Boletim Informativo Paróquia de Cossourado

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Boletim Informativo Paróquia de Cossourado"

Transcrição

1 Boletim Informativo Paróquia de Cossourado Propriedade: Conselho Económico Paroquial Supervisão: Pe. Manuel Baptista Director: Joaquim Casa Nova Ano IV Nº 40 Agosto, 2009 Edição Mensal (3º Dom.) Distribuição Gratuita CORTEJO DO LADO DA PORTELA FOI MONUMENTAL!!! Após o cortejo organizado pela parte do Rio, no mês passado, coube ao lado da Portela a organização do deles,... o que tornava a tarefa algo complicada, mas com o esforço de todos tudo se tornou fácil e conseguiram amealhar cerca de Euros, só há uma palavra para descrever o que se passou MONUMENTAL. PAG 4/5 AINDA NESTA EDIÇÃO: CATEQUESE P2/3 Novo Ano da Catequese Inscrições Atendimento aos pais... ESCUTEIROS Pioneiros na Figueira da Foz P6 Grupo de catequese é chegada a hora de fazer um balanço do ano que passou... Mais Um Ano que Termina e um Novo Ano Prestes a Começar... P 2 COMISSÃO OBRAS P7

2 Grupo de Catequese de Cossourado Mais Um Ano que Termina e um Novo Ano Prestes a Começar Página 2 sempre mais e melhor nunca esquecendo a responsabilidade que temos ao serviço da Igreja. A finalidade definitiva da Catequese é fazer com que alguém se ponha, não apenas em contacto, mas em comunhão, em intimidade com Jesus Cristo, somente Ele pode levar ao amor do Pai, e fazer-nos participar na vida da Santíssima Trindade. A Catequese é, pois, uma caminhada progressiva que a pessoa faz ao encontro do Mistério de Deus, para que, conhecendo-o adira não só à Sua Pessoa, mas também, ao Seu Projecto de Amor. (Catequistas Século XXI) Por isso, o que o Grupo de Catequese faz é sempre a pensar nestes princípios, e no melhor para as nossas crianças e jovens da Catequese, nunca esquecendo que estamos a desempenhar uma missão ao serviço de Deus e isto é o mais importante. Nunca nos podemos esquecer que trabalhamos para Ele, por Ele e em nome de uma Comunidade. Por isso, estamos sempre disponíveis para colaborar com todos os Encarregados de Educação e com toda a Comunidade em geral, ouvindo novas propostas e novas ideias. Ainda há bem pouco tempo acabou o ano catequético e já estamos a preparar um novo ano de Catequese. No entanto, no fim de cada ano, é preciso fazer um balanço, sempre num espírito e com vontade de ser cada vez mais Igreja. Reconhecemos que só assim podemos crescer e, que muitas vezes, aprendemos com os nossos próprios erros. O balanço que fazemos deste ano que terminou, é positivo, e sentimos que a cada ano que passa a nossa responsabilidade é maior. Durante o ano que terminou, todos os meses tivemos a missa da Catequese onde todos os grupos desde o 1º ao 10º ano realizaram as suas respectivas Festas Catequéticas, e todas elas contaram com a participação do Coro da Catequese. Ainda durante este ano, realizamos a nossa Festa de Natal, o habitual passeio de fim de ano, e pela primeira vez um grupo de 27 jovens da Catequese completou o 10º ano e recebeu o Crisma, Sacramento da Confirmação, o que para nós foi mais objectivo alcançado com sucesso, para este ano que terminou. De salientar que, também este ano, ficou estipulado que a Primeira Comunhão passará a ser só no 3º ano de Catequese, tal como prevê o novo Itinerário Catequético. Daí que este ano não haja Primeira Comunhão. Talvez para alguns seja uma novidade, mas já há dois anos que o nosso Grupo de Catequese tem uma Equipa Coordenadora que é constituída por mim, pela Adília Martins e pela Adelina Neiva, cujas funções são de Coordenadora, Tesoureira e Secretária respectivamente. Isto porque a Catequese para desenvolver a sua tarefa específica de Educação da Fé requer uma estrutura e uma organização. A coordenação de catequese é uma tarefa importante, no conjunto de uma Igreja particular. (DGC 272) Este tipo de Acção Evangelizadora deve ser bem coordenada, porque tem como objecto a unidade da fé, que, por sua vez, sustenta todas as acções da Igreja (Catequistas Século XXI) No entanto, ao fazer este balanço de fim de ano, também chegamos à conclusão de que ainda há algumas crianças e jovens que não participam na Missa da Catequese nem tão pouco nas missas dominicais, tendo estes, já recebido o Sacramento da Eucaristia, e sendo os próprios Encarregados de Educação a trazê-las depois à Catequese, o que para nós é uma contradição e, por sua vez, uma preocupação. Talvez esta seja mais uma lacuna a culmatar. Daí que, o início deste novo ano catequético, implique que tenhamos continuado a traçar novos objectivos. Tal como podemos observar aos poucos as mudanças estão a ocorrer, mas não podemos parar de querer fazer Também queremos aproveitar esta oportunidade para deixar aqui um Muito Obrigada a todas as pessoas da paróquia e de fora que têm contribuído para a evolução do nosso Grupo de Catequese. Assim, no próximo mês, vão ser retomadas as missas da Catequese. Esta missa será como é hábito, no quarto domingo, dia 27 de Setembro, à Missa do Dia. Nesta Eucaristia, todas as crianças e jovens da Catequese, devem participar, desde o 1º ao 9º anos. Por agora, resta apenas dar a conhecer o nosso Grupo de Catequistas para este ano que está prestes a começar, assim temos: 1º ano Maria João e Cristiana Araújo; 2º ano Cátia Pacheco; 3º ano Catarina Fernandes; João Durães; 4º ano Fátima Araújo; 5º ano Adelina Neiva e Marlene Nogueira; 6º ano Adília Martins; 7º ano Elisabete Magalhães; 8º ano Raquel Barbosa 9º ano - Mário Pereira. Início do Novo Ano de Catequese O novo Ano de Catequese terá início nos dias 19 e 20 de Setembro, sábado e domingo respectivamente. Os horários para cada ano de Catequese estarão afixados nas salas da Catequese, no dia das inscrições. Para esclarecer alguma dúvida poderão contactar as catequistas.

