Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas. Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas. Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos"

Transcrição

1 Bicos Automação Análise Técnica Sistemas Guia de Tecnologia de Pulverização para Processos Farmacêuticos

2 Revestimento de Comprimidos com Baixa Manutenção Os maiores desafios no revestimento de comprimidos se devem à natureza altamente viscosa dos revestimentos. A incrustação, por exemplo, é o acúmulo de camadas secas sobre o bico. Isso faz com que muitas drageadeiras/revestidoras precisem ter sua operação interrompida para limpeza, que pode levar até 10 minutos um atraso na produção muito dispendioso e demorado. A Spraying Systems Co. desenvolveu várias tecnologias inovadoras que permitem aos nossos clientes operar por até 32 vezes mais tempo, sem paradas para manutenção. Nossos produtos de pulverização para revestimento de comprimidos apresentam: Maior controle do tamanho da gota e do padrão de pulverização; Pontas que reduzem o entupimento nos bicos; Conexões sanitárias que atendem aos requisitos da FDA; Superfícies lisas, de autoescoamento que são fáceis de limpar; Materiais leves, mais fáceis de manusear dentro e fora da drageadeira/revestidora. Desempenho Otimizado da Pulverização nos Processos Farmacêuticos Os sistemas de pulverização são muitas vezes considerados como simples processos de regulagem e de abertura e fechamento de válvulas. Na verdade, os bicos de pulverização são componentes de precisão projetados para as condições específicas de um processo. Como o desempenho dos bicos afeta a qualidade de muitos produtos farmacêuticos finais, constantemente é necessário que os bicos de pulverização estejam de acordo com as normas mais rigorosas possíveis. Como especialista mundial em tecnologia de pulverização, a Spraying Systems Co. fez parceria com os principais fabricantes e pesquisadores farmacêuticos para desenvolver novos produtos de pulverização que melhoram a qualidade do produto e a eficiência do processo. Com essas novas tecnologias disponíveis, será possível: Operar por mais tempo sem acúmulo de resíduos ou incrustação nos bicos Reduzir o tempo de instalação e manutenção de horas para minutos Poupar tempo de inatividade, desperdício de produto e custos com mão de obra Estar em conformidade com os requisitos de sanitização da FDA Este boletim fornece uma visão geral das nossas tecnologias mais recentes para aplicações de revestimento de comprimidos, lavagem de tanques e spray drying (secagem). Para especificações, dados sobre desempenho ou dúvidas sobre sua aplicação específica, entre em contato com um consultor de vendas local ligando para (11) Tel.: (11) FAX: (11)

3 Lavagem de Tanques Confiável Para manter a integridade do produto e evitar a contaminação cruzada, o protocolo de validação da FDA para lavagem de tanques fornece diretrizes para a duração e frequência dos ciclos de limpeza, impacto, produtos químicos para limpeza e temperatura do líquido. Todos esses fatores são melhor controlados, mais confiáveis e podem ser repetidos por mais vezes com a limpeza automatizada de tanques. Reduzindo as paradas de produção e os custos de mão de obra, a lavagem automatizada de tanques ou os sistemas CIP podem proporcionar uma economia substancial por tanque ao ano em comparação com os custos da limpeza manual. Nossos produtos de pulverização para limpeza de tanques apresentam: Uma variedade de taxas de vazão e pressão para alcançar o impacto desejado Materiais duráveis que resistem a produtos químicos abrasivos Conexões de pinos sanitários sem rosca Modelos rotativos e fixos Spray Drying Uniforme A atomização, processo de geração de gotas, é a etapa mais crítica do processo de spray drying. A estrutura final e a qualidade do pó podem ser comprometidas se o tamanho da gota não for controlado de forma precisa e fornecido uniformemente. Gotas muito grandes ou muito pequenas afetam as partículas de forma desfavorável e resultam numa secagem incompleta ou excessiva. O produto pode se acumular nos bicos e nas paredes do secador, provocando manutenção frequente, pontos de aquecimento perigosos e potencial contaminação do lote. Nossos bicos SprayDry apresentam: Distribuição uniforme do tamanho da gota Capas anti-bearding com uma ponta embutida para reduzir o acúmulo de resíduos Ampla seleção de tamanhos de gota controlada pela capacidade e pressão dos bicos Passagens maiores que resistem a entupimentos Modelo sanitário para facilitar a conformidade com a FDA

4 Bicos de Pulverização e Lanças Personalizadas para Lavagem de Tanques Características Sanitárias Atendem as Normas 3A para Aplicações CIP Com conexões de pino sanitárias e de autoescoamento, o bico para lavagem de tanques 28500R atende às normas 3A para aplicações de limpeza no local. A velocidade de rotação varia de acordo com a pressão do fluído. O bico para lavagem de tanques 41800E 41800E também atende às normas 3A 28500R para aplicações CIP, mas Bicos movidos por Fluído mantém constante a velocidade de rotação. Ambos são excelentes para limpeza e enxágue de tanques de tamanho médio. Reduza o Uso de Água e Produtos Químicos com a Limpeza de Alto Impacto O lavador de tanques AA190 usa de dois a quatro bicos de jato sólido e alta pressão que giram em um eixo de engrenagens motorizado para eliminar agressivamente resíduos persistentes em tanques de até 24m de diâmetro. Bico Lavadora de Tanques AA190 As esferas fixas de pulverização são comumente usadas nos sistemas CIP, já que não possuem partes móveis e requerem manutenção mínima. Devido ao baixo impacto e à capacidade de resistir a produtos químicos abrasivos, são as mais indicadas para aplicações de enxágue final ou de sanitização. Esferas Fixas de Pulverização Lanças Personalizadas Para conjuntos completos de lavagem de tanques e spray drying, podemos fabricar lanças que atendam suas especificações exatas. Personalize o diâmetro, a espessura e o comprimento das lanças, conectores, materiais de construção e muito mais. Bicos de Pulverização para Spray Drying Obtenha controle completo do tamanho e da consistência das partículas O projeto flexível dos nossos bicos SprayDry permite a troca de combinações de núcleo e inserto de orifício para configurar um bico que atenda exatamente seus requisitos de tamanho de partícula. Os bicos criam um padrão de pulverização de jato cone oco com distribuição superior do tamanho da gota. Os modelos SKH-MFP e SBH-MFP apresentam máxima passagem livre, resistente a entupimentos e capa de aperto manual que não requer ferramentas para manutenção. Para atender às regulamentações sanitárias da indústria farmacêutica, os bicos possuem superfícies externas de autoescoamento, serrilhas retas e acabamento externo liso. Bico SKH-MFP Tel.: (11) FAX: (11)

