Conflito entre Israel e Palestina CONFLITO ATUAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conflito entre Israel e Palestina CONFLITO ATUAL"

Transcrição

1 Conflito entre Israel e Palestina CONFLITO ATUAL Os conflitos entre Israel e a Faixa de Gaza se intensificaram em junho e julho de Os dois territórios apresentam instabilidade política há anos, ou seja, existe todo um processo histórico conturbado e, com a passar do tempo, as divergências no Oriente Médio vem provocando inúmeros confrontos, resultando em morte e destruição. Esse aumento da violência apresenta motivações diferentes entre os dois lados. Para Israel, os principais motivos são: o Hamas é o responsável pelo sequestro e assassinato de três adolescentes; pelo ataque feito pelo Hamas com foguetes e, ao mesmo tempo, a melhoria de seu arsenal de guerra de forma geral. Os israelenses acusam o Hamas de serem um grupo terrorista que não reconhece a existência do Estado de Israel e que não aceita a rendição e o desarmamento. Já para os Palestinos, os principais motivos da guerra são: um adolescente sequestrado e assassinado em Jerusalém (o jovem foi queimado vivo). Tal ocorrência levou à prisão de seis extremistas pelo assassinato do garoto, sendo que três dos detidos confessaram o crime. Grande parte da população palestina reivindica o controle israelense sobre o território da Faixa de Gaza, afirmando ser abusivo e completamente desrespeitoso aos direitos humanos. Isso ocasiona problemas como a fome (embora a Faixa de Gaza tenha acesso ao mar, não é permitida a pesca), pobreza e desemprego (intervenções contra o comércio palestino), além da dependência de recursos básicos como eletricidade, água e meios de comunicação. Com a força militar do exército de Israel, o número de mortos palestinos é bem maior do que o de israelenses. Outro motivo para ira palestina se dá pelo fato de Israel ter detido inúmeros militantes do Hamas em sua busca aos adolescentes sequestrados. Com cerca de 2 milhões de habitantes em aproximadamente 365 quilômetros quadrados, a Faixa de Gaza é um lugar de altíssima densidade demográfica, ou seja, é extremamente concentrado e povoado. Intensifica, com isso, a possibilidade de maior número de mortos com os bombardeios. PROBLEMAS HISTÓRICOS No século III, os judeus foram expulsos de sua terra pelos romanos, no processo conhecido como diáspora, que é a dispersão de uma comunidade pelo mundo. Desde então, tem-se a vontade de retorno ao local. Em 1869, houve a abertura do Canal de Suez, interligando o Porto Said (porto egípcio no Mar Mediterrâneo) a Suez, no Mar Vermelho. Após se tornarem os acionistas majoritários do canal, os britânicos tomaram seu controle. Em 1897, é o movimento político e filosófico que se apresenta como proposta de autodeterminação do povo judeu. Seu objetivo central era a busca de um Estado nacional judaico independente e soberano no território que, para eles, pertenceu ao antigo reino israelense. Em algumas interpretações, é um nacionalismo judaico e historicamente propõe a erradicação da diáspora judaica. O movimento propagou o slogan: "a Palestina é uma terra sem povo para um povo sem terra." Até a Primeira Guerra Mundial, o Império Turco-Otomano era o detentor do território onde, atualmente, ocorrem os conflitos, foi a única potência muçulmana a desafiar o poderio dos países europeus entre o século XV e XIX. Seu fim foi, ao longo do século XIX com a derrota na Primeira Guerra Mundial, provocando, assim, a partilha do território.

2 Após a derrota, os territórios foram divididos, sobretudo entre Reino Unido, que agregou Palestina, Transjordânia, Egito, Iraque e Pérsia (atual Irã), e a França (agregando Síria, Argélia e Líbano). Deve-se lembrar que os dois países árabes são imperialistas, o que deixa resquícios até os dias atuais. Em 1917, houve o caso da declaração Balfour, relacionada a uma carta do então secretário britânico de assunto estrangeiros, Arthur James Balfour, para o líder da comunidade judaica do Reino Unido, com o intuito de transmitir à Federação Sionista da Grã-Bretanha. O objetivo principal da carta era facilitar a configuração de um "lar nacional para os judeus na palestina. (Criação de um Estado-Nacional). A partir disso, reforçando a lógica Sionista, aproximadamente judeus se estabeleceram nesse momento na região. Símbolo e localização da Liga Árabe (Foto: Wikipedia) Em 1945 foi criada a Liga Árabe, uma organização de estados árabes, cujo objetivo central é reforçar e coordenar aspectos econômicos, sociais, políticos e culturais

3 entre seus membros. Inicialmente, a liga era liderada pelo Egito (Nasser), que já havia constituído sua República (muito pelo enfraquecimento dos países europeus após a Segunda Guerra). Na assembleia geral da ONU de 1947, o brasileiro diplomata Oswaldo Aranha deu início ao Plano de Partilha da Palestina para substituir o mandato britânico, declarando a formação do Estado de Israel (Eretz Israel), um território independente do controle britânico. As nações árabes não concordaram com a partilha, ou seja, com a criação do Estado de Israel. Desde então, os dois povos travaram inúmeros conflitos. No decorrer deles, Israel ocupou os territórios da Cisjordânia, Penísula do Sinai, Faixa de Gaza e Colinas de Golã. Na divisão inicial, Jerusalém era um Corpus Separatum, devido à impotância religiosa (judaísmo, islamismo e catolicismo), ou seja, recebia um tratamento especial e separado do controle de qualquer Estado-Nação, ficando assim a controle da ONU. Ao dar início à Guerra, Israel invade o território e estabelece o domínio do lugar, o que foi um insulto para os palestinos. Outros territórios das fronteira da Cisjordânia também foram anexados. No mesmo ano, houve uma guerra civil na Palestina, motivada pela declaração dada pelos estados árabes, que haviam rejeitado o Plano da ONU de Partição da Palestina (que a dividiria com os judeus). O primeiro conflito surgiu no ano seguinte, tendo início após a declaração de independência de Israel, com fim em 1949, após acordos de cessar-fogo entre israelenses (Israel) e a Liga Árabe Líbano [luta penísula de Sinai], Síria, Egito, Iraque e Transjordânia (pequena porção de terra do mandato britânico). Durante o período de Guerra Fria, Israel é fortalecido pela ajuda militar dos Estados Unidos, pois sua vitória tinha uma grande importância estratégica, já que Israel é uma faixa de conexão entre Ásia e África. Portanto, sua "conquista" seria, para os EUA, uma forma de impedir o avanço soviético. Fica evidente no conflito o poderio militar israelense contra os países árabes, de certa forma, um país contra vários. Em 1956 aconteceu a Crise de Suez, quando Israel, tendo apoio da França e do Reino Unido, (que usufruíam do canal para a troca comercial com a Ásia e África) declarou guerra contra o Egito, cujo presidente, Gamal Abdel Nasser, havia nacionalizado o canal do Suez com apoio dos militares da URSS. Em outras palavras, foi um golpe do Egito com apoio soviético a um território que estava, até então, sendo controlado pela Inglaterra. Entre as consequências da nacionalização

