O que é Arquitetura de Computadores?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O que é Arquitetura de Computadores?"

Transcrição

1 O que é Arquitetura de Computadores? Forças Coordenação de um conjunto de níveis de abstração de um computador sobre um grande conjunto de forças de mudança Arquitetura de Computadores = Arquitetura de Conjuntos de Instruções + Organização de Máquina Cenário Constante em Computação Desejo por melhor desempenho Desejo por sistemas menores e mais leves Desejo por maior capacidade de memória e armazenamento Desejo por menor consumo de energia (menor dissipação de calor) e conseqüentemente baterias menores e mais leves, fundamental em sistemas embutidos Por que melhor desempenho? Softwares cada vez mais complexos Sistemas gráficos com qualidade de imagem cada vez maior Novas aplicações Reconhecimento de voz, Processamento de imagem, (Localização, identificação,etc.) Realidade Virtual, Servidores com enorme número de usuários (Internet), etc. Aplicações clássicas Previsão de Tempo, Simulação complexa, Solução de Problemas Matemáticos, etc. Problemas e Limites Há limites físicos para a tecnologia eletrônico-digital: Custos de construção Velocidade da luz; Capacidade de integração dos circuitos; Distância entre componentes de um circuito; Superaquecimento e custo de refrigeração Alternativas Alternativas para obtenção de computadores mais poderosos: 1. Avanços na tecnologia eletrônico-digital; 2. Aperfeiçoamento da arquitetura de computadores; 3. Utilização de vários processadores num único computador; 4. Interligação de computadores entre si (redes de computadores). 1

2 Situando Organização de Máquina Aperfeiçoamentos na Arquitetura de Computadores Arquitetura de Conjunto de Instrução Pipeline para diminuir a ociosidade da CPU no ciclo de instrução. Emissão de várias instruções para execução, em processamento superescalar. Melhor organização dos circuitos aritméticospara se obter muitos resultados intermediários simultâneos. Aperfeiçoamentos na Arquitetura de Computadores Situando Arquitetura de Conjunto de Instruções Organização de Máquinas Memória cache para melhorar as interações entre memória e CPU. Memória entrelaçada para aumentar a largura de banda do sistema de memória Utilização de processadores de entrada e saída em paralelo com a CPU, em multiprogramação e time sharing. Por que estudar Arquitetura de Computadores? Para entender melhor a estrutura e o funcionamento dos computadores Para entender as soluções de compromisso(tradeoffs) entre vários componentes Para entender melhor o impacto das tendências da tecnologia e forças de mercado sobre a evolução dos computadores Para aprender a utilizar técnicas de otimização de desempenho em sistemas computacionais (software ou hardware) Para estar apto a fazer projeto de sistemas embutidos e desenvolvimento de software embutido de modo mais eficiente, bem como melhores decisões de compra de hardware Computação: Um pouco de História... Pré-história Máquinas de Calcular Ábacos Chineses (há mais de 2000 anos) Calculadoras Mecânicas (Pascal e Leibniz) ~1650 História O computador mecânico de Charles Babbage A primeira programadora: Ada (~1840) 2

3 Mais um pouco de História O computador Eletrônico: Von Neumman (década de 40) Instruções na Memória (ao contrário de cartões perfurados) usado até hoje! Primeiros Computadores (por volta de ) Z-1(alemão), Mark I (americano), ENIAC (americano, 500 multiplicações por segundo!) ENIAC (Electronic Numerical Integrator and Calculator) Evolução De 1946 para cá, a tecnologia eletrônico-digital evoluiu muito e continua a evoluir: Relés eletro-mecânicos, válvulas eletrônicas, transistores, circuitos impressos, circuitos integrados (MSI, LSI, VLSI, ULSI), fibra ótica, supercondutividade, raio laser, troca de silício por arsenato de gálio, etc.. O ENIAC tinha 24 metros de extensão, algumas toneladas e capacidade de operar 500 multiplicações/segundo Um ipad 2 tem capacidade de 168.9MFLOPs e um iphone 33.3 MFLOPs Evolução da Unidades Funcionais Os primeiros micros só tinham hardware para somar e subtrair números inteiros. Multiplicação e divisão de inteiros e operações com números reais eram realizadas por software. Hoje essas últimas e outras funções tais como as trigonométricas, exponenciais e logarítmicas já são implementadas por hardware. Além disso esse hardware vem sendo aperfeiçoado. Os primeiros Microprocessadores O Intel 4004 foi o primeiro chip a conter todos os elementos de uma CPU. Fabricado em 1971, trazia ao mundo os microcomputadores. Somava números de 4 bits e a multiplicação era obtida por software, através de repetidas adições. O Intel 8008 foi o primeiro microprocessador de 8 bits; introduzido no mercado em 1972; duas vezes mais complexo que o Ambos processadores, o 4004 e o 8008, foram projetados para aplicações especificas. Os processadores x86 Intel 8088 e 8086 São os primeiros microprocessadores de 16 bits da Intel; lançados no mercado em Para aritmética de ponto-flutuante, existe o coprocessador 8087, opcional. Diferenças Básicas Barramento externo: do 8088, 8 bits; do 8086, 16 bits. Buffer de instruções: do 8088, 4 bytes, do 8086, 6 bytes. 3

