ENTIDADE DOTAÇÕES INICIAIS CÓDIGOS D E S I G N A Ç Ã O M O N T A N T E

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENTIDADE DOTAÇÕES INICIAIS CÓDIGOS D E S I G N A Ç Ã O M O N T A N T E"

Transcrição

1 PÁGINA : 1 R E C E I T A S C O R R E N T E S ,82 01 IMPOSTOS DIRECTOS , , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE VEÍCULOS , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE AS TRANSAÇÕES ONEROSAS DE IMÓVEIS DERRAMA , , IMPOSTOS ABOLIDOS , CONTRIBUIÇÃO AUTÁRQUICA , IMPOSTO MUNICIPAL DE SISA ,00 02 IMPOSTOS INDIRECTOS , , IMPOSTOS INDIRECTOS ESPECÍFICOS DAS AUTARQUIAS LOCAIS , MERCADOS E FEIRAS , LOTEAMENTOS E OBRAS , LICENÇAS PARA OBRAS DIVERSAS , LICENÇAS DE UTILIZAÇÃO , INFRAESTRUTURAS URBANÍSTICAS , OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA , PUBLICIDADE SANEAMENTO , UTILIZAÇÃO DA REDE VIÁRIA MUNICIPAL , TAXA MUNICIPAL DE DIREITOS DE PASSAGEM , TAXA DE DEPÓSITO DA FICHA TÉCNICA DE HABITAÇÃO 1.045, , TAXA DE CONTROLO METROLÓGICO ALVARAS SANITÁRIOS E 30, TAXAS POR SERVIÇOS DIVERSOS ,00 04 TAXAS, MULTAS E PENALIDADES , TAXAS , TAXAS ESPECÍFICAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS , MERCADOS E FEIRAS , LOTEAMENTOS E OBRAS , LICENÇAS PARA OBRAS DIVERSAS , LICENÇAS DE UTILIZAÇÃO , INFRAESTRUTURAS URBANÍSTICAS , OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA 1.000, , CAÇA, USO E PORTE DE ARMA 200, SANEAMENTO , TAXA DE DEPÓSITO DA FICHA TÉCNICA DE HABITAÇÃO 1.000, TAXA PELA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTO 35, TAXAS POR SERVIÇOS DIVERSOS , , LICENÇAS DE CONDUÇÃO DE VELOCÍPEDES MATRÍCULA DE VELOCÍPEDES , MULTAS E PENALIDADES JUROS DE MORA , , JUROS COMPENSATÓRIOS COIMAS E PENALIDADES POR CONTRA ORDENAÇÕES 3.800, , MULTAS E PENALIDADES DIVERSAS 05 RENDIMENTOS DE PROPRIEDADE , JUROS - SOCIEDADES FINANCEIRAS BANCOS E INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS , COMPANHIAS DE SEGUROS E FUNDOS DE PENSÕES

2 PÁGINA : JUROS- ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS ADMINISTRAÇÃO CENTRAL- ESTADO ADMINISTRAÇÃO CENTRAL - SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS ADMINISTRAÇÃO LOCAL - CONTINENTE DIVIDENDOS E PARTICIPAÇÕES NOS LUCROS DE SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO 200,00 FINANCEIRAS EMPRESAS PÚBLICAS EMPRESAS PÚBLICAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS EMPRESAS PRIVADAS PARTICIPAÇÕES NOS LUCROS DE ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS ASSOCIAÇÕES DE MUNICÍPIOS 100, RENDAS 300, TERRENOS ACTIVOS NO SUBSOLO HABITAÇÕES EDIFÍCIOS BENS DO DOMÍNIO PÚBLICO TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS 200, PÚBLICAS EMPRESAS PÚBLICAS EMPRESAS PÚBLICAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS PRIVADAS ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , ESTADO , FUNDO EQUILÍBRIO FINANCEIRO , FUNDO SOCIAL MUNICIPAL , PARTICIPAÇÃO FIXA NO IRS , , DGAL - COMPARTICIPAÇÃO TRANSPORTES ESCOLARES , DREN - COMPARTICIPAÇÃO REMUN. AUX. ACÇÃO EDUCAT , DREN - COMPART. REFEIÇÕES E PROLONG. HORÁRIO , ISSS - COMISSÃO PROTECÇÃO CRIANÇAS JOVENS EM RISCO , ISSS - PROGRAMA SER CRIANÇA , DREN - PROJECTO INGLÊS NO 1º CEB ESPAÇO INTERNET , VALE DO AVE DIGITAL 7, APETRECHAMENTO INFORMÁTICO DAS ESCOLAS DO ENSINO PRÉ-ESCOLAR 2.663, GABINETE TÉCNICO FLORESTAL PREVENÇÃO E PROTECÇÃO DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS , RECENSEAMENTO ELEITORAL E ELEIÇÕES/STAPE DIVERSAS ESTADO- PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA EM PROJECTOS CO-FINANCIADOS , POS_C - PROGRAMA OPERACIONAL SOCIEDADE CONHECIMENTO , ESPAÇO INTERNET , VALE DO AVE DIGITAL 30, APETRECHAMENTO INFORMÁTICO DAS ESCOLAS DO ENSINO PRÉ-ESCOLAR 5.991, SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL 5.000, DIVERSAS ADMINISTRAÇÃO LOCAL CONTINENTE INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS FAMÍLIAS ,00

