Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2014"

Transcrição

1 COLÉGIO DA RAINHA SANTA ISABEL Serviço de Psicologia e Orientação AA/ Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2014 Despacho n.o A/2014 de 6 de março e Despacho n.o 8248/2013 de 25 de junho

2 Prazos de inscrição 1ª Fase (Prazo normal) - de 10 a 19 de março de ª Fase (Prazo normal) - 14 e 15 de julho de 2014.

3

4 Quem deve inscrever- se? Quem tenha que realizar exames para aprovação em disciplinas do seu curso do ensino secundário Quem queira melhorar nota em disciplinas do ensino secundário em que já tenha [do aprovação Quem queira realizar provas de ingresso para acesso ao ensino superior A INSCRIÇÃO É OBRIGATÓRIA PARA TODOS OS ALUNOS, INTERNOS OU AUTOPROPOSTOS!

5 Documentos a apresentar no ato de inscrição para os exames a) Bole[m de inscrição; b) Fotocópia do bilhete de iden[dade, com a apresentação do original para verificação; e) Recibo do pedido de atribuição de senha para acesso ao sistema de candidatura online, disponível no sí[o da Internet caso pretenda concorrer ao ensino superior público. (12º ano) f) Alunos abrangidos pelo art. 6º do 3/2008: entregar atestado médico (asma, diabtes, gotas olhos ) Ao preencher o boletim de inscrição é obrigatório identificar as disciplinas e referir com exatidão os códigos das provas que vai prestar. Se o estudante cometer um erro de identificação ou de código pode comprometer a validade dos seus exames.

6 1ª e 2ª fase Os exames finais nacionais têm lugar em duas fases a ocorrerem em junho e julho. A 1ª fase dos exames finais nacionais tem carácter obrigatório para todos os alunos internos e autopropostos. Os alunos que faltarem à 1ª fase dos exames finais nacionais não são admi[dos à 2ª fase

7 1ª fase A inscrição é obrigatória na 1ª fase para aprovação, Provas de Ingresso para a 1ª fase de candidatura e melhoria de disciplinas de anos anteriores. Caso o aluno não obtenha aprovação numa disciplina, realiza o exame na 1ª fase, compe[ndo aos Serviços Administra[vos alterar a sua situação após saída das pautas finais do 3º Período. O Aluno realiza exame, no 11º ano, nas duas bienais da componente de formação específica, ou apenas numa e em Filosofia. Os alunos ficam vinculados até ao final do ano le[vo às bienais pelas quais optaram, podendo alterar a opção no ano le[vo seguinte desde que não tenham concluído nenhuma das disciplinas.

8 As classificações dos exames realizados na 2.ª fase que já tenham sido efectuados na 1ª fase de exames (quer para aprovação quer para melhoria) só podem ser u_lizadas na 2.ª fase de candidatura ao ensino superior. Exames para melhoria de classificação Os estudantes que, tendo ob_do aprovação em disciplinas terminais dos 11º ou 12º anos, pretendam melhorar a sua classificação podem requerer exame na 2ª fase do ano escolar em que concluíram a disciplina e em ambas as fases de exames do ano escolar seguinte.

9 2ª fase Os alunos que tenham realizado exames na 1ª fase podem ser admi[dos à 2ª fase dos mesmos exames, desde que: a) não tenham ob[do aprovação nas disciplinas em que realizaram exame na 1ª fase b) Pretendam realizar melhoria de classificação em qualquer disciplina realizada na 1ª fase, no mesmo ano le[vo c) Pretendam repe[r exames finais nacionais que se cons[tuam exclusivamente como provas de ingresso e que tenham ja sido realizados na 1ª fase,

10 2ª fase Os exames nacionais para melhoria de classificação no 11º ano, realizados apenas na 2ª fase, servem para melhorar a média do secundário para a 1ª fase de candidatura ao ensino superior mas não servem como provas de ingresso para a 1ª fase de candidatura ao ensino superior. Podem ainda realizar exames apenas na 2ª fase os alunos que pretendam realizar exames para melhoria de classificação em qualquer disciplina concluída por frequência no mesmo ano le>vo. Nesta situação só se inscrevem na 2ª fase. p.e. termina Inglês ou Filosofia (11º) pode realizar melhoria (apenas) na 2ª fase desse ano. Orientações JNE 2012

11 2ª fase Já no 12º ano, se um aluno realizar exames das trienais na 2ª fase para melhoria, não modifica a média do secundário para a 1ª fase de candidatura, nem nesse ano, nem nos seguintes, pois terminou o ensino secundário na 1º fase.

12 2ª fase Melhorias de Nota para Classificação Final do Ensino Secundário Efetuada: na 2ª fase do ano em que concluíram a disciplina (a nota de frequência ainda conta 70% ainda é aluno interno) ou Em ambas as fases do ano le[vo seguinte (aluno autoproposto exame/pef vale 100%)

13 Prazos de inscrição Os prazos de inscrição para admissão às provas de equivalência à frequência são os mesmos que para os exames nacionais, exceto para os alunos que anularem a matrícula até ao 5º dia ú[l do 3º período le[vo, os quais devem efetuar a sua inscrição nos dois dias úteis seguintes ao da anulação.

14 Exclusão por faltas Os alunos que ficarem excluídos por faltas numa disciplina, podem inscrever- se no respe[vo exame nacional ou prova de equivalência à frequência apenas na 2ª fase

15 Pré- requisitos

16 Realização dos exames Os exames finais nacionais do ensino secundário realizam- se nos seguintes períodos: 1ª Fase - de 17 a 27 de junho de ª Fase - de 17 a 21 de julho de 2014 As provas de equivalência à frequência realizam- se também em duas fases, tendo como referência as regras e os períodos estabelecidos para os exames finais nacionais.