3 Página 3 INSCRIÇÕES O Grupo de Catequese de Cossourado vem por este meio informar, todos os Exmos. Encarregados de Educação que as inscrições para o novo Ano de Catequese (2009/2010) decorrerão no dia 13 de Setembro durante toda a manhã, junto à Igreja, nas salas da Catequese. No acto da inscrição deverão pagar o respectivo catecismo, para evitar atrasos na aquisição do mesmo. Todas as crianças e jovens do 1º ao 9º anos devem inscrever-se. A inscrição deverá ser feita com o respectivo catequista. As crianças que vão para o 1ºano deverão completar 6 anos até ao dia 31 de Dezembro do corrente ano. Horário de Atendimento para os Encarregados de Educação Pela primeira vez este ano o Grupo de Catequese terá um Horário de Atendimento para os Encarregados de Educação. Este será de quinze em quinze dias aos sábados das 2 às 3 horas da tarde, numa das salas da Catequese. Por isso, qualquer assunto que tenham a resolver, deverá ser tratado, neste horário, com a Equipa Coordenadora da Catequese. Este horário de atendimento entrará em vigor a partir do próximo dia 3 de Outubro. Orientações da Pastoral da Saúde sobre a Gripe A Nas missas, sugere-se que a Comunhão seja tomada na mão e que o abraço da paz exclua o contacto físico ORIENTAÇÕES PARA AS COMUNIDADES CRISTÃS Estamos perante a ameaça de uma "pandemia" através de uma doença que se transmite com muita facilidade e já é de todos nós conhecida. É a GRIPE A ou GRIPE H1N1. A missão da Igreja, através da Pastoral da Saúde, está em assistir os doentes, mas também em prevenir as doenças, através da educação para a saúde. O papel do sacerdote e de todos os outros agentes pastorais consiste também em colaborar com a sociedade na prevenção das doenças. O sacerdote, sobretudo se presidir a uma comunidade cristã, é um agente social da maior importância. Perante a ameaça da GRIPE A, o que fazer?1. Aconselhar todos os cristãos da sua comunidade a seguirem as orientações dadas pela Direcção Geral da Saúde - Ministério da Saúde, na prevenção desta doença, como sejam: - Lavar as mãos com água e sabão com muita frequência. - Se tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel, a deitar fora de imediato. - Aos fiéis, que quanto possível, recebam a Comunhão na mão e não na boca, aliás segundo prática secular na Igreja. - A todos, que reduzam o abraço da paz a um pequeno sinal ou inclinação da cabeça sem o contacto físico. 3. Nos templos pede-se também para: - Manter vazias as "pias de água benta" às portas da igreja, para não as tornar um foco de transmissão do vírus. - Ter a Igreja suficientemente arejada, sobretudo em atenção ao número de fiéis nas celebrações dominicais. Deve evitar-se todo o alarmismo, mas é da maior necessidade que a Igreja colabore nos programas de prevenção da Gripe A. NOTA: Estas orientações não são normas litúrgicas, são sugestões suficientemente claras para prevenir desde já a expansão da pandemia. É um conselho útil e provisório para o tempo de difusão da Gripe A - Se ficar doente, permanecer em casa. - Evitar o contacto com pessoas com gripe. 2. Nas celebrações litúrgicas, recomenda-se: - Aos Ministros da Comunhão, Sacerdotes e Ministros Extraordinários, que purifiquem as mãos com solução anti-séptica, antes da distribuição da comunhão.