3 PÁGINA : FAMÍLIAS ,00 07 VENDA DE BENS E SERVIÇOS CORRENTES , VENDA DE BENS , MATERIAL DE ESCRITÓRIO LIVROS E DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PUBLICAÇÕES E IMPRESSOS BENS INUTILIZADOS 600, PRODUTOS ALIMENTARES E BEBIDAS MERCADORIAS DESPERDÍCIOS, RESÍDUOS E REFUGOS 4.500, PRODUTOS ACABADOS E INTERMÉDIOS , SERVIÇOS ALUGUER DE ESPAÇOS E EQUIPAMENTOS , , VISTORIAS E ENSAIOS 1.000, REPARAÇÕES SERVIÇOS SOCIAIS, RECREATIVOS, CULTURAIS E DE DESPORTO 200, SERVIÇOS SOCIAIS SERVIÇOS RECREATIVOS SERVIÇOS CULTURAIS SERVIÇOS DESPORTIVOS SERVIÇOS ESPECÍFICOS DAS AUTARQUIAS SANEAMENTO , RESÍDUOS SÓLIDOS , TRANSPORTES COLECTIVOS DE PESSOAS E MERCADORIAS TRABALHOS POR CONTA DE PARTICULARES 1.000, MERCADOS E FEIRAS PARQUES DE ESTACIONAMENTO 500, , , , ENCARGOS DE COBRANÇA DE RECEITAS 0, RENDAS , HABITAÇÕES , EDIFÍCIOS 310, VIMÁGUA, EIM , , INFRAESTUTURAS DE ABASTECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA , RECEITAS CORRENTES , , , INDEMIN. DETERIO., ROUBO E EXTRAVIO BENS PATRIMONIAIS INDEMINIZAÇÕES DE ESTRAGOS PROVOCADOS POR OUTRÉM EM VIATURAS OU 200,00 EQUIPAMENTOS PERTENCENTES ÁS AUTARQUIAS LOCAIS IVA REEMBOLSADO DIVERSAS , COMPARTICIPAÇÃO DO SEGURO DE SAÚDE 100, RECEITA EMOLUMENTAR 100, ,00 R E C E I T A S D E C A P I T A L ,77 09 VENDAS DE BENS DE INVESTIMENTO , TERRENOS SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS , SOCIEDADES FINANCEIRAS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS FAMÍLIAS HABITAÇÕES SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS 200,00

4 PÁGINA : SOCIEDADES FINANCEIRAS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS FAMÍLIAS EDIFÍCIOS SOCIEDADES E QUASE SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS 200, SOCIEDADES FINANCEIRAS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS FAMÍLIAS BENS DE INVESTIMENTO SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE MAQUINARIA E EQUIPAMENTO SOCIEDADES FINANCEIRAS EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE MAQUINARIA E EQUIPAMENTO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA- ADMINISTRAÇÃO LOCAL- CONTINENTE EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE MAQUINARIA E EQUIPAMENTO INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE MAQUINARIA E EQUIPAMENTO FAMÍLIAS EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE MAQUINARIA E EQUIPAMENTO TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS , PÚBLICAS , EMPRESAS PÚBLICAS EMPRESAS PÚBLICAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS , PRIVADAS ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , ESTADO , FUNDO EQUILÍBRIO FINANCEIRO , COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA , DGAL - PAÇOS DO CONCELHO DE VIZELA , IPLB - COMPARTICIPAÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DE BIBLIOTECA , CENTRO DE SAÚDE DE VIZELA , VALE DO AVE DIGITAL , APETRECHAMENTO INFORMÁTICO DAS ESCOLAS DO ENSINO PRÉ-ESCOLAR 408, GABINETE TÉCNICO FLORESTAL ESPAÇO INTERNET 1 229, ESTADO- PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA EM PROJECTOS CO-FINANCIADOS , O.N. - EIXO PRIORITÁRIO 1 - OPERAÇÃO NORTE , REDES E SISTEMAS DE TRANSPORTE (ACESSIBILIDADES) , QUALIFICAÇÃO TERRITORIAL , O.N.-EIXO PRIORITÁRIO 3 - SECTORIAL , CENTRO DE SAÚDE DE VIZELA , PROTOCOLO DA REDE VIÁRIA , POS_C - PROGRAMA OPERACIONAL SOCIEDADE CONHECIMENTO ESPAÇO INTERNET ,00 916,15

5 PÁGINA : VALE DO AVE DIGITAL , APETRECHAMENTO INFORMÁTICO DAS ESCOLAS DO ENSINO PRÉ-ESCOLAR 918, SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS INH , ADMINISTRAÇÃO LOCAL CONTINENTE INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS FAMÍLIAS FAMÍLIAS 12 PASSIVOS FINANCEIROS , EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZO , SOCIEDADES FINANCEIRAS ,00 13 RECEITAS DE CAPITAL , , INDEMNIZAÇÕES ACTIVOS INCORPÓREOS OBRAS COERCIVAS , O U T R A S R E C E I T A S ,00 15 REPOSIÇÕES NÃO ABATIDAS NOS PAGAMENTOS , REPOSIÇÕES NÃO ABATIDAS NOS PAGAMENTOS , REPOSIÇÕES NÃO ABATIDAS NOS PAGAMENTOS ,00 TOTAL DAS RECEITAS ,59 ORGÃO EXECUTIVO Em de de ORGÃO DELIBERATIVO Em de de

Última alteração 03-12-2009

Última alteração 03-12-2009 01 Impostos directos * 01 02 Outros 01 02 02 Imposto municipal sobre imóveis * 01 02 03 Imposto único de circulação 01 02 04 Imposto municipal sobre as transacções onerosas de imóveis 01 02 05 Derrama

Leia mais

ORÇAMENTO DA RECEITA. Receitas Correntes 14.415.223

ORÇAMENTO DA RECEITA. Receitas Correntes 14.415.223 Receitas Correntes 14.415.223 01 Impostos Directos 4.655.446 01 02 Outros 4.655.446 01 02 02 IMI - Imposto municipal sobre imóveis 2.728.366 01 02 03 IUC Imposto único de circulação 278.183 01 02 04 IMT

Leia mais

(1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a

(1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a MAPA DE CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA - POR ENTIDADE MVN - MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS ANO 2014 JANEIRO A JUNHO - 2014/06/30 PAG 1 CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA REEMBOLSOS/RESTITUIÇÕES GRAU RECEITAS CORRENTES

Leia mais

Município de Almeida - CMA

Município de Almeida - CMA RECEITAS CORRENTES 9.142.648,00 40.938,00 0,00 40.938,00 9.183.586,00 01 Impostos directos 648.164,00 0,00 0,00 0,00 648.164,00 0102 Outros 648.164,00 0,00 0,00 0,00 648.164,00 010202 Imposto municipal

