Sistemas de Impermeabilização

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas de Impermeabilização"

Transcrição

1 Sistemas de Impermeabilização Projecto de Construção CET Seia Eng. Sá Neves Eng. Sá Neve Sistema invertido ou tradicional : Os sistemas em cobertura invertida são os mais aconselháveis devido a maior durabilidade das membranas de impermeabilização por ficar estas protegidas termicamente baixo o isolamento. No sistema de impermeabilização tradicional o isolamento térmico ou não existia, ou era colocado por baixo das membranas, já que eram materiais que tinham que estar protegidos por uma barreira para vapor e a membrana.

2 Suporte: As coberturas metálicas ou de fibrocimento, como as de grandes áreas industriais e comerciais obrigam a que o sistema de impermeabilização seja muito leve. Tendo como acabamento uma membrana auto protegida com granulado cerâmico ou de ardósia. O sistema mais eficaz nestes casos é o tradicional com isolamento térmico em placas de materiais como a lá de rocha ou fibra de vidro, resistentes as temperaturas do fogo ou ar quente utilizado na aplicação das telas betuminosas ou sintéticas. Suporte da impermeabilização, estrutura portante, camada de regularização e isolamento térmico deveram apresentar as seguintes caraterísticas: Textura Resistência ao punçoamento Resistência à compressão Estabilidade dimensional Características higrotérmico Características térmicas Comportamento ao fogo Compatibilidade química com a impermeabilização

3 Cobertura Invertida. Acabamento. Separador. Isolamento. Separador. Telas. Primário. Pendentes. Suporte Cobertura Invertida Transitavel com isolamento.. Acabamento. Separador. Isolamento. Separador. Telas. Primário. Pendentes. Suporte Não transitavel com isolamento. Cobertura Tradicional. Acabamento. Separador. Telas. Primário. Pendentes. Suporte Transitável sem isolamento.. Acabamento. Argamassa armada. Telas. Isolamento (lã de Rocha). Suporte Transitável com isolamento.

4 Cobertura Tradicional. Pavimento. Argamassa armada. Separador. Telas. Primário. Pendentes. Suporte Transitável sem isolamento para veículos.. Acabamento. Separador. Telas. Primário. Pendentes. Suporte Não transitável sem isolamento. Coberturas Autoprotegidas leves Sobre betão. Telas acab. Mineral. Separador. Isolamento. Primário. Pendentes. Suporte Sobre chapa. Telas acab. Mineral. Isolamento. Suporte

5 Cobertura Inclinada. Telha. Ripas. Isolamento Ripas. Telas. Suporte Cobertura Ajardinada. Terra. Filtrante. Drenante. Telas. Primário. Pendentes. Suporte

6 Aplicação de Sistema de Impermeabilização Telas asfálticas EXEMPLO Eng. Sá Neves 000/0 Eng. Sá Neve PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE Para obter se um bom desempenho na aplicação dos sistemas de impermeabilização, devemos tomar alguns cuidados na preparação da superfície: A superfície deve estar desimpedida e livre para o trabalho de impermeabilização; localizar eventuais falhas de betonagem, removendo as partes soltas e preparar a superfície com argamassa específica;

7 PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE (Cont.) Providenciar limpeza enérgica da superfície, removendo excesso de betão, madeira, ferro, poeiras, etc, quando houver óleo, graxas, desmoldantes ou hidrofugantes no betão, utilizar água sob pressão para total limpeza; Humedecer a superfície com água em abundância antes da regularização, para melhor aderência no substrato; REGULARIZAÇÃO DA SUPERFÍCIE É a camada que prepara a superfície para a aplicação do sistema de impermeabilização, executado com cimento e areia, isenta de produtos como: aditivos, hidrofugantes, plastificantes. Nesta camada deverá ser formado o diagrama de escoamento da água (caimentos) de no mínimo %

8 Nos rodapés, muros e paredes a argamassa de regularização deve subir de 0 a 0 cm do piso acabado com os cantos arredondados. Aplicação de tinta asfáltica A tinta asfáltica é o elemento de ligação entre o substrato e as mantas pré fabricada de asfalto. Ele é composto por asfalto oxidado ( pelas suas características adesivas ) diluídos em solventes orgânicos. Depois de regularizada a superfície aplica-se com rolo de lã de carneiro ou trincha, em temperatura ambiente entre 0 e 0 Cº. Manter o ambiente ventilado durante a aplicação e a secagem de a horas, dependendo das condições ambientais. Consumo: 0, a 0, kg por m.

9 BARREIRA VAPOR A necessidade de barreira de vapor existirá sempre quando houver a possibilidade de inversão das temperaturas, do lado interno para o lado externo e vice versa. Em climas frios, como pode ocorrer no sul e em lugares altos onde se aquece o ambiente interno, deve-se estar atento para a direcção em que migra o vapor de água, que é sempre do lado quente para o frio. Neste caso, deve-se por o isolamento térmico sob a impermeabilização intercalando uma barreira de vapor entre a laje e o material isolante

10 ISOLAMENTO TÉRMICO FUNÇÕES: Conforto Economia de energia Estabilização da estrutura e aumento da vida útil dos componentes da edificação; IMPERMEABILIZAÇÃO COM MANTA ASFALTICA As mantas asfalticas podem ser aplicadas em diversos tipos de substrato, cimento, zinco, alumínio, cimento amianto, madeira, etc. Depois de finalizados os trabalhos prévios da aplicação da manta passa-se ao pré tratamento dos ralos e pontos emergentes. Estes deverão ser perfeitamente isolados com manta sendo um ponto crucial na impermeabilização, muitos dos casos de infiltrações são erros nestes pontos! 0

11 Tratamento dos ralos e pontos emergentes. A manta deve ser totalmente aderida, já que se ela é soldada somente nas juntas ( manta flutuante ) e tiver qualquer infiltração é muito difícil achar o ponto exacto já que a água pode correr entre o betão e a argamassa de regularização aparecendo a impermeabilização em outro ponto completamente diferente ao da infiltração na manta.

