CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento"

Transcrição

1

2 CPU - Significado CPU Central Processing Unit Unidade Central de Processamento

3 CPU - Função Na CPU são executadas as instruções Instrução: comando que define integralmente uma operação a ser executada Programa: instruções ordenadas logicamente

4 CPU - Composição A CPU é composta por várias v unidades: Unidade de Controlo Unidade Lógica L e Aritmética tica 4

5 CPU - Composição A CPU é composta por várias v unidades: Registos Unidade de Comunicação Interna 5

6 CPU - Composição Unidade de Controlo UC Determina a execução e interpretação dos dados que estão a ser processados num dado instante. 6

7 CPU - Composição Unidade Lógica L e Aritmética tica ULA Recebe os dados da memória para processar, quando uma instrução aritmética tica ou lógica l encontrada. é 7

8 CPU - Composição Registos Armazenam, temporariamente, os dados com que a ULA efectua as operações. 8

9 CPU - Composição Unidade de Comunicação Interna UCI Liga os diferentes componentes internos do microprocessador aos componentes externos. 9

10 CPU Sistema Operativo Conjunto de ferramentas necessárias para que um computador possa ser utilizado de forma adequada. Consiste numa camada entre o aplicativo e a camada física do hardware. 10

11 CPU Programação e linguagem Linguagem de MáquinaM Uma CPU só s pode compreender instruções que sejam expressas em Linguagem de Máquina. M Um programa escrito em linguagem máquina, m consiste numa série s de números n binários. 11

12 CPU - Programação e linguagem Linguagem de Baixo NívelN Linguagem de Alto NívelN Compiladores 12

13 CPU - Velocidade O processador mais rápido r neste mercado costuma ter entre 2 a 3 vezes o desempenho do processador mais lento e ser equivalente ao processador mais lento ao fim de 2 anos. 13

14 CPU - Velocidade O seu preço o costuma ser 10 vezes mais caro que o processador mais lento sendo uma das peças do computador que se desvaloriza mais rapidamente. 14

15 CPU - Velocidade Tirando jogos recentes, tratamento de vídeo, v bases de dados e aplicações complexas qualquer processador é capaz de desempenhar de forma igual a maior parte das tarefas de num computador pessoal. 15

16 CPU - Velocidade O processador é extremamente rápido r a executar instruções, sendo o problema principal, devido à sua velocidade, o fornecimento de dados e instruções suficientes para que não fique parado. 16

17 CPU - Velocidade No caso dos netbooks o processador é algo secundário sendo mais lento que os processadores habituais. Comparador do desempenho de processadores. 17

18 CPU - Velocidade Em cada processador há h milhões de transístores. stores. Além m do núcleo n do processador são usados para a memória "cache" e um sem fim de circuitos especiais feitos para melhorar o desempenho do processador em diversas tarefas (cálculos aritméticos ticos por exemplo). 18

19 CPU - Velocidade Abaixo indicam-se alguns processadores. Podemos verificar o aumento do número n de transístores stores ao longo da evolução dos processadores. 19

20 CPU - Velocidade Processador Velocidade Núcleos Transístores Core I Ghz milhões Core 2 Duo E Ghz milhões Athlon-64 X Ghz milhões Pentium D Ghz milhões Athlon Ghz milhões Athlon Ghz 1 68,5 milhões Pentium Ghz milhões Atom 1.6Ghz 1 47 milhões 20

21 CPU - Famílias A Intel domina cerca de 80% do mercado dos processadores para computadores pessoais sendo a maior parte dos restantes 20% da AMD. 21

22 CPU - Famílias Os processadores mais divulgados são: Intel Core i7 - Processadores com quatro núcleos n com nova cache de nível n 3 com 8Mb. Cada core tem a sua própria pria memória de nível n 1 e de nível n 2. Intel Core 2 Quad - Consiste de em processadores Core 2 Duo juntos no mesmo processador. 22

23 CPU - Famílias Os processadores mais divulgados são: Intel Core 2 Duo - Processador com 2 núcleos n de processamento. AMD Phantom x4 - Processador Quad Core da AMD semelhante ao Core 2 Quad da Intel. 23

24 CPU - Famílias Os processadores mais divulgados são: AMD Athlon 64 x2 - Processador com 2 cores da AMD mais lento que os processadores Core 2 Duo. Atom - Processador dos PC's Magalhães que tem cerca de metade do desempenho de um processador dual core normal mas que consome pouca energia. 24

25 CPU - Núcleos Neste momento está-se se a passar para os processadores "dual core" e "quad" core. "dual core" um processador que tem no interior dois núcleos n de processamento. Isto permite que possam efectuar 2 tarefas diferentes em simultâneo. 25

26 CPU - Núcleos Os processadores "quad" core,, com quatro núcleos, são usados em especial em servidores ou para trabalho gráfico intenso. Existem "motherboards" que permitem ter mais que um processador. 26

27 CPU - Núcleos Numa família de CPU o desempenho evolui de forma linear com a velocidade do processador. Diferenças de arquitectura dos CPU leva a que CPU de menor velocidade possam ser mais rápidos. r 27

28 CPU - Núcleos Normalmente quando se trabalha num computador usam-se se vários v programas ao mesmo tempo pelo que os computadores com mais que um core apresentam uma melhor resposta. 28

29 CPU - Núcleos Nos portáteis teis um core 2 duo a 1.66Ghz equivale a um Centrino a 2.0Ghz, a um Turion GHz ou a um Pentium 4 a 3.4Ghz. Existem variações de processadores que se distinguem por um consumo de energia mais baixo. 29

