CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE ESTRUTURAS METÁLICAS PARTE 1 LOTE 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE ESTRUTURAS METÁLICAS PARTE 1 LOTE 1"

Transcrição

1 CADERNOS TÉCNICOS DAS COMPOSIÇÕES DE ESTRUTURAS METÁLICAS PARTE 1 LOTE 1

2 GRUPO ESTRUTURAS METÁLICAS, PARTE 1 LOTE 01 A CAIXA apresenta o grupo de composições de serviços que representam o transporte e montagem de vigas, pilares e contraventamentos para estruturas metálicas (24 composições), que serão incorporadas ao Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI). Tais composições estão divididas em: Vigas: Perfis de aço laminado estrutural tipo I. Pilares: Perfis de aço laminado estrutural tipo H. Contraventamentos: Cantoneira de aço estrutural, abas iguais. Em relação aos números de pavimentos e condições de içamento, foram considerados: Edifício até 3 pavimentos: usando talha manual ou guindaste; Edifício de 3 até 5 pavimentos: usando guindaste; Edifício de 6 até 10 pavimentos: usando grua. Quanto ao tipo de conexão empregada entre as peças, foram consideradas: Conexão soldada: Conexão viga - pilar Conexão pilar - pilar Conexão contraventamento - estrutura Página 1

3 Conexão parafusada: Conexão viga - pilar Conexão pilar - pilar Conexão contraventamento - estrutura Página 2

4 NORMAS E LEGISLAÇÃO ABNT NBR 8800: Projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edifícios _NBR 7007: Aço-carbono e microligados para barras e perfis laminados a quente para uso estrutural _NBR 5884: Perfil I estrutural de aço soldado por arco elétrico - requisitos gerais _NBR 15279: Perfis estruturais de aço soldados por alta frequência (eletrofusão) - Perfis I, H e T - Requisitos _NBR 8681: Ações e segurança nas estruturas - Procedimento BIBLIOGRAFIA BELLEI, I.H.; PINHO, F.O.; PINHO, M.O. Edifícios de múltiplos andares em aço. 2. Ed. São Paulo: PINI, 2008 PFEIL, W.; PFEIL, M. Estruturas de aço: dimensionamento prático de acordo com a NBR 8800: Ed. Rio de Janeiro: LTC, 2009 PINHO, M.O. Transporte e montagem. Rio de Janeiro: IBS/CBCA, 2005 Gerdau. Ligações para estrutura de aço: guia prático para estruturas com perfis laminados. Instituto Aço Brasil. Ligações em estruturas metálicas. Volume 1. Rio de Janeiro: Instituto Aço Brasil /CBCA, 2011 Instituto Aço Brasil. Ligações em estruturas metálicas. Volume 2. Rio de Janeiro: Instituto Aço Brasil /CBCA, 2011 Página 3

5 COMPOSIÇÕES AFERIDAS Código / Seq. Descrição da Composição Página 01.FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET.011 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE Página 4

6 Código / Seq. Descrição da Composição Página 01.FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET FUES.EMET.023 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA Página 5

7 Código / Seq. Descrição da Composição Página 01.FUES.EMET.024 CONTRAVENTAMENTO COM CANTONEIRAS DE AÇO, ABAS IGUAIS, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA 76 Página 6

8 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADEADE 01.FUES.EMET.001 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO C C I * I 4777 I * MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 250 X 17,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " PARAFUSO, ASTM A325, SEXTAVADO, ZINCADO, DIAMETRO 3/4 X 1 1/2 (19,05 MM X 38,1 MM) UNIDADEA DE COEFICIENTE H 0,1290 H 0,0262 KG 1,0000 KG 0,0500 UN 0,0890 Página 7

9 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 250x17,9 (17,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Parafuso estrutural ASTM A325, zincado, cabeça sextavada, diâmetro 3/4 x 1 1/2 (19,05 mm x 38,1 mm) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Página 8

10 Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e parafusos. 6. Execução a) Transporte Transportar manualmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho talha. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Colocar todos os parafusos e aparafusá-los até a condição de prétorque em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar o torqueamento final dos parafusos conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 9

11 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADEADE 01.FUES.EMET.002 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO C C C I * I 4777 I MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 250 X 17,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) UNIDADEA DE COEFICIENTE H 0,0660 H 0,0253 H 0,0642 KG 1,0000 KG 0,0500 KG 0,0031 Página 10

12 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 250x17,9 (17,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Página 11

13 Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos. Foi considerada perda incorporada e por entulho no cálculo de consumo dos eletrodos. 6. Execução a) Transporte Transportar manualmente a peça até o estoque ou o local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho da talha. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Realizar a solda provisória da peça em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar a solda completa conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 12

14 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.003 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C I * I 4777 I * C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 360 X 32,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " PARAFUSO, ASTM A325, SEXTAVADO, ZINCADO, DIAMETRO 3/4 X 1 1/2 (19,05 MM X 38,1 MM) GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 28,80 M, CAPACIDADE MÁXIMA 30 T, POTÊNCIA 97 KW, TRAÇÃO 4 X 4 - CHP DIURNO. AF_11/2014 GUINDASTE HIDRAULICO AUTOPROPELIDO, COM LANCA TELESCOPICA 28,80 M, CAPACIDADE MAXIMA 30 T, POTENCIA 97 KW, TRACAO 4 X 4 - CHI DIURNO. AF_11/2014 H 0,0290 H 0,0046 KG 1,0000 KG 0,0280 UN 0,0510 CHP 0,0041 CHI 0,0038 Página 13

15 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 360x32,9 (32,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Parafuso estrutural ASTM A325, zincado, cabeça sextavada, diâmetro 3/4 x 1 1/2 (19,05 mm x 38,1 mm) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m, capacidade máxima de 30 t, potência 97 KW e tração 4 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 14

16 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e parafusos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Colocar todos os parafusos e aparafusá-los até a condição de prétorque em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar o torqueamento final dos parafusos conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 15

17 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.004 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C C I * I 4777 I C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 360 X 32,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 28,80 M, CAPACIDADE MÁXIMA 30 T, POTÊNCIA 97 KW, TRAÇÃO 4 X 4 - CHP DIURNO. AF_11/2014 GUINDASTE HIDRAULICO AUTOPROPELIDO, COM LANCA TELESCOPICA 28,80 M, CAPACIDADE MAXIMA 30 T, POTENCIA 97 KW, TRACAO 4 X 4 - CHI DIURNO. AF_11/2014 H 0,0150 H 0,0043 H 0,0180 KG 1,0000 KG 0,0280 KG 0,0015 CHP 0,0039 CHI 0,0036 Página 16

18 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 360x32,9 (32,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m, capacidade máxima de 30 t, potência 97 KW e tração 4 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas Página 17

19 até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos. Foi considerada perda incorporada e por entulho no cálculo de consumo dos eletrodos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Realizar a solda provisória da peça em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar a solda completa conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 18

20 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.005 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C I * I 4777 I * C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 360 X 32,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " PARAFUSO, ASTM A325, SEXTAVADO, ZINCADO, DIAMETRO 3/4 X 1 1/2 (19,05 MM X 38,1 MM) GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW- CHP DIURNO. AF_03/2016 GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW - CHI DIURNO. AF_03/2016 H 0,0280 H 0,0047 KG 1,0000 KG 0,0280 UN 0,0510 CHP 0,0037 CHI 0,0035 Página 19

21 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 360x32,9 (32,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Parafuso estrutural ASTM A325, zincado, cabeça sextavada, diâmetro 3/4 x 1 1/2 (19,05 mm x 38,1 mm) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m, capacidade máxima de 60 t, potência 260 KW e tração 6 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 3 a 5 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 20

22 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e parafusos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Colocar todos os parafusos e aparafusá-los até a condição de prétorque em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar o torqueamento final dos parafusos conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 21

23 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.006 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C C I * I 4777 I C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 360 X 32,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW- CHP DIURNO. AF_03/2016 GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW - CHI DIURNO. AF_03/2016 H 0,0140 H 0,0044 H 0,0181 KG 1,0000 KG 0,0280 KG 0,0015 CHP 0,0035 CHI 0,0034 Página 22

24 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 360x32,9 (32,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m, capacidade máxima de 60 t, potência 260 KW e tração 6 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 3 a 5 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas Página 23

25 até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos Foi considerada perda incorporada e por entulho no cálculo de consumo dos eletrodos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Realizar a solda provisória da peça em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar a solda completa conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 24

26 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.007 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C I * I 4777 I * C * C * MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 360 X 32,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " PARAFUSO, ASTM A325, SEXTAVADO, ZINCADO, DIAMETRO 3/4 X 1 1/2 (19,05 MM X 38,1 MM) GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHP DIURNO GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHI DIURNO H 0,0260 H 0,0047 KG 1,0000 KG 0,0280 UN 0,0510 CHP 0,0032 CHI 0,0032 Página 25

27 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 360x32,9 (32,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Parafuso estrutural ASTM A325, zincado, cabeça sextavada, diâmetro 3/4 x 1 1/2 (19,05 mm x 38,1 mm) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas (*composição a ser cadastrada no SINAPI). 3. Equipamentos Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas, altura de 39 m. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 6 a 10 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 26

28 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e parafusos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Colocar todos os parafusos e aparafusá-los até a condição de prétorque em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar o torqueamento final dos parafusos conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 27

29 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.008 VIGA METÁLICA EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL I, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C C I * I 4777 I C * C * MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL I DE ACO LAMINADO, W 360 X 32,9 CANTONEIRA DE ACO ABAS IGUAIS (QUALQUER BITOLA), E = 1/4 " ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHP DIURNO GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHI DIURNO H 0,0120 H 0,0045 H 0,0183 KG 1,0000 KG 0,0280 KG 0,0015 CHP 0,0030 CHI 0,0031 Página 28

30 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "I", W 360x32,9 (32,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Cantoneira aço estrutural abas iguais, e = 1/4. Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas (*composição a ser cadastrada no SINAPI). 3. Equipamentos Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas, altura de 39 m. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em I utilizados no projeto de vigas. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 6 a 10 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 29

31 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos Foi considerada perda incorporada e por entulho no cálculo de consumo dos eletrodos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar verticalmente a peça até a posição de montagem. Realizar a solda provisória da peça em ambos os encontros. c) Fixação final Realizar a solda completa conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 30

32 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.009 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C I * I * I * MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL H DE ACO LAMINADO, W 200 X 35,9 ARRUELA EM ACO GALVANIZADO, DIAMETRO EXTERNO = 56 MM, ESPESSURA = 4MM, DIAMETRO DO FURO= 31MM PORCA ZINCADA, SEXTAVADA, DIAMETRO 1 1/4" H 0,0360 H 0,0041 KG 1,0000 UN 0,0370 UN 0,0370 Página 31

33 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", 250x35,9 (35,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Porca zincada sextavada, diâmetro 1 1/4, para fixação na base de ancoragem (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Arruela em aço galvanizado, diâmetro externo = 56 mm, espessura = 4 mm, diâmetro do furo= 31 mm, para utilização em conjunto com a porca zincada (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas Página 32

34 até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e porcas. 6. Execução a) Transporte Transportar manualmente a peça até o estoque ou o local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho da talha. Içar uma das pontas da peça até ficar na vertical e posicioná-la sobre os chumbadores já fixados na base Após posicionada, colocar as arruelas e porcas e apertá-las até a condição de pré-torque c) Fixação final Realizar o torqueamento final das porcas conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares A conexão considerada na composição trata-se da ligação do pilar com a base, por meio de colocação de porcas e arruelas em chumbadores pré-fixados, conforme figura a seguir: 8. Pendências Página 33

35 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.010 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO TALHA MANUAL KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C C I * I MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL H DE ACO LAMINADO, W 200 X 35,9 ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) H 0,0200 H 0,0034 H 0,0304 KG 1,0000 KG 0,0025 Página 34

36 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", 250x35,9 (35,9 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). 3. Equipamentos 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos Página 35

37 Foi considerada perda incorporada e por entulho no cálculo de consumo dos eletrodos. 6. Execução a) Transporte Transportar manualmente a peça até o estoque ou o local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho da talha. Içar uma das pontas da peça até ficar na vertical e posicioná-la sobre a base de ancoragem, com a chapa de aço já fixada aos chumbadores Depois de posicionada, conferir prumo e alinhamento e realizar a solda provisória da peça c) Fixação final Realizar a solda completa do perfil conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares A conexão considerada na composição trata-se da ligação do pilar com a base, por meio de solda em placa pré-fixada, conforme figura a seguir: 8. Pendências Página 36

38 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.011 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C I * I * I * C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL H DE ACO LAMINADO, HP 200 X 62,0 ARRUELA EM ACO GALVANIZADO, DIAMETRO EXTERNO = 56 MM, ESPESSURA = 4MM, DIAMETRO DO FURO= 31MM PORCA ZINCADA, SEXTAVADA, DIAMETRO 1 1/4" GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 28,80 M, CAPACIDADE MÁXIMA 30 T, POTÊNCIA 97 KW, TRAÇÃO 4 X 4 - CHP DIURNO. AF_11/2014 GUINDASTE HIDRAULICO AUTOPROPELIDO, COM LANCA TELESCOPICA 28,80 M, CAPACIDADE MAXIMA 30 T, POTENCIA 97 KW, TRACAO 4 X 4 - CHI DIURNO. AF_11/2014 H 0,0200 H 0,0025 KG 1,0000 UN 0,0070 UN 0,0070 CHP 0,0021 CHI 0,0020 Página 37

39 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", HP 250x62,0 (62,0 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Porca zincada sextavada, diâmetro 1 1/4, para fixação na base de ancoragem (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Arruela em aço galvanizado, diâmetro externo = 56 mm, espessura = 4 mm, diâmetro do furo= 31 mm, para utilização em conjunto com a porca zincada (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m, capacidade máxima de 30 t, potência 97 KW e tração 4 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 38

40 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e porcas. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de descarregamento da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, movimentação, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar uma das pontas da peça até ficar na vertical e posicioná-la sobre os chumbadores já fixados na base Após posicionada, colocar as arruelas e porcas e apertá-las até a condição de pré-torque c) Fixação final Realizar o torqueamento final das porcas conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 39

41 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.012 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE ATÉ 2 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C C I * I C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL H DE ACO LAMINADO, HP 200 X 62,0 ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 28,80 M, CAPACIDADE MÁXIMA 30 T, POTÊNCIA 97 KW, TRAÇÃO 4 X 4 - CHP DIURNO. AF_11/2014 GUINDASTE HIDRAULICO AUTOPROPELIDO, COM LANCA TELESCOPICA 28,80 M, CAPACIDADE MAXIMA 30 T, POTENCIA 97 KW, TRACAO 4 X 4 - CHI DIURNO. AF_11/2014 H 0,0070 H 0,0020 H 0,0289 KG 1,0000 KG 0,0010 CHP 0,0018 CHI 0,0018 Página 40

42 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", HP 250x62,0 (62,0 kg/m) (* insumo a ser cadastrado no SINAPI). Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 28,8 m, capacidade máxima de 30 t, potência 97 KW e tração 4 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de até 2 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Página 41

43 Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos Foi considerada perda incorporada e por entulho no cálculo de consumo dos eletrodos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar uma das pontas da peça até ficar na vertical e posicioná-la sobre a base de ancoragem, com a chapa de aço já fixada aos chumbadores Depois de posicionada, conferir prumo e alinhamento e realizar a solda provisória da peça c) Fixação final Realizar a solda completa do perfil conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 42

44 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.013 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C I * I 1333 I * C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL H DE ACO LAMINADO, HP 310 X 79,0 CHAPA DE ACO GROSSA, ASTM A36, E = 1/2 " (12,70 MM) 99,59 KG/M2 PARAFUSO, ASTM A325, SEXTAVADO, ZINCADO, DIAMETRO 3/4 X 1 1/2 (19,05 MM X 38,1 MM) GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW- CHP DIURNO. AF_03/2016 GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW - CHI DIURNO. AF_03/2016 H 0,0150 H 0,0015 KG 1, ,0550 UN 0,0510 CHP 0,0013 CHI 0,0012 Página 43