12 A manta deverá ser colocada no sentido contrário ao desnível começando da parte mais baixa para a mais alta até cobrir toda a área inclusive a platibanda si for necessário. Entre uma manta e outra devera ter um sobreposição de no mínimo 0 cm. Completar a aplicação até cobrir com a manta toda a área a impermeabilizar.

13 Depois de coberta toda a superfície se deverá fazer o arremate de todas as juntas passando uma colher de pedreiro. As juntas deverão ser pintadas com tinta alumínio de base asfáltica para protecção do asfalto dos raios U.V, dando um acabamento perfeito.

14

15 TESTE DE ESTANQUIDADE Após o término da impermeabilização, iniciar os seguintes testes: Proceder na horizontal teste de lâmina da água de horas, em etapas para observar eventuais falhas no sistema. Após conclusão dos testes na horizontal, se possível na vertical, projecção de água com equipamento de pressão para verificação da aderência da impermeabilização no substrato; A aderência do material à regularização evita a percolação da água sob a manta, facilitando, em caso de infiltração, uma eventual localização e reparo.

16 PROTEÇÃO MECÂNICA CLASSIFICAÇÃO DAS PROTEÇÕES: Protecção de mantas asfáltica auto- protegidas ( alumínio, ardósia ) Protecção mecânica rígida (argamassas, concretos, revestimentos nobres): áreas acessíveis Protecção mecânica de material solto (brita, argila expandida, dolomita, etc...) : áreas inacessíveis e de pequena inclinação Protecção mecânica por sombreamento: placas apoiadas para formação de colchão de ar PROTEÇÃO MECÂNICA (Cont.) PROTEÇÃO RÍGIDA ( PISO FINAL ) Argamassa de cimento, cal e areia (: ) min. cm de espessura Desempenho Juntas de movimentação: placas de, m x, m Juntas perimetrais Superfícies verticais ou com grande inclinação: argamassa armada. PROTEÇÃO DO TIPO MATERIAL SOLTO Camada monolítica de argamassa protectora rígida sobre a impermeabilização Aplicação de camada de material solto (argila expandida, brita, seixos, etc...), e = a 0 cm

17 Outros Exemplos

18 Problemas usuais em Sistemas de Impermeabilização Devido à acção do vento:

19

20 0

21

22

23

24

25

26

27

28 0 0

29 0 0

30 0

31 0 0

32

33

34 0 0

35

36

37

38 FIM

Manual do Impermabilizador

Manual do Impermabilizador Rev.05 Manual do Impermabilizador Esta especificação técnica tem por objetivo fornecer subsídios na metodologia adequada de impermeabilização com mantas asfálticas. Em cada caso, deverão ser analisadas

Leia mais

Manual do impermeabilizador

Manual do impermeabilizador 1 Manual do impermeabilizador Preparação e aplicação em superfícies cimenticia Índice INTRODUÇÃO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO ESTATÍSTICAS NORMAS TÉCNICAS ELABORAÇÃO DO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO NBR

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II

IMPERMEABILIZAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II IMPERMEABILIZAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II SISTEMAS DE IMPERMEABILIZAÇÃO Conjunto de produtos e serviços destinados a conferir

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Características Densidade: 1,02 g/cm 3 Aparência: Cor preta Composição básica: emulsão asfáltica modificada com elastômeros

Leia mais

Danopol. Lâminas sintéticas à base de PVC para impermeabilização. www.danosa.com

Danopol. Lâminas sintéticas à base de PVC para impermeabilização. www.danosa.com Danopol Lâminas sintéticas à base de PVC para impermeabilização Impermeabilización Aislamiento Acústico Drenajes - Geotextiles Energía Solar www.danosa.com DESCRIÇÃO Lâmina sintética à base de PVC plastificado,

Leia mais

As coberturas planas podem ser classificadas, segundo vários aspectos: - acessíveis a veículos (ligeiros ou pesados);

As coberturas planas podem ser classificadas, segundo vários aspectos: - acessíveis a veículos (ligeiros ou pesados); 9. COBERTURAS DE EDIFÍCIOS 9.1. CLASSIFICAÇÃO DAS COBERTURAS EM TERRAÇO As coberturas planas podem ser classificadas, segundo vários aspectos: quanto à acessibilidade - não acessíveis (à excepção de trabalhos

Leia mais

Cobertura com telhas asfálticas. Cobertura com telhas asfálticas

Cobertura com telhas asfálticas. Cobertura com telhas asfálticas Cobertura com telhas asfálticas Cobertura com telhas asfálticas A cobertura conhecida como shingle é uma manta asfáltica composta por elementos descontínuos. A telha possui, na composição, camadas à base

Leia mais

Em toda construção o natural é ter técnica.

