Tarifa de Energia Elétrica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tarifa de Energia Elétrica"

Transcrição

1 Tarifação - GTD

2 : Tarifa de Energia Elétrica A tarifa de energia é o preço cobrado por unidade de energia; R$/kWh; Preço da energia elétrica: formado pelos custos incorridos desde a geração até a sua disponibilização aos consumidores na tomada elétrica; a energia elétrica é um bem essencial não se paga somente pelo consumo propriamente dito, mas pela sua disponibilidade: 24 horas por dia 7 dias por semana

3 Consumo de EE: relacionado com a quantidade de bem produzido ; maior: nos meses em que houver maior produção de bens na instalação produção de uma instalação: maior uso do sistema de iluminação do sistema de ar-condicionado ou dos motores, etc. Demanda de potência ativa: média das potências dentro de intervalos de 15 minutos; medidor: média de medições mensais [(365dias/12meses)x24horasx60minutos]/15; maior valor é a demanda medida no mês de faturamento; Independe da quantidade de produção do mês; necessidade simultânea de carga para a produção mensal. Sistema convencional: custo unitário da EE: depende diretamente da quantidade de energia absorvida; maior consumo EE: maior produção da indústria custo da EE utilizada no produto é menor; valor absoluto da fatura é maior; forma como a EE é utilizada não influencia no custo final não é possível avaliar o impacto da sua forma de utilização da EE no sistema elétrico Utilizar energia elétrica adequadamente?

4 Sistemas horossazonais: tarifas diferenciadas PS: período seco na ponta PU: período úmido na ponta FS: período seco fora da ponta FU: período úmido fora da ponta tarifas mais caras: horários de ponta e períodos secos tarifas mais baratas: horários fora de ponta e períodos úmidos Baixar custo do consumidor? concentrar produção nos períodos em que a energia oferece tarifa mais barata; sem beneficiar o custo da energia, provocando transtornos operacionais e o acréscimo de outros tipos de custos em outros segmentos da indústria, mais significativos; custo final da EE: relação entre a redução em horário de ponta e uso mais intenso da EE fora da ponta.

5 Consumo de EE dos Consumidores Cativos: Custos com a aquisição de energia elétrica; Custos relativos ao uso do sistema de distribuição; Custos relativos ao uso do sistema de transmissão; Perdas técnicas e não técnicas; Encargos diversos e impostos.

6 Consumo de EE dos Consumidores Cativos: Custos com a aquisição de energia elétrica: decorrentes da contratação de montantes de energia por meio dos leilões regulados; a empresa distribuidora compra uma quantidade de energia que considera suficiente para o atendimento do seu mercado cativo; os custos são alocados na chamada Tarifa de Energia (TE ); repassados integralmente aos consumidores, mas sem auferir margens de lucro. Custos relativos ao uso do sistema de distribuição : inseridos na Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD); são as despesas de capital e os custos de operação e manutenção das redes de distribuição; encargos setoriais também estão inseridos na TUSD; E custos relativos ao uso do sistema de transmissão, que são arrecadados por meio da Tarifa de Uso do Sistema de Transmissão (TUST).

7 Consumo de EE dos Consumidores Cativos: Indicação por setas indica para onde vai o recurso: TUSD ou TUST.

8 Consumo de EE dos Consumidores Cativos: Encargos Setoriais: encargos são as contribuições que constam da tarifa de energia elétrica: não são impostos ou tributos, e sim contribuições instituídas por Lei, valores são estabelecidos por resoluções ou despachos da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL; cada encargo visa a obter recursos e a financiar necessidades específicas do setor elétrico;

9 Classificação dos Consumidores no Brasil: Agrupamento: definido, principalmente, em função do nível de tensão em que são atendidos; e também, em função da demanda (kw). Grupos Tarifários: Grupo A: que tem tarifa binômia ; Estrutura tarifária Convencional; Estrutura tarifária horosazonal Verde; Estrutura tarifária horosazonal Azul; Grupo B: que tem tarifa monômia. unidades consumidoras atendidas em baixa tensão: abaixo de volts. Subgrupo B1: residencial e residencial baixa renda; Subgrupo B2: rural e cooperativa de eletrificação rural; Subgrupo B3: demais classes; Subgrupo B4: iluminação pública.

10 Grupo A: Tarifa de Energia Elétrica Contrato de fornecimento com as concessionárias de energia; Demanda Contratada : Demanda faturada: maior demanda entre o valor contratado e o medido no período de faturamento demanda contratada > demanda medida: pagamento pela demanda contratada (parcela de carga não utilizado) demanda contratada < demanda medida: pagamento pela demanda medida demanda medida superar o limite máximo permitido pela legislação: sobre a parcela incidirão tarifas de 3x os valores normais Maior dificuldade: determinação das necessidades com antecedência; valor contratado o mais próximo da necessidade de instalação; custo adicional da energia: pagamento da parcela sem uso ou pagamento das demandas de ultrapassagem.

11 Grupo A: Tarifação Convencional exige um contrato específico de fornecimento com a concessionária; contrata um único valor da demanda pretendida pelo consumidor (demanda contratada): independentemente da hora do dia ponta ou fora de ponta; independentemente do período do ano seco ou úmido.