4 feita pelo Egito, estava o bloqueio ao porto israelense (Eilat). Novamente, o vencedor é o povo de Israel, que não só toma o canal, como também invade as penínsulas de Sinai e a Faixa de Gaza. Em 1964, foi criada a OLP Organização para a Libertação da Palestina, uma organização política e paramilitar, vinculada à Liga Árabe (representante do povo palestino). Seu objetivo era a libertação da Palestina pela luta armada, buscando de certa forma motivar o ataque a cidadãos civis, sendo assim considerados terroristas. Destaque para o "Al Fatah", organização política que apresentava como líder Yasser Arafat. Entre algumas características do Al Fatah estão: não aceitar a determinação do Estado de Israel, buscar o retorno das fronteiras no período domínio britânico, proibir todo tipo de atividade do sionismo e buscar a autodeterminação dos palestinos. A Guerra dos Seis Dias viria mais tarde, de 05 a 10 de junho de O conflito era de Israel contra os Estados da Síria, Egito, Jordânia e Iraque. Com os ataques realizados pelo Estado de Israel, com objetivo de abrir o estreito de Tiran e também conter o exército egípcio no Sinai, a vitória isralense aconteceu e, ao mesmo tempo, houve a anexação de território ao redor de seu Estado. Israel que iniciou o conflito, no dia 05, com uma porção de terra de aproximadamente km2, no dia 10, já possuía aproximadamente km2. Esse acréscimo relaciona-se às anexações da Península de Sinai, Colinas de Golã, a Faixa de Gaza, porção da Cisjordânia (que entrou no conflito motivada por Nassar e acabou perdendo porção territorial) e Jerusalém. Mais de 18 mil árabes morreram no conflito. Com mais força militar, apenas 766 israelenses morreram, aproximadamente. No entanto, o número de refugiados é o maior: cerca de 350 mil.

5 Esquema sobre a Guerras dos Seis Dias (Foto: Reprodução/Colégio Qi) A Guerra de Yom Kipput, um dos grandes massacres da história, começou no dia 06 de outubro e terminou no dia 26 do mesmo mês. Novamente, o Estado de Israel enfrentou uma coalizão de países árabes liderados pelo Egito e Síria, que iniciam o conflito com um ataque supresa, em pleno feriado do perdão judaico. Esses países cruzaram os limites do cessar-fogo nas colinas de Sina e também nas Colinas de Golã, ao mesmo tempo, buscando retomar os territórios perdidos em 1967, durante a Guerra do Seis Dias. Após duas semanas, o Estado de Israel consegue estabelecer o equilibro e retira o exército do Egito e Síria sobre os territórios anexados. Além desse ataque surpresa sobre os territórios, há também o econômico, que ocasiona a Crise do Petróleo de Essa ofensiva na economia refere-se ao boicote da OPEP Organização dos Produtores e Exportadores de Petróleo, onde seus membros são de maioria árabe, provocando o desligamento na exportação e tendo como consequência o aumento do preço do petróleo. Deve-se ressaltar que a solução brasileira neste período foi o ProÁlcool. O ProÁlcool foi o programa realizado pelo governo brasileiro que visava à substituição do combustível derivado do petróleo, sobretudo a gasolina, motivado pela crise do petróleo em Após esse programa, o país acelerou na produção de cana-de-açúcar, e

6 atualmente, já é o principal exportador de Etanol para o mundo. ProÁlcool e novas fontes de energia no Brasil Em 1978 foi assinado o Acordo de Paz com o presidente Anwar Sadat, do Egito, e o primeiro ministro de Israel, sendo o presidente dos Estado Unidos, Jimmy Carter, anfitrião e participante ativo da negociações de paz para a região. Esse tratado de paz israel-egípcio que apresentava como objetivos o reconhecimento mútuo, da desocupação da península de Sinai por Israel, limitações na fronteiras comum, solução pacífica de controvérsias, extinções de boicotes, busca de um acordo de mobilidade na região, entre outros aspectos ligados a questões problemáticas entre as nações. Em 1987 houve a primeira Intifada ou "guerra das pedras". O ocorrido refere-se a uma manifestação palestina contra a ocupação israelense, em 1987, no campo de refugiados no norte da Faixa Gaza, onde a população civil atira objetos como paus (madeiras) e pedras contra a força militar israelense. Tal acontecimento não apenas mostra a fragilidade do povo Palestina, mas também seu fraco poderio militar para conter o avanço dos militares israelense. Essa revolta só tem fim em 1993, pelo acordo de Oslo. Em 1993, aconteceu o primeiro Acordo de Oslo ("Jericó-Gaza"). O fato refere-se, na verdade, a uma série de acordos na cidade de Oslo, na Noruega, entre o governo de Israel (Shimon Peres) e a OLP, que tinha como líder Yasser Arafat. Essa reunião teve o ex-presidente do Estados Unidos, Bill Clinton, como mediador. Entre os objetivos das discussões, estavam: Retirada a ocupação das força armadas israelense da Faixa de Gaza e Cisjordânia. Busca de autonomia política nas áreas ocupadas por palestinos. Estabelecer um consenso sobre a cidade de Jerusalém (lugar sagrado para ambos). Buscar uma solução para os refugiados da região. Solucionar os problemas de assentamentos israelenses nos territórios ocupados na Guerra dos Seis Dias. Buscar estabelecer uma fronteira entre os povos. Em continuidade aos acordos de 1993, houve novos debates em 1995, com a mesma relação de políticos presentes, tendo apenas uma alteração no representante israelense que, neste momento, foi Yitzak Rabin. Entre os objetivos, estavam: OLP e Israel: reconhecimento mútuo entre as lideranças políticas sobre as negociações