Em toda construção o natural é ter técnica. Em toda construção o natural é ter técnica. A TECNIKA iniciou suas atividades em meados de 2003, impulsionada pela demanda do mercado, sempre preocupada em buscar e oferecer soluções técnicas inovadoras,

Leia mais

COBERTURAS. Treliças Estruturas: Metálica Telha Auto Portante Espacial. Concreto

COBERTURAS. Treliças Estruturas: Metálica Telha Auto Portante Espacial. Concreto COBERTURAS Madeira Tirantes Treliças Estruturas: Metálica Telha Auto Portante Espacial Concreto Em telhas de barro/metálicas/fibrocimento Proteções: Em lajes Concreto Tijolos Domos, etc. Shed Terça Pestana

Leia mais

Descrição Geral...2. Aplicação em Obra...2. Pontos Singulares... 3. Manutenção... 4. Ambiente... 4. Segurança... 4. Sistemas de Impermeabilização...

Descrição Geral...2. Aplicação em Obra...2. Pontos Singulares... 3. Manutenção... 4. Ambiente... 4. Segurança... 4. Sistemas de Impermeabilização... ÍNDICE Descrição Geral...2 Aplicação em Obra...2 Pontos Singulares... 3 Manutenção... 4 Ambiente... 4 Segurança... 4 Sistemas de Impermeabilização... 5 Coberturas Acessíveis... 5 Coberturas de Acessibilidade

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Aplicação Campos de Aplicação - Impermeabilização de:. lajes de cobertura;. terraços;. calhas de concreto;.

Leia mais

Execução de projetos com vista à impermeabilização

Execução de projetos com vista à impermeabilização Execução de projetos com vista à impermeabilização O arquiteto e o engenheiro, ao realizar um projeto para qualquer tipo de construção, devem preocupar-se com os problemas de impermeabilização já durante

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

DRYBOX IMPERMEABILIZANTE - PISCINAS

DRYBOX IMPERMEABILIZANTE - PISCINAS ETAPA I LIMPEZA DA ÁREA PROCEDER A LIMPEZA DA ÁREA A SER IMPERMEABILIZADA. -RETIRAR MATERIAIS SOLTOS. -FAZER PEQUENOS REPAROS DE FALHAS NO REBOCO SE HOUVER. -FAZER AJUSTES NAS SAÍDAS DOS EQUIPAMENTOS.

Leia mais

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L.

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L. Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Construção Civil II Impermeabilização Prof. André L. Gamino Normalização ABNT: Termos Gerais NBR 9575 (2010): Impermeabilização

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO. Construção Civil II ( TC-025) Prof. José de Almendra Freitas Jr. freitasjose@terra.com.br

IMPERMEABILIZAÇÃO. Construção Civil II ( TC-025) Prof. José de Almendra Freitas Jr. freitasjose@terra.com.br Impermeabilização Ministério da Educação 15:02 Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Construção Civil II ( TC-025) IMPERMEABILIZAÇÃO Prof. José de Almendra Freitas Jr. freitasjose@terra.com.br

Leia mais

PROJECTO DE IMPERMEABILIZAÇÃO E ISOLAMENTO TÉRMICO MEMÓRIA DESCRITIVA CONDIÇÕES TÉCNICAS

PROJECTO DE IMPERMEABILIZAÇÃO E ISOLAMENTO TÉRMICO MEMÓRIA DESCRITIVA CONDIÇÕES TÉCNICAS PROJECTO DE IMPERMEABILIZAÇÃO E ISOLAMENTO TÉRMICO MEMÓRIA DESCRITIVA CONDIÇÕES TÉCNICAS 1. Objetivo A presente especificação tem como objetivo estabelecer as normas de boa execução dos trabalhos de impermeabilização

Leia mais

VEDAPREN. Densidade: 1,02 g/cm³ Aparência: Preto(a) Composição básica: Emulsão asfáltica modificada com elastômeros. Validade: 24 meses

VEDAPREN. Densidade: 1,02 g/cm³ Aparência: Preto(a) Composição básica: Emulsão asfáltica modificada com elastômeros. Validade: 24 meses Produto VEDAPREN é uma manta líquida, de base asfalto e aplicação a frio, pronta para uso e moldada no local. Cobre a estrutura com uma proteção impermeável. Apresenta ótimas características de elasticidade

Leia mais

Para utilização em coberturas Ajardinadas, acessíveis a pessoas quando com protecção mecânica pesada ou acessíveis para manutenção.

Para utilização em coberturas Ajardinadas, acessíveis a pessoas quando com protecção mecânica pesada ou acessíveis para manutenção. DOCUMENTO TÉCNICO DE APLICAÇÃO SISTEMA SOTECNISOL FV40 + PY50G JARDIM COBERTURAS JARDIM DTA 06 Impermeabilização de coberturas FEVEREIRO DE 2012 1. - DESCRIÇÃO As membranas ECOPLAS 40, ECOPLAS PY 50G JARDIM

Leia mais

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade.

