Filtros Industriais. Para utilização em vapor, líquidos e gases

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Filtros Industriais. Para utilização em vapor, líquidos e gases"

Transcrição

1 Filtros Industriais Para utilização em vapor, líquidos e gases

2 Filtros Y Spirax Sarco Há mais de 60 anos, a Spirax Sarco vem fornecendo tecnologia em filtragem para qualificação de fluidos e proteção de equipamentos nos mais diversos tipos de processos industriais. Cada vez mais a indústria vem trabalhando com equipamentos para elevadas pressões, e acompanhando esta tendência de mercado, a Spirax Sarco está constantemente desenvolvendo produtos e soluções para atender a este novo cenário. A eficiência da planta vem se tornando uma necessidade cada vez mais expressiva. Por isso, nossos processos visam garantir a qualidade e a confiabilidade de nossos produtos, desde o projeto à fabricação, entregando às indústrias produtos que atendem diretrizes de normas internacionais. Além disso, você conta com o suporte Spirax Sarco em todo o mundo, desde a especificação até a manutenção do produto. Benefícios Segurança da planta, tranquilidade para o usuário Redução de custos com manutenção e paradas Extenso range de materiais, conexões, classes de pressão e graus de filtração Opção para descarte das impurezas durante o serviço, utilizando uma válvula de descarga no dreno Aumento da vida útil da planta, válvulas e equipamentos A garantia Spirax Sarco de responsabilidade técnica, através de projetos e testes que atendem à normas internacionais Opções para material do corpo Bronze Ferro fundido Aço carbono Aço inoxidável Aços Liga Aços Duplex e Super Duplex Ligas Não-Ferrosas (sob consulta) A garantia Spirax Sarco de Suporte técnico, conhecimento e serviços em todo o mundo 2

3 Características e benefícios Características Benefícios Grande área de filtragem Apresenta baixa perda de carga. O tempo de saturação do elemento é consideravelmente maior. Geometria eficiente A geometria interna do filtro é concebida de modo a reduzir a perda de carga. Corpos leves porém robustos O projeto otimizado do filtro garante simultaneamente menores esforços na tubulação e atendimento às normas de projeto internacionais. Válvula de descarga opcional Permite a retirada de impurezas durante a operação do filtro. Reduz tempos de parada do sistema para limpeza do filtro. Análise estrutural Projeto desenvolvido com o auxílio de software de elementos finitos, garantindo a integridade e confiabilidade do produto. Análise fluidodinâmica Utilização de ferrmentas de fluidodinâmica computacional para otimização do escoamento através do filtro. Garante a baixa perda de carga. Certificação Sistema da Gestão da Qualidade certificado conforme padrão norma ISO

4 Material Modelo Bronze FIG. 12 Ferro Fundido FIG. 13 CI Aço Carbono FIG. 14 FIG. 14-HP2 FIG. 34 CS DN10 3 /8" DN15 ½" DN20 ¾" DN25 1" DN32 1¼" DN40 1½" Diâmetro DN50 2" DN65 2½" DN80 3" DN100 4" DN150 6" DN200 8" DN250 10" DN Conexões de Rosca Entrada e Solda Saída Flange Tipo da Rosca Tampa Flange PN16 PN25 125# 250# Classes de 150# Pressão 300# 600# 900# 1500# Tipos de Elementos Chapa perfurada O valor indicado representa o diâmetro de cada orifício na chapa. Este tipo de tela é utilizado para reter partículas de maiores diâmetros (no mínimo 0,8mm). Elementos disponíveis: 0,8mm, 1,2mm, 1,6mm, 2,0mm e 3,2mm Chapa perfurada Perfuração Elementos padrão 0,8 mm Bitola Elemento 3 /8 ½ ¾ 1 1¼ 1½ 2 2½ ,8mm 1,2mm 1,6mm 4

5 5 Aço Inoxidável X CSX-HP1 CSX-HP2 FIG. 16 FIG. 16-HP2 FIG. 36 CSSX CSSX-HP1 CSSX-HP2 Malha metálica O termo mesh indica o número de aberturas por polegada linear no tecido. Este tipo de tela é utilizado para reter partículas de diâmetros entre 420μm e 44μm. tela de 6 mesh 1" 1" tela de 3 mesh 1" 1" Elementos Mesh disponíveis Mesh Abertura da malha (μm) Abertura da malha (in) Abertura da malha (mm) ,0165 0, ,0098 0, ,0070 0, ,0059 0, ,0039 0, ,0029 0, ,0017 0,044 Para outros elementos filtrantes, consulte seu engenheiro local da Spirax

6 Como funcionam os Filtros Y O filtro remove partículas em suspensão da tubulação, direcionando o fluxo através de uma tela. Existem diversas opções de elementos disponíveis, em chapa perfurada ou mesh, que permitem uma seleção precisa para cada aplicação e tipo de fluido específico. Todas as telas de filtros Spirax Sarco apresentam uma grande área livre de filtragem, e são projetadas para remover o máximo de impureza possível, sem causar entupimento. Por exemplo, a soma das áreas dos furos de uma tela de um filtro tipo Y de 1 é aproximadamente cinco vezes a área da seção transversal da tubulação. Por esse motivo, a perda de carga através de nossos filtros é muito baixa, praticamente insignificante. Para assegurar uma rápida manutenção em sistemas muito contaminados, recomendamos a instalação de uma válvula de dreno ou descarga de fundo na tampa do filtro. Isto permite que o filtro descarte as impurezas durante o serviço e sob pressão. A Spirax Sarco dispõe de uma equipe de engenheiros de vendas à sua disposição para auxiliá-lo no dimensionamento de filtros, principalmente no caso de fluidos viscosos, onde as perdas de carga são altas. Além disso, a Spirax Sarco conta com um software próprio para dimensionamento, abrangendo toda a linha de filtros. Muitas opções de materiais disponíveis* Vasto range de classes de pressão Grande área de filtração Baixa perda de carga Corpos leves, porém robustos que resultam em menor carga na tubulação * Consulte a Spirax Sarco para mais informações Aplicações Válvula opcional de dreno / descarga pode ser instalada Detritos na tubulação são normalmente encontrados em todos os tipos de planta dentro do setor industrial. É muito importante que os filtros sejam instalados para proteger equipamentos como purgadores e válvulas de controle, garantindo a integridade destes equipamentos e evitando paradas desnecessárias. Filtro instalado a montante de uma válvula redutora de pressão Filtro Y Válvula redutora de pressão Vapor Sistema de Drenagem 6 Condensado

7 Guia de seleção 1. Selecione o elemento filtrante A seleção do grau de filtração do elemento filtrante deve ser baseada no processo e aplicação. Recomenda-se que o tamanho da abertura deva ser, aproximadamente, a metade do tamanho da menor partícula que devemos reter para garantir a segurança do equipamento que o filtro protege. A seleção de uma abertura menor do que a necessária irá aumentar em demasia o número de vezes que o filtro deve ser limpo, além de provocar uma maior perda de carga. Por exemplo, se quisermos reter partículas de 3,2mm de diâmetro, o elemento filtrante deverá ter perfuração de 1,6mm. Caso fosse selecionada uma abertura de 0,8mm a frequência de operação de limpeza da tela seria maior. Tela tipo chapa perfurada: Estas são telas produzidas a partir de chapas de metal com múltiplos furos projetados para remover detritos comuns em tubulações. Chapa perfurada O valor indicado representa o diâmetro de cada orifício na chapa. As chapas perfuradas da Spirax Sarco estão dsponíveis nos diâmetros de 0,8 a 3,2mm. 1" 1" Tela tipo malha mesh: Estas telas fornecem uma proteção final para equipamentos à jusante, nos quais pequenas partículas são facilmente retidas. tela de 6 mesh 2. Dimensione o tamanho do filtro O diâmetro da tubulação é o requisito normal para dimensionamento de um filtro. Entretanto, em algumas aplicações como sistemas de água bombeada, o filtro deverá ser dimensionado por perda de carga. Aplicações específicas, de fluidos muito densos ou viscosos, por exemplo, podem requerer um filtro de maior tamanho que da tubulação, devido à alta perda de carga. Utilize os softwares de dimensionamento da Spirax Sarco para uma correta seleção. 3. Selecione o material A linha de filtros da Spirax Sarco está disponível em um grande range de materiais. Certos fluidos ou ambientes, devido a sua natureza corrosiva, não permitirão a utilização de alguns materiais para aplicações específicas. Consulte um engenheiro da Spirax Sarco para maiores informações. 4. Selecione a classe de pressão do filtro A adequada classe de pressão, em função dos limites combinados de pressão e temperatura, deve ser selecionada para suportar a máxima pressão e a temperatura que poderão ocorrer o serviço. Os filtros estão submetidos à pressão da mesma forma que um vaso de pressão e devem ter os mesmos cuidados na hora da seleção e instalação. 5. Selecione a conexão Os filtros da Spirax Sarco estão disponóveis com conexões roscadas, flangeadas e soquete para solda. 7

