Sistemas de vácuo medicinais. Guia de seleção de produto. Com contato seco Aletas e rotor seco... Rotor lubrificado a óleo...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas de vácuo medicinais. Guia de seleção de produto. Com contato seco Aletas e rotor seco... Rotor lubrificado a óleo..."

Transcrição

1 Sistemas de vácuo medicinais Guia de seleção de produto Com contato seco Aletas e rotor seco... Rotor lubrificado a óleo...

2 Sistema de Vácuo medicinal Descrição O sistema de vácuo medicinal Powerex é totalmente compatível com a última edição do NFPA99 e inclui várias bombas de vácuo, tanque ASME e painel de controle. São fornecidos para conexão a eletricidade e dados do sistema. Toda interligação de tubulação e elétrica é inclusa e testada operacionalmente antes do embarque. Coxins para isolamento de vibração e conectores flexíveis estão incluídos no sistema. Powerex fabrica todo o sistema seguindo a certificação UL ISO9001 para garantir o máximo em qualidade. Sistemas estão disponíveis em tres tipos de configurações: Montagem modular em skid, montagem tanque Vertical e montagem tanque Horizontal. Gerenciador Powerex (PBMI) Skid com Configuração Modular Recursos padrão do Painel de controle: O painel de controle é totalmente compatível com a última edição do NFPA99 e certificação UL508A. O painel é fornecido em um gabinete NEMA 12 com luzes indicadoras de de uso da bomba principal, com alternância de uso da bomba reserva cronometrada, com indicadores visual e auditivo quando a bomba reserva está em uso, e circuitos de controle redundantes. Cada bomba é fornecida com um disjuntor operado externamente, com seletor Manual/Desligado/Automatico, temporizador de execução mínima (para evitar ciclos curtos da bomba), medidor de horas de trabalho e horas de energia. O alarme é monitorado remotamente por terminal com contatos secos. Botões para silenciar o alarme e lâmpadas de teste são padrões. A bomba de vácuo partirá automaticamente se a bomba principal parar. Gerenciador Powerex (PBMI) Nosso painel de interface homem máquina (HMI) com tela de toque fornece ao pessoal do hospital um sistema de informações vitais ao toque de um botão. Uma página interna na Web com notificações por garante que a equipe esteja sempre em contato com as informações e alertas do sistema médico. PBMI utiliza protocolo BacNet para acesso de comunicação ao sistema de automação que pode suportar centenas de pontos individuais de dados pre-configurados, rotulados e listados. Configuração horizontal sobre tanque Configuração com Tanque Vertical Tanque O sistema pode incluir um tanque ASME classificado para vácuo total. O tanque pode ser equipado com manômetro de vácuo, válvulas de bloqueio e bypass e uma válvula de drenagem manual.

3 Bomba de vácuo com rotor As bombas de vácuo com rotor de contato seco são de última tecnologia e tem se tornado muito popular em aplicações médicas/laboratoriais nos últimos anos. As bombas de contato seco são eficientes, com baixo custo de manutenção e consumo elétrico. As câmaras de bombeamento são completamente secas. Esta bomba é capaz de operar com velocidade variável, trazendo benefício adicional em certas aplicações. Esta bomba tem um nivel de ruido mais elevado e uma menor capacidade se comparada ao rotor imerso em óleo. Este tipo de bomba é adequado para uso em sistemas de eliminação de gases anestésicos. Montagem de tanque horizontal duplex CVTD CVTD CVTD0504A CVTD0504B Montagem de tanque vertical duplex CVTD0203V CVTD0303V CVTD0504AV CVTD0504BV Montagem de skid modular duplex CVPD0504A CVPD0504B CVPD0754A CVPD0754B CVPD CVPD Opção de unidade de freqüência variável: Disponiveis apenas com o sistema de bombas secas. Ajuste de velocidade de bombeamento automático para manter o nível de vácuo ajustado previamente. Opções disponíveis: PBMI alarme de temperatura alta Revestimento interno do tanque Conversor de frequencia variável (VFD) Bombas preparadas para uso com Oxigênio (sistema WAGD) Como funciona: Dentro da carcaça da bomba, dois rotores em forma de garra aspiram o ar a medida em que giram em sentido contrário. O ar é comprimido pelos rotores, e então descarregado na atmosfera através de um silenciador. A câmara de bombeamento é seca. Não há contato entre os rotores ou a parede do cilindro, eliminando o desgaste interno. Os rotores são sincronizados por engrenagens, que requerem uma pequena quantidade de óleo na caixa de engrenagem. A troca de óleo da engrenagem é de aproximadamente horas. Prós: Tecnologia mais eficiente Baixa manutenção Apropriado para sistemas de exaustão de gases anestésicos (WAGD) Contras: Montagem de skid modular triplex CVPT0504A CVPT0504B CVPT0755A CVPT0755B CVPT CVPT Montagem de skid modular Quadplex CVPQ0505A CVPQ0505B CVPQ0755A CVPQ0755B CVPQ CVPQ Baixo rendimento de vácuo comparado a outras tecnologias Nível de ruido maior que outras tecnologias Custo inicial mais alto que outros tipos Não pode aspirar líquido