Leia mais

Município Marinha Grande

Município Marinha Grande Município Marinha Grande ORÇAMENTO DA RECEITA PÁGINA : 1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 18.923.350,71 01 IMPOSTOS DIRECTOS 7.173.657,00 01.02 OUTROS 7.173.657,00 01.02.02 IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEI

Leia mais

Mapa de Fluxos de Caixa

Mapa de Fluxos de Caixa RECEBIMENTOS Saldo da Gerência Anterior 1.243.835,16 Execução Orçamental 1.090.463,60 Operações de Tesouraria 153.371,56 Receitas Orçamentais 18.346.140,09 01 IMPOSTOS DIRECTOS 4.120.643,81 0102 Outros

Leia mais

ORÇAMENTO PARA O ANO 2010 - Receita

ORÇAMENTO PARA O ANO 2010 - Receita ORÇAMENTO PARA O ANO 200 - Receita 0 Impostos directos 002 Outros 00202 Imposto municipal sobre imóveis 26.548.49 00203 Imposto único de circulação 6.4.999 00204 Imposto municipal s/ transacções onerosas

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 310.276,31 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 103.137,41 Operações de Tesouraria 207.138,90 6.794.667,86 Receitas Correntes 5.881.296,87 01 Impostos

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2010 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A ANO 2010 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S 15:10 2011/06/09 Fluxos de caixa Pag. 1 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 54.683.639,20 EXECUÇÃO

Leia mais

Documentos de Prestação de Contas

Documentos de Prestação de Contas Documentos de Prestação de Contas E DOCUMENTOS ANEXOS Segundo a Resolução nº04/2001-2ª Secção APROVAÇÃO Câmara Municipal - Reunião de / / Assembleia Municipal - Sessão de / / ACÓRDÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 O Órgão Executivo; O Órgão Deliberativo;

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 O Órgão Executivo; O Órgão Deliberativo; PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 Junto se remetem os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2007, organizados em conformidade com o POCAL e de acordo com a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção,

Leia mais

Município de Mortágua

Município de Mortágua Município de Mortágua Documentos de Prestação de Contas Balanço Demonstração de Resultados Mapas de Execução Orçamental Anexos às Demonstrações Financeiras Relatório de Gestão 2004 Índice Índice: 5. Balanço

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 393.778,77 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 263.966,97 Operações de Tesouraria 129.811,80 16.355.231,25 Receitas Correntes 12.596.773,53 01 Impostos

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2007 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31

F L U X O S D E C A I X A ANO 2007 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 2.998.192,70 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 1.267.764,59

Leia mais

Orçamento Inicial para 2010

Orçamento Inicial para 2010 RECEITAS Económica Designação Previsão RECEITAS CORRENTES 7.527.796,00 01 Impostos directos 791.550,00 0102 Outros 791.550,00 010202 Imposto municipal sobre imóveis 230.000,00 010203 Imposto único de circulação

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A R E C E B I M E N T O S PERÍODO 2014/01/02 A 2014/12/31 Pág. 1 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 259.724,13 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 18.518,45 OPERAÇÕES DE TESOURARIA... 241.205,68 RECEITAS ORÇAMENTAIS... 4.975.283,44

Leia mais

ANO 2007 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1

ANO 2007 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 383.685,64 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 161.920,09 OPERAÇÕES DE TESOURARIA... 221.765,55 RECEITAS ORÇAMENTAIS...

Leia mais

MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS

MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS Documentos de Prestação de Contas 2010 DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Fluxos de Caixa Documentos de Prestação de Contas 2010 DOC

Leia mais

MUNICIPIO DE VIZELA DO ANO 2008

MUNICIPIO DE VIZELA DO ANO 2008 PÁGINA : 1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 11.662.740,23 01 IMPOSTOS DIRECTOS 3.970.000,00 01.02 3.970.000,00 01.02.02 IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS 2.100.000,00 01.02.03 IMPOSTO ÚNICO DE CIRCULAÇÃO

Leia mais

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1 CLA SIFICAÇÃO ECONÓMICA PREVISÕES RECEITAS POR RECEITAS LIQUIDAÇÕES RECEITAS REEMBOLSOS/RESTITUIÇÕES

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 316.566,25 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 264.031,03 Operações de Tesouraria 52.535,22 5.031.119,33 Receitas Correntes 2.585.384,84 01 Impostos

Leia mais

RECEITAS CORRENTES 01 IMPOSTOS DIRECTOS 681,553.00

RECEITAS CORRENTES 01 IMPOSTOS DIRECTOS 681,553.00 MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA PLANO ORÇAMENTAL DA RECEITA 001 RECEITAS CORRENTES 01 IMPOSTOS DIRECTOS 681,553.00 0102 Outros 681,553.00 010202 Imposto Municipal sobre imóveis 304,083.00 010203 Imposto único

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 1.348.952,41 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 1.034.500,26 Operações de Tesouraria 314.452,15 16.035.427,63 Receitas Correntes 11.478.511,35 01

Leia mais

MUNICíPIO DE MORTÁGUA

MUNICíPIO DE MORTÁGUA MUNICíPIO DE MORTÁGUA Opções do Plano Orçamento MUNICíPIO DE MORTÁGUA Opções do Plano Município Mortágua Grans Opções do Plano do ano (valores em euros) Obj. Prog. Projecto Ano / Nº Acção Código Classificação

Leia mais

FLUXOS DE CAIXA CONSOLIDADOS

FLUXOS DE CAIXA CONSOLIDADOS CÂMARA MUNICIPAL DO / SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE TRANSPORTES COLECTIVOS DO RECEBIMENTOS Saldo da gerência anterior 2.363.424,49 Execução Orçamental 1.404.990,71 Operações de Tesouraria 958.433,78 Total

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2013 ENTIDADE MVN MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A ANO 2013 ENTIDADE MVN MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 R E C E B I M E N T O S ENTIDADE MVN MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 213.697,03 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 67.235,92 OPERAÇÕES DE TESOURARIA...

