MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Reserva Extrativista Chico Mendes Termo de Referência nº Identificação Contratação de Serviço de Consultoria Pessoa Jurídica para a elaboração de material informativo para divulgação e valorização da Reserva Extrativista Chico Mendes, vídeo documentário. 2 - Antecedente A história do Acre está baseada no extrativismo florestal, a ocupação do território deu-se em função da exploração da borracha no final do século I, incorporando-se mais tarde a Castanha-do-Brasil, constituindo-se nos dois principais produtos do extrativismo dos povos amazônicos. A instituição das reservas é o resultado de uma luta histórica dos seringueiros por um modelo de regularização que assegurasse a manutenção de sua forma de vida. A efetivação deste modelo de ocupação se fortaleceu com a morte do líder seringueiro Chico Mendes. A proposta de Reservas Extrativistas foi instituída em 18 de julho de 1989, pela Lei N e regulamentada através do Decreto N , de 30 de janeiro de 1990, deixando de ser considerada como projeto de assentamento, vindo a ser em 2000, com a instituição do Sistema Nacional de Unidades de Conservação SNUC, através da Lei 9.985, uma categoria de Unidade de Conservação. A Reserva Extrativista Chico Mendes, foi uma das primeiras reservas extrativistas, criada através do Decreto N.º , de 12 de março de 1990, Página 1 de 7

2 gerenciada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio. A unidade possui uma área de hectares, famílias, uma população de aproximadamente 10 mil pessoas, sua área abrange os Municípios de Rio Branco, apuri, Brasiléia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Sena Madureira e Capixaba, compreendendo todos os municípios da Região do Alto Acre. As populações tradicionais têm um papel importante a ser desempenhado no êxito das áreas naturais protegidas, na medida em que, desde o processo de criação e elaboração do plano de manejo, essas comunidades participam efetivamente do processo de gestão. Consideramos importante inserir neste contexto a sociedade. Nesse sentido, elas podem ser aliadas importantes para a conservação da unidade. No decorrer destes 23 anos de sua criação, a Resex foi objeto de estudo de pesquisas cientificas, acumulando um importante acervo bibliográfico documental, bem como tema de discussão, sendo considerada uma unidade emblemática. É necessário que os setores da sociedade possam verificar os conhecimentos, objetivos e importância da Reserva Extrativista Chico. Para tanto, a unidade elaborou um plano de comunicação, a qual esta consultoria é um dos instrumentos que viabilize esse repasse de informação, para tanto se pretende elaborar materiais e meios de comunicação para a divulgação e massificação dos temas abordados pelas Unidades de Conservação. 3 - Objetivo Contratar serviços de consultoria Pessoa Jurídica para a elaboração de material informativo para divulgação e valorização da Reserva Extrativista Chico Mendes - vídeo documentário. Página 2 de 7

3 4 - Especificações do Produto Vídeo documentário contendo mensagens e chamadas para divulgação da Reserva Extrativista Chico Mendes. 5 - Atividades a Serem Desenvolvidas 5.1 Realizar um levantamento e análise de informações sobre a Reserva Extrativista Chico Mendes; 5.2 Apresentar um planejamento operacional de execução da consultoria; 5.3 Produzir fotografias e filmagens da UC com equipamentos adequados e qualidade necessária para sua aplicação nas peças de divulgação da Reserva Extrativista Chico Mendes e/ou revisar/selecionar um banco de imagens da UC com fotos e vídeos a serem utilizados na confecção das peças de comunicação audiovisual; 5.4 Definir o roteiro metodológico em conjunto com a equipe de gestão da unidade (estrutura, conteúdo técnico, abordagens principais, textos da narração, mensagens e vídeo documentário). 5.5 Apresentar a versão preliminar de 01 (um) vídeo documentário com cerca de 20 minutos de duração, com informações sobre os objetivos, benefícios sócio-ambientais e importância da Reserva Extrativista Chico Mendes, contendo imagens, depoimentos, narração, ilustrações e fundo musical adequado à divulgação, direcionado a população em geral, principalmente comunidade do entorno e formadores de opinião. 5.6 Apresentar a versão final do vídeo documentário de 20 minutos de duração com informações sobre os objetivos, benefícios sócio-ambientais e importância da UC;. e o relatório técnico com detalhamento de etapas e atividades desenvolvidas durante a realização da consultoria. Página 3 de 7

4 6 - Abrangência As atividades proposta neste Termo de Referência serão desenvolvidas nos municípios que compreendem a RESE, principalmente em Rio Branco, local que esta sediada o escritório da Reserva Extrativista Chico Mendes. 7 - Qualificação 7.1 Da empresa Os serviços acima descritos serão desempenhados por pessoa jurídica que deverá apresentar as seguintes características: 1. Tempo de abertura acima de 2 anos; 2. Experiência na produção de material educativo e informativo para divulgação de informações ambientais; 3. Experiência em trabalhos desenvolvidos na Amazônia. 7.2 Dos profissionais A empresa deverá apresentar para a realização deste serviço dois profissionais com o seguinte perfil: Profissionais de nível superior com experiência na área de comunicação (jornalismo), atendendo o termo de referência. 8- Produtos 8.1 Planejamento operacional (Plano de Trabalho) Versão preliminar de 01 (um) vídeo documentário com cerca de 20 minutos de duração, com informações sobre os objetivos, benefícios sócioambientais e importância da Reserva Extrativista Chico Mendes, contendo imagens, depoimentos, narração, ilustrações e fundo musical adequado à Página 4 de 7

