O bloqueio dessa etapa da respiração aeróbica pelo cianeto impede também a

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O bloqueio dessa etapa da respiração aeróbica pelo cianeto impede também a"

Transcrição

1 Metabolismo Energético / Respiração Celular, Fotossíntese e Fermentação 01 - (FGV/2013) O cianeto é uma toxina que atua bloqueando a última das três etapas do processo respiratório aeróbico, impedindo, portanto, a produção de ATP, molécula responsável pelo abastecimento energético de nosso organismo. O bloqueio dessa etapa da respiração aeróbica pelo cianeto impede também a a) síntese de gás carbônico a partir da quebra da glicose. b) produção de moléculas transportadoras de elétrons. c) oxidação da glicose e consequente liberação de energia. d) formação de água a partir do gás oxigênio. e) quebra da glicose em moléculas de piruvato (UFRN/2013) Diariamente gastamos energia em tudo o que fazemos correndo, nadando, dançando, caminhando, pensando e até dormindo. Sobre o processo de obtenção da energia que utilizamos para essas e outras atividades, é correto afirmar: a) O dióxido de carbono e a água se originam durante a glicólise, etapa que ocorre no citoplasma da célula. b) Na respiração celular, o oxigênio e a glicose são utilizados para a produção de ADP pelas células do corpo. c) A glicose utilizada na respiração celular provém da digestão dos carboidratos pelo sistema digestório. d) Nesse processo metabólico, o gás carbônico é gerado em menor quantidade quando a produção de energia é elevada (FATEC SP/2012) Os esquemas, a seguir, evidenciam três maneiras diferentes através das quais a glicose pode ser utilizada como fonte de energia necessária à manutenção da vida. Assinale a alternativa correta sobre esses esquemas. a) Os esquemas 1 e 3 ocorrem em ambientes totalmente anaeróbios para a produção de pães e bolos. b) O esquema 1 exibe a fermentação alcoólica realizada nas mitocôndrias de leveduras com consumo de oxigênio. c) O esquema 2 revela um processo aeróbio realizado nas mitocôndrias de lactobacilos e de células musculares humanas. d) O esquema 3 demonstra um processo aeróbio em que o gás oxigênio atua como agente oxidante de moléculas orgânicas. e) Os esquemas 1, 2 e 3 evidenciam processos aeróbios de obtenção de energia que ocorrem em plantas e animais em geral (UNIFOR CE/2012) Cientistas descobriram um mecanismo biológico que transforma gordura branca em gordura marrom. A primeira acumula energia no corpo e está associada à obesidade; a segunda está ligada à regulação da temperatura. Esta descoberta representa uma estratégia para combater a obesidade. Disponível em: Revista Planeta Nov Ano 39. Edição 470 (com adaptações) O mecanismo de regulação da temperatura realizado pela gordura marrom está associado à: a) A utilização de ATP (trifosfato de adenosina) para produção de calor.

2 b) A presença de termogenina, uma proteína desacopladora. c) A inibição da cadeia transportadora de elétrons na mitocondria, dissipando calor. d) A ativação da fosforilação oxidativa na matriz mitocondrial. e) A hidrólise de ATP (trifosfato de adenosina) em ADP (difosfato de adenosina) liberando calor (UEG GO/2012) A respiração aeróbica é um processo complexo de fornecimento de energia que ocorre nas células das plantas e dos animais. De maneira simples, pode ser representada pela seguinte equação não balanceada: C 6 H 12 O 6 + O 2 CO 2 + H 2 O + Energia A respeito da respiração aeróbica, é CORRETO afirmar: a) mediante a reação completa de 36 g de glicose são produzidos 52,8 g de gás carbônico. b) balanceando-se a equação com os menores números inteiros, a soma desses números é igual a 22. c) na cadeia respiratória, que ocorre na matriz mitocondrial, há transferência de oxigênio transportado pelo NADH. d) a primeira fase de redução da glicose é a glicólise, na qual a molécula de seis carbonos é quebrada em duas moléculas de piruvato (UEG GO/2012) Nos seres vivos, os processos celulares de transformação de energia são realizados por meio de reações químicas. As reações químicas são processos nos quais moléculas reagem entre si, transformando-se em outras moléculas, chamadas de produto. A respeito dos processos de transformação de energia nas células, é CORRETO afirmar: a) nenhuma das atividades celulares envolve liberação de energia na forma de calor. b) as reações exergônicas que ocorrem na célula são devidas à energia de ativação. c) as reações químicas que liberam energia são chamadas de endotérmicas e endogônicas. d) nas reações exergônicas ou exométricas, os reagentes possuem mais energia do que o produto, sendo que parte da energia é liberada sob a forma de calor (UCS RS/2012) A glicose é a principal fonte de energia utilizada pelas células. O caminho realizado pela glicose, desde a sua entrada nas células até a produção de ATP, envolve uma série de reações químicas, que geram diferentes intermediários e diferentes produtos. Considere a seguinte rota metabólica. Os números I, II e III podem representar, respectivamente, os processos, a) Glicólise, Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. b) Glicogênese, Ciclo de Calvin e Fotofosforilação. c) Glicólise, Ciclo de Pentoses e Ciclo de Krebs. d) Ciclo de Krebs, Ciclo de Calvin e Fosforilação Oxidativa. e) Glicogênese, Ciclo de Krebs e Fotofosforilação.

3 08 - (UNIFOR CE/2012) Os seres vivos utilizam a glicose como principal combustível e o produto de sua degradação é uma molécula de 3 carbonos chamada ácido pirúvico que poderá seguir 3 caminhos dependendo dos organismos vivos. Uns poderão seguir um caminho aeróbio com a degradação total da molécula da glicose com liberação de produtos menores e mais simples e com maior produção de energia e outros seguirão por cada um dos dois caminhos anaeróbios onde a glicose é apenas parcialmente degradada e a produção de energia é menor. NELSON, D.L.; COX, M.M.; LEHNINGER, A.L. Princípios de bioquímica. 4ª ed.são Paulo: Sarvier, A respeito do texto acima, responda corretamente: a) Os dois caminhos anaeróbios são a fermentação alcoólica e a fermentação láctica com produção de lactato e etanol respectivamente e rendimento de 2 ATPs em cada. b) O caminho aeróbio ocorre através da degradação da glicose até CO 2 e H 2 O com maior produção de energia e dependência de O 2 na mitocôndria, em comparação com o anaeróbio. c) Esse processo de degradação chama-se anabolismo onde moléculas menores unem-se e formam moléculas maiores e mais complexas com produção de energia. d) Os organismos anaeróbios predominam em relação aos aeróbios, devido produzirem maior quantidade de energia na degradação de seus nutrientes. e) O etanol, produto da fermentação alcoólica é pouco energético, mas é considerado um combustível limpo evitando incremento na emissão de gases do efeito estufa (UNIRG TO/2012) A fermentação é um processo de obtenção de energia em que substâncias orgânicas do alimento são degradadas parcialmente, originando moléculas orgânicas menores. Na sequência do processo de fermentação, dependendo do tipo de organismo que a realiza o ácido pirúvico, após receber elétrons e H+ do NADH, transforma-se em: a) Ácido lático apenas. b) Gás carbônico apenas. c) Ácido lático e metanol apenas. d) Ácido lático ou etanol e gás carbônico (UFG/2012) Leia o texto a seguir. A cisplatina é uma droga antineoplásica efetiva contra vários tipos de cânceres humanos, tais como de testículo, ovário, cabeça, pescoço e pulmão. Entretanto, a lesão renal é um dos principais efeitos colaterais da terapia com a cisplatina. A gravidade dessa lesão é atribuída ao dano oxidativo causado pela droga. Contudo, a administração de antioxidantes é eficiente em reduzir esse efeito colateral. REVISTA DE NUTRIÇÃO. Campinas, v. 17, p [Adaptado]. Os antioxidantes possuem efeito protetor sobre as células renais, pois a) estimulam o processo de oxirredução durante a respiração celular. b) inibem a síntese por desidratação de bases nitrogenadas durante a transcrição gênica do DNA. c) aumentam a desnaturação das ligações entre as bases nitrogenadas do DNA. d) diminuem a produção de radicais livres durante o metabolismo celular. e) estimulam a saturação da bicamada lipídica da membrana nuclear (UFG/2012) Leia o texto a seguir. [...] as pessoas sedentárias engajadas em aumentar o nível de atividade física devem começar de forma devagar e gradual para dar ao corpo tempo de se adaptar. Disponível em: <www.copacabanarunners.net/sedentarismo-2.html>. Acesso em: 9 fev [Adaptado]. A orientação contida no texto é importante, pois nas pessoas sedentárias, durante a prática de exercícios físicos muito intensos, sem o devido condicionamento corporal, o oxigênio inspirado pode não ser suficiente para permitir a queima da glicose nas células musculares. Nessas condições, essas células realizam, de modo alternativo, atividade anaeróbica. Embora tenha a vantagem de disponibilizar rapidamente energia (ATP), uma das consequências dessa atividade é a fadiga muscular causada pela produção e pelo acúmulo, nas células musculares, de a) ácido lático. b) ácido pirúvico.