4 Registradores no 8086 Modelo de Memória do 8086 Mais Processadores x86 Intel 80486: a partir de 1989 Uso de sofisticada tecnologia de memória cache e de pipelinede instruções; Coprocessador de ponto-flutuantepassou a ser incorporado ao processador principal. Pentium: a partir de 1992 Computador superescalar; Cache de instruções separada de cache de dados; Uso de tecnologia agressiva para reduzir os efeitos negativos das instruções de desvio condicional no desempenho superescalar; Core 2: a partir de 2006 Computadores com múltiplos núcleos: Duo, quad, extreme Registradores do Pentium e de seu ancestral o 8086 A arquitetura x86 Os cinco componentes clássicos de um Computador O x86 não é tão complexo assim ele só não faz muito sentido. (Mike Johnson, Líder de projeto do 80x86 na AMD, relatório de microprocessador (1994)) Por isso, durante a maior parte do curso estaremos utilizando processadores RISC como exemplos e como veremos a maior parte do sistemas embutidos utilizam processadores RISC 4

5 Organização Simples Exemplo de Arquitetura de um Computador Atual O Processador em Funcionamento: Executando Instruções Em linhas gerais, a execução de uma instrução pode ser dividida nas seguintes fases: 1. Recuperação do código da operação 2. Decodificação do código da operação 3. Recuperação dos operandos 4. Execução propriamente dita 5. Armazenamento dos resultados As fases que envolvem acesso à memória podem ser dez vezes mais lentas que as demais ou até mais lentas Um processsador é um Software implementado em Hardware! Tipos de Processadores segundo posição dos operandos e resultado Processadores com Acumulador: Operações envolvem um registrador especial e [em alguns casos] a memória. Processadores com Registradores de Propósito Geral: Os operandos podem estar em vários registradores ou mesmo na memória. Processadores de Pilha: instruções e operandos ficam armazenados em uma estrutura de dados do tipo Pilha na memória. Processadores com Acumulador Exemplo de Funcionamento de um Processador com Acumulador Processador com Acumulador: Um Caso Simples Comparação simples versus Processador com Registradores de Propósito Geral 5

6 Microprograma da CPU com Acumulador Exemplo de programa em Processador com Acumulador Pseudo-código: T1=F+G T1=(H-I)*T1 T2=E*F X=A+B X=((C-D)*X-T2)/T1 Equivalente a: ( C D)*( A + B) ( E * F) X = ( H I)*( F + G) Qual o código assembly correspondente? Acumulador x Registradores de Propósitos Gerais Pergunta... Considerando a seguinte divisão de fases: 1. Recuperação do código da operação 2. Decodificação do código da operação 3. Recuperação dos operandos 4. Execução propriamente dita 5. Armazenamento dos resultados Há algum problema intrínseco de desempenho na arquitetura com acumulador? Qual? Novos processadores As tarefas básicas ocorrem em todos os processadores: 1. Recuperação do código da operação 2. Decodificação do código da operação 3. Recuperação dos operandos 4. Execução propriamente dita 5. Armazenamento dos resultados Como isto é feito e/ou organizado muda (muito) principalmente por: DESEMPENHO Evolução dos desempenhos dos processadores 6

7 Como medir desempenho? Como se mede o impacto de um melhoria no desempenho de um computador? Clock? FLOPS? Desempenho (performance) deve ser medida através de um conjunto de tarefas executadas por unidade de tempo? Quanto maior melhor Desempenho deve ser medida pelo tempo gasto para realizar uma determinada tarefa? Quanto menor melhor Medidas de Desempenho Throughput: Número de tarefas concluídas por unidade de tempo. Por exemplo, instruções/segundo. MFLOPs, Mbps. Tempo de resposta (latência): Tempo consumido para executar uma determinada tarefa ou conjunto de tarefas Perguntas? Aumentar o throughput sempre melhora o tempo de resposta? Modelo Simples Produtor-Consumidor Diminuir o tempo de resposta sempre melhora o throughput? Latência (Tempo de Resposta): tempo médio para a conclusão de uma tarefa. Para minimizar: A fila deveria estar vazia O servidor deveria estar ocioso(idle) Modelo Simples Produtor-Consumidor Aumentando o Throughput Throughput ( Taxa de Finalização ): Número de tarefas concluídas por unidade de tempo Para maximizar: A fila nunca deveria estar vazia O servidor nunca deveria estar ocioso(idle) Em geral, throughput pode ser incrementado Colocando mais hardware (reduzindo latência relacionada a carga) Tempo de resposta é muito mais difícil de reduzir É preciso otimizar a arquitetura e/ou tecnologia de implementação 7