12 Grupo A: Tarifação horosazonal Verde enquadramento opcional na tarifa Verde: consumidores do Grupo A: sub-grupos A3, A4 e AS. exige um contrato específico com a concessionária: com a demanda pretendida pelo consumidor - Demanda Contratada; independentemente da hora do dia: ponta ou fora de ponta. demanda de potência possui tarifa única maior demanda: fora do horário de ponta a Resolução 456 permite (não explicitamente): contrato de dois valores diferentes de demanda: um para o período seco; e outro para o período úmido. A conta de energia elétrica: soma de parcelas referentes ao consumo (na ponta e fora dela) + demanda e ultrapassagem.

13 Grupo A: Tarifa de Energia Elétrica

14 Grupo A: Tarifação horo-sazonal Azul Tarifa de Energia Elétrica enquadramento obrigatório: consumidores do Grupo: sub-grupos A1, A2 ou A3. essa modalidade tarifária exige: contrato específico com a concessionária: o valor da demanda pretendida pelo consumidor no horário de ponta - Demanda Contratada na Ponta; o valor pretendido nas horas fora de ponta - Demanda Contratada fora de Ponta. demanda faturada: demanda contratada fora do horário de ponta e a demanda medida, com ultrapassagem, para o período de ponta; dificilmente utilizado em sistemas de menor porte: controle de demanda não é feito automático; Resolução 456 permite (não explicitamente): contrato de dois valores diferentes de demanda: um para o período seco; e outro para o período úmido. A conta de energia elétrica: soma de parcelas referentes ao consumo (na ponta e fora dela) + demanda e ultrapassagem.

15 Grupo A: Tarifa de Energia Elétrica

16 Grupo B: Pequenos Consumidores: residências Conta de energia elétrica: custo a energia utilizada somente consumo! Médios e grandes consumidores: Conta de energia elétrica: energia consumida e potência. Para o cálculo das contas: quantidade de potência consumida; tarifas de acordo com a faixa.

17 Redução do Valor Final da EE: Grupo B (custo único): conservação de energia; Grupo A (sistemas tarifários binômios): conservação de energia; mudança de hábitos no uso da EE; Utilização da EE da maneira mais inteligente possível!

18 Cálculos: Exercícios 1. Utilizando a tabela abaixo, calcule o valor a ser pago a partir de um consumo de: a) 150kWh; b) 350kWh; c) 440kWh.

19 Cálculos: 2. Para o gráfico abaixo, determine: a) Potência máxima; b) Demanda de cada intervalo; c) Demanda máxima; d) Demanda média. Exercícios

20 Exercícios Cálculos: 3. Completar o quadro abaixo: 4. Sabendo que um motor de 50CV, a plena carga, possui um rendimento de 82% com fator de potência de 80%, indutivo, pergunta-se: a) Quais as potências ativa, reativa e aparente solicitadas? b) Considerando o motor ligados nestas condições por 45minutos, calcule as energias consumidas.

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA (EFE)

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA (EFE) EFICIÊNCIA ENERGÉTICA (EFE) Prof.: Bruno Gonçalves Martins bruno.martins@ifsc.edu.br RECAPITULANDO A MATÉRIA Conceito de energia e eficiência energética; Lei da dissipação da energia; Potência e consumo;

Leia mais

Revisão. Eficiência Energética:

Revisão. Eficiência Energética: Revisão Eficiência Energética: o Demanda crescente por energia o Recursos energéticos com duração finita o Desenvolvimento sem degradação ambiental Incentivos no Brasil o PROCEL o PEE Programa de Eficiência

Leia mais

Metodologia para Negociação de Novos Contratos de Energia Elétrica e seus Impactos Operacionais

Metodologia para Negociação de Novos Contratos de Energia Elétrica e seus Impactos Operacionais Metodologia para Negociação de Novos Contratos de Energia Elétrica e seus Impactos Operacionais 11ª Semana de Tecnologia Metroviária 20 a 23 de setembro de 2005 São Paulo - Brasil CONRADO GRAVA DE SOUZA

Leia mais

Tarifação de energia elétrica

Tarifação de energia elétrica Versão R1.. Tarifação de energia elétrica Importante: Esta publicação é mantida revisada e atualizada no site P U B L I C A Ç Ã O : Hwww.vertengenharia.com.br R I C A R D O P. T A M I E T T I C O P Y R

Leia mais

Capítulo: 3 Fundamentos do Processo Tarifário do Setor Elétrico Brasileiro

Capítulo: 3 Fundamentos do Processo Tarifário do Setor Elétrico Brasileiro Universidade Federal de Paraná Setor de Tecnologia Departamento de Engenharia Elétrica Capítulo: 3 Fundamentos do Processo Tarifário do Setor Elétrico Brasileiro Dr. Eng. Clodomiro Unsihuay Vila Curitiba-Brasil,

