DIREITOS AFRICANOS PROGRAMA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIREITOS AFRICANOS PROGRAMA"

Transcrição

1 DIREITOS AFRICANOS PROGRAMA 1 INFORMAÇÕES GERAIS Coordenador: Jorge Bacelar Gouveia Regentes: Prof. Doutor Carlos Feijó e Prof. Doutor José O. Serra Van-Dúnem Ano letivo: Curso (1.º ou 2.º Ciclo): - 2º Ciclo Semestre: 2º ECTS: 4 Contacto do Horário: Segunda-feira de manhã 9h:00/11h40 2 OBJETIVOS E COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR O conteúdo do programa desta disciplina de Direitos Africanos é mais analítico do que apenas descritivo. Optou-se por uma abordagem a um tempo mais teórica e mais ilustrativa. O objectivo é o de lograr equacionar bases para um eventual enquadramento metodológico que permita melhor entender a referida temática. Abordar, de modo positivo, os Direitos em causa, abordando-os, nos seus pluralismos complexos e nas suas intricações múltiplas, nos termos de um quadro analítico tão unitário quanto possível que encare em simultâneo Direitos estaduais e práticas consuetudinárias, regras e princípios formais e a realidade empírica da aplicação e execução destes tão multidimensionados corpus normativos. Ou seja, que encare a normatividade vigente nos termos de um quadro cientificamente delineado.

2 3 PROGRAMA 1. Introdução a) Direitos Africanos: o que é? b) A autonomia científica do Direito Africano c) Delimitação do objecto d) Metodologia 2. Teoria Geral do Direito Africano a) Origens b) Princípios comuns c) Fontes de Direto d) O costume como fonte de Direito africano e) A(s) ordem(-ns) juridica(s) plural(-ais) africana(s): Da necessidade do reposicionamento dogmático das fontes de Direito 3. Contextualização sobre condições de possibilidade de discussão sobre Direito Africano. a. Questões antropológicas. b. Questões sociológicas. c. Questões políticas. d. Questões culturais. 3.1 O significado político da pluralidade jurídica externa (o pluralismo jurídico) e da pluralidade jurídica interna (o Estado heterogéneo) nas condições históricas específicas em que ocorre; 3.2 O papel dos sistemas judicias oficiais em África perante outras instâncias de resolução de conflitos existentes, num contexto de pluralidade de ordens jurídicas marcado por uma forte interlegalidade entre as diferentes instâncias;

3 3.3 A presença, ou não, das Instâncias extra judiciais na participação e mediação na resolução de conflitos em África. 4. Direito Africano comparado a) direito africano sul-africano b) direito africano angolano c) direito africano moçambicano d) direito africano namibiano e) direito africano bostswano 5. Direito institucional internacional a) a União Africana b) as integrações regionais 6. Desafios dogmáticos Um direito constitucional africano? Um "jus cojens" africano? A normalização das ordens juridicas plurais africanas 4 MÉTODOS DE AVALIAÇÃO Nos termos dos Regulamentos da Faculdade e de uma decisão do Conselho Científico, o regime será o de Seminários, e a avaliação dependerá dos trabalhos apresentados pelos alunos sobre um dos temas do Programa e das suas intervenções nas aulas; e, caso assim o queiram, de um exame escrito final opcional, que poderá melhorar essa nota. 5 BIBLIOGRAFIA Santos, Boaventura; Van-Dúnem, José Octávio (2012) Sociedade e Estado em Construção: Desafios do Direito e da democracia em Angola, vol I, II, III. Editora Almedina.

4 Bidima, Jean-Godefroy; (1997) UneJuridiction de la parole Ed. Michalon. Foucher, Michel; (2014) Frontières d Afrique, CNRS Editions. Jacob, Robert; (2014) La Grâce des Juges, L instituitionjudiciaire et le sacréen Occident, Editions PUF. Legendre, Pierre; (2013) Tour du monde des concepts Ed. Fayard. Hourquebie, Fabrice; (2014) La Doctrine dans l espaceafricanfrancofone Ed. Bruylant. Schiavone, Aldo; (2005) IUS L invention du Droit en Occident, Ed. Belin. Yusuf, Abdulqawi; (2014) Pan-Africanism and International Law Ed. AIL- POCKET. Israel, Liora; (2009) Contester, L Arme du Droit. SciencesPo. Les Presses. Carbonnier, jean (2012) Un Juristedans la cité LGDJ Editions. Garapon, Antoine; (2010) La Raison du moindreétat: Le néolibéralismeet la justice, Ed. Odile Jacob. Garapon, Antoine; Allard, julie; Gros, Frédéric; (2008) Les vertus du juge Ed. Dalloz. Garapon, Antoine; Schreiber, Servan; (2013) Deals de Justice: Le marcheaméricain de l obéissancemondialisée. Ed. PUF. Jamin, Christophe; (2012) La cuisine du Droit Lextensoéditions. BLIOGRAFIA SUPLEMENTAR Para um melhor enquadramento e uma mais detalhada contextualização da disciplina, serão porventura úteis mais referências bibliográficas, umas de índole geral, outras de carácter mais particular. Assim, e à parte os textos listados para as sessões sugiro a consulta de: (i) geral, sistemas jurídicos plurais em África, os Estados e os sistemas políticos africanos R. Abel (1974), A comparative theory of dispute institutions in society, Law and Society Review 8: 218 ss.. E. Agostini (1991), capítulo sobre a exportação do Direito, em Direito Comparado: , Resjurídica, Lisboa. Ralph A. Austen (1993), The moral economy of witchcraft: an essay in

5 comparative history, em (eds.) Jean & John Comaroff, op. cit.: Robert H. Bates (1999), The economic bases of Democratization, in (ed.) R. Joseph, State, conflict and Democracy in Africa: 83-95, Lynne Rienner, Publications. Jean François Bayart, (1989), L État en Afrique, Fayard, Paris. T. W. Bennett (1998), The constitutional base of traditional rulers in South Africa, em (eds.) F. M. Engelbronner, M. O. Hinz e J. L. Sidano, op. cit.: 14-31, University of Namibia. Heike Behrend (1999), Alice Lakwena & the Holy Spirits. War in northern Uganda, , James Curry, Fountain, EAEP, Ohio University Press. T. Bierschenk (1998), Les arénes locales face à la descentralisation et à la démocratisation, em (eds.) T. Bierschenk e J. P. Olivier de Sardan, Les Pouvoirs du Village: Le Bénin rural entre démocratisation et décentralisation, Karthala, Paris. David Birmingham (1996), The Decolonization of Africa, Ohio University Press. Paul Bohannan (1957), Justice and Judgement among the Tiv, Oxford University Press. Marcello Caetano (1994, original de 1934) Direito colonial, em Direito Público Colonial Português, Lisboa, pp , em Estudos de História da Administração Pública Portuguesa, edição organizada e prefaciada por Diogo Freitas do Amaral, Coimbra. Paul Caplan (1995), Understanding Disputes. The Politics of Argument, Berg. Patrick Chabal et al (2002), A History of Postcolonial Lusophone Africa, Hurst & Company, London. Narana Coissoró (1966), The Customary Laws of Succession in Central Africa, Lisboa. John Comaroff e Simon Roberts (1981), Rules and Processes. The cultural logic of dispute in an African context, The University of Chicago Press. (eds.) John & Jean Comaroff (1993), Modernity and its Malcontents. Ritual and power in postcolonial Africa, The University of Chicago Press.

6 (eds.) Jean & John Comaroff (1999), Civil Society and the Political Imagination in Africa, University of Chicago Press. Stephen Ellis (1999), The Mask of Anarchy. The destruction of Liberia and the religious dimension of an African civil war, Hurst & Company, London. (eds.) F. M. Engelbronner, M. O. Hinz e J. L. Sidano (1998) Traditional Authority and Democracy in Southern Africa, University of Namibia Sally Falk-Moore (1978). Law as Process: an anthropological approach, Routledge & Kegan Paul, London. James Ferguson (1994), The Anti-Politics Machine. Development, depoliticization, and bureaucratic power in Lesotho, University of Minnesota Press. Peter Francis (1984), New directions in the study of African law, Africa 54 (4): C. F. Fisiy e P. Geschiere (2001), Witchcraft, development and paranoia in Cameroon. Interactions between popular, academic and state discourse em (eds.) H. Moore e T. Sanders, op. cit.: Max Gluckman (1955), The Judicial Process among the Barotse of northern Rhodesia, Manchester University Press. (1965), Ideas in Barotse Jurisprudence, Manchester University Press. (ed.) Max Gluckman, (1965), Politics, Law and Religion in Tribal Society, London. (ed.), (1969), Ideas and Procedures in African Customary Law, Oxford University Press. P. F. Gonidec(1968), Les Droits Africains. Évolution et sources, Auzias, Paris. P. H. Gulliver (1963), Social Control in an African Society. A study of the Arusha: agricultural Masai of northern Tanganyka, Routledge, London. (1996), On avoidance, em (eds.) D. Parkin, L. Kaplan e H. Fisher, op. cit.: (eds.) John Harbeson, Donald Rothchild e Naomi Chazan (1994), Civil Society and the State in Africa, Lynne Rienner, Boulder.