4 Tecnologia de aletas rotativas sem óleo Bomba de vácuo de aletas rotativas sem oleo é a solução de melhor custo/beneficio em aplicações onde não é admitido óleo na bomba nem seus vapores na exastão. Esta bomba requer menos manutenção de rotina do que as bombas tipo imersas em óleo, mas requer substituição periódica da aleta. Este tipo de bomba é adequado para uso em sistema de exaustão de gases anestésicos. Montagem de tanque ue horizontal duplex VOTD VOTD VOTD VOTD Montagem de tanque vertical duplex VVOTD VVOTD VVOTD VVOTD VVOTD Each tanque L W H Montagem de skid modular duplex VOPD VOPD VOPD VOPD Montagem de skid modular triplex VOPT VOPT VOPT Montagem de skid modular Quadplex VOPQ VOPQ VOPQ Opções disponíveis: PBMI alarme de temperatura alta Revestimento interno no tanque Manometro no tanque Como funciona: Um rotor é montado de forma excêntrica no cilindro da bomba e contém várias aletas deslizantes. Conforme o rotor gira, uma força centrifuga faz as aletas criarem um selo de ar contra a parede do cilindro. As aletas são construidas com material composto de grafite auto lubrificante que permite operar contra a parede do cilindro sem a necessidade de qualquer outra vedação ou fluido lubrificante. Como resultado do deslocamento do rotor, uma sucessão de volumes variáveis são formados na carcaça do cilindro criando um fluxo de vapor através da bomba. O vapor é puxado para a entrada da bomba e então comprimido e descarregado para a atmosfera na exaustão. Prós: Apropriado para sistema de exaustão de gases anestésicos.(wagd) Sem custos de água e esgoto Menos manutenção de rotina (sem troca de óleo) Custo inicial menor comparado a outras bombas secas Contras: Vida curta da aleta Não pode aspirar líquidos Nível mais baixo do que outros tipos Menos eficiencia do que outras tecnologias com lubrificação

5 Tecnologia de aletas rotativas selo com óleo Bombas de aletas rotativas seladas a óleo são bombas de longa duração que vem sendo amplamente utilizadas em hospitais e laboratórios. Este é um dos mais simples e confiavel tipo de bomba existente. O uso de oleo beneficia a bomba com mais eficiência, temperatura de operação mais baixa e nível de ruído mais baixo. Bombas de aletas rotativas seladas a óleo é uma excelente opção para a maioria das aplicações. Montagem de tanque horizontal duplex VTD " 29" 55" VTD " 28" 55" VTD " 31" 55" VTD " 32" 59" VTD " 39" 58" VTD " 44" 64" VTD " 50" 65" Montagem de tanque vertical duplex VVTD " 30" 75" VVTD " 30" 75" VVTD " 34" 85" VVTD " 34" 85" VVTD " 42" 89" Opções disponíveis: PBMI Alarme para temperature alta Revestimento interno no tanque Medidor de temperatura do óleo Manômetro no tanque Óleo sintético Montagem de skid modular duplex VPD " 55" 76" VPD " 55" 76" VPD " 70" 87" VPD " 70" 87" VPD " 71" 87" Montagem de skid modular triplex VPT " 55" 88" VPT " 56" 88" VPT " 56" 88" VPT " 70" 87" VPT " 70" 87" VPT " 71" 87" Montagem de skid modular Quadplex VPQ " 55" 83" VPQ " 55" 83" VPQ " 55" 83" VPQ " 70" 90" VPQ " 70" 90" VPQ " 70" 90" Como funciona: O rotor é montado de forma excêntrica no cilindro da bomba e contém várias aletas deslizantes. Conforme o rotor gira, uma força centrifuga faz as aletas formarem um selo contra a parede do cilindro. O óleo na câmara de bombeamento cria uma vedação entre as aletas e a parede do cilindro e lubrifica as aletas e reduzindo o seu desgaste. Como resultado da excentricidade do rotor, uma sucessão de volumes variáveis é formado dentro do cilindro criando um fluxo de ar através da bomba. O ar é puxado para a entrada da bomba, é então comprimido e descarregado na caixa de exaustão. Neste ponto o oleo é misturado com o ar e passa por vários estágios para eliminar o óleo interno e vapor e remover 99.9% do óleo lubrificante antes de ser eliminado na atmosfera. O óleo recuperado retorna ao reservatório de óleo. Prós: Custo inicial mais baixo Altos níveis de vácuo Aletas de vida longa Mais apropriado a ambientes com alta temperatura Nivel de ruido menor comparado a outros tipos Contras: Não apropriado a sistemas de exaustão de gases anestésicos (WAGD) Alta manutenção (trocas de óleo & filtro, aletas) Não pode aspirar líquidos

6 POR QUE POWEREX? Powerex é uma operação altamente integrada onde sistemas não são apenas montados mas também fabricados muitos dos principais componentes De bombas, paineis de controle UL, secadores, e monitores, para receptores de ar, controlamos qualidade em todos os estágios de projeto e fabricação. Todas nossas instalações são certificadas ISO Powerex combina projeto, desempenho, qualidade e serviço para cumprir seu compromisso com seus clientes e fornecer o melhor em sistemas de vácuo e ar comprimido. Powerex tem uma extensa rede de vendas capacitadas mais de 220 centros de serviços autorizado nos EUA e Canadá. Powerex garante conformidade com a NFPA99. Construimos sistemas médicos desde 1988 e assumimos toda a responsabilidade pelo cumprimento da NFPA99. OPÇÕES E ACESSÓRIOS Gerenciamento Powerex (PBMI) Tanques Galões Tanque com revestimento resistente a corrosão Exaustão com silenciador Oleo sintético Alarme para temperature alta Medidores de temperatura do óleo Embalagens de sistema de laboratório Sistema de dreno para laboratórios Filtros de carbono ativado Filtros bacterianos Separadores Knock out Variador de frequência (somente para rotor de arraste) Distributed by: 150 Production Drive, Harrison, Ohio Telephone:(888) Fax: (513) www. Powerexinc.com SR /11

Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados

Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados Séries-R 55-75 kw/75-100 hp Compressores Rotativos 3 Um Novo Nível de Confiabilidade, Eficiência e Produtividade Os compressores de ar de parafuso

Leia mais

Universidade Paulista Unip

Universidade Paulista Unip Elementos de Produção de Ar Comprimido Compressores Definição Universidade Paulista Unip Compressores são máquinas destinadas a elevar a pressão de um certo volume de ar, admitido nas condições atmosféricas,

Leia mais

Soluções para produção de Oxigênio Medicinal

Soluções para produção de Oxigênio Medicinal Soluções para produção de Oxigênio Medicinal Page1 O propósito da BHP é de fornecer ao hospital uma usina de oxigênio dúplex e enchimento de cilindros para tornar o hospital totalmente independente do

Leia mais

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente BrikStar CM Prensa hidráulica de briquetagem Sempre uma idéia a frente D GB BrikStar Prensa hidráulica de briquetagem BrikStar CM BrikStar CM de 4 até 11 kw As prensas de briquetagem da série BrikStar

Leia mais

Compressores a parafuso

Compressores a parafuso Construídos para toda a vida Compressores a parafuso Série CSD Capacidade: 5.50 a 16.10 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os clientes

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo IV Aula 01 Bombas São máquinas acionadas que recebem energia mecânica de uma fonte motora (máquina acionadora) e a transformam em energia cinética (movimento),

Leia mais

Purgadores da JEFFERSON

Purgadores da JEFFERSON Purgadores da JEFFERSON Purgador Termostasticos Purgador Bimetalico Purgador Balde Invertido Purgador de Boia Purgador Termodinâmico O que é Purgador? Purgadores são válvulas automáticas que abrem para

Leia mais

COMPRESSORES. Ruy Alexandre Generoso

COMPRESSORES. Ruy Alexandre Generoso COMPRESSORES Ruy Alexandre Generoso É o componente básico de qualquer sistema pneumático. O ar é comprimido em um sistema pneumático, de forma que possa ser usado para puxar, empurrar, realizar trabalho

Leia mais

Cogeração A Gás Natural

Cogeração A Gás Natural Cogeração A Gás Natural 1- Definição A co-geração é definida como o processo de produção combinada de calor útil e energia mecânica, geralmente convertida total e parcialmente em energia elétrica, a partir

Leia mais

Sistemas Ar Comprimido. Aplicações medicinais e de respiração. www.fargon.com.br

Sistemas Ar Comprimido. Aplicações medicinais e de respiração. www.fargon.com.br Sistemas Ar Comprimido Aplicações medicinais e de respiração www.fargon.com.br Apresentação Sistemas personalizados de ar comprimido Fabricados para atender necessidades específicas de aplicação de ar

Leia mais

Linha. nossa linha de produtos. Tubos e Conexões

Linha. nossa linha de produtos. Tubos e Conexões Linha ConectAR Schulz Conheça nossa linha de produtos Tubos e Conexões Tubos e Conexões com Qualidade Schulz O constante crescimento da indústria, dos processos tecnológicos e o forte impulso da automação

Leia mais

Sistemas para a eliminação de água Causas da contaminação por água Quando um fluido operacional apresenta este aspecto (1)... em 99% dos casos existe água na instalação hidráulica. As causas muitas vezes

Leia mais

Atlas Copco Energia portátil e sustentável

Atlas Copco Energia portátil e sustentável Atlas Copco Energia portátil e sustentável Geradores QAS 24 a 225 kva Confiabilidade Elevada vida útil Preparado para condições extremas Projetado a operar ao tempo Versatilidade Desenvolvido para operação

Leia mais

CAPRECY Conheça o equipamento italiano que combina o hidrojato sugador com um sistema de reciclagem contínuo de água.

CAPRECY Conheça o equipamento italiano que combina o hidrojato sugador com um sistema de reciclagem contínuo de água. CAPRECY Conheça o equipamento italiano que combina o hidrojato sugador com um sistema de reciclagem contínuo de água. Com CAPRECY, a economia é tão clara quanto a água. São Paulo 2 A NOVITÀ importa e distribui

Leia mais

Quadro de Comando 24V SMD CAN ISO 9001. 32 bits. A modernização necessária para seu elevador! 240m/min. Até 48. Componentes. Alimentação.

Quadro de Comando 24V SMD CAN ISO 9001. 32 bits. A modernização necessária para seu elevador! 240m/min. Até 48. Componentes. Alimentação. Quadro de Comando Componentes SMD Processador 32 bits Alimentação 24V Até 48 Comunicação CAN pavimentos Velocidade até Apenas conexões* 240m/min 27 Empresa com Duplex, Triplex e Quadriplex ISO 9001 A modernização

Leia mais

Compressores de parafuso

Compressores de parafuso Construídos para toda a vida Compressores de parafuso SÉRIE SM Capacidade: 0.45 a 1.20 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os consumidores

Leia mais

COMPRESSOR DE AR COMPRIMIDO

COMPRESSOR DE AR COMPRIMIDO Definição: Os compressores podem ser definidos como estruturas mecânicas industriais destinadas a elevar a energia utilizável de ar pelo aumento de sua pressão. Necessita de cuidados para manter sua plena

Leia mais

sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm

sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm Válvula de controle combinados a Válvula de Alívio Lança/Braço/ Freio hidrostático, Redução planetária. 12.9rpm. Grande diâmetro Acionado

Leia mais

AUTOCLAVE HORIZONTAL HOSPITALAR AUTOMÀTICA, ELÉTRICA, COM CAPACIDADE MÌNIMA DE 520 LITROS B3.