5 divulgação, direcionado a população em geral, principalmente comunidade do entorno e formadores de opinião Versão final de Vídeo documentário contendo mensagens e chamadas para divulgação da Reserva Extrativista Chico Mendes entre os diversos tipos de público; 9 -Forma de Apresentação Os produtos finais deverão ser encaminhados à Chefia da Reserva Extrativista Chico Mendes, na forma de arquivos digitais e protótipos produzidos que deverá ser entregue ao longo do contrato ao supervisor da Contratante, uma cópia em digital e impressa para o Fundo Brasileiro para Biodiversidade - FUNBIO, Gestão da Resex Chico Mendes. 10-Cronograma ATIVIDADES MÊS Realizar um levantamento e análise de informações sobre a Reserva Extrativista Chico Mendes; Apresentar um planejamento operacional de execução da consultoria; - Produto 01 Definir o roteiro metodológico em conjunto com a equipe de gestão da unidade (estrutura, conteúdo técnico, abordagens principais, textos da narração, mensagens e vídeo documentário). Produzir fotografias e filmagens da UC com equipamentos adequados e qualidade necessária para sua aplicação nas Página 5 de 7

6 peças de divulgação da Reserva Extrativista Chico Mendes e/ou revisar/selecionar um banco de imagens da UC com fotos e vídeos a serem utilizados na confecção das peças de comunicação audiovisual; Apresentar a versão preliminar de 01 (um) vídeo documentário com cerca de 20 minutos de duração, com informações sobre os objetivos, benefícios sócio-ambientais e importância da Reserva Extrativista Chico Mendes, contendo imagens, depoimentos, narração, ilustrações e fundo musical adequados à divulgação, direcionado à população em geral, principalmente comunidade do entorno e formadores de opinião Produto 02 Apresentar 3 cópias digitais da versão final do vídeo documentário de 20 minutos de duração com informações sobre os objetivos, benefícios sócio-ambientais e importância da UC; e relatório técnico com detalhamento de etapas e atividades desenvolvidas durante a realização da consultoria Produto 3 x x 11 - Dados, serviços locais, pessoal e instalações fornecidas pelo cliente O ICMBio/Equipe RESE Chico Mendes disponibilizará ao consultor o acervo bibliográfico e documental da unidade e demais informações necessárias para subsidiar o trabalho a ser desenvolvido Prazo O prazo para a realização dos serviços será de 02 (dois) meses, a partir da data da assinatura do contrato, podendo ser prorrogado de acordo com a legislação. Qualquer alteração acordada será imediatamente comunicada ao Funbio para providências de aditivo contratual. Página 6 de 7

7 13 - Cronograma de Pagamento O desembolso para pagamento dar-se-á da seguinte forma: Produto 01 0 % do valor do contrato; Produto 02 20% do valor do contrato; Produto 03 80% do valor do contrato Supervisão A supervisão direta da execução dos serviços do profissional contratado para execução do serviço a que se refere este Termo de Referência será de responsabilidade da Chefia da Reserva Extrativista Chico Mendes, na pessoa na Sª Silvana Maria Lessa de Souza, telefone: (68) Página 7 de 7

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE. Reserva Extrativista Chico Mendes MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Reserva Extrativista Chico Mendes Termo de Referência 2013.0729.00042-4 1 - Identificação Contratação de Serviço Pessoa

Leia mais

Dúvidas e Esclarecimentos sobre a Proposta de Criação da RDS do Mato Verdinho/MT

Dúvidas e Esclarecimentos sobre a Proposta de Criação da RDS do Mato Verdinho/MT Dúvidas e Esclarecimentos sobre a Proposta de Criação da RDS do Mato Verdinho/MT Setembro/2013 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A CRIAÇÃO DE UNIDADE DE CONSERVAÇÃO 1. O que são unidades de conservação (UC)?

Leia mais

Povos Tradicionais e Indígenas da Amazônia Brasileira

Povos Tradicionais e Indígenas da Amazônia Brasileira Povos Tradicionais e Indígenas da Amazônia Brasileira Beneficiários dos Pagamentos por Serviços Ambientais Mary Helena Allegretti Katoomba Group GVces Outubro 2006 Populações tradicionais e indígenas protegem

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA DE BIODIVERSIDADE E FLORESTAS (SBF) DIRETORIA DE ÁREAS PROTEGIDAS (DAP) PROGRAMA ÁREAS PROTEGIDAS DA AMAZÔNIA (ARPA) TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0 OBJETIVO:

Leia mais

Subcomponente 2.3 Integração das comunidades

Subcomponente 2.3 Integração das comunidades Programa Áreas Protegidas da Amazônia Departamento de Áreas Protegidas Secretaria de Biodiversidade e Florestas Ministério do Meio Ambiente TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR(A) PARA O PROGRAMA

Leia mais

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal MINISTÉRIO DO MEIO AMBENTE SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA PILOTO PARA A PROTEÇÃO DAS FLORESTAS TROPICAIS BRASILEIRAS PROJETO CORREDORES ECOLÓGICOS SUB PROJETO CONSOLIDAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA DOS ÓLEOS