7 John Harbeson (1994), Civil society and political renaissance in Africa, em (eds.) J. Harbeson, D. Rothchild e N. Chazan, Civil Society and the State in Africa: 1-29, Lynne Rienner, Boulder. (1999), Rethinking Democratic Transitions: Lessons from Eastern and Southern Africa, in (ed.) R. Joseph, State, conflict and Democracy in Africa: 39-57, Lynne Rienner, Publications. Jeffrey Herbst (1999) The Role of Citizenship Laws in Multiethnic Societies: evidence from Africa, in (ed.) R. Joseph, State, conflict and Democracy in Africa: , Lynne Rienner, Publications. (2000), States and Power in Africa. Comparative lessons in authority and control, Princeton University Press, Princeton, New Jersey. António M. Hespanha (2000), O Antigo Regime nos Trópicos. A dinâmica imperial portuguesa (séculos XVI-XVIII) : 170. Robert Jackson (1990), Quasi-States: sovereignty, international relations and the Third World, Cambridge University Press. (ed.) Richard Joseph (1999), State, conflict and Democracy in Africa, Lynne Rienner, Publications. (ed.) V. Knapp(1973), International Encyclopedia of Comparative Law, National Reports sobre a Etiópia (J. Vanderlinden), a Guiné Equatorial (D. E. Cánovas), Egipto (C. Chehata), Uganda (P J. Nkambo Mugerwa e M G. Matovu), Alto Volta R. Decittignies e Seydou Madani Sy), Tübingen, Mouton, The Hague. David Lan (1985), Guns and Rain: Guerrillas and spirit mediums in Zimbabwe, James Currey, London & University of California Press. Mario G. Losano (1983), A difusão extra-europeia do Direito codificado e O Direito consuetudinário africano, em Os Grandes Sistemas Jurídicos: , , Presença, Lisboa. Norrie MacQueen (1997), The Decolonisation of Portuguese Africa: metropolitan revolution and the dissolution of Empire, Longman, London. Armando Marques Guedes (2000), A dispersão e o centralismo burocrático. Disputas na Cooperação Cultural do Estado português, Themis. Revista da Faculdade de Direito da UNL 1 (1): 33-80, Lisboa.

8 (2003), Entre a justiça tradicional e a popular. A resolução de conflitos num campo de refugiados nas cercanias do Huambo, Angola, Sub Júdice 25: 21-35, Lisboa. (2004), Os Estados pós-coloniais, as novas políticas africanas e a liberdade de informação, Cultura. Revista de Teoria e História das Ideias, Lisboa. (eds.) Armando Marques Guedes and Maria José Lopes (2007), State and Traditional Law in Angola and Mozambique, Universiteit Leiden and Instituto Diplomático, Almedina. (eds.) Henrietta Moore e Todd Sanders (2001), Magical Interpretations, Material Realities. Modernity, witchcraft and the occult in postcolonial Africa, Routledge, London e New York. Henrietta Moore e Todd Sanders (2001), Magical interpretations and material realities: an introduction, em (eds.) H. Moore e T. Sanders, op. cit.: (eds.) D. Parkin, L. Kaplan e H. Fisher (1996), The Politics of Cultural Performance, Berghahn Books, Providence-Oxford. Jan Nederveen Pieterse e Bhikhu Parekh, (1995), Shifting imaginaries: decolonization, internal decolonization, postcoloniality, em Pieterse, J. N. e Parekh, B., The Decolonization of Imagination. Culture, knowledge and power: 1-20, Zed Books, London and New Jersey. Rui Pinto Duarte (2000) Sistemas Jurídicos Comparados, FDUNL, Cursos on-line, internet. Leopold Pospisil (1967). Legal levels and multiplicity of legal systems in human societies, The Journal of Conflict Resolution 9 (1): 2-26, New York. D. Ray (1998), Chief-State relations in Ghana. Divided sovereignty and legitimacy, em (eds.) E. A. van Nieuwaal e W. Zips, Sovereignty, Legitimacy and Power in West African Societies. Perspectives from Legal Anthropology, Lit Verlag, Hamburg. Alexandre Reis Rodrigues e Américo Silva Santos (2007), Bissau em Chamas Junho de 1998, Casa das Letras, Lisboa. Norbert Rouland (1994), Legal Anthropology, The Athlone Press, London.

9 N. Sacco (1995), Il Diritto Africano, Utet, Torrino. Todd Sanders (2001), Save our Skins. Structural adjustment, morality and the occult in Tanzania, em (eds.) H. Moore e T. Sanders, op. cit.: Catherine V. Scott (1988), Socialism and the soft State in Africa. An Analysis of Angola and Mozambique, The Journal of Modern African Studies 26 (1): Francis Snyder (1981), Colonialism and legal form. The creation of customary law in Senegal, The Journal of Legal Pluralism: 49-81, London. (1981), Anthropology, dispute processes, and law: a critical introduction, British Journal of Law and Society 8(2): Victor Turner (1957), Schism and Continuity in an African society. Fission and fusion among the Ndembu of Zambia, Manchester University Press & The International African Institute. Nicolas van de Walle (1999), Globalization and African Democracy, in (ed.) R. Joseph, State, conflict and Democracy in Africa: , Lynne Rienner, Publications. G. J. van Niekerk (1998), Democratic aspects of traditional conflict management: unofficial dispute resolution, em (eds.) F. M. Engelbronner, M. O. Hinz e J. L. Sidano, op. cit.: , University of Namibia. E. A. van Nieuwaal (1987), Chiefs and African States: some introductory notes and an extensive bibliography of African chieftaincy, Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law, (1996), States and Chiefs: are chiefs mere puppets?, Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law: T. von Trotha (1996), From administrative to civil chieftaincy: some problems and prospects of African chieftaincy, Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law: Crawford Young (1999), The Third Wave of Democratization in Africa: ambiguities and contradictions, (ed.) R. Joseph, State, conflict and Democracy in Africa: 15-39, Lynne Rienner, Publications.

10 Natasha Adriene Gray (2000), The Legal History of Witchcraft in Colonial Ghana. Akyem Abuakwa, , tese de doutoramento, Columbia University. (ii) o caso de Cabo Verde Direito e Cidadania (publicação periódica independente), vários dos números regulares. Júlio Monteiro Jr. (1974) Rebelados da ilha de Santiago em Cabo Verde, Centro de Estudos de Cabo Verde, Praia. Benvindo Mosso Ramos (1998), Que organização judiciária para Cabo Verde, Revista Jurídica, 25: 9-20, Ministério da Justiça e da Administração Interna de Cabo Verde, Praia. (iii) o caso de S. Tomé e Príncipe Gerhard Siebert (2002), Camaradas, Clientes e Compadres. Colonialismo, socialismo e democratização em S. Tomé e Príncipe, Celta, Lisboa. Paulo Valverde (2000), Máscara, Mato e Morte em S. Tomé. Textos para uma etnografia de S. Tomé, Celta Editora, Oeiras. (iv) o caso da Guiné-Bissau Patrick Chabal (1981), National Liberation in Portuguese Guinea, , African Affairs 80 (318): (v) o caso de Angola Raúl C. Araújo (2001), A problemática do Chefe de Governo em Angola, na Revista da Faculdade de Direito Agostinho Neto, n.º 2, Luanda. W. G. Clarence-Smith (1980), Class Structure and Class Struggles in Angola in the 70 s, Journal of Southern African Studies 7 (1): Carlos Feijó (2001), O semi-presidencialismo em África e, em especial, nos PALOP, na Revista da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, nº 2. Linda Heywood (1998), Towards an Understanding of Modern Political Ideology in Africa. The case of the Ovimbundu in Angola, The Journal of Modern African Studies 36 (1) (1999), Unita and Ethnic Nationalism in Angola, The Journal of Modern African Studies 37 (1)

11 Maria da Conceição Neto (2002), Do passado para o futuro. Que papel para as autoridades tradicionais, comunicação não-publicada, Forum Constitucional, Huambo. (2002a), Respeitar o passado e não regressar ao passado, comunicação não-publicada, I Encontro Nacional sobre Autoridades Tradicionais, Luanda. Fernando Pacheco (2002), Autoridades tradicionais e estruturas locais de poder em Angola: aspectos essenciais a ter em conta na futura Administração Autárquica, comunicação não-publicada, Ciclo de Palestras sobre Descentralização e o Quadro Autárquico em Angola, Fundação Friedrich Ebert, Luanda. (PNUD) Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2002), Estudo sobre a Macro-Estrutura da Administração Local, Luanda. Inge Tvedten (2001), Angola Key development issues and the role of NGOs, Norwegian Ministry of Foreign Affairs, Christian Michelsen Institute, Bergen. (vi) o caso de Moçambique Michel Cahen (1990), Le Mozambique. Une nation africaine de langue officielle portugaise?, Canadian Journal of African Studies 24 (3) Armando Marques Guedes (2004), O Estudo dos Direitos Africanos. Estado, Sociedade, Direito e Poder, Almedina. (eds.) Armando Marques Guedes and Maria José Lopes (2007), State and Traditional Law in Angola and Mozambique, Universiteit Leiden and Instituto Diplomático, Almedina. Aguiar Mazula et al. (1998), As Autarquias Locais em Moçambique, Maputo. Malyn Newitt (1995), A History of Mozambique, Indiana University Press, Bloomington. Carolyn Nordstrom (1995), War on the front lines, em (eds.) C. Nordstrom e A. Robben, Fieldwork under fire: contemporary studies of violence and survival: , University of California Press, London.

