Programação para Internet I. 2. O protocolo HTTP. Nuno Miguel Gil Fonseca

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação para Internet I. 2. O protocolo HTTP. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt"

Transcrição

1 Programação para Internet I 2. O protocolo HTTP Nuno Miguel Gil Fonseca

2 Protocolos Conjunto de regras que define o modo como aplicações informáticas comunicam entre si. Permite que diferentes sistemas sejam desenvolvidos independentemente uns dos outros, no entanto, posteriormente podem comunicar entre si (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 2

3 Hypertext Transfer Protocol Actualmente na versão 1.1 É o protocolo de rede usado para encaminhar a maior parte dos ficheiros (e outros tipos de informação) que circulam pela World Wide Web. Entre os ficheiros transmitidos encontram-se principalmente ficheiros HTML, imagens, etc. O protocolo HTTP opera geralmente sobre sockets TCP/IP. (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 3

4 Como muitos outros protocolos de rede, assenta no modelo cliente-servidor Como exemplo de um cliente, temos os browsers (Internet Explorer, por exemplo) A parte servidora fica a cargo dos HTTP servers (Apache, por exemplo) Um servidor de HTTP está, regra geral, à escuta no porto 80, no entanto, outros portos podem ser usados (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 4

5 A estrutura das transacções Como acontece geralmente em aplicações cliente servidor, o cliente efectua um pedido (request) e posteriormente o servidor enviará a resposta (response). (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 5

6 A estrutura das transacções O formato das mensagens de request e response têm uma estrutura semelhante: Uma linha inicial (diferente entre request e response) (1) Um ou mais cabeçalhos (2) Uma linha em branco (3) Um corpo de mensagem (opcional) (um ficheiro, dados de input/output)(4) HTTP/ OK Date: Tue, 21 Mar :55:15 GMT Server: Apache/ (Unix) Last-Modified: Thu, 12 May :43:54 GMT Content-Type: text/html <!DOCTYPE HTML PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 4.01 Transitional//EN"> <html>... obrigatório opcional (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 6

7 Os pedidos A linha inicial de um pedido (request) é constituído por três partes separadas por um espaço: O nome de um método (GET, POST, HEAD) O path local do que se pretende transmitir A versão do protocolo HTTP que se está a usar GET /index.html HTTP/1.1 Host: GET /index.ht HTTP/1.1 Host: (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 7

8 As respostas A linha inicial (status line) de uma resposta (response) é igualmente constituído por três partes separadas por um espaço: A versão do protocolo HTTP que está a ser usado Um determinado código de resposta (response status code) Uma frase que identifique o resultado HTTP/ OK Date: Tue, 21 Mar :55:15 GMT <... Código html da página pedida...> HTTP/ Not Found Date: Tue, 21 Mar :58:24 GMT <... Código html da página de erro...> (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 8

9 As respostas Ficheiro HTML GET /index.html HTTP/1.1 Host: HTTP/ OK Date: Tue, 21 Mar :55:15 GMT Server: Apache/ (Unix) Last-Modified: Thu, 12 May :43:54 GMT Content-Type: text/html <!DOCTYPE HTML PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 4.01 Transitional//EN"> <html>... (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 9

10 As respostas Ficheiro binário (PNG neste caso) GET /logo.png HTTP/1.1 Host: HTTP/ OK Date: Tue, 21 Mar :22:18 GMT Server: Apache/ (Unix) Accept-Ranges: bytes Content-Length: 2642 Content-Type: image/png PNG ¼J! K JIZ7ð y ÞÞÞ Þ>sëÐ çûœrª Oh6 ŽaøB4 Ê [ è /œ> 4Ü Ñë Þ ÿ ÛbÝ)... (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 10

11 As respostas (cont.) Response status codes Classes 1xx mensagens informativas 2xx indicam sucesso na execução da tarefa 3xx redireccionar o cliente para outro URL 4xx indicam um erro na parte do cliente 5xx indicam um erro na parte dos servidor Os mais usuais 200 OK 404 Not Found 500 Server Error Lista completa (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 11

12 Cabeçalhos (headers) Contêm informação sobre o request ou sobre a response, ou sobre o objecto a ser enviado no corpo da mensagem Deverá ser escrito um header por linha A estrutura básica de um header é: Nome-do-header: valor Na versão 1.0 do protocolo estão definidos 16 cabeçalhos diferentes, não sendo nenhum deles obrigatório Na versão 1.1 estão definidos 46 cabeçalhos diferentes, sendo que apenas o cabeçalho Host: é obrigatório (mas apenas nos requests) (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 12

13 Cabeçalhos (headers) (cont.) Por uma questão de cortesia, é comum incluir nos pedidos: From: geralmente o endereço de de quem faz o pedido From: User-Agent: - Identifica o programa que faz o request User-Agent: Mozilla/3.0Gold Já nas respostas, é usual incluir: Server: Identifica o web server que está a responder Server: Apache/1.2b3-dev Last-Modified: A data da ultima alteração do recurso que se pretende aceder Last-Modified: Fri, 31 Dec :59:59 GMT (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 13

