2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada."

Transcrição

1 PROGRAMA DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E SEGURANÇA 1. Apresentação A Fundação Direito e Justiça e o Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, em parceria, com a Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa promovem o Curso de Pós-Graduação em Direito e Segurança que visa proporcionar um conhecimento aprofundado das questões atinentes à segurança em diferentes domínios político, geoestratégico e jurídico Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada Objectivos Específicos: Estudar, sob um prisma geoestratégico, os desafios que a nova configuração internacional traz para a segurança individual e colectiva dos Estados; Analisar a concepção de uma ordem jurídica internacional e regional destinada a fazer face aos novos desafios impostos pela criminalidade organizada e pelo uso da força; Promover discussões aprofundadas sobre segurança e direitos fundamentais à luz da Constituição da República de Cabo Verde; Conhecer aprofundadamente o exercício do jus puniendi nos crimes atentatórios à segurança e preservação do Estado de Direito Democrático; Analisar a ordem jurídica interna e as respostas institucionais delineadas para o domínio específico da segurança nacional. 3. Destinatários: Licenciados ou possuidores de diplomas equiparados, em especial, em Direito, Relações Internacionais, Ciência Política, Sociologia, Ciências Policiais, Comunicação Social, bem como diplomatas, políticos, Oficiais superiores e responsáveis militares, das forças de segurança e dos órgãos de polícia criminal ou servidores civis das forças armadas ou do sector da defesa nacional. 4. Características Gerais do Curso: 4.1. Duração do Curso: 24 semanas (aproximadamente) 4.2. Carga Horária: 125 horas 4.3. Número de Disciplinas: 38 disciplinas (2 a 3 horas/aula cada)

2 5. Estrutura Modular e Disciplinas * : MÓDULO I: GEOESTRATÉGIA E SEGURANÇA Novas Ameaças e Segurança Internacional 3 General Loureiro dos 4 a 8 de Segurança e Cooperação Internacional 3 General Loureiro dos 4 a 8 de Segurança e Seguranças 3 General Loureiro dos 4 a 8 de Globalização e Políticas de Segurança 3 José Anes 9 a 13 de Jul. Islamismo e as suas Diversas Correntes 2 José Anes 9 a 13 de Jul. Islamismo Radical na África Ocidental 2 José Anes 9 a 13 de Jul. Defesa Nacional e Conceito Estratégico de Defesa Nacional Geoestratégia e Estados Pequenos e Insulares: o Caso de Cabo Verde Total 22 3 Coronel Antero Matos 3.ª Semana de 3 Manuel Amante da Rosa 3.ª Semana de MÓDULO II: CONSTITUIÇÃO E SEGURANÇA Fundamentos de Direito Constitucional 2 Carlos Veiga 18 a 22 de Tarefas do Estado de Direito Democrático e 3 Carlos Veiga 18 a 22 de Segurança A Constituição Internacional e Segurança 3 Carlos Veiga 18 a 22 de Direitos Fundamentais e Segurança 3 Jorge Bacelar de Gouveia 25 a 29 de Constituição e Defesa Nacional 3 Jorge Bacelar de Gouveia 25 a 29 de Defesa da Constituição e Segurança 3 Jorge Bacelar de Gouveia 25 a 29 de Constituição Penal e Segurança 3 Jorge Carlos Fonseca 2.ª semana de Total 20 * Calendário definitivo a ser distribuído.

3 MÓDULO III: ORDEM JURÍDICA INTERNACIONAL E SEGURANÇA Fundamentos e Fontes do Direito Internacional 2 José Pina Delgado 1.ª a 3.ª Semana de Sistema Internacional de Segurança 3 José Luís de Jesus 1.ª a 3.ª Semana de Operações Militares das Nações Unidas 3 José Luís de Jesus 1.ª a 3.ª Semana de Sistemas Regionais Europeus de Segurança: 3 José Luís de Jesus 1.ª a 3.ª Semana de NATO e EU Uso da Força no Direito Internacional Sistema Regional e Sub-Regional Africano de Segurança: União Africana e CEDEAO Terrorismo, Criminalidade Organizada e Direito Internacional Regime Jurídico Internacional do Controlo de Armas de Destruição Massiva Total 23 MÓDULO IV: CIÊNCIAS CRIMINAIS E SEGURANÇA Direito Penal e Direito Processual Penal: Uma Introdução Geral 2 Jorge Carlos Fonseca Última Semana de Informações e Segurança 3 Arménio Ferreira Última Semana de Investigação Criminal e Segurança 3 Arménio Ferreira Última Semana de Processo Penal e Segurança 3 Jorge Carlos Fonseca Última Semana de Crimes contra a Ordem Internacional 3 Helena Morão 2.ª Semana de Crimes contra a Segurança Colectiva 3 Helena Morão 2.ª Semana de Crimes contra a Soberania e Independência 3 Helena Morão 2.ª Semana de Crimes contra as Instituições e os Valores do Estado de Direito Democrático Total 23 3 Helena Morão 2.ª Semana de

