REVESTIMENTO DE GRANITO COM INSERTS METÁLICOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVESTIMENTO DE GRANITO COM INSERTS METÁLICOS"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS E CONSTRUÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO CIVIL REVESTIMENTO DE GRANITO COM INSERTS METÁLICOS MÔNICA DANTAS DOS SANTOS JANINE ROCHA NOÉ WANESSA TATIANY SARCINELLI DIEGO ROCHA MOREIRA JERRY ADRIANI DE ANGELI VITÓRIA 2007

2 HISTÓRICO DOS REVESTIMENTOS EM FACHADAS Utilização de pedras como matéria prima em construção há milhares de anos; Apresenta características como beleza e perenidade; Propriedades principais: Proteção e vedação da edificação contra a ação de agentes externos agressivos; Efeitos estético e valorização patrimonial, compatíveis com a nobreza e custo elevado do material;

3 HISTÓRICO DOS REVESTIMENTOS EM FACHADAS Os revestimentos de fachadas em muitas ocasiões não são devidamente planejados. Torna-se necessária, portanto, a elaboração de um projeto específico com: O detalhamento de interferências; Propriedades dos materiais e Normalizações pertinentes; Juntas de dilatação, metodologia de execução e conciliação com outros elementos integrantes da fachada.

4 HISTÓRICO DOS REVESTIMENTOS EM FACHADAS Aliado a isto, observam-se falhas devido ao controle deficiente, na seleção e recebimento de materiais, na preparação da argamassa de assentamento, na execução dos serviços de assentamento e acabamento final. Como resultado final, obtém-se um revestimento de baixa qualidade e de desempenho insatisfatório, sem condições de atender à elevada durabilidade e impermeabilidade esperadas deste tipo de revestimento.

5 HISTÓRICO DOS REVESTIMENTOS EM FACHADAS A fixação das placas de granito e outros tipos de pedras com inserts metálicos em fachada começaram a ser executada a partir da década de 1980, passando a substituir, gradativamente, o sistema convencional, de assentamento com argamassa.

6 PATOLOGIAS Formas de Aplicação de Granito em Fachadas: Argamassa com arames e/ou parafusos; Granitos com inserts metálicos Argamassa com Arames e/ou Parafusos: Procedimentos de assentamento; Patologias.

7 Descolamento de revestimento de granito: PATOLOGIAS

8 Manchas e Eflorescências: PATOLOGIAS

9 PATOLOGIAS Ação da água da chuva - o revestimento absorve umidade, transferindo-a para a argamassa e para alvenaria:

10 PATOLOGIAS Ação da água da chuva - o revestimento absorve umidade, transferindo-a para a argamassa e para alvenaria:

11 PATOLOGIAS Manchas com aparecimento de ferrugem do fixador:

12 PATOLOGIAS Manchas com aparecimento de ferrugem do fixador:

13 GENERALIDADES 1 - Insert metálico peça que ancorada na estrutura suporta o peso da placa de revestimento; 2 Assentamento - as placas são presas com insert fixado à estrutura; 3 - Modelos de insert - americano e alemão Espessura do granito - 2 cm a 3 cm Aplicação atual - sistema de pino 4 - Fatores de dimensionamento: Placa - peso próprio, tamanho, espessura, acabamento Sistema - largura das juntas, interação entre insert e rocha Geografia - vento, local, ambiente 5 - Tipo material insert.

14 DADOS TÉCNICOS SOBRE INSERTS METÁLICOS NORMA NBR 13707/ Dispositivos de Fixação Os dispositivos de fixação devem ser constituídos por metais inalteráveis. Os principais metais que podem ser utilizados são: Aço inoxidável: - tipo ABNT 304: para atmosferas urbanas e industriais isentas de cloretos; - tipo ABNT 316: para atmosferas urbanas, marítimas e industriais que contenham cloretos; Cobre e suas ligas: Aço-carbono: Alumínio: Deve-se, preferencialmente, utilizar aço inoxidável, devido à sua grande inalterabilidade e resistência mecânica.

15 MODELOS DE INSERTS METÁLICOS

16 RECEBIMENTO DOS MATERIAIS Altura, largura e espessura das placas, que devem estar de acordo com o projeto; Quando os furos para fixação dos inserts forem feitos pelo fornecedor, as dimensões devem ser conferidas; A tonalidade e a textura das placas têm que seguir padrões, devendo o material ser procedente da mesma pedreira e, sempre que possível, do mesmo lote; A existência de fissuras, trincas e outras patologias é outro motivo para rejeição do material; Para recebimento dos inserts de aço inoxidável, quanto à sua composição química, utiliza-se de teste prático, verificando a não aderência com ímã.