Leia mais

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental;

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental; Portaria Normativa FF/DE N 156/2011 Assunto: Estabelece roteiros para elaboração de Plano Emergencial de Educação Ambiental e de Plano de Ação de Educação Ambiental para as Unidades de Conservação de Proteção

Leia mais

ICKBio MMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

ICKBio MMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE ICKBio INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 11, DE 8 DE JUNHO DE 2010 Disciplina as diretrizes, normas e procedimentos para a formação e funcionamento de Conselhos Consultivos em unidades de conservação federais. O

Leia mais

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO I. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROJETO BRA/11/021 - PROGRAMA DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS COM INCLUSÃO SOCIAL (PSA)

Leia mais

OBJETIVO: Contratação de empresa especializada para realizar levantamento fundiário na ESEC Terra do Meio. MODALIDADE: Produto

OBJETIVO: Contratação de empresa especializada para realizar levantamento fundiário na ESEC Terra do Meio. MODALIDADE: Produto LEVANTAMENTO FUNDIÁRIO NA TOTALIDADE DA GLEBA ESTADUAL ALTAMIRA IV E DA ÁREA SOBREPOSTA A UC DA GLEBA ESTADUAL SÃO FELIX E EM TRECHOS COMPREENDIDOS PELAS GLEBAS ESTADUAIS ALTAMIRA II E III, ASSIM COMO

Leia mais

ambientais e sociedade em geral dos municípios, e entre estes e a realidade da gestão ambiental local e regional.

ambientais e sociedade em geral dos municípios, e entre estes e a realidade da gestão ambiental local e regional. TR Nº TERMO DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA PARA CRIAÇÃO E PRODUÇÃO DE VÍDEO INSTITUCIONAL EDUCATIVO SOBRE OS CONCEITOS, A LEGISLAÇÃO, OS PROCEDIMENTOS E AS METODOLOGIAS

Leia mais

Projeto Memória Estação Ecológica de Maracá

Projeto Memória Estação Ecológica de Maracá MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA FUNDO BRASILEIRO PARA A BIODIVERSIDADE - FUNBIO PROGRAMA ÁREAS PROTEGIDAS DA AMAZÔNIA - ARPA TERMO DE REFERÊNCIA: 2014.0825.00010-0 Projeto Memória Estação Ecológica de

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DO CURSO DE GUARDA-PARQUES

EDITAL DE SELEÇÃO DO CURSO DE GUARDA-PARQUES EDITAL DE SELEÇÃO DO CURSO DE GUARDA-PARQUES A Equipe de Conservação da Amazônia- ECAM, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade -ICMBio, a Universidade Federal do Amapá- UNIFAP, e a Secretaria

Leia mais

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015 Programa Áreas Protegidas da Amazônia Departamento de Áreas Protegidas Secretaria de Biodiversidade e Florestas Ministério do Meio Ambiente CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015 APOIO FINANCEIRO AO PROCESSO DE

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 005/2010 1. Perfil: Iphan Central 28 - Republicação 3. Qualificação educacional: Profissional com nível superior em Direito preferencialmente

Leia mais

EDITAL PARA A MOSTRA DE FOTOGRAFIA HISTÓRIA E MEMÓRIA EM SAÚDE DOS TERRITÓRIOS DE VIDA

EDITAL PARA A MOSTRA DE FOTOGRAFIA HISTÓRIA E MEMÓRIA EM SAÚDE DOS TERRITÓRIOS DE VIDA EDITAL PARA A MOSTRA DE FOTOGRAFIA HISTÓRIA E MEMÓRIA EM SAÚDE DOS TERRITÓRIOS DE VIDA A Rede Unida Norte vem por meio deste, tornar público o presente Edital da Mostra de Fotografia História e Memória

Leia mais

EDITAL Nº 003/2009/BRA/06/032 CÓDIGO ARRANJOS PRODUTIVOS

EDITAL Nº 003/2009/BRA/06/032 CÓDIGO ARRANJOS PRODUTIVOS EDITAL Nº 003/2009/BRA/06/032 CÓDIGO ARRANJOS PRODUTIVOS O Projeto BRA/06/032 comunica aos interessados que estará procedendo à contratação de consultoria individual, na modalidade produto, para prestar

Leia mais

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, da Faculdade. de maio de 2007, publicada em DOU de 22 de maio de 2007, considerando:

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, da Faculdade. de maio de 2007, publicada em DOU de 22 de maio de 2007, considerando: Resolução Nº. 024/2010/CONSEPE/ Regulamento de Estágio Supervisionado O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, credenciada pela Portaria MEC

Leia mais

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2 Ref: Contratação de consultoria pessoa física para realização de um plano de sustentabilidade financeira para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, no âmbito da

Leia mais

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA 1. Contexto A Coordenadoria de Agroextrativismo CEX, vinculada ao Departamento de Extrativismo - DEX, da Secretaria de Extrativismos e Desenvolvimento Rural Sustentável SEDR/MMA

Leia mais

Publicada no Diário Oficial do Amapá Nº. 4635 de 07/12/2009.

