Capítulo 8 Introdução a redes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capítulo 8 Introdução a redes"

Transcrição

1 Linux Essentials 450 Slide - 1 Capítulo 8 Quando falamos de redes de computadores, estamos falando de muitos hosts interconectados por alguns aparelhos especiais chamados roteadores. Vamos aprender um pouco mais sobre isso nesse capítulo.

2 Linux Essentials 450 Slide - 2 Objetivos de computadores; Conceitos básicos de confgurações de redes Unix ; A importância de alguns elementos das redes de computadores.

3 Linux Essentials 450 Slide - 3 Sistema operacional de redes Os sistemas da família UNIX, são intrinsecamente sistemas desenvolvidos para serem utilizados em redes de computadores. Nas provas da LPI é de grande importância dominar alguns assuntos. Confgurar a rede Subnet's Ip's Públicos e Privados

4 Linux Essentials 450 Slide - 4 Mas afnal o que é a rede? Internet? TCP/IP Como tudo começou? Vamos ver um vídeo:

5 Linux Essentials 450 Slide - 5 The warriors of the net!

6 Linux Essentials 450 Slide - 6 Sabendo de tudo isso Hubs Routers Switchs Gateways Proxys

7 Linux Essentials 450 Slide - 7 Elementos fundamentais para confguração de rede Endereço IP Mascara de rede Endereço de rede Endereço de BroadCast Gateway

8 Linux Essentials 450 Slide - 8 IP's Publicos e Privados NAT Network Address Translation Esgotamento de IP's v4 E sobre IPv6?

9 Linux Essentials 450 Slide - 9 IP's Publicos e Privados - Classes Papel da mascara de rede Mask Bin Classe A Classe B Classe C

10 Linux Essentials 450 Slide - 10 IP's Privados Classe A até Classe B até Classe C até

11 Linux Essentials 450 Slide - 11 IP's Privados

12 Linux Essentials 450 Slide - 12 O loopback Pra quê precisamos dele? localhost

13 Linux Essentials 450 Slide - 13 O loopback Fique atento ao conceito de loopback e seus endereços. Algumas vezes podemos ver que o loopback é tratado pelo endereço , faça o teste: $ ping

14 Linux Essentials 450 Slide - 14 Entendendo a Rede

15 Linux Essentials 450 Slide - 15 Mão na massa Verifcando interfaces com mii-tool #mii-tool

16 Linux Essentials 450 Slide - 16 MiiiiiiiiiiiiiaUUUUUUU!! Você sabia que podemos manipular o modo de funcionamento da nossa placa de rede entre DUPLEX, HALF DUPLEX e SIMPLEX? Com o comando mii-tool vamos alterar para HALF-DUPLEX : $mii-tool -F 100baseTx-HD

17 Linux Essentials 450 Slide - 17 Mão na massa Confgurando endereços de rede #ifconfg <interface> IP #ifconfg <interface> 0 Note que se a máscara for padrão, ela é confgurada automáticamente

18 Linux Essentials 450 Slide - 18 Ifconfg O comando ifconfg possui muitas opções. Dentre elas algumas muito interessantes como: $ ifconfg -a O comando acima mostra todas as interfaces disponíveis no sistema.

19 Linux Essentials 450 Slide - 19 Mão na massa Pingando os colegas $ ping <IP>

20 Linux Essentials 450 Slide - 20 Mas como eu ping em Bradcast Para pingar em broadcast basta usar a fag -b junto com o endereço da rede, por exemplo:: $ ping -b Percebam que nenhuma máquina responde, pois na nossa distribuição, o Debian, essa opção é desabilitada por padrão. Para habilitar a resposta de ping broadcast : sysctl net.ipv4.icmp_echo_ignore_broadcasts=0

21 Linux Essentials 450 Slide - 21 Mas como eu ping em Bradcast Para pingar em broadcast basta usar a fag -b junto com o endereço da rede, por exemplo:: $ ping -b Percebam que nenhuma máquina responde, pois na nossa distribuição, o Debian, essa opção é desabilitada por padrão. Para habilitar a resposta de ping broadcast : sysctl net.ipv4.icmp_echo_ignore_broadcasts=0

22 Linux Essentials 450 Slide - 22 O arquivo hosts Lista de nomes associados a números # vim /etc/hosts IP nome instrutor

23 Linux Essentials 450 Slide - 23 Falando em hostname O nome da máquina é essencial para o correto funcionamento de diversos serviços # vim /etc/hostname micro1 #hostname micro1

24 Linux Essentials 450 Slide - 24 FQDN Quando precisamos trabalhar com servidores que usam nomes, precisamos saber o signifcado da sigla FQDN. Fully Qualifed Domain Name O FQDN é formado por: hostname.domainname Para ver nosso FQDN, execute: $ hostname -f