12 BIBLIOGRAFIA (por ordem alfabética dos apelidos) AAVV, Autoridade e Poder Tradicional, vol. I, Maputo, AAVV, Autoridade e Poder Tradicional, vol. II, Maputo, AAVV, Chieftaincy in Ghana Culture, Governance and Development, Sub-Saharan Publishers, Accra, AAVV, Pluralismo e Legitimação A Edificação Jurídica Pós-Colonial de Angola, Coimbra, Almedina, AAVV, State and Traditional Law in Angola and Mozambique, Coimbra, Almedina, AAVV, Traditional Authority and Democracy in Southern Africa, Namibia, New Namibia Books, ABRAHAMSSON, Hans; NILSON, Anders, (trad. Dulce Leiria), Moçambique em Transição Um Estudo da História de Desenvolvimento Durante o Período , 2.ª ed., Goteborg, Chalmers reprocentral, ADELMAN, Sammy, Constitutionalism, Pluralism and Democracy in Africa, in Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law, n.º 42, 1998 (73-88). Disponível em ALFONSO, Luciano Parejo, Manual de Derecho Administrativo, Vol. 1, 5.ª Ed., Ariel Derecho, Barcelona, ALMEIDA, Carlos Ferreira de Introdução ao Direito Comparado, 2.ª Edição, Almedina, Coimbra, 1998; Direito Comparado Ensino e Método, Edições Cosmos, Lisboa, ALMEIDA, Carlos Ferreira de, FONTES, José Allen e CUNHAL SENDIM, José de Sousa, Direito Comparado Textos, 2.ª Ed., Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa, Lisboa, AMARAL, Diogo Freitas do A Tentativa Falhada de um Acordo PORTUGAL-EUA sobre o Futuro do Ultramar Português (1963), Coimbra Editora, 1994; O Antigo Regime e a Revolução. Memórias Políticas , Bertrand Editora, Lisboa, 1995;

13 Manual de Introdução ao Direito, Vol. I, Almedina, Coimbra, 2004; Curso de Direito Administrativo, vol. I, 3.ª ed. (5.ª Reimp.), Coimbra, Almedina, AMORIM, Carlos de Abreu, «Direito Administrativo e Sistema Jurídico Autopoiético. Breves Reflexões», in Scientia Iuridica Revista de Direito Comparado Português e Brasileiro, n.º 294, Braga, Universidade do Minho, 2002 ( ). ANANIAS, Maria Luciana Lisboa, «Câmara de Ponta Delgada e a Nova Organização Administrativa ( )», in Arquipélago. História, Vol. V, 2ª série, 2001 ( ). Disponível em repositorio.uac.pt/bitstream/ /.../maria_ananias_p pdf. ARAÚJO, Raul Carlos Vasques, O Presidente da República no Sistema Político de Angola (Tese de Doutoramento), Casa das Ideias, ASCENSÃO, José Oliveira «Pessoa, Direitos Fundamentais e Direitos da Personalidade», in ASCENSÃO, José Oliveira (Coord.), Estudos de Direito da Bioética, Almedina, Coimbra, 2009 (51-71). AYEE, Joseph R. A., «Local Government, Decentralization and State Capacity in Ghana», in TETTEY Wisdom J., KORBLA, P. Puplampu e BERMAN, Bruce J. (Eds.), Critical Perspectives on Politics and Socio-Economic Development in Ghana, Brill Academic Publishers, Inc, Leiden-Boston, 2003 (45-81). BARATA, José Nunes, «Administração Ultramarina», in Polis, Enciclopédia Verbo da Sociedade e do Estado (Antropologia, Direito, Economia, Ciência Política), Verbo Editorial, Lisboa/São Paulo ( ); «Administração Ultramarina Portuguesa», in Revista de Direito Administrativo, tomo XIII, n.º 4, Coimbra, 1969 ( ); «África e o Direito», Revista da Ordem dos Advogados, Ano 37, v. 3 (Set.- Dez. 1977) ( ) BARBAS HOMEM, António Pedro, «Sobre as Fontes de Direito Angolano», Separata Estudos em Honra do Professor Doutor José Oliveira Ascensão, Volume I, Almedina 2008.

14 BENDA, Helen, Legal Reform - The Key to Social Change (Experiences from Rural Zambia), EPWDA, BENDA-BECKMANN, Franz and Keebet von, «The Dynamics of Change and Continuity in Plural Legal Orders», in Journal of Legal Pluralism, nr , 2006 (1-44). BENNETT, T.W., «The Constitutional Base of Traditional Rulers in South Africa», in D ENGELBRONNER-KOLFF, F.M., HINZ, M.O. e SINDANO, J.L. (Edts.), Traditional Authority and Democracy in Southern Africa (Proceedings from the workshop, Traditional Authorities in the Nineties Democratic Aspects of Traditional Government in Southern Africa November 1995, Windhoek), Centre for Applied Social Sciences University of Namibia, New Namibia Books, 1998 (14-30). BESSON, Jean, «Folk Law and Legal Pluralism in Jamaica A View From the Plantation-Peasant Interface», in Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law, n.º 43, 1999 (31-56). BINSBERGEN, Wim van, «Chiefs and the State in Independent Zambia Exploring The Zambian National Press», in Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law, n.º 25-26, 1987 ( ). Disponível em BONCIANI, Rodrigo Faustinoni, O Dominium sobre os Indígenas e Africanos e a Especificidade da Soberania Régia no Atlântico Da Colonização das Ilhas à Política Ultramarina de Filipe III ( ), Universidade de São Paulo, São Paulo, BORELLO, Raúl G., «Ponencia: Sobre el pluralismo jurídico», artigo apresentado nas XV Jornadas de Filosofía Jurídica y Social da Asociación Argentina de Filosofía del Derecho. Disponível em BRAKARZ, José, RODRIGUES, Paulo Henrique e BRUNO SOARES, Francisco, «Descentralização e Desconcentração em Angola», in PNUD - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, A descentralização em Angola (Texto de Análise e Legislação de Base), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, 2002 ( ). BRONZE, Fernando José, Lições de Introdução ao Direito, 2.ª Ed., Coimbra Editora, Coimbra, 2006.

15 BROWNLIE, Ian, Princípios de Direito Internacional Público, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, BURKE-WHITE, William W., «International Legal Pluralism», in Michigan Journal of International Law, Vol. 24, 2004 ( ). BUUR, Lars e KYED, Helene Maria, «State Recognition of Traditional Authority in Mozambique The Nexus of Community Representation and State Assistance», Nordiska Afrikainstitutet, Discussion Paper 2 8, Göteborg, Disponível em CAETANO, Marcelo História Breve das Constituições Portuguesas, Lisboa, Editorial Verbo, Manual de Direito Administrativo, Vol. 1, 10.ª ed., Coimbra, Almedina, Direito Público Colonial Português, segundo as lições do professor doutor Marcelo Caetano / coligidas por Mário Neves, Lisboa, CAETANO, Marcelo; Diogo Freitas do Amaral (Org.), Estudos de História da Administração Pública Portuguesa, Coimbra Editora, CANOTILHO, J.J. Gomes Direito Constitucional e Teoria da Constituição, 7.ª ed., Coimbra, Almedina, «Métodos de protecção de direitos, liberdades e garantias», in Volume Comemorativo do 75.º Tomo do Boletim da Faculdade de Direito, Faculdade de Direito, Coimbra, 2003 ( ). «O Círculo e a Linha da Liberdade dos Antigos à Liberdade dos Modernos na Teoria Republicana dos Direitos Fundamentais (I Parte)», in in MIRANDA Jorge e SILVA, Marco António Marques da (Coords.), Tratado Luso-Brasileiro da Dignidade Humana, Quartier Latin, São Paulo, 2008 ( ); CANOTILHO, J.J. Gomes; MOREIRA, Vital, Constituição da República Portuguesa Anotada Artigos 1.º a 107.º, Vol.1, 4.ª ed., Coimbra Editora, Coimbra, 2007.