AUTOCLAVE HORIZONTAL HOSPITALAR AUTOMÀTICA, ELÉTRICA, COM CAPACIDADE MÌNIMA DE 520 LITROS B3. AUTOCLAVE HORIZONTAL HOSPITALAR AUTOMÀTICA, ELÉTRICA, COM CAPACIDADE MÌNIMA DE 520 LITROS B3. Descrição Básica: Autoclave horizontal, automática com comando microprocessado, elétrica, com câmara dupla

Leia mais

CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO

CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO GERADORES AKSA Pág. 2 CATÁLOGO GERADORES 2015 Comercialização, Instalação, Manutenção e Pós-Venda. A Noceans Energy celebrou um contrato de fornecimento para o território

Leia mais

1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DOS EQUIPAMENTOS

1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DOS EQUIPAMENTOS 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DOS EQUIPAMENTOS 1.Sistemas de vácuo para fins médicos Os sistemas de vácuo da Atlas Copco fornecem vácuo (sucção) para fins médicos altamente confiável para uma grande variedade

Leia mais

11. Simbologia dos Componentes

11. Simbologia dos Componentes Nº Denominação Aplicação Símbolo 1.0 Geral 1.1. Símbolos Básicos 1.1.1. Linhas.1 Contínua 11. Simbologia dos Componentes.2 Interrompida Longa Linhas de fluxo..3 Interrompida Curta.4 Dupla Interligações

Leia mais

Vazão. 7.1 Introdução

Vazão. 7.1 Introdução Cap. 7 Medição de 7.1 Introdução Vazão Existem diversos tipos de medidores de vazão de escoamento, sendo que a escolha de um tipo dependerá das condições necessárias ao sistema, como por exemplo, a faixa

Leia mais

AUTOCLAVE HORIZONTAL HOSPITALAR AUTOMÀTICA, ELÉTRICA, COM CAPACIDADE MÍNIMA DE 300 LITROS - B.

AUTOCLAVE HORIZONTAL HOSPITALAR AUTOMÀTICA, ELÉTRICA, COM CAPACIDADE MÍNIMA DE 300 LITROS - B. AUTOCLAVE HORIZONTAL HOSPITALAR AUTOMÀTICA, ELÉTRICA, COM CAPACIDADE MÍNIMA DE 300 LITROS - B. Descrição Básica: Autoclave horizontal, automática com comando microprocessado, elétrica, com câmara dupla

Leia mais

Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas. Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos

Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas. Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos Bicos Automação Análise Técnica Sistemas Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos Revestimento de Comprimidos com Baixa Manutenção Os maiores desafios no revestimento de comprimidos

Leia mais

VÁLVULA DE SEGURANÇA Série Herion XSz

VÁLVULA DE SEGURANÇA Série Herion XSz VÁLVULA DE SEGURANÇA Série Herion XSz Intrinsicamente à prova de falha, sem pressão residual Auto monitoramento dinâmico Sistema de controle de válvula dupla Para uso com sistema de freio e embreagem pneumáticos

Leia mais

Acumuladores hidráulicos

Acumuladores hidráulicos Tipos de acumuladores Compressão isotérmica e adiabática Aplicações de acumuladores no circuito Volume útil Pré-carga em acumuladores Instalação Segurança Manutenção Acumuladores Hidráulicos de sistemas

Leia mais

Tecnologia Pneumática Industrial. Apresentação M1001-1 BR

Tecnologia Pneumática Industrial. Apresentação M1001-1 BR Tecnologia Pneumática Industrial Apresentação M00- BR Índice Propriedades físicas do ar... Compressibilidade do ar. 4 Difusibilidade do ar.. 4 Elasticidade do ar 4 Expansibilidade do ar.. 4 Peso do ar.

Leia mais

QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL

QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL Os geradores QAS 55/85/105/140/170 operam em serviço contínuo em locais onde não existe eletricidade ou como unidade reserva nos casos em que se verifica uma interrupção

Leia mais

Atlas Copco. Sistemas de vácuo para fins medicinais mvac mvac-250 mvac-9200

Atlas Copco. Sistemas de vácuo para fins medicinais mvac mvac-250 mvac-9200 Atlas Copco Sistemas de vácuo para fins medicinais mvac Uma fonte fiável de vácuo para fins medicinais Os sistemas de vácuo para fins medicinais mvac da Atlas Copco são constituídos por 2 a 6 bombas de

Leia mais

V CÊ? pode fazer. Pacotes de Sopradores de deslocamento positivo e Bombas a vácuo

V CÊ? pode fazer. Pacotes de Sopradores de deslocamento positivo e Bombas a vácuo Pacotes de Sopradores de deslocamento positivo e Bombas a vácuo O que o IQ por pode fazer V CÊ? Inteligência simplificada com total controle ao alcance dos seus dedos 2 O que é IQ? Gardner Denver Qualidade

Leia mais

1 ATUADORES HIDRÁULICOS

1 ATUADORES HIDRÁULICOS 1 ATUADORES HIDRÁULICOS Danniela Rosa Sua função é aplicar ou fazer atuar energia mecânica sobre uma máquina, levando-a a realizar um determinado trabalho. Aliás, o motor elétrico também é um tipo de atuador.