17 TÉCNICAS DE EXECUÇÃO PRÉ-REQUISITOS Definição de paginação, cortes com cotas para execução e fabricação das placas de granito Estrutura da obra executada e livre de pregos, madeiras e arames. Andaimes montados (fachadeiro ou suspenso), com proteção de acordo com NR18. Linhas de prumo na fachada. Planilha para pedido dos inserts. INFORMAÇÕES IMPORTANTES Parabolt de aço inoxidável. As porcas e arruelas também devem ser de aço inoxidável. Sistema de fixação por inserts metálicos: vencer um afastamento ideal de 8 cm, podendo corrigir um desaprumo estimado de mais ou menos 3 cm, isto é, o afastamento poderá variar de 5 a 11 cm da parede da fachada. Furação prévia das pedras, a ser realizada com furadeira apropriada.

18 TÉCNICAS DE EXECUÇÃO As furações serão executadas com broca diamantada de 5 mm, nas laterais das placas.

19 SISTEMA DE COLOCAÇÃO 1 - Furo no concreto: antes de iniciar a montagem, verificar o alinhamento da estrutura com o nível e fio de prumo, ou equipamento topográfico; 2 Colocação do chumbador: a marreta é usada apenas para que o chumbador entre até o fim do furo, garantindo a ancoragem;

20 SISTEMA DE COLOCAÇÃO 3 - Fixação do insert com chumbador de expansão, que ganha em resistência ao arrancamento, conforme é feito o aperto da rosca; 4 Colocação da placa: com os inserts já posicionados no local correto, basta encaixar a placa nos furos ou rasgos;

21 SISTEMA DE COLOCAÇÃO 5 - Ajuste fino: caso a placa esteja fora do alinhamento ou prumo do restante da fachada, é possível fazer o ajuste final por meio das regulagens dos furos oblongos; 6 Aplicação de Fita Crepe na Junta;

22 SISTEMA DE COLOCAÇÃO 7 Os espaços entre as placas devem estar preenchidos com selante normalmente mastique a fim de se evitar a vibração em conseqüência do vento e a corrosão e expansão higroscópica decorrentes da penetração de água de chuva ou mesmo da limpeza do revestimento. 8 Remoção do excesso de mastique;

23 SISTEMA DE COLOCAÇÃO 8 Remoção da Fita Crepe;

24 VANTAGENS DO SISTEMA DE INSERTS Secagem mais rápida das placas de granito Não há eflorescências Isolamento térmico- acústico Movimentação das juntas Reguláveis e fixados diretamente na estrutura => correção de prumo Liberdade na paginação das pedras Agilidade e rapidez Evitam manchas no granito. Segurança na fixação.

25 DESVANTAGENS DO SISTEMA DE INSERTS Custo elevado Desagregação minerais da rocha Mão de obra especializada

26 CONCLUSÃO O sistema de assentamentos de granito nos inserts metálicos mostra-se adequado frente às solicitações atuantes, como vento, variações de temperatura e umidade, sendo um método criativo, confiável, durável, econômico e rápido. Uma peca de revestimento que se solta de um edifício representa um enorme perigo cujas conseqüências podem ser gravíssimas. Os danos que podem ser causados as pessoas e bens materiais são enormes e o construtor será responsabilizado e responderá por eles em ações indenizatórias. Os inserts metálicos são uma prova do cuidado e da responsabilidade do construtor/ fabricante respeitando o consumidor que confia a eles a segurança de sua moradia e sua família. Este sistema também permite reparos e reformas futuras rápidas e fáceis com a substituição parcial ou total do revestimento com reformas limpas e sem transtornos.

27 OBRIGADO!

Pedra Natural em Fachadas

Pedra Natural em Fachadas Pedra Natural em Fachadas SELEÇÃO, APLICAÇÃO, PATOLOGIAS E MANUTENÇÃO Real Granito, S.A. Índice Características típicas dos diferentes tipos de Rochas Ensaios para a caracterização de produtos em Pedra

Leia mais

Gesso Acartonado CONCEITO

Gesso Acartonado CONCEITO CONCEITO As paredes de gesso acartonado ou Drywall, são destinados a dividir espaços internos de uma mesma unidade. O painel é composto por um miolo de gesso revestido por um cartão especial, usado na

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas 10/11/2009 Carlos Chaves LOG Gestão de Obras Subsistemas Deus está nos detalhes Mies van der Rohe (1886-1969) Pavilhão alemão na Feira Mundial de Barcelona

Leia mais

REVESTIMENTO CERÂMICOS

REVESTIMENTO CERÂMICOS SEMINÁRIOS DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS DE ENGENHARIA REALIZAÇÃO: IBAPE NACIONAL E IBAPE PR Dias 18 e 19 de setembro de 2014 Foz do Iguaçu-PR II Seminário Nacional de Perícias de Engenharia PERÍCIAS EM FACHADAS