25 Linux Essentials 450 Slide - 25 Falando em hostname FQDN FULLY QUALIFIED DOMAIN NAME # vim /etc/hosts hostname.domainname hostname micro1.4linux.com.br micro1

26 Linux Essentials 450 Slide - 26 Confgurando o gateway Porta de saída Alguém que conhece outras redes # route -n Para adicionar um gateway padrão: # route add default gw <IP>

27 Linux Essentials 450 Slide - 27 Confgurando o gateway Já estamos na internet????? # ping É preciso compreender que a internet é baseada em números, ou seja, o DNS não faz parte da confguração primária da rede. Sim, Já estamos na rede =D

28 Linux Essentials 450 Slide - 28 Confgurando o DNS Ninguém anda com listas de IP's no caderno # vim /etc/resolv.conf nameserver

29 Linux Essentials 450 Slide - 29 Confgurando a rede, arquivos. # vim /etc/network/interfaces auto eth0 iface eth0 inet dhcp auto eth0 iface eth0 inet static address x netmask broadcast network gateway

30 Linux Essentials 450 Slide - 30 Confgurando a rede, arquivos. No Red Hat Isso muda: /etc/sysconfg/network $service network restart

31 Linux Essentials 450 Slide - 31 Confgurando a rede, arquivos. # /etc/nsswitch.conf Network Service Switch Determina a ordem na qual os usuários são buscados no sistema.

32 Linux Essentials 450 Slide - 32 Confgurando a rede # ifup ethx Ativa determinada placa de rede # ifdown ethx Desativa determinada placa de rede

33 Linux Essentials 450 Slide - 33 ARP e RARP ARP converte IP em MAC Address RARP Converte MAC ADDRESS em IP # arp -n

34 Linux Essentials 450 Slide - 34 Exercícios:

35 Linux Essentials 450 Slide - 35 Respostas dos Exercícios 1. Determinar em qual rede o host se encontra 2. ifconfg, ifup Fazer o papel de meio de campo entre duas redes. É uma porta de saída. 5. /etc/resolv.conf, adicionando mais uma linha com um DNS secundário.

36 Linux Essentials 450 Slide - 36 Respostas do Laboratório ifconfg ethx:redeb <IP> 3. ping <IP>

37 Linux Essentials 450 Slide - 37 Conclusão Aptidão para montar um rede simples composta de máquinas GNU/Linux com os mais diversos tipos de distro's. O aluno também estará apto para confgurar interfaces especiais com 2 endereços afm de participar de mais redes. No próximo capítulo iremos estudar os dispositivos que utilizamos no GNU/Linux.

Confguração básica da rede

Confguração básica da rede Confguração básica da rede www.4linux.com.br - Sumário Capítulo 1 Confguração básica da rede...3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 13 2.1. Objetivos... 13 2.2. Troubleshooting...

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede Sistemas Operacionais de Rede Configuração de Rede Conteúdo Programático! Interfaces de rede! Ethernet! Loopback! Outras! Configuração dos parâmetros de rede! Dinâmico (DHCP)! Manual! Configuração de DNS

Leia mais

Configuração de Rede

Configuração de Rede Configuração de Rede Introdução Quando uma interface de rede comum, que utiliza o padrão de rede Ethernet, é reconhecida no sistema (seja na inicialização ou acionando o módulo desta interface), o sistema

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia,

Leia mais

Alfamídia Linux: Administração de Redes em ambiente Linux I

Alfamídia Linux: Administração de Redes em ambiente Linux I Alfamídia Linux: Administração de Redes em ambiente Linux I UNIDADE 1 - CONCEITOS BÁSICOS DE REDES... 3 1.1 TCP/IP - O INÍCIO... 3 1.2 ENTENDENDO O IP... 3 1.3 ENTENDENDO O GATEWAY DE REDE... 5 1.4 O SERVIDOR

Leia mais

Configuração endereço IP da interface de rede

Configuração endereço IP da interface de rede Configuração endereço IP da interface de rede Download Imprimir Para configurar a interface de sua placa de rede como DHCP para obter um endereço IP automático ou especificar um um endereço IP estático

Leia mais

Configuração de redes no Gnu/Linux

Configuração de redes no Gnu/Linux Configuração de redes no Gnu/Linux Comando ifconfig: É utilizado basicamente para configurar o ip, a mascara de rede e outras opções de placas de rede. Rodado sem opções ele retorna todas as placas de

Leia mais

O que é uma rede de computadores?

O que é uma rede de computadores? O que é uma rede de computadores? A rede é a conexão de duas ou mais máquinas com objetivo de compartilhar recursos entre elas. Os recursos compartilhados podem ser: Compartilhamento de conteúdos do disco

Leia mais

Troubleshooting em rede básica

Troubleshooting em rede básica Troubleshooting em rede básica - 2 Sumário Capítulo 1 Troubleshooting em rede básica... 3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 14 2.1. Objetivos... 14 2.1. Troubleshooting...

