FEDERAÇÃO DE CLUBES DE JEEP E ENTIDADES DO ESPORTE FORA DE ESTRADA (off road) DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. REGULAMENTO PARA RAID

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FEDERAÇÃO DE CLUBES DE JEEP E ENTIDADES DO ESPORTE FORA DE ESTRADA (off road) DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. REGULAMENTO PARA RAID"

Transcrição

1 1 FEDERAÇÃO DE CLUBES DE JEEP E ENTIDADES DO ESPORTE FORA DE ESTRADA (off road) DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. REGULAMENTO PARA RAID FCJERJ, FEDERAÇÃO DE CLUBES DE JEEP E ENTIDADES DO ESPORTE FORA DE ESTRADA ( off road ) DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, fundado em pelos Jeep Clubes: CLUBE DE JIPEIROS DO RIO DE JANEIRO, CNPJ: / , CLUBE DE JIPEIROS DA ILHA DO GOVERNADOR, CNPJ SERRA AZUL JEEP CLUBE, CNPJ: / JEEP CLUBE DE MARICÁ, CNPJ estabelece, juntamente com seus associados o seguinte Regulamento de RAID: 1 MODALIDADE 1.1 O campeonato será disputado por equipes, em cada etapa, com veículos 4x4 adequados à prática da modalidade esportiva RAID DE REGULARIDADE segundo o Calendário 2007, que prevê a realização de 4 etapas ou provas, todas contando pontos para o campeonato. 1.2 As provas serão organizadas pelos Jeep Clubes associados à FCJERJ de acordo com o Regulamento Padrão para Raid (Regularidade Absoluta em Itinerário Desconhecido). 1.3 Anexos ao Regulamento: Calendário FCJERJ, Regulamento Padrão para Raid, Ficha de Inscrição, Termo de Responsabilidade. 2 EQUIPES 2.1 Uma equipe é o conjunto formado por 1(um) piloto habilitado e 1(um) navegador maior de 12 anos, inscritos no campeonato, cujo piloto será declarado na ficha de inscrição líder da equipe, e será o detentor da vaga na categoria em que compete, salvo desclassificação, durante o campeonato Ficha de Inscrição está contida neste regulamento como Anexo Esta definição de equipe não proíbe a participação de acompanhantes (Zequinhas), limitado a 2 (dois) por veículo, a critério do líder da equipe, resguardando se ao Jeep Clube organizador da prova o direito de veto, através do seu Diretor de Prova, uma vez considerados os aspectos de segurança.

2 2 2.3 Para a formação da equipe é necessário que piloto e navegador sejam sócios ou convidados de um Jeep Clube associado, pelo qual competirão, exceto nas Categorias TURISMO (SEM EQUIPAMENTO) e VELHO GUERREIRO Os Jeeps Clubes podem solicitar o cancelamento da inscrição de uma equipe, caso seus associados apresentem irregularidades junto ao clube. Tanto a equipe quanto a FCJERJ deverão ser notificados A indicação do Jeep Clube deve ser indicada na ficha de inscrição (Anexo 1) na primeira participação da equipe em uma das etapas da Copa. Caso não haja indicação de Jeep Clube, a equipe não conta pontos para o Campeonato. 2.4 Para fins de pontuação na COPA FCJERJ e, conseqüentemente na classificação final, fica estabelecido: Poderá haver até 2 (duas) substituições de piloto ou de navegador, sem prejuízo de sua colocação/pontuação na respectiva etapa, desde que o substituto não seja da mesma categoria. A partir da terceira substituição, inclusive, a equipe perderá a metade dos pontos obtidos na etapa, sem prejuízo de sua classificação na respectiva etapa A troca de funções específicas de cada integrante da equipe, ou seja, piloto navegar e navegador pilotar, será considerada como duas substituições A troca de funções deverá ser informada por escrito na ficha de inscrição da etapa, e deverá ser identificado se é a 1ª, 2ª ou seguinte e qual o motivo da troca. Na ausência desta informação em sua ficha de inscrição da etapa, sendo constatado antes da apuração final da Copa (seja por informação ou denúncia do diretor de prova ou por qualquer competidor da copa) o fato será julgado de acordo com o regulamento (vide item 9.4). 2.5 No decorrer do campeonato podem se formar novas equipes. Se componentes da nova equipe já participavam do campeonato (caso de dissolução de equipes ou troca de funções), os pontos obtidos pela antiga equipe NÃO serão computados e sim considerar se á uma nova equipe, com um novo somatório de pontos a partir da etapa em que se formou. 2.6 A nova equipe deverá ser previamente autorizada no ato da inscrição pela FCJERJ. Caso contrário, a equipe será desclassificada da etapa, com total prejuízo em relação à pontuação na etapa para o campeonato. 2.7 Competidores de outros estados poderão participar, sendo que terão que comprovar experiência anterior na categoria que desejam correr e não somarão pontos para o campeonato. 2.8 A equipe que for desclassificada em 2 (duas) etapas, por descumprimento de itens regulamentares, será eliminada do campeonato e seus componentes não poderão competir, a partir daí, nas categorias oficiais, nesta edição do campeonato. 2.9 Não serão restituídas, sob quaisquer pretextos, quantias pagas a título de inscrição. 3 CATEGORIAS

3 3 3.1 O Campeonato será disputado em 4 (quatro) categorias oficiais: GRADUADOS, TURISMO COM EQUIPAMENTO (permitido o uso de equipamento eletrônico de navegação programável integrado), TURISMO SEM EQUIPAMENTOS (Proibido o uso de equipamento eletrônico de navegação programável integrado, assim como hodômetro com aferição automática ou manual (inclusive HP, GPS, etc), somente permitido hodômetro ORIGINAL do veículo) e VELHO GUERREIRO (permitido o uso de equipamento). 3.2 Categoria GRADUADOS: Será formada por: Equipes classificadas na X Copa UNIJEEP/2006 na categoria graduados e estreantes, ou em edições anteriores (pilotos), nas categorias denominadas Graduados, Master, Senior, Veteranos., limitando se a 25 equipes Havendo vagas, serão permitidas inscrições de participantes com experiência anterior em provas do gênero, em categorias denominadas graduados, veteranos, sênior ou afim, independente do resultado alcançado na mesma, desde que com aprovação dos Jeeps Clubes pelos quais competirão e da FCJERJ Esta categoria terá prioridade 1 (um) para a largada. Sua ordem de largada será definida pelo posicionamento da equipe na tábua de classificação Na 1ªetapa a largada será por ordem de inscrição. Casos de atraso serão definidos pela ordem de chegada A Organização de cada Etapa, poderá a seu critério, eliminar os espaços de horários de largada para os competidores que não efetuarem a inscrição em até duas horas antes do horário previsto para a Largada do carro 00. Caso o competidor efetue a inscrição após o Horário previsto e a organização tenha excluído sua vaga na largada, terá seu horário de largada respeitando a ordem de inscrição. 3.3 Categoria TURISMO COM EQUIPAMENTO será formada por: Equipes com pouca experiência (indicadas pelas Jeep Clubes) ou competidores de outros RAIDS em outras categorias denominadas turismo, estreantes, amadores ou afins. Ficam também autorizados a se inscreverem nesta categoria, os participantes de categorias superiores a esta, desde que comprovadamente não estejam concorrendo em nenhum tipo de prova há pelo menos 02 (dois) anos. Caso haja comprovação de participação irregular do piloto, navegador ou de um dos acompanhantes(zequinhas), os concorrentes serão desclassificados.