Leia mais

Manual de Montagem Casa 36m²

Manual de Montagem Casa 36m² Manual de Montagem Casa 36m² cga -gerência de desenvolvimento da aplicação do aço Usiminas - Construção Civil INTRODUÇÃO Solução para Habitação Popular - é uma alternativa econômica, simples e de rápida

Leia mais

1/6 1 2 "SUPORTE RETRÁTIL PARA INSTALAÇÃO DE TELA FACHADEIRA". Apresentação Refere-se a presente invenção ao campo técnico de suportes para telas fachadeiras de edifícios em construção ou em reformas,

Leia mais

Patologia em Revestimentos de Fachada

Patologia em Revestimentos de Fachada PATOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES Revestimentos de 1 Nome:Fernando Marques Ribeiro Matricula: 27667 Docente: Orlando Carlos B. Damin Artigo: Fonte: Editora: Ordem dos Engenheiros Região Norte / 2011 Autores: Ana

Leia mais

ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II

ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II E ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II MÉTODO EXECUTIVO Cuidados no Recebimento Formas de Instalação

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

Elementos Táteis de Alerta Linha Dome - Mozaik

Elementos Táteis de Alerta Linha Dome - Mozaik Elementos Táteis de Alerta Linha Dome - Mozaik APRESENTAÇÃO Os elementos táteis Mozaik foram projetados para a sinalização tátil de pisos executados em praticamente quaisquer tipos de materiais de revestimento,

Leia mais

Sistemas da edificação Aplicação na prática

Sistemas da edificação Aplicação na prática 1 Vantagens Alta produtividade com equipes otimizadas; Redução de desperdícios e obra limpa; Facilidade de gerenciamento e padronização da obra; Elevada durabilidade; Facilidade de limpeza e conservação;

Leia mais

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4 Gesso Acartonado Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil Construção

Leia mais

Placostil - Wall Paredes

Placostil - Wall Paredes 0 0 Placostil - Wall Paredes Conceitos Sistema Placostil Wall Paredes É um sistema de paredes de vedações internas constituídas por uma estrutura metálica de chapa de aço galvanizado, sobre a qual se aparafusam,

Leia mais

Fachada com placas de rocha

Fachada com placas de rocha OPÇÕES Veja abaixo os tipos de fachadas e caixilhos >FACHADAS COM PLACAS DE ROCHA >JANELAS PADRONIZADAS >FACHADAS CORTINA >GUARDA-CORPO >FACHADAS COM PLACAS CERÂMICAS FIXADAS COM INSERTES METÁLICOS CHECKLIST

Leia mais

Bucha BNK. Bucha Universal. Código da Linha - 740. Código da Linha - 739 TABELA DE PREÇOS. Dimensões (mm) Preço bruto por cento em Real

Bucha BNK. Bucha Universal. Código da Linha - 740. Código da Linha - 739 TABELA DE PREÇOS. Dimensões (mm) Preço bruto por cento em Real Bucha BNK da Linha - 7 TABELA DE PREÇOS (d nom ) (h ) ø 70-3 29,97 730-7 55 3,7 7-5 0 5 0 77,2 Aplicação: Instalacões gerais em concreto, concreto celular, gesso, pedras calcárias, todos os materiais de

Leia mais

MANUAL DO FABRICANTE:

MANUAL DO FABRICANTE: MANUAL DO FABRICANTE: ALVENARIA ESTRUTURAL Características e especificações, instruções de transporte, estocagem e utilização. GESTOR: Engenheiro civil EVERTON ROBSON DOS SANTOS LISTA DE TABELAS Tabela

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

1. FERRAMENTAS. Elevação e Marcação. Trenas de 5m e 30m. Nível a laser ou Nível alemão. Pág.4 1. Ferramentas

1. FERRAMENTAS. Elevação e Marcação. Trenas de 5m e 30m. Nível a laser ou Nível alemão. Pág.4 1. Ferramentas ÍNDICE: 1. Ferramentas 2. Equipamentos de Proteção Individual - EPI 3. Serviços Preliminares 4. Marcação da Alvenaria 5. Instalação dos Escantilhões 6. Nivelamento das Fiadas 7. Instalação dos gabaritos

Leia mais

PATOLOGIAS NOS SISTEMAS DE REVESTIMENTOS DE FACHADAS

PATOLOGIAS NOS SISTEMAS DE REVESTIMENTOS DE FACHADAS Setembro, 2009 PATOLOGIAS NOS SISTEMAS DE REVESTIMENTOS DE FACHADAS 1 O QUE NÃO QUEREMOS: O QUE NÃO QUEREMOS, MESMO!! 2 NUNCA!!!! JAMAIS! 3 NA MINHA OBRA NÃO! Fonte:FUMEC É CADA UMA... 4 JÁ? TÃO CEDO...