Leia mais

Administração de Redes Redes e Sub-redes

Administração de Redes Redes e Sub-redes 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA Administração de Redes Redes e Sub-redes Prof.

Leia mais

Sistemas Operacionais de Redes. Aula: Gerenciamento de rede Professor: Jefferson Igor D. Silva

Sistemas Operacionais de Redes. Aula: Gerenciamento de rede Professor: Jefferson Igor D. Silva Sistemas Operacionais de Redes Aula: Gerenciamento de rede Professor: Jefferson Igor D. Silva Agenda Conhecer o funcionamento do mecanismo de rede Configurar as configurações básicas de rede Compreender

Leia mais

Uso de Bridges Linux no Controle de Tráfego entre Sub Redes em Uma Mesma Rede Lógica

Uso de Bridges Linux no Controle de Tráfego entre Sub Redes em Uma Mesma Rede Lógica Uso de Bridges Linux no Controle de Tráfego entre Sub Redes em Uma Mesma Rede Lógica Ricardo Kléber M. Galvão (rk@ufrn.br) http://naris.info.ufrn.br Núcleo de Atendimento e Resposta a Incidentes de Segurança

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers TCP/IP Parte 2 Linux Network Servers Objetivo: Conhecer mais de TCP/IP, mais sobre os arquivos de configuração e configuração de subredes. Aprender ARP e monitoração de tráfego com iptraf e usar o tcpdump.

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Uma Rede de Computadores consistem em dois ou mais dispositivos, tais como computadores, impressoras e equipamentos relacionados, os

Leia mais

Configurando um servidor DHCP

Configurando um servidor DHCP Configurando um servidor DHCP OBS.: Esse documento retrata uma configuração em uma rede do tipo rede local (192.168.xx.xx), onde existe um servidor contendo duas interfaces de rede, eth0 e eth1. Hoje em

Leia mais

Fundamentos dos protocolos internet

Fundamentos dos protocolos internet Fundamentos dos protocolos internet - 2 Sumário Capítulo 1 Fundamentos dos protocolos internet...3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 14 2.1. Objetivos... 14 2.2. Troubleshooting...

Leia mais

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET - WIRELESS Configuração de redes - wireless Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Configuração de Redes www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O Linux foi criado por Linus Torvalds em 1991, na época em

Leia mais

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação.

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação. Protocolo TCP/IP PROTOCOLO é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas para uma comunicação a língua comum a ser utilizada na comunicação. TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO,

Leia mais

Curso Técnico em Informática. Informática Aplicada Instrutor Rafael Barros Sales

Curso Técnico em Informática. Informática Aplicada Instrutor Rafael Barros Sales Curso Técnico em Informática Informática Aplicada Instrutor Rafael Barros Sales Serviços de Rede Windows Apesar do prompt de comando ser muitas vezes marginalizado e relegado a segundo plano, o Windows

Leia mais

Instalação e Configuração Servidor DNS

Instalação e Configuração Servidor DNS Instalação e Configuração Servidor DNS Instalação e Configuração Servidor DNS Passo Nº 1 Conferir o nome da máquina ( já configurado no passo Servidor Configuração DHCP ). # nano /etc/hostname Passo Nº

Leia mais

PROJETO INTERDISCIPLINAR I

PROJETO INTERDISCIPLINAR I PROJETO INTERDISCIPLINAR I Linux e LPI www.lpi.org João Bosco Teixeira Junior boscojr@gmail.com Certificação LPIC-1 Prova 102 105 Shell, Scripting, e Gerenciamento de Dados 106 Interface com usuário e

Leia mais

Aula 2 Servidor DHCP. 2.1 dhcp

Aula 2 Servidor DHCP. 2.1 dhcp Aula 2 Servidor DHCP 2.1 dhcp DHCP é abreviação de Dynamic Host Configuration Protocol Protocolo de Configuração de Host (computadores) Dinâmico.Em uma rede baseada no protocolo TCP/IP, todo computador

Leia mais

Configuração de Rede Prof. João Paulo de Brito Gonçalves

Configuração de Rede Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Configuração de Rede Prof. João Paulo de Brito Gonçalves CONFIGURAÇÃO DE REDE A configuração de rede envolve, em

Leia mais

Máscaras de sub-rede. Fórmula

Máscaras de sub-rede. Fórmula Máscaras de sub-rede As identificações de rede e de host em um endereço IP são diferenciadas pelo uso de uma máscara de sub-rede. Cada máscara de sub-rede é um número de 32 bits que usa grupos de bits

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers DHCP Podemos configurar a rede de um cliente para obter IP dinamicamente ou configurar um IP estático. Encontramos configuração dinâmica em modems de banda larga, redes Wi-Fi etc, pois é mais prático para

Leia mais

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian.