8 FIG. 12 Condições de projeto do corpo PN25 Pressão máxima 120 C 25 bar g Temperatura máxima 19,0 bar g 210 C Temperatura mínima admissível 0 C Pressão máxima de 120 C 25 bar g Temperatura máxima de 19,0 bar g 210 C Temperatura mínima de operação 0 C Projetado para teste hidrostático com pressão de: 38 bar g Filtro Y com corpo em bronze fundido, projetado para atender classe de pressão PN25. Ideal para aplicações leves, tais como água e ar comprimido. 1 Corpo Bronze ASTM B 62 2 Tampa Bronze ASTM B 62 5 Bujão de Limpeza* Bronze ASTM B 16 ⅜", ½", ¾", 1", 1¼", 1½" e 2" Roscado BS 21 BSPP, BSPT ou ASME B NPT FIG. 13 Condições de projeto do corpo EN PN16 Pressão máxima 120 C 16 bar g Temperatura máxima 11,7 bar g 232 C Temperatura mínima admissível 0 C Pressão máxima de 120 C 16 bar g Temperatura máxima de 11,7 bar g 232 C Temperatura mínima de operação 0 C Projetado para teste hidrostático com pressão de: 24 bar g Filtro Y com corpo em ferro fundido, projetado para atender classe de pressão PN16. Ideal para aplicações leves, de baixa pressão, tais como água, ar comprimido e vapor. 1 Corpo Ferro Fundido ASTM A 126 Cl. B 2 Tampa Ferro Fundido ASTM A 126 Cl. B 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A ⅜", ½", ¾", 1", 1¼", 1½" e 2" Roscado BS 21 BSPP, BSPT ou ASME B NPT

9 CI Condições de projeto 125# ASME B # do corpo 250# ASME B # Pressão máxima 125# 13,8 bar g 38 C 250# 34,0 bar g Temperatura máxima 125# ,2 bar g admissível 250# ,3 bar g Temperatura mínima admissível 0 C Pressão máxima 125# 13,8 bar g de operação 250# 34,0 bar g Temperatura máxima 125# ,2 bar g de operação 250# ,3 bar g Temperatura mínima de operação 0 C Pressão de teste 125# 20 bar g hidrostático 250# 52 bar g A-A Flangeado ASME 125# B-B Flangeado ASME 250# Filtro Y com corpo em ferro fundido, projetado para atender as classes de pressão 125# e 250#. Ideal para aplicações leves, de baixa pressão, tais como água, ar comprimido e vapor. 1 Corpo Ferro Fundido ASTM A 126 Cl. B 2 Tampa Aço Carbono ASTM A 285 Gr. C 4 Tela Aço Inoxidável AISI Parafuso da tampa Aço Carbono ASTM A 193 Gr. B7 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 105 2", 2½", 3", 4", 6", 8", 10" e 12 Flangeado ASME B # e 250# FIG. 14 Condições de projeto do corpo ASME B # Pressão máxima 38 C 51,1 bar g Temperatura máxima 28,8 bar g 425 C Temperatura mínima admissível Pressão máxima de 38 C 51,1 bar g Temperatura máxima de 28,8 bar g 425 C Temperatura mínima de operação Projetado para teste hidrostático com pressão de: 80 bar g Filtro Y com corpo em aço carbono fundido, projetado para atender a classe de pressão 300#. Disponível com conexões roscadas ou soldadas, e tampa do dreno roscada. 1 Corpo Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 2 Tampa Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 105 ⅜", ½", ¾", 1", 1¼", 1½" e 2" Roscado BS 21 BSPP, BSPT ou ASME B NPT Soquete para solda ASME B16.11 SW 9

10 FIG. 14-HP2 Condições de Projeto do Corpo ASME B # Pressão máxima 38 C 255,3 bar g Temperatura máxima 143,8 bar g 425 C Temperatura mínima admissível Pressão máxima de 38 C 255,3 bar g Temperatura máxima de 143,8 bar g 425 C Temperatura mínima de operação Projetado para teste hidrostático com pressão de: 383 bar g Filtro Y com corpo em aço carbono fundido, projetado para atender a classe de pressão 1500#. Disponível com conexões soldadas ou roscadas e tampa do dreno flangeada. Ideal para aplicações de altas pressões, em vapor ou outros fluidos industriais. 1 Corpo Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 2 Tampa Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 3 Junta da tampa Junta Espiralada AI + Grafite 5 Parafuso da tampa Aço Carbono ASTM A 193 Gr. B7 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 105 FIG. 34 Condições de projeto 150# ASME B # do corpo 300# ASME B # Pressão máxima 150# 19,6 bar g 38 C 300# 51,1 bar g Temperatura máxima 150# 425 6,6 bar g admissível 300# ,8 bar g Temperatura mínima admissível Pressão máxima 150# 19,6 bar g de operação 300# 51,1 bar g Pressão máxima 150# 425 6,6 bar g de operação 300# ,8 bar g Temperatura mínima de operação Pressão de teste 150# 32 bar g hidrostático 300# 80 bar g A-A Flangeado ASME 150# B-B Flangeado ASME 300# ½", ¾", 1", 1¼", 1½" e 2" Roscado BS 21 BSPP, BSPT ou ASME B NPT Soquete para solda ASME B16.11 SW Filtro Y com corpo em aço carbono fundido, projetado para atender as classes de pressão 150# e 300#. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno roscada. 1 Corpo Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 2 Tampa Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 105 ⅜", ½", ¾", 1", 1¼" e 1½" Flangeado ASME B # e 300# 10

11 CSX Condições de projeto 150# ASME B # do corpo 300# ASME B # Pressão máxima 150# 19,6 bar g 38 C 300# 51,1 bar g Temperatura máxima 150# 425 6,6 bar g admissível 300# ,8 bar g Temperatura mínima admissível Pressão máxima 150# 19,6 bar g de operação 300# 51,1 bar g Pressão máxima 150# 425 6,6 bar g de operação 300# ,8 bar g Temperatura mínima de operação Pressão de teste 150# 33 bar g hidrostático 300# 82 bar g A-A Flangeado ASME 150# B-B Flangeado ASME 300# Filtro Y com corpo em aço carbono fundido, projetado para atender as classes de pressão 150# e 300#. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno flangeada. 1 Corpo Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 2 Tampa Aço Carbono ASTM A 285 Gr. C 5 Parafuso da tampa Aço Carbono ASTM A 193 Gr. B7 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 105 2", 2½", 3", 4", 6", 8", 10" e 12 Flangeado ASME B # e 300# CSX-HP1 Condições de projeto do corpo ASME B # Pressão máxima 600# 102,1 bar g 38 C 900# 153,2 bar g Temperatura máxima 600# ,5 bar g admissível 900# ,3 bar g Temperatura mínima admissível -29 C Pressão máxima 600# 102,1 bar g de 38 C 900# 153,2 bar g Temperatura máxima de 600# ,5 bar g 15,8 bar g 900# ,3 bar g Temperatura mínima de operação -29 C Pressão de teste 600# 154 bar g hidrostático 900# 230 bar g Filtro Y com corpo em aço carbono fundido, projetado para atender as classes de pressão 600# e 900#. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno flangeada. Ideal para aplicações de altas pressões, em vapor ou outros fluidos industriais. 1 Corpo Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 2 Tampa Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 3 Junta da tampa Junta Espiral AI + Grafite 5 Parafuso da tampa Aço Carbono ASTM A 193 Gr. B7 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 105 A-A Flangeado ASME 600# B-B Flangeado ASME 900# 2", 2½", 3", 4", 6", 8", 10" e 12 Flangeado ASME B # e 900# 11