Leia mais

BALANÇO ANO 2005 ENTIDADE C.M.M MUNICIPIO DE MIRANDELA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 ACTIVO AB A/P AL AL

BALANÇO ANO 2005 ENTIDADE C.M.M MUNICIPIO DE MIRANDELA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 ACTIVO AB A/P AL AL Prestação de Contas - 2005 Junto se remete os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2005, organizados em conformidade com o POCAL e a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção, do Tribunal

Leia mais

Freguesia de Nogueira, Meixedo e Vilar de Murteda

Freguesia de Nogueira, Meixedo e Vilar de Murteda Freguesia Nogueira, Meixedo e Vilar Murteda 01 Impostos directos 0102 Outros CORRENTES 010202 Imposto municipal sobre imóveis 1.000,00 TOTAL Rúbrica 01 1.000,00 04 Taxas, multas e outras penalidas 0401

Leia mais

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS Ministério 01 Encargos Gerais do Estado 1206 SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1207 SUPREMO TRIBUNAL ADMINISTRATIVO 2334 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 3045 COMISSÃO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE DADOS 04 02 04 040199

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 7.946.571,02 Execução Orçamental 5.519.930,76 Operações de Tesouraria 2.426.640,26 das Receitas Orçamentais 58.322.634,95 Receitas Correntes 55.610.658,97 01 Impostos

Leia mais

Documentos de Prestação de. Contas

Documentos de Prestação de. Contas Documentos de Prestação de Contas Ano Financeiro de 2010 INDICE GERAL 7.3.1 CONTROLO ORÇAMENTAL DA DESPESA 7.3.2 CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA 7.4 EXECUÇÃO ANUAL DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS 7.4A

Leia mais

ORGÂNICA ECONÓMICA D E S I G N A Ç Ã O ORGÂNICA ECONÓMICA

ORGÂNICA ECONÓMICA D E S I G N A Ç Ã O ORGÂNICA ECONÓMICA ENTIDADE MUNICIPIO DE MOGADOURO ORÇAMENTO DA DESPESA ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO 2009 PÁGINA : 1 01 01.01 ADMINISTRACAO MUNICIPAL OPERACOES FINANCEIRAS 5.094.863,00

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 24 de abril de 2015. Série. Número 66

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 24 de abril de 2015. Série. Número 66 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 24 de abril de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Declaração n.º 3/2015 Mapas I a VIII, a que

Leia mais

BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS

BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS ACTIVO AB A/P AL AL Imobilizado: Bens de domínio público 451 Terrenos e recursos

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014

GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014 GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014 INTRODUÇÃO O próximo ano estará marcado pelo fim do atual QREN o que provocará com que o investimento previsto seja reduzido significativamente.

Leia mais

ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013

ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013 ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013 PÁGINA : 1 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL 31.800,00 D E S P E S A S C O R R E N T E S 31.800,00

Leia mais

37.100.500,00 TOTAL DA RECEITA: TOTAL DA DESPESA: 37.100.500,00

37.100.500,00 TOTAL DA RECEITA: TOTAL DA DESPESA: 37.100.500,00 TOTAL DA RECEITA: TOTAL DA DESPESA: 37.100.500,00 37.100.500,00 0 DA CÂMARA MUNICIPAL DE LEIRIA ANO 2013 RECEITAS DESPESAS CORRENTES 23.469.442,00 CORRENTES 23.270.500,00 CAPITAL 13.631.058,00 CAPITAL

Leia mais

Freguesia. Foz do Arelho. Município de Caldas da Rainha ORÇAMENTO RECEITA E DESPESA PARA O ANO FINANCEIRO DE 2003 APROVADO

Freguesia. Foz do Arelho. Município de Caldas da Rainha ORÇAMENTO RECEITA E DESPESA PARA O ANO FINANCEIRO DE 2003 APROVADO Freguesia de Foz do Arelho Município de Caldas da Rainha ORÇAMENTO DA RECEITA E DESPESA PARA O ANO FINANCEIRO DE 2003 APROVADO PELA JUNTA DE FREGUESIA Em reunião de PELA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA Em sessão

Leia mais

MPS PERIODO : JANEIRO A OUTUBRO - 2015/10/31 2015/11/16 2015 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO

MPS PERIODO : JANEIRO A OUTUBRO - 2015/10/31 2015/11/16 2015 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO MPS PERIODO : JANEIRO A OUTUBRO - 2015/10/31 2015/11/16 2015 1 010101 TITULARES DE ÓRGÃOS DE SOBERANIA E 94.610,00 94.610,00 94.610,00 70.063,47 70.063,47 94.610,00 94.610,00 70.063,47 70.063,47 24.546,53

Leia mais

ORÇAMENTO PARA O ANO 2014 - Receita

ORÇAMENTO PARA O ANO 2014 - Receita ORÇAMENTO PARA O ANO 2014 - Receita 04 Taxas, multas e outras penalidades 0402 Multas e outras penalidades 040201 Juros de mora 6.000 040204 Coimas e penalidades por contra-ordenações 040299 Multas e penalidades

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DO BAIXO ALENTEJO E ALENTEJO LITORAL ORÇAMENTO DA RECEITA Ano: 2015

ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DO BAIXO ALENTEJO E ALENTEJO LITORAL ORÇAMENTO DA RECEITA Ano: 2015 ORÇAMENTO DA RECEITA Ano: 25 RECEITAS CORRENTES 05 RENDIMENTOS DA PROPRIEDADE 10,00 05 Juros Sociedades Financeiras 10,00 05 Bancos e Outras Instituições Financeiras 10,00 06 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES 991.045,28

Leia mais

ANO 2015 ENTIDADE MVC - MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA Período: 2015/01/01 a 2015/12/31 PÁG. 1

ANO 2015 ENTIDADE MVC - MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA Período: 2015/01/01 a 2015/12/31 PÁG. 1 2015 ENTIDADE MVC - MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA Período: 2015/01/01 a 2015/12/31 PÁG. 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO INICIO DO BRUTAS EMITIDOS PAGOS LIQUIDA FINAL DO DAS RECEITAS CORRENTES 13.175.216,00 263.115,06

Leia mais

ANO 2011 ENTIDADE MUNICIPIO DE FAF - MUNICIPIO DE FAFE PÁG. 1

ANO 2011 ENTIDADE MUNICIPIO DE FAF - MUNICIPIO DE FAFE PÁG. 1 2011 ENTIDADE MUNICIPIO DE FAF - MUNICIPIO DE FAFE PÁG. 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO INICIO DO BRUTAS EMITIDOS PAGOS LIQUIDA FINAL DO DAS RECEITAS CORRENTES 24.884.735,00 75.968,04 25.221.143,08 576.877,56 24.675.187,28

Leia mais

Notas aos Mapas Previsionais... 1. 1. Apresentação dos Mapas Previsionais... 3. 1.1 Resumo do Orçamento da Receita e da Despesa...