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Pré requisitos para pratica desse tutorial. Saber utilizar maquina virtual no virtual Box ou vmware. Saber instalar ubuntu ou debian na maquina virtual.

Leia mais

Universidade Católica de Brasília Pró-reitoria de Graduação Curso de Ciência da Computação

Universidade Católica de Brasília Pró-reitoria de Graduação Curso de Ciência da Computação Universidade Católica de Brasília Pró-reitoria de Graduação Curso de Ciência da Computação INTRODUÇÃO 6 LABORATÓRIO DE REDES DE COMPUTADORES Serviços Básicos de Rede DNS Para o correto funcionamento de

Leia mais

Redes de Computadores. Protocolo IP

Redes de Computadores. Protocolo IP Redes de Computadores Protocolo IP Sumário! Endereços IP Classes de endereços Tipos de endereços Endereços especiais Máscaras Redes privadas Endereçamento IP dinâmico 2 Esquema de endereçamento IPv4! Endereços

Leia mais

Instalação e Configuração de Servidores Linux Server Configuração de Rede. Prof. Alex Furtunato

Instalação e Configuração de Servidores Linux Server Configuração de Rede. Prof. Alex Furtunato Instalação e Configuração de Servidores Linux Server Configuração de Rede Prof. Alex Furtunato alex.furtunato@academico.ifrn.edu.br Roteiro Introdução Números IPs Interfaces de rede Interface de loopback

Leia mais

Gerenciamento de Redes Linux. Linux configuração de rede

Gerenciamento de Redes Linux. Linux configuração de rede Gerenciamento de Redes Linux Linux configuração de rede As interfaces de rede no GNU/Linux estão localizadas no diretório /dev e a maioria é criada dinamicamente pelos softwares quando são requisitadas.

Leia mais

Administrando o sistema linux TCP/IP

Administrando o sistema linux TCP/IP TCP/IP Principais Ferramentas para Redes - ifconfig Configura Interfaces (ethernet, atm, tun, pppoe e etc.) Ex.: ifconfig eth0 192.168.0.10 netmask 255.255.255.0 ifconfig eth0 ifconfig eth0 up ifconfig

Leia mais

QUAL O PROCEDIMENTO PARA CONFIGURAR AS IMPRESSORAS DE REDE BROTHER EM UM SISTEMA DEC TCP / IP para VMS (UCX) Procedimento

QUAL O PROCEDIMENTO PARA CONFIGURAR AS IMPRESSORAS DE REDE BROTHER EM UM SISTEMA DEC TCP / IP para VMS (UCX) Procedimento Procedimento Visão geral Antes de usar a máquina Brother em um ambiente de rede, você precisa instalar o software da Brother e também fazer as configurações de rede TCP/IP apropriadas na própria máquina.

Leia mais

O endereço IP (v4) é um número de 32 bits com 4 conjuntos de 8 bits (4x8=32). A estes conjuntos de 4 bits dá-se o nome de octeto.

O endereço IP (v4) é um número de 32 bits com 4 conjuntos de 8 bits (4x8=32). A estes conjuntos de 4 bits dá-se o nome de octeto. Endereçamento IP Para que uma rede funcione, é necessário que os terminais dessa rede tenham uma forma de se identificar de forma única. Da mesma forma, a interligação de várias redes só pode existir se

Leia mais

Curso de extensão em Administração de serviços GNU/Linux

Curso de extensão em Administração de serviços GNU/Linux Curso de extensão em Administração de serviços GNU/Linux Italo Valcy - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia Administração

Leia mais

Redes de Computadores. Guia de Laboratório Configuração de Redes

Redes de Computadores. Guia de Laboratório Configuração de Redes Redes de Computadores LEIC-T 2012/13 Guia de Laboratório Configuração de Redes Objectivos O objectivo do trabalho consiste em configurar uma rede simples usando o sistema Netkit. O Netkit é um emulador

Leia mais

Capítulo 17 - Configurações de redes

Capítulo 17 - Configurações de redes - Configurações de redes - 253 Capítulo 17 - Configurações de redes 17.1. Objetivos: Entender e configurar uma rede com Linux. - Configurações de redes - 254 17.2. Introdução A configuração de rede em

Leia mais

L A B O RATÓRIO DE REDES

L A B O RATÓRIO DE REDES L A B O RATÓRIO DE REDES TRÁFEGO, ENQUADRAMEN TO, DEFAU LT G A TEWA Y E ARP. VALE 2,0 P ONT OS. INTRODUÇÃO AO LABORATÓRIO Nosso laboratório é composto de três hosts Linux, representados pelo símbolo de