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Descrição VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Adere perfeitamente ao concreto, à alvenaria e à argamassa. VEDATOP não é tinta de acabamento,

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES Prof. Marco Pádua A cobertura é uma fase importante da edificação. Não só a questão estética deve ser considerada, como a escolha dos elementos, a posição

Leia mais

DTA 11 SISTEMA. com base. de fibra de. O sistema. caleiras. Massa nominal: kg/ m2. Armadura 4,0 4,0. PY 150g/m2. Delegação Coimbra: Lugar do Brejo

DTA 11 SISTEMA. com base. de fibra de. O sistema. caleiras. Massa nominal: kg/ m2. Armadura 4,0 4,0. PY 150g/m2. Delegação Coimbra: Lugar do Brejo DOCUMENTO TÉCNICO DE APLICAÇÃO SISTEMA SOTECNISOL FV40 + PY40G IMRMEABILIZAÇÃO DE CALEIRAS DTA 11 Impermeabilização de caleiras ABRIL DE 2011 1. DESCRIÇÃO As membranas ECOPLAS 40, ECOPLAS PY 40G são fabricadas

Leia mais

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 09IS.11.--.--. TÍTULO 09IS.--. IMPERMEABILIZAÇÕES E ISOLAMENTOS SUB.CAPº.11. PROTECÇÃO POR EMULSÃO BETUMINOSA

CE-CTET-GERAL AAP+AECOPS GER 00X / 00Y 09IS.11.--.--. TÍTULO 09IS.--. IMPERMEABILIZAÇÕES E ISOLAMENTOS SUB.CAPº.11. PROTECÇÃO POR EMULSÃO BETUMINOSA 09IS.11.-- TÍTULO 09IS IMPERMEABILIZAÇÕES E ISOLAMENTOS CAPÍTULO.1-. IMPERMEABILIZAÇÕES SUB.CAPº.11. PROTECÇÃO POR EMULSÃO BETUMINOSA I. UNIDADE E CRITÉRIO DE MEDIÇÃO Medição por metro quadrado de superfície

Leia mais

MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S

MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S MANUAL TÉCNICO BETUMAT Perfil Nossa empresa foi fundada em 1963 como distribuidora de betumes e, em 1968, expandimos nossas atividades e iniciamos a produção de impermeabilizantes. Atuamos na área da

Leia mais

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm.

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm. Ficha do Produto Edição 16/09/2015 Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. Descrição do Produto Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio é uma manta

Leia mais

Soluções Técnicas em Construção

Soluções Técnicas em Construção Betumanta E Composto de asfalto elastomerico (S.B.S.), reforçado por um filme de polietileno de alta densidade com 50 micra de espessura. Esse produto foi desenvolvido para ser aplicado à maçarico. O produto

Leia mais

lwarflex Manta asfáltica

lwarflex Manta asfáltica 8 lwarflex Manta asfáltica Manta impermeabilizante pré-fabricada à base de asfalto modificado com polímeros estruturada com poliéster pré-estabilizado. É necessário fazer proteção mecânica para proteção

Leia mais

Internacional SOLUTIONS

Internacional SOLUTIONS Internacional SOLUTIONS SILICONE NEUTRO Silicone neutro Impermeabilizante de uso profissional. Inodoro e com fungicida. ADERE EM: Madeira, concreto, tijolo, vidro, PVC, plástico, alumínio, etc. APLICAÇÃO:

Leia mais

Impermeável Protector Resistente impermeabilizações objectivo - problema - solução objectivo 1 Prevenir a infiltração de água para os pavimentos e paredes das cozinhas, casas de banho, balneários e outros

Leia mais

Estruturas de Madeira. Telhados. É a parte superior das construções, destina-se a dar-lhes proteção.

Estruturas de Madeira. Telhados. É a parte superior das construções, destina-se a dar-lhes proteção. Estruturas de Madeira Telhados É a parte superior das construções, destina-se a dar-lhes proteção. Funções básicas: Proteção das partes internas da instalação, contra o sol excessivo, chuva, neve, etc.

Leia mais

Elastron, membrana anticorrosiva e impermeabilizante. Fácil, a frio e sem juntas.

Elastron, membrana anticorrosiva e impermeabilizante. Fácil, a frio e sem juntas. Elastron, membrana anticorrosiva e impermeabilizante. Fácil, a frio e sem juntas. SOMA DE VALORES A JR Tecnologia em Superfícies (nome fantasia) iniciou suas atividades em 1991 com o nome JR Gonçalves

Leia mais

MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade.

MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade. Data da última revisão: 03/2011 DEFINIÇÃO MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade. MANTA POLIMÉRICA é fácil

Leia mais

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa;

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa; VIAPLUS 7000-FIBRAS 1. Descrição Impermeabilizante à base de resinas termoplásticas e cimentos com aditivos e incorporação de fibras sintéticas (polipropileno). Essa composição resulta em uma membrana

Leia mais

03.1 DTA SISTEMA. com base. de fibra de. coberturas. Massa nominal: kg/ m2. Armadura 3,0. PY 150g/m2 4,0. Delegação Coimbra: Lugar do Brejo

03.1 DTA SISTEMA. com base. de fibra de. coberturas. Massa nominal: kg/ m2. Armadura 3,0. PY 150g/m2 4,0. Delegação Coimbra: Lugar do Brejo DOCUMENTO TÉCNICO DE APLICAÇÃO DTA 03.1 SISTEMA SOTECNISOL FV30 + PY40G COBERTURAS DE ACESSÍBILIDADE LIMITADA Impermeabilização de coberturas ABRIL DE 2011 1. DESCRIÇÃO As membranas ECOPLAS 30, ECOPLAS