Leia mais

ANÁLISE TARIFÁRIA E AVALIAÇÃO DO FATOR DE CARGA PARA AUXILIO A DECISÃO:ESTUDO DE CASO EM INDÚSTRIA SIDERÚRGICA

ANÁLISE TARIFÁRIA E AVALIAÇÃO DO FATOR DE CARGA PARA AUXILIO A DECISÃO:ESTUDO DE CASO EM INDÚSTRIA SIDERÚRGICA ANÁLISE TARIFÁRIA E AVALIAÇÃO DO FATOR DE CARGA PARA AUXILIO A DECISÃO:ESTUDO DE CASO EM INDÚSTRIA SIDERÚRGICA Orlando Moreira Guedes Junior engorlandojunior@yahoo.com.br UFF Resumo:Este trabalho apresenta

Leia mais

6 Avaliação da Penetração da Microturbina no Mercado da LIGHT

6 Avaliação da Penetração da Microturbina no Mercado da LIGHT 6 Avaliação da Penetração da Microturbina no Mercado da LIGHT O presente capítulo tem como objetivo determinar o mercado potencial de energia elétrica deslocado da concessionária pública de distribuição

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO Nº 67, DE 29 DE MARÇO DE 2000

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO Nº 67, DE 29 DE MARÇO DE 2000 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO Nº 67, DE 29 DE MARÇO DE 2000 Homologa as Tarifas de Fornecimento de Energia Elétrica para a Empresa Força e Luz de Urussanga Ltda. O DIRETOR-GERAL

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO N o 218, DE 18 DE ABRIL DE 2002 Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica, fixa os valores da Taxa de Fiscalização dos Serviços de Energia

Leia mais

Sumário Executivo Ótica do Consumidor. Brasília, 16 de Dezembro de 2010

Sumário Executivo Ótica do Consumidor. Brasília, 16 de Dezembro de 2010 S U P E R I N T E N D Ê N C I A D E R E G U L A Ç Ã O E C O N Ô M I C A S U P E R I N T E N D Ê N C I A D E R E G U L A Ç Ã O D O S S E R V I Ç O S D E D I S T R I B U I Ç Ã O Sumário Executivo Ótica do

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 642, DE 22 DE ABRIL DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 642, DE 22 DE ABRIL DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 642, DE 22 DE ABRIL DE 2008. Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição,

Leia mais

Gerenciamento de Energia. Soluções Schneider Electric voltadas à Eficiência Energética

Gerenciamento de Energia. Soluções Schneider Electric voltadas à Eficiência Energética Gerenciamento de Energia Soluções Schneider Electric voltadas à Eficiência Energética Sistemas de tarifario Brasileiro: Conceitos Dois modelos de tarifação: Convencional e Horo-Sazonal. Clientes do Grupo

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 217, DE 26 DE AGOSTO DE 2004.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 217, DE 26 DE AGOSTO DE 2004. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 217, DE 26 DE AGOSTO DE 2004. Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica, aplicáveis aos consumidores finais, estabelece

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO Nº 254, DE 2 DE JULHO DE 2001

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO Nº 254, DE 2 DE JULHO DE 2001 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO Nº 254, DE 2 DE JULHO DE 2001 Homologa o reajuste das tarifas de fornecimento de energia elétrica da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.178, DE 5 DE JULHO DE 2011.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.178, DE 5 DE JULHO DE 2011. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.178, DE 5 DE JULHO DE 2011. Nota Técnica nº 176/2011-SRE/ANEEL Relatório e Voto Homologa as tarifas de fornecimento de energia

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.025, DE 29 DE JUNHO DE 2010.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.025, DE 29 DE JUNHO DE 2010. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.025, DE 29 DE JUNHO DE 2010. Nota Técnica nº 212/2010-SRE/ANEEL Relatório Voto Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA MEDIDOR 95116-1 UNIDADE: PRÉDIO SEDE PERÍODO:

Leia mais

Desenvolvimento de projetos de geração na indústria

Desenvolvimento de projetos de geração na indústria Desenvolvimento de projetos de geração na indústria Fabio Dias Agenda Processos industriais e a geração de energia Autoprodução para a indústria Alternativas e viabilidade de projetos de geração distribuída

Leia mais

MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA 1

MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA 1 MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA 1 2 MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA SUMÁRIO 1. Organização 2. Como está estruturado o mercado de energia elétrica? 3. Quais são as

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS DE SÃO PAULO Faculdade de Tecnologia PLANO DE PESQUISA

INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS DE SÃO PAULO Faculdade de Tecnologia PLANO DE PESQUISA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS DE SÃO PAULO Faculdade de Tecnologia PLANO DE PESQUISA ALUNOS: Jeniffer Silva de Vito Angelo Ribeiro Biagioni Lucia Helena Pereira

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 639, DE 17 DE ABRIL DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 639, DE 17 DE ABRIL DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 639, DE 17 DE ABRIL DE 2008. Homologa o resultado provisório da segunda revisão tarifária periódica e fixa as Tarifas de Uso dos

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA N 311, DE 6 DE ABRIL DE 2006

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA N 311, DE 6 DE ABRIL DE 2006 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA N 311, DE 6 DE ABRIL DE 2006 Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica, estabelece a receita anual das instalações de

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 689, DE 5 DE AGOSTO DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 689, DE 5 DE AGOSTO DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 689, DE 5 DE AGOSTO DE 2008. Homologa o resultado provisório da segunda revisão tarifária periódica e fixa as Tarifas de Uso dos