7 e ações que buscavam estabelecer. A desocupação do porção do Líbano. Em pauta o situação da cidade de Jerusalém Reconhecimento da ANP (Autoridade Nacional Palestina). Negociação sobre as porções territoriais ocupadas. No mesmo ano, foi assassinado o primeiro-ministro de Israel, que entre 1974 e 1977 recebeu o Prêmio Nobel da Paz, junto a ex-liderança Shimon Peres e ao mesmo tempo Yasser Arafat. Ele buscava negações de paz na região, se propondo à possível assinatura de acordos estabelecidos em Oslo. Após sua morte, as tensões se agravaram, com Ascensão do Hamas e do Hezbollah, dois grupos radicais, que se manifestam através de ações terroristas. Em contrapartida, havia a Autoridade Nacional Palestina, com tom conciliatório. Uma nova tentativa de paz na região surge em 2000, uma herança dos Acordos de Oslo, entre os três lideranças políticas, tal fato também ficou conhecido como acordo final para o conflito entre Israel e Palestina. No entanto, mais uma vez não se chegou a um consenso entre os líderes, mantendo-se a instabilidade na região. Uma nova revolta civil do povo palestino contra o controle administrativo de Israel na região onde os palestinos estão. Tal fato ocorre no impasse entre as negociações de paz, além de uma disputa por influência na região entre as facções do Fatah (mais contido) e do Hamas (mais extremista), ambos exaltando o radicalismo islâmico. FATOS RECENTES Desde os anos 2000 até os dias atuais, uma série de fatos ocorreram e as disputas na região seguem sem resolução. Uma série de conflitos ocorre, resultando na morte de muitos inocentes. 2001: Sharon é eleito em Israel. 2004: Morre Arafat assume Mammoud Abbas (ANP). 2005: Hamas toma o poder na Faixa de Gaza. 2006: Hamas vence as eleições democraticamente em Gaza. Grupo não reconhece a existência de Israel. 2007: Novos conflitos entre Faixa de Gaza e Israel. 2008: Fim do Cessar fogo Gaza x Israel (Ataque do Hamas). 2010: Obama (EUA), Netanyahu (ISR) e ABBAS (ANP) negociam a paz, mas sem sucesso. 2012: Palestina é reconhecida por 138 países na ONU.

8 Em 2014, os conflitos continuam, com uma disparidade de números de mortos altíssima, maioria palestina e minoria de israelenses. Deve-se lembrar ainda que países da região já não conseguem apoiar o povo palestino, pois seus territórios apresentam grande instabilidade política, influenciada pela Primavera Árabe. Apesar de não chegarem a uma solução, países vizinhos (como o Egito) e a ONU conseguiram elaborar uma espécie de acordo, que estabeleceu o cessar-fogo na região no dia 26 de agosto.

1896 Surgimento do movimento sionista Em 1896, o jornalista judeu Theodor Herzl, autor do livro "O Estado Judeu", criou o movimento sionista.

1896 Surgimento do movimento sionista Em 1896, o jornalista judeu Theodor Herzl, autor do livro O Estado Judeu, criou o movimento sionista. 1896 Surgimento do movimento sionista Em 1896, o jornalista judeu Theodor Herzl, autor do livro "O Estado Judeu", criou o movimento sionista. O objetivo era estabelecer um lar nacional para os judeus na

Leia mais

CONFLITO EM GAZA: ENTENDA A GUERRA ENTRE ISRAEL E OS PALESTINOS

CONFLITO EM GAZA: ENTENDA A GUERRA ENTRE ISRAEL E OS PALESTINOS CONFLITO EM GAZA: ENTENDA A GUERRA ENTRE ISRAEL E OS PALESTINOS Um assunto que volta e meia ocupa as manchetes de jornais do mundo inteiro há décadas é a questão sobre o conflito entre israelenses e palestinos

Leia mais

Barak Articula Articulação com o estopim Sharon

Barak Articula Articulação com o estopim Sharon Barak Articula Articulação com o estopim Sharon JERUSALÉM- Ehud Barak está prestes a fazer um acordo para formar um governo de unidade nacional com o líder do direitista palestino Likud, Ariel Sharon,

Leia mais

Conflitos no Oriente Médio. Prof a Maria Fernanda Scelza

Conflitos no Oriente Médio. Prof a Maria Fernanda Scelza Conflitos no Oriente Médio Prof a Maria Fernanda Scelza Revolução Iraniana 1953: o Xá (rei) Mohamed Reza Pahlevi passou a governar autoritariamente o Irã; Seu objetivo era ocidentalizar o país, tornando-o

Leia mais

A formação do Estado de Israel

A formação do Estado de Israel A formação do Estado de Israel 1946: 500 mil judeus na Palestina querem a independência de Israel do domínio britânico Aumento da tensão entre israelenses e ingleses: centenas de ataques de judeus a britânicos

Leia mais

CONFLITO ENTRE ISRAEL E PALESTINA CLAUDIO F GALDINO GEOGRAFIA

CONFLITO ENTRE ISRAEL E PALESTINA CLAUDIO F GALDINO GEOGRAFIA CONFLITO ENTRE ISRAEL E PALESTINA CLAUDIO F GALDINO GEOGRAFIA Oferecimento Fábrica de Camisas Grande Negão AQUELA QUE TRAZ EMOÇÃO. PARA VOCÊ E SEU IRMÃO!!! Canaã Terra Prometida Abraão recebeu de Deus

Leia mais

Israel e o mundo Árabe

Israel e o mundo Árabe Israel e o mundo Árabe Leonardo Herms Maia¹ Regina Cohen Barros² Para uma compreensão espacial e econômica deste assunto, irei abordar temas principais que nos mostram como Israel se tornou uma grande

Leia mais

Descolonização e Lutas de Independência no Século XX

Descolonização e Lutas de Independência no Século XX Descolonização e Lutas de Independência no Século XX A Independência da Índia (1947) - Antecedentes: Partido do Congresso (hindu) Liga Muçulmana Longa luta contra a Metrópole inglesa - Desobediência pacífica

Leia mais

Região de conflitos 1) Irã x Iraque: 2) Guerra do Golfo ou Iraque x Kuwait 3) Guerra no Afeganistão: 4) Guerra no Iraque ou Iraque x EUA:

Região de conflitos 1) Irã x Iraque: 2) Guerra do Golfo ou Iraque x Kuwait 3) Guerra no Afeganistão: 4) Guerra no Iraque ou Iraque x EUA: AVALIAÇÃO MENSAL DE GEOGRAFIA 1º Bim./2012 GABARITO Professor(a): Marcelo Duílio / Mônica Moraes Curso: Fund. II 9º ano Data: 08 / 03 / 2012 Tarde versão 2 Nome: BOA PROVA!!! Nº.: Instruções gerais Para

Leia mais

I s r a e l. P a l e s t i n o s ORIENTE MÉDIO OU ÁSIA OCIDENTAL

I s r a e l. P a l e s t i n o s ORIENTE MÉDIO OU ÁSIA OCIDENTAL I s r a e l P a l e s t i n o s ORIENTE MÉDIO OU ÁSIA OCIDENTAL 1 ISRAEL PRINCIPAIS FATOS HISTÓRICOS MAPA DE ISRAEL E DA REGIÃO A LÍBANO B COLINAS DE GOLÃ C CISJORDÃNIA D RIO JORDÃO E MAR MORTO F DESERTO

Leia mais

ISRAEL X ÁRABES / GUERRA DOS 6 DIAS ISRAEL X ÁRABES / GUERRA DO YOM KIPPUR

ISRAEL X ÁRABES / GUERRA DOS 6 DIAS ISRAEL X ÁRABES / GUERRA DO YOM KIPPUR PROPOSTA ORIGINAL DA ONU JERUSALÉM 57 58 ISRAEL X ÁRABES / GUERRA DOS 6 DIAS ISRAEL X ÁRABES / GUERRA DO YOM KIPPUR Golda Meir, foi uma fundadora do Estado de Israel. Emigrou para a Palestina no ano de