Leia mais

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux Curso de extensão em - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia Todo o material aqui disponível pode, posteriormente,

Leia mais

3) Na configuração de rede, além do endereço IP, é necessário fornecer também uma máscara de subrede válida, conforme o exemplo:

3) Na configuração de rede, além do endereço IP, é necessário fornecer também uma máscara de subrede válida, conforme o exemplo: DIRETORIA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DOS CURSOS DA ÁREA DE INFORMÁTICA! Atividade em sala de aula. 1) A respeito de redes de computadores, protocolos TCP/IP e considerando uma rede

Leia mais

Aula prática. Objetivo IPCONFIG. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br. Informa a configuração atual de rede da máquina;

Aula prática. Objetivo IPCONFIG. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br. Informa a configuração atual de rede da máquina; Aula prática Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Objetivo Nesta aula, você aprenderá a utilizar alguns utilitários de rede que podem ajudá-lo a identificar problemas na rede. No windows existem

Leia mais

Na Figura a seguir apresento um exemplo de uma "mini-tabela" de roteamento:

Na Figura a seguir apresento um exemplo de uma mini-tabela de roteamento: Tutorial de TCP/IP - Parte 6 - Tabelas de Roteamento Por Júlio Cesar Fabris Battisti Introdução Esta é a sexta parte do Tutorial de TCP/IP. Na Parte 1 tratei dos aspectos básicos do protocolo TCP/IP. Na

Leia mais

Redes de Computadores II INF-3A

Redes de Computadores II INF-3A Redes de Computadores II INF-3A 1 ROTEAMENTO 2 Papel do roteador em uma rede de computadores O Roteador é o responsável por encontrar um caminho entre a rede onde está o computador que enviou os dados

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus: Campo Mourão

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus: Campo Mourão Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus: Campo Mourão Professor Rafael Henrique Dalegrave Zottesso E-mail rafaelzottesso@utfpr.edu.br Site http://www.zottesso.com/disciplinas/rc24b0/ Disciplina

Leia mais

Bom pessoal, há muito tempo tenho o interesse em criar esse tutorial. Me sobrou um tempinho então fui a batalha para ajudar os amigos.

Bom pessoal, há muito tempo tenho o interesse em criar esse tutorial. Me sobrou um tempinho então fui a batalha para ajudar os amigos. Tutorial de criação de sub-redes básico e estudo simples de rede. ThiagoFW Bom pessoal, há muito tempo tenho o interesse em criar esse tutorial. Me sobrou um tempinho então fui a batalha para ajudar os

Leia mais

cio Roteamento Linux

cio Roteamento Linux Exercício cio Roteamento Linux Edgard Jamhour Exercícios práticos para configuração de roteamento usando Linux Esses exercícios devem ser executados através do servidor de máquinas virtuais: espec.ppgia.pucpr.br

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Criado por: Flavio Henrique Somensi flavio@opens.com.br Revisão: qui, 25 de abril de 2013 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4

Leia mais

DHCP. Definindo DHCP: Fundamentação teórica do DHCP. Esquema visual

DHCP. Definindo DHCP: Fundamentação teórica do DHCP. Esquema visual Definindo DHCP: DHCP O DHCP é a abreviatura de Dynamic Host Configuration Protocol é um serviço utilizado para automatizar as configurações do protocolo TCP/IP nos dispositivos de rede (computadores, impressoras,

Leia mais

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior.

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior. Introdução ao TCP/IP(TCP (Transmission Control Protocol) e IP(InternetProtocol) ) Objetivo Para que os computadores de uma rede possam trocar informações entre si é necessário que todos os computadores

Leia mais

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export Configurando Proxy Debian Abra o arquivo /etc/profile: #nano /etc/profile No final do arquivo, adicione as seguintes linhas: export http_proxy=http://172.16.3.1:3128 export https_proxy=http://172.16.3.1:3128

Leia mais

Segurança em Redes e Sistemas Operacionais

Segurança em Redes e Sistemas Operacionais Segurança em Redes e Sistemas Operacionais Segurança - ale.garcia.aguado@gmail.com 1 Agenda Preparação do Ambiente Como é o Ambiente em que vamos trabalhar? Visão Macro Passos... Segurança - ale.garcia.aguado@gmail.com

Leia mais

Entendendo como funciona o NAT

Entendendo como funciona o NAT Entendendo como funciona o NAT Vamos inicialmente entender exatamente qual a função do NAT e em que situações ele é indicado. O NAT surgiu como uma alternativa real para o problema de falta de endereços

Leia mais

Tópicos Especiais em Informática

Tópicos Especiais em Informática Tópicos Especiais em Informática DCHP Prof. Ms.-Eng. Igor Sousa Faculdade Lourenço Filho 5 de novembro de 2014 igorvolt@gmail.com (FLF) Tópicos Especiais em Informática 5 de novembro de 2014 1 / 14 Introdução