Publicada no Diário Oficial do Amapá Nº. 4635 de 07/12/2009. 1 Publicada no Diário Oficial do Amapá Nº. 4635 de 07/12/2009. GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE (COEMA) RESOLUÇÃO COEMA nº. 018/2009 Dispõe sobre os procedimentos para a concessão

Leia mais

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO Termo de Referência CONSULTORIA PARA AVALIAÇÃO DOS FINANCIAMENTOS DO BANCO DA AMAZÔNIA BASA, PARA FORTALECIMENTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA, COM DESTAQUE PARA

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

Termo de Referência nº 2014.0918.00043-7. 1. Antecedentes

Termo de Referência nº 2014.0918.00043-7. 1. Antecedentes Termo de Referência nº 2014.0918.00043-7 Ref: Contratação de consultoria pessoa física para desenvolver o Plano de Uso Público para a visitação do Jardim Botânico do Rio de Janeiro concentrando na análise

Leia mais

A árvore das árvores

A árvore das árvores A árvore das árvores Resumo O documentário apresenta os múltiplos usos do carvalho para as sociedades, desde tempos remotos até os dias de hoje; além de retratar lendas e histórias sobre essas árvores

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS PARA EDUCAÇÃO DO CAMPO E DIVERSIDADE COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

Leia mais

Ao Ilmo. Presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade-ICMBio Prezado Sr. Rômulo Mello

Ao Ilmo. Presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade-ICMBio Prezado Sr. Rômulo Mello Rio de Janeiro, 27 de junho de 2011. Ao Ilmo. Presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade-ICMBio Prezado Sr. Rômulo Mello Encaminhamos, em função da Consulta Pública, a minuta

Leia mais

Apoio a Programas de Conservação

Apoio a Programas de Conservação Apoio a Programas de Conservação OBJETIVOS Apoiar instituições para que desenvolvam ações de conservação em médio e longo prazo, na forma de programa, que resultem em medidas efetivas de conservação. As

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA Nº 04

TERMO DE REFERENCIA Nº 04 TERMO DE REFERENCIA Nº 04 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA APOIO NA ELABORAÇÃO DE PRODUTO REFERENTE À AÇÃO 02 DO PROJETO OBSERVATÓRIO LITORAL SUSTENTÁVEL - INSTITUTO PÓLIS EM PARCERIA COM A PETROBRAS. Perfil:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA N.º

TERMO DE REFERÊNCIA N.º MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA DE BIODIVERSIDADE E FLORESTAS (SBF) DEPARTAMENTO DE ÁREAS PROTEGIDAS (DAP)

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA DE BIODIVERSIDADE E FLORESTAS (SBF) DEPARTAMENTO DE ÁREAS PROTEGIDAS (DAP) MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA DE BIODIVERSIDADE E FLORESTAS (SBF) DEPARTAMENTO DE ÁREAS PROTEGIDAS (DAP) PROGRAMA ÁREAS PROTEGIDAS DA AMAZÔNIA (ARPA) TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2015.1230.00053-3 OBJETIVO:

Leia mais

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno.

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno. TERMO DE REFERÊNCIA nº 030/2012 Responsável: Fábio Leite Setor: Unidade de Gestão de Programas Rio de Janeiro, 10 de julho de 2012. Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar

Leia mais

Ministério do Meio Ambiente Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade RESEX Maracanã

Ministério do Meio Ambiente Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade RESEX Maracanã Ministério do Meio Ambiente Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade RESEX Maracanã MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA FUNDO BRASILEIRO PARA A BIODIVERSIDADE - FUNBIO PROGRAMA ÁREAS PROTEGIDAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA N.º 02/2010

TERMO DE REFERÊNCIA N.º 02/2010 INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATTURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA PROJETO FLORESTA EM PÉ TERMO DE REFERÊNCIA N.º 02/2010 TÍTULO DO SERVIÇO A SER PRESTADO: Assessoria de natureza financeira

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE HABITAÇÃO - SEHAB

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE HABITAÇÃO - SEHAB PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DO PROJETO DE TRABALHO TÉCNICO SOCIAL NO RESIDENCIAL MORADA DOS CANÁRIOS CAMAÇARI PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Camaçari, 10 de julho de 2015. 1. ANTECEDENTES

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, EM SÃO FÉLIX DO XINGU, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature

Leia mais

ACORDO DE DOAÇÃO TF 91.515. TERMO DE REFERÊNCIA nº 009/2009

ACORDO DE DOAÇÃO TF 91.515. TERMO DE REFERÊNCIA nº 009/2009 PROJETO NACIONAL DE AÇÕES INTEGRADAS PÚBLICO-PRIVADAS PARA BIODIVERSIDADE PROBIO II FUNDO NACIONAL PARA O MEIO AMBIENTE (Global Environmental Facility - GEF) ACORDO DE DOAÇÃO TF 91.515 TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Ações para o turismo de base comunitária na contenção da degradação do Pantanal

Ações para o turismo de base comunitária na contenção da degradação do Pantanal Ações para o turismo de base comunitária na contenção da degradação do Pantanal TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA EM COMUNICAÇÃO - IMAGENS Abril de 2011 DETALHAMENTO DO TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Projeto Gestão das Reservas Extrativistas Federais na Amazônia Brasileira PROJETO PNUD BRA/08/002