Leia mais

tecfix EP quartzolit Adesivo para ancoragem à base de resina epóxi Boletim Técnico tecfix EP quartzolit Pág. 1 de 7

tecfix EP quartzolit Adesivo para ancoragem à base de resina epóxi Boletim Técnico tecfix EP quartzolit Pág. 1 de 7 Pág. 1 de 7 Adesivo para ancoragem à base de resina epóxi 1. Descrição: Produto bicomponente, pré-dosado, à base de epóxi, isento de estireno e não retrátil, disposto em bisnaga com câmaras independentes,

Leia mais

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC.

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Comprometida com a qualidade e o desenvolvimento dos nossos produtos investimos continuamente

Leia mais

Complementos para telhas Brasilit

Complementos para telhas Brasilit Complementos para telhas Brasilit A mais completa linha de cumeeiras, rufos, espigões, arestas, cantoneiras, terminais, pingadeiras, tampões, calços, venezianas, claraboias e placas de vedação. TECNOLOGIA

Leia mais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais Blocos de CONCRETO DESCRIÇÃO: Elementos básicos para a composição de alvenaria (estruturais ou de vedação) BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO SIMPLES COMPOSIÇÃO Cimento Portland, Agregados (areia, pedra, etc.)

Leia mais

DETALHE ARQUITETÔNICO: FACHADA VENTILADA LAMINUM

DETALHE ARQUITETÔNICO: FACHADA VENTILADA LAMINUM DETALHE ARQUITETÔNICO: FACHADA VENTILADA LAMINUM Orientadores: André Penido/Renato César O QUE É FACHADA VENTILADA? O sistema de revestimento externo de edificações denominado fachada ventilada caracteriza-se

Leia mais

Sua obra coberta de qualidade TELHAS DE AÇO. www.comercialgerdau.com.br

Sua obra coberta de qualidade TELHAS DE AÇO. www.comercialgerdau.com.br Sua obra coberta de qualidade TELHAS DE AÇO www.comercialgerdau.com.br Tipos de revestimentos Galvanizado por imersão a quente: apresenta grande resistência à corrosão atmosférica e atende a obras mais

Leia mais

Revestimentos de Alto Desempenho - RAD

Revestimentos de Alto Desempenho - RAD Revestimentos de Alto Desempenho - RAD O mercado de revestimentos para pisos de concreto se desenvolveu mais expressivamente no Brasil na década de 1980. Foi nesse momento que os revestimentos autonivelantes

Leia mais

ANEXO I TOMADA DE PREÇO 004/2012 REFORMA DO TELHADO CÂMARA DE VEREADORES DE NÃO-ME-TOQUE A R A R 18,5 ÁREA = 483,68 m2 Escala = 1:100 DETALHAMENTO 13,00 18,40 8,00 13,00 9,20 9,20 33,6 21,04 5,4 8,50

Leia mais

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade.

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade. Há mais de 46 anos no mercado, a Torcisão iniciou as suas atividades no desenvolvimento de materiais para a indústria automobilística, que exigia um rigoroso controle técnico e de qualidade. Em 2006, com

Leia mais

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO DE FACHADA DE ARGAMASSA P R O M O Ç Ã O Início dos Serviços Alvenarias concluídas há 30 dias e fixadas internamente há 15 dias Estrutura concluída há 120 dias Contra marcos chumbados

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES

IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES Necessidade da impermeabilização Introdução a Impermeabilização Projeto de impermeabilização Execução de impermeabilização 1 - A NECESSIDADE DA IMPERMEABILIZAÇÃO Problemas

Leia mais

Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS

Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS Apresentação Fundada no ano de 000, a TEMEC Terra Maquinas Equipamentos e Construções LTDA é uma empresa especializada no fornecimento de Soluções de Engenharia

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA Orçamento Unidade Básica de Saúde - Fronteira Estrutura para o acesso e identificação do

Leia mais

COBERTURAS. Treliças Estruturas: Metálica Telha Auto Portante Espacial. Concreto

COBERTURAS. Treliças Estruturas: Metálica Telha Auto Portante Espacial. Concreto COBERTURAS Madeira Tirantes Treliças Estruturas: Metálica Telha Auto Portante Espacial Concreto Em telhas de barro/metálicas/fibrocimento Proteções: Em lajes Concreto Tijolos Domos, etc. Shed Terça Pestana

Leia mais

Paredes Maciças as de Concreto

Paredes Maciças as de Concreto Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4B Paredes Maciças as de Concreto Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO INSTALAÇÃO DOS BATENTES A instalação dos batentes é simples porém, são necessários alguns cuidados básicos para obter uma porta em perfeitas condições: Para a fixação do batente, levantam-se as grapas

Leia mais

Telhas GraviColor. Beleza e modernidade para o seu projeto.

Telhas GraviColor. Beleza e modernidade para o seu projeto. Telhas GraviColor Telhas e Tijolos www.telhado.com Beleza e modernidade para o seu projeto. Telhas GraviColor Estilo, inovação e qualidade. As Telhas GraviColor chegam ao mercado trazendo o rústico com

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14 /5 2/5 3/5 4/5 DESCRIÇÃO Constituintes Tampo de granito polido (L=65cm, e=2cm), cinza andorinha ou cinza corumbá, com moldura perimetral (3,5x2cm) e frontão (7x2cm), conforme detalhe. Alvenaria de apoio

Leia mais

GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM

GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM TELHAS DE FIBROCIMENTO FIBROTEX - ONDINA - ONDINA PLUS - ONDULADA - COLONIAL ONDA 50 - MAXIPLAC - KALHETA - KALHETA 49 - KALHETÃO 90 GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM Indispensável para a montagem correta do telhado.

Leia mais

ALVENARIA ESTRUTURAL: DISCIPLINA: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO II PROF.: JAQUELINE PÉRTILE

ALVENARIA ESTRUTURAL: DISCIPLINA: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO II PROF.: JAQUELINE PÉRTILE ALVENARIA ESTRUTURAL: BLOCOS DE CONCRETO DISCIPLINA: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO II PROF.: JAQUELINE PÉRTILE O uso de alvenaria como sistema estrutural já vem sendo usado a centenas de anos, desde as grandes

Leia mais

Nº2 JUNHO 2002 PAREDES DIVISÓRIAS DE PAINÉIS LEVES

Nº2 JUNHO 2002 PAREDES DIVISÓRIAS DE PAINÉIS LEVES Nº2 JUNHO 2002 PAREDES DIVISÓRIAS DE PAINÉIS LEVES Catarina Aguiar Bentes A monografia apresentada foi realizada no âmbito da cadeira de Tecnologias da Construção de Edifícios do 11º Mestrado em Construção

Leia mais

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L.

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L. Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Construção Civil II Impermeabilização Prof. André L. Gamino Normalização ABNT: Termos Gerais NBR 9575 (2010): Impermeabilização

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

Apostila técnica de Mezanino 01 de 09

Apostila técnica de Mezanino 01 de 09 Apostila técnica de Mezanino 01 de 09 OBJETIVO: Esta apostila tem como principal objetivo ampliar o conhecimento básico sobre Mezaninos, seus acessórios e suas aplicações, facilitando a solução de problemas

Leia mais

1. Identificação do Produto e da Empresa

1. Identificação do Produto e da Empresa 1. Identificação do Produto e da Empresa Produto: Perfis de Poliestireno Tipo de produto: 96 % de Poliestireno Reciclado e 4 % de Poliestireno Virgem Empresa: Indústria e Comércio de Molduras Santa Luzia

Leia mais

EXECUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO Resumo dos requisitos de atendimento à NBR 15575/ 14931 Execução de estruturas de concreto

EXECUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO Resumo dos requisitos de atendimento à NBR 15575/ 14931 Execução de estruturas de concreto EXECUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO Resumo dos requisitos de atendimento à NBR 15575/ 14931 Execução de estruturas de concreto Item a ser atendido Exigência de norma Conforme / Não Conforme Área Impacto

Leia mais

REVESTIMENTOS VERTICAIS EM ARGAMASSAS E GESSO

REVESTIMENTOS VERTICAIS EM ARGAMASSAS E GESSO Revest. em Ministério argamassa da e Educação gesso 14:54 Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Construção Civil II ( TC-025) REVESTIMENTOS VERTICAIS EM ARGAMASSAS E GESSO Prof. José de Almendra

Leia mais

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO REFORMA E ADAPTAÇÃO DA AC TRINDADE- DR/GO

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO REFORMA E ADAPTAÇÃO DA AC TRINDADE- DR/GO C A D E R N O D E E S P E C I F I C A Ç Õ E S ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO REFORMA E ADAPTAÇÃO DA AC TRINDADE- DR/GO S E Ç Ã O D E P R O J E T O S E O B R A S SEPO/GEREN/DR/GO OBRA: REFORMA E ADAPTAÇÃO

Leia mais

Verano. guarda-sóis manual de troca de corda

Verano. guarda-sóis manual de troca de corda Verano guarda-sóis manual de troca de corda Verano guarda-sóis manual de troca de corda Instruções gerais e de segurança Leia as instruções de montagem Apesar dos produtos Stobag serem de fácil montagem,

Leia mais

Prof. Célio Carlos Zattoni Maio de 2008.

Prof. Célio Carlos Zattoni Maio de 2008. - FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO: HIDRÁULICA E SANEAMENTO CURSO: HIDRÁULICA E SANEAMENTO AMBIENTAL DIMENSIONAMENTO DE CHUMBADORES PÓS-FIXADOS Prof. Célio Carlos Zattoni Maio de 2008.