17 Tolerância Aos exames finais nacionais do ensino secundário são concedidos trinta minutos de tolerância. Validade Cada exame nacional tem a validade de 3 anos (ano de realização e 2 anos seguintes) como PROVA DE INGRESSO

18 Calendário

19 NOTA IMPORTANTE 12º ano: A AUSÊNCIA DA FICHA ENES 2014 IMPEDE A REALIZAÇÃO DA CANDIDATURA Mesmo que não realize exames em 2013, caso pretenda candidatar- se ao ensino superior com exames nacionais realizados em 2012 e/ou 2013, deve preencher todos os itens e entregar o bole[m de inscrição, para efeitos de registo e posterior emissão da ficha ENES 2013.

20 Arquivo de iden[ficação De emissão do BI LETRA MAIÚSCULA ESFEROGRÁFIC A AZUL OU PRETA SEM RASURAS OU EMENDAS 2013/2014 Como consta no BI, em letras maiúsculas, sem abreviaturas Nº do BI ou do Cartão de Cidadão Se não [ver, solicite na escola um número interno de iden_ficação

21 Através do qual pode ser contactado em caso de necessidade Como no BI/CC: dia, mês, ano De acordo com o BI/CC Freguesia, concelho e distrito onde nasceu (se nasceu no estrangeiro, indique apenas o nome do país) País de onde é natural O que pode ser u[lizado pelos serviços para eventuais contactos

22 Colégio da Rainha Santa Isabel Planos de estudos ao abrigo do DL 272/2007: C60 Ciências e Tecnologias C61 Ciências Socioeconómicas C62 Línguas e Humanidades C64 Artes Visuais Informação não defini[va nem vincula[va: apenas com fins estaxs[cos

23 Código de todos os exames nacionais em que se vai inscrever. Para EEF só depois de a Escola fornecer o código S ou N consoante o exame que vai realizar na disciplina indicada se des[na ou não a aprovação no seu curso do Ensino Secundário S se está na situação de aluno interno nessa disciplina no momento desta inscrição. Se anular a matrícula até ao 5º dia ú[l do 3º período perde a condição de interno e deve solicitar na Secretaria a alteração deste item. Se faz o exame apenas como prova de ingresso, assinala N Designação exacta da(s) disciplina(s) cujo(s) exames nacionais vai realizar (ou EEF) Ano terminal da disciplina (11º ou 12º ano)

24 S apenas se pretende que o exame que vai realizar seja considerado para efeitos de melhoria de classificação do seu curso do Secundário e se for legalmente permi[do Colégio da Rainha Santa Isabel ZZ xx yy S se pretende u[lizar este exame como prova de ingresso para efeitos de acesso ao Ensino Superior S se beneficia de acção social escolar e indique o escalão Indique a data de preenchimento do Bole[m e assine

25 Campos 3.7. (prosseguimento de estudos) Exclusivamente alunos de cursos Profissionais Arxs[cos especializados Ensino recorrente Campo 4 Exclusivamente alunos que já terminaram em anos anteriores o Secundário

26 Dúvidas: Ana Isabel Athayde Serviço de Psicologia e Orientação Colégio da Rainha Santa Isabel Direção Geral do Ensino Superior h p://www.dges.mctes.pt/ GABINETES DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR: Universidade de Coimbra Palácio dos grilos Ins[tuto Politécnico de Coimbra Av. Marnoco e Sousa Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Av. Bissaya Barreto

Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2013

Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2013 COLÉGIO DA RAINHA SANTA ISABEL Serviço de Psicologia e Orientação AA/2012-2013 Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2013 Despacho nº 2162A/2013 de 05 de Fevereiro Quem deve inscrever- se? Quem

Leia mais

PREENCHIMENTO DO BOLETIM DE INSCRIÇÃO

PREENCHIMENTO DO BOLETIM DE INSCRIÇÃO PREENCHIMENTO DO BOLETIM DE INSCRIÇÃO O boletim de inscrição deve ser preenchido com esferográfica, azul ou preta, não conter rasuras e devem ser tidas em consideração as seguintes indicações: 1.1. Nome

Leia mais

Antes de começar a preencher o seu boletim de inscrição, leia atentamente as seguintes instruções:

Antes de começar a preencher o seu boletim de inscrição, leia atentamente as seguintes instruções: Antes de começar a preencher o seu boletim de inscrição, leia atentamente as seguintes instruções: O boletim de inscrição deve ser preenchido com esferográfica, azul ou preta e não deve conter quaisquer

Leia mais

EXAMES DO ENSINO SECUNDÁRIO E ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

EXAMES DO ENSINO SECUNDÁRIO E ACESSO AO ENSINO SUPERIOR EXAMES DO ENSINO SECUNDÁRIO E ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Resumo de: Guia Geral de Exames 2014 13 de março de 2014 Rua Professor Veiga Simão 3700-355 Fajões Telefone: 256 850 450 Fax: 256 850 452 www.agrupamento-fajoes.pt

Leia mais

EXAMES DO ENSINO SECUNDÁRIO 2012 CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS (11º E 12º ANOS) EXAMES FINAIS NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

EXAMES DO ENSINO SECUNDÁRIO 2012 CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS (11º E 12º ANOS) EXAMES FINAIS NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EXAMES DO ENSINO SECUNDÁRIO 2012 Escola Básica e Secundária de Velas CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS (11º E 12º ANOS) EXAMES FINAIS NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Planos curriculares do

