1.3. Sobre as semestralidades a serem custeadas com recursos do FIESP incidirão os descontos de pontualidade previstos à época do pagamento.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1.3. Sobre as semestralidades a serem custeadas com recursos do FIESP incidirão os descontos de pontualidade previstos à época do pagamento."

Transcrição

1 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: 1.1. O Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP é um programa privado de concessão de crédito estudantil, desenvolvido pelas Faculdades Projeção, destinado a custear 50% (cinquenta por cento) das semestralidades de graduação na educação superior de estudantes regularmente matriculados em uma de suas unidades de ensino superior, com renda familiar bruta de até cinco salários mínimos, que em 2015/1 não tenham sido contemplados com o financiamento estudantil público FIES Para efeitos deste Regulamento é considerada semestralidade a contrapartida pecuniária fixada pela Instituição com base na Lei nº 9.870, de 23 de novembro de 1999, não abrangida pelas bolsas parciais do Programa Universidade para Todos ProUni, ou, qualquer modalidade de convênio que possa incidir descontos Sobre as semestralidades a serem custeadas com recursos do FIESP incidirão os descontos de pontualidade previstos à época do pagamento A concessão do Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP está condicionada à garantia por parte do estudante, que deverá apresentar no mínimo 1 (um) fiador para formalizar a contratação, bem como à comprovação de idoneidade cadastral junto aos órgãos de proteção ao crédito tanto por parte do estudante, quanto de seu fiador O Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP que trata este edital compreenderá as seguintes fases: a) Preenchimento do Documento de Regularidade de Inscrição - DRI por meio da Home Page das Faculdades Projeção: no link FIESP; b) Validação do Documento de Regularidade de Inscrição DRI e apresentação de cópia acompanhada do original de todos os documentos exigidos em sua unidade de ensino; c) Assinatura do Contrato de Concessão de Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP. d) Aditamento. 2. DA INSCRIÇÃO: 2.1. Os estudantes com renda familiar bruta de até cinco salários mínimos, regularmente matriculados em um dos cursos de graduação das Faculdades Projeção e que tenham comprovadamente por meio da apresentação do Termo de Responsabilidade FIES Adesão tentado aderir ao FIES em 2015/1 sem êxito poderão pleitear o FIESP exclusivamente para o curso em que já se encontram matriculados A inscrição ao FIESP deverá ser efetuada inicialmente pela internet por meio do site: no período compreendido entre 06 a 17 de abril de 2015, para o Crédito Estudantil relativo ao primeiro semestre Para efetuar a inscrição no FIESP, o estudante deverá informar obrigatoriamente o número de sua matrícula e o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) da

2 Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) de seu fiador, além de prestar todas as demais informações solicitadas A inscrição no FIESP não garante a concessão do Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP, a qual somente se configurará após a aprovação da análise documental e por ocasião da assinatura do Contrato. 3. DA VALIDAÇÃO DA INSCRIÇÃO E COMPROVAÇÃO DOS DADOS CADASTRAIS: 3.1. Após o preenchimento das informações o estudante será convocado a comparecer em sua unidade de ensino munido dos seguintes documentos: a) Documentos de Identificação do estudante, dos membros do seu grupo familiar e do fiador; b) Comprovantes de rendimentos do estudante, dos membros de seu grupo familiar e dos fiadores; c) Comprovante de residência do estudante e de seu fiador; 3.2. Caso o contrato para adesão ao FIESP não seja formalizado, o estudante deverá realizar a regularização ou negociação das parcelas em aberto diretamente com a Central de Atendimento Financeiro de sua Unidade Para fins do disposto neste Regulamento considera-se grupo familiar o conjunto de pessoas que residem na mesma moradia do estudante e que, cumulativamente: I - Sejam relacionadas ao estudante na condição de pai, padrasto, mãe, madrasta, cônjuge, companheiro(a), filho(a), enteado(a), irmão(ã), avô(ó), tutor(a), tutelado(a) ou curador(a), curatelado(a). II - Usufruam da renda familiar mensal bruta, desde que: a) Para os membros do grupo familiar que possuam renda própria, seus rendimentos brutos individuais sejam declarados na composição da renda familiar mensal bruta; b) Para os membros do grupo familiar que não possuam renda própria, a relação de dependência seja comprovada por meio de documentos emitidos ou reconhecidos por órgãos oficiais ou pela fonte pagadora dos rendimentos de qualquer um dos componentes do grupo familiar Entende-se como renda familiar mensal bruta a soma de todos os rendimentos auferidos por todos os membros do grupo familiar, que compreende: I - O valor bruto de salários, proventos, vale alimentação, gratificações eventuais ou não, gratificações por cargo de chefia, pensões, pensões alimentícias, aposentadorias, comissões, pró-labore, rendimentos do mercado informal ou autônomo, rendimentos auferidos do patrimônio e quaisquer outros, bem como benefícios sociais, salvo seguro desemprego, de todos os membros do grupo familiar, incluindo o estudante;