4 MÓDULO V: SISTEMA ORGÂNICO E FUNCIONAL DA SEGURANÇA Forças Armadas 3 Coronel Antero Matos Última Semana de Polícia Judiciária 3 Óscar Tavares Última Semana de Polícia Nacional 3 Carlos Graça Última Semana de Serviços de Estrangeiros e Fronteiras e Polícia Marítima em Especial 3 Mário Silva 1.ª Semana de Sistema da Informação da República 3 Mário Silva 1.ª Semana de Serviço Nacional de Protecção Civil 3 Mário Silva 1.ª Semana de Inspecção da Polícia 3 Mário Silva 1.ª Semana de Total 21 Limite para Apresentação de Trabalhos 90 dias após o término das aulas 6. Corpo Docente: 6.1. Professores Estrangeiros: General Loureiro dos ex-ministro da Defesa e ex-chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas de Portugal, especialista em matérias estratégicas de defesa e segurança Jorge Bacelar Gouveia Professor da Universidade Nova de Lisboa, Doutor em Direito, especialista em Direito Constitucional e Direito Internacional Público Arménio Ferreira Mestre em Direito, ex-director-geral do Serviço de Informações de Segurança José Manuel Anes Professor da Universidade Nova de Lisboa, Vice-Presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, especialista em violência religiosa e criminalística Helena Morão Assistente Graduada da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Mestre em Ciências Criminais, 6.2. Professores Nacionais: Jorge Carlos Fonseca Mestre em Direito; Advogado e jurisconsulto; Ex-Ministro dos Negócios Estrangeiros; presidiu às comissões de reforma penal e processual penal em Cabo Verde. Professor da Licenciatura em Direito do Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais e Professor Convidado na Univ. Piaget de Cabo Verde; especialista em Direito Penal e Direito Processual Penal. Carlos Veiga Advogado; ex-primeiro Ministro e Ministro da Defesa; ex- Bastonário da Ordem dos Advogados de Cabo Verde; Professor Convidado na Univ. Piaget.

5 José Pina Delgado Mestre em Direito; Pós-Graduado em Filosofia Moral e Política; Professor da Licenciatura em Direito do Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais; especialista em Direito Internacional Público e Segurança Internacional. Mário Silva Mestre em ciências jurídico-políticas; Advogado e consultor; ex- Ministro da Administração Interna; Professor da Licenciatura em Direito do Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais e Professor Convidado na Univ. Piaget de Cabo Verde; especialista em Direito Constitucional, Direito Administrativo e Direito Eleitoral. José Luís Jesus Mestre em Direito; diplomata de carreira; ex- Ministro dos Negócios Estrangeiros; Juiz do Tribunal Internacional do Direito do Mar. Coronel Antero Matos Coronel das Forças Armadas, Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas. Manuel Amante da Rosa Ministro Plenipotenciário, Director do Centro de Estudos Internacionais do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades. Carlos Graça Director Nacional da Polícia Nacional. Óscar Tavares Director da Polícia Judiciária, Magistrado de Carreira. 7. Normas de Admissão: Ver: Regulamento 8. Normas de Avaliação: Ver: Regulamento

FACULDADE DE DIREITO

FACULDADE DE DIREITO FACULDADE DE DIREITO FACULDADE DE DIREITO SUMÁRIO A. Mestrado e Pós-Graduação em Direito em Língua Chinesa Língua veicular: Língua Chinesa Área de especialização: Variante em Ciências Jurídicas B. Mestrado

Leia mais

Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português

Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português Lei n.º 40/2006, de 25 de Agosto A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: SECÇÃO I Princípios

Leia mais

Mestrados ENSINO PÚBLICO. 1-ISCTE Instituto Universitário de Lisboa

Mestrados ENSINO PÚBLICO. 1-ISCTE Instituto Universitário de Lisboa Mestrados ENSINO PÚBLICO 1-ISCTE Instituto Universitário de Lisboa *Mestrado em Ciência Política O mestrado em Ciência Política tem a duração de dois anos, correspondentes à obtenção 120 créditos ECTS,

Leia mais

Mestrados ENSINO PÚBLICO. 1. ISCTE Instituto Universitário de Lisboa

Mestrados ENSINO PÚBLICO. 1. ISCTE Instituto Universitário de Lisboa Mestrados ENSINO PÚBLICO 1. ISCTE Instituto Universitário de Lisboa Mestrado em Ciência Política O mestrado em Ciência Política tem a duração de dois anos, correspondentes à obtenção 120 créditos ECTS,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIREITO PROCESSUAL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIREITO PROCESSUAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIREITO PROCESSUAL Objetivo Geral O Curso de Pós-graduação lato sensu em objetiva instrumentalizar capacidades e habilidades, em nível de especialização, para os agentes jurídicos

Leia mais

Segurança e Defesa em Portugal e na Europa

Segurança e Defesa em Portugal e na Europa Palestra para a divulgação no Dia de Defesa Nacional sobre Segurança e Defesa em Portugal e na Europa Carlos R. Rodolfo, Calm (Ref.) Presidente da AFCEA Portugal Proferida no MDN em 02 Set 2011 1 AGENDA

Leia mais

2º CONGRESSO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

2º CONGRESSO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL PROGRAMA DO 2º CONGRESSO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL ORGANIZAÇÃO: Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária (ASFIC/PJ) Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Leia mais