4 Página 4 Boletim Informativo Paróquia de Cossourado - Agosto 2009 Cortejo do lado da Portela : MONUMENTAL, há-de ser recordado por muitos anos Após o cortejo organizado pela parte do Rio, no mês passado, coube à parte da Portela a organização do deles, no domingo 9 de Agosto. Como vimos no boletim anterior, a quantia angariada para o novo Centro Paroquial e Social de Cossourado pela parte do Rio era avultada (mais de euros), o que tornava a tarefa da parte da Portela algo complicada. Já 15 dias antes da meta, toda esta parte de Cossourado já estava mobilizada, e já mexia. Uns procurando ofertas em madeira, outros já cortando as arvores, outros abriam os troncos preparando cavacos, outros ainda empilhavam a lenha nas carrinhas de tractores O ponto nevrálgico, centro de comando, era um descampado situado acima do Supermercado do Souto. Ali eram só entradas de carrinhas com rolos, e saídas de carrinhas de rachão, altas e de esquadria. Todas as carrinhas eram numeradas, identificadas e medidas rigorosamente por vários controladores. No local, havia 2 máquinas de rachar, que eram alimentadas em contínuo por 3 ou 4 homens. Este estaleiro era uma verdadeira colmeia, onde todos sabiam quais as tarefas, e como fazer. O ritmo de trabalho era pesado, porque muitos dias o trabalho era iniciado da parte da manhã e prosseguia até tarde pela noite dentro. Durante a semana, houve uns boatos que correram por Cossourado : Dizem que há cerca de 40 tractores de lenha. Se bem se lembram, eram 20 as carrinhas daquela fila infindável do cortejo anterior; Então seria possível um número tão avultado? Legitimamente era de duvidar! Fotos e Texto Mário Pereira No sábado, após 15 dias de trabalho pesado, ainda andavam no estaleiro dezenas de homens (as senhoras preparavam os tabuleiros ) embora completamente exaustos, mas sempre animados e dinâmicos. A agitação era grande, e algumas pessoas do lado do Rio, por solidariedade também apareceram, assim como homens da Portela ajudaram na lenha do lado do Rio. Ao fim de 2 semanas de trabalho, a cara das pessoas com rosto marcado e pele morena, e o andar pesado e cambaleante diziam todo o cansaço desta tarefa. Mas todos estavam felizes : Eram 76 tractores, repito, 76 tractores de madeira que estes homens prepararam ao longo da semana. Os tractores da freguesia já não foram suficientes, e vieram amigos de Freixo, de Aguiar, de Aborim, de Poiares, de Carvalhal Ainda houve 1 tractores de rolos de pinheiro e que pinheiro! e vieram mais 4 oliveiras em pé, espectaculares e de grande porte. Um bem-haja a quem ofereceu as árvores e aos que colaboraram, organizaram e fizeram; O resultado estava à vista para todos. Obrigado pelo vosso suor, pela simpática e pela ajuda, pois contribuíram para enaltecer a nossa Terra: Temos gente digna em Cossourado e muitos bons amigos lá fora; estes acreditam em nós e nos nossos projectos. No domingo, o acordar já não foi com o habitual Frei Hermano, mas os altifalantes da Igreja lançavam a voz do Presidente da Comissão para convidar e incentivar a freguesia a comparecer em peso no convívio da tarde, a partir das 14:30. Ora, como estamos em Portugal, contava com alguma folga no horário. Ao chegar ao Cruzeiro, às 14:45, já o cortejo tinha arrancado e junto da Igreja só vi um conjunto de ciclistas! Seria corrida? Seria passeio? Não sei, mas são jovens da catequese e da escola de Cossourado, disso tenho a certeza. Aqui, e ali ainda vi uns jovens vestidos de amarelo, e no palco estava uma galinha gigante amarela. Qual seria o significado? Tampouco posso dizer, porque infelizmente não vi! A pontualidade deste cortejo parecia um mau pressagio, já que isto só se consegue quando há pouco para organizar. Vamos esperar para ver Em palco, o sábio comentador e leiloeiro incansável foi, como já nos habituou, o Sr. Jesus. Digo incansável porque não sei onde vai buscar tanta energia : durante toda a semana andou com o tractor, cortou troncos, rachou lenha e ajudou no estaleiro. E hoje, já está fino e fresco! O desfile foi animado. Apareceu uma caçadora com espingarda às costas e coelhos vivos num cesto. Muito engraçado. Os caçadores não gostaram! Primeiro, entrou o Giestal, com um valente tractor todo coberto de ramos, com cebolas e bacalhau pendurados. E contrariando o calor do sol, estava uma senhora a cozer broa de pão num forno apropriado. E efectivamente o pão saía tostadinho e quente, Lindo! A seguir, entrou o camião da Pousada, com o lema na Pousada, a mulher não está parada!, vinha coberto de colchas, toalhas bordadas, peças de linho antigas esplêndidas. No interior, várias senhoras levavam cestos e tabuleiros repletos de apetitosas iguarias. Depois chegou o camião do Carregal, com sala de jantar integrada, decorada de ricas plantas. À mesa havia croquetes e bolinhos, chouriças e bom vinho, carnes assadas e para sobremesa frutas e bolos E até havia varias cadeiras vazias, convidativas para entrar neste banquete! Após famílias terem apresentado um carro no cortejo do Rio, a moda do carro indivi-

