SEÇÃO 7C Alternadores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEÇÃO 7C Alternadores"

Transcrição

1 SEÇÃO 7C Alternadores Índice da Seção Página ALTERNADORES Tabela nº... Identificação, Descrição dos Sistemas... Teste de Saída de Tensão - Somente CA... 0 Teste de Saída de Tensão - Somente CC... 9 / A... Testar Saída A CC A... 5 Testar Saída A CC / A... 5 Substituir: Retificador... 5 Estator... 5 Testar: Saída A CC... 9 Retificador (Diodo)... Regulado a 5/9 A Testar: Saída de Tensão CA... 0 Regulador/Retificador /6 A Testar: Saída de Tensão CA Regulador/Retificador... 6 Circuito Duplo Testar: Saída de Tensão CA... 0 Saída A CC... 9 Diodo... Circuito Quádruplo Testar: Saída de Tensão CA... 0 CC +Circuito de Carga... CC -- Circuito Leve... 5 Sistemae Testar: Saída A CC... 9

2 Conteúdo da Seção, Continuação Ajustar (Modelo Atual): VãodeArdoEstator... Ajustar (Modelo Anterior): VãodeArdoEstator... Circuito Triplo Testar: Saída de Tensão CA... 0 Circuito de Carga (Fio Vermelho) )... Diodos... - Circuito Leve (Fio Branco)... Diagramas de Fiação Chave de Ignição com 6 Terminais, 5/9 A... 6 A: Chave de Ignição com 5 Terminais... Chave de Ignição com 6 Terminais... Chave de Ignição com 6 Terminais e Luz Indicadora de Carga... Circuito Duplo: Chave de Ignição com 5 Terminais... 0 Chave de Ignição com 6 Terminais... 0 Circuito Triplo: Chave de Ignição com 5 Terminais e Resistor... Chave de Ignição com 6 Terminais... Chave de Ignição com 5 Terminais e Resistor... EQUIPAMENTO DE TESTE Circuito Secundário CC, Ferramenta nº Multímetro Digital, Ferramenta nº Tacômetro, Ferramenta nº Diagnóstico e Correção de Falhas... -

3 Sistemas de Alternador em Motores Briggs & Stratton Modelos de Motor com Único Cilindro Os sistemas de alternador utilizados nos motores de cilindro único Briggs & Stratton podem ser identificados pela cor do fio de saída e conector. A Tabela nº mostra as várias aplicações de sistemas de alternador e modelos de motor. Os procedimentos para teste são indicados pelo número da página, e as ilustrações pelo número da Figura. TABELA Nº Modelo Básico Sistema Sistema Fig. p. / A Fig. p.. A (Modelo Atual) Fig. -/ A (Modelo Anterior) Fig. 5 p.5 Somente Sistema CC Fig. 6 Fig. 6 Fig. 6 Fig. 6 Fig. 6 Fig. 6 Fig. 6 Somente Sistema CA Fig. 7 p. 6 Fig. 7 p. 6 Fig. 7 p. 6 Fig. 7 p. 6 Fig. 7 p. 6 Fig. 7 p. 6 Circuito Duplo Fig. Fig. Fig. Fig. Fig. Fig. Fig. Circuito Triplo Fig. 9 p. 6 Fig. 9 p. 6 Fig. 9 p. 6 Fig. 9 p. 6 Fig. 9 p. 6 Fig. 9 p. 6 Circuito Quádruplo Fig. 0 p.7 Fig. 0 p. 7 Regulado a5e9a Fig. p. 7 Fig. p. 7 Fig. p. 7 Fig. p. 7 Regulado a0e6a Fig. p. 7 Fig. p. 7 Fig. p. 7 Fig. p. 7 Fig. p. 7 Fig. p. 7 OBSERVAÇÃO:Todos os alternadores têm velocidade de 600 RPM, exceto os Modelos 90000, 0000 e 0000, que têm velocidade de 00 RPM. A saída é menor com velocidades rpm do motor mais baixas.

4 IDENTIFICAÇÃO As Figuras de a mostram os diferentes tipos de sistemas de alternador discutidos nesta seção. DESCRIÇÕES DOS SISTEMAS Alternador do Sistema e O alternador CC opera como parte integrante do motor, separado dos sistemas de partida e ignição. O alternador fornece corrente de carga CC a uma bateria de6ouvolts. Dois modelos de estator são usados. O modelo anterior era utilizado antes do sistema Código de data 0500, em sistemas de 6 volts, Fig...Corrente de 0,5 A CC+ para carregar a bateria Um fio PRETO () do estator () Retificador de onda completa () Fig. O modelo atual é usado desde o sistema Código de data 0500, em sistemas de 6evolts,Fig.. Corrente de 0,5 A CC+ para carregar a bateria Um fio PRETO () do estator () Fio BRANCO de saída para o conector () Fig. ALTERNADOR DE / A Utilizado nos MODELOS (Fig. ) O alternador CC de / A foi desenvolvido para operar como uma parte integrante do motor, e separado dos sistemas de partida e ignição. Fornece corrente de carga CC para uma bate-- ria de volts..corrente de 0,5 A CC+ para carregar a bateria Um fio PRETO () do estator () Fio BRANCO de saída para o conector () Fig.

5 ALTERNADOR DE, A Utilizado no Modelo 0000 Depois do Modelo Código de data 9000 (Fig. ) O alternador CC de, A fornece corrente para carregar uma bateria de volts. Uma bateria de Ampères/hora é recomendada para operação a altas temperaturas, e uma bateria de Ampères/ hora para operação a baixas temperaturas. 5 Corrente de, A CC+ para carregar a bateria Um fio PRETO () do estator () Fio VERMELHO de saída para o conector (5) ALTERNADOR DE -/ A Utilizado no Modelo 0000 Antes do Modelo de Código de data (Fig. 5) O alternador de --/ A integrado, com retificador de estado sólido, foi desenvolvido para uso com uma bateria compacta. Uma bateria de Ampères/hora é recomendada para operação a altas temperaturas, e uma bateria de Ampères/hora para operação a baixas temperaturas. O alternador possui velocidade de 600 RPM. A saída é menor com velocidades RPM do motor mais baixas. 5 Fig. 6 Alternador - Somente CC (Fig. 6) O alternador CC fornece corrente CC para carregar uma bateria de volts. A corrente do alternador não está regulada, apresentando A a uma velocidade do motor de 600 RPM. Corrente de --/ A CC+ para carregar a bateria Dois fios VERMELHOS (6) do estator () Fio VERMELHO de saída para o conector (5) Fig Corrente de A CC+ para carregar a bateria Um fio VERMELHO (6) do estator () Diodo revestido no conector Fio VERMELHO de saída para o conector (5) Fig. 6 5

6 Alternador - Somente CA (Fig. 7) O alternador CA fornece corrente somente para faróis. A corrente para os faróis é disponibilizada somente enquanto o motor estiver em operação. A saída depende da velocidade do motor. Devem ser utilizados faróis de volts, com uma capacidade total de 60 a 00 watts. No caso de faróis com capacidade de 70 watts, a tensão aumenta de volts a uma velocidade de 00 RPM para volts a uma velocidade de 600 RPM. Assim, o brilho dos faróis muda conforme a velocidade do motor. Alternador para Circuito Duplo (Fig. ) Corrente de Volts CA para o circuito de iluminação Um fio PRETO () do estator () Fio BRANCO de saída para o conector () O alternador para circuito duplo utiliza um bujão polarizado simples com dois pinos. Um pino carrega a bateria e o outro os faróis. Os alternadores de circuito 6 duplo anteriores utilizam um conector separado para cada um dos circuitos. O alternador do circuito duplo fornece corrente CC para carregar a bateria e um circuito CA independente para os faróis. A bateria não é 6 usada para os faróis que funcionam mesmo se a bateria 6 for desconectada ou removida. A corrente para os faróis é disponibilizada somente enquanto o motor opera. A 7 saída depende da velocidade do motor, então o brilho dos faróis muda conforme a velocidade do motor. Devem ser utilizados faróis de volts, com uma capacidade total de 60 a 00 watts. No caso de faróis com capacidade de 70 watts, a tensão aumenta de Corrente de A CC+ para carregar a bateria, fio VERMELHO (6) Corrente de Volts CA para o circuito de iluminação, fio PRETO () voltsaumavelocidadede00rpmparavoltsa Diodo revestido no conector uma velocidade de 600 RPM. A corrente da lateral CC Fio BRANCO (7) com terminais de dois pinos do alternador não está regulada, apresentando A. A saída aumenta de A a uma velocidade de 00 RPM para A a uma velocidade de 600 RPM. Fig. Alternador para Circuito Triplo (Fig. 9) O alternador para circuito triplo fornece corrente alternada por meio de um único fio e conector de saída para uma proteção de fiação com dois diodos. Um diodo converte a corrente CA em CC de 5 A -- (negativa) para os faróis. O outro diodo converte a corrente CA em CC de 5 A+ (positiva) para carregar a bateria e cargas externas, como embreagem elétrica. OBSERVAÇÃO: Alguns fabricantes fornecem os diodos como parte integrante da proteção de fiação do equipamento. Um resistor de OHM 0 Watts pode ser instalado em com o fio de carga CC(+), para limitar a corrente de carga em aproximadamente A, quando a embreagem não estiver engatada. Quando a embreagem estiver engatada, o resistor é desviado, permitindo saída total para a bateria e embreagem. OBSERVAÇÃO: O resistor de OHM 0 Watts é fornecido pelo fabricante do equipamento, quando solicitado. 6 Fig. 7 0 Corrente de volts CA do estator () para os diodos (9) Um fio PRETO () do estator Conector VERDE (0) Fio BRANCO () para os faróis Conector do fio VERMELHO (6) para bateria e embreagem Resistor de OHM 0 Watts () Diodos para carregar a bateria () e para o circuito de iluminação () Fig