DIREITO DA SEGURANÇA PRIVADA CURSO DE ATUALIZAÇÃO

DIREITO DA SEGURANÇA PRIVADA CURSO DE ATUALIZAÇÃO DIREITO DA SEGURANÇA PRIVADA CURSO DE ATUALIZAÇÃO Natureza da formação: Curso de atualização Carga horária: 40 horas presenciais Distribuição: 5.ª feira e 6.ª feira, das 8H00 às 0H00, e sábados, das 0H00

Leia mais

PROPIEDADE INTELECTUAL NA INTERNET

PROPIEDADE INTELECTUAL NA INTERNET PROPIEDADE INTELECTUAL NA INTERNET Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa 2 de dezembro (09h-14h) Carlos Guervós Maíllo (Moderador) Subdirector General de Propiedad Intelectual (Secretaría de Estado de Cultura)

Leia mais

GONÇALO SARAIVA MATIAS

GONÇALO SARAIVA MATIAS GONÇALO SARAIVA MATIAS FUNÇÃO Assistente da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa. Membro do Conselho de Direção para as Relações Internacionais. CONTACTOS Tel. +351 217 214 170 Fax

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Competência da Justiça Militar Paulo Tadeu Rodrigues Rosa* A Justiça Militar é um dos órgãos do Poder Judiciário, com previsão constitucional e Lei de Organização Judiciária que

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO I - QUALIFICAÇÕES ACADÉMICAS 1. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1976, com a classificação final de 15 valores. 2. Pós-graduado

Leia mais

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59 CURRICULUM VITAE NOME - JOSÉ MIGUEL SARDINHA DATA DE NASCIMENTO - 15/09/59 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - LICENCIADO EM DIREITO PELA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA (1984). 13 valores.grau de Mestre em Direito

Leia mais

Síntese da Cooperação Bilateral com São Tomé e Príncipe na área da Justiça

Síntese da Cooperação Bilateral com São Tomé e Príncipe na área da Justiça Síntese da Cooperação Bilateral com São Tomé e Príncipe na área da Justiça Fevereiro 2015 SÍNTESE DA COOPERAÇÃO BILATERAL COM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE NA ÁREA DA JUSTIÇA O Ministério da Justiça tem apoiado,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS E DIREITO À PRIVACIDADE ANO LECTIVO: 2014/2015 2ª EDIÇÃO

PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS E DIREITO À PRIVACIDADE ANO LECTIVO: 2014/2015 2ª EDIÇÃO Página1 PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS E DIREITO À PRIVACIDADE ANO LECTIVO: 2014/2015 2ª EDIÇÃO COORDENAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO: Doutora Ana Roque, UAL e CNPD OBJETIVOS: Proporcionar

Leia mais

Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais

Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais Coordenadores: Professores Doutores Fausto de Quadros, Luís Pereira Coutinho e Lourenço Vilhena de Freitas Duração: Início no dia 17 de Maio Dias de leccionação:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Políticas de Segurança 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

1) FUNDAMENTOS: SOCIDIVAPLU

1) FUNDAMENTOS: SOCIDIVAPLU A palavra mnemônica provém do termo grego menmóne, que significa recordação. Pode se aplicar a qualquer técnica de memorização. Mesmo assim, é mais utilizada para designar técnicas baseadas em palavras,

Leia mais

Manuel Luís Macaísta Malheiros

Manuel Luís Macaísta Malheiros Curriculum Vitae Manuel Luís Macaísta Malheiros Dados Pessoais Data de Nascimento: 27 de Agosto de 1940 Estado Civil: Casado Nacionalidade: Portuguesa Situação actual Inscrito como advogado na lista de

Leia mais

Prof. Doutor Jorge Bacelar Gouveia

Prof. Doutor Jorge Bacelar Gouveia Lisboa, 27 de Janeiro de 2008 Prezado Colega: Por minha iniciativa, desde logo aceite pela Universidade Lusíada de Lisboa, de que sou professor, e em parceria com o Instituto Português de Direito Público,

Leia mais

NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961. ESTADO CIVIL: Casado

NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961. ESTADO CIVIL: Casado NOME: José António van der Kellen NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961 ESTADO CIVIL: Casado MORADA PROFISSIONAL: Direcção Regional de Lisboa, Vale do Tejo e Alentejo Av. António Augusto

Leia mais

CURRICULUM VITAE DE JAIME RUI DRUMMOND LEITÃO DO VALLE

CURRICULUM VITAE DE JAIME RUI DRUMMOND LEITÃO DO VALLE CURRICULUM VITAE DE JAIME RUI DRUMMOND LEITÃO DO VALLE Curriculum Vitae de Jaime Rui Drummond Leitão do Valle DADOS PESSOAIS Data de nascimento: 10 de Julho de 1968 Naturalidade: Lisboa Nacionalidade:

Leia mais

Inscrição. Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência.