30 CPU - Núcleos A título t tulo de exemplo refira-se que um iphone tem um processador que trabalha a 620Mhz. 30

31 CPU - Arrefecimento Nos processadores actuais a quantidade de energia dissipada chega a quase 150 watts o que é equivalente ao calor produzido por duas lâmpadas normais. 31

32 CPU - Arrefecimento Como o processador tem uma temperatura máxima de funcionamento isso obriga a que haja dissipadores e ventoinhas para arrefecer o sistema o que contribui para o baralho mas existem modelos de ventoinhas mais silenciosas. 32

33 CPU - Comparativo Intel AMD 33

34 CPU Como funciona? Apesar de cada processador ter o seu desenho interno, todos os processadores partilham o conceito básico. b Estudando a arquitectura do processador genérico, vemos as diferenças entre a Intel e da AMD. 34

35 CPU Como funciona? Como o processador processa as informações não depende do programa. O programa pode ser um processador de textos, uma folha de cálculo, c um filme, um programa de tratamento de imagem ou um jogo: Para o processador é igual, já que o processador não entende o que o programa está realmente a fazer. 35

36 CPU Como funciona? Ele apenas obedece às s ordens (chamadas comandos ou instruções) contidas no programa. Essas ordens podem ser para somar dois números n ou para enviar uma informação para a placa gráfica, por exemplo. 36

37 CPU Como funciona? Quando se clica duas vezes num ícone para executar um programa, o que acontece? 37

38 CPU Como funciona? O programa que está armazenado no disco e é transferido para a memória RAM. O programa é uma série s de instruções para o processador. 38

39 CPU Como funciona? O processador, usando um circuito chamado controlador de memória, carrega as informações do programa da memória RAM. As informações, agora dentro do processador, são processadas. 39

40 CPU Como funciona? O que acontece a seguir vai depender do programa. O processador pode continuar a carregar e executar o programa ou pode fazer alguma coisa com a informação processada, como mostrar algo no monitor. 40

41 CPU Como funciona? Anteriormente, o processador controlava a transferência de informações entre o disco rígido r e a memória RAM. Como o disco rígido r é mais lento que a memória RAM, deixava o sistema lento, já j que o processador ficava ocupado até que todas as informações fossem transferidas do disco rígido r para a memória RAM. Esse método, m chamado PIO (Programmed( Input/Output - Entrada/Saída Programada). 41

42 CPU Como funciona? Hoje em dia a transferência de informações entre o disco rígido e a memória RAM é feita sem o uso do processador, tornando, assim, o sistema mais rápido. r Esse método m é chamado Bus Mastering ou DMA (Direct( Memory Access - Acesso Directo à Memória). 42

43 CPU Como funciona? Processadores da AMD baseados nos soquetes 754, 939 e 940 (Athlon 64, Athlon 64 X2, Athlon 64 FX, Opteron e alguns modelos de Sempron) ) possuem controlador de memória embutido. Isso significa que esses processadores acedem à memória RAM directamente, ganhando velocidade. 43

44 CPU Como funciona? Velocidade Clock é um sinal usado para sincronizar componentes dentro do computador. Vendo a figura seguinte, mostra um típico sinal de clock: : Uma onda quadrada passando de 0 a 1 a uma frequência fixa. Na figura pode ver-se três ciclos de clock ( pulsos )) completos. 44

45 CPU Como funciona? Velocidade 45

46 CPU Como funciona? Velocidade O início de cada ciclo é quando o sinal de clock passa de 0 a 1,, marcado com a seta. O sinal de clock é medido em numa unidade chamada Hertz (Hz), que é o número n de ciclos de clock por segundo, ou seja, um clock de 3GHz significa que num segundo existem 3 mil milhões de ciclos de clock. 46

47 CPU Como funciona? Velocidade No computador, as medidas de tempo são em ciclos de clock.. Por exemplo, uma memória RAM com latência 5 significa que vai levar 5 ciclos de clock para começar a transferência de dados. No processador, todas as instruções precisam de um número n de ciclos de clock para serem executadas. Por exemplo, uma determinada instrução pode levar 7 ciclos de clock para ser completamente executada. 47

48 CPU Como funciona? Velocidade No processador, o interessante é ele saber quantos ciclos de clock demora cada instrução. Então se há h duas instruções para serem executadas e ele sabe que a primeira vai levar 7 ciclos de clock para ser executada, ele vai automaticamente começar a execução da próxima instrução no 8º 8 pulso de clock. 48

49 CPU Como funciona? Velocidade É claro que esta é uma explicação genérica para um processador com apenas uma unidade de execução. Os processadores modernos possuem várias v unidades de execução processando em paralelo e podem executar a segunda instrução ao mesmo tempo que a primeira, em paralelo. 49

50 CPU Como funciona? Velocidade Então há h uma relação entre clock e o desempenho? Pensar que clock e desempenho são a mesma coisa é o erro mais comum quando se fala de processadores. 50

51 CPU Como funciona? Velocidade Se compararmos dois processadores análogos, o que funcionar com uma taxa de clock mais alta será o mais rápido. r Neste caso, com uma taxa de clock mais alta, o tempo entre cada ciclo de clock será menor, então as tarefas serão desempenhadas em menos tempo e o desempenho será mais alto. 51

52 CPU Como funciona? Velocidade Mas quando se compara dois processadores diferentes, isso não é necessariamente verdadeiro. Comparando processadores de diferentes arquitecturas, por exemplo, de dois fabricantes diferentes, como Intel e AMD, o interior deles será completamente diferente. 52

53 CPU Como funciona? Velocidade Como dissemos, cada instrução demora um certo número n de ciclos de clock para ser executada. Se o processador A demora 7 ciclos de clock para executar uma instrução, e o processador B demora 5 ciclos de clock para executar essa mesma instrução, tendo eles a mesma frequência de clock,, o processador B será mais rápido, r porque pode processar essa instrução em menos tempo. 53

54 CPU Como funciona? Velocidade E há h ainda muito mais de desempenho de processadores, pois têm quantidades diferentes de unidades de execução, tamanhos de cache diferentes, formas diferentes de transferência de dados dentro do processador, formas diferentes de processar instruções dentro das unidades de execução, diferentes frequências de clock com o exterior, etc. 54

55 CPU Como funciona? Velocidade Com valores de clock muito elevados, surgiu um problema. A motherboard não podia funcionar com o mesmo clock.. No interior de uma motherboard, há h inúmeras pistas que ligam os vários circuitos do computador. Com frequências elevadas, as pistas começaram a funcionar como antenas, por isso o sinal, em vez de chegar à outra extremidade do fio, simplesmente desaparecia, sendo transmitido como onda de rádio. r 55

56 CPU Como funciona? Velocidade Os fabricantes de processadores começaram a usar, então, um novo conceito, chamado multiplicação de clock,, que começou ou com o processador 486DX2. Com esse esquema, que é usado em todos os processadores actualmente, o processador tem um clock externo, que é usado para dados transferidos com a memória RAM e um clock interno mais alto. 56

57 CPU Como funciona? Velocidade Para darmos um exemplo real, num Pentium 4 de 3,4GHz, estes 3,4GHz referem-se ao clock interno do processador, que é obtido quando multiplicamos por 17 o seu clock externo de 200 MHz. 57

58 CPU Como funciona? Velocidade Ou mais recentemente, num Athlon 64 de Quad 3GHz, estes 3GHz de cada núcleo n referem-se ao clock interno do processador, que é obtido quando multiplicamos por 15 o seu clock externo de 200 MHz. 58

59 CPU Como funciona? Velocidade A grande diferença a entre o clock interno e o clock externo em processadores modernos é uma grande barreira a ser transposta visando aumentar o desempenho do computador. Continuando com o exemplo do Athlon 64 Quad 3GHz, ele tem que reduzir sua velocidade 17 vezes quando tem de ler dados da memória RAM! Durante esse processo, ele funciona como se fosse um processador de 200MHz! 59

60 CPU Como funciona? Velocidade Há diversas técnicas t usadas para minimizar o impacto dessa diferença a de clock.. Uma delas é o uso de memória cache dentro do processador. Outra é transferir mais de um dado por pulso de clock.. Processadores tanto da AMD como da Intel usam esse recurso, mas enquanto os processadores da AMD transferem dois dados por ciclo de clock,, os da Intel transferem quatro dados por ciclo de clock. 60

61 CPU Como funciona? Velocidade 61

62 CPU Como funciona? Velocidade Assim, os processadores da AMD são apresentados como se tivessem o dobro de seus verdadeiros clocks externos. Por exemplo, um processador da AMD com clock externo de 200MHz é listado como tendo 400MHz. O mesmo acontece com processadores da Intel com clock externo de 200MHz, que são listados como se tivessem clock externo de 800MHz. 62

63 CPU Como funciona? Velocidade A técnica t de transferir dois dados por ciclo de clock é chamada DDR (Dual Data Rate), enquanto que a técnica t de transferir quatro dados por ciclo de clock é chamada QDR (Quad Data Rate). 63

64 CPU Como funciona? Arquitectura São muitas as diferenças entre as arquitecturas da AMD e da Intel. Entender o diagrama em blocos básico b de um processador moderno é o primeiro passo para entender como funcionam os processadores da Intel e da AMD e quais são as diferenças entre eles. 64

65 CPU Como funciona? Arquitectura O caminho dos dados entre a memória RAM e a CPU tem geralmente largura de 64 bits, funcionando à velocidade do clock da memória ou ao clock externo do processador, o que for mais baixo. 65

66 CPU Como funciona? Arquitectura O número n de bits e a frequência de clock podem ser combinados numa unidade chamada taxa de transferência, medida em MB/s. Para a calcular, é o produto do número n de bits pelo clock sobre 8. Para um sistema usando memórias DDR400 em configuração single channel (64 bits) a taxa de transferência da memória será de 3,2GB/s. 66

67 CPU Como funciona? Arquitectura Todos os circuitos dentro do processador funcionam no mesmo clock interno do processador. Dependendo do processador, algumas de suas partes internas podem até funcionar a uma taxa de clock mais alta. Além m disso, o caminho de dados entre as unidades do processador pode ser mais largo, transferindo mais bits por ciclo de clock do que

68 CPU Como funciona? Arquitectura Por exemplo, a ligação entre a memória cache L2 e L1 em processadores modernos tem normalmente 256 bits. Quanto maior o número n de bits transferidos por ciclo de clock,, mais rápida a transferência será feita. A memória RAM e as memória cache têm diferentes frequências de clock e capacidades de transferência diferentes. 68

69 CPU Como funciona? Cache Memória cache é um tipo de memória de alto desempenho, também m chamada memória estática. tica. A memória RAM é dinâmica. A memória estática tica consome mais energia, é mais cara e é fisicamente maior que a memória dinâmica, mas é muito mais rápida r e pode trabalhar na mesma frequência do processador. 69

70 CPU Como funciona? Cache Ir ao exterior buscar dados faz o processador trabalhar a uma frequência inferior, logo é usada a memória cache. Quando o processador carrega um dado de uma certa posição da memória, um circuito chamado controlador de memória carrega na memória cache um bloco inteiro de dados debaixo da actual posição que o processador acabou de carregar. 70

71 CPU Como funciona? Cache Como normalmente os programas funcionam de maneira sequencial, a próxima posição de memória que o processador irá requisitar será provavelmente a posição imediatamente abaixo da posição da memória que ela acabou de carregar. Como o controlador de memória cache já j carregou dados abaixo da primeira posição de memória lida pelo processador, o próximo dado estará dentro da memória cache. 71

72 CPU Como funciona? Cache Assim, o processador não precisa de sair para procurar dados, já j que os mesmos estão carregados na memória cache embutida no processador, os quais ela pode aceder à sua taxa de clock interna, bastante superior à permitida nas memórias externas. 72

73 CPU Como funciona? Cache O controlador de memória cache observa as posições de memória, que são carregadas por dados de várias v posições de memória, depois da posição de memória que acaba de ser lida. Um exemplo real, se o processador carregou dados armazenados no endereço o 1.000, o controlador de cache carregará dados do endereço n após s o endereço o

74 CPU Como funciona? Cache Esse número n n é chamado página, p se um dado processador está a trabalhar com páginas p de 4KB (valor típico), então carregará dados de endereços abaixo da actual posição de memória que está a ser carregada (endereço no nosso exemplo). A propósito, 1 KB é igual a bytes, por isso 4KB é igual a e não Na Figura ilustra-se se esse exemplo. 74

75 CPU Como funciona? Cache 75

76 CPU Como funciona? Cache Quanto maior for a memória cache, maiores são as hipóteses da informação necessária ao processador estar no mesmo, então o processador precisará de aceder à memória RAM com menos frequência, ganhando assim o sistema desempenho (lembra-se que sempre que o processador acede à memória RAM, diminui a sua frequência de funcionamento) 76

77 CPU Como funciona? Cache Chama-se de acerto ( hit )) quando o processador carrega uma informação requisitada do cache, e de erro ( miss )) se a informação requisitada não está lá e o processador precisa de aceder à memória RAM do sistema. 77

78 CPU Como funciona? Cache L1 e L2 significam nível 1 1 (Level 1) e nível 2 2 ( Level 2 ), e referem-se à distância que distam do núcleo n do processador. Há três memórias cache distintas (cache de dados L1, cache de instrução L1 e L2). O cache de instrução L1 funciona como cache de entrada e o cache de dados L1 funciona como cache de saída da. 78

79 CPU Como funciona? Cache O cache de instrução L1 é geralmente menor que o cache L2, é particularmente eficiente quando o programa começa a a repetir uma pequena parte dele (loop( loop), porque as instruções requisitadas estarão mais próximas da unidade de busca. 79

80 CPU Como funciona? Cache Na página p de especificações de um processador o cache L1 pode ser encontrado com diferentes tipos de representação. Há fabricantes listam duas memórias cache L1 separadamente (Também m chamando o cache de instrução de I e o cache de dados de D ). 80

81 CPU Como funciona? Cache Outros fabricantes acrescentam a soma dos dois caches e escrevem separados,, logo 512KB, separados significa 256KB cache de instrução e 256KB de cache de dados, e alguns simplesmente somam os dois e temos de adivinhar qual o valor, dividindo a capacidade por dois para saber a capacidade de cada cache. 81

82 CPU Como funciona? Cache As grandezas tipo para valores de memória cache é de 4MB e 8MB, sendo que os processadores mais recentes poderão atingir valores de 16MB. 82

83 Fim 83

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Introdução Os processadores (ou CPUs, de Central Processing Unit) são chips responsáveis pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções

Leia mais

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas Óbidos MÓDULO 769 Arquitectura interna do computador Carga horária 25 2. PROCESSADOR (UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO CPU) Formadora: Vanda Martins 3 O processador

Leia mais

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel.

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel. Hardware UCP Unidade Central de Processamento Características dos processadores Intel Disciplina: Organização e Arquitetura de Computadores Prof. Luiz Antonio do Nascimento Faculdade Nossa Cidade Objetivos

Leia mais

ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU

ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU Principais partes da CPU: Nos primeiros computadores as partes da CPU eram construídas separadamente, ou seja, um equipamento fazia o papel de unidade lógica e aritmética

Leia mais

O quê um Processador e qual a sua função?

O quê um Processador e qual a sua função? O quê um Processador e qual a sua função? O processador é um chip de silício responsável pela execução das tarefas atribuídas ao computador. Os processadores (ou CPUs, de Central Processing Unit) são responsáveis

Leia mais

Fundamentos de Hardware

Fundamentos de Hardware Fundamentos de Hardware Curso Técnico em Informática SUMÁRIO PROCESSADOR... 3 CLOCK... 4 PROCESSADORES COM 2 OU MAIS NÚCLEOS... 5 NÚCLEOS FÍSICOS E LÓGICOS... 6 PRINCIPAIS FABRICANTES E MODELOS... 6 PROCESSADORES

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 7 Unidade Central de Processamento (UCP): O processador é o componente vital do sistema de computação, responsável pela realização das operações de processamento e de controle, durante a execução de um

Leia mais

Introdução aos Computadores

Introdução aos Computadores Os Computadores revolucionaram as formas de processamento de Informação pela sua capacidade de tratar grandes quantidades de dados em curto espaço de tempo. Nos anos 60-80 os computadores eram máquinas

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Processadores É indispensável em qualquer computador, tem a função de gerenciamento, controlando todas as informações de

Leia mais

Automação e Computadores

Automação e Computadores Automação e Computadores MICROCOMPUTADORES Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores O Computador Hardware Unidades Funcionais de um Sistema Informático Dispositivos de Entrada

Leia mais

CPU Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto

CPU Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto Fundamentos de Arquitetura de Computadores Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Conteúdo 4. i. Introdução ii. O Trabalho de um Processador iii. Barramentos iv. Clock Interno e Externo v. Bits do Processador

Leia mais

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas (EFA-S4A)-NS Trabalho Realizado Por: Igor_Saraiva nº 7 Com

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

Microprocessadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Microprocessadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Microprocessadores Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Introdução; Arquitetura de Microprocessadores; Unidade de Controle UC; Unidade Lógica Aritméticas ULA; Arquitetura de von Neumann; Execução de

Leia mais

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Processadores Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução O processador é um circuito integrado de controle das funções de cálculos e tomadas de decisão de um computador. Também é chamado de cérebro do

Leia mais

Capítulo 2. Noção de hardware. As componentes de um computador.

Capítulo 2. Noção de hardware. As componentes de um computador. Definição 1 Capítulo 2. Noção de hardware. As componentes de um computador. 1. Definição Hardware : toda a parte física do computador. Ex.: Monitor, caixa, disquetes, impressoras, etc. Hardware (hard =

Leia mais

Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES

Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES Processador... 2 Clock... 5 Multiplicador de clock / FSB... 6 Memória Cache... 6 Processador O processador é o cérebro do

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 3.1 EXECUÇÃO DAS INSTRUÇÕES A UCP tem duas seções: Unidade de Controle Unidade Lógica e Aritmética Um programa se caracteriza por: uma série de instruções

Leia mais

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM).

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). PROCESSADOR Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). INTRODUÇÃO O processador é o C.I. mais importante do computador. Ele é considerado o cérebro do computador, também conhecido como uma UCP -

Leia mais

Tais operações podem utilizar um (operações unárias) ou dois (operações binárias) valores.

Tais operações podem utilizar um (operações unárias) ou dois (operações binárias) valores. Tais operações podem utilizar um (operações unárias) ou dois (operações binárias) valores. 7.3.1.2 Registradores: São pequenas unidades de memória, implementadas na CPU, com as seguintes características:

Leia mais

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso CPU Unidade Central de Processamento História e progresso O microprocessador, ou CPU, como é mais conhecido, é o cérebro do computador e é ele que executa todos os cálculos e processamentos necessários,

Leia mais

U E S C. Introdução à Ciência da Computação

U E S C. Introdução à Ciência da Computação U E S C Introdução à Ciência da Computação Roteiro Unidades componentes de hardware CPU UC; ULA; Cache; Registradores. Introdução Informática é a ciência que desenvolve e utiliza a máquina para tratamento,

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática 04 Organização de Computadores nov/2011 Componentes básicos de um computador Memória Processador Periféricos Barramento Processador (ou microprocessador) responsável pelo tratamento

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: ICO Aula N : 09 Tema: Unidade Central de

Leia mais

CENTRAL PRCESSING UNIT

CENTRAL PRCESSING UNIT Processador O processador, também chamado de CPU ( CENTRAL PRCESSING UNIT) é o componente de hardware responsável por processar dados e transformar em informação. Ele também transmite estas informações

Leia mais

Capítulo 4. MARIE (Machine Architecture Really Intuitive and Easy)

Capítulo 4. MARIE (Machine Architecture Really Intuitive and Easy) Capítulo 4 João Lourenço Joao.Lourenco@di.fct.unl.pt Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade Nova de Lisboa 2007-2008 MARIE (Machine Architecture Really Intuitive and Easy) Adaptado dos transparentes

Leia mais

AULA 1. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 1. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 1 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Estudo de caso Empresa do ramo de seguros Presidência RH Financeiro Vendas e Marketing TI CRM Riscos Introdução

Leia mais

Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO

Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO O processador é um dos componentes que mais determina

Leia mais

Processadores. Guilherme Pontes

Processadores. Guilherme Pontes Processadores Guilherme Pontes Já sabemos o básico! Como já sabemos, o processador exerce uma das mais importantes funções do computador. Vamos agora nos aprofundar em especificações mais técnicas sobre

Leia mais

Como os Processadores Funcionam

Como os Processadores Funcionam clubedohardware.com.br Por Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware Introdução Apesar de cada microprocessador ter seu próprio desenho interno, todos os microprocessadores compartilham do mesmo

Leia mais

Hardware Fundamental

Hardware Fundamental Hardware Fundamental Arquitectura de Computadores 10º Ano 2006/2007 Unidade de Sistema Um computador é um sistema capaz de processar informação de acordo com as instruções contidas em programas. Na década

Leia mais

Unidade Central de Processamento (CPU) Processador. Renan Manola Introdução ao Computador 2010/01

Unidade Central de Processamento (CPU) Processador. Renan Manola Introdução ao Computador 2010/01 Unidade Central de Processamento (CPU) Processador Renan Manola Introdução ao Computador 2010/01 Componentes de um Computador (1) Computador Eletrônico Digital É um sistema composto por: Memória Principal

Leia mais

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Informática Informática - Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

HARDWARE Montagem e Manutenção de Computadores Instrutor: Luiz Henrique Goulart 15ª AULA OBJETIVOS: PROCESSADORES EVOLUÇÃO / GERAÇÕES BARRAMENTO (BITS) FREQÜÊNCIA (MHZ) OVERCLOCK ENCAPSULAMENTO APOSTILA

Leia mais

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD.

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD. AULA4: PROCESSADORES 1. OBJETIVO Figura 1 Processadores Intel e AMD. Conhecer as funcionalidades dos processadores nos computadores trabalhando suas principais características e aplicações. 2. INTRODUÇÃO

Leia mais

Estrutura e funcionamento de um sistema informático

Estrutura e funcionamento de um sistema informático Estrutura e funcionamento de um sistema informático 2006/2007 Sumário A constituição de um sistema informático: hardware e software. A placa principal. O processador, o barramento e a base digital. Ficha

Leia mais

ORGANIZACÃO DE COMPUTADORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES

ORGANIZACÃO DE COMPUTADORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES O que é um chip? - conhecido como circuito integrado; - pequeno e fino pedaço de silício no qual os transistores, que formam o microprocessador, foram encapsulados; - processadores

Leia mais

O processador é composto por: Unidade de controlo - Interpreta as instruções armazenadas; - Dá comandos a todos os elementos do sistema.

O processador é composto por: Unidade de controlo - Interpreta as instruções armazenadas; - Dá comandos a todos os elementos do sistema. O processador é composto por: Unidade de controlo - Interpreta as instruções armazenadas; - Dá comandos a todos os elementos do sistema. Unidade aritmética e lógica - Executa operações aritméticas (cálculos);

Leia mais

SISTEMAS INFORMÁTICOS

SISTEMAS INFORMÁTICOS SISTEMAS INFORMÁTICOS Nesta apresentação, aprenderá a distinguir Hardware de software, identificar os principais componentes físicos de um computador e as suas funções. Hardware e Software Estrutura de

Leia mais

O hardware é a parte física do computador, como o processador, memória, placamãe, entre outras. Figura 2.1 Sistema Computacional Hardware

O hardware é a parte física do computador, como o processador, memória, placamãe, entre outras. Figura 2.1 Sistema Computacional Hardware 1 2 Revisão de Hardware 2.1 Hardware O hardware é a parte física do computador, como o processador, memória, placamãe, entre outras. Figura 2.1 Sistema Computacional Hardware 2.1.1 Processador O Processador

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br ESQUEMA EXTERNO DE UM MICROCOMPUTADOR Agora que

Leia mais

Curso Profissional de Electrónica, Automação e Computadores. Automação e Computadores

Curso Profissional de Electrónica, Automação e Computadores. Automação e Computadores Curso Profissional de Electrónica, Automação e Computadores Automação e Computadores Memórias Significado Em informática, memória são todos os dispositivos que permitem a um computador guardar dados, temporariamente

Leia mais

PROCESSADORES. Introdução. O que é processador? 1/10

PROCESSADORES. Introdução. O que é processador? 1/10 1/10 PROCESSADORES Introdução Os processadores (ou CPU, de Central Processing Unit - Unidade Central de Processamento) são chips responsáveis pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções que

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Entendendo o Computador Componentes do Computador COMPONENTES DO COMPUTADOR Tabela ASCII A sigla ASCII deriva de American Standard Code for Information Interchange, ou seja, Código no Padrão Americano

Leia mais

Hardware Avançado. Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br

Hardware Avançado. Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br Hardware Avançado Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br Avanços recentes em Processadores Chipsets Memórias Discos rígidos Microeletrônica Um processador moderno é formado por mais

Leia mais

Sumário. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Manutenção de Hardware.

Sumário. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Manutenção de Hardware. Manutenção de Hardware Sumário CPU Clock Interno e Externo Palavra binária Cronologia dos processadores Multiplicação de clock Tipos de soquetes e famílias de processadores Tecnologias proprietárias de

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Correcção da ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas

Leia mais

Sumário. Manutenção de Hardware. Clock

Sumário. Manutenção de Hardware. Clock Manutenção de Hardware CPU Reinaldo Gomes reinaldo@cefet-al.br Clock Interno e Externo Sumário Palavra binária Cronologia dos processadores Multiplicação de clock Tipos de soquetes e famílias de processadores

Leia mais

Resumo sobre Hardware

Resumo sobre Hardware INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN Curso Técnico de Manutenção e Suporte em Informática Disciplina: Informática Professor: Addson A. Costa Resumo sobre Hardware

Leia mais

Sistema de Computação

Sistema de Computação Sistema de Computação Máquinas multinível Nível 0 verdadeiro hardware da máquina, executando os programas em linguagem de máquina de nível 1 (portas lógicas); Nível 1 Composto por registrados e pela ALU

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Índice 1 - CPU-Processador 2 - Chipset Intel/AMD 3 - Cache 4 - Núcleo 5 - CISC/RISC 1. CPU / Processador A unidade central de processamento ou CPU (Central Processing

Leia mais

MEMÓRIA. 0 e 1 únicos elementos do sistema de numeração de base 2

MEMÓRIA. 0 e 1 únicos elementos do sistema de numeração de base 2 MEMÓRIA CONCEITO Bit- 0 1 Essência de um sistema chamado BIESTÁVEL Ex: Lâmpada 0 apagada 1 acesa 0 e 1 únicos elementos do sistema de numeração de base 2 A que se destina a memória: Armazenamento das instruções

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores

A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores As empresas mais antigas e ainda hoje no mercado que fabricam CPUs é a Intel, AMD e Cyrix.

Leia mais

Sistemas de Computação. Dentro da Unidade do Sistema

Sistemas de Computação. Dentro da Unidade do Sistema Sistemas de Computação Dentro da Unidade do Sistema Conexão de rede subwoofer impressora microfone Unidade de disco flexível Monitor de vídeo Unidade de DVD modem Alto-falante Unidade de sistema ou gabinete

Leia mais

Cap. 5 - Microprocessadores

Cap. 5 - Microprocessadores Cap. 5 - Microprocessadores Arquitectura de Computadores 2010/2011 Licenciatura em Informática de Gestão Dora Melo (Responsável) Originais cedidos gentilmente por António Trigo (2009/2010) Instituto Superior

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

Sistemas Computacionais

Sistemas Computacionais 2 Introdução Barramentos são, basicamente, um conjunto de sinais digitais com os quais o processador comunica-se com o seu exterior, ou seja, com a memória, chips da placa-mãe, periféricos, etc. Há vários

Leia mais

ÍNDICE.1 ÍNDICE.2 O QUE O PROCESSADOR.3 VELOCIDADE.3 ACTUALIDADE.3 INTEL.4 OS PROCESSADORES MAIS IMPORTANTES DE INTEL.4 CHIPSET.5 TABELA.8 COOLER.

ÍNDICE.1 ÍNDICE.2 O QUE O PROCESSADOR.3 VELOCIDADE.3 ACTUALIDADE.3 INTEL.4 OS PROCESSADORES MAIS IMPORTANTES DE INTEL.4 CHIPSET.5 TABELA.8 COOLER. Índice ÍNDICE...1 ÍNDICE...2 O QUE O PROCESSADOR...3 VELOCIDADE...3 ACTUALIDADE...3 INTEL...4 OS PROCESSADORES MAIS IMPORTANTES DE INTEL...4 CHIPSET...5 TABELA...6 BITS INTERNOS...7 BITS EXTERNOS...7 ENDEREÇAMENTO...8

Leia mais

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Estrutura de um Computador Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Hardware e Software HARDWARE: Objetos Físicos que compões o computador Circuitos Integrados, placas, cabos, memórias, dispositivos

Leia mais

29/3/2011. Primeira unidade de execução (pipe U): unidade de processamento completa, capaz de processar qualquer instrução;

29/3/2011. Primeira unidade de execução (pipe U): unidade de processamento completa, capaz de processar qualquer instrução; Em 1993, foi lançada a primeira versão do processador Pentium, que operava a 60 MHz Além do uso otimizado da memória cache (tecnologia já amadurecida) e da multiplicação do clock, o Pentium passou a utilizar

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

MEMÓRIA. A memória do computador pode ser dividida em duas categorias:

MEMÓRIA. A memória do computador pode ser dividida em duas categorias: Aula 11 Arquitetura de Computadores - 20/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Prof. Carlos Guerber MEMÓRIA Memória é um termo genérico usado para designar as partes do computador

Leia mais

Aula 06. Memórias RAM

Aula 06. Memórias RAM Aula 06 Memórias RAM Memória RAM As memórias RAM são responsáveis por armazenar as informações que estão em uso no computador, fazendo com que o acesso aos dados seja mais rápido. 17/01/2013 2 Encapsulamento

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Estrutura de um Computador

Estrutura de um Computador Estrutura de um Computador Tratando-se o computador de uma máquina complexa a sua estrutura pode ser apreciada a diferentes níveis de detalhe, duma forma hierárquica. AC1 Arquitectura e Organização de

Leia mais

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES Escola Europeia de t Ensino Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES TRABALHO REALIZADO: ANDRÉ RIOS DA CRUZ ANO LETIVO: 2012/ 2013 TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS 2012 / 2013 3902 Escola

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 2.1 CONCEITO DE BIT O computador só pode identificar a informação através de sua elementar e restrita capacidade de distinguir entre dois estados: 0

Leia mais

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES 2010/2011 1 Equipamentos informáticos Hardware e Software Hardware refere-se aos dispositivos físicos (electrónicos, mecânicos e electromecânicos) que constituem

Leia mais

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 5 Flávia Maristela (flaviamsn@ifba.edu.br) Arquitetura de Von Neumann e as máquinas modernas Onde

Leia mais

Microprocessadores II - ELE 1084

Microprocessadores II - ELE 1084 Microprocessadores II - ELE 1084 CAPÍTULO III OS PROCESSADORES 3.1 Gerações de Processadores 3.1 Gerações de Processadores Primeira Geração (P1) Início da arquitetura de 16 bits CPU 8086 e 8088; Arquiteturas

Leia mais

Programação de Sistemas

Programação de Sistemas Programação de Sistemas Introdução à gestão de memória Programação de Sistemas Gestão de memória : 1/16 Introdução (1) A memória central de um computador é escassa. [1981] IBM PC lançado com 64KB na motherboard,

Leia mais

Informática Aplicada à Química. Hardware - armazenamento

Informática Aplicada à Química. Hardware - armazenamento Informática Aplicada à Química Hardware - armazenamento Armazenamento de Dados e a CPU Dois tipos de armazenamento: Armazenamento primário (memória): Armazena dados temporariamente. A CPU referencia-o

Leia mais

Diminui o gargalo existente entre processador e memória principal; 5 a 10 vezes mais rápidas que a memória principal; Ligada diretamente à MP;

Diminui o gargalo existente entre processador e memória principal; 5 a 10 vezes mais rápidas que a memória principal; Ligada diretamente à MP; Diminui o gargalo existente entre processador e memória principal; Diferença de velocidade 5 a 10 vezes mais rápidas que a memória principal; Ligada diretamente à MP; Tecnologia semelhante à da CPU e,

Leia mais

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento MÓDULO II Memórias e Processamento Esse módulo irá relatar sobre as memórias seus tipos e a ligação com os tipos variados de processamento. Leia atentamente todo o conteúdo e participe dos fóruns de discursão,

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

Sistemas Computacionais II Professor Frederico Sauer

Sistemas Computacionais II Professor Frederico Sauer Sistemas Computacionais II Professor Frederico Sauer Livro-texto: Introdução à Organização de Computadores 4ª edição Mário A. Monteiro Livros Técnicos e Científicos Editora. Atenção: Este material não

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas das Tecnologias

Leia mais

1.3. Componentes dum sistema informático HARDWARE SOFTWARE

1.3. Componentes dum sistema informático HARDWARE SOFTWARE 1.3. Componentes dum sistema informático Computador Sistema Informático HARDWARE SOFTWARE + Periféricos Sistema Operativo Aplicações HARDWARE - representa todos os componentes físicos de um sistema informático,

Leia mais

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES 2010/2011 1 Processador O microprocessador, popularmente conhecido como processador, é um circuito integrado que realiza as funções de cálculo e tomada de

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

ROM e RAM. Memórias 23/11/2015

ROM e RAM. Memórias 23/11/2015 ROM e RAM Memórias Prof. Fabrício Alessi Steinmacher. Para que o processador possa executar suas tarefas, ele busca na memória todas as informações necessárias ao processamento. Nos computadores as memórias

Leia mais

Memória cache. Prof. Francisco Adelton

Memória cache. Prof. Francisco Adelton Memória cache Prof. Francisco Adelton Memória Cache Seu uso visa obter uma velocidade de acesso à memória próxima da velocidade das memórias mais rápidas e, ao mesmo tempo, disponibilizar no sistema uma

Leia mais

Memória RAM. A memória RAM evolui constantemente. Qual a diferença entre elas? No clock (velocidade de comunicação com o processador)

Memória RAM. A memória RAM evolui constantemente. Qual a diferença entre elas? No clock (velocidade de comunicação com o processador) Memória RAM Introdução As memórias são as responsáveis pelo armazenamento de dados e instruções em forma de sinais digitais em computadores. Para que o processador possa executar suas tarefas, ele busca

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES

ARQUITETURA DE COMPUTADORES ARQUITETURA DE COMPUTADORES Aula 08: UCP Características dos elementos internos da UCP: registradores, unidade de controle, decodificador de instruções, relógio do sistema. Funções do processador: controle

Leia mais

Manutenção de Computadores Montagem de microcomputadores: Entendendo melhor os processadores. Professor: Francisco Ary

Manutenção de Computadores Montagem de microcomputadores: Entendendo melhor os processadores. Professor: Francisco Ary Manutenção de Computadores Montagem de microcomputadores: Entendendo melhor os processadores Professor: Francisco Ary Introdução O processador é um dos componentes mais importantes (e geralmente o mais

Leia mais

Arquitetura de Computadores Paralelismo, CISC X RISC, Interpretação X Tradução, Caminho de dados

Arquitetura de Computadores Paralelismo, CISC X RISC, Interpretação X Tradução, Caminho de dados Arquitetura de Computadores Paralelismo, CISC X RISC, Interpretação X Tradução, Caminho de dados Organização de um Computador Típico Memória: Armazena dados e programas. Processador (CPU - Central Processing

Leia mais

Bits internos e bits externos. Barramentos. Processadores Atuais. Conceitos Básicos Microprocessadores. Sumário. Introdução.

Bits internos e bits externos. Barramentos. Processadores Atuais. Conceitos Básicos Microprocessadores. Sumário. Introdução. Processadores Atuais Eduardo Amaral Sumário Introdução Conceitos Básicos Microprocessadores Barramentos Bits internos e bits externos Clock interno e clock externo Memória cache Co-processador aritmético

Leia mais

CP C U P U - Un U i n da d d a e d e Ce C n e t n ral a de d e Pr P oc o es e sam a e m n e t n o o Pr P oc o es e sad a o d r o Aula 03

CP C U P U - Un U i n da d d a e d e Ce C n e t n ral a de d e Pr P oc o es e sam a e m n e t n o o Pr P oc o es e sad a o d r o Aula 03 CPU - Unidade Central de Processamento Processador Aula 03 A CPU (Unid. Central de Processamento A unidade Central de Processamento, a CPU (Central Processing Unit), atua como o cérebro do sistema, processando

Leia mais

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas Óbidos MÓDULO 769 Arquitectura interna do computador Carga horária 25 Objectivos No final do módulo, os formandos deverão: i. Identificar os elementos base

Leia mais

Unidade Central de Processamento

Unidade Central de Processamento Unidade Central de Processamento heloar.alves@gmail.com Site: heloina.com.br 1 CPU A Unidade Central de Processamento (UCP) ou CPU (Central Processing Unit), também conhecida como processador, é responsável

Leia mais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais Disciplina: Aplicações Avançadas de Microprocessadores (AAM) Prof. Eduardo Henrique Couto ehcouto@hotmail.com 2014/1 Apresentação do Professor: Cronograma:

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC CPU CPU É um circuito integrado que controla as funções de cálculos e tomadas de decisões de um computador (cérebro). E realizam

Leia mais

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Informática Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Roteiro de Aula Introdução Computador Hardware, Software básico, Software Aplicativo Hardwares

Leia mais

Estrutura de um Computador

Estrutura de um Computador SEL-0415 Introdução à Organização de Computadores Estrutura de um Computador Aula 7 Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira MODELO DE VON NEUMANN PRINCÍPIOS A arquitetura de um computador consiste de

Leia mais