7 Alternador para Circuito Quádruplo (Fig. 0) O sistema do alternador para circuito quádruplo fornece corrente CA pelos dois fios de saída para o regulador--retificador. O regulador--retificador converte a corrente CA em CC, e fornece corrente não regulada (5 A CC--) para os faróis e corrente regulada (5 A CC+) para carregar a bateria. A taxa de carga varia conforme a velocidade RPM e a temperatura. 7 5 OBSERVAÇÃO: O circuito quádruplo e o sistema regulado de 0--6 A utilizam o mesmo estator. AlternadorReguladoa5e9A(Fig.) Os sistemas de alternador regulado a5e9afornecem corrente CA por um único fio ao regulador--retificador. O regulador--retificador converte a corrente CA em CC, e regula a corrente para a bateria. A taxa de carga varia conforme a velocidade RPM, o estado de carga dabateriaeatemperatura. A saída do alternador (5 ou 9 A) é determinada pelo tamanho da bobina do alternador do volante. O estator e o regulador--retificador são os mesmos para o sistemade5e9a. O sistema regulado a 5 e 9 A e o sistema de Circuito Triplo utilizam o mesmo estator. Alternador Regulado a 0 e 6 A (Fig. ) O sistema de alternador regulado a 0 e 6 A fornece corrente CA por dois fios de saída ao regulador--retificador. O regulador--retificador converte a corrente CA em CC, e regula a corrente para a bateria. A taxa de carga varia conforme a velocidade RPM, o estado de cargadabateriaeatemperatura. A saída do alternador (0 ou 6 A) é determinada pelo tamanho da bobina do alternador do volante. O estator e o regulador--retificador são os mesmos para o sistemade0e6a. Corrente regulada de 5 A CC+ para carregar a bateria Corrente não regulada de 5 A CC-- para os faróis (Fio Branco) Dois fios PRETOS () do estator (5) para o conector amarelo () Fio BRANCO para os faróis () Fio VERMELHO para a bateria () Fig. 0 Corrente regulada de 5 ou 9 A CC+ para carregar a bateria Um fio PRETO do estator () Conector VERDE () do estator Fio AMARELO () para o regulador--retificador Um fio VERMELHO () do regulador--retificador com conector VERMELHO Fig. 7 6 Corrente regulada de 0 ou 6 A CC+ para carregar a bate-- ria Dois fios PRETOS () do estator () Conector AMARELO (5) com terminais de dois pinos Dois fios AMARELOS (6) para o regulador--retificador Um fio VERMELHO () do regulador--retificador para o fio VERMELHO de saída do conector () Os sistemas de 0 e 6 A utilizam o mesmo estator, código de cores e regulador--retificador (7) A saída do alternador é determinada pelo tamanho da bobina do alternador do volante Fig. 5 7

8 DIAGNÓSTICO E CORREÇÃO DE FALHAS. Bateria não carrega a. Velocidade RPM do motor muito baixa b. Bateria com defeito c. Fios de aterramento da bateria soltos ou corroídos d. Fios abertos, em curto--circuito ou aterrados entre o conector de saída e a bateria e. Diodos com defeito (abertos ou em curto--circuito) f. Regulador--retificador com defeito ou aterrado de forma inadequada g. Diodo instalado incorretamente (invertido) h. Corrente excessiva exigida pelos acessórios i. Baixo fluxo magnético ou ímãs do alternador danificados. Bateria em estado de sobrecarga a. Vibração forte da bateria (tiras ausentes ou rompidas) b. Taxa de carga da bateria incompatível com a saída do alternador c. Bateria danificada (elementos da bateria em curto--circuito) d. Regulador com defeito e. Resistor de ohm em curto--circuito ou aterrado (somente Circuito Triplo) f. Bateria muito pequena (Capacidade A/Hora). Faróis não funcionam a. Fusível em linha queimado (se houver) b. Faróis com defeito c. Fios soltos ou corroídos d. Fios abertos, em curto--circuito ou aterrados entre o conector de saída e os faróis e. Diodo com defeito (Circuito Triplo, aberto ou em curto--circuito, lado do fio branco de saída) f. Baixo fluxo magnético ou ímãs do alternador danificados. Embreagem elétrica não funciona (Circuito Triplo) a. Velocidade RPM do motor muito baixa b. Fusível em linha queimado (se houver) c. Fios soltos ou corroídos d. Fios abertos, em curto--circuito ou aterrados entre o conector de saída eaembreagem elétrica e. Diodo com defeito (aberto ou em curto--circuito, lado do fio vermelho de saída) OBSERVAÇÃO: A bateria também carrega. f. Chave da embreagem elétrica com defeito g. Circuito da embreagem aberto, em curto--circuito ou aterrado h. Baixo fluxo magnético ou ímãs do alternador danificados Equipamentos para Testar Alternadores Multímetro Digital O Multímetro Digital (DMM), Ferramenta Briggs & Stratton nº 96, pode ser usado para medir volts, ohms ou ampères, e para testar os diodos, Fig.. OBSERVAÇÃO: O DMM está equipado com dois fusíveis, para evitar danos ao medidor se os limites de entrada forem excedidos. Se o medidor exibir 0,00 ao testar a saída CC ( ), verifique os fusíveis do medidor. Consulte no Manual de Operação FLUKE o procedimento para verificar os fusíveis. Os fusíveis para substituição estão disponíveis como peça de reposição, nº 99. Fig.

9 Shunt CC O DMM suporta a entrada CC de 0 a 0 A por até 0 segundos. Quando verificar a saída CC num sistema regulado a 6 A, use o shunt CC, Ferramenta nº 959, Fig., para evitar que o fusível do medidor queime. Tacômetro Tacômetro digital, Briggs & Stratton, Ferramenta nº 99, Fig. 5. OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Verifique a polaridade da bateria. O lado negativo (--) da bateria deve ser aterrado no motor ou estrutura; e o lado positivo (+) da bateria ao motor de partida e fio de carga do alternador. Se os lados forem invertidos, o retificador e/ou a bateria ficarão danificados. Fig. Teste da Saída do Alternador Fig. 5 Seqüência do Procedimento de Teste:. Teste a saída do alternador.. Teste o(s) diodo(s) ou o regulador--retificador (se houver). OBSERVAÇÃO: Todas as especificações da saída do alternador possuem uma velocidade RPM específica. Antes de testar a saída do alternador (volts, A), primeiro use um tacômetro preciso e ajuste temporariamente a velocidade do motor na velocidade RPM especificada nas instruções de teste. Alternadores do Circuito Duplo, e Sistemas e Procedimentos de Teste da Saída do Alternador Fig. 6 Teste a Saída de A CC. Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe de 0 A do medidor.. Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor.. Gire o seletor até a posição (A CC). FixeogrampodetesteVERMELHOnofiode saída do estator (), Fig. 6 (Típico). Veja na Fig. 7 o alternador para o Circuito Duplo. O fio VERMELHO (5) é a saída CC. O encaixe no conector indica o terminal de saída CC (6). 5. Fixe o grampo de teste PRETO () no terminal positivo (+) da bateria ou fio de proteção da fiação de carga (). 5 6 Fig. 7 9