Inscrição. Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência. Inscrição Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência. As inscrições são limitadas ao número de 30. Preço da inscrição 25 000$00

Leia mais

CURRICULUM VITAE de Joaquim Pedro Formigal Cardoso da Costa (Dezembro de 2011)

CURRICULUM VITAE de Joaquim Pedro Formigal Cardoso da Costa (Dezembro de 2011) CURRICULUM VITAE de Joaquim Pedro Formigal Cardoso da Costa (Dezembro de 2011) 0. Dados pessoais - Nasceu em 17 de Janeiro de 1965, em Coimbra, na freguesia da Sé Nova, concelho e distrito de Coimbra;

Leia mais

Curso de Direito da Comunicação Social

Curso de Direito da Comunicação Social Curso de Direito da Comunicação Social Coordenação Científica: Prof. Doutor Blanco de Morais, Prof.ª Doutora Maria Luísa Duarte e 1.ª Sessão 21 Fevereiro 2013 (Quinta-feira) 18h00m Conferência Inaugural

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

www.ualdireitopl.home.sapo.pt

www.ualdireitopl.home.sapo.pt UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA 1º ANO JURÍDICO CIÊNCIA POLÍTICA E DIREITO CONSTITUCIONAL Regente: Prof. Doutor J.J. Gomes Canotilho Docente aulas teóricas: Prof. Doutor Jonatas Machado Docente aulas práticas:

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO

PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO A Faculdade de Direito da Universidade Federal de Juiz de Fora apresenta o curso de pós-graduação lato sensu em Direito Público. Professores das principais universidades

Leia mais

PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP

PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP PAZ, FRAGILIDADE E SEGURANÇA A AGENDA PÓS-2015 E OS DESAFIOS À CPLP 7 Maio 10 Horas NÚCLEO DE ESTUDANTES DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS ORGANIZAÇÃO: COM A PARTICIPAÇÃO: Paz, Fragilidade e Segurança A A G E

Leia mais

VERSÃO APROVADA Tradução de cortesia ANEXO 4

VERSÃO APROVADA Tradução de cortesia ANEXO 4 ANEXO 4 RELATÓRIO PRELIMINAR DO CEED AO CONSELHO DE DEFESA SUL- AMERICANO SOBRE OS TERMOS DE REFERÊNCIA PARA OS CONCEITOS DE SEGURANÇA E DEFESA NA REGIÃO SUL- AMERICANA O é uma instância de conhecimento

Leia mais

14h30 16:30: Serviços Postais: Serviço Postal Universal. Liberalização. Privatização. Concessão (Dra. Maria da Graça Carvalho)

14h30 16:30: Serviços Postais: Serviço Postal Universal. Liberalização. Privatização. Concessão (Dra. Maria da Graça Carvalho) PROGRAMA 20 de outubro 09h30 09h50: Sessão de Abertura e Introdução (Dr. João Caboz Santana) 09h50 11h00: Informática, Estado, Administração Pública e Cooperação Internacional (Prof. Doutor Miguel Mira

Leia mais

COMUNICADO FINAL. XXIXª Comissão Bilateral Permanente Washington 5 de Maio de 2011

COMUNICADO FINAL. XXIXª Comissão Bilateral Permanente Washington 5 de Maio de 2011 COMUNICADO FINAL XXIXª Comissão Bilateral Permanente Washington 5 de Maio de 2011 Na 29ª reunião da Comissão Bilateral Permanente Portugal-EUA, que se realizou em Washington, a 5 de Maio de 2011, Portugal

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE CONSELHEIRO LAFAIETE FDCL,

FACULDADE DE DIREITO DE CONSELHEIRO LAFAIETE FDCL, Especialização: Direito Penal Ênfase: Segurança Pública PÓS-GRADUAÇÃO 2012 A FACULDADE DE DIREITO DE CONSELHEIRO LAFAIETE FDCL, Instituição de Ensino Superior, aprovada pelo Decreto Estadual n. 73.815,

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO REGULAMENTAÇÃO Resolução CNE/CES nº 1/2007, Diário Oficial da União, Brasília, 08/06/2007, Seção 1, pág. 9 Estabelece normas para o funcionamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS POLICIAIS E SEGURANÇA INTERNA DELIBERAÇÃO

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS POLICIAIS E SEGURANÇA INTERNA DELIBERAÇÃO MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS POLICIAIS E SEGURANÇA INTERNA DELIBERAÇÃO Ao abrigo do artigo 45.º, n.º 1, alíneas a) e c), do Regime dos

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL PARA A PREVENÇÃO E A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE MIGRANTES.

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL PARA A PREVENÇÃO E A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE MIGRANTES. Decreto n.º 42/2003 de 20 de Setembro Acordo entre a República Portuguesa e a República Federativa do Brasil para a Prevenção e a Repressão do Tráfico Ilícito de Migrantes, assinado em Lisboa em 11 de

Leia mais

Decreto n.º 51/98 Protocolo Adicional ao Acordo Judiciário entre Portugal e São Tomé e Príncipe, assinado em Luanda em 18 de Julho de 1997

Decreto n.º 51/98 Protocolo Adicional ao Acordo Judiciário entre Portugal e São Tomé e Príncipe, assinado em Luanda em 18 de Julho de 1997 Decreto n.º 51/98 Protocolo Adicional ao Acordo Judiciário entre Portugal e São Tomé e Príncipe, assinado em Luanda em 18 de Julho de 1997 Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 197.º da Constituição,

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

Curriculum Vitae -1-

Curriculum Vitae -1- -1- Curriculum Vitae Licenciatura em Direito, pela Cooperativa de Ensino Universidade Lusíada, com média final de curso de 14 valores. Licenciatura iniciada no ano lectivo de 1996/1997, concluída em 2000/2001.