Leia mais

Impermeabilização de edificações residenciais urbanas

Impermeabilização de edificações residenciais urbanas Impermeabilização de edificações residenciais urbanas Serviços Reparo - Proteção Impermeabilização - Graute Atuação em todo território nacional em obras de infraestrutura www.rossetiimper.com.br Aplicador

Leia mais

Aula 24: IMPERMEABILIZAÇÃO SISTEMAS E EXECUÇÃO

Aula 24: IMPERMEABILIZAÇÃO SISTEMAS E EXECUÇÃO PCC-2436 ecnologia da Construção de Edifícios II Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia de Construção Civil PCC-2436 ecnologia da Construção de Edifícios II SISEMAS

Leia mais

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT É uma tinta isolante térmica, composta de polímeros acrílicos elastoméricos, microesferas de cerâmicas, e aditivos especiais

Leia mais

As membranas ECOPLAS PY 40, são fabricadas de acordo com as normas Europeias e são abrangidas

As membranas ECOPLAS PY 40, são fabricadas de acordo com as normas Europeias e são abrangidas DOCUMENTO TÉCNICO DE APLICAÇÃO SISTEMA SOTECNISOL PY40 LAJES DE PAVIMENTO EM CONTATO DIRECTO COM O SOLO DTA 01 Impermeabilização de lajes de pavimento FEVEREIRO DE 2012 1. - DESCRIÇÃO As membranas ECOPLAS

Leia mais

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Produto: Parabond 700 é um adesivo de alta qualidade, cura rápida, permanentemente elástico, à base de MS polímero, com

Leia mais

Sika Lâmina Asfáltica Alumínio. Lâmina asfáltica com acabamento em alumínio para sistemas impermeabilizantes multicamadas.

Sika Lâmina Asfáltica Alumínio. Lâmina asfáltica com acabamento em alumínio para sistemas impermeabilizantes multicamadas. Ficha do Produto Edição 29/10/2015 Erro! Fonte de referência não encontrada. Lâmina asfáltica com acabamento em alumínio para sistemas impermeabilizantes multicamadas. Descrição do Produto Usos é um produto

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

FAUL 2007 REVESTIMENTOS DE PAREDES DE EDIFÍCIOS RECENTES. Maria do Rosário Veiga rveiga@lnec.pt Laboratório Nacional de Engenharia Civil - LNEC

FAUL 2007 REVESTIMENTOS DE PAREDES DE EDIFÍCIOS RECENTES. Maria do Rosário Veiga rveiga@lnec.pt Laboratório Nacional de Engenharia Civil - LNEC FAUL 2007 REVESTIMENTOS DE PAREDES DE EDIFÍCIOS RECENTES Maria do Rosário Veiga rveiga@lnec.pt Laboratório Nacional de Engenharia Civil - LNEC FUNÇÕES E EXIGÊNCIAS FUNCIONAIS Como especificar revestimentos

Leia mais

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação.

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Descrição VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Pode ser aplicado sobre concreto, alvenaria e argamassa. VEDAJÁ proporciona impermeabilidade, mesmo com a ocorrência

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL. Impermeabilização e

CONSTRUÇÃO CIVIL. Impermeabilização e CONSTRUÇÃO CIVIL Impermeabilização Impermeabilização e e Injeção Injeção PROJETO E EXECUÇÃO DE IMPERMEABILIZAÇÃO EM PISCINAS COM MEMBRANA DE POLIURETANO PALESTRANTE: ENG. PAULO ROBERTO FERRAZ DATA: 14/10/2015

Leia mais

Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS

Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS + + desempenho por m² AMP ARGAMASSA MODIFICADA COM POLÍMERO ( + ) MEMBRANA POLIMÉRICA O BAUCRYL ECOVEDA é um polímero

Leia mais

PRESENÇA SIKA NO MERCADO GLOBAL

PRESENÇA SIKA NO MERCADO GLOBAL WE ARE SIKA PRESENÇA SIKA NO MERCADO GLOBAL A SIKA é uma empresa especialista em produtos químicos, com uma posição de liderança no desenvolvimento e produção de sistemas e produtos para colagem, selagem,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA Projeto:... REFORMA POSTO DE SAÚDE Proprietário:... PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAÍ Endereço:... RUA TORRES GONÇALVES, N 537 Área a Reformar:... 257,84

Leia mais

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar:

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar: COMO INSTALAR : Importante para uma perfeita instalação, obter o resultado especificado pela Revitech Pisos e esperado pelo cliente, a utilização das ferramentas corretas. Ferramentas como a desempenadeira,

Leia mais

SISTEMAS DE PISO EPOXI

SISTEMAS DE PISO EPOXI SISTEMAS DE PISO EPOXI PRODUTO DESCRIÇÃO VEC-601 TUBOFLOOR TEE-556 AUTONIVELANTE Selador epóxi de dois componentes de baixa viscosidade. Revestimento epóxi com adição de sílica para regularização de pisos.

Leia mais

DTA 08 MUROS. base em. Impermeabilização. de muros. Massa nominal: kg/ m2. Armadura 4,0. PY 150g/m2. Delegação Coimbra: Lugar do Brejo

DTA 08 MUROS. base em. Impermeabilização. de muros. Massa nominal: kg/ m2. Armadura 4,0. PY 150g/m2. Delegação Coimbra: Lugar do Brejo DOCUMENTO TÉCNICO DE APLICAÇÃO SISTEMA SOTECNISOL MUROS MUROS DE SUPORTE E CAVES DTA 08 Impermeabilização de muros de suporte e caves ABRIL DE 2011 1. DESCRIÇÃO As membranas ECOPLAS PY 40, são fabricadas

Leia mais

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO:

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: Adequações frente às s normas de desempenho. Marcelo Moacyr Diretor de Engenharia, Construção e Relacionamento 1 Escolha do Sistema Construtivo 2 Avaliações

Leia mais

VEDBEM PRESSÃO é uma argamassa polimérica acrílica de alta performance, totalmente flexível, resistente à trincas, movimentações e grandes pressões.

VEDBEM PRESSÃO é uma argamassa polimérica acrílica de alta performance, totalmente flexível, resistente à trincas, movimentações e grandes pressões. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO VEDBEM PRESSÃO é uma argamassa polimérica acrílica de alta performance, totalmente flexível, resistente à trincas, movimentações e grandes pressões. VEDBEM PRESSÃO

Leia mais

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário;

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário; A argamassa Matrix Assentamento Estrutural é uma mistura homogênea de cimento Portland, agregados minerais com granulometria controlada e aditivos químicos. 3. Indicação: Excelente para assentamento de

Leia mais

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso CONTRAPISO 1 camada (s) de argamassa (s) que pode ser aplicada sobre a laje ou lastro de concreto, sobre camada de impermeabilização* ou sobre camada de isolamento térmico/acústico* (* na maioria das vezes

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Rio Branco, Acre Brasil

MEMORIAL DESCRITIVO Rio Branco, Acre Brasil MEMORIAL DESCRITIVO Rio Branco, Acre Brasil ÍNDICE DO MEMORIAL DESCRITIVO 1. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PROJETO 2. CONSTRUÇÃO 3. INSTALAÇÕES 4. COBERTURA 5. DISPOSIÇÕES FINAIS 1. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE

Leia mais

www.sje.pt geral@sje.pt

www.sje.pt geral@sje.pt Características Descritivo técnico de colocação: A realização de um pavimento de segurança sintético consiste na união de granulados de borracha SBR (para subcamada) e EPDM (para cor de acabamento) com

Leia mais

Isolamento Térmico Protecção Solar Ventilação Natural QUALIDADE TÉRMICA DOS EDIFÍCIOS...E QUALIDADE DE VIDA

Isolamento Térmico Protecção Solar Ventilação Natural QUALIDADE TÉRMICA DOS EDIFÍCIOS...E QUALIDADE DE VIDA Isolamento Térmico Protecção Solar Ventilação Natural QUALIDADE TÉRMICA DOS EDIFÍCIOS...E QUALIDADE DE VIDA Qualidade térmica dos edifícios... e qualidade de vida O quadro legislativo sobre o comportamento

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais

ISOLAMENTOS ACÚSTICOS

ISOLAMENTOS ACÚSTICOS ISOLAMENTOS ACÚSTICOS Ruídos de impacto (intra inquilinos): Aplicação em pisos Außer ia02 Außer ia0 Außer ia1 Außer ia Ruídos aéreos: Aplicação em divisórias verticais Außer ia1 Außer ia Außer ia60 Außer

Leia mais

Prof. Marcos Valin Jr. Por quê Impermeabilização. www.mvalin.com.br 1

Prof. Marcos Valin Jr. Por quê Impermeabilização. www.mvalin.com.br 1 Por quê Impermeabilizar www.mvalin.com.br 1 www.mvalin.com.br 2 www.mvalin.com.br 3 O concreto e as argamassas utilizadas nos revestimentos possuem poros, trincas epequenas fissuras, na maioria das vezes

Leia mais

PATOLOGIAS EM PAVIMENTOS E COBERTURA DE EDIFÍCIOS

PATOLOGIAS EM PAVIMENTOS E COBERTURA DE EDIFÍCIOS PATOLOGIAS EM PAVIMENTOS E COBERTURA DE EDIFÍCIOS Hélder Maurício Antunes Cruz * a40472@alunos.uminho.pt José Barroso de Aguiar aguiar@civil.uminho.pt Resumo A presente comunicação reflecte um estudo na

Leia mais

O QUARTO ELEMENTO DA CONSTRUÇÃO

O QUARTO ELEMENTO DA CONSTRUÇÃO O QUARTO ELEMENTO DA CONSTRUÇÃO Porque Impermeabilizar? O que leva construtoras, construtores, proprietários de imóveis, etc... a procura de impermeabilizantes? De cada 10 pessoas que procuram produtos

Leia mais

MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis.

MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis. MACTRASET resiste às pressões

Leia mais

Resistente à altas pressões hidrostáticas, tanto positivas quanto negativas; Não altera a potabilidade da água, sendo atóxico e inodoro;

Resistente à altas pressões hidrostáticas, tanto positivas quanto negativas; Não altera a potabilidade da água, sendo atóxico e inodoro; VIAPLUS BRANCO 1. Descrição Revestimento impermeabilizante, semiflexível, bicomponente (A+B), à base de cimentos especiais, aditivos minerais e polímeros de excelentes características impermeabilizantes.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre INDICE 1. GENERALIDADES 1.1. OBJETOS E DADOS 1.2. NORMAS 1.3. PLANTAS 2. INTERPRETAÇÃO 3. PRÉDIO 3.1.

Leia mais

Construção Civil Linha PVC

Construção Civil Linha PVC Construção Civil Linha PVC Correr Abertura de 2 a 6 folhas que se movimentam mediante deslizamento horizontal. De fácil manuseio, podendo ser utilizada com persiana e tela mosquiteira. Permite ventilação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Carmo de Minas. ENDEREÇO: Rua Luiz Gomes, nº. 150, Bairro: Centro, CEP: 37472-000. CNPJ: 18.188.243/0001-60. ENDEREÇO DA OBRA: Rua Euclides

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo IV Aula 04 Isolamento térmico AQUECIMENTO DE TUBULAÇÕES Motivos Manter em condições de escoamento líquidos de alta viscosidade ou materiais que sejam sólidos

Leia mais

Mantas pré-fabricadas, a base de asfaltos modificados e estruturadas com armadura de alta performance.

Mantas pré-fabricadas, a base de asfaltos modificados e estruturadas com armadura de alta performance. ATENDEMOS: Aterros Sanitários Bacias de Contenção de Dejetos Box / Banheiros Box / Banheiros Sistema Drywall Espelhos D' água Estações de Tratamento de Água Estações de Tratamento de Efluentes Floreiras

Leia mais

Componentes para telhas Brasilit

Componentes para telhas Brasilit Componentes para telhas Brasilit Selamax Selante Selante elástico para elástico colagem para e vedação colagem e vedação SolarMaxxi Manta impermeável, térmica e acústica LitFoil e LitFoil Plus Mantas térmicas

Leia mais

Construção. Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos. Características / Vantagens.

Construção. Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos. Características / Vantagens. Ficha do Produto Edição 22/04/2011 Sikacim Impermeabilizante Construção Sikacim Impermeabilizante Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos Características

Leia mais

ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE COMPONENTES DO REVESTIMENTO

ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE COMPONENTES DO REVESTIMENTO TECNOLOGIA DE REVESTIMENTO Componentes do sistema BASE CHAPISCO Base Características importantes: Avidez por água - inicial e continuada Rugosidade EMBOÇO ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE Chapisco Função:

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

Edificação de uma moradia unifamiliar de traça típica portuguesa num terreno em Sesimbra.

Edificação de uma moradia unifamiliar de traça típica portuguesa num terreno em Sesimbra. MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA 1 Obra Edificação de uma moradia unifamiliar de traça típica portuguesa num terreno em Sesimbra. Esta moradia foi construída de raiz num terreno

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas. Prof. Guilherme Brigolini

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas. Prof. Guilherme Brigolini UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas Prof. Guilherme Brigolini Impermeabilidade das construções Impedir a passagem indesejável água, fluído e vapores Pode conter

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos.

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. Descrição BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. BIANCO confere maior elasticidade e, assim, maior resistência

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II ESGOTO SANITÁRIO 1 Conjunto de tubulações, conexões e

Leia mais

EXECUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO Resumo dos requisitos de atendimento à NBR 15575/ 14931 Execução de estruturas de concreto

EXECUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO Resumo dos requisitos de atendimento à NBR 15575/ 14931 Execução de estruturas de concreto EXECUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO Resumo dos requisitos de atendimento à NBR 15575/ 14931 Execução de estruturas de concreto Item a ser atendido Exigência de norma Conforme / Não Conforme Área Impacto

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES

IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES Necessidade da impermeabilização Introdução a Impermeabilização Projeto de impermeabilização Execução de impermeabilização 1 - A NECESSIDADE DA IMPERMEABILIZAÇÃO Problemas

Leia mais

Parabond Zinco. Produto elástico para todo tipo de metais.

Parabond Zinco. Produto elástico para todo tipo de metais. Parabond Zinco Produto elástico para todo tipo de metais. Produto: Parabond Zinco é um elastómero de alta qualidade, de rápido endurecimento, permanentemente elástico, à base de MS polímero com elevada

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS ISOPORTEC A ISOPORTEC é focada na produção de soluções em isopor de alta performance para a construção civil, valorizando produtos que fazem diferença nos projetos mais complexos.

Leia mais

DESEMPENHO ENERGÉTICO DOS EDIFÍCIOS

DESEMPENHO ENERGÉTICO DOS EDIFÍCIOS DESEMPENHO ENERGÉTICO DOS EDIFÍCIOS As soluções para melhorar o desempenho energético dos edifícios têm benefícios para os proprietários e utilizadores dos edifícios. Conforto: o comportamento térmico

Leia mais

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados.

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. ECOTELHADO Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. TRANSMISSÃO DE CALOR por condução térmica através de materiais

Leia mais

Viaplus 7000 Revestimento Impermeabilizante Cimentício Flexível com Fibras Sintéticas

Viaplus 7000 Revestimento Impermeabilizante Cimentício Flexível com Fibras Sintéticas Ficha Técnica de Produto Versão 20-08-2015 Viaplus 7000 1 /5 Viaplus 7000 Revestimento Impermeabilizante Cimentício Flexível com Fibras Sintéticas 1. Descrição Revestimento impermeabilizante, flexível,

Leia mais

APLICAÇÃO DE ELASTRON EM CONCRETO 1,5

APLICAÇÃO DE ELASTRON EM CONCRETO 1,5 APLICAÇÃO DE ELASTRON EM CONCRETO 1,5 1.0 - DESCRIÇÃO Esta literatura tem por finalidade servir de guia de aplicação do Elastron sobre Estruturas de Concreto e a Preparação do Substrato. O Sistema consistirá

Leia mais

EMPRESA CERTIFICADA ISO 9001 BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S

EMPRESA CERTIFICADA ISO 9001 BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S I M P E R M E A B I L I Z A N T E S EMPRESA CERTIFICADA ISO 9001 BETUMAT MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S I M P E R M E A B I L I Z A N T E S EMPRESA CERTIFICADA ISO 9001 BETUMAT

Leia mais

Tabela de preços MEMBRANAS DRENANTES. 20 x 2,10 2,82 314022 20 x 1,50 2,96

Tabela de preços MEMBRANAS DRENANTES. 20 x 2,10 2,82 314022 20 x 1,50 2,96 MEMBRANAS DRENANTES IMPERMEABILIZAÇÃO CÓDIGO TIPO MEMBRANA NODULAR HDPE DANODREN 31400 DANODREN H 10 5 x,10,63 31401 DANODREN H15 0 x,10,8 3140 0 x 1,50,96 (membrana nodular de polietileno de alta densidade

Leia mais

2202 ARGAMASSA MATRIX REVESTIMENTO FACHADA Argamassa para uso em revestimento de áreas externas

2202 ARGAMASSA MATRIX REVESTIMENTO FACHADA Argamassa para uso em revestimento de áreas externas É composta por uma mistura homogênea de cimento Portland, cal hidratada e agregados minerais com granulometria controlada e aditivos químicos. O produto é oferecido na cor cinza. 3. Indicação: A argamassa

Leia mais

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO:

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO: INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível de alta adesividade para áreas internas e externas. Assenta e rejunta pastilhas de porcelana e cerâmica até 7,5 x 7,5 cm,

Leia mais

O Sistema FLEXGARDEN é constituído pelo primário de aderência TECSOL 1 e pela emulsão impermeabilizante TECSOL ANTI-RAIZES.

O Sistema FLEXGARDEN é constituído pelo primário de aderência TECSOL 1 e pela emulsão impermeabilizante TECSOL ANTI-RAIZES. DOCUMENTO TÉCNICO DE APLICAÇÃO SISTEMA SOTECNISOL FLEXGARDEN IMPERMEABILIZAÇÃO LÍQUIDA ANTI-RAÍZES DTA 09 Impermeabilização de floreiras FEVEREIRO DE 2012 1. DESCRIÇÃO DO SISTEMA O Sistema FLEXGARDEN é

Leia mais

porcelanato interno ficha técnica do produto

porcelanato interno ficha técnica do produto 01 DESCRIÇÃO: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos e s em áreas internas. 02 CLASSIFICAÇÃO TÉCNICA:

Leia mais

Mantas de PVC. Sistemas especiais para impermeabilização de estruturas e coberturas industriais

Mantas de PVC. Sistemas especiais para impermeabilização de estruturas e coberturas industriais Sistemas especiais para impermeabilização de estruturas e coberturas industriais Sistemas de Manta de PVC Soluções completas para impermeabilização A MC-BAUCHEMIE apresenta ao mercado da construção um

Leia mais

ECOTELHADO BRANCO. Revestimento Reflexivo

ECOTELHADO BRANCO. Revestimento Reflexivo ECOTELHADO BRANCO Revestimento Reflexivo 2 Especificações Quando se trata de problemas com elevadas temperaturas devido a incidência solar e falta de estrutura para telhado verde, a refletância é a melhor

Leia mais

Sistema de Impermeabilização (Membrana)

Sistema de Impermeabilização (Membrana) Sistema de Impermeabilização (Membrana) MI - Membrana Impermeável Locais de Aplicação: Lajes, piscinas, banheiros, cozinhas, caixas d água, reservatórios, baldrames, calhas, muros de arrimo, alvenaria,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA - MG Curso de Engenharia Civil. EXPRESSÃO GRÁFICA III Diagramas de cobertura Telhados SUMÁRIO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA - MG Curso de Engenharia Civil. EXPRESSÃO GRÁFICA III Diagramas de cobertura Telhados SUMÁRIO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA - MG Curso de Engenharia Civil EXPRESSÃO GRÁFICA III Diagramas de cobertura Telhados SUMÁRIO 1 COBERTURA DAS EDIFICAÇÕES...3 2 TIPOS DE TELHAS...14 3 ESTRUTURA DAS COBERTURAS...18

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO E PROTEÇÃO DE MANTA IMPERMEÁVEL NA ESTAÇÃO DAS CLÍNICAS DO METRÔ

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO E PROTEÇÃO DE MANTA IMPERMEÁVEL NA ESTAÇÃO DAS CLÍNICAS DO METRÔ APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO E PROTEÇÃO DE MANTA IMPERMEÁVEL NA ESTAÇÃO DAS CLÍNICAS DO METRÔ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Rogério Ferrarezi Busch

Leia mais

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível, de alta adesividade, para áreas internas e externas. O Maxijunta Pastilhas de Porcelana é indicado principalmente para

Leia mais