WAGO-I/O-SYSTEM. Um Único Sistema Para Todas as Aplicações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WAGO-I/O-SYSTEM. Um Único Sistema Para Todas as Aplicações"

Transcrição

1 WAGO-I/O-SYSTEM Um Único Sistema Para Todas as Aplicações

2 Automação Descentralizada Benefícios dos Sistemas de I/O Industriais Descentralizados A introdução dos sistemas de I/O distribuídos impactou o segmento de automação de forma significativa. Topologias modernas, descentralizadas, inteligentes e distribuídas, substituíram as estruturas tradicionais de automação centralizada, permitindo aos usuários ma- imizar a produção e os benefícios, simplificando processos. A introdução da ETHERNET Industrial no mercado, atendeu a demanda da indústria em relação ao aumento de desempenho e disponibilidade de arquiteturas abertas, ao mesmo tempo que garantiu compatibilidade entre os padrões mundiais estabelecidos. As diversas formas de operação desses sistemas abertos são eemplos perfeitos da compatibilidade e capacidade de intregração entre eles. Qualidade e Confi abilidade O controle de qualidade total é vital no processo de fabricação dos produtos 100% dos módulos são submetidos à testes funcionais Certificações mundiais Ao escolher um sistema de I/O distribuído, considere quatro fatores que diferenciam o WAGO-I/O-SYSTEM de outros sistemas: Máimo Retorno do Investimento A arquitetura aberta, independente de rede, otimiza os investimentos Perfi l da Empresa Como líder em tecnologia de coneão à mola e interfaces eletrônicas, em 1995, a WAGO desenvolveu seu primeiro sistema de I/O industrial modular independente da rede de campo. Hoje a empresa continua a liderar em qualidade e inovação. Design compacto, combinado aos mais altos padrões de qualidade, permitiram ao WAGO- -I/O-SYSTEM ser um dos mais bem sucedidos sistemas de I/O industrial distribuído do mundo. Até hoje, nosso compromisso constante com a inovação e a versatilidade, nos permite continuar a defi nir altos padrões de desempenho e confi abilidade em todos nossos produtos. CLP Desempenho e Fleibilidade O controlador certo para todas as aplicações Fieldbus-Independent - Comunicação com todos os protocolos padrão de mercado e protocolos baseados em ETHERNET Estrutura escalonável - controladores modulares, IHM s e controladores de alto desempenho Plataforma fleível que se adapta à diversas aplicações e ambientes Design compacto Programável de acordo com a IEC Melhor Relação Investimento Desempenho Módulos I/O fleíveis permitem a personalização das remotas A dimensão reduzida dos módulos permite a alta densidade e economia de espaço Custos Minimizados A operação simples reduz os custos com planejamento, comissionamento e manutenção O design simplificado reduz significativamente os erros de manuseio Componentes fáceis de instalar eliminam acessórios desnecessários (que muitas vezes possuem custos significativos) e ferramentas de configuração especial Alta Confiabilidade Líder em qualidade e confiabilidade para uma ampla variedade de aplicações - todos os componentes WAGO seguem os mais altos padrões de aplicação em ambiente industrial (como eposição a variação de temperatura, vibração, choque e interferência eletro-magnética) O Sistema de I/O Ideal O sistema dispõe de otimizados recursos de integração, oferecendo uma solução escalonável com relação de investimento/desempenho bastante diferenciada. O sistema é otimizado para o processo de comunicação orientada e é também uma solução de desempenho escalonável e alta densidade de integração com um preço/índice de desempenho imbatível. Várias possibilidades de aplicações com custos de sistema e hardware reduzidos Operação simples, máima eficiência

3 Controladores Aberto - Fleível - Compacto Baseados na norma IEC , os Controladores Programáveis da WAGO podem desempenhar várias funções oferecendo todos os benefícios provenientes dessa tecnologia, como por eemplo: robustez, estabilidade, confi ança e alta disponibilidade. Inúmeras aplicações podem ser feitas através de uma ampla gama de módulos de entrada e saída do WAGO-I/O-SYSTEM 750. Com opções de desempenho e capacidade de memória, podemos utilizar desde simples controladores ETHERNET até poderosos Controladores de processo IPC s. Os controladores WAGO oferecem memória escalonável e alta velocidade em conjunto a uma variedade de interfaces e protocolos de comunicação. Além disso, todas as opções de protocolos de comunicação e interfaces permitem que os controladores da WAGO se conectem a sistemas de controle de alto nível, como por eemplo ERP ou MES. Controlador Industrial de Processo - IPC Fieldbus-Independent - Comunicação com todos os protocolos padrão de mercado e protocolos baseados em ETHERNET Desempenho escalonável - controladores, IHMs com controladores incorporados e controladores de processos IPCs Plataforma fleível se adapta à diversas aplicações e ambientes Design compacto Programável de acordo com a IEC SPEEDWAY, Acopladores de Rede Programáveis DESEMPENHO Controladores Programáveis de Rede PERSPECTO CP FUNÇÃO