Projeto Gestão das Reservas Extrativistas Federais na Amazônia Brasileira PROJETO PNUD BRA/08/002 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE PROJETOS ESPECIAIS-PNUD EQSW 103/104 1º Subsolo, Complexo Administrativo, Setor Sudoeste,

Leia mais

Termo de Referência. Contexto. Objetivo. Atividades

Termo de Referência. Contexto. Objetivo. Atividades Contexto Termo de Referência Consultor de Monitoramento Socioeconômico para Projeto de Conservação da Biodiversidade Wildlife Conservation Society, Programa Brasil (WCS Brasil), Manaus, Amazonas, Brasil

Leia mais

MEMÓRIA URBANA DE PALMAS-TO: LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MATERIAL SOBRE O PLANO DE PALMAS E SEUS ANTECEDENTES

MEMÓRIA URBANA DE PALMAS-TO: LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MATERIAL SOBRE O PLANO DE PALMAS E SEUS ANTECEDENTES MEMÓRIA URBANA DE PALMAS-TO: LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MATERIAL SOBRE O PLANO DE PALMAS E SEUS ANTECEDENTES Nome dos autores: Gislaine Biddio Rangel¹; Ana Beatriz Araujo Velasques². 1 Aluna do Curso

Leia mais

TF096767 Projeto Políticas para o Cerrado e Monitoramento do Bioma - Iniciativa Cerrado Sustentável - MMA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2013.0122.

TF096767 Projeto Políticas para o Cerrado e Monitoramento do Bioma - Iniciativa Cerrado Sustentável - MMA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2013.0122. TF096767 Projeto Políticas para o Cerrado e Monitoramento do Bioma - Iniciativa Cerrado Sustentável - MMA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2013.0122.00028-2 OBJETO: CONTRAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL PARA DIAGNÓSTICO,

Leia mais

LEGISLAÇÃO AMBIENTAL E FLORESTAL

LEGISLAÇÃO AMBIENTAL E FLORESTAL LEGISLAÇÃO AMBIENTAL E FLORESTAL PROFESSORA ENG. FLORESTAL CIBELE ROSA GRACIOLI OUTUBRO, 2014. OBJETIVOS DA DISCIPLINA DISCUTIR PRINCÍPIOS ÉTICOS QUESTÃO AMBIENTAL CONHECER A POLÍTICA E A LEGISLAÇÃO VOLTADAS

Leia mais

ANEXO CHAMADA III DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA GESTÃO E AVALIAÇÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO ESTADUAIS

ANEXO CHAMADA III DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA GESTÃO E AVALIAÇÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO ESTADUAIS ANEXO CHAMADA III DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA GESTÃO E AVALIAÇÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO ESTADUAIS OBJETIVO Esta chamada tem por objetivo financiar projetos relacionados a ações de gestão e avaliação

Leia mais

Planejamento Turístico para Promoção do Turismo de Base Comunitária: experiências no Amazonas e no Pará

Planejamento Turístico para Promoção do Turismo de Base Comunitária: experiências no Amazonas e no Pará Capítulo do Livro: Série Integração, Transformação e Desenvolvimento: Áreas Protegidas e Biodiversidade Fundo Vale para o Desenvolvimento Sustentável. Rio de Janeiro. 2012. Planejamento Turístico para

Leia mais

PNPCT Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais

PNPCT Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais Políticas Públicas PNPCT Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais A PNPCT reafirma a importância do conhecimento, da valorização e do respeito à diversidade

Leia mais

II CURSO DE FORMAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA GESTÃO PÚBLICA DA BIODIVERSIDADE. Momento Presencial I. 16 a 24 de outubro de 2012 - ACADEBIO/Iperó/SP

II CURSO DE FORMAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA GESTÃO PÚBLICA DA BIODIVERSIDADE. Momento Presencial I. 16 a 24 de outubro de 2012 - ACADEBIO/Iperó/SP INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE AÇÕES SOCIOAMBIENTAIS E CONSOLIDAÇÃO TERRITORIAL EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE GESTÃO SOCIOAMBIENTAL COORDENAÇÃO DE

Leia mais

EDITAL FLD 02/2015 - JUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL SELEÇÃO DE PROJETOS PARA CONSERVAÇÃO DO BIOMA PAMPA E QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO

EDITAL FLD 02/2015 - JUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL SELEÇÃO DE PROJETOS PARA CONSERVAÇÃO DO BIOMA PAMPA E QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO EDITAL FLD 02/2015 - JUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL SELEÇÃO DE PROJETOS PARA CONSERVAÇÃO DO BIOMA PAMPA E QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO O projeto deve ser elaborado no formulário em WORD, disponível para download

Leia mais

TDR N O 11/2011 Diagnóstico Socioeconômico e Ambiental da região do Projeto REDD+ Jari/Amapá Módulo Regulamentações, Programas e Projetos

TDR N O 11/2011 Diagnóstico Socioeconômico e Ambiental da região do Projeto REDD+ Jari/Amapá Módulo Regulamentações, Programas e Projetos São Paulo, 11 de abril de 2011. Ref.: Termo de referência para realização de proposta técnica e financeira para diagnóstico socioeconômico e ambiental módulo regulamentações, programas e projetos da região