Leia mais

Casas com paredes de concreto Reportagem: Jamila Venturini

Casas com paredes de concreto Reportagem: Jamila Venturini Casas com paredes de concreto Reportagem: Jamila Venturini O sistema de construção com paredes de concreto moldadas in loco permite executar com agilidade e economia obras de grande escala como condomínios,

Leia mais

Catálogo de Produtos Informações Técnicas

Catálogo de Produtos Informações Técnicas Catálogo de Produtos Informações Técnicas Telhas de concreto Vantagens: Impermeabilidade Devido ao moderno processo de fabricação das telhas de concreto, as telhas pouco absorvem água de chuva, com isso

Leia mais

CARACTERÍSTICAS PROCESSOS DE APLICAÇÃO. o Durabilidade o Beleza o Cuidados especiais na aplicação o Alto peso

CARACTERÍSTICAS PROCESSOS DE APLICAÇÃO. o Durabilidade o Beleza o Cuidados especiais na aplicação o Alto peso REVESTIMENTO VERTICAL DE PEDRA NATURAL Fonte: Revista Téchne no.10 1 o Durabilidade o Beleza o Cuidados especiais na aplicação o Alto peso CARACTERÍSTICAS PROCESSOS DE APLICAÇÃO o Sistema ADERENTE: Assentamento

Leia mais

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura.

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Definições Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Armadura: associação das diversas peças de aço, formando um conjunto para um

Leia mais

BARGOA. Conjunto de Emenda Aérea Selada Vertical - CEASV

BARGOA. Conjunto de Emenda Aérea Selada Vertical - CEASV O CEASV consiste de um conjunto para a acomodação e proteção de emendas de cabos de rede externa de telefonia, em montagem de topo, para instalações aéreas. Trata-se de um sistema versátil, de fácil instalação

Leia mais

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I SISTEMAS DE VEDAÇÃO VERTICAL SISTEMA DE VEDAÇÃO Um subsistema

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos A TORCISÃO A Torcisão foi fundada em 1968, iniciando suas atividades na fabricação de peças para a indústria automobilística. Em 2006, o grupo se expandiu e fundou

Leia mais

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções.

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções. Manual de instruções. PORTA DE ABRIR A Atimaky utiliza, na fabricação das janelas, aço galvanizado adquirido diretamente da Usina com tratamento de superfície de ultima geração nanotecnologia (Oxsilan)

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

Revestimento de fachadas: aspectos executivos

Revestimento de fachadas: aspectos executivos UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Setembro, 2009 Revestimento de fachadas: aspectos executivos Eng.º Antônio Freitas da Silva Filho Engenheiro Civil pela UFBA Julho de 1982; Engenheiro da Concreta Tecnologia

Leia mais

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação Manual técnico e instruções de instalação KIT Porta IPUMIRIM Este manual de instalação do Kit Faqueadas Ipumirim vai auxiliar e orientar construtores e consumidores com as informações necessárias com relação

Leia mais

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle.

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle. CONCEITO Light (LSF estrutura em aço leve) é um sistema construtivo racional e industrial. Seus principais componentes são perfis de aço galvanizado dobrados a frio, utilizados para formar painéis estruturais

Leia mais

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE VII MONTAGEM ESTRUTURA METÁLICA

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE VII MONTAGEM ESTRUTURA METÁLICA MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE VII MONTAGEM ESTRUTURA METÁLICA Montagem Estrutura Metálica Em uma obra de estruturas metálicas, a montagem é considerada uma das fases mais importantes por representar uma

Leia mais

Prof. Dr. Luiz Sérgio Franco 1

Prof. Dr. Luiz Sérgio Franco 1 Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 7 REVESTIMENTOS VERTICAIS Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil

Leia mais

DICAS ANTES DA COMPRA

DICAS ANTES DA COMPRA DICAS ANTES DA COMPRA Madeira: É um material natural e variações são consideradas normais, nuances e veios existentes nos pisos são próprios da madeira; imperfeições naturais, nós e variações nas tonalidades

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO TELHAS DE POLICARBONATO

MANUAL DE INSTALAÇÃO TELHAS DE POLICARBONATO MANUAL DE INSTALAÇÃO TELHAS DE POLICARBONATO TELHAS DE POLICARBONATO As Telhas de Policarbonato proporcionam ótima transmissão de luz (praticamente idêntica ao vidro) favorecendo maior aproveitamento da

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO ETD - 07 CRUZETA DE CONCRETO ARMADO PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO ESPECIFICAÇÃO E PADRONIZAÇÃO EMISSÃO: julho/2003 REVISÃO: setembro/08 FOLHA : 1 / 6 FURAÇÃO DA CRUZETA