3 II - Qualquer auxílio financeiro regular prestado por pessoa que não faça parte do grupo familiar Além da idoneidade cadastral para validação do fiador a renda mensal bruta deste, somada a do financiado, deverá ser de pelo menos o dobro da parcela mensal integral da semestralidade Não poderá ser fiador do estudante em nenhuma hipótese: I - cônjuge ou companheiro(a) do estudante; II outro estudante beneficiário do FIESP; III - cidadão estrangeiro; 4. DA CONTRATAÇÃO: 4.1. O estudante habilitado na fase de inscrição e comprovação dos dados cadastrais deverá retirar duas vias do Contrato FIESP em sua unidade de ensino, assinar, colher a assinatura de seu fiador, reconhecer firma das assinaturas em cartório de registro civil e retornar com o contrato finalizado no prazo máximo de 5 dias (úteis). 5. DO O CRÉDITO EDUCATIVO ESTUDANTIL PROJEÇÃO - FIESP: 5.1. O prazo de utilização do FIESP que trata o presente Regulamento é de um semestre, podendo, ser renovado por mais semestres mediante aditamento semestral O prazo para início do pagamento das semestralidades custeadas com recursos do FIESP se inicia no mês imediatamente subsequente ao encerramento do Crédito Educativo Estudantil Projeção O Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP será parcelado em prestações mensais e sucessivas, calculadas segundo o Sistema Francês de Amortização - Tabela Price, acrescidas de juros de 0,25% ao mês mais tributos O estudante poderá, a qualquer tempo, optar por antecipar parcelas ou quitar o saldo devedor, reduzindo com isso o prazo para pagamento/quitação do saldo devedor constituído O estudante poderá, a qualquer tempo, encerrar o seu Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP, passando a contar no mês imediatamente subsequente ao encerramento o prazo para início do pagamento das semestralidades custeadas com recursos do FIESP Em nenhuma hipótese poderão ser inseridos no Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP débitos relativos a semestralidades anteriores ou débitos de natureza administrativa. 6. DOS ADITAMENTOS SEMESTRAIS:

4 6.1. Semestralmente é preciso confirmar o interesse em manter o Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP ativo, através de um processo de aditamento, conforme regras contratuais a serem firmadas entre as partes O aditamento seguirá duas modalidades: I simplificado, quando não houver alteração do fiador bastando colher assinatura do tomador e do fiador no termo aditivo e proceder ao reconhecimento das firmas. II não simplificado, quando houver necessidade de alteração do fiador constante do presente contrato por motivos de morte ou por interesse do tomador, desde que o fiador substituto seja aprovado pela credora O aditamento não simplificado implicará obrigatoriamente na analise cadastral do novo fiador nos moldes do item 3 do presente Regulamento. 7. DO PRAZO PARA PAGAMENTO DO SALDO DEVEDOR: 7.1. O valor correspondente ao saldo devedor será parcelado no mesmo número de meses em que o aluno houver estudado com recursos do FIESP, por exemplo, se o estudante utilizou 12 meses de FIESP, ele pagará em mais 12 meses o saldo devedor. 8. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E DOS CASOS OMISSOS: 8.1. A Brasil Central de Educação e Cultura SS. reserva-se o direito de restringir a adesão ao FIESP para determinados cursos de graduação, bem como extinguir o Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP a qualquer momento Caso entenda necessário as unidades educacionais terão autonomia para solicitar documentos não elencados no presente Regulamento para fins de comprovação cadastral O Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP que trata o presente Regulamento não é renovado automaticamente a cada semestre, devendo o estudante realizar o Aditamento FIESP semestralmente Os casos excepcionais, não contemplados no presente Regulamento e não regulados pelo Contrato FIESP, serão analisados e deliberados pelo Comitê Gestor Financeiro do Grupo Projeção Para manutenção do FIESP por meio dos aditamentos semestrais, faz-se necessário que o estudante esteja sem pendências financeiras em semestres anteriores O Crédito Educativo Estudantil Projeção - FIESP já concedido poderá ser encerrado quando a Brasil Central de Educação e Cultura SS. identificar descumprimento de quaisquer das cláusulas previstas no contrato, ou, quando identificado descumprimento do presente Regulamento, ou, por inadimplência superior a 60 (sessenta) dias das parcelas devidas durante a utilização do Crédito Educativo Projeção FIESP ao longo do curso O presente Regulamento passa a fazer parte integrante de todos os contratos FIESP firmados em 2015/1.

5

FIESP FINANCIAMENTO ESTUDANTIL PROJEÇÃO (2015/1)

FIESP FINANCIAMENTO ESTUDANTIL PROJEÇÃO (2015/1) FIESP FINANCIAMENTO ESTUDANTIL PROJEÇÃO (2015/1) 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: 1.1. O Financiamento Estudantil Projeção - FIESP é um programa privado de financiamento, desenvolvido pelas Faculdades

Leia mais

MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO

MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO O programa de bolsas de estudos é voltado para alunos em situação de carência econômica conforme legislação vigente. É um benefício concedido na forma de desconto parcial

Leia mais

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil)

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) 1 - O QUE É É um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas.

Leia mais

O período de solicitação de bolsa é anual e ocorre sempre nas duas primeiras semanas de dezembro

O período de solicitação de bolsa é anual e ocorre sempre nas duas primeiras semanas de dezembro 1 O programa de bolsas de estudos é voltado para alunos em situação de carência econômica conforme legislação vigente. É um benefício concedido na forma de desconto parcial ou integral, através da análise

Leia mais

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização:

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização: O QUE É O FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitos

Leia mais

REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE

REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE MODALIDADE DE BOLSAS: CURSOS BÁSICO E INTERMEDIÁRIO NA MODALIDADE REGULAR ART 1º - DAS

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PARCELAMENTO DIRETO ESTUDANTIL - PDE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PARCELAMENTO DIRETO ESTUDANTIL - PDE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PARCELAMENTO DIRETO ESTUDANTIL - PDE 1. OBJETO O Parcelamento Direto Estudantil concedido pelas FACULDADES INTA é um programa de parcelamento de crédito educativo para adesões

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior Perguntas frequentes 1 O que é o FIES? O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) é um programa do Ministério da Educação

Leia mais

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 - O presente regulamento objetiva a concessão de Crédito Educativo para estudantes devidamente Matriculados nos cursos

Leia mais

Prezado(a) Aluno(a),

Prezado(a) Aluno(a), Prezado(a) Aluno(a), Esta cartilha irá orientar você sobre como proceder para aderir ao FIES e como realizar o aditamento semestralmente até a conclusão de seu curso. As informações são bem objetivas e

Leia mais

4 Como faço para me inscrever no FIES?

4 Como faço para me inscrever no FIES? FIES - PERGUNTAS FREQUENTES 1 O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PARCELAMENTO DIRETO ESTUDANTIL - PPDE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PARCELAMENTO DIRETO ESTUDANTIL - PPDE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PARCELAMENTO DIRETO ESTUDANTIL - PPDE 1. OBJETO O objeto deste regulamento é a concessão d e Parcelamento Direto Estudantil concedido pelas FACULDADES INTA, que é um programa

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 31 DE MARÇO DE 2008

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 31 DE MARÇO DE 2008 PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 31 DE MARÇO DE 2008 Dispõe sobre o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior - FIES. DA POLÍTICA DE OFERTA DE FINANCIAMENTO Art. 4º A concessão de financiamento

Leia mais

FIES - Dúvidas frequentes

FIES - Dúvidas frequentes FIES - Dúvidas frequentes Até quando posso solicitar o financiamento? Você pode se inscrever no FIES em qualquer período do ano, sendo que o financiamento é sempre para o semestre letivo. Há um percentual

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FINANCIAMENTO EDUCRED

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FINANCIAMENTO EDUCRED REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FINANCIAMENTO EDUCRED OBJETO O financiamento concedido pela EDUCRED é um programa de crédito educativo suplementar aos programas do Governo Federal já existentes. Destina-se

Leia mais

Ministério da Educação GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 31 DE JULHO DE 2015(*)

Ministério da Educação GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 31 DE JULHO DE 2015(*) Ministério da Educação GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 31 DE JULHO DE 2015(*) Altera dispositivos das Portarias Normativas MEC nº 1, de 22 de janeiro de 2010, nº 10, de 30 de abril de

Leia mais

FIES. O que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? É exigido o ENEM para o FIES?

FIES. O que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? É exigido o ENEM para o FIES? FIES O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante ORIENTAÇÕES E PASSO A PASSO Para solicitar o financiamento, o estudante deverá se inscrever pelo sistema informatizado do FIES no endereço eletrônico: http://sisfiesportal.mec.gov.br

Leia mais

RESOLUÇÃO nº. 005/2009

RESOLUÇÃO nº. 005/2009 RESOLUÇÃO nº. 005/2009 Cria o Programa de Crédito Educativo PUCRS - PROED/PUCRS, aprova o seu Regulamento, e dá outras providências. O Reitor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, no

Leia mais

EDITAL DE ADITAMENTO DO FINANCIAMENTO ESTUDANTIL 2011/2º

EDITAL DE ADITAMENTO DO FINANCIAMENTO ESTUDANTIL 2011/2º EDITAL DE ADITAMENTO DO FINANCIAMENTO ESTUDANTIL 2011/2º Este aditamento refere-se aos contratos efetivados no 1º e 2º semestre de 2010 e 1º semestre de 2011. 1 - DO PROGRAMA O Instituto Mineiro de Educação

Leia mais

2. Dos Cursos da UNISA, Turnos, Duração, Vagas, Locais de Funcionamento, Número de Alunos por Turma, Atos de Legalização e Modalidade de Ensino

2. Dos Cursos da UNISA, Turnos, Duração, Vagas, Locais de Funcionamento, Número de Alunos por Turma, Atos de Legalização e Modalidade de Ensino EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS PRESENCIAIS E SEMIPRESENCIAIS DE GRADUAÇÃO/HABILITAÇÕES/MODALIDADES E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA, DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO 2009 - TURMAS DE AGOSTO -

Leia mais

Dispõe sobre procedimentos para inscrição e contratação de financiamento estudantil.

Dispõe sobre procedimentos para inscrição e contratação de financiamento estudantil. PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010(FIES) * MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS DA GRADUAÇÃO Dispõe sobre procedimentos para inscrição

Leia mais

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES?

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? ThaO que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores

Leia mais

Prezado Aluno. Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento.

Prezado Aluno. Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento. Prezado Aluno Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento. Atente-se ao seu e-mail e aos informativos no site da PUCPR, Portal

Leia mais

SABER SOBRE O FIES sem fiador

SABER SOBRE O FIES sem fiador TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O FIES sem fiador *De acordo com as regras do FIES estabelecidas pelo Governo Federal. Unidas pela educação MA LANCK O QUE É O FIES? O Fundo de Financiamento ao Estudante

Leia mais

1.3 Em nenhuma hipótese a Bolsa de Estudos será convertida em dinheiro para o aluno e/ou seu responsável financeiro.

1.3 Em nenhuma hipótese a Bolsa de Estudos será convertida em dinheiro para o aluno e/ou seu responsável financeiro. EDITAL Nº 03, de 17 de dezembro de 2014 A DIRETORA do INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO NOSSA SENHORA DE SION, no uso das atribuições que lhe confere o Regimento Interno da instituição, e em conformidade

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 23, 10 DE NOVEMBRO DE 2011

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 23, 10 DE NOVEMBRO DE 2011 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 23, 10 DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o aditamento de renovação semestral dos contratos de financiamento do Fundo de Financiamento Estudantil - Fies. O MINISTRO

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO CENTRO DE ENSINO MÉDIO PASTOR DOHMS E DA FACULDADE DE TECNOLOGIA PASTOR DOHMS

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO CENTRO DE ENSINO MÉDIO PASTOR DOHMS E DA FACULDADE DE TECNOLOGIA PASTOR DOHMS REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO CENTRO DE ENSINO MÉDIO PASTOR DOHMS E DA FACULDADE DE TECNOLOGIA PASTOR DOHMS CAPÍTULO I DO OBJETIVO 1º - O Programa de Bolsas de Estudo faz parte das atividades

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL 2014/1

EDITAL Nº 01/2014 INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL 2014/1 EDITAL Nº 01/2014 INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDOS ASSISTENCIAL 2014/1 Gilceia Maria Lodi, Diretora Geral da Faculdade São Camilo Rio de Janeiro, inscrita no CNPJ nº 58.250.689/0009-40, situada na Rua Dr.

Leia mais

Crédito Estudantil Ibmec

Crédito Estudantil Ibmec Crédito Estudantil Ibmec Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que ter uma

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DO OBJETIVO Cláusula Primeira Estabelecer as regras gerais para a concessão de bolsas nas mensalidades de alunos regularmente matriculados na Universidade Guarulhos. DAS

Leia mais

RELAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS

RELAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS RELAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS 1. BOLSA FAMÍLIA 2. BOLSA EX-ALUNO 3. BOLSA FUNDAÇÃO 4. BOLSA P.B.H. 5. BOLSA SAAE 6. BOLSA SINPRO 7. BOLSA MEDALHA 8. BOLSA CONVENIO 9. DESCONTO ALUNOS MESMA EMPRESA

Leia mais

PROBER - PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS REEMBOLSÁVEL FIES

PROBER - PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS REEMBOLSÁVEL FIES PROBER - PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS REEMBOLSÁVEL 1 1. NOME DO PROJETO PROBER PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS REEMBOLSÁVEL 2. JUSTIFICATIVA O PROBER Programa de Bolsas de Estudos Rembolsável foi criado

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS PARA O ANO DE 2015

REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS PARA O ANO DE 2015 REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS PARA O ANO DE 2015 Bacabal 2015 REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS DO OBJETIVO Art. 1º Este Regulamento estabelece as regras gerais do Programa de Bolsas e Benefícios

Leia mais

Manual. O que é o CISNE Finan? Como funciona o CISNE Finan? Qual a abrangência do crédito? Quais os benefícios do CISNE Finan?

Manual. O que é o CISNE Finan? Como funciona o CISNE Finan? Qual a abrangência do crédito? Quais os benefícios do CISNE Finan? Manual O que é o CISNE Finan? É um crédito rotativo estudantil financiado por verbas orçamentárias próprias da CISNE que possibilita ao aluno regularmente matriculado pagar 50% da mensalidade durante seus

Leia mais

Quem pode solicitar o FIES na FMU?

Quem pode solicitar o FIES na FMU? O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS INSTITUCIONAIS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS INSTITUCIONAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS INSTITUCIONAIS Cria o Programa Institucional de Bolsas de Graduação e Pós Graduação no âmbito da Faculdade de Castanhal, estabelece normas para concessão e dá outras providências.

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 2, 1º DE FEVEREIRO DE 2012

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 2, 1º DE FEVEREIRO DE 2012 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº 2, 1º DE FEVEREIRO DE 2012 Dispõe sobre a cobrança pelas instituições de ensino superior dos valores de encargos educacionais no âmbito do Programa Universidade

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

TAXA DE JUROS. 3,4% / ano

TAXA DE JUROS. 3,4% / ano FIES O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES), é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado a financiar um único curso de graduação para estudantes regularmente matriculados

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA O FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (FIES) PARA ALUNOS NÃO BENEFICIADOS PELO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS (PROUNI) 2008/2º

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA O FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (FIES) PARA ALUNOS NÃO BENEFICIADOS PELO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS (PROUNI) 2008/2º EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA O FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (FIES) PARA ALUNOS NÃO BENEFICIADOS PELO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS (PROUNI) 2008/2º 1. Do programa A Fundação Cultural de Belo Horizonte (Fundac-BH),

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DECAXIAS DO SUL. Edital 04/2010, de 30 de julho de 2010

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DECAXIAS DO SUL. Edital 04/2010, de 30 de julho de 2010 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DECAXIAS DO SUL Edital 04/2010, de 30 de julho de 2010 Torna público o processo de seleção da Bolsa de Estudo da Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS). O Presidente da Fundação

Leia mais

PORTARIA Nº. 002/2015

PORTARIA Nº. 002/2015 PORTARIA Nº. 002/2015 A Diretoria do INSTITUTO EDUCACIONAL JAGUARY IEJ entidade mantenedora da FACULDADE DE JAGUARIÚNA FAJ, no uso de suas atribuições estabelece regras para a liberação do parcelamento

Leia mais

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL ASSITÊNCIA ESTUDANTIL Apoio ao Acadêmico A Assistência Estudantil da FAMEC tem a missão de apoiar o acadêmico na busca de soluções e oportunidades que contribuam para sua permanência na faculdade e conclusão

Leia mais

REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO

REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO 1 REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO O Professor Dr. Marcus Vinícius Crepaldi, Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia do Ipê FAIPE no uso das atribuições que lhe confere o Regimento Interno e, considerando

Leia mais

DESCONTOS AOS ESTUDANTES PARA PAGAMENTO DA MENSALIDADE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - Pagamento mensal no prazo: 3% - válido para a modalidade Presencial.

DESCONTOS AOS ESTUDANTES PARA PAGAMENTO DA MENSALIDADE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - Pagamento mensal no prazo: 3% - válido para a modalidade Presencial. BOLSAS E BENEFÍCIOS DESCONTOS AOS ESTUDANTES PARA PAGAMENTO DA MENSALIDADE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - Pagamento mensal no prazo: 3% - válido para a modalidade Presencial. PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010

PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS DA GRADUAÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010 Dispõe sobre procedimentos para inscrição e contratação

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Os candidatos pré-selecionados deverão entregar cópia simples dos documentos adiante solicitados de todos aqueles que compõem a família.

Leia mais

ProUni Programa Universidade para Todos

ProUni Programa Universidade para Todos ProUni Programa Universidade para Todos Rod. SP 95 João Beira Sentido Amparo-Pedreira KM: 46,5 Bairro Modelo CEP: 13905-529 Amparo SP www.unifia.edu.br unifia@unifia.edu.br (19)3907-9870 Entenda o ProUni

Leia mais

Aditamento do FIES Últimas Notícias

Aditamento do FIES Últimas Notícias Aditamento do FIES Últimas Notícias Por causa da alta demanda no sistema do FIES do governo federal, o Ministério da Educação e o FNDE anunciaram a prorrogação do prazo de renovação de contratos já vigentes.

Leia mais

Regulamento do Programa de Bolsas de Estudos da da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

Regulamento do Programa de Bolsas de Estudos da da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DO PROGRAMA Art. 1. O presente Regulamento disciplina o processo de seleção, concessão, manutenção e acompanhamento dos

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES. 1 O que é o FIES?

PERGUNTAS FREQUENTES. 1 O que é o FIES? PERGUNTAS FREQUENTES 1 O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados

Leia mais

KROTON EDUCACIONAL S/A. Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior - FIES

KROTON EDUCACIONAL S/A. Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior - FIES KROTON EDUCACIONAL S/A Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior - FIES Í N D I C E SOBRE O FIES O que é o FIES? 1 Qual o marco legal do FIES? 1 Condições de financiamento 2 Quem pode se candidatar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 10/2013 BOLSA DE ESTUDO

PROCESSO SELETIVO 10/2013 BOLSA DE ESTUDO PROCESSO SELETIVO 10/2013 BOLSA DE ESTUDO 1.0 - O Diretor Geral das Faculdades Adamantinenses Integradas torna público para conhecimento dos interessados, que estarão abertas, no período de 25 de março

Leia mais

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA O Conselho Universitário da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, regulamenta

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS DA GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS DA GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS DA GRADUAÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010 Dispõe sobre procedimentos para inscrição e contratação

Leia mais

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 Regulamento do Plano de Empréstimo 2015 Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 1. Dos Objetivos a) Estabelecer os direitos e obrigações da Previplan - Sociedade de Previdência Privada (aqui designada como Sociedade

Leia mais

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte 1. FINANCIAMENTOS 1.1. PRAVALER O Crédito Universitário PRAVALER é um programa privado de financiamento de graduação presencial implantado em parceria com instituições

Leia mais

INFORMATIVO EDUCAR PROCEDIMENTOS PARA NOVOS CONTRATOS E ADITAMENTOS

INFORMATIVO EDUCAR PROCEDIMENTOS PARA NOVOS CONTRATOS E ADITAMENTOS INFORMATIVO EDUCAR PROCEDIMENTOS PARA NOVOS CONTRATOS E ADITAMENTOS Programação 1. Depois de efetuada a matrícula, a Faculdade informará ao Instituto Educar, a relação dos alunos novos que fizeram adesão

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015.

ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015. ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015. Ao realizar a matrícula online, através do portal acadêmico do aluno, o

Leia mais

EDITAL Nº 006, DE 29 DE JANEIRO DE 2014.

EDITAL Nº 006, DE 29 DE JANEIRO DE 2014. EDITAL Nº 006, DE 29 DE JANEIRO DE 2014. Torna público a abertura de inscrição para Processo Seletivo do Programa UNINGÁ de Benefício ao Estudante PROUBE, referente ao período letivo 2014. O Professor

Leia mais

NÃO PERCAM ESTA OPORTUNIDADE! SABEMOS QUE ERA ISSO QUE FALTAVA PARA QUE FÔSSEMOS A UNIVERSIDADE ESCOLHIDA POR VOCÊS! FIES - (Financiamento Estudantil)

NÃO PERCAM ESTA OPORTUNIDADE! SABEMOS QUE ERA ISSO QUE FALTAVA PARA QUE FÔSSEMOS A UNIVERSIDADE ESCOLHIDA POR VOCÊS! FIES - (Financiamento Estudantil) NÃO PERCAM ESTA OPORTUNIDADE! SABEMOS QUE ERA ISSO QUE FALTAVA PARA QUE FÔSSEMOS A UNIVERSIDADE ESCOLHIDA POR VOCÊS! FIES - (Financiamento Estudantil) A USJT é conveniada com o Programa de Financiamento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 09/2015 BOLSA DE ESTUDO

PROCESSO SELETIVO 09/2015 BOLSA DE ESTUDO PROCESSO SELETIVO 09/2015 BOLSA DE ESTUDO 1.0 - O Diretor Geral das Faculdades Adamantinenses Integradas torna público para conhecimento dos interessados, que estarão abertas, no período de 25 de março

Leia mais

A Fundação concederá apenas bolsas de estudo integrais (100%).

A Fundação concederá apenas bolsas de estudo integrais (100%). ENEM 1 - Quando serão feitas as inscrições para o Enem 2014? Do dia 12 de maio até às 23h59 do dia 23 de maio, observado o horário oficial de Brasília-DF. 2 - Quando será a aplicação das provas do Enem

Leia mais

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA 2016

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA 2016 EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FILANTRÓPICA 2016 O colégio Salesiano Dom Bosco, Instituição educacional, de caráter filantrópico e de Assistência Social, inscrita

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 ORIENTAÇÕES GERAIS Processo O processo de renovação de matrícula constitui-se de três etapas válidas para todos os alunos veteranos dos cursos de graduação:

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO DA FILANTROPIA

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO DA FILANTROPIA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO DA FILANTROPIA 1- DAS INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 - O presente regulamento disciplina o processo de inscrição e seleção de candidatos para o PROGRAMA DE CONCESSÃO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 10/2015 BOLSA DE ESTUDO

PROCESSO SELETIVO 10/2015 BOLSA DE ESTUDO PROCESSO SELETIVO 10/2015 BOLSA DE ESTUDO 1.0 - O Diretor Geral das Faculdades Adamantinenses Integradas torna público para conhecimento dos interessados, que estarão abertas, no período de 25 de março

Leia mais

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. CRÉDITO ESTUDANTIL DO IESB CREDIES IESB MANUAL DO ALUNO

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. CRÉDITO ESTUDANTIL DO IESB CREDIES IESB MANUAL DO ALUNO CredIES IESB: a melhor alternativa para você. CRÉDITO ESTUDANTIL DO IESB CREDIES IESB MANUAL DO ALUNO O que é o CredIes do IESB? É um crédito rotativo estudantil financiado por verbas orçamentárias próprias

Leia mais

BOLSAS E BENEFÍCIOS PROGRAMA ESPECIAL DE GRATUIDADE PARCIAL GRUPO FAMILIAR

BOLSAS E BENEFÍCIOS PROGRAMA ESPECIAL DE GRATUIDADE PARCIAL GRUPO FAMILIAR BOLSAS E BENEFÍCIOS DESCONTOS AOS ESTUDANTES PARA PAGAMENTO DA MENSALIDADE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - Pagamento mensal no prazo: 3% - válido para a modalidade Presencial. PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS

Leia mais

Regulamento. Setor de Processos

Regulamento. Setor de Processos Regulamento Setor de Processos Sumá rio 1. OBJETIVO... 2 2. SOLICITAÇÃO... 2 2.1 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA... 2 3. CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DO UNIMAIS... 4 4. LIMITE DE VAGAS... 4 5. COMUNICAÇÃO DO RESULTADO...

Leia mais

Edital Nº 19/2014 Auxílio Apoio Pedagógico a Estudantes em Situação de Vulnerabilidade Social (baixa renda, indígenas, negros e pardos)

Edital Nº 19/2014 Auxílio Apoio Pedagógico a Estudantes em Situação de Vulnerabilidade Social (baixa renda, indígenas, negros e pardos) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Sertão Edital Nº 19/2014 Auxílio Apoio Pedagógico a Estudantes em Situação de Vulnerabilidade Social (baixa renda, indígenas,

Leia mais

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL EDITAL Nº 01 /2014/FABEL O Presidente da SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR PROFESSORA FERNANDA BICCHIERI SOARES, SESPFBS no uso de suas atribuições Estatutárias, RESOLVE: Art. 1º Tornar público o processo de

Leia mais

Rua Oscar Yoshiaki Magário, nº 185 Jardim das Palmeiras Registro SP - (13) 3828-2840 WWW.scelisul.com.br

Rua Oscar Yoshiaki Magário, nº 185 Jardim das Palmeiras Registro SP - (13) 3828-2840 WWW.scelisul.com.br PASSO A PASSO PARA A CONTRATAÇÃO DO FIES Rua Oscar Yoshiaki Magário, nº 185 Jardim das Palmeiras Registro SP - (13) 3828-2840 WWW.scelisul.com.br 1. Acesse o site da Faculdade www.fvr.edu.br e clique no

Leia mais

PROGRAMA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO - FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VARGINHA REGULAMENTO

PROGRAMA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO - FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VARGINHA REGULAMENTO PROGRAMA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO - FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VARGINHA REGULAMENTO 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS: 1.1 O presente regulamento, baseado na Resolução nº 1/2006, disciplina o

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015 REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015 I DO CONCEITO Art. 1º. Entende-se como Bolsa de Estudo Social, a concessão de descontos, em virtude da situação financeira momentânea do aluno, de até 40% (quarenta

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA RENOVAÇÃO DE BOLSA PARA GRUPO FAMILIAR (TODOS RESIDENTES COM O CANDIDATO)

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA RENOVAÇÃO DE BOLSA PARA GRUPO FAMILIAR (TODOS RESIDENTES COM O CANDIDATO) DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA RENOVAÇÃO DE BOLSA PARA GRUPO FAMILIAR (TODOS RESIDENTES COM O CANDIDATO) - Requerimento de bolsa feito pelo site ( Via da Instituição) + Protocolo preenchido e assinado; - RG

Leia mais

FACULDADE BAIANA DE DIREITO E GESTÃO EDITAL DE MATRÍCULA ALUNOS BOLSISTAS PROUNI 2015.1 VAGAS REMANESCENTES

FACULDADE BAIANA DE DIREITO E GESTÃO EDITAL DE MATRÍCULA ALUNOS BOLSISTAS PROUNI 2015.1 VAGAS REMANESCENTES FACULDADE BAIANA DE DIREITO E GESTÃO EDITAL DE MATRÍCULA ALUNOS BOLSISTAS PROUNI 2015.1 VAGAS REMANESCENTES O diretor-geral da Faculdade Baiana de Direito e Gestão, no uso de suas atribuições previstas

Leia mais

REGULAMENTO. Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos:

REGULAMENTO. Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos: REGULAMENTO I DO PROGRAMA Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos: I incentivar a aderência ao Programa de indivíduos que atendam aos requisitos exigidos neste

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº. 15, 08 DE JULHO DE 2011

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº. 15, 08 DE JULHO DE 2011 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº. 15, 08 DE JULHO DE 2011 (Texto Compilado) Dispõe sobre o aditamento de contratos de financiamento do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies)

Leia mais

Candidatos aprovados no Vestibular In Company EAD 2015.2 Provas 17/07/2015 e 18/07/2015 nas seguintes condições:

Candidatos aprovados no Vestibular In Company EAD 2015.2 Provas 17/07/2015 e 18/07/2015 nas seguintes condições: 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos de Graduação EAD (exceto cursos Semipresenciais)

Leia mais

TUTORIAL/RENOV.MATRÍCULA/GRAD.EAD RJ. Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2014. Estimados Estudantes,

TUTORIAL/RENOV.MATRÍCULA/GRAD.EAD RJ. Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2014. Estimados Estudantes, TUTORIAL/RENOV.MATRÍCULA/GRAD.EAD RJ Estimados Estudantes, Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2014. Gostaríamos de manifestar nossa alegria e gratidão pela confiança em nossa Instituição durante o período

Leia mais

FACULDADE SALESIANA EDITAL Nº. 02/2015 MANTENEDORA

FACULDADE SALESIANA EDITAL Nº. 02/2015 MANTENEDORA FACULDADE SALESIANA EDITAL Nº. 02/2015 MANTENEDORA Edital de Solicitação de Bolsa Social de Estudos com recursos decorrentes da condição de Entidade Beneficente de Assistência Social Lei Federal nº 12.101

Leia mais

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA.

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. Índice Capítulo I Da Carteira de Empréstimo Simples... 3 Capítulo II Dos Recursos

Leia mais

ENEM. A Faculdade Projeção aceita a sua nota do Enem como forma de ingresso.

ENEM. A Faculdade Projeção aceita a sua nota do Enem como forma de ingresso. ENEM A Faculdade Projeção aceita a sua nota do Enem como forma de ingresso. O que é o ENEM: O Enem (Exame Nacional Do Ensino Médio) é uma prova que é utilizada como exame de acesso ao Ensino Superior em

Leia mais

REGULAMENTO VESTIBULAR TOP EAD AGENDADO

REGULAMENTO VESTIBULAR TOP EAD AGENDADO REGULAMENTO VESTIBULAR TOP EAD AGENDADO 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa parcial de estudo aos candidatos aprovados com os 8 (oito) melhores desempenhos

Leia mais

Esgotado o limite os alunos que não conseguiram gravar sua inscrição deverão aguardar o próximo lote para a efetivação dos mesmos procedimentos.

Esgotado o limite os alunos que não conseguiram gravar sua inscrição deverão aguardar o próximo lote para a efetivação dos mesmos procedimentos. Prezado Aluno O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO DE VAGAS REMANESCENTES DO PROUNI 2010

EDITAL DO PROCESSO DE VAGAS REMANESCENTES DO PROUNI 2010 EDITAL DO PROCESSO DE VAGAS REMANESCENTES DO PROUNI 2010 O Diretor Acadêmico da FACINTER Faculdade Internacional de Curitiba e FATEC INTERNACIONAL Faculdade de Tecnologia Internacional, no uso de suas

Leia mais

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. REGULAMENTO CRÉDITO ESTUDANTIL VIE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (PRESENCIAIS) CONVÊNIO IESB - FUNDAPLUB

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. REGULAMENTO CRÉDITO ESTUDANTIL VIE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (PRESENCIAIS) CONVÊNIO IESB - FUNDAPLUB CredIES IESB: a melhor alternativa para você. REGULAMENTO CRÉDITO ESTUDANTIL VIE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (PRESENCIAIS) CONVÊNIO IESB - FUNDAPLUB Art.1º - O Centro de Educação Superior de Brasília, entidade

Leia mais

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Foz Previdência

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Foz Previdência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 05/2015 FOZPREV DATA: 18 de dezembro de 2015 SÚMULA: Estabelece a forma e os procedimentos para o Recadastramento Anual, na modalidade Prova de Vida, dos pensionistas vinculados

Leia mais

DECRETO Nº 05 PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1113 DE 19/01/1997

DECRETO Nº 05 PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1113 DE 19/01/1997 DECRETO Nº 05 PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1113 DE 19/01/1997 DE 03 DE JANEIRO DE 2007 Regulamenta a Lei Municipal nº 7.359/2006, que instituiu o Programa Municipal de Bolsas de Estudos -

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL Capítulo I Do objetivo Art. 1º - O Programa de Assistência Educacional do Centro Universitário

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL Capítulo I Do objetivo Art. 1º - O Programa de Assistência Educacional do Centro Universitário REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL Capítulo I Do objetivo Art. 1º - O Programa de Assistência Educacional do Centro Universitário Franciscano para estudantes dos cursos de graduação, executado

Leia mais

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU O ENEM Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade básica. Podem

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OBTENÇÃO DE BOLSAS RESTITUÍVEIS 1º/15 Cursos de Graduação em Administração de Empresas e em Administração Pública

INSTRUÇÕES PARA OBTENÇÃO DE BOLSAS RESTITUÍVEIS 1º/15 Cursos de Graduação em Administração de Empresas e em Administração Pública INSTRUÇÕES PARA OBTENÇÃO DE BOLSAS RESTITUÍVEIS 1º/15 Cursos de Graduação em Administração de Empresas e em Administração Pública O Fundo de Bolsas foi criado em 1965, com a finalidade de conceder bolsas

Leia mais

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas.

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas. Perguntas frequentes: 1) Quais os dias de prova do Vestibular Univale 2016? Você pode escolher qual o melhor dia para fazer as provas do Vestibular Univale 2016. 28 de novembro de 2015 (sábado), das 15

Leia mais

Portaria Normativa n.º 21, de 26 de dezembro de 2014

Portaria Normativa n.º 21, de 26 de dezembro de 2014 Portaria Normativa n.º 21, de 26 de dezembro de 2014 Altera dispositivos das Portarias Normativas MEC n.º 2, de 31 de agosto de 2008; n.º 1, de 22 de janeiro de 2010; n.º 10, de 30 de abril de 2010; n.º

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL DO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FRANCISCANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. Capítulo I Do Objetivo

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL DO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FRANCISCANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. Capítulo I Do Objetivo REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA EDUCACIONAL DO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FRANCISCANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Capítulo I Do Objetivo Art. 1º - O programa de Assistência Educacional do Instituto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº21, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2014 Altera dispositivos das Portarias Normativas MEC nº 2, de 31 de agosto de 2008; nº 1, de 22 de janeiro de 2010; nº 10, de 30 de

Leia mais