5 Bicos de Pulverização e Manifolds para Revestimento de Comprimidos Diminua as Paradas para Manutenção com um Manifold Fácil de Limpar O manifold modular de pulverização oculta tubos de líquido e ar dentro dos blocos de montagem resistentes a produtos químicos e em conformidade com a FDA, reduzindo muito a quantidade de tubos e conexões expostos a serem conectados e limpos. Seu peso é 50% menor do que outros manifolds semelhantes, portanto é mais fácil de ser removido da drageadeira/ revestidora e pode ser desmontado em menos de um minuto para uma rápida limpeza. O manifold está disponível com bicos anti-bearding que reduzem significativamente o acúmulo de resíduos no orifício do bico. Se atualmente você usa pistolas 1/4JAU ou 1/4VMAU, pode incorporar facilmente o manifold de pulverização ao seu processo com pontas compatíveis com o seu desempenho. Manifold Modular de Pulverização Opere as revestidoras por um período até 32 vezes maior com pontas anti-bearding As pontas anti-bearding redirecionam as correntes de ar e evitam que o revestimento seco obstrua a capa de ar. Elas podem poupar centenas de milhares de reais por ano em custos de mão de obra com manutenção, desperdício de produtos e no valor das paradas de produção. Com a grande variedade de configurações disponíveis, você pode substituir facilmente suas pontas de atomização a ar existentes com pouca ou nenhuma mudança nas características de desempenho da pulverização. As pontas anti-bearding são compatíveis com as pistolas 1/4JAU, VAU e VMAU. Pontas Anti-Bearding Reduza defeitos dos comprimidos com o aumento do controle do revestimento Os bicos de pulverização variável da pistola VMAU apresentam controle independente do líquido, do ar atomizado e do ar de ventilação, o que permite o ajuste preciso da capacidade de pulverização, do tamanho das gotas e dos padrões de pulverização para sua aplicação de revestimento de comprimidos. O melhor controle dos revestimentos altamente viscosos reduz problemas de qualidade como revestimento irregular, adesão e enchimento do logotipo. Projetado para a conformidade com a FDA, o modelo sanitário não contém roscas internas na câmara de líquido, e o atuador diafragma opcional reduz a falha de vedação que, em geral, resulta da pulverização de materiais de revestimento abrasivos. O corpo modular é projetado para a manutenção rápida e fácil sem ferramentas. Reduza o consumo de revestimento Pistola de Pulverização Variável VMAU A pistola 1/4JAU é composta por um bico atomizador movido a ar comprimido em conjunto com um líquido pressurizado ou sifonado para produzir uma grande variedade de padrões de pulverização e tamanhos de gota. Um cilindro de ar interno controla a operação de abertura e fechamento de até 180 ciclos por minuto. O jato rápido e pulsante reduz o excesso de pulverização e o consumo de revestimentos caros. O modelo /JAU possui um parafuso de controle com Pistola 1/4JAU cabeça escareada que permite o fechamento manual do bico sem interromper a operação dos outros bicos do manifold. Tel.: (11) FAX: (11)

6 Estrada Particular Yae Massumoto, São Bernardo do Campo - SP Tel: (11) Fax: (11) Bicos Automação Análise Técnica Sistemas Boletim n 599B Spraying Systems Co. 2006

Bicos Pulverizadores. Análise da Pulverização. Fabricação da Pulverização. Controle da Pulverização. Sistema de Lubrificação Spraying Systems

Bicos Pulverizadores. Análise da Pulverização. Fabricação da Pulverização. Controle da Pulverização. Sistema de Lubrificação Spraying Systems Bicos Pulverizadores Controle da Análise da Fabricação da Sistema de Lubrificação Spraying Systems Sistemas de Lubrificação Spray Os Sistemas de Lubrificação Spray fornecem um método altamente eficiente

Leia mais

Como reduzir o consumo de água em operações de limpeza, resfriamento e umidificação.