12 CSX-HP2 Condições de projeto do corpo ASME B # Pressão máxima 38 C 255,3 bar g Temperatura máxima 143,8 bar g 425 C Temperatura mínima admissível -29 C Pressão máxima de 38 C 255,3 bar g Temperatura máxima de 143,8 bar g 425 C Temperatura mínima de operação 0 C Projetado para teste hidrostático com pressão de: 383 bar g Filtro Y com corpo em aço carbono fundido, projetado para atender a classe de pressão 1500#. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno flangeada. Ideal para aplicações de altas pressões, em vapor ou outros fluidos industriais. 1 Corpo Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 2 Tampa Aço Carbono ASTM A 216 Gr. WCB 3 Junta da tampa Junta Espiral AI + Grafite 5 Parafuso da tampa Aço Carbono ASTM A 193 Gr. B7 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 105 2", 2½", 3", 4", 6", 8", 10" e 12 Flangeado ASME B # FIG. 16 Condições de projeto do corpo ASME B # Pressão máxima 38 C 49,6 bar g Temperatura máxima 25,2 bar g 538 C Temperatura mínima admissível Pressão máxima de 38 C 49,6 bar g Temperatura máxima de 25,2 bar g 538 C Temperatura mínima de operação Projetado para teste hidrostático com pressão de: 78 bar g Filtro Y com corpo em aço inoxidável fundido, projetado para atender a classe de pressão 300#, em ambientes ou fluidos agressivos. Disponível com conexões roscadas ou soldadas, e tampa do dreno roscada. 1 Corpo Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 2 Tampa Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 5 Bujão de Limpeza* Aço Inoxidável AISI ⅜", ½", ¾", 1", 1¼", 1½" e 2" Roscado BS 21 BSPP, BSPT ou ASME B NPT Soquete para solda ASME B16.11 SW

13 FIG. 16-HP2 Condições de projeto do corpo ASME B # Pressão máxima 38 C 248,2 bar g Temperatura máxima 125,5 bar g 538 C Temperatura mínima admissível Pressão máxima de 38 C 248,2 bar g Temperatura máxima de 125,5 bar g 538 C Temperatura mínima de operação Projetado para teste hidrostático com pressão de: 383 bar g Filtro Y com corpo em aço inoxidável fundido, projetado para atender a classe de pressão 1500#, em ambientes ou fluidos agressivos. Disponível com conexões soldadas ou roscadas e tampa do dreno flangeada. Ideal para aplicações de altas pressões, em vapor ou outros fluidos industriais. FIG. 36 Condições de projeto 150# ASME B # do corpo 300# ASME B # Pressão máxima 150# 19,0 bar g 38 C 300# 49,6 bar g Temperatura máxima 150# 538 1,4 bar g admissível 300# ,2 bar g Temperatura mínima admissível Pressão máxima 150# 19,0 bar g de operação 300# 49,6 bar g Temperatura máxima 150# 538 1,4 bar g de operação 300# ,2 bar g Temperatura mínima de operação Pressão de teste 150# 30 bar g hidrostático 300# 78 bar g 1 Corpo Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 2 Tampa Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 3 Junta da tampa Junta Espiral AI + Grafite 5 Parafuso da tampa Aço Carbono ASTM A 193 Gr. B8 5 Bujão de Limpeza* Aço Carbono ASTM A 182 F316 ½, ¾, 1, 1¼, 1½ e 2 Roscado BS 21 BSPP, BSPT ou ASME B NPT Soquete para solda ASME B16.11 SW Filtro Y com corpo em aço inoxidável fundido, projetado para atender as classes de pressão 150# e 300#, em ambientes ou fluidos agressivos. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno roscada. 1 Corpo Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 2 Tampa Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 4 Tela Aço Inoxidável AISI Bujão de Limpeza* Aço Inoxidável AISI 316 A-A Flangeado ASME 150# B-B Flangeado ASME 300# ⅜", ½", ¾", 1", 1¼" e 1½" Flangeado ASME B # e 300# 13

14 CSSX Condições de projeto 150# ASME B # do corpo 300# ASME B # Pressão máxima 150# 19,0 bar g 38 C 300# 49,6 bar g Temperatura máxima 150# 538 1,4 bar g admissível 300# ,2 bar g Temperatura mínima admissível Pressão máxima 150# 19,0 bar g de operação 300# 49,6 bar g Pressão máxima 150# 538 1,4 bar g de operação 300# ,2 bar g Temperatura mínima de operação Pressão de teste 150# 31 bar g hidrostático 300# 80 bar g A-A Flangeado ASME 150# B-B Flangeado ASME 300# Filtro Y com corpo em aço inoxidável fundido, projetado para atender as classes de pressão 150# e 300#, em ambientes ou fluidos agressivos. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno flangeada. 1 Corpo Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 2 Tampa Aço Inoxidável ASTM A 240 Gr Parafuso da tampa Aço Inoxidável ASTM A 193 Gr. B8 5 Bujão de Limpeza* Aço Inoxidável ASTM A 182 F316 2", 2½", 3", 4", 6", 8", 10" e 12 Flangeado ASME B # e 300# CSSX-HP1 14 Condições de projeto do corpo ASME B # Pressão máxima 600# 99,3 bar g 38 C 900# 148,9 bar g Temperatura máxima 600# ,0 bar g admissível 900# ,2 bar g Temperatura mínima admissível -29 C Pressão máxima 600# 99,3 bar g de 38ºC 900# 148,9 bar g Temperatura máxima 600# ,0 bar g de operação 900# ,2 bar g Temperatura mínima de operação -29 C Pressão de teste 600# 149 bar g hidrostático 900# 224 bar g A-A Flangeado ASME 600# B-B Flangeado ASME 900# Filtro Y com corpo em aço inoxidável fundido, projetado para atender as classes de pressão 600# e 900#, em ambientes ou fluidos agressivos. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno flangeada. Ideal para aplicações de altas pressões, em vapor ou outros fluidos industriais. 1 Corpo Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 2 Tampa Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 3 Junta da tampa Junta Espiral AI + Grafite 5 Parafuso da tampa Aço Inoxidável ASTM A 193 Gr. B8 5 Bujão de Limpeza* Aço Inoxidável ASTM A 182 F316 2", 2½", 3", 4", 6", 8", 10" e 12 Flangeado ASME B # e 900#