Leia mais

Configurando a rede no Linux

Configurando a rede no Linux Configurando a rede no Linux Interface de rede Na maioria dos computadores com Sistemas Operacionais Linux ou UNIX, a interface de rede é uma placa de rede Ethernet (que responde a serviços da camada de

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Revisão: Seg, 21 de Março de 2011 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4 1.1. Pré Requisitos...4 1.2. Na Prática...4 1.2.1. Download...4

Leia mais

A Camada de Rede. Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II

A Camada de Rede. Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II A Camada de Rede Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II A Camada de Rede e o protocolo IP... 2 O protocolo IP... 2 Formato do IP... 3 Endereçamento IP... 3 Endereçamento com Classes

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 2 - DHCP

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 2 - DHCP Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 2 - DHCP Prof.: Roberto Franciscatto O que é? Dynamic Host Configuration Protocol Qual sua função? Distribuir endereços IP aos micros da rede de

Leia mais

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento 1º passo - Acessar Virtual Box plataforma criada dispositivos pasta compartilhadas clicar no botão + no canto direito escolher destino ( Desktop)

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Sumário 1. Fundamentos e Infraestrutura de Redes de Computadores... 5 1.1. Laboratório 01 IP... 6 1.2. Laboratório 02 IP... 8 1.3. Laboratório 03 DHCP... 10 1.4. Laboratório 04 NAT... 13 1.5. Laboratório

Leia mais

Configuração de Rede

Configuração de Rede Configuração de Rede 1. Configuração de rede no Windows: A finalidade deste laboratório é descobrir quais são as configurações da rede da estação de trabalho e como elas são usadas. Serão observados a

Leia mais

Rede sem Estresse Adicionar máquinas à uma rede significa muito trabalho com a configuração inicial. Uma solução centralizada,

Rede sem Estresse Adicionar máquinas à uma rede significa muito trabalho com a configuração inicial. Uma solução centralizada, para redes locais Rede sem Estresse Adicionar máquinas à uma rede significa muito trabalho com a configuração inicial. Uma solução centralizada, utilizando um servidor DHCP para atribuição automática de

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA FUNDAMENTOS DE REDES REDES DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Material elaborado com base nas apresentações

Leia mais

Endereçamento. Endereço IP. Exemplo. Endereço IP. Como verificar? Certo ou errado? 13/12/2011

Endereçamento. Endereço IP. Exemplo. Endereço IP. Como verificar? Certo ou errado? 13/12/2011 Endereçamento Luciana Balieiro Cosme Permite identificar unicamente um equipamento na rede; O endereço IP não pode ser arbitrariamente atribuído; Cada rede possui uma faixa de endereços que podem ser distribuídos

Leia mais

Emulação de redes IPv6. GTER 26 7 de novembro de 2008 Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br

Emulação de redes IPv6. GTER 26 7 de novembro de 2008 Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Emulação de redes IPv6 GTER 26 7 de novembro de 2008 Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda Motivação Softwares para simulação O NetKit Instalando... Máquinas virtuais... Laboratórios... Exemplo: Simulando

Leia mais

UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo,

UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo, Laboratório de Redes. Domain Name Service - DNS Pedroso 4 de março de 2009 1 Introdução UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo, problemas com o DNS são interpretados

Leia mais

DHCP. Administração de Redes de Computadores Prof.ª Juliana Camilo 6080822 Ângelo, Bryan, Carlos, Vinícius

DHCP. Administração de Redes de Computadores Prof.ª Juliana Camilo 6080822 Ângelo, Bryan, Carlos, Vinícius DHCP Administração de Redes de Computadores Prof.ª Juliana Camilo 6080822 Ângelo, Bryan, Carlos, Vinícius Histórico O termo DHCP significa Dynamic Host Configuration Protocol Começou a se tornar popular

Leia mais

LOADBALANCE DEBIAN LENNY.

LOADBALANCE DEBIAN LENNY. LOADBALANCE DEBIAN LENNY. Para esta configuração estarei usando quatro maquinas com Debian lenny 5.04, das quais duas estarão com heartbeat e ldirectord, balanceando os servidores web com apache2. O heartbeat

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Jonas Willian R Aureliano Resumo prático Professor: Jonas Willian ROTEIRO Arquivo sources.list; Comando apt-get; Arquivo hostname; Arquivo interfaces; ARQUIVO SOURCES.LIST Este é

Leia mais

A camada de rede do modelo OSI

A camada de rede do modelo OSI A camada de rede do modelo OSI 1 O que faz a camada de rede? (1/2) Esta camada tem como função principal fazer o endereçamento de mensagens. o Estabelece a relação entre um endereço lógico e um endereço

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Introdução: Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Prezados leitores, esta é a primeira parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo

Leia mais

Um sistema de comunicação necessita de um método de identificação de seus computadores. Numa rede TCP/IP, cada computador recebe um

Um sistema de comunicação necessita de um método de identificação de seus computadores. Numa rede TCP/IP, cada computador recebe um Endereçamento IP Um sistema de comunicação necessita de um método de identificação de seus computadores. Numa rede TCP/IP, cada computador recebe um endereço inteiro de 32 bits (endereço IP). Precisa ser

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP

GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP Servidor DHCP O Serviço de DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) permite que você controle a configuração e distribuição de endereços

Leia mais

1 ENDEREÇAMENTO IP. 1.1 Quem gerencia a numeração IP no mundo?

1 ENDEREÇAMENTO IP. 1.1 Quem gerencia a numeração IP no mundo? ENDEREÇAMENTO IP Cada máquina na Internet possui um ou mais endereços de rede que são únicos, ou seja, não podem haver dois endereços iguais. Este endereço é chamado de número Internet, Endereço IP ou

Leia mais

O Protocolo IP (2) Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br

O Protocolo IP (2) Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br O Protocolo IP (2) Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br O IP e a Máscara de Sub-Rede O IP se baseia em duas estruturas para efetuar o roteamento de datagramas:

Leia mais

Procedimento de Clonagem PDV - TOP Internacional

Procedimento de Clonagem PDV - TOP Internacional Procedimento de Clonagem PDV - Versão: 1.01-13/04/2010 Página 2 de 12 Material desenvolvido por: www.managersys.com.br Versão Responsável Descrição 1 Ralf Cristian Versão Inicial 1.01 Rodrigo Souza Revisão

Leia mais

Redes de Computadores Aula 01

Redes de Computadores Aula 01 No Caderno Responda as Questões abaixo 1 O que significa o termo Rede? 2 Porque utilizar um Ambiente de Rede? 3 Defina LAN. 4 Defina WAN. 5 O que eu preciso para Montar uma Rede? 6 - O que eu posso compartilhar

Leia mais

Administração de Redes Linux

Administração de Redes Linux Administração de Redes Linux Alberto Felipe Friderichs Barros alberto.barros@ifsc.edu.br Users As contas de usuário são projetados para fornecer segurança no sistema operacional Linux. Cada pessoa no sistema

Leia mais

Preparação: Verifique se a máquina virtual já está copiada em sua máquina Execute o VMWare Acesse o Linux com o usuário asa e senha aslinux12

Preparação: Verifique se a máquina virtual já está copiada em sua máquina Execute o VMWare Acesse o Linux com o usuário asa e senha aslinux12 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNC. E TEC. DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO DE TECNOLOGIA EM TELEMÁTICA DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS PROFESSOR: ANDERSON COSTA ASSUNTO: MÓDULOS, DISPOSITIVOS DE

Leia mais

Faixas de endereços IP, CIDR e máscaras de tamanho variável

Faixas de endereços IP, CIDR e máscaras de tamanho variável Faixas de endereços IP, CIDR e máscaras de tamanho variável Por Carlos E. Morimoto em 26 de setembro de 2007 às 09h16 Introdução O endereçamento IP é sempre um tema importante, já que é ele que permite

Leia mais

Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Autor: Armando Martins de Souza <armandomartins.souza at gmail.com> Data: 12/04/2010 http://wwwvivaolinuxcombr/artigos/impressoraphp?codig 1 de 12 19-06-2012 17:42 Desvendando as regras de Firewall Linux Iptables Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES YNAMIC HOST CONFIGURATION PROTOCOL

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES YNAMIC HOST CONFIGURATION PROTOCOL GESTÃO DE SISTEMAS E REDES YNAMIC HOST CONFIGURATION PROTOCOL OUTLINE DHCP PROTOCOLO RELAY AGENT EXEMPLO LINUX EXEMPLO IOS DHCP Dynamic Host Configuration Protocol, ou DHCP, é um dos protocolos de suporte

Leia mais

Obs: Endereços de Rede. Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante. Obs: Padrões em Intranet. Instalando Interface de Rede.

Obs: Endereços de Rede. Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante. Obs: Padrões em Intranet. Instalando Interface de Rede. Obs: Endereços de Rede Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante Classe A Nº de IP 1 a 126 Indicador da Rede w Máscara 255.0.0.0 Nº de Redes Disponíveis 126 Nº de Hosts 16.777.214 Prof. Alexandre Beletti

Leia mais

Application Notes: VRRP. Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch

Application Notes: VRRP. Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch Application Notes: VRRP Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch Parecer Introdução Desenvolvimento inicial Setup básico Setup com roteamento dinâmico Explorando possibilidades

Leia mais

MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON

MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON 1. Primeiramente leia todo o manual, após ler, inicie instalando o sistema no Raspberry conforme tutorial abaixo: 2. Baixe os arquivos e verifique a

Leia mais

Camada de rede: IP. Cabeçalho IP, encaminhamento de pacotes IP, sub-redes, máscara de sub-redes e processos de cálculo, NAT e PAT, futuro do IPv4.

Camada de rede: IP. Cabeçalho IP, encaminhamento de pacotes IP, sub-redes, máscara de sub-redes e processos de cálculo, NAT e PAT, futuro do IPv4. Camada de rede: IP Cabeçalho IP, encaminhamento de pacotes IP, sub-redes, máscara de sub-redes e processos de cálculo, NAT e PAT, futuro do IPv4. Internet Rede 2 Rede 1 Internet Rede 4 Rede 3 Rede 5 O

Leia mais

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Serviço DNS DNS significa Domain Name System (sistema de nomes de domínio). O DNS converte os nomes de máquinas para endereços IPs que todas as máquinas da

Leia mais

Linux Essentials. Network Configuration

Linux Essentials. Network Configuration Linux Essentials Network Configuration Tópicos abordados: 4.4 Conectando o computador na rede Prof. Pedro Filho 1 Objetivo O objetivo deste curso é lhe fazer familiar com o sistema operacional Linux. Iniciaremos

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX. Configuração de Rede

ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX. Configuração de Rede ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX Configuração de Rede Network Conceitos - Endereço IP Padrão de endereçamento utilizado nas redes baseadas em TCP/IP - Máscara de sub-rede Define o range da rede a qual o

Leia mais

Compartilhamento da internet, firewall

Compartilhamento da internet, firewall da internet, firewall João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 29 Exemplo de transmissão 2 / 29 Exemplo de transmissão Dados trafegam em pacotes com até 1460 bytes de dados e dois headers de 20 bytes

Leia mais

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP 1 Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP Objetivo: Esta aula tem como objetivo apresentar aos alunos como configurar equipamentos em redes Ethernet com os protocolos TCP/IP.

Leia mais

02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com 02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Entendendo o DHCP Entendendo o DHCP Inserindo Servidor na Infra. Instalação do serviço dhcpd3-server

Leia mais

Laboratório 1.1.7 Usando ping e tracert a partir de uma Estação de Trabalho

Laboratório 1.1.7 Usando ping e tracert a partir de uma Estação de Trabalho Laboratório 1.1.7 Usando ping e tracert a partir de uma Estação de Trabalho Objetivo Aprender a usar o comando TCP/IP Packet Internet Groper (ping)a partir de uma estação de trabalho. Aprender a usar o

Leia mais

Criando um Servidor Proxy com o SQUID. Roitier Campos

Criando um Servidor Proxy com o SQUID. Roitier Campos Criando um Servidor Proxy com o SQUID Roitier Campos Roteiro Redes de Computadores e Internet Arquitetura Cliente/Servidor e Serviços Básicos de Comunicação Componentes do Servidor e Configuração da VM

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Baseado na versão 3.0-betha-rc2 por OpenS Tecnologia LTDA. Rua dos Cisnes, 541 Pedra Branca CEP 88137-300 - Palhoça - SC www.opens.com.br

Leia mais

GUIÃO DE Protocolos em Redes de Dados. Ficha de Laboratório nº 1

GUIÃO DE Protocolos em Redes de Dados. Ficha de Laboratório nº 1 GUIÃO DE Protocolos em Redes de Dados Ficha de Laboratório nº 1 Bruno Simões, Paulo Sousa, Fernando Vicente, Nuno Neves, Luís Rodrigues e Hugo Miranda DI-FCUL GU PRD 02 1 Março 2002 Departamento de Informática

Leia mais

M3 Redes de computadores avançado (36 horas - 48 TL)

M3 Redes de computadores avançado (36 horas - 48 TL) M3 Redes de computadores avançado (36 horas - 48 TL) Redes de Comunicação Ano lectivo 2013/2014 Camada de rede do modelo OSI Routers e portos de interface de routers (I) 2 Nesta camada imperam os routers.

Leia mais

Aula 3 Servidor DNS BIND

Aula 3 Servidor DNS BIND 1 Aula 3 Servidor DNS BIND Um servidor DNS é responsável em responder pelos domínios e direcionar tudo que é relacionado a ele, nele por exemplo pode se apontar onde fica www.dominio.com.br, vai apontar

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers DNS Parte 1 Linux Network Servers DNS é a abreviatura de Domain Name System. O DNS é um serviço de resolução de nomes. Toda comunicação entre os computadores e demais equipamentos de uma rede baseada no

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 18

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 18 REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 18 Índice 1. TCP/IP...3 2. Bibliografia básica...5 3. Bibliografia complementar...6 2 1. TCP/IP O endereçamento IP é sempre um tema importante, já que é

Leia mais