Como reduzir o consumo de água em operações de limpeza, resfriamento e umidificação. Especialistas em tecnologia de pulverização Bicos de Controle de Análise de Fabricação de pulverização pulverização pulverização pulverizadores Como reduzir o consumo de água em operações de limpeza, resfriamento

Leia mais

Aperfeiçoe o desempenho do injetor no refino de petróleo

Aperfeiçoe o desempenho do injetor no refino de petróleo Bicos de Controle de Análise de Fabricação de pulverizadores Aperfeiçoe o desempenho do injetor no refino de petróleo Tecnologia de injetores: Crítica para dúzias de operações de refino Injetores, às vezes

Leia mais

Sistemas de Lubrificação AutoJet

Sistemas de Lubrificação AutoJet Sistemas de Lubrificação AutoJet Sistemas de lubrificação AutoJet Sistemas de lubrificação oferece-lhe um método eficiente na aplicação de lubrificantes e líquidos anti-corrosivos. Em adição, moldes, estampagem,

Leia mais

Sistemas. Bicos Automação Análise Técnica. Um guia para aperfeiçoar o desempenho dos injetores. Especificação, projeto, fabricação

Sistemas. Bicos Automação Análise Técnica. Um guia para aperfeiçoar o desempenho dos injetores. Especificação, projeto, fabricação Bicos Automação Análise Técnica Sistemas Um guia para aperfeiçoar o desempenho dos injetores Especificação, projeto, fabricação Injetores: Componentes críticos, mas frequentemente negligenciados No coração

Leia mais

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 1 Produtos Devcon Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 2 Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo Prefácio 3 Preparação da

Leia mais

BICOS SPRAYDRY PARA ATENDER ÀS SUAS NECESSIDADES DE DESEMPENHO. ESCOLHA ENTRE UMA AMPLA LINHA DE ESTILOS, TAMANHOS E OPÇÕES.

BICOS SPRAYDRY PARA ATENDER ÀS SUAS NECESSIDADES DE DESEMPENHO. ESCOLHA ENTRE UMA AMPLA LINHA DE ESTILOS, TAMANHOS E OPÇÕES. Experts in Spray Technology BICOS SPRAYDRY PARA ATENDER ÀS SUAS NECESSIDADES DE DESEMPENHO. ESCOLHA ENTRE UMA AMPLA LINHA DE ESTILOS, TAMANHOS E OPÇÕES. A MAIOR VARIEDADE DISPONÍVEL DE BICOS SPRAYDRY A

Leia mais

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção. Lavador de Ar

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção. Lavador de Ar Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção ISO 9001:2008 VENTEC AMBIENTAL EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES LTDA Rua André Adolfo Ferrari, nº 550 - Distrito Industrial Nova Era - Indaiatuba - São Paulo

Leia mais

Aperfeiçoando o desempenho da pulverização com Dinâmica de fluidos computacional. Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas

Aperfeiçoando o desempenho da pulverização com Dinâmica de fluidos computacional. Bicos Automação Análise Técnica. Sistemas Aperfeiçoando o desempenho da pulverização com Dinâmica de fluidos computacional Bicos Automação Análise Técnica Sistemas Dinâmica de fluidos computacional (DFC) DCF é uma ciência da previsão: Vazão do

Leia mais

PRINCIPAIS DEFICIÊNCIAS EM CIRCUITOS HIDRÁULICOS QUE OCASIONAM FALHAS EM BOMBAS HIDRÁULICAS

PRINCIPAIS DEFICIÊNCIAS EM CIRCUITOS HIDRÁULICOS QUE OCASIONAM FALHAS EM BOMBAS HIDRÁULICAS INFORMATIVO TÉCNICO N 019/09 INFORMATIVO TÉCNICO PRINCIPAIS DEFICIÊNCIAS EM CIRCUITOS HIDRÁULICOS QUE OCASIONAM FALHAS EM BOMBAS HIDRÁULICAS 1/21 INFORMATIVO TÉCNICO N 019/09 O PRINCIPAL COMPONENTE DE

Leia mais

SOLUÇÔES INTEGRAIS 1

SOLUÇÔES INTEGRAIS 1 SOLUÇÔES INTEGRAIS 111 Sistema estrutural de alumínio Perfis e acessórios Série MICRO Tipo... Liga... Estado... Tolerâncias dimensionais... Terminação... Sistema modular de perfis de alumínio e seus acessórios

Leia mais

Foco. ALLROUNDER verticais. Injetoras para a sobreinjeção ergonômica de insertos. www.arburg.com

Foco. ALLROUNDER verticais. Injetoras para a sobreinjeção ergonômica de insertos. www.arburg.com Foco ALLROUNDER verticais Injetoras para a sobreinjeção ergonômica de insertos www.arburg.com Sinopse Ergonomia: sistema vertical de espaço livre com placa de fixação imóvel presa na parte de baixo, proporcionando

Leia mais

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000)

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) AUTOMATIZADORES PARA PORTAS DE ENROLAR IMPORTAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO NA INSTALAÇÃO Manual de Usuário (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) SAC: 55 + 11 3088

Leia mais

50% mais silencioso. Redesenhado acusticamente para reduzir o barulho.