Leia mais

ANEXO TERMO DE REFERÊNICA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PJ PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE MANEJO DA RESEX DE CURURUPU/MA

ANEXO TERMO DE REFERÊNICA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PJ PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE MANEJO DA RESEX DE CURURUPU/MA ANEXO TERMO DE REFERÊNICA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PJ PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE MANEJO DA RESEX DE CURURUPU/MA 1. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO O critério de avaliação do Termo de Referência será na modalidade

Leia mais

MOSAICO DE ÁREAS PROTEGIDAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA - MAPES

MOSAICO DE ÁREAS PROTEGIDAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA - MAPES MOSAICO DE ÁREAS PROTEGIDAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA - MAPES ACADEBIO Agosto de 2012 Suiane Benevides Marinho Brasil /RVS Rio dos Frades / Sec. Executiva do COMAPES EXTEMO SUL DA BAHIA CORREDOR CENTRAL

Leia mais

RELATÓRIO A IMPLEMENTAÇÃO E O PROGRESSO FINANCEIRO DO PROGRAMA ARPA

RELATÓRIO A IMPLEMENTAÇÃO E O PROGRESSO FINANCEIRO DO PROGRAMA ARPA RELATÓRIO A IMPLEMENTAÇÃO E O PROGRESSO FINANCEIRO DO PROGRAMA ARPA SETEMBRO 2015 PERÍODO DE ABRANGÊNCIA: novembro de 2014 a agosto de 2015 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 4 2 CONTEXTO: O PROGRAMA ARPA (METAS E

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE SEMA DEPARTAMENTO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E GESTAO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DEMUC

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE SEMA DEPARTAMENTO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E GESTAO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DEMUC SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE SEMA DEPARTAMENTO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E GESTAO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DEMUC DOCUMENTO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA RELACIONADA NO ÂMBITO DOS TEMAS

Leia mais

SEMIPRESENCIAL DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E QUALIDADE DE VIDA MATERIAL COMPLEMENTAR UNIDADE I PROFESSOR: EDUARDO PACHECO

SEMIPRESENCIAL DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E QUALIDADE DE VIDA MATERIAL COMPLEMENTAR UNIDADE I PROFESSOR: EDUARDO PACHECO SEMIPRESENCIAL DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E QUALIDADE DE VIDA MATERIAL COMPLEMENTAR UNIDADE I PROFESSOR: EDUARDO PACHECO 2 - Marco político, normativo e de contexto nacional 2.1 - Marco político atual para

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda)

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) NÚCLEO DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FACULDADE DA CIDADE DE MACEIÓ Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação I INTRODUÇÃO: O Núcleo

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO - SNUC

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO - SNUC - SNUC PREVISÃO LEGAL Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e àcoletividade

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 010/2011- FAO/GCP/BRA/070/EC

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 010/2011- FAO/GCP/BRA/070/EC FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS ORGANISATION DES NATIONS UNIES POUR L ALIMENTATION ET L AGRICULTURE ORGANIZACION DE LAS NACIONES UNIDAS PARA LA AGRICULTURA Y LA ALIMENTACION ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Legislação Pesqueira e Ambiental. Prof.: Thiago Pereira Alves

Legislação Pesqueira e Ambiental. Prof.: Thiago Pereira Alves Técnico em Aquicultura Legislação Pesqueira e Ambiental Prof.: Thiago Pereira Alves SNUC Conceito É o conjunto organizado de unidades de conservação protegidas (federais, estaduais, municipais) que, planejado,

Leia mais

Considerando a importância da divulgação de imagens das unidades de conservação para sensibilização da sociedade sobre o tema;

Considerando a importância da divulgação de imagens das unidades de conservação para sensibilização da sociedade sobre o tema; PORTARIA Nº 19/2011 O PRESIDENTE DO INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE INSTITUTO CHICO MENDES, nomeado pela Portaria nº 532, de 30 de julho de 2008, da Ministra de Estado Chefe da

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO REFERENTE À PUBLICAÇÃO DO EDITAL Nº 001\2015 DE 25/03/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO REFERENTE À PUBLICAÇÃO DO EDITAL Nº 001\2015 DE 25/03/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE PROJETOS ESPECIAIS-PNUD EQSW 103/104 - Complexo Administrativo Bloco B, Térreo, Setor Sudoeste

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 041/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: CARTEIRA DE LONGO PRAZO O Projeto BRA/06/032

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA A 1ª Conferência Nacional de Defesa Civil e Assistência Humanitária CNDC ocorreu entre os dias 23 e 25 de março

Leia mais

Integrar o processo de ensino, pesquisa e extensão;

Integrar o processo de ensino, pesquisa e extensão; REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS ITAPINA O Estágio Curricular constitui um momento de aquisição e aprimoramento de conhecimentos e de habilidades essenciais ao

Leia mais

AQUISIÇÃO DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO ESPACIAL

AQUISIÇÃO DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO ESPACIAL TERMO DE REFERENCIA PARA AQUISIÇÃO DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO ESPACIAL AQUISIÇÃO DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO ESPACIAL 1. Objetivos. O Presente Termo de Referência (TdR) tem como