45 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", HP 310x79,0 (79,0 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Chapa de aço estrutural, espessura 12,5mm, fabricada em peças de 250 x 400 mm para emenda de pilares. Parafuso estrutural ASTM A325, zincado, cabeça sextavada, diâmetro 3/4 x 1 1/2 (19,05 mm x 38,1 mm) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m, capacidade máxima de 60 t, potência 260 KW e tração 6 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 3 a 5 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 44

46 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e parafusos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar uma das pontas da peça até ficar na vertical e transportá-la até o local de realização da emenda Encaixar as chapas de emenda conforme especificação e colocar todos os parafusos, levando-os a condição de pré-torque c) Fixação final Realizar o torqueamento final das porcas conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 45

47 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.014 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 3 A 5 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GUINDASTE KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C C I * I 1333 I C C MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL H DE ACO LAMINADO, HP 310 X 79,0 CHAPA DE ACO GROSSA, ASTM A36, E = 1/2 (12,70 MM) 99,59 KG/M2 ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW- CHP DIURNO. AF_03/2016 GUINDASTE HIDRÁULICO AUTOPROPELIDO, COM LANÇA TELESCÓPICA 40 M, CAPACIDADE MÁXIMA 60 T, POTÊNCIA 260 KW - CHI DIURNO. AF_03/2016 H 0,0050 H 0,0013 H 0,0283 KG 1,0000 KG 0,0550 KG 0,0017 CHP 0,0012 CHI 0,0011 Página 46

48 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", HP 310x79,0 (79,0 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Chapa de aço estrutural, espessura 12,5mm, fabricada em peças de 250 x 400 mm para emenda de pilares. Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m. 3. Equipamentos Guindaste hidráulico autopropelido, com lança telescópica de 40 m, capacidade máxima de 60 t, potência 260 KW e tração 6 x Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 3 a 5 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 47

49 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos Foi considerada perda incorporada e por entulho no cálculo de consumo dos eletrodos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar uma das pontas da peça até ficar na vertical e transportá-la até o local de realização da emenda Posicionar as chapas de emenda e realizar a solda provisória c) Fixação final Realizar a solda completa das chapas nos perfis conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 48

50 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.015 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES PARAFUSADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C I * I 1333 I * C * C * MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA PERFIL H DE ACO LAMINADO, HP 310 X 79,0 CHAPA DE ACO GROSSA, ASTM A36, E = 1/2 (12,70 MM) 99,59 KG/M2 PARAFUSO, ASTM A325, SEXTAVADO, ZINCADO, DIAMETRO 3/4 X 1 1/2 (19,05 MM X 38,1 MM) GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHP DIURNO GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHI DIURNO H 0,0150 H 0,0018 KG 1,0000 KG 0,0550 UN 0,0510 CHP 0,0012 CHI 0,0012 Página 49

51 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", HP 310x79,0 (79,0 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Chapa de aço estrutural, espessura 12,5mm, fabricada em peças de 250 x 400 mm para emenda de pilares. Parafuso estrutural ASTM A325, zincado, cabeça sextavada, diâmetro 3/4 x 1 1/2 (19,05 mm x 38,1 mm) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas (*composição a ser cadastrada no SINAPI). 3. Equipamentos Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas, altura de 39 m. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 6 a 10 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 50

52 Para o levantamento dos índices de produtividade foram considerados os operários que estavam envolvidos no transporte das peças metálicas até o estoque e o local de içamento, na montagem da peça e fixação final. Não foram consideradas perdas para os perfis metálicos e parafusos. Foram separados o tempo produtivo (CHP) e o tempo improdutivo (CHI) do equipamento de transporte e montagem da seguinte forma: CHP: considera os tempos de carregamento, içamento, descarregamento e volta; CHI: considera os demais tempos da jornada de trabalho. 6. Execução a) Transporte Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar e transportar horizontalmente a peça até o estoque ou local de montagem. b) Montagem Prender a cinta na peça e no gancho do guindaste. Içar uma das pontas da peça até ficar na vertical e transportá-la até o local de realização da emenda Encaixar as chapas de emenda conforme especificação e colocar todos os parafusos, levando-os a condição de pré-torque c) Fixação final Realizar o torqueamento final das porcas conforme especificação do projetista. 7. Informações complementares 8. Pendências Página 51

53 CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO 1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO CLASSE: FUES TIPO: ESTRUTURAS DIVERSAS CÓDIGO / SEQ. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO UNIDADE 01.FUES.EMET.016 PILAR METÁLICO EM PERFIL LAMINADO AÇO ESTRUTURAL H, COM CONEXÕES SOLDADAS, TRANSPORTE E MONTAGEM, PARA EDIFÍCIO DE 6 A 10 PAVIMENTOS, INCLUSO IÇAMENTO UTILIZANDO GRUA KG COMPOSIÇÃO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEFICIENTE C C C I * I 1333 I C * C * MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA AJUDANTE DE ESTRUTURA METÁLICA SOLDADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES PERFIL H DE ACO LAMINADO, HP 310 X 79,0 CHAPA DE ACO GROSSA, ASTM A36, E = 1/2 (12,70 MM) 99,59 KG/M2 ELETRODO AWS E-7018 (OK 48.04; WI 718) D=4MM (SOLDA ELETRICA) GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHP DIURNO GRUA ASCENCIONAL, LANCA DE 42 M, CAPACIDADE DE 1,5 T A 30 M, ALTURA ATE 39 M - CHI DIURNO H 0,0040 H 0,0015 H 0,0288 KG 1,0000 KG 0,0550 KG 0,0017 CHP 0,0011 CHI 0,0011 Página 52

54 2. Itens e suas Características Perfil laminado aço estrutural "H", HP 310x79,0 (79,0 kg/m) (*insumo a ser cadastrado no SINAPI). Chapa de aço estrutural, espessura 12,5mm, fabricada em peças de 250 x 400 mm para emenda de pilares. Eletrodo revestido AWS E7018 (OK 48.04; WI 718) d=4mm (solda elétrica). Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas (*composição a ser cadastrada no SINAPI). 3. Equipamentos Grua ascencional, lança de 42 m, carga máxima de ponta de 1,50 toneladas, altura de 39 m. 4. Critérios para quantificação dos serviços Utilizar o peso total de aço correspondente ao perfil ou perfis em H utilizados no projeto de pilares. O perfil utilizado na composição é para fins de referência. Esta composição é válida para edifícios de 6 a 10 pavimentos. 5. Critérios de Aferição Página 53

PUC - GO PLANO DE ENSINO ENG 1640 (ESTRUTURA METÁLICA)

PUC - GO PLANO DE ENSINO ENG 1640 (ESTRUTURA METÁLICA) PUC - GO PLANO DE ENSINO ENG 1640 (ESTRUTURA METÁLICA) CURSO: ENGENHARIA CIVIL PERÍODO:: 9º Semestre TURNO: Noturno TURMA :A01 DISCIPLINA: Estruturas Metálicas CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4h/aula PROFª: Cleverson

Leia mais

PISO EM CONCRETO ARMADO COM TELA E JUNTAS DE DILATAÇÃO (ESP=10CM) - FCK=>20MPa

PISO EM CONCRETO ARMADO COM TELA E JUNTAS DE DILATAÇÃO (ESP=10CM) - FCK=>20MPa CPU 01 SINAPI 88245 ARMADOR COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,02 15,05 0,30 SINAPI 88309 PEDREIRO COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,26 15,05 3,91 SINAPI 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 1,94 11,25

Leia mais

Manual de Montagem Casa 36m²

Manual de Montagem Casa 36m² Manual de Montagem Casa 36m² cga -gerência de desenvolvimento da aplicação do aço Usiminas - Construção Civil INTRODUÇÃO Solução para Habitação Popular - é uma alternativa econômica, simples e de rápida

Leia mais

COMPARATIVO ENTRE MODELOS DE ESCADAS ENCLAUSURADAS EM AÇO PARA EDIFICAÇÕES Thiago Guolo (1), Marcio Vito (2).