50% mais silencioso. Redesenhado acusticamente para reduzir o barulho. Foram sete anos de trabalho, mas hoje podemos dizer que alcançamos um resultado revolucionário em termos de design de motor um dos menores motores de 1600 W totalmente integrado do mundo. E esse foi apenas

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

Elementos de máquina. Curso de Tecnologia em Mecatrônica 6º fase. Diego Rafael Alba

Elementos de máquina. Curso de Tecnologia em Mecatrônica 6º fase. Diego Rafael Alba E Curso de Tecnologia em Mecatrônica 6º fase Diego Rafael Alba 1 Mancais De modo geral, os elementos de apoio consistem em acessórios para o bom funcionamento de máquinas. Desde quando o homem passou a

Leia mais

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1 CORTE DOS METAIS INTRODUÇÃO: Na indústria de conformação de chapas, a palavra cortar não é usada para descrever processos, exceto para cortes brutos ou envolvendo cortes de chapas sobrepostas. Mas, mesmo

Leia mais

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração Bacharelado em Farmácia Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração FILTRAÇÃO Nas indústrias de alimentos e bebidas, a filtração aparece na produção de suco

Leia mais

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO COLHEITA NA AUSTRALIA Hoje nós temos que preocupar não só em aprimorar as MÁQUINAS, mas também os OPERADORES que com elas trabalham. PARTES CONSTITUINTES

Leia mais

Métodos de marcação direta de peças. Identificação legível de máquina para indústrias automotivas e aeroespaciais

Métodos de marcação direta de peças. Identificação legível de máquina para indústrias automotivas e aeroespaciais Guia técnico Métodos de marcação direta de peças Identificação legível de máquina para indústrias automotivas e aeroespaciais A prática da Marcação Direta de Peças (DPM) é utilizada em muitas indústrias

Leia mais

Pulverizadores costais manuais. Prof.: Brandão

Pulverizadores costais manuais. Prof.: Brandão Pulverizadores costais manuais Prof.: Brandão PULVERIZADORES COSTAIS Operação Manutenção Regulagem da pulverização PJH O QUE É UM PULVERIZADOR COSTAL MANUAL? - Os pulverizadores Costais Manuais são equipamentos

Leia mais

Lavadora de Pressão LPRESS LP 2

Lavadora de Pressão LPRESS LP 2 0/ 746-09-05 776804 REV. Lavadora de Pressão LPRESS LP Manual de Instruções INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha da Lavadora de Pressão LPRESS LP. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, leia atentamente

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções TRR 3110S NM +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções TRR 3110S NM +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Travas e vedantes químicos

Travas e vedantes químicos A U A UL LA Travas e vedantes químicos O mecânico de manutenção de uma empresa de caminhões tentava eliminar, de todas as formas, um vazamento de óleo que persistia na conexão de um manômetro de um sistema

Leia mais

CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA

CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA *Imagens meramente ilustrativas CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. DADOS TÉCNICOS CHAVE DE IMPACTO PARAFUSADEIRA PNEUMÁTICA Modelo V8 Chave de impacto

Leia mais

Acumuladores hidráulicos

Acumuladores hidráulicos Tipos de acumuladores Compressão isotérmica e adiabática Aplicações de acumuladores no circuito Volume útil Pré-carga em acumuladores Instalação Segurança Manutenção Acumuladores Hidráulicos de sistemas

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA 19/08/2008 1 CONFORMAÇÃO MECÂNICA Em um ambiente industrial, a conformação mecânica é qualquer operação durante a qual se aplicam esforços mecânicos

Leia mais

Válvulas controladoras de vazão

Válvulas controladoras de vazão Generalidades Válvula controladora de vazão variável Válvula de controle de vazão variável com retenção integrada Métodos de controle de vazão Válvula de controle de vazão com pressão compensada temperatura

Leia mais

Guia para o Controle de Vazão Modulado por Largura de Pulso. Spray Spray Spray Spray Nozzles Control Analysis Fabrication

Guia para o Controle de Vazão Modulado por Largura de Pulso. Spray Spray Spray Spray Nozzles Control Analysis Fabrication Guia para o Controle de Vazão Modulado por Largura de Pulso Spray Spray Spray Spray Nozzles Control Analysis Fabrication Modulação por largura de pulso A modulação por largura de pulso, ou PWM (do inglês

Leia mais

MANUTENÇÃO EM MANCAIS E ROLAMENTOS Atrito É o contato existente entre duas superfícies sólidas que executam movimentos relativos. O atrito provoca calor e desgaste entre as partes móveis. O atrito depende

Leia mais

Instruções para uso do peso de bater automático

Instruções para uso do peso de bater automático Este equipamento foi desenvolvido com as finalidades de: 1) Agilizar e otimizar o tempo necessário para os testes de penetração de solo; 2) Melhorar a ergonomia do procedimento, evitando esforços físicos

Leia mais

Especializados na concepção e produção sob medida de equipamentos de secagem, resfriamento e processamento térmico para a indústria.

Especializados na concepção e produção sob medida de equipamentos de secagem, resfriamento e processamento térmico para a indústria. Especializados na concepção e produção sob medida de equipamentos de secagem, resfriamento e processamento térmico para a indústria. Thermal processing solutions Especialistas em processos térmicos A Ingetecsa

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

ATUADORES PNEUMÁTICOS SIMPLES E DUPLA AÇÃO

ATUADORES PNEUMÁTICOS SIMPLES E DUPLA AÇÃO ATUADORES PNEUMÁTICOS SIMPLES E DUPLA AÇÃO ATUADORES PARA CADA AMBIENTE A ACTREG,SA fabrica uma ampla gama de atuadores pneumáticos oferecendo um desempenho seguro nas principais aplicações da válvula.