5 Página 5 dual também pegou na Portela. Houve o carro da família Silva e Gonçalves com a sua aparatosa decoração de lenços de traje minhoto, grinaldas, heras e palmeiras. Pouco depois veio o carro da família Caixeiro, com um atrelado com vários cestos prontos para serem devorados ao jantar! Depois, com um elegante tractor vermelho de três rodas, vem a casa da Cal (escrito Cale!?). Ladeado pela bandeira Portuguesa e Americana, o Sr. João Ferreira, com traje de cow-boy botas, chapéu e pistola a rigor significava, caso fosse necessário, a amizade que une os portugueses dos dois lados do Atlântico. Também, queremos mostrar e relembrar a nossa gratidão para com os emigrantes nos Estados Unidos, que tanto têm contribuído para o nosso Centro. Depois veio o galinheiro da Cale, eram umas 10 galinhas vivas num poleiro, e um grande Galo de Barcelos muito design e chiquíssimo disfarçado de galinha-tia. A seguir, vem outro tractor da Cal sobre a temática da Adega com pipo, cubas, e um alambique a sério, com aquecimento e arrefecimento. A aguardente produzida era distribuída à assistência. Muito original! e muito quente! Disse quem provou. Depois ainda veio Corredoura, com típicas colchas requintadas e bordadas. A seguir entrou o camião dos lugares do Souto, Gandarinha e Portela. Imensos tabuleiros repletos de suculentas iguarias, e aqui também uns bancos para entrar e participar neste convívio. Todos estávamos convidados. A seguir vieram os lugares da Revolta e de Agrelo, com palmeiras, cestos de produtos do campo e divinos manjares, Enfim, o lugar do Monte, com um grande camião com plantas, legumes e loiça de faiança entrou no desfile. A seguir ainda avançou um tractor com frangos, muitos vasos de plantas tipo iuca ou sisal, e com muitas vassouras de giesta. Enfim, veio mais uma jaula com um bode e uma ovelha. E depois, o rio, não, o Mar de tractores de cavacos: 76 Tractores de lenha rachada, 1 de toros de pinheiro e 4 de oliveiras. Interminável Grandes ofertas Grandes amigos de Cossourado. Os escuteiros desta vez marcaram presença, uma presença notável e notada por todos. Os chefes participaram na ordem do cortejo e ajudaram a descarregar os diferentes carros, carrinhas e carrões. Os que trajam com lenço azul (pioneiros?) prepararam uma carrinha que identificaram à frente como Escuteiros Agrup Na zona da carga colocaram uma estrutura de cana de bambu em pirâmide, e nela entrelaçaram e fixaram uma rede de cordas. Cobriram esta estrutura resistente com uma grande tela branca, e assim fizeram uma tenda original. Dentro da tenda levavam as várias ofertas: um cesto com bebidas finas, um tabuleiro com leitão e com bolinhos, outro cesto com fruta Ao chegar ao palco, desenrolaram um cartaz com Mãe, estou aqui. Palavras singelas para dizer à assistência, a Cossourado e ao Mundo, a alegria de ter participado no nosso cortejo. Afinal, eles também são Cossourado. Espectacular, parabéns aos escuteiros que desta vez ultrapassaram todas as expectativas e frustrações, com que nos brindaram nos cortejos anteriores. Esta obra pela qual todos lutamos, também será para eles; Eles sabem e retribuem. Obrigado pelo esforço e pela iniciativa. Agora o leilão. Mas antes do primeiro lote, veio o anuncio que : uma pessoa da nossa terra que já está fora há bastante tempo, manda um cheque para as obras. Esta pessoa não esquece Cossourado mesmo longe por obrigação. Tratava-se do Sr. Padre António Batista, pároco na Facha (Ponte de Lima) que entregou um cheque de euros (sim, 2000 contos!). Depois o cortejo decorreu com a paixão, a animação e a energia do Sr. Jesus. Imparável e incansável levou os lotes todos até ao fim, sem pausas, nem substituição, nem descanso. O último lote passou às 21:09. Imaginem Foi uma tarde muito alegre, mais um grande momento de convívio. Tristes neste cortejo foram as mortes de tantos valentes frangos e de grandes varas de porquinhos, mas eles provavelmente também alinhavam na nossa festa! Triste, e mais sério, foi o que ocorreu a várias famílias, habitualmente empenhadas e entusiasmadas com os nossos vários cortejos. De luto Poucos dias antes da nossa festa, faleceu a Sra. D. Arminda de Sousa, senhora entusiasta de Cossourado. Aqui fica a nossa estima e o nosso apreço pela defunta e o nosso pensamento para estas famílias magoadas. Quer do lado da Portela, quer do lado do Rio muitos aderiram a este convite, assim como bastantes pessoas de fora (Barcelinhos, Aguiar, Quintiães, Carvalhal, Panque, Freixo ). Todos se alegram do sucesso deste cortejo, que só têm uma palavra para o descrever : MONUMENTAL! E, retomando as palavras dum celebre general francês: e quando disserem que participaram nesta batalha, todos pensarão: eis uma pessoa corajosa e valente. Doravante, quem disser eu estava neste cortejo, todos pensarão e dirão: eis uma pessoa com valor. Tristes poderão estar os que não puderam participar Numa aldeia pequena, Grande é o nosso povo, e Grande será a nossa obra. Alguns, já perguntam: Quando será a inauguração?

6 Página 6 PIONEIROS na Figueira da Foz Nos passados dias 17, 18, 19 e 20 de Agosto, a III Secção do Agrupamento de Escuteiros desta freguesia realizou o seu Acampamento de Verão. Em tempo de férias e de calor foi com naturalidade que escolhemos um destino à beira-mar, também porque o Pioneiro se identifica com a imensidão do Oceano. Daí o local eleito ter sido a bonita cidade da Figueira da Foz. No dia 17 pela manhã rumamos à sede do Agrupamento 1321, Vila Verde, localidade que faz fronteira com a cidade da Figueira, onde montamos o nosso acampamento. Depois de recebidos pelos Chefes responsáveis pela Base foram-nos dadas as condições necessárias para passarmos os poucos dias que iríamos ficar. Serra da Boa Viagem Pela tarde foi tempo de fazer um reconhecimento e visita à cidade. Contudo, foi na Serra da Boa Viagem que colocámos em prática o nosso estatuto de Escuteiro. Realizámos um raide de observação da Natureza naquele Parque Florestal com uma magnífica vista sobre o Atlântico e o Cabo Mondego. De regresso a Campo, ainda tivemos oportunidade de parar na Praia de Buarcos para jogar voleibol e futebol de praia. Segundo dia: dedicado a Coimbra. Saímos cedo, pois ainda teríamos que passar por Montemor-o-Velho Serra da Boa Viagem Castelo de Montemor Universidade de Coimbra e visitar o seu imponente castelo, ladeado pelas suas não menos imponentes muralhas. Já em Coimbra, apelidada de cidade do conhecimento não poderíamos deixar de entrar na mítica Universidade assim como nas Faculdades que a antecedem rua fora. Ainda na zona antiga desta capital de distrito pudemos observar a Sé. Descendo a cidade e já na zona ribeirinha, aproveitamos para dar um passeio pelo Mondego Passeio Rio Mondego em Gaivota, mais conhecido por barco a pedal, e para finalizar um merecido descanso nos relvados à beira-rio. Pela noite, já regressados à Figueira, oportunidade para percorrer os passeios da avenida marginal, repletos de gente, de feiras, de zonas de diversões (que nem as Cruzes em Barcelos, comparando exageradamente). Terceiro dia: dia de diversão. Porque o escuteiro não vive nem pode Texto: III Secção Fotos: Luís Miguel Arantes viver só de trabalhos e actividades, também tem direito aos seus momentos de diversão, este dia foi dedicado à praia e ao Parque Aquático da cidade. Foi um dia divertido, emocionante, com a adrenalina ao máximo. Piscinas e escorregas gigantes fizeram parte da nossa tarde. Água e mais água é um dos ambientes naturais do Pioneiro. Ao regressar a Campo, familiares de duas pioneiras surpreenderam-nos e fizeram-nos uma visita, na qual nos proporcionaram um excelente lanche. A III Secção agradece. Após jantar, era hora de reflectir e dar asas à imaginação no Fogo de Conselho. Por fim chegamos ao dia 20, dia de despedida daquela bela localidade, não sem antes deixar a Sede do Agrupamento que nos acolheu nas condições devidas e para um escuteiro isto significa, nas palavras do fundador Baden-Powell, melhor do que a encontramos. De regresso a casa, passagem ainda por Aveiro para lanchar, observar as salinas, a ria, os moliceiros. É difícil descrever ao pormenor nestas poucas linhas quão bom foi o nosso empreendimento. Contudo, regressar a casa cansados, sim, mas felizes, dános alento para fazer mais e mais. Ser Pioneiro é ser mais, é querer mais, é descobrir mais

