AJAX é baseado nos seguintes padrões WEB: JavaScript, XML, HTML, CSS.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AJAX é baseado nos seguintes padrões WEB: JavaScript, XML, HTML, CSS."

Transcrição

1 AJAX AJAX é acrônimo de Asynchronous JavaScript And XML. É um tipo de programação que se tornou popular in 2005 pela Google (com Google Suggest). AJAX não é uma nova linguagem de programação, mas uma nova forma de utilizar os padrões existentes. Com o AJAX se pode criar aplicações WEB melhores, mais rápidos e mais amigáveis. AJAX é baseado em JavaScript e requisições HTTP. Com AJAX, o JavaScript se comunica diretamente com o servidor utilizando o objeto XMLHttpRequest do JavaScript. Com este objeto se pode trocar dados com um servidor WEB sem a necessidade de recarregar a página. AJAX utiliza a transferência de dados assíncrona entre o navegador e o servidor WEB, permitindo que as páginas WEB façam pequenas requisições ao servidor WEB no lugar de uma página inteira. Esta tecnologia independe do servidor WEB. AJAX é baseado nos seguintes padrões WEB: JavaScript, XML, HTML, CSS. Em um código JavaScript tradicional, se desejar receber qualquer informação do banco de dados ou um arquivo do servidor, ou enviar uma informação do usuário para um servidor, ter-se-á criar um formulário HTML e enviar por GET ou POST dados para o servidor. O usuário terá que clicar no botão SUBMIT para enviar e receber as informações, esperar que o servidor para responder e então uma nova página será carregada com os resultados. Porque o servidor retorna uma nova página cada vez que o usuário submete uma entrada, as aplicações web são lentas e menos amigáveis. Para uma aplicação tradicional, uma página pode fazer uma requisição para, e receber uma resposta do servidor WEB sem a necessidade de recarregar a página. O usuário ficará na mesma página e não notará que o script requisitou páginas, ou enviou dados para o servidor em background. Objeto XMLHttpRequest Utilizando o objeto XMLHttpRequest, o programador web pode atualizar uma página com dados do servidor sem necessidade de recarregar a página. O Google em fez com que AJAX se tornasse popular. Google Suggest esta utilizando objeto XMLHttpRequiest para criar uma interface web dinâmica, quando o usuário inicia digitando na caixa de pesquisa, um JavaScript envia as letras para o servidor e o servidor retorna uma lista de sugestões. O objeto XMLHttpRequest é suportado por Internet Explorer 5 ou superior, Safári 1.2, Mozilla 1.0 / Firefox, Opera 8+, and Nestscape 7. Primeira aplicação AJAX Primeiro, será criado um formulário padrão HTML com dois campos: nome e hora. O campo nome será preenchido pelo usuário e o campo hora será preenchido utilizando-se AJAX.

2 O arquivo HTML terá o nome testeajax.html, e seu conteúdo será: <html> <body> <form name="myform"> Name: <input type="text" name="username" /> Time: <input type="text" name="time" /> </form> </body> </html> Destaca-se que o formulário não possui o botão Submit. Suporte AJAX do navegador A chave do AJAX é o objeto XMLHttpRequest. Navegadores diferentes utilizam métodos diferentes para criar o objeto XMLHttpRequest Internet Explorer utiliza um ActiveXObject, enquanto que outros navegadores utilizam um objeto JavaScript chamado XMLHttpRequest. Para criar este objeto e trabalhar com navegadores diferentes, será utilizado o comando and catch. <html> <body> <script type="text/javascript"> function ajaxfunction() var xmlhttp; // Firefox, Opera 8.0+, Safari xmlhttp=new XMLHttpRequest(); // Internet Explorer xmlhttp=new ActiveXObject("Msxml2.XMLHTTP"); xmlhttp=new ActiveXObject("Microsoft.XMLHTTP"); alert("seu navegador não suporta AJAX!"); return false; </script> <form name="myform"> Nome: <input type="text" name="nome" /> Time: <input type="text" name="time" /> </form> </body> </html>

3 Primeiro cria-se uma variável xmlhttp para manter o objeto XMLHttpRequest. Então tenta-se criar o objeto com XMLHttp=new XMLHttpRequest(). Isto serve para os navegadores Firefox, Opera e Safári. Se falhar tenta-se com xmlhttp=new ActiveXObject("Msxml2.XMLHTTP") que serve para o Internet Explorer 6.0+, se também falhar, tentar xmlhttp=new ActiveXObject("Microsoft.XMLHTTP") que serve para o Internet Explorer Se nenhum dos três métodos funcionarem, o usuário possui um navegador muito desatualizado deverá ser avisado que não suporta AJAX. A propriedade onreadystatechange Depois de uma requisição para o servidor, precisa-se uma função que possa receber o dado que é retornado pelo servidor. A propriedade onreadystatechange armazena a função que processará a resposta do servidor. O código abaixo define uma função vazia e inicializa a propriedade onreadystatechange ao mesmo tempo. xmlhttp.onreadystatechange=function() // Deve-se escrever um código A propriedade readystate A propriedade readystate carrega a situação (status) da reposta do servidor (server s reponse). Cada vez que muda o valor de readystate, a função onreadystatechange será executada. Tabela de possíveis valores para a propriedade de onreadystatechange. Valor Descrição 0 A requisição não foi inicializada 1 A requisição foi configurada. 2 A requisição foi enviada 3 A requisição esta sendo processada 4 A requisição esta completa No exemplo abaixo, apresenta-se um teste (if) na função onreadystatechange para testar se a resposta esta completa, ou seja, que o dado foi recebido. xmlhttp.onreadystatechange=function() if(xmlhttp.readystate==4) // Recebido dos dados do servidor. A propriedade responsetext O dado enviado de volta do servidor pode ser recuperado com a propriedade responsetext. No exemplo será colocado a hora no campo de entrada na propriedade responsetext. xmlhttp.onreadystatechange=function() if(xmlhttp.readystate==4) document.myform.time.value=xmlhttp.responsetext;