15 CSSX-HP2 Condições de projeto do corpo ASME B # Pressão máxima 38 C 248,2 bar g Temperatura máxima 125,5 bar g 538 C Temperatura mínima admissível -29 C Pressão máxima de 38 C 248,2 bar g Temperatura máxima de 125,5 bar g 538 C Temperatura mínima de operação -29 C Projetado para teste hidrostático com pressão de: 383 bar g Filtro Y com corpo em aço inoxidável fundido, projetado para atender a classe de pressão 1500#, em ambientes ou fluidos agressivos. Disponível com conexões flangeadas, e tampa do dreno flangeada. Ideal para aplicações de altas pressões, em vapor ou outros fluidos industriais. 1 Corpo Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 2 Tampa Aço Inoxidável ASTM A 351 Gr. CF8M 3 Junta da tampa Junta Espiral AI + Grafite 5 Parafuso da tampa Aço Inoxidável ASTM A 193 Gr. B8 6 Bujão de limpeza* Aço Inoxidável AISI 316 2", 2½", 3", 4", 6", 8", 10" e 12 Flangeado ASME B # Informações Importantes para a seleção de Filtros Y: Propriedades do fluido Interferem na perda de carga e na seleção de materiais. Pressão de Entrada e Temperatura Definem a classe de pressão do filtro. Perda de carga admissível Quanto maior a perda de carga admissível, maior a vazão máxima do filtro. Vazão requerida A vazão é diretamente proporcional à raiz quadrada da perda de carga do filtro. Diâmetro da tubulação Tubulações, quando bem dimensionadas, apresentam filtros do mesmo diâmetro ou maiores. Grau de Filtração Determina o elemento filtrante. Concentração das partículas a serem retidas Quanto maior a concentração, menor o tempo de saturação do elemento. Determina a área de filtragem, e conseqüentemente o diâmetro do filtro. Nota: para maiores detalhes consulte um engenheiro da Spirax 15

16 Filiais de Vendas Porto Alegre Av. Inconfidência, 71 sala 2 - Centro - Canoas CEP: Porto Alegre - RS Fone/Fax: (051) Curitiba Rua Marechal Deodoro, 945 4º andar Centro CEP: Curitiba - PR Fone/Fax (41) Salvador Rua André Luiz Ribeiro da Fonte, 24 Salas 202/203 Vilas do Atlântico CEP: Lauro de Freitas - BA Fone/Fax (71) Rio de Janeiro Av. das Américas, 500 Bloco 20, sala 230 Barra da Tijuca - Condomínio Downtown CEP: Rio de Janeiro - RJ Fone/Fax (21) Belo Horizonte Rua Claudio Manuel, Bairro Funcionários CEP: Belo Horizonte - MG Fone/Fax (31) Recife Rua Ribeiro de Brito, 830 sala 203 Edf. Empresarial Iberbrás- Boa Viagem CEP: Recife - PE Fone/Fax (81) São Paulo Matriz, Fábrica e Vendas Filiais São Paulo Sul, São Paulo Norte e Campinas Av. Manuel Lages do Chão, 268 Rod. Raposo Tavares Km 31 CEP: Cotia - SP Fone (11) Fax. (11) SB-F5-01 Rev01 Copyright 2009 Spirax Sarco é uma marca registrada de Spirax-Sarco Limited 16

CATÁLOGO TÉCNICO VÁLVULAS E FILTROS INDUSTRIAIS PRODUTOS COM QUALIDADE E SEGURANÇA

CATÁLOGO TÉCNICO VÁLVULAS E FILTROS INDUSTRIAIS PRODUTOS COM QUALIDADE E SEGURANÇA CATÁLOGO TÉCNICO S E FILTROS INDUSTRIAIS PRODUTOS COM QUALIDADE E SEGURANÇA ÍNDICE S FIG. PÁG. Gaveta HA FoFo FLG ANSI - 125# - V.B. 10 1 Gaveta HA FoFo FLG ANSI - 125# - V.I. 11 2 Gaveta HA WCB FLG ASME

Leia mais

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida.

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida. 1. FILTRAGEM 1/6 É o processo que tem como objetivo de separar mecanicamente sólidos de líquidos ou gases. Quando a separação se faz por meio de coalescência ou centrifugação, dizemos que se trata apenas

Leia mais

Válvulas reguladoras de pressão auto-operadas

Válvulas reguladoras de pressão auto-operadas Válvulas reguladoras de pressão autooperadas SR DIN PN 6 ANSI 300 DN 5 a 00 mm /2" a 4" SR 5R, R, 5E, E Aplicação As válvulas autooperadas reguladoras e redutoras de pressão SR 5R e SR R servem para controlar

Leia mais

SV74 Válvula de Segurança em Aço Carbono

SV74 Válvula de Segurança em Aço Carbono Página 1 de 5 BR Rev.00 Descrição SV74 Válvula de Segurança em Aço Carbono A série SV74 de válvulas de segurança em aço carbono é construída em confirmidade com a Seção I e VIII da ASME Boiler and Pressure

Leia mais

M40Fi3 ISO. Válvula Esfera Passagem Reduzida DN 1 a 6 ANSI 150 e 300

M40Fi3 ISO. Válvula Esfera Passagem Reduzida DN 1 a 6 ANSI 150 e 300 Página 1 a 6 TI-D221-02 M40Fi ISO Válvula Esfera Passagem Reduzida DN 1 a 6 ANSI 150 e 300 Descrição A válvula M40Fi ISO é uma válvula esfera de passagem reduzida, com construção monobloco, e tem montagem

Leia mais

Purgadores Termostáticos

Purgadores Termostáticos Purgadores Termostáticos FIT Nº FISO4 FISO402 FISO403 FISO404 FISO406 FISO407 FI ABL FI HP45 FI HP80 FI SP80 Modelo BP 22 BP 30 BP 40/4 SM 250 BT6 BTM7 / BTS7 ABL HP 45 HP 80 SP 80 Diâmetro /2" /2" e 3/4"

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br VD-FLUX Válvula Distribuidora de Fluxo Universal tipo Pistão * Patente PI 9702874-6 02/06/1997 A Válvula Distribuidora de Fluxo Universal Tipo Pistão VD- Flux da Detroit foi projetada e desenvolvida para

Leia mais

MATERIAIS 033453 00. 16 de Janeiro de 2013. Este CRCC substitui e cancela os anteriores. 04 de Janeiro de 2014 52.512.837/0001-13

MATERIAIS 033453 00. 16 de Janeiro de 2013. Este CRCC substitui e cancela os anteriores. 04 de Janeiro de 2014 52.512.837/0001-13 CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de Fornecedores de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS e habilitada para as especialidades indicadas conforme

Leia mais

SISTEMA ECO PIPE ALCANCE GLOBAL, SOLUÇÕES ESPECÍFICAS

SISTEMA ECO PIPE ALCANCE GLOBAL, SOLUÇÕES ESPECÍFICAS SISTEMA ECO PIPE ALCANCE GLOBAL, SOLUÇÕES ESPECÍFICAS Características técnicas: Temperatura trabalho: - C a +70 C Pressão de trabalho: -0,13 a 13 bar Material: Tubo de alumínio estrudado sem costura, passagem

Leia mais

Soluções para segurança de seu processo. Garantia de proteção do seu sistema

Soluções para segurança de seu processo. Garantia de proteção do seu sistema Soluções para segurança de seu processo Garantia de proteção do seu sistema O time que você quer ao seu lado Conheça a equipe A Spirax Sarco proporciona Conhecimento, Serviços e Produtos em todo o mundo

Leia mais

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Página1 UTILIZAÇÃO FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Para remoção de Oleína (*) em sistemas que utilizam GLP. Segundo

Leia mais

Válvulas Criogênicas. Guia de Produtos - 2011. www.qualitecinstrumentos.com.br

Válvulas Criogênicas. Guia de Produtos - 2011. www.qualitecinstrumentos.com.br Válvulas Criogênicas Guia de Produtos - 2011 Linha de Produtos Válvulas de Segurança Industriais Fluído: Gases, vapores, fluidos e refrigerantes Diâmetro: 1/4 até 2 Temperatura: -50 C (-58 F)... +225 C

Leia mais

V Á L V U L A S SÉRIE 2700

V Á L V U L A S SÉRIE 2700 V Á L V U L A S SÉRIE 2700 Válvulas de agulha compactas de alta confiabilidade e versatilidade para controle de processos e uso geral na indústria. As modernas válvulas de agulha Série 2700 da Detroit