COMPARATIVO ENTRE MODELOS DE ESCADAS ENCLAUSURADAS EM AÇO PARA EDIFICAÇÕES Thiago Guolo (1), Marcio Vito (2). COMPARATIVO ENTRE MODELOS DE ESCADAS ENCLAUSURADAS EM AÇO PARA EDIFICAÇÕES Thiago Guolo (1), Marcio Vito (2). UNESC Universidade do Extremo Sul Catarinense (1)thiago.guolo@outlook.com (2)marciovito@unesc.net

Leia mais

Construção do 2º andar sobre a recepção da AEAARP

Construção do 2º andar sobre a recepção da AEAARP Construção do 2º andar sobre a recepção da AEAARP 2ª Semana de Tecnologia da Construção Abril 2011 1 1-) Premissas Construtivas: 1-1) Manutenção do andar existente 1-2) Executar estruturas de apoio independentes

Leia mais

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO PERFORT 1 SISTEMAS DE BANDEJAMENTO Utilizando o conceito de estruturação mecânica desenvolvido pela MOPA, o ELETROFORT é uma eletrocalha de seção transversal e características exclusivas, que permitiram

Leia mais

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos A TORCISÃO A Torcisão foi fundada em 1968, iniciando suas atividades na fabricação de peças para a indústria automobilística. Em 2006, o grupo se expandiu e fundou

Leia mais

Manual Técnico do Sistema MODULAR de Terças para Cobertura e Fechamento. Edição - Julho/2012. modular@modularsc.com.br www.modularsc.com.

Manual Técnico do Sistema MODULAR de Terças para Cobertura e Fechamento. Edição - Julho/2012. modular@modularsc.com.br www.modularsc.com. Manual Técnico do Sistema MODULAR de Terças para Cobertura e Fechamento Edição - Julho/2012 modular@modularsc.com.br CONTEÚDO A EMPRESA 3 SISTEMA DE TERÇAS PARA COBERTURA E FECHAMENTO 4 Apresentação 4

Leia mais

PARECER TÉCNICO. O referido parecer técnico toma como base o laudo técnico contiguo e reforça:

PARECER TÉCNICO. O referido parecer técnico toma como base o laudo técnico contiguo e reforça: PARECER TÉCNICO O referido parecer técnico toma como base o laudo técnico contiguo e reforça: Conforme o resultado apresentado pela simulação no software AutoMETAL 4.1, a atual configuração presente nas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: PONTE MISTA DE 18,00M DE COMPRIMENTO E 4,20M DE LARGURA

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: PONTE MISTA DE 18,00M DE COMPRIMENTO E 4,20M DE LARGURA MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: PONTE MISTA DE 18,00M DE COMPRIMENTO E 4,20M DE LARGURA LOCAL: PONTE DOS CÓRREGOS. OBJETIVO: O Objetivo principal deste Memorial é demonstrar e descrever todas e quaisquer informações

Leia mais

ESTRUTURAS METÁLICAS CANOAS - RS

ESTRUTURAS METÁLICAS CANOAS - RS ESTRUTURAS METÁLICAS CANOAS - RS 2 INDICE 1. ESTRUTURAS METÁLICAS... 3 1.1. Estruturas Metálicas Diversas... 3 1.1.1. Qualidade do Material a Ser Empregado... 4 1.1.2. Critérios Gerais para Aceitação do

Leia mais

TORRE ESTAIADA ESPECIFICAÇÃO DOS MATERIAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ACESSÓRIOS

TORRE ESTAIADA ESPECIFICAÇÃO DOS MATERIAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ACESSÓRIOS TORRE ESTAIADA A torre estaiada é a solução mais econômica por atingir grandes alturas e com elevada capacidade de carga, porém exige-se disponibilidade de terreno para sua instalação. Possui seção transversal

Leia mais

Defensas metálicas de perfis zincados

Defensas metálicas de perfis zincados MT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO - IPR DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA Rodovia Presidente Dutra km 163 - Centro Rodoviário, Parada de Lucas

Leia mais

TRAVAMENTO METÁLICO ASTEK BARRA DE ANCORAGEM

TRAVAMENTO METÁLICO ASTEK BARRA DE ANCORAGEM TRAVAMENTO METÁLICO ASTEK BARRA DE ANCORAGEM As Barras de ancoragem são utilizadas no travamento de formas na construção civil, fabricadas em aço ASTM A36, normatizados, atendendo as exigências da norma

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO IX Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 002/2015 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 10 1. DO OBJETO 1.1. O presente pregão tem como objeto a AQUISIÇÃO DE ELETROFERRAGENS, de acordo com as

Leia mais

QE-40. Tabela de basquete. Componentes. Código de listagem. Atenção. (Pré-laje treliçada) 1 15/09/10. Revisão Data Página 1/6

QE-40. Tabela de basquete. Componentes. Código de listagem. Atenção. (Pré-laje treliçada) 1 15/09/10. Revisão Data Página 1/6 /6 2/6 3/6 4/6 DESCRIÇÃO Constituintes Base do Pilar de concreto: - Concreto moldado in loco, fck>25 MPa; - Armação em aço CA-50A (bitolas indicadas no desenho). Pilar pré-moldado: - Concreto usinado,

Leia mais

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado.

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado. CAIXA DE MEDIÇÃO EM 34, kv 1 OBJETIVO Esta Norma padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas da caixa de medição a ser utilizada para alojar TCs e TPs empregados na medição de

Leia mais

Tuper LAJES MISTAS NERVURADAS Mais velocidade e economia em sua obra.

Tuper LAJES MISTAS NERVURADAS Mais velocidade e economia em sua obra. Tuper LAJES MISTAS NERVURADAS Mais velocidade e economia em sua obra. O sistema industrializado de Lajes Mistas Nervuradas da Tuper é composto por vigotas metálicas fabricadas com aço estrutural galvanizado

Leia mais

DRENAGEM DE AR CONDICIONADO

DRENAGEM DE AR CONDICIONADO SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA DRENAGEM DE AR CONDICIONADO LOTE 2 Versão: 002 Vigência: 12/2014 GRUPO DRENAGEM DE AR-CONDICIONADO

Leia mais

Mabem Comércio em Geral Ltda. CNPJ: 04.138.024/0001-62 Insc. Estadual: 082.931.90-9 Rua Tabajara, nº99, Vila Velha ES, CEP: 29114-090

Mabem Comércio em Geral Ltda. CNPJ: 04.138.024/0001-62 Insc. Estadual: 082.931.90-9 Rua Tabajara, nº99, Vila Velha ES, CEP: 29114-090 1 Contato Financeiro: financeiro@mabem.com.br Contato Comercial: Contato@mabem.com.br Telefone: +55 (27) 3246-0888 Endereço: Rua Tabajara, nº99, São Torquato, Vila Velha ES CEP: 29114-090 Observações:

Leia mais

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados Sugestões de Montagem Perfis para Estrutura de Telhados 1 Apresentação As sugestões que apresentamos aqui são direcionadas para os profissionais que já possuem experiência com telhados. Nosso objetivo

Leia mais

C R I T É R I O S D E M E D I Ç Ã O E E S T R U T U R A D E P R E Ç O S

C R I T É R I O S D E M E D I Ç Ã O E E S T R U T U R A D E P R E Ç O S CM: CM 19/01 190100 CONJUNTO MOTO-BOMBA (MONTAGEM E INST.) FOLHA: 1/5 190101 MONTAGEM E INSTALAÇÃO DE CONJUNTO MOTO-BOMBA DE EIXO HORIZONTAL, POTENCIA ATE 5 CV 190104 MONTAGEM E INSTALAÇÃO DE CONJUNTO

Leia mais

190000 1 / 10 COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO - GRUPO 190000 190000 INSTALAÇÕES MECÂNICAS 190100 CONJUNTO MOTO-BOMBA (MONTAGEM E INSTALAÇÃO)

190000 1 / 10 COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITÁRIO - GRUPO 190000 190000 INSTALAÇÕES MECÂNICAS 190100 CONJUNTO MOTO-BOMBA (MONTAGEM E INSTALAÇÃO) COPOSIÇÃO DE CUSTO ITÁRIO - GRUPO 190000 190100 CONJTO OTO-BOBA (ONTAGE E INSTALAÇÃO) 190101 ONTAGE E INSTALAÇÃO DE CONJTO OTO-BOBA DE EIXO HORIZONTAL, POTENCIA ATE 5 CV B010000022 Ajudante de montador

Leia mais

Influência do tipo de laje nos custos de um edifício em aço

Influência do tipo de laje nos custos de um edifício em aço ArtigoTécnico Ygor Dias da Costa Lima 1 Alex Sander Clemente de Souza 2 Silvana De Nardin 2 1 Mestre em Construção Civil pela Pós-Graduação em Construção Civil PPGCiv/UFSCar 2 Prof. Dr. Pós-Graduação em

Leia mais

ESTRUTURAS METÁLICAS - UFPR CAPÍTULO 1 AÇOS ESTRUTURAIS

ESTRUTURAS METÁLICAS - UFPR CAPÍTULO 1 AÇOS ESTRUTURAIS ESTRUTURAS METÁLICAS - UFPR CAPÍTULO 1 AÇOS ESTRUTURAIS 1 INDICE CAPÍTULO 1 - AÇOS ESTRUTURAIS...1 1 INTRODUÇÃO - HISTÓRICO... 1 2 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DAS ESTRUTURAS DE AÇO... 2 3 REFERÊNCIAS NORMATIVAS...

Leia mais

Recomendações para elaboração de projetos estruturais de edifícios em aço

Recomendações para elaboração de projetos estruturais de edifícios em aço 1 Av. Brigadeiro Faria Lima, 1685, 2º andar, conj. 2d - 01451-908 - São Paulo Fone: (11) 3097-8591 - Fax: (11) 3813-5719 - Site: www.abece.com.br E-mail: abece@abece.com.br Av. Rio Branco, 181 28º Andar

Leia mais

TELHA CANALETE 90 8 mm

TELHA CANALETE 90 8 mm Tecnologia avançada para obras de grande porte. Canalete 90 é o perfil ideal para coberturas e fechamentos laterais com segurança e durabilidade. Permite a criação de vãos livres arrojados e amplos beirais.

Leia mais

Outubro de 2014 Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Catalão

Outubro de 2014 Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Catalão Memorial Descritivo Outubro de 2014 Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Catalão GALPÃO EM AÇO ESTRUTURAL ATERRO SANITÁRIO MUNICIPAL DE CATALÃO RESPONSÁVEL TÉCNICO: RAFAEL FONSECA MACHADO CREA: 18702

Leia mais

Guarda-corpo. São aplicados em locais de uso privativo e coletivo, em edificações

Guarda-corpo. São aplicados em locais de uso privativo e coletivo, em edificações MATERIAL OPÇÕES Veja abaixo os tipos de caixilhos GUARDA-CORPO JANELAS PADRONIZADAS FACADAS-CORTINA FACADAS COM PLACAS DE ROCA FACADAS COM PLACAS CERÂMICAS FIXADAS COM INSERTES METÁLICOS CECKLIST Itens

Leia mais

APRESENTAÇÃO SG - V02-04/13

APRESENTAÇÃO SG - V02-04/13 APRESENTAÇÃO ÍNDICE GERAL 1 TIPOLOGIAS PÁG. TI-01 a TI-03 2 NORMAS PÁG. NR-01 a NR-08 3 ENSAIOS PÁG. EN-01 a EN-03 4 PERFIS PÁG. PE-01 a PE-15 5 COMPONENTES PÁG. CO-01 a CO-23 6 DETALHES CONSTRUTIVOS PÁG.

Leia mais

FIXADORES ASTM A307 FORÇA DE RUPTURA MÍN. LBF 3/8-16 UNC 1/2-13 UNC 5/8-11 UNC 3/4-10 UNC PORCA ASTM A563 GRAU A

FIXADORES ASTM A307 FORÇA DE RUPTURA MÍN. LBF 3/8-16 UNC 1/2-13 UNC 5/8-11 UNC 3/4-10 UNC PORCA ASTM A563 GRAU A Fixadores empregados em ligações secundárias e recomendados para uso em estruturas não sujeitas a impactos ou vibrações. Fabricado em aço baixo carbono e sem tratamento térmico. Os parafusos, também conhecidos

Leia mais

ABNT NBR 14718 GUARDA-CORPOS PARA EDIFICAÇÃO

ABNT NBR 14718 GUARDA-CORPOS PARA EDIFICAÇÃO ABNT NBR 14718 GUARDA-CORPOS PARA EDIFICAÇÃO Válida a partir de: 28.02.2008 Esta Norma fixa as condições mínimas de resistência e segurança exigíveis para guarda-corpos de edificações para uso privativo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: ESTRUTURAS METALICAS PARA COBERTURA, PASSARELAS E SUFITA.

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: ESTRUTURAS METALICAS PARA COBERTURA, PASSARELAS E SUFITA. 1 MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERÊNCIA: ESTRUTURA METÁLICA OBRA: ESTRUTURAS METALICAS PARA COBERTURA, PASSARELAS E SUFITA. LOCAL: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ-PR. DESENHOS DE REFERÊNCIAS:

Leia mais

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES EMPRESA A Axxio Pisos Elevados é fruto do compromisso permanente com a satisfação de seus clientes e com a inovação, com o intuito de que todos os serviços sejam cada vez mais ágeis e seguros. Para isso

Leia mais

Estruturas Metálicas. Módulo II. Coberturas

Estruturas Metálicas. Módulo II. Coberturas Estruturas Metálicas Módulo II Coberturas 1 COBERTURAS Uma das grandes aplicações das estruturas metálicas se dá no campo das coberturas de grande vão, especialmente as de caráter industrial. Também devido

Leia mais

Uma liderança construída com tradição e qualidade de seus produtos e serviços

Uma liderança construída com tradição e qualidade de seus produtos e serviços MILLS, UMA HISTÓRIA ENTRELAÇADA COM O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL CONSTRUÇÃO Jahu Uma liderança construída com tradição e qualidade de seus produtos e serviços SERVIÇOS INDUSTRIAIS JAHU A Área de Negócio

Leia mais

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade.

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade. Há mais de 46 anos no mercado, a Torcisão iniciou as suas atividades no desenvolvimento de materiais para a indústria automobilística, que exigia um rigoroso controle técnico e de qualidade. Em 2006, com

Leia mais

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO PRODUTOS E SISTEMS PR INSTÇÕES EÉTRICS E DE COMUNICÇÃO Perfilados, Eletrocalhas e eitos pág. 310 Perfilados e acessórios Perfilados, Eletrocalhas e eitos Perfilados e acessórios (pág. 310) 306 pág. 316

Leia mais

GALPÕES EM PÓRTICOS COM PERFIS ESTRUTURAIS LAMINADOS

GALPÕES EM PÓRTICOS COM PERFIS ESTRUTURAIS LAMINADOS COLETÂNEA DO USO DO AÇO GALPÕES EM PÓRTICOS COM PERFIS ESTRUTURAIS LAMINADOS 3ª Edição 2005 Volume 3 Flávio D Alambert Coordenação Técnica: Rosângela C. Bastos Martins Colaboração: Christiane Mirian Haddad

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. DADOS GERAIS: 1.1. Proprietário: Município de Estação/RS CNPJ: 92.406.248/0001-75 1.2. Obra: Cobertura Metálica da Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Cecconelo 1.3. Local:

Leia mais

Tanques soldados para armazenamento de petróleo e derivados

Tanques soldados para armazenamento de petróleo e derivados ABR 1983 Tanques soldados para armazenamento de petróleo e derivados NBR 7821 ABNT Av. Treze de Maio, 13-28º andar 20031-901 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: + 55 21 3974-2300 Fax: + 55 21 3974-2346 abnt@abnt.org.br

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO 012310/1-0

MEMORIAL DE CÁLCULO 012310/1-0 1 SSC MEMORIAL DE CÁLCULO 012310/1-0 ANDAIME FACHADEIRO CONTRATANTE: Nopin Brasil Equipamentos para Construção Civil Ltda ENDEREÇO: Rodovia RS 122 nº 7470 Pavilhões 10 e 11 95110-310 Caxias do Sul - RS

Leia mais

Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS

Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS Apresentação Fundada no ano de 000, a TEMEC Terra Maquinas Equipamentos e Construções LTDA é uma empresa especializada no fornecimento de Soluções de Engenharia

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013.

ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013. ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013. Processo 56220/2013-73 Pregão 26/2014 GRUPO 1 MESAS E ESTAÇÕES DE TRABALHO 1 MESA RETANGULAR PARA COMPUTADOR 1200X770MM 2 MESA RETANGULAR PARA COMPUTADOR 1600X770MM

Leia mais

INOVAÇÃO QUALIDADE CONFIABILIDADE

INOVAÇÃO QUALIDADE CONFIABILIDADE No mercado desde 1954 e com um moderno parque INOVAÇÃO GARANTIA TECNOLOGIA industrial, instalado numa área de 45.000 m², a Mopa atua no desenvolvimento de produtos metalúrgicos e é líder no segmento de

Leia mais

ÁREA TOTAL CONSTRUÍDA...29,25 m² PERGOLADO ABIU

ÁREA TOTAL CONSTRUÍDA...29,25 m² PERGOLADO ABIU 390 750 ÁREA TOTAL CONSTRUÍDA...29,25 m² APRESENTAÇÃO As empresas Plantar Empreendimentos e Produtos Florestais Ltda e Montana Química S.A. sentem-se honradas em tê-lo como cliente e é com imensa satisfação

Leia mais

! ESTÚDIO!DE!ARQUITETURA:!SUSTENTABILIDADE!AMBIENTAL!! FERNANDA MOURA !!!!!!!!!!!!!!! PESQUISA' DRYWALL' PORTAS' !!!!!!!!!!!! !!! ! 1!

! ESTÚDIO!DE!ARQUITETURA:!SUSTENTABILIDADE!AMBIENTAL!! FERNANDA MOURA !!!!!!!!!!!!!!! PESQUISA' DRYWALL' PORTAS' !!!!!!!!!!!! !!! ! 1! ! ESTÚDIO!DE!ARQUITETURA:!SUSTENTABILIDADE!AMBIENTAL!! FERNANDA MOURA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! PESQUISA'!!! DRYWALL' E'' PORTAS'! 1! !!! SUMÁRIO!!! PAREDES!DRYWALL! 1. 'FABRICANTE:'KNAUF 1. 1 PAREDE

Leia mais

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE PREÇO UNITÁRIO Cliente: Edificações Obra: CENTRO DE TREINAMENTO OFICIAL DO PARI Local: VÁRZEA GRANDE - MT 1 Estaca raiz diâmetro de 200mm M 1 0102015 Ferreiro (sgsp) H 0,847272

Leia mais

M7 Estantes para picking

M7 Estantes para picking M7 Estantes para picking 2 PICKING M7 PARA CARGA MÉDIA E GRANDE Sistema de armazenagem de produtos para picking manual que segue o princípio homem a produto. Principais vantagens: - Possibilidade de armazenar

Leia mais

Rev.1 18.01.2013. Racks Paletização KD

Rev.1 18.01.2013. Racks Paletização KD 18.01.2013 Racks Paletização KD O sistema de armazenagem KD de cargas médias e pesadas representa a melhor solução para armazéns em que é necessária uma correta armazenagem para produtos paletizados com

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 13 / 03 / 2014 1 de 6 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis de Suporte de Transformador Tipo Cantoneira para utilização nas Redes de Distribuição

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. NR 18-Construção Civil-Alterações

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. NR 18-Construção Civil-Alterações VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO NR 18-Construção Civil-Alterações Orientador Empresarial PORTARIA SIT nº 201/2011: 24.01.2011, com

Leia mais

LEGENDA. TÉRREO - Acessos eixos W e L. 1º SUBSOLO - Passagem de pedestres. 2º SUBSOLO - Estação/Plataforma. Escada 01 Escada 02.

LEGENDA. TÉRREO - Acessos eixos W e L. 1º SUBSOLO - Passagem de pedestres. 2º SUBSOLO - Estação/Plataforma. Escada 01 Escada 02. LEGENDA TÉRREO - Acessos eixos W e L 1º SUBSOLO - Passagem de pedestres Escada 2 2º SUBSOLO - Estação/Plataforma Escada 1 Rampa Escada 1 Escada 2 Rebaixamento meio-fio 2 Rebaixamento meio-fio 2 Rebaixamento

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS

ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS 2 INDICE 1. ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO... 3 1.1. Lastros... 3 1.1.1. Lastro de Brita para Fundações... 4 1.1.2. Lastro de Concreto Magro... 4 1.2. Formas...

Leia mais

Piso Elevado. Alguns Clientes que instalamos:

Piso Elevado. Alguns Clientes que instalamos: Piso Elevado Os pisos elevados são ideais tanto para ambiente de escritório como para ambientes robustos, sendo capaz de adequar-se as necessidades de qualquer projeto. Fabricados de acordo com as normas

Leia mais

DER/PR ES-OC 10/05 OBRAS COMPLEMENTARES: PÓRTICOS E SEMIPÓRTICOS DE SINALIZAÇÃO VERTICAL

DER/PR ES-OC 10/05 OBRAS COMPLEMENTARES: PÓRTICOS E SEMIPÓRTICOS DE SINALIZAÇÃO VERTICAL DER/PR ES-OC 10/05 OBRAS COMPLEMENTARES: PÓRTICOS E SEMIPÓRTICOS DE SINALIZAÇÃO VERTICAL Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná - DER/PR Avenida Iguaçu 420 CEP 80230 902 Curitiba Paraná

Leia mais

Apostila Técnica de Estantes 01 de 12

Apostila Técnica de Estantes 01 de 12 01 de 12 ESTANTES METÁLICAS - Componentes Cantoneiras Perfuradas: Tipo N3, produzidas em aço estrutural de média resistência. As cantoneiras podem ser fornecidas em comprimentos múltiplos de 40 mm. 35

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL BAIANO RESERVATÓRIO ENTERRADO E COBERTURA METÁLICA

INSTITUTO FEDERAL BAIANO RESERVATÓRIO ENTERRADO E COBERTURA METÁLICA INSTITUTO FEDERAL BAIANO RESERVATÓRIO ENTERRADO E COBERTURA METÁLICA PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, CRONOGRAMA FISICO FINANCEIRO E COMPOSIÇÃO DE CUSTOS UNITARIOS DECLARAÇÃO Na condição de Responsável Técnico,

Leia mais

CEPEL CENTRO DE PESQUISAS DE ENERGIA ELÉTRICA SISTEMA ELETROBRAS

CEPEL CENTRO DE PESQUISAS DE ENERGIA ELÉTRICA SISTEMA ELETROBRAS Documento: Cliente: ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CEPEL CENTRO DE PESQUISAS DE ENERGIA ELÉTRICA SISTEMA ELETROBRAS Pag: 1 of 9 Título: Estrutura Metálica para o Galpão e para os Pórticos TECHNIP ENGENHARIA S/A

Leia mais

ES-01. Estante simples. Mobiliário. Atenção

ES-01. Estante simples. Mobiliário. Atenção Mobiliário Esta imagem tem caráter apenas ilustrativo. As informações relativas às especificações devem ser obtidas nas fichas técnicas correspodentes 2000 1/5 VISTA LATERAL ESC. 1:20 VISTA FRONTAL ESC.

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250 Dimensões: Pesos: Tolerâncias: Resistências: 600 mm X 600 mm (medida nominal) (59,98cm X 59,98cm) 30 mm de espessura (medida nominal) Peso de

Leia mais

MILLS, UMA HISTÓRIA ENTRELAÇADA AO DESENVOLVIMENTO DO BRASIL

MILLS, UMA HISTÓRIA ENTRELAÇADA AO DESENVOLVIMENTO DO BRASIL MILLS, UMA HISTÓRIA ENTRELAÇADA AO DESENVOLVIMENTO DO BRASIL CONSTRUÇÃO SERVIÇOS INDUSTRIAIS JAHU RENTAL Fundada em 1952, a Mills tornou-se líder na prestação de serviços e soluções de engenharia nas áreas

Leia mais

SISTEMA DE VENTILAÇÃO MINÍMA (INLETS)

SISTEMA DE VENTILAÇÃO MINÍMA (INLETS) SISTEMA DE VENTILAÇÃO MINÍMA (INLETS) REV.3-01/2015 - MI0012P MANUAL DE INSTALAÇÃO SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 IMPORTANTE... 4 SEGURANÇA... 4 1) RESUMO DA INSTALAÇÃO DO SISTEMA... 5 2) MONTAGEM DOS COMPONENTES...

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE Estúdio de Arquitetura: Sustentabilidade Steel Framing Aluna: Gabriela Carvalho Ávila Maio de 2014 ÍNDICE 1 Introdução... 4 2 Sistema Ligth Steel Framing... 5 2.1

Leia mais

ASPECTOS TECNOLÓGICOS DOS AÇOS ESTRUTURAIS

ASPECTOS TECNOLÓGICOS DOS AÇOS ESTRUTURAIS Estruturas de aço. Aspectos tecnológicos e de concepção. Prof. Edson Lubas Silva Agradecimento ao Prof. Dr. Valdir Pignatta pelo material cedido ASPECTOS TECNOLÓGICOS DOS AÇOS ESTRUTURAIS 1 O que é o aço?

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014 1 DO OBJETO 1.1 Prestação de serviços de instalação de piso elevado acessível, com fornecimento de componentes, acessórios e materiais, visando

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.03.04 REDE COMPACTA - TRANSFORMADOR. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.03.04 REDE COMPACTA - TRANSFORMADOR. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estrutura CE2H TR (2º Nível) Poste de Concreto de Seção Circular 7. Estrutura CE2H

Leia mais

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com Projeto Elétrico Padrão de Medição, fornecimento de energia em tensão primária 13.8kV, a partir da rede aérea de distribuição para atender Defensoria Pública do Estado da Paraíba. Responsavel Técnico:

Leia mais

VIGAS HT 20 E HT 12. + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm. Características da capacidade de carga. Q adm. = 7 kn M adm.

VIGAS HT 20 E HT 12. + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm. Características da capacidade de carga. Q adm. = 7 kn M adm. VIGAS HT 20 E HT 12 TABELA DE MEDIÇÃO Dimensões HT 12plus Tolerâncias Altura da viga Altura da mesa Largura da mesa Espessura da alma 120 mm 35 mm 65 mm 26,6 mm + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm

Leia mais

FINALIDADE DESTA ESPECIFICAÇÃO

FINALIDADE DESTA ESPECIFICAÇÃO SESC PANTANAL HOTEL SESC PORTO CERCADO POSTO DE PROTEÇÃO AMBIENTAL SÃO LUIZ BARÃO DE MELGAÇO/MT ESTRUTURAS METÁLICAS PARA COBERTURA DE BARRACÃO DEPÓSITO MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO VI 1. FINALIDADE DESTA

Leia mais

Composições de Serviços da Obra

Composições de Serviços da Obra Composições de Serviços da Obra Obra 1354 - Galpão de Concreto Pre-moldado 20x100m PD=5m - Parque de Exposição BDI não aplicado Encargos sociais 1,659 Etapa 002 - SERVIÇOS TÉCNICOS Subetapa 002.005 - PROJETOS

Leia mais

Estruturas Metálicas Uniderp Estruturas de Aço 2016-1. Prof. Willian de Araujo Rosa, M.Sc.

Estruturas Metálicas Uniderp Estruturas de Aço 2016-1. Prof. Willian de Araujo Rosa, M.Sc. Estruturas Metálicas Uniderp Estruturas de Aço 2016-1 Prof. Willian de Araujo Rosa, M.Sc. Willian de Araujo Rosa Engenheiro Civil UFMS Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Mestre em Engenharia Civil

Leia mais

Nº 170768. www.ipt.br

Nº 170768. www.ipt.br COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 170768 Patologia de paredes dry-wall: formas de prevenção Claudio Vicente Mitidiéri Filho Trabalho apresentado no Seminário Patologias Precoces de Obras: o Risco do Passivo Técnico

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO FORNECIMENTO E EXECUÇÃO

Leia mais

Linha Basculante. Descrição do Produto

Linha Basculante. Descrição do Produto Descrição do Produto A linha BV Rossi foi desenvolvida para portões basculantes e traz a comodidade de ser instalado em ambos os lados do portão, evitando mexer na estrutura original para a fixação. Sua

Leia mais

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 3

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 3 ESCORAMENTO PÁGINA 1/16 MOS 4ª Edição ESPECIFICAÇÕES MÓDULO 05 VERSÃO 00 DATA jun/2012 SUMÁRIO OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 3 0501 ESCORAMENTO DE MADEIRA... 3 0502

Leia mais

ANEXO I-D Licitante PLANILHA DE CUSTOS UNITÁRIOS DE MATERIAIS DE CARPINTARIA E SERRALHERIA PREÇO UNITÁRIO R$ UN. 200 UN. 8 UN.

ANEXO I-D Licitante PLANILHA DE CUSTOS UNITÁRIOS DE MATERIAIS DE CARPINTARIA E SERRALHERIA PREÇO UNITÁRIO R$ UN. 200 UN. 8 UN. CODIGO MATERIAL UND 1 2 3 Guia superior P/ Divisória, aço acabamento pintura epoxi-po, cor preta, Dimensões 3000 mm Referencia Eucatex,Divilux ou similar Tarjeta fio redondo, aço acabamento niquelado,

Leia mais

MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE

MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE ESPECIFICAÇÕES DE MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA E ARQUIVOS DESLIZANTES DESTINADOS À AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL,

Leia mais

ANEXO I C - 2. MEMORIAL DESCRITIVO DE SERVIÇOS E MATERIAIS - Estrutura Metálica

ANEXO I C - 2. MEMORIAL DESCRITIVO DE SERVIÇOS E MATERIAIS - Estrutura Metálica 1/ 10 Porto Alegre, 13 de Outubro de 2010. ANEXO I C - 2 MEMORIAL DESCRITIVO DE SERVIÇOS E MATERIAIS - Estrutura Metálica 2/ 10 3/ 10 Porto Alegre, 13 de Outubro de 2010. DIRETRIZES TÉCNICAS DE ESTRUTURA

Leia mais

( Curso Dimensionamento de Estruturas de Aço CBCA módulo 3)

( Curso Dimensionamento de Estruturas de Aço CBCA módulo 3) GALPÕES (Projeto proposto) A ligação mais imediata que se faz da palavra galpão é com o uso industrial. No entanto galpões podem ser usados para as mais diversas atividades, tais como, hangares, espaços

Leia mais

COLECTOR PFM + PFM-G FIXAÇÕES NO TELHADO. Visão geral. Parafuso duplo Fixação universal - Parafuso duplo Duo Fixação universal

COLECTOR PFM + PFM-G FIXAÇÕES NO TELHADO. Visão geral. Parafuso duplo Fixação universal - Parafuso duplo Duo Fixação universal FIXAÇÕES NO TELHADO Visão geral Imagem Tipo de fixação PFM PFM-G Tipo de montagem Paralela Estabelecida Instalação livre Parafuso duplo Fixação universal - Parafuso duplo Duo Fixação universal Âncora de

Leia mais

PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇO COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITARIO

PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇO COMPOSIÇÃO DE CUSTO UNITARIO LOCAL: Data do orçamento: 20/set/15 1.1.1 Unidade Condensadora tipo Fluxo de Refrigerante Variável, alta eficiência, alimenção 380Vac/3~/60Hz, capacidade nominal 8HP, referencia LG MULTI V IV ARUN080LTE4,

Leia mais

Telha Termoacústica Arqueada Autoportante em Aço Pré-Pintado ou Galvalume

Telha Termoacústica Arqueada Autoportante em Aço Pré-Pintado ou Galvalume Telha Termoacústica Arqueada Autoportante em Aço Pré-Pintado ou Galvalume TELHA ARCO R6000T Descrição do produto A Telha ARCO R6000T é uma telha termoacústica arqueada raio 6 metros e autoportante, utilizada

Leia mais

Manual de Projeto de Sistemas Drywall paredes, forros e revestimentos

Manual de Projeto de Sistemas Drywall paredes, forros e revestimentos Manual de Projeto de Sistemas Drywall paredes, forros e revestimentos 1 Prefácio Este é o primeiro manual de projeto de sistemas drywall publicado no Brasil um trabalho aguardado por arquitetos, engenheiros,

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO REFERÊNCIA: COTAÇÃO DE MERCADO E 72897, 74023/ 4 SINAPI (CEF) CÓDIGO 3: Demolição de piso elevado A0026 COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO CÓDIGO EQUIPAMENTOS QUANTIDADE DATA : fev / 2013 m² (A) HORÁRIO DE EQUIPAMENTOS

Leia mais

Pré-Dimensionamento de Estruturas de Aço e Madeira

Pré-Dimensionamento de Estruturas de Aço e Madeira Pré-Dimensionamento de Estruturas de Aço e Madeira Aplicações para Perfis Formados a Frio e Perfis aminados AMA (FAE-472) Estruturas de Aço e Madeira Prof. Alexandre andesmann Departamento de Estruturas

Leia mais

SINALIZAÇÃO VERTICAL

SINALIZAÇÃO VERTICAL SINALIZAÇÃO VERTICAL Placas de Regulamentação e de Advertência. As especificações a seguir, fixam as condições exigidas da empresa contratada para a confecção e implantação de sinalização vertical. Especificações

Leia mais

JOSÉ VIDAL LAGHI 5.060.044.179-D/SP. Coord. Adjunto Contrato CREA/UF. Data T.C. N 005-EG/2008/0025. Sítio. Tipo / Especificação do documento

JOSÉ VIDAL LAGHI 5.060.044.179-D/SP. Coord. Adjunto Contrato CREA/UF. Data T.C. N 005-EG/2008/0025. Sítio. Tipo / Especificação do documento 02 EM RESPOSTA A ATA DE REUNIÃO DO DIA 18/03 MAR/2011 JOSÉ LAGHI SÉRGIO PRIORI JOSÉ LAGHI 01 CONFORME SOLICITAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO MAR/2011 JOSÉ LAGHI SÉRGIO PRIORI JOSÉ LAGHI 00 EMISSÃO INICIAL OUT/2010

Leia mais

PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS. Barras e fios de aço destinados à armadura. Barras e fios de aço destinados à armadura

PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS. Barras e fios de aço destinados à armadura. Barras e fios de aço destinados à armadura DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PCC 2435 - Tecnologia da Construção de Edifícios I PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS Qual a função das armaduras? Estruturar o concreto simples Profs.

Leia mais

Objeto: EDITAL Nº 008/2011 - PROCESSO Nº 9966/2010 - PREGÃO PRESENCIAL RP - AQUISIÇÃO DE MATERIAIS PARA SERRALHERIA. Itens:

Objeto: EDITAL Nº 008/2011 - PROCESSO Nº 9966/2010 - PREGÃO PRESENCIAL RP - AQUISIÇÃO DE MATERIAIS PARA SERRALHERIA. Itens: IVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Página: 1 / 15 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 1.05.020-000001 1.12.013-000014 1.12.013-000016 1.12.013-000010 1.10.030-000005

Leia mais

TecnoMETAL MULTIPLUS. www.multiplus.com. Softwares para Detalhamento de Estruturas Metálicas

TecnoMETAL MULTIPLUS. www.multiplus.com. Softwares para Detalhamento de Estruturas Metálicas TecnoMETAL Softwares para Detalhamento de Estruturas Metálicas TecnoMETAL 4D PRO TecnoMETAL 4D PRO é um software para detalhamento de Estruturas Metálicas em 3D. A partir do modelo tridimensional da estrutura

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro)

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) 1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) BASE - Estrutura em aço SAE 1010/1020, com 5(cinco) patas de aço, em tira relaminada com 1,9mm espessura

Leia mais

ESTRUTURAS METÁLICAS. Maj Moniz de Aragão

ESTRUTURAS METÁLICAS. Maj Moniz de Aragão SEÇÃO DE ENSINO DE ENGENHARIA DE FORTIFICAÇÃO E CONSTRUÇÃO ESTRUTURAS METÁLICAS LIGAÇÕES PARAFUSADAS (NBR 8800/2008) Maj Moniz de Aragão 1. Resistência dos parafusos pág 06 2. Área bruta e área efetiva

Leia mais

Piso Elevado. Vantagens: Instalação rápida e segura, reduzindo a necessidade de serviços de Mao de obra civil;

Piso Elevado. Vantagens: Instalação rápida e segura, reduzindo a necessidade de serviços de Mao de obra civil; Piso Elevado Os pisos elevados são ideais tanto para ambiente de escritório como para ambientes robustos, sendo capaz de adequar-se as necessidades de qualquer projeto. Fabricados de acordo com as normas

Leia mais

Placa Cimentícia. Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR

Placa Cimentícia. Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR Placa Cimentícia Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR Placa Cimentícia Impermeabilizada RECOMENDAÇÃO INICIAL civil para o dimensionamento de qualquer tipo de reforma ou construção, principalmente aquelas

Leia mais

2. O Programa. Figura 1 : Janela Principal do Programa

2. O Programa. Figura 1 : Janela Principal do Programa AUTOMAÇÃO DE PROJETOS DE TRELIÇAS METÁLICAS PLANAS Nilto Calixto Silva Aluno de Graduação ncalixto@fec.unicamp.br http://www.fec.unicamp.br/~ncalixto João Alberto Venegas Requena Professor Assistente Doutor

Leia mais

1. Introdução. Ligações Aparafusadas Parte I

1. Introdução. Ligações Aparafusadas Parte I Ligações Aparafusadas Parte I Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil PGECIV - Mestrado Acadêmico Faculdade de Engenharia FEN/UERJ Disciplina: Ligações em Estruturas de Aço e Mistas Professor: Luciano

Leia mais

Transformando aço, conduzindo soluções. Lajes Mistas Nervuradas

Transformando aço, conduzindo soluções. Lajes Mistas Nervuradas Transformando aço, conduzindo soluções. Lajes Mistas Nervuradas TUPER Mais de 40 anos transformando aço e conduzindo soluções. A Tuper tem alta capacidade de transformar o aço em soluções para inúmeras

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES : PEÇA FIXAÇÃO SUPERIOR/INFERIOR PIVOT COM EIXO A 67 MM MEDIDAS (MM) : 165X46 VIDRO (MM) : 10 ENTALHE : M 101

ESPECIFICAÇÕES : PEÇA FIXAÇÃO SUPERIOR/INFERIOR PIVOT COM EIXO A 67 MM MEDIDAS (MM) : 165X46 VIDRO (MM) : 10 ENTALHE : M 101 Ao longo de 26 anos de experiência e aprendizagem, a J.M.S.A. posiciona-se como líder de mercado, nas ferragens para vidro. Actualmente, somos os principais fabricantes e distribuidores de ferragens para

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com.

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com. F o n e : ( 4 1 ) 3 0 9 1-6 9 0 0 Rua Des. Antonio de Paula 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br w w w. a c o s s u l n o r t e. c o m. b r CATÁLOGO DE PRODUTOS MATRIZ BARRAS CANTONEIRAS

Leia mais