7 Página 7 COMISSÃO DE OBRAS DO CENTRO PAROQUIAL AGRADECIMENTO A Comissão de Obras para a construção do Centro Paroquial e Social de Cossourado, vem agradecer, a todos quantos trabalharam nos cortejos de angariação de fundos. Na verdade, os dois cortejos foram um sucesso. O primeiro cortejo, da parte do Rio, realizado no dia 05 de Julho, rendeu cerca de ,00; o segundo cortejo, da parte da Portela, que teve lugar no dia 09 de Agosto, obteve um resultado de cerca de ,00, os dois totalizaram ,00. Um orgulho para os Cossouradenses. Foi na verdade um sucesso sem precedentes conseguimos ultrapassar o montante amealhado em 2008, para tal e não podemos deixar de assinalar muito contribuiu as ofertas em dinheiro em especial a do Snr Padre António Batista que com a sua oferta ,00 euros, ajudou a que os cortejos de 2009 fossem um êxito sem precedentes. Não podemos deixar passar em claro, o esforço e o sacrifício das pessoas, que apoiaram a comissão de obras, durante estes dois meses de trabalho; onde muitos perderam as noites, levando ao fim a tarefa da preparação dos cavacos. O trabalho das esposas, preparando atempadamente o jantar da família, para que não fosse desperdiçado tempo. Estas apoiavam quem trabalhava e motivavam a freguesia a participar nos cortejos. Outros organizavam, ao final da tarde, os respectivos lugares para as oferendas. Agradecemos também, aos amigos de fora da Freguesia, que nos honraram, com algumas ofertas, e como de A TODOS PARABÉNS E MUITO OBRIGADO. costume, emprestaram tractores e carrinhas para o transporte da madeira e das oferendas. Estamos todos de PARABÉNS, entretanto não podemos parar, a obra do novo Centro Paroquial em breve será realidade, estamos a unir esforços para que a inauguração seja antes do final de 2009, contamos com todos vós nos próximos eventos. A comissão de obras CENTRO PAROQUIAL E SOCIAL S.TIAGO COSSOURADO - CONTA CORRENTE - EMPREITEIRO - DOMINGOS CARVALHO S.A. Auto Medição nº1 - Factura Nº 83/2007 (pag ) ,00 Auto Medição nº2 - Factura Nº 32/2008 (pag ) ,51 Auto Medição nº3 - Factura Nº35/2008 (Pag ) ,06 Auto Medição nº4 - Factura Nº 98/2008 (Pag ) ,13 Auto Medição nº5 - Factura Nº 02/2009 (Pag ) Auto Medição nº6 - Factura Nº 10/2009 (Pag ) Auto Medição nº7 - Factura Nº 15/2009 (Pag ) Auto Medição nº8 - Factura Nº 23/2009 (Pag ) Auto Medição nº9 - Factura Nº 58/2009 (Pag ) TOTAL CORTEJO LADO PORTELA ( APRESENTAÇÃO DE CONTAS PROVISÓRIO ) LEILÃO DE OFERENDAS 9.437,00 OFERTAS EM DINHEIRO ,00 MADEIRA RACHADA ,00 MADEIRA ROLO(PROV) OFERTAS DIVERSAS 1.210,00 TOTAL ,00 Rectificação Mário Pereira No boletim do passado mês de Maio, num artigo acerca da festa das Cruzes, eu dizia então que procurei o nosso Arco. E lá estava ele, lindo, gigantesco e colorido, com o São Tiago da Nossa Terra. Quem o terá feito? Os Escuteiros? É muito provável. De facto, se havia duvida, o Sr. Presidente da Junta de Cossourado veio esclarecer que o Arco foi feito pela Junta de Freguesia e contou com a colaboração de pessoas voluntárias da Freguesia, que não hesitaram em responder ao apelo da Junta para a sua execução. FICHA TÉCNICA Propriedade: Conselho Económico Paroquial de S. Tiago de Cossourado Supervisão: Pe. Manuel Baptista Director: Joaquim Casanova Redacção: Joaquim Casanova Marinha Ferreira Mário Pereira Rui Baptista Sílvia Magalhães Composição Gráfica: Joaquim Casanova Direcção e Edição de Conteúdos na Internet Fernando Gonçalves Impressão: Copicelos Tiragem: 300 Exemplares Distribuição Gratuita

Missão Arronches 2012 Artigo Cluny

Missão Arronches 2012 Artigo Cluny Na semana de 10 a 17 de Julho, cinco jovens acompanhadas pela Irmã Olinda Neves, desenvolveram uma semana missionária em Arronches. Esta foi a segunda vez, que a Vila Alentejana foi palco de uma Missão

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores (DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina -Marcadores de várias cores -Folhas cada qual com a sua letra ocantinhodasao.com.pt/public_html Página

Leia mais

ABERTURA DO ANO ESCUTISTA 2012-2013

ABERTURA DO ANO ESCUTISTA 2012-2013 ABERTURA DO ANO ESCUTISTA 2012-2013 IIIª Secção 6 e 7 de Outubro 2012 São Romão do Neiva 1 Abertura do Ano escutista 2012 / 2013 IIIª Secção 1. DEFINIÇÃO DA ACTIVIDADE É pretendido, com esta actividade,

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Tens Palavras de Vida Eterna

Tens Palavras de Vida Eterna Catequese 40ano Tens Palavras de Vida Eterna Agenda da Palavra de Deus pela minha vida fora ANO A Durante as férias, mantenho-me em contato! CONTATOS DA PARÓQUIA Morada: Telefone: Correio eletrónico: Sítio:

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

TUDO COMEÇOU... Após alguns meses...