4 Controle, Monitoração e Visualização através do Controlador de Processo WAGO-I/O-IPC Performance da CPU escalonável desde processadores Geode até Pentium M 1.4 GHz Funcionalidades de CLP via CoDeSys V2.3 Sistema operacional Linu 2.6 padrão Visualização CoDeSys integrada via navegador da Web ou monitor Opções de porta de comunicação master: PROFIBUS-DP ou CANopen Coneão direta com os módulos do WAGO-I/O-SYSTEM 750/753 Voltado para o desempenho de campo Controladores WAGO 767 SPEEDWAY Design modular (64 módulos de I/O por estação) Programável via CoDeSys V3 conforme a IEC (item n : ) Rápido scan de programa Parametrização versátil (GSD, GSDML, EDS e FDT/ DTM) Ecelente proteção (IP67, EMC) Solução eficiente da distribuição de alimentação Módulos robustos e totalmente encapsulados (projetados para operar entre -25 C e +60 C) Design ergonômico Item Nº CPU Protocolo de Rede Outros Protocolos RAM Flash Retentiva Sistema de Arquivos Servidor Web Item Nº CPU Protocolo de Rede Outros Protocolos do Programa de Dados Retentiva Sistema de Arquivos Web Server / Geode SC / PROFIBUS DP/V1 266 MHz / CANopen / / PROFIBUS DP/V1 Celeron M / CANopen 600 MHz / IEC 60870/ / IEC 60870/61850, PROFIBUS / / PROFIBUS DP/V1 Celeron M / CANopen 1 GHz / IEC 60870/ / IEC 60870/61850, PROFIBUS / Pentium M / PROFIBUS DP/V1 1.4 GHz / CANopen 128 MB 128 MB 128 KB 256 MB 512 MB 1024 KB 256 MB 512 MB 1024 KB 256 MB 512 MB 1024 KB 40 MB Interna + 2 GB com CF Card 40 MB Interna + 2 GB com CF Card 40 MB Interna + 2 GB com CF Card 40 MB Interna + 2 GB com CF Card ETHERNET CPU de 32 bits CANopen 1024 KB 256 KB 32 KB 3 MB Controle, Monitoração e Visualização através das IHM s com Controlador incorporado PERSPECTO Programável: funcionalidade completa com CoDeSys V2.3 Múltiplas portas de comunicação (ETHERNET, RS-232, RS-485, CAN) Tamanhos de tela variando de 3,5 a 15 Design flat Consumo de energia eficiente Compatível com o WAGO-I/O-SYSTEM 750 Velocidade + Inteligência + Robustez + Recursos Epandíveis = Controladores Programáveis WAGO-I/O-SYSTEM 750 Controladores para todos os protocolos de rede padrão Programação via CoDeSys V2.3 Projetado para se adequar a todas as necessidades de desempenho na área de automação Combina a funcionalidade CLP com padrões de TI Suporta uma ampla variedade de protocolos e bibliotecas WAGO-I/O-SYSTEM 750 modular, compacto, versátil Item Nº CPU Protocolo de Rede Outros Protocolos RAM Flash Retentiva / bit ARM9 MODBUS/TCP (UDP) 64 MB 64 MB 1 MB / MHz MODBUS/TCP (UDP) 64 MB 64 MB 1 MB / bit XScale MODBUS/TCP (UDP) 64 MB 32 MB 1 MB / MHz MODBUS/TCP (UDP) 64 MB 32 MB 1 MB / Intel Atom N270 MODBUS/TCP (UDP) 256 MB 128 MB / GHz MODBUS/TCP (UDP), CANopen 256 MB 128 MB Software de Automação WAGO AUTOMATION COCKPIT Sistema de Arquivos Ajustável Servidor Web Pendente Item Nº CPU Protocolo de Outros Sistema de Arquivos Servidor Web- Rede Protoco- do de Dados Retentiva -Visu los Programa Web DeviceNet 128 KB 64 KB 8 KB LONWORKS 128 KB 64 KB 8 KB MODBUS 32 KB 32 KB 8 KB PROFIBUS DP/V1 128 KB 64 KB 8 KB 16-bit CPU KB 64 KB 8 KB CANopen KB 64 KB 8 KB KB 64 KB 8 KB KB 64 KB 8 KB KB 512 KB 24 KB 1,5 MB ETHERNET 512 KB 256 KB 24 KB 1,5 MB KB 1024 KB 32 KB 2 MB interna + 8 GB com cartão SD CPU de KB 512 KB 32 KB 2 MB bits 1024 KB 512 KB 32 KB 2 MB IEC 60870/ KB 256 KB 24 KB 2 MB BACnet/IP 512 KB 256 KB 24 KB 4.5 MB KNX-IP 512 KB 256 KB 24 KB 1,5 MB O ambiente de desenvolvimento integrado da WAGO, contém ferramentas de confi guração, planejamento e programação para os seguintes produtos: IHM s da linha 762, IPCs da linha 758, acopladores e controladores WAGO-I/O-SYSTEM 750. O WAGO AUTOMATION COCKPIT também é um hub para todas as ferramentas disponíveis da WAGO, como ETHERNET Settings, WAGO-I/O-CHECK, I/O update, etc. O software também permite a confi guração de redes e de dispositivos. O sistema de programação é baseado no CoDeSys, uma ferramenta de software em conformidade com a IEC para a tecnologia de automação industrial. Além da programação em 6 linguagens diferentes, telas de supervisão podem ser facilmente criadas usando editores gráfi cos integrados. O software inclui interfaces abertas (OPC, DDE) além de oferecer a troca de dados via rede de comunicação e integração com outros softwares. A simulação off line permite que as funções do programa sejam testadas sem hardware. WAGO AUTOMATION COCKPIT inclui os seguintes programas: WAGO-I/O-PRO WAGO-I/O-CHECK

5 PERSPECTO Interfaces Homem Maquina (IHM s) Universal, Compacto e Econômico Um Sistema de I/O Ideal! Conceito: Fieldbus Independent Um dos princípios básicos por trás do WAGO-I/O-SYSTEM é a independência da rede de comunicação. Como líder nesse conceito, agora oferecemos suporte a todas as redes comuns de mercado. A modularidade do sistema permite que qualquer remota eistente no WAGO-I/O-SYSTEM seja convertida para uma rede diferente, bastando apenas alterar o acoplador/controlador de rede Coneão Automática Módulos de I/O oferecem um barramento de potência integrado para a distribuição de potencial e um barramento de dados para a transmissão interna de dados A utilização de chassis ou racks não é necessária. Identificação Clara Os marcadores de grupo do tipo pull-out permitem a identificação em cores da funcionalidade de cada módulo. Os dados técnicos de cada módulo estão localizados em sua parte lateral. O sistema de identificação WSB também permite a identificação de cada canal do módulo Coneões Plugáveis Para a montagem prática em campo, os conectores plugáveis da linha 753 são 100% compatíveis com os módulos da linha 750. Coneões I/O pré-montadas, permitem a coneão da fiação de forma plug and play. Isso praticamente elimina erros de manuseio e economiza tempo. Coneões Seguras e Confiáveis A tecnologia de coneão por mola da WAGO garante a operação contínua, mesmo sob as mais etremas condições de operação, como grandes variações térmicas, choques, vibrações e descargas eletrostáticas. Controlador Industrial de Processo - IPC CLP Acoplador de Rede de Campo Soluções de Controle Escalonáveis As soluções de automação da WAGO estão prontas para suprir suas necessidades independente do tamanho do processo - desde remotas até controladores stand-alone conectados à redes corporativas. Acopladores de rede - alta capacidade de concentração de I/O e economia para aplicações altamente distribuídas Controladores com 16, 32-bits, Controladores de processo distribuídos ou centralizados, programação e visualização realizadas através do AUTOMATION COCKPIT, software WAGO em conformidade com a norma IEC (CoDeSys). Tamanho Compacto Nosso design mecânico patenteado permite remotas de I/O etremamente compactas. Os módulos de I/O podem conter até 16 canais em um único envólucro com 12mm (1/2 ) de espessura. Fácil de Operar O design modular com montagem em trilho DIN permite a fácil instalação, epansão e modificação da remota de I/O. Além disso, a comprovada tecnologia CAGE CLAMP oferece coneões rápidas, seguras, à prova de vibrações e que são independentes da capacidade do operador. Dependendo da capacidade do módulo de I/O, os dispositivos de campo podem ser ligados diretamente usando a tecnologia de 1, 2, 3 ou 4 fios. Máima Fleibilidade As remotas no WAGO-I/O-SYSTEM podem ser configuradas para atender as diversas eigências de cada canal, diversos potenciais e vários padrões de sinal estão disponíveis (variando de 1 a 16 pontos). Módulos analógicos, digitais e especiais podem ser unificados na mesma remota. Módulos de alimentação permitem diferentes tensões (como 24V, 120V, 230V) na mesma remota de I/O.

6 Versátil e Fleível Mais de 400 Módulos Diferentes com 1, 2, 4, 8, 16 Canais e Módulos Especiais Disponíveis Módulos de Entrada Digital Módulos de Entrada Digital de 2 Canais - 24V, 48V, 60V, 110V, 220V DC - 120V, 230V AC - NPN/PNP, filtros de 0,2ms/3,0ms, diagnósticos Módulos de Entrada Analógica Módulos de Entrada Analógica de 1 Canal Contadores - NAMUR - Contador de Pulso- Intruder Detection (detecção de contato de alarme) - Contador Incremental/Decremental, 500Hz, 100kHz - Pontes de Resistor (strain gauge) - Contador Incremental/Decremental - Contador de Frequência - Contador com detecção de Pico Módulos de Entrada Analógica de 2 Canais - Entrada Diferencial - Entrada de Medição (isolamento elétrico) - Resolução de 12-/14-/16-bits - 0(4) 20mA AC/DC, 0 1(5)A VDC, ±10V, 0 30V, - Diagnósticos - 5V, 24V, 42V DC - 24V, 42V, V AC Módulos de Entrada Digital de 8 Canais - 24VDC, 5 14VDC - NPN/PNP, filtros de 0,2/3,0ms Módulos de Entrada Analógica de 4 Canais Módulos de Entrada Digital de 16 Canais - Single-ended input - 0(4) 20mA, V, ±10V - CAGE CLAMP S, 24VDC, NPN/PNP - Cabo Ribbon, 24VDC, NPN/PNP Funções Especiais Analógicas - Suporte ao Protocolo HART - Módulo de Medição RTD (Ajustável) - Módulo de Diagnósticos de Medição Termo-Acopladores, Módulos de Segurança (PROFIsafe) - 4FDI/2FDO, 24V, 10A - Ple/Cat. 4 para EN ISO ou SIL 3 EN IEC MODBUS Módulos de Sistema Automação Predial Módulos Especiais Digitais de 2 Canais Módulos de Entrada Digital de 4 Canais MODBUS/TCP Tecnologia de Posicionamento Módulos de Medição de Distância e Ângulo - Interface transmissora SSI - Interface Codificadora Incremental - Interface de Impulso Digital 230V AC/DC 24VDC Módulo de Saída Digital de 1 Canal Módulos Filtros - 440VAC, 16A - Operação Manual, Bi-Estável, Saída Isolada - Módulos de Alimentação de Dados e Potência - Filtro de surtos DALI/DSI Master Módulos de Coneão do Campo Receptor de Rádio EnOcean - 24VDC - 0VDC Módulos Separadores MP-Bus Posicionamento - 24VDC / 230VAC Módulo KNX/EIB/TP1 - Controlador para motor de Passo, RS Controlador para motor de Passo, 24V/1,5A - Controlador para motor de Passo, 70V/7,5A, 6IN/6OUT - Controlador para Servo Motor, 70V/7,5A, 6IN/6OUT - Controlador Drive DC, 24V/5A 120VAC Módulos de Alimentação Módulo RTC - 24VDC, E i - Receptor de Rádio DCF 77 Monitoração de Vibração - Monitoração de Condição de Vibração e Velocidade/Mancais 4 II/O-LIGHTBUS CAL IEC Módulos de Saída Digital de 2 Canais - 24VDC - 0,5A/2A, diagnósticos (fio cortado/curto-circuito - 230VAC, SSR, 3,0A, diagnósticos Módulos Especiais Digitais de 2 Canais - Largura de Pulso (PWM) do Módulo de Saída Módulos de Saída Digital de 4 Canais Controlador Industrial de Processo - IPC CLP Acoplador de Rede de Campo V/±10V - 0(4) 20mA Módulos de Saída Digital de 8 Canais Funções Especiais Analógicas VDC, 1A, 24VDC, 0,5A - NPN/PNP, diagnósticos V V, 10mA, diagnósticos - CAGE CLAMP S, 24VDC, 0,5A, NPN/PNP - Cabo Ribbon, 24VDC, 0,5A, NPN/PNP - Em Conformidade a AS-I 3.0(M4)- Até 62 remotas Interface de Rádio - Transmissor Bluetooth /RF Interface Mestre I-O link de 4 Canais Módulos de Saída Analógica Interface Serial - Interface RS-232-/RS-485 (Configurável) - Interface TTY, 20mA, Loop de Corrente - Módulo de Troca de Dados Módulos de Segurança (PROFIsafe) - 4/4F-DIO; 4FDI/2FDO, 24V, 10A - Ple/Cat. 4 para EN ISO ou SIL 3 EN IEC Módulos de Saída à Relés de 2 Canais V AC/DC - 2 contatos normalmente fechados / 2 contatos reversíveis, saídas isoladas/não flutuantes Módulos de Saída Digital Módulo de Entrada Digital de 2 Canais - Interruptor de Proimidade NAMUR - Zonas 0+1 Interface ASI Mestre Módulos de Saída Analógica 4 Canais V/±10V - 0(4) 20mA - Incl. Diagnósticos - Sensor de Proimidade NAMUR - Zonas V AC/DC - Fusível/diagnósticos (opcional) - 24VDC / 5 15VDC (ajustável) Módulos de Saída Analógica 2 Canais - 5V, 24V DC, 0,5A, VAC, 0,25A - NPN/PNP, diagnósticos Módulos de Saída Digital de 16 Canais Módulo de Entrada Digital de 1 Canal Módulos de Alimentação Comunicação e Gateway Módulos de Etensão do Barramento de Dados Interno - Módulo Final - Módulo Acoplador Módulo de Saída Digital de 2 Canais - 24VDC, 40mA, Proteção Contra Curto-Circuito - Zona 1 Módulo de Entrada Analógica com 2 Canais mA, zona mA HART, zonas RTD, zonas TC, zonas 0+1 Módulo de Saída Analógica 2 Canais mA, zona 1 - Zona 1 Módulo de Entrada Analógica com 2 Canais mA, HART Módulos E-i Intrinsecamente Seguros Módulo Final

7 Um Único Sistema Para Todas as Aplicações Para o Gerenciamento da Automação Predial e Instalações Sistemas de automação predial inteligentes usados para HVAC, controle de iluminação e persianas, assim como a otimização do consumo de energia, ajudam a economizar recursos enquanto melhoram o conforto e a segurança do usuário. No entanto, nem todo sensor e atuador em uma rede inteligente devem ser completamente autônomos. O WAGO-I/O-SYSTEM proporciona uma solução otimizada para Automação Descentralizada, onde a lógica de cada controlador é transferida ao controlador central autônomo. Esses controladores têm comunicação direta um com o outro, removendo a necessidade de níveis de controle centrais. Aplicações na construção naval, indústrias onshore e off shore são altamente eigentes quanto à capacidade de desempenho e acessibilidade de componentes. Os equipamentos WAGO usados na construção naval são colocados em teste nos ambientes operacionais mais O acesso contínuo e a interligação em rede são garantidos através da conformidade com padrões abertos. Essa característica acelera e simplifi ca de forma considerável as tarefas desde o projeto até o comissionamento. Protocolos de Automação Predial com ETHERNET multidisciplinar (MODBUS/TCP, BACnet/IP, KNX IP), LonWorks e KNX TP Soluções rápidas e eficientes devido a controladores programáveis e módulos funcionais específicos à aplicação (independente do protocolo da rede) Coneão em rede contínua e acesso remoto (Web SERVER) Ampla linha de interfaces compatíagressivos. Por eemplo, vibrações constantes, choques, grandes variações térmicas e alta umidade incidem continuamente os componentes posicionados na sala de máquinas de um navio. Além disso, os componentes da WAGO atendem às crescentes demandas para compatibilidade eletromagnética. Da popa à proa, o WAGO-I/O- -SYSTEM é evidentemente superior em confi abilidade e desempenho devido às inúmeras certifi cações recebidas. Isto prova sua adequação para a construção naval e outras aplicações onde condições etremas pedem por componentes de alto desempenho. Junto a protocolos clássicos de rede, conceitos distribuídos baseados em ETHERNET também são uma vantagem veis (como MODBUS RTU, M-Bus), controle de iluminação (DALI), controle de persianas (SMI), tecnologia de comunicação via rádio (EnOcean), MP-Bus e RTC Para a Construção Naval e Indústria Onshore/Off shore em diversos projetos devido à comunicação aberta e fl eível. Arquiteturas multi-client e multi-server aumentam a disponibilidade e permitem mecanismos redundantes usando a infraestrutura padrão ETHERNET. Aprovações internacionais: GL, LR, DNV, BV, RINA, KR, NK, ABS, PRS Categoria ambiental D (GL), operação direta em motores de combustão e compressores Operação certificada na ponte, certificado compass (BSH) Funções de gateway: NMEA, J1939, MODBUS RTU, RK512 e outros. Para a Automação Industrial Aplicações industriais eigem altas demandas de dispositivos de rede de campo, tornando importante a sua correta manutenção e os custos associados a sua longevidade. O projeto de engenharia adequado, a montagem e o comissionamento rápido, a epansão direta e os diagnósticos confi áveis do WAGO-I/O-SYSTEM reduzem o custo total de propriedade e aumentam a produtividade. Mais de 400 módulos de I/O, independentes da rede de campo, podem ser combinados com diversos acopladores/controladores através de muitos protocolos de redes e padrão ETHERNET Industrial, criando um sistema de I/O industrial completo. Isto permite ao sistema suportar facilmente as eigências individuais das aplicações sem maiores modifi cações. Além disso, o risco de erros é reduzido, garantindo a proteção, em longo prazo, do seu investimento. A seleção abrangente dos módulos de I/O para diferentes potenciais e tipos de sinal, economiza tempo e dinheiro, porque os sensores e atuadores podem ser ligados diretamente (sem conversores ou transdutores de sinal). E com até 16 canais em um módulo de 12mm A confiabilidade ecepcional dos componentes da WAGO oferece aplicações de processo com os mais altos níveis de precisão e segurança. Como aprovação, o WAGO-I/O- SYSTEM recebeu inúmeras certificações internacionais, tornando-o a melhor escolha, mesmo para aplicações com as mais eigentes condições de operação. (1/2 ) de espessura, pequenas remotas de rede com até 64/255 módulos de I/O podem ser criados em um acoplador ou controlador de rede. Funções especiais para a tecnologia de controle de motores de passo, funcionalidade de gateway (interface AS-I, MODBUS) e segurança (PROFIsafe) completam a linha. Remotas de campo modulares (1, 2, 4, 8 e 16 canais por módulo) permitem que as confi gurações de I/O sejam otimizadas sem o desperdício de pontos. Os acopladores da WAGO apresentam software especial que permite aos engenheiros de projeto o manuseio conveniente dos estágios de epansão de hardware (por eemplo, módulos virtuais de I/O no PROFIBUS ). O software de comissionamento WAGO-I/O-CHECK reduz os custos de engenharia e instalação, permitindo aos usuários construir remotas virtualmente e verifi car a operação correta dos periféricos conectados previamente no processo. A funcionalidade CLP é garantida com os controladores de rede programáveis Para a Engenharia de Processos Por eemplo, o WAGO-I/O-SYSTEM pode operar como coneão direta (sem uma barreira de segurança intrínseca) para um sensor/atuador intrinsecamente seguro em zonas 0 e 1 (onde há atmosferas altamente eplosivas) com a remota residindo na zona 2 (onde compostos eplosivos são relativamente raros). As funções precisas e com diagnóstico eliminam paradas de máquina, detectando falhas - já no nível do cabeamento. Controladores de rede programáveis aumentam a disponibilidade do sistema. Módulos de I/O para a monitoração das condições, como por eemplo: temperatura, vibração e energia; estão disponíveis na linha, assim como módulos de medição analógicos e módulos de interface serial, os quais fornecem gateways de protocolo para diversos dispositivos seriais. e compatíveis com a IEC As mudanças compleas nas aplicações de tempo (como o comissionamento) para as remotas de rede de campo, minimizam o trabalho da rede e do controlador para essas tarefas, otimizando o processo. As soluções Network Independent para os principais sistemas de rede e padrões industriais ETHERNET. A redução de custo e espaço com 1, 2, 4, 8 e 16 canais por módulo de I/O Funções específicas para diversas aplicações Fácil manuseio sem necessidade de acessórios e softwares de alto custo Design compacto Qualidade superior e inovação garantem um alto retorno do investimento Aplicação de acordo com os padrões dentro das áreas de risco da zona 2 Módulos de I/O digitais e analógicos intrinsecamente seguros para coneões à dispositivos nas zonas 0+1 Inúmeras funções especiais, funções analógicas (RTD, TC, AC/ DC), NAMUR e diagnósticos do módulo(como curto-circuitos, quebras de fios e faia fora de medição) Suporte ao protocolo HART Protocolo de comando remoto de acordo com as IEC , IEC e IEC Módulos especiais tem uma faia de temperatura ampliada de -20 C a +60 C

8 / Um Único Sistema Para Todas as Aplicações 5.0 BR. 01/2013. Impresso no Brasil Sujeito a Alterações de Design WAGO Eletroeletrônicos Ltda. Rua Américo Simões, 1470 Itupeva - SP Telefones: +55 (11) Fa: +55 (11) Site:

Série Connect. Switches e Conversores Industriais. www.altus.com.br

Série Connect. Switches e Conversores Industriais. www.altus.com.br Série Connect Switches e Conversores Industriais www.altus.com.br Conectividade e simplicidade Compacto: design robusto e eficiente para qualquer aplicação Intuitivo: instalação simplificada que possibilita

Leia mais

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104 UMG 104 UMG 104-Mais do que um ples Multímetro O UMG 104 equipado com um DSP de 500 MHz (processador de sinal digital) é um analisador de tensão muito rápido e potente. A varredura contínua dos 8 canais

Leia mais

ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS

ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS SYSTEM SLIO Sistema de I/Os Remotos Simples e inteligente, o System Slio é um sistema de I/O s descentralizado, eficaz e moderno. Foi especialmente projetado

Leia mais

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados Solução Completa em Automação FieldLogger Registro e Aquisição de Dados Ethernet & USB Até 16GB de memória Conversor A/D 24 bits Até 1000 amostras por segundo Apresentação FieldLogger O FieldLogger é um

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para compra

Descrição do Produto. Dados para compra Descrição do Produto A funcionalidade e versatilidade da linha de Inversores de Freqüência NXL da Altus fazem dela a solução ideal para as mais diversas aplicações. Visa atingir motores com menores potências

Leia mais

Micro Controladores Programáveis

Micro Controladores Programáveis Micro Controladores Programáveis Transformando energia em soluções Compacto, fácil de programar e com excelente custo benefício, o ganha mais recursos de software e hardware, podendo assim atender a uma

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M AGUIRRE, L. A. Enciclopédia da Automática, Volume II, Cap. 15 até 15.2.1 Moraes Engenharia de Automação Industrial 2ª. Edição LTC Cap.: 6.3 até 6.3.1 1. Primeira prova 32 pt 2.

Leia mais

Bem-vindo à geração Nextoo. altus evolução em automação

Bem-vindo à geração Nextoo. altus evolução em automação Bem-vindo à geração Nextoo evolução em automação Série Nexto A nova geração de controladores A Altus apresenta a nova geração de Controladores Programáveis. A Série Nexto foi desenvolvida com o conceito

Leia mais

Modelos de Redes em Camadas

Modelos de Redes em Camadas Modelos de Redes em Camadas Prof. Gil Pinheiro 1 1. Arquitetura de Sistemas de Automação Sistemas Centralizados Sistemas Distribuídos Sistemas Baseados em Redes Arquitetura Cliente-Servidor 2 Sistemas

Leia mais

Smart Energy & Power Quality Solutions. Registrador de dados ProData. O mais compacto registrador de dados

Smart Energy & Power Quality Solutions. Registrador de dados ProData. O mais compacto registrador de dados Smart Energy & Power Quality Solutions Registrador de dados ProData O mais compacto registrador de dados Inteligente e compacto: Nosso registrador de dados universal que mais gerencia os custos de energia

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

1. MEDIDORES E ANALISADORES DE QUALIDADE DE ENERGIA JANITZA

1. MEDIDORES E ANALISADORES DE QUALIDADE DE ENERGIA JANITZA Conteúdo 1. MEDIDORES E ANALISADORES DE QUALIDADE DE ENERGIA JANITZA... 2 1.1. UMG 103... 2 1.2. UMG 104... 2 1.3. UMG 96L e UMG 96... 3 1.4. UMG 96S... 3 1.5. UMG 96RM... 4 1.6. UMG 503... 4 1.7. UMG

Leia mais

Discrete Automation & Motion. CLP Controlador Lógico Programável Linha AC500-eCO

Discrete Automation & Motion. CLP Controlador Lógico Programável Linha AC500-eCO Discrete Automation & Motion CLP Controlador Lógico Programável Linha AC500-eCO CPUs AC500-eCO Tipo I/Os na base ED/SD/EA/AS I/O digital I/O analógico Tensão de Entrada Saída Entrada Saída alimentação

Leia mais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais L I N H A D E P R O D U T O S PA R A Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais Índice Apresentação 03 Características Individuais Controlador de Processos C702 Aquisitor de

Leia mais

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado GE Intelligent Platforms Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado Na vanguarda da evolução da automação industrial. Acreditamos que o futuro da automação industrial seguirá o mesmo

Leia mais

CLP - IHM. Solução Completa em Automação. Controladores Lógicos Programáveis - Interfaces Homem Máquina

CLP - IHM. Solução Completa em Automação. Controladores Lógicos Programáveis - Interfaces Homem Máquina Solução Completa em Automação CLP IHM Controladores Lógicos Programáveis Interfaces Homem Máquina Software de programação GRATUITO para toda linha + de 80 protocolos diferentes entre 30 fabricantes mundiais

Leia mais

As melhores soluções para sua Automação. Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis

As melhores soluções para sua Automação. Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis As melhores soluções para sua Automação Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis Disponíveis em nosso site www.weg.com.br Softwares WEG Automação Alguns dos softwares

Leia mais

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S UMG 96S UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida Os instrumentos de medição universal com montagem embutida da família de produto UMG 96S foram principalmente concebidos para utilização

Leia mais

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br Série Quasar Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente www.altus.com.br Na medida exata para seu negócio Modular: ampla variedade de configurações para

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Produtos de segurança Linha Safety

Produtos de Baixa Tensão. Produtos de segurança Linha Safety Produtos de Baixa Tensão Produtos de segurança Linha Safety Linha Safety PLUTO - CLP de segurança Simplifica os sistemas de proteção de seu sistema, garantindo o mais alto nível de segurança, categoria

Leia mais

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Industriais Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Ementa Proposta CAP: 1 - INTRODUÇÃO ÀS REDES INDUSTRIAIS ; CAP: 2 - MEIOS FÍSICOS ; CAP: 3 - REDES

Leia mais

Características e Configuração da Série Ponto

Características e Configuração da Série Ponto Série Ponto A Série Ponto oferece a melhor solução para sistemas de controle distribuído com E/S remotas. Possui uma arquitetura flexível que permite o acesso a módulos remotos via diferentes padrões de

Leia mais

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES Sistemas de visão Visão geral da linha de produtos Série SIMATIC VS720A - As câmeras inteligentes

Leia mais

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, é uma cabeça escrava para redes PROFIBUS-DP do tipo modular, podendo usar todos os módulos de E/S da série. Pode ser interligada a IHMs (visores

Leia mais

Monitor de Temperatura M96

Monitor de Temperatura M96 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura M96 foi desenvolvido para supervisionar até 8 (oito) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas SYNCHROTACT 5 Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas Aplicação SYNCHROTACT 5 é a quinta geração dos equipamentos para sincronização produzidos pela ABB Switzerland

Leia mais

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/7 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MASTERTEMP foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

Migrando das clássicas tecnologias Fieldbus

Migrando das clássicas tecnologias Fieldbus EtherCAT simplifica a arquitetura de controle Exemplo: Arquitetura de controle de uma prensa hidráulica, Schuler AG, Alemanha Arquitetura de controle com Fieldbus clássicos Desempenho dos Fieldbus clássicos

Leia mais

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05 Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração Revisão 1 Mai2005 O é um sistema inteligente de Monitoramento, Aquisição de Dados e Supervisão Local para utilização com os softwares da linha Dynamic.

Leia mais

Interfaces Homem-Máquina Universais (IHM) Aplicações e Características Principais

Interfaces Homem-Máquina Universais (IHM) Aplicações e Características Principais Interfaces Homem-Máquina Universais (IHM) Aplicações e Características Principais A grande versatilidade da nossa família deinterfaces Homem-Máquina (IHM)permite que a mesma seja utilizada nas mais diversas

Leia mais

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Redes Industriais Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Capítulo 2 Meio Físicos A automação no meio produtivo Objetivos: Facilitar os processos produtivos

Leia mais

Redes Sem Fio. Em termos de benefícios podemos citar, entre outros:

Redes Sem Fio. Em termos de benefícios podemos citar, entre outros: Wireless Line Redes Sem Fio Nos últimos anos, a tecnologia de redes sem fio sofreu grandes avanços tecnológicos, o que hoje pode proporcionar: segurança, confiabilidade, estabilidade, auto-organização

Leia mais

Monitor de Temperatura MONITEMP

Monitor de Temperatura MONITEMP ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp foi desenvolvido para supervisionar até 3 (três) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 CATÁLOGO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Relé de Proteção de Motores RPM foi desenvolvido para supervisionar até 2 (dois) grupos ventiladores/motores simultaneamente, é utilizado

Leia mais

Simplifique a complexidade do sistema

Simplifique a complexidade do sistema 1 2 Simplifique a complexidade do sistema Com o novo controlador de alto desempenho CompactRIO Rodrigo Schneiater Engenheiro de Vendas National Instruments Leonardo Lemes Engenheiro de Sistemas National

Leia mais

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/6 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp Plus foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

A visão inteligente em eficiência energética. Micrologic E Unidade de controle para disjuntores Compact NS630b até NS3200 e Masterpact NT/NW

A visão inteligente em eficiência energética. Micrologic E Unidade de controle para disjuntores Compact NS630b até NS3200 e Masterpact NT/NW A visão inteligente em eficiência energética Micrologic E Unidade de controle para disjuntores Compact NS630b até NS3200 e Masterpact NT/NW Os edifícios podem obter economias de energia de até 30% com

Leia mais

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência 2 Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência A Família PS 6000 é o mais recente sistema de solda por resistência

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

Freelance Sistema de controlo distribuído para aplicações de processo. 91.3 m3/h 92.0 m3/h 81.6 % 7.23 MW 44.6 % 45.0 % 50.7 m3/h 50.0 m3/h 7.

Freelance Sistema de controlo distribuído para aplicações de processo. 91.3 m3/h 92.0 m3/h 81.6 % 7.23 MW 44.6 % 45.0 % 50.7 m3/h 50.0 m3/h 7. No Filter 81.6 % Auto 249.1 m3/h 250.0 m3/h Auto 91.3 m3/h 92.0 m3/h Auto Auto 99.7 m3/h 100.0 m3/h 40.0 m3/h 7.23 MW Auto 50.7 m3/h 50.0 m3/h 7.2 % Auto 44.6 % 45.0 % Freelance Sistema de controlo distribuído

Leia mais

ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal

ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal PT ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal Amigável ao cliente e comprovado Com a implementação do ACS2000 há alguns anos, foram estabelecidos novos

Leia mais

FieldLogger. Apresentação

FieldLogger. Apresentação Solução Completa Ethernet & USB Até 16GB de memória Conversor A/D 24 bits Até 1000 amostras por segundo Apresentação FieldLogger O FieldLogger é um módulo de leitura e registro de variáveis analógicas,

Leia mais

DIRETORIA DE OPERAÇÃO - DO

DIRETORIA DE OPERAÇÃO - DO ANEXO II ESPECIFICAÇÕES PARA UCD / CONCENTRADOR DE DADOS A2. Unidade Controle Digital Remota / Concentrador de Dados 2.1. Introdução Esta seção tem a finalidade de especificar tecnicamente a Unidade de

Leia mais

CPs Altus PROFIBUS-DP

CPs Altus PROFIBUS-DP CPs Altus PROFIBUS-DP Programa do Workshop 1 - Redes de Campo 2 - PROFIBUS 3 - PROFIBUS-DP 4 - PROFIBUS-DP Redundante 5 - CPs Altus PROFIBUS - DP 6 - Série AL-2000 PROFIBUS-DP 7 - Série Quark PROFIBUS-DP

Leia mais

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada!

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada! Electron do Brasil Tecnologia Digital Qualidade Comprovada! Ensaios de Tipo Realizados Tecnologia ao seu alcance Catálogo Monitemp - rev3 Produtos Certificados! www.electrondobrasil.com O Monitor de Temperatura

Leia mais

www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo.

www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo. www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo. SINAMICS V60 com servomotores 1FL5 A solução para aplicações básicas de servo A tecnologia servo-drive

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM DIGITRACE NGC-40 O NGC-40 é um avançado sistema modular

Leia mais

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Nível de Óleo para Transformadores e reatores MNO, é um equipamento microprocessado de alta precisão que indica o nível de óleo em escala

Leia mais

Discrete Automation and Motion. Produtos de automação Linhas AC500-eCo, AC500, CP400 e CP600

Discrete Automation and Motion. Produtos de automação Linhas AC500-eCo, AC500, CP400 e CP600 Discrete Automation and Motion Produtos de automação Linhas AC500-eCo, AC500, CP400 e CP600 Linhas AC500 e AC500-eCo flexibilidade e produtividade As linhas de controladores lógicos programáveis AC500

Leia mais

INTERFACE USB PARA PROFIBUS PA

INTERFACE USB PARA PROFIBUS PA MANUAL DO USUÁRIO INTERFACE USB PARA PROFIBUS PA OUT / 12 PBI-PLUS P B I P L U S M P smar www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta. Informações atualizadas

Leia mais

Relé de proteção do diferencial 865

Relé de proteção do diferencial 865 Relé de proteção do diferencial 865 Para a proteção do diferencial de motores, transformadores e geradores Boletim 865, Série A Guia de especificações Sumário Página de descrição da seção 1.0 Características

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M AGUIRRE, L. A. Enciclopédia da Automática, Volume II, Cap. 16 MORAES, C. C. Engenharia de Automação Industrial, Cap. 6 Microeletrônica equipamentos microprocessados necessidade

Leia mais

CLP Controlador Lógico Programável

CLP Controlador Lógico Programável CLP Controlador Lógico Programável O primeiro controlador Lógico Programável nasceu na General Motors Americana em 1968, em função da dificuldade de se alterar a lógica dos circuitos em painéis de relés

Leia mais

FAdC i Frauscher Advanced Counter i

FAdC i Frauscher Advanced Counter i FAdC i Frauscher Advanced Counter i PT FAdC i FRAUSCHER Advanced Counter i Detecção de via livre para requisitos especiais O FAdCi é uma variante especialmente econômica da mais nova geração de contagem

Leia mais

DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE

DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE Daxxo é um relé eletrônico para gerenciamento e proteção de motores em CCM s inteligentes que oferece um novo conceito em proteção e monitoramento de motores elétricos.

Leia mais

SISTEMA DIDÁTICO PARA ESTUDO DE CONTROLADORES LÓGICOS PROGRAMÁVEIS

SISTEMA DIDÁTICO PARA ESTUDO DE CONTROLADORES LÓGICOS PROGRAMÁVEIS DLB CLP 642S SISTEMA DIDÁTICO PARA ESTUDO DE CONTROLADORES LÓGICOS PROGRAMÁVEIS Sistema didático para estudos e práticas em controladores lógicos programáveis, de constituição modular e possibilita a montagem

Leia mais

Módulo de Aquisição de Dados e Controle. Catálogo

Módulo de Aquisição de Dados e Controle. Catálogo DM Catálogo Módulo de Aquisição de Dados e Controle O Módulo de Aquisição de Dados e Controle - DM efetua a interface de sistemas digitais com qualquer equipamento analógico ou eletromecânico que não possui

Leia mais

Soluções em Automação de Máquinas

Soluções em Automação de Máquinas Soluções em Automação de Máquinas Quando dizemos que funciona...funciona! We automate machines Transformando idéias em máquinas que funcionam... Com mais de 50.000 fabricantes de máquinas no mundo 4.500

Leia mais

Interfaces Homem-Máquina

Interfaces Homem-Máquina Interfaces Homem-Máquina www.altus.com.br Muito mais que IHMs Insuperável: gráficos vetoriais em hardware de alto desempenho Interativa: comunicação com diversos dispositivos de automação Intuitiva: biblioteca

Leia mais

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável Industrial Tools 3 Sistema de montagem avançado Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável More Than Productivity Soluções totalmente integradas para aplicações delicadas

Leia mais

L05 - Novas Soluções em Proteção e Acionamento de Motores

L05 - Novas Soluções em Proteção e Acionamento de Motores L05 - Novas Soluções em Proteção e Acionamento de Motores Tiago Fonseca Gerente de Produto Controles Industriais, Sensores e Segurança - 5058-CO900H Agenda Apresentação do E300 Configuração Ferramentas

Leia mais

AUTOMAÇÃO PREDIAL INTRODUÇÃO

AUTOMAÇÃO PREDIAL INTRODUÇÃO AUTOMAÇÃO PREDIAL 1 INTRODUÇÃO A evolução da computação e dos sistemas digitais tem viabilizados aplicações, que se tornam presentes no cotidiano das pessoas, sendo hoje referenciais de conforto e praticidade

Leia mais

FAdC Frauscher Advanced Counter

FAdC Frauscher Advanced Counter FAdC Frauscher Advanced Counter PT FAdC FRAUSCHER Advanced Counter A detecção de via livre do futuro O Frauscher Advanced Counter (FAdC) é a mais nova geração de sistemas de contagem de eixos com base

Leia mais

Condicionadores de Sinais

Condicionadores de Sinais Transmissores/condicionadores de sinal de saída digital e analógica Séries idrn/idrx U Saída Analógica ou Digital U Modelos disponíveis para: termopar, RTD, tensão de processo e corrente, deformação/tensão

Leia mais

Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas. Alexandre M. Carneiro

Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas. Alexandre M. Carneiro Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas Alexandre M. Carneiro Liderando aplicações Ex Experiência comprovada e de longo termo Certificação Internacional Grande variedade de produtos

Leia mais

Instrumentação Fieldbus: Introdução e Conceitos

Instrumentação Fieldbus: Introdução e Conceitos Departamento de Engenharia Química e de Petróleo UFF Instrumentação Fieldbus: Outros Processos de Introdução e Conceitos Separação custo Prof a Ninoska Bojorge Introdução Competitividade Complexidade dos

Leia mais

9 khz a 3 GHz A nova família de produtos da Rohde & Schwarz

9 khz a 3 GHz A nova família de produtos da Rohde & Schwarz Analisador de Espectro FS300 9 khz a 3 GHz A nova família de produtos da Rohde & Schwarz Instrumento de teste Profissional para laboratório, serviços e produção O FS300 é um analisador de espectro de alta

Leia mais

Arquitetura de Sistemas Embarcados: Controladores Industriais

Arquitetura de Sistemas Embarcados: Controladores Industriais Arquitetura de Sistemas Embarcados: Controladores Industriais Heber A. Scachetti RA 004933 heber_augusto@yahoo.com.br RESUMO Este artigo apresenta algumas das principais características encontradas em

Leia mais

Soluções em sistemas de segurança, automação e comunicação industrial

Soluções em sistemas de segurança, automação e comunicação industrial Soluções em sistemas de segurança, automação e comunicação industrial Segurança de máquinas e processos Comando e sinalização industrial Sensores e sistema de visão Controladores programáveis e interfaces

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais BI AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL Sistema Integrado de Teste em Umbilicais Objetivos da Apresentação Demonstrar a Arquitetura de hardware e software da National Instruments utilizada na solução; Discutir

Leia mais

Sistemas de Supervisão e IHM s Automação Semestre 01/2015

Sistemas de Supervisão e IHM s Automação Semestre 01/2015 Sistemas de Supervisão e IHM s Automação Semestre 01/2015 Engenharia de Controle e Automação Introdução Sistemas Supervisórios são sistemas digitais de monitoração e operação da planta que gerenciam as

Leia mais

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE Catálogo Técnico INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE CATÁLOGO TÉCNICO ÍNDICE CATÁLOGO TÉCNICO... 1 INTRODUÇÃO... 2 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 2 DADOS TÉCNICOS... 3 ENSAIOS DE TIPO REALIZADOS...

Leia mais

Soluções de proteção do motor. Protegendo seus investimentos

Soluções de proteção do motor. Protegendo seus investimentos Soluções de proteção do motor Protegendo seus investimentos Soluções de proteção do motor A linha de dispositivos de proteção de motores da Allen-Bradley abrange equipamentos de proteção simples para fins

Leia mais

Gravadores Digitais. industriais, escritórios de empresas públicas e privadas e outras aplicações em ambientes internos e externos.

Gravadores Digitais. industriais, escritórios de empresas públicas e privadas e outras aplicações em ambientes internos e externos. Série DiBos Gravadores Digitais industriais, escritórios de empresas públicas e privadas e outras aplicações em ambientes internos e externos. DB04A10121 4 998 137 779 4 Canais, 120 GB, Mini DB04A10301

Leia mais

Start Automation. altus evolução em automação

Start Automation. altus evolução em automação Start altus evolução em automação Níveis de automação Todo sistema de automação tem características únicas que exigem soluções personalizadas. Para cada necessidade específica de um projeto, a Altus possui

Leia mais

Aumenta a disponibilidade do sistema e a segurança dos processos industriais Permite que sinais de entradas e saídas convencionais possam ser

Aumenta a disponibilidade do sistema e a segurança dos processos industriais Permite que sinais de entradas e saídas convencionais possam ser Aumenta a disponibilidade do sistema e a segurança dos processos industriais Permite que sinais de entradas e saídas convencionais possam ser configurados e instalados em modo redundante Disponibilidade

Leia mais

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia Automação Industrial Módulo Controlador P7C - HI Tecnologia 7C O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador P7C da HI tecnologia (PMU10700100). A lista de verbetes consta na versão

Leia mais

Rede Profibus. Process. Manufacturing PLC PROFIBUS-PA. Internet PROFINET IEC 61158-2 RS-485/FO PROFIBUS-DP IPC. AS-Interface

Rede Profibus. Process. Manufacturing PLC PROFIBUS-PA. Internet PROFINET IEC 61158-2 RS-485/FO PROFIBUS-DP IPC. AS-Interface Rede Profibus OS OS Internet PLC Manufacturing IPC PROFINET Process RS-485/FO PROFIBUS-DP IEC 61158-2 PROFIBUS-PA AS-Interface Rede Profibus PROFIBUS desenvolvido na Alemanha, inicialmente pela Siemens

Leia mais

Wireless Solutions BROCHURE

Wireless Solutions BROCHURE Wireless Solutions BROCHURE JUNHO 203 info@novus.com.br www.novus.com.br REV0803 Produto beneficiado pela Legislação de Informática. Transmissor de Temperatura e Umidade RHT-Air ISO 900 EMPRESA CERTIFICADA

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Analisadores de energia MT Plus. Compacto, Inteligente e Flexível. GE imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Analisadores de energia MT Plus. Compacto, Inteligente e Flexível. GE imagination at work GE Energy Management Industrial Solutions Analisadores de energia MT Plus Compacto, Inteligente e Flexível GE imagination at work Analisadores de energia MT Plus Tabela de Parâmetros 5 MTDIN 6 Analisador

Leia mais

WirelessHART Manager

WirelessHART Manager Descrição do Produto O uso de tecnologias de comunicação de dados sem fio em sistemas de automação industrial é uma tendência em crescente expansão. As vantagens do uso de tecnologia sem fio são inúmeras

Leia mais

LAD. Monitor de Temperatura para Transformadores Secos, Motores e Geradores. Catálogo

LAD. Monitor de Temperatura para Transformadores Secos, Motores e Geradores. Catálogo LAD Catálogo Monitor de Temperatura para Transformadores Secos, Motores e Geradores A monitoração térmica de equipamentos elétricos, tais como transformadores secos, motores, geradores e outros é essencial

Leia mais

UMG 511 Analisador de qualidade de energia Classe A. de acordo com IEC 61000-4-30 UMG 511

UMG 511 Analisador de qualidade de energia Classe A. de acordo com IEC 61000-4-30 UMG 511 UMG 511 UMG 511 Analisador de qualidade de energia Classe A de acordo com IEC 61000-4-30 O analisador de qualidade de energia UMG 511 é particularmente adequado para monitorar a qualidade da energia de

Leia mais

Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto

Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto Nota de Aplicação NAP100 Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto Sumário Descrição...1 1. Introdução...2 2. Instalação...3 3. Configuração...4 3.1 Projeto de Rede PROFIBUS...4

Leia mais

S.T.A.I. (SERVIÇOS TÉCNICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL) REDE PROFIBUS PA ALISSON TELES RIBEIRO

S.T.A.I. (SERVIÇOS TÉCNICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL) REDE PROFIBUS PA ALISSON TELES RIBEIRO g S.T.A.I. (SERVIÇOS TÉCNICOS DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL) REDE PROFIBUS PA ALISSON TELES RIBEIRO SUMÁRIO 1. Objetivo 2. História 3. O Que é Profibus? 4. Profibus PA 5. Instrumentos 6. Bibliografia 1. OBJETIVO

Leia mais

Tecnologia de controle para máquinas operatrizes móbil.

Tecnologia de controle para máquinas operatrizes móbil. Tecnologia de controle para máquinas operatrizes móbil. HYDAC Matriz na Alemanha Seu parceiro competente para máquinas operatrizes móbil. HYDAC Itália HYDAC Holanda HYDAC França HYDAC Coréia HYDAC China

Leia mais

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z

LINHA COMPACTA. KOBO-pH transmissor de ph APM-Z KOBO-pH transmissor de ph APM-Z LINHA COMPACTA Range de medição ph da -1 a 14 Comutável de ph a ORP Display p/ valor de ph, mv/orp (Potencial de redução e oxidação) e temperatura Simples programação e

Leia mais

Discrete Automation and Motion. Produtos de automação Linhas AC500-eCo, AC500, CP400 e CP600

Discrete Automation and Motion. Produtos de automação Linhas AC500-eCo, AC500, CP400 e CP600 Discrete Automation and Motion Produtos de automação Linhas AC500-eCo, AC500, CP400 e CP600 Produtos de Automação Painéis de Controle Interfaces Homem Máquina Painéis de operação ABB podem ser distinguido

Leia mais

SafeLogic compact A solução compacta para a segurança

SafeLogic compact A solução compacta para a segurança A solução a para a segurança 2 Safety on Board Segurança a bordo: integrada, certificada e completa Safety on Board, ou seja, segurança a bordo, significa soluções de segurança inteligentes desenvolvidas

Leia mais

O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento. Padrões. Padrões. Meios físicos de transmissão

O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento. Padrões. Padrões. Meios físicos de transmissão O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento Romeu Reginato Julho de 2007 Rede. Estrutura de comunicação digital que permite a troca de informações entre diferentes componentes/equipamentos

Leia mais

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL SEGURANÇA NR12 SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL. Comando e Sinalização. Sinalização Áudio Visual

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL SEGURANÇA NR12 SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL. Comando e Sinalização. Sinalização Áudio Visual SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL Comando e Sinalização Sinalização Áudio Visual Sensores e Sistema de Visão Movimentação de Cargas Controle, Posicionamento e Visualização Controladores de Movimento

Leia mais

Protocolos de Comunicação: Conceitos

Protocolos de Comunicação: Conceitos Departamento de Engenharia Química e de Petróleo UFF custo Protocolos de Comunicação: Conceitos Prof a Ninoska Bojorge Introdução competitividade desenvolvimento das empresas complexidade dos processos

Leia mais

REDES INDUSTRIAIS AS-INTERFACE

REDES INDUSTRIAIS AS-INTERFACE Em 1990, na Alemanha, um consórcio de empresas elaborou um sistema de barramento para redes de sensores e atuadores, denominado Actuator Sensor Interface (AS-Interface ou na sua forma abreviada AS-i).

Leia mais

MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL

MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL Versão 1.0 Dezembro 2011 Infinium Automação Industrial Ltda Telefone: (45) 3038-3239 Site: email: contato@infiniumautomacao.com.br 1. APRESENTAÇÃO O equipamento foi projetado

Leia mais

É uma interface Homem-Máquina em vários idiomas e trabalha em MS Windows 95, MS Windows NT4.0 e MS Windows 2000.

É uma interface Homem-Máquina em vários idiomas e trabalha em MS Windows 95, MS Windows NT4.0 e MS Windows 2000. Profibus PA PROFIBU-PA é a solução PROFIBU para automação de processos. Este protocolo conecta sistemas de automação e de controle de processos com instrumentos de campo, tais como transmissores de pressão,

Leia mais

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria.

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria. Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro Respostas para a indústria. Percepção, previsão, visão ampliada: SIMOCODE pro integrado no SIMATIC PCS7 O sistema flexível de gerenciamento de motores

Leia mais

Regulador Digital de Tensão DIGUREG

Regulador Digital de Tensão DIGUREG Regulador Digital de Tensão DIGUREG Totalmente digital. Software para parametrização e diagnósticos extremamente amigável. Operação simples e confiável. Ideal para máquinas de pequena a média potência.

Leia mais

A mais completa linha de Terminais de Válvulas

A mais completa linha de Terminais de Válvulas A mais completa linha de Terminais de Válvulas Inovações para perfomance otimizada e economia A linha de terminais de válvulas Ampla e variada linha de terminais de válvulas para todas as aplicações Instalação

Leia mais

Família CJ2. Novos CLPs com alta qualidade comprovada. Controladores Programáveis

Família CJ2. Novos CLPs com alta qualidade comprovada. Controladores Programáveis Controladores Programáveis Família CJ2 Novos CLPs com alta qualidade comprovada. >> Flexibilidade em comunicação >> Desenvolvimento mais rápido de máquinas >> Inovação através da evolução Inovação sem

Leia mais