Leia mais

SISTEMA DE VÁCUO NA SEÇÃO DE FORMAÇÃO DA FOLHA DE PAPEL

SISTEMA DE VÁCUO NA SEÇÃO DE FORMAÇÃO DA FOLHA DE PAPEL SISTEMA DE VÁCUO NA SEÇÃO DE FORMAÇÃO DA FOLHA DE PAPEL Autores*: Cesar de Araujo Góss Filho 1 Gustavo André Leitis 2 INTRODUÇÃO A seção de formação da folha de uma máquina de papel é onde aproximadamente

Leia mais

Ventiladores Centrífugos RadiPac EC

Ventiladores Centrífugos RadiPac EC Ventiladores Centrífugos RadiPac EC Perfeição nas Unidades de Tratamento de Ar A escolha dos Engenheiros 8 Ventilador integrado. Um conceito coerente RadiPac é ideal para... Informações reais de performance,

Leia mais

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão Transformando energia em soluções Motores de Alta Tensão Motores de alta tensão A WEG desenvolveu em conjunto com consultoria internacional especializada uma linha de motores de carcaça de ferro fundido

Leia mais

32º SEMINÁRIO ABES EXPERIÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO. Porto Alegre - RS

32º SEMINÁRIO ABES EXPERIÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO. Porto Alegre - RS 32º SEMINÁRIO EXPERIÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO ABES Porto Alegre - RS PROMINAS BRASIL EQUIPAMENTOS LTDA. Fundação : 1953 - Localização : São Carlos - SP Área Total : 57.000

Leia mais

Introdução à pneumática

Introdução à pneumática Introdução à pneumática Introdução: A palavra pneumática tem origem grega Pneuma que significa respiração, sopro e é definido como a parte da física que se ocupa dos fenômenos relacionados com os gases

Leia mais

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO COLHEITA NA AUSTRALIA Hoje nós temos que preocupar não só em aprimorar as MÁQUINAS, mas também os OPERADORES que com elas trabalham. PARTES CONSTITUINTES

Leia mais

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido Nash para Indústrias Químicas

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido Nash para Indústrias Químicas Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido Nash para Indústrias Químicas Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido NASH Tecnologia e Experiência Gardner Denver Nash atende indústrias petroquímicas,

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz Linha ConectAR Tubos e Conexões com Qualidade Schulz O constante crescimento da indústria, dos processos tecnológicos e o forte impulso da automação industrial, exigem instalações de ar comprimido, eficientes,

Leia mais

Figura 2.1 Localização de uma APU em aeronave e seu sistema pneumático

Figura 2.1 Localização de uma APU em aeronave e seu sistema pneumático 1 Capítulo 2 - Seleção do local para a APU Os passos que devem ser dados desde a concepção de uma aeronave são: 1) No Planejamento: Admitir que a seleção e a instalação da APU são tão importantes quanto

Leia mais

Gerenciamento Contínuo de Vácuo Função Peça Presente Função Expulsar Peça. Construção leve e compacta. Ajuste digital para leitura de vácuo

Gerenciamento Contínuo de Vácuo Função Peça Presente Função Expulsar Peça. Construção leve e compacta. Ajuste digital para leitura de vácuo SaveAir Gerador e Gerenciador de Vácuo Gerenciamento Contínuo de Vácuo Função Peça Presente Função Expulsar Peça Construção leve e compacta Ajuste digital para leitura de vácuo Função Peça Presente garante

Leia mais

COMPRESSORES DE AR RESPIRÁVEL PRODUTOS DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT

COMPRESSORES DE AR RESPIRÁVEL PRODUTOS DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT COMPRESSORES DE AR RESPIRÁVEL PRODUTOS DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT ÍNDICE COMPRESSORES SCOTT DE SÉRIE... 1 Sistemas de Purificação FreshAir e Controlador X4 COMPRESSOREs... 2 Simple Air e Hush Air ESTAÇÕES

Leia mais

ANEXO II TABELA DE TAXAS DE SERVIÇOS METROLÓGICOS. Seção 1. Verificação inicial e verificação subsequente

ANEXO II TABELA DE TAXAS DE SERVIÇOS METROLÓGICOS. Seção 1. Verificação inicial e verificação subsequente ANEXO II TABELA DE TAXAS DE SERVIÇOS METROLÓGICOS Seção 1 Verificação inicial e verificação subsequente Valor R$ da classe de exatidão M3 (peso comercial) 1 até 50 g 1,70 1,70 2 de 100 g até 1 kg 3,90

Leia mais

SJS Bombas Submersíveis

SJS Bombas Submersíveis SJS Bombas Submersíveis Principais aplicações Os modelos de bombas Sulzer SJS representam a mais avançada tecnologia em projeto de bombas submersíveis, destinadas principalmente a atender os requisitos

Leia mais

SISTEMAS DE LUBRIFICAÇÃO E DOSAGENS Linha de Produtos e Tecnologia para Aplicação em Diferentes Áreas. The heart of your process

SISTEMAS DE LUBRIFICAÇÃO E DOSAGENS Linha de Produtos e Tecnologia para Aplicação em Diferentes Áreas. The heart of your process SISTEMAS DE LUBRIFICAÇÃO E DOSAGENS Linha de Produtos e Tecnologia para em Diferentes Áreas The heart of your process NETZSCH do Brasil A Empresa A NETZSCH do Brasil foi fundada em 1973 e pertence ao grupo

Leia mais

Compressores de Parafuso 2,2-7,5 kw

Compressores de Parafuso 2,2-7,5 kw INDUSTRIALS GROUP Compressores de Parafuso 2,2-7,5 kw KA - KA Plus Inteligentes e confiáveis CHAMPION TECNOLOGIA DO AR COMPRIMIDO KA - KA Plus Nova série tecnologicamente avançada graças a um processo

Leia mais

Propriedades Físicas do Ar Compressibilidade O ar permite reduzir o seu volume quando sujeito à ação de uma força exterior.