Notas aos Mapas Previsionais... 1. 1. Apresentação dos Mapas Previsionais... 3. 1.1 Resumo do Orçamento da Receita e da Despesa... Índice Notas aos Mapas Previsionais... 1 1. Apresentação dos Mapas Previsionais... 3 1.1 Resumo do Orçamento da Receita e da Despesa... 3 1.2 Resumo do Orçamento da Receita e da Despesa por capítulos...

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS CLASSIFICADOR ECONÓMICO DAS RECEITAS E DESPESAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS

NOTAS EXPLICATIVAS CLASSIFICADOR ECONÓMICO DAS RECEITAS E DESPESAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS S EXPLICATIVAS Nota: As últimas alterações introduzidas encontram-se assinaladas a cor diferente, para uma maior facilidade de leitura e compreensão do documento. CONTA RECEITAS CORRENTES 01 Impostos directos

Leia mais

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1 Pagina : 1 1. Funções gerais 610.500,00 610.500,00 334.850,49 334.850,49 54.85 54.85 1.1. Serviços gerais de administração pública 525.500,00 525.500,00 334.640,59 334.640,59 63.68 63.68 1.1.1. Administracao

Leia mais

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE ANEXO 1 DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DESIGNAÇÃO CÓDIGO POCAL 1 Balanço 5 2 Demonstração de resultados 6 3 Plano plurianual de investimentos - aprovado por deliberação de 3/12/2009 7.1 4 Orçamento

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Diário da República,.ª série N.º 252 3 de Dezembro de 9225 automaticamente transferidos para os correspondentes novos departamentos, organismos ou serviços que os substituem, ou que os passam a integrar

Leia mais

MAPA I RECEITAS DO ESTADO. [Alínea a) do artigo 1º.] RECEITAS CORRENTES

MAPA I RECEITAS DO ESTADO. [Alínea a) do artigo 1º.] RECEITAS CORRENTES - 1 - MAPA I RECEITAS DO ESTADO [Alínea a) do artigo 1º.] RECEITAS CORRENTES 01 IMPOSTOS DIRECTOS 01 Sobre o Rendimento 01 Imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS) 1,106,600,000 02 Imposto

Leia mais

DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO 2013 RECEITAS MONTANTE DESPESAS MONTANTE

DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO 2013 RECEITAS MONTANTE DESPESAS MONTANTE R E S U M O D O O R Ç A M E N T O ENTIDADE SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DAS CALDAS DA RAINHA DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO RECEITAS MONTANTE DESPESAS MONTANTE Correntes... 6.949.000,00 Correntes... 5.808.050,00

Leia mais

Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos

Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos Contribuinte nº 506 811 875 Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos Ano Económico 2015 Aprovado em reunião da Junta de Freguesia em / / Aprovado em reunião da Assembleia de Freguesia em / / ORÇAMENTO

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Nº do Dimensão Data de Designação documento em bytes criação 53,4 KB 08/04/2011 24,6 KB 08/04/2011 72,2 KB 29/04/2011

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Nº do Dimensão Data de Designação documento em bytes criação 53,4 KB 08/04/2011 24,6 KB 08/04/2011 72,2 KB 29/04/2011 PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Junto se remetem os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2010, organizados em conformidade com o POCAL e de acordo com a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção,

Leia mais

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE ANEXO 1 DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE MUNICÍPIO DE GUIMARÃES GERÊNCIA 1 DE JANEIRO A 31 DE DEZEMBRO DE 2014 DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DESIGNAÇÃO CÓDIGO POCAL 1 Balanço 5 2 Demonstração de resultados

Leia mais

FREGUESIA DAS DOZE RIBEIRAS

FREGUESIA DAS DOZE RIBEIRAS FREGUESIA DAS DOZE RIBEIRAS MUNICÍPIO DE ANGRA DO HEROÍSMO FLUXOS DE CAIXA APROVAÇÃO PARA O ANO FINANCEIRO DE 2009 Datas das Deliberações Junta de Freguesia / / Assembleia de Freguesia / / Órgão Executivo

Leia mais

C N C. Indice 11 - CÓDIGO DE CONTAS CLASSE 1 - DISPONIBILIDADES 11 - CÓDIGO DE CONTAS... 1

C N C. Indice 11 - CÓDIGO DE CONTAS CLASSE 1 - DISPONIBILIDADES 11 - CÓDIGO DE CONTAS... 1 Indice 11 - CÓDIGO DE CONTAS... 1 CLASSE 1 - DISPONIBILIDADES... 1 CLASSE 2 - TERCEIROS*... 2 CLASSE 3 - EXISTÊNCIAS*... 4 CLASSE 4 - IMOBILIZAÇÕES*... 5 CLASSE 5 - CAPITAL, RESERVAS E RESULTADOS TRANSITADOS...

Leia mais

Praça Francisco Inácio - 4835-321 - Contrib: 507 214 668 - Tel: 253 531 824

Praça Francisco Inácio - 4835-321 - Contrib: 507 214 668 - Tel: 253 531 824 01 Impostos directos 0102 Outros CORRENTES 010202 Imposto municipal sobre imóveis 9.000,00 TOTAL Rúbrica 01 9.000,00 02 Impostos indirectos 0202 Outros 020206 Impostos indirectos específicos das autarquias

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS

PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Datas Despesas Anos Seguintes 1. FUNÇÕES GERAIS 938.000 688.000 250.000 125.786 108.000 1.171.786 1.1 SERVIÇOS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 938.000 688.000 250.000 125.786 108.000 1.171.786 1.1.1 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2016 DESENVOLVIMENTO DAS RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2016 DESENVOLVIMENTO DAS RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS MA OP-01 DESENVOLVIMENTO DAS DOS SERVIÇOS E S AUTÓNOMOS 03 - SERVICOS NA AREA DA ECONOMIA 01 - IMEI - AGENCIA PARA A COMPETITIVIDADE E INOVAÇAO PROG MED 065 FUNÇÕES S - DIVERSAS NÃO ESPECIFICADAS 04 TAXAS,

Leia mais

Nº do. Dimensão em Designação documento. Data de criação. bytes

Nº do. Dimensão em Designação documento. Data de criação. bytes PRESTAÇÃO DE CONTAS 2008 Junto se remetem os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2008, organizados em conformidade com o POCAL e de acordo com a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção,

Leia mais

ÍNDICE 5. DISTRIBUIÇÃO PERCENTUAL DAS RECEITAS...18

ÍNDICE 5. DISTRIBUIÇÃO PERCENTUAL DAS RECEITAS...18 ÍNDICE 1. ANÁLISE À EXECUÇÃO ORÇAMENTAL DA GERÊNCIA DE 2001... 3 1.1. EXECUÇÃO ORÇAMENTAL DE 2001... 3 1.2 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL - MÊS... 4 2. ANÁLISE À EVOLUÇ ÃO DAS RECEITAS E DESPESAS... 7 2.1. ESTRUTURA

Leia mais

Documentos de Prestação de Contas

Documentos de Prestação de Contas Documentos de Prestação de Contas E DOCUMENTOS ANEXOS Segundo a Resolução nº04/2001-2ª Secção APROVAÇÃO Câmara Municipal - Reunião de / / Assembleia Municipal - Sessão de / / ACÓRDÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

Lei 1, de 6 de Janeiro de 1987 - I Série

Lei 1, de 6 de Janeiro de 1987 - I Série Lei 1, de 6 de Janeiro de 1987 - I Série Finanças locais Lei 1/87 Finanças locais Publicação: DR nº 4/87 - I Série A Assembleia da República decreta, nos termos dos artigos 164.º, alínea d), 168.º, n.º

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE CMB MUNICIPIO DE BEJA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2014/12/31 R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE CMB MUNICIPIO DE BEJA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2014/12/31 R E C E B I M E N T O S ENTIDADE CMB MUNICIPIO DE BEJA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2014/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 441.383,66 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 10.692,50 OPERAÇÕES DE TESOURARIA...

Leia mais

ORÇAMENTO E DE INVESTIMENTOS DIVISÃO FINANCEIRA

ORÇAMENTO E DE INVESTIMENTOS DIVISÃO FINANCEIRA ORÇAMENTO E PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS 2016 DIVISÃO FINANCEIRA ORÇAMENTO PARA O PERÍODO DE 2016 ÍNDICE I Proposta de aprovação dos documentos previsionais II Relatório da proposta do orçamento III

Leia mais

Enquadramento Fiscal

Enquadramento Fiscal Organizações Sem Fins Lucrativos Enquadramento Fiscal Ponte da Barca, 14 de Maio de 2013 Organizações Sem Fins Lucrativos Os principais tipos de entidades sem fins lucrativos em Portugal são as associações,

Leia mais

CORRENTES CAPITAL TOTAL RECEITAS 17 526 004 7 283 896 24 809 900 DESPESAS 12 372 900 12 437 000 24 809 900

CORRENTES CAPITAL TOTAL RECEITAS 17 526 004 7 283 896 24 809 900 DESPESAS 12 372 900 12 437 000 24 809 900 ANÁLISE DO ORÇAMENTO: RECEITA E DESPESA O orçamento para 2014 volta a ser mais contido que o anterior, situando-se em 24.809.900, ou seja menos 4,3% que o de 2013. Como se verá mais à frente, o plano de

Leia mais

REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS E LICENÇAS

REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS E LICENÇAS REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS E LICENÇAS Nota Justificativa Considerando a necessidade de alterar o Regulamento e Tabela de Taxas e Licenças em vigor na freguesia de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra,

Leia mais

União das Freguesias de Gouveia (S. Pedro e S. Julião)

União das Freguesias de Gouveia (S. Pedro e S. Julião) REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE GOUVEIA (S. PEDRO E S. JULIÃO) PREÂMBULO A Lei nº 73/2013, de 3 de Setembro, veio estabelecer o regime financeiro das Autarquias Locais e das

Leia mais

Entidades intervenientes

Entidades intervenientes Entidades intervenientes As candidaturas deverão ser apresentadas, preferencialmente, no Município de Vizela, ou nas entidades abaixo indicadas. Câmara Municipal de Vizela Rua Dr. Alfredo Pinto, 42 4815-391

Leia mais

Orçamento 2010. Município de Murça

Orçamento 2010. Município de Murça Orçamento 2010 Município de Murça ÍNDICE DOCUMENTOS PREVISIONAIS 4 INTRODUÇÃO 5 1- ORÇAMENTO DE 2010 6 2- RECEITA 7 2.1- RECEITA CORRENTE 8 2.2- RECEITA DE CAPITAL 9 3- DESPESA 9 3.1- DESPESA CORRENTE

Leia mais

Sumário. Princípio da autonomia financeira. Regime de financiamento das autarquias locais e Desenvolvimento económico local

Sumário. Princípio da autonomia financeira. Regime de financiamento das autarquias locais e Desenvolvimento económico local Sumário Regime de financiamento das autarquias locais e Desenvolvimento económico local Regime financeiro das A.L. Autonomia financeira Principio Conceito Receitas municipais principais fontes Taxas municipais

Leia mais

documentos DEprest ação cont as

documentos DEprest ação cont as documentos DEprest ação DE cont as 2013 Índice Índice: 5. Balanço 5.1 Balanço 6. Demonstração de Resultados 6.1 Demonstração de Resultados 7. Mapas de Execução Orçamental. 7.3 Mapas de Controlo Orçamental.