4 Esta categoria terá prioridade 2 (dois) para a largada. Sua ordem de largada será definida pelo posicionamento da equipe na tábua de classificação Na 1ªetapa a largada será por ordem de inscrição. Casos de atraso serão definidos pela ordem de chegada Poderão ser utilizados equipamentos eletrônicos de navegação integrada ou não. 3.4 Categoria TURISMO SEM EQIPAMENTO DE NAVEGAÇÃO será formada por: Equipes com pouca experiência ou competidores de outros RAIDS em outras categorias denominadas turismo sem equipamento, prova sem equipamento Esta categoria terá prioridade 3 (três) para a largada. Sua ordem de largada será definida pelo posicionamento da equipe na tábua de classificação Na 1ªetapa a largada será por ordem de inscrição Casos de atraso serão definidos pela ordem de chegada Fica proibido o uso de equipamento eletrônico de navegação programável integrado, assim como hodômetro com aferição automática ou manual (inclusive HP, GPS, etc), somente permitido hodômetro ORIGINAL do veículo, e receberão planilha calculada Categoria VELHO GUERREIRO será formada por: Equipes com veículos mais antigos (Jeep Willys, Rural, Engesa, Javali) e com mais de 15 anos de fabricação, com ou sem equipamento de navegação Esta categoria terá prioridade 4 (quatro) para a largada. Sua ordem de largada será definida pelo posicionamento da equipe na tábua de classificação Na 1ªetapa a largada será por ordem de inscrição Casos de atraso serão definidos pela ordem de chegada Fica a critério do organizador de cada prova a criação de outras categorias além das inscritas no campeonato. 4 INSCRIÇÕES 4.1 Foi estabelecido que o valor máximo para as inscrições, por etapa e em qualquer categoria oficial será de R$ 100,00 (cem reais) por veículo, e R$ 30,00 (trinta reais) por acompanhante, estabelecido que o máximo permitido é de 2 (dois) acompanhantes por veículo. Esses valores serão cobrados e recebidos pelos Organizadores de cada etapa. A Taxa que cada Jeep Clube deverá pagar à FCJERJ no Campeonato é de R$10,00 (dez reais) por equipe

5 5 inscrita, em quaisquer categorias, em sua etapa; e o total arrecadado será repassado à FCJRJ quando da realização de sua etapa. 4.2 As inscrições das equipes participantes da COPA AMADORA CARIOCA DE OFF ROAD FCJERJ 2007 serão feitas junto aos Jeep Clubes associados, com o preenchimento da Ficha de Inscrição da copa e da etapa(anexo 1) e assinatura do Termo de Responsabilidade Civil, bem como assinatura do recebimento de uma cópia dos Regulamentos do Raid 2007 e Copa FCJERJ Todos os competidores GRADUADOS, TURISMO COM EQUIPAMENTO E TURISMO SEM EQUIPAMENTO têm de estar em dia com as obrigações relativas aos seus Jeep Clubes, sob pena de perderem seus direitos de participação no campeonato. Este item será controlado por cada Jeep Clube associado, que informará à FCJERJ qualquer impedimento por parte de seus competidores. 4.4 A FCJERJ fornecerá, previamente, ao Diretor de Prova a relação das equipes inscritas no campeonato em condições de competir, alertando para possíveis impedimentos e alterações. 4.5 A FCJERJ fornecerá a cada Jeep Clube associado uma cópia completa deste regulamento. Os competidores das categorias GRADUADOS, TURISMO COM EQUIPAMENTO, TURISMO SEM EQUIPAMENTO e VELHO GUERREIRO receberão uma cópia deste regulamento ao assinar o Termo de Responsabilidade Os diretores técnicos de cada etapa deverão divulgar esse regulamento aos inscritos nas demais categorias, além de ter disponível pelo menos um exemplar para consulta na sua etapa. 5 NUMERAIS DE PORTA 5.1 As equipes de categoria GRADUADOS terão numerais entre: 01 à As equipes da categoria TURISMO COM EQUIPAMENTO terão numerais entre: 31 à As equipes de categoria TURISMO SEM EQUIPAMENTO terão numerais entre: 61 à As equipes de categoria VELHO GUERREIRO terão numerais partir de As equipes da Organização da etapa (PC, apoio, resgate, limpa trilha, imprensa etc.) adotarão indispensavelmente o numeral de porta 00 ou a palavra ORGANIZAÇÃO. 5.6 Os numerais de porta não criam vantagens ou desvantagens aos seus detentores, servindo apenas para identificação dos veículos durante as provas. 5.7 Durante o percurso total da prova, cada equipe deverá zelar por todos os componentes de identificação definidos em lay out fornecidos pelos organizadores do evento. 5.8 Para facilitar a identificação dos veículos da competição, estes deverão possuir, além do numeral de porta, numeral de pára brisa. 6 CONTAGEM DE PONTOS PARA O CAMPEONATO

6 6 6.1 Pontos por Participação: Entende se por Participação em uma etapa, pelo menos, a inscrição completa da equipe naquela etapa. A atribuição de pontos para cada equipe será de acordo com sua colocação ao final, assim: Pontuação: A participação na organização é obrigatória, para as Categorias GRADUADOS E TURISMO COM EQUIPAMENTO Às equipes das categorias GRADUADOS E TURISMO COM EQUIPAMENTO que participarem da organização de uma etapa serão atribuídas a maior pontuação obtida em prova da competição ou o mínimo de 7 pontos (equivalente ao 5 lugar) e estarão obrigadas a pagar a inscrição da etapa e da Copa no valor de R$ 20,00 (vinte reais) ficando sob responsabilidade do jeep clube cobrar e repassar o valor para a FCJERJ As equipes só poderão receber pontos por organização em uma única etapa, correspondente àquela sob a responsabilidade do Jeep Clube pelo qual competem. Parágrafo Único A responsabilidade pelo cumprimento do estabelecido será do Diretor Técnico da prova Caso somente um dos componentes participe, a equipe receberá apenas metade dos pontos de organização Os diretores de prova deverão, ao término de cada etapa, encaminhar à Equipe Técnica da FCJERJ a relação nominal dos competidores das categorias GRADUADOS E TURISMO COM EQUIPAMENTO que participaram da organização da prova, para controle da pontuação As equipes das Categorias TURISMO SEM EQUIPAMENTO e VELHO GUERREIRO, não estão obrigadas a organizar uma etapa e, conseqüentemente, não recebem pontos por organização e estão liberadas para participar de qualquer etapa do campeonato. 7 CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO 7.1 Ao final do campeonato, somam se os pontos ganhos nas etapas por cada equipe e individualmente, para GRADUADOS, TURISMO COM EQUIPAMENTO, TURISMO SEM EQUIPAMENTO E VELHO

7 7 GUERREIRO respectivamente, obtendo se a classificação a partir da maior quantidade de pontos ganhos As equipes inscritas por etapas que não passarem no mínimo no primeiro PC (PC de largada) e no último PC (PC de chegada) válidos da prova, mesmo que colocados entre os 15 primeiros, não somarão pontos para o campeonato. 7.2 Havendo empates, os critérios para desempate são: a) Maior número de vitórias, b) Maior número de 2 o lugares, c) Maior número de 3 o lugares e assim, sucessivamente. 7.3 RANKING PARA NAVEGADORES a ser definido em Assembléia Geral Extraordinária. 8 PREMIAÇÃO 8.1 A cada etapa e ao final do campeonato terão direito aos troféus da FCJERJ, pela classificação por pontos ganhos, as 5 (CINCO) primeiras equipes (piloto e navegador) de todas a categorias oficiais GRADUADOS, TURISMO COM EQUIPAMENTO, TURISMO SEM EQUIPAMENTO E VELHO GUERREIRO.

8 8 9 REGULAMENTO DAS PROVAS/ETAPAS 9.1 Todas as etapas serão regidas pelo Regulamento Padrão para Raid em anexo. 9.2 Admitem se ADENDOS introduzidos pela Organização de cada etapa, desde que todos os participantes sejam informados até a entrega da planilha, bem como a FCJRJ, não se permitindo, entretanto, alterações de natureza técnica. 9.3 A Organização da etapa providenciará, para cada equipe inscrita, uma cópia dos ADENDOS ao regulamento aplicáveis naquela etapa. 9.4 Cabe à FCJRJ, e somente a ela: Julgar casos omissos a este regulamento; Mudar, sem aviso prévio, este regulamento, desde que com aprovação da Assembléia da FCJERJ; Determinar os valores das inscrições no Campeonato; Aceitar ou não novos clubes como integrantes do Campeonato; Retirar do Campeonato qualquer clube que desrespeite este regulamento; Retirar do Campeonato qualquer equipe que desrespeite este regulamento; Fazer o calendário das provas; Aceitar ou não novos diretores de provas. 9.5 O Clube organizador não poderá mudar a data de sua prova, sem a prévia concordância da FCJRJ. 9.1 Abaixo relacionados, os Clubes inscritos no Campeonato deste ano e, por conseguinte, autorizados a organizar provas: 9.2 A FCJERJ recomenda aos diretores de prova o seguinte: Que o tempo mínimo de prova seja de 4 (quatro) horas As provas poderão ser em 2 ou mais etapas (diurna ou noturna) Que haja neutralizados que, somados, perfaçam no mínimo 60 (sessenta) minutos, em local com bar ou similar e posto para reabastecimento dos veículos, no decorrer de suas provas; Que quando o roteiro incluir perímetro urbano, seja trecho de deslocamento, com controle de velocidade máxima; Que o percurso entre o PC de Largada e o PC de chegada, tenha no mínimo 60 (cinqüenta) km e no máximo 120 km; 9.1 Será obrigatório que cada organizador, após sua prova, apresente um relatório com os seguintes dados: Data e local da prova; Clube organizador e diretor de prova; Nome da prova; Fichas de inscrição dos competidores (cópia); Quilometragem e duração total da prova; Ocorrências (se houver); Resultado final da prova, por categoria; Relação nominal dos competidores que participaram da organização (ver item 6.2.6).

9 9 9.9 Na existência de patrocinador MASTER da FCJERJ, será obrigatório o uso da camiseta do evento, na entrega dos prêmios de cada etapa. A equipe cujo componente desrespeite tal norma será penalizada pela FCJERJcom a perda de 50% dos pontos obtidos na prova, para fins de classificação no campeonato Os concorrentes autorizam o uso de suas imagens em mídia impressa, eletrônica e televisiva para fins comerciais, editoriais, promocionais e publicitários, sem nenhum tipo de cobrança O Organizador será responsável pelo apoio médico emergencial, durante o transcurso da prova em pontos estratégicos. 10 COMISSÃO DE PROVA 10.1 Esta Comissão será formada pelo Diretor de Prova de cada etapa, o Supervisor técnico da FCJERJ, ou seu substituto, um representante de cada Jeep Clube associado, indicado pelo Jeep Clube, podendo ser ou não competidor Esta Comissão terá poderes para deliberar, julgar, decidir, através de votação por maioria simples, sobre quaisquer questões não previstas nos regulamentos. Havendo empate na votação, caberá ao Diretor da Prova decidir Esta Comissão deverá ser formada tão logo os representantes dos respectivos Jeep Clubes estejam presentes ao evento 11 APURAÇÃO 11.1 Todas as etapas terão um padrão único de apuração, com PC s eletrônicos ou não, acionados por operadores que emitirão também uma lista de ordem de passagem dos veículos e ainda penalizações impostas pelo PC, quando for o caso É obrigatório em todas as Etapas, que o Jeep Clube organizador faça a prova com um Carro Zero, andando no mínimo 10(dez) minutos antes da largada oficial. A falta da realização do Carro Zero terá como penalidade menos cinco pontos para os competidores que na etapa receberem Pontos de Organização. Parágrafo Único: Esta medida foi criada com o objetivo de eliminar os imprevistos e incidentes causados pela falta prévia de conhecimento da organização A Organização da etapa, tão logo termine a prova, deverá apresentar às equipes competidoras o mapa dos PCs, contendo o seu posicionamento nos diversos trechos, o horário ideal de passagem do carro zero pelos PCs, assim como os horários de abertura e fechamento dos mesmos, para cada categoria A Organização da prova apresentará, em local e hora previamente estabelecidos, os resultados preliminares, por PC, para conferência por parte dos competidores e abrirá, a partir desta apresentação, o prazo de 30 (trinta) minutos para possíveis recursos, findo o qual, não mais serão aceitos A apresentação de recursos à Direção da Prova só será aceita, por escrito, mediante pagamento de valor igual ao de inscrição na etapa. Se o recurso for julgado favorável à equipe reclamante, o valor será devolvido, caso contrário, não.

10 Não se admite postergar a divulgação dos resultados oficiais de uma prova para além de 4 (quatro) horas após o horário ideal de fechamento do PC de chegada, salvo motivo de força maior, que será julgada, pela Diretoria da FCJERJ, sob pena de sanções administrativas, podendo a prova ser até invalidada Os resultados oficiais, uma vez homologados pela FCJERJ, não poderão sofrer alterações. Tal homologação se dá na reunião da FCJERJ, subseqüente à realização da prova, onde esta é avaliada pela Diretoria da FCJERJ e representantes dos clubes organizadores do Campeonato. Na avaliação da FCJERJ, serão apreciados recursos apresentados fora do prazo previsto no item 11.3, limitado até a assembléia de homologação da etapa anterior. 12 AUTORIZAÇÕES/APOIOS INSTITUCIONAIS 12.1 É da responsabilidade do Jeep Clube organizador da etapa obter autorizações junto a Órgãos públicos, privados e propriedades particulares, bem como obter apoio das Autoridades civis e militares e art. 67 do Cód. De Trânsito (policiamento, socorro médico etc.), nos locais onde a prova se realizar. 13 TERMO DE RESPONSABILIDADE 13.1 Todos os competidores, de qualquer categoria, inclusive os acompanhantes (zequinhas), bem como o pessoal do Apoio, assinarão, obrigatoriamente, em cada etapa, o termo de responsabilidade, conforme modelo anexo No caso dos acompanhantes serem menores de idade (18 anos), os mesmos deverão apresentar autorização do responsável O Diretor de prova da etapa é o responsável pelo recolhimento destas assinaturas, que devem ser feitas antes da largada Itens de segurança obrigatórios: obedecer as cláusulas 11 e 12 do Regulamento (RAID). 14 ALVARÁ DA PROVA 14.1 Para que uma prova seja considerada válida, seu Diretor deverá obter junto à FCJERJ um alvará expedido pelo seu Supervisor Técnico após conferência e análise do itinerário, médias de velocidade, desenhos e referências da planilha etc A data para a inspeção será a de no mínimo 15 (quinze) dias antes da realização da prova e será marcada de comum acordo entre o Diretor da Prova e o Supervisor Técnico da FCJERJ Todas as "não conformidades" encontradas pelo Supervisor devem ser reparadas pela Organização da prova antes da liberação do alvará As despesas de locomoção e alimentação do Supervisor, na data da inspeção, correm por conta da Organização da etapa Os diretores de prova dos Jeep Clubes devem ter a aprovação da FCJERJ, através de seu Supervisor Técnico, para que atuem como diretores de prova nas etapas do campeonato. 15 VALIDADE DA PROVA

11 15.1 Uma prova só será considerada válida para o Campeonato, se atingir pelo menos 30% do seu percurso total (entende se como percurso total o trecho compreendido entre o PC de Largada e o PC de Chegada) Para efeito de pontuação no Campeonato, quando a prova tiver atingido de 30% a 50% do total de seu percurso e no mínimo 7 (sete) PCs de tempo válidos, valerão metade dos pontos. Se atingir mais de 50% do total de seu percurso e mais de 10 (dez) PCs de tempo válidos, valerão os pontos integralmente. 11

COPA JEEP CLUB JUIZ DE FORA 2011 RALLY DE REGULARIDADE 4X4 - TIPO RAID

COPA JEEP CLUB JUIZ DE FORA 2011 RALLY DE REGULARIDADE 4X4 - TIPO RAID COPA JEEP CLUB JUIZ DE FORA 2011 RALLY DE REGULARIDADE 4X4 - TIPO RAID REGULAMENTO GERAL 1 MODALIDADE 1.1 - A Copa Jeep Club Juiz de Fora de Rally de Regularidade 4x4 2011 é uma competição esportiva automobilística

Leia mais

REGULAMENTO RALLY DE REGULARIDADE CATEGORIAS: CARROS: GRADUADO TURISMO CIDADE MOTOS: GRADUADO

REGULAMENTO RALLY DE REGULARIDADE CATEGORIAS: CARROS: GRADUADO TURISMO CIDADE MOTOS: GRADUADO REGULAMENTO RALLY DE REGULARIDADE CATEGORIAS: CARROS: GRADUADO TURISMO CIDADE MOTOS: GRADUADO - INTRODUÇÃO: O Rally de Regularidade consiste em percorrer um determinado caminho demarcado pela planilha

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA COPA RALLYE UNIVERSITÁRIO CPR 2010 1ª ETAPA 1º DE AGOSTO DE 2010 PORTO ALEGRE, RS REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA SUPERVISÃO: FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO ORGANIZAÇÃO: CLUBE PORTO ALEGRE DE RALLYE

Leia mais

Regulamento ART. 1º - DEFINIÇÃO

Regulamento ART. 1º - DEFINIÇÃO Regulamento ART. 1º - DEFINIÇÃO O 1 Rally KAYO DE REGULARIDADE 2014 é uma competição promovida pelo AUTOMÓVEL CLUBE DE JOINVILLE, dia 12 de Abril de 2014, com programação que será posteriormente divulgada,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA GINCANA

REGULAMENTO GERAL DA GINCANA 5ª Gincana 4x4 Trilha do Cadeado Clube do Jipeiro Joinville 05 de março de 2015 REGULAMENTO GERAL DA GINCANA Art. 1 - Definição O evento Gincana Trilha do Cadeado é um rally de estratégia e navegação por

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA COPA RALLYE UNIVERSITÁRIO CPR 40 ANOS 3ª ETAPA 21 DE NOVEMBRO DE 2009 PORTO ALEGRE, RS REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA SUPERVISÃO: FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO ORGANIZAÇÃO: CLUBE PORTO ALEGRE DE RALLYE

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PARA PROVAS DE RALLY - 2011

REGULAMENTO GERAL PARA PROVAS DE RALLY - 2011 REGULAMENTO GERAL PARA PROVAS DE RALLY - 2011 Art. 1 Da Organização O Classic Car Club - RS organiza as seguintes provas de rally durante o ano de 2011: IX Rally da Meia-Noite: 08 de abril X Rally da Serra:

Leia mais

4. Distâncias das Provas: CORRIDA 5 km; CAMINHADA 3 km; CORRIDA INFANTIL (2 3A 25m/4 5A 50m/6 7A 100m/8 9A 200m/10 13A 400m)

4. Distâncias das Provas: CORRIDA 5 km; CAMINHADA 3 km; CORRIDA INFANTIL (2 3A 25m/4 5A 50m/6 7A 100m/8 9A 200m/10 13A 400m) REGULAMENTO Corrida e Caminhada VIDA E LUZ 1. A Corrida e Caminhada LUZ E VIDA doravante denominadas de EVENTO será realizada no Domingo, 28 de Setembro de 2014 no Município de Nova Iguaçu-RJ. 2. A largada

Leia mais

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY COPA TROLLER NORDESTE 2014 - REGULARIDADE REGULAMENTO GERAL 2014

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY COPA TROLLER NORDESTE 2014 - REGULARIDADE REGULAMENTO GERAL 2014 CONFEDERAÇÃO CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY COPA TROLLER NORDESTE 2014 - REGULARIDADE REGULAMENTO GERAL 2014 ART. 1º - DEFINIÇÃO... 2 ART. 2º - RESPONSABILIDADES... 2 ART.

Leia mais

REGULAMENTO. ORGANIZAÇÃO A organização está a cargo da Associação Clube Pedal da Serra de Ciclismo e Bike Mania

REGULAMENTO. ORGANIZAÇÃO A organização está a cargo da Associação Clube Pedal da Serra de Ciclismo e Bike Mania REGULAMENTO DATAS E LOCAIS DAS PROVAS 28 de Abril de 2013, em Brasília/DF, na região de SOBRADINHO e da FERCAL. A largada (simbólica) e chegada (oficial) ocorrerão no estacionamento do Estádio Augustinho

Leia mais

Autoridades. Prefeitura de Barra Bonita Glauber Guilherme Belarmino Prefeito. Organograma

Autoridades. Prefeitura de Barra Bonita Glauber Guilherme Belarmino Prefeito. Organograma Autoridades Prefeitura de Barra Bonita Glauber Guilherme Belarmino Prefeito Organograma Confederação Brasileira de Ciclismo Sr. José Luís Vasconcellos Diretor Geral da Prova Oswaldo Luiz Pulini Federação

Leia mais

CAMPEONATO CARIOCA OFFROAD DE RALLY DE REGULARIDADE 2015 REGULAMENTO GERAL DAS PROVAS

CAMPEONATO CARIOCA OFFROAD DE RALLY DE REGULARIDADE 2015 REGULAMENTO GERAL DAS PROVAS CAMPEONATO CARIOCA OFFROAD DE RALLY DE REGULARIDADE 2015 REGULAMENTO GERAL DAS PROVAS INTRODUÇÃO... 0 DEFINIÇÃO... 1 RESPONSABILIDADES... 2 CATEGORIAS... 3 INSCRIÇÕES... 4 IDADES E ACOMPANHANTES... 5 ORDEM

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO CAMPEONATO METROPOLITANO DE MOUNTAIN BIKE 2016

REGULAMENTO TÉCNICO CAMPEONATO METROPOLITANO DE MOUNTAIN BIKE 2016 REGULAMENTO TÉCNICO CAMPEONATO METROPOLITANO DE MOUNTAIN BIKE 2016 APRESENTAÇÃO Art. 1º O Campeonato Metropolitano de Mountain Bike é realizado pela empresa Pro Bike Adventure, que já está à frente deste

Leia mais

1 REAL Jiu Jitsu PRO INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO: Data: 06 de junho de 2015. Local: Ginásio do Grêmio da Whirlpool. Rua: Dona Francisca, 7.

1 REAL Jiu Jitsu PRO INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO: Data: 06 de junho de 2015. Local: Ginásio do Grêmio da Whirlpool. Rua: Dona Francisca, 7. 1 REAL Jiu Jitsu PRO INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO: Data: 06 de junho de 2015 Local: Ginásio do Grêmio da Whirlpool Rua: Dona Francisca, 7.173 Distrito Industrial Santa Catarina REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO:

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY COPA TROLLER BRASIL - REGULARIDADE

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY COPA TROLLER BRASIL - REGULARIDADE 1 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY COPA TROLLER BRASIL - REGULARIDADE REGULAMENTO GERAL DESPORTIVO 2015 ART. 1 - DEFINIÇÃO... 2 ART.

Leia mais

CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO

CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO Dispõe sobre as normas a serem estabelecidas no Regulamento do Campeonato de MÁSTER

Leia mais

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 Art. 1º - REGULAMENTO OBJETIVO Com o objetivo de desenvolver e difundir o ciclismo em toda a Região Norte e Nordeste, bem

Leia mais

COPA DALBA DE ENDURO F.I.M. 2015

COPA DALBA DE ENDURO F.I.M. 2015 COPA DALBA DE ENDURO F.I.M. 2015 WWW.TCER.COM.BR REGULAMENTO 2015 ART.01 - PROMOTORES E ORGANIZADORES: TCER - TRAIL CLUBE ENTRE RIOS é a entidade promotora da Copa, os Moto Clubes: TRAIL CLUBE OS LAMEIROS

Leia mais

1º CIRCUITO DE RUA LEÃO FIDELENSE REGULAMENTO

1º CIRCUITO DE RUA LEÃO FIDELENSE REGULAMENTO REGULAMENTO O I Circuito de Rua Leão Fidelense será realizado no dia 15 DE NOVEMBRO DE 2015, na cidade de São Fidélis RJ. 1. INSCRIÇÕES VAGAS: As vagas serão limitadas a 100 (cem) atletas. PERÍODO DE INSCRIÇÃO

Leia mais

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 Art. 1º - Art. 2º - Art. 3º - REGULAMENTO OBJETIVO Com o objetivo de desenvolver e difundir o ciclismo em toda a Região Norte

Leia mais

SMSCROSS - Promoções e Eventos

SMSCROSS - Promoções e Eventos SMS SUPER VELOCROSS 2016 REGULAMENTO GERAL VELOCROSS. 06-01-2016 DEFINIÇÃO: Denomina-se, competição de VELOCROSS, aquelas que se desenrolam por vários tipos terrenos com trajetos pré-fixados e dificuldades

Leia mais

DATA ESPECIFICAÇÕES HORÁRIO

DATA ESPECIFICAÇÕES HORÁRIO 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 003/2014 POR PROVA DE TÍTULOS A Secretária Municipal de Educação de Biguaçu, no uso de suas

Leia mais

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR COPA LIGA PAULISTANA REGULAMENTO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem a Copa Liga Paulistana. Artigo 2º - A Copa tem por finalidade promover

Leia mais

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ O Pró-Reitor de Extensão, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO DA GINCANA UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ Edição 2011

REGULAMENTO DA GINCANA UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ Edição 2011 REGULAMENTO DA GINCANA UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ Edição 2011 Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º. O presente documento regulamenta a Gincana UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ, promovida e organizada

Leia mais

COPA MINEIRA 2013 RALLY DE REGULARIDADE 4X4

COPA MINEIRA 2013 RALLY DE REGULARIDADE 4X4 COPA MINEIRA 2013 RALLY DE REGULARIDADE 4X4 TIPO RAID REGULAMENTO GERAL 1 - MODALIDADE 1.1 A Copa Mineira 2013 - Rally de Regularidade 4x4 é uma competição esportiva automobilística de rally de regularidade

Leia mais

IBITIPOCA OFF-ROAD 2014

IBITIPOCA OFF-ROAD 2014 IBITIPOCA OFF-ROAD 2014 RALLY DE REGULARIDADE 4X4 REGULAMENTO GERAL 1 - MODALIDADE 1.1 O Ibitipoca Off-Road 2014 - Rally de Regularidade 4x4 é uma competição esportiva automobilística de rally de regularidade

Leia mais

a) Dividido em dois percursos, terá a distância aproximada de 5km e 9km.

a) Dividido em dois percursos, terá a distância aproximada de 5km e 9km. CORRIDA A 2ª Corrida da Avosos será realizada no dia 22 de novembro de 2015 e terá sua largada na sede da Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) localizada na Rua Leonel

Leia mais

1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL

1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL REGULAMENTO 1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL 1- DOS OBJETIVOS: A 1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL tem como objetivo, a integração dos atletas de Futsal do clube, associados, e demais interessados

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO 8 KM CIRCUITO CATARATAS JL SHOPPING

REGULAMENTO DESAFIO 8 KM CIRCUITO CATARATAS JL SHOPPING REGULAMENTO DESAFIO 8 KM CIRCUITO CATARATAS JL SHOPPING 1. A PROVA 1.1. O presente regulamento tem a finalidade de disciplinar a Prova Pedestre denominada DESAFIO 8 KM CIRCUITO CATARATAS JL SHOPPING, CONCURSO

Leia mais

Etapa Fazenda Hotel Jatahy Dia 21/08/2016 Paraiba do Sul, RJ

Etapa Fazenda Hotel Jatahy Dia 21/08/2016 Paraiba do Sul, RJ Etapa Fazenda Hotel Jatahy Dia 21/08/2016 Paraiba do Sul, RJ A Correr no Mato Series, um circuito de competições MTB, composta de 4 etapas, valido para o ranking da CBC, FEPIERJ e CMC. A etapas confirmadas

Leia mais

CPRH CAMPEONATO PARANAENSE DE RALLY DE REGULARIDADE HISTÓRICA REGULAMENTO GERAL

CPRH CAMPEONATO PARANAENSE DE RALLY DE REGULARIDADE HISTÓRICA REGULAMENTO GERAL CPRH CAMPEONATO PARANAENSE DE RALLY DE REGULARIDADE HISTÓRICA REGULAMENTO GERAL DEFINIÇÃO E REGRAS Artº 1 O RPMC Rally e Pista Motor Clube organiza o Campeonato Paranaense de Regularidade Histórica, que

Leia mais

Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km

Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km Meia Maratona Estrada Real 2014 e prova de 10Km *O presente regulamento está sujeito a possíveis modificações conforme o procedimento previsto no mesmo. Artigo 1 - O Evento A Meia Maratona Estrada Real

Leia mais

REGULAMENTO CORRIDA DA EMANCIPAÇÃO 2015

REGULAMENTO CORRIDA DA EMANCIPAÇÃO 2015 REGULAMENTO CORRIDA DA EMANCIPAÇÃO 2015 1. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1. Todas as pessoas envolvidas na prova, bem como na organização da mesma estão obrigadas a conhecer e acatar o presente regulamento, não

Leia mais

REGULAMENTO 1º DESAFIO DO BOSQUE

REGULAMENTO 1º DESAFIO DO BOSQUE REGULAMENTO 1º DESAFIO DO BOSQUE 1- A Prova 1. PROVA, FINALIDADE E ORGANIZAÇÃO 1.1 A prova pedestre DESAFIO DO BOSQUE, doravante denominado EVENTO, será realizada no dia 04 de Outubro de 2015 na cidade

Leia mais

FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO GAÚCHO CAMPEONATO GAÚCHO DE RALLYE DE REGULARIDADE 4x4

FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO GAÚCHO CAMPEONATO GAÚCHO DE RALLYE DE REGULARIDADE 4x4 FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO GAÚCHO CAMPEONATO GAÚCHO DE RALLYE DE REGULARIDADE 4x4 REGULAMENTO GERAL DAS PROVAS 2011 ART. 1 DEFINIÇÃO 1.1 - Provas de rally de regularidade

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE VALINHOS Secretaria da Educação

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE VALINHOS Secretaria da Educação PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE VALINHOS Secretaria da Educação EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2015 A Prefeitura do Município de Valinhos, Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO DOS MARES REVEZAMENTO Praia de Copacabana - 2014

REGULAMENTO DESAFIO DOS MARES REVEZAMENTO Praia de Copacabana - 2014 REGULAMENTO DESAFIO DOS MARES REVEZAMENTO Praia de Copacabana - 2014 1. DA FINALIDADE Promover a pratica de Desafios Aquáticos entre os praticantes, Clubes, equipes, Academias e nadadores independentes.

Leia mais

FEDERAÇÃO DE AUTOMOBILISMO DO ESTADO DE SANTA CATARINA

FEDERAÇÃO DE AUTOMOBILISMO DO ESTADO DE SANTA CATARINA FEDERAÇÃO DE AUTOMOBILISMO XXIV PROVA DE ARRANCADA INTERNACIONAL DE CAMINHÕES EM BALNEÁRIO ARROIO DO SILVA / SC 1 - DAS INSCRIÇÕES DE 13 A 16 DE MARÇO DE 2014 REGULAMENTO GERAL 1.1 - As inscrições poderão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ - REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ - REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL EDITAL Nº 003/2013 DEaD/UNIFAP PROCESSO SELETIVO PARA TUTOR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EM SAÚDE A Pró-Reitoria de Ensino e Graduação PROGRAD, através do Departamento de Educação à Distância,

Leia mais

2. DATA DA REALIZAÇÃO

2. DATA DA REALIZAÇÃO REGULAMENTO 1. DEFINIÇÃO É uma ação esportiva desenvolvida na modalidade corrida de rua, entre os empregados dos Correios e comunidade. 2. DATA DA REALIZAÇÃO Prova Regional: 27/02/2011 3. HORÁRIO 08 horas

Leia mais

EDITAL MESTRADO 2016

EDITAL MESTRADO 2016 EDITAL MESTRADO 2016 Edital do Exame de Seleção para ingresso no Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Espírito Santo. A Coordenação

Leia mais

Regulamento Corrida Pedestre Unimed Caçapava

Regulamento Corrida Pedestre Unimed Caçapava Regulamento Corrida Pedestre Unimed Caçapava A Corrida Espaço Saúde Unimed Caçapava é uma iniciativa de caráter esportivo social dirigido ao publico praticante de corrida de rua e caminhada. Também pretende

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO. Descrição do evento:

REGULAMENTO TÉCNICO. Descrição do evento: Descrição do evento: REGULAMENTO TÉCNICO A Corrida ÁPICE - 2015 acontecerá no dia 07 de novembro de 2015 às 20h00. e tem como finalidade promover a saúde, o esporte a cidadania através da corrida e da

Leia mais

FMC - Federação de Motociclismo do Ceará Pag. 1

FMC - Federação de Motociclismo do Ceará Pag. 1 FMC - Federação de Motociclismo do Ceará Pag. 1 OBJETIVO Este Regulamento destina-se a Provas de Enduro padrão FIM. O presente Regulamento é válido para todas as etapas do Campeonato Cearense de Enduro

Leia mais

Regulamento Geral Copa Scherer 4x4 CARBON FREE 2016

Regulamento Geral Copa Scherer 4x4 CARBON FREE 2016 Regulamento Geral Copa Scherer 4x4 CARBON FREE 2016 Art. 1 Apresentação: O presente regulamento destina-se a provas da Copa Scherer 4x4 Carbon Free 2016, para veículos de tração 4x4 devidamente licenciados,

Leia mais

REGULAMENTO 1. DA PROVA

REGULAMENTO 1. DA PROVA REGULAMENTO O evento Sigma Run Corrida e Caminhada da Saúde é uma iniciativa da Clinica Sigma de caráter esportivo-social, dirigida ao público praticante de caminhada e corrida de rua. 1. DA PROVA 1.1

Leia mais

REGULAMENTO 1. A CORRIDA EU AMO RECIFE 14 2013. 2. O

REGULAMENTO 1. A CORRIDA EU AMO RECIFE 14 2013. 2. O REGULAMENTO 1. A CORRIDA EU AMO RECIFE será realizado no dia 14 de setembro de 2013. 2. O local de LARGADA e CHEGADA será divulgado no site oficial do EVENTO 3. A CORRIDA será disputada na distância aproximada

Leia mais

REGULAMENTO (Provisório) 3ª etapa Maratona EcoCross 2015

REGULAMENTO (Provisório) 3ª etapa Maratona EcoCross 2015 REGULAMENTO (Provisório) 3ª etapa Maratona EcoCross 2015 1 - A CORRIDA MARATONA ECOCROSS 2015 1.1 - A CORRIDA MARATONA EcoCross será realizada no dia 29 de NOVEMBRO de 2015, com qualquer condição climática,

Leia mais

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY MITSUBISHI CUP 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 2014

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY MITSUBISHI CUP 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 2014 1 CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE RALLY MITSUBISHI CUP 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 2014 ARTIGO 1 - DEFINIÇÃO... 2 ARTIGO 2 - PERCURSO DAS PROVAS... 2 ARTIGO 3 - CATEGORIAS...

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO RANKING NOROESTE DE MOUNTAIN BIKE 2016 APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO TÉCNICO RANKING NOROESTE DE MOUNTAIN BIKE 2016 APRESENTAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO RANKING NOROESTE DE MOUNTAIN BIKE 2016 APRESENTAÇÃO Art. 1º O Ranking Noroeste de Mountain Bike é uma realização da Mrsantos & Obino que realizará em 2016 a sua 5º edição. Este Regulamento

Leia mais

2.2.1. Caso seja protocolado mais de 01 (um) projeto, será aceito o último projeto protocolado.

2.2.1. Caso seja protocolado mais de 01 (um) projeto, será aceito o último projeto protocolado. EDITAL DE CONCURSO N 002/2015 8 EDITAL DO FUNDO MUNICIPAL DE APOIO À CULTURA A FUNDAÇÃO CULTURAL DE BRUSQUE, inscrita no CNPJ sob o nº 04.894.677/0001-71, com sede na Rua Germano Schaefer, 110 Praça da

Leia mais

Regulamento 1ª Corrida Cidade de Americana Corrida de 5 km e 10 km e caminhada de 5 km 28 de Fevereiro de 2016

Regulamento 1ª Corrida Cidade de Americana Corrida de 5 km e 10 km e caminhada de 5 km 28 de Fevereiro de 2016 Regulamento 1ª Corrida Cidade de Americana Corrida de 5 km e 10 km e caminhada de 5 km 28 de Fevereiro de 2016 O evento é uma realização da THF Propaganda e Marketing com o apoio da Prefeitura Municipal

Leia mais

Regulamento de Evento de Corrida de Rua Corrida Gammon - UFLA

Regulamento de Evento de Corrida de Rua Corrida Gammon - UFLA Regulamento de Evento de Corrida de Rua Corrida Gammon - UFLA A Corrida Gammon - UFLA será realizada no dia 17 DE AGOSTO DE 2014, na cidade de Lavras MG, em percursos aferidos de 5 km (caminhada), 5 km

Leia mais

COPA NORTH DE ENDURO A PÉ ENDURO A PÉ NORTHBRASIL - REGULAMENTO 2015 (versão 08.02.15_preliminar) TREKKING DE REGULARIDADE

COPA NORTH DE ENDURO A PÉ ENDURO A PÉ NORTHBRASIL - REGULAMENTO 2015 (versão 08.02.15_preliminar) TREKKING DE REGULARIDADE COPA NORTH DE ENDURO A PÉ ENDURO A PÉ NORTHBRASIL - REGULAMENTO 2015 (versão 08.02.15_preliminar) TREKKING DE REGULARIDADE CAPÍTULO 1 Definição 1. Campeonato com provas de Trekking de Regularidade (Enduro

Leia mais

REGULAMENTO INDOMIT SÃO PAULO. SÃO BENTO DO SAPUCAÍ - MODALIDADE: Kids

REGULAMENTO INDOMIT SÃO PAULO. SÃO BENTO DO SAPUCAÍ - MODALIDADE: Kids REGULAMENTO INDOMIT SÃO PAULO SÃO BENTO DO SAPUCAÍ - MODALIDADE: Kids 1. Informações Gerais: 1.1. Data: Domingo, 03 de Abril de 2016. 1.2. Distâncias: 100m a 2000m 1.3. Local: São Bento do Sapucaí / SP

Leia mais

Versão: 1ª. Palavras-chave: Veículos Oficiais; Transportes; transporte institucional, serviços comuns

Versão: 1ª. Palavras-chave: Veículos Oficiais; Transportes; transporte institucional, serviços comuns 1. OBJETIVO 1. Este Regulamento Interno-RI objetiva definir os procedimentos e responsabilidades a serem observados na utilização de veículos oficiais em serviços de interesse da EPL. 2. APLICAÇÃO 1. Este

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ

EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ O Estado do Ceará, através da Secretaria do Esporte, torna público, para conhecimento dos interessados,

Leia mais

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DA 1ª DIVISÃO DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO Disposições Preliminares: CAPÍTULO I Art. 1º - O campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira

Leia mais

Regulamento - Passeio Ciclístico 14ª Fecarroz

Regulamento - Passeio Ciclístico 14ª Fecarroz Regulamento - Passeio Ciclístico 14ª Fecarroz Este regulamento é um conjunto de normas e disposições que regem o Passeio Ciclístico 14ª Fecarroz. Objetivo: Incentivar e fomentar o uso de bicicletas como

Leia mais

Corrida Feminina 5K McDonalds 2015

Corrida Feminina 5K McDonalds 2015 REGULAMENTO Corrida Feminina 5K McDonalds 2015 1 - A Prova 1.1 - A Corrida M5K (a Prova ) será realizada no dia 04 de outubro de 2015, nos seguintes locais e horários: Brasília/DF: Torre de TV - Horário

Leia mais

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 6ª COPA NOVE DE JULHO DE FUTEBOL AMADOR 2016 REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 1 REGULAMENTO DA 6ª COPA NOVE DE JULHO 2016 CAPITULO I Da PARTICIPAÇÃO Esta copa contará com a participação de 48 (quarenta

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CIDADE LUZ FACILUZ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. CAPÍTULO I Dos usuários e das inscrições

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CIDADE LUZ FACILUZ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. CAPÍTULO I Dos usuários e das inscrições 1 REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE CIDADE LUZ FACILUZ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º - Este regulamento disciplina as normas que regem o funcionamento da biblioteca e as relações funcionais

Leia mais

REGULAMENTO GERAL O EVENTO

REGULAMENTO GERAL O EVENTO REGULAMENTO GERAL O EVENTO O CIRCUITO JOVEM PAN X-TREME consiste em um evento multiesportivo composto por duas etapas, envolvendo as modalidades CORRIDA RÚSTICA, CAMINHADA, DESAFIO MULTIEPORTIVO SOLO E

Leia mais

1.1 A competição estará aberta a homens e mulheres com nacionalidade brasileira, ou estrangeira, amadores ou profissionais e acima de 15 anos.

1.1 A competição estará aberta a homens e mulheres com nacionalidade brasileira, ou estrangeira, amadores ou profissionais e acima de 15 anos. 1. Regulamento da Primeira Copa LoL Universe. 1.1 A competição estará aberta a homens e mulheres com nacionalidade brasileira, ou estrangeira, amadores ou profissionais e acima de 15 anos. 1.2 Os atletas

Leia mais

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015 AGENDA MUDANÇA INTERNA DE CURSO SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015 16 a 18/9/2014 Período de inscrição - Internet 19/9/2014 Último dia para o candidato entregar seu Currículo à PRG

Leia mais

RANKING EM UMA CATEGORIA

RANKING EM UMA CATEGORIA RANKING SHB - 2015 REGULAMENTO 1. PARTICIPAÇÃO : 1.1 Pontuarão no RANKING 2015 da SHB, sócios registrados e cavalos registrados (pontuação atribuída ao cavaleiro), exceto cavalos novos) com as taxas de

Leia mais

REGULAMENTO FMMA CAMPEONATO MARANHENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE 2013

REGULAMENTO FMMA CAMPEONATO MARANHENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE 2013 REGULAMENTO FMMA CAMPEONATO MARANHENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE 2013 1. DEFINIÇÃO 1.1. Este regulamento foi elaborado com base no regulamento do campeonato brasileiro de enduro elaborado pela CBM. Destina-se

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 23/2014

PROCESSO SELETIVO Nº 23/2014 Página 1 de 8 PROCESSO SELETIVO Nº 23/2014 O Serviço Social do Comércio Sesc Administração Nacional, Instituição de Direito Privado, torna público que, nos termos das Resoluções Sesc nº 1163 de 2008 e

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURVELÂNDIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LAZER CURVELÂNDIA MT

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURVELÂNDIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LAZER CURVELÂNDIA MT Árbitros Capacitados Equipe Campeã Copa do Queijo 2012 Divulgação com abrangência Segurança e Atendimento de Primeiros Socorros Estimativa de um bom Público CURVELÂNDIA MT REGULAMENTO 1 DAS FINALIDADES

Leia mais

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal Regulamento da Copa UniBH de Futsal FINALIDADE O presente regulamento contêm as normas que regem na 9ª Copa UniBH de Futsal, sendo conhecedores de seu conteúdo todos os inscritos que se submetem sem ressalvas

Leia mais

XII Gincana Municipal de Minas do Leão 2016

XII Gincana Municipal de Minas do Leão 2016 XII Gincana Municipal de Minas do Leão 2016 REGULAMENTO 1.0 Os Objetivos: 1.1.: A XII Gincana Municipal de Minas do Leão é uma promoção da Prefeitura Municipal de Minas do Leão, e será realizada no município

Leia mais

COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Artigo 1º A 13ª Copa Rural de Veteranos (Futebol de Campo), tem como finalidades, contribuir para a integração sócio

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação de TUTOR (PRESENCIAL)

Leia mais

Jeep Clube de Brasília. Estatuto Social

Jeep Clube de Brasília. Estatuto Social Jeep Clube de Brasília Estatuto Social CAPÍTULO I DA ASSOCIAÇÃO NATUREZA E FINS Art. 1º O JEEP CLUBE DE BRASÍLIA, com a sigla JCB, fundado em 17 de junho de 1989, é uma sociedade civil sem fins lucrativos,

Leia mais

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO 1º O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES/2011,

Leia mais

REGULAMENTO FMMA CAMPEONATO MARANHENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE

REGULAMENTO FMMA CAMPEONATO MARANHENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE REGULAMENTO FMMA CAMPEONATO MARANHENSE DE ENDURO DE REGULARIDADE. DEFINIÇÃO.. Este regulamento foi elaborado com base no regulamento do campeonato brasileiro de enduro elaborado pela CBM. Destina-se a

Leia mais

REGULAMENTO CORRIDA SÃO SEBASTIÃOZINHO

REGULAMENTO CORRIDA SÃO SEBASTIÃOZINHO REGULAMENTO CORRIDA SÃO SEBASTIÃOZINHO I PROVA Artigo 1º. A 1ª Corrida De São Sebastiãozinho 2016 Montes Claros será realizada no Domingo, dia 17 de Janeiro de 2016. Artigo 2º. A concentração da prova

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE E ESCOLA TÉCNICA NOVO RUMO

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE E ESCOLA TÉCNICA NOVO RUMO REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE E ESCOLA TÉCNICA NOVO RUMO SUMÁRIO TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 DA INSTITUIÇÃO BIBLIOTECA... 3 DA FINALIDADE DESTE REGULAMENTO... 3 PRINCÍPIOS DA BIBLIOTECA...

Leia mais

CASO A ETAPA SEJA CANCELADA PELOS MOTIVOS CITADOS A CIMA, NÃO HAVERA UMA NOVA DATA PARA A MESMA. NESTE CASO, TODOS RECEBERAM O MESMO TEMPO.

CASO A ETAPA SEJA CANCELADA PELOS MOTIVOS CITADOS A CIMA, NÃO HAVERA UMA NOVA DATA PARA A MESMA. NESTE CASO, TODOS RECEBERAM O MESMO TEMPO. Regulamento CATEGORIAS: M E F CAMISA ROSA (LIDÉR GERAL). CAMISA BRANCA DE BOLINHAS (REI DA MONTANHA). CAMISA VERDE (LIDÉR DO SPRINTER). CAMISA VERMELHA (PROFESSOR). CAMISA AMARELA (CATEGORIA SOLO) A ORGANIZAÇÃO

Leia mais

3ª RÚSTICA DO ARRAIAL DE SÃO JOÃO MONTENEGRO 2016

3ª RÚSTICA DO ARRAIAL DE SÃO JOÃO MONTENEGRO 2016 3ª RÚSTICA DO ARRAIAL DE SÃO JOÃO MONTENEGRO 2016 CAPÍTULO I PROVA Artigo 1º. A 3ª Rústica do Arraial São João de Montenegro no dia 19 de Junho de 2016, será parte integrante da comemoração do Padroeiro

Leia mais

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Atualizado em 24/02/2005 DOS OBJETIVOS Art. 1 o.- Promover o desporto educacional através de várias modalidades esportivas, dando a

Leia mais

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Apresentação O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar

Leia mais

PUBLICADO DOC 17/11/2011, PÁG 107

PUBLICADO DOC 17/11/2011, PÁG 107 PUBLICADO DOC 17/11/2011, PÁG 107 PROJETO DE RESOLUÇÃO 03-00023/2011 da Mesa Diretora Institui no âmbito da Câmara Municipal de São Paulo Sistema de Consignação Facultativa em Folha de Pagamento na modalidade

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N. ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.º 178/2006 O Município de Vitória, por intermédio da Secretaria de

Leia mais

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares LIGA IMBITUBENSE DE FUTEBOL - LIF DEPARTAMENTO TÉCNICO COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º - A Copa Sul dos Campeões de 2015, será promovida

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação e formação de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

SUZUKI EXTREME 2016 REGULAMENTO GERAL DESPORTIVO 2016

SUZUKI EXTREME 2016 REGULAMENTO GERAL DESPORTIVO 2016 SUZUKI EXTREME 2016 REGULAMENTO GERAL DESPORTIVO 2016 ARTIGO 1 - DEFINIÇÃO ARTIGO 2 - RESPONSABILIDADES ARTIGO 3- CATEGORIAS (CONDIÇÕES E EQUIPAMENTOS PERMITIDOS). ARTIGO 4 - INSCRIÇÕES E PARTICIPANTES

Leia mais

I RALLY DE PESCA À TILÁPIA

I RALLY DE PESCA À TILÁPIA I RALLY DE PESCA À TILÁPIA REGULAMENTO ARTIGO 1º - DA ORGANIZAÇÃO O I Rally de Pesca à Tilápia é uma realização de Farol Eventos no qual participarão qualquer pessoa que se enquadre neste regulamente e

Leia mais

REGULAMENTO DO GRANDE JOGO ESCOTEIRO REGIONAL DE 2013

REGULAMENTO DO GRANDE JOGO ESCOTEIRO REGIONAL DE 2013 REGULAMENTO DO GRANDE JOGO ESCOTEIRO REGIONAL DE 2013 ITEM 1 ASPECTOS GERAIS 1.1 O Grande Jogo Regional Escoteiro 2013 é a maior atividade escoteira regional, constante do calendário anual. Esse ano será

Leia mais

1.4 2 DAS INSCRIÇÕES E SEUS VALORES E PRAZOS

1.4 2 DAS INSCRIÇÕES E SEUS VALORES E PRAZOS 1 - DA PROVA 1.1. A Prova Pedestre 4ª CORRIDA DAS ÁGUAS, doravante denominada EVENTO, será realizada no dia 22 de março de 2015, na cidade de Campo Grande, nas distâncias de 5 km e 10 km para a corrida

Leia mais

Veleiros do Sul, Porto Alegre, RS, de 28 e 29 de maio de 2016 AVISO DE REGATA

Veleiros do Sul, Porto Alegre, RS, de 28 e 29 de maio de 2016 AVISO DE REGATA Veleiros do Sul, Porto Alegre, RS, de 28 e 29 de maio de 2016 1. AUTORIDADE ORGANIZADORA 1.1 Veleiros do Sul Sociedade Náutica Desportiva AVISO DE REGATA 2. REGRAS 2.1 O evento será regido pelas regras,

Leia mais

REGULAMENTO DESPORTIVO

REGULAMENTO DESPORTIVO REGULAMENTO DESPORTIVO 2015 ART. 01 REGULAMENTO DESPORTIVO TEMPORADA 2015 A Pokemon Pneus, é a realizadora da Copa Paraná Superbike com 7 etapas, elabora o presente regulamento, entrando em vigor imediatamente

Leia mais

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo Regulamento 1 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIII COPA FUTEL DE FUTEBOL DE CAMPO tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes e criar alternativas

Leia mais

XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015

XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015 Art. 1º - REGULAMENTO OBJETIVO Com o objetivo de desenvolver e difundir o ciclismo em toda a Região Nordeste, bem como proporcionar

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO:

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO: FUTEBOL DE CAMPO Todos os atletas deverão apresentar o Documento Original (conforme Art.do Regulamento Geral) É obrigatório (e indispensável) o uso de caneleiras para todos os atletas participantes das

Leia mais

CIRCUITO LOTERIAS CAIXA BRASIL PARAOLÍMPICO DE ATLETISMO E NATAÇÃO 2009 REGULAMENTO GERAL DAS ETAPAS NACIONAIS

CIRCUITO LOTERIAS CAIXA BRASIL PARAOLÍMPICO DE ATLETISMO E NATAÇÃO 2009 REGULAMENTO GERAL DAS ETAPAS NACIONAIS 1 CIRCUITO LOTERIAS CAIXA BRASIL PARAOLÍMPICO DE ATLETISMO E NATAÇÃO 2009 REGULAMENTO GERAL DAS ETAPAS NACIONAIS I DOS OBJETIVOS SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO Artigo 1º - O Circuito Loterias CAIXA Brasil Paraolímpico

Leia mais