Leia mais

MCS 1500 CORTE SIDERÚRGICO

MCS 1500 CORTE SIDERÚRGICO MCS 500 CORTE SIDERÚRGICO Indice I- Apresentação II- Segurança III- Instalação IV- Suprimento de gases V- Operação VI- Manutenção e reparo VII- Peças de reposição VIII- Dados operacionais IX- Termo de

Leia mais

BARGOA. Conjunto de Emenda Aérea Selada Vertical - CEASV

BARGOA. Conjunto de Emenda Aérea Selada Vertical - CEASV O CEASV consiste de um conjunto para a acomodação e proteção de emendas de cabos de rede externa de telefonia, em montagem de topo, para instalações aéreas. Trata-se de um sistema versátil, de fácil instalação

Leia mais

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial 3 Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui: Janeiro/2002 Página 1 de 8 Introdução: As Rodas Laminadas EXL e EXL Roloc Scotch-Brite para rebarbação

Leia mais

Compressores a parafuso

Compressores a parafuso Construídos para toda a vida Compressores a parafuso Série CSD Capacidade: 5.50 a 16.10 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os clientes

Leia mais

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm)

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm) Barras de Pesagem Beckhauser Manual do Usuário Conheça seu equipamento em detalhes e saiba como aproveitar todo seu potencial no manejo. Leia atentamente este Manual antes de utilizar o produto e antes

Leia mais

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção. Filtro Cartucho

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção. Filtro Cartucho Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção ISO 9001:2008 VENTEC AMBIENTAL EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES LTDA Rua André Adolfo Ferrari, nº 550 - Distrito Industrial Nova Era - Indaiatuba - São Paulo

Leia mais

Utilizem sempre peças originais, para que possam ter garantida a performance e vida útil do seu equipamento. ALGODEN INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA

Utilizem sempre peças originais, para que possam ter garantida a performance e vida útil do seu equipamento. ALGODEN INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA ALGODEN INSTRUÇÕES GERAIS Antes de colocar em operação o equipamento, este deve funcionar em vazio durante algum tempo. Neste período deve se dar atenção nos diferentes pontos de lubrificação. Durante

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE UNP-130408 1 de 6 INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS A vida útil das correntes transportadoras e elevadoras está diretamente ligada aos cuidados com a instalação, lubrificação

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

Bomba de Vácuo com Resistência Química VARIO com controlador de vácuo intuitivo

Bomba de Vácuo com Resistência Química VARIO com controlador de vácuo intuitivo Promoção! PC 3001 VARIO pro Bomba de Vácuo com Resistência Química VARIO com controlador de vácuo intuitivo Otimização de vácuo para produtividade e eficiência analiticaweb.com.br Tecnologia de vácuo Aperfeiçoando

Leia mais

Manual de Operação setembro / 2010

Manual de Operação setembro / 2010 Hid atec Manual de Operação setembro / 2010 Anotações Assistência Técnica 02 Anotações Assistência Técnica Índice PARTIDA 1. Material necessário 2. Descrição das atividades 3. Ações no caso de anormalidade

Leia mais

Princípios de Funcionamento do Filtro de do Combustível

Princípios de Funcionamento do Filtro de do Combustível 10 Princípios Princípios de Funcionamento do Sistema de Filtração de Combustível O sistema de alimentação de combustível tem a finalidade de conduzir o combustível, do tanque até a camara de combustão,

Leia mais

Visão geral do processamento de cimento. Produtos e soluções de transmissão de potência para o processamento de cimento

Visão geral do processamento de cimento. Produtos e soluções de transmissão de potência para o processamento de cimento Visão geral do processamento de cimento Produtos e soluções de transmissão de potência para o processamento de cimento Escolha a Rexnord para ajudá-lo a produzir hoje o cimento de amanhã. Da especificação

Leia mais

Suprimentos originais HP

Suprimentos originais HP Suprimentos originais HP Entendendo a função dos suprimentos HP na qualidade e confiabilidade da impressão. Cada vez que você utilizar suprimentos originais HP, terá impressos produzidos por componentes

Leia mais

GUIA DE SOLUÇÕES PARA SOLDAGEM COM ELETRODOS REVESTIDOS

GUIA DE SOLUÇÕES PARA SOLDAGEM COM ELETRODOS REVESTIDOS 01/14 VENDAS SUDESTE São Paulo Tel. (11) 3094-6600 Fax (11) 3094-6303 e-mail: atendimentogerdau.sp@gerdau.com.br Rio de Janeiro Tel. (21) 3974-7529 Fax (21) 3974-7592 e-mail: atendimentogerdau.rj@gerdau.com.br

Leia mais

Mude o modo de pulverizar para maximizar a conservação da água

Mude o modo de pulverizar para maximizar a conservação da água Mude o modo de pulverizar para maximizar a conservação da água Bicos de pulverização Controle da pulverização Análise da pulverização Fabricação dos pulverizadores Água: um bem cada vez mais precioso Há

Leia mais

Rebitador de Rosca DR7-0312 Manual de Operações www.ldr2.com.br

Rebitador de Rosca DR7-0312 Manual de Operações www.ldr2.com.br Rebitador de Rosca DR7-0312 Manual de Operações www.ldr2.com.br 1. DADOS TÉCNICOS Modelo Medida de bicos para rebite de rosca Força de tração Velocidade Pressão de trabalho Peso líquido DR7-0312 M3 M4

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Página 1 de 9 Informativo nº 9 VENTILADOR DE MESA 30cm VENTNK1200 ASSUNTO: Lançamento. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Alimentação: Cor: Potência do aparelho: Consumo de energia: Característica diferencial: Período

Leia mais

Índice. Características

Índice. Características Índice 1 2 4 5 12 14 Características 1 Cuidados para manuseio e operação Leia estes cuidados atentamente e use somente conforme destinado ou instruído. Instruções de segurança têm como objetivo evitar

Leia mais

Manual de Instruções Aparelho Abdominal

Manual de Instruções Aparelho Abdominal Manual de Instruções Aparelho Abdominal Parabéns, você acabou de adquirir o Aparelho Abdominal! Um produto ideal para você cuidar da sua saúde e do seu corpo no conforto da sua casa. Temos certeza que

Leia mais

Tecnologia em Equipamentos para Jateamento

Tecnologia em Equipamentos para Jateamento Tecnologia em Equipamentos para Jateamento A linha de produtos PRESSENGE, com tecnologia ROTOJATO, a mais extensa oferecida no mercado brasileiro, abrange desde máquinas standard para aplicações genéricas

Leia mais

Manual de Instruções. Lavadora Ultra-sônica. Aquecida

Manual de Instruções. Lavadora Ultra-sônica. Aquecida Lavadora Ultra-sônica Aquecida Manual de Instruções SANDERS DO BRASIL LTDA. Rua Adelino Carneiro Pinto, 56 - Centro Santa Rita do Sapucaí - MG CEP: 37540-000 www.sandersdobrasil.com.br / sanders@sandersdobrasil.com.br

Leia mais

Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens

Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens A UU L AL A Um conjunto de engrenagens cônicas pertencente a uma máquina começou a apresentar ruídos estranhos. O operador da máquina ficou

Leia mais

International Paper do Brasil Ltda.

International Paper do Brasil Ltda. International Paper do Brasil Ltda. Autor do Doc.: Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Editores: Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Título: Técnicas de Inspeção, Montagem, uso de Rebolos ( Esmeris

Leia mais

Componentes de Desgaste Loctite Nordbak

Componentes de Desgaste Loctite Nordbak Componentes de Desgaste Loctite Nordbak Componentes de Desgaste Loctite Nordbak Prolongue a vida útil de instalações e equipamento industriais Para atacar os trabalhos de reparação industriais mais difíceis,

Leia mais

PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO

PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO Qualidade Confiança Tradição Inovação Tecnologia ÍNDICE Por que a TIGRE escolheu o Sistema Aquatherm para o Brasil? 05 Características técnicas 06 Instruções de instalação

Leia mais

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS Manual do Operador COMPONENTES e ACESSÓRIOS Tampa do tanque de produtos químicos Bocal Lança Tanque de produtos químicos Vela de ignição Acionador de

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação Transmissor de nível Cod: 073AA-005-122M Rev. A Série LT-200 Fevereiro / 2004 S/A. Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO AGA-TEC Indústria, Comércio e Manutenção Ltda. R: Danilo Valbuza, 703 - Laranjeiras 07700-000 Caieiras / SP - Brasil Tels /Fax: (11) 4441 8353 / 8309 / 8247 / 8502 E-mail: agatecvendas@terra.com.br MANUAL

Leia mais

Rosqueadeiras. Manual de Instruções

Rosqueadeiras. Manual de Instruções Manual de Instruções 2 NOMAQ Roscar/Cortar/Escarear Modelos para tubos de ½ a 6 Modelo NQ-R2 NQ-R2A NQ-R4 NQ-R6 Roscas Tubos 1/2, 3/4, 1, 2 1/2, 3/4, 1, 2 1/2, 3/4, 1, 2, 2.1/2, 4 2.1/2, 4, 5, 6 Roscas

Leia mais

Soniclean. Manual de Instruções. Lavadora Ultra-sônica. Aquecida

Soniclean. Manual de Instruções. Lavadora Ultra-sônica. Aquecida Lavadora Ultra-sônica Soniclean 6 Aquecida Manual de Instruções SANDERS DO BRASIL LTDA. Rua Adelino Carneiro, 56-1º Andar - Centro Santa Rita do Sapucaí - MG CEP: 37540-000 www.sandersdobrasil.com.br /

Leia mais

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho 1 ME-01 REV00 13 3 1 2 14 9 10 12 4 5 6 7 11 8 1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho da porta

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia

Manual de Instruções e Certificado de Garantia CHAVE CATRACA 1/2" MXT-0511 07 01 05 1100 Manual de Instruções e Certificado de Garantia Identificação da Empresa SIGMA TOOLS Comércio de Máquinas, Equipamentos e Acessórios LTDA Rua Joaquim Lapas Veiga,

Leia mais

Português. REA, creative solutions.

Português. REA, creative solutions. Português L A Z E R G A M A D E P R O D U T O S REA, creative solutions. REA, SOLUÇÕES CRIATIVAS A solução Os sistemas de armazenamento em plástico REA têm para lhe oferecer uma ampla gama de produtos

Leia mais

Sistema Automático para Controle de Espuma em Fermentadores. Edson Rocha Spraying Systems Co.

Sistema Automático para Controle de Espuma em Fermentadores. Edson Rocha Spraying Systems Co. Sistema Automático para Controle de Espuma em Fermentadores Edson Rocha Spraying Systems Co. NA FERMENTAÇÃO OCORRE GRANDE FORMAÇÃO DE ESPUMAS QUE PODE TRANSBORDARAFETANDO O RENDIMENTO INDUSTRIAL, E OCUSTO

Leia mais

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação.