14 Cabeçalhos (headers) (cont.) Alguns dos headers mais utilizados Accept-Language: permite especificar as linguagem em que preferencialmente se pretende obter a response. Accept-Language: pt, es, it Cache-Control: permite especificar o modo como os mecanismos de caching se deverão comportar. Cache-Control: no-cache Content-Encoding: permite identificar que tipos especiais de codificação foram aplicados sobre os dados transmitidos Content-Encoding: gzip Content-Language: permite especificar a linguagem do texto que segue no corpo da mensagem Content-language: pt (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 14

15 Cabeçalhos (headers) (cont.) Alguns dos headers mais utilizados (cont.) Content-Location: Poderá ser usado em situações em que se pretenda redireccionar o utilizador para um URI diferente do que foi especificado. Content-Location: Date: representa a data em que a mensagem foi gerada Date: Tue, 15 Nov :12:31 GMT Expires: especifica a data a partir da qual uma response poderá ser considerada expirada Expires: Thu, 01 Dec :00:00 GMT From: representa geralmente o endereço de do utilizador que acede a determinada página From: Host: o endereço da máquina a que se pretende aceder Host: (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 15

16 Cabeçalhos (headers) (cont.) Alguns dos headers mais utilizados (cont.) Last-Modified: Indica a data em que ocorreu a última modificação ao recurso que se pretende aceder Last-Modified: Tue, 15 Nov :45:26 GMT Referer: Indica o endereço da página a partir da qual foi feito o pedido actual Referer: Server: Indica informação sobre o software que responde como servidor Server: CERN/3.0 libwww/2.17 User-Agent: fornece informação sobre a aplicação (geralmente um browser) que está a aceder a determinado recurso. User-Agent: CERN-LineMode/2.15 libwww/2.17b3 (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 16

17 Cabeçalhos (headers) (cont.) Em poderá encontrar a lista completa dos cabeçalhos do protocolo HTTP 1.1 (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 17

18 Corpo da mensagem Por vezes é enviada uma mensagem a seguir aos cabeçalhos Nos request este corpo de mensagem é usado aquando da submissão de informação (uso de formulários, por exemplo) Já no caso dos response é usado acima de tudo para transportar os dados do servidor para o cliente (HTML, imagens, etc.) Geralmente quando uma mensagem inclui corpo de mensagem, é usual incluir cabeçalhos que descrevam o corpo da mensagem em questão: Content-Type: o MIME-type do conteúdo (text/html, image/gif, etc.) Content-Length: o número em bytes do corpo da mensagem (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 18

19 Outros métodos HEAD É semelhante ao GET, no entanto, é apenas usado para obter o valor dos cabeçalhos. Não deverá existir nunca corpo de mensagem no pedido A resposta também não irá conter corpo de mensagem, apenas cabeçalhos Utilizado principalmente pelos mecanismos de caching HEAD / HTTP/1.1 Host: (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 19

20 Outros métodos POST Usado em situações em que é necessário enviar informação do cliente para o servidor Um request POST é diferente de um request GET nomeadamente no que diz respeito a: É sempre usado o corpo da mensagem O headercontent-type tem geralmente o valor application/x-www-formurlencoded POST /path/script.cgi HTTP/1.1 From: User-Agent: HTTPTool/1.0 Content-Type: application/x-www-form-urlencoded Content-Length: 32 home=cosby&favorite+flavor=flies (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 20

21 Para falar directamente com um web server, basta fazer telnet 80 e posteriormente enviar os pedidos HTTP pretendidos (c) Nuno Miguel Gil Fonseca - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital - Programação para Internet I 21

Internet e protocolos web. A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais. Topologia tem de fornecer caminhos alternativos

Internet e protocolos web. A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais. Topologia tem de fornecer caminhos alternativos Internet e protocolos web A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais Tolerante a falhas (no single point of failure) Topologia tem de fornecer caminhos alternativos entre 2 computadores

Leia mais

O protocolo HTTP. O que é o protocolo HTTP?

O protocolo HTTP. O que é o protocolo HTTP? O protocolo HTTP Você aprenderá: O que é e como funciona o protocolo HTTP. Quais são as partes de um pedido HTTP. Quais são as partes de um a resposta HTTP. IIS - HTTP 1 O que é o protocolo HTTP? Hyper

Leia mais

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc.

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc. INTERNET Grande conjunto de redes de computadores interligadas pelo mundo. Começou como uma rede interligando Universidades no E.U.A A partir de 1993 a Internet começou a ser explorada comercialmente.

Leia mais

HyperText Transfer Protocol (HTTP)

HyperText Transfer Protocol (HTTP) Programação Na Web HyperText Transfer Protocol () António Gonçalves Arquitectura Protocolo de transporte de documentos hypertexto RFC 1945 - Versão 1.0 RFC 2616 - Versão 1.1 O pedido é feito em ASCII e

Leia mais

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico.