Leia mais

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT É uma tinta isolante térmica, composta de polímeros acrílicos elastoméricos, microesferas de cerâmicas, e aditivos especiais

Leia mais

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br SOLUÇÕES PARA FACHADA metax.com.br Passarela para pedestres Estes equipamentos são utilizados em locais onde a instalação do andaime fachadeiro obstrui a passagem de via, ou seja, a fachada do prédio não

Leia mais

Fabricação de blocos cerâmicos. Classificação dos materiais pétreos. Fabricação de blocos cerâmicos. Classificação dos produtos cerâmicos

Fabricação de blocos cerâmicos. Classificação dos materiais pétreos. Fabricação de blocos cerâmicos. Classificação dos produtos cerâmicos Classificação dos materiais pétreos Fabricação de blocos cerâmicos Pedras naturais: encontradas in natura, usadas normalmente após beneficiamento. Ex.: agregados, placas de rocha para revestimento. Pedras

Leia mais

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Índice Capítulo Título Página 1 Informações Gerais 3 2 Segurança 4 3 Especificações Técnicas 5 4 Ferramentas, Instrumentos e Materiais 6

Leia mais

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário;

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário; A argamassa Matrix Assentamento Estrutural é uma mistura homogênea de cimento Portland, agregados minerais com granulometria controlada e aditivos químicos. 3. Indicação: Excelente para assentamento de

Leia mais

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm)

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm) Barras de Pesagem Beckhauser Manual do Usuário Conheça seu equipamento em detalhes e saiba como aproveitar todo seu potencial no manejo. Leia atentamente este Manual antes de utilizar o produto e antes

Leia mais

Técnicas da Construção Civil. Aula 02

Técnicas da Construção Civil. Aula 02 Técnicas da Construção Civil Aula 02 Necessidades do cliente e tipos de Estruturas Taciana Nunes Arquiteta e Urbanista Necessidades do Cliente Função ou tipo de edificação? Como e quanto o cliente quer

Leia mais

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA Telhas de Concreto Características técnicas e dimensionais Especificações Comprimento...420mm Largura...330mm Telhas por m2...10,5pçs Peso nominal...4,7kg Peso por m2...49,35kg

Leia mais

Apresentação. Conceito

Apresentação. Conceito Apresentação Apresentamos um novo conceito de Mercado para a Distribuição e Venda Direta de Produtos e Serviços para o Setor da Construção Civil; Com Ênfase em atender principalmente, construtoras, lojas

Leia mais

BT 0001 BOLETIM TÉCNICO - WEDGE-BOLT

BT 0001 BOLETIM TÉCNICO - WEDGE-BOLT BT 0001 BOLETIM TÉCNICO - WEDGE-BOLT Elaborador: Verificadores: Aprovador: DIEGO RAFAEL CAMERA DANILO P. P. DE ALMEIDA DIEGO RAFAEL CAMERA WEDGE-BOLT Chumbador mecânico, tipo parafuso. Descrição Wedge-Bolt

Leia mais

Com relação à industrialização e à racionalização das construções, julgue o item subsecutivo.

Com relação à industrialização e à racionalização das construções, julgue o item subsecutivo. Com relação à industrialização e à racionalização das construções, julgue o item subsecutivo. 85.(STM/CESPE/2011) A taipa de mão é, tradicionalmente, fabricada por meio de processos artesanais ou com forte

Leia mais

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas...

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas... Infomações Técnicas TELHAS As telhas de concreto CASA FORTE são do tipo Coppo Vêneto e são fabricadas em conformidade com a NBR 13.858-1 e atendem as especificações da NBR 13.858-2. Possuem encaixes perfeitos

Leia mais

JULHO 2012. www.tectubo.com.br

JULHO 2012. www.tectubo.com.br JULHO 2012 www.tectubo.com.br Coberturas que respeitam você e o meio ambiente. Telhas de PVC Coberturas com durabilidade, segurança e beleza. Dê mais modernidade a sua casa com o mais novo sistema de coberturas

Leia mais

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO CONSTRUINDO NO SISTEMA (CES) LIGHT STEEL FRAMING O sistema Light Steel Frame é caracterizado por um esqueleto estrutural leve composto por perfis de aço galvanizado que trabalham em conjunto para sustentação

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005 ESPECIFICÇÃO TÉCNIC abr/2006 1 de 6 TÍTULO COBERTURS ÓRGÃO DIRETORI DE ENGENHRI PLVRS-CHVE Edificações. Coberturas. PROVÇÃO PROCESSO PR 010979/18/DE/2006 DOCUMENTOS DE REFERÊNCI SEP Secretaria de Estado

Leia mais

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Instruções gerais e de segurança Leia as instruções de montagem Apesar dos produtos Stobag serem de

Leia mais

Construção Civil Linha PVC

Construção Civil Linha PVC Construção Civil Linha PVC Correr Abertura de 2 a 6 folhas que se movimentam mediante deslizamento horizontal. De fácil manuseio, podendo ser utilizada com persiana e tela mosquiteira. Permite ventilação

Leia mais

Brocas, buchas e mandris

Brocas, buchas e mandris Brocas, buchas e mandris Para fixação de elementos, cada material exige broca e bucha específicos. Saiba quais são os tipos corretos para cada necessidade Fixações em parede de alvenaria, concreto ou drywall

Leia mais

Fundição em Moldes Metálicos Permanentes por Gravidade.