16 CAPARROS, Ernst «Alguns Mitos e Algumas Realidades do Mundo Jurídico Contemporâneo», in Revista da Ordem dos Advogados, Ano 47, II ( ). CAPELA, José Viriato Administração local e municipal portuguesa do século XVIII às reformas Liberais (Alguns Tópicos da sua Historiografia e Nova História), in Os Municípios no Portugal Moderno: Dos Forais Manuelinos às Reformas Liberais, Lisboa, Ed. Colibri-CIDEHUS-EU, 2005 (39-58). Disponível em CARE, Jennifer Corrin e ZORN, Jean G., «Legislating Pluralism. Statutory Developments in Melanesian Customary Law», in Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law, n.º 46, 2001 (49-101). CARVALHO, Mariano de, A Administração Colonial, Typographia Lisbonense, CASTRO MENDES, João de; MENDES, Armindo Ribeiro e RODRIGUES, Maria Fernanda (Colab.) Obras Dispersas Direito Comparado, (revisto e actualizado), Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa, Lisboa, CAUPERS, João, Introdução à Ciência da Administração Pública, Âncora Editora, Lisboa, CHEKA, Cosmas, «Traditional Authority at the Crossroads of Governance in Republican Cameroon», Africa Development, Vol. XXXIII, No. 2, 2008 (67 89). CHIWEZA, Asiyati Lorraine, «The Ambivalent Role of the Chiefs: Rural Decentralization Initiatives in Malawi», in State Recognition and Democatization in Sub-Saharian Africa A New Dawn for Traditional Authorities?, Nova York, Palgrave Macmillan, 2007 (53-78). COELHO, Luiz Fernando, «Para uma Teoria Crítica do Direito». Disponível em COISSORÓ, Narana, The Costumary Laws of Succession in Central Africa, Junta de Investigações do Ultramar, Lisboa, Trabalhos Preparatórios da Lei Orgânica do Ultramar, ISCSPU- Universidade Técnica, CONCEIÇÃO NETO, Maria da, «Respeitar o Passado E não Regressar ao Passado (Contribuição ao Debate sobre a Autoridade Tradicional em Angola)», in OLIVEIRA, Ana Maria de (Coord.), 1.º Encontro sobre a Autoridade Tradicional em Angola,

17 Ministério da Administração do Território, Editorial Nilza, Lda., Luanda, 2003 ( ). CONGRESSO COLONIAL NACIONAL Estudo sobre a Administração Civil das Nossas Possessões Africanas Memória, Imprensa Nacional, Lisboa, 1903; Actas das Sessões e Teses, Tipografia e Papelaria Carmona, Lisboa, CORREIA, A. Ferrer, Lições de Direito Internacional Privado I, Coimbra, Almedina, CORREIA, José Manuel Sérvulo Noções de Direito Administrativo, Volume I, Lisboa, Editora Danubio, Lda., 1982; Legalidade e Autonomia Contratual nos Contratos Administrativos, Coimbra, Almedina, 1987; «O Poder das Autarquias Locais Novas Perspectivas», in Fórum Iustitiae, n.º 10, 2000 (46-49). CORTEZ, António Francisco Adão ( Chicoadão ) As Origens do Fenómeno Kamutukuteni e o Direito Consuetudinário Ancestral Angolense Aplicável, Instituto Piaget, Manual do Direito Consuetudinário dos Povos de Angola, Editorial Nzila, Luanda, CORVO, João de Andrade, Estudos sobre as Províncias Ultramarinas, Vol. II, Typographia da Academia Real das Sciencias, Lisboa, COSTA, José Manuel M. Cardoso da, «O Princípio da Dignidade Pessoa Humana na Constituição e na Jurisprudência Constitucional Portugueses», Separata de Direito Constitucional. Estudos em Homenagem a Manoel Gonçalves Ferreira Filho, Sérgio Resende de Barros e Fernando Aurélio Zilveti (Coords.), São Paulo, Dialética, 1999, apud Cunha CUNHA, J. M. da Cunha, O Sistema Português de Política Indígena (Subsídios para seu Estudo), Coimbra Editora, Limitada, Coimbra, «Fontes de Direito Colonial Português», in Revista da Ordem dos Advogados, Ano 13 n.º 1-2 (Janeiro-Junho 1953; 67-99).

18 CUNHA, Paulo Ferreira da, Direito Constitucional Anotado, Quid Juris Sociedade Editora, Lisboa, CURA, António A. Vieira, «O Costume como Fonte de Direito em Portugal», in Boletim da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Vol. LXXIV, Coimbra, 1998 ( ). D ENGELBRONNER-KOLFF, F.M., HINZ, M.O. e SINDANO, J.L., «Introduction» D ENGELBRONNER-KOLFF, F.M., HINZ, M.O. e SINDANO, J.L. (Edts.), Traditional Authority and Democracy in Southern Africa (Proceedings from the workshop, Traditional Authorities in the Nineties Democratic Aspects of Traditional Government in Southern Africa November 1995, Windhoek), Centre for Applied Social Sciences University of Namibia, New Namibia Books, 1998 (ix-xvii). DILOLWA, Carlos da Rocha, Contribuição à História Económica de Angola, INA, Lisboa, D ORNELLAS, Ayres, «A Nossa Administração Colonial, O Que É, O Que Deve Ser», in Congresso Colonial Nacional, Conferências Preliminares, XVI, DUARTE, Maria Luísa A Teoria dos Poderes Implícitos e a Delimitação de Competências entre a União Europeia e os Estados-Membros, Lisboa, Lex, Introdução do Estudo do Direito Sumários Desenvolvidos, Associação Académica da FDL, DUVERGER, Maurice, Sociologia da Política, Almedina, Coimbra, ECONOMIC COMMISSION FOR AFRICA (Southern Africa Office), Harnessing Traditional Governance in Southern Africa, ENDO, Ken, «Subsidiarity: A Matter of Political Vocabulary in a Fragmented World», Paper for the Workshop Local Governance in a Global Era In Search of Concrete Visions for a Multi-Level Governance, Hokkaido University, Hokkkaido, 2001 (1-19). ENGLISH, Karl, Introdução ao Pensamento Jurídico, 9.ª Ed., Serviço de Educação e Bolsas, Fundação Calouste Gulbenkian, 2004.

19 FEIJÓ, Carlos A Autonomia Local e a Tutela do Estado em Angola [Da autonomia perdida nos períodos coloniais ( ) e a revolucionário frustrada no período democrático actual], dissertação de mestrado, Faculdade de Direito de, 2000 (inédito); «O Poder Local em Angola», in Problemas Actuais de Direito Público Angolano Contributos para a sua Compreensão, Princípia, Cascais, 2001; «A Tutela Administrativa sobre as Autarquias Locais em Angola (Perspectivas Futuras)», in PNUD - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, A descentralização em Angola (Texto de Análise e Legislação de Base), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, 2002 (25-37); Em Busca de uma Nova Teoria das Fontes do Direito Administrativo em Angola, Luanda, 2005 (inédito); «Propriedade Pública e Actividade Económica Privada: Entre a Prática e a Realidade», in GOUVEIA, Jorge Bacelar (Coord.), I Congresso do Direito da Língua Portuguesa, Almedina, Coimbra, 2010 (87-113). FEIJÓ, Carlos e PACA, Cremildo, Direito Administrativo Vol. I, Introdução e organização Administrativa, Universidade Lusíada de Angola, Benguela, Cabinda, Luanda, FEIJÓ, Carlos e POULSON, Lazarino, A Justiça Administrativa Angolana (Lições), Casa das Ideias, divisão editorial, FERNANDES, José, Problemas da Administração Local em Angola, Lisboa, FERNANDES, Luís A. Carvalho, Teoria Geral do Direito Civil, Vol. I, 3.ª Ed., Universidade Católica Editora, Lisboa, FERNANDES, Tiago de Matos «Descentralizar é fragmentar? Riscos do pluralismo administrativo para a unidade do Estado em Moçambique», in Revista Crítica de Ciências Sociais, 77, Junho 2007 ( ); O Poder Local em Moçambique Descentralização, Pluralismo Jurídico e Legitimação, Santa Maria da Feira, Edições Afrontamento, 2009.

20 FERREIRA, Rui e FEIJÓ, Carlos, Estudo Geral sobre a Questão da Organização Territorial do Estado em Angola e a Descentralização Político-Administrativa, Luanda, FERREIRA, Vicente, A Política Colonial Portuguesa em Angola, conferência realizada na sala dos Capelos da Universidade de Coimbra em 20 de Maio de 1932, Imprensa da Universidade, Coimbra, FLORÊNCIO, Fernando, As Autoridades Tradicionais vandau, Estado e Política Local em Moçambique (Dissertação de Doutoramento em Estudos Africanos), Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa ISCTE, Lisboa, 2003; «Autoridades Tradicionais vandau de Moçambique: O Regresso do Indirect Rule ou uma Espécie de Neo-indirect Rule?», in Análise Social, vol. XLIII (2.º), 2008 ( ). FOLQUE, André, A Tutela Administrativa nas Relações entre o Estado e os Municípios (Condicionalismos Constitucionais), Coimbra, Coimbra Editora, FORTES, M.; EVANS-PRITCHARD, E.E., Sistemas Políticos Africanos, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, GALSTON, William A., The Practice of Liberal Pluralism, Reino Unido, Cambrige University Press, GARCÍA DE ENTERRÍA, Eduardo e FERNÁNDEZ, Tomás-Ramón, Curso de Derecho Administrativo I, Civitas Editiones, Madrid, GENNAIOLI, Nicola e RAINER, Ilia, «Precolonial Centralization and Institutional Quality in Africa», Disponível em GODOY, Arnaldo Moraes, Globalization, State Law and Legal Pluralism In Brazil, in Journal of Legal Pluralism and Unofficial Law, n.º 50, 2004 (61-69). GOMES, Andreia Sofia Esteves, «A dignidade da pessoa humana e o seu valor jurídico partindo da experiência constitucional portuguesa», in MIRANDA Jorge e SILVA, Marco António Marques da (Coords.), Tratado Luso-Brasileiro da Dignidade Humana, Quartier Latin, São Paulo, 2008 (23-38).