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. A Web e o HTTP Web Até a década de 1990, a Internet era utilizada por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. Então, no início dessa década, iniciou-se

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES Programação WEB Desenvolvimento de Sistemas para WEB

Leia mais

Java Enterprise Edition. by Antonio Rodrigues Carvalho Neto

Java Enterprise Edition. by Antonio Rodrigues Carvalho Neto Java Enterprise Edition by Antonio Rodrigues Carvalho Neto Enterprise Edition Architecture O que é Java Enterprise Edition? Java EE é uma plataforma que reune diversas especificações relacionadas a computação

Leia mais

Hypertext Transport Protocol (HTTP)

Hypertext Transport Protocol (HTTP) Hypertext Transport Protocol () Programação na Internet Secção de Sistemas e Tecnologias de Informação ISEL-DEETC-LEIC Luis Falcão - lfalcao@cc.isel.ipl.pt Carlos Guedes cguedes@cc.isel.ipl.pt Nuno Datia

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Departamento de Informática Unidades Curriculares Serviços de Acesso a Informação Licenciatura em Tecnologias e Sistemas de Informação Cap. 6 - Sumário ü Introdução ü World

Leia mais

1.264 Lição 11. Fundamentos da Web

1.264 Lição 11. Fundamentos da Web 1.264 Lição 11 Fundamentos da Web Navegadores e servidores da Web A Internet é apenas um conjunto de redes interconectadas livremente. Um conjunto de redes de área local conectado via redes de área ampla

Leia mais

APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB

APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB http://tutorials.jenkov.com/web-services/message-formats.html APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB Laboratórios de Informática 2014-2015 João Paulo Barraca, André Zúquete, Diogo Gomes Aplicações WEB A maioria de

Leia mais

O protocolo HTTP. Você aprenderá: O que é e como funciona o protocolo HTTP. Quais são as partes de um pedido HTTP.

O protocolo HTTP. Você aprenderá: O que é e como funciona o protocolo HTTP. Quais são as partes de um pedido HTTP. HTTP O protocolo HTTP Você aprenderá: O que é e como funciona o protocolo HTTP. Quais são as partes de um pedido HTTP. Quais são as partes de um a resposta HTTP. O que é o protocolo HTTP? Hyper Text Transfer

Leia mais

Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores

Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores HTTP HyperText Transport Protocol Introdução ao protocolo HTTP Origem Definido na iniciativa da WWW HTML e HTTP Modelo cliente servidor Protocolo sem

Leia mais

Desenvolvimento Web Protocolos da Internet

Desenvolvimento Web Protocolos da Internet Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Campus Currais Novos Desenvolvimento Web Protocolos da Internet Professor: Bruno E. G. Gomes Currais Novos, 2013 Introdução Histórico da Internet Cliente

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso

Universidade Federal de Mato Grosso Universidade Federal de Mato Grosso Programação III Curso de Ciência da Computação Prof. Thiago P. da Silva thiagosilva@ufmt.br Material basedado em [Kurose&Ross 2009] e [Gonçalves, 2007] Agenda Internet

Leia mais

Protocolo HTTP. Palavras-chave: Navegador, aplicativos, web, cliente, servidor.

Protocolo HTTP. Palavras-chave: Navegador, aplicativos, web, cliente, servidor. 1 Protocolo HTTP RODRIGO PREIS BEOCK, Leandro 1 ; DE FREITAS CONSONE, Cibele 2 ; RODRIGUES LIMA, Leandro 3 ; PETRICA, Eder 4 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO/UNEMAT - COLÍDER 5 RESUMO: O presente

Leia mais

rumo ao HTTP 2.0 o que vem por aí e o que você pode utilizar já com SPDY

rumo ao HTTP 2.0 o que vem por aí e o que você pode utilizar já com SPDY rumo ao HTTP 2.0 o que vem por aí e o que você pode utilizar já com SPDY Luiz Corte Real @srsaude Sérgio Lopes @sergio_caelum m a ç n la to n e review HTTP em 5 slides $ telnet www.caelum.com.br 80 Trying

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder. Escreva as suas respostas nesta folha de teste, marcando um círculo em volta da opção ou opções que considere

Leia mais

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL 1 HTTP Uma página WWW é composta de objetos e endereçado por uma

Leia mais

Hyper Text Transfer Protocol (HTTP) ADI HTTP 1/18

Hyper Text Transfer Protocol (HTTP) ADI HTTP 1/18 Hyper Text Transfer Protocol (HTTP) ADI HTTP 1/18 Protocolo HTTP Funciona na filosofia cliente-servidor sobre o protocolo TCP na porta 80 Cliente tcp 80 Servidor Web Netscape, iexplorer, opera ( apache,

Leia mais

Teia de alcance mundial (World Wide Web WWW) Web composta de

Teia de alcance mundial (World Wide Web WWW) Web composta de Web Teia de alcance mundial (World Wide Web WWW) Web composta de Agentes de usuário para a Web (browsers) Servidores Web Protocolo de transferência de hipertexto (HyperText Transfer Protocol HTTP) Web

Leia mais

Capítulo 7. Hyper Text Transfer Protocol (HTTP). Serviço Apache. - Protocolo HTTP - Sessão HTTP - Configuração do serviço Apache

Capítulo 7. Hyper Text Transfer Protocol (HTTP). Serviço Apache. - Protocolo HTTP - Sessão HTTP - Configuração do serviço Apache Capítulo 7 Hyper Text Transfer Protocol (HTTP). Serviço Apache. - Protocolo HTTP - Sessão HTTP - Configuração do serviço Apache Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 7 1/1 Protocolo HTTP Funciona na

Leia mais

Programação de Servidores CST Redes de Computadores. Marx Gomes Van der Linden

Programação de Servidores CST Redes de Computadores. Marx Gomes Van der Linden Programação de Servidores CST Redes de Computadores Marx Gomes Van der Linden Programação de Servidores Aplicações cliente/servidor para web. Fundamentos de HTML+CSS. Linguagem de programação de servidor:

Leia mais

Como se defender utilizando software livre na era da espionagem

Como se defender utilizando software livre na era da espionagem Como se defender utilizando software livre na era da espionagem Dia da Liberdade de Software 2013 Setembro de 2013 Conteúdo da apresentação 1 Introdução Sniffers TCPDUMP Wireshark 2 DNS S 3 Proteção DNS

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES. Prof. Evandro Cantú

REDES DE COMPUTADORES. Prof. Evandro Cantú REDES DE COMPUTADORES Prof. Evandro Cantú Prof. Evandro Cantú, evandro.cantu@ifpr.edu.br Slides adaptados de J. Kurose & K. Ross 2 Curso de Capacitação Intelbras Redes Computadores Maio 2007 Camada de

Leia mais

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (v1) 60 minutos * 09.05.2012

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (v1) 60 minutos * 09.05.2012 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder e tenha atenção que algumas perguntas podem ter alíneas de resposta em páginas diferentes. Escreva as suas

Leia mais

@sergio_caelum sergiolopes.org

@sergio_caelum sergiolopes.org HTTP/2 @sergio_caelum sergiolopes.org review HTTP em 5 slides $ telnet www.caelum.com.br 80 Trying 64.233.171.121... Connected to ghs.googlehosted.com. Escape character is '^]'. GET / HTTP/1.1 Host: www.caelum.com.br

Leia mais

2Arquitetura cliente-servidor

2Arquitetura cliente-servidor Redes de computadores e a Internet Capítulo Camada de aplicação Nossos objetivos: Conceitual, aspectos de implementação de protocolos de aplicação de redes Paradigma cliente-servidor Paradigma peer-to-peer

Leia mais

Aulas Práticas. Implementação de um Proxy HTTP. O que é um proxy?

Aulas Práticas. Implementação de um Proxy HTTP. O que é um proxy? Redes de Computadores Aulas Práticas Implementação de um Proxy HTTP Material de suporte às aulas de Redes de Computadores Copyright DI FCT/UNL / 1 O que é um proxy? Genericamente é um processo que actua

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Conceitos Fundamentais Redes de Dados

Tópicos de Ambiente Web Conceitos Fundamentais Redes de Dados Tópicos de Ambiente Web Conceitos Fundamentais Redes de Dados Professora: Sheila Cáceres Computador Dispositivo eletrônico usado para processar guardar e tornar acessível informação. Tópicos de Ambiente

Leia mais

6127. Redes comunicação de dados. RSProf@iol.pt. 2014/2015. Acesso à Internet.

6127. Redes comunicação de dados. RSProf@iol.pt. 2014/2015. Acesso à Internet. Sumário Acesso à Internet. Elementos típicos de uma rede. Rede de acesso ADSL. Rede de acesso ADSL. Rede de acesso ADSL. Rede de acesso ADSL. Rede de acesso ADSL. Rede de acesso ADSL. Rede de acesso ADSL.

Leia mais

Java, HTTP, CGI e Linguagens de Scripting

Java, HTTP, CGI e Linguagens de Scripting Java, HTTP, CGI e Linguagens de Scripting Java e Engenharia de Software Orientada a Objetos por Jorge H. C. Fernandes (jorgehcfernandes@uol.com.br) 2003 Objetivos desta Aula Descrever o protocolo HTTP,

Leia mais

HTTP. passado, presente e futuro.

HTTP. passado, presente e futuro. HTTP passado, presente e futuro. Luiz Fernando Rodrigues (ou Fernahh) blog.fernahh.com.br github.com/fernahh twitter.com/fernahh speakerdeck.com/fernahh www.organicadigital.com HTT... o que? HTT... o que?

Leia mais

A Camada de Aplicação

A Camada de Aplicação A Camada de Aplicação Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II Afinal, o que faz a camada de aplicação?... 2 Paradigma Cliente/Servidor [4]... 2 Endereçamento... 2 Tipo de Serviço... 2

Leia mais

SOAP. Web Services & SOAP. Tecnologias de Middleware 2004/2005. Simple Object Access Protocol. Simple Object Access Protocol SOAP

SOAP. Web Services & SOAP. Tecnologias de Middleware 2004/2005. Simple Object Access Protocol. Simple Object Access Protocol SOAP Web Services & SOAP Tecnologias de Middleware 2004/2005 SOAP Simple Object Access Protocol Os web services necessitam de comunicar entre eles e trocar mensagens. O SOAP define a estrutura e o processamento

Leia mais

Redes de Computadores. Camada de Aplicação Profa. Priscila Solís Barreto

Redes de Computadores. Camada de Aplicação Profa. Priscila Solís Barreto Redes de Computadores Camada de Aplicação Profa. Priscila Solís Barreto Criando uma nova aplicação de rede Escrever programas que Executem sobre diferentes sistemas finais e Se comuniquem através de uma

Leia mais

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES. Alan Nakai

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES. Alan Nakai INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES Alan Nakai ROTEIRO Introdução Tipos de Redes de Computadores Protocolos Modelo em Camadas Internet Introdução O que é uma rede de computadores? Coleção de computadores

Leia mais

Ferramentas para Internet CST Sistemas para Internet

Ferramentas para Internet CST Sistemas para Internet Ferramentas para Internet CST Sistemas para Internet Marx Gomes Van der Linden ( Material baseado no original de Marcelo José Siqueira Coutinho de Almeida ) Ferramentas para Internet Web design: HTML CSS

Leia mais

Administração de Sistemas

Administração de Sistemas UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Informática Administração de Sistemas Licenciatura em: - Tecnologias e Sistemas de Informação 6. Serviços de Acesso a Informação Docente: Prof. Joel Rodrigues

Leia mais

PHP: Cookies e Sessões

PHP: Cookies e Sessões PHP: Cookies e Sessões Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden Protocolo HTTP O protocolo HTTP não tem conceito de sessões. Modelo simples de Requisição e Resposta. http://marx.vanderlinden.com.br/

Leia mais

Redes de Computadores (RCOMP 2014/2015)

Redes de Computadores (RCOMP 2014/2015) Redes de Computadores (RCOMP 2014/2015) Protocolo HTTP. Gestão de redes. Protocolo SNMP. 1 Transferência de Ficheiros em Rede Com o surgimento dos documentos de hiper texto em rede, o protocolo mais usado

Leia mais

Arquitetura da Aplicação Web (Comunicação Cliente/Servidor)

Arquitetura da Aplicação Web (Comunicação Cliente/Servidor) Desenvolvimento de Sistemas Web Arquitetura da Aplicação Web (Comunicação Cliente/Servidor) Prof. Mauro Lopes 1-31 25 Objetivos Iniciaremos aqui o estudo sobre o desenvolvimento de sistemas web usando

Leia mais

Tecnologias Web 2010/11

Tecnologias Web 2010/11 Tecnologias Web 2010/11 Hypertext Transfer Protocol (HTTP) Departamento de Ciência de Computadores Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Rui Prior HTTP 1 World Wide Web Principais componentes

Leia mais

Guia de Consulta Rápida HTTP. Décio Jr. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br

Guia de Consulta Rápida HTTP. Décio Jr. Novatec Editora. www.novateceditora.com.br Guia de Consulta Rápida HTTP Décio Jr. Novatec Editora www.novateceditora.com.br Guia de Consulta Rápida HTTP de Décio Jr. Copyright 2001 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados. É proibida

Leia mais

UMA ANÁLISE DAS TROCAS DE MENSAGENS DO PROTOCOLO HTTP ATRAVÉS DE UM SIMULADOR DE REDES DE COMPUTADORES

UMA ANÁLISE DAS TROCAS DE MENSAGENS DO PROTOCOLO HTTP ATRAVÉS DE UM SIMULADOR DE REDES DE COMPUTADORES UMA ANÁLISE DAS TROCAS DE MENSAGENS DO PROTOCOLO HTTP ATRAVÉS DE UM SIMULADOR DE REDES DE COMPUTADORES Alan Jelles Lopes Ibrahim Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul alan.jelles@hotmail.com Eduardo

Leia mais

Desenvolvimento Web Histórico da Internet e Protocolos

Desenvolvimento Web Histórico da Internet e Protocolos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Desenvolvimento Web Histórico da Internet e Protocolos Professor: Bruno E. G. Gomes 2014 Introdução Histórico da Internet Cliente e servidor Introdução

Leia mais

FPROT HTTP(s), FTP, DHCP, SQUID e SAMBA. Aula 1 SENAC TI Fernando Costa

FPROT HTTP(s), FTP, DHCP, SQUID e SAMBA. Aula 1 SENAC TI Fernando Costa FPROT HTTP(s), FTP, DHCP, SQUID e SAMBA Aula 1 SENAC TI Fernando Costa Camada de Aplicação Objetivos: aspectos conceituais dos protocolos de aplicação em redes modelos de serviço da camada de transporte

Leia mais

Introdução a WEB. Contato: Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/

Introdução a WEB. Contato: <lara.popov@ifsc.edu.br> Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ Introdução a WEB Contato: Site: http://professores.chapeco.ifsc.edu.br/lara/ 1 Introdução Histórico da Internet Cliente e Servidor Introdução aos protocolos da Internet Objetivos

Leia mais

Comunicação entre Processos

Comunicação entre Processos Comunicação entre Processos Comunicação entre Processos - Sistemas Operacionais fornecem mecanismos para comunicação entre processos (IPC), tal como filas de mensagens, semáfaros e memória compartilhada.

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistemas Web: Arquitetura e Serviços. Aécio Costa

Conceitos Básicos sobre Sistemas Web: Arquitetura e Serviços. Aécio Costa Aécio Costa O que é Arquitetura? Arquitetura é antes de mais nada construção, mas, construção concebida com o propósito primordial de ordenar e organizar o espa ç o para determinada finalidade e visando

Leia mais

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. alexandref@ifes.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. alexandref@ifes.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim Redes TCP/IP alexandref@ifes.edu.br Camada de Aplicação 2 Camada de Aplicação Algumas aplicações de rede E-mail Web Mensagem instantânea Login remoto P2P file sharing Jogos de rede multiusuário Telefonia

Leia mais

Redes de Computadores 1 o Exame

Redes de Computadores 1 o Exame Redes de Computadores 1 o Exame 28 de Junho de 2006 Nota prévia As respostas erradas nas questões de escolha múltipla descontam a cotação dessa questão a dividir pelo número de alternativas. O exame tem

Leia mais

Aula 1 Cleverton Hentz

Aula 1 Cleverton Hentz Aula 1 Cleverton Hentz Sumário da Aula Introdução História da Internet Protocolos Hypertext Transfer Protocol 2 A Internet é um conjunto de redes de alcance mundial: Comunicação é transparente para o usuário;

Leia mais

Web das Coisas WoT. Software: APIs para IoT. Prof. João Bosco Teixeira Junior

Web das Coisas WoT. Software: APIs para IoT. Prof. João Bosco Teixeira Junior Web das Coisas WoT Software: APIs para IoT Prof. João Bosco Teixeira Junior WoT Um novo paradigma para desenvolvimento de aplicações inspirado na ideia do IOT; Utiliza protocolos e padrões amplamente aceitos

Leia mais

Breve introdução a User Dir e Senhas no Apache Uma abordagem prática (aka crash course on User Dir and Directory Authentication on Apache)

Breve introdução a User Dir e Senhas no Apache Uma abordagem prática (aka crash course on User Dir and Directory Authentication on Apache) Breve introdução a User Dir e Senhas no Apache Uma abordagem prática (aka crash course on User Dir and Directory Authentication on Apache) Prof. Rossano Pablo Pinto Novembro/2012 - v0.1 Abril/2013 - v0.3

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2010 Camada de Aplicação

Leia mais

Tecnologias para Web Design

Tecnologias para Web Design Tecnologias para Web Design Introdução Conceitos básicos World Wide Web (Web) Ampla rede mundial de recursos de informação e serviços Aplicação do modelo de hipertexto na Web Site Um conjunto de informações

Leia mais

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços de telecomunicação. Hardware

Leia mais

Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP

Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP Departamento de Ciência da Computação Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP Igor Monteiro Moraes Redes

Leia mais

Internet. O que é a Internet?

Internet. O que é a Internet? O que é a Internet? É uma rede de redes de computadores, em escala mundial, que permite aos seus utilizadores partilharem e trocarem informação. A Internet surgiu em 1969 como uma rede de computadores

Leia mais

UMA ABORDAGEM SOBRE A INTERFACE DE PROGRAMAÇÃO DE APLICAÇÕES SOCKETS E A IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR HTTP

UMA ABORDAGEM SOBRE A INTERFACE DE PROGRAMAÇÃO DE APLICAÇÕES SOCKETS E A IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR HTTP UMA ABORDAGEM SOBRE A INTERFACE DE PROGRAMAÇÃO DE APLICAÇÕES SOCKETS E A IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR HTTP Alan Jelles Lopes Ibrahim, alan.jelles@hotmail.com Eduardo Machado Real, eduardomreal@uems.br

Leia mais

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System Redes - Internet 9º C 2008 09 24 Sumário } Estrutura baseada em camadas } Endereços IP } DNS -Domain Name System } Serviços, os Servidores e os Clientes } Informação Distribuída } Principais Serviços da

Leia mais

Práticas de Desenvolvimento de Software

Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 8. 13/04/2015. Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 8 - Arquitetura e infraestrutura de aplicações Web. Oferecimento Modelo cliente-servidor (1) Cliente Rede scheme://domain:port/path?query_string#fragment_id

Leia mais

Camada de aplicação. Aplicações em rede

Camada de aplicação. Aplicações em rede Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação Paradigma cliente-servidor Modelos de serviço Protocolos da camada de aplicação HTTP FTP SMTP, POP DNS Programação de protocolos

Leia mais

Introdução ao Uso da Internet. Pedro Veiga

Introdução ao Uso da Internet. Pedro Veiga Introdução ao Uso da Internet Pedro Veiga Tópicos Breve História da Internet Estrutura da Internet Aplicações da Internet Infra-estrutura Internet da FCUL Como apareceu a Internet? A designação Internet

Leia mais

Programação para Internet I. 1. Servidores web. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 1. Servidores web. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 1. Servidores web Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Quando pretendemos aceder a uma página web, utilizamos um browser, independentemente da plataforma de hardware/software,

Leia mais

Camada de Aplicação. Prof. Tiago Semprebom. tisemp@sj.cefetsc.edu.br www.sj.cefetsc.edu.br/~tisemp. 2: Camada de aplicação 1

Camada de Aplicação. Prof. Tiago Semprebom. tisemp@sj.cefetsc.edu.br www.sj.cefetsc.edu.br/~tisemp. 2: Camada de aplicação 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA Camada de Aplicação Prof. Tiago Semprebom tisemp@sj.cefetsc.edu.br

Leia mais

Programação para Internet Avançada. 4. Web Services. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet Avançada. 4. Web Services. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet Avançada 4. Web Services Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt São módulos de aplicações de negócios que expõem as regras do negócio como serviços na Internet através

Leia mais

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira Wireshark Captura de Protocolos da camada de aplicação Maicon de Vargas Pereira Camada de Aplicação Introdução HTTP (Hypertext Transfer Protocol) 2 Introdução Camada de Aplicação Suporta os protocolos

Leia mais

Web. Professor: Rodrigo Alves Sarmento rsarmento@catolica-es.edu.br rasarmento@gmail.com

Web. Professor: Rodrigo Alves Sarmento rsarmento@catolica-es.edu.br rasarmento@gmail.com Web Professor: Rodrigo Alves Sarmento rsarmento@catolica-es.edu.br rasarmento@gmail.com Objetivos O que é uma aplicação Web? Web x Stand-Alone Web x Cliente Servidor Tradicional Tipos de Aplicação Dois

Leia mais

Camada de aplicação. Camada de aplicação

Camada de aplicação. Camada de aplicação Camada de aplicação Camada de aplicação Nossos objetivos: Conceitual, aspectos de implementação de protocolos de aplicação de redes Modelos de serviço da camada de transporte Paradigma cliente-servidor

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interativas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Na aula de hoje iremos conhecermos e relembrarmos duas ferramentas do Windows, chamadas de ipconfig e nslookup. Além disso, iremos discutirmos

Leia mais

DNS Domain Name System

DNS Domain Name System Departamento de Engenharia de Teleunicações - UFF Protocolos de Nível de Aplicação Disciplina: Nível de de Aplicação DNS, DNS, Correio Eletrônico,, Introdução à Comutação Introdução à Comutação de de Rótulos

Leia mais

Protocolos de Internet (família TCP/IP e WWW) Primeiro Técnico. Prof. Cesar

Protocolos de Internet (família TCP/IP e WWW) Primeiro Técnico. Prof. Cesar Primeiro Técnico Protocolos de Internet (família TCP/IP e WWW) Prof. Cesar 1 TCP - Transmission Control Protocol Esse protocolo tem como principal objetivo realizar a comunicação entre aplicações de dois

Leia mais

Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação

Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação Paradigma cliente-servidor Modelos de serviço Protocolos da camada de aplicação HTTP FTP SMTP, POP DNS CDN P2P Programação

Leia mais

Tecnologias Web. Java Servlets

Tecnologias Web. Java Servlets Tecnologias Web Java Servlets Cristiano Lehrer, M.Sc. O que são Servlets Extensões do servidor escritas em Java: Podem ser usados para estender qualquer tipo de aplicação do modelo requisição/resposta.

Leia mais

Teleprocessamento e Redes

Teleprocessamento e Redes Teleprocessamento e Redes Aula 23: (laboratório) 13 de julho de 2010 1 2 3 ICMP HTTP DNS TCP 4 nslookup Sumário Permite fazer requisições a um servidor DNS O nslookup envia uma requisição para o servidor,

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 2 Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br - Protocolos de Internet Mensagem M Aplicação HTTP, SMTP, FTP, DNS Segmento Ht M Transporte TCP, UDP Datagrama Hr Ht M Rede

Leia mais

Tecnologias da Internet

Tecnologias da Internet Ano Lectivo 2012/2013 * 2º Semestre Licenciaturas em Engenharia Informática (5378) Tecnologias e Sistemas da Informação (6625) Aula 3, 8/3/2013 Nuno M. Garcia, ngarcia@di.ubi.pt Coisas para fazer: Descrever

Leia mais

Introdução à Multimídia

Introdução à Multimídia Sistemas Multimídia - Aula 01 Introdução à Multimídia Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa Universidade Federal Rural do Semiárido Departamento de Ciências Exatas e Naturais Curso de Ciência da Computação

Leia mais

Programação para Internet I. 10. Motores de busca. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 10. Motores de busca. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 10. Motores de busca Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt A Internet assume-se como a maior fonte de informação de todos os tempos No entanto, a informação encontra-se

Leia mais

ALCY JOSÉ VIEIRA NETO ALEXANDRE SOHN CINTIA CAVICHIOLO PROTOCOLO HTTP

ALCY JOSÉ VIEIRA NETO ALEXANDRE SOHN CINTIA CAVICHIOLO PROTOCOLO HTTP ALCY JOSÉ VIEIRA NETO ALEXANDRE SOHN CINTIA CAVICHIOLO PROTOCOLO HTTP CURITIBA 2006 ALCY JOSÉ VIEIRA NETO ALEXANDRE SOHN CINTIA CAVICHIOLO PROTOCOLO HTTP Trabalho apresentado para a disciplina de REDES,

Leia mais

Conceito de Internet. Internet

Conceito de Internet. Internet Conceito de Internet Para entendermos o conceito do que vem a ser a Internet, a Rede Mundial de Computadores, devemos regressar às décadas de 60/70 para saber como ela se tornou um dos meios de comunicação

Leia mais

Redes de Computadores LFG TI

Redes de Computadores LFG TI Redes de Computadores LFG TI Prof. Bruno Guilhen Camada de Aplicação Fundamentos Fundamentos Trata os detalhes específicos de cada tipo de aplicação. Mensagens trocadas por cada tipo de aplicação definem

Leia mais

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala Programação para a Internet Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala A plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068) Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado

Leia mais

Eng.ª Informática. Redes de Computadores. Frequência. 4 de Julho de 2006

Eng.ª Informática. Redes de Computadores. Frequência. 4 de Julho de 2006 Eng.ª Informática Redes de Computadores 4 de Julho de 2006 Leia atentamente as perguntas seguintes e responda de forma breve e precisa. Pode acompanhar a suas respostas com figuras de forma a torná-las

Leia mais

Desenvolvimento Cliente-Servidor 1

Desenvolvimento Cliente-Servidor 1 Desenvolvimento Cliente- 1 Ambiienttes de Desenvollviimentto Avançados Engenharia Informática Instituto Superior de Engenharia do Porto Alexandre Bragança 1998/99 Ambientes de Desenvolvimento Avançados

Leia mais

WWW, CGI e HTTP Java Deployment Course: Aula 2. por Jorge H. C. Fernandes (jhcf@di.ufpe.br) DI-UFPE 28 de Abril de 1999

WWW, CGI e HTTP Java Deployment Course: Aula 2. por Jorge H. C. Fernandes (jhcf@di.ufpe.br) DI-UFPE 28 de Abril de 1999 WWW, CGI e HTTP Java Deployment Course: Aula 2 por Jorge H. C. Fernandes (jhcf@di.ufpe.br) DI-UFPE 28 de Abril de 1999 WWW, CGI e HTTP Copyright 1999, 1998, 1997 Jorge H. C. Fernandes (jhcf@di.ufpe.br)

Leia mais

LABORATÓRIO DE INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES. SERVIÇOS ADICIONAIS: Conceituação, Instalação e Configuração

LABORATÓRIO DE INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES. SERVIÇOS ADICIONAIS: Conceituação, Instalação e Configuração SERVIÇOS ADICIONAIS: Conceituação, Instalação e Configuração POP Post Office Protocol / IMAP = "Internet Mail Access Protocol" Conceituação POP/IMAP é um serviço geralmente disponível em servidores de

Leia mais

Vamos iniciar a nossa exploração do HTTP baixando um arquivo em HTML simples - bastante pequeno, que não contém objetos incluídos.

Vamos iniciar a nossa exploração do HTTP baixando um arquivo em HTML simples - bastante pequeno, que não contém objetos incluídos. Wireshark Lab: HTTP Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2008 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark. Tendo molhado os nossos pés com o Wireshark no laboratório

Leia mais

INTERNET. TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores)

INTERNET. TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores) TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores) A cada computador integrado na rede é atribuído um número IP que o identifica

Leia mais

Camada de Aplicação. Prof. Eduardo

Camada de Aplicação. Prof. Eduardo Camada de Aplicação RC Prof. Eduardo Introdução Você sabe que existem vários tipos de programas na Internet? - Talvez você já tenha notado que existem vários programas diferentes para cada um desses tipos.

Leia mais

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico Navegação na Web utilizando um browser Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas

Leia mais

Desenvolvimento Web com JSP/Servlets

Desenvolvimento Web com JSP/Servlets Desenvolvimento Web com JSP/Servlets Requisitos Linguagem Java; Linguagem SQL; Noções de HTML; Noções de CSS; Noções de Javascript; Configuração do ambiente JDK APACHE TOMCAT MySQL Instalando o JDK Instalando

Leia mais

Redes de Computadores Camada de Aplicação. Prof. MSc. Hugo Souza

Redes de Computadores Camada de Aplicação. Prof. MSc. Hugo Souza Redes de Computadores Camada de Aplicação Prof. MSc. Hugo Souza É a camada que dispõe a programação para as aplicações de rede através dos protocolos de aplicação; Provém a implantação da arquitetura de

Leia mais

Sistemas de Telecomunicações

Sistemas de Telecomunicações Departamento de Engenharia Electrotécnica Sistemas de Telecomunicações 2014/2015 Trabalho 1: Aplicação sobre sockets procurador web Mestrado integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores http://tele1.dee.fct.unl.pt

Leia mais

Universo Online. Loja de Aplicativos - API v1.0 [05/2012]

Universo Online. Loja de Aplicativos - API v1.0 [05/2012] Universo Online Loja de Aplicativos - API v1.0 [05/2012] Conteúdo 1 Introdução 1.1 Sobre o provisionamento............................ 1.2 Detalhes do mecanismo de integração..................... 1.2.1

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interactivas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

Informática. Aula 9. A Internet e seu Uso nas Organizações

Informática. Aula 9. A Internet e seu Uso nas Organizações Informática Aula 9 A Internet e seu Uso nas Organizações Curso de Comunicação Empresarial 2º Ano O Que é a Internet? A Internet permite a comunicação entre milhões de computadores ligados através do mundo

Leia mais