Leia mais

A PAZ ENTRE PALESTINOS E ISRAELENSES CONTINUA DISTANTE

A PAZ ENTRE PALESTINOS E ISRAELENSES CONTINUA DISTANTE Aumentar a fonte Diminuir a fonte MUNDO ÁRABE A PAZ ENTRE PALESTINOS E ISRAELENSES CONTINUA DISTANTE Apesar da vitória diplomática palestina na ONU, a existência de um Estado fica difícil com os novos

Leia mais

ISRAEL E A QUESTÃO PALESTINA

ISRAEL E A QUESTÃO PALESTINA ISRAEL E A QUESTÃO PALESTINA Origem do Judaísmo Os relatos bíblicos são a principal fonte de informações para entender as origens dos judeus. Segundo a Bíblia, Abraão recebeu de Deus a missão de levar

Leia mais

Português. Atualidades Fascículo 05 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli

Português. Atualidades Fascículo 05 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli Português Atualidades Fascículo 05 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli Índice Nova Ordem vive entre acordo de paz e conflito...1 Exercicíos...2 Gabarito...2 Negociações amenizam

Leia mais

Prof ª Viviane Jordão

Prof ª Viviane Jordão Prof ª Viviane Jordão LOCALIZAÇÃO Localização geográfica estratégica, na Ásia Ocidental (ponto de encontro entre a Ásia, Europa e África). ORIENTE MÉDIO 1. Turquia 2. Síria 3. Chipre 4. Líbano 5. Israel

Leia mais

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO ATIVIDADES ONLINE 9º ANO 1) (UFV) Das alternativas, aquela que corresponde à causa do acordo entre Israel e a Organização para Libertação da Palestina (OLP) é: a) o fortalecimento do grupo liderado por

Leia mais

ISRAEL E PALESTINA COMO COMEÇOU O CONFLITO?

ISRAEL E PALESTINA COMO COMEÇOU O CONFLITO? ISRAEL E PALESTINA COMO COMEÇOU O CONFLITO? O movimento sionista, que procurava criar um Estado para os judeus, ganhou força no início do século 20, incentivado pelo antissemitismo sofrido por judeus na

Leia mais

PALESTINA ATUALIDADES 02

PALESTINA ATUALIDADES 02 PALESTINA ATUALIDADES 02 SEGUNDO A ONU - 1947 O movimento sionista, que procurava criar um Estado para os judeus, ganhou força no início do século 20, incentivado pelo antissemitismo sofrido por judeus

Leia mais

Sessenta anos de Israel

Sessenta anos de Israel Sessenta anos de Israel Resen AnSegurançaCar Resenha Segurança Diego Cristóvão Alves de Souza Paes 03 de junho de 2008 Sessenta anos de Israel Resenha Segurança Diego Cristóvão Alves de Souza Paes 03 de

Leia mais

Exercícios sobre Israel e Palestina

Exercícios sobre Israel e Palestina Exercícios sobre Israel e Palestina Material de apoio do Extensivo 1. Observe o mapa a seguir, que representa uma área do Oriente Médio, onde ocorrem grandes tensões geopolíticas. MAGNOLI, Demétrio; ARAÚJO,

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 59 OS CONFLITOS NO ORIENTE MÉDIO (1973 A 1991)

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 59 OS CONFLITOS NO ORIENTE MÉDIO (1973 A 1991) HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 59 OS CONFLITOS NO ORIENTE MÉDIO (1973 A 1991) Como pode cair no enem (ENEM) Em 1947, a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou um plano de partilha da Palestina

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / 2015. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 No Anhanguera você é PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE:9º ALUNO(a): Lista de atividades P1 Bimestre III Leia com atenção a matéria da revista Ciência Hoje e

Leia mais

O conflito interno entre palestinos: Hamas e Fatah. Resenha Segurança

O conflito interno entre palestinos: Hamas e Fatah. Resenha Segurança O conflito interno entre palestinos: Hamas e Fatah Resenha Segurança Lígia Franco Prados Mello 09 de julho de 2007 1 O conflito interno entre palestinos: Hamas e Fatah Resenha Segurança Lígia Franco Prados

Leia mais

HISTÓRIA APROFUNDAMENTO CONFLITOS ÁRABE-ISRAELENSES

HISTÓRIA APROFUNDAMENTO CONFLITOS ÁRABE-ISRAELENSES HISTÓRIA Prof. Eliezer APROFUNDAMENTO CONFLITOS ÁRABE-ISRAELENSES MAPA: RESUMO: Os conflitos entre árabes e israelenses, como o mundo os vê hoje, começaram com a I Guerra Mundial (1914-1918). Até 1917,

Leia mais

Profª: Sabrine V.Welzel

Profª: Sabrine V.Welzel GEOGRAFIA 3 ano Ensino Médio Oriente Médio 1 (Ufg) O Estado de Israel foi criado pela ONU em 1948. Desde a sua criação, Israel mantém um conflito permanente com os palestinos. Sobre esse conflito, explique

Leia mais

Exercícios de Oriente Médio

Exercícios de Oriente Médio Exercícios de Oriente Médio 1. (Cesgranrio) Quanto aos conflitos entre árabes e israelenses, podemos dizer que: I - se aceleram com a partilha da Palestina realizada pela ONU em 1947, que deu origem ao

Leia mais

Uma Primavera dos Povos Árabes?

Uma Primavera dos Povos Árabes? Uma Primavera dos Povos Árabes? Documento de Trabalho Oriente Médio e Magreb Danny Zahreddine 18 de Junho de 2011 Uma Primavera dos Povos Árabes? Documento de Trabalho Oriente Médio e Magreb Danny Zahreddine

Leia mais

Material de AULA AO VIVO. Conteúdo teórico da aula de hoje

Material de AULA AO VIVO. Conteúdo teórico da aula de hoje Olá meu amigo desenrolado, Seja bem- vindo à primeira aula ao vivo do Desenrolado.com. Eu sou o professor George Wilton da disciplina de Geografia que está inserida dentro da área de Ciências humanas e

Leia mais

Geografia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Geografia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Geografia Questão 1 Em 1967, por ocasião da Guerra dos Seis Dias, Israel ocupou de seus vizinhos árabes uma série de territórios, entre eles a Península do

Leia mais

A Guerra dos Seis Dias

A Guerra dos Seis Dias A Guerra dos Seis Dias Desde o fim da Segunda Guerra Mundial e da criação do Estado de Israel em 1948 que o Oriente Médio vive em uma constante tensão bélica por conta das inúmeras discordâncias entre

Leia mais

Quatro Dicas Para o ENEM. Prof: Marcio Santos ENEM 2009. As Quatro Áreas de Conhecimento

Quatro Dicas Para o ENEM. Prof: Marcio Santos ENEM 2009. As Quatro Áreas de Conhecimento Quatro Dicas Para o ENEM Prof: Marcio Santos ENEM 2009 Ciências Humanas Dominar Linguagens: saber ler e entender textos, mapas e gráficos. Manter-se Atualizado: ler jornais, revistas, assistir telejornais.