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação. Apresentação 1 Display LCD 2 Tecla + (aumentar) 3 Tecla Seleção 4 Tecla (diminuir) 5 Tecla Motor manual 6 Tecla Reset contador 7 Led Indica painel ligado 8 Led resistência ligada 9 Led Prensa ligada 10

Leia mais

SIMETAL DynaJet. Bicos de pulverização de resfriamento secundário de alta precisão eficiência de resfriamento através de soluções completas

SIMETAL DynaJet. Bicos de pulverização de resfriamento secundário de alta precisão eficiência de resfriamento através de soluções completas siemens-vai.com SIMETAL DynaJet Bicos de pulverização de resfriamento secundário de alta precisão eficiência de resfriamento através de soluções completas Answers for industry. A máxima flexibilidade atende

Leia mais

Agrifab_A4_Lawn_sweeper.book Seite 1 Freitag, 4. März 2005 5:30 17. Printed in U.S.A. Form 48882

Agrifab_A4_Lawn_sweeper.book Seite 1 Freitag, 4. März 2005 5:30 17. Printed in U.S.A. Form 48882 Agrifab_A4_Lawn_sweeper.book Seite 1 Freitag, 4. März 2005 5:30 17 GR DK Printed in U.S.A. Form 48882 Agrifab_A4_Lawn_sweeper.book Seite 23 Freitag, 4. März 2005 5:30 17 Instruções de serviço Varredora

Leia mais

Fundamentos Equipamentos Consumíveis Técnica operatória Aplicações Industriais. Definição e princípio de operação:

Fundamentos Equipamentos Consumíveis Técnica operatória Aplicações Industriais. Definição e princípio de operação: Fundamentos Equipamentos Consumíveis Técnica operatória Aplicações Industriais Fundamentos Definição e princípio de operação: A soldagem a arco com eletrodo de tungstênio e proteção gasosa (Gas Tungsten

Leia mais

Sistema de Proporcionamento FireDos de aditivos/ LGE para Corpos de Bombeiros

Sistema de Proporcionamento FireDos de aditivos/ LGE para Corpos de Bombeiros Sistema de Proporcionamento FireDos de aditivos/ LGE para Corpos de Bombeiros Unidades portáteis Viaturas de bombeiros Contêineres Aplicações especiais Sobre nós A FireDos GmbH Somos uma empresa de médio

Leia mais

Prof. Daniel Hasse. Robótica Industrial

Prof. Daniel Hasse. Robótica Industrial Prof. Daniel Hasse Robótica Industrial Aula 02 - Robôs e seus Periféricos Tipos de Sistemas de Controle Volume de Trabalho Dinâmica e Precisão dos Movimentos Sistemas de Acionamentos Garras Tipos de Sistemas

Leia mais

Resina de epoxi bicomponente para ancoragens

Resina de epoxi bicomponente para ancoragens Ficha de Produto Edição de Abril de 2011 Nº de identificação: 04.202 Versão nº 1 Sika Anchorfix -3+ Resina de epoxi bicomponente para ancoragens Descrição do produto Cola à base de resina de epoxi para

Leia mais

Monitoramento de Biogás Manual de aplicação

Monitoramento de Biogás Manual de aplicação / engezer@engezer.com.br Monitoramento de Biogás Manual de aplicação O biogás constitui uma fonte de energia renovável verdadeiramente sustentável. A utilização do biogás cresceu de forma exponencial nos

Leia mais

classe F400 TORRE DE RESFRIAMENTO DE CONTRACORRENTE

classe F400 TORRE DE RESFRIAMENTO DE CONTRACORRENTE classe F400 TORRE DE RESFRIAMENTO DE CONTRACORRENTE D e s i g n c o m p r o v a d o M a t e r i a i s e s t r u t u r a i s a p r i m o r a d o s I n t e g r i d a d e d e p r o j e t o A torre de resfriamento

Leia mais

InTrac 787 Manual de Instruções

InTrac 787 Manual de Instruções 1 Manual de Instruções 2 Índice: 1. Introdução... 5 2. Observações importantes... 6 2.1 Verificando a entrega... 6 2.2 Instruções operacionais... 6 2.3 Uso normal... 7 2.4 Instruções de segurança... 7

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Industrial Galoneira BC 500-01 CB

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Industrial Galoneira BC 500-01 CB Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Costura Industrial Galoneira BC 500-01 CB ÍNDICE DETALHES TÉCNICOS, INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA... 01 MONTAGEM MOTOR E ROTAÇÃO DA MÁQUINA... 02 LUBRIFICAÇÃO...

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. ESTRUTURA E BLINDAGEM DOS MODULOS 1.1 - Estruturas Laterais Externas Deverão ser confeccionadas em chapa de aço SAE1010 #18, com varias dobras formando colunas, sem quinas ou

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES LAVADORA DE ALTA PRESSÃO. ATENÇÃO: Leia as instruções antes do uso.

MANUAL DE INSTRUÇÕES LAVADORA DE ALTA PRESSÃO. ATENÇÃO: Leia as instruções antes do uso. MANUAL DE INSTRUÇÕES LAVADORA DE ALTA PRESSÃO 1740 ATENÇÃO: Leia as instruções antes do uso. COMPONENTES F G G.1 G.2 MANUAL DE INSTRUÇÕES LAVADORA DE ALTA PRESSÃO Brava H ATENÇÃO: Leia as instruções antes

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

JATEAMENTO - INTRODUÇÃO APLICAÇÃO

JATEAMENTO - INTRODUÇÃO APLICAÇÃO www.sinto.com.br JATEAMENTO - INTRODUÇÃO APLICAÇÃO O Jateamento com abrasivo é um método de trabalho a frio que consiste no arremesso de partículas contra uma determinada superfície, a elevadas velocidades,

Leia mais

Proteção Econômica Contra Desgaste para a Mineradoras e Usinas de Beneficiamento

Proteção Econômica Contra Desgaste para a Mineradoras e Usinas de Beneficiamento Edição 01.10 www.kalenborn.de Proteção Econômica Contra Desgaste para a Mineradoras e Usinas de Beneficiamento Reduza Custos e Evite Paradas Grandes quantidades de matéria bruta são movimentadas nos sistemas