Leia mais

EXAMES NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA -2014/2015

EXAMES NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA -2014/2015 EXAMES NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA -2014/2015 ESCLARECIMENTOS PARA DIRETORES DE TURMA E ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO (11º e 12º anos dos cursos científico-humanísticos e 12º ano dos

Leia mais

Exames Nacionais do Ensino Secundário. http://agrcanelas.edu.pt/

Exames Nacionais do Ensino Secundário. http://agrcanelas.edu.pt/ 2015 Exames Nacionais do Ensino Secundário http://agrcanelas.edu.pt/ PARA EFEITOS DE ADMISSÃO A EXAME, OS CANDIDATOS CONSIDERAM-SE: ALUNOS INTERNOS ALUNOS AUTOPROPOSTOS EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO

Leia mais

NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 1

NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 1 NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 1 NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 2 FICHA TÉCNICA

Leia mais

E X A M E S N A C I O N A I S D O E N S I N O S E C U N D Á R I O

E X A M E S N A C I O N A I S D O E N S I N O S E C U N D Á R I O 2012 DECRETO-LEI N.º 50/2011 [PLANO DE ESTUDOS] PORTARIA N.º 244/2011 [AVALIAÇÃO] DESPACHO N.º 1942/2012 [CALENDÁRIO DE EXAMES] NORMA 01/JNE/2012 [INSTRUÇÕES PARA A INSCRIÇÃO] E X A M E S N A C I O N A

Leia mais

Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2015

Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2015 COLÉGIO DA RAINHA SANTA ISABEL Serviço de Psicologia e Orientação AA/2014-2015 Instruções para a inscrição EXAMES NACIONAIS 2015 Despacho norma-vo n.o 6- A/2015 de 5 de março Prazos de inscrição 1ª Fase

Leia mais

Agrupamento de Escolas Raul Proença 12 de março de 2013 Informações

Agrupamento de Escolas Raul Proença 12 de março de 2013 Informações Os alunos devem ser alertados para a necessidade de confirmar o seu nome nas pautas de chamada, se possível dias antes dos exames, para a necessidade de trazerem identificação pessoal, de verificarem o

Leia mais

Ensino Superior EXAMES 2013. fevereiro de 2013 GAPEX

Ensino Superior EXAMES 2013. fevereiro de 2013 GAPEX Ensino Superior EXAMES 2013 fevereiro de 2013 GAPEX 5 de fevereiro Despacho nº 2162-A/2013 de 5 de Fevereirode INSCRIÇÕES EXAMES 34.Os prazos de inscrição para admissão aos exames finais nacionais do ensino

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) Psicóloga Maria João Caria

Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) Psicóloga Maria João Caria Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) Psicóloga Maria João Caria Alunos 12º anos; Fevereiro de 2011 Para concluir um curso do ensino secundário os alunos, têm de obter aprovação em todas as disciplinas!

Leia mais

Exames Finais Nacionais e Exames de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário

Exames Finais Nacionais e Exames de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário Exames Finais Nacionais e Exames de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário EXAMES NA 1ª FASE - OS ALUNOS INTERNOS (alunos da Via Científica) e AUTOPROPOSTOS que faltarem à 1ª fase dos exames finais

Leia mais

NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 1

NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 1 NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 1 NORMA 01/JNE/2015 Instruções para a Inscrição nas Provas Finais de Ciclo e Exames Nacionais 2 FICHA TÉCNICA

Leia mais

Candidatura ao Ensino Superior

Candidatura ao Ensino Superior Candidatura ao Ensino Superior Para concluir o ensino secundário, os alunos têm que obter aprovação a todas as disciplinas do plano de estudos do respetivo curso. Nas disciplinas não sujeitas à realização

Leia mais

Candidatura ao Ensino Superior

Candidatura ao Ensino Superior Candidatura ao Ensino Superior Para concluir o ensino secundário, os alunos têm que obter aprovação a todas as disciplinas do plano de estudos do respectivo curso. Nas disciplinas não sujeitas à realização

Leia mais

[ Para alunos de outros cursos que pretendam prosseguir estudos no ensino superior]

[ Para alunos de outros cursos que pretendam prosseguir estudos no ensino superior] CONDIÇÕES e CALENDÁRIO de INSCRIÇÃO/ REALIZAÇÃO de EXAMES - 2014 ENSINO SECUNDÁRIO ( Decreto -Lei n.º 139/2012, de 05 de julho, estabelece os princípios orientadores da organização e da gestão dos currículos,

Leia mais

Exames nacionais E N S I N O S E C U N D Á R I O

Exames nacionais E N S I N O S E C U N D Á R I O Exames nacionais E N S I N O S E C U N D Á R I O Afixação dos resultados da avaliação Afixação das pautas de avaliação final do 3.º período: 9 de junho Entrega de avaliações pelos diretores de turma: 9

Leia mais

ExamesNacionaisdoensinosecundario EACESSOAOENSINOSUPERIOR

ExamesNacionaisdoensinosecundario EACESSOAOENSINOSUPERIOR ExamesNacionaisdoensinosecundario EACESSOAOENSINOSUPERIOR FICHA TÉCNICA Título: Guia Geral de Exames 2014 Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário e Acesso ao Ensino Superior Composição: Direção-Geral

Leia mais

EXAMES FINAIS NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO E ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

EXAMES FINAIS NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO E ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAGERALDE EXAMES2013 FICHA TÉCNICA Título: Guia Geral de Exames 2013 Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário e Acesso ao Ensino Superior Composição: Direção-Geral do Ensino Superior e Direção-Geral