Fundição em Moldes Metálicos Permanentes por Gravidade. Aula 10: Processos de Fundição em Moldes Metálicos por Gravidade (Coquilhas) 01: Introdução - Características do processo - Etapas envolvidas. - Fatores econômicos e tecnológicos - Ligas emprwegadas 02:

Leia mais

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Página CILINDROS... 150 Inspeção e medição... 150 Retificação de cilindros... 150 Acabamento... 151 Limpeza... 151 MANCAIS DE MOTOR... 152 Mancal

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

MIMO KIT LATERAIS DO BERÇO 1,30 x 0,70cm

MIMO KIT LATERAIS DO BERÇO 1,30 x 0,70cm 10180070004-24/01/14-REV.01 Parabéns, você acaba de adquirir um produto de excelente qualidade! Saiba mais sobre seu móvel de madeira: Além de atender a todos os requisitos de qualidade e bom gosto, este

Leia mais

UMIDADES E IMPERMEABILIZAÇÕES

UMIDADES E IMPERMEABILIZAÇÕES 200888 Técnicas das Construções I UMIDADES E IMPERMEABILIZAÇÕES Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana pastana@projeta.com.br (14) 3422-4244 AULA 5 o Impermeabilização é a proteção das construções contra

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro.

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro. e MANUAL TÉCNICO ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR e ANDAIME TUBULAR Objetivo Estabelecer os procedimentos que devem ser obedecidos na liberação de montagem / desmontagem de andaimes com a finalidade de

Leia mais

Vantagens das Telhas Spot

Vantagens das Telhas Spot Vantagens das Telhas Spot Resistência e Longevidade A alta qualidade dos materiais e a tecnologia do processo produtivo da Spot, possibilitam uma resistência superior a 250 kgf, garantindo assim a longevidade

Leia mais

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Knauf Folheto Técnico 2008 Paredes Knauf Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Estabilidade, resistência a impactos, proteção termoacústica e outras características inovadoras que não dividem

Leia mais

Argamassa colante para assentamento de porcelanato em fachadas externas ARGAMASSA COLANTE PARA ASSENTAMENTO DE PORCELANATO EM FACHADAS EXTERNAS

Argamassa colante para assentamento de porcelanato em fachadas externas ARGAMASSA COLANTE PARA ASSENTAMENTO DE PORCELANATO EM FACHADAS EXTERNAS ARGAMASSA COLANTE PARA ASSENTAMENTO DE PORCELANATO EM FACHADAS EXTERNAS OBJETIVO: Desenvolver argamassa à base cimentícia para fixação de placas cerâmicas (porcelanato) e granitos em fachadas externas.

Leia mais

ANCORAS METALICAS. Projetos / Aplicações / Importância / Análise de danos

ANCORAS METALICAS. Projetos / Aplicações / Importância / Análise de danos ANCORAS METALICAS Projetos / Aplicações / Importância / Análise de danos Conceito Âncoras / Clipes / Chumbadores Grapas Rabo de andorinha / Grampo Conceito Âncoras / Clipes / Chumbadores Grapas Rabo de

Leia mais

ALVENARIA: como reconhecer blocos de qualidade e ecoeficientes!

ALVENARIA: como reconhecer blocos de qualidade e ecoeficientes! ALVENARIA: como reconhecer blocos de qualidade e ecoeficientes! Bloco de concreto As paredes são montadas a partir de componentes de alvenaria - os blocos. Portanto, é imprescindível que eles obedeçam

Leia mais

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira 1 7 FURAÇÃO 7.1 Furadeira A furadeira é a máquina ferramenta empregada, em geral, para abrir furos utilizando-se de uma broca como ferramenta de corte. É considerada uma máquina ferramenta especializada

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM DA TENDA DOME ECOS_6. O Material

MANUAL DE MONTAGEM DA TENDA DOME ECOS_6. O Material MANUAL DE MONTAGEM DA TENDA DOME ECOS_6 O Material O BAMBU utilizado adequadamente é sinônimo de sustentabilidade. Apresenta-se como o material mais versátil com caráter sustentável disponível na natureza.

Leia mais