Leia mais

Palestina - em defesa da nação oprimida

Palestina - em defesa da nação oprimida Palestina - em defesa da nação oprimida Que o Hamas entregue armas à população! Derrotar a ofensiva sionista com o levante das massas palestinas! Unidade dos explorados do Oriente Médio para enfrentar

Leia mais

Entenda Os conflitos. HISTÓRIA Os antecedentes

Entenda Os conflitos. HISTÓRIA Os antecedentes HISTÓRIA Os antecedentes Com o fim da Primeira Guerra Mundial e a vitória sobre o império Otomano, os britânicos passaram a controlar a região da Palestina ou Terra Santa. Na mesma época, o movimento sionista

Leia mais

Palestina e Israel: Acordos de Oslo, Camp David II e Mapa da Paz. Análise Segurança

Palestina e Israel: Acordos de Oslo, Camp David II e Mapa da Paz. Análise Segurança Palestina e Israel: Acordos de Oslo, Camp David II e Mapa da Paz Análise Segurança Bárbara Gomes Lamas 17 de novembro de 2004 Palestina e Israel: Acordos de Oslo, Camp David II e Mapa da Paz Análise Segurança

Leia mais

Esquema da conquista da península do Sinai durante a Guerra dos Seis Dias

Esquema da conquista da península do Sinai durante a Guerra dos Seis Dias Guerra dos Seis Dias A Guerra dos Seis Dias foi um conflito armado entre Israel e a frente árabe, formada por Egito, Jordânia e Síria, apoiados pelo Iraque, Kuweit, Arábia Saudita, Argélia e Sudão. O crescimento

Leia mais

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 4 A 10 DE AGOSTO SEMANA 4 A 10 DE AGOSTO. Material: Raquel Basilone

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 4 A 10 DE AGOSTO SEMANA 4 A 10 DE AGOSTO. Material: Raquel Basilone Obama lança plano contra efeito estufa Israel aumenta repressão aos extremistas judeus após críticas ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ Material: Raquel Basilone Donald Trump ameaça ser candidato independente

Leia mais

Unidade III Cidadania e Movimento Aula 16.2 Conteúdo: Israel: uma política desenvolvida na região. A difícil criação de um Estado Palestino.

Unidade III Cidadania e Movimento Aula 16.2 Conteúdo: Israel: uma política desenvolvida na região. A difícil criação de um Estado Palestino. Unidade III Cidadania e Movimento Aula 16.2 Conteúdo: Israel: uma política desenvolvida na região. A difícil criação de um Estado Palestino. 2 Habilidades: Analisar os motivos que levaram ao conflito entre

Leia mais

Oriente Médio (Parte 1) Professor Luiz Fernando

Oriente Médio (Parte 1) Professor Luiz Fernando Oriente Médio (Parte 1) Professor Luiz Fernando Aspectos Físicos É uma região da Ásia Climas Secos (área de alta pressão atmosférica) Reflete na agropecuária Predominância de planaltos Principal região

Leia mais

As quatro estações do conflito Israel-Palestina

As quatro estações do conflito Israel-Palestina As quatro estações do conflito Israel-Palestina Analúcia Danilevicz Pereira * Marcelo Kanter ** Resumo O longo conflito entre israelenses e palestinos ganhou uma nova dimensão a partir da chamada Primavera

Leia mais

Conflito Israel - Palestina

Conflito Israel - Palestina Conflito Israel - Palestina Prof. Diego Araujo Campos Mestre em Ciências Sociais PUC/RJ Dia 25 de março 20:30 Auditório Cristina Bastos no IFFluminense Realização: Apoio: A Questão no Pós-Segunda Guerra

Leia mais

7. TURQUIA OTOMANOS ISLAMISMO 8. IRÃ PERSAS e AZERIS ISLAMISMO (MAIORIA XIITA) 9. ISRAEL JUDEUS JUDAÍSMO

7. TURQUIA OTOMANOS ISLAMISMO 8. IRÃ PERSAS e AZERIS ISLAMISMO (MAIORIA XIITA) 9. ISRAEL JUDEUS JUDAÍSMO CONFLITO PALESTINO-ISRAELENSE O r i e n t e M é d i o 7 mi Km 2 Elo: 03 Continentes - Mar - Oceano. EGITO 25.000 Km 2 20 Mi Hab. Jordânia + sul do Líbano + Israel + Gaza e Cisjordânia ( Estado Palestino

Leia mais

Israel usa prisões políticas para reprimir palestinos

Israel usa prisões políticas para reprimir palestinos Em março de 2002, a situação na Cisjordânia havia se complicado. Em resposta a Segunda Intifada, as forças armadas israelenses aumentaram ainda mais a repressão dentro dos territórios palestinos, colocando

Leia mais

OBJETIVOS Ao fi nal da aula o(a) aluno(a) deverá: analisar os diversos aspectos que fazem da região da Palestina alvo de diversos conflitos.

OBJETIVOS Ao fi nal da aula o(a) aluno(a) deverá: analisar os diversos aspectos que fazem da região da Palestina alvo de diversos conflitos. Aula9 O ORIENTE MÉDIO META Compreender os processos que levaram palestinos e judeus a disputar o mesmo território. OBJETIVOS Ao fi nal da aula o(a) aluno(a) deverá: analisar os diversos aspectos que fazem

Leia mais

Descolonização Afroasiática

Descolonização Afroasiática Aula 50 Descolonização Afroasiática 1 Fatores Setor 1602 2 Casos Nacionais 3 China ealvespr@gmail.com Objetivo da aula Analisar o quadro geral da descolonização afroasiática após a Segunda Guerra Mundial.

Leia mais

A atual situação do Egito e as perspectivas para a reconstrução do país

A atual situação do Egito e as perspectivas para a reconstrução do país A atual situação do Egito e as perspectivas para a reconstrução do país Análise Oriente Médio e Magreb Pedro Casas 14 de Março de 2011 A atual situação do Egito e as perspectivas para a reconstrução do

Leia mais

Perguntas de aquecimento

Perguntas de aquecimento Perguntas de aquecimento a) Quantos dias durou a Guerra dos Seis Dias? Cinco dias Seis dias Duas semanas Dois meses b) Quem é o Primeiro Ministro de Israel? Shimon Peres Ehud Olmert Bill Clinton Binyamin

Leia mais

CONFLITO NO ORIENTE MÉDIO Conflito árabe israelense (1948 1949) Por volta do século IX, comunidades judaicas foram restabelecidas em Jerusalém e

CONFLITO NO ORIENTE MÉDIO Conflito árabe israelense (1948 1949) Por volta do século IX, comunidades judaicas foram restabelecidas em Jerusalém e CONFLITO NO ORIENTE MÉDIO Conflito árabe israelense (1948 1949) Por volta do século IX, comunidades judaicas foram restabelecidas em Jerusalém e Tibérias. No século XI, a população judaica crescia nas

Leia mais

Israel & Palestina. História de Israel e Palestina:

Israel & Palestina. História de Israel e Palestina: Israel & Palestina Israel & Palestina: ISRAEL - Área: 20.770 km2 - Capital: * Tel Aviv (sede diplomática) * Jerusalém (sede do governo, reivindicada pelos israelenses, mas não reconhecida internacionalmente)

Leia mais

EGIPTO. DA PRIMAVERA ÁRABE PARA A PRIMAVERA ISLÂMICA

EGIPTO. DA PRIMAVERA ÁRABE PARA A PRIMAVERA ISLÂMICA 2012/08/26 EGIPTO. DA PRIMAVERA ÁRABE PARA A PRIMAVERA ISLÂMICA O processo de transição egípcio para uma democracia, tal como preparado pelo Conselho Supremo das Forças Armadas (CSFA), nunca seguiu o trajeto

Leia mais

A visita de Shimon Peres ao Brasil e a relação brasileira com o Oriente Médio

A visita de Shimon Peres ao Brasil e a relação brasileira com o Oriente Médio A visita de Shimon Peres ao Brasil e a relação brasileira com o Oriente Médio Análise Desenvolvimento Jéssica Silva Fernandes 15 de dezembro de 2009 A visita de Shimon Peres ao Brasil e a relação brasileira

Leia mais

09/07/2007 O conflito interno entre palestinos: Hamas e Fatah...p.01

09/07/2007 O conflito interno entre palestinos: Hamas e Fatah...p.01 ano 4 nº 25 22 a 28/07/07 ISSN1809-6182 Resenha 09/07/2007 O conflito interno entre palestinos: Hamas e Fatah...p.01 Desde o dia 14 de junho de 2007, o conflito na Faixa de Gaza, entre Hamas e Fatah, tem

Leia mais

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade Origem dos povos ORIENTE MÉDIO: Conflitos árabes-israelenses: 1948 Independência de Israel 1949 Guerras da Independência 1956 Crise de Suez 1964 Criação da OLP` 1967

Leia mais

Informativo Mensal nº 10. Agosto/ 2014

Informativo Mensal nº 10. Agosto/ 2014 Informativo Mensal nº 10 Agosto/ 2014 ÁSIA/ LESTE EUROPEU MAIS SANÇÕES E AJUDA HUMANITÁRIA DEIXAM RÚSSIA EM DESTAQUE NO MÊS No mês de agosto mais sanções continuaram sendo aplicadas na Rússia pelos EUA

Leia mais

Colégio Jardim São Paulo 2012 9 os Anos. ORIENTE MÉDIO 2. prof. Marcelo Duílio profa. Mônica Moraes

Colégio Jardim São Paulo 2012 9 os Anos. ORIENTE MÉDIO 2. prof. Marcelo Duílio profa. Mônica Moraes Colégio Jardim São Paulo 2012 9 os Anos. ORIENTE MÉDIO 2 prof. Marcelo Duílio profa. Mônica Moraes 1 ORIENTE MÉDIO Quadro político e socioeconômico Essa região divide se politicamente em uma porção continental:

Leia mais

Oriente Médio. Geografia Monitor: Renata Carvalho e Eduardo Nogueira 21, 24 e 25/10/2014. Material de Apoio para Monitoria

Oriente Médio. Geografia Monitor: Renata Carvalho e Eduardo Nogueira 21, 24 e 25/10/2014. Material de Apoio para Monitoria Oriente Médio 1.(VEST - RIO) A Guerra do Líbano, o conflito Irã/ Iraque, a questão Palestina, a Guerra do Golfo, são alguns dos conflitos que marcam ou marcaram o Oriente Médio. Das alternativas abaixo,

Leia mais

Formação do Estado de Israel

Formação do Estado de Israel Arão e Sara recebem de Deus Canaã para viverem e a promessa que sua família se transformaria em uma nação numerosa. Livro do Bereshit (Gênesis) - Torá1 17/04/2013 1 BANDEIRA DE ISRAEL 17/04/2013 2 Primeira

Leia mais

Oriente Médio Oceania

Oriente Médio Oceania 1 Fonte: Para viver juntos: Geografia, 9º ano: ensino fundamental. São Paulo: Edições SM, 2008, p. 206. O mapa acima nos mostra uma região que tem sido motivo de disputas e conflitos entre os europeus

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org TERRA EM TRANSE POVO EM DESESPERO Relatos e reflexões a partir de uma viagem a Jerusalém e territórios

Leia mais

CRONOLOGIA DA HISTÓRIA DA PALESTINA

CRONOLOGIA DA HISTÓRIA DA PALESTINA CRONOLOGIA DA HISTÓRIA DA PALESTINA Ao longo de milénios, desde a chegada dos Povos do Mar, o povo da Palestina assistiu à passagem, pelo seu território, de diferentes povos e civilizações. Aos Assírios

Leia mais

PROFESSOR: Gabriel Mattos e Marcello Rangel

PROFESSOR: Gabriel Mattos e Marcello Rangel PROFESSOR: Gabriel Mattos e Marcello Rangel BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA - 3ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 8 ==============================================================================================

Leia mais

A fundação do Estado de Israel e o conflito na Palestina

A fundação do Estado de Israel e o conflito na Palestina A fundação do Estado de Israel e o conflito na Palestina Podemos assistir novamente ao espetáculo de horror promovido na Palestina. Incursões militares israelenses, cujo objetivo é a dominação da região

Leia mais

DÉCADA DE 60. Eventos marcantes:

DÉCADA DE 60. Eventos marcantes: Eventos marcantes: Invasão da Baía dos Porcos Crise dos Mísseis de Cuba Aquecimento da corrida espacial Revolução Cultural na China Guerra dos Seis Dias Início da Guerra do Vietnã INVASÃO DA BAÍA DOS PORCOS

Leia mais

Guerras na África voltam a recrutar crianças

Guerras na África voltam a recrutar crianças Guerras na África voltam a recrutar crianças Por Juan Carlos Bow Unicef calcula que há mais de 6 mil lutando na República Centro-Africana Não importa a origem do conflito armado, seja religioso, econômico

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA AULA. Conteúdo: Áreas de Tensão no Mundo

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA AULA. Conteúdo: Áreas de Tensão no Mundo Conteúdo: Áreas de Tensão no Mundo Habilidade: Compreender os conflitos atuais existentes entre os países e as principais consequências para as populações. ESTADOS UNIDOS x MÉXICO Muro construído na década