Leia mais

Exames 2012 - Ensino Secundário. Informações

Exames 2012 - Ensino Secundário. Informações Exames 2012 - Ensino Secundário Informações A. Exames nacionais a. Os exames nacionais são um elemento de avaliação externa com um peso de para a classificação final da disciplina (CFD), nas disciplinas

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015 ÍNDICE 1. Quem pode candidatar-se 3 2. Como candidatar-se 3 3. Opções de candidatura 5 4. Exames/Provas de ingresso 6 5. Pré-requisitos 7 6. Contingentes especiais 8 7. Preferências regionais 13 8. Preferências

Leia mais

A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 1. Concurso Nacional de Acesso 1.1. Quem pode candidatar-se ao ensino superior? Podem candidatar-se ao ensino superior, os estudantes que satisfaçam cumulativamente, as seguintes

Leia mais

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO ISVOUGA

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO ISVOUGA Página 1 de 6 Preâmbulo O presente regulamento define as regras de acesso e ingresso nos cursos técnicos superiores profissionais do e institui os critérios pelos quais se pautam as provas de avaliação

Leia mais

REUNIÕES JNE_ESCOLAS 2015

REUNIÕES JNE_ESCOLAS 2015 REUNIÕES JNE_ESCOLAS 2015 PREPARAÇÃO DO PROCESSO DE REALIZAÇÃO DE PROVAS E EXAMES DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO Abril de 2015 Júri Nacional de Exames Ordem de Trabalhos 2 Provas Finais de Ciclo e de

Leia mais

EDITAL CONCURSO DE ACESSO AO CURSO TÉCNICO SUPERIOR PROFISSIONAL. Ano letivo de 2015/2016

EDITAL CONCURSO DE ACESSO AO CURSO TÉCNICO SUPERIOR PROFISSIONAL. Ano letivo de 2015/2016 EDITAL CONCURSO DE ACESSO AO CURSO TÉCNICO SUPERIOR PROFISSIONAL Ano letivo de 2015/2016 João Baptista da Costa Carvalho, Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), torna público a

Leia mais

INSCRIÇÕES - Ensino Secundário

INSCRIÇÕES - Ensino Secundário AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR.ª LAURA AYRES INSCRIÇÕES - Ensino Secundário EXAMES NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2015 1. INFORMAÇÕES Os exames finais nacionais têm lugar em duas fases a ocorrerem

Leia mais

Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte

Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte Regulamento do concurso de acesso aos cursos ministrados pelos estabelecimentos de ensino da Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, CRL. C.E.S.P.U. Instituto Superior de Ciências

Leia mais

Regulamento de Acesso e Ingresso

Regulamento de Acesso e Ingresso Página 1 de 7 Preâmbulo O presente regulamento define as regras de acesso e ingresso nos cursos técnicos superiores profissionais do ISVOUGA e institui os critérios pelos quais se pautam as provas de avaliação

Leia mais

Escola Secundária Filipa de Vilhena 2013/2014

Escola Secundária Filipa de Vilhena 2013/2014 Escola Secundária Filipa de Vilhena 2013/2014 Documentos reguladores Decretos-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho; (Princípios orientadores da organização, da gestão e do desenvolvimento dos currículos dos

Leia mais

Candidatura 2011/12 SPO - ESMAIA

Candidatura 2011/12 SPO - ESMAIA Candidatura 2011/12 IMPORTANTE: ESTE DOCUMENTO NÃO SUBSTITUI A CONSULTA DOS DOCUMENTOS OFICIAIS RELATIVAMENTE AOS ASPECTOS RELATIVOS AO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR, E POR ISSO, NÃO DISPENSA A CONSULTA PERIÓDICA

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA A Portaria n.º 401/2007, de 5 de abril, aprovou o Regulamento

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Departamento de Psicopedagogia e Orientação Vocacional ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Serviços de Psicologia e Orientação Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo A psicóloga: Paula Jerónimo (paula.jeronimo@colegio-j-barros.com)

Leia mais

C1 C2 C3 C4 C5 C6 a) 6 2 1 2 1. Licenciatura em Design a) 20 8 10 14 8

C1 C2 C3 C4 C5 C6 a) 6 2 1 2 1. Licenciatura em Design a) 20 8 10 14 8 EDITAL 1º Ciclo de Estudos - Ano Letivo 2015/2016 Concurso para os regimes de Reingresso, Mudança de Curso, Transferência, e Concursos Especiais de Ingresso (titulares de curso médio ou superior e maiores

Leia mais

Escolas João de Araújo Correia

Escolas João de Araújo Correia EXAMES-DÚVIDAS MAIS FREQUENTES E RESUMO DA NORMA 2/JNE/2014 INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO CLASSIFICAÇÃO REAPRECIAÇÃO RECLAMAÇÃO PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA E EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO

Leia mais

ExamesNacionaisdoensinosecundario EACESSOAOENSINOSUPERIOR

ExamesNacionaisdoensinosecundario EACESSOAOENSINOSUPERIOR ExamesNacionaisdoensinosecundario EACESSOAOENSINOSUPERIOR FICHA TÉCNICA Título: Guia Geral de Exames 2015 Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário e Acesso ao Ensino Superior Composição: Direção-Geral

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOAQUIM DE CARVALHO EXAMES NACIONAIS/ 2015