Leia mais

KIT MULTIUSO STANG PRODUTO EXCLUSIVO PARA USO DOMÉSTICO

KIT MULTIUSO STANG PRODUTO EXCLUSIVO PARA USO DOMÉSTICO MANUAL DE INSTRUÇÃO E TERMO DE GARANTIA versão 01 - agosto 2013 KIT MULTIUSO STANG PRODUTO EXCLUSIVO PARA USO DOMÉSTICO Indústria de Utilidades Rua Filippo Brustolin, 131 Bairro São Leopoldo - CEP 95080-090

Leia mais

REGULAGEM DAS VÁLVULAS DA CENTRAL HIDRÁULICA

REGULAGEM DAS VÁLVULAS DA CENTRAL HIDRÁULICA REGULAGEM DAS VÁLVULAS DA CENTRAL HIDRÁULICA 3 2 1 4 5 DESCRIÇÃO REGULAGEM 1 VÁLVULA DE FLUXO CONTROLA A VELOCIDADE DE DESCIDA AO ABRIR AUMENTA A VELOCIDADE (ANTI-HORÁRIO) AO FECHAR DIMINUI A VELOCIDADE

Leia mais

Preparação de superfícies

Preparação de superfícies Preparação de superfícies Pistolas de alta pressão 6 7 Ergoblast, limpeza de corrimão 8 Comando via rádio, uniões giratórias 9 Jetmate 10 Jetboy 11 Aquablast 12 13 Aquablast PLUS 14 15 Aquablast Drive

Leia mais

Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002

Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002 3 Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002 Substitui: Dezembro/2000 Página 1 de 14 Introdução: As Rodas Scotch-Brite C&P (Cutting & Polishing) são um eficiente e econômico produto

Leia mais

Um mix mais completo. para otimizar o seu tanque

Um mix mais completo. para otimizar o seu tanque Um mix mais completo para otimizar o seu tanque Quando se trata de otimizar o seu tanque, a linha da Alfa Laval oferece uma ampla gama de possibilidades. Nenhum outro fornecedor oferece para você uma

Leia mais

Cortec VpCI 395. Para a limpeza das ferramentas utilizadas, basta lavar as ferramentas com água e sabão neutro.

Cortec VpCI 395. Para a limpeza das ferramentas utilizadas, basta lavar as ferramentas com água e sabão neutro. Cortec VpCI 395 Descrição do Produto VpCI 395 é um revestimento epóxi de alta performance, ele fornece proteção superior contra corrosão em ambientes com níveis agressivos de contaminantes como o marítimo

Leia mais

SÉRIE 46 DA GETINGE TERMODESINFECTORAS. Always with you

SÉRIE 46 DA GETINGE TERMODESINFECTORAS. Always with you SÉRIE 46 DA GETINGE TERMODESINFECTORAS Always with you Quantos materiais reutilizáveis você necessita processar? Quais tipos? A Termodesinfectora série 46 da Getinge inclui acessórios que se adaptam de

Leia mais

tesa ACX plus o mundo das aplicações estruturais adesivas

tesa ACX plus o mundo das aplicações estruturais adesivas o mundo das aplicações estruturais adesivas Baseado em 75 anos de experiência na produção de fitas e soluções adesivas, a tesa tornou-se num dos fornecedores líderes mundiais em muitos campos de aplicação

Leia mais

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido Nash para Indústrias Químicas

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido Nash para Indústrias Químicas Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido Nash para Indústrias Químicas Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido NASH Tecnologia e Experiência Gardner Denver Nash atende indústrias petroquímicas,

Leia mais

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MANUAL DE INSTRUÇÃO MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MODELO: SS-26-1W - 1 - MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO Leia atentamente as instruções antes de iniciar o uso: a) Verificar se a voltagem está correta

Leia mais

Patio Heater. Aquecedor de Ambiente Externo. Premium PH-2750

Patio Heater. Aquecedor de Ambiente Externo. Premium PH-2750 Patio Heater Aquecedor de Ambiente Externo Premium PH-2750 Rua João Álvares Soares, 1530 Campo Belo, São Paulo SP, Cep 04609-004, Brasil. Telefax: (011) 5044-1683 Site: www.generalheater.com.br / E-mail:

Leia mais

Titrette. class A precision. A Bureta Digital da próxima geração!

Titrette. class A precision. A Bureta Digital da próxima geração! A Bureta Digital da próxima geração! Titrette class A precision F I R S T C L A S S B R A N D Com a bureta digital Titrette, disponível nos volumes 10, 25 e 50, você pode titular de maneira confiável e

Leia mais

Componente B Catalisador AL 1006 Componente B (12256557) - (1,5L)

Componente B Catalisador AL 1006 Componente B (12256557) - (1,5L) WEGNILICA CVE 804 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Promotor de aderência bicomponente, formulado a partir de resinas vinílicas com excelente aderência sobre metais ferrosos e não ferrosos. RECOMENDAÇÕES DE USO: Indicado

Leia mais

SMG SILICONES MINAS GERAIS LTDA.

SMG SILICONES MINAS GERAIS LTDA. SMG SILICONES MINAS GERAIS LTDA. SENHOR USUÁRIO, Esperamos que as informações contidas nesse boletim sejam de utilidade em seu processo industrial. Dúvidas aparecerão. Entre em contato com nosso departamento

Leia mais