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Internacional Público. Tema geral: Direito Internacional Penal

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Internacional Público. Tema geral: Direito Internacional Penal I Curso de Doutoramento em Direito Ramo de Direito Público Direito Internacional Público Tema geral: Direito Internacional Penal Prof. Doutor Jorge Bacelar Gouveia Prof. Doutor André Víctor Luanda, 20

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20%

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20% ALCATEIA Sec NIN NOME NIN NOME Lob 1215050143005 Alice Neto Santos Nascimento 1215050143015 Afonso da Fonseca Machado Lob 1215050143010 Amélia Maria Mesquita Aleixo Alves 1115050143010 Afonso Jesus Dias

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO I - QUALIFICAÇÕES ACADÉMICAS 1. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1976, com a classificação final de 15 valores. 2. Pós-graduado

Leia mais

Disciplina Turma Dia Hora início Duração Sala Docente Curso Informações. Maria Teresa dos Reis Pedroso de Lima

Disciplina Turma Dia Hora início Duração Sala Docente Curso Informações. Maria Teresa dos Reis Pedroso de Lima Segunda-feira 08:30 1h Anfiteatro 1.1 Quinta-feira 08:30 1h Anfiteatro 1.1 Terça-feira 11:30 1h Anfiteatro 3.1 Quinta-feira 10:30 1h Anfiteatro 3.1 Maria Teresa dos Reis Pedroso de Lima Maria Teresa dos

Leia mais

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28 LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600 Horário 28 Graduação Profissional Nº Candidato Nome 24,508 4716699811 Vanda Isabel do Vale Silva Almeida 24,203 8219102942 Cristina Maria da

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março GERAL 1 1 129 00817 Herculano Lopes do Nascimento 8 C.C. Matosinhos S 25 24 25 25 1 99 2 113 00540 Rodrigo Dourado Fernandes 10 C.T. S. Pedro de Rates S 25 25 24 25 0 99 3 88 00588 Carlos Augusto Torres

Leia mais

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840721 ADRIANA XAVIER DA SILVA FERNANDES 38 Pré-A1 PT1840722 ALEXANDRA FILIPA AZEVEDO SANTOS 52 A1 PT1840723

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I 2012/2013 RESPONSABILIDADE INDEMNIZATÓRIA DOS PODERES PÚBLICOS EM 3D: ESTADO DE DIREITO, ESTADO FISCAL E ESTADO SOCIAL

DIREITO ADMINISTRATIVO I 2012/2013 RESPONSABILIDADE INDEMNIZATÓRIA DOS PODERES PÚBLICOS EM 3D: ESTADO DE DIREITO, ESTADO FISCAL E ESTADO SOCIAL DIREITO ADMINISTRATIVO I 2012/2013 RESPONSABILIDADE INDEMNIZATÓRIA DOS PODERES PÚBLICOS EM 3D: ESTADO DE DIREITO, ESTADO FISCAL E ESTADO SOCIAL 1. Evolução histórica da responsabilidade civil do Estado

Leia mais

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015 LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110 Ano Letivo - 2014/2015 CANDIDATOS ADMITIDOS: Nº Candidato NOME OSERVAÇÕES 1367130034 Alexandra

Leia mais

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 2ª FASE - ECT SUPLENTE EXCLUÍDO LISTA DE CANDIDATOS SERIAÇÃO CARLA MARIA CARNEIRO ALVES Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologias 3,9 de 5 4 CARLOS EDUARDO DOS

Leia mais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais A 796 Neuza Soraia Rodrigues Carvalhas Direito e Processual 729 Maria Teresa Barros Ferreira Direito e Processual 938 Rute Isabel Bexiga Ramos Direito e Processual 440 Inês Lopes Raimundo Direito e Processual

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Nome da Escola : Agrupamento de Escolas de Almancil, Loulé Horário n.º: 27-18 horas 2013-10-09 Grupo de Recrutamento: 420 - Geografia LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Ordenação Graduação

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Constitucional. Prof. Doutor Nuno Piçarra Prof. Doutor Raul Araújo

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Constitucional. Prof. Doutor Nuno Piçarra Prof. Doutor Raul Araújo I Curso de Doutoramento em Direito Ramo de Direito Público Direito Constitucional Tema geral: A Justiça Constitucional e os seus Modelos Prof. Doutor Nuno Piçarra Prof. Doutor Raul Araújo A) Programa:

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I

DIREITO ADMINISTRATIVO I UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE DIREITO DIREITO ADMINISTRATIVO I 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 LISBOA 2011 Regente: Prof. Doutor Fausto de Quadros ELEMENTOS DE ESTUDO

Leia mais

CONTRATAÇÃO PÚBLICA. Mestrado profissionalizante (em Ciências Jurídico-Financeiras e em Direito e Economia) (1.º semestre) REGENTES

CONTRATAÇÃO PÚBLICA. Mestrado profissionalizante (em Ciências Jurídico-Financeiras e em Direito e Economia) (1.º semestre) REGENTES CONTRATAÇÃO PÚBLICA Mestrado profissionalizante (em Ciências Jurídico-Financeiras e em Direito e Economia) (1.º semestre) REGENTES PROF.ª DOUTORA M. EDUARDA AZEVEDO/PROF. DOUTOR NUNO CUNHA RODRIGUES Programa

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

Conclusão da Parte Escolar do Mestrado em Ciências Jurídico-Políticas na Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, em 1995.

Conclusão da Parte Escolar do Mestrado em Ciências Jurídico-Políticas na Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, em 1995. LINO TORGAL Data e local de nascimento: 1970, Lisboa Cédula Profissional: 12177L Correio eletrónico: lt@servulo.com HABILITAÇÕES LITERÁRIAS Leadership in Law Firms, Harvard Law School, em 2013. Admitido

Leia mais

Curriculum vitae Maria Helena Barros de Brito

Curriculum vitae Maria Helena Barros de Brito Curriculum vitae Maria Helena Barros de Brito I. Identificação e dados pessoais Maria Helena Barros de Brito, que também usa o nome abreviado Maria Helena Brito, Nascida em Vila do Conde, em 6 de Setembro

Leia mais

Nome Curso Golos Amarelos Vermelhos

Nome Curso Golos Amarelos Vermelhos Nome Curso s Amarelos Vermelhos Carlos Júnior Mestrado 4 Jogo 15 Rui Nascimento Mestrado Jerónimo Mestrado 1 Jogo 15 Pedro Francês Mestrado 1 Andre Figueiredo Mestrado 3 Jogo6 Artur Daniel Mestrado 2 João

Leia mais

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Gabinete/Cargo Nome Extensão E-mail Diretor Luiz Felipe Rocha de Faria 1450 lef@isep.ipp.pt Sub-diretor(es) António Constantino Lopes 1462 acm@isep.ipp.pt

Leia mais

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL:

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL: CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL: Nome: Sandra Lopes Luís Morada: Rua de Entrecampos n.º 16, 2.º dto, 1000-152 Lisboa Portugal Data de Nascimento: 20. 05. 1979 Nacionalidade: Portuguesa Telefone: +351

Leia mais

Iflfl flfl 5 95 12 39

Iflfl flfl 5 95 12 39 Ano Escolar 0 1 PORTUGAL 0 Ano de Escolaridade Turma D Estabelecimento de Ensino 0 Escola Básica de Vale de Milhaços 05 0 0 1 1 5 110 0 pg irncpp 51 105 0 1 01 001 0 1 01 05 001 11 1 055 ALINE VALENCE

Leia mais

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL A EUROPA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XXI. - No Limiar da Presidência Portuguesa da União Europeia

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL A EUROPA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XXI. - No Limiar da Presidência Portuguesa da União Europeia INSTITUTO EUROPEU DA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA AREP-ASSOCIAÇÃO INTERUNIVERSITÁRIA DE ESTUDOS EUROPEUS PÓLO EUROPEU DA UNIVERSIDADE DE LISBOA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL A EUROPA E OS DESAFIOS DO SÉCULO

Leia mais

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Número Nome Nota Obs 10780 ALEXANDRE JOSÉ SIMÕES SILVA 15 11007 ALEXANDRE REIS MARTINS 7,7 11243 Álvaro Luis Cortez Fortunato 11,55

Leia mais

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos 3452 - Escola E.B.2,3 do Cávado : A 137 1 Adriana Manuela Gomes Pinheiro 14 S S 20 2 Alexandra Pereira Ferreira 28 3 Ângelo Rafael Araújo Gomes S 28 4 Beatriz da Costa Oliveira S 2 5 Domingos Gonçalo Ferreira