Propriedades Físicas do Ar Compressibilidade O ar permite reduzir o seu volume quando sujeito à ação de uma força exterior. COMPRESSORES DE AR AR COMPRIMIDO O ar comprimido necessita de uma boa preparação para realizar o trabalho proposto: remoção de impurezas, eliminação de umidade para evitar corrosão nos equipamentos, engates

Leia mais

ESTAÇÕES ELEVATÓRIAS

ESTAÇÕES ELEVATÓRIAS ESTAÇÕES ELEVATÓRIAS COMPONENTES E SUBCOMPONENTES DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA COMPONENTES DE UMA ESTA ÇÃO ELEVAT ÓRIA ESTAÇÃO ELEVATÓRIA Equipamento eletro-mecânico Bomba Motor Tubulações Sucção

Leia mais

EQUIPAMENTOS Rod. Anhanguera, Km 33. Fone:(11) 3531.6199 Fax: (11) 3531.6198 email: hd@hd.ind.br site: www.hd.ind.br

EQUIPAMENTOS Rod. Anhanguera, Km 33. Fone:(11) 3531.6199 Fax: (11) 3531.6198 email: hd@hd.ind.br site: www.hd.ind.br RESFRIADOR A AR PARA FLUIDOS DRY COOLERS / AIR COOLERS Módulos de 5 a 250 Toneladas, aplicações de 2.000 ou mais toneladas para água, água e glicol, salmoura, óleo e outros fluidos. EQUIPAMENTOS Rod. Anhanguera,

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

Bombas centrífugas de acionamento magnético em aço inox eficientes robustas seguras

Bombas centrífugas de acionamento magnético em aço inox eficientes robustas seguras Bombas centrífugas de acionamento magnético em aço inox eficientes robustas seguras MKP Bombas de acionamento magnético para processos químicos MKP-S Bomba auto escorvante de acionamento magnético para

Leia mais

Motores Drives Controles Proteção PRESSÃO CONSTANTE SISTEMAS

Motores Drives Controles Proteção PRESSÃO CONSTANTE SISTEMAS Motores Drives Controles Proteção PRESSÃO CONSTANTE SISTEMAS PRESSÃO CONSTANTE SUBDRIVE E MONODRIVE Deixe-nos lidar com a pressão Os controladores de pressão constante SubDrive e MonoDrive da Franklin

Leia mais

Compressores Portáteis MOBILAIR M 80/M 100

Compressores Portáteis MOBILAIR M 80/M 100 www.kaeser.com pressores Portáteis MOBILAIR / o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: /. Made in Germany Os MOBILAIR compressores portáteis da KAESER COMPRESSORES são fabricados no complexo industrial

Leia mais

SISTEMA ELÉTRICO. Bateria 64 Ah. Giro da lança Esquerda: 50 / Direita: 80. Comprimento do chassi Bitola da esteira Número de roletes

SISTEMA ELÉTRICO. Bateria 64 Ah. Giro da lança Esquerda: 50 / Direita: 80. Comprimento do chassi Bitola da esteira Número de roletes CX80 MIDIESCAVADEIRA MOTOR Modelo Tipo Isuzu AU-4LE2X 4 tempos, turboalimentado, intercooler Cilindros 4 Deslocamento 2,2 l (2.189 cm 3 ) Diâmetro x Curso 85 x 96 mm Injeção de combustível eletrônica Filtro

Leia mais

Parker no Brasil. Folheto 1005-2 BR Junho 2004

Parker no Brasil. Folheto 1005-2 BR Junho 2004 Parker no Brasil Folheto 1005-2 BR Junho 2004 integração em movimento e controle 2 A Parker Hannifin A Parker é líder mundial na fabricação de componentes destinados aos mercados de Movimento e Controle

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Condicionadores de Ar Self Contained 5 a 40 TR tipo ROOF-TOP ESPECIFICAÇÕES A linha SELF CONTAINED TOSI foi projetada visando obter a melhor relação custo-beneficio do mercado,

Leia mais

50% mais silencioso. Redesenhado acusticamente para reduzir o barulho.

50% mais silencioso. Redesenhado acusticamente para reduzir o barulho. Foram sete anos de trabalho, mas hoje podemos dizer que alcançamos um resultado revolucionário em termos de design de motor um dos menores motores de 1600 W totalmente integrado do mundo. E esse foi apenas

Leia mais

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression TM Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression Ar condicionado Central VRF Perfil do Produto A linha de produtos Impression é um novo conceito de condicionador de ar inteligente VRF

Leia mais

Capítulo VI. Bombas de Vácuo

Capítulo VI. Bombas de Vácuo Capítulo VI Bombas de Vácuo Introdução A fim de reduzir a densidade molecular e, portanto, a pressão, em um recipiente, as moléculas do gás devem ser dele retiradas. Isto é feito pelas assim chamadas bombas

Leia mais

Operação: Máquinas Térmicas I Prof. Eduardo Loureiro Motores de combustão por compressão (DIESEL).

Operação: Máquinas Térmicas I Prof. Eduardo Loureiro Motores de combustão por compressão (DIESEL). Máquinas Térmicas I Prof. Eduardo Loureiro Motores de combustão por compressão (DIESEL). Operação: Nos motores de ignição por compressão, apenas ar é induzido para dentro do cilindro no tempo de admissão.

Leia mais

Dados técnicos Guindaste sobre esteiras HS 895 HD

Dados técnicos Guindaste sobre esteiras HS 895 HD Dados técnicos Guindaste sobre esteiras HS 895 HD Dimensões Máquina básica com carro inferior R 9760 3650 10000 5480 3675 2445 1810 3950 1610 1700 7945 9360 3975 1720 R 6360 1100 6800 620 17380 Peso operacional

Leia mais

Componentes, Sistemas e Assistência para instalações de energia eólica.

Componentes, Sistemas e Assistência para instalações de energia eólica. Componentes, Sistemas e Assistência para instalações de energia eólica. HYDAC Brasil HYDAC Japão HYDAC Espanha HYDAC Índia HYDAC Dinamarca HYDAC China HYDAC EUA HYDAC Matriz na Alemanha Seu parceiro competente

Leia mais

Atuadores e válvulas

Atuadores e válvulas A UU L AL A Atuadores e válvulas Você já viu nas aulas anteriores que é possível transformar energia elétrica em energia mecânica por meio de uma máquina: o motor elétrico. Na indústria atual, o motor

Leia mais

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais.

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais. Cabine padrão ISO Cabine de aço, à prova de intempéries, com visibilidade de 360 Janelas com vidros de segurança Limpador de pára-brisa retrátil Janela frontal de correr e dobrável Janelas laterais de

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Tecnologias Piovan para Refrigeração: Chillers com compressores scroll

Leia mais

2.2-75 kw. Série EN Compressores de parafuso Encapsulados. www.elgi.br.com

2.2-75 kw. Série EN Compressores de parafuso Encapsulados. www.elgi.br.com 2.2-75 kw Série EN Compressores de parafuso Encapsulados inovadora TECNOLOGIA Os elementos compressores parafuso são manufaturados internamente usando centros de usinagem de ponta para retificação de rotores

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

USINAS. Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Qualidade BOMAG MARINI Latin America

USINAS. Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Qualidade BOMAG MARINI Latin America USINAS Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Qualidade BOMAG MARINI Latin America Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Dosagem e mistura com precisão e qualidade superior A Smart Bach 150 High Mobility

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia

Manual de Instruções e Certificado de Garantia CHAVE CATRACA 1/2" MXT-0511 07 01 05 1100 Manual de Instruções e Certificado de Garantia Identificação da Empresa SIGMA TOOLS Comércio de Máquinas, Equipamentos e Acessórios LTDA Rua Joaquim Lapas Veiga,

Leia mais

Compressor Parafuso. Série V. alto desempenho. www.mayekawa.com.br

Compressor Parafuso. Série V. alto desempenho. www.mayekawa.com.br Parafuso Confiabilidade e alto desempenho www.mayekawa.com.br COMPRESSOR PARAFUSO Parafuso Os es Parafuso MYCOM possuem características excepcionais. Estas proporcionam máxima efi ciência, fácil operação

Leia mais

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Produzidos com os melhores componentes disponíveis no mundo e projetados com foco em economia de energia e facilidade de operação e manutenção,

Leia mais

Produtos 2012. Industrial. Temporização e Controle. Predial e Residencial

Produtos 2012. Industrial. Temporização e Controle. Predial e Residencial Fabricante de relés e temporizadores desde 1954 Produtos 2012 Industrial Relés para circuito impresso Relés industriais Relés modulares de interface Bases e acessórios Temporização e Controle Relés temporizadores

Leia mais

Introdução à Lubrificação Industrial

Introdução à Lubrificação Industrial Introdução à Lubrificação Industrial Prof. Matheus Fontanelle Pereira Curso Técnico em Eletromecânica Departamento de Processos Industriais Campus Lages Objetivos da Unidade Curricular Conhecer os 5 Ws

Leia mais

Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases

Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases V1 O queéum Sistemade Condicionamento? O Que é um Sistema de Condicionamento? Amostra do Processo? Analisador Sistema de Condicionamento O sistema

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE

FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE 1 - INTRODUÇÃO 1.1 - FINALIDADE DESTE MANUAL Este manual proporciona informações teóricas e de instalação, operação e manutenção dos filtros

Leia mais

Calibradores de Minerais

Calibradores de Minerais uma Companhia Astec Industries Calibradores de Minerais Calibradores de Minerais/Calibradores de Rolos para Aplicações Primárias/Secundárias e Terciárias A gama Osborn de Calibradores de Rolos de Eixo

Leia mais

Lubrificação III. Após a visita de um vendedor de lubrificante. Outros dispositivos de lubrificação

Lubrificação III. Após a visita de um vendedor de lubrificante. Outros dispositivos de lubrificação A U A UL LA Lubrificação III Introdução Após a visita de um vendedor de lubrificante ao setor de manutenção de uma indústria, o pessoal da empresa constatou que ainda não conhecia todos os dispositivos

Leia mais

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido para Indústrias Petroquímicas

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido para Indústrias Petroquímicas Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido para Indústrias Petroquímicas Tecnologia Comprovada Há mais de 50 anos, Gardner Denver Nash fornece os mais confiáveis Compressores de Anel Líquido e Bombas