Leia mais

PEP/2015 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO

PEP/2015 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1 PEP/2015 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Estudar as Rebeliões Coloniais de vulto, ocorridas no Brasil, durante os séculos XVII e XVIII, que contestaram

Leia mais

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. OBS: EM NEGRITO OS ENUNCIADOS, EM AZUL AS

Leia mais

Geografia: Conflitos Mundiais (Parte 1)

Geografia: Conflitos Mundiais (Parte 1) Geografia: Conflitos Mundiais (Parte 1) Questão Israel x Palestina: A região da Palestina desde a Antiguidade vem sendo palco da ação de potências que se sucedem com o passar do tempo. A terra foi disputada

Leia mais

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( ) I Unidade ( ) II Unidade ( x ) III Unidade FÍSICA E GEOGRAFIA Curso: Ensino Fundamental Ano: 9.º Turma: ABCDEF Data: / / 1 11 009 Física Prof. s Fernandes e

Leia mais

islamizadas (Turcomenistão, Azerbajão, Tadjiquistão, Usbequistão, Quirguistão e Casaquistão). História - Claudiomar

islamizadas (Turcomenistão, Azerbajão, Tadjiquistão, Usbequistão, Quirguistão e Casaquistão). História - Claudiomar 1 O ORIENTE MÉDIO: Outros envolvidos nas questões do Oriente Médio: Paquistão, norte e nordeste da África (Egito, Líbia, Tunísia, Marrocos, Argélia, Etiópia, Somália, Djibuti e Sudão) e exrepúblicas soviéticas

Leia mais

OS ACORDOS DE OSLO (1993) CONSEQUÊNCIA E CAUSA DAS INTIFADAS

OS ACORDOS DE OSLO (1993) CONSEQUÊNCIA E CAUSA DAS INTIFADAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PAULA HOHGRAWE DE AGUIAR OS ACORDOS DE OSLO (1993) CONSEQUÊNCIA E CAUSA DAS INTIFADAS Porto

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org CLIPPING FSM 2009 AMAZÔNIA Jornal: CARTA MAIOR Data: 31/01/09 http://www.cartamaior.com.br/templates/materiamostrar.cfm?materia_id=15558

Leia mais

O risco de mudança de estação na África e Oriente Médio

O risco de mudança de estação na África e Oriente Médio O risco de mudança de estação na África e Oriente Médio Roberto Carvalho de Medeiros (*) O mundo inteiro tem assistido um conjunto de fatos no antigo Magreb 1 e no Oriente Médio que, a meu ver, por si

Leia mais

DÉCADA DE 70. Eventos marcantes: Guerra do Vietnã Watergate Crise do Petróleo Revolução Iraniana

DÉCADA DE 70. Eventos marcantes: Guerra do Vietnã Watergate Crise do Petróleo Revolução Iraniana Eventos marcantes: Guerra do Vietnã Watergate Crise do Petróleo Revolução Iraniana GUERRA DO VIETNÃ Após o fim da Guerra da Indochina (1954), Vietnã é dividido na altura do paralelo 17: Norte: república

Leia mais

ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07

ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07 ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07 LOCALIZAÇÃO Compreende a região que se estende do Mar Vermelho e Canal de Suez, no Egito, até o Afeganistão, a leste. Também fazem parte do Oriente Médio a Ilha de Chipre,

Leia mais

PROJETO FOLHAS ENSINO MÉDIO AUTOR: Anselmo Pilati NRE: Guarapuava ESCOLA: Colégio Estadual Edite Cordeiro Marques Ensino Fundamental e Médio

PROJETO FOLHAS ENSINO MÉDIO AUTOR: Anselmo Pilati NRE: Guarapuava ESCOLA: Colégio Estadual Edite Cordeiro Marques Ensino Fundamental e Médio 1 PROJETO FOLHAS ENSINO MÉDIO AUTOR: Anselmo Pilati NRE: Guarapuava ESCOLA: Colégio Estadual Edite Cordeiro Marques Ensino Fundamental e Médio DISCIPLINA: História ENSINO MÉDIO Disciplina de relação interdisciplinar

Leia mais

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 21 A 27 DE JULHO SEMANA 21 A 27 DE JULHO. Material: Raquel Basilone

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 21 A 27 DE JULHO SEMANA 21 A 27 DE JULHO. Material: Raquel Basilone Ofensiva do Planalto incomoda tribunal (pedaladas fiscais) ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ Material: Raquel Basilone ONU critica prisão de opositores e violência policial na Venezuela Ofensiva do Planalto

Leia mais

Assembleia Geral das Nações Unidas: Terceiro Comitê: Social, Cultural e Humanitário (SoCHum)

Assembleia Geral das Nações Unidas: Terceiro Comitê: Social, Cultural e Humanitário (SoCHum) SÃO PAULO MODEL UNITED NATIONS Assembleia Geral das Nações Unidas: Terceiro Comitê: Social, Cultural e Humanitário (SoCHum) O conflito israelo-palestino Presidência Maria Larissa Silva Santos Eric Fernando

Leia mais

02. ASPECTOS ECONÔMICOS:

02. ASPECTOS ECONÔMICOS: Israel 01. ASPECTOS GERAIS: O Estado de Israel é um país do Oriente Médio localizado entre o Egito, a Jordânia, a Síria e o Líbano. A oeste, é banhado pelo mar Mediterrâneo; ao sul, pelo golfo de Acaba,

Leia mais

Conflitos Geopolíticos II. Oriente Médio, África, Índia, Curdistão e Timor Leste

Conflitos Geopolíticos II. Oriente Médio, África, Índia, Curdistão e Timor Leste Conflitos Geopolíticos II Oriente Médio, África, Índia, Curdistão e Timor Leste Oriente Médio Histórico Israel X Palestina 1947 Partilha da Palestina/Israel pela ONU 1948-49 implantação do Estado de Israel

Leia mais

Após crise, coalizão de governo recuperase em Israel

Após crise, coalizão de governo recuperase em Israel Após crise, coalizão de governo recuperase em Israel Análise Segurança Andre Klausing 01 de junho de 2007 Após crise, coalizão de governo recupera-se em Israel. Análise Segurança Andre Klausing 01 de junho

Leia mais

Questão Palestina x Israel. Resgate dos conflitos da origem aos dias atuais!