Leia mais

11º GRANDE PRÉMIO DE S.JOSÉ

11º GRANDE PRÉMIO DE S.JOSÉ 11º GRANDE PRÉMIO DE S.JOSÉ 1 FRANCISCO PEREIRA 36 SENIOR MASC. VITÓRIA S.C. 20.23 2 ANDRE SANTOS 48 SENIOR MASC. C.A.O.VIANENSE 20.27 3 JORGE CUNHA 3 SENIOR MASC. S.C.MARIA DA FONTE 21.14 4 DOMINGOS BARROS

Leia mais

Eleição da Assembleia da República 2015

Eleição da Assembleia da República 2015 Eleição da Assembleia da República 2015 CIRCULO ELEITORAL DE VIANA DO CASTELO LISTAS DEFINITIVAMENTE ADMITIDAS NC Nós, Cidadãos! Mário Jorge da Silva Marques de Almeida Lourenço José de Almada (independente)

Leia mais

José Manuel Sérvulo Correia

José Manuel Sérvulo Correia José Manuel Sérvulo Correia Sócio Fundador sc@servulo.com Assistente Pessoal: Ana Maria Abrantes (+351) 210 933 000 ama@servulo.com http://www.servulo.com PERFIL Sócio fundador da SÉRVULO, desde 1999,

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: DIREITO CONSTITUCIONAL

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: DIREITO CONSTITUCIONAL INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE COIMBRA Parecer do Conselho Técnico-Científico / / Parecer do Conselho Pedagógico / / Ficha de Unidade Curricular

Leia mais

CURRICULUM VITAE C A R L O S M A R I A D A S I L V A F E I J Ó. Professor Titular/Catedratico de Direito, Universidade Agostinho Neto

CURRICULUM VITAE C A R L O S M A R I A D A S I L V A F E I J Ó. Professor Titular/Catedratico de Direito, Universidade Agostinho Neto Data de Nascimento: 2 Janeiro 1963 Email:cf@carlosfeijo.com ACTIVIDADE PROFISSIONAL (actual) Professor Titular/Catedratico de Direito, Universidade Agostinho Neto Sócio do escritório de advogados CFA Firma

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Direito

Universidade de São Paulo Faculdade de Direito Universidade de São Paulo Faculdade de Direito SYLLABUS Código: DES0118 Disciplina: Direito constitucional I Departamento: DES Professor: Prof. Dr. Virgílio Afonso da Silva Créditos: 3 Horários: Turma

Leia mais

Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015

Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015 Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015 Alexandre Luís Albuquerque E Quinhones Gaiolas, 3274/10, Bom com Distinção, Transição, Ana Maria Pires Matias Soares, 3149/10, Muito Bom, Transferência,

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Prestação de Contas no Sector Público

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Prestação de Contas no Sector Público INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 30/3/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/4/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico.

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico. CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL 8 de Abril a 1 de Julho (interrupção no dia 10 de Junho que é feriado) 4ª feira, das 18h 30m às 20h 30m 24h, 12 sessões PROGRAMA 1. A Idade Média 1.1.

Leia mais

Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área

Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Carina Coelho Cariologia/Med. dentária Preventiva Dentisteria Operatória 1 11 15h00-16h00 Investigação Isabel Roçadas Pires Cariologia/Med.

Leia mais

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião ELEIÇÃO PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA Ata da Quarta Reunião Ao sexto dia do mês de novembro de dois mil

Leia mais

1º Ciclo 1ª Categoria. 5.º Campeonato Regional de Jogos Matemáticos. Classificação Nome Escola 1º 9 Vasco Batista. 2º 2 Rodrigo de Carvalho F.

1º Ciclo 1ª Categoria. 5.º Campeonato Regional de Jogos Matemáticos. Classificação Nome Escola 1º 9 Vasco Batista. 2º 2 Rodrigo de Carvalho F. 1º 9 Vasco Batista Matriz 2º 2 Rodrigo de Carvalho F. Junior y 3º 7 Beatriz Cunha São Roque 4º 1 Isabel Maria C. R. da Ponte Medina y 5º 5 Maria João Cabral 6º 4 Ângela Oliveira 7º 6 Letícia Rego 8º 3

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOGRÁFICO Administração pública AND Portugal ALMEIDA, António Henrique Gomes de - A aplicação do balanced scorecard às agências Públicas : um

Leia mais

Rui Pinto Duarte Bibliografia Portuguesa sobre o Ensino do Direito

Rui Pinto Duarte Bibliografia Portuguesa sobre o Ensino do Direito Bibliografia Portuguesa sobre o Ensino do Direito Recolhida até dezembro de 2014, procurando cobrir uma percentagem elevada do universo em causa, mas sem pretender exaustão. Incluem-se também textos sobre

Leia mais

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos 3452 - Escola E.B.2,3 do Cávado Turma : A 2002 1 Ana Catarina Loureiro Silva S 171 2 André Eduardo Dias Santos S 173 3 Ângelo Rafael Costa e Silva S S 2007 4 Bruno da Silva Gonçalves S 20 5 Catarina Daniela

Leia mais

Professor cooperante em S. Tomé e Príncipe entre 1981 e 1987. Professor do ensino secundário em Portugal entre 1987 e 1990

Professor cooperante em S. Tomé e Príncipe entre 1981 e 1987. Professor do ensino secundário em Portugal entre 1987 e 1990 CURRICULUM VITAE Nome: Augusto Manuel Saraiva do Nascimento Diniz Local e data de nascimento: Lisboa, 28 de Março de1959 Nacionalidade: Portuguesa ACTIVIDADE PROFISSIONAL Professor cooperante em S. Tomé

Leia mais

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Nome Profissão Instituição A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Adelino Torres Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade

Leia mais

Listagem de contactos e ramos/áreas de especialidade dos Professores Doutorados na Escola de Direito da Universidade do Minho

Listagem de contactos e ramos/áreas de especialidade dos Professores Doutorados na Escola de Direito da Universidade do Minho Departamento de Ciências Jurídicas Gerais Profª. Doutora Maria Clara da Cunha Calheiros de Carvalho Profª. Associada, Com Agregação Email: claracc@direito.uminho.pt Profª. Doutora Patrícia Penélope Mendes

Leia mais

------- Maria Conceição Leite Cabral --------------------------------------------------------------------------------------- ------- Maria José

------- Maria Conceição Leite Cabral --------------------------------------------------------------------------------------- ------- Maria José ATA Nº 6 ------- Aos cinco dias do mês de novembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de Matosinhos e Edifício dos Paços do Concelho, encontram-se reunidos: Dr.ª Clarisse Castro, Diretora do Departamento

Leia mais

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego AMIGOS DO PROJECTO O projecto Ler Mais e Escrever Melhor nasceu a 17 de Julho de 2008. Encontra-se numa fase de vida a infância que

Leia mais

Curriculum Vitae. Miguel Chaves Ribeiro Assis Raimundo

Curriculum Vitae. Miguel Chaves Ribeiro Assis Raimundo Curriculum Vitae Miguel Chaves Ribeiro Assis Raimundo Identificação: Lisboa, Março de 2012 Nome: Miguel Chaves Ribeiro Assis Raimundo Data de Nascimento: 14 de Dezembro de 1980 Nacionalidade: Portuguesa

Leia mais

ATIVIDADES DE COOPERAÇÃO 2014/2015. Cidade Universitária, Alameda da Universidade, 1649-014 Lisboa Tel. 217 984 600 Fax. 217 984 603 www.fd.ul.

ATIVIDADES DE COOPERAÇÃO 2014/2015. Cidade Universitária, Alameda da Universidade, 1649-014 Lisboa Tel. 217 984 600 Fax. 217 984 603 www.fd.ul. ATIVIDADES DE COOPERAÇÃO 2014/2015 Cidade Universitária, Alameda da Universidade, 1649-014 Lisboa Tel. 217 984 600 Fax. 217 984 603 www.fd.ul.pt PROGRAMA DE ATIVIDADES EM 2014/2015 I ANGOLA Em Cabinda

Leia mais

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO Coordenação Científica: Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, Prof. Doutora Carla Amado Gomes, Prof. Doutor João Miranda

Leia mais

2ª SESSÃO: O Sistema Constitucional Brasileiro e o Direito Eleitoral.