Leia mais

Bioindicadores Ambientais (BAM36AM) Sistema Nacional de Unidades de Conservação

Bioindicadores Ambientais (BAM36AM) Sistema Nacional de Unidades de Conservação Bioindicadores Ambientais (BAM36AM) Sistema Nacional de Unidades de Conservação Unidades de Conservação SNUC Sistema Nacional de Unidades de Conservação Sistema Nacional de Unidades de Conservação Lei

Leia mais

Projeto Para Conservação e Uso Sustentável Efetivos de Ecossistemas Manguezais no Brasil PROJETO PNUD BRA/07/G32

Projeto Para Conservação e Uso Sustentável Efetivos de Ecossistemas Manguezais no Brasil PROJETO PNUD BRA/07/G32 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE PROJETOS ESPECIAIS-PNUD EQSW 103/104 1º Subsolo, Complexo Administrativo, Setor Sudoeste,

Leia mais

Ministério do Meio Ambiente Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. PROBIO II Acordo de Doação Nº TF 91.

Ministério do Meio Ambiente Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. PROBIO II Acordo de Doação Nº TF 91. Ministério do Meio Ambiente Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ PROBIO II Acordo de Doação Nº TF 91.515 TERMO DE REFERÊNCIA N º 037/2010 TERMO DE REFERÊNCIA PARA EXECUÇÃO DOS

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature Conservancy

Leia mais

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD.

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 203. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. GESTÃO EAD Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL LABCOM. Laboratório de Comunicação. Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL LABCOM. Laboratório de Comunicação. Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL LABCOM Laboratório de Comunicação Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação 2005 2 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO... 03 II. OBJETIVOS... 03 III. CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS...

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 009/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: DESENV. TECNOLÓGICO O Projeto BRA/06/032 comunica

Leia mais

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA Declaração de trabalho, serviços e especificações A Contratada deverá executar o trabalho e realizar os serviços a seguir, indicados de acordo com as especificações e normas

Leia mais

Edital de Seleção para o Curso de Mobilizadores Sociais Locais para a Reestruturação do Conselho Consultivo do Parque Nacional da Lagoa do Peixe

Edital de Seleção para o Curso de Mobilizadores Sociais Locais para a Reestruturação do Conselho Consultivo do Parque Nacional da Lagoa do Peixe Página 1 de 6 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE CRIAÇÃO E MANEJO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO COORDENAÇÃO REGIONAL CR9 PARQUE NACIONAL DA LAGOA

Leia mais

As Questões Ambientais do Brasil

As Questões Ambientais do Brasil As Questões Ambientais do Brasil Unidades de conservação de proteção integral Existem cinco tipos de unidades de conservação de proteção integral. As unidades de proteção integral não podem ser habitadas

Leia mais

II ORIENTAÇÕES, CRITÉRIOS ESPECÍFICOS E DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR

II ORIENTAÇÕES, CRITÉRIOS ESPECÍFICOS E DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR Anexo II ORIENTAÇÕES, CRITÉRIOS ESPECÍFICOS E DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR I Orientações Gerais (Qualquer área) a) Projeto com duração superior a seis meses deverá apresentar, pelo menos, 25% (vinte e cinco

Leia mais

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO Termo de Referência CONSULTORIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE MARCO CONCEITUAL E METODOLÓGICO DE FERRAMENTAS DE MONITORAMENTO AMBIENTAL E DE BEM ESTAR DE TERRAS E POVOS INDÍGENAS INTRODUÇÃO E CONTEXTO Desde

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA Santa Maria, RS. 2012 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 3 DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS... 3 CAPÍTULO II... 4 REGULARIZAÇÃO DO ESTÁGIO... 4 CAPÍTULO III... 5 DOS ASPECTOS LEGAIS... 5

Leia mais

Compilar, organizar e disponibilizar os resultados das pesquisas científicas sobre a Unidade de Conservação;

Compilar, organizar e disponibilizar os resultados das pesquisas científicas sobre a Unidade de Conservação; 4. PROGRAMAS DE MANEJO 4.1 PROGRAMA DE PESQUISA Objetivo Geral Visa dar suporte, estimular a geração e o aprofundamento dos conhecimentos científicos sobre os aspectos bióticos, abióticos, sócio-econômicos,

Leia mais

NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA.

NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA COORDENAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM

Leia mais

POLÍTICA DE ACESSO A DADOS E INFORMAÇÕES

POLÍTICA DE ACESSO A DADOS E INFORMAÇÕES INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA PROGRAMA DE COLEÇÕES E ACERVOS CIENTÍFICOS POLÍTICA DE ACESSO A DADOS E INFORMAÇÕES Esta política trata do acesso aos dados, metadados e informações das coleções

Leia mais

O CENSO 2010: BREVE APRESENTAÇÃO E RELEVÂNCIA PARA A GEOGRAFIA

O CENSO 2010: BREVE APRESENTAÇÃO E RELEVÂNCIA PARA A GEOGRAFIA O CENSO 2010: BREVE APRESENTAÇÃO E RELEVÂNCIA PARA A GEOGRAFIA BRUNO DE OLIVEIRA SOUZA 1 e RÚBIA GOMES MORATO 2 brunooliveira_souza@hotmail.com, rubiagm@gmail.com 1 Aluno do curso de Geografia Unifal-MG

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 028/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE RESEX O Projeto BRA/06/032

Leia mais

Curso de Especialização de Gestão Pública e Meio Ambiente. Disciplina de Legislação Ambiental. Professora Cibele Rosa Gracioli

Curso de Especialização de Gestão Pública e Meio Ambiente. Disciplina de Legislação Ambiental. Professora Cibele Rosa Gracioli Curso de Especialização de Gestão Pública e Meio Ambiente Disciplina de Legislação Ambiental Professora Cibele Rosa Gracioli SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DA NATUREZA - SNUC Lei 9.985 de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DGJ N. 1 DE 2 DE JULHO DE 2015.