4 Enviando uma requisição ao servidor Para enviar uma requisição ao servidor utiliza-se o método open() e o método send(). O método open() requer três argumentos. O primeiro argumento define qual método utilizar quando estiver enviando a requisição (GET ou POST). O segundo argumento especifica a URL do script no servidor. O terceiro argumento especifica que a requisição deve ser manipulada assincronamente. O método send() envia a requisição para o servidor. Se assumir que os arquivos HTML e PHP estão na mesma pasta, o código pode ficar: xmlhttp.open("get","time.asp",true); xmlhttp.send(null); A função AJAX será executada quando o usuário digita algo no campo nome. O arquivo testeajax.html agora fica parecido com o seguinte código: <html> <body> <script type="text/javascript"> function ajaxfunction() var xmlhttp; // Firefox, Opera 8.0+, Safari xmlhttp=new XMLHttpRequest(); // Internet Explorer xmlhttp=new ActiveXObject("Msxml2.XMLHTTP"); xmlhttp=new ActiveXObject("Microsoft.XMLHTTP"); alert("seu navegador não suporta AJAX!"); return false; xmlhttp.onreadystatechange=function() if(xmlhttp.readystate==4) document.myform.time.value=xmlhttp.responsetext; xmlhttp.open("get","hora.php",true); xmlhttp.send(null); </script> <form name="myform"> Nome: <input type="text" onkeyup="ajaxfunction();" name="nome" /> Hora: <input type="text" name="time" /> </form> </body> </html>

5 O código baixo apresenta a hora do servidor e deve ser gravado com o nome hora.php. A propriedade responsetext armazenará a data que retorna do servidor. <? $d = getdate(); print str_pad($d['hours'],2,"0", STR_PAD_LEFT).':'.str_pad($d['minutes'],2,"0",STR_PAD_LEFT).':'.str_pad($d['seconds'],2,"0", STR_PAD_LEFT);?> Abaixo se apresenta o resultado da execução dos scripts apresentados até o momento. A cada letra digitada é apresentado a hora do sistema sem a necessidade de recarregar a página. Exemplo XML com AJAX AJAX pode ser utilizado para uma comunicação interativa com arquivo XML. O código da página HTML abaixo apresenta uma lista de nomes que conforme a escolha apresenta os detalhes em uma área especial. 1 <html> 2 <head> 3 <script src="selectcd.js"></script> 4 </head> 5 <body> 6 <form> 7 Select a CD: 8 <select name="cds" onchange="showcd(this.value)"> 9 <option value="bob Dylan">Bob Dylan</option> 10 <option value="bonnie Tyler">Bonnie Tyler</option> 11 <option value="dolly Parton">Dolly Parton</option> 12 </select> 13 </form> 14 <p> 15 <div id="txthint"><b>a informação do CD será apresenta aqui.</b></div> 16 </p> 17 </body> 18 </html> Na linha 15 existe um div denominado txthint que é utilizado como um repositório das informações recuperadas do servidor WEB. Quando o usuário seleciona um dado, a função denominada showcd é executada. A execução da função é ativada pele evento onchange. O código JavaScript é armazenado no arquivo selectcd.js : var xmlhttp function showcd(str) xmlhttp=getxmlhttpobject(); if (xmlhttp==null) alert ("Your browser does not support AJAX!"); return; var url="getcd.php"; url=url+"?q="+str; url=url+"&sid="+math.random(); xmlhttp.onreadystatechange=statechanged; xmlhttp.open("get",url,true);

6 xmlhttp.send(null); function statechanged() if (xmlhttp.readystate==4) document.getelementbyid("txthint").innerhtml=xmlhttp.responsetext; function GetXmlHttpObject() var xmlhttp=null; // Firefox, Opera 8.0+, Safari xmlhttp=new XMLHttpRequest(); // Internet Explorer xmlhttp=new ActiveXObject("Msxml2.XMLHTTP"); xmlhttp=new ActiveXObject("Microsoft.XMLHTTP"); return xmlhttp; A função showcd() é executada quando usuário selecionar um item da caixa de seleção. 1. Chama a função GetXmlHttpObject para criar um objeto XMLHTTP. 2. Define o URL (nome do arquivo) para ser enviado para o servidor. 3. Adiciona um parâmetro (q) para a URL com o conteúdo do campo de entrada. 4. Adiciona um número randômico para prevenir que o servidor utilize um arquivo em cachê. 5. Chama a função statechanged() quando um mudança é disparada. 6. Abre o objeto XMLHTTP com a URL dada. 7. Envia um requisição http para o servidor. A página PHP A página chamada pelo JavaScript é um arquivo PHP denominado getcd.php. A página abaixo escrita em PHP 5 utiliza a biblioteca XMLDOM para carregar um documento XML. <?php $q=$_get["q"]; $xmldoc = new DOMDocument(); $xmldoc->load("cd_catalog.xml"); $x=$xmldoc->getelementsbytagname('artist'); for ($i=0; $i<=$x->length-1; $i++) //Process only element nodes

7 if ($x->item($i)->nodetype==1) if ($x->item($i)->childnodes->item(0)->nodevalue == $q) $y=($x->item($i)->parentnode); $cd=($y->childnodes); for ($i=0;$i<$cd->length;$i++) //Process only element nodes if ($cd->item($i)->nodetype==1) echo($cd->item($i)->nodename); echo(": "); echo($cd->item($i)->childnodes->item(0)->nodevalue); echo("<br />");?> Quando a consulta é enviada do JavaScript para o PHP ocorre: PHP cria um objeto XMLDOM do arquivo cd_catalog.xml. Todos os elementos (nodetypes=1) (Artistas) entram em um laço para encontrar um nome que seja igual ao nome enviado do JavaScript. O CD contendo o nome do artista é encontrado. A informação do álbum é enviada para o txthint. Documento XML denominado cd_catalog.xml. <?xml version="1.0" encoding="iso "?> <!-- Edited with XML Spy v2007 ( --> <CATALOG> <CD> <TITLE>Empire Burlesque</TITLE> <ARTIST>Bob Dylan</ARTIST> <COUNTRY>USA</COUNTRY> <COMPANY>Columbia</COMPANY> <PRICE>10.90</PRICE> <YEAR>1985</YEAR> </CD> <CD> <TITLE>Hide your heart</title> <ARTIST>Bonnie Tyler</ARTIST> <COUNTRY>UK</COUNTRY> <COMPANY>CBS Records</COMPANY> <PRICE>9.90</PRICE> <YEAR>1988</YEAR> </CD> <CD> <TITLE>Greatest Hits</TITLE> <ARTIST>Dolly Parton</ARTIST> <COUNTRY>USA</COUNTRY> <COMPANY>RCA</COMPANY> <PRICE>9.90</PRICE> <YEAR>1982</YEAR> </CD> </CATALOG>

8 Exemplo AJAX para Select Box gerado com JAVA AJAX pode ser utilizado para requisitar um trecho de código para ser inserido na página HTML. O código da página HTML abaixo apresenta uma lista de estados que conforme a escolha apresenta as cidades do estado selecionado. <html> <body> <script type="text/javascript"> var xmlhttp; function GetXmlHttpObject() var xmlhttp=null; xmlhttp=new XMLHttpRequest();// Firefox e similares // Internet Explorer xmlhttp=new ActiveXObject("Msxml2.XMLHTTP"); xmlhttp=new ActiveXObject("Microsoft.XMLHTTP"); //catch IE return xmlhttp; //function GetXmlHttpObject() function buscamunjs(str) xmlhttp=getxmlhttpobject() var url=" url=url+"?q="+str; url=url+"&sid="+math.random(); xmlhttp.onreadystatechange=statechanged; xmlhttp.open("get",url,true); xmlhttp.send(null); // function BuscaMunJs(str) function statechanged() if (xmlhttp.readystate==4) document.getelementbyid("txthint").innerhtml=xmlhttp.responsetext; // if // function statechanged() </script> <table> <tr> <td>uf</td> <td> <select name='p_uf' onchange='buscamunjs(this.value)'> <option value='0'>escolher</option> <option value='12' >AC</option> <option value='27' >AL</option> ( ) <option value='17' >TO</option> </select> </td> </tr> <tr> <td>município</td><td> <span id="txthint"></span></td> </tr> </table> </body> </html>

9 Vale notar agora que o campo que será atualizado agora é <span> ao invés de <div>, mas o javascript de chamada da url é praticamente idêntico, então o que muda é a atribuição da resposta ao elemento HTML (nesse caso o txthint ). Arquivo JAVA utilizado para gerar o componente Select Segue trecho do Servlet (JAVA) que consulta um banco de dados e, baseado no parâmetro estado (q) retorna um select box com as cidades como opções. protected void processrequest(httpservletrequest request, HttpServletResponse response) throws ServletException, IOException response.setcontenttype("text/html;charset=utf-8"); PrintWriter out = response.getwriter(); String uf = request.getparameter("q"); ( )//consiste parametro out.println("<select name='p_ibge_ajax' onchange='preencheibge(this.value)'>"); out.println("<option value='0'>escolher</option>"); ( )//inicializa Banco de Dados List estados = bdsession.createsqlquery("select m.ibge, m.nome from mapas.shp_munic m where trunc(m.ibge/10000) = " + uf + " order by nome").list(); Iterator estados_iter = estados.iterator(); while(estados_iter.hasnext()) Object[] municipio = (Object[])estados_iter.next(); out.println("<option value='" + (Integer) municipio[0] + "'>" + (String) municipio[1] + "</option>"); ( )//finaliza conexão c/ Banco de Dados out.println("</select>"); out.close(); A resposta do Servlet é o código fonte de um componente Select contendo as cidades do estado recebido como parâmetro. Esse conteúdo é visualizado no navegador no lugar do span do HTML, porém o código fonte da página não é alterado. Página HTML antes da seleção do estado:

10 Após seleção o componente aparece sem atualizar a página:

PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET. Fonte: Raul Paradeda

PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET. Fonte: Raul Paradeda PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET Introdução à AJAX Fonte: Raul Paradeda INTRODUÇÃO Para entender o que é o AJAX é necessário ter o prévio conhecimento de: HTML / XHTML; Javascript; CSS; XML. INTRODUÇÃO Ao pesquisar

Leia mais

Antes que você continue você deve ter uma compreensão básica do seguinte:

Antes que você continue você deve ter uma compreensão básica do seguinte: AJAX está para Asynchronous JavaScript and XML. AJAX é um tipo de programação feito popular em 2005 por Google (com Google sugerir). AJAX não é uma língua de programação nova, mas uma maneira nova usar

Leia mais

AJAX Asynchronous JavaSctipt And XML. Nuno Dantas, 1010676 7 de Novembro de 2006

AJAX Asynchronous JavaSctipt And XML. Nuno Dantas, 1010676 7 de Novembro de 2006 AJAX Asynchronous JavaSctipt And XML Nuno Dantas, 1010676 7 de Novembro de 2006 1 2 Resumo Com o desenvolvimento da Internet apareceu de necessidade de melhorar a forma de funcionamento das aplicações

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interativas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interactivas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

Programação para a Internet II 2.13. PHP AJAX. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para a Internet II 2.13. PHP AJAX. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para a Internet II 2.13. PHP AJAX Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Ajax não é uma tecnologia! É um conceito! Consiste no uso do objecto XMLHttpRequest que se encontra implementado

Leia mais

Carregando dados do Banco de Dados MySQL através de uma tag SELECT

Carregando dados do Banco de Dados MySQL através de uma tag SELECT Carregando dados do Banco de Dados MySQL através de uma tag SELECT Como já vimos todo o processo de criação do Objeto XMLHttpRequest e como efetuar a comunicação com o servidor através das funções de OPEN

Leia mais

Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET.

Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET. 1 2 Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET. 3 Por todo o documento subentende-se: todos os seus componentes já anteriormente carregados: imagens,

Leia mais

AJAX (Asynchronous Javascript And XML)

AJAX (Asynchronous Javascript And XML) AJAX (Asynchronous Javascript And XML) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br AJAX O nome AJAX foi idealizado por Jesse James Garrett, que definiu o objeto XMLHttpRequest. O AJAX não é uma linguagem

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 11

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 11 Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 11 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br www.fct.unesp.br/docentes/dmec/olivete jquery Na aula passada: Selecionando atributos Manipulando CSS Inserindo

Leia mais

AJAX no GASweb. Mas e afinal, para que usamos o AJAX?

AJAX no GASweb. Mas e afinal, para que usamos o AJAX? Nível - Avançado AJAX no GASweb Por: Pablo Hadler AJAX (Asynchronous Javascript and XML) foi criado com o princípio de ser uma maneira rápida e otimizada de podermos fazer requisições Web, sendo esta totalmente

Leia mais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Geração de Páginas WEB Aplicação WEB Numa aplicação WEB de conteúdo dinâmico As páginas são construídas a partir de dados da aplicação (mantidos num banco de dados). Usuários interagem com

Leia mais

AJAX. Prof. Marcos Alexandruk

AJAX. Prof. Marcos Alexandruk Prof. Marcos Alexandruk m.alexandruk@hotmail.com Asynchronous JavaScript and XML Não é uma "nova tecnologia" Utiliza os recursos já existentes do JavaScript Jesse James Garret utilizou o termo pela primeira

Leia mais

Lista de Revisão. 3. Analise a afirmativa a seguir como verdadeira ou falsa e justifique.

Lista de Revisão. 3. Analise a afirmativa a seguir como verdadeira ou falsa e justifique. Lista de Revisão 1. Nos sistemas web, geralmente os usuários apresentam dois problemas típicos, a desorientação e a sobrecarga cognitiva. Discorra sobre esses problemas. 2. Apresente as principais diferenças

Leia mais

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON)

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON) Márcio Koch 1 Currículo Formado na FURB em Ciência da Computação Pós graduado em Tecnologias para o desenvolvimento de aplicações web Mestrando em Computação Gráfica na UDESC Arquiteto de software na Senior

Leia mais

Prof. Roberto Desenvolvimento Web Avançado

Prof. Roberto Desenvolvimento Web Avançado Resposta exercício 1: Configuração arquivo web.xml helloservlet br.com.exercicios.helloservlet

Leia mais

AJaX Asy s nchronous s J avasc S ript p t a nd d XML

AJaX Asy s nchronous s J avasc S ript p t a nd d XML Asynchronous JavaScript and XML Ajax Um nome para um novo tipo de aplicações na Web Técnica de desenvolvimento de aplicações para criar páginas mais interactivas Não é uma nova tecnologia Ajax= JavaScript

Leia mais

AJAX. Aula 01 - Introdução

AJAX. Aula 01 - Introdução AJAX Aula 01 - Introdução AJAX é acrônimo em língua inglesa de "Asynchronous Javascript and XML", que em português significa "Javascript e XML Assíncronos" Introdução O Ajax é baseado nos seguintes padrões

Leia mais

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes Desenvolvimento Web XHTML Formulários Prof. Bruno E. G. Gomes 2014 Introdução Um recurso bastante utilizado no desenvolvimento Web é o envio de dados de uma página para o servidor quando fornecemos informações,

Leia mais

Programação Web Prof. Wladimir

Programação Web Prof. Wladimir Programação Web Prof. Wladimir Linguagem de Script e PHP @wre2008 1 Sumário Introdução; PHP: Introdução. Enviando dados para o servidor HTTP; PHP: Instalação; Formato básico de um programa PHP; Manipulação

Leia mais

Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans

Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans O objetivo deste exercício é criar um projeto apropriado para desenvolver um contêiner que você resolva utilizar. Uma vez criado o projeto,

Leia mais

Autenticação e Autorização

Autenticação e Autorização Autenticação e Autorização Introdução A segurança em aplicações corporativas está relacionada a diversos aspectos, tais como: autenticação, autorização e auditoria. A autenticação identifica quem acessa

Leia mais

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca Desenvolvimento de Aplicações Web Lista de Exercícios Métodos HTTP 1. No tocante ao protocolo de transferência de hipertexto (HTTP), esse protocolo da categoria "solicitação e resposta" possui três métodos

Leia mais

Scriptlets e Formulários

Scriptlets e Formulários 2 Scriptlets e Formulários Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Permitir ao aluno aprender a criar um novo projeto Java para web no Netbeans IDE,

Leia mais

Web Browser como o processo cliente. Servidor web com páginas estáticas Vs. Aplicações dinâmicas para a Web:

Web Browser como o processo cliente. Servidor web com páginas estáticas Vs. Aplicações dinâmicas para a Web: Web Browser como o processo cliente Servidor web com páginas estáticas Vs Aplicações dinâmicas para a Web: 1 Cliente Web browser HTTP porto 80 Servidor web... JDBC RMI XML... Base de Dados Aplicação em

Leia mais

Fundamentos de Ajax e o Modelo DOM

Fundamentos de Ajax e o Modelo DOM Fundamentos de Ajax e o Modelo DOM Introdução O Ajax é uma nova tecnologia em ascensão e, embora o Ajax seja incontestavelmente atual, ele não é realmente novo. Ajax não é por si só tecnologia, mas sim

Leia mais

Conteúdo. DHTML tópicos Hamilton Lima - 2002-2004

Conteúdo. DHTML tópicos Hamilton Lima - 2002-2004 DHTML tópicos Hamilton Lima - 2002-2004 Conteúdo 1. meu primeiro script... 2 2. DOM Document Object Model...2 3. tipo de execução de scripts...2 4. resposta a um evento... 3 5. tipos de dados, variaveis

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Formulários Os formulários em HTML são usados para selecionar diferentes tipos de entradas do usuário. Um formulário é uma área que

Leia mais

Programando em PHP. Conceitos Básicos

Programando em PHP. Conceitos Básicos Programando em PHP www.guilhermepontes.eti.br lgapontes@gmail.com Conceitos Básicos Todo o escopo deste estudo estará voltado para a criação de sites com o uso dos diversos recursos de programação web

Leia mais

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Página com busca padrão 1 Página com o resultado da busca carregada no local da anterior (o formulário está vazio) Site com Ajax 2 Site usando Ajax para preencher

Leia mais

Conteúdo Dinâmico. Introdução. Interação Browser x Servidor Web. Interação Browser x Servidor Web

Conteúdo Dinâmico. Introdução. Interação Browser x Servidor Web. Interação Browser x Servidor Web Introdução Formulários rios & Conteúdo Dinâmico Mário Antonio Meireles Teixeira Dept o. de Informática - UFMA A Web surgiu inicialmente como uma nova forma de comunicação de informações, fazendo uso de

Leia mais

Desenvolvimento de Sistemas Web Prof. Leandro Roberto. Aula 18 JavaScript: Eventos MySQL PHP (insert, update e delete)

Desenvolvimento de Sistemas Web Prof. Leandro Roberto. Aula 18 JavaScript: Eventos MySQL PHP (insert, update e delete) Desenvolvimento de Sistemas Web Prof. Leandro Roberto Aula 18 JavaScript: Eventos MySQL PHP (insert, update e delete) JavaScript Eventos Alguns eventos de uma página HTML podem ser interceptados e programados

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. JavaScript

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. JavaScript Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES JavaScript Desenvolvimento de Sistemas para WEB Site:

Leia mais

mkdir /srv/www/default/html/calculadora/imagens mkdir /srv/www/default/html/calculadora/blocos

mkdir /srv/www/default/html/calculadora/imagens mkdir /srv/www/default/html/calculadora/blocos Programando em PHP www.guilhermepontes.eti.br lgapontes@gmail.com Criando uma Calculadora Primeiramente deve se criar uma estrutura para armazenar os arquivos necessários para o funcionamento da calculadora.

Leia mais

Formulário (Send & Recieve) Prof. Celso H. Masotti

Formulário (Send & Recieve) Prof. Celso H. Masotti Formulário (Send & Recieve) Prof. Celso H. Masotti O Send e o Recieve A partir desse momento os exercícios serão realizados com dois arquivos, um de envio de dados (send) e o que recebe esse dados (recieve)

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Web Container: e JSP Sumário Protocolo HTTP Exemplos de JSP (Java Server Pages) Exemplos JSP 2 Protocolo HTTP URL: Um URL (Uniform

Leia mais

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br JSP (Java Server Pages) - JavaServer Pages (JSP) - Tecnologia de programação serverside - Permite

Leia mais

Java para WEB. Servlets

Java para WEB. Servlets Servlets Servlets são classes Java que são instanciadas e executadas em associação com servidores Web, atendendo requisições realizadas por meio do protocolo HTTP. Servlets é a segunda forma que veremos

Leia mais

Introdução ao Javascript

Introdução ao Javascript Programação WEB I Introdução ao Javascript Apresentação da Disciplina,Introdução a linguagem Javascript Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da linguagem Javascript referente à programação

Leia mais

Primeiro contato com JavaScript

Primeiro contato com JavaScript Primeiro contato com JavaScript Visão Geral JavaScript É uma linguagem em formato script; Permite dinamizar funções do site e criar interatividade em páginas web. O JavaScript permite: Coletar dados dos

Leia mais

O que é o JavaScript?

O que é o JavaScript? JavaScript Introdução O JavaScript é utilizado por milhões de páginas na web para melhorar o design, validar forms, e muito mais O JavaScript foi inicialmente desenvolvido pela Netscape e é a linguagem

Leia mais

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Agenda 1. 2. Web Container TomCat 2 3 J2EE permite criar aplicações Web dinâmicas (com conteúdo dinâmico)

Leia mais

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 1 Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 HTML BÁSICO: O que é uma página WEB? Uma página WEB, também conhecida pelo termo inglês webpage, é uma "página" na World Wide Web, geralmente em formato

Leia mais

Capítulo 4. Programação em ASP

Capítulo 4. Programação em ASP Índice: CAPÍTULO 4. PROGRAMAÇÃO EM ASP...2 4.1 REGISTRAR...2 4.1.1 Códigos para configuração do objeto...2 4.1.2 Formulário para transferir dados da impressão digital...3 4.1.3 Código Javascript para registro

Leia mais

COMO FUNCIONA UM FORMULÁRIO

COMO FUNCIONA UM FORMULÁRIO FORMULÁRIOS Constitui-se numa das formas de a máquina cliente enviar informações para que um programa no servidor receba estes dados, processe-os e devolva uma resposta ao usuário, por meio do navegador,

Leia mais

Os componentes de um formulário são: Form, Input, Select e AreaText

Os componentes de um formulário são: Form, Input, Select e AreaText HTML Formulário O elemento FORM, da HTML, é o responsável por prover documentos interativos no ambiente WWW de forma que uma pagina web exibida a um usuário possa submeter um conjunto de dados, informados

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

Java na WEB Servlet. Sumário

Java na WEB Servlet. Sumário 1 Java na WEB Servlet Objetivo: Ao final da aula o aluno será capaz de: Utilizar Servlets para gerar páginas web dinâmicas. Utilizar Servlets para selecionar páginas JSPs. Utilizar Servlets como elemento

Leia mais

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com JavaScript: Validação de Formulários Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com Validação de Formulários Um dos usos mais frequentes do JS é a validação de formulários. Além de garantir

Leia mais

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA COMBA DÃO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS 2012-2015 PROGRAMAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 2 Mecanismos de Controlo de

Leia mais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB através de JSP. Todos os direitos reservados Klais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB através de JSP. Todos os direitos reservados Klais Curso de Java Geração de Páginas WEB através de JSP Todos os direitos reservados Klais JSP e Servlets Servletsconstituem um mecanismo conveniente para a geração de páginas HTML dinâmicas e seu tratamento

Leia mais

Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano

Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano Programação Servidor em Sistemas Web 1 Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano INTRODUÇÃO Na maior parte deste curso foram estudados serviços desenvolvidos com o uso de tecnologias Servlet. Entretato,

Leia mais

Introdução ao PHP. Prof. Késsia Marchi

Introdução ao PHP. Prof. Késsia Marchi Introdução ao PHP Prof. Késsia Marchi PHP Originalmente PHP era um assíncrono para Personal Home Page. De acordo com convenções para atribuições de nomes recursivas do GNU foi alterado para PHP Hypertext

Leia mais

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão Programação Na Web Sessão II António Gonçalves Índice Visão geral da API Sessão Obter dados sobre uma sessão Extrair informação sobre uma Sessão Adicionar Dados a uma sessão 1 Programação Na Web Motivação

Leia mais

Java para Desenvolvimento Web

Java para Desenvolvimento Web Java para Desenvolvimento Web Servlets A tecnologia Servlet foi introduzida pela Sun Microsystems em 1996, aprimorando e estendendo a funcionalidade e capacidade de servidores Web. Servlets é uma API para

Leia mais

FORMULÁRIOS HTML (FORMS) E ENTRADAS DE DADOS (INPUT)

FORMULÁRIOS HTML (FORMS) E ENTRADAS DE DADOS (INPUT) FORMULÁRIOS HTML (FORMS) E ENTRADAS DE DADOS (INPUT) Formulários (FORMS): Um formulário é uma área que pode conter elementos de formulário. Elementos de formulário são elementos que permitem ao usuário

Leia mais

COBRANÇA SITE. Instruções de Instalação e Utilização. Manual Técnico do Desenvolvedor. Segunda via do Bloqueto Digital

COBRANÇA SITE. Instruções de Instalação e Utilização. Manual Técnico do Desenvolvedor. Segunda via do Bloqueto Digital COBRANÇA SITE Instruções de Instalação e Utilização Manual Técnico do Desenvolvedor Segunda via do Bloqueto Digital Índice 1. INFORMAÇÕES TÉCNICAS - Windows... 3 1.1 URL DA 2A VIA DO BLOQUETO DIGITAL...

Leia mais

Ajax. Desenvolvedores web foram acordados. O poder do. Programação. Construindo sites dinâmicos e rápidos. Perl: Ajax

Ajax. Desenvolvedores web foram acordados. O poder do. Programação. Construindo sites dinâmicos e rápidos. Perl: Ajax Construindo sites dinâmicos e rápidos O poder do Ajax A tecnologia Ajax traz recursos para melhorar muito o desempenho de sites lentos e pesados. Tudo que ela requer é um script Perl no servidor e um pouco

Leia mais

0,5 pelo negrito das palavras ID, Nome, E-mail e Analisar em outro momento.

0,5 pelo negrito das palavras ID, Nome, E-mail e Analisar em outro momento. IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim-ES Curso Técnico em Informática Disciplina: Programação Web Professor: Flávio Izo e Rafael Vargas Data: 07/04/2015 Aluno: GABARITO Valor: 12,5 Conteúdo: HTML + Formulários

Leia mais

Tecnologias para apresentação de dados - Java Script. Aécio Costa

Tecnologias para apresentação de dados - Java Script. Aécio Costa Tecnologias para apresentação de dados - Java Script Aécio Costa Foi originalmente implementada como parte dos navegadores web para que scripts pudessem ser executados do lado do cliente e interagissem

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Conteúdo Arquitetura de Aplicações Distribuídas na Web Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.2/tcc-00.226

Leia mais

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Programação Web com PHP Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Agenda O que é PHP? O que da pra fazer com PHP? Como a web funciona? Onde, quando e por que

Leia mais

#Aula Nº 1 Introdução webstandards.samus.com.br Vinicius Fiorio Custódio samus@samus.com.br

#Aula Nº 1 Introdução webstandards.samus.com.br Vinicius Fiorio Custódio samus@samus.com.br #Aula Nº 1 Introdução webstandards.samus.com.br Vinicius Fiorio Custódio samus@samus.com.br #O que é Web Standards? São padrões de desenvolvimento web recomendados pela W3C que visam a implementação de

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows Programação II Programação para a Web Christopher Burrows Apache Tomcat O Apache Tomcat é um Servlet Container desenvolvido pela Apache Software Foundation. Implementa as tecnologias Java Servlets e Java

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira Formulários e JavaScript Como visto anteriormente, JavaScript pode ser usada para

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Formulários e Aula 3 Relembrando HTML 5 Tag Form o Utilizada para marcar a região do formulário. o Os atributos mais importantes são o method e o action.

Leia mais

PHP. Hypertext Pre-Processor

PHP. Hypertext Pre-Processor PHP Hypertext Pre-Processor O que é o PHP? Uma linguagem de scripting é uma linguagem cujo código não tem de ser compilado para ser executado! O código escrito é interpretado em tempo de execução para

Leia mais

6. Introdução à Linguagem PHP

6. Introdução à Linguagem PHP 6. Introdução à Linguagem PHP A comunicação na Web exige dois agentes: o cliente web e o servidor web. O cliente requer informação (a partir de uma página HTML acessada pelo navegador) e o servidor fornece

Leia mais

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL.

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Procuraremos mostrar os principais procedimentos para fazer um cadastro de registros numa base de dados MySQL utilizando a linguagem

Leia mais

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Programação Na Web Servlets: Como usar as Servlets 1 António Gonçalves Agenda Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Exemplo: Hello World Output: Texto, HTML e hora local. Compilar uma Servlets

Leia mais

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org)

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org) J820 Testes de interface Web com HttpUnit Helder da Rocha (helder@acm.org) O que é HttpUnit API Java para comunicação com servidores HTTP Permite que programas construam e enviem requisições, e depois

Leia mais

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção

Leia mais

Servlets, JSPs e Java Beans

Servlets, JSPs e Java Beans Servlets, JSPs e Java Beans Prof. Pasteur Ottoni de Miranda Junior PUC Minas Disponível em www.pasteurjr.blogspot.com 1-Servlets 1.1 O que são Servlets são classes Java executadas em servidores web. Servem

Leia mais

Tutorial Jogo da Velha WEB

Tutorial Jogo da Velha WEB Tutorial Jogo da Velha WEB Criação do Projeto 1- Inicie o Eclipse 2- Crie um novo projeto Web dinâmico. 3- Na tela seguinte, digite o nome do projeto e caso no campo Target Runtime não estiver aparecendo

Leia mais

Prof Evandro Manara Miletto. parte 2

Prof Evandro Manara Miletto. parte 2 Prof Evandro Manara Miletto parte 2 Sumário Estruturas de Controle Eventos Estruturas de controle características Estruturas de controle (ou condicionais) são executadas caso um teste seja atendido Permite

Leia mais

SELENIUM 28/03/2011. Márcio Delamaro Harry Trinta

SELENIUM 28/03/2011. Márcio Delamaro Harry Trinta 1 SELENIUM 28/03/2011 Márcio Delamaro Harry Trinta O que é a Selenium? Selenium é uma ferramenta desenvolvida para a automação de testes em aplicações Web Suporta diversos browsers: Firefox Internet Explorer

Leia mais

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Prof. Moser Fagundes Curso Técnico em Informática (Modalidade Integrada) Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Charqueadas Revisão de PHP

Leia mais

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Software cliente: browser e outros Protocolo HTTP Infraestrutura de transporte

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br Desenvolvimento de Aplicações Web Programação Contextualização de aplicações Web: navegadores e servidores como interpretadores, tecnologias do lado do cliente (XHTML, CSS, Javascript) e do lado do servidor

Leia mais

Persistência Java para Web com MySQL

Persistência Java para Web com MySQL Persistência Java para Web com MySQL 1. Criar o modelo no DBDesigner 2. Criar o esquema e as tabelas no MySQL 3. Criar um projeto Java simples, com o nome Empresa,no NetBeans 4. Adicionar o driver de conexão

Leia mais

O que é o Javascript?

O que é o Javascript? O que é o Javascript? JavaScript é uma linguagem para criação de Home-Pages. Funções escritas em JavaScript podem ser embutidas dentro de seu documento HTML. Com JavaScript você tem muitas possibilidades

Leia mais

Aula 4. Objetivos. Conteúdo dinâmico na internet.

Aula 4. Objetivos. Conteúdo dinâmico na internet. Aula 4 Objetivos Conteúdo dinâmico na internet. Para uma solicitação da Web mais simples, um navegador solicita um documento HTML e o servidor Web encontra o arquivo correspondente e devolve. Se o documento

Leia mais

Introdução a Servlets e JSP. Prof. Samuel Martins samuellunamartins at gmail dot com Faculdade São Miguel

Introdução a Servlets e JSP. Prof. Samuel Martins samuellunamartins at gmail dot com Faculdade São Miguel Introdução a Servlets e JSP samuellunamartins at gmail dot com Conteúdo da aula Introdução a HTML Introdução a Servlets Preparando o ambiente de programação Exemplo de Servlets 2 Websites na década de

Leia mais

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção de páginas de internet e é responsável

Leia mais

Finalizando o Pedido (Tarefa G) Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br)

Finalizando o Pedido (Tarefa G) Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Finalizando o Pedido (Tarefa G) Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Feedback do Cliente Com os itens no carrinho é hora de permitir a finalização da venda Operação conhecida como "Check Out"

Leia mais

SISTEMA GERENCIAMENTO DE PRODUTOS PHP E MySQL 1. APRESENTAÇÃO

SISTEMA GERENCIAMENTO DE PRODUTOS PHP E MySQL 1. APRESENTAÇÃO SISTEMA GERENCIAMENTO DE PRODUTOS PHP E MySQL 1. APRESENTAÇÃO Este é um sistema de controle de produtos, onde o usuário irá entrar com o login e a senha, e se ele for um usuário cadastrado na tabela usuários

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages Desenvolvimento de aplicações Web Java Server Pages Hamilton Lima - athanazio@pobox.com 2003 Como funciona? Servidor web 2 Internet 1 Browser 3 Arquivo jsp 4 JSP Compilado 2 Passo a passo 1 browser envia

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Servlets Servlet Aplicação Java que é executada no servidor que estende a capacidade do servidor Web Alternativa Java para os scripts CGI Gerenciado

Leia mais

www.coldfusionbrasil.com.br

www.coldfusionbrasil.com.br www.coldfusionbrasil.com.br 2000 1 O que é Cold Fusion? 3 Arquitetura Cold Fusion 3 Cold Fusion Markup Language (CFML) 4 O que devo saber para programar em CFML? 4 HTML 4 Desenho de Banco de Dados Relacionais

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o conceito aplicações orientada a serviços via web Apresentar o papel dos contentores

Leia mais

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário Sumário FORMULÁRIO EM HTML... 2 FORM... 2 ACTION... 2 METHOD... 2 INPUT... 2 INPUT TYPE TEXT... 2 INPUT TYPE PASSWORD... 2 CHECKBOX - Múltipla escolha... 4 RADIO - Escolha única... 4 Botões de ação...

Leia mais