Leia mais

FLUXOS DE CAIXA PERÍODO DE 2014/01/01 A 2014/12/31. Modelo de acordo com a Instrução n.º 1/2004 do Tribunal de Contas CÓDIGO PAGAMENTOS CÓDIGO

FLUXOS DE CAIXA PERÍODO DE 2014/01/01 A 2014/12/31. Modelo de acordo com a Instrução n.º 1/2004 do Tribunal de Contas CÓDIGO PAGAMENTOS CÓDIGO Despesas de fundos próprios: Saldo da gerência anterior: Dotações orçamentais (OE): Execução orçamental - Fundos próprios: Correntes: De dotações orçamentais (OE) 79.410,36 79.410,36 De receitas próprias:

Leia mais

Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval.

Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval. Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval. GAL Grupo de Acção Local, reconhecido pelo Ministério da Agricultura

Leia mais

Município de Ourique Resumo Orçamental das Grandes Opções do Plano para 2013

Município de Ourique Resumo Orçamental das Grandes Opções do Plano para 2013 0102 020214 Estudos, pareceres, projectos e consultadoria 1 1.1 2010/5007 Agenda 21-Local 1 1.2 2011/5005 Plano Municipal de Emergência-Protecção Civil 6.000,00 6.000,00 0102 020225 s serviços 1 1.1 2012/5001

Leia mais

REGULAMENTO TABELA GERAL DE TAXAS UNIÃO DE FREGUESIAS RAMADA E CANEÇAS

REGULAMENTO TABELA GERAL DE TAXAS UNIÃO DE FREGUESIAS RAMADA E CANEÇAS REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE RAMADA E CANEÇAS PARA 2015 REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE RAMADA E CANEÇAS PREÂMBULO A Lei nº 53-E/2006, de

Leia mais

DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA VELHA DE RODAO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2007

DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA VELHA DE RODAO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2007 ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA VELHA DE RODAO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2007 PÁGINA : 1 01 CAMARA MUNICIPAL 1.433.053,00 01.01 OPERAÇOES FINANCEIRAS

Leia mais

câmara municipal prestação de contas 2010

câmara municipal prestação de contas 2010 prestação de contas 2010 1 ÍNDICE Mapa de Controlo orçamental da receita ------------------------------------------------------- 2 Mapa de controlo orçamental da despesa -----------------------------------------------------

Leia mais

Junta de Freguesia de Lanhelas CONCELHO DE CAMINHA

Junta de Freguesia de Lanhelas CONCELHO DE CAMINHA Junta de Freguesia de Lanhelas CONCELHO DE CAMINHA REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS Em conformidade com o disposto nas alíneas d) e j) do nº 2 do artigo 17, conjugada com a alínea b) do nº 5 do artigo

Leia mais

Valores estimados PAF. Justificação em PAF (acumulado) 2011 2012 total 2013 2014

Valores estimados PAF. Justificação em PAF (acumulado) 2011 2012 total 2013 2014 QUADRO I: SÍNTESE DA SITUAÇÃO FINANCEIRA ATUAL E PREVISÕES DE EVOLUÇÃO Município: Miranda do Douro 31-12-214 estimados estimados / Apurados / Apurados 213 212 (acumulado) 211 212 total 213 214 Apurados

Leia mais

Acção 3.2.2 Serviços Básicos para a População Rural

Acção 3.2.2 Serviços Básicos para a População Rural 1. OBJECTIVOS DAS INTERVENÇÕES Os apoios previstos no âmbito do presente regulamento visam aumentar a acessibilidade a serviços básicos, que constituem um elemento essencial na equiparação dos níveis de

Leia mais

AGRUPAM ENTO SUB- ALINEA ALÍNEA RUBRICA SUBAGRUP AMENTO 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESPESAS CORRENTES

AGRUPAM ENTO SUB- ALINEA ALÍNEA RUBRICA SUBAGRUP AMENTO 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESPESAS CORRENTES CÓDIGO P AM 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESPESAS CORRENTES 01 DESPESAS COM O PESSOAL 0102 ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS 010204 AJUDAS DE CUSTO 500 010213 OUTROS SUPLEMS E PRÉMIOS 01021302 OUTROS 30.000 30.000

Leia mais

MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS MUNICIPIO DE GUIMARÃES. Índice

MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS MUNICIPIO DE GUIMARÃES. Índice Índice 1 Objetivo da Consolidação... 5 2 Definições... 5 2.1. Empresa Mãe ou consolidante... 5 2.2. Subsidiária... 5 2.3. Perímetro de Consolidação... 5 2.4. Diferença de Consolidação... 6 3 Organigrama

Leia mais

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: 1º, 2º, 3º e 4º. Assunto:

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: 1º, 2º, 3º e 4º. Assunto: FICHA DOUTRINÁRIA Diploma: Artigo: Assunto: CIVA 1º, 2º, 3º e 4º Mercado interno do gás e da electricidade Contratos de concessão Taxa de ocupação de solos. Processo: nº 2258, despacho do SDG dos Impostos,

Leia mais

FREGUESIA DE PORTO JUDEU Pessoa Colectiva N.º 512 042 926 JUNTA DE FREGUESIA Regulamento das taxas da Freguesia do Porto Judeu 1de 15 págs

FREGUESIA DE PORTO JUDEU Pessoa Colectiva N.º 512 042 926 JUNTA DE FREGUESIA Regulamento das taxas da Freguesia do Porto Judeu 1de 15 págs Regulamento das taxas da Freguesia do Porto Judeu 1de 15 págs PREÂMBULO A Lei nº 53-E/2006, de 29 de Dezembro, aprovou o regime das taxas das Autarquias Locais e determina que o regulamento de taxas tem

Leia mais

1 Freguesia de Seixas CONCELHO DE CAMINHA

1 Freguesia de Seixas CONCELHO DE CAMINHA 1 Freguesia de Seixas 2 Freguesia de Seixas REGULAMENTO E TABELA GERAL DE TAXAS Em conformidade com o disposto nas alíneas d) e j) do nº 2 do artigo 17, conjugada com a alínea b) do nº 5 do artigo nº 34

Leia mais

MUNICIPIO DE ILHAVO DO ANO 2010

MUNICIPIO DE ILHAVO DO ANO 2010 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 1.851.000,00 1.851.000,00 860.000,00 280.000,00 2.991.000,00 1.1. Serviços gerais de administração pública 1.601.000,00 1.601.000,00 610.000,00 2.241.000,00 1.1.1. 1.1.1.1.