Leia mais

VÁLVULA ESFERA MONOBLOCO LATÃO FORJADO

VÁLVULA ESFERA MONOBLOCO LATÃO FORJADO VÁLVULA MONOBLOCO LATÃO FORJADO A Válvula de Esfera Monobloco GBR, possue corpo e peça única, oferecendo segurança absoluta com vedação estanque. São construídas em latão forjado, conforme DIN 17.660,

Leia mais

Filtros. Diâmetro 3/8" à 2" 3/8" à 2" 3/8" à 2" 3/8" à 2" 1/2" à 2" 1/2" à 2" 2" à 16" 10" e 12" 1/4" e 16" 2.1/2" à 12" 2.1/2" à 12" 1/4" 1/4" à 3

Filtros. Diâmetro 3/8 à 2 3/8 à 2 3/8 à 2 3/8 à 2 1/2 à 2 1/2 à 2 2 à 16 10 e 12 1/4 e 16 2.1/2 à 12 2.1/2 à 12 1/4 1/4 à 3 Filtros FIT Nº FIS FIS04 FIS05 FIS06 FIS07 FIS08 FIS FIS3 FIS0 FIS4 SXFIS5 FIS2 FIS6 FIS7 Modelo FIG. 2 FIG. 3 FIG. 4 FIG. 6 FIG. 34 FIG. 36 I IX S SX SSX IP SF 6 Procedimento de limpeza SF iâmetro 3/8"

Leia mais

40 anos VÁLVULA BORBOLETA TRI-EXCÊNTRICA PARA SANEAMENTO PADRÃO AWWA SEDE METAL X METAL O PRODUTO CERTO PARA A SUA APLICAÇÃO

40 anos VÁLVULA BORBOLETA TRI-EXCÊNTRICA PARA SANEAMENTO PADRÃO AWWA SEDE METAL X METAL O PRODUTO CERTO PARA A SUA APLICAÇÃO 40 anos VÁLVULA BORBOLETA TRI-EXCÊNTRICA PARA SANEAMENTO PADRÃO AWWA SEDE METAL X METAL BENEFÍCIOS: Elimine as perdas de produção originadas por vazamentos em válvulas borboleta convencionais. Maximize

Leia mais

CLEARPOINT. A Qualidade do Ar Comprimido

CLEARPOINT. A Qualidade do Ar Comprimido CLEARPOINT CLEARPOINT A Qualidade do Ar Comprimido CARACTERÍSTICAS Meio A filtração efetiva para ar e gases comprimidos e essencial para quase todas as aplicações industriais. A linha CLEARPOINT da BEKO

Leia mais

Worldval Válvulas e Acessórios Industriais Ltda.

Worldval Válvulas e Acessórios Industriais Ltda. Informações gerais: Worldval Válvulas e Acessórios Industriais Ltda. Fábrica: Fone/Fax: Site : E-mail : Data da Fundação: Rua: Amélio Koga, / - Vila Invernada São Paulo - SP. (0) - worldval@worldval.com.br

Leia mais

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBME Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração,

Leia mais

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE MANUAL TÉCNICO Série: FBE Aplicação Desenvolvida para trabalhar com fluidos viscosos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração, alimentícia,

Leia mais

Catálogo Técnico. www.novema.com.br

Catálogo Técnico. www.novema.com.br Catálogo Técnico 2014 www.novema.com.br ÍNDICE VÁLVULAS: Fig. Pág. Gaveta HA FoFo FLG ANSI 125 LBS VB NVM 01 F 04 Gaveta HA FoFo FLG ANSI 125 LBS VI NVM 02 F 05 Gaveta HA WCB FLG ANSI 150 LBS NVM 03 06

Leia mais

Catálogo Técnico VÁLVULAS INDUSTRIAIS

Catálogo Técnico VÁLVULAS INDUSTRIAIS Catálogo Técnico VÁLVULAS INDUSTRIAIS VÁLVULA FERRO CLASSE GAVETA FUNDIDO 15 Válvula gaveta em ferro fundido ASTM A 16 B; classe 15 lbs; haste ascendente com rosca trapezoidal externa e castelo aparafusado

Leia mais

APT14, APT14HC e APT14SHC Purgo-Bombas Automáticas

APT14, APT14HC e APT14SHC Purgo-Bombas Automáticas 1.753.000.022 BR Rev 00 APT14, APT14HC e APT14SHC Purgo-Bombas Automáticas Manual de Instalação e Manutenção 1. Informações Gerais de Segurança 2. Informações Gerais do produto 3. Operação 4. Instalação

Leia mais

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 Selo diafragma Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 WIKA Folha técnica DS 99.27 Outras aprovações veja página 3 Aplicações Indústria de processos químicos

Leia mais

2016 Calendário de Treinamentos

2016 Calendário de Treinamentos 2016 Calendário de Treinamentos Excelente oportunidade para o seu Crescimento Profissional O Instituto Superior de Vapor oferece grandes oportunidades para o seu desenvolvimento profissional e pessoal.

Leia mais

Purgador de Bóia FTA - 550 Manual de Instalação e Manutenção

Purgador de Bóia FTA - 550 Manual de Instalação e Manutenção Purgador de Bóia FTA - 550 Manual de Instalação e Manutenção ÍNDICE Termo de Garantia 1.Descrição 2.Instalação 3.Manutenção 4.Peças de reposição 5.Informações Técnicas 1 TERMO DE GARANTIA A Spirax Sarco

Leia mais

ABV21i e ABV40i Válvulas de Descarga de Fundo Pneumáticas para Caldeira

ABV21i e ABV40i Válvulas de Descarga de Fundo Pneumáticas para Caldeira Página 1 de ABV21i e ABV40i s de Descarga de Fundo Pneumáticas para Caldeira BR Rev.00 Descrição As válvulas monobloco ABV21i e ABV40i Spirax Sarco de passagem reduzida são equipadas com atuador pneumático

Leia mais

Todas as válvulas produzidas pela Detroit, depois de montadas, são testadas hidrostaticamente em bancadas de teste.

Todas as válvulas produzidas pela Detroit, depois de montadas, são testadas hidrostaticamente em bancadas de teste. SÉRIE 75 Válvulas de agulha com haste rotativa CARACTERÍSTICAS DE CONSTRUÇÃO 1) Guia da haste ou preme gaxeta mantêm uma tolerância justa entre a haste e a porca, e um preciso alinhamento com o assento

Leia mais

VÁLVULA GLOBO DE CONTROLE SÉRIE 10

VÁLVULA GLOBO DE CONTROLE SÉRIE 10 VÁLVULA GLOBO DE CONTROLE SÉRIE 10 EXCELÊNCIA EM CONTROLE DE FLUXO 1 Válvula Globo de Controle Série 10 Características gerais As válvulas globo de controle de sede simples da série 10, produzidas pela

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

A seguir parte do material didático que é distribuído aos participantes do curso.