Leia mais

SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES

SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES 1. SISTEMA DE VÁLVULAS 2. SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO 3. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 4. SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO 5. SISTEMA ELÉTRICO SISTEMA DE VÁLVULAS Responsável pelo fechamento

Leia mais

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Tipos de Expansão : Ciclo Frigorífico * Expansão Direta: O Refrigerante Troca Calor Diretamente com o Ar a ser condicionado. Expansão Direta

Leia mais

Sensores e Atuadores (2)

Sensores e Atuadores (2) (2) 4º Engenharia de Controle e Automação FACIT / 2009 Prof. Maurílio J. Inácio Atuadores São componentes que convertem energia elétrica, hidráulica ou pneumática em energia mecânica. Através dos sistemas

Leia mais

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1 CORTE DOS METAIS INTRODUÇÃO: Na indústria de conformação de chapas, a palavra cortar não é usada para descrever processos, exceto para cortes brutos ou envolvendo cortes de chapas sobrepostas. Mas, mesmo

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: PROJETO DE LEI Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1 o A Taxa de Serviços Metrológicos, instituída pelo art. 11 da Lei n o

Leia mais

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR CH-0509-BR Introdução Fundada em 1981, a HENFEL Indústria Metalúrgica Ltda. é uma tradicional empresa do setor mecânico / metalúrgico, fornecedora de Caixas

Leia mais

SÉRIE FLEMING ISENTO DE OLEO TRANSMISSÃO POR CORREIA TIPO SCROLL VELOCIDADE FIXA OU VARIÁVEL. Capacidade de 2,2 a 22 kw Pressão de 8 a 10 bar

SÉRIE FLEMING ISENTO DE OLEO TRANSMISSÃO POR CORREIA TIPO SCROLL VELOCIDADE FIXA OU VARIÁVEL. Capacidade de 2,2 a 22 kw Pressão de 8 a 10 bar ISENTO DE OLEO TRANSMISSÃO POR CORREIA TIPO SCROLL VELOCIDADE FIXA OU VARIÁVEL Capacidade de 2,2 a 22 kw Pressão de 8 a 10 bar Quando escolher um compressor Scroll isento de óleo? A R COMPRIMIDO ISENTO

Leia mais

energia de forma simples

energia de forma simples energia de forma simples www,fgwilson,com LINHA DE 8,5 A 290 KVA Desempenho I Durabilidade I Manutenção A vida moderna é complicada, mas garantir o fornecimento de energia para seu negócio pode ser algo

Leia mais

FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL

FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL 1 - INTRODUÇÃO O objetivo deste manual é disponibilizar todas as informações necessárias para a instalação, operação e manutenção dos filtros prensa OF da OLEOFIL, assim como

Leia mais

Compressores de Parafuso Série ASD

Compressores de Parafuso Série ASD Compressores de Parafuso Série ASD Com o mundialmente renomado PERFIL SIGMA Vazão: 0,87 a 6,6 m³/min, Pressão: 5,5 a 5 bar Séries ASD Fácil de operar ASD: Economia constante A COMPRESSORES aumentou a eficiência

Leia mais

CHECK LIST PARA AQUISIÇÃO DE AUTOCLAVE À VAPOR

CHECK LIST PARA AQUISIÇÃO DE AUTOCLAVE À VAPOR Informações Principais Registro no Ministério da Saúde Capacidade em Litros Dimensões externas (L X A X P) Peso do equipamento Dimensões da câmara (L X A X P) Dispõe de jaqueta Tipo de aço da câmara Tipo

Leia mais

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo.

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo. AR COMPRIMIDO Nos diversos processos industriais, os sistemas de ar comprimido desempenham papel fundamental na produção e representam parcela expressiva do consumo energético da instalação. Entretanto,

Leia mais

Sistemas de Lubrificação. Tecnologia na dose certa

Sistemas de Lubrificação. Tecnologia na dose certa Sistemas de Lubrificação Tecnologia na dose certa SOLUÇÕES ESPECIAIS Lubrificação Hidrostática Guias deslizantes das máquinas. Linhas de pintura, fornos, tratamento superficial, instalações de montagem,

Leia mais

Esgoto a Vácuo. versus. Esgoto Pressurizado. Tecnologia AIRVAC

Esgoto a Vácuo. versus. Esgoto Pressurizado. Tecnologia AIRVAC 1 Esgoto a versus Esgoto Tecnologia AIRVAC 2 SISTEMA COLETA DE ESGOTO A VÁCUO VERSUS SISTEMA DE COLETA DE ESGOTO PRESSURIZADO COMENTÁRIOS GERAIS Há atualmente três (3) sistemas alternativos de coleta de

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

BS 7 Sistema de Detecção e Extinção de Faíscas Segurança Para a Sua Produção

BS 7 Sistema de Detecção e Extinção de Faíscas Segurança Para a Sua Produção BS 7 Sistema de Detecção e Extinção de Faíscas Segurança Para a Sua Produção G Sistema de Detecção/Extinção de Faíscas Segurança para a sua produção Sistemas de Detecção e Extinção de Faíscas são capazes

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo Curso Técnico em Eletrotécnico. Cayo César Lopes Pisa Pinto. Usinas Termelétricas

Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo Curso Técnico em Eletrotécnico. Cayo César Lopes Pisa Pinto. Usinas Termelétricas Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo Curso Técnico em Eletrotécnico Cayo César Lopes Pisa Pinto Usinas Termelétricas Vitória 2008 Usinas Termelétricas Trabalho Apresentado à disciplina

Leia mais