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE SHUTTLE E TRANSPORTE LOCAL PARA O XXXI CBP CURITIBA, 2013 I CONDIÇÕES PARA A CONCORRÊNCIA: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da concorrência é a prestação de serviços de SHUTTLE como transportadora do XXXI Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 1.2. A ABP

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO 1 EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO O SENAR PR SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - Administração Regional do Paraná, com sede à Rua Marechal Deodoro, 450-16º

Leia mais

a.1.4) Em caso de Associação Civil, a aceitação de novos associados, na forma do estatuto;

a.1.4) Em caso de Associação Civil, a aceitação de novos associados, na forma do estatuto; CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 002/2014 QUALIFICAÇÃO DE ENTIDADES PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS COMO ORGANIZAÇÃO SOCIAL NA ÁREA DE SAÚDE O Município de Fontoura Xavier, Estado do Rio Grande do Sul, pessoa jurídica

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS A Supervisão de Suprimentos é a responsável pelo cadastramento dos fornecedores, bem como pela renovação cadastral

Leia mais

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS)

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) ÍNDICE: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE EMPRESAS INTERESSADAS NA EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE TERRENOS, LOJAS E ESPAÇOS DE PROPRIEDADE DA COMPANHIA DO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. IDENTIFICAÇÃO Coordenação: Profª. Ingrid Eleonora Schreiber Jansch Pôrto Centro de Empreendimentos em Informática da

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001 OBJETO: CADASTRAMENTO DE EMPRESAS OBJETIVANDO FUTURAS CONTRATAÇÕES DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE CORRESPONDENTES. 1 PREÂMBULO 1.1 A BRB CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A ( FINANCEIRA BRB ) torna

Leia mais

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO Esta Chamada Pública de Apoio Institucional visa à seleção de projetos a serem apoiados pelo CAU/BR na modalidade de Apoio à Assistência

Leia mais

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA 1. Na renovação a empresa deverá informar, por escrito, se houve ou não alteração dos documentos de Qualificação Técnica

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/ Pesquisa-ação em iniciativas educacionais

Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/ Pesquisa-ação em iniciativas educacionais MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE POLÍTICAS CULTURAIS - SPC DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO - DEC CHAMAMENTO PUBLICO N 01/2011 Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA FUNDAÇÃO CERTI 01/2009 SUBVENÇÃO ECONÔMICA À INOVAÇÃO PROGRAMA PRIME - PRIMEIRA EMPRESA INOVADORA

SELEÇÃO PÚBLICA FUNDAÇÃO CERTI 01/2009 SUBVENÇÃO ECONÔMICA À INOVAÇÃO PROGRAMA PRIME - PRIMEIRA EMPRESA INOVADORA SELEÇÃO PÚBLICA FUNDAÇÃO CERTI 01/2009 SUBVENÇÃO ECONÔMICA À INOVAÇÃO PROGRAMA PRIME - PRIMEIRA EMPRESA INOVADORA 1. APRESENTAÇÃO O Programa Prime - Primeira Empresa Inovadora - visa apoiar empresas nascentes

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA SEBRAE/RJ Nº 01/2011

EDITAL DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA SEBRAE/RJ Nº 01/2011 EDITAL DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA SEBRAE/RJ Nº 01/2011 Rio, 01/07/2011 EDITAL SEBRAE/RJ Nº. 01/2011 PREÂMBULO O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES)

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) REFORMA DAS INSTALAÇÕES DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS DO ABRIGO DO

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada pelo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14A/2011

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14A/2011 SELEÇÃO DE EMPRESA PARA MINISTRAR CURSO DE PRÉ-INCUBAÇÃO PARA PROJETOS DE BASE TECNOLÓGICA NO ÂMBITO DA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ (INCTEC-SA) TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14A/2011 Contatos Luiz Augusto

Leia mais

3. Repasse de benefícios para a Associação Brasileira de Psiquiatria, Organizadora e Promotora do XXXI CBP:

3. Repasse de benefícios para a Associação Brasileira de Psiquiatria, Organizadora e Promotora do XXXI CBP: I MEMORIAL TÉCNICO DO XXXI CBP: 1. Objeto da Concorrência: EDITAL DE CONCORRÊNCIA PARA APRESENTAÇÃO DE 4 1.1. O objeto da presente concorrência é a contratação da empresa de Prestadora de Serviços de Locação

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO EDITAL DE CREDENCIAMENTO 01 Convênio ATN/ME- 11533-BR Cooperação Técnica Não- Reembolsável. Desenvolvimento de Metodologia para Implantação de Microfranquias 02 Identificação do Edital de Credenciamento

Leia mais

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea"

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea" EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PREÂMBULO A Fundação Bienal de São Paulo convoca interessados

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações A Banrisul Armazéns Gerais S.A., atendendo ao disposto nos arts. 13 e 25 II da lei nº 8.666/93,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2015 EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA PARA O ENSINO SUPERIOR

CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2015 EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA PARA O ENSINO SUPERIOR 1. PREÂMBULO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2015 EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA PARA O ENSINO SUPERIOR I. O SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO PARANÁ - SEBRAE/PR, entidade associativa de direito

Leia mais

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE O Presidente da Fundação Nacional de Artes - Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V artigo 14 do Estatuto aprovado pelo

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ.

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. PREÃMBULO 1994 EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. A Prefeitura Municipal de Marabá, por intermédio

Leia mais

REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS DE CONSULTORIA, INSTRUTORIA EM PROJETOS.

REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS DE CONSULTORIA, INSTRUTORIA EM PROJETOS. REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS DE CONSULTORIA, INSTRUTORIA EM PROJETOS. TOLEDO-PR Página 2 de 6 1. OBJETIVO 1.1 O presente regulamento objetiva

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE ATENDIMENTO NAS UNIDADES DO SESC DA GRANDE SÃO PAULO

DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE ATENDIMENTO NAS UNIDADES DO SESC DA GRANDE SÃO PAULO DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE ATENDIMENTO NAS UNIDADES DO SESC DA GRANDE SÃO PAULO O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos

Leia mais

Edital Nº 001/2013 COTAÇÃO PRÉVIA TIPO MELHOR TÉCNICA

Edital Nº 001/2013 COTAÇÃO PRÉVIA TIPO MELHOR TÉCNICA Edital Nº 001/2013 COTAÇÃO PRÉVIA TIPO MELHOR TÉCNICA Dispõe sobre o cadastramento e seleção de Consultores para atuar nos projetos desenvolvidos pela entidade, no âmbito do Desenvolvimento Sustentável,

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA INCUBATEC UNILASALLE EDITAL PARA SELEÇÃO DE EMPRESAS - FLUXO CONTÍNUO

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA INCUBATEC UNILASALLE EDITAL PARA SELEÇÃO DE EMPRESAS - FLUXO CONTÍNUO INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA INCUBATEC UNILASALLE EDITAL PARA SELEÇÃO DE EMPRESAS - FLUXO CONTÍNUO O CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE Unilasalle Canoas, por meio da Agência de Pesquisa e Desenvolvimento,

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS

INCUBADORA DE EMPRESAS INCUBADORA DE EMPRESAS INCUBADORA DE EMPRESAS BARÃO DE MAUÁ - IEBM TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE GESTÃO DE NEGÓCIOS. Contatos Domingos Sávio de Carvalho (Gerente Operacional do Projeto)

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O.

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. 004/15 1. APRESENTAÇÃO A Direção-Geral das FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

Leia mais

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94.

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA, e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. RESOLUÇÃO 942 / 99 Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. Referência: INFORMAÇÃO PADRONIZADA SD/CCE - 01 /99, de

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 1. PREÂMBULO O CEADEC - Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 Dispõe sobre os procedimentos para cadastramento de Fundações Privadas ou Associações pela Comissão de Cadastramento de ONGs e Associações, de

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFPE, CANDIDATOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXÍLIO À GRADUAÇÃO

EDITAL PARA SELEÇÃO DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFPE, CANDIDATOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXÍLIO À GRADUAÇÃO EDITAL PARA SELEÇÃO DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFPE, CANDIDATOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXÍLIO À GRADUAÇÃO EDITAL Nº 001/01 A Pró-Reitora da - PROGEPE da Universidade Federal

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP

EDITAL DE SELEÇÃO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP EDITAL DE SELEÇÃO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP REALIZAÇÃO Fone (19)3521-5012 E-mail INCAMP@unicamp.br - Site: http://www.incamp.unicamp.br 1.

Leia mais

INC.EM.T.IVA Católica

INC.EM.T.IVA Católica INC.EM.T.IVA Católica Incubadora de Empresas Tocantinenses Inovadoras da Católica do Tocantins Processo de Seleção de Novos Empreendimentos CHAMADA PÚBLICA 001/2015 Palmas, Setembro de 2015. A Faculdade

Leia mais

CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP

CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP A Fundação Faculdade de Medicina, entidade filantrópica, de direito privado, sem fins lucrativos, vem convidar V. Sas a participar do processo de Pedido de Cotação

Leia mais

O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo SESC para este processo seletivo.

O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo SESC para este processo seletivo. DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO AUXILIAR ADMINISTRATIVO FUNÇÃO DESIGNER GRÁFICO (Grande São Paulo, Presidente Prudente e S.José do Rio Preto) O presente documento é uma divulgação oficial

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 O Instituto Tribos Jovens, associação civil sem fins lucrativos, com sede em Porto Seguro/BA, na Rua Saldanha

Leia mais

Edital para Exposição de Oportunidades de Negócios na 5ª Edição da SEMANA SEBRAE DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO 2015 I DA CONVOCAÇÃO II DO EVENTO

Edital para Exposição de Oportunidades de Negócios na 5ª Edição da SEMANA SEBRAE DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO 2015 I DA CONVOCAÇÃO II DO EVENTO I DA CONVOCAÇÃO O SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ, entidade associativa de direito privado, sem fins lucrativos, comunica e convida empresas do setor

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA Ministério das Relações Exteriores Comitê Nacional de Organização Rio+20 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA EDITAL Nº 011/2011 CONTRATAÇÃO

Leia mais

PRÊMIO PORTO MARAVILHA CULTURAL. EDITAL de PRÊMIO Nº 01/2013 EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS

PRÊMIO PORTO MARAVILHA CULTURAL. EDITAL de PRÊMIO Nº 01/2013 EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PRÊMIO PORTO MARAVILHA CULTURAL EDITAL de PRÊMIO Nº 01/2013 EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS 1. INTRODUÇÃO 1.1. A COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO ( CDURP

Leia mais

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE HABILITAÇÃO JURÍDICA Documentos para Credenciamento - Registro comercial no caso de empresa individual; - Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, devidamente registrado em se tratando de

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 012/2015 TIPO: Cotação prévia de preços / Menor preço OBJETO: Contratação de Seguro contra Acidentes

Leia mais

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO - CGTEE Nº 002/2014 OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO CGTEE Nº 002/2014 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Leia mais

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015 Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC Processo de Seleção de Empresas EDITAL nº 2/2015 Brasília, 20 de Novembro de 2015 Apresentação É com satisfação que a Projetos Consultoria Integrada,

Leia mais

REGULAMENTO DO CREDENCIAMENTO PARA COMPOR O CADASTRO DE CONSULTORES DO MOVIMENTO CATARINENSE PARA EXCELÊNCIA

REGULAMENTO DO CREDENCIAMENTO PARA COMPOR O CADASTRO DE CONSULTORES DO MOVIMENTO CATARINENSE PARA EXCELÊNCIA REGULAMENTO DO CREDENCIAMENTO PARA COMPOR O CADASTRO DE CONSULTORES DO MOVIMENTO CATARINENSE PARA EXCELÊNCIA O processo de credenciamento acontecerá de acordo com as etapas abaixo, a serem aplicadas a

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 002/2014. Escritório de Advocacia

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 002/2014. Escritório de Advocacia EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 002/2014 Escritório de Advocacia 4. CRONOGRAMA ATIVIDADES DATAS Lançamento do Edital 24 de janeiro de 2014 Limite para postagem das propostas (conforme item

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO PROJETO DE INFRAESTRUTURA DO CENTRO CULTURAL DAVID RIBEIRO - MERCADO VELHO

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO PROJETO DE INFRAESTRUTURA DO CENTRO CULTURAL DAVID RIBEIRO - MERCADO VELHO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO PROJETO DE INFRAESTRUTURA DO CENTRO CULTURAL DAVID RIBEIRO - MERCADO VELHO 1 OBJETO 1.1 O presente chamamento público tem por objeto a captação

Leia mais

CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA E INSTRUTORIA

CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA E INSTRUTORIA CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA E INSTRUTORIA PERGUNTAS FREQUENTES Este guia com perguntas e respostas foi desenvolvido para possibilitar um melhor entendimento

Leia mais

10/2011 750364/2010 SDH/PR

10/2011 750364/2010 SDH/PR Cotação Prévia de Preço n 10/2011 Convênio nº 750364/2010 SDH/PR Projeto: Desenvolver processos de educação popular, visando a garantia dos direitos humanos e fortalecimento da cidadania, na perspectiva

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO FLUXO CONTÍNUO

EDITAL DE SELEÇÃO FLUXO CONTÍNUO EDITAL DE SELEÇÃO FLUXO CONTÍNUO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP REALIZAÇÃO Fone (19)3521-5012 E-mail INCAMP@unicamp.br - Site: http://www.incamp.unicamp.br

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP:

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: A oportunidade de se tornar um facilitador de aprendizagem e/ou consultor para o sucesso das micro e pequenas empresas APRESENTAÇÃO Esta cartilha

Leia mais

(Do Sr. Antonio Carlos Mendes Thame) O Congresso Nacional decreta:

(Do Sr. Antonio Carlos Mendes Thame) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI N o, DE 2005 (Do Sr. Antonio Carlos Mendes Thame) Dispõe sobre a desburocratização dos processos de constituição, funcionamento e baixa das microempresas e empresas de pequeno porte, nos

Leia mais