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOAQUIM DE CARVALHO EXAMES NACIONAIS/ 2015 ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOAQUIM DE CARVALHO EXAMES NACIONAIS/ 2015 Reunião com Encarregados de Educação 28/05/2015 18,00 Horas Auditório Joaquim de Carvalho ENSINO SECUNDÁRIO Quais as disciplinas em que

Leia mais

OUTROS REGIMES 2015/2016 MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

OUTROS REGIMES 2015/2016 MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO Ato pelo qual um estudante se matricula e ou inscreve em par instituição/ curso diferente daquele(s) em que, em anos letivos anteriores, realizou uma inscrição. A mudança

Leia mais

EXAMES FINAIS NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ENSINO SECUNDÁRIO

EXAMES FINAIS NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ENSINO SECUNDÁRIO EXAMES FINAIS NACIONAIS E PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ENSINO SECUNDÁRIO INFORMAÇÕES PARA ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO I - FIM DAS ATIVIDADES ESCOLARES As atividades escolares dos alunos do 11º e 12º

Leia mais

EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO e ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO e ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIA GERAL DE EXAMES - 2010 EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO e ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular -Júri Nacional de Exames Direcção-Geral do Ensino

Leia mais

deexames DIREÇÃO-GERAL DAEDUCAÇÃO

deexames DIREÇÃO-GERAL DAEDUCAÇÃO guiageral 2012 deexames DIREÇÃO-GERAL DAEDUCAÇÃO FICHA TÉCNICA Título: Guia Geral de Exames 2012 Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário e Acesso ao Ensino Superior Composição: Direção-Geral do Ensino

Leia mais

Regulamento Candidaturas Maiores de 23 Anos Página 1 de 6

Regulamento Candidaturas Maiores de 23 Anos Página 1 de 6 Regulamento Candidaturas Maiores de 23 Anos Página 1 de 6 REGULAMENTO DAS PROVAS DE ADMISSÃO AO INSTITUTO SUPERIOR DE PAÇOS DE BRANDÃO ISPAB PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS NÃO TITULARES DE HABILITAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DE CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS

REGULAMENTO DE CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS PREÂMBULO Nos termos do artigo 11.º do Decreto -Lei n.º 43/2014 de 18 de março, é aprovado o Regulamento das Condições de Ingresso nos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTSP) do Instituto Politécnico

Leia mais

copyright DGES/DGE-JNE2012. Todos os direitos reservados.

copyright DGES/DGE-JNE2012. Todos os direitos reservados. FICHA TÉCNICA Título: Guia Geral de Exames 2012 Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário e Acesso ao Ensino Superior Composição: Direção-Geral do Ensino Superior e Direção-Geral de Educação Júri Nacional

Leia mais

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO Artigo 1.º Âmbito O presente Regulamento destina-se a regular o acesso e ingresso nos cursos da Escola Superior Artística do Porto Guimarães, adiante designada por Escola.

Leia mais

Leões de Portugal Associação de Solidariedade Sportinguista, IPSS

Leões de Portugal Associação de Solidariedade Sportinguista, IPSS Leões de Portugal Associação de Solidariedade Sportinguista, IPSS Boletim de Inscrição Instruções de Preenchimento e Entrega 1 - Este boletim é constituído por 4 páginas, sem contar com a presente. 2 -

Leia mais

Exames Nacionais do Ensino Secundário

Exames Nacionais do Ensino Secundário 2014 Exames Nacionais do Ensino Secundário DECRETO-LEI N.º 139/2012 [PLANO DE ESTUDOS] PORTARIA N.º 243/2012 [AVALIAÇÃO] DESPACHO N.º 8248/2013 [CALENDÁRIO DE EXAMES] NORMA 01/JNE/2014 [INSTRUÇÕES PARA

Leia mais

Exames nacionais do ensino secundário GUIA GERAL DE EXAMES. Acesso ao ensino superior DGES/DGIDC-JNE

Exames nacionais do ensino secundário GUIA GERAL DE EXAMES. Acesso ao ensino superior DGES/DGIDC-JNE 2011 Exames nacionais do ensino secundário GUIA GERAL DE EXAMES Acesso ao ensino superior DGES/DGIDC-JNE FICHA TÉCNICA Título: Guia Geral de Exames Ano 2011 Exames Nacionais do Ensino Secundário e Acesso

Leia mais

REGULAMENTO APLICÁVEL AOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA 1 (DL 401/2007, de 05-04) 04)

REGULAMENTO APLICÁVEL AOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA 1 (DL 401/2007, de 05-04) 04) REGULAMENTO APLICÁVEL AOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA 1 (DL 401/2007, de 05-04) 04) I. CONDIÇÕES PRELIMINARES 1. O reingresso, mudança de curso e transferência pressupõem uma

Leia mais

Secretariado de exames. Normas para os Professores Vigilantes

Secretariado de exames. Normas para os Professores Vigilantes Secretariado de exames Normas para os Professores Vigilantes Nota: Nos termos do ponto 5.1 da norma 02/JNE/2013, o serviço de exames, nomeadamente, o exercício de funções no secretariado de exames, vigilância,

Leia mais

Regulamento dos regimes de reingresso, mudança de curso, transferência e do concurso especial de acesso para titulares de cursos superiores.