4 c) dióxido de carbono. d) glicose 1,6-bifosfato. e) monóxido de carbono (UCS RS/2011) Todos os seres vivos necessitam obter energia por processos metabólicos. Os mais comuns são a respiração celular e a fermentação. Que etapa metabólica ocorre nesses dois processos? a) Ciclo de Krebs b) Redução de acetil-coa c) Transformação do ácido pirúvico em ácido láctico d) Glicólise e) Cadeia respiratória 13 - (UECE/2011) Fotossíntese é um processo que produz a energia necessária ao início da cadeia alimentar, daí a incontestável importância das plantas para a manutenção da vida no planeta. Durante a fotossíntese, a energia luminosa é absorvida principalmente pela clorofila e, posteriormente, transformada em energia química. Para isso as plantas precisam consumir e para produzir e ao final liberar. Assinale a alternativa que contém a sequência que preenche corretamente e na ordem as lacunas do texto anterior. a) água, CO 2, glicose e oxigênio b) CO 2, oxigênio, glicose e água c) glicose, água, CO 2 e oxigênio d) água, glicose, oxigênio e CO (UFAC/2011) Em 1980, Umberto Eco publicou o livro O nome da rosa, romance ambientado em um mosteiro medieval, onde vários crimes aconteceram. Os mortos eram encontrados com a língua e os dedos escuros, indicando que folhearam livros com páginas envenenadas por cianureto (cianeto de potássio). Essa substância é extremamente tóxica, pois compromete a produção do ATP feita na célula, ligando-se ao citocromo a3. A alternativa que indica a etapa inibida pelo cianureto e o local onde ocorre, respectivamente, é: a) Ciclo do ácido tricarboxílico, citosol. b) Cadeia respiratória, matriz mitocondrial. c) Glicólise, citoplasma. d) Cadeia respiratória, citoplasma. e) Cadeia respiratória, cristas mitocondriais (UNCISAL AL/2011) A célula precisa da glicose como fonte de energia para sobreviver. Uma forma de se obter energia pode ser por meio de uma reação, como a ilustrada a seguir. Essa reação ilustra a a) fermentação láctica. b) fermentação alcoólica. c) respiração aeróbica. d) quimiossíntese. e) fotossíntese (PUCCamp/SP/2011) O esquema abaixo representa as relações entre os processos de fotossíntese e respiração celular.

5 Assinale a alternativa da tabela que contém a identificação correta das substâncias I, II, III e IV (UFG/2010) A obtenção de energia para a realização das diversas atividades celulares ocorre, na maioria dos seres vivos, a partir da reação esquematizada a seguir. Essa reação representa o processo de a) respiração. b) fotossíntese. c) quimiossíntese. d) fermentação lática. e) fermentação alcoólica (UERJ/2010) Compostos de enxofre são usados em diversos processos biológicos. Existem algumas bactérias que utilizam, na fase da captação de luz, o H 2 S em vez de água, produzindo enxofre no lugar de oxigênio, conforme a equação química: 6 CO H 2 S C 6 H 12 O H 2 O + 12 S O elemento reduzido na equação química está indicado em: a) enxofre b) carbono c) oxigênio d) hidrogênio 19 - (ESCS DF/2010)

6 O vinho possui uma longa história que remonta pelo menos a aproximadamente a.c., acreditando-se que tenha tido origem nos atuais territórios da Geórgia ou do Irã. O deus grego Dioniso e o deus romano Baco representavam o vinho, e ainda hoje ele tem um papel central em cerimônias religiosas cristãs e judaicas como a Eucaristia e o Kidush. Galileu Galilei disse: O vinho é composto de humor líquido e luz. Nesse caso, Galileu Galilei demonstrou seus conhecimentos em biologia, porque o vinho é resultado da: a) fermentação lática a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a fotossíntese; b) fermentação alcoólica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a fotossíntese; c) fermentação alcoólica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a quimiossíntese; d) respiração aeróbica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a fotossíntese; e) respiração anaeróbica a partir da glicose produzida pela energia luminosa captada e transferida durante a quimiossíntese (PUC RJ/2010) Observe a equação abaixo apresentada: 6 CO H 2 O C 6 H 12 O 6 + 6O 2 É uma equação geral relativa à: a) fotossíntese, onde a água serve como doador de elétrons. b) fotossíntese, onde a água serve como aceptor de elétrons. c) quimiossíntese, onde o CO 2 serve como doador de elétrons. d) respiração aeróbica, onde o O 2 serve como aceptor de elétrons. e) respiração anaeróbica, onde o CO 2 serve como doador de elétrons (UNIOESTE PR/2010) Com relação aos processos de respiração e fermentação nos organismos vivos, pode-se afirmar que a) através de ambos os processos ocorre produção de glicose. b) em ambos os processos ocorre formação de ácido pirúvico. c) na respiração anaeróbica não ocorre produção de ATP. d) a respiração aeróbica produz menos ATP do que a fermentação. e) na respiração aeróbica não ocorre produção de ATP. Núcleo / Ciclo e Divisão Celulares 22 - (ESCS DF/2011) O ciclo celular completo de uma célula hipotética tem duração de 36 horas. Um grupo de estudantes observou que essa célula gasta 18 horas, desde o início do processo de duplicação do material genético até o início da prófase. Mais 4 horas e 30 minutos, desde o fim da fase dessa duplicação do ADN até o fim da telófase e, do começo da prófase até o fim da telófase, ela gastou 1 hora e 30 minutos. Analisando os dados acima, a alternativa que indica a correta identificação do período e sua respectiva duração é: a) G1 dura 14 horas e 30 minutos; b) S dura 15 horas; c) S dura 18 horas; d) G2 dura 4 horas e 30 minutos; e) G2 dura 1 hora e 30 minutos (UNICAMP SP/2010) O esquema abaixo representa três fases do ciclo celular de uma célula somática de um organismo diploide. (Adaptado de Hernandes Faustino de Carvalho e Shirlei Maria Recco-Pimentel, A Célula. Manole, Ed., 2007, p. 380)

7 a) Qual é o número de cromossomos em uma célula haploide do organismo em questão? Justifique sua resposta. b) Identifique se a célula representada é de um animal ou de uma planta. Aponte duas características que permitam fazer sua identificação. Justifique (UEPB/2010) Observe os esquemas didáticos de processos de divisão celular. Assinale a alternativa na qual está identificado corretamente cada estágio. a) prometáfase, anáfase, metáfase I, prófase da mitose, telófase. b) metáfase I, anáfase I, metáfase da mitose, prófase da mitose, citocinese. c) metáfase da mitose, anáfase I, metáfase I, prófase da mitose, telófase. d) metáfase da mitose, anáfase, metáfase I, prófase da mitose, telófase. e) prometáfase, anáfase, metáfase, prófase da mitose, cariocinese (UFV MG/2010) O estudo das fases de um ciclo celular completo de 17 h e 30 min, em amostras de tecido cancerígeno, determinou os seguintes períodos para as subfases S=10 h e 30 min; G2 = 3 h e 30 min G2 + ½ Mitose = 4 h e 45 min. Com base nesses dados, assinale a alternativa que apresenta CORRETAMENTE o período em horas para a subfase G1: a) 2 h e 30 min b) 2 h c) 1 h e 30 min d) 1 h 26 - (UNIOESTE PR/2010) Relativo ao ciclo celular é correto afirmar que durante a interfase o DNA é sintetizado a) contínua e ativamente. b) no período S. c) no período G1. d) no período G2. e) nos períodos G1 e G (UEMS/2008) Em dado momento do desenvolvimento dos organismos multicelulares, um grupo de células diplóides (2n) se diferencia e dá origem a uma linhagem celular especial, linhagem germinativa. As células germinativas realizam, ao final do seu desenvolvimento, um processo de divisão em que o número de cromossomos é reduzido à metade (n) nas células filhas. Qual o nome desse processo? a) Mitose b) Meiose c) Síntese d) Citocinese e) Interfase 28 - (UNESP SP/2006) O gráfico representa as mudanças (quantitativas) no conteúdo do DNA nuclear durante eventos envolvendo divisão celular e fecundação em camundongos.

8 Os intervalos C-D, L-M e P-Q correspondem, respectivamente, a fases em que ocorrem a a) replicação, meiose II e mitose. b) meiose I, meiose II e replicação. c) mitose, meiose I e fecundação. d) mitose, meiose I e meiose II. e) mitose, meiose II e fecundação (PUC SP/2006) Os biólogos costumam dividir o ciclo celular em intérfase (G1, S e G2) e divisão. Uma célula tem ciclo de 20 horas e leva 1 hora para realizar a divisão completa, 8 horas para realizar a fase G1 e 3 horas para realizar G2. Portanto, essa célula leva a) 3 horas para duplicar seu DNA. b) 1 hora para duplicar seu DNA. c) 8 horas para condensar seus cromossomos. d) 1 hora para descondensar seus cromossomos. e) 8 horas para duplicar seus cromossomos (UNIFOR CE/2001) As fases abaixo fazem parte do ciclo celular. I. Caracteriza-se pela duplicação dos cromossomos. II. Caracteriza-se pela presença de cromossomos condensados e posicionados no equador da célula. III. Caracteriza-se pela separação das cromátidesirmãs. I, II e III correspondem, respectivamente, a: a) interfase, metáfase, anáfase. b) interfase, anáfase, metáfase. c) metáfase, interfase, anáfase. d) metáfase, anáfase, interfase. e) anáfase, interfase, metáfase. Citoplasma / Síntese de Proteínas 31 - (UNIFICADO RJ/1995) Mecanismo de ação de alguns antibióticos utilizados na prática médica Antibiótico Estreptomicina Tetraciclina Cloronfenicol Rifampicina Ação sobre as bactérias Leitura errada do RNAm Liga-se à subunidade ribossômica menor e inibe a ligação do AA-RNAt Inibe a peptidiltrasferase na subunidade ribossômica maior Inibe a RNA polimerase no sítio de iniciação

9 A análise do quadro acima permite concluir-se que esses antibióticos são substâncias cuja utilização médica se baseia na inibição das células bacterianas atuando no mecanismo de: a) fagocitose. b) secreção de substâncias. c) síntese protéica. d) produção de energia. e) reprodução celular (UNIPAC MG/1998) As células animais que produzem e secretam enzimas, como as do pâncreas e do intestino, tem suas enzimas produzidas no migrando para o(s), onde são armazenadas. Ao serem estimuladas as células produzem vesículas cheias de enzimas que são denominadas de porque são lançadas no exterior da célula. A alternativa que preenche corretamente as lacunas é: a) retículo endoplasmático liso - complexo de golgi - lisossomos. b) ergastoplasma - grãos de zimogênio - vacúolos excretores. c) retículo endoplasmático liso - lisossomos - vacúolos excretores. d) ergastoplasma - complexo de golgi - grãos de zimogênio (PUC RS/1998) Pesquisas realizadas verificaram que a subunidade menor serve para estabelecer a ligação entre o RNA mensageiro e o RNA transportador, enquanto a subunidade maior participa das ações catalíticas que levam à formação das chamadas ligações peptídicas. O texto acima refere-se à atividade dos a) mesossomos. b) peroxissomos. c) lisossomos. d) ribossomos. e) nucleossomos (UFRRJ/1999) Sabe-se que as células do ácino no pâncreas são as responsáveis pela produção das enzimas pancreáticas. As estruturas que a nível celular são responsáveis por esse processo são: a) o complexo de Golgi e a mitocôndria. b) a membrana e o RER. c) o ribossoma e o REL. d) o RER e o complexo de Golgi. e) o REL e o complexo de Golgi (UMC SP/2000) Em um laboratório, ao tentar realizar, experimentalmente, a síntese in vitro de uma proteína, um grupo de pesquisadores verificou que dispunha, no laboratório, de ribossomos de sapo, de RNA mensageiro de rato, de RNAs transportadores de hamster e de uma solução de diversos aminoácidos de origem bacteriana. Ao fim do experimento, ao analisar a estrutura primária (seqüência de aminoácidos) da proteína obtida, os pesquisadores deverão encontrar maior similaridade com uma proteína de: a) bactéria c) rato e) várias das espécies acima b) sapo d) hamster 36 - (UFLA MG/2000) Os ribossomos são estruturas celulares que atuam na: a) síntese de proteínas. b) respiração celular. c) fotossíntese. d) movimentação celular. e) digestão intracelular (UECE/2000) A base molecular da vida pode ser contemplada, em seus aspectos primários, no esquema abaixo:

10 Os números 1, 2 e 3 referem-se às substâncias químicas envolvidas, enquanto os números 4, 5 e 6 indicam setas que representam o processamento destas substâncias. Para dar sentido ao esquema, a seqüência que apresenta, respecivamente, os números adequados aos termos é: a) 1 DNA; 3 proteína; 5 tradução b) 1 proteína; 4 replicação; 6 tradução c) 3 proteína; 5 transcrição; 6 tradução d) 4 RNA; 5 transcrição; 6 tradução 38 - (UFPE/UFRPE/2001) Nos últimos anos, a biologia molecular tem fornecido ferramentas úteis para a produção de plantas e animais transgênicos. As informações armazenadas nas moléculas de DNA são traduzidas em proteínas por meio de moléculas intermediárias denominadas: a) Proteases. b) Plasmídios. c) rrna. d) trna. e) mrna (UFSCar SP/2001) Um pesquisador, interessado em produzir em tubo de ensaio uma proteína, nas mesmas condições em que essa síntese ocorre nas células, utilizou ribossomos de células de rato, RNA mensageiro de células de macaco, RNA transportador de células de coelho e aminoácidos ativos de células de sapo. A proteína produzida teria uma seqüência de aminoácidos idêntica à do: a) rato. b) sapo. c) coelho. d) macaco. e) macaco e do rato (UFLA MG/2001) Dos pares de estruturas citoplasmáticas citados abaixo, qual é o único que possui a maquinaria necessária para a síntese de parte de suas proteínas? a) Cloroplastos e nucléolos. b) Mitocôndrias e nucléolos. c) Cloroplastos e mitocôndrias. d) Cloroplastos e vacúolos. e) Mitocôndrias e vacúolos (UFAM/2007) Existem três tipos de RNA, o que contém as informações para a síntese protéica, o que transporta aminoácidos para que ocorra a síntese e o que participa da maquinaria de síntese. Identifique a seqüência correspondente: a) RNA ribossômico, RNA transportador, RNA mensageiro. b) RNA mensageiro, RNA transportador, RNA ribossômico. c) RNA transportador, RNA ribossômico, RNA mensageiro. d) RNA mensageiro, RNA ribossômico, RNA transportador. e) RNA ribossômico, RNA mensageiro, RNA transportador (FGV/2007) A Rifampicina é um dos antibióticos utilizados para o tratamento da tuberculose. Seu mecanismo de ação consiste na inibição da transcrição nas células de Mycobacterium tuberculosis. Sob ação do antibiótico, nas células bacterianas haverá comprometimento a) exclusivamente da produção de proteínas. b) exclusivamente da produção de DNA. c) exclusivamente da produção de RNA. d) da produção de RNA e de proteínas. e) da produção de DNA e RNA.

11 43 - (FEI SP/2008) Uma cadeia de RNA Mensageiro é formada a partir de uma fita de DNA que apresenta a seguinte seqüência de bases nitrogenadas: ACATTAG A seqüência das bases na cadeia do RNA Mensageiro formado deve ser: a) UGUAAUC b) GAUUACA c) CTAATGT d) GATTACA e) CAUUAGA 44 - (FEI SP/2008) A captura de aminoácidos presentes no citoplasma, carregando-os até o local da síntese protéica é realizada pelo: a) RNA mensageiro. b) RNA transportador. c) RNA ribossômico. d) Ribossomo. e) Lisossomo (UEMS/2008) Qual etapa da síntese protéica acontece nos Ribossomos? a) Duplicação b) Transcrição c) Replicação d) Tradução e) Desnaturação TEXTO: 1 - Comum às questões: 46, 47 A TABELA 1 refere-se a processos metabólicos por meio dos quais as células utilizam glicose para obter energia. TABELA 1 Produção de ATP, de NADH e de FADH 2 em etapas do metabolismo energético celular em que o substrato é a glicose. ETAP AS ATP NADH* FADH2 ** Glicólise Oxidaçãodoácidopirúvico CiclodeKrebs * Na cadeia respiratória, cada molécula de NADH origina cerca de 3 moléculas de ATP. ** Na cadeia respiratória, cada molécula de FADH 2 origina cerca de 2 moléculas de ATP. Metabolismo Energético / Respiração Celular, Fotossíntese e Fermentação 46 - (UNICID SP/2009) Para fazer pão, o levedo de cerveja (fermento) é misturado à farinha, água e açúcar. As células do levedo presentes no interior da massa, a partir de uma molécula de glicose, obtêm cerca de a) 10 ATP. b) 8 ATP. c) 6 ATP. d) 4 ATP. e) 2 ATP (UNICID SP/2009) Em ambientes marinhos podem ser encontradas bactérias aeróbicas. Nesses microrganismos, as etapas de utilização da glicose ocorrem a) no citoplasma e na mitocôndria e resultam em cerca de 38 ATP. b) no citoplasma e na mitocôndria e resultam em cerca de 2 ATP. c) na mitocôndria e resultam em cerca de 14 ATP. d) no citoplasma e resultam em cerca de 2 ATP. e) no citoplasma e resultam em cerca de 38 ATP

12 TEXTO: 2 - Comum à questão: 48 Poluição A poluição atmosférica tem se mostrado nociva para os seres humanos e animais. Por um lado, pode reduzir o peso dos bebês quando as gestantes são expostas a níveis elevados de monóxido de carbono e partículas inaláveis no primeiro trimestre de gestação. Por outro lado, os anfíbios também têm sofrido os efeitos desses poluentes: a chuva ácida é uma ameaça para embriões e larvas. Outra ameaça são os clorofluorcarbonos, que permitem o aumento das radiações UV-B, retardando as taxas de crescimento e causando problemas em seu sistema imunológico. Além disso, nas áreas agrícolas que usam extensivamente fertilizantes e inseticidas, tem-se observado um aumento de deformidades em rãs, sapos e salamandras. (Adaptado de Evangelina A. Vormittag. Diversidade de Impactos na Saúde Pública. Scientific American Brasil, ano 6, n. 74, julho/2008. p. 78 e de Carlos Roberto Fonseca et alli. Metamorfose Ambulante. Scientific American Brasil, ano 6, n. 72, maio/2008. p. 88) Núcleo / Ciclo e Divisão Celulares 48 - (PUCCamp/SP/2009) A radiação UV-B causa mutações no DNA. Se uma célula sofrer uma mutação que impede a organização das fibras do fuso mitótico, o processo de divisão celular será interrompido na fase de a) intérfase, G1. b) intérfase, G2. c) citocinese. d) metáfase. e) anáfase. TEXTO: 3 - Comum à questão: 49 No esquema abaixo, estão representadas as duas etapas finais do processo fermentativo em células musculares quando submetidas a condições de baixa disponibilidade de oxigênio. O - O H 2 C P O - O O C C fosfoenolpiruvato O - O OH O I II H 3 C C C H 3 C C C O - H piruvato lactato O O - Metabolismo Energético / Respiração Celular, Fotossíntese e Fermentação 49 - (UERJ/2011) Considere agora o processo fermentativo do fungo Saccharomyces cerevisiae, ou levedo de cerveja. Neste processo, no lugar do lactato, a substância final formada será: a) etanol b) glicose c) glicerol d) sacarose TEXTO: 4 - Comum à questão: 50 O cardiologista John Kheir, do Hospital Infantil de Boston (EUA), liderou um estudo em que coelhos com a traqueia bloqueada sobreviveram por até 15 minutos sem respiração natural, apenas por meio de injeção de oxigênio na corrente sanguínea. A técnica poderá prevenir parada cardíaca e danos cerebrais induzidos pela privação de oxigênio, além de evitar a paralisia cerebral quando há comprometimento de oxigenação fetal. (Revista Quanta, ano 2, n. 6, agosto e setembro de p. 19) 50 - (PUCCamp/SP/2013)

13 O oxigênio é usado no processo de respiração celular, sobre o qual foram feitas as seguintes afirmações: I. O CO 2 é liberado apenas durante a glicólise. II. No ciclo de Krebs há formação de ATP. III. O ciclo de Krebs ocorre nas cristas mitocondriais. IV. O oxigênio é utilizado apenas na cadeia respiratória. Está correto o que se afirma APENAS em a) I, II e III. b) I e II. c) II e IV. d) I e IV. e) III e IV.

14 GABARITO: 1) Gab: D 2) Gab: C 3) Gab: D 4) Gab: B 5) Gab: A 6) Gab: B 7) Gab: A 8) Gab: B 9) Gab: D 10) Gab: D 11) Gab: A 12) Gab: D 13) Gab: A 14) Gab: E 15) Gab: B 16) Gab: A 17) Gab: A 18) Gab: B 19) Gab: B 20) Gab: A 21) Gab: B 22) Gab: B 23) Gab: a) O número de cromossomos na célula haploide do organismo em questão é 2 (n = 2). Na anáfase representada é possível observar a separação das cromátides irmãs de 4 cromossomos. Sabendo que a célula diploide apresenta 2 representantes de cada cromossomo, conclui-se que 2n é igual a 4 e, portanto n = 2. b) A célula representada é de um animal, pois as características que podem ser observadas na figura são: citocinese promovida por anel contrátil (ou citocinese centrípeta ou de fora para dentro ), presença de centríolos, ausência de parede celular. 24) Gab: C 25) Gab: D 26) Gab: B 27) Gab: B 28) Gab: C

15 29) Gab: E 30) Gab: A 31) Gab: C 32) Gab: D 33) Gab: D 34) Gab: D 35) Gab: C 36) Gab: A 37) Gab: C 38) Gab: E 39) Gab: D 40) Gab: C 41) Gab: B 42) Gab: D 43) Gab: A 44) Gab: B 45) Gab: D 46) Gab: E 47) Gab: E 48) Gab: D 49) Gab: A 50) Gab: C

Lista de Exercícios RESPIRAÇÃO CELULAR. Profº Fernando Teixeira fernando@biovestiba.net

Lista de Exercícios RESPIRAÇÃO CELULAR. Profº Fernando Teixeira fernando@biovestiba.net Lista de Exercícios RESPIRAÇÃ CELULAR Profº Fernando Teixeira fernando@biovestiba.net 01 - (FGV/2013) cianeto é uma toxina que atua bloqueando a última das três etapas do processo respiratório aeróbico,

Leia mais

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos. Respiração e Fermentação 1. (Fuvest) O fungo 'Saccharomyces cerevisiae' (fermento de padaria) é um anaeróbico facultativo. Quando cresce na ausência de oxigênio, consome muito mais glicose do que quando

Leia mais

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas.

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 3º ano ALUNO(a): Lista de Exercícios NOTA: No Anhanguera você é + Enem Questão 01) Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 17 MITOCÔNDRIAS E RESPIRAÇÃO CELULAR

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 17 MITOCÔNDRIAS E RESPIRAÇÃO CELULAR BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 17 MITOCÔNDRIAS E RESPIRAÇÃO CELULAR Retículo endoplasmático Invólucro nuclear Núcleo Mitocôndria Procarionte fotossintético Cloroplasto Procarionte ancestral Eucariote ancestral

Leia mais

ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Prof. Emerson

ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Prof. Emerson ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS Prof. Emerson Algumas considerações importantes: Apesar da diversidade, algumas células compartilham ao menos três características: São dotadas de membrana plasmática; Contêm

Leia mais

RESPIRAÇÃO CELULAR. Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Respiração Celular

RESPIRAÇÃO CELULAR. Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Respiração Celular Disciplina: Biologia Série: 2ª série EM - 1º TRIM Professora: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Respiração Celular RESPIRAÇÃO CELULAR A MAIS QUÍMICA DAS REAÇÕES BIOLÓGICAS Questão certa em vestibulares

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO CELULAR E FERMENTAÇÃO

METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO CELULAR E FERMENTAÇÃO METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO CELULAR E FERMENTAÇÃO Mitocôndria - Organela em forma de grão ou bastonete. É formada por duas membranas: a mais interna forma uma série de dobras ou septos chamados

Leia mais

Biologia Celular: Transformação e armazenamento de energia: Mitocôndrias e Cloroplastos

Biologia Celular: Transformação e armazenamento de energia: Mitocôndrias e Cloroplastos FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA Biologia Celular: Transformação e armazenamento de energia: Mitocôndrias e Cloroplastos Prof. MSc Ana Paula

Leia mais

Questões complementares

Questões complementares Questões complementares 1. Definir célula e os tipos celulares existentes. Caracterizar as diferenças existentes entre os tipos celulares. 2. Existe diferença na quantidade de organelas membranares entre

Leia mais

d) Ao contrário da fermentação alcoólica, a fermentação lática não produz CO 2.

d) Ao contrário da fermentação alcoólica, a fermentação lática não produz CO 2. Lista de exercícios - Bioenergética 01 - (UDESC SC) Assinale a alternativa correta quanto à respiração celular. a) Uma das etapas da respiração celular aeróbia é a glicólise, ocorre na matriz mitocondrial

Leia mais

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO I BIOENERGÉTICA: CICLO DE KREBS

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO I BIOENERGÉTICA: CICLO DE KREBS FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO I BIOENERGÉTICA: CICLO DE KREBS Ciclo de Krebs Considerações Gerais Esta denominação decorre da homenagem ao bioquímico Hans Krebs, a qual lhe valeu o Prémio Nobel de Fisiologia

Leia mais

PROFESSOR GUILHERME BIOLOGIA

PROFESSOR GUILHERME BIOLOGIA Laranjeiras do Sul: Av. 7 de Setembro, 1930. Fone: (42) 3635 5413 Quedas do Iguaçu: Pça. Pedro Alzide Giraldi, 925. Fone: (46) 3532 3265 www.genevestibulares.com.br / contato@genevestibulares.com.br PROFESSOR

Leia mais

MITOCÔNDRIA E RESPIRAÇÃO CELULAR. Mito: filamento Chondrion: partícula

MITOCÔNDRIA E RESPIRAÇÃO CELULAR. Mito: filamento Chondrion: partícula MITOCÔNDRIA E RESPIRAÇÃO CELULAR Mito: filamento Chondrion: partícula QUALQUER TRABALHO NA CÉLULA REQUER ENERGIA: -Movimento celular, secreção de substâncias, transmissão dos impulsos nervosos, contração

Leia mais

Bioenergética. Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti

Bioenergética. Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti Bioenergética Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti Natal/RN Fevereiro de 2011 Substratos para o exercício O corpo utiliza nutrientes carboidratos, gorduras e proteínas consumidos diariamente para

Leia mais

Módulo Intérfase. Tarefa de Fixação 1) Analise o esquema a seguir e depois RESPONDA as questões propostas.

Módulo Intérfase. Tarefa de Fixação 1) Analise o esquema a seguir e depois RESPONDA as questões propostas. Módulo Intérfase Exercícios de Aula 1) A interfase é a fase em que ocorre o repouso celular. A afirmativa está: a) correta, porque praticamente não há atividade metabólica celular. b) correta, pois ocorrem

Leia mais

CITOPLASMA. Características gerais 21/03/2015. Algumas considerações importantes: 1. O CITOPLASMA DAS CÉLULAS PROCARIÓTICAS

CITOPLASMA. Características gerais 21/03/2015. Algumas considerações importantes: 1. O CITOPLASMA DAS CÉLULAS PROCARIÓTICAS CITOPLASMA Algumas considerações importantes: Apesar da diversidade, algumas células compartilham ao menos três características: Biologia e Histologia São dotadas de membrana plasmática; Contêm citoplasma

Leia mais

Professor Antônio Ruas

Professor Antônio Ruas Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Componente curricular: BIOLOGIA APLICADA Aula 3 Professor Antônio Ruas 1. Assuntos: Introdução à história geológica

Leia mais

BIOLOGIA - AULA 02 E 03 : CITOLOGIA e DIVISÃO CELULAR

BIOLOGIA - AULA 02 E 03 : CITOLOGIA e DIVISÃO CELULAR BIOLOGIA - AULA 02 E 03 : CITOLOGIA e DIVISÃO CELULAR CITOLOGIA A célula é a unidade morfológica e fisiológica do ser vivo, ou seja, é a menos parcela do ser que tem forma e função definida. A manutenção

Leia mais

Trabalho Online. 3ª SÉRIE TURMA: 3101 2º Bimestre Nota: DATA: / /

Trabalho Online. 3ª SÉRIE TURMA: 3101 2º Bimestre Nota: DATA: / / Trabalho Online NOME: Nº.: DISCIPLINA: BIOLOGIA I PROFESSOR(A): LEANDRO 3ª SÉRIE TURMA: 3101 2º Bimestre Nota: DATA: / / 1. A seguir estão representados três modelos de biomembranas: a) A que constituintes

Leia mais

d) 23, 46, 26. 23 d) DNA nucleotídeos desoxirribose uracila desoxirribose timina e) DNA ácidos desoxirribonucléicos

d) 23, 46, 26. 23 d) DNA nucleotídeos desoxirribose uracila desoxirribose timina e) DNA ácidos desoxirribonucléicos 01 - (IBMEC RJ) O núcleo celular foi descoberto pelo pesquisador escocês Robert Brown, que o reconheceu como componente fundamental das células. O nome escolhido para essa organela expressa bem essa ideia:

Leia mais

M E T B O L I S M O CATABOLISMO ANABOLISMO

M E T B O L I S M O CATABOLISMO ANABOLISMO METABOLISMO É o conjunto das reações químicas que ocorrem num organismo vivo com o fim de promover a satisfação de necessidades estruturais e energéticas. ...metabolismo Do ponto de vista físico-químico,

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia

Universidade Federal de Uberlândia PRIMEIRA QUESTÃO Item A Valor: 10 pontos. Possíveis respostas: 3 em 16 (10 pontos). 3/16 (10 pontos). 18,75% (10 pontos). Item B Valor: 10 pontos. Proporção genotípica do cruzamento RRee X RrEe (Valor:

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO CITOPLASMA E METABOLISMO

EXERCÍCIOS DE REVISÃO CITOPLASMA E METABOLISMO Componente Curricular: Biologia Professor: Leonardo Francisco Stahnke Aluno(a): Turma: Data: / /2015 EXERCÍCIOS DE REVISÃO CITOPLASMA E METABOLISMO 1. A respeito da equação ao lado, que representa uma

Leia mais

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009)

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) Nome do Candidato Classificação Leia as seguintes informações com atenção. 1. O exame é constituído

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. Sgrillo.ita@ftc.br

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. Sgrillo.ita@ftc.br Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo Sgrillo.ita@ftc.br A conversão do fluxo de elétrons em trabalho biológico requer transdutores moleculares (circuito microscópico), análogos aos motores elétricos que

Leia mais

A descoberta da célula

A descoberta da célula A descoberta da célula O que são células? As células são a unidade fundamental da vida CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula)

Leia mais

A função básica do ciclo celular das células somáticas é duplicar todo o conteúdo de DNA...

A função básica do ciclo celular das células somáticas é duplicar todo o conteúdo de DNA... Atividade extra Fascículo 4 Biologia Unidade 9 Questão 1 A função básica do ciclo celular das células somáticas é duplicar todo o conteúdo de DNA. O processo de divisão celular é composto por cinco etapas:

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ==============================================================================================

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== PROFESSOR: Leonardo Mariscal BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== Assunto: Organelas citoplasmáticas

Leia mais

Resoluções de Atividades

Resoluções de Atividades Resoluções de Atividades Sumário Aula 16 Citoplasma I... 1 Aula 17 Citoplasma II... 2 Aula 18 Metabolismo energético Respiração... 3 Aula 19 Metabolismo energético Respiração e fermentação... 4 01 C 02

Leia mais

- TERCEIRÃO 2012. COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. PROF.

- TERCEIRÃO 2012. COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. PROF. - TERCEIRÃO 2012. COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. PROF. NANNI 01) (UFPE) O esquema abaixo representa o elo entre os processos de

Leia mais

Centríolos. Ribossomos

Centríolos. Ribossomos Ribossomos Os ribossomos são encontrados em todas as células (tanto eucariontes como procariontes) e não possuem membrana lipoprotéica (assim como os centríolos). São estruturas citoplasmáticas responsáveis

Leia mais

N1101 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia.

N1101 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia. N1101 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia. Questão 01 B110006RJ Os seres vivos obtêm energia a partir da matéria orgânica que se encontra no organismo, comumente, na forma

Leia mais

Exercícios de Citoplasma e organelas

Exercícios de Citoplasma e organelas Exercícios de Citoplasma e organelas Material de apoio do Extensivo 1. (PUC) No interior da célula, o ATP produzido em um processo (I) é utilizado na síntese de enzimas digestivas (II) e no mecanismo de

Leia mais

Ficha 1 Estudo da Célula Disciplina: Ciências Ano: 8 Data: 1º trimestre 2014 Professor(a): Elaine Kozuki Nome do aluno:

Ficha 1 Estudo da Célula Disciplina: Ciências Ano: 8 Data: 1º trimestre 2014 Professor(a): Elaine Kozuki Nome do aluno: Ficha 1 Estudo da Célula Disciplina: Ciências Ano: 8 Data: 1º trimestre 2014 Professor(a): Elaine Kozuki Nome do aluno: 1. Diferencie e explique a diferença Célula eucariota de célula procariota quanto

Leia mais

NÚCLEO e DIVISÃO CELULAR

NÚCLEO e DIVISÃO CELULAR NÚCLEO e DIVISÃO CELULAR CÉLULA EUCARIONTE Cláudia Minazaki NÚCLEO Único; Normalmente: central Formato: acompanha a forma da célula Tamanho: varia com o funcionamento da célula Ciclo de vida da célula

Leia mais

Introdução à Biologia Celular e Molecular. Profa. Luciana F. Krause

Introdução à Biologia Celular e Molecular. Profa. Luciana F. Krause Introdução à Biologia Celular e Molecular Profa. Luciana F. Krause Níveis de organização Desenvolvimento da Teoria Celular Século XVII desenvolvimento das lentes ópticas Robert Hooke (1665) células (cortiça)

Leia mais

Lista sobre organelas, metabolismo e divisão celular/ 1º ano/ Biologia

Lista sobre organelas, metabolismo e divisão celular/ 1º ano/ Biologia 1. (Uel 2015) Leia o texto a seguir. Quando se fala em divisão celular, não valem as regras matemáticas: para uma célula dividir significa duplicar. A célula se divide ao meio, mas antes duplica o programa

Leia mais

Biologia-Prof.Barão. Metabolismo Energético: Respiração Celular e Fermentação

Biologia-Prof.Barão. Metabolismo Energético: Respiração Celular e Fermentação Biologia-Prof.Barão Metabolismo Energético: Respiração Celular e Fermentação Metabolismo Energético I Conceitos básicos: 1-Metabolismo 2-Reações Exergônicas e Endergônicas 3-Reação de Redox(Oxidação-Redução)

Leia mais

3º trimestre- LISTA DE EXERCICIOS - Biologia - CESINHA Ensino Médio 1º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº

3º trimestre- LISTA DE EXERCICIOS - Biologia - CESINHA Ensino Médio 1º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº . 3º trimestre- LISTA DE EXERCICIOS - Biologia - CESINHA Ensino Médio 1º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº Valor: 10 Nota:. 1. (Uel 2015) Leia o texto a seguir. Quando se fala em divisão celular, não

Leia mais

O CITOPLASMA E SUAS ORGANELAS

O CITOPLASMA E SUAS ORGANELAS O CITOPLASMA E SUAS ORGANELAS Citoplasma região entre a membrana plasmática e o núcleo (estão presentes o citosol e as organelas). Citosol material gelatinoso formado por íons e moléculas orgânicas e inorgânicas

Leia mais

Maria do Carmo de C. D. Costa

Maria do Carmo de C. D. Costa RESPIRAÇÃO INTRODUÇÃO Respiração é o processo de obtenção de energia através da degradação de um substrato. Essa degradação pode ocorrer na presença de oxigênio ou não. No primeiro caso falamos de respiração

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com 1-O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. Com relação a esse ambiente: a) Indique os consumidores primários. b) Dentre

Leia mais

O CITOPLASMA. Prof. André Maia. O Movimento amebóide é um movimento de deslocamento de algumas células através da emissão de pseudópodes.

O CITOPLASMA. Prof. André Maia. O Movimento amebóide é um movimento de deslocamento de algumas células através da emissão de pseudópodes. O CITOPLASMA Prof. André Maia Conceito É a região da célula localizada entre a membrana plasmática e o núcleo, preenchida por uma substância gelatinosa (semi-líquida), na qual estão mergulhadas as organelas

Leia mais

Profº André Montillo www.montillo.com.br

Profº André Montillo www.montillo.com.br Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É a soma de todas as reações químicas envolvidas na manutenção do estado dinâmico das células, onde milhares de reações ocorrem ao mesmo tempo, determinando

Leia mais

Aulão: 20/06/2015 Conteúdo: Metabolismo Energético Profº Davi Vergara Profº Roberto Fonseca ONDA que apenas transportam energia.

Aulão: 20/06/2015 Conteúdo: Metabolismo Energético Profº Davi Vergara Profº Roberto Fonseca  ONDA que apenas transportam energia. Aulão: 20/06/2015 Conteúdo: Metabolismo Energético Profº Davi Vergara O Sol é o principal responsável pela existência de vida na Terra. A energia luminosa captada por algas e plantas é utilizada na produção

Leia mais

CITOLOGIA CONHECENDO AS CÉLULAS

CITOLOGIA CONHECENDO AS CÉLULAS CITOLOGIA CONHECENDO AS CÉLULAS A história da Citologia Hans e Zaccharias Janssen- No ano de 1590 inventaram um pequeno aparelho de duas lentes que chamaram de microscópio. Robert Hooke (1635-1703)- Em

Leia mais

Células procarióticas

Células procarióticas Pró Madá 1º ano Células procarióticas Citosol - composto por 80% de água e milhares de tipos de proteínas, glicídios, lipídios, aminoácidos, bases nitrogenadas, vitaminas, íons. Moléculas de DNA e ribossomos

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE 1ª SÉRIE TURMA: 1101 DATA: NOME: Nº

EXERCÍCIOS ON LINE 1ª SÉRIE TURMA: 1101 DATA: NOME: Nº EXERCÍCIOS ON LINE 3º Bimestre DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR(A): LEANDRO 1ª SÉRIE TURMA: 1101 DATA: NOME: Nº 1. Qual a composição química da membrana plasmática? 2. A célula apresenta membrana plasmática

Leia mais

ENERGIA PARA ATIVIDADE CELULAR BIOENERGÉTICA

ENERGIA PARA ATIVIDADE CELULAR BIOENERGÉTICA ENERGIA PARA ATIVIDADE CELULAR BIOENERGÉTICA Fontes Energéticas Bioenergética Fontes de Energia A energia define-se como a capacidade de realizar trabalho. Neste sentido, assumimos o conceito de trabalho

Leia mais

Energia para a célula Fermentação Desnitrificação. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Energia para a célula Fermentação Desnitrificação. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Energia para a célula Fermentação Desnitrificação Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Respiração anaeróbia Processo em que energia é gerada a partir de quebra de uma molécula, porém sem a

Leia mais

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS

AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS AULA 1 ORGANIZAÇÃO CELULAR DOS SERES VIVOS Apesar da diversidade entre os seres vivos, todos guardam muitas semelhanças, pois apresentam material genético (DNA) em que são encontradas todas as informações

Leia mais

METABOLISMO DE LIPÍDEOS

METABOLISMO DE LIPÍDEOS METABOLISMO DE LIPÍDEOS 1. Β-oxidação de ácidos graxos - Síntese de acetil-coa - ciclo de Krebs - Cadeia transportadora de elétrons e fosforilação oxidativa 2. Síntese de corpos cetônicos 3. Síntese de

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE RESPIRAÇÃO CELULAR Processo de produção de energia a partir da degradação completa de compostos orgânicos energéticos (ex.:

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE RESPIRAÇÃO CELULAR Processo de produção de energia a partir da degradação completa de compostos orgânicos energéticos (ex.:

Leia mais

1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou "impressão digital de DNA".

1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou impressão digital de DNA. Ácidos Nuclêicos 1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou "impressão digital de DNA". a) Segundo o resultado acima, qual dos homens,

Leia mais

Módulo II Biologia 1 Gabarito

Módulo II Biologia 1 Gabarito Cap. 01 introdução ao metabolismo não há exercícios Cap. 02 Respiração Celular Módulo II Biologia 1 Gabarito 1. As mitocôndrias, organelas celulares relacionadas com a produção de energia (ATP), estão

Leia mais

NECESSIDADE BÁSICAS DOS SERES VIVOS. Estágio docência: Camila Macêdo Medeiros

NECESSIDADE BÁSICAS DOS SERES VIVOS. Estágio docência: Camila Macêdo Medeiros NECESSIDADE BÁSICAS DOS SERES VIVOS Estágio docência: Camila Macêdo Medeiros Necessidades básicas O planeta oferece meios que satisfaçam as necessidades básicas dos seres vivos. Necessidades básicas dos

Leia mais

O citoplasma das células

O citoplasma das células UNIDADE 2 ORIGEM DA VIDA E BIOLOGIA CELULAR CAPÍTULO 8 Aula 1/3 Eucariontes x Procariontes Estruturas citoplasmáticas: Citoesqueleto Centríolos, cílios e flagelos 1. CÉLULAS PROCARIÓTICAS E EUCARIÓTICAS

Leia mais

PROCESSOS ENERGÉTICOS RESPIRAÇÃO E FERMENTAÇÃO 1. INTRODUÇÃO AO METABOLISMO ENERGÉTICO

PROCESSOS ENERGÉTICOS RESPIRAÇÃO E FERMENTAÇÃO 1. INTRODUÇÃO AO METABOLISMO ENERGÉTICO Ciências da Natureza - Biologia PROCESSOS ENERGÉTICOS RESPIRAÇÃO E FERMENTAÇÃO 1. Introdução ao Metabolismo Energético 2. Mitocôndria 3. Respiração Celular 4. Fermentação 1. INTRODUÇÃO AO METABOLISMO ENERGÉTICO

Leia mais

Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida

Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida Ficha de trabalho de Biologia - 12º Ano Fermentação e actividade enzimática Nome: N º: Turma: Data: 1. A figura 1 representa um tipo de fermentação. Figura

Leia mais

CITOLOGIA MEMBRANA PLASMÁTICA TEORIA CELULAR: 06/05/2015 TIPOS CELULARES: DESCOBERTA DA CÉLULA: R. Hooke (1665)

CITOLOGIA MEMBRANA PLASMÁTICA TEORIA CELULAR: 06/05/2015 TIPOS CELULARES: DESCOBERTA DA CÉLULA: R. Hooke (1665) DESCOBERTA DA CÉLULA: R. Hooke (1665) CITOLOGIA TEORIA CELULAR: CÉLULA É A UNIDADE MORFOLÓGICA E FISIOLÓGICA DOS SERES VIVOS. Schleiden e Schwann: Todo ser vivo é formado de células. Virchow: Toda célula

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com O NÚCLEO E A SÍNTESE PROTEÍCA O núcleo celular, descoberto em 1833 pelo pesquisador escocês Robert Brown, é uma estrutura

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2007 www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2007 www.planetabio.com 1-O gráfico a seguir mostra como variou o percentual de cepas produtoras de penicilinase da bactéria Neisseria gonorrhoeae obtidas de indivíduos com gonorréia no período de 1980 a 1990. A penicilinase

Leia mais

Biologia. Fotossíntese. Respiração Celular. Professor Otaviano Netto 12/03/2013. Aluno (a):

Biologia. Fotossíntese. Respiração Celular. Professor Otaviano Netto 12/03/2013. Aluno (a): Biologia 04 Professor taviano Netto Aluno (a): 12/03/2013 Fotossíntese 1-Conceito: É a síntese de carboidrato a partir de água (H 2 ) e dióxido de carbono (C 2 ) utilizando como fonte a energia luminosa,

Leia mais

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano.

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. Tipo de itens O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. 1. Quais são as suas principais funções? Transporte de nutrientes, defesa, regulação térmica e controlo 2. Quais os seus constituintes?

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia Membrana Plasmática e Fisiologia Celular

Exercícios de Aprofundamento Biologia Membrana Plasmática e Fisiologia Celular 1. (Fuvest 2015) Nas figuras abaixo, estão esquematizadas células animais imersas em soluções salinas de concentrações diferentes. O sentido das setas indica o movimento de água para dentro ou para fora

Leia mais

M.O. coloração verde JANUS oxidação do corante citocromos; M.E.T. ultra estrutura; Células eucariontes; Tamanho 0,2 a 1 µm de diâmetro;

M.O. coloração verde JANUS oxidação do corante citocromos; M.E.T. ultra estrutura; Células eucariontes; Tamanho 0,2 a 1 µm de diâmetro; Apoptose Produção de energia Mitocôndria Introdução As mitocôndrias (mitos, filamento e condria, partícula) são organelas citoplasmáticas de forma arredondada ou alongada, existentes em praticamente todos

Leia mais

METABOLISMO CELULAR. Professor Felipe Abs

METABOLISMO CELULAR. Professor Felipe Abs METABOLISMO CELULAR Professor Felipe Abs O que é ENERGIA??? Físicos energia é a capacidade de realizar trabalhos; Biólogos energia é a capacidade de provocar mudanças; É indispensável para os seres vivos;

Leia mais

Prof. Felipe de Lima Almeida

Prof. Felipe de Lima Almeida Prof. Felipe de Lima Almeida No século XVI, dois holandeses, fabricantes de óculos, descobriram que duas lentes montadas em um tubo poderiam ampliar a imagem de objetos que, normalmente, não eram vistos

Leia mais

Superlista Bioenergética

Superlista Bioenergética Superlista Bioenergética 1. (Uerj) O ciclo dos ácidos tricarboxílicos, ou ciclo de Krebs, é realizado na matriz mitocondrial. Nesse ciclo, a acetilcoenzima A, proveniente do catabolismo de carboidratos,

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS PROCESSO SELETIVO 2008/2 - CPS PROVA DISCURSIVA DE BIOLOGIA INSTRUÇÕES: CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 1. Só abra a prova quando autorizado. 2. Veja se este caderno contém 10 (dez) questões discursivas.

Leia mais

N1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia.

N1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia. N1001 ATENÇÃO, ALUNO! Agora, você vai responder a questões de Biologia. Questão 01 B100010RJ Observe o esquema abaixo. 46 23 46 23 46 23 23 Disponível em: . Acesso

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

Resoluções de Exercícios

Resoluções de Exercícios Resoluções de Exercícios EA: EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM EH: EXERCITANDO HABILIDADES TC: TAREFA DE CASA BIOLOGIA V 12 EA BLOCO 01 MOLÉCULAS, CÉLULAS E TECIDOS Estrutura e Fisiologia Celular: Metabolismo

Leia mais

ENEM. Biologia Aula 03. Profº Marcelo TESTES

ENEM. Biologia Aula 03. Profº Marcelo TESTES TESTES (ENEM 98) João ficou intrigado com a grande quantidade de notícias envolvendo DNA: clonagem da ovelha Dolly, terapia gênica, testes de paternidade, engenharia genética, etc. Para conseguir entender

Leia mais

Concurso Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para maiores de 23

Concurso Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para maiores de 23 Concurso Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para maiores de 23 Prova Modelo de Biologia NOME Nas perguntas de escolha múltipla rodeie com um círculo a resposta que considera correcta (respostas

Leia mais

O núcleo celular é uma estrutura presente nas células eucarióticas, que contém o DNA da célula. denominado interfase (núcleo interfásico).

O núcleo celular é uma estrutura presente nas células eucarióticas, que contém o DNA da célula. denominado interfase (núcleo interfásico). NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR O núcleo celular é uma estrutura presente nas células eucarióticas, que contém o DNA da célula. Período em que a célula não se encontra em divisão é denominado

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA. Aluno: Módulo I

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA. Aluno: Módulo I INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA Aluno: Módulo I Professor: Leandro Parussolo Unidade Curricular: Biologia Celular ATIVIDADE

Leia mais

Biologia Fascículo 04 Lara Regina Parra de Lazzari

Biologia Fascículo 04 Lara Regina Parra de Lazzari Biologia Fascículo 04 Lara Regina Parra de Lazzari Índice Fotossíntese e Respiração... 1 Fotossíntese... 1 Respiração... 4 Exercícios... 5 Gabarito... 8 Fotossíntese e Respiração Fotossíntese Definição

Leia mais

Organelas Citoplasmáticas I

Organelas Citoplasmáticas I Organelas Citoplasmáticas I Profº Me. Fernando Belan Alexander Fleming Ribossomos São formados por RNAr + Proteínas; O RNAr é produzido no núcleo, por alguns cromossomos específicos(satélites) Os ribossomos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR 02/12/2012 Candidato: GABARITO Curso Pretendido: OBSERVAÇÕES: 01 Prova SEM consulta

Leia mais

Bolsa limitada por duas membranas semelhantes à membrana plasmática. A interna forma uma série de dobras ou septos, as cristas mitocondriais, entre

Bolsa limitada por duas membranas semelhantes à membrana plasmática. A interna forma uma série de dobras ou septos, as cristas mitocondriais, entre Bolsa limitada por duas membranas semelhantes à membrana plasmática. A interna forma uma série de dobras ou septos, as cristas mitocondriais, entre as quais há uma solução gelatinosa, a matriz mitocondrial.

Leia mais

Questão 89. Questão 91. Questão 90. alternativa A. alternativa E

Questão 89. Questão 91. Questão 90. alternativa A. alternativa E Questão 89 O esquema representa o sistema digestório humano e os números indicam alguns dos seus componentes. Nível de açúcar no sangue mg/100ml 200 150 100 50 B A 0 1 2 3 4 5 Número de horas após a alimentação

Leia mais

Ficha de Revisão. 3 os anos Marcos/Juliano ago/09. Biologia

Ficha de Revisão. 3 os anos Marcos/Juliano ago/09. Biologia Biologia Ficha de Revisão 3 os anos Marcos/Juliano ago/09 Nome: Nº: Turma: Caro(a) aluno(a), A lista a seguir inicia nosso trabalho de revisão de fisiologia. Além disso, os alunos em recuperação podem

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE BIOLOGIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: 28/05/2011 Nota: Professora: Regina Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA?

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS: CARBONO, HIDROGÊNIO, OXIGÊNIO E NITROGÊNIO FORMAM CADEIAS LONGAS E COMPLEXAS

Leia mais

2ª FASE - EXAME DISCURSIVO - 19/12/2004

2ª FASE - EXAME DISCURSIVO - 19/12/2004 2ª FASE - EXAME DISCURSIVO - 19/12/2004 Neste caderno você encontrará um conjunto de 40 (quarenta) páginas numeradas seqüencialmente, contendo 10 (dez) questões de cada uma das seguintes disciplinas: Biologia,

Leia mais

Uso de Microorganismos na Produção de Álcool.

Uso de Microorganismos na Produção de Álcool. Uso de Microorganismos na Produção de Álcool. Microorganismos são fontes ricas de produtos naturais, podem ser usadas como combustíveis, produtos químicos: polímeros e drogas. A habilidade de manipular

Leia mais

Transcrição e Tradução. Profa. Dra. Juliana Garcia de Oliveira Disciplina: Biologia Celular e Molecular Turmas: Biologia, enfermagem, nutrição e TO.

Transcrição e Tradução. Profa. Dra. Juliana Garcia de Oliveira Disciplina: Biologia Celular e Molecular Turmas: Biologia, enfermagem, nutrição e TO. Transcrição e Tradução Profa. Dra. Juliana Garcia de Oliveira Disciplina: Biologia Celular e Molecular Turmas: Biologia, enfermagem, nutrição e TO. Tópicos abordados na aula Dogma Central da Biologia Molecular;

Leia mais

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma:

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma: IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS Aluno(a): Turma: Querido (a) aluno (a), Este estudo dirigido foi realizado para que você revise

Leia mais

Ciclo do Ácido Cítrico

Ciclo do Ácido Cítrico Ciclo do Ácido Cítrico Estágio final do metabolismo dos carboidratos, lipídeos e aminoácidos Ciclo Oxidativo - requer O2 Também conhecido como ciclo de Krebs Homenagem a Hans Krebs quem primeiro o descreveu

Leia mais

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa E. alternativa C

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa E. alternativa C Questão 13 A cidade de São Paulo, atravessada por dois grandes rios, Tietê e Pinheiros, e seus inúmeros afluentes, é freqüentemente assolada por grandes enchentes nos períodos chuvosos. Após as enchentes,

Leia mais

Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes

Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes Procariontes Eucariontes Localização Organização Forma Disperso no citoplasma

Leia mais

Revisão Citoplasma Colégio Militar de Manaus Maj Ben-Hur

Revisão Citoplasma Colégio Militar de Manaus Maj Ben-Hur 1. A síndrome de Gaucher é autossômica e recessiva. Ela consiste na deficiência de uma enzima dos lisossomos, responsável pela digestão de gorduras das células. No caso de pacientes com a síndrome de Gaucher,

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo sgrillo.ita@ftc.br O metabolismo de carboidratos em humanos pode ser dividido nas seguintes categorias: 1. Glicólise 2. Ciclo de Krebs 3. Glicogênese 4. Glicogenólise

Leia mais

Aquisição 1: Vantagem adaptativa: Aquisição 2: Vantagem adaptativa: Aquisição 3: Vantagem adaptativa:

Aquisição 1: Vantagem adaptativa: Aquisição 2: Vantagem adaptativa: Aquisição 3: Vantagem adaptativa: A prova de Biologia da segunda fase do vestibular 2015 da UFPR abordou diferentes temas, interrelacionando-os, favorecendo o candidato que estuda de forma interativa os diferentes aspectos da Biologia

Leia mais

Com base na tabela, qual dos compostos apresentou o melhor potencial biotecnológico para o tratamento de tumores? a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. e) 5.

Com base na tabela, qual dos compostos apresentou o melhor potencial biotecnológico para o tratamento de tumores? a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. e) 5. BIOLOGIA - EXTENSIVO PROF. PANDA 29/08/2015 08. os lipídios são compostos orgânicos formados pela polimerização de ácidos carboxílicos de cadeias pequenas. 16. os carotenoides são lipídios importantes

Leia mais

METABOLISMO. - ATP é a moeda energética da célula

METABOLISMO. - ATP é a moeda energética da célula INTEGRAÇÃO DO METABOLISMO ESTRATÉGIAS DO METABOLISMO - ATP é a moeda energética da célula - ATP é gerado pela oxidação de moléculas de alimento: * as macromoléculas da dieta são quebradas até suas unidades

Leia mais

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões:

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: Recuperação Capítulo 01 - Níveis de organização Células tecidos órgãos sistemas - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: A- Membrana Plasmática - Revestimento da célula;

Leia mais