10 6. Com o motor operando a uma velocidade RPM especificada, a saída deve ser conforme indicado na Tabela nº, Especificações. 7. Se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, verifique o vão de ar do estator, quando aplicável. Consulte a Tabela nº, Especificações.. Se o vão de ar do estator estiver conforme as especificações, e se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, substitua o estator. Teste a Saída de Tensão CA Os procedimentos são os mesmos para todos os sistemas, considerando as exceções: Desconecte temporariamente a proteção de fiação do estator do regulador--retificador (Alternador Regulado a5e9a).. Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe do medidor.. Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor.. Coloque o seletor na posição V~ (volts CA).. Fixe o grampo do fio de teste VERMELHO no terminal de saída CA (), Fig., Típico. Veja a Fig. 9 o alternador para Circuito Duplo. Fig. 5. O fio PRETO () é a saída CA. Conecte o fio VERMELHO () ao fio de saída ou ao terminal de saída CA (). Faça o aterramento do fio PRETO () ao motor. O encaixe no conector indica o terminal de saída CC (6) a. (Alternador para Circuito Quádruplo e Alternador Regulado a 0 e 6 A): Insiraos fios de teste VERMELHO () e PRETO () nos terminais de saída, no conector amarelo (6), conforme indicado na Fig. 0. (Os fios do grampo de teste do medidor podem ser conectados em qualquer terminal.) 5 Fig FixeogrampodofiodetestePRETOaoaterramento do motor. 7. Com o motor operando a uma velocidade de 600 RPM, a saída CA deve ser conforme indicado na Tabela Nº, Especificações.. Se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, verifique se os fios estão desencapados ou se existe algum outro defeito. Se não houverem fios em curto--circuito, substitua o estator. 9. Se a saída do alternador for boa, teste os diodos localizados na proteção de fiação (Alternador do Circuito Triplo). 6 Fig. 0 0

11 Ajuste do Vão de Ar do Estator (Típico) Consulta na Tabela Nº, Especificações, se aplicável.. Gire o volante até que as bobinas fiquem fora do estator.. Solte as porcas de montagem do estator e remova o estator do volante, e aperte somente uma porca.. Coloque um manômetro espesso de 0,006 (0.7 mm) ou 0.00 (.5 mm) (7), dependendo da aplicação, entre o estator e o volante.. Gire o volante até que os ímãs fiquem sob o estator. Solte a porca e deixe o estator ser levado contra o ímã do volante. 5. Aperte as porcas de montagem mantendo um torque de 5 pol lbs ( Nm). 6. Gire o volante para remover o manômetro. Fig.. Substitua o Estator com Defeito 7 Fig. Alternador de -/ A Utilizado no Modelo 0000 Antes do Modelo de Código de data Remova a carcaça do respiro, girando a tela, embreagem de rebobinagem e o volante (). OBSERVAÇÃO: Localização dos fios do estator: sob um carretel de bobina, e entre o motor de partida e a carcaça de acionamento do motor de partida, como mostra a Fig.. 5. Retire o fio de aterramento (5) ou a unidade do retificador (, modelo anterior) da carcaça do acionamento do motor de partida.. Retire os dois parafusos () e buchas de montagem do estator. Fig.. Instale a nova unidade do estator () com os parafusos e buchas de montagem. Certifique--se de que os fios (7) estejam posicionados corretamente, como mostra a Fig.. 5. Enquanto aperta os parafusos de montagem (), empurre o estator em direção ao virabrequim, para usar a folga nas buchas (6). 6. Aperte as porcas de montagem mantendo um torque de 0 pol lbs ( Nm). 7. Antes de montar novamente, localize os fios do estator no cilindro, para limpar a engrenagem dentadaeovolante.. Fixe a unidade do retificador ou o fio de aterramento (modelo anterior) para ativar a carcaça. 9. Reinstale o volante e aperte a embreagem de rebobinagem mantendo o torque conforme indicado no quadro de especificações. 0. Monte novamente a tela giratória e a carcaça do respiro. 6 Fig. 7

12 Teste o Retificador (Diodo) OBSERVAÇÃO: Na posição de Teste do Diodo, o DMM vai exibir a queda de tensão progressiva do(s) diodo(s) do retificador. Se a queda de tensão for menor que 0.7 volts, o medidor emitirá um bipe, e exibirá a queda de tensão. Um tom contínuo indica continuidade (diodo em curto--circuito). Um circuito incompleto (diodo aberto) será exibido como OL. Alternador de -/ A Utilizado no Modelo 0000 Antes do Modelo de Código de data Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe do medidor.. Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor.. Gire o seletor até a posição (Teste de Diodo).. FixeogrampodofiodetestePRETOnoterminal de saída. Deixe o fio de teste PRETO conectado até realizar o Etapa 6 abaixo. 5. Fure um fio de saída com um pino e toque o fio de teste VERMELHO com o pino, como ilustrado na Fig., Típico. a. O medidor deve emitir um bipe. b. Se o medidor emitir um tom contínuo ou exibir OL, o retificador está com defeito.substitua--o. 6. Repita o teste com o outro fio de saída. a. O medidor deve emitir um bipe. b. Se o medidor emitir um tom contínuo ou exibir OL, o retificador está com defeito. Substitua--o. 7. Fixe o grampo do fio de teste VERMELHO numa área limpa sem pintura do motor (aterramento bom). Deixe o grampo do fio de teste VERMELHO fixado até o fim do teste.. Fure um fio de saída do estator com um pino e toque o fio de teste PRETO com o pino. a. O medidor deve emitir um bipe. b. Se o medidor emitir um tom contínuo ou exibir OL, o retificador está com defeito. Substitua--o. 9. Repita o teste com o outro fio de saída do estator. a. O medidor deve emitir um bipe. b. Se o medidor emitir um tom contínuo ou exibir OL, o retificador está com defeito. Substitua--o. 0. Se o retificador estiver OK, reinstale o estator e teste novamente a saída CC. Fig.

13 Teste do Alternador - Somente CC Os procedimentos de teste para ambos sistemas são idênticos.. Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe do medidor.. Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor.. Gire o seletor até a posição (Teste do Diodo).. Fixe o grampo do fio de teste VERMELHO no ponto A e o grampo do fio de teste PRETO no ponto B, Fig. 5 (Somente CC), Fig. 6 (Circuito Duplo). (Pode ser necessário furar o fio vermelho () com um pino, conforme ilustrado.) a. Se o medidor emitir um só bipe, o diodo está OK. b. Se o medidor emitir um tom contínuo, o diodo está com defeito (em curto--circuito). c. Se o medidor exibir OL, proceda ao etapa Invertaosfiosdeteste. a. Se o medidor emitir um só bipe, o diodo está instalado na posição inversa. b. Se o medidor ainda exibir OL, o diodo está com defeito (aberto). 6. Se o diodo estiver OK, reinstale o estator. A Fig. 5 A Fig. 6 B B OBSERVAÇÃO: Estão disponíveis proteções do diodo para substituição. Use solda de fio com núcleo de resina quando instalar novas proteções, Use tubo de encolhimento ou fita em todas as conexões. NÃO USE CONECTORES TIPO GRAMPO. Teste do Alternador do Circuito Triplo OBSERVAÇÃO: Um diodo é para o circuito de carga da bateria e o outro diodo é para o circuito de iluminação. Circuito de Carga (Fio Vermelho B+) Circuito de Iluminação (Fio Branco B -) Os procedimentos são idênticos, exceto os etapas e5(vejaotexto):. Insira o fio de teste VERMELHO no encaixe do medidor.. Insira o fio de teste PRETO no encaixe COM do medidor.. Gire o seletor até a posição (Teste do Diodo).. Circuito de Carga (Fio Vermelho B+) Fixe o grampo fio de teste PRETO () ao ponto A, Fig. 7. (Pode ser necessário furar o fio vermelho () com um pino, conforme ilustrado.) Insira o fio de teste VERMELHO () no conector da proteção. Fig. 7 A

14 5. Circuito de Iluminação (Fio Branco B -) Fixe o grampo fio de teste VERMELHO () ao ponto A, Fig.. (Pode ser necessário furar o fio branco () com um pino, conforme ilustrado.) Insira o fio de teste PRETO () no conector da proteção. a. Se o medidor emitir um só bipe, o diodo está OK. b. Se o medidor emitir um tom contínuo, o diodo está com defeito (em curto--circuito). Substitua--o. c. Se o medidor exibir OL, proceda ao etapa Invertaosfiosdeteste. a. Se o medidor emitir um só bipe, o diodo está instalado na posição contrária. b. Se o medidor ainda exibir OL, o diodo está com defeito (aberto). Substitua--o. Fig. A Alternador do Circuito Quádruplo Teste do Circuito de Carga (CC+) OBSERVAÇÃO: O regulador--retificador não vai funcionar, a não ser que esteja aterrado ao motor. Verifique se o regulador--retificador está bem firme no motor. Ao testar a saída de Ampère do regulador--retificador, é necessária uma bateria de volts com uma carga mínima de 5 volts. Não haverá saída de carga se a tensão da bateria for menor que 5 volts. OBSERVAÇÃO: Conecte os fios de teste com firmeza antes de dar partida no motor. Se um fio de teste vibrar ou ficar solto durante a operação do motor, o regulador--retificador pode estar com defeito.. Insira o fio de teste VERMELHO no encaixe de 0 A do medidor.. Insira o fio de teste PRETO no encaixe COM do medidor.. Gire o seletor até a posição (A CC).. Fixeogrampodofio()detesteVERMELHOno pino de saída da corrente (, fio vermelho), Fig Fixe o fio de teste PRETO () no terminal positivo (+) da bateria. 6. Com o motor operando a 600 RPM, a saída deve ser de a 5 A. A medição de Ampères varia conforme a tensão da bateria. Uma bateria totalmente carregada vai indicar menos Ampères. 7. Se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, substitua o regulador--retificador. Fig. 9