INSTRUÇÃO NORMATIVA DGJ N. 1 DE 2 DE JULHO DE 2015. INSTRUÇÃO NORMATIVA DGJ N. 1 DE 2 DE JULHO DE 2015. Dispõe sobre o funcionamento do Museu do Judiciário Catarinense. O DIRETOR-GERAL JUDICIÁRIO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA, considerando

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL APA SERRA DO LAJEADO

EDUCAÇÃO AMBIENTAL APA SERRA DO LAJEADO PLANO DE AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL APA SERRA DO LAJEADO 2014 1 -OBJETIVO GERAL APA Serra do Lajeado foi instituída pela Lei nº 906 de 20 de maio de 1997, está no entorno do Parque Estadual do Lajeado e tem

Leia mais

UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

UNIDADES DE CONSERVAÇÃO UNIDADES DE CONSERVAÇÃO LINHA DO TEMPO - PRINCIPAIS MARCOS 1992 ECO-92, RIO DE JANEIRO, BRASIL. INSTITUIÇÃO DE CONVENÇÕES, NO ÂMBITO DA ONU: CONVENÇÃO DA DIVERSIDADE BIOLÓGICA CDB; CONVENÇÃO DE MUDANÇAS

Leia mais

PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO

PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA PROJETO IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA: MODALIDADE PRODUTO 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratar consultoria por produto para formular

Leia mais

Manual do Estagiário 2008

Manual do Estagiário 2008 Manual do Estagiário 2008 Sumário Introdução... 2 O que é estágio curricular... 2 Objetivos do estágio curricular... 2 Duração e carga horária do estágio curricular... 3 Requisitos para a realização do

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO Previsão Legal Objetivos Categorias Finalidades Gestão do Sistema Quantitativos Outros Espaços Protegidos Distribuição Espacial Relevância O Brasil possui alguns

Leia mais

Reserva da Biosfera da Amazônia Central

Reserva da Biosfera da Amazônia Central Reserva da Biosfera da Amazônia Central Estudo de caso da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã Seminário Internacional sobre Mineração e Sustentabilidade Socioambiental em Reservas da Biosfera

Leia mais

Ministério do Meio Ambiente Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade RESEX de CURURUPU/MA

Ministério do Meio Ambiente Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade RESEX de CURURUPU/MA Ministério do Meio Ambiente Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade RESEX de CURURUPU/MA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA FUNDO BRASILEIRO PARA A BIODIVERSIDADE - FUNBIO PROGRAMA ÁREAS PROTEGIDAS

Leia mais

Cadastro Ambiental Rural

Cadastro Ambiental Rural Cadastro Ambiental Rural E suas possíveis contribuições para a gestão de bacias hidrográficas Botucatu 28/06/2013 Caroline Vigo Cogueto Centro de Monitoramento Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos

Leia mais

Capacitação para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia

Capacitação para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia Programa 0502 Amazônia Sustentável Objetivo Promover o desenvolvimento da Amazônia, mediante o uso sustentável de seus recursos naturais. Indicador(es) Número de Ações 9 Taxa de participação de produtos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 014/2012

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 014/2012 EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 014/2012 O Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas CAA/NM torna público que estão abertas inscrições para

Leia mais

Sugestões e críticas podem ser encaminhadas para o email: nape@ufv.br CONSIDERAÇÕES INICIAIS:

Sugestões e críticas podem ser encaminhadas para o email: nape@ufv.br CONSIDERAÇÕES INICIAIS: UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA ORIENTAÇÕES GERAIS PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Neste ano o processo seletivo será realizado por meio de um sistema

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA Procedência: 11ª Reunião da Câmara Técnica de Unidades de Conservação e 36ª Câmara Técnica de Assuntos Jurídicos Data: 27 e 28 de agosto

Leia mais

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO Termo de Referência CONSULTORIA PARA AVALIAÇÃO DOS FINANCIAMENTOS DO BANCO DA AMAZÔNIA BASA, PARA FORTALECIMENTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA, COM DESTAQUE PARA

Leia mais

Unidades de Conservação da Natureza

Unidades de Conservação da Natureza Unidades de Conservação da Natureza Emerson A. de Oliveira, MSc., Doutorando em Ciências Florestais/Conservação da Natureza - UFPR Técnico Especializado - DAP/SBF/MMA Rio do Sul - SC Julho, 2009 DEFINIÇÕES

Leia mais

PADRONIZAÇÃO EDITORIAL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO NA PRODUÇÃO DE VINHETAS AUDIOVISUAIS

PADRONIZAÇÃO EDITORIAL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO NA PRODUÇÃO DE VINHETAS AUDIOVISUAIS 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA PADRONIZAÇÃO

Leia mais