Regulamento dos regimes de reingresso, mudança de curso, transferência e do concurso especial de acesso para titulares de cursos superiores. Regulamento dos regimes de reingresso, mudança de curso, transferência e do concurso especial de acesso para titulares de cursos superiores Preâmbulo De acordo com a portaria n.º 401/2007, de 5 de Abril,

Leia mais

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Processo de Matricula - Alunos 1º Ano 1ª Vez O processo de matrícula consiste em 3 passos: 1. Pagamento e entrega de documentos (nos

Leia mais

Secção I Matricula e Inscrição. Art.º 16.º ( conceito) Art.º 17.º (Matricula e Inscrição)

Secção I Matricula e Inscrição. Art.º 16.º ( conceito) Art.º 17.º (Matricula e Inscrição) Secção I Matricula e Inscrição Art.º 16.º ( conceito) 1. A matrícula é o acto pelo qual o estudante ingressa na universidade Agostinho Neto. 2. A matrícula á Universidade Agostinho Neto faz-se uma só vez.

Leia mais

REGULAMENTO. Este Regulamento, divulgado por Edital no sítio de internet da ESTC, integra normas relativas a:

REGULAMENTO. Este Regulamento, divulgado por Edital no sítio de internet da ESTC, integra normas relativas a: REGULAMENTO Este Regulamento contém normas específicas, de carácter imperativo, referentes ao concurso local de acesso ao 1.º ciclo do curso de Cinema (Licenciatura adequada ao modelo de Bolonha), organizado

Leia mais

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS EDIÇÃO 2015/2016

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS EDIÇÃO 2015/2016 EDITAL Por delegação de competências da Presidente do Instituto Politécnico do Porto (IPP), Delminda Augusta Pinto Lopes, Vice-Presidente, faz saber, nos termos do artigo 4.º do Regulamento dos Cursos

Leia mais

Guia Prático de Registo, Preenchimento e Submissão de Candidaturas à. Bolsa de Estudo 2015/2016

Guia Prático de Registo, Preenchimento e Submissão de Candidaturas à. Bolsa de Estudo 2015/2016 Guia Prático de Registo, Preenchimento e Submissão de Candidaturas à Bolsa de Estudo 2015/2016 O que é? A bolsa de estudo é uma prestação pecuniária anual para comparticipação nos encargos com a frequência

Leia mais

Câmara Municipal de Cuba

Câmara Municipal de Cuba Câmara Municipal de Cuba Regulamento Municipal de Atribuição de Bolsas de Estudo para Cursos do Ensino Superior CAPITULO 1 Artigo 1 Âmbito 1. O presente Regulamento tem como lei habilitante a Lei n 169/99,

Leia mais

Regulamento das provas de ingresso nos cursos de Licenciatura em Educação Básica e em Gerontologia Social por alunos que realizaram o CET

Regulamento das provas de ingresso nos cursos de Licenciatura em Educação Básica e em Gerontologia Social por alunos que realizaram o CET Escola Superior de Educação João de Deus Regulamento das provas de ingresso nos cursos de Licenciatura em Educação Básica e em Gerontologia Social por alunos que Escola Superior de Educação João de Deus

Leia mais

Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Artigo 1.º Objecto e âmbito 1 - O presente regulamento disciplina, no cumprimento

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PARA OS EXAMES DE ACESSO

REGULAMENTO GERAL PARA OS EXAMES DE ACESSO REGULAMENTO GERAL PARA OS EXAMES DE ACESSO Artigo 1.º (Objecto e âmbito) O presente regulamento visa regulamentar o processo da organização e realização dos exames de acesso para frequência dos cursos

Leia mais

BOLETIM DE MATRÍCULA

BOLETIM DE MATRÍCULA BOLETIM DE MATRÍCULA Educação Pré-Escolar ANO LETIVO DE 2015/2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS OLIVEIRA JÚNIOR Inscrição nº S. João da Madeira Processo nº Inscrição em / / Admissão em / / Renovação em / / Renovação

Leia mais

ESAI ESCOLA SUPERIOR DE ACTIVIDADES IMOBILIÁRIAS. Diário da República, 2.ª série N.º 200 17 de Outubro de 2006. Regulamento n.

ESAI ESCOLA SUPERIOR DE ACTIVIDADES IMOBILIÁRIAS. Diário da República, 2.ª série N.º 200 17 de Outubro de 2006. Regulamento n. ESAI ESCOLA SUPERIOR DE ACTIVIDADES IMOBILIÁRIAS Diário da República, 2.ª série N.º 200 17 de Outubro de 2006 Regulamento n.º 199/2006 O presente Regulamento é o regulamento interno da Escola Superior

Leia mais

ISEC SGAP Paula Mexia Paulo Oliveira

ISEC SGAP Paula Mexia Paulo Oliveira Secretaria Virtual INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA MANUAL DE MATRÍCULA / INSCRIÇÃO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO CONCURSOS ESPECIAIS REINGRESSOS MUDANÇAS DE CURSO E TRANSFERÊNCIAS CTESP Revisão

Leia mais

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO Aprovado em reunião da Comissão Coordenadora do Conselho Científico em 22/11/2006 Aprovado em reunião de Plenário do Conselho Directivo em 13/12/2006 PREÂMBULO

Leia mais

PROVAS FINAIS 2015 Ensino Básico Norma 02/EB/2015

PROVAS FINAIS 2015 Ensino Básico Norma 02/EB/2015 PROVAS FINAIS 2015 Ensino Básico Norma 02/EB/2015 Resumo das instruções 4. MATERIAL ESPECÍFICO AUTORIZADO Relativamente às provas finais do 1.º ciclo, cada escola deve providenciar material para fornecer

Leia mais

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior nos Cursos Ministrados na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior nos Cursos Ministrados na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior nos Cursos Ministrados na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro TÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º Âmbito O presente

Leia mais

Regulamento das Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos

Regulamento das Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos Regulamento das Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos O Decreto-Lei nº64/2006, de 21 de Março, regulamenta as provas especialmente adequadas destinadas a avaliar

Leia mais

DESPACHO SP/61/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

DESPACHO SP/61/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA DESPACHO SP/61/2015 CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS, DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA Face à necessidade de ajustar o regime do Estudante Internacional do Instituto

Leia mais

http://www3.esvilela.pt/exames-nacionais

http://www3.esvilela.pt/exames-nacionais http://www3.esvilela.pt/exames-nacionais PROVAS FINAIS DO ENSINO BÁSICO (3º CICLO) 2014 QUAL O OBJETIVO E A QUEM SE DESTINAM AS PROVAS FINAIS? As provas finais de Língua Portuguesa e Matemática do 9º ano

Leia mais

Documentos. Aplicável nos casos de pedidos de admissão a concurso para atribuição de licenças de guardas-nocturnos 11- Duas fotografias (tipo passe);

Documentos. Aplicável nos casos de pedidos de admissão a concurso para atribuição de licenças de guardas-nocturnos 11- Duas fotografias (tipo passe); (A preencher pelos serviços) Ex.mo(a) Senhor(a) Presidente da Câmara Municipal de Odivelas Processo n.º Pedido de Licenciamento da Actividade de Guarda-nocturno (Decreto-Lei n.º 310/2002, de 18/12, conjugado

Leia mais

Regulamento dos concursos especiais para acesso e ingresso ao ensino superior na Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado

Regulamento dos concursos especiais para acesso e ingresso ao ensino superior na Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DR. JOSÉ TIMÓTEO MONTALVÃO MACHADO Regulamento dos concursos especiais para acesso e ingresso ao ensino superior na Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão

Leia mais

Regulamento da Candidatura através dos Concursos Especiais. Ano Letivo 2013/2014

Regulamento da Candidatura através dos Concursos Especiais. Ano Letivo 2013/2014 Regulamento da Candidatura através dos Concursos Especiais (Decreto-Lei nº393-b/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto-lei nº64/2006, de 21 de março, pelo Decreto-Lei nº88/2006, de 23 de maio, e pela

Leia mais

Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo /

Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo / Campus de Gualtar 4710-057 Braga P I - identificação e residência Nome: Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo / Nº de aluno: Data de nascimento / / Estado civil: Sexo:

Leia mais

Anexo 7 CTC 25/1/2012

Anexo 7 CTC 25/1/2012 Anexo7 CTC25/1/2012 INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE LISBOA Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso da Escola Superior de Educação de Lisboa

Leia mais

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa FAQ S 1. Quais os requisitos necessários para ingressar num Mestrado? O candidato deverá ser titular do grau de licenciatura ou de mestre sendo as áreas de formação definidas aquando da publicação do edital

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO APROVADO 30 de junho de 2014 O Presidente, ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO (Paulo Parente) REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM E DAS PROVAS

Leia mais

Inscrições nos Exames Nacionais e Acesso ao Ensino Superior. SPO AEVagos

Inscrições nos Exames Nacionais e Acesso ao Ensino Superior. SPO AEVagos Inscrições nos Exames Nacionais e Acesso ao Ensino Superior 2015 SPO AEVagos Condições de Candidatura Ter aprovação num curso do Ensino Secundário Ter realizado, em 2013 e/ou 2014 e/ou 2015, as Provas

Leia mais

Procedimentos Matrículas e Inscrições 2015/2016 1.º ciclo - Licenciatura

Procedimentos Matrículas e Inscrições 2015/2016 1.º ciclo - Licenciatura Instituto Politécnico de Beja Procedimentos Matrículas e Inscrições 2015/2016 1.º ciclo - Licenciatura Serviços Académicos (Sector I) Introdução O presente documento constitui um breve guia que visa ajudar

Leia mais

Mais de 40 anos de Progresso! Calendário de Exames do Ensino Secundário e de Acesso ao Ensino Superior 2010/2011

Mais de 40 anos de Progresso! Calendário de Exames do Ensino Secundário e de Acesso ao Ensino Superior 2010/2011 Mais de 40 anos de Progresso! Calendário de Exames do Ensino Secundário e de Acesso ao Ensino Superior 2010/2011 1. Calendário Geral de Exames do Ensino Secundário e de Acesso ao Ensino Superior (2011)*

Leia mais

EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO e ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO e ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIA GERAL DE EXAMES - 2009 EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO e ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular -Júri Nacional de Exames Direcção-Geral do Ensino

Leia mais

Regulamento de Ingresso e Acesso para Estudantes Internacionais da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Disposição geral Objeto

Regulamento de Ingresso e Acesso para Estudantes Internacionais da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Disposição geral Objeto Regulamento de Ingresso e Acesso para Estudantes Internacionais da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa SECÇÃO A Disposição geral Artigo 1.º Objeto O presente regulamento define as normas aplicáveis

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA ANO LETIVO 20 / 20

BOLSAS DE ESTUDO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA ANO LETIVO 20 / 20 Nº da candidatura / FORMULÁRIO DE CANDIDATURA ANO LETIVO 20 / 20 1. IDENTIFICAÇÃO DO/A CANDIDATO/A Nome: Data de nascimento (aa/mm/dd): / / BI ou Cartão do Cidadão nº: válido até (aa/mm/dd) / / NIF (n.º

Leia mais

2ª FASE HORA 2ª FEIRA, 13 DE JULHO 3ª FEIRA, 14 DE JULHO 4ª FEIRA, 15 DE JULHO 5ª FEIRA, 16 DE JULHO 6ª FEIRA, 17 DE JULHO

2ª FASE HORA 2ª FEIRA, 13 DE JULHO 3ª FEIRA, 14 DE JULHO 4ª FEIRA, 15 DE JULHO 5ª FEIRA, 16 DE JULHO 6ª FEIRA, 17 DE JULHO CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Português (41) Português Matemática (42) Estudo do Meio (22) (Prova escrita 60 minutos) Expressões Artísticas (23) 90 minutos)

Leia mais

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014 Reitoria despacho RT-55/2014 A Universidade do Minho tem vindo a atrair um número crescente de estudantes estrangeiros, que hoje representam um importante contingente da sua comunidade estudantil. Com

Leia mais

Regulamento de Admissão às Licenciaturas da Faculdade de Economia e Gestão

Regulamento de Admissão às Licenciaturas da Faculdade de Economia e Gestão Regulamento de Admissão às Licenciaturas da Faculdade de Economia e Gestão Artigo 1º Âmbito e Disposições Gerais 1. O presente Regulamento é aplicável às candidaturas aos cursos de Licenciatura da Faculdade

Leia mais

Regulamento dos regimes de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência no Ciclo de Estudos conducente ao Grau de Licenciado

Regulamento dos regimes de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência no Ciclo de Estudos conducente ao Grau de Licenciado ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Regulamento dos regimes de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência no Ciclo de Estudos conducente ao Grau de Licenciado (Preâmbulo)

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA S SERVIÇOS JURÍDICOS. ÁREA DE FORMAÇÃO Ciências Jurídicas PERFIL PROFISSIONAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA S SERVIÇOS JURÍDICOS. ÁREA DE FORMAÇÃO Ciências Jurídicas PERFIL PROFISSIONAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA S SERVIÇOS JURÍDICOS ÁREA DE FORMAÇÃO Ciências Jurídicas PERFIL PROFISSIONAL Técnico Especialista em Serviços Jurídicos LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Decreto-lei nº 88/2006,

Leia mais

AVISO Código da Publicitação do Procedimento - B/2015

AVISO Código da Publicitação do Procedimento - B/2015 AVISO Código da Publicitação do Procedimento - B/2015 Procedimento de Seleção para recrutamento de Técnicos no âmbito do Programa de Atividades de Enriquecimento Curricular do 1.º Ciclo de Ensino Básico

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO PSICÓLOGA ÁUREA SANTOS OBJECTIVOS Os cursos científico-humanísticos estão vocacionados para o prosseguimento de estudos de nível superior, de carácter universitário ou politécnico. DURAÇÃO Têm a duração

Leia mais

Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição

Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição Regime de qualificações nos domínios da construção urbana e do urbanismo Perguntas e respostas sobre a inscrição/renovação da inscrição 1. Quais as instruções a seguir pelos técnicos que pretendam exercer

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro 170100 Escola Básica 2,3 de Pegões 345192 2014/2015

Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro 170100 Escola Básica 2,3 de Pegões 345192 2014/2015 Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro 170100 Escola Básica 2,3 de Pegões 345192 2014/2015 INFORMAÇÃO AOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO E ALUNOS ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre Edital Cursos de Mestrado em Enfermagem (Despachos n.º 23087/2009, n.º 23089/2009, n.º 23088/2009 20 de Outubro de 2009). 1 Por

Leia mais

MANUAL: Transportes escolares

MANUAL: Transportes escolares MUNICÍPIO DE OEIRAS DECPC Divisão de Educação MANUAL: Transportes escolares Conforme o Plano de Atribuição de Auxílios Económicos no Âmbito da Ação Social Escolar, aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

BOLSA DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR

BOLSA DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR 1 IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO BOLSA DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR Nome: NIF: Data de nascimento / / Estado Civil: NISS: Cartão Cidadão n.º Válido até: / / Nacionalidade: Natural de: Filiação:

Leia mais

Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso, Mudança de Par/Instituição/Curso

Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso, Mudança de Par/Instituição/Curso Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso, Mudança de Par/Instituição/Curso A Portaria nº 181-D/2015, de 19 de junho, aprova o Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição

Leia mais

Intervenção Vocacional no 9º Ano Serviço de Psicologia, Externato da Luz 2008/2009 Simulação do preenchimento do Boletim de Matrícula para o 10º Ano O pedido de matrícula pode ser efectuado presencialmente

Leia mais

Provas Finais do Ensino Básico 1º Ciclo 4º Ano

Provas Finais do Ensino Básico 1º Ciclo 4º Ano Secretariado de Exames 2012/2013 Provas Finais do Ensino Básico 1º Ciclo 4º Ano http://www.dgidc.min edu.pt/jurinacionalexames/ www.gave.min edu.pt/np3/exames 1 Calendário de provas finais do 1º ciclo

Leia mais

Regulamento do Concurso Local de Acesso Licenciatura em Teatro Ramo de Design de Cena

Regulamento do Concurso Local de Acesso Licenciatura em Teatro Ramo de Design de Cena Regulamento do Concurso Local de Acesso Licenciatura em Teatro Ramo de Design de Cena O curso de licenciatura em Teatro Ramo de Design de Cena ministrado no Departamento de Teatro da Escola Superior de

Leia mais

Instituto Superior da Maia ISMAI CET. Realização de Eventos Multimédia

Instituto Superior da Maia ISMAI CET. Realização de Eventos Multimédia Instituto Superior da Maia ISMAI CET Realização de Eventos Multimédia CoordenadorA Professora Doutora Célia Sousa Vieira cvieira@ismai.pt fundamentos e Objectivos A área de formação deste CET reside nos

Leia mais