Leia mais

Ernâni Rodrigues Lopes Curriculum Vitae

Ernâni Rodrigues Lopes Curriculum Vitae Ernâni Rodrigues Lopes Curriculum Vitae Dados pessoais: Nasceu em Lisboa, 1942, casado, 9 netos Faleceu em Lisboa, 2.Dez.2010 Habilitações Académicas e Profissionais: Licenciado em Economia (ISCEF, Universidade

Leia mais

CABO VERDE PROGRAMA DE APOIO AO SECTOR DA JUSTIÇA 2009

CABO VERDE PROGRAMA DE APOIO AO SECTOR DA JUSTIÇA 2009 CABO VERDE PROGRAMA DE APOIO AO SECTOR DA JUSTIÇA 2009 CO-FINANCIADO PELO INSTITUTO PORTUGUÊS DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO (IPAD) A. FORMAÇÃO 1) Formação de Magistrados no CEJ Inicial Realiza-se anualmente

Leia mais

Ministério da Comunicação Social

Ministério da Comunicação Social Ministério da Comunicação Social Decreto Executivo Nº 80 /2007 de 2 de Julho Convindo regulamentar o funcionamento do Gabinete de Intercâmbio Internacional do Ministério da Comunicação Social; Nestes termos,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO ELEITORAL

Leia mais

I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO. Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI. 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS)

I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO. Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI. 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS) I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS) Auditório A da FDUNL 3ªs e 5ªs feiras 17.00h/20.00h O tempo de Verão não é apenas

Leia mais

Decreto-Lei n.º 190/2003 de 22 de Agosto

Decreto-Lei n.º 190/2003 de 22 de Agosto Decreto-Lei n.º 190/2003 de 22 de Agosto Pela Lei n.º 93/99, de 14 de Julho, a Assembleia da República aprovou o diploma que regula a aplicação de medidas para protecção de testemunhas em processo penal,

Leia mais

CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO. Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974.

CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO. Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974. 1 CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO ESTUDOS E GRAUS ACADÉMICOS Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974. Concluiu a licenciatura em

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS ENFAM FUNDAMENTAÇÃO CONSTITUCIONAL

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS ENFAM FUNDAMENTAÇÃO CONSTITUCIONAL 1 ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS ENFAM FUNDAMENTAÇÃO CONSTITUCIONAL No tocante à composição e gestão da Enfam (art. 105, parágrafo único, I): Funcionarão junto ao Superior

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2013/2014 ECONOMIA E POLÍTICA DE TRANSPORTES WWW.IDEFE.PT PÁG. 1

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2013/2014 ECONOMIA E POLÍTICA DE TRANSPORTES WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 PÓS-GRADUAÇÃO ECONOMIA E POLÍTICA DE TRANSPORTES 2013/2014 ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 ECONOMIA E POLÍTICA DE TRANSPORTES 1ª EDIÇÃO COORDENAÇÃO CIENTÍFICA E DIREÇÃO EXECUTIVA Prof. Doutor

Leia mais

20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro

20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro 20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro DADOS PESSOAIS NOME: Luiz Vicente Cernicchiaro FILIAÇÃO: Vicente Cernicchiaro e Anna Maria Lopes Cernicchiaro DATA DE NASCIMENTO: 2/11/1929 LOCAL DE NASCIMENTO:

Leia mais

RESOLUÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N

RESOLUÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N RESOLUÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N.º 14/2006 APROVA, PARA RATIFICAÇÃO, O TRATADO DE AMIZADE, BOA VIZINHANÇA E COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA E POPULAR DA ARGÉLIA,

Leia mais

DADOS PESSOAIS NOTA CURRICULAR

DADOS PESSOAIS NOTA CURRICULAR DADOS PESSOAIS Nome : SOFIA DE SEQUEIRA GALVÃO Data de nascimento : 06.ABR.1963 Naturalidade : Lisboa Nacionalidade : Portuguesa Estado Civil : Divorciada 1 Advocacia NOTA CURRICULAR Sócia da Sérvulo Correia

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome BRUTO DA COSTA, MARIA HELENA Morada Escritório Nº 6, 5º, Avenida Rovisco Pais, 1000-268 Lisboa, Portugal Telefone Escritório: 21 847 79 49; Correio

Leia mais

META 4. LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos.

META 4. LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos. META 4 LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CRFB/88, arts. 6 o 17; Doutrina: Direitos sociais; Nacionalidade; Direitos Políticos e Partidos Políticos. EXERCÍCIO 1. (FGV - 2008 - Senado Federal - Policial Legislativo

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DA JUSTIÇA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DECRETO-LEI Nº.12/2008 30 de Abril ESTATUTO ORGÂNICO DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA O Decreto-Lei nº 7/2007, de 5 de Setembro, relativo à estrutura

Leia mais

O Mandado de Detenção Europeu. José Luís Lopes da Mota Presidente da Eurojust Membro Nacional de Portugal

O Mandado de Detenção Europeu. José Luís Lopes da Mota Presidente da Eurojust Membro Nacional de Portugal O Mandado de Detenção Europeu José Luís Lopes da Mota Presidente da Eurojust Membro Nacional de Portugal Contexto Tratado de Amesterdão (1999) Tratado da União Europeia Objectivo da União Europeia: a criação

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia

Ministério da Ciência e Tecnologia Ministério da Ciência e Tecnologia Decreto n.º4/01 De 19 de Janeiro Considerando que a investigação científica constitui um pressuposto importante para o aumento da produtividade do trabalho e consequentemente

Leia mais

XV CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DOS VALORES MOBILIÁRIOS (ANO LECTIVO 2010/2011)

XV CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DOS VALORES MOBILIÁRIOS (ANO LECTIVO 2010/2011) XV CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DOS VALORES MOBILIÁRIOS (ANO LECTIVO 2010/2011) Out. 26 Interesse social, dever de lealdade e responsabilidade dos sócios por deliberações abusivas Prof. Doutor Manuel

Leia mais

13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP)

13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) 13ª REUNIÃO DOS CHEFES DE ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS DOS PAÍSES MEMBROS DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) DECLARAÇÃO FINAL (MAPUTO, 20 e 21 de Abril de 2011) Em conformidade

Leia mais

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA Por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP e das associações empresariais dos PALOP, realizou-se em Luanda, República de Angola, a 17 de Julho de 2014, o Fórum

Leia mais

Admitida a doutoramento subordinado ao tema da Responsabilidade Criminal de Entidades Coletivas.

Admitida a doutoramento subordinado ao tema da Responsabilidade Criminal de Entidades Coletivas. TERESA SERRA Data e Local de Nascimento: 1948, Porto Cédula Profissional: 5717L E-mail: ts@servulo.com HABILITAÇÕES LITERÁRIAS Admitida a doutoramento subordinado ao tema da Responsabilidade Criminal de

Leia mais

mestrados guia (2º ciclo) www.fd.ulisboa.pt

mestrados guia (2º ciclo) www.fd.ulisboa.pt mestrados (2º ciclo) guia 2015 www.fd.ulisboa.pt faculdade de direito qualidade, investigação e vocação prática a faculdade de direito da universidade de lisboa é uma instituição centenária, que promove

Leia mais

COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE AS RELAÇÕES DE COOPERAÇÃO ENTRE CABO VERDE, PORTUGAL E A EUROPA, EM MATÉRIA DE SEGURANÇA CONCLUSÕES

COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE AS RELAÇÕES DE COOPERAÇÃO ENTRE CABO VERDE, PORTUGAL E A EUROPA, EM MATÉRIA DE SEGURANÇA CONCLUSÕES COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE AS RELAÇÕES DE COOPERAÇÃO ENTRE CABO VERDE, PORTUGAL E A EUROPA, EM MATÉRIA DE SEGURANÇA CONCLUSÕES APRESENTADAS PELA: DR.ª MARIA DO CÉU MADEIRA, Permitam-me, antes de dar

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DO PORTO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES FACULDADE DE DIREITO 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DO PORTO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES FACULDADE DE DIREITO 2012/2013 UNIVERSIDADE LUSÍADA DO PORTO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES FACULDADE DE DIREITO 2012/2013 O Direito do Trabalho em Tempo de Turbulência II Jornadas de Direito do Trabalho / 2 Outubro 2012

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Relações Internacionais 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

OS TRIBUNAIS E O MINISTÉRIO PÚBLICO

OS TRIBUNAIS E O MINISTÉRIO PÚBLICO OS TRIBUNAIS E O MINISTÉRIO PÚBLICO Art.º 202º da Constituição da República Portuguesa «1. Os tribunais são órgãos de soberania com competência para Administrar a justiça em nome do povo. (...)» A lei

Leia mais

PROJECTO DE PROGRAMA DIÁLOGO JUDICIAL CONTINENTAL COM OS APARELHOS JUDICIÁRIOS NACIONAIS. Nexo entre a Justiça Nacional e Internacional

PROJECTO DE PROGRAMA DIÁLOGO JUDICIAL CONTINENTAL COM OS APARELHOS JUDICIÁRIOS NACIONAIS. Nexo entre a Justiça Nacional e Internacional PROJECTO DE PROGRAMA DO DIÁLOGO JUDICIAL CONTINENTAL COM OS APARELHOS JUDICIÁRIOS NACIONAIS Nexo entre a Justiça Nacional e Internacional 4-6 DE NOVEMBRO DE 2015 ARUSHA A REPÚBLICA UNIDA DA TANZÂNIA (Versão

Leia mais

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais.

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais. TRE-MT ANALIS. JUD. ADM CESPE 9. Assinale a opção correta com relação aos órgãos da justiça eleitoral. a) A justiça eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), pelo TRE, na capital de

Leia mais

DADOS BIOGRÁFICOS. Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro. Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação de Coimbra

DADOS BIOGRÁFICOS. Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro. Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação de Coimbra DADOS BIOGRÁFICOS Nome: Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro Data de Nascimento: 03 de Março de 1970 Estado Civil: Solteira Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação

Leia mais

Dados Pessoais. Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt

Dados Pessoais. Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt I Dados Pessoais JOÃO PEDRO OLIVEIRA DE MIRANDA Nascido a 28 de Agosto de 1972 Natural de Lisboa Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt 1 II Dados Curriculares 1. Ocupações actuais

Leia mais

Curriculum Vitae. I Informações Pessoais. Nome: Teresa Maria de Moura Anjinho Tomás Ruivo. Estado Civil: Casada. Nacionalidade: Portuguesa

Curriculum Vitae. I Informações Pessoais. Nome: Teresa Maria de Moura Anjinho Tomás Ruivo. Estado Civil: Casada. Nacionalidade: Portuguesa Curriculum Vitae Teresa Anjinho Avenida 25 de Abril 1097 6.º D 2750-515 Cascais - Portugal Telem.: (+351) 96 634 54 40 Tel.: (+351) 21 4845604 E.mail: tanjinho74@hotmail.com; tma@fd.unl.pt I Informações

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO

CURRICULUM VITAE JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO PROF. DOUTOR J. OLIVEIRA ASCENSÃO CURRICULUM VITAE DE JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO Professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa e advogado, nascido em Luanda a 13 de Novembro de 1932 PROF. DOUTOR

Leia mais

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL 1. CONHECIMENTOS GERAIS 1.1. LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e intelecção de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia

Leia mais

REPÚBLICA ÁRABE SÍRIA MINISTÉRIO DA INFORMAÇÃO. Ministério da Informação

REPÚBLICA ÁRABE SÍRIA MINISTÉRIO DA INFORMAÇÃO. Ministério da Informação REPÚBLICA ÁRABE SÍRIA MINISTÉRIO DA INFORMAÇÃO O Ministério da Informação da República Árabe Síria expressa seus protestos de alta estima e consideração a Vossa Excelência e anexa ao presente texto a Declaração

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013.

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013. ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013. Dispõe sobre o curso oficial para ingresso, o curso de formação

Leia mais

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 Polícia Civil do Estado do Sergipe PC-SE Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS GERAIS LINGUA PORTUGUESA 1 Compreensão de textos. 2 Denotação e conotação...

Leia mais

DADOS PESSOAIS. Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros. Data e local de nascimento: 1963, Lisboa. Nacionalidade: Portuguesa

DADOS PESSOAIS. Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros. Data e local de nascimento: 1963, Lisboa. Nacionalidade: Portuguesa DADOS PESSOAIS Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros Data e local de nascimento: 1963, Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Correio eletrónico: rm@servulo.com 2 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS Licenciatura em Direito

Leia mais

INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 18 COMPETÊNCIA

INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 18 COMPETÊNCIA INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 18 COMPETÊNCIA Índice 1. Competência...3 1.1. Critérios Objetivos... 3 1.1.1. Critérios Subjetivos... 4 1.1.2. Competência Territorial... 4 2. Dos Processos...4

Leia mais

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Enfam ROTEIRO DE CREDENCIAMENTO DE CURSO DE APERFEIÇOAMENTO (PROMOÇÃO POR MERECIMENTO) 1. Identificação do Requerente Escola: Escola do Poder

Leia mais

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA SÃO PAULO RIO DE JANEIRO BRASÍLIA CURITIBA PORTO ALEGRE RECIFE BELO HORIZONTE LONDRES LISBOA XANGAI BEIJING MIAMI BUENOS AIRES O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA DURVAL

Leia mais

MODELO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PENAL ESPECIAL 2ª TURMA GRADE DE DISCIPLINAS

MODELO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PENAL ESPECIAL 2ª TURMA GRADE DE DISCIPLINAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PENAL ESPECIAL ª TURMA GRADE DE DISCIPLINAS º SEMESTRE 008 CALENDÁRIO DE AULAS - SETEMBRO 1 7 8 11 1 1 1 ABERTURA 1 1 18 1 0 0 1 7 8 Direito Penal Econômico 1 h/a Douglas

Leia mais

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL:

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL: CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL: Nome: Sandra Lopes Luís Morada: Rua de Entrecampos n.º 16, 2.º dto, 1000-152 Lisboa Portugal Data de Nascimento: 20. 05. 1979 Nacionalidade: Portuguesa Telefone: +351

Leia mais

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL. NOME - Diogo Nuno de Gouveia Torres Feio FORMAÇÃO ACADÉMICA

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL. NOME - Diogo Nuno de Gouveia Torres Feio FORMAÇÃO ACADÉMICA CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL NOME - Diogo Nuno de Gouveia Torres Feio FORMAÇÃO ACADÉMICA 1998 - Mestrado em Ciências Jurídico-Políticas, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, com

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2006-2011

PLANO ESTRATÉGICO 2006-2011 PLANO ESTRATÉGICO 2006-2011 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Versão 0/Junho 2006 INDICE 1. Introdução 2. Visão, missão, valores 3. A estrutura do plano 4. Programa 1 6. Programa 2 Reforço da administração da justiça

Leia mais

Programa de Formação em Gestão e Resolução de Conflitos : Mediação (Segunda edição 2006)

Programa de Formação em Gestão e Resolução de Conflitos : Mediação (Segunda edição 2006) Programa de Formação em Gestão e Resolução de Conflitos : Mediação (Segunda edição 2006) INTRODUÇÃO Este programa vem oferecer uma formação em Mediação e Gestão de Conflitos : Potenciando de um modo teórico

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM CRIMINOLOGIA A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM CRIMINOLOGIA A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL FUNDAÇÃO SOUSÂNDRADE INSTITUTO UNIVERSITÁRIO ATLÂNTICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM CRIMINOLOGIA A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA São Luis

Leia mais

Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa. II Curso de Extensão Universitária em Direito do Desporto

Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa. II Curso de Extensão Universitária em Direito do Desporto Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa II Curso de Extensão Universitária em Direito do Desporto 2011 2012 Coordenador científico Prof. Doutor José Manuel Meirim Coordenação Prof. Doutor José

Leia mais

Habilitações Académicas 2010 Agregação em Ciência Política (Universidade Lusíada Lisboa)

Habilitações Académicas 2010 Agregação em Ciência Política (Universidade Lusíada Lisboa) curriculum vitae JOAQUIM MANUEL CROCA CAEIRO (jcaeiro@iscsp.utl.ptl) Habilitações Académicas 2010 Agregação em Ciência Política (Universidade Lusíada Lisboa) 2010 - Licenciatura em Direito (Universidade

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO-SENSU

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO-SENSU CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO-SENSU EM DIREITO MILITAR Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI Tratado de Lisboa A Europa rumo ao século XXI O Tratado de Lisboa Índice 1. Contextualização 1.1. Porquê um novo Tratado? 1.2. Como surgiu o Tratado de Lisboa? 2. O que mudará com o Tratado de Lisboa?

Leia mais

R E L A T Ó R I O. RELATOR: Senador MARCELO CRIVELLA

R E L A T Ó R I O. RELATOR: Senador MARCELO CRIVELLA R E L A T Ó R I O Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre o Ofício S nº 55, de 2011, de Partidos Liderança partidária, que indica, nos termos do art. 130-A, inciso VI, da Constituição Federal,

Leia mais

ISCTEM/UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Actualmente a frequentar o 2º Ano do Doutoramento em Direito Área de Concentração em Direito Público

ISCTEM/UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Actualmente a frequentar o 2º Ano do Doutoramento em Direito Área de Concentração em Direito Público CURRICULUM VITAE 1. DADOS BIBLIOGRÁFICOS NOME Gildo Manuel Espada DATA DE NASCIMENTO 19.02.79 NACIONALIDADE Moçambicana 2. HABILITAÇÕES ACADÉMICAS ISCTEM/UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Actualmente a frequentar

Leia mais

Novo endereço das instituições europeias na Internet arranca a 9 de Maio para celebrar o Dia da Europa

Novo endereço das instituições europeias na Internet arranca a 9 de Maio para celebrar o Dia da Europa IP/06/586 Bruxelas, 5 de Maio de 2006 Novo endereço das instituições europeias na Internet arranca a 9 de Maio para celebrar o Dia da Europa O novo domínio.eu das instituições europeias começa a funcionar

Leia mais

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE MBA em Este MBA resulta do protocolo de colaboração estabelecida entre a Escola da APEL e a UAL, e com a participação da Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias. Coordenador Científico

Leia mais

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU PROTOCOLO ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA - CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI) E A A ELO - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA

Leia mais

Profissões jurídicas - outras SOCIOLOGIA JURÍDICA PROF. ADRIANO DE ASSIS FERREIRA

Profissões jurídicas - outras SOCIOLOGIA JURÍDICA PROF. ADRIANO DE ASSIS FERREIRA 1 Profissões jurídicas - outras SOCIOLOGIA JURÍDICA PROF. ADRIANO DE ASSIS FERREIRA Profissões jurídicas 2 2410 : Advogados 1113 : Magistrados 2412 : Procuradores e advogados públicos 2413 : Tabeliães

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n.º 14/91 de 11 de Maio

ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n.º 14/91 de 11 de Maio ASSEMBLEIA NACIONAL Lei n.º 14/91 de 11 de Maio A criação das condições materiais e técnicas para a edificação em Angola de um Estado democrático de direito é um dos objectivos a atingir, na actual fase

Leia mais

Comunidade Europeia do Carvão e Aço. Comunidade Económica Europeia

Comunidade Europeia do Carvão e Aço. Comunidade Económica Europeia Processo de Integração Europeia Comunidade Europeia do Carvão e Aço Comunidade Económica Europeia Mercado Único Europeu União Europeia 60 anos União Económica e Monetária Europa dos 12... Sudoeste Portugal

Leia mais

Arquivos dos Serviços de Informações em Portugal. Leonor Calvão Borges

Arquivos dos Serviços de Informações em Portugal. Leonor Calvão Borges Arquivos dos Serviços de Informações em Portugal Leonor Calvão Borges A omnipresença da PIDE levanta obrigatoriamente a questão de quem informou. Nos meses a seguir ao 25 de Abril de 1974, a Comissão de

Leia mais