15 Teste do Circuito de Iluminação (CC -) O fio preto do regulador--retificador fornece 5 A (CC--), sendo usado somente para iluminação. Se os faróis não operarem, primeiro verifique as lâmpadas, fiação e/ou chave da luz. Para testar o circuito de iluminação, são necessários um resistor de OHM 0 Watts (, disponível em lojas de suprimentos elétricos) e uma proteção de teste (5, fabricada de 96), como mostra a Fig. 0.. Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe 0 A do medidor.. Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor.. Gire o seletor até a posição (A CC).. Conecte a proteção de teste (5) ao conector de saída e conecte os grampos tipo jacaré ao resistor de ohm 0 watts (), como mostra a Fig.. 5. FixeogrampodofiodetesteVERMELHOnoresistor,eogrampodofiodetestePRETOaoterminal positivo (+) da bateria. 6. Com o motor operando a uma velocidade de 600 RPM, a saída exibida no medidor deve ser de aproximadamente A. 7. Se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, substitua o regulador--retificador (6). CUIDADO 5 5 Fig. 0 6 Fig.. Gire o seletor até a posição (A CC). O resistor fica quente durante o procedimento de teste. Realize o teste rapidamente. Se houver contato poderão ocorrer queimaduras graves AlternadorReguladoa5a9A Teste do Regulador -Retificador OBSERVAÇÃO: O regulador--retificador não vai funcionar, a não ser que esteja aterrado ao motor. Verifique se o regulador--retificador está bem firme no motor. Ao testar a saída de Ampère do regulador--retificador, é necessária uma bateria de volts com uma carga mínima de 5 volts. Não haverá saída de carga se a tensão da bateria for menor que 5 volts. OBSERVAÇÃO: Conecte os fios de teste com firmeza antes de iniciar o motor. Se um fio de teste vibrar ou ficar solto durante a operação do motor, o regulador--retificador pode estar danificado.. Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe 0 A do medidor.. Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor. 5

16 . Fixe o grampo do fio de teste VERMELHO no terminal de saída, no conector de saída vermelho, no regulador--retificador (), Fig.. 5. FixeogrampodofiodetestePRETOaoterminal positivo (+) da bateria. 6. Com o motor operando a uma velocidade de 600 RPM, a saída exibida no medidor deve ser de: *-5A -Sistemade5A *-9A -Sistemade9A * Depende da tensão da bateria, que com carga completa exibe menos Ampères. 7. Se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, substitua o regulador--retificador. Alternador Regulado a 0 e 6 A Teste do Regulador -Retificador Fig. OBSERVAÇÃO: O DMM suporta a entrada CC de 0a0Aporaté0s.AsaídaCCnumsistema regulado a 6 A, use o shunt CC, Ferramenta nº 959, para evitar que o fusível do medidor queime. Veja nas instruções especiais o procedimento de instalação num sistema regulado a 6 A. OBSERVAÇÃO: Ao testar a saída de Ampère do regulador--retificador, é necessária uma bateria de volts com uma carga mínima de 5 volts. Não haverá saída de carga se a tensão da bateria for menor que 5 volts. Ao testar a saída de Ampère do regulador--retificador, é necessária uma bateria de volts com uma carga mínima de 5 volts. Não haverá saída de carga se a tensão da bateria for menor que 5 volts. OBSERVAÇÃO: Conecte os fios de teste com firmeza antes de iniciar o motor. Se um fio de teste vibrar ou ficar solto durante a operação do motor, o regulador--retificador pode estar danificado. Teste do Regulador -Retificador Sistemade0A. Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe 0 A do medidor.. Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor.. Gire o seletor até a posição (A CC).. Fixe o grampo do fio de teste VERMELHO no terminal de saída CC do regulador--retificador (), Fig.. 5. FixeogrampodofiodetestePRETOaoterminal positivo (+) da bateria. 6. Com o motor operando a uma velocidade de 600 RPM, a saída exibida no medidor deve ser de: * -0 A - Sistema de 0 A * Depende da tensão da bateria. que com carga completa exibe menos Ampères. 7. Se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, substitua o regulador--retificador. 6

17 Fig. 7

18 Sistemade6A Quando verificar a saída CC num sistema regulado a 6 A, use o shunt CC, Ferramenta nº 959, para evitar que o fusível do medidor queime. O Shunt CC deve ser instalado no terminal -- (negativo) da bateria, Fig.. Todas as conexões devem estar limpas e firmes.. Instale o shunt no terminal negativo da bateria.. Insira o fio de teste VERMELHO () no encaixe do medidor e conecte o terminal do poste VERMELHO ao shunt, Fig... Insira o fio de teste PRETO () no encaixe COM do medidor e conecte o terminal do poste PRETO ao shunt.. Gire o seletor até a posição. 5. Fixe o grampo do fio de teste VERMELHO no terminal de saída CC do regulador--retificador, Fig.. 6. Com o motor operando a uma velocidade de 600 RPM, a saída exibida no medidor deve ser de: * -6 A - Sistema de 6 A * Dependendo da tensão da bateria. Uma bateria com carga completa vai exibir menos Ampères. 7. Se a saída estiver baixa ou se não houver saída alguma, substitua o regulador--retificador. Substituindo o Retificador Alternador de -/ A Utilizado no Modelo 0000 Antes do Modelo de Código de data Fig. OBSERVAÇÃO: A caixa do retificador do modelo anterior foi substituída pela proteção do retificador, como mostra a Fig. 5. Fig. 5. Corte os fios do estator próximo ao retificador, assim os fios do estator ficam o mais longo possível.. Descarte o antigo retificador.. Retire a isolação / (9,5 mm) dos fios do estator. OBSERVAÇÃO: O retificador para substituição possui dois fios expostos, sem isolação.. Torça e solde cada fio do estator a um fio do retificador. 5. Façaaisolaçãodecadaconexãocomfitadefricção elétrica ou tubo de encolhimento. Mantenha as áreas conectadas o mais compacto possível. 6. Conecte o fio de aterramento à carcaça do acionamento usando o parafuso de montagem do retificador original, Fig..

19 Diagramas de Fiação Sugerida Os componentes de típicos sistemas de partida estão relacionados abaixo:. BateriadeVolts. Motor de Partida. Solenóide. Chave de Ignição 5. Estator Superior 6. Estator Inferior 7. Solenóide Anti e Pós Incêndio. Amperímetro 9. Diodo 0. Oil Gard Bóia. Oil Gard Módulo. Armadura da Ignição. Vela de Ignição. Alternador 5. Regulador--Retificador 6. Fio -- Traçador Preto/Branco 7. Fio -- Traçador Amarelo/Verde. Fio -- Traçador Vermelho/Branco 9. Fio -- Preto 0. Fio -- Amarelo. Fio -- Vermelho. Fio -- Verde. Fio -- Amarelo. Fio -- Traçador Vermelho/Preto 5. Fio -- Saída CA 6. Fio -- Saída CC 7. Faróis. Chave dos Faróis 9. Luz Indicadora de Carga 0. Fio -- Azul. Embreagem Elétrica. Chave da Embreagem. Resistor Os seguintes diagramas de fiação são formas recomendadas de fazer a fiação de chaves de ignição com cinco ou seis terminais, fornecidas pela Briggs & Stratton. Fig Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Duplo Chave com 5 Terminais Fig Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Duplo Chave com 6 Terminais Fig. -- Diagrama de FiaçãoTípica do Alternador para Circuito Regulado a 5/9 A Chave com 6 Terminais Fig Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Regulado a 6 A Chave com 5 Terminais Fig Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Regulado a 6 A Chave com 6 Terminais Fig. -- Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Regulado a 6 A com Luz Indicadora de Carga e Chave com 6 Terminais Fig. -- Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Triplo Chave com 6 Terminais Fig. -- Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Triplo com Resistor e Chave com 5 Terminais Fig. -- Diagrama de Fiação Típica do Alternador para Circuito Triplo com Resistor e Chave com 6 Terminais 9

20 ESPECIFICAÇÕES As figuras abaixo mostram a fiação recomendada para chaves de ignição com cinco (5) ou seis (6) terminais, fornecidas pela Briggs & Stratton Fig Fig. 7 0

21 Fig Fig. 9

22 Fig Fig.

23 Fig Fig.

24 Fig.

25 TABELA Nº TABELA Nº Saída CC do Alternador e Vão de Ar do Estator (Onde Aplicável) Alternador do Sistema e Saída: Não menos que 0,5 A CC a 00 RPM. Vão de Ar do Estator: 0.00 (0.5 mm), (somente modelo atual). Saída CA do Alternador Alternador - Somente CA e Alternador para Circuito Duplo Saída: Não menos que volts CA a 600 RPM. Alternador de / A Modelo Alternador para Circuito Triplo Saída: Não menos que 0,5 A CC a 00 RPM. Vão de Ar do Estator: 0, ,00 (0,5 -- 0,0 mm), (somente modelo atual) Alternador de, A Modelo Depois do Modelo de Código de data 9000 Saída: Não menos que volts CA a 600 RPM. Alternador para Circuito Quádruplo Saída: Não menos que A CC a 600 RPM. A saída varia conforme a tensão da bateria. Com tensão máxima da bateria, a saída será de aproximadamente A. Alternador de -/ A Modelo Antes do Modelo de Código de data Saída: Não menos que 0 volts CA a 600 RPM. AlternadorReguladoa5e9A Saída: Não menos que, A CC a 600 RPM. Alternador Somente CC e Alternador para Circuito Duplo Saída:EntreeACCa600 RPM. A saída varia conforme a potência da bateria. Com tensão máxima da bateria, a saída será de aproximadamente A. Saída: Não menos que Volts CA -- Sistema de 5 A a 600 RPM 0VoltsCA -Sistemade9A Alternador Regulado a 0 e 6 A Saída: Não menos que 0 Volts -- Sistema de 0 A a 600 RPM 0Volts -Sistemae6A OBSERVAÇÃO: Seotestedesaídado alternador indicar que é um sistema de 6 A, consulte as instruções especiais para testar o regulador--retificador. 5

Seção 2 Detecção de problemas

Seção 2 Detecção de problemas Seção 2 Detecção de problemas Página SISTEMAS ELÉTRICOS... 32 Alternadores... 32 Diagnóstico do sistema do alternador... 32 Identificação do sistema de carga... 33 Identificação do imã do volante... 34

Leia mais

Seção 12 Conjunto do motor

Seção 12 Conjunto do motor Seção 12 Conjunto do motor Página CONJUNTO DO MOTOR... 164 Instalação do virabrequim... 164 Instale o pistão e a biela... 164 Instalação do eixo de cames... 164 Instalação da bomba de óleo... 165 Instalação

Leia mais

Guia do Usuário. Modelo 380360 Testador de Isolamento / Megômetro

Guia do Usuário. Modelo 380360 Testador de Isolamento / Megômetro Guia do Usuário Modelo 380360 Testador de Isolamento / Megômetro Introdução Parabéns pela sua compra do Testador de Isolamento/Megômetro da Extech. O Modelo 380360 fornece três faixas de teste além de

Leia mais

SEÇÃO 2 Ignição. Índice da Seção Página VOLANTES

SEÇÃO 2 Ignição. Índice da Seção Página VOLANTES SEÇÃO Ignição Índice da Seção Página VOLANTES Remoção Exceto modelos 80000 (com volante de ferro fundido), 00700, 0000, 00900, 0000 e 80000... Volante de ferro fundido, modelos 80000, 0000, 00900, 0000,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE COSTURA

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE COSTURA MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE COSTURA Modelo: GF1000 (Bivolt) Leia atentamente este Manual, antes de usar sua Máquina de Costura. Guarde-o em local seguro, para futuras consultas. SAC: (11) 5660.2600

Leia mais

23. SISTEMAS DE IGNIÇÃO

23. SISTEMAS DE IGNIÇÃO 23. SISTEMAS DE INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 23-1 DIAGNÓSTICO DE DEFEITOS 23-1 DESCRIÇÃO DO SISTEMA 23-4 VELA DE 23-9 TESTE DE FAÍSCA 23-10 PONTO DE 23-11 BOBINA DE 23-12 SISTEMA CDI 23-13 SISTEMA DE TRANSISTORIZADA

Leia mais

Relê. Suporte A. Suporte B. Suporte C do Farol de Neblina Esquerdo. Suporte C do Farol de Neblina Direito. 23 Abraçadeiras de Fixação

Relê. Suporte A. Suporte B. Suporte C do Farol de Neblina Esquerdo. Suporte C do Farol de Neblina Direito. 23 Abraçadeiras de Fixação MANUAL DE INSTALAÇÃO Acessório FAROL DE NEBLINA Modelo Aplicável HONDA FIT 2007 No. da publicação Data de emissão fev/06 Moldura Farol de Neblina Esquerdo Relê Moldura Farol de Neblina Direito Suporte

Leia mais

19. INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 19-1 LUZES/INDICADORES/ INTERRUPTORES NX-4 FALCON

19. INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 19-1 LUZES/INDICADORES/ INTERRUPTORES NX-4 FALCON NX-4 FALCON 19. LUZES/INDICADORES/ INTERRUPTORES LOCALIZAÇÃO DO SISTEMA 19-0 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 19-1 SUBSTITUIÇÃO DAS LÂMPADAS 19-3 PAINEL DE INSTRUMENTOS 19-5 TACÔMETRO 19-9 SENSOR DO NÍVEL DE COMBUSTÍVEL

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções TRR 3110S NM +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções TRR 3110S NM +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

DICAS TÉCNICAS S100/105/120/125

DICAS TÉCNICAS S100/105/120/125 Chamada de serviço: Nível de plataforma inoperante Subida/descida da lança inoperantes P22 - P22R código de rolagem na tela Ferramentas necessárias: Multímetro Chave de 7/16 2º técnico de serviço Modelo:

Leia mais

KW-AVX848/KW-AVX840 Manual de Instalação/Conexão

KW-AVX848/KW-AVX840 Manual de Instalação/Conexão / Manual de Instalação/Conexão LVT280-002A-PT [J/JW] PORTUGUÊS 05NSMMDWJEIN PT 20 Victor Company of Japan, Limited Este aparelho foi projetado para funcionar com sistemas elétricos conectados a terra NEGATIVA

Leia mais

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA A A LINHA DE CAIXAS ABTECH ABCS TÜV 11.0323 X

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA A A LINHA DE CAIXAS ABTECH ABCS TÜV 11.0323 X ABTQ-81 rev 03 Última Revisão: 13 Dez 2011 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA A A LINHA DE CAIXAS ABTECH ABCS TÜV 11.0323 X Marcação A marcação mostrada é para uma caixa de terminação

Leia mais

Engine Management systems WB-O2. Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Especificações Técnicas

Engine Management systems WB-O2. Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Especificações Técnicas Engine Management systems WB-O2 Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Especificações Técnicas Índice 1. Atenção!... 3 2. Apresentação... 4 3. Características...

Leia mais

INV300CC-3T MANUAL DE INSTRUÇÕES

INV300CC-3T MANUAL DE INSTRUÇÕES INV300CC-3T MANUAL DE INSTRUÇÕES Leia e siga todas as instruções e indicações de segurança com cuidado. Somente pessoal treinado pode instalar e operar este equipamento. Entre em contato com a CAMAR se

Leia mais

Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO

Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO Introdução Parabéns por sua compra do Megôhmetro/Teste de Isolamento da Extech. O Modelo 380260 fornece três faixas de teste de medição de tensão

Leia mais

Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS

Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS Índice da seção Página Bielas Montagem da biela no pistão... 4 Verificação Instalação... 7 Remoção Torque... 8 Pistões Montagem do pistão na biela... 4 Verificação do desgaste

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD INDÍCE MANUAL UTILIZAÇÃO MAGIC LCD 1. INTRODUÇÃO INSTALAÇÃO, GARANTIA... 3 1.1 COMO INSTALAR MAGIC

Leia mais

Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação

Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Características... 4 2. Aviso Termo de Garantia... 5 3. Sonda Lambda de Banda Larga...

Leia mais

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO PARA VENTILADOR DE TETO DE TIPO 2 COM LUMINÁRIA LEIA ESTAS INSTRUÇÕES E GUARDE-AS

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO PARA VENTILADOR DE TETO DE TIPO 2 COM LUMINÁRIA LEIA ESTAS INSTRUÇÕES E GUARDE-AS INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO PARA VENTILADOR DE TETO DE TIPO 2 COM LUMINÁRIA LEIA ESTAS INSTRUÇÕES E GUARDE-AS R 1. LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES ATENTAMENTE ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO. 2. PARA EVITAR POSSÍVEIS

Leia mais

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Manual de montagem Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Última atualização: V1.20150220 30322575-02-PT Leia e respeite este manual de instruções. Guarde este manual de instruções para

Leia mais

KIT TESTADOR DE MULTIFUNCIONAL MANUAL DE INSTRUÇÕES KIT MULTÍMETRO PRO TX3000 ~ V ~ A NCV

KIT TESTADOR DE MULTIFUNCIONAL MANUAL DE INSTRUÇÕES KIT MULTÍMETRO PRO TX3000 ~ V ~ A NCV MANUAL DE INSTRUÇÕES KIT MULTÍMETRO PRO TX3000 ~ V ~ A W NCV 1 ÍNDICE KIT TESTADOR DE MULTIFUNCIONAL 1. Informações de segurança...4 1.1 Introdução...4 1.2 Instruções...4 1.3 Símbolos...5 1.4 Precauções...5

Leia mais

Estrada do Engenho D água 1295, Anil. Rio de Janeiro, RJ, Cep: 22765-240. Contato via telefone:

Estrada do Engenho D água 1295, Anil. Rio de Janeiro, RJ, Cep: 22765-240. Contato via telefone: Estrada do Engenho D água 1295, Anil. Rio de Janeiro, RJ, Cep: 22765-240 Contato via telefone: Rio de Janeiro: (21) 3072-3333 São Paulo: (11) 3522-4773 Vitória: (27) 4062-8307 Belo Horizonte: (31) 4063-8307

Leia mais

MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R

MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R Manual de Instruções MANIFOLD DIGITAL PARA SISTEMAS HVAC/R RECURSOS ESPECIAIS Indicador de nível baixo de bateria Exibe 61 gases de refrigeração Exibe temperatura correspondente do ponto de saturação,

Leia mais

www.modelix.com.br Página 01

www.modelix.com.br Página 01 OBJETIVO Este guia tem como objetivo a capacitação ao uso dos componentes mais específicos e o entendimento de seus modos de funcionamento. A Modelix está disponibilizando este guia junto a uma vasta gama

Leia mais

Para proteção completa contra chuva, está disponível em lojas de varejo uma capa de chuva ABC Design.

Para proteção completa contra chuva, está disponível em lojas de varejo uma capa de chuva ABC Design. MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN PRIMO Moldura de Alumínio leve Alças giratórias em 360 graus 4 posições de regulagem de encosto Rodas dianteiras giratórias e bloqueáveis. toldo removível Testado

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR RL DIGITAL MODELO RL-250

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR RL DIGITAL MODELO RL-250 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR RL DIGITAL MODELO RL-250 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA... 1

Leia mais

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1 Manual de Instruções EQUIPAMENTOS NR12 Nº de série Braesi Equipamentos para Alimentação Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, 512 - Desvio Rizzo Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 0800.979.6222 www.braesi.com.br

Leia mais

Ari Jr 23-03-2012. Diogo DATA 23-03-2012. Folheto de Instruções / User Manual 811-09-05 23-03-2012. Liberação do Arquivo. Ari Jr.

Ari Jr 23-03-2012. Diogo DATA 23-03-2012. Folheto de Instruções / User Manual 811-09-05 23-03-2012. Liberação do Arquivo. Ari Jr. N MODIFICAÇÃO POR DATA 0 Liberação do Arquivo Ari Jr 23-03-2012 1 Alteração do Controle Remoto Ari Jr 05-04-2012 2 Acrescentado informação sobre não tocar as pás durante o funcionamento. Dieli 13-07-2012

Leia mais

7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 NX-4 FALCON

7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 NX-4 FALCON NX-4 FALCON 7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 7-3 COMPRESSÃO DO CILINDRO 7-4 REMOÇÃO DA TAMPA DO CABEÇOTE 7-5 DESMONTAGEM DA TAMPA DO 7-6 CABEÇOTE REMOÇÃO DA ÁRVORE DE

Leia mais

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 bandeja de metal que fica na 1ª prateleira. Os Móveis Make-up estão passando por uma atualização. Ganharam um novo display e uma nova iluminação.

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação que acompanha o gabinete do rack para as informações sobre segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

Conversor de Corrente

Conversor de Corrente Conversor de Corrente Por favor leia atentamente este manual de instruções antes de qualquer utilização Bem-vindo Por favor leia atentamente este manual de instruções antes de proceder a qualquer operação

Leia mais

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Página CILINDROS... 150 Inspeção e medição... 150 Retificação de cilindros... 150 Acabamento... 151 Limpeza... 151 MANCAIS DE MOTOR... 152 Mancal

Leia mais

ELETROTÉCNICA ELM ROTEIRO DA AULA PRÁTICA 01 A LEI DE OHM e AS LEIS DE KIRCHHOFF

ELETROTÉCNICA ELM ROTEIRO DA AULA PRÁTICA 01 A LEI DE OHM e AS LEIS DE KIRCHHOFF ELETROTÉCNICA ELM ROTEIRO DA AULA PRÁTICA 01 A LEI DE OHM e AS LEIS DE KIRCHHOFF NOME: TURMA: DATA: / / OBJETIVOS: Ler o valor nominal de cada resistor através do código de cores. Conhecer os tipos de

Leia mais

Martelete Rotativo. Makita do Brasil Ferramentas Elétricas Ltda. MANUAL DE INSTRUÇÕES HR2445- HR2455

Martelete Rotativo. Makita do Brasil Ferramentas Elétricas Ltda. MANUAL DE INSTRUÇÕES HR2445- HR2455 Martelete Rotativo HR445- HR455 MANUAL DE INSTRUÇÕES Makita do Brasil Ferramentas Elétricas Ltda. Fábrica Rua Makita Brasil, 00 Bairro Alvarengas - S. B. do Campo - SP - CEP: 0985-080 PABX: (0xx) 439-4

Leia mais

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Manual para Instalação e Operação Design de simulação de motocicleta Funções para frente e para trás Função de reprodução de música na parte frontal O produto

Leia mais

MaxHome. Mini Ferro de Viagem. MaxHome. Sm-110 Bivolt

MaxHome. Mini Ferro de Viagem. MaxHome. Sm-110 Bivolt Mini Ferro de Viagem Sm-110 Bivolt ÍNDICE NOTAS: Parabéns por ter adquirido o seu Mini Ferro de Viagem. Características do produto Dicas de Segurança Informações do aparelho Usando o aparelho Cuidados

Leia mais

MODELO VT550B(branco) / VT550P(preto) VENTILADOR DE MESA E COLUNA MANUAL DE INSTRUÇÕES. Ventilador de Mesa e Coluna

MODELO VT550B(branco) / VT550P(preto) VENTILADOR DE MESA E COLUNA MANUAL DE INSTRUÇÕES. Ventilador de Mesa e Coluna MODELO VT550B(branco) / VT550P(preto) VENTILADOR DE MESA E COLUNA MANUAL DE INSTRUÇÕES Ventilador de Mesa e Coluna Leia estas instruções antes de usar o produto Silenciosos - Noites mais tranquilas Muito

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Página 1 de 9 Informativo nº 9 VENTILADOR DE MESA 30cm VENTNK1200 ASSUNTO: Lançamento. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Alimentação: Cor: Potência do aparelho: Consumo de energia: Característica diferencial: Período

Leia mais

GME-100C Olho Mágico Digital com campainha

GME-100C Olho Mágico Digital com campainha GME-100C Olho Mágico Digital com campainha Manual de Instruções Antes de tentar conectar ou operar este produto, por favor, leia atentamente estas instruções. Índice 1. Apresentação do Produto 1.1 Embalagem

Leia mais

MANUAL DO OPERADOR MÁQUINA DE SOLDA MIG 280 NMIG280

MANUAL DO OPERADOR MÁQUINA DE SOLDA MIG 280 NMIG280 MANUAL DO OPERADOR MÁQUINA DE SOLDA MIG 280 NMIG280 Máquinas de solda NMIG Nagano Parabéns pela compra da sua nova máquina de solda Nagano. Com esta unidade de soldagem, agora você pode experimentar muitas

Leia mais

Manual de Instrução do Medidor Interno da Balança de Carga

Manual de Instrução do Medidor Interno da Balança de Carga !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Manual de Instrução do Medidor Interno da Balança de Carga Panorama Geral de Instalação A instalação da balança

Leia mais

Medidor de Resistência de Isolamento Analógico Modelo ITMG 800. Manual do Usuário

Medidor de Resistência de Isolamento Analógico Modelo ITMG 800. Manual do Usuário Medidor de Resistência de Isolamento Analógico Modelo ITMG 800 Manual do Usuário 1. Sumário O novo estilo de Verificador de Resistência de Isolamento Analógico é IT801A. Seu design é moderno e conta com

Leia mais

BOMBA DE VACUO MANUAL KA-056

BOMBA DE VACUO MANUAL KA-056 Certificado de Garantia. Modelo Controle Kitest Equipamentos Automotivos KA-056 Nº Manual do Usuário A Kitest Equipamentos Automotivos garante o equipamento adquirido contra possíveis defeitos de fabricação