A seguir parte do material didático que é distribuído aos participantes do curso. A seguir parte do material didático que é distribuído aos participantes do curso. A próxima turma do curso VÁLVULAS INDUSTRIAIS está programada para o período de 16 a 19 de setembro de 2013, no Rio de

Leia mais

Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção

Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção ÍNDICE Termo de Garantia 1.Descrição 2.Instalação 3.Manutenção 4.Peças de reposição 5.Informações Técnicas 1 TERMO DE GARANTIA A Spirax

Leia mais

Válvulas de Bloqueio

Válvulas de Bloqueio Válvulas de Bloqueio FIT Nº FI-S15 FI-S15 FI-S FI-S9 FI-S159 FI-S151 FI-S1511 FI-S151 FI-S15 FI-S1519 FI-S1 FI-S151 FI-S15 FI-S1531 Modelo VMR VMF Modelo Modelo 0 Modelo 31 Modelo 0 Modelo 00 RP 31 / RP

Leia mais

Conexões, Válvulas, Bombas, Filtros e Acessórios em aço inox sanitário

Conexões, Válvulas, Bombas, Filtros e Acessórios em aço inox sanitário Metal Limpo Conexões Sanitárias Ltda. Rua Sargento Jeter Augusto Pereira,341 - CEP 02188-070 Parque Novo Mundo - São Paulo - SP Fone: + 55 (11) 2207-7476 - Fax 2636-4069 www.metallimpo.com.br - metallimpo@metallimpo.com.br

Leia mais

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC

Certificado de Registro e Classificação Cadastral - CRCC Não substitui comprovação da qualificação técnico - profissional. CERTIFICAMOS que a empresa acima identificada encontra-se regularmente inscrita no Cadastro de es de Materiais e/ou Serviços da PETROBRAS

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS COMPONENTES DO CRM COM MEDIDOR TIPO DIAFRAGMA (G4, G6, G10 ou G16) Í N D I C E D E R E V I S Õ E S USUÁRIO: CEGÁS FOLHA: 1 de 5 OBJETO: AMPLIAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL OBRA. Í N D I C E D E R E V I S Õ E S REV. DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS 0 A B EMISSÃO PARA APROVAÇÃO ATENDENDO COMENTÁRIOS

Leia mais

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide Explicação dos Tipos Válvula Solenói Todas as válvulas da Danfoss possuem agora uma signação que talha sua estrutura e operação.vários números e letras finem se a válvula é operada diretamente ou servocontrolada,

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp WIKA folha de dados DS 99.41 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA.

SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. 100% NACIONAL CATÁLOGO DE PRODUTOS POTE Pote Selagem, Condensado e Lama Pote Separador SISTEMAS DE MEDIÇÃO LTDA. www.flowmaster.com.br CAPT.1.0.2013 REV. 0.2013 A F.Master é uma empresa 100% nacional,

Leia mais

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS MANIFOLD As válvulas Manifold, produzidas pela Detroit, foram desenvolvidas e dimensionadas para tornar uma tubulação de instrumentos de diferencial de pressão mais simples, mais segura e mais confiável.

Leia mais

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado DRENO ECOLÓGICO Dreno Ecológico de Condensado O problema O ar comprimido é uma fonte de energia essencial, amplamente utilizada em toda a indústria. Por ser uma ferramenta que oferece segurança, potência

Leia mais

Fábrica de Nordborg - Dinamarca

Fábrica de Nordborg - Dinamarca Fábrica de Nordborg - Dinamarca EXPLICAÇÃO DOS TIPOS DE VÁLVULA SOLENÓIDE Todas as válvulas da Danfoss possuem agora uma designação que detalha sua estrutura e operação. Vários números e letras definem

Leia mais

Válvula Globo. Apresentação. Construção. Vantagens. Aplicações. + Adequada para aplicações em regimes severos de operação

Válvula Globo. Apresentação. Construção. Vantagens. Aplicações. + Adequada para aplicações em regimes severos de operação 517 Válvula Globo 2/2 Vias - Acionamento Manual Apresentação Válvula Globo metálica flangeada (tipo aerodinâmica), acionada manualmente por volante. Ideal para o controle ou bloqueio de fluidos como: vapor,

Leia mais

Fluind Manutenção e Comércio de Equipamentos Industriais Estrada do Varadouro, 46, Jardim Colônia CEP: 12315-020 - Jacareí/ SP-Brasil

Fluind Manutenção e Comércio de Equipamentos Industriais Estrada do Varadouro, 46, Jardim Colônia CEP: 12315-020 - Jacareí/ SP-Brasil Fluind Manutenção e Comércio de Equipamentos Industriais Estrada do Varadouro, 46, Jardim Colônia CEP: 12315-020 - Jacareí/ SP-Brasil www.fluind.com.br contato@fluind.com.br Fone: +55 12 3962-2369 PURGADORES

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada WIKA folha de dados DS 99.40 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO V Á L V U L A S MANIFOLD Série 2700 LAMINADO Índice Informações gerais... 02 Manifold de 2 vias... 04 Manifold de 3 vias... 09 Manifold de 5 vias... 12 Suporte... 15 1 As modernas válvulas Manifold Série

Leia mais

Filtros de linha para a tecnologia de processos.

Filtros de linha para a tecnologia de processos. Filtros de linha para a tecnologia de processos. Filtros de linha. Para a tecnologia de processos. Os filtros de linha HYDAC distinguem-se pela alta capacidade de filtração e manuseio simples, e contribuem

Leia mais

125/200 150/300 PN 16 PN

125/200 150/300 PN 16 PN VÁLVULAS DE BRONZE SOBRE A MIPEL Após mais de 60 anos de aperfeiçoamento e inovação, a marca Mipel é hoje tradicionalmente reconhecida como sinônimo de qualidade para válvulas de bronze. Além disso, possui

Leia mais

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev.4(4) 1/19

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev.4(4) 1/19 Rev.4(4) 1/19 ÍNDICE VÁLVULAS PARA PAINEL SÉRIES 200P 300P 400P TÓPICOS PÁGINAS 200 P* MINIVÁLVULA PARA PAINEL 3 4 300 TP MINIVÁLVULAS 3 VIAS PARA PAINEL 5 6 400 FP VÁLVULA X PARA PAINEL 7 8 400 MFAP VÁLVULA

Leia mais

420 - Série 400. Flangeadas: ISO 7005-2 (PN10 &16) Ranhuradas: ANSI C606 Rosqueadas: NPT Rosqueadas: Rp ISO 7/1 (BSP.P) Padrão das Conexões

420 - Série 400. Flangeadas: ISO 7005-2 (PN10 &16) Ranhuradas: ANSI C606 Rosqueadas: NPT Rosqueadas: Rp ISO 7/1 (BSP.P) Padrão das Conexões Bermad Brasil Válvulas e Soluções Hidráulicas Matriz: Rua Jesuíno Arruda, n 797 - Conj. 22 Itaim Bibi - São Paulo - SP - Brasil CEP: 04532-082 Fone: +55 11 3074.1199 Fax: +55 11 3074.1190 Website: www.bermad.com.br

Leia mais

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563.

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563. ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS LOTE 01 Especificar Sistema de Geração de Ar Comprimido, incluindo compressor, secador por adsorção e filtros coalescentes Diagrama Pneumático. Confirmar detalhes com equipe

Leia mais

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br UNICOMP COM. DE EQUIPAMENTOS PNEUMÁTICOS LTDA. Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site:

Leia mais

Filtrando ideias, criando inovações

Filtrando ideias, criando inovações Filtrando ideias, criando inovações Empresa QUEM SOMOS A Apexfil é uma empresa cuja a tecnologia foi desenvolvida para perfeita atuação no mercado de filtração para sistemas de lubrificação hidráulico,

Leia mais

Atlas Copco Filtros para ar comprimido DDx, PDx, QDx e QDT - simples, eficientes e confiáveis. O filtro certo para sua aplicação

Atlas Copco Filtros para ar comprimido DDx, PDx, QDx e QDT - simples, eficientes e confiáveis. O filtro certo para sua aplicação tlas Copco Filtros para ar comprimido DDx, PDx, QDx e QDT - simples, eficientes e confiáveis O filtro certo para sua aplicação Tratamento de ar - um investimento necessário O perigo oculto no ar sem tratamento

Leia mais

Informação do Produto Filtros da Linha RCS

Informação do Produto Filtros da Linha RCS Rev-00 Plug: ½ NPT Os filtros da Linha RCS são projetados para separação de água e sólidos de hidrocarbonetos em aplicação no abastecimento industrial, aeronaves e postos de gasolina. Objetivamente, os

Leia mais

Válvulas de Assento Angular em Aço Inox H2500 e H3500. automação. DIN EN ISO 9001:2008 Certificate: 01 100 039036

Válvulas de Assento Angular em Aço Inox H2500 e H3500. automação. DIN EN ISO 9001:2008 Certificate: 01 100 039036 Válvulas de Assento Angul em Aço Inox H2500 e H3500 automação DIN EN ISO 9001:2008 Certificate: 01 039036 HIGHFLYER Válvulas de Assento Angul em Aço Inox Válvulas de Assento Angul HighFlyer Modelo H2500

Leia mais

FKB INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS LTDA. VÁLVULAS GUILHOTINA VGU-08

FKB INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS LTDA. VÁLVULAS GUILHOTINA VGU-08 Descrição Geral As Válvulas Guilhotinas FKB modelo VGU-08 tem a função de controle e/ou bloqueio na vazão de fluídos, do qual foram desenvolvidos conforme norma MSS-SP81 e com design Robusto, tem como

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES Válvula de agulha Conexão roscada segundo. Asme b1 20.1 (NPT) Din 2.999 & Bs 21 Iso 228/1 & Iso 7/1 6000 Psi Padrão Fire-Safe.

ESPECIFICAÇÕES Válvula de agulha Conexão roscada segundo. Asme b1 20.1 (NPT) Din 2.999 & Bs 21 Iso 228/1 & Iso 7/1 6000 Psi Padrão Fire-Safe. 01/66 FIG.Nº.:AG-01 Bitola 1/8 á 1. Válvula de agulha Conexão roscada segundo. Asme b1 20.1 (NPT) Din 2.999 & Bs 21 Iso 228/1 & Iso 7/1 6000 Psi Padrão Fire-Safe. Nº NOMES DAS PARTES CONSTRUÇÃO 01 TRAVA

Leia mais

inox. Atualmente, válvulas solenóide servo-assistidas são usadas cada vez mais ao invés de válvulas de ação direta.

inox. Atualmente, válvulas solenóide servo-assistidas são usadas cada vez mais ao invés de válvulas de ação direta. Este artigo traz uma visão tecnológica das válvulas solenóide para aplicações com alta pressão. O uso das mesmas em fornecedoras de gás natural e, em sistemas aspersores (água-neblina) de extintores de

Leia mais

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas CATÁLOGO 800035-A sobre as fichas técnicas Os dados constantes nas fichas técnicas a seguir podem sofrer alterações sem prévio aviso. Alguns modelos possuem pequenas alterações em seus projetos construtivos,

Leia mais

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1 REV. - ABR/21 Pág- 1 Índice Vista Geral das Curvas de Desempenho...4-5 Série HBI(N) - Centrífugas Multi-estágios HBI(N) - 2...6-7 HBI(N) - 4...8-9 Série CB(I) - Centrífugas Multi-estágios CB(I) - 2...1-11

Leia mais

SVL488 Válvula de Segurança em Aço Inoxidável para Aplicações em Vapor Limpo

SVL488 Válvula de Segurança em Aço Inoxidável para Aplicações em Vapor Limpo Página 1 de 5 BR Rev.00 Válvula de Segurança em Aço Inoxidável para Aplicações em Vapor Limpo Descrição A é uma válvula de segurança em aço inoxidável, com aprovação TÜV adequada para aplicações com vapor,

Leia mais

Soluções em Troca Térmica Spirax Sarco. Garantia de eficiência do seu sistema

Soluções em Troca Térmica Spirax Sarco. Garantia de eficiência do seu sistema Soluções em Troca Térmica Spirax Sarco Garantia de eficiência do seu sistema O time que você quer ao seu lado Conheça a equipe A Spirax Sarco proporciona Conhecimento, Serviços e Produtos em todo o mundo

Leia mais

Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor

Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor Aplicação Set points de 0,2 a 20 bar com válvulas de tamanho G ½, G ¾ e G1, bem como DN15, 25, 40 e 50 Pressão

Leia mais

Válvula Globo De Passagem Reta (Tipo Y) DN 8 (1/4 ) a 80 (3 )

Válvula Globo De Passagem Reta (Tipo Y) DN 8 (1/4 ) a 80 (3 ) Válvula Globo De Passagem Reta (Tipo Y) DN 8 (/ ) a 8 ( ) A Válvula Globo Oblíqua metálica SED (também chamada de "passagem reta" ou tipo Y ), consiste de um corpo metálico de / vias tipo globo inclinado

Leia mais

ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO

ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO CONSUMO DE ENERGIA E AR COMPRIMIDO NA INDÚSTRIA Consumo de Energia 20% 50% 30% Fornec.de ar Refrigeração Outros Consumo de Ar Comprimido 10%

Leia mais

A Empresa. Unidade de Válvula em Jacarei - SP

A Empresa. Unidade de Válvula em Jacarei - SP A Empresa Unidade de Válvula em Jacarei - SP H á mais de um século, a marca Consolidated é reconhecida pela indústria como sinônimo de solução em Válvulas de Segurança e/ou Alívio. O elevado know-how e

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

Filtros de Água Potável. Manual de instalação, operação e manutenção

Filtros de Água Potável. Manual de instalação, operação e manutenção Filtros de Água Potável Manual de instalação, operação e manutenção Manual de instalação, operação e manutenção Índice Produto 2 Conheça o seu Equipamento 3 Cuidados com a instalação 4 Instalação 6 Esquema

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 Catálogo técnico Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 EV220B 15 50 é um programa universal de válvula solenoide de 2/2 vias indiretamente servo-operada. O corpo da válvula em

Leia mais

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev. 5 1/27

TRIUNION INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. www.triunion.com.br. Rev. 5 1/27 Rev. 5 1/27 ÍNDICE VÁLVULAS SÉRIES 400 1400 TÓPICO PÁGINAS 400 F VÁLVULA X 3 4 400 FA VÁLVULA ANGULAR 5 6 400 FT VÁLVULA X TUBO O.D. 7 8 400 LMF VÁLVULA X LONGA 9 10 400 M VÁLVULA X 11 12 400 MF VÁLVULA

Leia mais

Filtros para aplicações de processos

Filtros para aplicações de processos Filtros para aplicações de processos Filtros HYDAC para a técnica de processos Filtros para a técnica de processos asseguram com sua qualidade o funcionamento aumentando a vida útil de componentes, sistemas

Leia mais

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM Linha BOOSTER Agilidade, confiabilidade e eficiência BOOSTER Os compressores Schulz modelo SB, possuem como função principal elevar a pressão da rede de baixa pressão para até 40 bar (580 psi). Benefícios

Leia mais

Compressor Parafuso. Série V. alto desempenho. www.mayekawa.com.br

Compressor Parafuso. Série V. alto desempenho. www.mayekawa.com.br Parafuso Confiabilidade e alto desempenho www.mayekawa.com.br COMPRESSOR PARAFUSO Parafuso Os es Parafuso MYCOM possuem características excepcionais. Estas proporcionam máxima efi ciência, fácil operação

Leia mais

Câmara para instrumentação de nível de processo Rosemount 9901

Câmara para instrumentação de nível de processo Rosemount 9901 Folha de dados do produto Rosemount 9901 Câmara para instrumentação de nível de processo Rosemount 9901 Permite montagem externa da instrumentação de nível de processo Permite manutenção durante a operação

Leia mais

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line - PPL - é um novo sistema de tubulação de encaixe rápido projetado para todo tipo de planta de ar comprimido, bem como para outros fluidos, gases

Leia mais

Filtros T e ROTOFILTERS

Filtros T e ROTOFILTERS Introdução O entupimento de emissores (gotejadores, microaspersores e tubo gotejadores) é a mais importante limitação dos sistemas de irrigação localizada. A dimensão da passagem de água destes componentes

Leia mais

Apresentação. A Aceflan Acessórios Industriais Ltda. é uma empresa com mais de 20 anos no

Apresentação. A Aceflan Acessórios Industriais Ltda. é uma empresa com mais de 20 anos no Apresentação A Aceflan Acessórios Industriais Ltda. é uma empresa com mais de 20 anos no mercado, sempre atuando no segmento de acessórios para tubulação, tais como: Curvas, Tês, Flanges, Reduções, Válvulas,

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS Índice 1.0 Conexões Pneumática Instantâneas...... 4 1.1 - Redutores... 7 1.2 Válvulas Manuais... 8 2.0 Acessórios Pneumáticos... 8 3.0 Válvulas Mecânicas... 10 3.1 Piloto... 10 3.2

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 299

Norma Técnica SABESP NTS 299 Norma Técnica SABESP NTS 299 Válvula Redutora de Pressão Tipo Globo - DN 50 a 600 Especificação São Paulo Fevereiro 2014 NTS : Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1 INTRODUÇÃO...1 2 OBJETIVO...1

Leia mais

Recomendações para aumento da confiabilidade de junta de expansão de fole com purga de vapor

Recomendações para aumento da confiabilidade de junta de expansão de fole com purga de vapor Recomendações para aumento da confiabilidade de junta de expansão de fole com purga de vapor 1. Junta de expansão de fole com purga de vapor d água Em juntas de expansão com purga da camisa interna, para

Leia mais

SAN.T.IN.PR 143. Projeto e Instalação de Válvulas de Controle e Macromedidores 1. FINALIDADE

SAN.T.IN.PR 143. Projeto e Instalação de Válvulas de Controle e Macromedidores 1. FINALIDADE 1 / 8 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. PROCEDIMENTOS GERAIS 5. CONSIDERAÇÕES GERAIS 6. REFERÊNCIAS 7. ANEXOS 1. FINALIDADE Este procedimento define diretrizes básicas

Leia mais

FITCDSXS 99-2000 - Spirax Sarco

FITCDSXS 99-2000 - Spirax Sarco FITSXS 99000 Spirax Sarco Purgadores Monitoramento de Purgadores ombas de ondensado cessórios Filtros Rotativos ontrole de Pressão e Temperatura Válvulas de Segurança Medidores de Vazão ontroladores e

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com.

CATÁLOGO DE PRODUTOS. Rua Des. Antonio de Paula, 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br www.acossulnorte.com. F o n e : ( 4 1 ) 3 0 9 1-6 9 0 0 Rua Des. Antonio de Paula 848 Boqueirão Curitiba PR acossulnorte@acossulnorte.com.br w w w. a c o s s u l n o r t e. c o m. b r CATÁLOGO DE PRODUTOS MATRIZ BARRAS CANTONEIRAS

Leia mais

Válvulas de esfera Série 7C

Válvulas de esfera Série 7C Estimado para 6000 psi Válvulas de esfera Série 7C Múltiplos tamanhos de conexão Baixo torque de operação Segurança. Integridade. Confiabilidade. HOKE Válvula de esfera Série 7C A Válvula de esfera da

Leia mais

VÁLVULAS VÁLVULAS DE BLOQUEIO

VÁLVULAS VÁLVULAS DE BLOQUEIO VÁLVULAS VÁLVULAS DE BLOQUEIO Gaveta Esfera VÁLVULAS DE REGULAGEM Globo Agulha Borboleta Diafragma VÁLVULAS QUE PERMITEM O FLUXO EM UM SÓ SENTIDO Retenção VÁLVULAS CONTROLE PRESSÃO DE MONTANTE Segurança

Leia mais

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz Linha ConectAR Tubos e Conexões com Qualidade Schulz O constante crescimento da indústria, dos processos tecnológicos e o forte impulso da automação industrial, exigem instalações de ar comprimido, eficientes,

Leia mais

VÁLVULAS INDUSTRIAIS

VÁLVULAS INDUSTRIAIS VÁLVULAS DE BRONZE VÁLVULAS INDUSTRIAIS Haste Não Ascendente Fig. 601/602 Haste Não Ascendente Fig. 600 Haste Ascendente Fig. 603 Tampa roscada externamente ao corpo até 3 na medida de 4 Corpo, tampa e

Leia mais

Bipartida Axialmente

Bipartida Axialmente Linha BP BI-PARTIDA ROTOR DE DUPLA SUCÇÃO Bipartida Axialmente Soluções em Bombeamento INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas da linha BP de nossa fabricação. Nele constam

Leia mais

Soluções em Bombeamento

Soluções em Bombeamento Linha INI www.imbil.com.br 3 4 www.imbil.com.br 3 2 1 MCA 4 3 2 4-1 4 1 2 3 1 2 3 1 3 MCA 2 1 32-.1 2 1 2 3 1 2 3 www.imbil.com.br Modelos Cavalete Largura do rotor Unidade mm 32-32- 9 32-2 4-4- 4-2 -

Leia mais

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo As válvulas automáticas são utilizadas em processos de automação ou acionamento remoto para controle de fluxo de líquidos e gases, e também nos processos de dosagem

Leia mais

Hidráulico. Filtros. TECNOLOGIA EM FILTRAÇÃO Fone: +55 11 3437-5833 - vendas@filtrosbarra.com.br. õ u

Hidráulico. Filtros. TECNOLOGIA EM FILTRAÇÃO Fone: +55 11 3437-5833 - vendas@filtrosbarra.com.br. õ u Os itens não encontrados nesse catálogo podem ser pesquisados em nosso site. www.filtrosbarra.com.br Filtros Hidráulico es õ ç IS u l S o Oagem L filtr 967 Gm e sde 1 de TENOLOGI EM FILTRÇÃO Fone: +55 11

Leia mais

Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T. Manual de Instruções 810769-01. P o r t u g u ê s

Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T. Manual de Instruções 810769-01. P o r t u g u ê s Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T P o r t u g u ê s Manual de Instruções 810769-01 Índice Pág. Informações Importantes Utilização... 3 Instruções de segurança... 3 Perigo... 3 Atenção...

Leia mais

PNEUMÁTICA. Enroladores de mangueiras e de cabos. Desempenho superior, design durável e facilidade de uso

PNEUMÁTICA. Enroladores de mangueiras e de cabos. Desempenho superior, design durável e facilidade de uso PNEUMÁTICA Enroladores de mangueiras e de cabos Desempenho superior, design durável e facilidade de uso 2 Para uso profissional em ambientes industriais. Satisfação das necessidades dos ambientes de trabalho

Leia mais

Uma extensa gama de válvulas de macho esférico, adequada a uma vasta variedade de aplicações industriais

Uma extensa gama de válvulas de macho esférico, adequada a uma vasta variedade de aplicações industriais ma extensa gama de válvulas de macho esférico, adequada a uma vasta variedade de aplicações industriais Caraterísticas A gama inclui designs de válvulas de macho esférico de uma, duas e três peças, com

Leia mais

BK 45 BK 45U. Manual de Instruções 810734-01 Purgador de Condensado BK 45, BK 45U

BK 45 BK 45U. Manual de Instruções 810734-01 Purgador de Condensado BK 45, BK 45U BK 45 BK 45U Manual de Instruções 810734-01 Purgador de Condensado BK 45, BK 45U 1 Indíce Advertências Importantes Página Aplicação...6 Segurança...6 Perigo...6 Classificação de acordo com artigo 9 da

Leia mais

BOMBAS PNEUMÁTICAS DE DUPLO DIAFRAGMA MAXPNEUMATIC

BOMBAS PNEUMÁTICAS DE DUPLO DIAFRAGMA MAXPNEUMATIC www.bomax.com.br ISO BOMBAS PNEUMÁTICAS DE DUPLO DIAFRAGMA MAXPNEUMATIC Reservamo-nos o direito de alterar as informações deste folheto sem prévio aviso. Fotos meramente ilustrativas (Agosto/2015) 1 Características

Leia mais