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.048, DE 19 DE AGOSTO DE 2010.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.048, DE 19 DE AGOSTO DE 2010. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.048, DE 19 DE AGOSTO DE 2010. Nota Técnica nº 254/2010-SRE/ANEEL Relatório Voto Homologação das tarifas de fornecimento de energia

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.855, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2015.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.855, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2015. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.855, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2015. Voto Homologa o resultado do Reajuste Tarifário Anual de 2014 e fixa as Tarifas de Energia TE e as

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº DE 2 DE AGOSTO DE 2011.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº DE 2 DE AGOSTO DE 2011. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.183 DE 2 DE AGOSTO DE 2011. Nota Técnica nº. 207/2011-SRE/ANEEL Relatório e Voto Homologa as tarifas de suprimento e de fornecimento

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA MEDIDOR 1128541-9 UNIDADE: FÓRUM DE PICOS

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 196, DE 22 DE AGOSTO DE 2005

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 196, DE 22 DE AGOSTO DE 2005 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 196, DE 22 DE AGOSTO DE 2005 Homologa o resultado definitivo da primeira revisão tarifária periódica e as tarifas de Uso dos Sistemas

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 734, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 734, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 734, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2008. Nota Técnica Relatório Voto Homologa o resultado provisório da segunda revisão tarifária periódica

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.683, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.683, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.683, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014. Homologa as Tarifas de Energia TE e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição TUSD referentes

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA MEDIDOR 1003984-8 UNIDADE: FÓRUM TERESINA

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 636, DE 17 DE ABRIL DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 636, DE 17 DE ABRIL DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 636, DE 17 DE ABRIL DE 2008. (*) Vide alterações e inclusões no final do texto Homologa o resultado provisório da segunda revisão

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA MEDIDOR 1128541-9 UNIDADE: FÓRUM DE PICOS

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA MEDIDOR 1128541-9 UNIDADE: FÓRUM DE PICOS

Leia mais

Fornecimento de Energia Elétrica

Fornecimento de Energia Elétrica Fornecimento de Energia Elétrica 1 Objetivos Análise da constituição de sistemas de potência Normas para fornecimento de energia elétrica Características gerais do fornecimento de energia elétrica Esquemas

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA MEDIDOR 817187-4 UNIDADE: PRÉDIO ANEXO PERÍODO:

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 528, DE 6 DE AGOSTO DE 2007.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 528, DE 6 DE AGOSTO DE 2007. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 528, DE 6 DE AGOSTO DE 2007. Homologa o resultado provisório da quarta revisão tarifária periódica e fixa as Tarifas de Uso dos Sistemas

Leia mais

TUSD TE TUSD TE R$/kW R$/MWh R$/MWh R$/kW R$/MWh R$/MWh AZUL P 27,35 199,80 60,49 29,79 216,38 65,65 FP 9,00 129,12 35,32 9,80 139,42 38,32 AZUL APE

TUSD TE TUSD TE R$/kW R$/MWh R$/MWh R$/kW R$/MWh R$/MWh AZUL P 27,35 199,80 60,49 29,79 216,38 65,65 FP 9,00 129,12 35,32 9,80 139,42 38,32 AZUL APE TABELA 1 TARIFAS DE APLICAÇÃO E BASE ECONÔMICA PARA O GRUPO A. - CERIPA TARIFAS DE APLICAÇÃO BASE ECONÔMICA SUBGRUPO MODALIDADE POSTO TUSD TE TUSD TE R$/kW R$/MWh R$/MWh R$/kW R$/MWh R$/MWh AZUL P 27,35

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS RELATÓRIO DE DESEMPENHO NO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA MEDIDOR 1003984-8 UNIDADE: FÓRUM TERESINA

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº DE 25 DE ABRIL DE 2017

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº DE 25 DE ABRIL DE 2017 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.229 DE 25 DE ABRIL DE 2017 Homologa o resultado do Reajuste Tarifário Anual de 2017, as Tarifas de Energia TE e as Tarifas de Uso do

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.931, DE 11 DE AGOSTO DE 2015

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.931, DE 11 DE AGOSTO DE 2015 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.931, DE 11 DE AGOSTO DE 2015 Homologa o resultado do Reajuste Tarifário Anual de 2015, as Tarifas de Energia TE e as Tarifas de Uso do

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.580, DE 6 DE AGOSTO DE 2013

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.580, DE 6 DE AGOSTO DE 2013 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.580, DE 6 DE AGOSTO DE 2013 Homologa o resultado da terceira Revisão Tarifária Periódica RTP da Cooperativa Aliança Cooperaliança, fixa

Leia mais

Suporte Técnico Web Energy

Suporte Técnico Web Energy Suporte Técnico Web Energy Conceitos Básicos Schneider Electric Suporte Técnico Brasil Título: Suporte Técnico Web Energy Guia Geral para EcoXperts Data: 15/02/2016 Versão: 1.0 1 Histórico de revisões

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 832, DE 16 DE JUNHO DE 2009.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 832, DE 16 DE JUNHO DE 2009. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 832, DE 16 DE JUNHO DE 2009. Homologa o resultado definitivo da segunda revisão tarifária periódica, com a fixação das tarifas de

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.041, DE 10 DE AGOSTO DE 2010

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.041, DE 10 DE AGOSTO DE 2010 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.041, DE 10 DE AGOSTO DE 2010 Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 638, DE 17 DE ABRIL DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 638, DE 17 DE ABRIL DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 638, DE 17 DE ABRIL DE 2008. (*) Vide alterações e inclusões no final do texto Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica

Leia mais

WORKSHOP: Inversores Híbridos com Sistemas de Armazenamento de Energia Aplicações dos Inversores Híbridos com Sistema de Armazenamento de Energia

WORKSHOP: Inversores Híbridos com Sistemas de Armazenamento de Energia Aplicações dos Inversores Híbridos com Sistema de Armazenamento de Energia WORKSHOP: Inversores Híbridos com Sistemas de Armazenamento de Energia 1 Aplicações dos Inversores Híbridos com Sistema de Armazenamento de Energia Ildo Bet Ricardo Souza Figueredo Agenda 2 INTRODUÇÃO;

Leia mais

MANUAL DE TARIFAÇÃO DA ENERGIA ELÉTRICA

MANUAL DE TARIFAÇÃO DA ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DE TARIFAÇÃO DA ENERGIA ELÉTRICA PROGRAMA NACIONAL DE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA 1ª Edição - MAIO/2001 Presidente Cláudio Ávila da Silva DP - Diretoria de Projetos Especiais Diretor José Alexandre

Leia mais

9.1 TARIFAÇÃO DA ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL:

9.1 TARIFAÇÃO DA ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL: 103 9 RETROFIT EM AR CONDICIONADO Retrofit é uma modificação de um equipamento ou instalação existente, visando a melhoria de seu desempenho, de sua operação ou de ambos. Surgiu em meados da década de

Leia mais

INFORMAÇÕES TÉCNICAS TERMINOLOGIA (parte integrante do site www.cocel.com.br)

INFORMAÇÕES TÉCNICAS TERMINOLOGIA (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES TÉCNICAS TERMINOLOGIA (parte integrante do site www.cocel.com.br) 1. Concessionária ou Permissionária - Agente titular de concessão ou permissão federal para explorar a prestação de serviços

Leia mais

Energia e Demanda Ativa e Reativa

Energia e Demanda Ativa e Reativa Energia e Ativa e Reativa de potência medida TUSD TUST CUSD Rede trifásica Corrente Calibração contratada de ultrapassagem Carga instalada Consumo de energia Energia demandada Energia fornecida Potência

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.589, DE 20 DE AGOSTO DE 2013.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.589, DE 20 DE AGOSTO DE 2013. AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.589, DE 20 DE AGOSTO DE 2013. Homologa as Tarifas de Energia TEs e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição TUSDs referentes à

Leia mais

SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Filipe QUINTAES (1); Emerson LOPES (2); Luiz MEDEIROS (3); Ítalo FREITAS (4) (1) IFRN Campus Mossoró, Endereço: Rua Raimundo Firmino de Oliveira, 400, Conjunto

Leia mais

Contratos e Faturamento da Demanda de Potência

Contratos e Faturamento da Demanda de Potência Contratos e Faturamento da Demanda de Potência (REN 414/2010) JORGE AUGUSTO LIMA VALENTE Especialista em Regulação Superintendência de Regulação da Comercialização da Eletricidade Sertãozinho SP 22 de

Leia mais

Curso Técnico em Mecânica ELETRICIDADE

Curso Técnico em Mecânica ELETRICIDADE Curso Técnico em Mecânica - 2016 ELETRICIDADE Aula 12 Consumo de energia elétrica Prof. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino https://giovanatangerino.wordpress.com giovanatangerino@ifsp.edu.br giovanatt@gmail.com

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.728, DE 6 DE MAIO DE 2014

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.728, DE 6 DE MAIO DE 2014 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.728, DE 6 DE MAIO DE 2014 Homologa as Tarifas de Energia TEs e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição TUSDs referentes à Caiuá

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.119, DE 16 DE AGOSTO DE 2016

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.119, DE 16 DE AGOSTO DE 2016 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.119, DE 16 DE AGOSTO DE 2016 Texto Original Homologa o resultado da Quarta Revisão Tarifária Periódica RTP da Empresa Luz e Força Santa

Leia mais

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016 Resultados do 1º trimestre de 2016 Cataguases, 13 de maio de 2016 A Administração da ( Energisa Borborema ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre (1T16). As informações financeiras

Leia mais

Relatório Sobre o Uso da Energia no Campus de Ilha Solteira Maiores Consumidores

Relatório Sobre o Uso da Energia no Campus de Ilha Solteira Maiores Consumidores Relatório Sobre o Uso da Energia no Campus de Ilha Solteira Maiores Consumidores I. Justificativa Trata se de um relatório com o detalhamento da composição tarifária e o uso da energia pelas seis ores

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.576, DE 30 DE JULHO DE 2013.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.576, DE 30 DE JULHO DE 2013. AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.576, DE 30 DE JULHO DE 2013. Homologa o resultado da sexta Revisão Tarifária Periódica RTP da Escelsa, fixa as Tarifas de Uso do Sistema

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.779, DE 19 DE AGOSTO DE 2014

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.779, DE 19 DE AGOSTO DE 2014 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.779, DE 19 DE AGOSTO DE 2014 Homologa o resultado do Reajuste Tarifário Anual de 2014 e fixa as Tarifas de Energia TEs e as Tarifas de

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414/2010 CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414/2010 CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414/2010 CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO Atualizada até a REN 499/2012 Resolução Normativa nº 414 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL A ANEEL consolidou os direitos e deveres

Leia mais

Audiência Pública nº 005 Data: 10/03/2016 Cidade: Presidente Prudente/SP

Audiência Pública nº 005 Data: 10/03/2016 Cidade: Presidente Prudente/SP Audiência Pública nº 005 Data: 10/03/2016 Cidade: Presidente Prudente/SP AUDIÊNCIAS PÚBLICAS Abrimos nossas portas para a sociedade... Antes de expedições de atos administrativos (resolução normativa,

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.514, DE 16 DE ABRIL DE 2013

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.514, DE 16 DE ABRIL DE 2013 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.514, DE 16 DE ABRIL DE 2013 Homologa o resultado da terceira Revisão Tarifária Periódica RTP da AES SUL Distribuidora Gaúcha de Energia

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.522, DE 7 DE MAIO DE 2013

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.522, DE 7 DE MAIO DE 2013 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.522, DE 7 DE MAIO DE 2013 Homologa as Tarifas de Energia TEs e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição TUSDs referentes à Companhia

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.270, DE 3 DE ABRIL DE 2012

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.270, DE 3 DE ABRIL DE 2012 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.270, DE 3 DE ABRIL DE 2012 Nota Técnica nº 71/2012-SRE/ANEEL Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica e as Tarifas

Leia mais

O IMPACTO DA TARIFA DE ENERGIA ELÉTRICA NO METROFERROVIÁRIO

O IMPACTO DA TARIFA DE ENERGIA ELÉTRICA NO METROFERROVIÁRIO O IMPACTO DA TARIFA DE ENERGIA ELÉTRICA NO SISTEMA METROFERROVIÁRIO 9ª Semana de Tecnologia Metroviária 2 a 5 de setembro de 2003 São Paulo - Brasil CONRADO GRAVA DE SOUZA SETOR DE TRANSPORTE METROFERROVIÁRIO

Leia mais

Nota Técnica nº 243/2016-SGT/ANEEL

Nota Técnica nº 243/2016-SGT/ANEEL AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.118, DE 2 DE AGOSTO DE 2016 Texto Original Homologa o resultado da sétima Revisão Tarifária Periódica RTP da Espírito Santo Centrais

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS PATO BRANCO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CURSO DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS PATO BRANCO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CURSO DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL 1 UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS PATO BRANCO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CURSO DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL CARLOS EDUARDO BOGO WILLIAN SILIPRANDI HAUBERT AUMENTO

Leia mais

ANEXO I - TARIFAS DE APLICAÇÃO - ELETROPAULO QUADRO A - MODALIDADE TARIFÁRIA CONVENCIONAL TE SUBGRUPO/CLASSE/SUBCLASSE

ANEXO I - TARIFAS DE APLICAÇÃO - ELETROPAULO QUADRO A - MODALIDADE TARIFÁRIA CONVENCIONAL TE SUBGRUPO/CLASSE/SUBCLASSE ANEXO I - TARIFAS DE APLICAÇÃO - ELETROPAULO QUADRO A - MODALIDADE TARIFÁRIA CONVENCIONAL /CLASSE/SUBCLASSE VERDE AMARELA VERMELHA B1 - RESIDENCIAL 103,58 134,43 134,43 149,43 164,43 B1 - RESIDENCIAL BAIXA

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 856, DE 4 DE AGOSTO DE 2009.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 856, DE 4 DE AGOSTO DE 2009. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 856, DE 4 DE AGOSTO DE 2009. Homologação das tarifas de fornecimento de energia elétrica e das Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição,

Leia mais

Análise do enquadramento tarifário de uma unidade consumidora nas opções do grupo A do Mercado Cativo e do Mercado Livre de energia elétrica

Análise do enquadramento tarifário de uma unidade consumidora nas opções do grupo A do Mercado Cativo e do Mercado Livre de energia elétrica XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Análise do enquadramento tarifário de uma unidade consumidora nas opções do grupo

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.151, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.151, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.151, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016 Texto Original Homologa o resultado da segunda Revisão Tarifária Periódica RTP da Cooperativa de Eletrificação

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.760, DE 3 DE JULHO DE 2014.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.760, DE 3 DE JULHO DE 2014. AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.760, DE 3 DE JULHO DE 2014. Homologa as Tarifas de Energia TEs e as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição TUSDs referentes à Companhia

Leia mais

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro trimestre de 2015 e 2014: Descrição 1T15 1T14 Variação %

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro trimestre de 2015 e 2014: Descrição 1T15 1T14 Variação % Resultados do 1º trimestre de 2015 São Paulo, 15 de maio de 2015 A Administração da Empresa de Distribuição de Energia Vale Paranapanema S/A ( EDEVP ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre

Leia mais

Tarifas de Fornecimento de Energia Elétrica

Tarifas de Fornecimento de Energia Elétrica Tarifas de Fornecimento de Energia Elétrica Conceitos Básicos: Os consumidores de energia elétrica pagam um valor correspondente à quantidade de energia elétrica consumida, no mês anterior, estabelecida

Leia mais

GESTÃO ENERGÉTICA EM INDÚSTRIAS MADEIREIRAS José Ângelo Cagnon [1] Ivaldo de Domenico Valarelli [2] Ricardo Martini Rodrigues [3}

GESTÃO ENERGÉTICA EM INDÚSTRIAS MADEIREIRAS José Ângelo Cagnon [1] Ivaldo de Domenico Valarelli [2] Ricardo Martini Rodrigues [3} GESTÃO ENERGÉTICA EM INDÚSTRIAS MADEIREIRAS José Ângelo Cagnon [1] Ivaldo de Domenico Valarelli [2] Ricardo Martini Rodrigues [3} Departamento de Engenharia Elétrica Faculdade de Engenharia de Bauru Universidade

Leia mais

Leonardo Barboza Bezerra

Leonardo Barboza Bezerra Como a telemetria pode ajudar na antecipação de decisões, no combate a perdas comerciais e na garantia de receitas. Leonardo Barboza Bezerra Apoio CELPE Consumidores Grupo A Distribuídos Dentre 2 em milhões

Leia mais

ANEXO I - TARIFAS DE APLICAÇÃO CAIUÁ-D TARIFAS APLICADAS À BAIXA TENSÃO

ANEXO I - TARIFAS DE APLICAÇÃO CAIUÁ-D TARIFAS APLICADAS À BAIXA TENSÃO ANEXO I - TARIFAS DE APLICAÇÃO CAIUÁ-D TARIFAS APLICADAS À BAIXA NSÃO /CLASSE/SUBCLASSE QUADRO A - MODALIDADE TARIFÁRIA CONVENCIONAL VERDE VERMELHA B1 - RESIDENCIAL 126,68 141,18 141,18 156,18 171,18 B1

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.971, DE 20 DE OUTUBRO DE 2015

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.971, DE 20 DE OUTUBRO DE 2015 AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.971, DE 20 DE OUTUBRO DE 2015 Texto Original Voto Nota Técnica n 274/2015-SGT/ANEEL Homologa o resultado do Reajuste Tarifário Anual

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano PLANO ALTERNATIVO LOCAL A. Empresa: Telemar Norte Leste S/A PLANO Nº 160 B. Nome do Plano: Plano Alternativo de Serviço Nº 160 C. Identificação para a Anatel: Plano Alternativo de Serviço Nº 160 D. Modalidade

Leia mais

NOVA REGULAÇÃO PARA GERENCIAMENTO DAS PERDAS DE ENERGIA. Rio de Janeiro,25 de setembro 2006

NOVA REGULAÇÃO PARA GERENCIAMENTO DAS PERDAS DE ENERGIA. Rio de Janeiro,25 de setembro 2006 NOVA REGULAÇÃO PARA GERENCIAMENTO DAS PERDAS DE ENERGIA Metering Latin America 2006 Rio de Janeiro,25 de setembro 2006 Ricardo Vidinich Superintendente de Regulação da Comercialização da Eletricidade OBJETIVO

Leia mais

Capítulo 03 Levantamentos de carga instalada das instalações elétricas, divisão de circuitos de iluminação, força e divisão de cargas:

Capítulo 03 Levantamentos de carga instalada das instalações elétricas, divisão de circuitos de iluminação, força e divisão de cargas: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Capítulo 03 Levantamentos de carga instalada das instalações elétricas, divisão de circuitos de iluminação, força e divisão de cargas:

Leia mais

Nota Técnica n 289/2008-SRE/ANEEL. Em 24 de setembro de Processo n /

Nota Técnica n 289/2008-SRE/ANEEL. Em 24 de setembro de Processo n / Nota Técnica n 289/2008-SRE/ANEEL Em 24 de setembro de 2008 Processo n 48500.006717/2008-16 Assunto: Estudo dos efeitos da comercialização de Energia Adicional Temporária pelas distribuidoras. I. DO OBJETIVO

Leia mais

ESTUDO DE CASO DA CURVA DE CARGA DE CONSUMIDOR COMERCIAL

ESTUDO DE CASO DA CURVA DE CARGA DE CONSUMIDOR COMERCIAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CARLOS HENRIQUE VELHO VIVIAN ESTUDO DE CASO DA CURVA DE CARGA DE CONSUMIDOR COMERCIAL Porto Alegre 2015

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.104, DE 28 DE JUNHO DE 2016.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.104, DE 28 DE JUNHO DE 2016. AGÊNCIA CIOL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 2.104, DE 28 DE JUNHO DE 2016. Homologa o resultado da quarta Revisão Tarifária Periódica RTP da Companhia Campolarguense de Energia -

Leia mais

ANÁLISE REGULATÓRIA EXCELÊNCIA ENERGÉTICA

ANÁLISE REGULATÓRIA EXCELÊNCIA ENERGÉTICA BANDEIRAS TARIFÁRIAS: MAIS TRANSPARÊNCIA PARA O CONSUMIDOR A partir de 1º de janeiro de 2014 entrará em vigor o sistema de bandeiras tarifárias, que busca sinalizar preço que reflita os custos da compra

Leia mais

ESTUDO DE CASO : DIAGNÓSTICO DO CONSUMO E DA QUALIDADE DE ENERGIA NUMA INDÚSTRIA METALÚRGICA

ESTUDO DE CASO : DIAGNÓSTICO DO CONSUMO E DA QUALIDADE DE ENERGIA NUMA INDÚSTRIA METALÚRGICA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JULIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA ESTUDO DE CASO

Leia mais

Tarifas e Taxas. Os preços das Normas Técnicas são estipulados pela Celesc Distribuição. Obs.: Tarifas sem incidência de impostos.

Tarifas e Taxas. Os preços das Normas Técnicas são estipulados pela Celesc Distribuição. Obs.: Tarifas sem incidência de impostos. Tarifas e Taxas As tarifas de energia elétrica e os preços dos serviços expostos nesta tabela são estabelecidos pela Resolução Homologatória 1.183, de 02 de agosto de 2011, da Agência Nacional de Energia

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.050, DE 19 DE AGOSTO DE 2010.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.050, DE 19 DE AGOSTO DE 2010. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA Nº 1.050, DE 19 DE AGOSTO DE 2010. Homologa as tarifas de fornecimento de energia elétrica, as Tarifas de Uso dos Sistemas de Distribuição

Leia mais

Resumo Expandido. Resumo:

Resumo Expandido. Resumo: Resumo Expandido Título da Pesquisa: Adequação do contrato de energia no sistema de abastecimento de água Palavras-chave: Conservação de Energia Elétrica, Eficiência Energética, Contrato de Energia, Demanda.

Leia mais

Energia faturada por classe de consumidores (em GWh)

Energia faturada por classe de consumidores (em GWh) 1 Perfil A AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A. ( Companhia ) é uma companhia de capital aberto, de direito privado, autorizada a operar como concessionária do Serviço Público de Distribuição de

Leia mais

FORNECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO

FORNECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO 10 FORNECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA 10.1 ASPECTOS ORGANIZACIONAIS DO SETOR ELÉTRICO No Brasil, por força da Constituição Federal, o Poder Concedente, que regula e fiscaliza a geração, transmissão

Leia mais

INDICADORES DE DEMANDA E CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

INDICADORES DE DEMANDA E CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA i INDICADORES DE DEMANDA E CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA São CristóvãoSE AGOSTO de 214 ii Ministério da Educação Universidade Federal de Sergipe Reitor Prof. Dr. Ângelo Roberto Antoniolli ViceReitor Prof.

Leia mais

FATOR DE POTÊNCIA. Prof. Dr. José Angelo Cagnon Outubro - 2007

FATOR DE POTÊNCIA. Prof. Dr. José Angelo Cagnon Outubro - 2007 FATOR DE POTÊNCIA P Q Q Prof. Dr. José Angelo Cagnon Outubro - 2007 FATOR DE POTÊNCIA A legislação brasileira permite às concessionárias calcular as faturas em função do: (a) consumo (kwh), (b) demanda

Leia mais

Energia Elétrica - Tarifação

Energia Elétrica - Tarifação Autores: Prof. José Márcio Costa - DEA/UFV Prof. Luís César Silva - CCA/UFES Energia Elétrica - Tarifação Fundamentação Para a adoção de estratégias para a otimização do uso de energia elétrica faz-se

Leia mais

Questões acerca do Horário de Verão. Alexandre Heringer Lisboa Camara dos Deputados, Brasília Nov 2016

Questões acerca do Horário de Verão. Alexandre Heringer Lisboa Camara dos Deputados, Brasília Nov 2016 Questões acerca do Horário de Verão Alexandre Heringer Lisboa Camara dos Deputados, Brasília Nov 2016 Razões do Ministério das Minas e Energia para a adoção do Horário de Verão (HV) no Brasil redução da

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano PLANO ALTERNATIVO LOCAL PLANO Nº 011 A. Empresa: OI (TELEMAR NORTE LESTE S.A.), autorizatária do Serviço Telefônico Fixo Comutado na Modalidade Local, na Região III e no Setor 3 da Região 1 do Plano Geral

Leia mais

Disciplina: Eletrificação Rural. Unidade 10 Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural: tarifas horo-sazonais.

Disciplina: Eletrificação Rural. Unidade 10 Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural: tarifas horo-sazonais. UNIVERSIDADE EDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA Disciplina: Eletrificação Rural Unidade 10 Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural:

Leia mais

GERÊNCIA DE NORMAS E PADRÕES ORIENTAÇÃO TÉCNICA OT-003/2015 (NT , NT , NT

GERÊNCIA DE NORMAS E PADRÕES ORIENTAÇÃO TÉCNICA OT-003/2015 (NT , NT , NT 1 OBJETIVO A presente Orientação Técnica altera e complementa as normas de fornecimento contemplando as mudanças ocorridas em conformidade com as alterações da REN 414/2010 da ANEEL, implementadas através

Leia mais