Leia mais

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Fone: +55 (0 )47 255 2000 - Fax: +55 (0 )47 255 2020 Rua: Anita Garibaldi, nº 262 - Bairro: São Luiz - CP: 52 CEP: 88351-410 - Brusque - Santa Catarina -

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S

Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S Sumário 1 - Introdução 1.1 - Segurança 1.2 - Principais Componentes 1.3 - Características

Leia mais

Galoneira Industrial série ZJ-W562

Galoneira Industrial série ZJ-W562 Galoneira Industrial série ZJ-W562 Instruções de Segurança IMPORTANTE Antes de utilizar sua máquina, leia atentamente todas as instruções desse manual. Ao utilizar a máquina, todos os procedimentos de

Leia mais

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções 11/06 119-32/00 012807 REV.0 www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS INTRODUÇÃO Tensão Corrente Potência/Consumo Freqüência Rotações Diâmetro Área de ventilação

Leia mais

Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO. AlbaLED Cores Piscina

Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO. AlbaLED Cores Piscina Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO AlbaLED Cores Piscina Copyright G2N Automação Indústria e Comércio Ltda. 2009. AlbaLED Cores Piscina Este Guia do Instalador e Manual do Usuário foi publicado pela

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

AMPLIFICADOR HD 1600 HD 2200 HD 2800 MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUCÃO INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO - 1 - 1 CANAL - CLASSE D - 2 Ohms

AMPLIFICADOR HD 1600 HD 2200 HD 2800 MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUCÃO INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO - 1 - 1 CANAL - CLASSE D - 2 Ohms INTRODUCÃO AMPLIFICADOR MANUAL DE INSTRUÇÕES HD 1600 HD 2200 HD 2800 Nós da HURRICANE agradecemos pela escolha dos nossos produtos. Nossos amplificadores são projetados para oferecer a mais alta performance.

Leia mais

SEÇÃO 4 Controles do Governador, União do Carburador e Freios do Volante

SEÇÃO 4 Controles do Governador, União do Carburador e Freios do Volante SEÇÃO 4 Controles do Governador, União do Carburador e Freios do Volante Índice da Seção Página IDENTIFICÇÃO DO SUPORTE DE CONTROLE DO GOVERNDOR Virabrequim Horizontal... Virabrequim Vertical... CONTROLES

Leia mais

O uso dos diodos nos alternadores implicam numa série de cuidados, tais como:

O uso dos diodos nos alternadores implicam numa série de cuidados, tais como: Resumo - Alternador O uso dos diodos nos alternadores implicam numa série de cuidados, tais como: Não ligar a bateria com polaridade invertida; Não ligar o alternador sem carga ou retirar a carga com alternador

Leia mais

KW-AV68BT Manual de Instalação/Conexão

KW-AV68BT Manual de Instalação/Conexão Manual de Instalação/Conexão LVT229-002A-PT [JW] PORTUGUÊS 2EHHMDWJEIN PT 20 JVC KENWOOD Corporation Este aparelho foi projetado para funcionar com sistemas elétricos conectados a terra NEGATIVA de CC

Leia mais

Jato suave e concentrado; Chuveiro com chave seletora para ajuste da temperatura (4 temperaturas); Inovação tecnológica;

Jato suave e concentrado; Chuveiro com chave seletora para ajuste da temperatura (4 temperaturas); Inovação tecnológica; 1 1. INFORMAÇÕES GERAIS Função O Chuveiro tem como função principal fornecer água com vazão adequada à higiene pessoal. Aplicação Utilizado para higiene pessoal em banheiros ou áreas externas como piscinas.

Leia mais

Manual Técnico e Certificado de Garantia

Manual Técnico e Certificado de Garantia Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Nauta é pré-montado. Siga todas

Leia mais

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC.

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC. Manual de Instruções Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C A&C Automação e Controle Rua: Itápolis nº 84 SBC. SP CEP: 09615-040 Tel: (11) 4368-4202 Fax: (11) 4368-5958 E-mail: aec@aecautomacao.com.br

Leia mais

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MANUAL DE INSTRUÇÃO MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MODELO: SS-26-1W - 1 - MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO Leia atentamente as instruções antes de iniciar o uso: a) Verificar se a voltagem está correta

Leia mais

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS Manual do Operador COMPONENTES e ACESSÓRIOS Tampa do tanque de produtos químicos Bocal Lança Tanque de produtos químicos Vela de ignição Acionador de

Leia mais

SPIRIT WIND 203 e 303 MANUAL TÉCNICO E TERMO DE GARANTIA

SPIRIT WIND 203 e 303 MANUAL TÉCNICO E TERMO DE GARANTIA SPIRIT WIND 203 e 303 MANUAL TÉCNICO E TERMO DE GARANTIA www.ventiladorspirit.com.br 30% mais vento maior prêmio de design europeu ecológico e econômico resistente e durável CUIDADOS DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO

Leia mais

Manual de Instruções. Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta. Taxa de consumo de energia Corrente 10,5ª / 4,0A

Manual de Instruções. Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta. Taxa de consumo de energia Corrente 10,5ª / 4,0A Manual de Instruções Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta Chanfradeira portátil Modelo HB-15B Ferramenta profissional HB-15B Especificações Fonte de energia (fase única) AC110v-120v

Leia mais

Modificação do LED POWER Logic@sat L4000

Modificação do LED POWER Logic@sat L4000 Modificação do LED POWER Logic@sat L4000 Caro amigo, proprietário de um receptor Logic@sat L4000, alguma vez você já se questionou sobre o funcionamento do LED POWER do receptor? Além de ser vermelho,

Leia mais

5Manutenções no Sistema de

5Manutenções no Sistema de Manutenção Preventiva dos Filtros do Ar A manutenção adequada deve incluir, também, uma inspeção completa dos sistemas. Todas as conexões, as tubulações ou dutos entre o filtro e o motor devem ser mantidos

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO.

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA OPTIMA DUCHA ELETRÔNICA OPTIMA TURBO DUCHA ELETRÔNICA OPTIMA FILTER DUCHA MULTITEMPERATURA OPTIMA 8T DUCHA MULTITEMPERATURA OPTIMA 8T TURBO

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01 GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01 2 Suporte para Veículo CRD-TC7X-CVCD1-01 A Zebra reserva o direito de fazer alterações em qualquer produto para melhorar a confiabilidade, as

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO KIT DE IGNIÇÃO IGNIFLEX EDIÇÃO 05/2014 AVISOS IMPORTANTES LEIA O MANUAL COMPLETO ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO! É OBRIGATÓRIA A UTILIZAÇÃO DE VELAS RESISTIVAS PARA

Leia mais

Para garantir uma operação segura, leia cuidadosamente este manual antes de usar a talha.

Para garantir uma operação segura, leia cuidadosamente este manual antes de usar a talha. ÍNDICE I. Componentes básicos... 3 II. Instalação... 3 III. Requisitos elétricos... 7 IV. Segurança... 7 V. Manutenção... 12 VI. Inspeções diárias... 12 VII. Inspeções mensais... 13 VIII. Inspeções anuais...

Leia mais

Capacetes de Segurança H-700

Capacetes de Segurança H-700 Dados Técnicos Página 1 de 8 Capacetes de Segurança H-700 DESCRIÇÃO GERAL: O capacete de segurança H-700 é composto de: Casco ventilado (com ou sem tira refletiva) ou sem ventilação (com ou sem tira refletiva),

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7 MANUAL DE INSTRUÇÕES Compact Indústria de Produtos Termodinâmicos Ltda. Fábrica: Est. BR-116 KM 152,3, 21940 Pavilhão 1 Bairro Planalto Caxias do Sul - RS - CEP 95070-070 Fone (0XX) 54-2108-3838- Fax:

Leia mais

Manual do proprietário

Manual do proprietário seu objeto de design SAC Serviço de Atendimento ao Cliente Todas regiões 0800 022 1612 sac@icair.com.br www.icair.com.br Manual do proprietário Modelos IC/Air IC/Air Led 18 W IC/Air Top Led 18 W IC/Air

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 SUMÁRIO Descrição do Rastreador ST-240... 03 Descrição das entradas e saídas... 03 Led indicador GPS - Vermelho... 04 Led indicador GPRS - Azul... 04 Dicas de instalação... 05

Leia mais

Bicicletas Elétricas MANUAL KIT ELÉTRICO

Bicicletas Elétricas MANUAL KIT ELÉTRICO MANUAL KIT ELÉTRICO Seu KIT de conversão parcial é composto por: - Módulo Controlador Eletrônico - Suporte de Bateria - Bateria de Lítio - Painel Indicador - Acelerador - Motor da roda dianteiro 250w de

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR Parabéns por adquirir sopradores roots Dositec, série Cutes - CR, os quais são o resultado de avançado projeto

Leia mais

LBH-1790A,1795A PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA

LBH-1790A,1795A PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA LBH-1790A,1795A PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA PARA GARANTIR O USO SEGURO DA SUA MÁQUINA DE COSTURA Para operar uma máquina de costura, máquina automática e dispositivos auxiliares (daqui por diante denominados

Leia mais

Localização dos Componentes

Localização dos Componentes 1 of 40 21/07/2014 18:54 CAPÍTULO 15 AUDI A4 1.8 ADR 1995 em diante AUDI A4 1.8 TURBO AEB 1995 em diante COMO FUNCIONA ESTE SISTEMA Este sistema é multiponto seqüencial, com 4 válvulas injetoras que possui

Leia mais

ü Não é permitido utilizar a tubulação da rede elétrica para passagem dos

ü Não é permitido utilizar a tubulação da rede elétrica para passagem dos VÍDEO PORTEIRO COLORIDO VIP COLOR 7 Manual de Instalação 1) APRESENTAÇÃO DO PRODUTO A Amelco, oferece cada vez mais soluções em segurança eletrônica para seus clientes e apresenta o Vídeo Porteiro com

Leia mais

Boletim de Serviço Nº 01 / 08

Boletim de Serviço Nº 01 / 08 1 Boletim de Serviço Nº 01 / 08 04 de março de 2008 FOLHA 1 de 9 Veículo/Modelo: TR4R CIRCULAR POR: x Diretoria Marketing x - Cup x Eng. Competição Pilotos x Mod. Center - CAT INSTALAÇÃO DO LIMITADOR DE

Leia mais

Manual de instalação, operação e manutenção

Manual de instalação, operação e manutenção Manual de instalação, operação e manutenção para a válvula esférica assentada em metal RSVP aprimorada da MOGAS Como INSTALAR A VÁLVULA CORRETAMENTE ALÍVIO DE TENSÃO DAS SOLDAS CONFORME ASME B31.1 FAÇA

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1000

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1000 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1000 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento =1= ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais

Em caso de dúvida, por favor, entre em contato com os seguintes dados em mãos: Modelo e Número de Série.

Em caso de dúvida, por favor, entre em contato com os seguintes dados em mãos: Modelo e Número de Série. 1 REV 01 08/15 Parabéns, você acaba de adquirir um produto REI. Em caso de dúvida, por favor, entre em contato com os seguintes dados em mãos: Modelo e Número de Série. www.reibrasil.com.br E-mail: sat@reibrasil.com.br

Leia mais

Conectores Elétricos Rotativos

Conectores Elétricos Rotativos Conectores Elétricos Rotativos Serior aos coletores escovas convencionais Blindado com rolamentos de esferas Maior confiabilidade, livre de manutenção Livre de ruídos elétricos Resistência de condução

Leia mais

PAINEL DIGITAL SUNDOW WEB - COMPLETO * SD40

PAINEL DIGITAL SUNDOW WEB - COMPLETO * SD40 RUA SIGFREDO DAY, 50 - SOBRELOJA CIC CEP 81.170-650 CURITIBA PR FONE / FAX: (41)3014-3536. E-MAIL: vendas@guster.com.br INSTRUMENTOS AUTOMOTIVOS MONITORAMENTO DE VEÍCULOS RASTREADORES GPS - TRAVAS PAINEL

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Central de Iluminação de Emergência 12 V(cc), 20 A, com Capacidade de 240 W. Código AFB240 A central de iluminação de emergência é alimentada pela rede elétrica predial (110 ou 220 volts) e também possui

Leia mais

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço VARREDEIRA ZE072 Manual de serviço A varredeira ZE072 foi desenvolvida para trabalhos na construção civil, de manutenção em estradas, ou locais que necessitem o mesmo sistema de remoção de resíduos. Qualquer

Leia mais

VERIFICAÇÃO DE NÍVEL DE FLUIDO E SUBSTITUIÇÃO DO FLUIDO DA TRANSMISSÃO DE ENGATES DIRETOS 02E VW/AUDI DSG.

VERIFICAÇÃO DE NÍVEL DE FLUIDO E SUBSTITUIÇÃO DO FLUIDO DA TRANSMISSÃO DE ENGATES DIRETOS 02E VW/AUDI DSG. VERIFICAÇÃO DE NÍVEL DE FLUIDO E SUBSTITUIÇÃO DO FLUIDO DA TRANSMISSÃO DE ENGATES DIRETOS 02E VW/AUDI DSG. Veículos envolvidos: JETTA, NEW BEETLE, PASSAT, AUDI SPORTSBACK de 2006 em diante. FLUIDO RECOMENDADO:

Leia mais

Carolina Vilanova. 26/12/13 www.omecanico.com.br/modules/revista.php?action=printout&recid=423. Desmontagem e dicas da caixa VW

Carolina Vilanova. 26/12/13 www.omecanico.com.br/modules/revista.php?action=printout&recid=423. Desmontagem e dicas da caixa VW Desmontagem e dicas da caixa VW Vamos apresentar nessa reportagem as características, dicas de manutenção, desmontagem e montagem da caixa de câmbio MQ200, que em suas várias aplicações, equipa a maioria

Leia mais

Manual do usuário LUME 1000 LUME 2000

Manual do usuário LUME 1000 LUME 2000 Manual do usuário LUME 1000 LUME 2000 LUME 1000 e LUME 2000 Central de iluminação de emergência Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Engesul. As centrais de iluminação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO IK-1000

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO IK-1000 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO IK-1000 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. Introdução...01 2. Regras de segurança...01

Leia mais

ALISADOR DE CONCRETO MANUAL DO USUÁRIO NAC2. Por favor, leia este Manual com atenção pára uso do equipamento.

ALISADOR DE CONCRETO MANUAL DO USUÁRIO NAC2. Por favor, leia este Manual com atenção pára uso do equipamento. ALISADOR DE CONCRETO MANUAL DO USUÁRIO NAC2 Por favor, leia este Manual com atenção pára uso do equipamento. Aviso Importante Certifique-se de verificar o nível de óleo como é descrito a seguir: 1. Nível

Leia mais

SUDAM 125cc RL MY MANUAL DE MONTAGEM/DESMONTAGEM E MANUTENÇÃO PARA MOTORES MY 30/11/09 1 MAN-058

SUDAM 125cc RL MY MANUAL DE MONTAGEM/DESMONTAGEM E MANUTENÇÃO PARA MOTORES MY 30/11/09 1 MAN-058 SUDAM 125cc RL MY MANUAL DE MONTAGEM/DESMONTAGEM E MANUTENÇÃO PARA MOTORES MY 30/11/09 1 MAN-058 ÍNDICE Page 1. SUDAM 125cc DESMONTAGEM DO MOTOR 2. VIRABREQUIM - MONTAGEM/DESMONTAGEM 2.1 OPERAÇÕES PARA

Leia mais

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA A BATERIA FP 818/K1. ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto.

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA A BATERIA FP 818/K1. ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA A BATERIA FP 818/K1 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Uso e cuidados

Leia mais

LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES... 23-2 DIAGRAMA DO SISTEMA... 23-3 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO... 23-4 ANTES DA DIAGNOSE DE DEFEITOS...

LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES... 23-2 DIAGRAMA DO SISTEMA... 23-3 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO... 23-4 ANTES DA DIAGNOSE DE DEFEITOS... 23. programa de mudança elétrica (esp: Modelos te/fe) LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES... 23-2 DIAGRAMA DO SISTEMA... 23-3 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO... 23-4 ANTES DA DIAGNOSE DE DEFEITOS... 23-5 DIAGNOSE DE DEFEITOS

Leia mais

Transformadores compactos para soldagem manual

Transformadores compactos para soldagem manual Transformadores compactos para soldagem manual Manual do usuário e peças de reposição Referência Bantam Brasil 50 0/0 V - 60 Hz 006680 A ESAB se reserva o direito de alterar as especificações sem prévio

Leia mais

APLICATIVOS RENAULT. Siemens/Fênix 5

APLICATIVOS RENAULT. Siemens/Fênix 5 CAPÍTULO 11 APLICATIVOS RENAULT Siemens/Fênix 5 MEGANE 2.0 F3R 750/751 1996 em diante LAGUNA 1.8 F3P B670/S724 1996 em diante LAGUNA 2.0 F3R 722/723 1996 em diante LAGUNA 2.0 16V N7Q 700 1996 em diante

Leia mais

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324 ABTQ-82 rev 03 Última Revisão: 13 Dez 2011 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324 Marcação A marcação mostrada é para uma caixa de terminação certificada.

Leia mais