Questão Palestina x Israel. Resgate dos conflitos da origem aos dias atuais! Questão Palestina x Israel Resgate dos conflitos da origem aos dias atuais! Origens!!!! 1897: Fundação do movimento sionista, que visa o retorno dos judeus à Palestina. No início do século XX, já existiam

Leia mais

SEMINÁRIO 'AS NOVAS FRONTEIRAS E A EUROPA DO FUTURO' (24.11.2006) Braga

SEMINÁRIO 'AS NOVAS FRONTEIRAS E A EUROPA DO FUTURO' (24.11.2006) Braga 24.11.2006 SEMINÁRIO 'AS NOVAS FRONTEIRAS E A EUROPA DO FUTURO' (24.11.2006) Braga 'A EUROPA DO FUTURO NAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS' A Europa cada vez é mais requisitada no mundo em todos os domínios: cooperação

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org O Movimento Social Palestino rumo ao FME O Fórum Mundial da Educação na Palestina será realizado

Leia mais

Gaza: a lógica da guerra colonial Sobre os últimos bombardeios israelenses em Gaza 1

Gaza: a lógica da guerra colonial Sobre os últimos bombardeios israelenses em Gaza 1 Gaza: a lógica da guerra colonial Sobre os últimos bombardeios israelenses em Gaza 1 por Denis Collin em 3 de janeiro 2009 O que acrescentar ao que tem sido dito ultimamente, mais ou menos em todas as

Leia mais

Estados Unidos apóiam ataque em território somali

Estados Unidos apóiam ataque em território somali Estados Unidos apóiam ataque em território somali Resenha Segurança Lígia Franco Prados Mello 06 de março de 2007 Estados Unidos apóiam ataque em território somali Resenha Segurança Lígia Franco Prados

Leia mais

A GUERRA NO MEIO DO POVO

A GUERRA NO MEIO DO POVO A GUERRA NO MEIO DO POVO Gen Ex Paulo Cesar de Castro As ciências militares e a arte da guerra têm sido impactadas por transformações exponenciais, fenômeno jamais experimentado pela humanidade. Aceleradas

Leia mais

Geografia. Exercícios de Oriente

Geografia. Exercícios de Oriente Exercícios de Oriente 01. Criado em 1948, o Estado de Israel acaba de completar 60 anos. Discorra sobre: a) o contexto histórico internacional que levou à criação desse Estado; b) as razões históricas

Leia mais

Professora Erlani. Capítulo 3 Apostila 4

Professora Erlani. Capítulo 3 Apostila 4 Capítulo 3 Apostila 4 Aspectos cruciais para a compreensão do Oriente Médio e de suas relações internacionais petróleo e terrorismo. Petróleo indispensável como fonte de energia. Terrorismo desencadeia

Leia mais

INTRODUÇÃO. Prezados Delegados,

INTRODUÇÃO. Prezados Delegados, 0 INTRODUÇÃO Prezados Delegados, Este material auxiliar servirá de auxílio no estudo para a simulação do comitê, funcionando como um pontapé inicial nas pesquisas complementares ao Guia de Estudos que

Leia mais

A resolução 1559 e o assassinato do ex- Primeiro Ministro Rafic Al Hariri e seus impactos para o equilíbrio regional de poder no Oriente Médio

A resolução 1559 e o assassinato do ex- Primeiro Ministro Rafic Al Hariri e seus impactos para o equilíbrio regional de poder no Oriente Médio A resolução 1559 e o assassinato do ex- Primeiro Ministro Rafic Al Hariri e seus impactos para o equilíbrio regional de poder no Oriente Médio Análise Segurança Prof. Danny Zahreddine 25 de fevereiro de

Leia mais

HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 62 ORIENTE MÉDIO

HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 62 ORIENTE MÉDIO HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 62 ORIENTE MÉDIO Como pode cair no enem Um gigante da indústria da internet, em gesto simbólico, mudou o tratamento que conferia à sua página palestina. O site de buscas alterou

Leia mais

ATUALIDADES AULA 3 14/10/2013

ATUALIDADES AULA 3 14/10/2013 ATUALIDADES AULA 3 14/10/2013 Prof. Viegas Fernandes da Costa Questões recentes da África do Sul Ainda é um dos países com a maior população de infectados pelo HIV no mundo. E m 2010 sediou a primeira

Leia mais

Desdobramentos decisivos no conflito árabe-israelense: Arafat e a retirada israelense da Faixa de Gaza. Resenha Segurança

Desdobramentos decisivos no conflito árabe-israelense: Arafat e a retirada israelense da Faixa de Gaza. Resenha Segurança Desdobramentos decisivos no conflito árabe-israelense: Arafat e a retirada israelense da Faixa de Gaza Resenha Segurança Layla Dawood 05 de novembro de 2004 Desdobramentos decisivos no conflito árabe-israelense:

Leia mais

O conflito Palestino-israelense: Implicações Regionais e Tendências.

O conflito Palestino-israelense: Implicações Regionais e Tendências. O conflito Palestino-israelense: Implicações Regionais e Tendências. Por Danny Zahreddine Desde o início dos tempos, o homem sempre travou uma constante luta pelo espaço, com o objetivo de territorializá-lo

Leia mais

A LEGALIDADE DO EARLY WARNING PROCEDURE : O DIREITO INTERNACIONAL HUMANITÁRIO, OS DIREITOS HUMANOS E O ESTADO DE ISRAEL

A LEGALIDADE DO EARLY WARNING PROCEDURE : O DIREITO INTERNACIONAL HUMANITÁRIO, OS DIREITOS HUMANOS E O ESTADO DE ISRAEL Centro Universitário de Brasília UniCEUB Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais FAJS MYLENA JORGE SANT ANNA A LEGALIDADE DO EARLY WARNING PROCEDURE : O DIREITO INTERNACIONAL HUMANITÁRIO, OS DIREITOS

Leia mais

Cuba rejeita categoricamente qualquer tentativa de explorar a situação dramática criada para ocupar o país e controlar o petróleo.

Cuba rejeita categoricamente qualquer tentativa de explorar a situação dramática criada para ocupar o país e controlar o petróleo. Leia abaixo a íntegra do discurso do Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, no Conselho de Dereitos Humanos da ONU, na última terça-feira (1º/3), em Genebra: A consciência humana rejeita

Leia mais

As Novas Migrações Internacionais

As Novas Migrações Internacionais As Novas Migrações Internacionais As novas migrações ganharam novas direções, as realizações partem de países subdesenvolvidos para países desenvolvidos, e o novo modelo de migração internacional surge

Leia mais

Os pichadores de Jabalia

Os pichadores de Jabalia Tradução Paulo Daniel Farah Guia de leitura para o professor 84 páginas 2008996274997 Conflitos entre Israel e Palestina: a importância de discutir esse tema A questão palestina é um dos temas que mais

Leia mais

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini O mundo árabe-muçulmano após a Primavera Prof. Alan Carlos Ghedini Entre as causas da Primavera Árabe podemos citar: Altos índices de desemprego na região Crise econômica Pouca ou nenhuma representação

Leia mais

2) Leia atentamente a manchete da revista abaixo e escolha a alternativa correta:

2) Leia atentamente a manchete da revista abaixo e escolha a alternativa correta: ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO DOS ESTUDOS INDEPENDENTES DO ANO 2013 Aluno: Nº: 9º ano: Matéria: Geografia Valor: 30,00 pontos Nota: Professora: Claudia Vicentino Supervisora: Daniella

Leia mais