2ª SESSÃO: O Sistema Constitucional Brasileiro e o Direito Eleitoral. Disciplina: INSTITUIÇÕES DO SISTEMA ELEITORAL E DEMOCRACIA Regente: Prof. Dr. Roberto Carvalho Veloso Carga horária: 60h Número de créditos: 04 Semestre letivo: 2013 1-Ementa: O Sistema Constitucional

Leia mais

161342 - Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova 340613 - Escola Básica nº 2 de Condeixa-a-Nova Relação de Alunos

161342 - Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova 340613 - Escola Básica nº 2 de Condeixa-a-Nova Relação de Alunos : A 12 1 Adriana Beatriz Pinto Pereira Cortez S 13078 2 Ana Francisca Conceição Costa S 136 3 Ana Francisca Rodrigues Preces 1307 4 António José da Silva Loreto S 13084 Beatriz Moura Neves Beja Facas S

Leia mais

Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa I Curso de Extensão Universitária em Direito do Desporto 2010-2011 Coordenador científico Prof. Doutor José Manuel Meirim Coordenação Prof. Doutor José

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13008 10 E Técnico de Instalações Elétricas Carlos Jorge Oliveira Rodrigues Escola Secundária de São Pedro do Sul 13791 10 E Técnico de Instalações Elétricas Daniel dos Santos Rodrigues Escola Secundária

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13948 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Gabriela Pedro Fernandes Escola Básica n.º 2 de São Pedro do Sul 13933 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Júlia Capela Pinto Escola Básica n.º 2 de São Pedro do

Leia mais

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51 Nº Horário: 51 4625160693 Sofia Margarida Santos Ferreira Admitido 7197226139 Mónica Sofia Jesus Mateus Admitido 6392341730 Gonçalo Jorge Fernandes Rodrigues Fiúza Admitido 7816555741 Dora Maria Gonçalves

Leia mais

161718 - Agrupamento Escolas Castro Daire 343717 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Castro Daire. Relação de Alunos

161718 - Agrupamento Escolas Castro Daire 343717 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Castro Daire. Relação de Alunos 343717 - Escola Básica dos 2.º e 3.º s de Castro Daire Turma : A 1498 1 Ana Catarina Costa Esteves 14920 2 Ana Francisca da Silva Fernandes 16292 3 Beatriz Monteiro Andrade 14409 4 Camila Almeida Oliveira

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas Aviso n.º 6326/2003 (2.ª série). O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas faz publicar por círculos

Leia mais

Resultados do CORTA-MATO - DIA 11/11/2015

Resultados do CORTA-MATO - DIA 11/11/2015 Resultados do CORTA-MATO - DIA 11/11/2015 INFANTIL A - MASCULINO - 1000 metros Class. Dorsal Nome Escola 1º 168 NUNO CORDEIRO STª CLARA 2º 244 LUIS FERREIRA STª CLARA 3º 188 FRANCISCO SANTOS STª CLARA

Leia mais

Direcção Regional de Educação Lisboa 121216 - Agrupamento de Escolas de Santo António 402746 - Escola Básica 2, 3 com Secundário de Santo António

Direcção Regional de Educação Lisboa 121216 - Agrupamento de Escolas de Santo António 402746 - Escola Básica 2, 3 com Secundário de Santo António 20 / 20 Turma : A 6876 1 Ângelo Miguel Borges Pereira Saúde 7802 2 Cíntia Eliane Sanches Freire 7700 3 Daniel Alexandre Laximi Martins 674 4 Débora Soraia Alves Belmonte 671 Eliana Filipa da Conceição

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VOUZELA E CAMPIA ESCOLA BÁSICA DE CAMPIA MATEMÁTICA - 2013/2014 (3.º período) 2.º Ciclo - TABUADA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VOUZELA E CAMPIA ESCOLA BÁSICA DE CAMPIA MATEMÁTICA - 2013/2014 (3.º período) 2.º Ciclo - TABUADA 2.º Ciclo - TABUADA 1.ºs 6.º Ac 7 Fernando Miguel L. Fontes 100,0 6.º Ac 8 Francisca Vicente Silva 100,0 6.º Bc 2 Daniel Henriques Lourenço 99,6 3.ºs 5.º Bc 16 Simão Pedro Tojal Almeida 99,6 5.º Ac 10

Leia mais

II ENCONTRO INTER-ESCOLAS DE BRAGA DESPORTO ESCOLAR DE NATAÇÃO CLASSIFICAÇÕES

II ENCONTRO INTER-ESCOLAS DE BRAGA DESPORTO ESCOLAR DE NATAÇÃO CLASSIFICAÇÕES II ENCONTRO INTER-ESCOLAS DE BRAGA DESPORTO ESCOLAR DE NATAÇÃO CLASSIFICAÇÕES PROVA 25m Livres femininos Class Escola Nome Escalão Tempo Obs. EBS Vieira de Araújo Mariana Fonseca Infantis A 20:2 2 EBS

Leia mais

Escola Secundária Alfredo dos Reis Silveira

Escola Secundária Alfredo dos Reis Silveira 7º ano Nomes Escola de Origem IMPORTANTE Rodrigo Fernandes Neves Informa-se os novos alunos que devem acompanhar os Bruna Filipa Soares Farinha Encarregados de Educação afim de se poder tirar Brenda Renata

Leia mais

Ano Letivo 2014/2015 - Lista de manuais escolares adotados

Ano Letivo 2014/2015 - Lista de manuais escolares adotados 5.º Ano Páginas da 978-972-0-20659-6 Catarina Rosa Peralta, Porto, Lda. 18.55 180 Terra 5 - Maria Beleza Calhau, Ciências da Maria Fernanda Sousa Natureza Física Em movimento 978-989-23-1905-6 Avelino

Leia mais

(com Volodymyr Dubovyk) (eds.), Perceptions of NATO and the New Strategic Concept, Amesterdão, IOS Press, 2011, 120 pp. (ISBN: 978-1-60750-669-0).

(com Volodymyr Dubovyk) (eds.), Perceptions of NATO and the New Strategic Concept, Amesterdão, IOS Press, 2011, 120 pp. (ISBN: 978-1-60750-669-0). Luís Nuno Rodrigues é Doutorado em História Americana pela Universidade do Wisconsin e em História Moderna e Contemporânea (especialidade História das Relações Internacionais na Época Contemporânea) pelo

Leia mais

Torneio Sete Cidades Rabo de Peixe, 8-11-2014. Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 08-11-2014 Startlist

Torneio Sete Cidades Rabo de Peixe, 8-11-2014. Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 08-11-2014 Startlist Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 3 Henrique Silva Pereira 05 Clube Naval de Rabo de Peixe 57.46 4 Dinis da Silva Marques 04 Clube Naval de Ponta Delgada NT Prova 2 Femin., 50m Mariposa Absolutos Série

Leia mais

Escola/Agrupamento Docente que requereu avaliação Período Grupo Avaliador Escola a que pertence

Escola/Agrupamento Docente que requereu avaliação Período Grupo Avaliador Escola a que pertence OBSERVAÇÃO DE AULAS Ano Letivo 2012-2013 Escola/Agrupamento Docente que requereu avaliação Período Grupo Avaliador Escola a que pertence Albertina de Jesus Ferraz Gouveia 2012-2013 500 José Luís Valério

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA Porto Corpo Docente 2013-2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA Porto Corpo Docente 2013-2014 Corpo Docente 2013-2014 Nome Grau Regime de Vínculo Regime de Prestação de Serviços Alberto Francisco Ribeiro de Almeida Doutor Tempo Integral Contrato de prestação de serviço docente Alberto Jorge dos

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais CURRICULUM VITAE Dados Pessoais Nome: Nuno Ricardo Pereira Branco Data de Nascimento: 21-09-1979 Bilhete de Identidade n.º: 225276909 Estado Civil: Casado Contactos: Residência: Avenida dos Estados Unidos

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO DE ESTUDOS POLÍTICOS Curso de Licenciatura em Ciência Política

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO DE ESTUDOS POLÍTICOS Curso de Licenciatura em Ciência Política Programa I Introdução Razão de ser: a União Europeia (UE), o sistema político internacional e a geoestratégia da UE. O alargamento. O que é a UE. O factor democrático. Ideais, Valores, Princípios e Objectivos

Leia mais

CURSO: ANIMADOR SOCIOCULTURAL LISTA PROVISÓRIA DE ALUNOS SELECIONADOS

CURSO: ANIMADOR SOCIOCULTURAL LISTA PROVISÓRIA DE ALUNOS SELECIONADOS CURSO: ANIMADOR SOCIOCULTURAL Adriana da Conceição Palhares Lopes Alexandra Rodrigues Barbosa Ana Salomé Lopes Queirós Andreia Dias da Costa Bianca Patricia Gonçalves Ramos Carina Filipa Monteiro Rodrigues

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. SANCHO I. Escola EB 2,3 Dr. Nuno Simões. Ano letivo 2012-2013. AEC - Atividade Física e Desportiva.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. SANCHO I. Escola EB 2,3 Dr. Nuno Simões. Ano letivo 2012-2013. AEC - Atividade Física e Desportiva. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. SANCHO I Escola EB 2,3 Dr. Nuno Simões Ano letivo 2012-2013 AEC - Atividade Física e Desportiva Oferta nº 2384 Ordem Pontuação Nome do Docente 1 19 Joana Tavares da Rocha Melo

Leia mais

Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de

Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de Pós-Graduações e Mestrados Serviços de Gestão Académica Receção /

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOÃO PAULO FERNANDES REMÉDIO MARQUES

CURRICULUM VITAE JOÃO PAULO FERNANDES REMÉDIO MARQUES CURRICULUM VITAE JOÃO PAULO FERNANDES REMÉDIO MARQUES - Licenciatura em Direito, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (Portugal), em Julho de 1988. - Mestre em Direito pela Faculdade de Direito

Leia mais

PLANO DE CURSO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO

PLANO DE CURSO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento Programa de Pós-Graduação PLANO DE CURSO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO DISCIPLINA: Estudos Avançados em Direito

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14320023 ALEXANDRE VAZ MARQUES VASCONCELOS Colocado em 1105 Universidade do Porto - Faculdade de Engenharia 9897 Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geoambiente 13840715 ANA CLÁUDIA DIAS MARTINS

Leia mais

GONÇALO SARAIVA MATIAS

GONÇALO SARAIVA MATIAS GONÇALO SARAIVA MATIAS FUNÇÃO Assistente da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa. Membro do Conselho de Direção para as Relações Internacionais. CONTACTOS Tel. +351 217 214 170 Fax

Leia mais

Lista de Resultados da 6ª Fase de Seleção - Curso de Tripulante de Ambulância de Socorro - TAE-INEM 01/2015 NOTA 1ª F NOTA 2ª F

Lista de Resultados da 6ª Fase de Seleção - Curso de Tripulante de Ambulância de Socorro - TAE-INEM 01/2015 NOTA 1ª F NOTA 2ª F Lista de Resultados da ase de Seleção - Curso de Tripulante de Ambulância de Socorro - TAE-INEM 01/2015 106 2165 02291253122165975318 Abílio Fernando Bragança Milheiro 15,250 14,050 18,400 12,000 12,900

Leia mais

Curriculum Vitae. Eduardo Manuel Hintze da Paz Ferreira

Curriculum Vitae. Eduardo Manuel Hintze da Paz Ferreira Curriculum Vitae Eduardo Manuel Hintze da Paz Ferreira Professor Catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa (onde anteriormente foi Assistente, Professor Auxiliar e Professor Associado). Presidente

Leia mais

Notas Biográficas de Autores

Notas Biográficas de Autores Notas Biográficas de Autores Notas biográficas de autores 347 História. Revista da FLUP. Porto, IV Série, vol. 3-2013, 345-349 CHRISTIAN FAUSTO MORAES DOS SANTOS possui graduação em História e mestrado

Leia mais

> LISTA DE CANDIDATOS POR GRAU DE FORMAÇÃO (v5) Modalidade: Lohan Tao REGIME TRANSITÓRIO FORMAÇÃO COMPLEMENTAR

> LISTA DE CANDIDATOS POR GRAU DE FORMAÇÃO (v5) Modalidade: Lohan Tao REGIME TRANSITÓRIO FORMAÇÃO COMPLEMENTAR PROGRAMA NACONAL DE FORMAÇÃO DE TRENADORES REGME TRANSTÓRO FORMAÇÃO COMPLEMENTAR > LSTA DE CANDDATOS POR GRAU DE FORMAÇÃO (v5) Modalidade: Lohan Tao Dados fornecidos pela: Federação Portuguesa de Lohan

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14286394 ALBANO LUIS ANDRADE PEREIRA Não colocado 14388714 ANA BEATRIZ MARTINS MACHADO Colocada em 3133 9104 14371141 ANA CATARINA MOREIRA LEAL Colocada em 7003 14319342 ANA CATARINA SOUSA RIBEIRO Colocada

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE MACAU RELAÇÕES ECONÓMICAS REGIONAIS

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE MACAU RELAÇÕES ECONÓMICAS REGIONAIS FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE MACAU RELAÇÕES ECONÓMICAS REGIONAIS (Programa e bibliografia geral seleccionada) Revista em 05/11/2014 5.º Ano Ano Lectivo 2014/2015 Regente Rui Pedro de Carvalho

Leia mais

Sistemas Jurídicos Comparados. Programa e bibliografia principal

Sistemas Jurídicos Comparados. Programa e bibliografia principal Sistemas Jurídicos Comparados Programa e bibliografia principal Rui Pinto Duarte 2000/2001 PROGRAMA 1. Introdução ao Direito Comparado 1.1. Primeira aproximação à ideia de Direito Comparado 1.1.1. Observação

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL PARA APROVEITAMENTO DOS TEMPOS LIVRES DOS TRABALHADORES

INSTITUTO NACIONAL PARA APROVEITAMENTO DOS TEMPOS LIVRES DOS TRABALHADORES INSTITUTO NACIONAL PARA APROVEITAMENTO DOS TEMPOS LIVRES DOS TRABALHADORES DEPARTAMENTO DESPORTIVO DISTRITO DE LISBOA COMUNICADO N.º 29/08-DAD/DI/TIRO REGULAMENTARES (DESPORTOS INDIVIDUAIS) TIRO CACR,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO LICENCIATURA EM DIREITO (Língua Portuguesa) DIREITO E PROCESSO CRIMINAL (4.º Ano) COORDENADOR CIENTÍFICO: Professor Doutor Jorge de Figueiredo Dias ASSISTENTES:

Leia mais

Nº Escola : 145464. Nº Horário : 79. Nº Horas: 25. Tempo de Serviço antes da profissionalização. Data de Nascimento

Nº Escola : 145464. Nº Horário : 79. Nº Horas: 25. Tempo de Serviço antes da profissionalização. Data de Nascimento Nome da Escola : Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes, Portimão Nº Escola : 145464 Data final da candidatura : 2016-01-19 Nº Horário : 79 Grupo de Recrutamento: 110-1º Ciclo do Ensino Básico Nº

Leia mais

1-1ª Jornada 06-11-2010-16:00

1-1ª Jornada 06-11-2010-16:00 1-1ª Jornada 06-11-2010-16:00 Prova 1 Masc., 100m Estilos Cad B 06-11-2010-16:00 Resultados 1. Lucas Pereira BASTOS 00 Nautico/Matobra 1:25.91 206 2. Miguel Diogo AGOSTINHO 00 Fundacao Beatriz Santos 1:27.64

Leia mais

http://www.advocatus.pt/sociedade-de-advogados/9364-chambers-destacadesempenho-nacional-alem-fronteiras

http://www.advocatus.pt/sociedade-de-advogados/9364-chambers-destacadesempenho-nacional-alem-fronteiras http://www.advocatus.pt/sociedade-de-advogados/9364-chambers-destacadesempenho-nacional-alem-fronteiras Chambers destaca desempenho nacional além-fronteiras A edição de 2014 da Chambers Global destaca

Leia mais

www.coimbraeditora.net www.livrariajuridica.com

www.coimbraeditora.net www.livrariajuridica.com COIMBRA EDITORA STAND A56 pág. 20-05-2016 1 35.º ANIVERSÁRIO DA CONSTITUIÇÃO DE 1976 VOLUME I ISBN 978-972-32-2006-3 Coimbra Editora 2012-1ª. Ed. - 192 págs. 35.º ANIVERSÁRIO DA CONSTITUIÇÃO DE 1976 VOLUME

Leia mais

Curriculum Vitæ JOSÉ DUARTE COIMBRA

Curriculum Vitæ JOSÉ DUARTE COIMBRA Curriculum Vitæ JOSÉ DUARTE COIMBRA José Duarte Videira Lopes Metelo Coimbra Viseu 10 de Agosto de 1991 Rua Luís de Freitas Branco, 38, 6.º Esq., 1600-490 Lisboa 916598513 217588252 joseduartecoimbra@gmail.com

Leia mais

I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO. Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI. 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS)

I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO. Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI. 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS) I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS) Auditório A da FDUNL 3ªs e 5ªs feiras 17.00h/20.00h O tempo de Verão não é apenas

Leia mais

Licenciatura em Filosofia, na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (UCP), em Lisboa, 1988.

Licenciatura em Filosofia, na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (UCP), em Lisboa, 1988. José Octávio Serra Van-Dúnem Data de Nascimento:30/Agosto/1962 Habilitações Literárias: Doutor em Ciências Humanas: Sociologia, pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ/IESP),

Leia mais

Quadro Competitivo Xadrez CAE - Round 5

Quadro Competitivo Xadrez CAE - Round 5 List of Players Quadro Competitivo Xadrez CAE - Round 5 No Name Feder Club 1. Alexandre Aranda, Ini Conservatório de Música 2. Alexandre Alves, InfA Conservatório de Música 3. Alexandre Magalhães, InfA

Leia mais

Encontro de Ciência em Portugal

Encontro de Ciência em Portugal CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS laboratório associado Encontro de Ciência em Portugal 2 a 4 de Julho de 2008 Fundação Calouste Gulbenkian Lisboa www.ces.uc.pt CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS laboratório associado

Leia mais

PROMOVER O CONHECIMENTO NA E DA ADMINISTRAÇÃO Com o apoio:

PROMOVER O CONHECIMENTO NA E DA ADMINISTRAÇÃO Com o apoio: 21 DE NOVEMBRO DE 2011 8H00-9H30 RECEPÇÃO DOS PARTICIPANTES 9H30-10H00 ABERTURA (AUDITÓRIO) HÉLDER ROSALINO, SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FRANCISCO RAMOS, PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês

Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês Lista dos Aprovados - Ensino do Inglês Nº de Oferta Ordem Pontuação Nome do Docente 2216 1 100 Cidália Maria Faria Mendes de Sousa 2216 2 100 Mariana Borges Dias Moreira 2216 3 100 Marta Raquel Cardoso

Leia mais