8 Aumento de Throughput X Tempo de Resposta Desempenho Estejamos preocupados com throughput ou latência, o mais importante é o tempo total de conclusão dos programas de interesse do usuário. O computador mais rápido é aquele que executa suas tarefas em menor tempo O fundamental é saber especificar quais as tarefas relevantes para aquele computador Definindo Desempenho Medindo o aumento de desempenho Considerando tempo de execução, temos: Desempenho(x)= 1/TempoExecução(X) Aumento de desempenho ocorrido, devido a uma melhoria E. Logo, dizer que X é n vezes mais rápido que Y, significa: ou, Desempenho( x) = n Desempenho( y) Tempo _ Execução( Y ) = n Tempo _ Execução( X ) Existem várias técnicas, componentes e meios de comunicação que podem ser alvo de aperfeiçoamentos. Por outro lado, existem também vários tipos de instruções quais devem ser melhoradas preferencialmente. O que deve ser priorizado para possível melhoria? Caso comum e a Lei de Amdahl Lei de Amdahl O ganho de desempenho possível de um dado melhoramento é limitado pela fração de tempo que a característica melhorada é usada. Suponha que um aperfeiçoamento ofereça um ganho de desempenho S para uma fração do tempo F. Qual o ganho de desempenho? 8

Arquitetura e Organização de Computadores 2. Apresentação da Disciplina

Arquitetura e Organização de Computadores 2. Apresentação da Disciplina Arquitetura e Organização de Computadores 2 Apresentação da Disciplina 1 Objetivos Gerais da Disciplina Aprofundar o conhecimento sobre o funcionamento interno dos computadores em detalhes Estudar técnicas

Leia mais

Medidas de Desempenho e a Lei de Amdahl

Medidas de Desempenho e a Lei de Amdahl Medidas de Desempenho e a Lei de Amdahl Arquiteturas para Alto Desmpenho Prof. pauloac@ita.br Sala 110 Prédio da Computação www.comp.ita.br/~pauloac Evolução dos processadores Como medir desempenho? Como

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Aula 01 Tecnologias e Perspectiva Histórica Edgar Noda Pré-história Em 1642, Blaise Pascal (1633-1662) construiu uma máquina de calcular mecânica que podia somar

Leia mais

Parte 01. Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto

Parte 01. Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto Parte 01 Fundamentos de Arquitetura de Computadores Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Conteúdo 1. Introdução i. Definição de Computador ii. Máquina Multinível iii. Evolução do Computador Histórico

Leia mais

Calculadoras Mecânicas

Calculadoras Mecânicas ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Evolução e Desempenho de Computadores 1ª Calculadora - séc. V a.c Muitos povos da antiguidade utilizavam o ábaco para a realização de cálculos do dia a dia, principalmente

Leia mais

Capítulo 1 Introdução

Capítulo 1 Introdução Capítulo 1 Introdução Programa: Seqüência de instruções descrevendo como executar uma determinada tarefa. Computador: Conjunto do hardware + Software Os circuitos eletrônicos de um determinado computador

Leia mais

Gerações de Computadores. INF005 - Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 3 Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela.

Gerações de Computadores. INF005 - Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 3 Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela. Gerações de Computadores INF005 - Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 3 Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela.com) Como é formado o meu computador? Computador = hardware + software 1ª

Leia mais

Microprocessadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Microprocessadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Microprocessadores Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Introdução; Arquitetura de Microprocessadores; Unidade de Controle UC; Unidade Lógica Aritméticas ULA; Arquitetura de von Neumann; Execução de

Leia mais

Introdução à Organização de Computadores. Sistemas da Computação Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007

Introdução à Organização de Computadores. Sistemas da Computação Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007 Introdução à Organização de Computadores Sistemas da Computação Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007 Tópicos Processadores Memória Principal Memória Secundária Entrada e

Leia mais

ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU

ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU Principais partes da CPU: Nos primeiros computadores as partes da CPU eram construídas separadamente, ou seja, um equipamento fazia o papel de unidade lógica e aritmética

Leia mais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais Disciplina: Aplicações Avançadas de Microprocessadores (AAM) Prof. Eduardo Henrique Couto ehcouto@hotmail.com 2014/1 Apresentação do Professor: Cronograma:

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 1 Introdução: Um computador é uma máquina (conjunto de partes eletrônicas e eletromecânicas) capaz de sistematicamente coletar, manipular e fornecer resultados da manipulação de dados para um ou mais objetivos.

Leia mais

ORGANIZACÃO DE COMPUTADORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES

ORGANIZACÃO DE COMPUTADORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES O que é um chip? - conhecido como circuito integrado; - pequeno e fino pedaço de silício no qual os transistores, que formam o microprocessador, foram encapsulados; - processadores

Leia mais

Universidade de Brasília Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciências da Computação. Capítulo 1. Introdução, Abstrações e Histórico

Universidade de Brasília Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciências da Computação. Capítulo 1. Introdução, Abstrações e Histórico Universidade de Brasília Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciências da Computação Capítulo 1 Introdução, Abstrações e Histórico Prof. Marcus Vinicius Lamar 1 O que é: Organização e Arquitetura

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. Computador Digital: É uma máquina capaz de solucionar problemas através da execução de instruções que lhe são fornecidas.

1. INTRODUÇÃO. Computador Digital: É uma máquina capaz de solucionar problemas através da execução de instruções que lhe são fornecidas. 1. INTRODUÇÃO Computador Digital: É uma máquina capaz de solucionar problemas através da execução de instruções que lhe são fornecidas. Programa: É uma seqüência de instruções que descrevem como executar

Leia mais

RISC X CISC - Pipeline

RISC X CISC - Pipeline RISC X CISC - Pipeline IFBA Instituto Federal de Educ. Ciencia e Tec Bahia Curso de Analise e Desenvolvimento de Sistemas Arquitetura de Computadores 25 e 26/30 Prof. Msc. Antonio Carlos Souza Referências

Leia mais

Introdução à Organização de Computadores. Execução de Programas Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007

Introdução à Organização de Computadores. Execução de Programas Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007 Introdução à Organização de Computadores Execução de Programas Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007 CPU (Central Processing Unit) é o coordenador de todas as atividades

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I. de Computadores

Organização e Arquitetura de Computadores I. de Computadores Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Organização e Arquitetura de I Organização Básica B de (Parte V, Complementar)

Leia mais

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel.

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel. Hardware UCP Unidade Central de Processamento Características dos processadores Intel Disciplina: Organização e Arquitetura de Computadores Prof. Luiz Antonio do Nascimento Faculdade Nossa Cidade Objetivos

Leia mais

ENIAC (Electronic Numerical Integrator Analyzer and Computer)

ENIAC (Electronic Numerical Integrator Analyzer and Computer) No final do século XIX os computadores mecânicos, que realizavam cálculos através de um sistema de engrenagens, acionado por uma manivela ou outro sistema mecânico qualquer. PROF. MARCEL SANTOS SILVA O

Leia mais

29/3/2011. Primeira unidade de execução (pipe U): unidade de processamento completa, capaz de processar qualquer instrução;

29/3/2011. Primeira unidade de execução (pipe U): unidade de processamento completa, capaz de processar qualquer instrução; Em 1993, foi lançada a primeira versão do processador Pentium, que operava a 60 MHz Além do uso otimizado da memória cache (tecnologia já amadurecida) e da multiplicação do clock, o Pentium passou a utilizar

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I

INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Surgimento da Informática INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I Unidade I Prof Célio Conrado www.celioconrado.com celio.conrado@gmail.com Já nos

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Prof. Marcelo Mikosz Gonçalves

Arquitetura de Computadores. Prof. Marcelo Mikosz Gonçalves Arquitetura de Computadores Prof. Marcelo Mikosz Gonçalves Conceitos Básicos Programa: é uma seqüência de instruções que executam uma determinada tarefa. Linguagem de máquina: conjunto de instruções primitivas

Leia mais

Tópicos da aula. Histórico e Evolução dos Computadores. Noções Básicas de Arquitetura de Computadores

Tópicos da aula. Histórico e Evolução dos Computadores. Noções Básicas de Arquitetura de Computadores Tópicos da aula Introdução Histórico e Evolução dos Computadores Noções Básicas de Arquitetura de Computadores Características gerais dos componentes de um computador digital Objetivos da aula Complementar

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Introdução à Computação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Informática x Computação

Leia mais

SIS17 - Arquitetura de Computadores

SIS17 - Arquitetura de Computadores SIS17 - Arquitetura de Computadores Organização Básica B de Computadores (Parte I) Organização Básica B de Computadores Composição básica b de um Computador eletrônico digital Processador Memória Memória

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL 1 O ábaco romano O ábaco chinês Dispositivo de calcular frequentemente construído como um quadro de madeira com contas que deslizam sobre fios. Esteve em uso séculos antes da adoção do sistema de numeração

Leia mais

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM).

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). PROCESSADOR Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). INTRODUÇÃO O processador é o C.I. mais importante do computador. Ele é considerado o cérebro do computador, também conhecido como uma UCP -

Leia mais

O Computador. Conceito

O Computador. Conceito O Computador Conceito É uma máquina eletrônica de processamentos de dados programável, com grande capacidade de armazenamento de dados associado a altíssimas velocidades de processamento. Contudo, esta

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição. Capítulo 2 Evolução e desempenho do computador

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição. Capítulo 2 Evolução e desempenho do computador William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 2 Evolução e desempenho do computador slide 1 ENIAC histórico Electronic Numerical Integrator And Computer. Eckert e Mauchly.

Leia mais

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Introdução Os processadores (ou CPUs, de Central Processing Unit) são chips responsáveis pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções

Leia mais

Cursos de Computação. Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais

Cursos de Computação. Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais Visão do Sistema Operacional programadores e analistas usuários programas,

Leia mais

Introdução à Organização e Arquitetura de Computadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Introdução à Organização e Arquitetura de Computadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Introdução à Organização e Arquitetura de Computadores Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Introdução; Evolução dos Computadores; Considerações da Arquitetura de von Neumann; Execução de uma instrução

Leia mais

Cap. 5 - Microprocessadores

Cap. 5 - Microprocessadores Cap. 5 - Microprocessadores Arquitectura de Computadores 2010/2011 Licenciatura em Informática de Gestão Dora Melo (Responsável) Originais cedidos gentilmente por António Trigo (2009/2010) Instituto Superior

Leia mais

Introdução (Aula 1) Histórico da Arquitetura de Computadores

Introdução (Aula 1) Histórico da Arquitetura de Computadores Introdução (Aula 1) Histórico da Arquitetura de Computadores Evolução... 2 Geração Zero Computadores Mecânicos (1642-1945) (1) Blaise Pascal (1623-1662) Construiu em 1642 a primeira máquina de calcular,

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES MÓDULO 8

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES MÓDULO 8 ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES MÓDULO 8 Índice 1. A Organização do Computador - Continuação...3 1.1. Processadores - II... 3 1.1.1. Princípios de projeto para computadores modernos... 3 1.1.2. Paralelismo...

Leia mais

Conceitos e Evolução Capítulos 1 e 2

Conceitos e Evolução Capítulos 1 e 2 Aula 2 ARQUITETURA DE COMPUTADORES Conceitos e Evolução Capítulos 1 e 2 Prof. Osvaldo Mesquita E-mail: oswaldo.mesquita@gmail.com 1/48 CONTEÚDO DA AULA Conceitos Importantes O que é arquitetura de computadores?

Leia mais

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas (EFA-S4A)-NS Trabalho Realizado Por: Igor_Saraiva nº 7 Com

Leia mais

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento CPU - Significado CPU Central Processing Unit Unidade Central de Processamento CPU - Função Na CPU são executadas as instruções Instrução: comando que define integralmente uma operação a ser executada

Leia mais

Introducão à Informática: Histórico e Evolução

Introducão à Informática: Histórico e Evolução Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Tecnologia Departamento de Computação e Automação Introducão à Informática: Professor Responsável: Luiz Affonso Henderson Guedes de Oliveira Prof.

Leia mais

Computadores. Pré-história, Passado, Presente e Futuro. Princípios de TI - Computadores. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Computadores. Pré-história, Passado, Presente e Futuro. Princípios de TI - Computadores. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Computadores Pré-história, Passado, Presente e Futuro Slide 1 Conteúdo Introdução Pré-história dos Computadores (Computador Analógico). Passado dos Computadores (Válvula e Transistores). Presente (Micro-processadores).

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores. Hugo Barros email@hugobarros.com.br

Organização e Arquitetura de Computadores. Hugo Barros email@hugobarros.com.br Organização e Arquitetura de Computadores Hugo Barros email@hugobarros.com.br RISC X SISC RISC: Reduced Instruction Set Computer Nova Tecnologia para máquinas de alta performance; Máquina com um conjunto

Leia mais

A Unidade Central de Processamento é a responsável pelo processamento e execução de programas armazenados na MP.

A Unidade Central de Processamento é a responsável pelo processamento e execução de programas armazenados na MP. A ARQUITETURA DE UM COMPUTADOR A arquitetura básica de um computador moderno segue ainda de forma geral os conceitos estabelecidos pelo Professor da Universidade de Princeton, John Von Neumann (1903-1957),

Leia mais

Histórico dos Computadores

Histórico dos Computadores Histórico dos Computadores O mais antigo equipamento para cálculo foi o ábaco (Fig. 1), que era um quadro com arruelas móveis, dispostas em arames paralelos, tendo, portanto, um mecanismo simples. Surgido

Leia mais

Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO

Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO O processador é um dos componentes que mais determina

Leia mais

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso CPU Unidade Central de Processamento História e progresso O microprocessador, ou CPU, como é mais conhecido, é o cérebro do computador e é ele que executa todos os cálculos e processamentos necessários,

Leia mais

Sistemas Computacionais II Professor Frederico Sauer

Sistemas Computacionais II Professor Frederico Sauer Sistemas Computacionais II Professor Frederico Sauer Livro-texto: Introdução à Organização de Computadores 4ª edição Mário A. Monteiro Livros Técnicos e Científicos Editora. Atenção: Este material não

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. História dos computadores UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. História dos computadores UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador História dos computadores UFCD - 0769 Joaquim Frias O Ábaco Surgiu à cerca de 5000 anos na Ásia e ainda se encontra em uso Foi o primeiro

Leia mais

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br Fundamentos da Informática História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br História da Computação Hoje em dia, os computadores estão presentes em nossa vida de uma forma nunca vista

Leia mais

Fundamentos de Informática 1ºSemestre

Fundamentos de Informática 1ºSemestre Fundamentos de Informática 1ºSemestre Aula 1 Prof. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Uma abordagem inicial... o

Leia mais

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo ("pipeline") Execução de programas

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo (pipeline) Execução de programas http://www.ic.uff.br/~debora/fac! Dar noções iniciais dos componentes básicos de um sistema de computador, assim também como conceitos fundamentais necessários para a manipulação de informação dentro do

Leia mais

Profº Célio Conrado 1

Profº Célio Conrado 1 Surgimento da Informática Já nos tempos remotos o ser humano sentia a necessidade de quantificar coisas, fossem cabeças de rebanho, número de inimigos ou Unidade I qualquer outra informação contável. Provavelmente

Leia mais

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Prof. Edson Borin 1 o Semestre de 2012 ~2400 AC Ábaco: 1 a calculadora ~500 AC Introdução do Zero, Índia antiga ~300 AC Matemático Indiano descreveu

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Noções básicas sobre arquitetura e organização de computadores Universidade Federal Rural de Pernambuco Professor: Abner Corrêa Barros abnerbarros@gmail.com Funções do computador

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Agenda Introdução Estrutura e função Classes de Computadores Fundamentos Tendências na Tecnologia Contextualizado - Mas

Leia mais

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO Heleno Pontes Bezerra Neto (helenopontes@lccv.ufal.br) 1. Introdução 1.1. Motivação 1.2 Histórico e Desenvolvimento dos Computadores 1.3. Organização dos Computadores 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 5 Flávia Maristela (flaviamsn@ifba.edu.br) Arquitetura de Von Neumann e as máquinas modernas Onde

Leia mais

Microprocessadores II - ELE 1084

Microprocessadores II - ELE 1084 Microprocessadores II - ELE 1084 CAPÍTULO III OS PROCESSADORES 3.1 Gerações de Processadores 3.1 Gerações de Processadores Primeira Geração (P1) Início da arquitetura de 16 bits CPU 8086 e 8088; Arquiteturas

Leia mais

Introdução INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO M. Sistema Computacional. Máquina Virtual. Solução 8/10/10. O problema de comunicação humanocomputador

Introdução INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO M. Sistema Computacional. Máquina Virtual. Solução 8/10/10. O problema de comunicação humanocomputador Introdução INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO M M.Sc. Ricardo de Sousa Britto (rbritto@ufpi.edu.br) Computador: Máquina programável, de propósito geral, que processa informação. Programa: Seqüência de instruções

Leia mais

Introdução à Computação: História dos computadores

Introdução à Computação: História dos computadores Introdução à Computação: História dos computadores Ricardo de Sousa Bri.o rbri.o@ufpi.edu.br DIE- UFPI 2004 by Pearson Education Objetivos Aprender sobre a história dos computadores. 2004 by Pearson Education

Leia mais

A história da computação. Prof: Diego Medeiros

A história da computação. Prof: Diego Medeiros A história da computação Prof: Diego Medeiros O que é a computação? Computação (latim computatio, -onis) 1. Ato ou efeito de computar. Cálculo, cômputo 2. Conjunto de conhecimentos e técnicas referentes

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

Surgimento da Informática

Surgimento da Informática 1 CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I Unidade I Prof Célio Conrado www.celioconrado.com celio.conrado@gmail.com Surgimento da Informática Já

Leia mais

Microcontroladores e Microprocessadores

Microcontroladores e Microprocessadores Microcontroladores e Microprocessadores Arquitetura Von Neumann e Arquitetura Harvard Prof. Samuel Cavalcante Conteúdo Componentes básicos de um computador Processamento Unidades de Entrada/Saída (I/O)

Leia mais

Informática I. Aula 5. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 5-13/05/2006 1

Informática I. Aula 5. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 5-13/05/2006 1 Informática I Aula 5 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 5-13/05/2006 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 7 Unidade Central de Processamento (UCP): O processador é o componente vital do sistema de computação, responsável pela realização das operações de processamento e de controle, durante a execução de um

Leia mais

Arquitetura de Computadores. por Helcio Wagner da Silva

Arquitetura de Computadores. por Helcio Wagner da Silva Arquitetura de Computadores -Introdução por Helcio Wagner da Silva Histórico da Evolução dos Computadores ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Computer) John Mauchly& John Presper Eckert, Universidade

Leia mais

- Aula 2 ESTÁGIOS DA EVOLUÇÃO DA ARQUITETURA DOS COMPUTADORES

- Aula 2 ESTÁGIOS DA EVOLUÇÃO DA ARQUITETURA DOS COMPUTADORES - Aula 2 ESTÁGIOS DA EVOLUÇÃO DA ARQUITETURA DOS COMPUTADORES 1. INTRODUÇÃO Centenas de tipos diferentes de computadores foram projetados e construídos ao longo do ciclo evolutivo dos computadores digitais.

Leia mais

Tecnologia da Administração Computador: origem, funcionamento e componentes básicos Parte I Sumário Introdução Origem Funcionamento Componentes Básicos Referências Introdução O objetivo deste material

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Introdução. Sistemas Computacionais Classificação. Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação

Introdução. Sistemas Computacionais Classificação. Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Introdução à Computação Sistemas Computacionais Prof. a Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo joseana@computacao.ufcg.edu.br

Leia mais

Arquiteturas RISC. (Reduced Instructions Set Computers)

Arquiteturas RISC. (Reduced Instructions Set Computers) Arquiteturas RISC (Reduced Instructions Set Computers) 1 INOVAÇÕES DESDE O SURGIMENTO DO COMPU- TADOR DE PROGRAMA ARMAZENADO (1950)! O conceito de família: desacoplamento da arquitetura de uma máquina

Leia mais

Microinformática - História da computação. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática - História da computação. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática - História da computação Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Conhecer a história nos traz uma melhor visão das coisas que fazemos: Como elas aconteceram Como evoluíram até o que são hoje

Leia mais

Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert

Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 2 Evolução e desempenho do computador Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 ENIAC histórico

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Introdução Arquitetura de Introdução Computador: Máquina programável, de propósito geral, que processa informação. Programa: Seqüência de instruções (de uma dada linguagem de programação) que operam sobre

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES

ARQUITETURA DE COMPUTADORES 01001111 01110010 01100111 01100001 01101110 01101001 01111010 01100001 11100111 11100011 01101111 00100000 01100100 01100101 00100000 01000011 01101111 01101101 01110000 01110101 01110100 01100001 01100100

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: ICO Aula N : 09 Tema: Unidade Central de

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Fernando Fonseca Ramos Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros Fundação Educacional Montes Claros 1 Índice 1- Introdução 3- Memórias 4- Dispositivos

Leia mais

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD.

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD. AULA4: PROCESSADORES 1. OBJETIVO Figura 1 Processadores Intel e AMD. Conhecer as funcionalidades dos processadores nos computadores trabalhando suas principais características e aplicações. 2. INTRODUÇÃO

Leia mais

Organização de Computadores I

Organização de Computadores I Departamento de Ciência da Computação - UFF Objetivos Organização de Computadores I Profa. Débora Christina Muchaluat Saade debora@midiacom.uff.br http://www.ic.uff.br/~debora/orgcomp Dar noções iniciais

Leia mais

Conteúdo Tópicos Breve história dos computadores. Capítulo 2 Evolução do Computador e Desempenho. Desempenho

Conteúdo Tópicos Breve história dos computadores. Capítulo 2 Evolução do Computador e Desempenho. Desempenho Capítulo 2 Evolução do Computador e Desempenho Conteúdo Tópicos Breve história dos computadores Tubos de Vácuo Transístores Circuitos Integrados Desempenho velocidade do microprocesador balanceamento Evolução:

Leia mais

Fundamentos de Programação I

Fundamentos de Programação I 1 Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR Campus: Campo Mourão Professor: Rafael Henrique Dalegrave Zottesso E-mail: rafaelzottesso@utfpr.edu.br Material cedido por: Prof. Luiz Arthur Sumário:

Leia mais

Arquitetura Genérica

Arquitetura Genérica Arquitetura Genérica Antes de tudo, vamos revisar o Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador. Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador O funcionamento de um computador pode ser

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

Evolução... Introdução (Aula 1) Histórico da Arquitetura de Computadores

Evolução... Introdução (Aula 1) Histórico da Arquitetura de Computadores Evolução... Introdução (Aula 1) Histórico da Arquitetura de Computadores Roberta Lima Gomes - LPRM/DI/UFES Sistemas de Programação I Eng. Elétrica 2007/2 Agradecimentos: Camilo Calvi - LPRM/DI/UFES 2 Geração

Leia mais

Informática I. Aula 4. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 4-11/09/2006 1

Informática I. Aula 4. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 4-11/09/2006 1 Informática I Aula 4 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 4-11/09/2006 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Arquitetura de Computadores Paralelismo, CISC X RISC, Interpretação X Tradução, Caminho de dados

Arquitetura de Computadores Paralelismo, CISC X RISC, Interpretação X Tradução, Caminho de dados Arquitetura de Computadores Paralelismo, CISC X RISC, Interpretação X Tradução, Caminho de dados Organização de um Computador Típico Memória: Armazena dados e programas. Processador (CPU - Central Processing

Leia mais

Máquinas Multiníveis

Máquinas Multiníveis Infra-Estrutura de Hardware Máquinas Multiníveis Prof. Edilberto Silva www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Sumário Conceitos básicos Classificação de arquiteturas Tendências da tecnologia Família Pentium

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Processadores É indispensável em qualquer computador, tem a função de gerenciamento, controlando todas as informações de

Leia mais

Fundamentos e Suporte de Computadores. Professora Monalize

Fundamentos e Suporte de Computadores. Professora Monalize Fundamentos e Suporte de Computadores Professora Monalize COMPUTADOR DIGITAL é um equipamento eletrônico que processa dados usando programas, podendo ser dividido em: HARDWARE : parte "física, é o equipamento

Leia mais

Aula 26: Arquiteturas RISC vs. CISC

Aula 26: Arquiteturas RISC vs. CISC Aula 26: Arquiteturas RISC vs CISC Diego Passos Universidade Federal Fluminense Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Diego Passos (UFF) Arquiteturas RISC vs CISC FAC 1 / 33 Revisão Diego Passos

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Ivan Saraiva Silva

Arquitetura de Computadores. Ivan Saraiva Silva Arquitetura de Computadores Métricas de Desempenho Ivan Saraiva Silva Sumário Como arquiteturas são geralmente avaliadas Como arquiteturas obedecem a restrições de projeto Métricas de desempenho Combinando

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Hardware. Arquitetura básica de Processadores. Profº André Luiz andreluizsp@gmail.

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Hardware. Arquitetura básica de Processadores. Profº André Luiz andreluizsp@gmail. Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Hardware Arquitetura básica de Processadores Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com 1 Microprocessador Ao comprar um desktop ou notebook, quase

Leia mais

Visão Geral da Arquitetura de Computadores. Prof. Elthon Scariel Dias

Visão Geral da Arquitetura de Computadores. Prof. Elthon Scariel Dias Visão Geral da Arquitetura de Computadores Prof. Elthon Scariel Dias O que é Arquitetura de Computadores? Há várias definições para o termo arquitetura de computadores : É a estrutura e comportamento de

Leia mais

Organização de Computadores 1

Organização de Computadores 1 Organização de Computadores 1 3 ARQUITETURA DE VON NEUMANN E DESEMPENHO DE COMPUTADORES Prof. Luiz Gustavo A. Martins Tipos de Arquitetura Arquitetura de von Neumann: Conceito de programa armazenado; Dados

Leia mais

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Índice 1 - CPU-Processador 2 - Chipset Intel/AMD 3 - Cache 4 - Núcleo 5 - CISC/RISC 1. CPU / Processador A unidade central de processamento ou CPU (Central Processing

Leia mais

A Intel e a AMD são os mais conhecidos fabricantes de processadores ambos tiveram a sua evolução em termos de fabrico de processadores

A Intel e a AMD são os mais conhecidos fabricantes de processadores ambos tiveram a sua evolução em termos de fabrico de processadores A Intel e a AMD são os mais conhecidos fabricantes de processadores ambos tiveram a sua evolução em termos de fabrico de processadores De seguida mencionamos a evolução de ambos os fabricantes Intel 8086

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Processamento de Dados

Processamento de Dados AEDB Associação Educacional Dom Bosco Faculdade de Engenharia de Resende Processamento de Dados Gabriel Pitágoras Silva e Brenner gabrielbrenner@gmail.com Sobre o Professor Professor da Dom Bosco desde

Leia mais

INFORMÁTICA HISTÓRIA DA INFORMÁTICA 1º PD PROFESSOR

INFORMÁTICA HISTÓRIA DA INFORMÁTICA 1º PD PROFESSOR INFORMÁTICA HISTÓRIA DA INFORMÁTICA 1º PD PROFESSOR Nelson Fabbri Gerbelli O que é informática? INFORMAÇÃO TECNOLOGIA INFORMÁTICA INFORmação automática 2 ÁBACO Na China, 3000 anos antes de Cristo, surgiu

Leia mais