Leia mais

APARELHO GENITAL MASCULINO

APARELHO GENITAL MASCULINO Diário da República, 1.ª série N.º 20 29 de janeiro de 2014 703 Código Designação Preço (euros) Pond. APARELHO GENITAL MASCULINO PÉNIS 90447 Biopsia peniana (ver GDH de Ambulatório)...................................................

Leia mais

REGULAMENTO E TABELA DE TAXAS E LICENÇAS

REGULAMENTO E TABELA DE TAXAS E LICENÇAS REGULAMENTO E TABELA DE TAXAS E LICENÇAS PREÂMBULO A Lei nº 53-E/2006, de 29 de Dezembro, aprovou o regime das taxas das Autarquias Locais e determina que o regulamento de taxas tem obrigatoriamente que

Leia mais

III.2. Do Plano de Acção à Subvenção Global: A contratualização com Associação de Municípios no âmbito do INAlentejo

III.2. Do Plano de Acção à Subvenção Global: A contratualização com Associação de Municípios no âmbito do INAlentejo III.2. Do Plano de Acção à Subvenção Global: A contratualização com Associação de Municípios no âmbito do INAlentejo A contratualização com associações de municípios no âmbito dos Programas Operacionais,

Leia mais

UNIÃO DE FREGUESIAS DE VILA COVA E FEITOS

UNIÃO DE FREGUESIAS DE VILA COVA E FEITOS UNIÃO DE FREGUESIAS DE VILA COVA E FEITOS Regulamento e Tabela Geral de Taxas e Licenças 1 / 10 Preâmbulo O presente regulamento tem por objeto definir a tabela de taxas da União de Freguesias de Vila

Leia mais

FREGUESIA DE MEXILHOEIRA GRANDE ORÇAMENTO DA RECEITA

FREGUESIA DE MEXILHOEIRA GRANDE ORÇAMENTO DA RECEITA FREGUESIA DE MEXILHOEIRA GRANDE ORÇAMENTO DA RECEITA RECEITAS CORRENTES 01 Impostos directos 10.102,Oe 01 02 Outros 10.102,Oe 010208 imposto municipal imóveis (rústico) 1.000,00 010209 Imposto Municipal

Leia mais

Constituem receitas das freguesias o produto da cobrança de taxas, nomeadamente provenientes da prestação de serviços pelas freguesias;

Constituem receitas das freguesias o produto da cobrança de taxas, nomeadamente provenientes da prestação de serviços pelas freguesias; Considerando que: Se torna necessário aprovar um novo Regulamento das Taxas a aplicar pela Junta de Freguesia pela prestação de serviços administrativos, em ordem à sua harmonização com a recente produção

Leia mais

ÍNDICE MUNICÍPIO DE SANTARÉM. 1. - Apresentação dos documentos Previsionais. 1. - Preâmbulo. 2. - Análise da situação financeira. 2.

ÍNDICE MUNICÍPIO DE SANTARÉM. 1. - Apresentação dos documentos Previsionais. 1. - Preâmbulo. 2. - Análise da situação financeira. 2. ORÇAMENTO E GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2013 . MUNICÍPIO DE SANTARÉM ÍNDICE 1. - Apresentação dos documentos Previsionais 1. - Preâmbulo 2. - Análise da situação financeira 2. - Orçamento 1. - Resumo do Orçamento

Leia mais

Junta de Freguesia de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 2011. Introdução

Junta de Freguesia de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 2011. Introdução Junta de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 21 Introdução O ano de 21, para além de ser um ano de continuidade de Projectos idealizados e iniciados no ano transacto é sem sombra de dúvidas um ano complicado

Leia mais

MPS PERIODO : JANEIRO A NOVEMBRO - 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO

MPS PERIODO : JANEIRO A NOVEMBRO - 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO MPS PERIODO : JANEIRO A NOVEMBRO - 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 010101 TITULARES DE ÓRGÃOS DE SOBERANIA E 98.400,00 98.400,00 98.373,57 77.242,97 77.242,97 98.400,00 98.373,57 77.242,97 77.242,97 26,43

Leia mais

Município de Lamego. Antes de imprimir ou fotocopiar este documento, por favor confirme que é verdadeiramente necessário. O MEIO AMBIENTE É DE TODOS.

Município de Lamego. Antes de imprimir ou fotocopiar este documento, por favor confirme que é verdadeiramente necessário. O MEIO AMBIENTE É DE TODOS. Município de Lamego Antes de imprimir ou fotocopiar este documento, por favor confirme que é verdadeiramente necessário. O MEIO AMBIENTE É DE TODOS. MAPAS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS NA ÓPTICA ORÇAMENTAL 1

Leia mais

REGULAMENTO E TABELA DE TAXAS FREGUESIA DA MOITA

REGULAMENTO E TABELA DE TAXAS FREGUESIA DA MOITA REGULAMENTO E TABELA DE TAXAS FREGUESIA DA MOITA Preâmbulo Com a publicação da Lei 53-E/2006, de 29 de Dezembro, alterada pela Lei 64-A/2008 de 31 de Dezembro, tornou-se necessário a adaptação da Tabela

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO ORÇAMENTAL E PATRIMONIAL DO POCAL, APROVADO PELO DECRETO-LEI N.º 54-A/99, DE 22 DE FEVEREIRO

CLASSIFICAÇÃO ORÇAMENTAL E PATRIMONIAL DO POCAL, APROVADO PELO DECRETO-LEI N.º 54-A/99, DE 22 DE FEVEREIRO Classe 0 Contas do controlo orçamental e de ordem* 01 Orçamento Exercício corrente* 02 Despesas 021 Dotações iniciais* 022 Modificações orçamentais* 0221 Transferências de dotações 02211 Reforços* 02212

Leia mais

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos do Plano Plurianual de Investimentos 01 EDUCAÇÃO 01 01 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E ENSINO BÁSICO 01 01 /1 Infraestruturas de 01 01 /1 1 Centro Escolar de Caria 0102 07010305 E 100 01/ 12/2016 735.00 735.00

Leia mais