TUDO COMEÇOU... Após alguns meses... TUDO COMEÇOU... Muitas pessoas participaram pra que a igreja São José Operário existisse, no início a irmã Catarina saiu de casa em casa convidando os moradores do bairro pra participar de um culto dominical,

Leia mais

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 27ºDOMINGO DO TEMPO COMUM (02/10/11) Parábola dos Vinhateiros Poderia ser feito um mural específico para esta celebração com uma das frases: Construir a Igreja

Leia mais

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR Da visita de cortesia que o Senhor D. João Lavrador efectuou à nossa Paróquia, teve lugar um encontro com os vários Grupos Paroquiais,

Leia mais

ROMARIA DA FESTA DAS ROSAS E DOS CESTOS VOTIVOS PARTE II

ROMARIA DA FESTA DAS ROSAS E DOS CESTOS VOTIVOS PARTE II ROMARIA DA FESTA DAS ROSAS E DOS CESTOS VOTIVOS PARTE II Em 1622 Frei Bartolomeu religioso da Ordem dos Beneditinos, funda em Vila Franca, perto de Viana do Castelo, a Confraria de Nossa Senhora do Rosário.

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

Caridade quaresmal. Oração Avé Maria. Anjinho da Guarda. S. João Bosco Rogai por nós. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Bom dia a todos!

Caridade quaresmal. Oração Avé Maria. Anjinho da Guarda. S. João Bosco Rogai por nós. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Bom dia a todos! 2ª feira, 09 de março: Dar esmola Esta semana iremos tentar aprender a dar. A dar aos que mais precisam. E vamos ver que Dar é BRU TAL!!!! Um dia, uma mulher vestida de trapos velhos percorria as ruas

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

(Só faz fé a versão proferida)

(Só faz fé a versão proferida) Exmo. Senhor Presidente do Centro Desportivo e Cultural de Londres, Exmo. Senhor Embaixador, Exmo. Senhor Cônsul Geral, Exmo. Senhor Adido Social, Exmo. Senhor Conselheiro das Comunidades Madeirenses,

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO I CORPO NACIONAL DE ESCUTAS

FICHA DE INSCRIÇÃO I CORPO NACIONAL DE ESCUTAS FICHA DE INSCRIÇÃO I CORPO NACIONAL DE ESCUTAS AGRUPAMENTO 45-CAXIAS 2015/2016 Caros Pais e Elementos, Com este documento pretendemos disponibilizar toda a informação necessária para que a inscrição do

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 24 Discurso na solenidade de entrega

Leia mais

Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa

Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa 12 Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa 2 Jogo da corrida das ovelhas 11 1. Monta-se o presépio (8 de dezembro). 2. Faz-se um caminho para a manjedoura. 3. Cada elemento da família

Leia mais

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família A transmissão da fé na Família Reunião de Pais Família Plano Pastoral Arquidiocesano Um triénio dedicado à Família Passar de uma pastoral sobre a Família para uma pastoral para a Família e com a Família

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

plano anual de educação ambiental

plano anual de educação ambiental plano anual de educação ambiental 2009/2010 complexo de educação ambiental da quinta da gruta PROGRAMA FAMÍLIAS Grelha Resumo por Sector Sector Rios/Espaços Verdes Animais Dias comemorativos Férias Datas

Leia mais

Viagem a Dornes e Sertã

Viagem a Dornes e Sertã Viagem a Dornes e Sertã (19 e 20 de Março de 2011) Por: RuckFules 1 No fim de semana, aproveitando os belos dias de Sol com que a chegada da Primavera nos presenteou, decidi dar uma volta pelo interior,

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

SPORTING CLUBE DE CASAÍNHOS NEWSLETTER Nº25 FEVEREIRO 2013 S.C.C. NEWSLETTER #25

SPORTING CLUBE DE CASAÍNHOS NEWSLETTER Nº25 FEVEREIRO 2013 S.C.C. NEWSLETTER #25 No próximo sábado, dia 2 de Março, decorrerá uma Via-sacra pelas 21.30 realizada no largo da igreja, pelos grupos de catequese juvenis e também pelo grupo de jovens. No sábado seguinte terá lugar outra

Leia mais

Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora

Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora Os Paroquianos de Canidelo, na noite de 29.05.2015 presentearam Nossa Senhora e Nossa Mãe Maria Santíssima, com uma bela e sublime procissão. Foram quatro procissões

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso após a cerimónia de assinatura

Leia mais

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia?

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia? Entrevista A13 I Experiência no lar Há quanto tempo trabalha no lar? Há 4 anos. 1 Qual é a sua função no lar? Encarregada de Serviços Gerais. Que tarefas desempenha no seu dia-a-dia? O contacto directo

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia

A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia ONDE MORAS? Ilustração de Capa, Madalena Matoso, 2009 ONDE MORAS? UMA PROPOSTA Tópicos para a intervenção inicial Maria da Conceição Moita A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY

PERSONAL SHOPPER MARY KAY PERSONAL SHOPPER MARY KAY O QUE É? Personal shopping é uma ocupação, na qual se ajuda alguém a fazer suas compras, dando conselhos e fazendo sugestões para os clientes. A personal shopper vai dar ao cliente

Leia mais

História Para as Crianças. A menina que caçoou

História Para as Crianças. A menina que caçoou História Para as Crianças A menina que caçoou Bom dia crianças, feliz sábado! Uma vez, do outro lado do mundo, em um lugar chamado Austrália vivia uma menina. Ela não era tão alta como algumas meninas

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Festas em honra da Nossa Senhora da Piedade Póvoa de Sta. Iria. Procissão fluvial nocturna - Barcos Avieiros benzidos no Tejo

Festas em honra da Nossa Senhora da Piedade Póvoa de Sta. Iria. Procissão fluvial nocturna - Barcos Avieiros benzidos no Tejo FOLHA INFORMATIVA Nº 23-2010 Festas em honra da Nossa Senhora da Piedade Póvoa de Sta. Iria Procissão fluvial nocturna - Barcos Avieiros benzidos no Tejo No dia 4 de Setembro de 2010, às 22 horas, realizou-se

Leia mais

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 Ao iniciar o novo ano de pastoral paroquial, aceitamos o desafio que nos é feito de continuarmos a nossa caminhada de cristãos atentos aos desafios de Deus e do

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

C O L É G I O D O A M O R D E D E U S

C O L É G I O D O A M O R D E D E U S C O L É G I O D O A M O R D E D E U S N.ª Ref.ª: 311/3 * 20.08.2015 Assunto: Informações diversas: Ano Escolar 2015/2016 A todos os Pais e Encarregados de Educação Exmo/a Senhor/a Encarregado/a Educação,

Leia mais

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PRIOR VELHO 12-05-2007 Cântico de Entrada: 1. A treze de Maio, na Cova da Iria, apareceu brilhando a Virgem Maria. Ave,

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei O velho testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 25 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS Quinta-feira, 25 de Março de 2010 (Vídeo) P. Santo Padre, o jovem

Leia mais

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005 FESTA DO Pai-Nosso Igreja de S. José de S. Lázaro 1º ano 1 7 de Maio de 2005 I PARTE O acolhimento será feito na Igreja. Cada criança ficará com os seus pais nos bancos destinados ao seu catequista. Durante

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

Notícias da Quinta do Outeiro

Notícias da Quinta do Outeiro 4ª Edição 03 de Julho de 2014 Notícias da Quinta do Outeiro Editorial Apresentamos a quarta edição das Notícias da Quinta do Outeiro - Lar para Idosos, Lda, que estará disponível em formato digital e manuscrito

Leia mais

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 1 1. Objetivos: Ensinar que quando Moisés aproximou-se de Deus, os israelitas estavam com medo. Ensinar que hoje em dia, por causa de Jesus, podemos nos sentir perto de Deus

Leia mais

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor O bispo da diocese de Coimbra, D. Virgílio Antunes, procedeu à bênção oficial da

Leia mais

O Manuel trouxe um papel para dar ao ao senhor Miguel que lhe deu um lindo anel com um grande camafeu mas quem o quer ter na mão não há outra

O Manuel trouxe um papel para dar ao ao senhor Miguel que lhe deu um lindo anel com um grande camafeu mas quem o quer ter na mão não há outra Não percebo nada!!! O Manuel trouxe um papel para dar ao ao senhor Miguel que lhe deu um lindo anel com um grande camafeu mas quem o quer ter na mão não há outra opinião! Que lindos amores eu tenho! lindos,

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 2 ISSO ESTÁ ME GERANDO R$7.278,05 - R$10.588,38 POR SEMANA E VOCÊ PODE FAZER

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

Terceiro Relatório de Intercâmbio de Longa Duração

Terceiro Relatório de Intercâmbio de Longa Duração Terceiro Relatório de Intercâmbio de Longa Duração Carlos Araujo RCRJ/Nova Iguaçu Odense, Danmark. Os últimos meses chegaram e já passaram. No geral, aconteceram muitos encontros com os intercambistas

Leia mais

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Por Tiago Bastos 1 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar

Leia mais

República de Moçambique

República de Moçambique República de Moçambique Dia do Médico Moçambicano: Momento de celebração e reflexão sobre desafios da classe e do sector Discurso de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique,

Leia mais

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho.

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho. Boletim Informativo nº 37 - Maio 2010 Convívio André Leite Convívio nº 37 - Maio 2010 Presidente da Direcção Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves Instituição Particular de Solidariedade Social

Leia mais

O que fazer em meio às turbulências

O que fazer em meio às turbulências O que fazer em meio às turbulências VERSÍCULO BÍBLICO Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18 OBJETIVOS O QUÊ? (GG): As crianças assistirão a um programa de auditório chamado Geração

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER JANEIRO - 1 COLHER ONDE PLANTEI

2015 O ANO DE COLHER JANEIRO - 1 COLHER ONDE PLANTEI JANEIRO - 1 COLHER ONDE PLANTEI Texto: Sal. 126:6 Durante o ano de 2014 falamos sobre a importância de semear, preparando para a colheita que viria neste novo ano de 2015. Muitos criaram grandes expectativas,

Leia mais

TESTEMUNHAS. atores e destinatários do projeto catequese/família

TESTEMUNHAS. atores e destinatários do projeto catequese/família TESTEMUNHAS atores e destinatários do projeto catequese/família Os testemunhos partilhados foram recolhidos a partir de um pequeno questionário realizado, no mês de maio de 2012, junto das famílias dos

Leia mais

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO PROFISSÃO DE FÉ AMBIENTAÇÃO Irmãos, celebramos hoje o Domingo de Pentecostes, dia por excelência da manifestação do Espírito Santo a toda a Igreja. O Espírito manifesta-se onde quer, como quer e a quem

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 9, 10-17)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 9, 10-17) SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO (ANO C) 2 de Junho de 2013 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 9, 10-17) 10 Ao regressarem, os Apóstolos contaram-lhe tudo o que tinham feito.

Leia mais

ENSINO PRÉ-ESCOLAR. Visitas orientadas À descoberta do MCCB

ENSINO PRÉ-ESCOLAR. Visitas orientadas À descoberta do MCCB Serviço educativo 2014 2015 ENSINO PRÉ-ESCOLAR Visitas orientadas À descoberta do MCCB 1h00 2.50 * Conhecem a história da Batalha? Com esta visita, percorreremos os caminhos da história desta terra e destas

Leia mais

AUXILIADORA DO URUAPIARA AMAZONAS

AUXILIADORA DO URUAPIARA AMAZONAS AUXILIADORA DO URUAPIARA AMAZONAS A Província Brasil Sul, da Congregação das Irmãs de Santa Doroteias da Frassinetti, assume o trabalho de evangelização em Auxiliadora do Uruapiara, Amazonas. Em 2015 passaram

Leia mais

ESTUDO 1 - ESTE É JESUS

ESTUDO 1 - ESTE É JESUS 11. Já vimos que Jesus Cristo desceu do céu, habitou entre nós, sofreu, morreu, ressuscitou e foi para a presença de Deus. Leia João 17:13 e responda: Onde está Jesus Cristo agora? Lembremo-nos que: Jesus

Leia mais

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 TESOUREIRO 41 ANOS DE TRABALHO Empresa Horizonte Nascido em Itapipoca, Ceará Idade: 76 anos Esposa: Maria Pinto de Oliveira Praciano Filhos: Lucineide Eu entrei na Empresa

Leia mais

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE A Paróquia de São João Batista do Tauape foi criada por sua Excia. Revma. Dom Antônio, de Almeida Lustosa, na época Arcebispo de Fortaleza, pelo decreto

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Ser criança. https://www.youtube.com/watch?v=-gsdp2zscjy. Oração Deus, ajuda-me a ser sempre Criança.

Ser criança. https://www.youtube.com/watch?v=-gsdp2zscjy. Oração Deus, ajuda-me a ser sempre Criança. 2ª feira, 01 de junho: Dia Mundial da Criança Bom dia! Hoje é o dia Mundial da Criança. Hoje é dia de lembrarmos todos a criança que existe em nós. Porque todos devemos ser sempre crianças. Desde o vosso

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 Preparado para mais um Serralves em Festa? É já nos dias 2 e 3 de Junho que se realiza mais uma edição do Serralves

Leia mais

AS MULHERES DE JACÓ Lição 16

AS MULHERES DE JACÓ Lição 16 AS MULHERES DE JACÓ Lição 16 1 1. Objetivos: Ensinar que Jacó fez trabalho duro para ganhar um prêmio Ensinar que se nós pedirmos ajuda de Deus, Ele vai nos ajudar a trabalhar com determinação para obter

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Ano V N.º 4. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Sexta-Feira 22 de Janeiro de 2010

Ano V N.º 4. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Sexta-Feira 22 de Janeiro de 2010 Ano V N.º 4 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Sexta-Feira 22 de Janeiro de 2010 Foi atribuído em 2006, pela Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores, um Diploma

Leia mais

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos 2. Lição Bíblica: Daniel 1-2 (Base bíblica para a história e

Leia mais

1. Substitui as palavras assinaladas pelos sinónimos (ao lado) que consideres mais adequados.

1. Substitui as palavras assinaladas pelos sinónimos (ao lado) que consideres mais adequados. 1. Substitui as palavras assinaladas pelos sinónimos (ao lado) que consideres mais adequados. É bonita a história que acabaste de contar. Vou dar este livro ao Daniel, no dia do seu aniversário. Ele adora

Leia mais

Quatro dias no mar alto a bordo da Caravela Vera Cruz

Quatro dias no mar alto a bordo da Caravela Vera Cruz Quatro dias no mar alto a bordo da Caravela Vera Cruz Viagem de lançamento do veleiro WEST - 6-9 junho 2015 Projeto A ponte entre a escola e a Ciência Azul Ricardo Estevens, ES 2/3 Anselmo de Andrade,

Leia mais

TRABALHO VOLUNTÁRIO VISITA AO LAR DA TERCEIRA IDADE DONA VILMA

TRABALHO VOLUNTÁRIO VISITA AO LAR DA TERCEIRA IDADE DONA VILMA 140 TRABALHO VOLUNTÁRIO VISITA AO LAR DA TERCEIRA IDADE DONA VILMA Lucas Moreira Professor Almiro Ferreira RESUMO Através deste trabalho será desenvolvido o conceito de responsabilidade social, onde para

Leia mais

Servidores da Caridade

Servidores da Caridade Homilia da Missa Crismal 2011 Servidores da Caridade António Marto Catedral de Leiria 21 de Abril de 2011 Cantarei eternamente a bondade do Senhor A liturgia da Missa Crismal encerra uma beleza espiritual

Leia mais

Utilizar na comunicação 4 ouvidos

Utilizar na comunicação 4 ouvidos Utilizar na comunicação 4 ouvidos Desafio para a relação catequética Estimado catequista, imagine que se encontra com o Luís sorriso no pátio do centro paroquial. O Luís Sorriso vai cumprimentá-lo de forma

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público

PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público Pedro, Tiago, João no barquinho Os três no barquinho no mar da Galiléia Jogaram a rede Mas não pegaram nada Tentaram outra vez E nada

Leia mais

Nº 03 - Setembro/2007

Nº 03 - Setembro/2007 Nº 03 - Setembro/2007 Setembro - Mês da Bíblia Deus viu quanto havia feito e era muito bom Gn 1,31. Por que a Igreja coloca o mês de setembro como Mês da Bíblia, se todos os dias do Ano devem ser Bíblicos?

Leia mais

Marketing directo Março de 2015

Marketing directo Março de 2015 Marketing directo Março de 2015 INSTITUTIONAL STRAPLINE! Para quem O que comunicar Porquê comunicar Quando comunicar Estratégia Mensuração Direccionado Quantificação Meios diversos Marketing directo Interactividade

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais