A mais completa linha de Terminais de Válvulas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A mais completa linha de Terminais de Válvulas"

Transcrição

1 A mais completa linha de Terminais de Válvulas Inovações para perfomance otimizada e economia

2 A linha de terminais de válvulas

3 Ampla e variada linha de terminais de válvulas para todas as aplicações Instalação de sistemas industriais - 3 passos rápidos para a seleção do terminal de válvulas ideal [A] Identifique o maquinário e o tipo de instalação; [B] Analise as opções de acordo com os requisitos do tipo de indústria; `[C] Selecione o terminal que melhor atenda às suas necessidades. Para aplicações comuns ou aplicações especiais, o ponto crítico para a escolha do terminal de válvulas que melhor atenda às suas necessidades são as definições do tipo de maquinário, do tipo de instalação elétrica e os requisitos relevantes do tipo de indústria. A Festo é o fornecedor com a maior experiência de solução de problemas em sistemas industriais. Inovadores terminais de válvulas proporcionam soluções para uma variada gama de aplicações. Por que escolher a Festo? Mais de 15 anos de experiência em tecnologia Fieldbus; Um dos primeiros fornecedores na área de comunicação industrial; O primeiro fornecedor a oferecer grandes proteções IP; O primeiro com conectores M12; Experiência com 30 protocolos Fieldbus e Ethernet; Conhecimento, experiência e idéias criativas para soluções alternativas. Igualmente forte nos ambientes agressivos - devido ao grau de proteção (IP65/IP67) Os produtos elétricos Festo não são afetados por inconvenientes, como água e poeira: até mesmo os I/Os de campo possuem grau de proteção IP65/67. Os terminais de válvulas Festo e os I/Os de campo possuem um alto grau de proteção para operação nos ambientes mais agressivos.

4 [A] Quatro princípios - quatro opções de instalação para sistemas industriais 1 - Instalação centralizada 2 - Instalação descentralizada Conceito Ethernet Fieldbus Conceito Ethernet Fieldbus Uma grande quantidade de atuadores, com funções variadas, controlados por um grande terminal de válvulas. O terminal é montado em lugar de fácil acesso, como em um painel na parte frontal da máquina. O sistema pneumático cobre alguns metros. Vantagens deste conceito: Baixo custo de investimento devido ao grande número de entradas e saídas por nó Fieldbus/Ethernet; Grande funcionalidade, devido a grande variedade de sinais possíveis; Diagnóstico centralizado facilita a manutenção. Atuadores conectados a terminais menores, para funções específicas. Um cabo híbrido é utilizado para a transferência de informações e a alimentação elétrica é realizada por meio de um nó Fieldbus que suporta até módulos em um raio de metros. Vantagens deste conceito: Reduz os tempos de ciclo em até 40% devido à proximidade dos componentes; Podem ser utilizadas válvulas menores, devido ao menor consumo de ar; Sistemas mais compactos e leves podem ser instalados em espaços menores. 3 - Instalação descentralizada para Instalação híbrida de sistemas (centralizado/descentralizado) Conceito Fieldbus AS-Interface Conceito Ethernet Fieldbus...aplicação em partes móveis de máquinas, manipuladores e robôs, nos quais a massa envolvida é um dos fatores essenciais para o projeto do sistema. Terminais menores conectados diretamente a uma rede Fieldbus ou AS-Interface são ideais. Vantagens deste conceito: Os mesmos benefícios de uma instalação descentralizada; Plataformas ideais de funcionalidade para pequenos e médios grupos de funções distribuídas; Diagnóstico claro e condições de monitoramento mediante escravo Fieldbus. Uma exclusividade Festo. Trata-se de uma combinação de sistemas, utilizando os conceitos de sistemas centralizados e descentralizados. Com essa combinação são obtidas as vantagens específicas de cada tipo de sistema, otimizando, assim, as instalações. Vantagens deste conceito: Controle otimizado e centralizado para tempos de ciclos menores e alta eficiência da máquina; Interface Fieldbus com custo otimizado; Escolha máxima das funções de sistemas centralizados e descentralizados; Seleção das opções de diagnóstico.

5 [B] Do conceito à aplicação: características da indústria Linhas de montagem de equipamentos pesados Robustos, resistentes a respingos de solda, não inflamáveis e com conexões para a rede reforçadas para transmissões seguras. O objetivo é tornar disponível a todas as máquinas os conceitos de diagnósticos integrados e individuais, condições de monitoramento e preparação inteligente dos processos. Indústria alimentícia e indústria de embalagens Terminais projetados para serem fáceis de limpar, resistente à corrosão e a produtos de limpeza. Indústria de montagens leves Para projetos extremamente compactos e limpos como, por exemplo, para aplicações em salas limpas, por meio da utilização de exaustão canalizada. Ideais para manufaturas e processamento de componentes muito pequenos. Ideais para utilização nas indústrias eletrônica, farmacêutica, entre outras. Indústria de processos Os processos não são sempre os mesmos, por este motivo há uma imensa variação nas necessidades de cada aplicação. As principais características são: Longa vida útil, tecnologias testadas e aprovadas; Painéis de controle otimizados.

6 [C] Seleção do Terminal de Válvulas mais adequado às suas necessidades Terminais de válvulas Características Vazão (Nl/min por válvula) Tamanho Tipo de constru Elétrico Universal Normalizados Espessura [mm] Sub-Base I/O remoto ISO ISO Compact Performance Modular CPX Tipo 50 Robusto, flexível e alto nível de diagnóstico ISO Tipo 04 Robusto e Modular VTSA Tipo 44 Flexível e Modular CPV Tipo Compacto com alta vazão MPA Tipo 32 Robusto e Modular Diversas tecnologias de conexão elétrica (M12, M8, Borne, Harax, DB, entre outras). Combinação de tamanhos diferentes, regulador de pressão, regulador de fluxo e manômetro. Combinação de tamanhos diferentes, regulador de pressão, regulador de fluxo, manômetro, operação reversível. Geradora de vácuo, regulador de fluxo, saídas de relês, multipolo pneumático. Combinação de tamanhos diferentes, zonas de tensão para paradas de emergência, canal individual de diagnóstico nas válvulas. (Terminal de I/Os remotos) ,1 72 (D3) 59 (D2) 43 (D1) 26 (D01) 18 (D02) Modular VTUB Tipo 24 Versátil e Modular Fácil montagem das válvulas, grandes vazões Smart Cubic CPV-SC Tipo 80 Compacto Extremamente compacto 40 x 40 mm. 170 Smart Cubic CPA-SC Tipo 82 Compacto Compacto com montagem em manifold. 180 Específicos Miniatura MH1 Miniatura e de comutação rápida Miniatura e rápida (< 4 ms) 120 Comutação rápida MH2, MH3, MH4 Miniatura e de comutação rápida Acionamento rápido (< 2 ms) Clean Design CDVI Tipo 15 Resistente a agentes químicos Clean design, resistente a agentes químicos

7 ção Compacto Entradas elétricas máx. por terminal Local Digitais/Analógicas (tensão/corrente/temper.) Remota (Rede CP) Digitais Saídas elétricas máx. por terminal Local Digitais/Analógicas (tensão/corrente) Remota (Rede CP) Digitais Número de posições / funções de válvulas Tecnologia de conexão Protocolos de comunicação Individual Multipolo AS-Interface DeviceNet Profibus Interbus CAN Open CC-Link Modbus-TCP TCP/IP IP Controlador integrado (CLP) FEC-CPX Número de zonas de pressão Índice de Proteção Diagnóstico Depende do tipo de válvula IP 20, e IP 67 96/9 48/3 / 4 32/32 Fieldbus 32/32 Multipolo 8 8/ 4 64/128 Fieldbus 24/24 Multipolo 64 12/12 2 / 8 IP 40 24/32 Fieldbus 20/20 Multipolo /32 Conexão individual 22/22 20 IP 40 IP 40 / IP 40 ou 12/24 3 ou IP 67

8 FACE - Especificação de produtos configuráveis Acesso rápido a produtos configuráveis A Festo disponibiliza, no seu Catálogo Eletrônico, um software configurador chamado FACE. Através dele, é possível especificar os produtos configuráveis da Festo (produtos que apresentam muitas combinações possíveis). O FACE é a ferramenta oficial da Festo para especificação de produtos configuráveis, tais como terminais de válvulas, eixos elétricos e outros. Exemplo: produtos modulares Dentro do Catálogo Eletrônico Festo, todos os produtos da tabela identificados com um M são produtos modulares. Através do item de menu Configurar e fazer o pedido, o FACE é inicializado e exibe todas as possibilidades de configurações do produto desejado. O software qustiona quais são os parâmetros apropriados e toma a decisão correta de acordo com seus dados, eliminando assim a possibilidade de uma combinação impossível ser feita. Catálogo Eletrônico Festo O catálogo em CD-ROM da Festo com todos os produtos e diversos softwares de apoio para projetos, incluindo o FACE, pode ser solicitado através da nossa linha-direta ( ), ou pode ser acessado on-line através do nosso site (www.festo.com.br). A tabela a seguir possui os códigos dos terminais de válvulas para facilitar a consulta no catálogo eletrônico, bem como o número do informativo técnico para ser solicitado. Tipo Código Informativo técnico CPX Info 2 CPX/Midi Maxi 18980/18970 Info 212 ISO 1/2/ /18924/18925 Info 215 VTSA Multipolo Info 242 VTSA Fieldbus Info 242 VDMA Info 215 CPV Info 213 CPV Info 213 CPV Info 213 CP-EL CTEC Info 213 MPA Multipolo 5395 Info 227 MPA/CPX Fieldbus Info 227 VTUB Info 244 CPV-SC Fieldbus 5385 Info 226 CPV-SC Multipolo Info 226 CPA-SC Fieldbus Info 211 CPA-SC Multipolo Info 211 MH1 - MHA1/MHP * Info 206 MH2 - MHA2/MHE2/MHP * Info 207 MH3 - MHA3/MHE3/MHP3 Produto não configurável ** Info 207 MH4 - MHA4/MHE4/MHP4 Produto não configurável ** Info 207 CDVI Info 204 * A composição do terminal de válvulas também pode ser realizada através da seleção das peças individualmente. ** Composição do terminal de válvulas somente através da seleção das peças individualmente.

Visão geral de Válvulas e Terminais de Válvulas

Visão geral de Válvulas e Terminais de Válvulas Visão geral de e Terminais de Visão geral da linha: De válvulas individuais... Simples, econômicas e com possibilidade de expansão VTUG plug-in VUVS VUVG Terminal de Compactas, leves, ótima relação vazão

Leia mais

Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas

Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas White Paper Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas Válvulas avulsas ou terminal de válvulas para controle de equipamentos automatizados pneumáticos?

Leia mais

VÁLVULAS SÉRIES VM ADVANTAGE

VÁLVULAS SÉRIES VM ADVANTAGE Faixa de fluxo insuperável: opções de 430 e 1,000 l/min Conexão individual, multipolo e fieldbus Altamente flexível e versátil Leve e compacto Fácil de configurar e ligar Milhões de opções disponíveis

Leia mais

SENTRONIC 608/609 Versão para sub-bases Conector DN 4 Peso: 560 g Orifício para parafusos M4 Interface de programação Parafuso M4 para ligação à terra Orifício para parafusos M4 DN 8 Peso: 1.130 g Orifícios

Leia mais

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES Sistemas de visão Visão geral da linha de produtos Série SIMATIC VS720A - As câmeras inteligentes

Leia mais

Parceiro na indústria de alimentos e bebidas

Parceiro na indústria de alimentos e bebidas Parceiro na indústria de alimentos e bebidas 13110331 Versão 06/2015 Catálogo_FISPAL.indd 3 15/06/15 16:44 Você busca automação eficiente. Você precisa de segurança. Nós somos seu parceiro em todo processo

Leia mais

ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS

ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS ORKAN AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL LINHA GERAL DE PRODUTOS SYSTEM SLIO Sistema de I/Os Remotos Simples e inteligente, o System Slio é um sistema de I/O s descentralizado, eficaz e moderno. Foi especialmente projetado

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência 2 Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência A Família PS 6000 é o mais recente sistema de solda por resistência

Leia mais

DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE

DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE Daxxo é um relé eletrônico para gerenciamento e proteção de motores em CCM s inteligentes que oferece um novo conceito em proteção e monitoramento de motores elétricos.

Leia mais

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas Informações técnicas Válvulas - Características técnicas Vias/posições 5/2 Conexão G1/8 e G1/4 Tipo construtivo Acionamentos Vazão a 7 bar Faixa de temperatura Faixa de pressão Cv Fluido Spool Elétrico

Leia mais

Manual de funcionamento Esteira transportadora

Manual de funcionamento Esteira transportadora Manual de funcionamento Esteira transportadora Sumário 1. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 2 2. ITENS DO SISTEMA... 3 2.1. PLACA DE COMANDO... 3 2.1.1. Sinalizador... 3 2.1.2. Botão pulsador... 3 2.1.3. Chave comutadora...

Leia mais

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Industriais Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Ementa Proposta CAP: 1 - INTRODUÇÃO ÀS REDES INDUSTRIAIS ; CAP: 2 - MEIOS FÍSICOS ; CAP: 3 - REDES

Leia mais

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos Sensores de condição Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos DETECÇÃO DE CONDIÇÃO A Rockwell Automation oferece uma linha impressionante de produtos

Leia mais

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial Identifica a pressão diferencial requerida para atuar em filtros com pó Boa interferência de imunidade tal como na Diretiva EMC Usando operação dot matrix

Leia mais

SERVIÇOS DE ADEQUAÇÃO CONFIGURAÇÃO E INSTALAÇÃO DE REDES ADEQUAÇÃO DE PAINÉIS

SERVIÇOS DE ADEQUAÇÃO CONFIGURAÇÃO E INSTALAÇÃO DE REDES ADEQUAÇÃO DE PAINÉIS SERVIÇOS DE ADEQUAÇÃO SERVIÇOS DE ADEQUAÇÃO ENGENHARIA MONTAGEM DE PAINÉIS AUTOMAÇÃO CONFIGURAÇÃO E INSTALAÇÃO DE REDES A EMPRESA A Altercon Engenharia em Automação e Sistemas Industriais Ltda., foi constituída

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Produtos de segurança Linha Safety

Produtos de Baixa Tensão. Produtos de segurança Linha Safety Produtos de Baixa Tensão Produtos de segurança Linha Safety Linha Safety PLUTO - CLP de segurança Simplifica os sistemas de proteção de seu sistema, garantindo o mais alto nível de segurança, categoria

Leia mais

Série de Válvulas Compact Performance

Série de Válvulas Compact Performance Série de Válvulas Compact Performance Largura mínima, consumo de energia muito baixo e vazão extremamente alta. Densidade máxima de potência: _ pequena massa _ dimensões mínimas Montagem da válvula diretamente

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M AGUIRRE, L. A. Enciclopédia da Automática, Volume II, Cap. 15 até 15.2.1 Moraes Engenharia de Automação Industrial 2ª. Edição LTC Cap.: 6.3 até 6.3.1 1. Primeira prova 32 pt 2.

Leia mais

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 -

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!)

Leia mais

AUTOMATION. Dispositivos de comando, controle e sinalização Industrial. Comando e sinalização de máquinas

AUTOMATION. Dispositivos de comando, controle e sinalização Industrial. Comando e sinalização de máquinas Comando e sinalização de máquinas Controladores multi-eixos, joystick e postos de comando Comando e sinalização em rede Produtos especiais AUTOMATION. Dispositivos de comando, controle e sinalização Industrial

Leia mais

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S UMG 96S UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida Os instrumentos de medição universal com montagem embutida da família de produto UMG 96S foram principalmente concebidos para utilização

Leia mais

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br Série Quasar Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente www.altus.com.br Na medida exata para seu negócio Modular: ampla variedade de configurações para

Leia mais

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL SEGURANÇA NR12 SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL. Comando e Sinalização. Sinalização Áudio Visual

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL SEGURANÇA NR12 SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL. Comando e Sinalização. Sinalização Áudio Visual SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL Comando e Sinalização Sinalização Áudio Visual Sensores e Sistema de Visão Movimentação de Cargas Controle, Posicionamento e Visualização Controladores de Movimento

Leia mais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais BI AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL Sistema Integrado de Teste em Umbilicais Objetivos da Apresentação Demonstrar a Arquitetura de hardware e software da National Instruments utilizada na solução; Discutir

Leia mais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais L I N H A D E P R O D U T O S PA R A Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais Índice Apresentação 03 Características Individuais Controlador de Processos C702 Aquisitor de

Leia mais

Chave de segurança codifi cada por transponder CTP com bloqueio

Chave de segurança codifi cada por transponder CTP com bloqueio Chave de segurança codifi cada por transponder CTP com bloqueio A chave de segurança CTP A chave de segurança CTP combina o comprovado princípio de funcionamento das chaves de segurança eletromecânicas

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO N.º 50/15 RETIFICADO EM 07/12/2015

EDITAL DE PREGÃO N.º 50/15 RETIFICADO EM 07/12/2015 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO - SAAE CNPJ: 21.260.443/0001-91 - Inscrição Estadual: isento Rua Nonô Ventura, 394, CEP 35680-205, Bairro Lourdes - Itaúna/MG EDITAL DE PREGÃO N.º 50/15 RETIFICADO EM

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes Descrição do Produto As UCPs PO3x47 são destinadas a supervisão e controle de processos. Devido a sua arquitetura, é possível obter-se um alto desempenho em relação a série anterior de UCPs PO3x42. Com

Leia mais

Interfaces Homem-Máquina Universais (IHM) Aplicações e Características Principais

Interfaces Homem-Máquina Universais (IHM) Aplicações e Características Principais Interfaces Homem-Máquina Universais (IHM) Aplicações e Características Principais A grande versatilidade da nossa família deinterfaces Homem-Máquina (IHM)permite que a mesma seja utilizada nas mais diversas

Leia mais

Sistema SmartWire. Tecnologia exclusiva em comunicação para acionamentos

Sistema SmartWire. Tecnologia exclusiva em comunicação para acionamentos Sistema SmartWire Tecnologia exclusiva em comunicação para acionamentos Potência para os negócios no mundo todo Automotivo A Eaton fornece energia para centenas de produtos atendendo a demanda mundial

Leia mais

PRODUTOS SERIADOS. ME30 infobox

PRODUTOS SERIADOS. ME30 infobox PRODUTOS SERIADOS ME30 infobox SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE SINAIS Adquirir, processar e visualizar de 8 a 40 alarmes ou indicadores de estado Funções de alarme configuráveis Anunciadores com possibilidade

Leia mais

Smart Energy & Power Quality Solutions. Registrador de dados ProData. O mais compacto registrador de dados

Smart Energy & Power Quality Solutions. Registrador de dados ProData. O mais compacto registrador de dados Smart Energy & Power Quality Solutions Registrador de dados ProData O mais compacto registrador de dados Inteligente e compacto: Nosso registrador de dados universal que mais gerencia os custos de energia

Leia mais

POSICIONADOR INTELIGENTE PARA VÁLVULAS 4 a 20 ma + Comunicação Digital HART. smar

POSICIONADOR INTELIGENTE PARA VÁLVULAS 4 a 20 ma + Comunicação Digital HART. smar POSICIONADOR INTELIGENTE PARA VÁLVULAS a ma + Comunicação Digital HART DESCRIÇÃO O posicionador microprocessado FY proporciona o posicionamento rápido e seguro dos atuadores tipo diafragma ou cilindro.

Leia mais

Série Connect. Switches e Conversores Industriais. www.altus.com.br

Série Connect. Switches e Conversores Industriais. www.altus.com.br Série Connect Switches e Conversores Industriais www.altus.com.br Conectividade e simplicidade Compacto: design robusto e eficiente para qualquer aplicação Intuitivo: instalação simplificada que possibilita

Leia mais

Limpeza é fundamental!

Limpeza é fundamental! Limpeza é fundamental! Limpeza é absolutamente fundamental quando o assunto é a produção de alimentos de forma higiênica. A prioridade é evitar a proliferação de germes e eliminar corpos estranhos. Além

Leia mais

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria.

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria. Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro Respostas para a indústria. Percepção, previsão, visão ampliada: SIMOCODE pro integrado no SIMATIC PCS7 O sistema flexível de gerenciamento de motores

Leia mais

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características Booster Amplificador de Volume Descrição O Booster - Amplificador de volume - tem como função reproduzir sinais pneumáticos com aumento da capacidade de vazão. É utilizado quando a tubulação entre o instrumento

Leia mais

SÉRIE FLEMING ISENTO DE OLEO TRANSMISSÃO POR CORREIA TIPO SCROLL VELOCIDADE FIXA OU VARIÁVEL. Capacidade de 2,2 a 22 kw Pressão de 8 a 10 bar

SÉRIE FLEMING ISENTO DE OLEO TRANSMISSÃO POR CORREIA TIPO SCROLL VELOCIDADE FIXA OU VARIÁVEL. Capacidade de 2,2 a 22 kw Pressão de 8 a 10 bar ISENTO DE OLEO TRANSMISSÃO POR CORREIA TIPO SCROLL VELOCIDADE FIXA OU VARIÁVEL Capacidade de 2,2 a 22 kw Pressão de 8 a 10 bar Quando escolher um compressor Scroll isento de óleo? A R COMPRIMIDO ISENTO

Leia mais

Distribuidores Pneumáticos

Distribuidores Pneumáticos Estamos presentes onde precisar de nós! Pneumáticos Série 2002 Séries 2005 / 2012 / 2035 Adaptadores segundo ISO 15407-2 Série ISO 5599/2 Electrónica G2 Série Mark 3 Série CL Série ISO 5599/1 Série HF

Leia mais

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Redes Industriais Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Capítulo 2 Meio Físicos A automação no meio produtivo Objetivos: Facilitar os processos produtivos

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET Especificação Técnica 1. Objeto Aquisição de 1 (um) NOBREAK DE POTÊNCIA 5 kva Obs.: Os atributos técnicos abaixo relacionados são de atendimento obrigatório. A nomenclatura

Leia mais

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas SYNCHROTACT 5 Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas Aplicação SYNCHROTACT 5 é a quinta geração dos equipamentos para sincronização produzidos pela ABB Switzerland

Leia mais

energia de forma simples

energia de forma simples energia de forma simples www,fgwilson,com LINHA DE 8,5 A 290 KVA Desempenho I Durabilidade I Manutenção A vida moderna é complicada, mas garantir o fornecimento de energia para seu negócio pode ser algo

Leia mais

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável Industrial Tools 3 Sistema de montagem avançado Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável More Than Productivity Soluções totalmente integradas para aplicações delicadas

Leia mais

Ilhas de distribuição. Tamanho 26 mm - Série 503

Ilhas de distribuição. Tamanho 26 mm - Série 503 Ilhas de distribuição Tamanho 26 mm - Série 503 Um caudal máximo para um tamanho mínimo Dimensões reduzidas (26 mm) para instalações menos pesadas Um caudal de 1400 l/min para tamanho de 26 mm Uma conceção

Leia mais

L05 - Novas Soluções em Proteção e Acionamento de Motores

L05 - Novas Soluções em Proteção e Acionamento de Motores L05 - Novas Soluções em Proteção e Acionamento de Motores Tiago Fonseca Gerente de Produto Controles Industriais, Sensores e Segurança - 5058-CO900H Agenda Apresentação do E300 Configuração Ferramentas

Leia mais

A seguir serão detalhados os atuadores da estação com a finalidade de facilitar a visualização e ilustrar os circuitos contidos em anexo.

A seguir serão detalhados os atuadores da estação com a finalidade de facilitar a visualização e ilustrar os circuitos contidos em anexo. MANUAL DE OPERAÇÃO Estação de Distribuição MPS Documentação Técnica Estação de distribuição Vista superior da estação Detalhe do terminal de válvulas CPV 2 Descrição da Estação Essa estação tem como principal

Leia mais

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado GE Intelligent Platforms Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado Na vanguarda da evolução da automação industrial. Acreditamos que o futuro da automação industrial seguirá o mesmo

Leia mais

PROTEÇÃO PERIMETRAL COMPROVADA NOVO SIMPLICIDADE DE PLATAFORMA ÚNICA.

PROTEÇÃO PERIMETRAL COMPROVADA NOVO SIMPLICIDADE DE PLATAFORMA ÚNICA. SISTEMAS DE DETECÇÃO PERIMETRAL MAIS INTELIGENTES MicroPoint II Sistema de Detecção em Cercas MicroTrack II Sistema de Detecção de Cabo Enterrado MicroWave 330 Barreira de Microondas Digital PROTEÇÃO PERIMETRAL

Leia mais

Características e Configuração da Série Ponto

Características e Configuração da Série Ponto Série Ponto A Série Ponto oferece a melhor solução para sistemas de controle distribuído com E/S remotas. Possui uma arquitetura flexível que permite o acesso a módulos remotos via diferentes padrões de

Leia mais

O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento. Padrões. Padrões. Meios físicos de transmissão

O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento. Padrões. Padrões. Meios físicos de transmissão O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento Romeu Reginato Julho de 2007 Rede. Estrutura de comunicação digital que permite a troca de informações entre diferentes componentes/equipamentos

Leia mais

REDES INDUSTRIAIS AS-INTERFACE

REDES INDUSTRIAIS AS-INTERFACE Em 1990, na Alemanha, um consórcio de empresas elaborou um sistema de barramento para redes de sensores e atuadores, denominado Actuator Sensor Interface (AS-Interface ou na sua forma abreviada AS-i).

Leia mais

Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto

Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto Nota de Aplicação NAP100 Rede PROFIBUS DP com mestre Rockwell/ControLogix e remota Série Ponto Sumário Descrição...1 1. Introdução...2 2. Instalação...3 3. Configuração...4 3.1 Projeto de Rede PROFIBUS...4

Leia mais

Válvulas Normalizadas ISO Info 192

Válvulas Normalizadas ISO Info 192 Válvulas ISO.QXD 9/1/02 10:08 Page 1 Válvulas Normalizadas ISO 14662119 Info 192 Válvulas ISO.QXD 9/1/02 10:08 Page 2 Padrão internacional assistência mundial Diagrama de conexão conforme ISO 5599/1 Interface

Leia mais

Ventiladores Centrífugos RadiFit EC. Compactos, eficientes e de reposição fácil.

Ventiladores Centrífugos RadiFit EC. Compactos, eficientes e de reposição fácil. Ventiladores Centrífugos RadiFit EC Compactos, eficientes e de reposição fácil. Se encaixa, economiza e faz sentido! A nossa linha de ventiladores centrífugos RadiFit com voluta e pás curvadas para trás

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Interpack 2014 Página 1 de 6 Beckhoff na feira Interpack 2014, em Düsseldorf: ao ar livre FG 15-1 Fórum de Soluções Beckhoff: embalagem com economia de recursos com controle baseado em PC A Beckhoff está

Leia mais

Product range VÁLVULAS

Product range VÁLVULAS Product range VÁLVULAS Índice Eletropilotos Série B1 10 mm Série B 10 mm Série A 15 mm Série AA 22 mm Série AB 30 mm Gama completa de válvulas 2/2-3/2 NO - NC Série B10-11-12 ISO 15218 nanoválvulas 10

Leia mais

Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas. Alexandre M. Carneiro

Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas. Alexandre M. Carneiro Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas Alexandre M. Carneiro Liderando aplicações Ex Experiência comprovada e de longo termo Certificação Internacional Grande variedade de produtos

Leia mais

Soluções de Automação. Para o mercado de embalagens

Soluções de Automação. Para o mercado de embalagens Soluções de Automação Para o mercado de embalagens Parker Hannifin Líder global em tecnologias de movimento e controle. Parceiro Global Suporte Global A Parker está comprometida em ajudar seus clientes

Leia mais

Bosch Rexroth no Brasil

Bosch Rexroth no Brasil Electric Drives and Controls Hydraulics Linear Motion and Assembly Technologies Pneumatics Service Bosch Rexroth no Brasil The Drive & Control Company Nossa Meta: ser líder mundial em benefícios ao cliente

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS. Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores

APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS. Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores APLICAÇÕES AMF Automatic Mains Failure em caso de falhas de alimentação da rede (Grupo gerador individual) ATS

Leia mais

HARTING News. Junho, 2003. Do controlo centralizado até à inteligência distribuída. arquitectura de instalação com inteligência distribuída.

HARTING News. Junho, 2003. Do controlo centralizado até à inteligência distribuída. arquitectura de instalação com inteligência distribuída. Neste número: Novos desenvolvimentos HARTING para Industrial Ethernet e PROFInet Durante a passada edição da feira de Hannover, o grupo tecnológico HARTING apresentou diversos desenvolvimentos para o ambiente

Leia mais

Modelos de Redes em Camadas

Modelos de Redes em Camadas Modelos de Redes em Camadas Prof. Gil Pinheiro 1 1. Arquitetura de Sistemas de Automação Sistemas Centralizados Sistemas Distribuídos Sistemas Baseados em Redes Arquitetura Cliente-Servidor 2 Sistemas

Leia mais

IND 1 DT MICROMASTER 430

IND 1 DT MICROMASTER 430 MICROMASTER 430 MICROMASTER 430 Uma visão geral l Inversores trifásicos de 400V projetados para aplicações com cargas de torque quadrático (bombas, ventiladores, etc.) l Quatro tamanhos de carcaça: FS

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto Descrição do Produto A Série Energy da Altus traz uma solução confiável para um dos pontos mais críticos em uma aplicação industrial: o fornecimento de alimentação para todos os dispositivos do sistema

Leia mais

Competência integral de uma única fonte Válvulas de processo na automação industrial

Competência integral de uma única fonte Válvulas de processo na automação industrial Competência integral de uma única fonte Válvulas de processo na automação industrial Aproveite o nosso know-how... no controle de processos também! Seu campo de atuação principal é a automação industrial.

Leia mais

Sistema de válvulas, Série HF04 Qn Máx. = 400 l/min Conexão fieldbus com AS I Design B Protocolos de bus de campo suportados:as-i

Sistema de válvulas, Série HF04 Qn Máx. = 400 l/min Conexão fieldbus com AS I Design B Protocolos de bus de campo suportados:as-i Sistema de válvulas, Série HF Qn Máx. = l/min Conexão fieldbus com S I Design Protocolos de bus de campo suportados:s-i 8 Modelo bus de campo DC Princípio Princípio de placas básicas x de bloqueio Pressão

Leia mais

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, é uma cabeça escrava para redes PROFIBUS-DP do tipo modular, podendo usar todos os módulos de E/S da série. Pode ser interligada a IHMs (visores

Leia mais

Fontes de Alimentação CC Programáveis de Alta Potência Série PVS

Fontes de Alimentação CC Programáveis de Alta Potência Série PVS Especificações Técnicas As fontes de alimentação CC programáveis PVS10005, PVS60085 e PVS60085MR fornecem potências de até 5,1kW, excelente regulação e características que permitem rápidas transições de

Leia mais

A linha Checkbox. Novos caminhos na tecnologia de alimentação. flexível e bem mais econômica! 1 Festo Br.

A linha Checkbox. Novos caminhos na tecnologia de alimentação. flexível e bem mais econômica! 1 Festo Br. A linha Checkbox 053228 Novos caminhos na tecnologia de alimentação. flexível e bem mais econômica! 1 Festo Br. Seleção e orientação mecânica de peças pequenas em sistemas de alimentação Geralmente as

Leia mais

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos Tecnologia Eletromecânica Atuadores eletromecânicos 3 de junho de 2014 Parker Eletromecânica Entendendo as necessidades do cliente Gerenciamento do Projeto Analise do Sistema Aceite dos Parametros de teste

Leia mais

A APLICAÇÃO DO SISTEMA AS-INTERFACE EM CONJUNTO COM CLP SIEMENS E SOFTWARE STEP7

A APLICAÇÃO DO SISTEMA AS-INTERFACE EM CONJUNTO COM CLP SIEMENS E SOFTWARE STEP7 A APLICAÇÃO DO SISTEMA AS-INTERFACE EM CONJUNTO COM CLP SIEMENS E SOFTWARE STEP7 Prof. Geison Mancuzo geison.mancuzo@fatec.sp.gov.br Faculdade de Tecnologia de Garça (FATEC - Garça) Curso de Tecnologia

Leia mais

VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóide-ar ISO 5599/01 - Tamanho 1

VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóide-ar ISO 5599/01 - Tamanho 1 Série Modelo PH VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóidear ISO 99/0 Tamanho /2/ vias / posições VANTAGENS: A série no novo modelo PH oferece além das vantagens da linha : Excepcional

Leia mais

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05 Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração Revisão 1 Mai2005 O é um sistema inteligente de Monitoramento, Aquisição de Dados e Supervisão Local para utilização com os softwares da linha Dynamic.

Leia mais

Didática Bosch Rexroth

Didática Bosch Rexroth Didática Bosch Rexroth 2 Introdução A Divisão Service da Bosch Rexroth oferece ao mercado a sua linha didática. Sempre preocupada com a qualificação técnica do profissional brasileiro, oferece à indústria

Leia mais

Características Técnicas Série Quasar

Características Técnicas Série Quasar Descrição do Produto A Série Quasar é uma linha de painéis tipo CCMi (centro de controle de motores inteligente) para baixa tensão e correntes até 3150 A, ensaiados conforme a norma NBR/IEC 60439-1 - TTA

Leia mais

Motores Lineares Industriais

Motores Lineares Industriais Motores Lineares Industriais Sistema de accionamento puramente eléctrico Controlo de posição livre ao longo de todo o curso Para tarefas de posicionamento precisas e dinâmicas Vida útil maior com a tecnologia

Leia mais

Inversores de Frequencia M-MAX. Projetados para maior eficiência de operação

Inversores de Frequencia M-MAX. Projetados para maior eficiência de operação Inversores de Frequencia MMAX Projetados para maior eficiência de operação Potência para os negócios no mundo todo Automotivo A Eaton fornece energia para centenas de produtos atendendo a demanda mundial

Leia mais

Manual de Instalação. GPRS Universal

Manual de Instalação. GPRS Universal Manual de Instalação GPRS Universal INTRODUÇÃO O módulo GPRS Universal Pináculo é um conversor de comunicação que se conecta a qualquer painel de alarme monitorado que utilize o protocolo de comunicação

Leia mais

Manual de Instalação. BC-2C Módulo GPRS

Manual de Instalação. BC-2C Módulo GPRS Manual de Instalação BC-2C Módulo GPRS INTRODUÇÃO O BC-2C Módulo GPRS Pináculo é um conversor de comunicação que se conecta a qualquer painel de alarme monitorado que utilize o protocolo de comunicação

Leia mais

Soluções em Sensores e Sistemas

Soluções em Sensores e Sistemas Soluções em Sensores e Sistemas Balluff 30 anos no Brasil Com uma história de sucesso de mais de 90 anos, iniciada em 1921, em Neuhausen, Alemanha, a Balluff é especializada na fabricação de sensores e

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br A SUPPLIER Indústria e Comércio de Eletroeletrônicos Ltda é uma empresa constituída com o objetivo de atuar no setor das Indústrias Eletroeletrônicas, principalmente na fabricação de fontes de alimentação

Leia mais

Pasve Válvula Retrátil Rotativa

Pasve Válvula Retrátil Rotativa Folha de Dados Pasve Ph Pasve Válvula Retrátil Rotativa PATENTEADA, única válvula desenhada para limpeza e calibração de sensores de PH sem removê-los do processo ou desligamento de bombas. Para uso de

Leia mais

Rede Profibus. Process. Manufacturing PLC PROFIBUS-PA. Internet PROFINET IEC 61158-2 RS-485/FO PROFIBUS-DP IPC. AS-Interface

Rede Profibus. Process. Manufacturing PLC PROFIBUS-PA. Internet PROFINET IEC 61158-2 RS-485/FO PROFIBUS-DP IPC. AS-Interface Rede Profibus OS OS Internet PLC Manufacturing IPC PROFINET Process RS-485/FO PROFIBUS-DP IEC 61158-2 PROFIBUS-PA AS-Interface Rede Profibus PROFIBUS desenvolvido na Alemanha, inicialmente pela Siemens

Leia mais

1. MEDIDORES E ANALISADORES DE QUALIDADE DE ENERGIA JANITZA

1. MEDIDORES E ANALISADORES DE QUALIDADE DE ENERGIA JANITZA Conteúdo 1. MEDIDORES E ANALISADORES DE QUALIDADE DE ENERGIA JANITZA... 2 1.1. UMG 103... 2 1.2. UMG 104... 2 1.3. UMG 96L e UMG 96... 3 1.4. UMG 96S... 3 1.5. UMG 96RM... 4 1.6. UMG 503... 4 1.7. UMG

Leia mais

Sistemas de Gerenciamento de Corrosão em Refinarias com as Tecnologias Microcor e Corrater

Sistemas de Gerenciamento de Corrosão em Refinarias com as Tecnologias Microcor e Corrater Rohrback Cosasco Systems, Inc. 11841 East Smith Avenue Santa Fe Springs, CA 90670 Tel.: +1 (562) 949-0123 Fax: +1 (562) 949-3065 www.rohrbackcosasco.com ISO 9001:2000 Certificado Nº FM 10964 Sistemas de

Leia mais

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS INTELLIGENT DRIVESYSTEMS, WORLDWIDE SERVICES BR PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS NORD DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS NORD

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

REWIND e SI.MO.NE. Sistema de monitoramento para grupos geradores

REWIND e SI.MO.NE. Sistema de monitoramento para grupos geradores REWIND e SI.MO.NE. Sistema de monitoramento para grupos geradores SISTEMA SICES Rewind e SI.ces MO.nitoring NE.twork (SI.MO.NE.) Sistema de monitoramento remoto REWIND Rewind é um módulo microprocessado

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 03. 1. Com referência ao Pregão Eletrônico PE.GCM.A.00175.2013, informamos que este Suplemento visa alterar:

SUPLEMENTO Nº 03. 1. Com referência ao Pregão Eletrônico PE.GCM.A.00175.2013, informamos que este Suplemento visa alterar: PE.GCM.A.0075.203 /6 SUPLEMENTO Nº 03. Com referência ao Pregão Eletrônico PE.GCM.A.0075.203, informamos que este Suplemento visa alterar:.. Edital, Seção V, Anexo II, Formulário 02 Acessórios e Ferramentas

Leia mais

Sistemas de Automação

Sistemas de Automação Sistemas de Automação Introdução Walter Fetter Lages w.fetter@ieee.org Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Elétrica Programa de Pós-Graduação em Engenharia

Leia mais

Instrumentação Fieldbus: Introdução e Conceitos

Instrumentação Fieldbus: Introdução e Conceitos Departamento de Engenharia Química e de Petróleo UFF Instrumentação Fieldbus: Outros Processos de Introdução e Conceitos Separação custo Prof a Ninoska Bojorge Introdução Competitividade Complexidade dos

Leia mais

PROFINET. O padrão em Ethernet Industrial para Automação

PROFINET. O padrão em Ethernet Industrial para Automação PROFINET O padrão em Ethernet Industrial para Automação O que é PROFINET? É um padrão aberto baseado no Industrial Ethernet É desenvolvimento da PROFIBUS & PROFINET International (PI) Utiliza padrões TCP/IP

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 Catálogo técnico Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 EV220B 15 50 é um programa universal de válvula solenoide de 2/2 vias indiretamente servo-operada. O corpo da válvula em

Leia mais

As melhores soluções para sua Automação. Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis

As melhores soluções para sua Automação. Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis As melhores soluções para sua Automação Inversores de Freqüência Soft-Starters Servoacionamentos Controladores Programáveis Disponíveis em nosso site www.weg.com.br Softwares WEG Automação Alguns dos softwares

Leia mais

CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420

CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420 CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420 Catálogo do Transmissor Gravimétrico de Densidade DG-420 Pág. 1 TRANSMISSOR UNIPRO IV ESPECIFICAÇÕES Alimentação: Alimentação universal

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais